O falso poder da oração

Minha tradução do tópico “The STEP Project” (pág. 101), dentro do capítulo 3: Procurando por um Mundo Além da Matéria, do livro God: The Failed Hypothesis:

oracao

Talvez o trabalho definitivo seja o mastodôntico Projeto STEP (=sigla em inglês para Estudo dos Efeitos Terapêuticos da Intercessão da Oração), uma colaboração de seis centros médicos, incluindo Harvard e a Clinica Mayo, comandada pelo professor Herbert Benson, de Harvard. Este estudo durou quase uma década e envolveu 1.802 pacientes pelos quais se rezou por um período de 14 dias seguidos, desde o dia anterior ao que os pacientes sofreriam uma cirurgia de enxerto de desvio na artéria coronária.

Os pacientes foram aleatoriamente e cegamente divididos em 3 grupos: 604 receberam orações após serem informados de que poderiam ou não receber tais orações, 597 não receberam orações após serem informados de que poderiam ou não receber tais orações, e 601 receberam orações após serem informados de que seriam alvos de orações. Nenhum dos médicos sabia quem estava sendo alvo de orações nos primeiros 2 grupos. Dois grupos católicos e um grupo protestante se encarregaram das orações. Aparentemente não ocorreu aos investigadores incluir também um grupo de ateus apenas pensando coisas boas.

Os resultados publicados mostraram que, nos 2 grupos de incertos sobre se estavam sendo, ou não, alvos de orações, ocorreram complicações em 52% dos pacientes que receberam orações versus 51% dos que não receberam. Ocorreram complicações em 59% dos pacientes que estavam certos de serem alvos de orações. Eventos maiores e mortes nos primeiros 30 dias após a cirurgia foram semelhantes entre os 3 grupos.

Os autores do estudo concluíram que a intercessão da oração por si não teve nenhum efeito no restabelecimento livre de complicações após a cirurgia, mas certo conhecimento de estar sendo alvo de orações foi associado a uma maior incidência de complicações. Esse último efeito de alguma forma surpreendeu os investigadores, que especularam que esses pacientes poderiam ter experimentado uma maior ansiedade, talvez pensando que eles estavam tão desesperadoramente doentes ao ponto de precisarem de orações. Ninguém sugeriu que Deus pudesse estar deliberadamente frustrando as expectativas dos pesquisadores. Na verdade, não considero esse efeito significante.

Os investigadores incluíam um padre católico, padre Dean Marek, que era o principal investigador da parte da Clínica Mayo, e outros crentes. O principal fundo de 2 milhões e 500 mil dólares foi doado pela Fundação John Templeton, que procura conexões entre religião e ciência, portanto, os céticos não podem ser culpados por deliberadamente produzir resultados negativos. Eles não estavam nem mesmo envolvidos. Padre Marek e outros coautores tentaram justificar por que as orações não funcionaram nesse contexto teológico, mas eles foram louvados por aceitarem os resultados e admitirem que elas não funcionaram nesse experimento em particular.

Como o caso para os poderes especiais da mente chamados de ‘psíquicos’, os estudos dos poderes sobrenaturais da oração até agora não produziram resultados convincentes. Se as orações são tão importantes como pensam os judeus, cristãos e muçulmanos, seus efeitos positivos deveriam ser óbvios e mensuráveis. Eles não são. Não parece — baseado em evidência científica — que exista um Deus que responda a orações de alguma maneira significante e observável.

AMANHÃ: “Sobre Deus e o Nada”

26 Respostas

  1. Interessante! imagine se eu pudesse mudar algo na história pela oração. Iria pedir pra acabar com a fome, as guerras santas, matança de inocentes, injustiças.
    Imaginem que Força teria!!!!
    Contudo, parece que Deus quer a desgraça do mundo ou permite, se ele existir, claro.
    Gostaria de saber onde existe esta mágica de oração pra resolver debelar todas as doenças que existem..talvez o Senhor Deus não queira causar um desemprego em massa dos médicos e profissionais de saúde!!! Deve ser isto..
    Ou da indústria das armas – se acabar com as guerras- ele tem pena disso.
    Só resta a fome. Não tenho explicação. Talvez p Senhor se regozige com estas desgraças..
    abraço

  2. Acreditar em orações é, mais ou menos, como acreditar em astrologia: depois de 20 anos lendo o seu horóscopo todos os dias, calha uma vez de acontecer com você algo que o horóscopo “previu”. Aí você abre um sorriso de orelha a orelha e esfrega o jornal na cara dos seus amigos que não acreditam nessas baboseiras e diz: “Viu só?”

    — É. Vi. Depois de 20 anos lendo coisas como: “Hoje você poderá receber ajuda de um desconhecido”, um dia tinha que acontecer mesmo.

    Numa reportagem sobre previsões, que a TV aberta insiste em mostrar todo fim de ano, eu vi uma coisa bizarra que quase me matou de rir: uma “vidente”, baiana, eu acho, jogou os búzios e leu a seguinte “previsão”: “Nesse ano de 2009 haverá muita gravidez indesejada entre as adolescentes. É preciso se proteger, usar camisinha nas relações sexuais.”

    Vixe Maria!!!! kkkkkkkkkkkkk Cruz-credo! Se essa mulher não fala isso, vê só que desastre! Mas essa “ciência” é ridícula a esse ponto mesmo. Mas, como você pode concordar, não precisamos “ler” nos astros coisas como:
    “Procure ser paciente com as pessoas a sua volta”.

    Astrologia é ridícula. Orações, idem.

  3. Hahahaha… vocês já viram no youtube um vídeo do George Carlin falando sobre a religião? É muito bom, e tem uma parte que ele fala sobre as orações… esse cara tem umas sacadas ótimas: http://www.youtube.com/watch?v=JGwAEhkmsSU

    E tem também uma pequena parte em que ele fala sobre conforto moral na Bíblia, mas é bem zombeteiro mesmo.

    Quanto à minha opinião sobre orações, bem, acho tão sem propósito quanto a tal da Lei da Atração, até porque, aliás, é tudo a mesma coisa, só muda que você em vez de pedir pra uma entidade, pede as coisas que você quer pra uma “força cósmica” que faz o Universo conspirar a seu favor. E eu conheço um ateu que diz acreditar nisso.

    Emendando: será que as pessoas não percebem o quão ilógico é esse negócio de orações? Quero dizer, se fosse verdade que uma pessoa que quer muito uma coisa orasse e conseguisse aquilo, o que aconteceria se duas pessoas com igual força de vontade orassem por coisas opostas?

    Bem, ainda continuo desejando muito sucesso ao blog, gostei muito mesmo daqui, Barros. Pode ter certeza que passarei por aqui muitas vezes mais.

  4. Larissa, acabei de ver o vídeo que você sugeriu e quase não consigo escrever, porque estou com os olhos cheios d’água de tanto rir…

    Eu já sabia desse cara pelo livro do Dawkins, mas não tinha visto ainda o vídeo… Muito obrigado mesmo! E, por favor, volte sempre!!!

  5. Bom, muito obrigada, fico muito feliz em ajudar ^^
    O George Carlin é muito bom mesmo, vale a pena ver nos relacionados um vídeo dele também sobre o aborto.

    Fora isso acho legal também o Atheist Experience, que tem alguns vídeos no YouTube legendados em português, onde as pessoas(geralmente teístas) ligam e falam com os dois ateus no programa. Por exemplo esse sobre a Aposta de Pascal: http://www.youtube.com/watch?v=xu6PGFFzPes&NR=1
    E achei uns também do Atheist Experience sobre a moralidade da bíblia, um tópico em discussão recente por aqui:
    parte 1 http://www.youtube.com/watch?v=OPk1PgbztF0&NR=1
    parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=1ItiXOzFYGs&NR=1
    parte 3 http://www.youtube.com/watch?v=-hDNP1vbRsU&NR=1

    Acho que é só, não conheço muitos vídeos bons… mas indico também esse site, que você provavelmente já conhece: http://www.venganza.org
    Acho que vale a pena divulgá-lo por aqui porque é uma idéia divertida e que tem tudo a ver com uma necessidade nesse país: um Estado que seja, de fato, laico.

  6. Larissa! ainda bem que colocou estas contribuições! há vídeos divertidos, e depois que os vi não fui direto pro inferno, nem algo de ruim me aconteceu!! È verdade, pessoal! ri, zombei, mandei DEus pras cucuia e nada aconteceu….rs…rs..rs

    Vc torna o blog mais feliz, aberto, divertido…obrigado por estar aqui mais uma vez…..

  7. Mas…mas….e os estudos que dizem exactamente o contrário deste tipo de estudos?

  8. BOMBA!!!!!!!!!!!!!!!

  9. Bomba! Nas orações, não é isso Valéria?
    abraço

  10. Bomba! Nas orações, não é isso Valéria?
    abraço.

  11. […] O falso poder da oração […]

  12. Falso poder da oraçao e?

  13. Olá!

    Não quero causar mau ambiente… mas… por acaso já experimentaram orar? (e com fé, já agora!).

    Posso assegurar-vos a oração tem mesmo um poder T-R-E-M-E-N-D-O! Que tal experimentaem? Acho que não vão ser expulsos desta comunidade depois de o fazerem. Eu na verdade já fiz e (oh-oh! Só Deus!)

    Pessoal, a fome, guerra e doenças são a consequência da distância dos homens de Deus. Não porque Deus tem um garfo e está mortinho para picar aqueles que estão distantes. Não, pelo contrário, ele somente espera que ores para poder agir.

    Olha só, se tens um cancro de pulmão não é porque Deus o deseja, mas talvez pela tua falta de sabedoria em fumar. Se existe uma guerra, é porque os homens que a criaram não aceitam Deus nas suas vidas…

    Se estiverem frustrados com Deus podem sempre telefonar-lhe (toca a pôr os joelhos no chão que a linha dele não está ocupada). Sim, Deus ouve orações! Deus vos abençoe no nome de Jesus! Andreia, Portugal

  14. Suécia e Dinamarca tem um belo sistema, digno de 1° mundo não por pensar em deus mas sim nas pessoas.Agora olhe o Brasil cheio de crentes e julgado pelo resto do mundo como 3° mundo. A salvação não está em nenhum deus mas sim em nós mesmos isso é um motivo para ter fé.

  15. Pessoal, a fome, guerra e doenças são a consequência da distância dos homens de Deus. Não porque Deus tem um garfo e está mortinho para picar aqueles que estão distantes. Não, pelo contrário, ele somente espera que ores para poder agir.

    Isso me parece mais uma chantagem: “Posso te ajudar, mas se você não me bajular não vou dar a mínima para o seu sofrimento, e depois ainda te mando pro inferno”.

    Se existe uma guerra, é porque os homens que a criaram não aceitam Deus nas suas vidas

    Pelo que vejo um dos países que mais se envolve em guerras hoje é o maior país puritano do mundo. Será que até pra eles falta Deus pra ser aceito? Sem contar as guerras no oriente médio, que são fundamentadas na religião, ou melhor, nas religiões abraamicas, que em última instância cultuam o mesmo deus.

  16. Posso assegurar-vos a oração tem mesmo um poder T-R-E-M-E-N-D-O! Que tal experimentaem? Acho que não vão ser expulsos desta comunidade depois de o fazerem. Eu na verdade já fiz e (oh-oh! Só Deus!)

    porque não paramos todos de ajudar os sobreviventes do terremoto no Haiti e ficamos todos rezando por um milagre ajudá-los??? tipo deus descer do trono e dar uma forcinha pros massacrados…….

    imagina Andrea, você e todos os cristãos do mundo rezando por um milagre acontecer para os Haitianos e toda a ajuda mundial ficar esperando pelo seu “suposto poder da oração”…..

    você acha que vai acontecer o que????????

    ele somente espera que ores para poder agir.

    mercenário feladagaita….

  17. […] O falso poder da oração […]

  18. Hitler – o Führer, foi abençoado para a vitória pelo mais alto sacerdote cristão da Alemanha; ele rezou para que Adolf Hitler fosse vitorioso. Em Auschwitz – Polônia – no meticuloso plano de extermínio do macabro campo de concentração , os perseguidos, sofredores inocentes e condenados entravam por um portão e saíam por uma chaminé. Foram mortos pelo menos judeus, poloneses, ciganos. O total é estimado em algo como 1,5 milhões de pessoas (ou 5 milhões), grande parte nas câmaras de gás venenoso.
    Mas ele esqueceu completamente que Churchill estava sendo abençoado para a vitória pelo arcebispo cristão na Inglaterra, que nos Estados Unidos, o presidente americano estava sendo abençoado…estranho! E todos eles estavam orando para um mesmo Deus!
    Esse Deus raivoso deve ter ficado em grandes dificuldades, a quem ouvir? Mas Ele, sendo um velho judeu, tardiamente, deve ter ouvido Churchill, que não era um homem religioso, de maneira alguma.
    Para Ernest Renan., “O chamado deus dos exércitos está sempre ao lado da nação que tem a melhor artilharia e os melhores generais”.

  19. […] O falso poder da oração […]

  20. Que crente amoroso, hein? E ainda jura que não é gay? KKKKKKKKKKKK

  21. […] ou um santo. Assim como também essa crença pode não ajudar em nada, como divulguei no texto O falso poder da oração. Ou seja, às vezes funciona, às vezes não, do mesmo modo que seria se Deus não existisse. […]

  22. […] do entrevistado não são baseadas em pesquisas científicas sérias, como a que divulguei no texto O Falso Poder da Oração. Quando você “faz ciência”, você não “acredita” nos dados obtidos: […]

  23. O falso poder da Oração…com Humor!

    Um cristão, um muçulmano e um ateu estavam jantando, quando acabou a luz. O cristão fez uma prece:

    – Ó Senhor, em sua onipotência… traga a luz de volta! Amém.

    Continuo escuro. O islamita diz em voz alta:

    – Alá é grande! Louvado seja! Dá-nos luz!

    E a luz acende! Nisso o ateu aparece:

    – Tudo ok, troquei a lâmpada!

  24. Deus e Jesus não atendem orações. São mentirosos?!

    Como podemos provar que Deus não existe?
    Uma forma seria a de encontrar uma contradição entre a definição de Deus e o Deus que experimentamos no mundo real.

    Quando Jesus mito “fala”, ele deve falar a verdade.
    No entanto, quando olhamos para o que o suposto Jesus diz sobre a oração,
    Ele está claramente mentindo.

    O que aconteceria se nós ficássemos de joelhos (um “privilégio”) e orarmos perante o Senhor desta maneira:
    Querido Deus, todo-poderoso, todo-poderoso, criador todo-amoroso do universo, nós vos pedimos para curar todos os casos de câncer nesta noite planeta. Oramos com fé, sabendo que você vai nos abençoar como você descreve na Bíblia. Em nome de Jesus oramos, amém.
    Oramos sinceramente, sabendo que quando Deus responde a esta completamente sincero, desinteressado, a oração não-materialista, que glorifiquem a Deus e ajudar milhões de pessoas de maneira notável.
    Alguma coisa vai acontecer? Não. Claro que não.
    Isso é muito estranho. Jesus faz promessas específicas na Bíblia sobre como a oração é suposto para viver. Jesus diz em muitos lugares diferentes que ele e Deus vão responder suas orações. Adultos cristãos (não todos) acreditam que a Bíblia é literalmente verdade e é a palavra de Deus.

    Se a Bíblia é literalmente verdadeira, então algo está seriamente errado. Basta olhar para os fatos.

    Em Mateus 07:07, Jesus “diz”:

    Pedi e vos será dado, buscai e achareis; batei e abrir-se vós á para você. Pois todo aquele que pede, recebe, e quem procura, encontra, e ao que bate será aberto.Ou o que o homem de vocês, se seu filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem!

    Se “todo aquele que pede, recebe”, então se pedirmos para o câncer a ser curado, deve ser curada. Certo? Se o “nosso Pai que está no céu dá coisas boas aos que lhe pedirem”, então se pedir-lhe para curar o câncer, ele deve curá-lo. Certo? E ainda assim nada acontece.

    Em Mateus 17:20, Jesus diz:
    Pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará. E nada vos será impossível.
    Se “nada é impossível para você”, em seguida, se pedirmos para curar esta noite, o câncer deve desaparecer. Certo? No entanto, nada acontece. Note que se tomarmos a Bíblia menos do que literalmente aqui, a afirmação “nada é impossível para você” se torna “um monte de coisas, será impossível para você”, e que significa que Jesus está mentindo.

    Em Mateus 21:21-22:
    Digo-lhes a verdade, se você tiver fé e não duvidar, não só você pode fazer o que foi feito à figueira, mas também dizer a este monte: ‘Vá, lança-te no mar’, e tal sucederá. Se você acreditar, você receberá tudo o que pedirdes na oração.
    Se “você vai receber tudo o que pedirdes em oração”,
    Então se pedirmos para curar esta noite, o câncer deve desaparecer. Certo? No entanto, nada acontece.
    Observe novamente que não há uma forma não-literal de interpretar “, você receberá tudo o que pedirdes na oração”, a menos que você substituir “o que”, com “nada” ou “pouco”.

    A mensagem é reiterada em Marcos 11:24:
    Por isso vos digo, tudo o quanto pedirdes na oração, crede que recebestes, e será assim convosco.
    Se Deus diz, “acredito que você recebeu, e ele será seu”, e se acreditamos em Deus e em seu poder, então, o que deve acontecer se nós oramos para curar esta noite o câncer? Deve ser curado. Ou isso, ou Deus está mentindo.

    Em João capítulo 14, versículos 12 a 14, Jesus diz a todos nós o quão fácil a oração pode ser:
    12 Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.
    13 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
    14 Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.

    Veja como esta afirmação é direta: “Você pode me perguntar alguma coisa em meu nome, e eu vou fazê-lo.” Temos levado “muito literalmente?” Não.
    Esta é uma declaração simples e inequívoca. Tomamos sua declaração “fora de contexto?” Não – Jesus usa a palavra qualquer. No entanto, a declaração atribuída a Jesus é obviamente falsa. Porque, quando pedimos a Deus para curar o câncer hoje, nada acontece.
    Vemos a mesma coisa uma e outras vezes …

    Em Mateus 18:19, Jesus diz:
    Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós, concordarem na terra acerca de qualquer coisa, que pedirem, isso lhes será feito e concedido por meu Pai, que está nos céus.

    Em Tiago 5:15-16 a Bíblia diz:
    E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará.Se ele pecou, ele será perdoado. Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para que você possa ser curado. A oração de um justo é poderosa e eficaz.

    Em Marcos:
    Tudo é possível ao que crê.

    Em Lucas 1:37:
    Porque para Deus nada será impossível em todas as suas promessas.

    Nada poderia ser mais simples ou mais clara do que as promessas de Jesus sobre a oração na Bíblia. No entanto, quando oramos para eliminar o câncer, nada acontece.
    E tenha em mente que este é Jesus falando aqui. Estas não são as palavras de seres humanos. Estas não são as palavras de “inspirados” os seres humanos. Estes são supostamente as palavras de Deus mesmo, encarnado em um corpo humano. Jesus é suposto ser um perfeito, ser sem pecado. E, no entanto, é óbvio que Jesus está mentindo. O que a Jesus é atribuído é claramente errado.

    Se você gostaria de uma prova suplementar, reuniria um milhão de crentes fiéis juntos em um círculo de oração e união gigante. Tê-los todos juntos em união a orar em nome de Jesus, que amanhã Deus cure todos os casos de câncer no planeta. Agora, nós certamente temos duas ou mais pessoas reunidas, e pediram em nome de Jesus, e nós não temos um, mas um milhão de crentes fiéis que, por definição, tem fé e acreditam. Cumpriram todos os requisitos de Jesus.
    Jesus vai responder a oração agora? Claro que não.
    Suas orações vão ficar sem resposta, em desafio direto a promessas de Jesus na Bíblia. Na verdade, se você orar por qualquer coisa que é impossível, a sua oração será sempre será sem respostas .

    Se você é um ser inteligente, um ser humano racional, todos os exemplos citados acima mostram que o Deus da Bíblia é ilusão. A Bíblia claramente promete respostas com as orações a Deus. No entanto, quando oramos, não acontece nada. O que Jesus diz sobre a oração na Bíblia claramente não é verdade. Portanto, uma de duas coisas deve estar acontecendo:

    Deus e seu Filho imaginação não existem.
    Deus existe (hipótese improvável), mas ele nunca responde às orações.
    Infelizmente, Deus é definido pelo que a Bíblia afirma, é um ser que atende orações. A contradição entre a realidade propagada de Deus e da definição de Deus prova que Deus não existe.

    Na verdade, nós concluímos e temos as evidências suficientes para demonstrar que a crença na oração nada mais é que pura superstição!

  25. […] do entrevistado não são baseadas em pesquisas científicas sérias, como a que divulguei no texto O Falso Poder da Oração. Quando você “faz ciência”, você não “acredita” nos dados obtidos: […]

  26. Realmente é bastante frustrante orar, pedir, pedir e não receber, mas nesses casos convém refletir se estamos sendo santos o suficiente, se estamos pondo na cabeça q Deus vai atender mesmo. E deve PERSISTIR DURANTE MUUIITOOO TEMPO na oração, pq normalmente demora para ser atendida, e Ele atende da forma q quiser. oRAÇÃO NÃO GARANTE RESULTADO. Portanto o foco da fé não deve ser SER ATENDID por Deus, mas sim ATENDÊ-LO ATRAVÉS DA FÉ E DA OBEDIENCIA.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: