Inferno – Dia 4

hell_070706_ms

 

O Inferno dos gregos era vizinho do seu Paraíso e ficavam perto do centro da Terra. Depois que as pessoas ganharam um pouco mais de discernimento, perceberam que isso era fantasia: não havia um Hades sob nossos pés. O que as religiões passaram a dizer então? Que o Inferno ficava numa outra dimensão, num outro mundo. E, a julgar pelo padrão grego, deve ser coladinho com o Paraíso também.

A vantagem de dizer que o Inferno (ou o Céu) fica numa outra dimensão é muito óbvia para mim. Seria o mesmo que eu ser pago, hoje, por fazer previsões de coisas que fossem ocorrer no século 23. Se eu estou feliz com o pagamento e você com as previsões, dane-se o resto! E me parece ser assim que a coisa funciona no mundo religioso. 

Sendo o Inferno em outra dimensão, eu não teria, obviamente, como imaginá-lo, pois meu cérebro só dá conta das coisas “desta” dimensão. Pois muito bem! Só que tortura, dor, sofrimento, fogo, enxofre, ranger de dentes… tudo isso parece bem familiar, não parece? Ora: a sociedade religiosa idealizadora do Inferno que incutiu no cérebro das pessoas essa ideia, não tendo como imaginá-lo de outra forma, apenas o construiu com coisas do nosso próprio mundo, uma vez que, assim como eu, não era capaz de concebê-lo num mundo imaterial. Pela autoridade com que a religião sempre se impôs na vida das pessoas, elas apenas foram informadas de que era assim e ponto final. Nada de perguntas a respeito. Seus padres diziam: “Creia que é assim e tema. Isso basta ao nosso propósito.”

E que propósito! Uma chantagem tão bem feita que já dura dois milênios. E o chantagista foi Jesus Cristo em pessoa. Antes dele, as pessoas não precisavam se preocupar com o Inferno. Algumas temiam o Hades, mas isso é um mito grego esqueceu? Daí, de uma hora para outra, Deus desceu em forma de homem e disse: “Bom, gente. Eu fiz umas… alterações nas regras do jogo.”

Mas o religioso que aceita de bom grado essa chantagem é o mesmo que me pagaria um bom dinheiro pela minha previsão de que haveria um terremoto devastador em 25 de março de 2294. Ele não se importa mesmo em imaginar o Inferno; não está nem aí para entender como uma alma vai ser torturada, ou ranger seus dentes; nem vai querer saber onde fica, nem quando Deus o criou; nem por que os anjos torturariam as pessoas que fossem para lá. Não. Isso não é necessário. Não é necessário para os propósitos das religiões. Para a sua chantagem funcionar, as religiões só precisam que o religioso tema o Inferno.

E ele teme. Ponto.

Anúncios

53 Respostas

  1. Caro Barros, gostaria de saber o que você sabe de certeza acerca do inferno com base na Bíblia e não numa tradição popular.

  2. Olá, Natenine.

    Olha, “de certeza” eu não sei nada, como também não considero a Bíblia uma fonte de “certezas”. Quando muito, ela é mesmo apenas um registro das tradições populares de milênios atrás. Só porque é bem antigo, não significa que seja verdadeiro. Assim, teríamos que considerar muitos mitos que chegaram aos nossos dias, da mesma época da Bíblia, ou mais antigos, também como verdadeiros.

    Mas gostaria muito de saber o que a Bíblia diz sobre isso. Pode escrever à vontade. Se eu tiver escrito besteira, prometo me retratar.

  3. A Bíblia, é apenas um livro amontoado de idéias diferentes, contraditórias e ameaçadoras, feitas por ignorantes.Basta leros outros post interessantes. O inferno apenas uma criação copiada de antigos mitos,como esse que contou.

    Natenine,
    Poderia me provar que exite inferno e onde fica? poderia me provar que deus existe e que criou o inferno pra torturar os não crentes? poderia me provar que a Bíblia é um livro confiável, sem ser pela fé cega e parcial?
    leia vc alguns postajá discutidos por aqui!!
    abração

  4. Meus caros, fico feliz pelo meu comentário ser aceite.
    Bom antes de mais também eu quero dizer que se considerasse que a Bíblia não fizesse sentido eu mesmo me recusaria a acreditar nela, todavia ela tem passado nas provas. A respeito da sua veracidade teria de se analizar a mesma. Creio no entanto que este não é o local a apropriado.

    Vim comentar este texto, ou melhor esta série de textos, apenas porque reparei que a haviam muitos equívocos a respeito daquilo que a Bíblia diz a respeito do Inferno (independentemente se ele existe ou não).

    Vou então esclarecer algumas coisas:

    O Inferno foi Criado para o Diabo e seus anjos
    Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; ( Mat 25:41 )
    O inferno não foi criado para fazer sofrer o homem, porém se o homem quiser ir para lá Deus far-lhe-á a vontade, no fundo a eternidade é o reflexo da vida na terra, quem quis viver com Deus viverá com Deus, quem não quis, não viverá, simplesmente não existe meio termo.
    Portanto a ideia de demónios a escravizar humanos no inferno não vem da Bíblia, nem sequer a de um Deus com prazer em mandar pessoas para lá, isso é manifesto na pessoa de Jesus, que segundo a Bíblia veio para salvar e não para condenar.

    O Inferno foi falado tanto no novo testamento como no velho
    Uma pesquisa rápida numa concordância mostrará inúmeras passagens que se referem ao inferno, esta ideia de lugar de tormento não deriva da tradição grega do hades, antes muito o judaísmo se refere ao sheh-ole’ como um lugar de tormento pós morte.

    Há muito que se pode dizer, mas para lá de falar de inferno gostaria muito de falar acerca da veracidade da Bíblia convosco, um abraço ;)

  5. Barros se voce lesse a bliblia, se voce iria entender que tudo o que voce escreve é tolice. Nada disso que voce escreveu está na biblia. Isso é só invencionisse da sua cabeça. Sugiro a voce que pare de escrever e se concentre na palavra de Deus. Não leia mais nada além da biblia. Eu desafio voce a fazer isso. Voce vai ver que Deus vai mudar sua vida qundo voce entender a palavra Dele.

  6. Barros querido soh passando para dizer q seus textos são ridículos!!!

  7. “Não leia mais nada além da biblia”
    em outras palavras apenas leia um amontoado de folhas escritos homens selvagem da idade do bronze

  8. “Não leia mais nada além da biblia”
    em outras palavras apenas leia um amontoado de folhas escritos homens selvagem da idade do bronze

  9. I Pe 5:8
    8 – Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;
    poise ate tentou jesus por 40 dias
    se ta preso que deve ter pedido Habeas corpus

  10. Nunca foi provado que a biblía é verdadeira.Na verdade já sabe muito bem quem à escreveu e quais seus motivos, que de divinos não tinham nada.

  11. Natenine: “O Inferno foi falado tanto no novo testamento como no velho
    Uma pesquisa rápida numa concordância mostrará inúmeras passagens que se referem ao inferno”

    Você poderia me citar algumas dessas inúmeras passagens do Antigo Testamento?

  12. Natenine,
    fico muito feliz que tenha feito comentário. Nós aqui queremos saber sobre tudo, inferno, bíblia, jesus..Até agora a Bíblia não passa de amontoado de livros escritos por, até o momento ninguém sabe. Com aberrações literárias, contradições, e bobagens….falo isto porque mostra um deus perverso, irascível, invenjoso, turrão, infanticida, impiedoso e insensível, injusto e omisso….
    falei isto sem nenhuma raiva..apenas pelo que lemos lá…seria interessante ler os outros tópicos, pra entender isso..
    A invenção da Bíblia serve pra outros fins, não pra ser um livro racional, justo e com sentido…
    Então quando dizem que devemos temer a Deus e ler Bíblia, eu leio,e fico rindo muito com as loucuras de um Deus injusto….”Deus manda sacrificar o filho de Abraão, pra prová-lo..”imagina um deus sabedor de tudo!!!
    obrigado pelos comentarios

  13. Eita. Fui desafiado a ler só a Bíblia e mais nada. Pode dar minha falta.

  14. Anônimo tem moral pra porra nenhuma, e digo mais anônimo de cu é rola.

  15. Barros
    Eis alguns versículos:
    (todos eles são com a palavra original sheh-ole’ e não uma metáfora ou uma tradução forçada, por vezes a palavra sheh-ole’ é usada noutro sentido, por isso convém a leitura do contexto)

    Sal 9:17 – Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus.

    Pro 23:14 – Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno.

    Isa 14:15 – E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.

    Entre bastantes outros.

    Saracura
    Gostaria de lhe perguntar, com muito respeito, o que já leu da Bíblia?

  16. Então as ideias de Inferno e punição por não amar Deus e por não segui-lo são anteriores a Jesus. Ele só foi o garoto propaganda mais conhecido dessa chantagem. Tudo bem. Mas, mesmo assim, não há por que achar que aqueles escritores do Antigo Testamento não tivessem o Inferno apenas como uma ideia, assim como os gregos tinham do Hades. Amanhã vou publicar um texto bem interessante que recebi por email.

  17. Natenine,
    Obrigado por responder com dignidade, vc é uma pessoa educada!

    Você lê também? ou só esses pedaços, versículos que nada querem dizer…?
    Já leu que deus ficou p. da vida porque, enquanto moisés, demorou, deus mandou matar 3000 pessoas entre irmãos, crianças, mulheres? isso é bom? deus é assassino, acredito porque li isso..

    Sim…eu leio Bíblia, mas cada vez que leio fico transtornado com que os escritores fizeram…A idéia do inferno cirado por deus, segundo a bíblia, tudo ele pode , tudo ele permite é inacreditável! o machismo da bíblia é da época, os relatos desencontrados
    Esclareço, com toda honestidade que não leio tudo, todas as ameaças, mas quando vc fala assim aleatoriamente, de um versículo, disconexo, sem explciar nada, apenas um amontoado de palavras que se contradizem…
    SE vocÊ ler os outros post verá as contradições..
    abraço e obrigado pelo nível de conversa

  18. desculpe natenine….Deus mandou matar o seu povo dentre aqueles que adoravam o bezerro de ouro…e não poupou ninguém, nem irmãos….ele ficou com ciúme do bezerro..e mandou ver

  19. Ora essa, deus já ordenou um urso matar crianças apenas porque elas zombavam da calvície de um de seus profetas.Isso mostra o quanto ele é camarada.

  20. E douglas,
    Eu li na Bíblia, natenine, que deus queimou sodoma e gomorra, só porque o costume era praticar sodomia, mas matou crianças e velhos e todos pelos pecados de alguns..imaginem..

    As pragas do egito…fome, seca, gafanhoto…pra amolecer o coração do faraó….cuidado, natenine pra deus tentar amolecer seu coração..

    E aquela, já falei, de mandar matar o filho de Abraão? prar testar sua confiança…mas ele não era deus?

    E o fato de deixar morrer seu filho e dizer que a culpa foi dos outros? jesus se lascou por causa da doença mental do seu pai…

    E a manutenção do inferno, dos diabos, diabinhos? da permissão das catástrofes, enfermdades, desgraças humanas, afinal ele tudo pode..ele gosta de ver ? supondo sua existência..

    Uma pergunta: E seu povo? tem sorte diferente da minha? Os cristão estão livres das doenças, mazelas, acidentes, amputações, desgraças, fila de desemprego, pobreza, maldades, alzeimer? NÂO

    E os milagres? Já viram nascer uma perna nova num cristãosó porque deus quis? nunca vi…já viram curar de câncer e viverem 180 anos? não

    então, pra que serve servir a isto? temos que temer o cara? temos que aceitar ele ser psicopata? psicótico? sofre de transtorno bipolar?

    E seu povo? é bom? e a terra, seca, prometida?

    tudo não tem sentido se deus puder tudo…

  21. A todos,
    Agradeço antes demais a sinceridade.
    Eu leio a Bíblia regularmente. E leio todos esses eventos, mas não só esses, também os de amor. Uma coisa que faço também, é ler a Bíblia no seu devido contexto para poder realmente entender e interpretar devidamente.

    Se eu disser que um individuo espetou uma faca na barriga de outro, todos diremos: “Assassino!” Porém se eu disser que esse individuo é médico e fez isso para extrair um câncer, o caso muda de figura.
    Isto para dizer que a Bíblia como qualquer outro livro histórico precisa ser lido no seu contexto. É nesse sentido que posso ver cada passagem da Bíblia que vocês acham horrível e bizarra.

    Ainda de salientar que o facto de a Bíblia ter morte, crime e doença não inviabiliza a sua veracidade. Nem o facto de Deus ter atitudes agressivas nega a sua existência. Parece-me então que na mente de todos vocês (e na minha também) permanece uma moral e um ideal de Deus. Porque é que vocês acham que Deus para existir tem de ser Bom? Será porque realmente existe um Deus bom que deixou uma lei moral na nossa mente?

    Proponho-me a responder às questões que quiserem. Sei bem que não serei capaz mas vou fazer os possíveis para vos transmitir uma noção mais verdadeira sobre a Bíblia, se é que querem a verdade (há pessoas que não querem). Sendo assim as questões que ordenadamente me colocarem eu as responderei no meu blog. Porém para que haja alguma justiça também eu gostaria de deixar algumas perguntas desafiantes ao pensamento (as quais ainda vou pensar).

    Um abraço para todos ;)

  22. a palavra sheh-ole’ aparece 63 veses na biblia
    cujo o significado é
    Hades ou o mundo dos mortos (como se fosse um recuo subterrâneo), incluindo seus acessórios e detidos::–túmulo, inferno, poço.

  23. Olha, pra ser sincera não li muito da Bíblia – porque, pra ser mais sincera ainda, achei um livro muito CHATO! -, mas posso acrescentar que as pragas do Egito não foram só pra amolecer o coração do faraó, mas está escrito na Bíblia que foram mesmo pra mostrar que Deus é o mais poderoso. Está escrito que foi Deus quem endureceu ainda mais o coração do Faraó só pra continuar jogando pragas no povo [inocente] egípcio.

    Fato é que a existência de um deus independe do seu caráter, mas as contradições da Bíblia mostram que não é possível existir um deus como apontam as descrições do judaico-cristão.

  24. bem esclarecido, larissa!
    natenine,
    Em qualquer contexto que queira compreender, deus nunca deixou de ser macabro, ruim. A bondade de deus se resume ao fato de ele deixar opovo em paz! Quando ele matou milhares de inocentes, agiu como cirurgião? limpou o mundo matando ímpios? A morte sugerida por você tem algum contexto bem bondoso? regojizante, amável, indispensável? ainda estou presumindo que ele exista…claro que não

    todas esta falácias de terror, de mandar dizer que manda,do filho morto por nós é incrivelmente catastrófico e absurdo nas nossa mentes, afinal então um cara morreu por mim, sem que soubesse nem minha “maldade”.

    Acho um livro as vezes engraçado, “jesus expulsa demônio de um ser humano e o coloca numa vara de porcos” totalmente sem sentido….seria processado por maus tratos..

    Ele sabia que iria morrer, que eu seria engenheiro? e que qualquer atitude ele sabe , mas não evita…incrivel…já pensou, assim nenhum cristão morreria, sofreria…não precisaria de médico pra crentes….

    Se a Bíblia é o livro seu, e o Alcorão dos muçulmanos. Cada um com seu deus, como seria a briga entre eles?
    E alá, não mandaria uma praga pra matar os cristãos? Como seria o inferno dos ateus em Alá?

    É um absurdo prepotência, a meu ver, amiga, você achar que seu deus, sua bíblia é melhor que a dos muçulmanos, hindus,xintoístas..

    Leio bíblia, não como livro sério, mas para de certa forma discutir e não encontro nada interessante! Nada tem sentido.

    Pergunte o que quiser, se possível responderemos, afinal não sabemos tudo, mas sabemos que deus não existe, porque é criação da mente, uma fábula..

  25. Eu gostaria de poder esclarecer tudo o que dizem mas talvez não seja o sitio ideal para começar. Não sei se o dono do blog e seus leitores se vão chatear de eu questionar aqui mesmo algumas coisas, espero que não.

    Bom eu tenho 2 questões muito importantes que distinguem um ateu fundamentalista, de um ateu pensante e assim posso ver como discorrer minha argumentação. Aqui vão:

    1 – Pode-se dizer com absoluta certeza que Deus não existe?

    2 – O que seria preciso para um ateu passar a acreditar na existência de Deus?

  26. Ai ai… pode fazer as perguntas que quiser, e eu como leitora, gosto muit de questionamentos, então se depender de mim, fique à vontade ^^

    1- Não, não se pode dizer co absoluta certeza que não existe um deus. Mas se por Deus você se refere ao judaico-cristão, então acho que sim.

    2- Posso falar apenas por mim, mas digo que seriam necessárias evidências (não peço provas, veja bem, mas evidências). Mas teriam que ser evidências cabíveis em lógica e sem nenhuma chance de tere explicação natural. Como isso não acontece, não acredito no sobrenatural.

  27. Todos os atos de maldade do dito deus cristão não mostram que ele não existe, apenas mostram que não merece o minímo de louvor.
    E pra acreditar na existência de deus basta ele se mostrar.E note bem que acreditar é muito diferente de amar.

  28. Larissa
    É interessante você acha que se pode dizer com absoluta certeza que o Deus Judaico Cristão não existe, isso não me parece absoluta certeza, no máximo uns 99%. =)

    Pois bem quanto a evidências eu penso poder dar algumas, estas evidências são evidências de Deus sem qualquer cunho religioso.
    Vou falar bem simples para não fazer um comentário enorme(vou optar apenas por um argumento).

    1 – O início e complexidade do universo

    Tudo o que tem um início tem uma causa
    O universo teve um início
    Logo o universo teve uma causa.

    A causa deste universo tem de ser:
    IMATERIAL: Porque a matéria só existe dentro do universo.
    ETERNA: Porque o tempo e o espaço são as matrizes do universo e só existem existindo universo.
    INTELIGENTE: A alta complexidade da estrutura do universo revela que esta causa é inteligente.
    PODEROSA: Porque consegui efectuar o universo a partir do nada.

    Se as premissas forem verdadeiras o universo teve uma causa imaterial, eterna, poderosa e inteligente. Podemos chamar a esta causa Deus? Creio que sim. Pense nisto amiga ;)

    Douglas
    Jesus disse ser Deus, a revelação de Deus ao homem, você não pode dizer que ele não se mostrou entende? Aquilo que você pode discorrer é que Jesus não era Deus, então penso que a defesa está do seu lado. Jesus era ou não era Deus? Se era, então Deus mostrou-se e você não tem qualquer desculpa para não acreditar em Deus, segundo a sua resposta à minha pergunta visto que sua resistência a Deus é intelectual.
    Abraço

  29. Natenine, esses seus argumentos são bem facilmente rebatidos — Richard Dawkins e Christofer Hitchens que o digam!

    O fato é que a mente religiosa parece ser um tanto quanto preguiçosa. Em vez de trabalhar para encontrar as respostas, ela tem Deus como resposta para tudo sem, entretanto, perceber que a existência e os propósitos de Deus levantam muito mais perguntas ainda do que as iniciais que tinha.

    Outra coisa, a estrutura do universo não tem nada de “inteligente”. Leia os livros de Dawkins, por exemplo, que ele vai te mostrar esse equívoco do seu argumento. O que se faz muito é comparar o ser humano a um projeto e como exemplo primordial: o olho. Eles dizem: “Veja que coisa mais perfeita! Isso só pôde ter sido projetado por Deus.” Se for assim, Deus é um projetista muito ruim, porque uma equipe de cientistas, biologistas e físicos teriam feito um olho melhor. Pelo menos teriam colocado as coisas no lugar: o olho evoluiu meio que de trás pra frente, como os nervos, por exemplo, passando por cima da retina. Mais ou menos como se você projetasse um cinema com um monte de fios e cabos passando por cima da tela.

    Outra coisa: não temos como saber se o universo teve um início. O Big-Bang é só uma teoria. (Que os religiosos detestam, diga-se de passagem)

  30. Barros,
    Para rebater o meu argumento ter-se-á de provar que as premissas são falsas, até lá o argumento permanece.

    Dizer que a mente religiosa é preguiçosa e não trabalha para encontrar respostas é algo que é muitas vezes verdade, no entanto é um “pau de dois bicos” pois a mente de muitos ateus também se refugia numa ideia para não ter de ponderar outras hipóteses. No fundo mentes preguiçosas tem que ver com pessoas e não com o credo.

    Não vou entrar na ideia do olho para não fugir à linha de raciocínio, mas vejamos a respeito do universo. Posso provar que o universo teve um início em 5 pontos falarei apenas de 2:

    1 – entropia ou a segunda lei da termodinâmica, esta lei diz-nos que tudo naturalmente tende à desordem e ao desgaste, em termos práticos: a quantidade de energia utilizável do universo está se a esgotar, mas ainda não se esgotou. Se o universo fosse eterno toda a energia já se teria esgotado, mas não é o caso.
    Certamente já ouviu falar que o sol daqui a uns tempos vai ficar sem energia, ora isto é nada mais nada menos que entropia. Tal como se acendêssemos uma lanterna e ela a pouco e pouco fosse perdendo a sua energia, se ela ainda está ligada então é porque foi ligada há pouco tempo.

    2 – Radiação de Fundo A radiação de fundo veio definitivamente dar uma força terrivel ao big bang, Esta descoberta ganhou inclusivamente um prémio nobel no século passado. É como se fosse o eco que ainda se houve do início do universo.

    A respeito da perfeição do universo, parece-me evidente especialmente se olharmos para o sistema solar tudo está perfeitamente encaixado por forma ao aparecimento da vida. Posso ser mais específico se quiser. =)

  31. Bom, a radiação de fundo é tida como uma forte evidência de que houve um Big-Bang, não que o universo começou no Big-Bang. E os dois cientistas que levaram o prêmio Nobel só aprofundaram os estudos. O descobridor foi outro.

    A respeito da perfeição do universo, parece-me evidente especialmente se olharmos para o sistema solar tudo está perfeitamente encaixado por forma ao aparecimento da vida.”

    Que te parece evidente, não duvido. Mas é só isso mesmo. Aparência. O fato de habitarmos um planeta que, por exemplo, a cada 10, 50 mil anos se cobre completamente de gelo não me parece um lugar muito propício para um deus querer brincar de casinha.

    E o argumento da entropia é lindamente derrubado no livro God: the failed hypothesis de Victor Stenger. Traduzi uns textos dele no blog. Ele mostra que é só um erro de interpretação. Um erro forçado, claro.

    Veja:

    Você pode limpar sua casa e jogar o lixo pela janela, mantendo, assim, sua casa limpa (ordem) e o quintal sujo (desordem). Vai chegar o dia em que seu quintal vai estar completamente cheio, sem mais lugar para guardar seu lixo. Você poderia, então, comprar o terreno em volta da sua casa, aumentar seu quintal, cercá-lo de novo, e ficaria com mais espaço para continuar colocando lixo. Sua casa sempre se manteria limpa, mesmo com toda a desordem em volta e, sempre que você precisasse de espaço, era só ir comprando mais terreno em volta.

    A lei da entropia não se aplica ao universo como um todo.

  32. Barros,
    Agradeço a correspondência, a discussão nunca será pequena (há muito que falar) e o número de livros é imenso, ainda hoje estive com o livro “o delírio de dawkins” escrito por alister e joana macgrath, alister foi colega de oxford de dawkins. Portanto há um infindável número de livros e opinião favorável e contrária, não há sequer limite para isso! ehehe.
    Mas no fundo nós mesmo temos de fazer o máximo pela verdade.

    Quanto ao local perfeito para o aparecimento você diz que não lhe parece o local ideal para Deus escolher, pois bem isso já me parece uma questão teológica, portanto terá resposta teológica, não esquecer que o conceito de “Queda” O mundo já não é o que foi. E quanto a esses ciclos há muito que se lhe diga.

    Quanto à entropia, não será Victor Stenger ele a fazer uma intrepretação forçada?

    Mas voltando à questão, há fortes evidências de que big bang foi o início do universo a partir do nada, o próprio victor stenger concorda que o big bang aponta para um universo vindo do nada – http://www.positiveatheism.org/crt/stenger1.htm

  33. Meu nobre, se ele fez uma interpretação forçada, ou se a interpretação forçada foi do argumento teísta, eu não tenho como saber. O que eu sei é que Deus precisa de silogismos para existir. Eu ficaria muito mais convencido de um Deus que se revelasse sem precisar recorrer às leis da Termodinâmica.

    Interessante que antigamente Deus passeava entre os homens… agora…

  34. Caro barros,
    Era aí que eu queria chegar quanto à questão da termodinâmica, falando por mim eu sou “escravo” do que os cientistas dizem eu não sou físico! =)

    É verdade, se Deus se revelasse só pela lógica como crêm os Deístas eu também não ficaria muito convencido, admito. Mas como já falei ao Douglas (creio eu) Deus já se revelou em pessoa habitando entre nós. A questão para as pessoas que pedem que Deus se revele é se sabem que Jesus não foi Deus, isto porque Ele disse sê-lo e seus contemporâneos o confirmaram. Não me levem a mal mas eu vou deixar uma pequena passagem da Bíblia.

    Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.

    Abraço a todos

  35. Sugiro que você leia os posts do blog intitulados CONTRADIÇÕES BÍBLICAS – drops 1, 2 e 3. Depois você me diz no que você acredita: Deus não foi visto por ninguém, ou já foi visto por um monte de gente? Dá pra escolher.

    Leia também meu texto: A BÍBLIA É UM SELF-SERVICE.

  36. Não entendo como a natenine deseja provar deus com ajuda da ciência!! Entropia, desordem, radiação de fundo, em nenhuma destes assuntos, aparecem alguma fórmula batizada de deus..ou uma integral, um campo magnético, elétrico, que leve a deus..
    O cientistas, quando querem provar algo recorrem a possibilidade, calculando sua entropia…se houver mais desordem é possível….mas onde entra deus?

    imagine PLanck, einstein, Schoendinger, mostrando seu trabalho dizendo:
    fórmula “x”, fórmula devido a deus “y”..

    Ciência não prova deus…porque ele não tÊm medida, campo, interferência, teor, qualquer mensuração…
    como podemos mensurar a “criação de mitos”????
    Como?

  37. vou criar uma fórmula:

    operador da mecÂnica quântica = “h”
    parte da força infinita de deus = “t”
    então “h” + “t” = qualquer coisa absurda criada!

    os cristão costumam inventar falácias misturando deus às teorias já existentes…não dá!

  38. Meus, caros
    Quero deixar claro que não vim aqui para ganhar debates, vim aqui antes de mais para ter uma percepção abrangente do ateísmo e também para estimular os presentes a darem um novo passo no pensamento, seja ele para a frente ou para trás ou para os lados. Portanto não pensem que as minhas respostas sejam uma maneira de criar conflito mas sim o expor da minha opinião.

    Deus, não se pode provar nem refutar empíricamente, a sua essência (exista ou não) é um nível acima, ele não cabe num tubo de testes. Nesse sentido provar a existência de Deus é por inferências filosóficas, que são a base de toda a ciência.
    Nem todas as coisas se podem provar com o “método científico”, mas existem muitos métodos científicos.
    Por exemplo, se eu quiser provar que a radiação nuclear faz mal ao ser humano, não preciso de usar o “método científico” da experimentação, observação, etc, fazemos propostas com o que já vimos no passado. Assim como existem coisas que devem ser experimentadas, existem coisas não podem ser experimentadas nem observadas, como por exemplo a origem do universo.

    Deus é indiciado pela ciência porque ele deixou a sua marca, como o pintor deixa na pintura, esta é a crença. Que se investigarmos o universo encontraremos a impressão digital de Deus.

    Barros,
    Vou procurar ler esses textos então.

  39. Bem escritom natenine. Nós entendemos que aqui não é prova de força…É difícil falar de um ser criado na mente humana e depois conseguir provas do que não existe! Não há método científico nenhum que prove, apenas um mito que não merece crédito de tão sem sentido.

    Veja como ficam as coisas:

    Primeiro, criam-se deuses, com seus adeptos, as lacunas da ciência é deus, a ignorância é deus, criam todo um cenário, mirabolante, tenebroso

    Segundo: Aí aparece a filosofia da sua existência, se auto alimentando, teologia, o sexo de deus, inferências absurdas, inconsistentes, só existem na mente de quem acredita, porque quem não tem deus, fica do mesmo jeito

    Temos aí uma filosofia, eu crio um deus, exemplo
    “surubinaldo” e aí digo que ele tomou o trono de deus..e tudo ele faz…pronto está criada a impossibilidade de provar sua existência porque ela depende apenas da mente de quem acredita!

  40. Complementando, natenine, por este pensamento vocÊ quer dizer que deus é o universo com sua dúvidas, aí eu acredito! Mas que este universo não está preocupado com nossa vida sexual, financeira, etc.

    Se, por ser obscura, as repostas chamar isto de deus, então poderei chamar uma equações da ótica, onde tudo se baseia nos “complexos” e eu posso dizer sou ignorante….quando vi uma resolução de uma equação, com 5 páginas, então é deus..isto

  41. Eu sou “ateu” em relação a absolutamente quase todos os deuses, só acredito num só. O Deus do Teísmo, um Deus Poderoso, fora do tempo e do espaço, imaterial, inteligente, o Criador.

    Barros,
    Já agora a respeito das contradições Bíblicas já dei uma olhada e 50% são uma vergonha, é de quem nem sequer sabe o que está a ler, os contextos são absolutamente estardalhados. Mas vou tentar fazer uma abordagem no meu blog.

  42. Natenine

    Já vi algumas contestações das contradições bíblicas mais estapafúrdias que existem!

    Como já falei, os “crentes” criaram nomes, situações para explicar que aquilo não era aquilo e então dizer que as contradições não existem. Muito difícil mostrar algo pra quem é mais racional.

    Então fica mais claro que os irmãos acreditam no que querem acreditar….quando não criam repostas mirabolantes, dizem : “pela fé acredito…”

    Natenine, é atéia em relação aos outros deuses. Mas como provar que o seu deus é maior que os outros? O universo é o seu deus? As grandes lacunas da ciência são o seu deus?

    Só porque nossa mente não alcança o que houve antes do “big-bang” por exemplo, chamamos de deus isso?

    Criamos algumas alegorias para enfeitar o que é deus e também o que ele fazia antes de criar o mundo! Talves se balançasse numa rede!

  43. Saracura, não se pode julgar Deus ou o Cristianismo pelos seus crentes, é triste mas é verdade.
    Não é só o início do universo o argumento para a existência de Deus, existe outro por exemplo como a origem da vida em toda a sua complexidade e majestade, Vou dar um exemplo neste argumento, existem vários.

    Se nós agarrarmos numa célula e a colocarmos num tubo esterilizado, com a os minerais necessários, com a temperatura perfeita, enfim com todas as necessidades para a célula viver. Nós então picamos essa célula e ela divide-se unicamente em moléculas e elas ficam no ambiente perfeito para se agregarem outra vez e gerar vida, no entanto isso não acontece, se assim não acontece porquê crer que moléculas se tenham agrupado ao calhas numa poça e gerado vida e que essa vida tenha durado anos e anos até adquirir informação genética para se replicar, como foi buscar essa informação. A vida é um milagre.

  44. Saliento, não venho aqui trazer a ideia do Deus das lacunas, espero que não utilizem também a ciência das lacunas. O que estou a dizer é que quanto mais se conhece da vida mais concebemos que se trata de um milagre.

  45. Quanto mais vivemos e procuramos respostas, mais vemos a inexistência total de um deus. Milagre existe na mente de quem acredita e só….mas não se pode repetir como as leis da ciência….que diz que entropia, energia, mecântica quântica é a mesma em qualquer lugar…..
    Acreditar num deus é apenas uma questão geográfico-cultural. Existe nos mitos de uma civilização qualquer.

  46. Desejei dizer: as leis da física e as teorias são as mesmas. Mas os deuses são muitos. Diferentes, inventados mitológicos..

  47. Natenine:

    Você é uma pessoa inteligente, portanto deve acreditar que esta sua inteligência é fruto de um Deus. Pois bem, quem criou Deus ? Eu te respondo, nínguém, porquê Deus não existe, é apenas uma denominação para explicar o inexplicável. Se Deus criou-nos, logo alguém o teria criado.

    Você já parou para pensar que o universo e tudo mais que sua visão e cultura conhecem sempre existiram, mas apenas passaram por transformações físico-químicas, assim como o próprio homem o faz através das mais diversas ciências conhecidas. Bastou um celular tocar num posto de gasolina para explodi-lo, logo as transformações do mundo e do universo são assim, basta uma fagulha para desencadear as transformações.

    Seu Deus é único ? E os dos hinduístas, budistas e mulçumanos, além de outras denominações, que acreditam em seus deuses e profetas ? Estariam eles fadados ao suposto inferno, somente por acreditar em outros deuses. Não acredito em nenhum Deus, porque existem vários em diferentes países, então seria contraditório e anti-cultural supor que apenas um existisse.

    Então os dos demais seriam falsos ? Se você nascesse na Índia não seria falso, seria uma questão cultural, aliada a fé de que existe um ou mais deuses, e que estes nos criou e nos protege. Veja que esta questão da existência de um ou vários Deuses é apenas cultural, dependendo onde você nascer, pois cada um tem uma estória para contar.

    Qual o sentido de um Deus criar seres imperfeitos, se ele é a própria perfeição. Pode a imperfeição vir de algo perfeito. Se Deus é um criador perfeito, tudo seria feito à sua forma.

  48. Desculpe pela falta das ? no último parágrafo.

  49. Natenine,
    sobre a idéia de a célula se multiplicar e não se “misturar” com outras..dividir-se:

    Você quer fazer um ensaio de alguns minutos, recriando o universo, na pressão, condições, temperatura atual? Esta é a prova de que deus existe? A molécula não reagiu com nenhuma porque ela sabe que deus manda? E as mutações que ocorrem a todo o momento que nos diferencia?

    O universo muda! E nas condições iniciais não era nada disso que vemos hoje….

  50. […] Inferno – Dia 4 […]

  51. Sra. Natanine eu acredito em Deus tb !! não como as religiões dizem pra eu acreditar; mas acho qeu vc deveria ler primeiro todos os temas colocados aqui pelo Sr. Barros pra depois sim tentarmos questionar algo. eu estou fazendo isto;
    tenho experiencias sobrenaturais com Deus, e acredito qeu o Sr. Barros é um instrumento na mão do próprio Deus pra melhorarmos como crentes e questionarmos tudo não comendo na mão dos outros.

  52. Exatamente sr. ADAMANTDOG, excelente análise!

    O Barros, assim como:

    – todas as outras religiões
    – as milhares de variantes dos manuscritos sacros gregos
    – os órgãos vestigiais e os fósseis transicionais
    – as similaridades com outras religiões mais antigas

    são apenas instrumentos do próprio Deus pra testarem sua fé! Quem não pensaria diferente?!

  53. Alguém já assistiu estes vídeos no YouTube?

    A criação do Mito – O Diabo, Um Conto Diabólico

    Legados do Egito: O Demônio

    Rachando de Rir.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: