“Eu acho que eu vi um gatinho…”

Uma leitora do blog me mandou um e-mail sugerindo a correção da seguinte frase do post “HAGNUS Dei”:

Grande parte dos nossos problemas são criados por nós mesmos.

Segundo ela, a sentença deveria ficar assim:

Grande parte dos nossos problemas é criada por nós mesmos.

Eu agradeço demais a participação da minha linda leitora (que prefere se manter anônima), pois me inspirou a criar a aleta Comunicar erros, acima, ao lado de Melhores Textos, onde encorajo os leitores do DeusILUSÃO a fazerem o mesmo: apontar erros e sugerir correções, de forma que possa deixar meus textos cada vez mais precisos e agradáveis. Em uma palavra: de fácil leitura! [“Eu acho que eu vi um gatinho…”]

Isso é extremamente útil, porque quando você lê seu próprio texto, não percebe algumas “gafes gráficas” (como palavras que não soam bem juntas, como essas — parece que você tá falando russo), incoerências, dedografias e palavras que foram abduzidas. Sem contar, claro, os benditos erros de ortografia*.

Para todos os outros não há desculpa, mas para as dedografias que escapam de três, quatro revisões, há explicação científica.

Você não lê todo um texto palavra por palavra, bem como não lê todas as palavras letra por letra. Na maior parte do tempo, você lê palavras inteiras e blocos de palavras inteiros de uma vez. Quanto mais fácil for um texto, maior será a tendência de você adivinhar as palavras e os blocos, de forma a tornar a leitura mais rápida e eficiente.

Num texto sobre “limpeza”, por exemplo, você simplesmente “adivinha” grupos de palavras como “sabão em pó”, “água sanitária”, “pano de chão”, sem precisar tê-los lido de fato, pois, pelo contexto, eles são esperados e você os reconhece apenas pelo seu início ou pelos blocos que formam. Quando o cérebro adivinha essas palavras esperadas, ele não as lê, justamente para acelerar o processo de leitura. Se houver um erro de dedografia em um desses blocos adivinhados, não vai ser possível percebê-lo numa leitura corrente normal.

Recentemente, a leitora NáJung me alertou sobre uma frase em que eu escrevi a palavra “texto” como “texo”. Ela copiou e colou a frase no comentário, alertando para que eu corrigisse a palavra escrita erradamente. Mesmo tendo sido alertado de que havia um erro de ortografia na frase transcrita, eu não consegui identificá-lo de imediato, pois estava “lendo” a palavra “texo” como “texto” normalmente.

Daí a utilidade de ter seus textos corrigdios por outra pessoa: foi o seu cérebor que escreveu o texto, portatno ele sabe o que está lá. Não vai “ler” quase nada.

Percebeu todos os três erros ortográficos do parágarfo acima? Se sim, foi porque você já estava alertado, inconscientemente, para o tema.

E percebeu o erro na palavra parágrafo acima?

Bom, mas tendo mencionado a criação da aleta Comunicar erros, tendo justificado sua importância e agradecido à leitora anônima, resta dizer que, na frase que foi motivo do comentário dela, ocorre o que se chama de Silepse de número: em vez de concordar com o núcleo do sujeito (parte), que está no singular, todo o predicado vai para o plural por força semântica do complemento do núcleo (dos nossos problemas), uma vez que é “problemas” [e aqui vai uma Zeugma, de brinde — ou é uma Elipse? (misericórdia!!!)], enfim, é a palavra “problemas” que exerce uma posição mais forte de núcleo do sujeito, mesmo sendo só complemento.



* Eu, particularmente, já estou escrevendo dentro das novas regras ortográficas, pelas quais se escrevem para-raios, frequente, antirreligioso, autoajuda, creem, etc. Portanto, quando analisando meus erros,  queiram se ater à nova ortografia do português.

Anúncios

8 Respostas

  1. Realmente, lendo meu texto , observei alguns erros bem comuns…rs

  2. Fala saracura!!!!
    Tranquilo…
    Vcs estão se superando… cada vez estão melhores amigos!!
    O texto da Ginecofobia um dos melhores….
    Estou comentando pouco mas estou soh nos bastidores olhando o circo pegar fogo!!!!!
    Rsrsrs
    Um pouquinho ocupado…
    Mas o texto do Hagnus dei me deu uma idéia legal de post e vou ver se escrevo hj e posto hj, depois espero-lhes lá
    AH! e o ateu e a toa agoa é ponto com!!!!
    ATEUEATOA.COM

    fabenrik

    Um abraço

  3. Barros eu tinha recebido isso e combinou com o assunto do texto, então lá vai:

    35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4
    CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO
    35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O
    CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO?
    POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

    T0 P4554ND0 P/ D3S3J4R UM4
    BO4 53M4NA…

    Nuss!!!!

    Um abraço pessoal

    That’s all folks!

  4. Não deixe de ler.
    >>De aorcdo com uma peqsiusa
    >>de uma uinrvesriddae ignlsea,
    >>não ipomtra em qaul odrem as
    >>Lteras de uma plravaa etãso,
    >>a úncia csioa iprotmatne é que
    >>a piremria e útmlia Lteras etejasm
    >>no lgaur crteo. O rseto pdoe ser
    >>uma bçguana ttaol , que vcoê
    >>anida pdoe ler sem pobrlmea.
    >>Itso é poqrue nós não lmeos
    >>cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa
    >>cmoo um tdoo.
    >>
    >>Sohw de bloa.

  5. fabenrik

    legal..prepara mesmo o texto..e sempre divulga..assim teremos uma boa abrangência! valeu

  6. GOSTEI!
    Ao menos aqui se aborda algumas preocupações ligadas ao assuntoprincipal*

  7. Lúcia, explica pra mim esse “Ao menos aqui…” rsrsrs

    TE mandei um e-mail, mas deve ter ido direto pro SPAM.

  8. […] já havia tratado desse tema antes no post Eu acho que vi um gatinho, onde eu informo os leitores sobre a criação da aba Comunicar erros, que já tem 164 […]

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: