A Bíblia Comentada: Deus, os Testículos, Obscenidades, Escatologia!

 

Atendendo aos pedidos dos crentes de ler a Bíblia, eu resolvi incursionar mais uma vez no seu livro sagrado. Cada vez mais descubro as idiotices lá resgistradas. 

Então, resolvi visitar o site: a Bíblia do cético (http://www.bibliadocetico.net/lingua.html), sugestão do amigo Leonardo, comentarista incisivo aos crentes, deparei-me com umas pérolas retiradas do livro sagrado dos cristãos. É de matar de rir, tanto que sou solidário, compartilhando a diversão, para não ter que rir sozinho. A Bíblia é chegada a uma linguagem vulgar.  Lendo, a gente vê o quanto é engraçado os líderes do cristianismo, fazendo juramento a deus, sendo agarrado pelo testículos! Pois é. Usufruam da Bíblia “Zorra-Total” e podem confirmar a autenticidade.

Além disso, há várias passagens com obscenidades, às quais o crente não tinha dado relevância. Seria interessante um culto em que o pastor diga quem deveria penetrar em tal pessoa, ou com qual prostituta. O tratamento à mulher é realmente preconceituoso. Tudo é culpa da mulher.É considerada impura por causa até das suas regras menstruais!!! Abomina filhos bastardos! Ensina ritual de canibalismo. Depois incita ao erotismo, do prazer com uma virgem…que é a parte boa!  No geral, um aglomerado de coisas repugnantes, às quais não faço referência a todas.Divirtam-se!

 Gêneses

 Abraão faz seu servo pôr a mão debaixo da coxa dele enquanto jura à Deus.

Estranho. “Põe agora a tua mão debaixo da minha coxa” parece um eufemismo para dizer “segura os meus testículos com a sua mão”. Isso não é nada estranho levando-se em conta que este deus é completamente obcecado com a genitália masculina. (veja em [Ex 4:25], [Lv 15:16-18], [15:32], e [Dt 23:1] alguns exemplos) Eu imagino que ele devia gostar desse tipo de juramento. [24:2], [24:9]

 José jura pondo a mão dele debaixo da coxa de Jacó –

um eufemismo usado para dizer que segurou os testículos dele. [47:29]

 Havia, naqueles dias, gigantes na terra; e… entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos.

 Uma das coisas que mais aparecem na bíblia é que fulano “entrou” em cicrana. [6:4] 

Depois que Deus matou Er, Judá diz para Onã que “entre” à esposa do irmão. Mas Onã “soube que essa semente não havia de ser para ele; e aconteceu que, quando entrava à mulher de seu irmão, derramava-a na terra, para não dar semente a seu irmão. E o que fazia era mau aos olhos do SENHOR, pelo que também o matou.

Esta adorável história da Bíblia, raramente é lida em Escolas Dominicais, mas é a base de muitas doutrinas cristãs, que condenam a masturbação e o controle de natalidade. [38:8-10]

 Êxodo

E suas filhas, prostituindo-se após os seus deuses, façam que também teus filhos se prostituam após os seus deuses.

Deus sempre culpa as mulheres; é elas que fazem os homens se prostituírem. [34:16]

 Levítico

Instruções longas, cansativas e asquerosas sobre o tratamento de homens que têm “fluxo de sua carne“. “Quando também o que tem o fluxo cuspir sobre um limpo… ” [15:2-15]

A lei de Deus para sonhos molhados. [15:16-18], [15:32]

Não descubra a nudez de quaisquer de seus parentes. [18:6-18]

E não te chegarás à mulher durante a separação da sua imundícia, para descobrir a sua nudez.” Nem mesmo olhe para uma mulher menstruada. [18:19]

Nem te deitarás com a mulher de teu próximo para cópula.” [18:20]

Nem te deitarás com um animal“.

Provavelmente você não estava planejando fazer isto, mas agora você sabe se algum dia desejar. [18:23]

Se você transtornar Deus, ele fará a terra vomitá-lo. [18:25]

Qualquer um que “der da sua semente a Moloque“, será morto.

(Você adora quando Deus vem com este tipo de conversa?). [20:2-5]

Fique longe de “adivinhadores e encantadores, para se prostituir após eles“. [20:6]

Um homem com testículos quebrados não deve fazer suas ofertas à Deus. [21:20]

Um homem “de que sair a semente da cópula“… não “comerá das coisas santas, até que seja limpo.” [22:3-5]

 Deuteronômio

Aqui um bom conselho de Deus: “Circuncidai, o prepúcio do vosso coração.” [10:16]

Deus não deixará nenhum bastardo comparecer a igreja. Nem seus filhos até a “sua décima geração“.

Assim se você planeja comparecer a igreja domingo que vem, esteja pronto para provar que seus órgãos genitais estão intactos e não esqueça de sua certidão de nascimento e registros genealógicos pelo menos das últimas dez gerações. Não ria. Este material é importante para Deus. [23:2]

Deus nos dá instruções para defecar. Ele diz para cavar com uma pá e cobrir todas as fezes. (Você não vai querer que o pé divino pise numa cagada sua, vai?) [23:12-14]

Deus diz que não se traga qualquer prostituta, sodomita ou cão na casa do Deus. Porque “são igualmente abominação ao SENHOR.”

Sodomitas e cães são nomes bíblicos para homossexuais. [23:17-18]

Se dois homens lutam e a esposa de um deles agarra as “vergonhas” do outro, “então, cortar-lhe-ás a mão; não a poupará teu olho.” [25:11-12]

A “mulher mais mimosa e delicada” será forçada a comer as próprias crianças. [28:56-57]

I Samuel

Deus fere as pessoas de Asdode com hemorróidas “nas partes secretas“. [5:6-12]

Os filisteus oferecem a Deus pela expiação da culpa, “cinco hemorróidas de ouro e cinco ratos de ouro [6:4-5], [6:11], [6:17]

 

Provérbios

Saciem-te os seus seios em todo o tempo“. [5:19]

Vem, saciemo-nos de amores até pela manhã.” [7:18]

As “prostitutas” e “mulheres estranhas” mentem para apanhar os homens inocentes. [23:27-28]

Como o cão que torna ao seu vômito… [26:11]

Uma das quatro coisas “maravilhosas” é “o caminho do homem com uma virgem.” [30:18-19]

  Cântico dos Cânticos

O meu amado… morará entre os meus seios.” [1:13]

Tal é o meu amado… desejo muito a sua sombra e debaixo dela me assento; e o seu fruto é doce ao meu paladar.” [2:3]

As voltas de tuas coxas são como jóias… Os teus dois peitos, como dois filhos gêmeos da gazela. [7:1-3]

Quão formosa e quão aprazível és, ó amor em delícias! … Subirei à palmeira, pegarei em seus ramos; e, então, os teus peitos serão como os cachos“. [7:6-8]

Temos uma irmã pequena, que ainda não tem peitos… e os meus peitos, como as suas torres. [8:8-10]

 

Ezequiel

Deus diz para Ezequiel que coma bolos de cevada que serão cozidos com “o esterco que sai do homem.” (Que caca!) [4:12]

Deus diz para Ezequiel que faça pão do esterco da vaca. [4:15]

Deus veste com rigor Jerusalém, limpa seu sangue e assiste sua prosperidade. “Mas confiaste na tua formosura, e te corrompeste por causa da tua fama… e fizeste imagens de homens, e te prostituíste com elas.[16:6-41]

Pênis grande. [16:26]

Descobriram a nudez do pai, cometeram adultério com as esposas do próximo, e fizeram sexo com a nora e a irmã. [22:1-16]

Duas irmãs eram culpadas de se prostituírem no Egito, “e ali foram apalpados os seios da sua virgindade.” Como castigo, “descobriram a sua vergonha, levaram seus filhos e suas filhas, mas, a ela, mataram-na à espada“. O destino da irmã sobrevivente foi pior: nariz e orelhas cortadas, peitos arrancados, e depois de estuprada e mutilada, é apedrejada até a morte. É a vontade de Deus. [23:1-49]

Pênis realmente grande. [23:20]

Deus quebra e rasga os ombros dos egípcios, e diz que “trarei sobre ti a espada e separarei de ti homem e animal.” Ai! [29:7-9]

 

Miquéias

Arranque a pele, a carne dos ossos, coma carne humana, quebre os ossos, corte os corpos em pedaços e faça um belo guisado. [3:2-3]

Apocalipse

Jezabel (quem Deus tinha se livrado jogando-a do alto, pisoteada por cavalos, e comida por cães [II Rs 9:33-37]) é insultada por João, dizendo que ela ensinou e seduziu os servos de Deus para se prostituírem. [2:20]

Jesus porá Jezabel em uma cama, e cometerão adultério com ela. [2:22]

Bebendo o vinho da prostituição. [14:8]

A grande prostituta é descrita como “cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição.” Ela tem um sinal bastante grande na testa, e se porá bêbeda com o sangue de santos e mártires, “e a porão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo.” [17:1-16]

Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição. Os reis da terra se prostituíram com ela. E os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias. [18:3]

E os reis da terra, que se prostituíram com ela e viveram em delícias, a chorarão e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio. [18:9]

A “grande prostituta” corrompeu a terra com sua prostituição. [19:2]

Eu não sei exatamente quem são os “cães” neste verso. (Alguns dizem que são os homossexuais.) Mas seja quem for, João os condena a todos para o inferno. [22:15]

 

About these ads

188 Respostas

  1. Cara, eu morro de curiosidade pra saber como o crente explica esse tipo de coisa…

  2. E eles cantam a letra da musicas errado acreditando que estar cantando certo

    Escatologia fake!

    DU PARAGUAI.

  3. O crente apenas igonra isso, como se não fizesse parte do livro sagrado deles.
    É mais fácil…e menos vergonhoso.

  4. Essas frases ñ tem nada a ver com Deus, ñ faz parte dos seus ensinamentos para o homem. São somente os relatos dos costumes de uma época remota, são descrições de como as coisas eram naqueles tempos. A Bíblia foi escrita a milhares de milênios e não tinham cmo eles saber ou querer escrever nada para nós como nós conhecemos. Eles escreviam como era o mundo naquela época e deixaram isso relatado com a visão deles. Deus escolheu homens de uma época para escrever suas orientações para o homem se salvar e os homens escreveram isso na sua língua e com os seus conhecimentos.

  5. Os costumes de uma era ñ atrapalham os ensinamentos verdadeiros de Deus que estão por toda Bíblia. É só saber ler com a mente aberta, mas os ateus odeiam tanto a Deus que ñ enxergam sua palavra nem se o próprio Deus lhe envia um sinal todos os dias eles vão dizer q é coincidencia.

  6. Esse não é o Deus que me foi apresentado nas aulas do Catecismo!

  7. Oxe!
    Se Deus é perfeição, acho que não deve mudar de ideia e nem ter arrependimentos. Se Ele é uma entidade de palavra, o que ele disse há trocentos anos deveria valer para todo o sempre.
    Nessa historinha de interpretação individual da bíblia, os crentes estão distorcendo e contradizendo as palavras do Senhor!
    As coisas que estão escritas lá estão claras, não sei porque diabos querer mudar o significado. Se é pra crer, creia em tudo!

  8. Quando vigiavam-me dia e noite, mesmo eu estando em estado de mendigo (fome, frio, escárnio, escandalos armados pela pior escória com covardes apontando e batendo palmas, e pulhas roubando, plagiando, desgraçando garotas e garotos; e rindo porque vestiam escroques com “moral”, “respeito”, “ética”, e perfilavam a adolescência atrás desses desgraçados com a anuência enganada dos pais, QUE NADA SABIAM), então numa madrugada o “servu” de “deusu” com farda para melhor vigiar e sacanear à serviço du ‘tremendu’, meteu o revolver na minha cabeça e foi logo nos testículos tentando trilhá-los; reagi mesmo fraco demais — por ódio — e o elemento escorado pelo outro da dupla deu uns socãos bem dado; e eu segurei o engasgo (Guarujá, Brasil) … Vão pagar …
    De tudo que eu fiz, uma obra extensa, só peguei rasgos, restos; vendo como o que fiz ainda serviria para enriquecer Canalhas; é só um tanto … eles vão pagar …

  9. Fica difícil entender na Bíblia e separar o que é vontade de deus e o que é alegoria, costume do povo!

    Imaginem, deus pedir para fazer pão com esterco de bicho e de gente!

    Atenção todos os crentes: quem tiver defeito nos testículos não poderá ir aos cultos. Basta escolher um “obreiro” pra fazer o exame que decidirá, com inspiração divina, qual os de “ovo” sãos

    Hagnus, está escrito isso é só ler!

    Anônimo,

    Esta é a palavra do senhor, pode confirmar!

    Su,
    É isso mesmo. Agora começamos a ficar despreocupados por não ter que enterrar “merda”, nem ter examinado as “partes”, somos livres disso! A palavra perfeita do senhor é balela! Quando é feio é alegoria, quando acham legal é sagrado!

    E o preconceito continua com os filhos bastardos…

  10. Papo de fazer inveja ao bêbado que gosta de descarregar suas mágoas quando bebe.

  11. Anônimo
    Imagino como deve ter sido o popular o pão de esterco que o seu deus mandou fazer hehehe.

  12. Qual a vantagem de seguir a bíblia? Nós, ateus, temos vantagem, somos livres e não cometemos os crimes prescritos lá..

    Onde estão os deuses? Na cabeça das pessoas!

    A bíblia é um livro do passado remoto,cheio de absurdos, as vezes, admitido pelos crentes, mas de repente esquecem e dizem que é a palavra de deus…

  13. A bíblia é um livro do passado remoto,cheio de absurdos, as vezes, admitido pelos crentes, mas de repente esquecem e dizem que é a palavra de deus…

    Mais alguem lembrou de 1964 e o duplipensar?

  14. Sr, Anõnimo é engraçado o Sr vir com esta conversa sendo que vc cansa de ouvir os pastores dizer qeu é a infalivel palavra do Senhor.
    Eu concordo com o Sr. é isto mesmo são costumes de épocas colocados como vontade de Deus.
    Mas me diz ai qual religião aceita e prega isto?

  15. Aí o “jogador” ‘bonzinho’ “”fervoroso”” faz o gol e abre uma bocona e as “câmeras” não perdem o lance, focam bem ele agradecendo ao TODO PODREROSO. marketing forte, qual molequinho não ía atrás do “conselho” do bom-de-bola famoso? Aí os “mais gostosos” que os outros jogadores de outros times “descansam em paz” no campo, tudo do lado de jeosuis “o fodão”. E vem o resultado: FORA DA COPA. Ué! A rênti num éramu us filin arbençuadu? Cumé qui perdêmu? Seria engraçado se não fosse RIDÍCULO. Pelo menos assim os guri que tão crescendo vão ver a realidade. E pelo menos outras pessoas competentes que não ficam de quatro pra pastutos e padrófilos poderão ter suas escolinhas de futebol sem a “bença-mafiosa” que meteu o bico podre em tudo que é canto na Sociedade. Só vão tomando no meio da cara deslavada pra aprender. Vamos ver agora se eles dão um tempo de fazer sumiço em “balão”, agourar surfista com tubarão, e o cacete. Vamos acordar, porque na hora que menos esperarmos estamos todos ferrados. Talvez seja melhor ver a fantasia perder no futebol do que ver o nazi-domínio-divino desgraçar as sociedades civis todas.

  16. Realmente por este ponto, é uma merda o futebol dos “abençoados”. Deus não ajuda! Fiquei com certa pena, porque tinham chance de ganhar e dois lances de azar ferraram tudo!

  17. Para mim foi um alivio os vizinhos estavam me enchendo o saco com vuvuzelas…

  18. Não se pode avaliar o verdadeiro interesse de Deus em dizer esses trechos da Bíblia sem primeiro analizar todo o contexto da narrativa e dos acontecimentos. Você não tem por que simplesmente achar que é o que você acha que é somente por uma pequena amostra de trechos que estão fora do seu contexto. Esse, aliás, é o principal artifício de Satanás para seduzir as mentes fracas como as de vocês!

  19. Anônimo,

    Tudo bem! E onde devemos aprender qual a vontade de deus, senão mo seu livro? Como separar a “parte que não vale”, “não conta”, a alegoria da verdadeira vontade de deu?

    Nós aqui não acreditamos em satanás, nem em iaras, nem em unicórnio do rabo dourado! Primeiro prove a existências destes seres, “demônios” e “deuses” e depois discutiremos.

    Você diz isso, porque foi seduzido por uma fábula mal contada de um povo da idade do bronze! Se tivesse nascido na Arábia inventaria Alá…e por aí vai

    Então quem é mente fraca? Aquele que quer provas, ou aquele que acredita nesta bobeiras, passadas por pastores idiotas?

  20. É Saracura é igual mulher que apanha mas não admite que o marido não vale nada, e só continua com ele por medo.

  21. Sr. Anônimo gostaria de pedir ao Sr que assista no youtube os videos de 1 a 6 cujo o nome é : HISTÓRIA DE SATANÁS ; é um documentário muito bom.
    Não tem nada a ver com satanismo não pode assistir sem medo.
    La explica de onde veio este dualismo entre o bem e o mal

    Digita la no youtube : HISTÓRIA DE SATANÁS

  22. @ Anônimo

    Não se pode avaliar o verdadeiro interesse de Deus

    2 coisas:

    1- Um ser de “complexidade mental” infinita, se existir, não pode ser compreendido por um ser de “complexidade mental” finita. Ou seja, nem por mim, nem por você e nem por ninguem… Então não tente interpreta-lo, pois estaria fazendo errado e provocando a ira dele tambem… E VOCÊS acreditam nele, nos não…

    2- Então os ateus é que não podem, mas vocês, como povo ungido, escolhido e NÃO-JUDEU, podem?

  23. O mais novo slogan do site!

    DEUSILUSÃO – O Blog da murmuração!

    Acesse logo! Antes que venha entrar em EXTINÇÃO.
    __________________

    Não haverá sucessores, ehee..

    É como os Centros de Umbanda e Espírita, os filhos estão se tornando Evangélicos e assim não estão deixando sucessores para tocar a tradição sujeita ao fracasso no Brasil.

    Sabendo disto, a Católica não pretende mais nos combater, nos chamando de SEITA!

    Agora Eles querem se unir com conosco, oferecendo o ECUMENISMO.

    ______________________

    Vamos colonizar o Brasil.

  24. - com conosco – é foda!!!!!!!!!!!!!!!!

    huashusahuashuashuahuasuha

    A Igreja Coca-Cola: O evangélico tá tomando conta de todo o mercado e só ele tá vendendo Deus! Isso é monopólio.

  25. - vamos colonizar o Brasil – caralho, velho, tu não sabe nem o que é COLONIZAR? Larga tua bíblia um minuto e vai ver no dicionário

  26. colonizar SEGUNDO O DICIONÁRIO AURÉLIO:

    [De colônia1 + -izar.]
    Verbo transitivo direto.

    1.Transformar em colônia1 (4 e 5):
    Os portugueses colonizaram o Brasil.

    2.Habitar como colono:
    Grupos de camponeses do Nordeste vieram colonizar o Centro do País.

    3.Propagar-se ou alastrar-se por; invadir:
    O sapé coloniza terrenos pobres e esgotados.

    4.Dominar como a uma colônia1 (4); exercer domínio, ou supremacia, sobre.

    __________

    Vamos colonizar o Brasil.

  27. @Hagnus

    Acesse logo! Antes que venha entrar em EXTINÇÃO.

    Não haverá sucessores, ehee..

    Ah… a típica ignorância (favor pesquisar a palavra antes de replicar) crental…

    Lamento, mas as estatisticas estão contra o seu argumento. Ateus estão em crescimento a olhos visto e devidamente catalogados.

    É como os Centros de Umbanda e Espírita, os filhos estão se tornando Evangélicos e assim não estão deixando sucessores para tocar a tradição

    Deve ser por isso que aumentam os ateus, pq Espiritismo é basicamente a mesma coisa que o cristianismo e, convenhamos, nenhuma divindade que se preze precisa de sacrifícios… Deve ter sido por isso que seu deus parou de solicitá-los, afinal ele não muda…

    Ops, ele muda sim, até se arrepende!!!

    Sabendo disto, a Católica não pretende mais nos combater, nos chamando de SEITA!
    Agora Eles querem se unir com conosco, oferecendo o ECUMENISMO.

    A proposta católica de ecumenismo é até interessante, se não significasse exatamente a união das igrejas cristãs sob o julgo católico…

    Se vocês vão engolir eles ou eles vão engolir vocês, ai é uma questão sexual que não inclu os ateus…

    Alias, vendo esta suruba de vocês, talves mais alguns acordem e deixem as religiões, passando à ateus…

    Vamos colonizar o Brasil.

    Como diz o Leonardo: o amor cristão cheira a fogueira…

    Com cada vez mais ateus no Brasil, quem vai conquistar quem mesmo?

    Sinceramente? estou “Activia” para a religião dos governantes, desde que aprovem pesquisas com celulas tronco, verba para estudos avançados das ciências e não obriguem esta palhaçada de ensinar DI ao lado de Darwin nas escolas…

    É isso que os crentes não entendem: Que somos contra religiões quando atrasam o progresso científico ou desrespeitam os direitos humanos… De resto, se o que vc faz com sua bunda ou sua religião te faz feliz, é problema seu…

  28. Anônimo,

    Estude também sobre Denotação e Conotação.

    Exemplo: nº 4 Significa denotação.

    ___________

    E não vai sobrar espaço para a PEPSI-COLA.

  29. =-(

  30. Anjo_Zero

    Envergonho-me de descer o nível. Não vou lá embaixo não!

    Pode balangar à vontade ae.
    As vezes a verdade é dolorosa…

  31. - vamos colonizar o Brasil – caralho, velho, tu não sabe nem o que é COLONIZAR? Larga tua bíblia um minuto e vai ver no dicionário

    O Anonimo, não avacalha né? Já passamos um pouco da época de criticar os pequenos deslises da gramática em favor de criticar as idéias… Até pq se fizessemos isso, 99% dos posts não se salvam…

    E dos crentes que postam aqui, o Hagnus até que usa o português bem pra kct…

  32. Pode balangar à vontade ae.

    Balangar = Balançar no aurélio… Regionalismos obscuros não ajudam na discussão… Tipico de crente…

    As vezes a verdade é dolorosa…

    Eu posso usar argumentos jocosos, mas diferente de você posso mostrar dados do crescimento dos ateus no censo, assim como o crescimento dos evangélicos.

    Como eu disse, a questão é: Quem vai conquistar/colonizar? E para que?

    Pq se for pra vocês realizarem boas obras públicas, manter o estado laico, respeitar os direitos humanos, contribuirem para a isenção das pesquisas científicas, apoiar que o ensino de religião seja o campo da filosofia e sociologia, mostrar isenção apoiando controle de natalidade com distribuição gratuita de preservativos e camisinhas, apoiar as minorias e manter o estado de direito, podem converter o brasil a vontade, não estou nem ai…

    Afinal, os ateus serão minoria e terão proteção garantida pelos governantes… To tranquilão :)

    Vocês são capazes disso? De manter seu deus fora da maquina do Estado?

    Nos ateus podemos ;)

  33. Hahaha o povo pula de uma crendice para a outra e se julga esperto;
    “Ah ontem eu era Espírita hoje sou Protestante”

    Hehehe é quase isso:
    ‘Ontem eu acreditava em duendes, mas hoje só em fadas”

    Não vejo no que isso muda uma pessoa, ela continua ingênua e manipulável a qualquer “líder” dessas crendices.

  34. Hahaha olho gordo crente é tão supersticioso hahaha,
    Isso é coisa de gente ignorante Agnaldo, daqui a pouco vai dizer que leite com manga faz mal hahaha.

  35. Não é à toa que religião está no rank http://pt.wikipedia.org/wiki/Supersti%C3%A7%C3%A3o de crendices.

  36. Leonardo,

    Você não adora quando eles mesmo mostram as contradições?

    Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males

    Sendo que a pregação das igrejas que eu frequentei (IURD, Metodista e Batista) praticamente giravam em torno do dinheiro…

    Crentes: Dê uma corda e eles mesmo se enforcam…

  37. Hagnus

    A proposito, eu estou muito curioso sobre a sua resposta da minha argumentação não-jocosa…

  38. Hahaha verdade http://www.editoracentralgospel.com.br/_gutenweb/_loja/pg_produto.cfm?cod_produto=68496 tá aê essa bíblia que não me deixa mentir.

  39. Precisei apagar umas panfletagens sem sentido!

  40. QUANTA IGNORÂNCIA HISTÓRICA NESTA POSTAGEM…muito fraco sua proposições….

  41. Quanta besteira eu li aqui. Não há nada mais ridículo do que um ignorante querer falar do que não sabe. Se você se desse ao trabalho de estudar a Bíblia e pesquisar o que realmente significam os versículos que citou, daria para respeitar o seu ponto de vista. Mas seus comentários não passam de falatório de um “tolo”. Não sabe nada sobre Deus, aí acha que desfazer do Senhor é a forma de conseguir a atenção que certamente não tem. Você deve ser uma pessoa muito infeliz. Lamento pela sua ignorância. E lamento mais ainda pela sua alma, que se não se arrepender, vai arder no inferno. Quando você estiver frente e frente com satanás, vai se lembrar desse comentário. É assim que acontece com pessoas como você. Riem, debocham, zombam e fazem gracejos… Até o dia que Deus diz: “acabou pra você querido. Este é o seu último dia de vida”.
    A Bíblia fala de pessoas como você. Tolos que desprezam a sabedoria de Deus. Mas chegará o dia em que cada palavra que você proferiu, terá que prestar contas… Leia apocalipse capítulo 20. 11-15…
    Chegará o momento em que todos estarão diante do trono de Deus para prestar contas do que fizemos nesta vida… Faça algo por si mesmo: Busque a Deus, enquanto se pode achar.
    E não se engane com sua filosofia vã… Se você acha que não serve a “deus” nenhum, você está muito enganado! porque excluir Deus de sua vida, automaticamente inclui o diabo. Só existem dois caminhos. Se você desdenha um… Está escolhendo o outro.. No seu caso, o caminho que está escolhendo, é o da destruição. lamento por sua vida, lamento por sua alma, lamento por seu destino… Que Deus, o Senhor e criador do Universo, tenha misericórdia de você.

  42. Rosileni, querida, você pode perder um tempinho e nos explicar o que esses versículos realmente significam? Eu estou procurando Deus, mas não consigo encontrá-lo em lugar algum, e a minha ignorância não permite entender a mensagem que Deus deixou pra salvar nossas almas do inferno. Você se importaria em esclarecer esses versículos? Vai ajudar muito, e, quem sabe, eu consiga entender o que Deus estava querendo dizer com isso.

    Obrigado.
    A paz do Senhhor.

  43. Eu queria saber como é que esses crentes acabam chegando aqui nesse blog. Será que é poder recomendação de outros crentes ? Será que é por busca no Deus Google ? Imagina só os crentes procurando “sites ateus cujos donos nada tem a temer … ” Ah ! tem um engraçadinho aqui ! Vou trollar em nome de Jesus !

  44. rosileni,

    Que bom que comentou! Com tanto bons votos creio mesmo que seja “irmã”! Poderiam explicar sobre o que você considera apenas dicas prum povo atrasado e dicas sérias, poderia nos dizer quais versículos são lixo pra nós.

    Abração e que Oxóssi e Exu a acompanhe!

  45. Minha análise é que você, para analisar tudo o que falou, você leu toda a bíblia e isso é muito importante, porém, tente extrair dela a mensagem central que você entenderá todas as questões da sua mente. Dica: entenda seus comentários.

  46. Seu bastardo repugnante, vc deveria levar em concideração a tradução e os costumes de vários povos descritos . O que está relatado na bíblia, nem sempre condiz com mandamentos, mas, com uma história. Pegue o texto e faça uma interpretação dentro do contexto ( alias, não retiro o “bastardo repugnante”!). Procure uma tradução melhor, talvez assim, vc seja mais iluminado!!!!

  47. Janete, sua adorável mocinha bem-nascida, isso que você está pedindo para o autor do texto fazer é uma adaptação à sua moral particular. Ou seja, você escolhe na Bíblia o que serve e o que não serve pra você.

    Seu Deus é uma ilusão, por isso você precisa fazer força para convencer-se de que ele existe.

  48. Barros,

    Até tentei lembrar de alguns desses versículos, porque um irmão insistiu que não existia. Mas está lá..

    Essa Janete está agora descobrindo as idiotices do livro sagrado!

  49. Barros

    Seu Deus é uma ilusão, por isso você precisa fazer força para convencer-se de que ele existe.

    Se tens tanta certeza disso, para que “fazer força” e elaborar um blog pelo qual busca “argumentos” para acreditar nesta suposta ilusão?

  50. Saracura, meu querido!! Espero que esteja tudo bem contigo. Tenho um compromisso aí na sua cidade semana que vem. Vou aproveitar e dar um passeio pra ver alguns lugares muito especiais pra mim.

    Azetech, por que a sociedade se incomoda com a expansão do crack?? Ora, se eu sei que o consumo dessa droga é altamente prejudicial à saúde, além de ser moralmente degradante, por que apenas não me mantenho a distância de usuários e traficantes? Por que a sociedade não deixa eles todos em paz consumir suas vidas junto com sua droga preferida?

    Religião também é uma droga.

    Não vejo muita diferença entre fazer uma oração e fumar uma pedra de crack.

  51. Saracura2

    Essa Janete está agora descobrindo as idiotices do livro sagrado!

    Então Saracura, segundo a TUA interpretação dos versículos bíblicos, que a meu ver foram bem descontextualizados, chegaste a esta conclusão.

    Outros pelo qual empenham suas vidas a estudar o conjunto de livros que compõe a Bíblia, assim como sua arqueologia, história, hermenêutica, ciência, etc.. chegam a entendimentos totalmente diferente do que chegaste, caracterizando-a como ESPETACULAR, EXTRAORDINÁRIA e MIRACULOSA

    Então vemos que aí, é uma questão de interpretação entendimento.

    Agora vem minha questão, como sabe que a TUA interpretação e entendimento dos versículos lá relatados corresponde a verdade?
    Com outras palavras, como sabe que, o que você sabe é a verdade?

  52. A Biblia comentada …

    Ps: Segundo Darwinland.

  53. Barros

    Ora, se eu sei que o consumo dessa droga é altamente prejudicial à saúde, além de ser moralmente degradante, por que apenas não me mantenho a distância de usuários e traficantes? Por que a sociedade não deixa eles todos em paz consumir suas vidas junto com sua droga preferida?

    Bom, pelo fato de saber que o crack é prejudicial, porque não vejo elaborar um site “crackilusão” com argumentos pejorativos a droga e aos usuários?
    A resposta é simplês, quanto ao Crack, tens certeza que a mesma é maléfica, por isso não investe tempo tentando convencer a tí e aos outros que a mesma é ruim.

    Porém quanto a Deus, queres se convencer que ele não existe, ou a obediência a ele seja como um vício a drogas, simplesmente porque NEM TU tens certeza disso.
    Teu esforço é para SE convencer daquilo que não és convencido.

    Religião também é uma droga.

    Perceba Barros que teu vício em negar a Deus, blasfemar contra ele, e ridicularizar que o obedece é semelhante a uma droga. Tu não consegues viver sem estas atitudes e tua “paz” depende de tua manifestação de ódio constante.

    Não vejo muita diferença entre fazer uma oração e fumar uma pedra de crack.

    Pol Pot, Stalin, Ceausescu, Mao, Fidel Castro e outros lideres comunistas possuíam o mesmo pensamento.
    Nem preciso te lembrar o que este tipo de pensamento ocasionou, não é mesmo?

  54. Jephsimple

    A Biblia comentada …
    Ps: Segundo Darwinland.

    Pois é Jeph, o Saracura empenhou-se em manifestar a SUA interpretação da bíblia, que nem se deu conta de ser apenas um entre milhares de pessoas pelo qual se julgam interpretar a bíblia corretamente.

    Acho que ele deveria abrir um tempo ateísta, prometendo ensinar a Bíblia segundo sua interpretação, e ganhar uns $$$ com isso.
    Até sugiro um nome:

    Comunidade ateísta do “desevangelho” segundo Darwin

    Com líder A-espiritual: Saracura

    Muitos crentes no naturalismo serão membros vitalícios em seu templo.

    :-)

  55. Azetech,

    Seria cômico , se não fosse trágico.

    É tarefa difícil levar “objeções” como estas a sério.

  56. Jephsimple

    Pois é Jeph, para nós que conhecemos e estudamos a Bíblia e a ciência que a envolve, realmente identificamos como um argumento muito fraco (até mesmo porque conhecemos o contexto que as envolve).

    Porém para pessoas que desejam crer no naturalismo, sendo leigos a questões bíblicas, as argumentações do Saracura (ou pessoas semelhantes a ele) podem ser tomadas como verdadeira, levando-os a aceita-lo até mesmo como um “profeta”.
    Não é a toa que pessoas como Richard Dawkins, Bart Ehrman, Israel Finkelstein e outros “profetas” do ateísmo conseguem convencer e lucrar em cima de muitas mentes crédulas.

  57. Não é a toa que pessoas como Richard Dawkins, Bart Ehrman, Israel Finkelstein e outros “profetas” do ateísmo conseguem convencer e lucrar em cima de muitas mentes crédulas.

    A desonestidade intelectual em ação: o cérebro do crente, no desespero de não querer confrontar a realidade, inverte o sentido das coisas para atender aos seus propósitos. Ele vive num universo invertido, o Universo elevado a -1, em que é o ateu que tem fé e enriquece aqueles que a sustentam…

  58. Fernando, meu velho, li seu e-mail, mas não lembro as perguntas. Dá pra repetir aqui?

    Abraço

  59. Vamos lá :

    1 – http://deusilusao.com/2013/08/07/de-onde-vem-a-fe-2/

    ( A “pergunta” está no meu segundo comentário ) :

    Olha só o que achei Barros !
    http://www.e-farsas.com/dona-de-cabare-processa-a-igreja-universal-sera-verdade.html

    2 – http://deusilusao.com/2013/07/03/foi-se-o-tempo-dos-milagres/

    Barros, em 08/07/2013 às 22:08 disse:
    A maior prova de que Deus não existe está no enorme número de crentes argumentando em favor de sua existência.

    Fernando, em 09/07/2013 às 00:34 disse:
    Barros, me esforcei aqui mas ainda não consegui assimilar essa sua afirmação. Dá pra desenhar pra mim ?

    E aí ? Responde ou repassa ?

  60. Barros

    A desonestidade intelectual em ação: o cérebro do crente, no desespero de não querer confrontar a realidade, inverte o sentido das coisas para atender aos seus propósitos. Ele vive num universo invertido, o Universo elevado a -1, em que é o ateu que tem fé e enriquece aqueles que a sustentam…

    Então chama de “desonestidade intelectual” aquilo pelo qual não consegue responder? Apela para supostos desesperos e mentalidade de Crente (?)* simplesmente para mudar o foco do argumento?

    * Ps: TODOS (sem exceção) são crentes e céticos ao mesmo tempo. A crença é parte da razão humana.

  61. Fernando, agora lembrei. Não respondi porque achei que era só uma pergunta retórica. Mas o que eu quis dizer — que, de forma alguma, está claro, motivo pelo qual você não entendeu — pode ser entendido assim: coisas que existem podem ser demonstráveis, ou assimiladas num contexto lógico, de forma a que essas coisas possam ser repassadas a outras pessoas, e aceitas por elas como fazendo parte da realidade, mesmo sem que elas mesmas as tenham visto, ou mesmo que elas não tenham condição, por si só, de compreendê-las.

    Exemplos: a gravidade, a eletricidade, o átomo, buracos-negros, a Evolução.

    Daí que, se você souber de algum descrente da eletricidade, manda ele vir falar comigo que eu sei como converter o garoto rapidinho…

    Coisas que não existem precisam de crentes para terem algum vínculo com o mundo real.

    E eu publiquei a história do cabaré. Era verdade mesmo.

    Abraço

  62. JephSimple e Azetech

    Esse vezo de atribuir aos ateus a condição inerente ao crente é uma estratégia de inversão óbvia. Mas não há demérito nisso, uma vez que entendamos ser esta uma ação do cérebro se esforçando para agir de acordo com sua natureza básica: ordenar o mundo dentro de um mínimo de lógica. Tendo em vista que o cérebro do crente foi condicionado num esquema que foge à lógica de tudo que ele capta, o mesmo tentará ordenar as coisas com os recursos disponíveis.
    O recurso disponível, no caso, é entender que todos creem em algo.

    Mas é uma estratégia equivocada, inevitavelmente, já que não há similaridade entre ateus e crentes na forma de tentar entender o mundo.
    Por exemplo, a questão de como surgiu a vida. A explicação do crente é uma só e não pode mudar. É uma verdade absoluta. Acontece que essa verdade absoluta não tem respaldo na realidade, nos fatos observáveis e testáveis. Depende de experiências e sensações subjetivas para existir. Trocando em miúdos, depende da vontade da pessoa crente de que seja assim.

    As tentativas de explicação aceitas por um ateu se baseiam em hipóteses, teorias, as quais trazem implícitas a noção de mudança e até substituição. Como se vê, o contrário de crença numa verdade absoluta. Aliás, a condição de hipótese não só permite, mas requer a possibilidade de observação e testes, partindo sempre da realidade concreta.
    Veem? Não é tão difícil de entender.

    Para aproveitar o neologismo do Jeph. A Darwinlândia é dinâmica e flexível como a própria vida.
    A Crentolândia é estática e engessada. O máximo de movimento que admite serve apenas para que não se mude nada.

  63. A Crentolândia é um universo imaginado, como os universos das estórias infantis, e é projetado para cativar os resquícios da nossa mente de criança, quando era tão fácil acreditar em tudo, quando era tão bom se fascinar com tudo, quando a vida era tão simples e as coisas geralmente tão boas.

    A Religião se aproveita disso, dessa inércia experimentada por parte da nossa mente que se recusa a crescer e aceitar o mundo como ele realmente é.

  64. SSRODRIGUES,

    o ateísmo é sim um mero ato de fé e um posicionamento anticientífico; uma vez que a Ciência jamais provou que Deus não existe!

    E a Ciência séria, que busca a verdade seja ela qual for, jamais pode ignorar a priori a existência de Deus e do mundo sobrenatural; pois, se eles existem, ela estará se afastando da verdade em vez de se aproximar dela.

    Portanto, para quem dá tanto valor à Ciência, a posição correta seria ser agnóstico e não ateu.

    Penso que, por mais importante que seja a Ciência como um instrumento pela busca da verdade, não devemos idolatrá-la; pois, ela é tão limitada quanto o próprio homem que a criou. Com certeza, a Ciência ainda vai avançar muito e nos dar muitas respostas; mas, talvez, alguns mistérios (como o existência ou não de Deus, da origem do universo, da vida e da consciência, etc.) ela jamais poderá resolver.

    E, conforme você mesmo argumentou, uma vez que a Ciência não prega uma verdade absoluta, não devemos “apostar todas as nossas fichas” nela. Mesmo porque, uma teoria científica aceita hoje pode ser substituída por outra amanhã. Por isso, devemos tomar cuidado com o cientificismo!

    Por isso, há verdades que somente podem nos ser reveladas por Deus e não pela Ciência humana. Por exemplo, como poderíamos saber, através da Ciência, que Deus é uma Trindade Santa; se isso não tivesse sido revelado por Ele na Bíblia?

    Mesmo assim, de minha parte, penso que um dia a Ciência provará (pelo menos, indiretamente) a necessidade da existência de Deus. Por exemplo, se um dia ela demonstrar que a origem do código genético é impossível de ter sido formado apenas pelas leis naturais e pelo acaso e que sua origem necessitou da intervenção de uma inteligência superior; ou que a origem da consciência não pode ser formada apenas pelo arranjo de neurônios e pelos elementos químicos constituintes do cérebro; ou que, por exemplo, o Santo Sudário é de origem sobrenatural; etc.; ela chegará bem perto de provar (mesmo que indiretamente) a existência de Deus.

    Embora, eu acredito que a Ciência faça isso toda vez que ela comprova um milagre autêntico da Igreja! Pois, o milagre é o elo entre o mundo espiritual e o mundo material, entre a razão e a fé, entre a ciência e a religião, entre Deus e os homens; é no milagre que Deus deixa ser “tocado” e “observado” pelo homem; já que os milagres podem ser objetos de estudo pela Ciência. Não é à toa que muitos antigos milagres permanentes da Igreja parecem que foram providencialmente feitos para os incrédulos dias de hoje; já que somente agora a Ciência moderna tem tecnologia suficiente para investigá-los e estudá-los a fundo.

    Pelo menos a Igreja Católica sempre deu valor à Ciência, acreditando que Deus se revelou aos homens através de dois livros: o LIVRO DA BÍBLIA e o LIVRO DA NATUREZA. Os teólogos estudam o primeiro (que vem do alto e é espiritual) e os cientistas estudam o segundo (que vem de baixo e é material); e, um dia, ambos irão se encontrar e se abraçar para fazer as pazes; pois, ambos tendem para a Verdade (que, no fundo, é Deus).

    Haja vista, que a primeira academia de ciências do mundo foi fundada pela Igreja Católica no longínquo ano de 1603 e, hoje, a Pontifícia Academia de Ciências do Vaticano consta com nada menos do que 24 Prêmios Nobel!!!

    http://www.bibliacatolica.com.br/blog/historia-da-igreja/vaticano-24-premios-nobel-de-ciencias/#.UawanUA3vQh

    Por isso, ao contrário do que pregam os apologistas ateus, não há conflito entre FÉ e RAZÃO e nem deve haver entre CIÊNCIA e RELIGIÃO!

  65. D. R., em 16/08/2013 às 20:57 disse:

    “o ateísmo é sim um mero ato de fé e um posicionamento anticientífico; uma vez que a Ciência jamais provou que Deus não existe!”
    Nem deus, nem fadas, nem o saci, nem a cuca, nem unicórnios, nem zeus, nem apolo, nem athena, nem afrodite, nem hórus, nem thor, nem tupã, nem vampiros, nem lobisomens, nem nenhum outro ser imaginário.
    Pelo que conhecemos, a ciência estuda as coisas que existem. Os contos de fadas servem pra pessoas que usam este tipo de argumento.

  66. SSRodrigues

    Fizeste algumas afirmações absolutas pelo qual gostaria de por em prova. Gostaria de ver se além de sua crença pessoal e opiniões fundamentadas pela sua cosmovisão (naturalista) possui argumentos sólidos para o tal:

    Esse vezo de atribuir aos ateus a condição inerente ao crente é uma estratégia de inversão óbvia.

    Perceba que a condição de crente ou de incrédulo cabe ao sistema de argumentos ou eventos sem comprovação in loco pelo qual assumimos com verdadeiras.
    Esta característica é inerente a racionalidade humana, visto que diante da incapacidade de comprovação empírica, resta por razão assumir a priori tal evento.
    Por exemplo:

    º Verdades lógicas e matemáticas (axiomas) não podem ser comprovados empiricamente in loco. Elas são pressupostas (cridas) a priori e tentar prova-las seria raciocínio circular.

    º Verdades metafísicas como “Há outras mentes além da minha” ou que o mundo externo é real ou que o passado não foi criado a 5 minutos em nossa mente aparentando ser mais velho, são CRENÇAS racionais que não podem ser provadas.

    º CRENÇAS éticas sobre declarações de valor (Bem ou Mal) assim como a “voz da consciência”, não podem ser comprovados empiricamente in loco por métodos científicos.

    º Julgamentos estéticos como o que é bonito como “bom ou feio como “ruim” não podem ser comprovados empiricamente in loco por métodos científicos.

    º A própria CIÊNCIA não pode ser comprovados empiricamente in loco por métodos científicos. a ciência é permeada de CRENÇAS a priori que não podem ser provadas como por exemplo a teoria especial da Relatividade, onde ela toda depende da CRENÇA Que a velocidade da luz é constante nos pontos A e B.

    Então, como podemos ver, a negação da crença como parte da racionalidade, se choca com as observações, sendo portando a alegação “eu não creio em nada” como ilógico e irreal

    Mas não há demérito nisso, uma vez que entendamos ser esta uma ação do cérebro se esforçando para agir de acordo com sua natureza básica: ordenar o mundo dentro de um mínimo de lógica.

    Esta tua afirmação simplesmente corroborou meu argumento em afirmar que tanto a Crença quanto a Descrença fazem parte da racionalidade humana.

    Tendo em vista que o cérebro do crente foi condicionado num esquema que foge à lógica de tudo que ele capta

    Crente em Quê? Poderia ser mais específica? Existe crenças lógicas e ilógicas, se não a diferenciar, ficará difícil analisar.

    Mas é uma estratégia equivocada, inevitavelmente, já que não há similaridade entre ateus e crentes na forma de tentar entender o mundo.

    Ateus e crentes? Referiste a Ateus e TEÍSTAS ou crentes e DESCRENTES

    Tanto Ateu como teísta possui crenças e decrescenças a algo.
    Por exemplo o Ateu crê que a vida originou a si mesma por processos naturais (visto que não pode comprovar empiricamente in loco esta afirmação) .

    Já um Teísta crê que a vida foi fruto de um processo sobrenatual (visto que também não poderá comprovar empiricamente in loco esta afirmação)

    Por exemplo, a questão de como surgiu a vida. A explicação do crente é uma só e não pode mudar. É uma verdade absoluta.

    Novamente vemos teu equivoco com a palavra Crente. Crente em que? no Naturalismo ou Criacionismo? No Teísmo ou ateísmo?
    Um crente no Criacionismo (teísta) Crê que a vida foi criada. Um crente no Naturalismo (ateísta) crê que a vida originou a si mesmo

    As tentativas de explicação aceitas por um ateu se baseiam em hipóteses, teorias, as quais trazem implícitas a noção de mudança e até substituição.

    Agora foste direta, direcionando seu argumento a crença Ateísta.
    vamos testar se o que fala a respeito dela, é condizente com a realidade.
    Segundo esta fé (que a vida originou a si mesma por processos naturais), qual observação indica que um poço de lama pode se tornar vida?
    ainda segundo esta cosmovisão, qual demonstração observável revela a capacidade aleatória de gerar informação aperiódica funcional (Como o DNA e as Leis Físicas)?

    Gostaria de testar a plausibilidade lógica e racional, de acordo com as evidências observáveis, de que a crença ateísta está mais próxima a realidade.

  67. Barros

    Exemplos: a gravidade, a eletricidade, o átomo, buracos-negros, a Evolução.
    Daí que, se você souber de algum descrente da eletricidade, manda ele vir falar comigo que eu sei como converter o garoto rapidinho…

    Perceba que a Gravidade, eletricidade, átomo e buraco-negros são OBSERVÁVEIS, não necessitando o uso da crença para o tal. Porém quanto a MACRO-EVOLUÇÃO cadê as observações? cadê?? Mostre uma experiência in loco de uma invertebrado “virando” vertebrado, ou um ser unicelular “virando” um multicelular.

    Perceba, que segundo a evolutiva, estes supostos eventos ocorreram em um período NÃO OBSERVÁVEL em um tempo muito, muito distante, logo, necessitando o exercício de sua CRENÇA para o tal.

  68. Para toda a sua linha de inquirição, use como guia na obtenção da resposta a minha formulação “… a condição de hipótese não só permite, mas requer a possibilidade de observação e testes, partindo sempre da realidade concreta.”, onde “partindo sempre da realidade concreta é a chave.

    Definição que uso para crente: todo aquele que crê em coisas tais como deuses criadores.

    Passo a acreditar em alguma espécie deles a partir do momento em que você ou qualquer outro crente prove essa existência partindo da realidade concreta. Não costumo brigar com fatos.
    Enquanto qualquer espécie de deus se apresentar ancorado apenas na imaginação humana, terá para mim a mesma condição de quaisquer criações fictícias.
    Observo que sua mente trabalha sempre num raciocínio circular. Crença, fé, atribuição de valores de maneira forçada.
    Curiosidade: onde você viu que poços de lama por si sós originam vida?

  69. SSRodrigues

    Definição que uso para crente: todo aquele que crê em coisas tais como deuses criadores.

    Mas esta definição de palavra não corresponde ao que ela apresenta.
    Como disse anteriormente, teístas, ateístas, deistas, politeístas, panteístas, ufologos, etc.. possuem em seus pensamentos, conjunto de crenças e de decrenças ao mesmo tempo. Logo todos são por definição crentes e Descrentes ao mesmo tempo.

    Até mesmo expus no dicionário o que a palavra Crente significa.

    Agora vem minha dúvida, se tu, Atéia, tendo como convicção pessoal que o início da vida foi resultado em um processo natural, não conseguindo comprovar empiricamente tal condição (sendo portanto uma crença), possui seu conjunto de crenças e descrenças, porque se classifica descrente ABSOLUTA e classifica os Teístas, Politeístas ou Deístas que DESCREEM que o início da vida foi resultado em um processo natural, como Crentes ABSOLUTOS ?

    A meu ver, seguindo o sentido exato da palavra, este posicionamento é ilógico e irreal, não fazendo o menor sentido.

    Todo ateu pensa como tu? Todo ateu desconsidera o sentido real da palavra, expresso claramente no dicionário? Esta palavra “crença” no sentido que ela apresenta expressa por tí, faz parte APENAS do Núcleo Naturalista?

    É como vocês tivessem inventado um sentido único para uma palavra pelo qual possui outro sentido.

    Observo que sua mente trabalha sempre num raciocínio circular. Crença, fé, atribuição de valores de maneira forçada.

    Esta observação é fundamentada em que, além de sua convicção pessoal?
    Existe algum atributo empírico ou argumento racional que corrobore a suposta circularidade em meu raciocíno diante da afirmação de que TODOS possuem intrinsecamente crenças e descrenças ao mesmo tempo?

    A meu ver esta tua observação está mais para um desejo pessoal e emocional fundamentado em achismo do que para um argumento sólido e racional fundamentado em fatos.

  70. Carlos Eduardo,

    é por isso que crer nesses seres, assim como o ateísmo, continua sendo uma ato de fé. Exceto os deuses mitológicos e do panteão grego que já sabemos que não existem; pois, já foi comprovado que não existe nenhum deus morando lá encima do Monte Olimpo. Mesmo assim, alguns ainda acreditam em tais deuses; mas, aí sim, seu ato de fé é irracional e anticientífico; pois, já foi comprovado empiricamente que tais deuses não existem.

    Ao contrário da existência das Lulas Gigantes, antes considerado apenas um mito de marinheiros; mas que deixou de ser apenas um ato de fé ou de crendice popular quando foram encontrados tentáculos de uma lula colossal dentro dos estômago de uma baleia.

    Por isso, a própria Bíblia vai dizer que no Céu não entra nem a esperança e nem a fé, somente a caridade; pois, lá veremos Deus face a face.

    Conforme o Aztech bem argumentou, todos nós, ateus ou crentes, temos o nosso conjunto de crenças e descrenças. Mesmo porque, dizer que o ateu NÃO CRÊ na existência de Deus ou deuses; é o mesmo que dizer que o ateu CRÊ na NÃO existência de Deus ou de deuses.

    Portanto, ele crê em algo; e, como não foi comprovada a inexistência de Deus, a sua crença na inexistência de Deus ou sua descrença na existência de Deus (tanto faz) continua sendo um mero ato de fé.

    Porém, não digo que ser ateu ou crente é um ato de fé irracional; pois, ambos tem suas RAZÕES para crer ou não crer em Deus; uma vez que a existência ou inexistência de Deus ainda não foi comprovada.

    Portanto, podemos afirmar que a FÉ pode sim ser um ato da RAZÃO; pois, é razoável crer na existência de Deus, assim como é razoável crer na inexistência de Deus.

    Embora, como eu já expliquei no outro artigo “To be, or not to be…(page one)”, há muito mais evidências FILOSÓFICAS, HISTÓRICAS e CIENTÍFICAS para a existência do Deus judaico/cristão do que para inexistência de Deus ou do que para a existência dos deuses das demais religiões. Por isso, embora seja razoável ser ateu ou crente, é mais razoável e prudente acreditar em Deus do que ser ateu.

    Um pouco de ceticismo racional e sadio é sempre bom; mas, temos que ter um limite para o nosso ceticismo; pois, o ceticismo irracional, patológico e paranoico, para mim, é pior do que o fanatismo religioso.

    Por exemplo, se daqui alguns anos a Igreja Católica liberar mais estudos científicos sobre o Santo Sudário e a Ciência confirmar sua autenticidade, de que realmente foi o manto que cobriu o corpo de Jesus Cristo e que sua origem é sobrenatural, etc. o que vocês céticos irão fazer?

    Passar a acreditar em Deus e na sua Igreja ou deixar de acreditar na própria Ciência?

    Eis a questão que deveriam se fazer; para saber se vocês não acreditam em Deus por falta de evidências científicas ou se, no fundo, vocês não querem acreditar na existência de Deus!

  71. Azetech

    Por favor, note que escrevi “definição que uso”. Adotei o uso do termo “crente”de forma genérica por considerar cansativa a necessidade de denominar a miríade de denominações que reúnem todos os…crentes em um deus criador. Funciona no mesmo sentido de, digamos, marcas de detergentes em pó.
    Falemos de convicções. Quando você usa esse termo, fica evidente seu raciocínio circular, se por convicção você quer dizer

    “crença ou opinião firme a respeito de algo, com base em provas ou razões íntimas, ou como resultado da influência ou persuasão de outrem; convencimento”

    Vou te propor duas questões.
    Você por certo está familiarizado com a Teoria de Oparin-Haldane.
    Eu a acho bem interessante e com razoáveis possibilidades de ser um bom começo de explicação. Ao que eu saiba, ainda não surgiu ninguém afirmando que essa é a explicação definitiva, ponto final.
    Observe que seja em artigos informais, seja em trabalhos acadêmicos, a teoria é colocada sempre na condicional.
    Exemplos: ‘poderia’, ‘teria’, ‘pesquisas sugerem que’…
    Eu estou plenamente de acordo com esse posicionamento pois a verdade é que não sabemos como a vida começou. Parece-lhe isso matéria de fé?

    E você? Responda-me honestamente, por favor.
    Em algum momento você estaria disposto a aceitar que a origem divina da vida pode não ser verdadeira?

    Quando falo de seu raciocínio circular quero dizer que você parece não conseguir pensar em termos que não sejam desse sistema crença-descrença. Você não parece ser capaz de aceitar ou entender que outra mente funcione na dúvida. Parece-me que é para você que tudo deve funcionar em termos absolutos.

    Sou absolutamente incapaz de responder à questão sobre a forma de pensar de outros ateus a respeito de interpretações de definições dos dicionários. Nunca aprendi a ler pensamentos, se tal for possível, claro.

  72. D.R

    Por exemplo, se um dia ela demonstrar que a origem do código genético é impossível de ter sido formado apenas pelas leis naturais e pelo acaso e que sua origem necessitou da intervenção de uma inteligência superior; ou que a origem da consciência não pode ser formada apenas pelo arranjo de neurônios e pelos elementos químicos constituintes do cérebro; ou que, por exemplo, o Santo Sudário é de origem sobrenatural; etc.; ela chegará bem perto de provar (mesmo que indiretamente) a existência de Deus.

    Não entendi este teu comentário. Tu possui alguma dúvida que informação periódica funcional provém de mente inteligente e não de processos aleatórios (se é que aleatoriedade existe)?

    Com a Descoberta do DNA assim como a descoberta das constantes matemáticas que compõe as leis universais, ficou insustentável para os naturalistas manterem-se na posição dogmática de que a informação presente e observável na natureza e na vida derivaram-se pelo acaso.

    Diante deste problema mortal as suas doutrinas, apelam para aquele velho jargão naturalista baseado em fé:

    Hoje não “sabemos” a origem de informação, mas amanhã “saberemos”

    O que traduzindo seria:

    Não aceitamos por convicção pessoal é fé no Naturalismo que a informação aperiódica e funcional presente no universo e na vida provém de inteligência (muito embora isso é comprovado o tempo todo) e também não conhecemos ou observamos no universo qualquer mecanismo aleatório que seja capaz de criar informação.
    Porém com uma grande fé e convicção de que Deus não existe, amanhã descobriremos este mecanismo natural….. ou não.

    :-)

  73. SSRodrigues

    Por favor, note que escrevi “definição que uso”. Adotei o uso do termo “crente”de forma genérica por considerar cansativa a necessidade de denominar a miríade de denominações que reúnem todos os…crentes em um deus criador. Funciona no mesmo sentido de, digamos, marcas de detergentes em pó.

    Sim, eu sei que aderiu esta palavra de maneira pessoal, dando o sentido que explanaste acima.
    Porém o que estou a ressaltar é que, de maneira correta, na conjectura real pelo qual a palavra Crer é empregada, nem de longe se emprega ao termo pelo qual adotaste para atribuir a pessoal pelo qual não creem no Naturalismo (no caso, teístas, politeístas, deistas, panteístas, etc…). Isso ocorre pois a racionalidade humana é composta de crenças e descrenças ao mesmo tempo, independente da posição filosófica que o ser escolhe adotar (criacionista ou Naturalista)
    .

    Falemos de convicções. Quando você usa esse termo, fica evidente seu raciocínio circular (..)

    Tu sabe o que significa “argumento circular” ?

    Vou te propor duas questões.
    Você por certo está familiarizado com a Teoria de Oparin-Haldane.
    (…) Parece-lhe isso matéria de fé? ,

    Diante desta hipótese, palavras como ‘poderia’ e ‘teria’ conotam a crença, visto que não foram corroboradas cientificamente.

    Quanto a palavra que empregaste: “pesquisas sugerem que” referente as experiências de Oparin e até mesmo Miller, ficou comprovado empiricamente que por aqueles modelo a vida não se originou.

    Então a declaração oficial é que “pesquisas sugerem que” a origem da vida, por processos naturais é um MISTÉRIO.

    E você? Responda-me honestamente, por favor.
    Em algum momento você estaria disposto a aceitar que a origem divina da vida pode não ser verdadeira?

    Veja bem, diante das descobertas científicas referente a existência de informação aperiódica funcional (DNA) e mecanismos complexamente irredutíveis (Motores moleculares) ESSENCIAIS para a vida, e levando em conta a experiência empiricamente comprovada de Louis Pasteur (Lei da Biogênesis) ficou claramente comprovado que a vida NÃO originou do inorgânico espontaneamente por processos naturais.

    Diante disso, vemos que para que exista vida, deverá haver inteligência e tecnologia para elabora-la.

    Isso nos deixa com dois caminhos:
    Ou ET´s criaram a Vida na Terra ou uma inteligência transcendente, imaterial, aespacial, atemporal, onipotente, onipresente e onisciente (conhecido como Deus) criou.

    Quando falo de seu raciocínio circular quero dizer que você parece não conseguir pensar em termos que não sejam desse sistema crença-descrença.

    Mas onde está o raciocínio circular em afirmar que o homem possui intrinsecamente a sua razão a crença e a descrença?

    Estou errado nesta afirmação? Existe alguém absolutamente crente ou absolutamente descrente?

    Você não parece ser capaz de aceitar ou entender que outra mente funcione na dúvida. Parece-me que é para você que tudo deve funcionar em termos absolutos.

    É exatamente ao contrário, quem afirma que teístas são crentes absolutos e que ateístas são descrentes absolutos é tú.

    Eu afirmo que a crença e descrença é subjetiva ao modelo racional não empírico pelo qual o indivíduo adota acreditar.

  74. Azetech

    Está bem. Seja como queres.

  75. a melhor de convencer alguém é afirmando que ele esta certo

  76. forma

  77. a necessidade de denominar a miríade de denominações que reúnem todos os…crentes em um deus criador.

    De tanto frequentar um site ateu, ele está se contaminando de honestidade intelectual. É uma atitude muito honesta mesmo perceber que cada religião — as cristãs inclusas — cultuam deuses diferentes.

    Ou ET´s criaram a Vida na Terra ou uma inteligência transcendente, imaterial, aespacial, atemporal, onipotente, onipresente e onisciente (conhecido como Deus) criou.

    Ups! Durou pouco.

    Primeira desonestidade: achar que, por só conseguir imaginar duas maneiras que expliquem a origem da vida, somente essas duas maneiras devem ser consideradas.

    Segunda desonestidade (indecentemente vinculada à primeira): “ora, se não foram os ET’s, só pode ter sido O MEU Deus, o Deus no qual eu calhei de crescer acreditando“, infantilmente fechando os olhos para todos os outros deuses que concorrem à mesma vaga de criador de tudo.

    Mas não é o que eu sempre digo? O que seria da fé e dos deuses se não fosse a determinação humana de autoenganar-se?

  78. Barros

    Primeira desonestidade: achar que, por só conseguir imaginar duas maneiras que expliquem a origem da vida, somente essas duas maneiras devem ser consideradas.

    Mas qual é outra “maneira” pelo modelo criacionista para uma origem da vida por uma mente inteligente além de ET´s ou Deus?
    Seres de “outra dimensão” ?(rsrsrs)
    Quer mesmo que eu considere esta terceira opção? ^_^

  79. Barros

    Quem disse este trecho:

    “”a necessidade de denominar a miríade de denominações que reúnem todos os…crentes em um deus criador.””

    foi a SSRodrigues .

    Quando eu a repostei para deixar minha réplica mais abaixo, esqueci de destacar a fala. Por isso deu a impressão que o autor foi eu.

  80. srrssrsrrssrsr
    `é triste ver uma pessoa como o AZetech que é inteligente e estuda mais tem que se fazer de burro e se enganar para poder acreditar naquilo que ele quer acreditar e quer que seja verdade!
    O Barros citou 2 desonestidades intelectuais, mas sao varias que eu li nesses comentarios acima: As invençoes adotadas pelos crentes: Aespacial & a-espacial nao existem, como cientistas estudam ciencia, esses nao entendem de lingua portuguesa, portando esse atributo super-poderoso do seu deus fantastico nao pode ser incluido.

    Portanto, nem aespacial nem a-espacial se encontram dicionarizados, apesar de ambas as formas abundarem em artigos científicos.

    A menos que voce consiga patentear e convencer os linguistas da existencia desses termos tambem, alem do fato de serem desnecessarios e nao querer dizer porra nenhuma de nada. Apenas encher linguiça e enaltecer o suposto seu deus!
    Pra voce que gosta de corrigir as pessoas com as definiçoes exatas dos dicionarios, fica a dica entao!! – voce para defender os seus toscos argumentos alem de querer deturpar o idioma, nao pode querer entao usar definiçoes inexistentes, nao é mesmo???
    Outra desonestidade muito vergonhosa da sua parte. querer usar a propria ciencia que estuda as coisas reais e fenomenos naturais! para provar ou sei lá o que a existencia do seu Deus pessoal!
    1 – onipotente, onipresente e onisciente sao termos auto excludentes. Isso ja é mais do que factível. ate teistas mais espertos ja estao abandonando este vies estupido. Brigar contra o significado das palavras e inventar termos já foi o tempo disso. Isso é arcaico e mostra que o sujeito é simples repetidor de argumentos defasados.

    Vou te dar uma luz, (nao acostuma) : Hoje em dia se usa: Designer Inteligente, só isso já basta, eu sei que é meio sem glamour sem aquela pompa toda mais é isso, só isso! e olha que os pensadores do espiritismo já tinham corrigido essas extravagancias a mais de100 anos atras! — Na verdade todos esses argumentos sobre deus e o divino foram completamente destruidos, restando apenas o cerne desta questao, a duvida sobre o Designer! Quem criou e como???
    Essa é a ultima e a grande trapaça dos que tem fé no Designer. A ciencia ainda nao conseguiu provar concretamente e criar a vida em laboratorio a partir de organismo simples e unicelulares. Mesmo que academicamente se sugere as formas e teorias naturais, nao de um Designer criador do universo. Afinal de contas tudo pode ser “natural” ate aquilo que voce desconhece, porque a partir do momento que algo fica claro e pode ser reproduzido deixa de ser “sobrenatural” e passa ser simplesmente NATURAL” — como virus e bacterias que provocam ohhhhhhhh coisas SOBRENATURAIS , eram demonios, encostos que possuiam as pessoas, agora estao no campo da NATURALIDADE, elas podem ser examinadas e estudadas, reproduzidas e ate possuir o seu corpo de maneira intencional , vide epidemia assistida! (provocada)

    2 – se voce usa a ciencia para acreditar em deus, voce sofre de um problema serio, porque a CIENCIA nunca quis prová-lo e nem acredita que seja possivel, isso é uma questao de fé! de crer! e nao venha com o papo furado de que crer é relativo! porque eu NAo Creio que o Papai Noel nao existe , eu tenho certeza, e voce tambem tem!
    e eu tenho convicçao de que voce nao acredita em Alá, certo?
    voce nao pode afirmar coisas divinas e sobrenaturais com o auxiliio da ciencia! é isso que é desonestidade intelectual. ou voce acredita por motivos pessoais ou nao! aquela coisa de SENTIR, a tal experiencia pessoal!
    isso é tao ridiculo que nem merecia um dialogo ou discussao sobre essas coisas, o crente deveria convencer os outros pela fé, ela nao depende de provas! apenas acreditar!
    Honesto é o crente que nem fala em ciencia e é um completo ignorante das coisas, mas… ele usa a fé. Tipo: deus criou o mundo e os seres como esta lá na Genese. O homem do barro, a mulher da costela do Barro endurecido. Acabou, é isso! ou voce acredita nisso ou voce é ateu dentro do armario!
    Honesto consigo mesmo é o cara que nao força a mente para acreditar. simplesmente ele acredita no que o Papa, os bispos e pastores dizem, ele dá dinheiro ao safado do Valdomiro e fica feliz e sabe que é para obra de Deus, O sujeito que nao acredita inteiramente nos livros sagrados (eu disse, no plural, porque a biblia nao é a unica) e ampara sua crença em dados cientificos e experiencias empiricas é no minimo Agnostico!
    é por isso que na missa tem a celebre frase: misterios da fé!!! amém

  81. Azetch disse:
    Mas qual é outra “maneira” pelo modelo criacionista para uma origem da vida por uma mente inteligente além de ET´s ou Deus?

    Caralho!!!!!!!!!!!!!! o Az vai alem da desonestidade intelectual
    Agora criacionista acredita em ET???
    é piada né! e eu pensando que o Az discutia de forma seria esses assuntos! —- eé um fanfarrao nosso amigo Az mesmo.
    Quem acredita em Ets sao muitos ateus, pelo fato de nao crerem em deuses , entes superpoderosos que criaram todo o universo.
    existem varios ufologos ateus, na Propria ATEA, associaçao de agnosticos e ateus do Brasil, muitos defendem a ideia de et´s, que é bem plausivel diga-se de passagem. Ate o Dawkins tem uma inclinaçao a isso! ———– existe criacionista ateu agora???

    Criacionista acredita unica e exclusivemente em Deus, no Designer que projetou o universo, tudo e todos. do jeitinho que esta nas geneses das varias religioes!!! — AZ; estuda véi!!
    ou melhor admite que voce esta na duvida em relaçao a sua crença!
    vai! voce consegue! oh! a gente guarda segredo! — desabafa!
    voce nao acredita mais na historia da cobra falante e Adao e eva, paraiso , eu sei! Todos sabemos! Tem muitos como nós! Fica tranquilo! no começo tudo é dificil mesmo! mas a vida vai continuar assim mesmo, sendo voce criado do Barro ou da seleçao natural! Nao importa. Criacionismo Et nao né! olha: depois o Barros apaga, eu peço a ele, a gente esquece e fingi que nem leu beleza?!

  82. Alguém já assitiu o filme “Pague para entrar, reze para sair” ?

  83. O que eu acho o maior barato na mentalidade de um crente é ele fazer chacota com a possibilidade de a vida ter surgido a partir de compostos inorgânicos, (teoria da sopa primordial), e até ‘argumentar” sobre a impossibilidade disso ter acontecido,mas achar perfeitamente natural que o ser humano foi produzido a partir de um punhado de barro no qual alguém deu um assopro e chamar isso de designer inteligente.
    Sendo que é possível ao menos tentar reproduzir a teoria da sopa em laboratório ou também pesquisar uma outra teoria, a da quimioosmose, mas não dá para tentar reproduzir a “teoria do barro soprado”, já que um dos elementos essenciais, Deus, não está disponível.

  84. Greg

    é triste ver uma pessoa como o AZetech que é inteligente e estuda mais tem que se fazer de burro e se enganar para poder acreditar naquilo que ele quer acreditar e quer que seja verdade!

    É triste ver como pessoas radicais, típicos de extremistas religiosos fanáticos, possuem a característica clássica de querer ofender aqueles pelo qual não professam a mesma fé.

    O Barros citou 2 desonestidades intelectuais, mas sao varias que eu li nesses comentarios acima:

    Engraçado que o ad-hominem (desonestidade intelectual) teve sua primeira aparição consequentemente a teu comentrário.
    Seria inversão de valores? Segundo mentalidade de muitos crentes naturalistas, desonestidade é considerado honesto e honestidade é considerado desonesto? Alguns de vocês levam o humorista Yakov Smirnoff a sério tornando como regra de vida a Russian reversal ?

    As invençoes adotadas pelos crentes: Aespacial & a-espacial nao existem, como cientistas estudam ciencia, esses nao entendem de lingua portuguesa, portando esse atributo super-poderoso do seu deus fantastico nao pode ser incluido.

    Este assunto não tem nada a haver com tema abordado, sendo portando caracterizado como uma desonestidade intelectual por identificar-se como falácia (Red Herring).
    Porém como alguns crentes naturalistas vivem na russian reversal (e o que é desonestidade torna-se honesto e vice e versa) Responderei a esta questão:

    O dicionário Houaiss descreve que

    «antes de vogal (que não seja historicamente precedida de uma consoante), assume a f. an-: anaeróbio, analfabeto, analgesia, analgia, anarquia, anartria, anecumênico, anemia, anencefalia, anepigrafia, anesplemia, anestesia, aneuploidia, anipnia, aniria, aniridia, anisocoria, anisocotidia, anisofilia, anisogamia, anisomelia, anisomorfia, anisotropia, anisuria, anodontia, anopsia, anorquia, anorquidia, anosmia, anuria [...]»

    Portanto, nem aespacial nem a-espacial se encontram icionarizados, apesar de ambas as formas abundarem em artigos científicos

    Perceba que CIENTISTAS utilizam esta palavra. Estaria tu, chamando eles de desonestos?

    A menos que voce consiga patentear e convencer os linguistas da existencia desses termos tambem,

    Nem cientistas que utilizam frequentemente estes termos se preocuparam para o tal, porque alguém se preocuparia?

    alem do fato de serem desnecessarios e nao querer dizer porra nenhuma de nada. Apenas encher linguiça e enaltecer o suposto seu deus!

    É isso aí, Caralh***, Porr*, Vai tomar no C*,. Nada de Deus, o negócio é black Metal, Drogas e prostituição……. HAHAHAHAHA

    Perdoe-me, mas com teu vocabulário chulo, digno de pessoas ignorantes e marginalizadas, fica difícil eu não ridicularizar :-)

    Pra voce que gosta de corrigir as pessoas com as definiçoes exatas dos dicionarios, fica a dica entao!!

    Ora, mas a palavra A-espacial empregado por mim esteve dentro do conceito que ela apresenta, do modo pelo qual ela foi criada (Além do espaço), mesmo que não esteja no dicionário porém é empregado no meio científico.

    – voce para defender os seus toscos argumentos alem de querer deturpar o idioma, nao pode querer entao usar definiçoes inexistentes, nao é mesmo???

    Agora uma palavra muito utilizada no meio científico (A-Espacial) é inexistente?
    Sei que muitos crentes naturalistas deturpam a ciência para fundamentar sua fé, poré excluir deliberadamente uma palavra muito utilizada não é exagero?
    ;-)

    Outra desonestidade muito vergonhosa da sua parte. querer usar a propria ciencia que estuda as coisas reais e fenomenos naturais! para provar ou sei lá o que a existencia do seu Deus pessoal!

    Greg, uma sugestão, se quiser debater faça pelo menos 1 ano de filosofia. o show de falácias que você demonstra em tão pouco tempo de debate é impressionante.

    Temos ad-Hominem, Red Herring e agora Espantálho. Qual será o próximo? Inversão do ônus da prova? Falsa analogia?

    1 – onipotente, onipresente e onisciente sao termos auto excludentes.

    É mesmo? poderia justificar com argumentos sólidos esta afirmação?

    Vou te dar uma luz, (nao acostuma) : Hoje em dia se usa: Designer Inteligente, só isso já basta

    Qual designer Et´s? seres de outra dimensão ou Deus?
    Qual destes mais se adequa a seu modelo de fé?

    — Na verdade todos esses argumentos sobre deus e o divino foram completamente destruidos,

    É mesmo? Cite um.

    restando apenas o cerne desta questao, a duvida sobre o Designer! Quem criou e como???

    Este é o cerne da questão? hum.. estou desapontado por não saber algo simplês;

    Essa é a ultima e a grande trapaça dos que tem fé no Designer.

    Na verdade não é fé no designer, mas uma dedução lógica ao observar traços de design no universo e na vida.
    Este fato é tão claro que nem mesmo o profeta do ateísmo pode ignorar:

    O detalhe é que os crentes naturalista, com uma fé descomunal, tomam como verdade que o design presente no universo e na vida fora elaborados aleatoriamente por processos cegos (indo contra toda lógica, razão e observação empírica)

    Mesmo que academicamente se sugere as formas e teorias naturais, nao de um Designer criador do universo.

    Nada a haver. Cientistas admitem o designer inteligente. Apenas cientistas naturalistas que tentam a todo custo provar suas convicções (sem sucesso, é claro)

    Afinal de contas tudo pode ser “natural” ate aquilo que voce desconhece

    Eu sei que tens fé nisso por desejar a isso.
    Porém vem a questão, consegues provar empiricamente que TUDO possui origem natural, ou simplesmente se apega na FÉ de que um dia se descobrirá segundo o modelo de crença naturalista?

    como virus e bacterias que provocam ohhhhhhhh coisas SOBRENATURAIS , eram demonios, encostos que possuiam as pessoas, agora estao no campo da NATURALIDADE, elas podem ser examinadas e estudadas,

    Não sei que religião está a tomar como exemplo, porém te adianto que Bíblico é que não é.
    Desde o Início, com as leis sanitárias de Moisés, Deus já precavia seu povo destes males mesmo quando eles não faziam nem idéia que seres microscópicos existiam.

    se voce usa a ciencia para acreditar em deus, voce sofre de um problema serio

    Olha, pela tua argumentação, quem precisa de auxilio psiquiátrico (de preferência com medicamentos alopaticos tarja preta) és tu.
    ou é isso ou simplesmente precisa de uma aula de portuguea para aprimorar tua interpretação de Texto.
    Cite aí um argumento meu, pelo qual disse que a Ciência PROVA a existência de Deus.

    porque a CIENCIA nunca quis prová-lo e nem acredita que seja possivel

    Agora foi bem evidente teu profundo desconhecimento sobre o âmbito científico.
    Em primeiro lugar, “A ciência” não é uma entidade UNICA pessoal, onde possui características humanas (querer e acreditar)
    “A Ciência” é composta por métodos ciêntíficos, Ferramentas de pesquisas e CIENTISTAS (estes sim acreditam e desejam)

    isso é uma questao de fé! de crer! e nao venha com o papo furado de que crer é relativo! porque eu NAo Creio que o Papai Noel nao existe , eu tenho certeza, e voce tambem tem!
    e eu tenho convicçao de que voce nao acredita em Alá, certo?

    Vixe… está tudo bem com você? Já está ouvindo minha vós na tua cabeça dizendo:
    “Crer é Relativo”
    :-)

    voce nao pode afirmar coisas divinas e sobrenaturais com o auxiliio da ciencia!

    Não me diga, Sério? Não posso?? …… rsrsrsrsrs Nem acredito que estou a perder tempo respondendo isso
    :-)

    é isso que é desonestidade intelectual.

    Com certeza. criar espantalhos, colocando palavras na boca dos outros com certeza é desonestidade intelectual :-)

    Honesto é o crente que nem fala em ciencia e é um completo ignorante das coisas, mas… (…) é por isso que na missa tem a celebre frase: misterios da fé!!! amém

    O que todo este teu discurso desconexo tem a haver com o assunto mesmo?

  85. Greg

    Caralho!!!!!!!!!!!!!! o Az vai alem da desonestidade intelectual
    Agora criacionista acredita em ET???

    HAHAHAHAHA nosso nível intelectual de debate está muito, mas muito desequilibrado.

    Falo A, tu entende B. Assim fica difícil.
    Teu filtro cognitivo ou deficit linguístico é uma verdadeira barreira a teu entendimento.

    Um dica, estude e leia mais.
    Quem sabe não desenvolve a tua capacidade a leitura?
    Quando evoluir pelo menos ao nível básico, poderemos continuar nosso debate de forma racional.
    Até lá, me recuso a rebaixar a teu nível

    ;-)

  86. è AZ

    sabia que o seu papa era o sem fé do William Craig! aquele que nao acredita nas coisas da biblia e usa a ciencia para tentar provar deus.
    Esses sao os neocrentes em essencia e voce infelizmente cai nessa armadilha! — isso é normal, voce parece uma pessoa instruida e como o Craig nao vai acreditar em cobras falantes e homem feito do barro. Por isso desistiram da biblia e afins e buscam deus na propria ciencia.

    1 – Viu, voce mesmo postou, — Aespacial nao existe. Fim!!!
    O fato de cientistas (alguns) usarem nao faz com que este termo exista e seja valido! — se nao o termo que inventei pra deus tambem : Onicoisente, se usado tambem por muitos e entrasse em alguma revista se tornaria parte do idioma! é logico que isso so enfeita os comentarios por isso eu uso e crio termos e voce tambem quis usar um que nao tem definiçao no dicionario! o que eu quis mostar é que voce vem repetidamente usando o dicionario para refutar colocaçoes de pessoas e agora eu fiz o mesmo com voce! se nao pode com um, nao pode com outro. Ponto.

    2 – Mas qual é outra “maneira” pelo modelo criacionista para uma origem da vida por uma mente inteligente além de ET´s ou Deus?
    R – Az essas palavras sao suas nao minhas. qualquer um que acompanha o blog e esta lendo isso viu sua colocaçao absurda e seu desespero de retirá-la. Admita . Pronto! assim esta igual politico quando pego em gravaçao com dinheiro na cueca e nao quer admitir.

    3 – Caramba! ja cansei de dizer que o Dawkins acredita na possibilidade de Ets e num Designer que possa ter nos criado e possa ter sido criado e assim vai, ele nao acredita em ser todo – poderoso e magico que mora no ceu e brinca de produzir espiritos! – ei ha disse isso varias vezes, mas parece que voce nao escuta – quer dizer nao le!
    Nem precisava ter postado esse video, eu ja sabia e isso nao faz com que ele acredite em Deuses, Jesus e tudo mais! nada de sagrado, apenas um ser que possa ter desenvolvido algo, como um produto, uma ocupaçao. O Carl Sagan tambem traz a possibilidade de vida em outros plannetas , galaxias , nao sou eu que digo, sao os livros deles; E isso Az nao faz com que o seu deus pessoal exista ou seu Jesus!

    Essa é a trapaça do uso do termo DEsigner pelas religioes e crentes (no sentido vulgar mesmo) — com voce temos que dizer o sentido que queeremos com as palavras, mesmo sendo obvio!!!
    DEsigner / projetista pode ser todo aquele que cria algo, nao tem relaçao com deus biblico! O espiritismo veio com essa ideia porque eles viram que o deus biblico e aquelas historias eram impossiveis, potanto partiram para ideia de Deus/designer!
    Ateismo é isso, cada um tem uma opiniao sobre a realidade, a minha nao tem que ser necessariamente como a do Dawkins , ou do Sagan ou do Barros, podemos ter ponto de vista diferentes em relaçao a algumas coisas! — a ideia central é a nao existencia de seres mitologicos – DEUS!
    Se existir um Et que nos criou e desenvolveu nosso DNA eu nao vou ficar chocado e nem triste, mas voce vai ficar em saber que a biblia e possivelmente Jesus sao uma farsa! Voce tem fe nessas coisas. eu nao! — mesmo voce querendo usar do artificio imbecil e ilusorio de que ateismo é crença e fé em algo, isso é mentira e so mostra seu desespero e falta de argumento.

    Prefiro ouvir voce contar historia como aquela sua com um amigo que foram visitar um outro conhecido necessitado e tal do que ler bobagens escritas no desespero e inversao das coisas ditas! Me polpe de reler coisa como ateismo é crença em algo, fé de ateus no seu deus acaso ou a religiao naturalista! se voce nao consegue entender o que os outros falam nao posso fazer nada. é uma pena!
    mas se for pra escrever esses repetidos absuros e depois nega-los ou atribuir aos ateus as falacias e ONUS DA PROVA que é coisa de quem quer provar algo! quem quer provar que Jesus e Deus e os poderes magicos deles existem é voce . nao eu!
    entao nao perca tempo escrevendo bobagens que nao acrescentam nada a mim ou a ninguem aqui! —

    O que voce escreveu de util ate agora e que me fez pensar foi a sua historia com o seu amigo, de resto um fiasco completo, repetitivo, desonesto com voce mesmo! Eu ja te disse: conheço as artimanhas dos crentes e das pessoas que querem acreditar em algo infundado, ja estive deste lado , talvez se voce abrir a mente para a possibilidade do ateismo te seja util, se bem que eu acho que voce ja abriu , mas nao quer aceitar!!!

  87. SS Rodrigues que invejo por ter ingresso no Rock in rio

    quimioosmose , nao conheço, acho que nao ! – talvez por outro nome nao sei. mas sou mais essa hipotese sem saber o que é do que o CRientionismo !! com certeza!!!
    ah! vou ter que avisar de uma vez ao AZ que esta palavra eu inventei agora , nao precisa ir no dicionario para refutar ninguem , eu ja me refuto antecipadamente mas se daqui a algum tempo as revistas filosoficas usarem esse termo, nao posso fazer nada!! ele será verdadeiro e podemos ate colocar em provas e concursos!
    Me pergunto o que será que acontece se o termo Aespacial for colocado na prova do Enem ou vestibular ou algum concurso!
    se for aceito Crientionismo tambem será! rsrsrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrssr!

  88. I´ll be back!

  89. Fernando meu querido
    uma hora e meia de marcos Feliciano é foda!
    da vontade ver o ridiculo que deve ser , mas é muito tempo , acho que vou acabar vomitando, esse cara dá um certo nojo sabe!
    Faço minhas as palavras do filosofo Mr Catra (acho que deve ser assim que escreve) quem fica muito preocupado com o cú dos outros é porque é Viado . Neste caso travestido de servo de Deus!
    O Feliciano seria uma ofensa aos Gays! eu se voce gay ficaria irritado em saber e ver porque isso é nitido que o Feliciano é viado!
    è muito triste para a comunidade gay saber que tem um viado deste ai, eu deixaria de ser gay só pra nao pertencer a mesma comunidade do feliciAMO — encontraria Jesus se fosse possivel!!rsrsrsrsrsrsrrsrsrs

  90. Greg

    Se servisse de algo, te aconselharia a nem tentar raciocinar com Azetech; a mente dele não dá conta de sair da prisão em que se colocou. Uma coisa que você escreveu, sobre ele ter considerado o ateísmo,pode não estar muito longe da verdade, se bem que jamais ele admitirá isso nem para si mesmo.
    Dá impressão, pela forma obstinada como ele se apega a uns poucos argumentos, sem jamais responder de forma direta uma proposição que desafie as bases de sua crença, que em algum momento tenha contemplado a possibilidade da não-existência de Deus e entrou em parafuso. Claro que é uma impressão minha, analisando a forma como ele age. E é provável que ele vá ficar puto com essa minha afirmação..rsrsrrsr
    Mas não é o único, nem no mundo virtual, nem no dia a dia.
    Essa coisa de dizer que ateus acreditam nisso ou naquilo, isso aí é um jeito de tentar “empatar o jogo”. Não é questão de fé ou crença dizer que esse deus não existe. É mera questão de analisar os atributos do tal ser, comparar com a realidade, com a vida vivida e concluir pelo óbvio.
    O que os habitantes da Crentolândia não conseguem perceber é que estão adorando o Deus errado, de qualquer lado que se olhe.
    Se existe algum ser criador, com certeza não é o amigo imaginário.
    Que tipo de criatura poderia ser essa, aí já é outra história, que levantaria todo tipo de questão, começando pelas mais básicas, quem criou o criador? De onde ele (ou por que não, ela?) teria vindo? E quem teria criado o criador do criador, que teria vindo de onde? E por aí iríamos, ad infinitum.
    E tudo isso para quê? Em que altera nossa vida? Ainda continuamos, desde que o mundo é mundo, nascendo, vivendo, sofrendo, tendo esperanças, alegrias, batalhando e morrendo. Alguns, como o Barros, sem saber cozinhar, outras, como eu, numa eterna aflição de Tostines – eu cozinho mal por que detesto cozinhar ou detesto cozinhar porque cozinho mal? Outros como Azetech & CIA,se preocupando em adorar um possível engano de identidade, se afligindo por que há quem não leve isso a sério; outros como você, que tem uma maneira tão colorida e engraçada de expor seus pontos de vista; outros procurando respostas sem nunca desanimar…
    Existir ou não algum ser criador não faz, como nunca fez, a menor diferença.

    A propósito de procurar respostas, dá uma olhada nesse site, tem um artigo sobre quimioosmose.

    http://eternosaprendizes.com/2010/02/11/cientistas-desafiam-a-teoria-da-sopa-primordial-como-explicacao-basica-para-a-origem-da-vida/

    E pois, faltam só 24 dias, Rock in Rio, tô chegando!

  91. AZ
    sobre os atributos de Deus auto-excludentes o Barros tem um texto aqui sobre isso! é uma traduçao de um autor acho que americano! muito bem desenvolvido e escrito, vale a pena ver!

    e outra: nao gosto de black metal e nao uso drogas!
    ainda nao me prostituí nao, mas se uma gostosa quiser pagar pelos serviços serei obrigado a cometer tal pecado!

  92. Aztech,

    concordo plenamente com o que você disse; mas, por incrível que pareça, sabemos que há inúmeros cientistas tentando criar vida em laboratório por (pasmem)… “geração espontânea”.

    Por mais absurdo que pareça, não sou contra a Ciência tentar fazer isso; pois, se a vida realmente se originou por algum tipo de processo natural, então, deve ser possível reproduzi-la em laboratório ou, pelo menos, em simulações de computador. Caso contrário, creio que um dia a Ciência pode chegar a uma conclusão definitiva se a vida pode ter surgido por acaso ou se foi realmente um milagre.

    De minha parte, penso que se as leis da natureza tendem para a geração espontânea da vida, já era para termos detectado novos tipos de vida (totalmente diferente da nossa) surgindo e evoluindo (pelo menos, a cada milhão de anos) aqui na Terra; mesmo porque, as condições agora são bem mais favoráveis do que no início da formação da Terra. Na verdade, alguns cientistas (como o físico Paul Davis, autor do livro “O QUINTO MILAGRE – Em busca da origem da vida”), estão procurando por tais evidências; mas, até agora, não encontraram nada. Parece que, estranhamente, o “Big Bang da Vida” foi realmente um evento único!!!.

    E descobertas recentes sobre o Genoma Humano e sobre o DNA Lixo (que, pelo visto, de lixo não tem nada) estão mostrando que o código genético e a vida é algo muitíssimo mais complexo do que se imaginava antes; principalmente, na época de Darwin em que se ainda pensava que a célula era algo extremamente simples, como um tipo de bolsa de gelatina formada por uma membrana, um citoplasma e um núcleo.

    http://super.abril.com.br/ciencia/genetica-fracassou-598852.shtml

    Hoje, qualquer um que já assistiu uma animação 3D de uma célula viva no YouTube deu para ver que ela se parece muito mais com uma micro-indústria ou com uma micro-cidade extremamente complexa e repleta de sofisticadas nanomáquinas; em vez de uma simples bolsa gelatinosa de reações químicas.

    Além disso, não se pode negar que o código genético parece ser um ‘programa de computador’ extremamente sofisticado, com informação inteligente embutida; e que, pela própria Teoria da Informação e segundo o matemático Jhon Lennox, só pode ser projetado por um ser inteligente e não por mero acaso.

    Já sobre a ORIGEM DA VIDA, o problema da abiogênese é mais insolúvel ainda. O famoso gênio físico e astrônomo Fred Hoyle calculou que a probabilidade de se obter a mais ínfima célula era de 1 em 10e40000. Como o número de átomos no universo é apenas 10e80, ele argumentou que mesmo um universo inteiro cheio de “sopa primordial” não teria nenhuma chance.

    Hoyle também comparou que a probabilidade de se obter uma simples proteína a partir da combinação aleatória de aminoácidos é a mesma de um sistema solar cheio de homens cegos resolverem o CUBO DE RUBIK simultaneamente.

    E qual a ‘brilhante’ resposta de Dawkins: “Ele confundiu (sic) ‘acaso’ com ‘seleção natural’!”.

    Procurem seu livro: “MATHEMATICS OF EVOLUTION” na Amazon.

    Embora muitos não querem admitir, tudo indica que está surgindo um novo paradigma na Biologia; basta ver o artigo publicado no site da própria NATURE, que mais parece um texto feito por proponentes do Design Inteligente, como Michael Behe, Stephen Meyer ou William Dembski:

    http://www.nature.com/news/2010/310310/full/464664a.html

    Sobre o PRINCÍPIO ANTRÓPICO, realmente, é uma ideia tão forte que uma das poucas alternativas para que o ajuste fino das constantes cosmológicas não seja feito por um ser extremamente inteligente fora do espaço e do tempo (ou seja, por Deus) é a Teoria do Multiverso; que, por enquanto, não passa de mera especulação. Conforme afirmou o Dr. Robert Zpitzer, que além de físico é filósofo e jesuíta:

    “…

    A complexidade do Universo se apóia em um EQUILÍBRIO INCRIVELMENTE DELICADO DE 17 CONSTANTES COSMOLÓGICAS. Se qualquer uma delas se modificasse uma décima a tetragésima potência, estaríamos mortos e o Universo não seria o que é’, adicionou.

    Do mesmo modo, assinalou que ‘cada modelo do Big Bang mostra o que os cientistas chamam uma singularidade, e a existência de cada singularidade exige que exista um elemento externo ao Universo’.

    Neste sentido, recordou que ROGER PENROSE, o famoso matemático e físico inglês, CORRIGIU alguma das teorias de seu amigo e colega STEPHEN HAWKING, concluindo que todas as teorias do Big Bang, inclusive a chamada ‘teoria quântica’, confirmam a existência destas singularidades.

    Todas as explicações nos levam ‘a uma força que é PRÉVIA E INDEPENDENTE ao Universo. Pode soar a argumento teológico, mas é realmente uma CONCLUSÃO CIENTÍFICA’, assegurou conforme informa La Razón.

    O perito indicou que ‘não se pode NÃO ACEITAR a existência
    desta singularidade. Esta teoria é tão sólida que 50 % DOS ASTROFÍSICOS estão ‘SAINDO DO ARMÁRIO’ para aceitar uma conclusão metafísica: a necessidade de um CRIADOR, FORA DO ESPAÇO E DO TEMPO’.

    …”.

    FONTE: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=17187

    Conforme bem argumentou o filósofo Willian Craig (no vídeo que você indicou), se o universo teve um começo, necessariamente, ele deve ter tido uma causa. E o universo teve um começo:

    http://hypescience.com/prova-matematica-de-que-o-universo-teve-um-comeco/

    E o físico Fred Hoyle chegou afirmar: “É muito mais fácil um furacão passar por cima de um ferro velho e montar um Boeing 707 do que o universo ter sido montado por mero acaso”.

    Outro incrível mistério, ainda insolúvel pela Ciência, é a origem da consciência, da percepção dos sentidos e dos sentimentos.

    Vocês acham que se a consciência emergisse de meras ligações eletroquímicas, um gênio físico-matemático como Roger Penrose (uma das mentes mais brilhantes do mundo) estaria perdendo tanto tempo em tentar entendê-la? Se lerem seu livro “A NOVA MENTE DO REI”, verão que isso de trivial não tem nada; é algo realmente espantoso!

    http://hypescience.com/mecanica-quantica-explica-a-existencia-da-alma/

    Mesmo porque, toda a biologia é derivada da química e toda a química é derivada da física; e toda a computação é derivada da matemática. E qual lei da física ou da matemática pode explicar a origem da dor, da visão, do amor, etc.?

    Será que nosso cérebro, através da evolução, criou o amor?

    Ou o Amor nos criou para habitar em nós, conforme ensina a Bíblia?

    Eis a questão!

    Por isso, por mais que a Ciência tem avançado, ainda não conseguiu explicar os principais mistérios que intrigam o homem desde os primórdios da humanidade: Quem somos nós? De onde viemos? Para onde vamos? E, porque existe algo ao invés de nada? E nem a origem do “Big Bang” do universo, do “Big Bang” da vida e do “Big Bang” da consciência!

    Mistérios que, por enquanto, somente a religião, a filosofia e a teologia ainda podem nos dar uma resposta!

  93. “Por isso, por mais que a Ciência tem avançado, ainda não conseguiu explicar os principais mistérios que intrigam o homem desde os primórdios da humanidadee: Quem somos nós? De onde viemos? Para onde vamos? E, porque existe algo ao invés de nada? E nem a origem do “Big Bang” do universo, do “Big Bang” da vida e do “Big Bang” da consciência!
    Mistérios que, por enquanto, somente a religião, a filosofia e a teologia ainda podem nos dar uma resposta!

    Eis aí.
    A Crentolândia já tem a resposta.
    Na Darwinlandia ainda estamos a procura dela.

    Diferença auto-explicativa entre crença e ateísmo.

  94. Anônimo

    sabia que o seu papa era o sem fé do William Craig!

    Na verdade, ao contrário de vocês, não deposito minha certeza a seres humanos (falíveis), mas sim na entidade que criou não apenas os humanos, mas o universo.

    aquele que nao acredita nas coisas da biblia e usa a ciencia para tentar provar deus.

    Mas é claro que ele acredita na bíblia, pois se não o fosse, não seria Cristão.

    Esses sao os neocrentes em essencia e voce infelizmente cai nessa armadilha! — isso é normal

    Tadinho de mim. Oh vida oh céus. :-)

    voce parece uma pessoa instruida e como o Craig nao vai acreditar em cobras falantes e homem feito do barro.

    Justamente por ser instruídos percebemos com clareza que cobras falantes existem apenas na imaginação dos ateus, visto que a bíblia em nenhum momento afirma tal absurdo.

    Agora quanto o homem vir do “barro” (elementos que vem da terra), já ficou mais que comprovado.
    Será que se esquece que até mesmo na tua fé, o suposto ser primordial (inferior a ameba) que virou ser humano pelo milagroso tempo veio de uma suposta “Sopa primordial” (Lama) ?

    Por isso desistiram da biblia e afins e buscam deus na propria ciencia.

    Na verdade não. A bíblia é o caminho e a ciência é o que indica o caminho. Não há discrepância entre dados científicos e relatos bíblcos, mas sim discrepância entre ela e os mitos naturalistas (sem nenhuma comprovação), conhecido como pseudo-ciência.

    1 – Viu, voce mesmo postou, — Aespacial nao existe. Fim!!!

    Na verdade não. O termo existe sim e é muito proferido no meio científico. Fim.

    O fato de cientistas (alguns) usarem nao faz com que este termo exista e seja valido!

    Fico impressionado com o raciocínio “lógico” que possui.
    O termo é usado e conhecido, porém não existe.
    Parabéns. LOL :-)

    usar um que nao tem definiçao no dicionario! o que eu quis mostar é que voce vem repetidamente usando o dicionario para refutar colocaçoes de pessoas e agora eu fiz o mesmo com voce! se nao pode com um, nao pode com outro. Ponto.

    Na verdade não. A Palavra crença existe no dicionário e sua característica está explícita (sendo diferente da conotação empregado pelos crentes naturalistas).
    A palavra A-espacial existe (de modo informal) e muito bem conhecida no meio acadêmico.
    se perceber eu mantive fiel ao sentido da palavra porém vocês, crentes naturalistas, deturpam uma palavra claramente expressa, dando um sentido completamente diferente.

    R – Az essas palavras sao suas nao minhas. qualquer um que acompanha o blog e esta lendo isso viu sua colocaçao absurda e seu desespero de retirá-la. Admita.

    Está a fugir do assunto Greg. perguntarei novamente: Qual entidade inteligente além de ET´s e Deus existe?

    3 – Caramba! ja cansei de dizer que o Dawkins acredita na possibilidade de Ets e num Designer que possa ter nos criado e possa ter sido criado e assim vai

    Então a dicotomia continua, ou ET´s criou a Vida ou foi Deus. Exatamente o ponto proferido por mim ao comentário do Barros.

    Porém levanto uma questão lógica, Se Dawkins tem fé que foram os Et´s, quem criou os Et´s?
    Se os Et´s criaram a vida, sua tecnologia e inteligência são superiores as nossas, afinal pelo sentido lógico e racional, a criatura tende ser inferior a seu criador.

    Então seguindo o raciocínio lógico, os ET´s que criaram os ET´s, que criaram os humanos, eram mais superiores ainda em tecnologia e informação.
    Isso significa que Os Et´s que criaram os ET´s que criaram os ET´s, que criaram os humanos, eram mais superiores ainda em tecnologia e informação.
    Este retrocesso vai até onde? consegues analisar?

    ele nao acredita em ser todo – poderoso e magico que mora no ceu e brinca de produzir espiritos!

    Se ele não acredita nisso, então somos iguais, pois eu também não acredito nisso.

    Nem precisava ter postado esse video, eu ja sabia e isso nao faz com que ele acredite em Deuses, Jesus e tudo mais! nada de sagrado, apenas um ser que possa ter desenvolvido algo, como um produto, uma ocupaçao.

    Ou seja um “deus” material que nasceu de outro “deus” mais evoluído.
    Este raciocínio é auto-refutável, visto que pela lógica, se retrocede-lo a sua origem, um Deus imaterial aespacial, atemporal, onipotente, onisciente e onipresente é inevitável.

    O Carl Sagan tambem traz a possibilidade de vida em outros plannetas , galaxias , nao sou eu que digo, sao os livros deles

    E?? Esta é a crença dele. Porém pergunto há alguma comprovação empírica?
    como disse anteriormente, não costumo depositar minha confiança a homens falhos (como vocês fazem), mas sim ao criador deles.

    E isso Az nao faz com que o seu deus pessoal exista ou seu Jesus!

    Mas e claro que a crença pessoal de Dawkins e Sagan não faz com que o Deus pelo qual verifiquei empiricamente exista.
    Isso eu sei.

    DEsigner / projetista pode ser todo aquele que cria algo, nao tem relaçao com deus biblico!

    Como não? você nem mesmo conhece o Deus bíblico.
    Que autoridade tens para dizer?
    Baseia sua “certeza” no teu achismo e ignorância a respeito da Bíblia.

    Você já a estudou? estudou sua história? sua origem? Sua hermeneutica e exegese?

    És um completo leigo, e fala embasado em teu achismo pelo qual julga ser a verdade.

    O espiritismo veio com essa ideia porque eles viram que o deus biblico e aquelas historias eram impossiveis, potanto partiram para ideia de Deus/designer!

    O_o?! Cara…. você é mais leigo do que imaginava….

    Ateismo é isso, cada um tem uma opiniao sobre a realidade, a minha nao tem que ser necessariamente como a do Dawkins , ou do Sagan ou do Barros, podemos ter ponto de vista diferentes em relaçao a algumas coisas! — a ideia central é a nao existencia de seres mitologicos – DEUS!

    E?? Crenças pessoais e fé existem milhares. vocês são apenas um entre milhões.

    Não se esqueça que a fé que possuem (tudo veio a origem de maneira natural) não foi comprovado, logo vossa pregação exige fé para aceita-la como verdade.

    Se existir um Et que nos criou e desenvolveu nosso DNA eu nao vou ficar chocado e nem triste, mas voce vai ficar em saber que a biblia e possivelmente Jesus sao uma farsa!

    Falou bonito. “Se” existir. Esta é uma hipótese fundamentado sem nenhuma comprovação empírica, onde a tua certeza está na tua fé.

    Porém, invertendo a situação, digo que, embasado em minha comprovação empírica, onde possuo certeza absoluta (mais do que a certeza na minha existência) O Criador do universo e da vida foi Deus bíblico, conhecido na figura de Jesus Cristo, e tu, quando for ressuscitado para teu julgamento, além de se ajoelhará perante ele, se arrependerá por ter dado ouvido a vãs filosofias.

    Perceba que não preciso de fá para aceitar o que foi comprovado. tu porém precisa de fé para crer no que não foi visto.

    Voce tem fe nessas coisas. eu nao!

    Como disse acima, eu não tenho fé naquilo que foi comprovado empiricamente. Porém tu precisa de fé para acreditar no que não foi presenciado.

    — mesmo voce querendo usar do artificio imbecil e ilusorio de que ateismo é crença e fé em algo, isso é mentira e so mostra seu desespero e falta de argumento.

    A verdade que não agrada a vocês, nunca deixará de existir por simples conveniência.
    Este teu subterfúgio como tentar denegrir este argumento é porque sente-se incomodado por ele. Diante disso, o utilizarei com mais frequência.

    Me polpe de reler coisa como ateismo é crença em algo, fé de ateus no seu deus acaso ou a religiao naturalista!

    De jeito nenhum. Não deixarei de argumentar algo verdadeiro simplesmente por conveniência.

    se voce nao consegue entender o que os outros falam nao posso fazer nada. é uma pena!

    Oh! dó, de mim…. Oh! vida oh! céus..
    rsrsrsrs :-)

    talvez se voce abrir a mente para a possibilidade do ateismo te seja util, se bem que eu acho que voce ja abriu , mas nao quer aceitar!!!

    Pode ficar tranquilo, se algum dia desistir da vida eterna e quiser cair na gandaia do “mundão”, pedirei para você e o Barros serem meus guias “A-espirituais”
    rsrsrsrs

    Porém te faço a seguinte oferta:

    Se um dia abrir a tua mente, percebendo a ilusão desta vida e da tua fé, reconhecer a necessidade de seguir a Cristo e ter a vida eterna lhe será muito mais do que útil.

    sds

  95. “Por exemplo, a questão de como surgiu a vida. A explicação do crente é uma só e não pode mudar. É uma verdade absoluta. Acontece que essa verdade absoluta não tem respaldo na realidade, nos fatos observáveis e testáveis. Depende de experiências e sensações subjetivas para existir. Trocando em miúdos, depende da vontade da pessoa crente de que seja assim.”

    Essa tua leitura mental sobre minhas faculdades cognitivas não passa de chute, ignorância, arrogância.

    Eu não possuo a cosmovisão que a única explicação do surgimento da vida é uma só, e apenas uma só.

    >>>>> “Os atributos invisíveis de Deus são visto claramente nas coisas que podemos ver.” <<<<<<<<<

    Essa posição não é testável?É absoluta?

    Podes nos mostrar que não é testável, refutável?

    Podes provar que eu creio que essa posição é absoluta?

    Podes mostrar que a outra posição não é absoluta?

    Duvido que em Darwinland, seus patriotas, por sinal com patriotismo admirável, ousam sair de sua caixinha materialista e fisicalista para a origem da vida.

    Se você vê outras possibilidades plausíveis, lógicas, matemáticas, empíricas, então, creio que vc não é de Darwinland! :)

  96. “Essa tua leitura mental sobre minhas faculdades cognitivas não passa de chute, ignorância, arrogância.
    Eu não possuo a cosmovisão que a única explicação do surgimento da vida é uma só, e apenas uma só.”

    Sim, jephsimple?

    Deveríamos então poder concluir que você aceita a possibilidade de não existir esse modelo de deus criador ora em uso como explicação para a origem da vida e etc.?
    Não é o que parece pelo que vem a seguir:

    “Os atributos invisíveis de Deus são visto claramente nas coisas que podemos ver.”

    Oi? São invisíveis, mas podem ser vistos claramente nas coisas que podemos ver?

    Pessoalmente, vejo grandes, enormes dificuldades em provar ou testar coisas que são invisíveis mas que podem ser vistas claramente nas coisas que podemos ver, principalmente quando se fala dos atributos de Deus.

    Considerando que os habitantes de Darwinland estão sempre abertos (vá lá uma ou outra exceção…) a outras possibilidades, quem mesmo está chutando de forma ignorante e arrogante?

  97. SSRodrigues

    Se servisse de algo, te aconselharia a nem tentar raciocinar com Azetech; a mente dele não dá conta de sair da prisão em que se colocou.

    Percebe agora o motivo pelo qual fica difícil não compara-los a religiosos fanáticos? Este teu comentário foi parecido ao de uma Testemunha de Jeová pelo qual debati uma vez.
    Percebe-se que tu montaste uma base que considera verdadeira, sem nenhuma prova para o tal (uma crença), se achando detentora do conhecimento verdadeiro.

    Agora vem a pergunta, como tu sabes que o que sabes é a verdade?
    Como sabes que a prisão não está em tua fé?

    Uma coisa que você escreveu, sobre ele ter considerado o ateísmo,pode não estar muito longe da verdade, se bem que jamais ele admitirá isso nem para si mesmo.

    Se conseguirem demonstrar, através de argumentos lógicos, que o Ateísmo não é um conjunto de crenças pelo qual possui como núcleo a fé de que o universo e a vida criaram-se a si mesmos por processos naturais, mudarei de opinião.

    Dá impressão, pela forma obstinada como ele se apega a uns poucos argumentos, sem jamais responder de forma direta uma proposição que desafie as bases de sua crença, que em algum momento tenha contemplado a possibilidade da não-existência de Deus e entrou em parafuso.

    Poderia demonstrar este suposto parafuso? Até o momento, diante da pergunta da possibilidade da inexistência de Deus, eu simplesmente disse que seria impossível, dentro de minha razão e testemunho, negar algo óbvio (que Deus existe e interage).

    Claro que é uma impressão minha, analisando a forma como ele age.

    E como sabe que a impressão errônea não é a tua?

    E é provável que ele vá ficar puto com essa minha afirmação..rsrsrrsr

    LOL :-)
    Mas é claro que não. porque ficaria? A forma pelo qual vocês argumentam são sempre as mesmas. não há surpresa nenhuma a mim.
    Sempre argumentos jogados ao ar, fora do foco, sem nenhuma sustentação sólida.
    Quando analiso e debato o argumento, destrinchando um a um, fazendo tua as minhas palavras, vocês entram em parafuso.

    Essa coisa de dizer que ateus acreditam nisso ou naquilo, isso aí é um jeito de tentar “empatar o jogo”.

    Não é “empatar o jogo” trazendo racionalidade a uma afirmação irracional?

    Ninguém é crente absoluto ou cético absoluto.
    Dentro da racionalidade humana isso não existe.

    Agora, se você afirma que o ateísmo é abstinência total de toda e qualquer tipo de crença, deverá utilizar argumentos racionais para o tal.

    Não é questão de fé ou crença dizer que esse deus não existe.

    Mas é uma questão de fé dizer que o universo e a vida originaram a eles mesmos por processos naturais. Este foi o ponto.
    Mas e claro claro nem tu e nem algum de seus “irmãos” admitirão isso.
    Isso ocorre pois segundo a fé de vocês, a palavra “crença”, soa como uma blasfêmia.

    É mera questão de analisar os atributos do tal ser, comparar com a realidade, com a vida vivida e concluir pelo óbvio.

    Pois é. É só isso.
    O problema que nem mesmo os atributos do Deus bíblico (Transcendente e Imanente) vocês conhecem. Vocês atribuem ele a deuses materiais (Sujeito e Objeto)
    Estes deuses pelo qual vocês obviamente percebem não existir, é o mesmo pelo qual eu obviamente os rejeito.

    O que os habitantes da Crentolândia não conseguem perceber é que estão adorando o Deus errado, de qualquer lado que se olhe.

    E como sabe que o teu “deus” que criou o universo (forças naturais e cegas) e o teu “deus” que criou a vida (ET´s) são verdadeiros?

    Se existe algum ser criador, com certeza não é o amigo imaginário.

    CoM certeza não é. Um amigo imaginário não interage EXTERNAMENTE, dando evidências MATERIAIS de sua existência.

    Que tipo de criatura poderia ser essa, aí já é outra história, que levantaria todo tipo de questão, começando pelas mais básicas, quem criou o criador? De onde ele (ou por que não, ela?) teria vindo? E quem teria criado o criador do criador, que teria vindo de onde? E por aí iríamos, ad infinitum.

    Percebe o motivo da falha de vocês em nem mesmo entender a característica do Deus bíblico? Colocam-no em relação de Sujeito e objeto (chamando-o de “criatura” e Masculino ainda por cima) no lugar da relação da entidade transcendente e Imanente (entidade ETERNA e PRIMEIRA causa).
    Deuses criados, é por definição FALSOS.

    E tudo isso para quê? Em que altera nossa vida? Ainda continuamos, desde que o mundo é mundo, nascendo, vivendo, sofrendo, tendo esperanças, alegrias, batalhando e morrendo.

    De fato, deuses falsos, criados pela mente humana não acrescenta em nada. Porém obedecer a entidade criadora do universo, pelo qual se manifestou por meio de Cristo, faz muita diferença.

    É claro que vocês, por nega-lo, não possui nenhum sinal direto de sua interação. Fazendo a vossa CRENÇA a “ausência de evidência”
    Porém nós, que o servimos e obedecemos (pelo menos nos esforçamos para o tal) temos a nossa CERTEZA não só de sua existência como de sua interação em nossas vidas por evidências empiricamente comprovadas sendo elas internas ou externas (onde não sobra a menor dúvida).

    Diante deste fato, nós cristãos estamos em vantagem em relação a vocês, ateus.
    rsrsrsrsrs :-)

    Existir ou não algum ser criador não faz, como nunca fez, a menor diferença.

    É mesmo?
    Então prove-me respondendo a estas questões:

    Como haveria informação (primordial no universo e na vida) sem uma mente inteligente?

    Como haveria primeira causa para a origem do universo sem uma entidade eterna?

    Se possuir as respostas pelo seu modelo de fé (naturalismo), então teu argumento terá forças. Caso não as possua, a afirmação : “Existir ou não algum ser criador não faz, como nunca fez, a menor diferença” é fundamentado apenas em achismo e desejo pessoal de sua parte.

  98. SSRodrigues

    Eis aí.
    A Crentolândia já tem a resposta.
    Na Darwinlandia ainda estamos a procura dela.
    Diferença auto-explicativa entre crença e ateísmo.

    Misturou tudo agora não?
    Assim como a religião cristã, expressado pela bíblia, tem cunho filosófico e empírico, a crença darwinista, expresso pelo livro origem da espécie também possui cunho filosófico e empírico.
    Logo os dois possuem elementos de fé e elementos empíricos.

    Por exemplo, Darwin pressupôs pela tua fé que nenhum organismo complexo existiria, que fósseis transicionais “transbordaria” em quantidade que um ser inferior a uma ameba originou-se da lama por processos naturais e que este mesmo ser, com o tempo virou ser humano.
    Perceba que todas estas alegações dele são refutadas e outras não comprovadas (logo é uma crença).

    Outro ponto a ser destacado a crença darwinista não sobreviveria sem a ação de Deus. Isso quer dizer que a cosmo-visão darwinista suporta a existência de Dele e não sua inexistência:

  99. AZ ! – Mas e claro que a crença pessoal de Dawkins e Sagan não faz com que o Deus pelo qual verifiquei empiricamente exista.
    Isso eu sei.
    Realmente, só voce sabe! — chega a ser ate ridiculo, so voce no mundo todo sabe e conhece Deus! O DR dos milagres está errado, os pastores e o papa! — o mais aclamado de todos —estao errados. Voce podia alem de provar pra gente, provar pra eles tambem!
    empiricamente é claro!
    empirico é algo que pode ser provado a qualquer hora, testado, mostrado pra diversas pessoas e repetido sucessivamente. e seus efeitos podem ser vistos e repetidos e assim por diante. Nada de pessoal e subjetivo! —- entao suas experiencias nao foram empiricas, foram pessoais, como toda experiencia espiritual é!
    Se voce consegue provar Deus empiricamente, entao prove!
    O mundo esta esperando, porque ninguem o fez ate hoje!
    se voce nao conseguir repetir sua experiencia a qualquer hora e ela nao puser ser verificada, entao voce é so mais um falastrão!
    se vc nao quiser se passar por arrogante, entao prove ou mostre algo que pode ser provado, testado e repetido por qualquer um!

    No mais, todas as outras suas declaraçoes acima foram desonestas com voce mesmo! —- religiao crista agora é empirica! empirica em que???/ rsrsrsrsrsr ! — e crista o q??? catolica, protestante, espirita, umbanda, adventista, anglicana, etc, etc, etc……………
    nada que esta ali se confirma, na primeira dor de barriga do crente, ele corre pra farmacia, pro medico, pro hospital, quando na verdade deverias ser o contrario. Primeiro a oraçao e a ajuda divina depois a humana! —Mas pelo visto a experiencia empirica so funciona com coisas inuteis!

  100. Sobre os primeiros pontos que você coloca, é uma impressão minha, baseada no que observo de você, das coisas que você escreve e na forma como você se aferra em equiparar a visão de mundo ateia com a tua, pondo as coisas em termos de crença e fé. (Aliás, quanto a essa sua interpretação, não vou mais perder tempo.Pense dessa forma, se te conforta)
    Sobre minhas impressões,por serem impressões claro que podem ser equivocadas.

    Sobre essa sua afirmação

    “Ninguém é crente absoluto ou cético absoluto.”

    Meditei sobre ela um tempo. Procurei algo em mim que pudesse ser classificado como uma crença, algo em que eu pudesse dizer que acredito. O mais próximo que cheguei foi sobre a minha convicção de que o Estado deve se meter o mínimo possível na a vida dos cidadãos. Então me perguntei se essa é uma crença que deve, dentro das acepções possíveis da palavra, permanecer inalterada. E a resposta foi não. Há situações de exceção, como por exemplo a vivida pela Inglaterra na época da II Guerra Mundial.
    Então, em parte você tem razão, as pessoas têm crença em algo. Ocorre que há gradações nas crenças. Essa minha admite alteração.
    A sua admite?

    Você diz que ateus não conhecem os atributos da transcendência e da imanência do seu deus e o veem equivocadamente como sujeito e objeto,deixando implícito que vocês, crentes dele, são íntimos desses atributos.
    Como você afirma que vocês crentes dele têm certeza que ele existe, por disporem de evidências empiricamente comprovadas sobre as quais não restam a menor dúvida; como você é quem afirma que seu deus só pode ser conhecido por quem entende de seus atributos,faça uma gentileza a mim ateia em desvantagem e ignorante e tente explicar os atributos divinos bondade e justiça.

  101. “Por exemplo, Darwin pressupôs pela tua fé que nenhum organismo complexo existiria, que fósseis transicionais “transbordaria” em quantidade que um ser inferior a uma ameba originou-se da lama por processos naturais e que este mesmo ser, com o tempo virou ser humano.
    Perceba que todas estas alegações dele são refutadas e outras não comprovadas (logo é uma crença).”

    Eu vou dar uma pesquisada para ter certeza que Darwin afirmou tudo isso que você escreveu.
    Agora, que coisa curiosa. Ter alegações refutadas e/ou não comprovadas constituem uma crença? É mesmo?

  102. Greg

    Realmente, só voce sabe! — chega a ser ate ridiculo, so voce no mundo todo sabe e conhece Deus!

    Claro que não. Todos os cristãos e os que buscam a Deus o conhecem. Até mesmo os que não são cristãos, porém buscam a Deus sinceramente, o conhecem também.

    O DR dos milagres está errado, os pastores e o papa! — o mais aclamado de todos —estao errados. Voce podia alem de provar pra gente, provar pra eles tambem!

    Chega a ser ridículo teu radicalismo inconsistente em imputar um suposto evento inexistente.
    Com qual propriedade afirma que Deus não poderia se manifestar aos que não o conhecem plenamente porém são sinceros ao busca-lo?
    Percebo que tuas “refutações” são fundamentados em espantalho.

    Ele se manifesta a quem quiser, até mesmo a adoradores do “deus” sol ou do Juju da Montanha. Basta busca-lo de todo coração.

    Ele é UNIVERSAL.

    empirico é algo que pode ser provado a qualquer hora, testado, mostrado pra diversas pessoas e repetido sucessivamente. e seus efeitos podem ser vistos e repetidos e assim por diante. Nada

    Percebo que vocês tem muita dificuldade com as palavras, distorcendo o sentido delas para se adequar as vossas convicções (O que torna este pensamento uma desonetidade intelectual)

    Vamos recorrer ao “pai dos burros” (Dicionário) para ver o sentido REAL da palavra:

    Significado de Empírico

    adj. Que está relacionado ao empirismo.
    Que se fundamenta na observação e na experiência , seguindo métodos OU NÃO .
    s.m. P.ext. Pej. Pessoa que faz alarde acerca de seus atributos ou dos conhecimentos que não possui, mas necessita; charlatão.
    (Etm. do latim: empiricus)

    Então, como vemos o sentido de empírico, empregado em minha frase, significa em observação e experiência.

    P.S: É impressão minha ou pela falta de argumentos lógicos em defesa de sua fé, está querendo me “refutar” em qualquer coisa :-)

    Se voce consegue provar Deus empiricamente, entao prove!

    Percebo que realmente não entende nada sobre este assunto.
    Nem tudo que é comprovado empiricamente de maneira pessoal, pode ser reproduzido em um laboratório.

    Um testemunho de um evento, muito embora tenha passado por uma experiência EMPÍRICA (experimentação e observação) não poderá reproduzir no laboratório o mesmo evento.

    Este é o ponto. Os eventos pelo qual Deus se revela ocorrem por observação e experimentação PESSOAL, logo ele é “verificável” apenas por testemunhos.

    O mundo esta esperando, porque ninguem o fez ate hoje!

    O_o!! Ora, mas se algum humano fizesse em laboratório o que SOMENTE Deus faz, então ele não seria Deus.
    Isso é uma questão de lógica.

    se voce nao conseguir repetir sua experiencia a qualquer hora e ela nao puser ser verificada, entao voce é so mais um falastrão!

    O_o !!!!! nada a haver.
    Cara, estou me impressionando com tuas “pérolas”.
    Teu raciocínio “lógico” me faz sentir vergonha alheia.

    religiao crista agora é empirica! empirica em que???/ rsrsrsrsrsr !

    Perceba que logo de cara que teu “argumento” começa com uma falácia logo de cara (no caso espantalho).
    Não sei se isso é devido desonestidade intelectual de tua parte ou baixa capacidade cognitiva em entender um argumento simplês.
    Em NENHUM momento disse que a religião cristã é empírica.

    Eu disse que DEUS se manifesta de forma empírica ou seja por observação e experimentação, onde o mesmo é verificado por declarações testemunhais.
    Ele não se prende a doutrinas e conhecimentos, mas vê a sinceridade do coração.

    Eu eim…. cada uma que aparece.
    Parece que estou “falando” com a “velha surda” da praça é nossa. rsrsrsrs

  103. SSRodrigues

    Sobre os primeiros pontos que você coloca, é uma impressão minha, baseada no que observo de você, das coisas que você escreve e na forma como você se aferra em equiparar a visão de mundo ateia com a tua, pondo as coisas em termos de crença e fé.

    Ora, mas se você diz que um ateu é descrente de tudo em TODOS os assuntos (o que racionalmente é IMPOSSÍVEL), então demonstre.
    Até o presente momento o ateu possui crenças e fé como qualquer outra pessoa, tanto para assuntos corriqueiros como assuntos que envolvem sua origem (sendo ela natural ou sobrenatural).

    (Aliás, quanto a essa sua interpretação, não vou mais perder tempo.Pense dessa forma, se te conforta)

    Ok, para te confortar vou fingir que a Crença na origem do universo e da vida mediante processos cegos sem direção, crença na origem da informação aperiódica funcional por aleatoriedade, crença na evolução por meio de mecanismos aleatórios, crença no gradualismo estrito e absoluto, crença em mutações fortuitas, crença na mente como resultado de processos não guiados por intermédio da Seleção Natural, crença na Ancestralidade Comum Universal, e outras crenças do tipo, professado em vocês ateus, não são crenças.

    O problema é que para fingir, eu preciso jogar fora o dicionário de português, visto que segundo ele, algo que tudo que NÃO É COMPROVADO, é uma crença.

    Sobre minhas impressões,por serem impressões claro que podem ser equivocadas.

    Sobre essa sua afirmação

    “Ninguém é crente absoluto ou cético absoluto.”

    Meditei sobre ela um tempo. Procurei algo em mim que pudesse ser classificado como uma crença, algo em que eu pudesse dizer que acredito. O mais próximo que cheguei foi sobre a minha convicção de que o Estado deve se meter o mínimo possível na a vida dos cidadãos.

    Analise novamente. Analise desde eventos corriqueiros e sem importância, quanto seu posicionamento intelectual pelo qual não possui capacidade de provar empiricamente.

    Essa minha admite alteração.
    A sua admite?

    Claro que admite. Todas minhas crenças podem sofrer alterações adaptações. Inclusive minha cosmo-visão bíblica e o entendimento dela mudou radicalmente nestes últimos dias.

    Por exemplo, eu acreditava na imortalidade condicional da alma e na evolução dirigida.
    Hoje não acredito mais.

    Todo assunto (ou evento) pelo qual não comprovei empiricamente pode ser atualizado e modificado (e alguns até banido)

    Porém perceba o detalhe, TODOS assuntos pelo qual NÃO COMPROVEI EMPIRICAMENTE podem ser atualizado e modificado (e alguns até banido).

    Quanto a existência de Deus e sua ação em minha vida,foi comprovada empiricamente por mim, e dou testemunho disso.

    Você diz que ateus não conhecem os atributos da transcendência e da imanência do seu deus e o veem equivocadamente como sujeito e objeto,deixando implícito que vocês, crentes dele, são íntimos desses atributos.

    Sim, vocês crentes naturalistas não conhecem estes atributos e deixam muito claro na manifestação que fazem. Isso ocorre quando o comparam com seres materiais na forma de analogia, generalizam todos os deuses como iguais e levantam questionamentos do tipo: “quem criou Deus?”

    Como você afirma que vocês crentes dele têm certeza que ele existe, por disporem de evidências empiricamente comprovadas sobre as quais não restam a menor dúvida

    Na verdade não existe necessidade de crença para quem conhece.
    Logo o termo “crentes”, não se aplica para quem o observou empiricamente e não há a menor dúvida.
    Perceba que esta tua frase é contraditória.

    como você é quem afirma que seu deus só pode ser conhecido por quem entende de seus atributos

    Eu afirmo isso? onde? poderia fazer um “Copy e Paste” desta suposta alegação?

  104. P.S: Pessoal, me perdoem pelos erros na formula ao grifar os textos. Este é um problema que me acompanha de longa data
    :-)

  105. SSRodrigues,

    “Pessoalmente, vejo grandes, enormes dificuldades em provar ou testar coisas que são invisíveis mas que podem ser vistas claramente nas coisas que podemos ver, principalmente quando se fala dos atributos de Deus.”

    Significado de Atributo

    s.m. O que é próprio, particular a um ser: a palavra é um atributo do homem.
    Símbolo, emblema distintivo: o gládio e a balança são os atributos da Justiça.
    Filosofia. Qualidade de uma substância: segundo Spinoza, pensamento e extensão são os atributos de Deus.

    Você é um GÊNIO mesmo né?A teologia ateísta (rsrsrsr) deste site é incrível.

    Deixa eu ir para o original :

    “Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis…” (Romanos 1:18-20).

    Agora GÊNIO SSRodrigues, pode nos dar exemplos de atributos VISÍVEIS e INVISÍVEIS dos seres humanos? Ou vc acha que os seres humanos possuem apenas atributos visíveis?

    Ou vc é muito ignorante ou é muito arrogante, se vc for ignorante, então há tempo pra aprender, ser ignorante não é defeito (eu sou bem ignorante em física quântica), se for arrogante aí as coisas complicam e vc tende a mergulhar em profunda dissonância cognitiva.

  106. “Considerando que os habitantes de Darwinland estão sempre abertos (vá lá uma ou outra exceção…) a outras possibilidades…”

    Estou EXTREMAMENTE CURIOSO para as outra possibilidades …

    Eu duvido que ousem colocar sua posição a prova em Darwinland, quem faz isso não faz parte desse mundo.

    A Bióloga (falecida) Margulis, salvo engano, era naturalista (não cria em criacionismo) porém não vivia no fantástico mundo de Darwinland.

  107. SSRodrigues,

    “Deveríamos então poder concluir que você aceita a possibilidade de não existir esse modelo de deus criador ora em uso como explicação para a origem da vida e etc.?
    Não é o que parece pelo que vem a seguir:
    “Os atributos invisíveis de Deus são visto claramente nas coisas que podemos ver.”

    E o que vem a seguir??? Se esqueceu?

    Ao que parece, Deus não existe para você.Estou certo ou errado?

    Tua descrença, ausência de crença, crença em inexistência, se baseia naquilo que vc vê nessa realidade ou não?

    Se aquilo que vemos nos demonstra, ou demonstra a vc, de forma clara que Deus não existe, então como tens dificuldades em entender que isso pode ser testado e testado empiricamente ?

    Capiche?

  108. Irritadinho você, hein jephsimple.

    Usei a palavra errada; onde se lê “principalmente” pretendia escrever “precisamente”.
    Mas se te deixa feliz pensar que eu não entendo esse tipo de conceito, divirta-se.
    Eu por minha vez achei engraçadíssimo isso de você falar tão convictamente sobre:
    “Os atributos invisíveis de Deus são visto claramente nas coisas que podemos ver.” e ainda colocando versículo bíblico como fundamento dessa sua “tese”
    Quero ver alguém demonstrá-la na prática.

    Sobre suas “considerações” sobre as pessoas que acham mais razoável considerar a Teoria de Darwin do que considerar os atributos invisíveis do seu deus podendo ser vistos claramente nas coisas que podemos ver, nem vou perder meu tempo.

    “E o que vem a seguir??? Se esqueceu?”

    É, o que vem a seguir???

    “Ao que parece, Deus não existe para você.Estou certo ou errado?”

    Você está ab-so-lu-ta-men-te certo! Para mim, seu deus não passa de criação da sua mente.

    “Tua descrença, ausência de crença, crença em inexistência, se baseia naquilo que vc vê nessa realidade ou não?”

    E certo de novo! Eu me baseio na realidade para saber que esse seu deus não existe.

    “Se aquilo que vemos nos demonstra, ou demonstra a vc, de forma clara que Deus não existe, então como tens dificuldades em entender que isso pode ser testado e testado empiricamente ?”

    Você quer testar empiricamente a existência do seu deus?
    Nada mais simples e fácil. Na próxima vez que você tiver algum problema de saúde, não faça nada além de pedir a ele que o cure.
    Eu é que não me arrisco.

    Capiche, bambino di tuo Dio?

  109. Pois é Azetech

    Você diz:

    “Na verdade não existe necessidade de crença para quem conhece.
    Logo o termo “crentes”, não se aplica para quem o observou empiricamente e não há a menor dúvida.”

    E antes você tinha dito:

    “Porém nós, que o servimos e obedecemos (pelo menos nos esforçamos para o tal) temos a nossa CERTEZA não só de sua existência como de sua interação em nossas vidas por evidências empiricamente comprovadas sendo elas internas ou externas (onde não sobra a menor dúvida).
    Diante deste fato, nós cristãos estamos em vantagem em relação a vocês, ateus.
    rsrsrsrsrs :-)”

    Depois você me pergunta onde foi que você disse que seu deus só pode ser conhecido por quem entende de seus atributos, tendo antes afirmado que nós não conhecemos seu deus por não ter conhecimento dos seus atributos (dele, não seus)?
    Você não entende o que você mesmo escreve?

    E eu não estava me referindo às sua crenças periféricas, mas como você diz que “conhece” Deus…

    Poderia então me explicar por que Deus escolhe uns mas não outros para dar demonstrações empíricas da existência dele? Tem algum critério? É questão de merecimento, de Deus achar que será melhor entendido por uns e não por outros, como é que funciona isso?
    Por que veja, mesmo considerando a imanência e a transcendência dele, nas demonstrações empíricas tem que valer a relação sujeito/objeto.
    Minha pergunta, embora pareça gaiata, não é. Eu realmente me interesso em entender como vocês fazem para justificar esta, digamos, atuação divina.
    Há anos tenho feito essas perguntas a todo tipo de “conhecedores” de Deus, ainda não teve um que a respondesse preto no branco.

  110. Az – Empirismo na Ciência / do dicionario tambem

    Para a ciência, empírico é um tipo de “evidência” inicial para comprovar alguns métodos científicos, o primeiro passo é a observação, para então fazer uma pesquisa, que é o método científico. Nas ciências, muitas pesquisas são realizadas inicialmente através da observação e da experiência.
    eu estava falando de empirismo com uma visao cientifica, como diz acima “atraves de metodos cientificos” — voce mesmo usa a ciencia quando quer e argumenta usando-a, quando nao interessa vem com o papo de experiencia pessoal e unica que so voce sabe e conhece!!!!

    — vamos sair do campo da ilusao e vamos para a vida real
    é desenvolvido um remedio/substancia que causa diarreia nas pessoas:
    10 pessoas sao testadas (observadas, experimentadas) – as 10 tem dor de barriga! – com isso ficou provado empiricamente com seus efeitos observaveis que as experiencias pessoais foram iguais para todas
    se voce pedir para essas 10 pessoas rezarem para impedir a dor de barriga ou causa-la saberemos que as experiencias serao diversas, entao nada pode ser provado! nem que a oraçao impede ou cause dor de barriga! – fica so no campo da imaginaçao mesmo!
    fica parecendo a experiencia pessoal da minha avo catolica que eu ja relatei aqui em outro lugar. ela queria curar as vistas de uma inflamaçao. assistindo a rede vida como sempre com um copo de agua benzida passou no olho como indicado, com fé e tudo mais e crença em deus. no começo com sua experiencia pessoal ela pensou estar curada, mas depois veio o pus , a inflamaçao e pronto, ela teve que recorrer ao empirismo cientifico. AQUELE QUE REALMENTE TRAZ RESULTADOS SOLIDOS E COMPROVADOS. E MELHOR QUE É EFICAZ!
    mas … sem muito mais o que falar! Az pelas suas proprias palavras voce é o mais novo ateu do blog! Vejamos:
    1 – Todo assunto (ou evento) pelo qual não comprovei empiricamente pode ser atualizado e modificado (e alguns até banido)
    sem dogmas = sem crença!!! – Acreditar com duvidas nao é ter fé!!!
    R – voce mostra que nao acredita na biblia e nem em deus! — so nesta coisa que voce inventou e chama de Deus de vez em quando.

    Todas minhas crenças podem sofrer alterações adaptações. Inclusive minha cosmo-visão bíblica e o entendimento dela mudou radicalmente nestes últimos dias.
    Essas palavras poderiam ser atribuidas a um ateu facilmente!!
    Voce mostra que nao tem fé e nao cre de verdade . esta em busca de algo para acreditar e depositar sua fé! eu entendo ja passei por essa fase. Ja mudei minha cosmovisao varias vezes tambem, assim percebi que nao acreditava, queria na verdade algo em que pudesse acreditar.
    Bem assim como voce!!

    Quanto a existência de Deus e sua ação em minha vida,foi comprovada empiricamente por mim, e dou testemunho disso.
    R – sobre esta frase sua, vejamos:
    do ponto de vista empirico fora da ciencia , apenas observaçao, pelo que voce diz o unico testemunho é seu!!! — carece de provas!! eu posso me dar um testemunho afirmando o contrario!
    A minha cosmovisao em relaçao as coisas tambem muda, eu sou ateu, voce tambem é entao! Voce disse>
    origem do universo e da vida mediante processos cegos sem direção, crença na origem da informação aperiódica funcional por aleatoriedade, crença na evolução por meio de mecanismos aleatórios, crença no gradualismo estrito e absoluto, crença em mutações fortuitas, crença na mente como resultado de processos não guiados por intermédio da Seleção Natural, crença na Ancestralidade Comum Universal, e outras crenças do tipo, professado em vocês ateus, não são crenças.
    R- quem te disse que eu ou algum ateu acredita em tudo o que esta escrito ai! – se nem que muitas coisas que voce disse ai estao equivocadas e meio certas, nao é bem assim!

    para nao demorar so vou dizer que: Darwin era biologo e em momento algum provou ou constitui teoria para origem da vida. Voce tem mania de desvirtuar as coisas, talvez por nao saber mesmo!
    origem de alguma coisa quem pode explicar é quimica e Fisica , nao a biologia. Seleçao Natural envolve evoluçao, nao criaçao!! e por falar nisso praticamente tudo posto por Darwin é aceito pela ciencia, nas universidades e academias e nas escolas, lá no ensino fundamental esta sendo ensinado estas teorias, engraçado que mesmo com enorme quantidade de criacionistas nao é aceito o ensino nos moldes religiosos e do criacionismo , principalmente o biblico, a sociedade é crista mas ela mesma se rendeu as afirmaçoes cientificas, POr que será?

  111. é shirley
    o que tem de afirmaçoes contraditorias do Az! sao muitas! Durante nossas conversas, nós 3 !! em cerca de um mes ou um pouquinho mais ele ja mudou de cosmovisao umas 3 vezes aqui!
    e ainda acha que nao é ateu???

    Em NENHUM momento disse que a religião cristã é empírica.
    Será???????????????????????????????????????????

    Vejamos: o que voce escreveu, “””O Copy e Cola esta ai pra todo mundo ver!!!”””””””
    Porém, invertendo a situação, digo que, embasado em minha comprovação —-empírica—–, onde possuo certeza absoluta (mais do que a certeza na minha existência) O Criador do universo e da vida foi Deus bíblico, conhecido na figura de Jesus Cristo, e tu, quando for ressuscitado para teu julgamento, além de se ajoelhará perante ele, se arrependerá por ter dado ouvido a vãs filosofias.
    Deus biblico e Jesus Cristo. ééé ….. acho; , nao sei nao, mas acho que isso é = a CRISTIANISMO!!!
    se nao for talvez seja o NEOcrentinismo que é uma nova religiao que vem crescendo muito!!!

    depois dessas declaraçoes do Az acho que nem tenho muito o que argumentar mais, afinal discutir com um ateu que nao sabe que é ateu é muito mais dificil.

  112. ssrodrigues

    “Você quer testar empiricamente a existência do seu deus?
    Nada mais simples e fácil. NE certo de novo! Eu me baseio na realidade para saber que esse seu deus não existe.a próxima vez que você tiver algum problema de saúde, não faça nada além de pedir a ele que o cure.
    Eu é que não me arrisco.
    Capiche, bambino di tuo Dio?”

    Vc é um gênio, LOL !!!

    “Você quer testar empiricamente a existência do seu deus?”

    Huuummm

    “E certo de novo! EU ME BASEIO NA REALIDADE para SABER que esse seu deus NÃO EXISTE.”

    _______________________________________________________

    Nós teístas nos baseamos na realidade para crer em Deus.

    “Você quer testar empiricamente a existência do seu deus?”

    Se essa realidade nos mostrar evidências empíricas, conclusivas; lógicas e matemáticas da inexistência de Deus … então Deus não existe MUITO PROVAVELMENTE.

    Se ocorrer o oposto MUITO PROVAVELMENTE Deus existe.

    Ou vc é muito ignorante ou vc quer dar uma de espertalhão ao dizer que não se testa empiricamente a existência de Deus.Ao passo que dizes que baseado na realidade ele não existe (chega a ser cômico!!!)

    Ou pior ainda vc raciocina muito devagar, eu disse que é possível testar a existência de Deus, qndo se testa algo, isso pode ser evidenciado como falso LOL , qndo não se pode testar então não podes fazer afirmações idiotas de conhecimento :)

  113. “Na próxima vez que você tiver algum problema de saúde, não faça nada além de pedir a ele que o cure.”

    Se isso ocorrer com toda certeza irei ao médico, isso não altera em nada minha cosmovisão teísta.

    Se a medicina que é muito competente não puder me tratar, aí eu apelarei para o Todo Poderoso :).

    Visto que medicina e cristianismo não tratam das mesmas coisas, não fazem parte do mesmo escopo.

  114. “Irritadinho você, hein jephsimple.”

    Wow, esse site me é um pouco divertido… :D

  115. SSRodrigues

    Pois é Azetech
    Você diz:
    “Na verdade não existe necessidade de crença para quem conhece.
    Logo o termo “crentes”, não se aplica para quem o observou empiricamente e não há a menor dúvida.”
    E antes você tinha dito:
    “Porém nós, que o servimos e obedecemos (pelo menos nos esforçamos para o tal) temos a nossa CERTEZA não só de sua existência como de sua interação em nossas vidas por evidências empiricamente comprovadas sendo elas internas ou externas (onde não sobra a menor dúvida).
    Diante deste fato, nós cristãos estamos em vantagem em relação a vocês, ateus.
    rsrsrsrsrs :-)”
    Depois você me pergunta onde foi que você disse que seu deus só pode ser conhecido por quem entende de seus atributos, tendo antes afirmado que nós não conhecemos seu deus por não ter conhecimento dos seus atributos (dele, não seus)?
    Você não entende o que você mesmo escreve?

    Pois é, eu pergunto novamente: Onde foi que você disse que seu Deus só pode ser conhecido por quem entende de seus atributos?

    Até mesmo nestes dois trechos citados por ti, referente a meus comentários, não corroboraram a tua afirmação.

    Creio que não entendeste muito bem minhas palavras. Tentarei explana-las melhor:

    Primeira frase:

    “Na verdade não existe necessidade de crença para quem conhece.
    Logo o termo “crentes”, não se aplica para quem o observou empiricamente e não há a menor dúvida.”

    Perceba que em nenhum momento disse que CONHECER seus atributos, seria necessário para conhece-lo, diante experiência comprovada.
    Muitos Índios no Brasil, pelo qual não tiveram acesso ao cristianismo, mesmo crendo em um “deus” material (como o sol por exemplo), identificam o Deus VERDADEIRO EMPIRICAMENTE.
    Porém isso não significa que mesmo identificando e conhecendo Deus Empiricamente, ele seja de fato o sol.

    Vamos para a segunda frase:

    Porém nós, que o servimos e obedecemos (pelo menos nos esforçamos para o tal) temos a nossa CERTEZA não só de sua existência como de sua interação em nossas vidas por evidências empiricamente comprovadas sendo elas internas ou externas (onde não sobra a menor dúvida).

    Similarmente a primeira frase, o sentido foi o mesmo. porém no caso dos cristãos, eles conhecem a Deus empiricamente e TAMBÉM conhecem seus atributos.
    Porém existem pessoas que conhecem os atributos de Deus, porém NÃO O CONHECEM empiricamente.

    Como disse o Winston Churchill uma vez: uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.

    Conhecer a Deus empiricamente é uma coisa e conhecer seus atributos é outra coisa.

    Um não está vinculado com a outra.

    E eu não estava me referindo às sua crenças periféricas, mas como você diz que “conhece” Deus…

    Sim, eu o conheço “face a face”. Nenhum argumento no mundo poderá apagar o que presenciei (e presencio) empiricamente de maneira interna e EXTERNA.

    Poderia então me explicar por que Deus escolhe uns mas não outros para dar demonstrações empíricas da existência dele?

    Ele “escolhe” aqueles pelo qual o buscam com verdade e humildade, estando disposto a aceitar seus caminhos.
    Aqueles pelo qual desejam um deus que se adequem as próprias corrupções, JAMAIS o conhecerão (neste tempo e neste mundo)

    Tem algum critério?

    Sim. Jesus Cristo deixou claro quais são.

    É questão de merecimento, de Deus achar que será melhor entendido por uns e não por outros, como é que funciona isso?

    Não. ninguém merece NADA de Deus pois TODOS somos corruptos.

    Por que veja, mesmo considerando a imanência e a transcendência dele, nas demonstrações empíricas tem que valer a relação sujeito/objeto.

    Sim, Deus se manifesta a relação sujeito/objeto para que os homens possa entende-lo.(visto que são materiais)
    Porém isso não significa que ele seja material.

    Minha pergunta, embora pareça gaiata, não é. Eu realmente me interesso em entender como vocês fazem para justificar esta, digamos, atuação divina.

    Se quiser justificativa da atuação divina, analise os testemunhos daqueles pelo qual presenciaram sua ação.
    Muitos podem ser equivocados, confundindo emoções com Deus, porém aqueles pelo qual Deus REALMENTE se manifestou, não ficará uma sombra de dúvida.

    Há anos tenho feito essas perguntas a todo tipo de “conhecedores” de Deus, ainda não teve um que a respondesse preto no branco.

    O que seria uma resposta “Preto no Branco” para ti?

  116. Greg

    Az – Empirismo na Ciência / do dicionario tambem

    Começou errado. Não estamos falando de EMPIRISMO (Estudo filosófico) mas sim da palavra EMPÍRICO (Observação e experimentação)

    Apesar de aparentemente serem semelhantes, o acréscimo do termo “Ismo” faz toda diferença.
    É o mesmo que chamar se sinônimos a palavra Natural e Naturaismo.
    Uma coisa não tem nada a haver com outra.

    — vamos sair do campo da ilusao e vamos para a vida real

    Ufa, finalmente. Já não estava mais aguentando mais a fantasia sobre a palavra Empírico que estava fazendo.

    fica parecendo a experiencia pessoal da minha avo catolica que eu ja relatei aqui em outro lugar.

    Aham… tem razão, a “experiência” da sua avó foi igualzinha a minha em TODOS os detalhes. Sem tirar e colocar nada.
    rsrsrsrsrs
    :-)

    Az pelas suas proprias palavras voce é o mais novo ateu do blog!

    Opa, com certeza. Sou um ateu que Busca obedecer a Deus, que confia em Jesus Cristo, que da capacidade “divina” da natureza se criar e criar a vida da “lama”, que duvida da capacidade milagrosa do “acaso/aleatoriedade” gerar informação aperiódica funcional presente no universo (leis naturais) e na vida (DNA) e não aceito a evolução (macro em específico) como verdade.
    realmente sou um ateu igualzinho a você. rsrsrsrs
    :-)

    voce mostra que nao acredita na biblia e nem em deus!

    De fato eu não acredito em Deus, afinal só se pode acreditar naquilo pelo qual não foi comprovado ou experimentado. Pelo fato de eu, possui tanto a comprovação como a experimentação não só de sua existência como sua presença, eu SEI que ele existe. Porém dizer que eu não creio na bíblia……. essa foi duro de engolir kkkkk

    so nesta coisa que voce inventou e chama de Deus de vez em quando

    Eita nois, que invenção potente a minha não? Ela é capaz de produzir sinais empíricos EXTERNOS a minha mente, onde eu e MAIS pessoas podemos presenciar.
    Puxa vida, eu sou bom mesmo não? hahahahaha

    Essas palavras poderiam ser atribuidas a um ateu facilmente!!

    Pois é. E ela também pode ser atribuída a Umbandista, Seicho no Ye, Espírita, Católico, Evangélico, Budista, Muçulmano, enfim, a qualquer um.
    A Palavra “Mudança” é muito abrangente, principalmente quando se trata da interpretação bíblica.
    Porém dizer que TODA mudança seria reinterpretar a bíblia segundo a cosmo-visão naturalista (idêntito ao do Saracura), é demais insensato.

    Voce mostra que nao tem fé e nao cre de verdade.

    Depende. em Deus eu não creio mesmo, afinal eu SEI de sua existência (não necessitando minha crença)
    Agora quanto a outros assuntos pelo qual não consigo comprovar empiricamente, desculpe desaponta-lo, mas minha crença e fé é necessária.

    Ja mudei minha cosmovisao varias vezes tambem, assim percebi que nao acreditava, queria na verdade algo em que pudesse acreditar.
    Bem assim como voce!!

    Aham, igualzinho. Isso explica nossa “concordância” sobre a existência de Deus que Incrívelmente se assemelha. Chega até parecer que o Nick Greg e Azetech pertencem a mesma pessoa.
    :-P

    do ponto de vista empirico fora da ciencia , apenas observaçao, pelo que voce diz o unico testemunho é seu!!!

    Diga isso a um cientista forense e veja o que ele pensa. Se todos os crimes ou sentenças judiciais fossem descartados TODOS testemunhos (visto que um evento não poderá ser produzido in loco no laboratório), não haveria criminosos na cadeia.

    carece de provas!! eu posso me dar um testemunho afirmando o contrario!

    Ora, mas seu testemunho por mais perfeito que seja chegará no máximo ao seguinte: “Eu não presenciei NENHUMA ação sobrenatural na minha vida, onde comprovava que Deus exista”
    Isso significa que o máximo te levará ao agnosticismo, ou seja a DUVIDA quanto a sua existência, e não a sua NEGAÇÃO.

    A minha cosmovisao em relaçao as coisas tambem muda, eu sou ateu, voce tambem é entao,

    Está a falar sério mesmo? Não está apenas brincando? O.o
    ………. senti vergonha alheia agora.

    Quem te disse que eu ou algum ateu acredita em tudo o que esta escrito ai!

    Opa, é verdade, me equivoquei.
    Um Ateu crê que na origem do universo e da vida mediante processos inteligentes e direcionados, na origem da informação aperiódica funcional por inteligência superiora, Na criação especial em filos independentes não correlacionados, no catastrofismo universal, em mutações maléficas e deletérias, na mente como resultado de um projeto inteligente, crença na Ancestralidade Comum de espécies, e outras crenças do tipo.

    se nem que muitas coisas que voce disse ai estao equivocadas e meio certas, nao é bem assim!

    Ufa que bom. Achei que tinha errado em tudo :-)

    Darwin era biologo e em momento algum provou ou constitui teoria para origem da vida.

    É verdade. O Livro que ele postulou não se chamava “ Origem ” das espécies por seleção natural” mas sim “ Mudanças das espécies por seleção natural.

    Voce tem mania de desvirtuar as coisas, talvez por nao saber mesmo!

    É verdade, sou muito ignorante. As vezes penso em voltar para o ensino fundamental
    :-)

    e por falar nisso praticamente tudo posto por Darwin é aceito pela ciencia, nas universidades e academias e nas escolas

    Isso eu concordo contigo. A doutrina darwinista em forma de paradigma é ensinado a força a todos, como se fosse uma verdade absoluta, (mesmo não possuindo suas bases empiricamente comprovadas e algumas até mesmo refutadas) sem direito a “concorrência” de ideias (onde sofre opressão e ditadura no meio acadêmico)

    Porém mesmo que forçado, uma fé não é verdadeira simplesmente porque uma massa assim o deseja, a tornando um paradigma.

    Os estudiosos antigos tentavam imputar a idéia da Terra plana na mente dos estudantes desde o início. Porém isso não a tornou de fato plana.

    a sociedade é crista mas ela mesma se rendeu as afirmaçoes cientificas (SIC), POr que será?

    Em primeiro lugar, não há “afirmações” científicas no quesito de MACRO-evolução, mas sim ESPECULAÇÃO DE CIENTISTAS.

    Em segundo lugar, qual “Sociedade Cristã” se rendeu a doutrina “Macro” evolucionista (onde não possui a mínima comprovação sequer)?

    Sou cristão e conheço muitos cristãos que não se “renderam” a esta vâ filosofia. Poderia ser mais específico ao que se refere a “sociedade” Cristã?

  117. Os estudiosos antigos tentavam imputar a idéia da Terra plana
    R – voce quis dizer os religiosos antigos, né?? ja estou te corrigindo de antemao! — e religiosos CRISTAOs diga-se de passagem!

  118. jephsimple

    Você tem uma vocação inata para a redundância e a contradição..
    É sempre todo convicção, falando de atributos invisíveis de algo que não existe e de fazer testes empíricos sobre o nada.

    Não estou dando uma de espertalhona, criança, é que não dá para testar empiricamente o nada mesmo, fazer o quê.

    “Nós teístas nos baseamos na realidade para crer em Deus.”

    Ahã. Mas como você mesmo diz, nas coisas práticas e reais da vida vocês apelam para as coisas práticas e reais, deixando o amigo imaginário bem quietinho no cantinho dele, a sua imaginação.

    ” … qndo não se pode testar então não podes fazer afirmações idiotas de conhecimento :)”

    E essa algaravia quer dizer o quê?

  119. Azetech

    Deixa ver se entendi. Todos os povos que adoravam outros deuses estavam, mesmo sem saber, adorando o seu deus? Até mesmo os incas que sacrificavam crianças, ou os druidas e outros, ou só servem os índios brasileiros?

    “Ele “escolhe” aqueles pelo qual o buscam com verdade e humildade, estando disposto a aceitar seus caminhos.
    Aqueles pelo qual desejam um deus que se adequem as próprias corrupções, JAMAIS o conhecerão (neste tempo e neste mundo)”

    Isso é muito interessante.Você está sempre falando das suas experiências que comprovam empiricamente a existência de Deus e até já contou um caso acontecido com um seu amigo.
    Então senta que lá vem história. vou até começar outro comentário.

  120. Há uns dez anos atrás, um dos meus filhos, o caçula dos meninos, adoeceu gravemente em razão de uma pneumonia diagnosticada erradamente como inflamação de garganta. Quando enfim consegui que ele fosse atendido num hospital especializado em crianças e parturientes, a pneumonia já era dupla e ele esteve muito próximo de morrer. Foi um período complicado, já que eu acabara de entrar no sexto mês de gestação da caçula. Ficamos internados durante 18 dias e nesse período vi muita coisa, todas muito dolorosas. Bebês que nasciam com problemas tão graves que mal sobreviviam horas depois do parto. Crianças que nunca tinham saído daquele hospital por não terem como sobreviver sem o equipamento necessário. Bebês e crianças com câncer. Todas as famílias dessas crianças acreditavam em Deus, inclusive tinham o hábito de reunirem-se na capela ecumênica do hospital. O que mais me impressionou foi o caso de uma moça cujo bebezinho de cinco meses nascera com um grave problema congênito e como esperança só havia o transplante de coração. Era seu primeiro filho, depois de alguns abortos espontâneos.
    Essa moça tinha uma fé total de que Deus iria salvar seu filho. Não foi maldade da minha parte, mas uma noite em que ela orava em voz alta e agradecia pela vida do filho pedindo que Deus desse a chance de ele continuar vivendo, pensei que ela não percebia que se Deus atendesse seu pedido seria pela morte de outro bebê e consequentemente pela dor de outra mãe. Enfim, esse menininho faleceu. O sofrimento daquela moça foi muito duro de presenciar.
    Meu filho se recuperou. Eu o tinha levado para a consulta de avaliação da sua recuperação e enquanto esperava a hora de sermos atendidos, minha bolsa rompeu. Foi um evento e tanto, porque estávamos só nós dois (na época ele tinha dois anos) e ainda faltava uma semana para completar sete meses de gestação. Minha irmã foi chamada e levou meu filho. Tiveram de me transferir para outro hospital porque não havia vagas na UTI neonatal; nesse outro, todos ficaram muito tensos, preocupados por que eu estava muito magra, preocupados com os pulmões dela que, diziam, estavam provavelmente muito imaturos, falavam do baixo peso dela e me preveniram para estar preparada para tudo.
    Apesar de ela ter nascido mesmo muito pequenininha, foi só isso. O Apgar foi excelente, ‘9 e ’10 e os pulmões não poderiam estar melhores, e ela demonstrou isso na prática.
    Dois dias depois já estávamos em casa. Todos, sem exceção, foram unânimes em me dizer que toda essa sucessão de eventos foi uma demonstração mais que evidente de Deus agindo na minha vida; meu filho ter-se recuperado depois de estar tão próximo da morte e minha filha nascer perfeita quando o risco de não ter sido assim era muito grande.
    End of history, ufa!
    Então, Azetech, tendo em vista o que você escreveu te faço a mesma pergunta que fiz a meus familiares, marido e amigos.
    Como vocês concebem esse deus? Ou por outra.
    Havia naquele hospital todas aquelas mães e seus filhos tão gravemente doentes; e havia eu.
    Elas tinham fé em Deus, desde sempre; elas imploravam a ele que ajudasse seus filhos.
    Eu nunca me ocupei de Deus senão como ideia, como produto da imaginação humana; naqueles dias, mesmo quando meu filho correu risco de morte em momento algum sequer lembrei-me da ideia Deus.
    Como então vocês lidam com isso? Como vocês acreditam nele, ou você, que afirma conhecê-lo, explica por que ele agiria por alguém como eu e deixaria de lado aquelas mulheres?
    Supondo que todas elas fossem do tipo que aborrecem a Deus, o que não é provável, por que teriam os filhos delas de pagar por isso? Que ser é esse que não tem, mas é a bondade e mesmo assim faria inocentes e indefesos sofrerem, devido ao comportamento de suas mães?
    Esse ser faz mesmo sentido para você?

  121. OI Shirley , bela historia
    Irei dar minha opinao a sua pergunta!
    vou incorporar um teista agora!!! hun – hum – hum – hum misifio, hunh, hun misifio, !!misifioooooooo hum……………………………………hunmmmm
    resposta 1 – segundo o espirito de Andre Luiz
    aquelas crianças estavam em periodo de carma e tinham que passar por aquilo, elas escolheram passar por aquilo antes de nascer para se redimir e evoluir espiritualmente e voce tambem no ceu aceitou essa sua “adoravel” missao!

    resposta 2 – O padre – Deus escreve certos por linhas tortas, a vontade dele é um misterio, ele quis assim e devemos aceitar a sua vontade porque chegará o dia que conheceremos a verdade e estaremos no ceu com ele e voce com seu fllho e afins!

    resposta 3 – o pastor – deussssssssssss (ele esta gritando porque é o Malafaia falando) deusussssssss tem UM PLANO PRA SUA VIDA, meu irmao! – querido, ele sabe o que faz, antes de voce nascer ele ja sabia por tudo que voce iria passar. Deus só te da aquilo que voce deve receber e aquilo que voce pode suportar , se entrega pra deus meu filho! —- ele é glorioso , ele pode tudo, ele muda a vidas das pessoas!

    veja que esses sao exemplos cristaos , nao vou mencionar outras religioes se nao haja texto!
    Voce compra a que mais te satisfaz e fica feliz, porque é sua obrigaçao ficar feliz e crer nele!!!
    de brinde voce pode levar a opçao Azetech! onde voce nao precisa crer, ter fé , nada disso, porque afinal voce sabe , tem certeza, tem tanta certeza que pode mudar de opiniao a todo momento, acreditar ou nao nas palavras imutaveis de deus , mas que mudam com o tempo e mesmo com um contato intimo com Deus , voce ainda nao vai ter certeza sobre a vida pos morte e outros fatos importantes. Como de costume Deus so serve pra coisas triviais e pra situaçoes (inclusive doenças) que a humanidade pode resolver . Para aqueles problemas dificeis demais e sem soluçao , eles continuarao sem soluçao, mas Deus como é legal estará torcendo por voce lá no ceu!
    hun- hun – hum = to desencorporando ! sai que nao te quero mais, nao maissssss yeah!!!!!!!!!!

  122. Greg

    R – voce quis dizer os religiosos antigos, né?? ja estou te corrigindo de antemao! — e religiosos CRISTAOs diga-se de passagem!

    Não. Eu disse os antigos estudiosos mesmo. Não há um teólogo cristão, durante o primeiro século, que defendia tal absurdo.
    Esta crença veio do paganismo e contaminou a idéia de vários cientistas da época.

  123. SSrodrigues

    Deixa ver se entendi. Todos os povos que adoravam outros deuses estavam, mesmo sem saber, adorando o seu deus?

    Todos povos? Onde disse isso?
    Poderia fazer um Copy e Paste do trecho de minha frase onde eu supostamente utilizei esta palavra para generalizar todas as crenças do mundo?

    Até mesmo os incas que sacrificavam crianças, ou os druidas e outros, ou só servem os índios brasileiros?

    Ora, TODOS Indios brasileiros sacrificavam crianças? É isso que está a insinuar?
    Percebo que vocês trabalham com uma visão generalista dos assuntos. Não conseguem discernir as pequenas diferenças que alteram os resultados?
    Se um indio sacrifica uma criança, ele não coloca em prática os desejos de Deus, logo ele não o conhece ou obedece.

    Acho que não entendeste muito bem minha colocação. Citarei um exemplo REAL de uma pessoa pelo qual NÃO CONHECIA todos atributos de Deus, porém O CONHECIA empiricamente:

    Epiménides . Ele foi um poeta, filósofo e místico grego, pelo qual vivia cercado de deuses pagãos, porém mesmo sem saber, anunciou o poder do “Deus desconhecido”
    Até mesmo o Apóstulo Paulo fez referencia a atitude dele: (Tito 1,12)

    Isso é muito interessante.Você está sempre falando das suas experiências que comprovam empiricamente a existência de Deus e até já contou um caso acontecido com um seu amigo.
    Então senta que lá vem história. vou até começar outro comentário.

    Ok, vamos analisar.

  124. SSRodrigues

    Então, Azetech, tendo em vista o que você escreveu te faço a mesma pergunta que fiz a meus familiares, marido e amigos.
    Como vocês concebem esse deus? Ou por outra.

    Bom, este evento em momento nenhum coloca em dúvida a existência de Deus.
    Ele pode colocar em dúvida o MOTIVO pelo qual ele agiu desta maneira, mas nunca quanto sua existência.

    Por exemplo, se analisar-nos o livro de Jó, mesmo com TODO sofrimento que ele passou, sem um aparente motivo, não vemos em nenhum lugar ele dizendo: “Deus não existe”
    Percebemos sua indignação diante da situação e sua falta de entendimento do motivo pelo qual aquilo ocorria, porém NUNCA vimos ele referindo a sua suposta inexistência.

    Se Deus BÍBLICO (Universal) não existisse, e se a “Mãe” Natureza fosse um “deus” cego que se criou e “milagrosamente” criou por aleatoriedade a informação aperiódica funcional no universo para trazer ordem a ele e por processos desordenados transformou “lama” em vida via INFORMAÇÃO e por sorte e mais tempo e processos cegos transformou esta vida (inferior a uma ameba) em seres humanos (o que para mim é muito ilógico e irracional, se chocando contra os dados mas…), eventos milagrosos pelo qual ultrapassa os limites naturais não seriam vistos em NENHUMA parte do mundo.

    Isso significaria que testemunhos pelo qual demonstram o sobrenatural (como o caso do meu amigo), não existiria em hipótese alguma, pois TUDO estaria limitado ao “deus” NATUREZA

    Então seu testemunho não invalida o meu, mas faz refletir o motivo pelo qual houve a diferença no agir de Deus.

    Então a questão correta é :
    PORQUE Deus permitiu alguns eventos e interferiu em outros?

    E não:
    “Deus existe ou não?”

    Este é o ponto.

    Havia naquele hospital todas aquelas mães e seus filhos tão gravemente doentes; e havia eu.
    Elas tinham fé em Deus, desde sempre; elas imploravam a ele que ajudasse seus filhos.
    Eu nunca me ocupei de Deus senão como ideia, como produto da imaginação humana; naqueles dias, mesmo quando meu filho correu risco de morte em momento algum sequer lembrei-me da ideia Deus.
    Como então vocês lidam com isso?

    “(…) E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá. (Lucas 12, 48)”

    Fico impressionado com tamanha ingratidão de pessoas pelo qual recebem uma graça e como “agradecimento” procuram rejeitar o autor da graça e até mesmo ZOMBAR dele.

    Tu possui todo motivo do mundo em ser grata a Deus por livrar da dor de perder um filho prematuramente, algo pelo qual nem supostas suas filhas (pois não as conheço) e nem a ELE próprio foi poupado. (Pois Cristo morreu em agonia bem a sua frente)

    Olha….. a tua atitude realmente me deixa perplexo, me perguntando..
    COMO PODE haver uma pessoa tão dura de coração??

    Recebi graças menores, e mesmo por elas, agradeço a Deus TODOS OS DIAS. Tu ebeste uma grandiosa graça, e mesmo assim o rejeita e até mesmo blasfema contra ele.

    Como vocês acreditam nele, ou você, que afirma conhecê-lo, explica por que ele agiria por alguém como eu e deixaria de lado aquelas mulheres?

    Imagine que você está em uma estrada. Lá se depara com um carro no acostamento com uma criança de dois anos no banco de trás pelo qual está a chorar de medo, fome, sede e calor.

    Então diante destes dados afirmas:

    “Onde já se viu. Que pais inconsequentes e maldosos. Eles merecem a prisão por serem tão cruéis com uma criança inocente”

    Perceba que diante de uma análise superficial, faz um julgamento preconceituoso diante de suas convicções.

    Porém uma pessoa que passava no trajeto, sabendo de todos os detalhes pelo qual tu não sabes, a vê fazendo tal comentário diz:

    “Não, esta criança não foi abandonada pelos pais. Ela estava no veículo em um shopping com seu pai e sua mãe, dormindo em uma cadeirinha no banco de trás.
    De repente a mãe começou a passar mal, desmaiou e o pai desesperado o pegou em seu colo e correu em direção ao shopping para procurar ajuda.
    Neste tempo, veio um marginal roubou o carro e saiu em Disparada. Quando o Bebê acordou, começou a chorar, o Marginal se desesperou e abandonou o carro a margem.”

    Então para responder esta pergunta e julgar com mais propriedade, eu deveria possuir a onisciência para enxergar o CENÁRIO TODO e não simplesmente PARTE DELE, como enxergaste.
    Apenas por este evento, não possuo autoridade para julgar, visto que não possuo acesso a TODOS os dados por completo.

    Porém por conhece-lo empiricamente, conhecer seus atributos e perceber parte de seu modus operandi, tenho a total confiança que o motivo pelo qual houve esta diferença teve um propósito MAIOR.

    Percebe agora? Eu tenho CONFIANÇA que qualquer atitude que ele toma, tem um propósito. Isso ocorre pois SEI que intrinsecamente ele possui a ONISCIÊNCIA.

    Supondo que todas elas fossem do tipo que aborrecem a Deus, o que não é provável, por que teriam os filhos delas de pagar por isso?

    Porque Jesus Cristo, sendo Deus, rebaixou-se a humano, sofrendo e morrendo?
    Este é facil responder, pois DEUS revelou o motivo:
    “Dar vida ETERNA a humanidade.”

    Porque aquelas mulheres, que SUPOSTAMENTE obedeciam e confiavam em Deus perderam seus filhos?
    Fica difícil responder, pois não possuo onisciência e Deus não revelou.

    Que ser é esse que não tem, mas é a bondade e mesmo assim faria inocentes e indefesos sofrerem, devido ao comportamento de suas mães?

    Este “ser” (SIC) é tão cruel quanto os pais que “abandonaram” as crianças no banco de trás do veículo.

    Esse ser faz mesmo sentido para você?

    Sim, pois analiso TODO cenário.
    Se me apegasse a pequenos detalhes, sem conhecer o TODO, ficaria igual a ti, sem conhecer o sentido.

    P.S quando digo analisar TODO cenário não é conhecer possuir a onisciência, mas sim conhecer parte do modus operandi de Deus, assim como seus atributos, pelo qual me dá TOTAL confiança em seus julgamentos.

  125. Greg

    , (…) tem certeza, tem tanta certeza que pode mudar de opiniao a todo momento,

    Greg, começo a imaginar que possui um problema grave de distorção cognitiva, ou simplesmente distorce as palavras para se adequar a sua “refutação”

    Poderia fazer uma simples referencia com um Copy + Paste onde minha certeza (existência de Deus) foi alterada?
    Cite o trecho onde eu supostamente afirmei que acreditei que Deus não existe.

    Greg, veja bem, vou explicar de novo pois não deve ter entendido, minhas OPINIÕES alteram referente as INTERPRETAÇÕES da bíblia e não quanto a CERTEZA da existência de Deus.

    Tens dificuldade até mesmo de entender o básico de minhas palavras?

  126. SSRodrigues,

    “é que não dá para testar empiricamente o nada mesmo, fazer o quê.”

    Vc é muito lerdinha mesmo né?

    Não leu ? Leu e não entendeu? Ou estás a ser um desonesta intelectual?

    Ninguém jamais viu a Deus face a face, a sua glória real.

    O que podemos ver é sua criação, afinal essa é nossa posição , e MUITO CLARA!

    Os seus atributos que vemos na criação é ETERNIDADE, Poder, Vontade, Onisciência e INTELIGÊNCIA.

    Portanto Deus para nós teístas é a causa NECESSÁRIA, SUFICIENTE E INTELIGENTE para este universo e a vida.

    Podes ver a definição destas 3 palavras no dicionário, assim eu não preciso ficar perdendo meu tempo tendo que explicar significado de necessidade, suficiência e inteligência pra vc, ok?

    Enfim, essa é a nossa cosmovisão, capiche?

    Agora e a vossa?

    Vocês ateístas podem atribuir outras causas para este universo e a vida LOL.

    Ah >>> Universo e vida = realidade .

    Deus = Causa , (*)Universo e vida = (*)efeito .

    Podemos debater a causa defendida por vós ateísta, ou achas pq vocês não conseguem ver a causa afirmam que ela não existe?

    Nós teístas pelos (*)efeitos conhecemos a causa, e vós como chegastes a causa pelo efeito(*)?

    Como dizes que não existe uma causa inteligente para informação complexa especifica? Como dizes que não existe um organizador , um ajustador para a fina sintonia do universo?

    Se crês que não existe uma causa inteligente , podes fornecer para nós uma hipótese testável e falseável para vossa crença :D.

    Sem enrolações.

  127. “…” … qndo não se pode testar então não podes fazer afirmações idiotas de conhecimento :)”
    E essa algaravia quer dizer o quê?”

    Estás a subestimar tua inteligência?Ou vc é uma brincalhona?

    Tu afirmou que SABE ( declaração de conhecimento) que Deus não existe. E dizes que não se testa algo que não existe. Sabes que Deus não existe como? De forma empírica?

    Como concluístes que Deus não existe ? Um pouquinho de epistemologia por favor?

    Se não se podes testar que existe ouro em marte, como vc pode afirmar para nós que SABES que não existe ouro em marte???

    Se é possível testar a existência de ouro em marte, então pode se testar a inexistência de ouro em marte.

    Ou existe, ou não existe ouro em Marte, sem a possibilidade de um teste , pessoas racionais não fazem declarações idiotas [tu não és idiota, mas tal declaração é!] de conhecimento… capiche?

    Então, como sabes que Deus não existe?Pq algo que não existe não existe?

    tente algo mais lógico, racional… faz-se o favor!

    :D

  128. SSRodrigues

    “Você tem uma vocação inata para a redundância e a contradição..”

    Demonstre , prove.

    Já mostrei que qm fez isso foi vc : Mas farei de forma bem clara, se quiseres me aprofundo :) :

    Tua contradição:

    1)SEI que Deus não existe!Baseada na realidade.
    2)SEI mesmo sabendo que não se testa empiricamente a existência de Deus.( eu disse teste, de forma empírica , lógica e matemática)
    3)Não se testa o nada, ou seja, não se testa algo que não existe[Mas SEI que Deus não existe].

    Vc também utiliza raciocínio tautológico, redundante:

    1) T:Deus existe ! A: Deus não existe!
    2)Só se testa o que existe.
    3)Não se testa algo q inexistente.
    4)Deus não existe pq não é testável.
    5)Não é testável pq não existe.

    E aí??? Gênio…

  129. “Ahã. Mas como você mesmo diz, nas coisas práticas e reais da vida vocês apelam para as coisas práticas e reais, deixando o amigo imaginário bem quietinho no cantinho dele, a sua imaginação.”

    Estás a criar um espantalho da minha cosmovisão, além de supostamente ser capaz de ler minhas faculdades cognitivas.

    Se tu achas que estou deixando Deus “no cantinho” dele ao ir ao médico… é tua opinião, e opinião bem subjetiva. Minha cosmovisão não se limita a isso. Nem muito menos me limito a tua cosmovisão.

    Seja mais objetiva…

  130. O crente — a levar-se em conta os poderes que ele próprio atribui ao seu Deus — vive sua vida tal qual o ateu, como se não houvesse Deus algum, deixando para apregoar as intervenções desse Deus apenas quando lhe convém.

    Como eu já disse, não há como vencer um debate com um crente, se ele contorce o universo ao seu bel-prazer, enxergando Deus apenas onde, quando e como bem entende…

  131. Puta que pariu… fico semanas sem passar por aqui e quando volto nada mudou… os crentes continuam defecando pela boca suas merdas, e sempre tem o ateu sonhador cheio de boa vontade tentando abrir a cabeça dos “gênios”…

    Eu acabei desenvolvendo um método novo para ler os posts dos crentes, é mais ou menos assim, você passa o olho pelo texro todo e a hora que encontra palavras como “interpretar”, “subjetivo”, “debate”, “empírica” eu passo para o próximo…

    Estava pensando hoje, será que é difícil alguém conseguir perceber quão imbecil é a ideia de um ser todo poderoso que quer que todos saibam que ele é o que é, mas precisa de seres humanos para levar a mensagem de sua existência… tem que ser muito imbecil mesmo…

    Daqui a duas semanas volto para ver mais um pouco de “ciência religiosa”….

    Abraço
    Cristiano

  132. Azetech
    A minha pergunta (pois é uma pergunta minha, não estou dizendo em nenhum momento que você disse tal coisa) tinha o propósito de entender qual seu critério para elencar os índios brasileiros e não outro povo qualquer. Mas não importa mais.
    Eu venho conduzindo este nosso… diálogo, com um propósito bem definido.
    Há muito tempo desenvolvi uma pequena tese e a ponho à prova sempre que possível. A cada prova ela se torna um pouco mais robusta.
    Um argumento sempre em voga usado pelas religiões e pelos indivíduos crentes é que a fé em Deus torna as pessoas melhores e implicitamente serve para ressaltar o seu contrario, que ateus são pessoas piores.
    Minha tese diz o contrário. A fé oferece um meio de as pessoas exercitarem suas piores características cobrindo-as com um manto virtuoso.
    Não por acaso, insisto sempre em questionar as pessoas crentes usando dois dos supostos atributos do seu deus, a bondade e a justiça, usando exemplos da vida real, dispensando as questões metafísicas.
    Você e esse jephsimple já mencionaram aqui os atributos TRANSCENDÊNCIA, ETERNIDADE, IMANÊNCIA, PODER, VONTADE, ONISCIÊNCIA, INTELIGÊNCIA.
    Não são os únicos que, instados a provar a realidade do seu deus, fazem isso, geralmente pretendendo que seja um cala-boca: ateus não entendem desses atributos, não entendem de Deus, não estando, portanto, capacitados para questionar a existência dele.
    Todos esses supostos atributos estão estritamente na dependência da crença de vocês, mas vou me ater a um deles, pois é bastante significativo da forma como vocês agem.
    ETERNIDADE. A mente humana é incapaz de pensar em termos de eternidade.
    Pensamos sempre em termos de início e de um agente causador, qualquer que seja ele. É assim que nossa mente funciona, nem seria muito exagero dizer que esse processo é muito semelhante aos processos involuntários de nosso organismo.
    De modos que qualquer um que comece a pensar em Deus criando tudo, vai pensar em como ele teria surgido. Mas se começa a levar essa linha de raciocínio à frente, vai pensar no criador dele; e assim sucessivamente, de modo que não muito adiante Deus será alguém insignificante quando comparado a quem o teria criado. Não dá para conciliar isso com o ser que criou o Universo, criou a humanidade e deve ser entendido como o maioral dos maiorais, então a mente de vocês dá uma volta em si mesma e adota um conceito que não compreende, para poder parar de pensar. É uma escolha de vocês, parar de pensar, mas vocês querem obrigar outros a parar de pensar, com essa enrolação de entender os atributos do deus de vocês.
    Vocês crentes sempre fogem de considerar as contradições relativas à bondade e justiça do deus de vocês pela singela razão de que isso, como posso dizer, é uma coisa que se pode “pegar com a mão”, ou por outra, faz parte da vida real, é constatável aqui mesmo, não dá para fugir para as esferas vagas da transcendência divina.
    Esse exemplo que você dá da criança no carro, já usaram um parecido comigo. Ora, seguindo estritamente essa linha de raciocínio, temos que Deus, apesar de onipotente, está sempre muito ocupado atendendo outra emergência. Mas isso é o de menos.

  133. Você não é o primeiro e muito provavelmente não será o último, a me chamar de ingrata nessa questão.
    O que vocês esperam que eu faça? Que finja, que minta? Bem, eu poderia fazer isso. Eu poderia fingir e mentir de então em diante sobre crer no seu deus. Só há um problema incontornável aí, Azetech. Eu não poderia fingir e mentir para mim mesma.
    Esse versículo que você cita é uma coisa, hein? Significa, trocando em miúdos, que seu deus vai me punir, certo?
    Também nesse caso você não é o primeiro a me ameaçar com a ira divina. Vejamos. O muito que “me foi dado”, no caso, seriam meus filhos. Se muito me seria pedido, não poderia ser outra coisa que não meus filhos, pois são eles o que mais tem importância na minha vida; nada me atingiria mais do que o sofrimento ou a morte deles.
    Para vocês algo nessa linha não seria mais do que a concepção peculiar que vocês têm da tal justiça divina; que inocentes sofram as consequências do “erro” de outra pessoa não tem qualquer importância.
    E daí se acontecesse como vocês desejam? O que ficaria provado? Que o seu deus existe? Novamente, e daí? Acaso vocês consideram que me punindo através de meus filhos esse seu deus estaria criando as condições para que eu sequer o respeitasse?
    O mais espantoso é que vocês não se dão conta do ser que estão descrevendo. Um ser sádico, despótico, arbitrário, em quem dá na veneta privilegiar alguém que está andando para ele, numa tentativa de demonstrar que existe, deixando de lado pelo menos milhares de outras mães e filhos (já que aquelas mães no hospital e seus filhos perfaziam apenas uma pequena porção de outras no mundo todo em situação parecida) e depois, amuado por que não conseguiu o queria, vai despejar sua ira em quem não tem nada a ver com isso, para atingir de forma mais eficiente a mal agradecida insolente.
    A fé não torna as pessoas melhores; as torna piores.
    Justifica coisas injustificáveis, insensibiliza as pessoas.
    Estamos sujeitos a todo tipo de percalços, de dor, de sofrimento, mas algumas vezes escapamos deles.
    É imoral, até mesmo repugnante, ver pessoas arrogando para si como privilégio de merecimento não passar por situações de privação ou sofrimento, por terem feito as vontades de um ser qualquer. Vê-las revestindo arrogância, egoísmo, presunção, indiferença, mesquinharia, com o que seria o manto virtuoso dos “escolhidos”.
    Pois o contrário disso é dizer que os que não puderam se esquivar dos tantos males da vida mereceram o que receberam, já que de alguma forma não satisfizeram as exigências do ser qualquer, que calha de ser as próprias justiça e bondade.

    Para finalizar em definitivo, segui sua imperial ordem, de “analisar isso e aquilo” e percebi que há mais alguma coisa em que acredito.
    Acredito que todos que afirmam conhecer Deus de fato o conhecem. Nem poderia ser diferente. Criaram-no à sua imagem e semelhança.

  134. Cristiano

    Não sou uma “ateia sonhadora” tentando abrir a cabeça de crente nenhum. Crente é crente porque quer, porque é conveniente para ele/ela. Você tem sua forma de argumentar, eu tenho a minha.

  135. jephsimple

    Vá procurar ouro em Marte. Depois você me conta se tem ou não. Estou com preguiça de ir até lá verificar por mim mesma.

  136. Shirley
    otimo desabafo e definicoes
    Seu ultimo comentario é como do padre na discussao com ateus no programa super Pop que postei aqui em outro post do Barros.
    O padre disse a mesma coisa: O homem criou Deus!! acho que todos ficaram chocados quando ouviram aquilo , ate o SottoMaior presidente da Atea chamou ele pro lado dos ateus, Ele disse: padre vem pra cá, voce esta do lado errado do debate! srrsrsrsrsrs !

    Esse seu discurso me lembrou muito os motivos e fatos que me levaram de vez a abandonar a crença e a religiao! O espiritismo que era meu reduto e o achava coerente se desvaneceu depois de alguns raciocinios e ponderaçoes, parecidos com esses seus. Percebi que é impossivel haver justiça e bondade em qualquer forma de religiao, deus ou deuses- talvez somente nas pessoas que criaram Deus e as religioes e procuram agir de boa fé e para o bem comum.
    Parece que há pessoas melhores do que Deus, se é que voce me entende! – Quando eu estiver disposto posto essa minha historia pra voce analisar tambem!

  137. Sheila

    Em momento nenhum o termo sonhador foi pejorativo…

    É que já fui um sonhador também… tentei, tentei, tentei, já tive discussões com perguntas encadeadas que levavam a conclusão óbvia de que esse deus cristão é uma piada de mal gosto, mas não adianta… eles sempre lançam mão de algo mais absurdo para justificar sua crença…

    E vejo você a todo momento usando de educação para tentar mostrar os absurdos que eles vomitam…

    Acho que sua capacidade de escrever cai melhor postando textos no blog… já que o Barros tá meio devagar… anda só republicando textos… to começando a achar que ele encontrou um crentinha do rabo quente que mostrou a ele o paraíso… rsrsrsrs

    Abraço
    Cristiano

  138. SSRodrigues

    Um argumento sempre em voga usado pelas religiões e pelos indivíduos crentes é que a fé em Deus torna as pessoas melhores e implicitamente serve para ressaltar o seu contrario, que ateus são pessoas piores.

    Religiões e indivíduos, ao contrário do que imaginas, são tão “coesos” quanto partidos políticos meio a eleições, ou seja cada uma possui seu estilo próprio com suas doutrinas próprias. A Tua análise começa errada a partir do momento que as classifica como semelhantes, generalizando-as a um contexto inexistente.

    Um Espírita, chamaria um ateu de um ser não evoluido, Um Naturalista, chamaria um ateu de criatura evoluída, Um seich no ye chamaria um ateu de desinformado, um praticante Candomblé não daria a mínima para que um ateu pensa, um muçulmano, chamaria um ateu de infiel, e nós, cristãos, segundo a bíblia chamamos os ateus de NESCIOS.

    Como pode perceber, todas as crenças (incluindo a sua) classifica o ateísmo de maneira diferente, logo todo teu trabalho em classificar os “argumentos” dos religiosos tornan-se errôneo por não classificar a diferença entre eles e também por não aceitar que o Ateísmo em sí, segue um conjunto de crença, no caso o Naturalismo.

    Minha tese diz o contrário. A fé oferece um meio de as pessoas exercitarem suas piores características cobrindo-as com um manto virtuoso.

    Obviamente a tua tese possui um resultado errôneo pois os parâmetros que utilizaste para medidas, foram errôneas.
    Eu, em contrapartida, de acordo com minha tese e pela análise dos argumentos dos crentes naturalistas (Ateus), digo que a tua “tese” na verdade é uma justificativa em qualificar seu modelo de crença (ateísmo) como boa. Algo pelo qual é injustificável.

    A crença naturalista em sí (Sobrevivência do mais apto) é preconceituosa e egoísta, não possuindo NADA de bom (sendo portanto injustificável). A história mostra que todos pelo qual tentaram colocar esta doutrina em prática, cometeram crimes hediondos, pelo qual o tempo não consegue apagar.

    O Ateísmo não possui uma base moral (sendo de acordo com a vontade e desejo individual) e também não separa o certo do errado (onde esquartejar um bebê vivo ou mascar chiclete, é a mesma coisa)

    Para que não haja equívocos de minhas palavras, ressalto que o MODELO DE CRENÇA naturalista possui estas características, porém isso não significa que os Ateus (Pessoas) sejam desta forma (Graças a Deus).

    Não por acaso, insisto sempre em questionar as pessoas crentes usando dois dos supostos atributos do seu deus, a bondade e a justiça, usando exemplos da vida real, dispensando as questões metafísicas.

    Sim eu percebi. Porém como ressaltei questionas este atributos SEM CONHECER o cenário por completo, embasando teu simplês pré-conceito, fundamentado em um desconhecimento como base.

    De modos que qualquer um que comece a pensar em Deus criando tudo, vai pensar em como ele teria surgido. Mas se começa a levar essa linha de raciocínio à frente, vai pensar no criador dele; e assim sucessivamente, de modo que não muito adiante

    Mas isso é óbvio. Se a pessoa não conhece a bíblia e os atributos de Deus, sempre o tratará com a relação Sujeito e objeto e não na sua essência real transcendência e imanência.
    Não é atoa que povos pagãos sempre faziam imagens materiais a seus deuses.

    então a mente de vocês dá uma volta em si mesma e adota um conceito que não compreende,

    Tens a capacidade de ler mentes agora? rsrsrsrs
    Se tens fé nisso, devo alerta-la que está totalmente enganada.
    O conceito referente a natureza de Deus é muito bem compreendida a aqueles pelo qual ele se Revela. Digo por experiência própria.

    É uma escolha de vocês, parar de pensar (…)

    Será que somos nós que paramos de pensar? Quando analisa informação no universo e na vida, experiência sobrenatural empírica, diante dos próprios olhos, e ignora todas elas, quem está deixando de pensar?

    Outro ponto a ser destacado, segundo minha tese, é que vocês, crentes naturalistas, tentam imputar a nós as vossas limitações.
    Ou seja, vocês vivem nas trevas, e nos acusa de viver nas trevas, vocês ignoram as evidências, e dizem que nós é que ignoramos as evidências, vocês são irracionais e nos acusam de irracionalidade, vocês ignoram a lógica e nos acusam de ilógicos, e assim por diante.

    mas vocês querem obrigar outros a parar de pensar, com essa enrolação de entender os atributos do deus de vocês.

    Por um acaso estou apontando uma arma em tua cabeça? Veja bem, se escolhe a morte ao invés da vida, o problema é seu. Não dou a mínima para isso, afinal cada um é responsável pelas decisões que tomam.
    Porém o fato de refutar-mos as vossas críticas infundadas e vosso proselitismo ao “deus” Natureza, não significa que estamos os obrigando a nada, mas sim que estamos rebatendo seus argumentos.

    Não confunda a situação, não tenho pretensão de converter ninguém (até mesmo porque é impossível). Minha pretensão é refutar todos argumentos infundados que utilizam para embasar vossa fé.

    Vocês crentes sempre fogem de considerar as contradições relativas à bondade e justiça do deus

    Na verdade são vocês ateus que fogem da análise completa do cenário todo, para justificar o espantalho que criam.
    Vocês analisam partes isoladas, fechando os olhos para outros dados, simplesmente para preencher as lacunas de informação com os “dados” que vocês criam em vossas mentes.

    Isso é justificável uma vez que uma análise honesta dos dados, levando em consideração TODAS variáveis do evento, os deixariam sem argumentos.
    Como vocês querem uma desculpa para crer naquilo pelo qual os agradam e não preocupado em saber da VERDADE, este comportamento (Filtro cognitivo dos dados) é natural.

    Ora, seguindo estritamente essa linha de raciocínio, temos que Deus, apesar de onipotente, está sempre muito ocupado atendendo outra emergência. Mas isso é o de menos.

    Na verdade não. Seguindo a linha de raciocínio Deus faz o que faz porque não há outra forma de fazer. Como ele conhece TUDO ele possui total propriedade para tomar as decisões.
    Está certo que vocês nunca reconhecerão a isso pelo motivo óbvio de perder a “desculpa” que possuem em defesa de vossa fé.

  139. SSRodrigues

    Você não é o primeiro e muito provavelmente não será o último, a me chamar de ingrata nessa questão.
    O que vocês esperam que eu faça? Que finja, que minta?

    De jeito nenhum. tu tens de ser o que é e expressar o que sente. É melhor ser uma atéia sincera do que um falso cristão.
    Os falsos cristãos mancharam muito o nome de Cristo.

    Esse versículo que você cita é uma coisa, hein? Significa, trocando em miúdos, que seu deus vai me punir, certo?

    Quem sou eu para dizer se tu será aniquilada ou não. Pode ser que ainda venha a se arrepender e enquanto estou vivo, há a possibilidade de eu apostatar (muito embora esteja muito, mas muito longe disso). Ninguem sabe do futuro, senão o próprio DEUS
    porém se morrer hoje, com este teu pensamento, quando for ressuscitada, este evento será colocado a sua frente.

    Também nesse caso você não é o primeiro a me ameaçar com a ira divina.

    Em primeiro lugar, não é uma ameaça, mas um relato. Em segundo lugar a aniquilação não é uma ira divina, mas TUA ESCOLHA pessoal.
    Deveria sentir-se feliz, afinal terá o que desejas (a morte).
    Deus dará aquilo pelo qual desejou.
    Se o rejeitas, ele não seria cruel em obriga-la a passar a eternidade com ele.
    Então uma aniquilação e sua “transformação” ao “nada” lhe calharia muito bem.

    Para vocês algo nessa linha não seria mais do que a concepção peculiar que vocês têm da tal justiça divina; que inocentes sofram as consequências do “erro” de outra pessoa não tem qualquer importância.

    Mas quem pensa desta forma é TU, e não nós.
    Nós sabemos que NÃO HÁ inocentes, e reconhecemos que Deus não tem obrigação nenhuma em nos dar a vida eterna.
    Sabemos o que ele faz, transcende nossa mente, logo ele tem toda autoridade para dizer o que é justo ou não.
    Porém, mesmo sem NENHUMA obrigação, Cristo SE OFERECEU para pagar o Preço e nos dar DE GRAÇA a vida eterna, não pelo nosso merecimento, mas pela sua misericórdia.

    O mais espantoso é que vocês não se dão conta do ser que estão descrevendo. Um ser sádico, despótico, arbitrário, em quem dá na veneta privilegiar alguém que está andando para ele (…)

    Na verdade não descrevemos isso, mas sim tu o descreve, fundamentado em teu achismo e analise parcial dos dados.
    Mas fique tranquilo, tu ficarás livre deste “ser” (SIC) tão cruel e de sua morada.
    Terás a tão gloriosa, desejada e sonhada aniquilação ao “nada”.
    :-)

    numa tentativa de demonstrar que existe, deixando de lado pelo menos milhares de outras mães e filhos

    Ora, me espanto muito este teu comentário.
    Segundo a vossa fé, se as crianças morrem, ela não estão capacitadas, logo a evolução está em ação. Isso faz, segundo a fé darwinista, algo bom, pois apenas os mais evoluídos sobreviverão.
    Então qual é sua indignação?
    Outro ponto, é que segundo a fé naturalista, uma rocha e um ser vivo é a mesma coisa, logo a morte nada mais é do que a desorganização de um sistema biológico.
    Para que a demonstração de inconformidade?
    Não suportas viver de acordo com a fé que anuncia?

    A fé não torna as pessoas melhores; as torna piores.

    Fé no que? Um ateu tem fé, um espírita tem fé, um seicho no ye tem fé, um umbandista tem fé, etc..
    Fé em que? poderia ser mais específica?

    É imoral, até mesmo repugnante, ver pessoas arrogando para si como privilégio de merecimento não passar por situações de privação ou sofrimento, por terem feito as vontades de um ser qualquer.

    E o que a faz definir o que é imoral ou não se segundo a fé darwinista a moralidade é subjetiva ao ser?
    Uma pessoa pode achar moral ter relação sexual com parentes, animais e pessoas mortas. segundo darwinismo, o que definirá como errado?

  140. “Vá procurar ouro em Marte. Depois você me conta se tem ou não. Estou com preguiça de ir até lá verificar por mim mesma.”

    Se eu tivesse defendido que existe ouro em marte … Eu daria razões pra dizer que existe ouro em marte …

    Não seria irracional em dizer que SEI q não existe ouro em Marte sem uma verificação empírica, lógica objetiva.

    Demonstrei a vossa incoerência , a vossa falácia .

    Não tens coragem de admitir sua contradição.

    Qqr pessoa honesta intelectualmente concordará que fizeste duas alegações estúpidas :

    SEI que Deus não existe; e, não se testa qm não existe.

    Tens o conhecimento epistêmico da inexistência de Deus, mesmo afirmando que sua existência não é testável.

    Realmente é muito divertido … me divirto muito neste site !

    Sabe-se lá o que significa TESTE para a Gênio SSRodrigues! :D

    Teste( Michaelis )

    sm (ingl test) ….
    (…)…4 Prova, experiência, exame. 5 Ensaio, verificação.

    ____________________________________________________

    Ou vc é muito ignorante, ou é uma espertalhona …

    SABES que Deus não existe sem a possibilidade da verificação?

    Sabe o que isso se chama ?

    171 epistêmico .

    :)

  141. Barros,

    Se tem alguma coisa pra me dizer é só me citar…

    Não tenha receio :)

  142. SSRodrigues

    Sheyla, só com tuas palavras conseguimos perceber que está mais perdida do que cega em tiroteio.
    Porquê? Vamos pelas questões principais:

    Você afirma que Deus não existe, e que tudo originou-se por processos cegos, naturais sem propósito ou direcionamento.
    Você chama a evolução como um fato e a faz como um “deus” que transforma uma ameba em ser humano.

    Este tipo de fé, se choca grotescamente com os comentários que fizeste, mostrando a fragilidade não só de sua crença mas de seu pensamento.

    Por exemplo, disse se importar com os bebês que morrem prematuramente nos hospitais.

    Ora, mas segundo a evolução isso é BOM, e deveria ser uma dádiva. As mães deveriam sentir-se felizes ao saber que os “grotescos” (pelo qual chamam de filhos) seres inaptos pela vida, tiveram a morte para o bem da evolução.
    Então se a evolução ocorre e a sobrevivência do mais apto é algo “bom”, porque há uma aversão sentimental a este ocorrido?

    Tu também caracteriza as mães de inocentes.

    Ora, mas o que é inocência ou culpa em um mundo “darwinista” onde Deus não existe?
    Se somos um aglomerado de matéria que se formaram na sorte, sem nenhum moralidade estabelecida, logo bem e mal NÃO EXISTEM.
    Eles são frutos da subjetividade pessoal, onde cada um define o que é bom ou ruim segundo seu próprio desejo.

    Logo segundo darwinismo, estuprar uma criança (onde favorece a prole) é algo bom, e doar um rim é algo ruim (pois incapacita o indivíduo)
    Se Deus não existe e a evolução é um fato, porque a uma inversão nestes sentimentos?

    Para finalizar tu falas em moralidade.

    Mas se o darwinismo é fato e bem e o mal não existem, juntamente com eles a moralidade também não.
    Logo a moralidade é subjetiva, a cada um.
    Com isso, que propriedade possui em julgar o que é moral ou não? Porque a TUA Moralidade é superior a moralidade de um pedófilo?

    Percebes Sheyla, que a tua cosmo visão é INSUSTENTÁVEL.

    Então mesmo distorcendo as características do Deus descrito na bíblia, por simples conveniência, pelos fatos não consegues estabelecer a crença pelo qual defendes (Naturalismo).

    Com isso, fica claro e evidente que a tua mente é um turbilhão de confusão pelo qual não possui propriedades em afirmar nada, a não ser especular.

  143. Cristiano

    já tive discussões com perguntas encadeadas que levavam a conclusão óbvia de que esse deus cristão é uma piada de mal gosto,

    Engraçado que não me lembro nada disso. Todos teus “argumentos” proferidos em nosso debate, foram “Completed Destroyed” por mim.

    Na verdade nem consegui segues “brincar” contigo, visto que teus argumentos sempre foram fracos.

  144. Azetech,

    Pois é meu caro …

    Além das falhas lógicas, ainda temos que lidar com a ateologia dos bambinos de Darwin.

    Será que existe algum ateólogo com Phd neste site? Rsrsrsrsrsrsrs :)

  145. Jephsimple

    Será que existe algum ateólogo com Phd neste site?

    Com certeza. Creio que TODOS aqui, são especialistas nisso.
    Para se formar em doutor em ateologia, não é necessário estudo ou especificação científica como pré-requisito.
    Basta viver sob lema: “comemos e bebemos pois amanhã morreremos” , que já se torna um Mestre.
    rsrsrsrs

  146. Greg

    Esse seu discurso me lembrou muito os motivos e fatos que me levaram de vez a abandonar a crença e a religiao!

    Greg, não abandonaste crença, simplesmente a trocou para uma que mais te agrada, no caso o Naturalismo.

    Segundo esta nova fé pelo qual adotou, pode fazer o que bem entende, sem se preocupar com nenhuma justiça posterior.
    Nesta tua nova fé, tu se torna um “deus”, devendo satisfação a ti mesmo.

    Não digo que a proposta do ateísmo é tentadora para pessoas pelo qual gostam de viver como bem entende, sem nenhum senso de justiça. Porém esta proposta é vazia, sem nenhuma evidência que a corrobore, mas pelo contrário, se chocando com TUDO que conhecemos e presenciamos.

    Por isso tu e teus irmãos são tratados como NÉSCIOS, pois a base que fundamente a vossa fé, nada mais é do que o desejo pela iniquidade.
    Além disso, que mais vocês tem para justificar esta crença?
    A resposta é simples NADA

  147. Azetech e Jephsimple

    Realmente aqui vocês não encontraram ninguém “a altura de vocês”…

    Vocês não merecem o respeito de ninguém, um ateu sempre vai admitir, mesmo que remota, a possibilidade de estar errados, já pessoas como vocês dois, nunca admitiriam esse tipo de coisa… e não existe nada pior que esse tipo de arrogância… sorte que o deus que vocês seguem não existe…. senão vocês seriam os primeiros a serem punidos por essa atitude…

    E Shirley, desculpe errar seu nome, ontem já era muito tarde e estava com muito sono…

    Abraço
    Cristiano

  148. SSRodrigues

    Perdão Shirley, eu cometi o mesmo erro que o Cristiano, te chamando de Sheyla.

  149. Caro Cristiano,

    “um ateu sempre vai admitir, mesmo que remota, a possibilidade de estar errado,”

    Mesmo que remota? … rsrsrsrsrs.

    Não estás a se referir a declaração de conhecimento da SSRodrigues né?

    Nem mesmo a tua certeza que Deus não existe.

    Vc SABE que Deus não existe, correto?

    “Realmente aqui vocês não encontraram ninguém “a altura de vocês”…”

    Sem subjetivismo… não se trata de “a altura de alguém”

    Se trata de razão objetiva. Entende?… Independe de minhas posições, da minha cosmovisão.

  150. É rapaz, usou de jogo de palavras interessante para não responder a pergunta… mas eu te explico mesmo sabendo que me entendeu… quando digo remota, digo porque acredito que o deus cristão não existe, se eu fosse crente o “remoto” se encaixaria na possibilidade de não existência…

    Mas para não ficar dúvidas, você admite a possibilidade, mesmo que “remota” de estar errado? Ou nesse ponto você também é o Senhor da Verdade Absoluta?

    Abraço
    Cristiano

  151. Cristiano

    um ateu sempre vai admitir, mesmo que remota, a possibilidade de estar errados,

    aham… vai sim…. até parece. Um ateu admite seu “erro” desde que a outra resposta esteja em concordância com a vossa fé.
    um Ateu JAMAIS admitirá a existência de Deus pelo simples motivo, ELE NÃO QUER QUE ELE EXISTA

    e não existe nada pior que esse tipo de arrogância

    Dentro do darwinismo, a arrogância é um atributo peculiar, desenvolvido pelos mais aptos. A humildade, em contra partida, é uma característica dos fracos pelo qual dever ser extirpados para o bem da evolução.

    Estranho tu, “darwinista” Roxo, dizendo uma “blasfêmia” destas. como sempre vejo teu comportamento se chocar com o que crê.

    sorte que o deus que vocês seguem não existe

    Azar o seu que o Deus que servimos existe, se manifesta EMPIRICAMENTE e tu assim como seus irmãos, terão o que tanto desejam: A ANIQUILAÇÃO.

    Engraçado que fala de arrogância porém age como o tal.
    Ah sim… havia me esquecido, como na tua fé o bem e o mal, assim como a moralidade e imoralidade são relativos ao desejo individual, o que tu tens como arrogância poderá ser uma característica totalmente diferente do que eu entendo por ela.

    Arrogante para tí, por exemplo, poderá ser aquele pelo qual não deposita fé em tuas palavras ou não dá crédito em tuas idéias.

    Se for assim, se segundo sua subjetividade em não saber a diferença do bem e do mal (afinal segundo tua crença é a mesma coisa), e a palavra arrogante conota isso, devo concordar que neste caso sou 100000% Arrogante, pois tuas palavras e tuas ideias a mim são tão importantes quanto o andar de uma zebra no zoológico.
    :-)

  152. Jeph

    Caro Cristiano,
    “um ateu sempre vai admitir, mesmo que remota, a possibilidade de estar errado,”
    Mesmo que remota? … rsrsrsrsrs.

    HAHAHAHA eu tive esta mesma reação.

  153. Diogo

    continua com essa história de fé naturalista??? já te expliquei que não procuro verdade absoluta, isso é coisa de religoso… na verdade aceito idéias de cientistas que a meu ver realmente entendem do que falam… nunca vi um religioso planejar um avião com sua bíblia… e se isso acontecesse garanto que nesse avião não entraria…

    A verdade absoluta é coisa de crente, justamente porque é a única maneira de engolir a crença… partir da certeza absoluta, qualquer margem para questionamento desmorona a crença…

    Nem vou perguntar se você aceita a possibilidade de “remotamente” estar errado que já sei sua resposta…

    E pelo visto, você deve ter evoluído muito na sua retórica, e achoq eu deve estar cansado de surrar fiéis naturalistas, assim nossa conversa acaba por aqui…

    Abraço
    Cristiano

  154. Cristiano

    E pelo visto, você deve ter evoluído muito na sua retórica, e achoq eu deve estar cansado de surrar fiéis naturalistas, assim nossa conversa acaba por aqui…

    Pelo visto desistiu antes de começar.
    Mas fique tranquilo, não responderei teus “argumentos”.

    P.S: O fato de não responder, não significa que o Jeph não possa faze-lo em meu lugar, caso desejar.
    rsrsrsrsrs

    :-)

  155. Cristiano

    Não é tanto o caso de tentar mostrar os absurdos da fé. Parto sempre do princípio de que esses absurdos são auto-evidentes; quando aparece um dos cachorros loucos da fé, esses que já chegam cuspindo fogo do inferno e que tais, nem é caso de perder tempo. Há outros que, parecendo razoavelmente articulados, escrevem coisas tão absurdas que me intrigam.
    E há um ou outro que a gente lê e dá risada, como esse jephsimple. Se alguém quisesse inventar um personagem caricato de criacionista, saía um jephsimple todinho, sem tirar nem por.
    Para os mais razoáveis, acho que sempre é o caso de dar uma chance de tentar reverter a primeira impressão e educação nunca faz mal, não é?
    Só que como venho percebendo cada vez mais, se a primeira impressão é a que fica, é porque de saída era a correta.

    Sobre a troca de nome, sem problemas.
    abraços

  156. Greg

    Há duas invenções humanas que eu considero as piores até aqui. Uma é a bomba atômica e suas derivadas; a outra é Deus.
    Por isso, vou mais longe que você. Qualquer ser humano, até o mais bitolado e ferrenho defensor do criacionismo é melhor do que a invenção Deus.
    Eu acabei generalizando um tanto, misturando os militantes do criacionismo e certa classe de crentes com as boas pessoas que seguem alguma fé.
    Há pessoas crentes que conheço, admiro, gosto e respeito muito pois são pessoas excelentes , apesar do ser em que creem, não por causa dele.
    Acho que o Barros concordaria em publicar um texto seu contando como foi o processo de se desligar da fé.
    Eu gostaria muito de ler.

  157. jephsimple

    Alguém te disse que você era inteligente e sagaz e você acreditou? Ou se convenceu disso sozinho?
    Em qualquer dos casos, você está enganado. Você é apenas mal educado e pedante.
    Veja, nesse mundo virtual a tendência é não ficar cobrando correção no uso da língua portuguesa, ninguém aqui está escrevendo tratados científicos ou coisa parecida e todos cometemos erros em algum momento.
    Mesmo se a pessoa entra de sola, ainda é possível ignorar a forma se o conteúdo tiver alguma substância e relevância. Não é o seu caso.
    Você não está trazendo nada nesse sentido, não trouxe nenhum ângulo novo na discussão, nenhuma contribuição.
    Você tem funcionado aqui apenas como caixa de ressonância.
    Abusar de recursos de linguagem, no caso o sarcasmo, ao invés de dar a contundência pretendida, só tem o efeito de fazer a pessoa parecer grosseira e mal educada. Também pode tornar o discurso risível; no seu caso, faz pensar nesses cachorrinhos histéricos de latido fino e irritante.
    Usar pronomes de tratamento formais com a intenção de parecer culto e erudito; recorrer a todo momento a termos considerados científicos só para parecer mais culto e erudito, em frases escritas em “internetês”, completam o pedantismo.
    O nível dos comentaristas pró – Deus aqui raramente ultrapassa o nível do mediano. Você está aquém do mínimo; não vou me dar o trabalho de retrucar seus ecos.

    Aliás, foi isso que tentei dizer ontem, de forma o menos deselegante possível, quando te mandei ir procurar ouro em Marte, mas você é do tipo que a gente tem que desenhar, então, jephsimple:
    VÁ PENTEAR MACACOS.
    Ou você também pode tentar ensinar Epistemologia para o seu amiguinho imaginário.
    Agora me ocorre uma coisa. Se você não é estudante de Geografia, deve começar esse curso tão logo seja possível.
    A turma da Geo se compraz em ficar discutindo Epistemologia, coisas epistêmicas e epistemológicas e que tais.
    Isso quando não estão se torturando sobre a adequação do tripé Empirismo – Epistemologia – Fenomenologia como visões totalizantes das percepções cognitivas do mundo sensível. Você ia se sentir como pato na água.
    E eu realmente penso que você não deve tentar física quântica, sabe por que?
    Quanto maior o nível de complexidade de uma ciência, maior é a exigência de domínio da língua.

  158. Azetech

    Eu já encerrei meu assunto com você.

  159. SSRodrigues,

    eu sei que o que leva muitas pessoas a não crer em Deus é o problema do sofrimento e do mal no mundo; pois, isso contrasta com a ideia de um Deus bom e misericordioso. Porém, isso não é um forte argumento contra a existência de Deus; pois, Ele pode ter um bom motivo para permitir o mal e o sofrimento. Santo Agostinho, ao meditar sobre o problema do mal, chegou à conclusão de que Deus não permitiria o mal se dele não pudesse tirar um bem maior ainda; por exemplo, do sofrimento de Cristo na cruz, Deus tirou a nossa salvação; da sua morte, a nossa ressurreição, e assim por diante.

    Aliás, Jesus não nos prometeu a glória nesta vida, mas sim a cruz:

    “… No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo.” (Jo 16,33)

    “… Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e me siga.” (Mt 16,24-28)

    E não que não viveríamos felizes e saudáveis, que não sofreríamos e que ficaríamos ricos; como, infelizmente e mentirosamente, prega a Teologia da Prosperidade.

    Mesmo porque, se o próprio Filho de Deus não renunciou a sua cruz, quem somos nós para rejeitá-la ou fugir dela?

    E se Cristo teve que passar pela humilhação, pelo sofrimento e pela morte antes de entrar na glória da vida eterna, quem somos nós para não passar também?

    E se o povo judeu teve que atravessar o deserto para entrar na terra prometida, quem somos nós para não passar pelo deserto desta vida para entrarmos na verdadeira terra prometida do Céu?

    Se fossemos levar em conta o problema do mal e do sofrimento, o judaísmo e o cristianismo nem sequer teriam surgido ou vingado. Basta ver a história triste e extremamente sofrida do povo judeu. Já o cristianismo, nasceu na humilhação e no sangue de Cristo na cruz (a loucura da cruz); e floresceu como semente no sangue dos primeiros mártires. Porém, o sofrimento deles não foi em vão; pela fé e pelo martírio, conseguiram aquilo que parecia impossível e que os judeus não conseguiram nem pela inteligência e nem pela força: conquistar o Império Romano!

    Devemos lembrar que o Reino de Deus não é deste mundo; muito pelo contrário, o príncipe deste mundo é o Demônio. Jesus nos prometeu que, um dia, o Reino de Deus virá ao mundo e haverá um novo céu e uma nova terra e não haverá mais morte, nem dor e nem sofrimento; mas, enquanto isso, temos que viver entre o joio e o trigo, entre o bem e o mal.

    Mesmo assim, o bem e a paz ainda prevalece no mundo; o mal e o sofrimento ainda é exceção; sendo que grande parte é causado pelo próprio homem. Aqui não é o Céu, mas também não é o Inferno.

    Se formos culpar a Deus pelo mal e pelo sofrimento, o culpemos então por todas as mortes do mundo, já que todos nós morremos. Mas por quê, então, a própria Bíblia diz que o último inimigo de Deus a ser vencido é a morte?

    Como já disse, milagres autênticos, embora existam, são muito raros (mesmo na Igreja Católica) e servem muito mais para confirmar a existência de Deus e a autenticidade da Igreja do que para mera cura de enfermos. Nem o próprio Jesus curou todos os doentes, acabou com todo sofrimento e ressuscitou todos os mortos quando veio ao mundo!

    Se os neo-pentecostais pregam o contrário, a culpa não é de Deus, nem da Bíblia e nem da Igreja; mas, sim, dos teólogos da Teologia da Prosperidade,

    Ao contrário dos grandes lideres religiosos da Teologia da Prosperidade, que vivem uma vida de glória, luxo e vaidade, a grande maioria dos grandes santos da Igreja Católica viveram uma vida de renúncia, humildade e sofrimento.

    Por exemplo, o Pe. Pio, que tinha o dom de profecia, ciência e cura e curou tanta gente, ele mesmo sofreu extremamente em vida. Sofria de febres sobrenaturais de até 48 º C, era torturado quase todas as noites pelo próprio demônio em forma de cão raivoso, recebeu as chagas de Cristo no próprio corpo, etc.

    http://beinbetter.wordpress.com/2012/11/20/as-febres-extraordinarias-de-sao-pio-de-pietrelcina/

    Embora lamentasse às vezes, nem por isso deixou de acreditar ou de amar a Deus e nem blasfemou contra Ele e nem passou a odiá-lo. Ao contrário de tantos hoje que, embora tendo uma vida de bonança ou sofrendo bem menos do que os santos e sofredores, ainda ousam duvidar, reclamar, blasfemar e odiar a Deus.

    E porque ele e tantas almas vítimas, mesmo sendo santos, tiveram de sofrer tanto?

    Será porque Deus não existe mesmo?

    Ou será porque Deus existe; mas é mal, tirano e sádico?

    Não!

    Porque Deus uniu seu sofrimento para completar o sofrimento de Cristo na cruz; a fim de salvar os pecadores!

    E, após a morte deles, Deus mesmo os glorificou; assim como glorificou seu Filho. Não é à toa que existem mais de 2.000 corpos de santos incorruptos na Igreja Católica!

    Será que existe algum corpo ou órgão incorrupto de algum grande intelectual, rei, ditador, militar, politico, empresário, milionário, celebridade, ou de um desses pastores da Teologia da Prosperidade, etc.; que viveram a vida na riqueza, no luxo e na glória e não na pobreza, na humildade e na santidade? Creio que não!

    Por isso, indico o emocionante filme da vida do Pe. Pio de Pietrelcina, um grande santo místico moderno da Igreja, o vídeo da sua exumação e o comentário do Pe. Paulo Ricardo :

    Quem ler a biografia desse grande santo ou assistir o filme de sua vida, vai entender um pouco do MISTÉRIO DA CRUZ e ficar com vergonha de ser ateu, de ser cristão morno e meia-tigela e de ficar reclamando tanto de Deus e da vida!

  160. profetadosateus disse: Deus não teve filho porque sabia que um filho poderia desobedecer ao pai e seu plano ir por água abaixo. Por isto encarnou-se como filho de Deus na forma de Jesus Cristo.

    eu não queria mas sou obrigado a participar dessas fofocas:

    deus ja começou a historia da humanidade “errado” tendo um filho chamado adão sem ser casado.
    Isto levou adão a um conflito existencial, pois queria descobrir quem era sua mãe, deus não podendo justificar-se para amenizar a situação disse a ele : “fica frio filho pois com isso te pouparei de ter uma sogra” e deu a ele uma mulher para substituir sua mãe inexistente,mas essa também não deu muito certo levando seu filho cabeçudo para o mal e uma vez conhecido o pecado pecamos até hoje e deus percebendo que havia “errado” criando um ser tão incoerente “arrependeu-se” da sua própria burrice e tentou matar toda a sua humanidade menos uns que eram menos ruinzinhos mas, e quanto aos bichos que não conseguiram entrar na arca ? sera que os dinossauros não couberam na arca? Eu sabia que um dia iria descobrir o motivo da extinção, mas com toda essa matança deus não conseguiu empurrar toda sua sujeira para debaixo do tapete então sua criação continua errada até os profetas de hoje.
    moral da história alguma história bíblicas depõe contra um Deus coerente, e querer usar mentiras para tentar justificar a sabedoria divina, é dar um tiro no próprio pé.
    A vida é cruel, nós somos cruéis, eu sou cruel.

  161. Criaturo

    Fala aí Vander, tudo tranquilo?

    Cara, vi um argumento teu pelo qual eu também não poderia deixar de comentar. rsrsrs

    (…) algumas histórias bíblicas depõe contra um Deus coerente (…)

    Mas a história que citaste referente ao gênesis não foi da bíblia, mas sua.
    Você colocou elementos, pelo qual não aparece no relato, onde mudou todo entendimento da historia. Com outras palavras, mesmo que inconscientemente, fez um espantalho sobre ela.

    Por exemplo Frases do tipo:
    ” filho chamado adão sem ser casado.”
    “conflito existencial, pois queria descobrir quem era sua mãe”
    “deu a ele uma mulher para substituir sua mãe inexistente”
    ” deus percebendo que havia “errado” criando um ser tão incoerente”
    ” “arrependeu-se” da sua própria burrice”
    etc..

    Nada disso pelo qual falaste, faz parte da narrativa bíblica, mas sim parte da estória que você elaborou sobre ela. (por isso chamei de espantalho)
    Desta forma, com certeza mais que absoluta, estes “relatos” bíblicos irá depor contra um Deus coerente pelo simples motivo dos relatos em si, proferidos por ti, NÃO SEREM coerentes ao evento narrado.

  162. E ai Diogo, na firme forte ma militância.

    zanga não brother, postei esse comentário satirizando um crente que se intitula profetadosateus ,não passou de uma brincadeira.
    se te interessar de uma olhada neste forum é bem diversificado e voce pode postar seus próprios tópicos para iniciar uma discussão, a a maioria é de ateus mas tambem tem eu…he.he..he.he, espiritas, satanistas, bruxas,crentes acredito que voce vai gostar o pessoal la é bastante participativo e muito bem informados.
    Este convite também é valido para Sr. Valmidenio, SS, Greg, DR e a todos que se interessarem pelo assunto:

    http://religiaoeveneno.org/

    abraço e boa discussão

  163. Criaturo

    zanga não brother, (…)

    rsrsrsrs imagina, não tenho nenhum motivo para me zangar irmão.
    Nem o Greg com suas ironias me tirou do sério, imagine tu, pelo qual possui certezas semelhantes a minha (no quesito da existência de Deus)

    Mas deixe te perguntar, vc ainda tem seu blog?
    Tem alguns assuntos pelo qual gostaria de debater contigo.
    Até debateria no http://religiaoeveneno.org/ , porém o empecilho é o cadastro que o proprietário do blog exige (algo pelo qual não me interesso em fazer)

  164. o Diogo
    Tenho http://religiaodeuslivre.wordpress.com
    porem para ser sincero gasto boa parte do meu tempo discutindo no RV, pois como ja disse os caras são muito participativos, se quiser postar no meu blog fique a vontade, voce sempre sera bem vindo.
    Mas ainda acho que voce iria gostar do RV, quanto ao cadastro é moleza na hora voce cria um Nick e senha, basta fornecer um e-mail , isso é bom para evitar trolls .
    de vez em quando do uma psasada por aqui.
    abraço

  165. SSRodrigues,

    Seu red herring mostra a tua incapacidade de admitir sua contradição, está em seu comentário, não tenho culpa se vc aplicou 171 epistêmico.

    Podes mudar de ideia e dizer que não sabes se Deus existe ou não, ou então podes continuar com teu 171 epistêmico, afirmando que “não se testa o nada, não se testa Deus e SEI que Deus não existe”

    Podes mostrar a lógica nisso que afirmaste.

    Ou então continue com seus red herrings.Que aliás é inerente a muitos neo ateus.

  166. SSRodrigues

    “Você é apenas mal educado e pedante.”

    Assim eu fico magoado…

    Estás a usar subjetivismo, então teria alguma relevância vc me achar mal educado?

    Depois,

    Sou mal educado pq disse que não faria uma alegação estúpida, idiota de conhecimento sobre algo, qndo não existem quaisquer métodos para se declarar qqr conhecimento sobre algo?

    Ou sou mal educado pq expus sua contradição, sua afirmação irracional?

    Ou achas que estou a julgar a sua pessoa, ao invés de seu raciocínio?

    Pentear macacos? me sugestionaria nossos parentes mais próximos, os chimpanzés,ou os bonobos,ou orangotangos?… Ou qm sabe agora “sereias” que são a mais nova linhagem de macacos a saber os “macacos aquáticos”?

  167. Ei Azetech,

    Já que falei sobre os “macacos aquáticos”; estou ansioso para o documentário da Discovery Channel :

    Sereias: Novos Indícios
    Data: Quinta – 29 de agosto | Início: 22h30 | Término: 23h25

    Segundo a própria crença darwinista a existência de macacos aquáticos não é assim tão absurda, uma vez que segundo a crença “lobos” se transformaram em cetáceos.

  168. Criaturo,

    Interessante o seu blog…

    Vou dar um bisbilhotada sempre que eu puder.

  169. Jeph

    Já que falei sobre os “macacos aquáticos”; estou ansioso para o documentário da Discovery Channel

    Não me falou, mas eu sei do que se trata.

    Eles até postaram no site um tema a respeito:
    http://animalplanet.discoverybrasil.uol.com.br/seis-fatos-que-justificariam-a-existencia-das-sereias/

    A crença se baseia na suposta evolução dos homens realizado diretamente pelos mamíferos aquáticos e não dos “macacos” como é pregado pelo darwinismo clássico.

    Nada de espantoso nesta idéia, afinal, segundo a mitologia darwinista, TUDO pode ser possível. :-)

  170. “Há outros que, parecendo razoavelmente articulados, escrevem coisas tão absurdas que me intrigam.”

    Com quanto que te referes a um homem de palha, tenho que concordar contigo!E dizer que tu és uma gênio.

    É claro que é muito intrigante e absurdo VER atributos invisíveis de Deus nas coisas que podemos ver … a saber a ciência observa estuda,testa de forma direta a sintonia fina do universo e o código ADN.

    Para quem crê que todo e qqr atributo é algo visível, é absurdo mesmo, acreditar em atributos invisíveis que podem ser vistas em coisas visíveis. … repito um post anterior meu:

    Ou vc é muito ignorante, ou é uma espertalhona …
    SABES que Deus não existe sem a possibilidade da verificação?
    Sabe o que isso se chama ?
    171 epistêmico .
    :)

  171. Azetech,

    Há sim, foi uma resposta minha a SSRodrigues …

    Em uma tomada do anuncio do documentário na DC alguém pergunta:

    Pode explicar essa teoria do macaco aquático?
    Um outro responde (provavelmente um biólogo):

    Nós SABEMOS que muitos animais sofreram a transição de terrestres para aquáticos…

    Vou ver o que esse FATO FATO FATO da evolução tem mostrar.Seria mais uma descoberta sobre elo perdido? :)

  172. “Mas para não ficar dúvidas, você admite a possibilidade, mesmo que “remota” de estar errado? Ou nesse ponto você também é o Senhor da Verdade Absoluta?
    Abraço
    Cristiano”

    Não leu meu comentário?

    Não é pq minha posição vê os atributos invisíveis de Deus nas coisas que vemos que essa posição é absoluta, e nem poderia ser a priori.

    Seria necessário uma verificação direta desta realidade para eu afirmar com segurança que esta realidade tem um criador intencional.

    Então eu penso que Deus nos dar a possibilidade de refutarmos a sua existência, uma vez que ele diz que seus atributos invisíveis podem ser vistos nas coisas que ele criou.

    Está afirmação da possibilidade de verificar a existência de Deus a posteriori é para os incrédulos. Uma pessoa que crê em Deus o faz por ouvir a palavra de Deus, por fé,por experiência pessoal.

    Enfim, se podemos verificar esta realidade, seu funcionamento, podemos CONCLUIR que pelas coisas [que NÓS teístas afirmamos que são criadas e criadas de forma inteligente, organizadas intencionalmente ] que vemos não existe criador nenhum, nem mesmo
    existe por hipótese,possibilidade,parcimônia,evidências,lógica,matemática.

    Ou seja a nossa realidade nos MOSTRA CLARAMENTE a inexistência de Deus.

    Então essa afirmação me obriga a sustentar a possibilidade da inexistência de Deus .

  173. jephsimple, em 26/08/2013 às 16:43 disse:
    Criaturo,
    Interessante o seu blog…
    Vou dar um bisbilhotada sempre que eu puder.

    fique a vontade, para ler comentar e discordar
    o convite para o RV tambem é valido para voce
    sds

  174. jephsimple

    Não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência do seu Deus da mesma forma como não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência do Saci-Pererê.
    Em consequência, continuamos em que não dá para ver sinais claramente visíveis dos sei lá que invisíveis do seu Deus etc. etc.

    No que me diz respeito, tem toda a relevância te considerar mal educado. E pedante, não esqueça esse.
    Também no que me diz respeito,e como pensei já ter deixado claro, não o considero qualificado para debater nada; e como considero assim, manifestei minhas razões, logo não posso estar mudando o rumo de um debate que não há.

    O gênero de macacos fica á sua escolha. Divirta-se com o documentário.

  175. SSrodrigues

    Não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência do seu Deus da mesma forma como não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência do Saci-Pererê.

    Ora, mas saci pererê não existe. Isso é claro pois existem evidências claras de sua NÃO existência.
    O Mesmo não ocorre com Deus, onde as evidências apontam exatamente ao contrário, ou seja, para a sua existência.

    São duas coisas diferentes, onde compara-las seria cometer o velho erro clássico da falsa analogia.

    Este vídeo demonstra bem o teu erro:

  176. SSRodrigues,

    “Não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência do seu Deus da mesma forma como não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência do Saci-Pererê.”

    Claro que não precisa, uma vez que tens excelente “bagagem epistemológica”.Tu não discutiria a existência de algo que tu já SABES que NÃO EXISTE.

    E MELHOR AINDA, tu te baseias na realidade, e CLARAMENTE a realidade já lhe fez saber, entender (sabe-se lá como) que Deus,sacis, fadinhas,spider-man,sereias(ops! será?),o bule de chá, o dragão da garagem NÃO EXISTEM.

    Se eu não identificasse essa inversão de planos, estaria em total acordo contigo: Deus é tão real qnto o saci-pererê.!

    “Em consequência, continuamos em que não dá para ver sinais claramente visíveis dos sei lá que invisíveis do seu Deus etc. etc.”

    Se tens dificuldades com casualidade, significa que teu raciocínio é correto?Ou será que és apenas ignorante?

    Tenho mesmo que fazer o B A BA de casualidade para a identificação de um atributo invisível sendo claramente visto em algo visível?

    Se vc é daqueles que não enxergam inteligência (atributo invisível) nos avanços tecnológicos … então não faço a menor ideia sobre o mundo em que tu vives, a tua cosmovisão.

  177. Azetech,

    Será que nunca passou isso pela cabeça da SS?

    Ela nunca leu que se trata de uma falsa analogia, uma inversão de planos?

    Ou será que ela imagina que nós não sabemos disso, enquanto ela já tem a ciência de que se trata de falsa analogia, inversão de planos, mas continua a utilizar desta tática, desta falácia.

    Eu só posso deduzir duas coisas …

  178. Ops! … é causalidade e não casualidade … eu dei uma de polimerase agora e corrigi meu erro, visto que procuro ver se cometo erros ortográficos, mas nem sempre eu faço isso, então os erros podem ocorrer e serem identificados …

    Mas é interessante que a taxa de erro do DNA é de o,0001 % por base (pode ser que haja zero a mais ou a menos) …duvido que algum ser inteligente possua essa porcentagem tão pequena de erro! Duvido!

  179. Tu não discutiria a existência de algo que tu já SABES que NÃO EXISTE.

    O pensamento do crente é tão enviesado que ele começa a deturpar as coisas na esperança de fazer seu mundo ter alguma lógica.

    A discussão, em tese, não é sobre a existência de Deus — que é uma fantasia — , mãe sobre a crença nele, que é uma realidade.

    Deuses não existem; mas não podemos dizer o mesmo de seus adoradores.

  180. JephSimple

    Ela nunca leu que se trata de uma falsa analogia, uma inversão de planos?

    Ou será que ela imagina que nós não sabemos disso, enquanto ela já tem a ciência de que se trata de falsa analogia, inversão de planos, mas continua a utilizar desta tática, desta falácia.

    olha, eu acredito que seja mais pela segunda opção, visto que ela aparentemente, não é tão incapacitada intelectualmente.

    Porém a utilização desta falácia, dentro da cosmovisão que ela vive (Naturalista), é justificável, pois além deste “pseudo-argumento”, não possui nada que possa embasar sua idéia.

  181. Barros,

    O que vc disse por acaso tem pé e cabeça?

    “A discussão, em tese, não é sobre a existência de Deus — que é uma fantasia — , mãe sobre a crença nele, que é uma realidade.”

    Oras, a crença em Deus é uma realidade, já a existência dele uma fantasia … e tu dizes que não está em discussão a existência de Deus?

    Ah tah ! Tu assim como muito de teus companheiros neo ateus já SABEM que Deus não existe.

    Tua alegação tem tanto peso qnto a minha : Deus existe, então vou apenas discutir a crença na sua inexistência que é uma realidade.

  182. Azetech

    Tem razão, não dá para comparar seu deus com o saci-pererê; o saci não tem montes de gente acreditando que ele criou o universo e os detalhes adicionais.
    Então:

    Não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência do seu Deus da mesma forma como não preciso me preocupar em discutir a possibilidade da existência de Brahma ou Alá.
    Daí antes de vir me dizer que é uma falsa analogia, vá primeiro convencer os seguidores desses deuses que eles não existem, tá bem?

  183. HOJE NAO COMPREENDES AS COISAS QUE SAO DE DEUS MAS AS COISAS QUE SAO DOS HOMENS,COISAS PERVERSAS MAS E VOX SE ENTREGAR A DEUS,CRENDO NO SEU FILHO QUE MORREU POR TI PARA TI SALVAR,ACEITANDO A JESUS CMO SEU SENHOR E SALVADOR SE ARREPENDENDO TAMBM DESSE PENSAMENTO PERVERSO Q SAI DE TI E VIVENDO PARA DEUS,VOX IRÁ COMPREENDER AS COISAS DE DEUS,COISAS Q LEVAM A VIDA.JESUS VOS AMA TANTO,CREIAM NELE E ACEITE-O CMO VOXO SENHOR E SALVADOR E ARREPENDAM-SE ENQUANTO HÁ TEMPO,ANTES Q SEJA TARDE.ARREPENDAI-VOS.

  184. Eu acredito em Deus e oro a Ele por vocês. Não curto muito ser chamado de crente pois a grande maioria deles vive de religiosidade. A moral da história é a seguinte. O criador deu livre arbítrio pra todo mundo ao mesmo tempo que deu diretrizes a serem seguidas mas deixou bem claro que as segue quem quer. Cada um acredita no que quiser. Faz da sua vida o que bem entender pois Ele lhe deu esse direito.
    Um dia céticos fizeram várias perguntas do que podiam e não podiam fazer as que seguem.
    Posso beber alcool? R. PODE!
    Posso Trair? R. PODE!
    Posso meter a mão na cara e esculhambar com que eu quiser? R. PODE!
    Posso andar nu na rua e transar com quem eu quiser? R. PODE!
    E se eu quiser dar o franzido eu posso? R. PODE!
    E o que é que eu não posso então? R. SÓ NÃO PODE IR PRO CÉU.

    Lembrem-se que a toda ação existe uma reação e ter uma reação negativa de Deus é o fim!

  185. Parece que o apóstolo Paulo ao escrever sua segunda missiva aos corintios, vislumbrava a vida dos ateus aqui declarados, que deixam seus comentários gratuitos e ultrajantes contra a Palavra do Deus Vivo. Diz Paulo:
    “Pelo que, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; pelo contrário, rejeitamos as coisas que, por vergonhosas se ocultam, não andando com astúcia, nem ADULTERANDO A PALAVRA DE DEUS; antes, nos recomendamos à consciência de todo homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.
    Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, É PARA OS QUE SE PERDEM QUE ESTÁ ENCOBERTO, nos quais o deus deste século (satanás) cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus… Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, Ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para a iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Cristo” 2ª Corintios 4:1-6.
    O Deus que servimos não precisa de defensores, Ele é onipotente. Por isso, não temos a necessidade de um debate onde opiniões serão duramente rebatidas, e até com desrespeito. Mas o que podemos afirmar é que Deus, em tempo oportuno reservado por Ele mesmo retribuirá de forma justa aos que se opõem deliberadamente ao seu amor salvífico, demonstrado em Cristo Jesus, por todos nós. A nós cristãos cabe esperar por esse tempo, onde veremos todos os inimigos de Deus sendo subjugados sob os seus pés por toda eternidade.

  186. Se eu tivesse que escrever tanta merda eu também não iria assinar meu nome.

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 280 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: