NEUROSE CRISTÃ INDUZIDA: Parte 2

SITUAÇÃO “DUPLO-VÍNCULO” E NEUROSE CRISTÃ INDUZIDA

Espero que haja base suficiente para que se possa descrever uma situação “duplo-vínculo” potencial. A situação que será sugerida pode ser entendida melhor pelo exame das exigências que ela apresenta.

O Relacionamento

Primeiramente, parece claro que uma das mais intensas (senão a mais intensa) relação de sobrevivência é o relacionamento entre o crente e Deus. Este relacionamento é definido teologicamente como o mais crucial e o mais importante na vida de qualquer ser humano. O valor de sobrevivência deste relacionamento vai além dos componentes físicos e emocionais. A salvação ou a perdição eternas são conseqüências deste relacionamento do cristão com Deus. Ele preenche completamente a primeira exigência da situação “duplo-vínculo”.

A Mensagem

A segunda exigência é que, dentro do contexto de um relacionamento intenso, uma ordem paradoxal seja dada de tal forma, que pode ser obedecida apenas quando desobedecida e vice-versa. É claro que muitos cristãos percebem ou crêem que Deus os está mandando fazer coisas que são realmente paradoxais. Isto não significa que Deus chame os crentes para fazer o que é impossível, mas significa que muitos crentes sentem que Deus os está instruindo para seguir certos imperativos que os colocam em paradoxos pragmáticos. Talvez o melhor exemplo disso seja a noção de dar a Deus o controle da vida. Para que um indivíduo entregue o controle, ele deve exercer controle e conseqüentemente estar no controle. Os cristãos que exercem controle para dar a Deus o controle estão presos num paradoxo pragmático onde estão perdidos (literalmente danados) se obedecerem (estar no controle para entregarem o controle) e perdidos (danados) se não obedecerem (estar no controle para não dar a Deus o controle). Isto será semelhante a um marido dominante que diz à sua esposa passiva que ele deseja que ela seja mais dominante. Enquanto ele dita a ela o que ela deve ser, ele continua a dominar. Os esforços dela para ser mais dominante são realmente uma resposta passiva, se ela assim age apenas para obedecer ao marido.

A Comunicação

A noção de dar o controle da vida a Deus é um exemplo de muitos paradoxos pragmáticos que podem encurralar os crentes. Se um cristão é apanhado em tal paradoxo pragmático, crendo que Deus está ordenando o impossível, a situação torna-se completa se o crente é incapaz de recuar ou metacomunicar a respeito de tal situação. Isto, naturalmente, acontece com freqüência por causa da intensidade e do valor de sobrevivência do relacionamento do individuo com Deus, é completamente proibitivo desistir e não agir de acordo com a ordem estabelecida. É também proibitivo questionar as ordens de Deus (metacomunicar). Este é o dilema de uma verdadeira situação “duplo-vínculo”. No caso dos cristãos que crêem que Deus deseja que eles lhe concedam o controle pode-se notar o potencial de uma situação impossível. Se tentam obedecer à ordem estarão fatalmente desobedecendo, por força do paradoxo pragmático envolvido. Se tentam sair da situação estarão diretamente desobedecendo a uma ordem que lhes foi dada. Finalmente, se questionam a legitimidade da ordem questionam realmente a Palavra de Deus, o que constitui uma audácia, além de uma apostasia. Novamente estarão “perdidos” se obedecerem, “perdidos” se desobedecerem e “perdidos” se tentarem comentar a natureza do paradoxo.

Anúncios

15 Respostas

  1. Israel ; Simone e Hagnus não deixem de ler esta segunda parte por favor.

  2. Adamantdog,

    Toda essa análise é de alguém que não vive o que nós (crentes) vivem.

    Quando leio isso me parece que o crente é realmente uma pessoa bem perturbada.

    E eu conheço muitas pessoas perturbadas, assim como descrevem, e nenhuma dessas pessoas que conheço que são perturbadas são cristãs. Interessante, não é?

    Pelo que vocês falam aqui, qualquer pessoa que faz algum trabalho de risco ou que envolva alto grau de periculosidade não poderia ser crente.

    Imagine um crente cuidando de seu filho? Ou o Barros da parte Um do outro texto. hahahha

    O que realmente me parece é que todos os ateus aqui estão declarando coisas como se fossem altamente técnicos e cheios de detalhes da vida cristã.

    Parece que quem tem alguma neurose aqui são os ateus, pois falam com tanto sentimento própria, tanta paixão.

  3. Adamantdog:

    A noção de dar o controle da vida a Deus é um exemplo de muitos paradoxos pragmáticos que podem encurralar os crentes.
    …………………………………………………………………………………….
    Romanos 8:5-9…Se a sua natureza pecaminosa controla sua mente, há morte. Mas se o Espírito Santo controla sua mente, há paz e vida.

    Gostamos de fazer a coisa errada. certo? Isso e da natureza humana. Ironicamente, a única saída é depender de Deus e do seu Espírito. Continuamos dominados, mas o seu controle é para nosso próprio benefício e saúde, não a destruição. O poder transformador de Deus é a única coisa q pode nos libertar.

    O controle de Deus é o único controle q resulta em coisas completamente positivas.

    Gálatas 5:22-23…Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.

    Fique com Deus e que ele tenha misericordiade sua ALMA.

  4. Sr. Israel não estou generalizando ; mas que acontece isto em grande numero no meio religioso é inegavel e vc e a Simone sabem muito bem disto.
    Ja coloquei aqui a estória da minha vizinha que vivia esta vida de mentiras que as religiões ensinam.
    Eu tinha dó !! duas crianças 3 vezes por dia na igreja ; meia noite rodava igual um curupira falando linguas.
    E a vida dela? cada dia indo pro buraco. Saiu daqui corrida vindo gente aqui pra matar o marido dela.
    A casa suja não tinha quase movéis.E acredite não conheci apenas uma assim não tem centenas deles por ai.
    Graças ao paradoxo da religião! vc viu na primeira parte deste post o ex. do cachorro?

  5. Sra. Simone que bom se vivessemos os frutos do Espirito!!
    Mesmo partindo-se da premissa de que Deus não existe seria ótimo se os religiosos vivessem isto.
    Mas a realidade é bem outra e vc sabe bem disto !! e além do mais tem todo um paradoxo psicológico nas religiões que torna praticamente impossivel viver este versiculo ai.

  6. Israel e simone este versiculo aqui e para seus lideres

    E ele lhe disse: Ai de vós também, doutores da lei, que carregais os homens com cargas difíceis de transportar, e vós mesmos nem ainda com um dos vossos dedos tocais essas cargas.

  7. ADAMANTDOG,

    Os lideres deles já conhece esta passagem bíblica deixada acima pelo senhor.

    Cabe a eles seguirem ou não.
    Israel disse: O que realmente me parece é que todos os ateus aqui estão declarando coisas como se fossem altamente técnicos e cheios de detalhes da vida cristã. ________________________
    Também já notei isso! Tipo assim:
    “Estão querendo ensinar o Padre a rezar a missa”
    “ Estão querendo ensinar o pedreiro fazer a massa”

    Realmente ce tem julgado que falta em nós o conhecimento Bíblico.

    Mas nois te perdoa, se não nois num vai ser salvos

  8. “Mas nois te perdoa, se não nois num vai ser salvos”
    HAHAHAAHAHAHAHAH

    Bem humorado esse hagnus!

    Poisé, Ada, infelizmente há os falsos, mas não é maioria não!

  9. NEUROSE ATEISTA INDUZIDA: Parte 1

    Ateismo é uma religião. É que Limita-se a negar aquilo que outra religião diz: Esse bem que vcs não queriam admitir acabam sempre por usar a religião Cristã protestante ou católica como contra-ponto e limitam se a negar o que a religião catolica diz: nunca vi um ateu negar o que é dito pelo budismo o xintuismo, espiritismo ou tentar negar uma q religião natural ( não revelada)…..acabais sempre por negar o que a religião Cristã protestante ou católica diz: oq eu faz do ateísmo assim , uma religião.

    O Ateísmo( religião) ensina nas doutrinas que…

    _ não há um ou mais pais celestiais.
    _ não há nenhum tipo de Deus para responder preces.
    _ não há nenhum tipo de inferno ou local de puniçõa.
    _ não há reconciliação ou salvação pela fé.
    _ não há intenção benéfica ou malefivola na natureza feita por parte de um ou mais deuses.
    _Não há chance ou oportunidade após a morte de “fazer nossa parte”
    _Não existe guardião divino da verdade, bondade, beleza, e liberdade.

    tem que seguir a risca senão o pau pega ….

  10. Boa tardeeeee!!!!!!!!!!!!

  11. Simone vivemos num pais cristão por isto a enfase é dada no Deus judaico- cristão.
    Mas tudo o que os ateus falam se aplica as outras religiões tb é so mudar o nome do deus.

  12. Simone vc leu o post : O VALOR DAS MULHERES?

    Aquilo é ser guardião da bondade ; beleza e liberdade?

  13. a maioria da população brasileira se diz Cristã… por isso nós falamos tanto de Vishnu e de Buda, no fim é só mudar o nome do ser mitológico que dá na mesma.

  14. @ Adamantdog,
    acho que ela não leu

    é bem típico dos teístas, só seguem e só enxergam o que lhes convém.

  15. Meus queridoOss!!!!!
    eu li sim amado…
    Eu odeio admitir, mais desta vez eu concordo com Barros
    Quando ele textualiza dizendo: Uma bela coletânea extraída diretamente da Palavra do Senhor!
    veja meu ponto de vista lá amados..
    bom diaaaaaaaa

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: