O Mundo Assolado e Assombrado por “Demônios”

 

 

 

Peguei emprestado este Título de Carl Sagan.

           Quando criança, como é deveras comum, acreditava eu, em Demônios, Sacis, Curupira, Rasga-Mortalha, Iara Mãe-Dágua e tinha medo, do mito imaginário regional de um tal de “aparelho”, que consistia em nada mais que um disco voador que “sugava” crianças desacompanhadas. O que me soava  como verdadeiro, hoje permeia a fronteira do hilário e porque não dizer divertido. Posso comentar estes contos folclóricos,  com os quais eu tive contato, para os meus filhos e amigos que nada mais são que um divertimento, em contrapartida ao nível de educação e conhecimento atual, que os tornam como aventura do imaginário popular, um belo “contar” de aventuras. 

         Tive uma infância completa. Morei numa cidadezinha montanhosa, no interior do Ceará (de clima ameno, frio para a região, um Oásis), com o tempo dividido entre a cidade, os sítios da família – ainda existem – e a curtição das férias na  fazenda, onde, durante mais de dois meses do ano (jan, jul), passávamos com tudo que tinha de mais agradável: casa grande, bichos, bois, ovelhas, caça, pesca, brincadeiras,banhos em açude, riachos, contato com os nativos ( nativas então: hum!), um mundo a explorar. Como era emocionante! Como criança, tudo era feito pra nós e éramos o centro das atenções daquele mundo todo, feito pro nosso usufruto. Ouvir histórias dos velhos experientes, aprender suas artimanhas,  ofícios, engenhosidades, habilidades do vaqueiro, do caçador, pescador! Ainda sinto o cheiro da cera quente de carnaúba, o cheiro de esterco seco, o leite sendo tirado às 05h da manhã, as aventuras de obter mel de abelha na mata. Na época, não havia eletricidade o que tornava ainda mais interessante. Além de passar um tempo na fazenda, nas férias era comum passarmos nas praias, Fortaleza, Iguape, com suas dunas móveis e estaleiro de barcos de madeira.

          Nostalgia à parte, pois foi nestes ambientes que eu tive contato com contos folclóricos regionais, que normalmente surgem em lugares afastados, isolados, ilhados do conhecimento, onde se criam seus mitos, passados pela comunidade por gerações. Os velhos não conseguiam assimilar a ida do homem à Lua! Eles diziam: -Como pode entrar na Lua se Ela é Pedra?E São Jorge não deixaria!- eles diziam. Como se o homem fosse trespassá-la, furar sua superfície! (segundo eles se não entrassem cairiam no céu) há!ha!ha!

          Foi-me de muita importância todo esse contato agradável ainda mais sobre o sobrenatural. Eles diziam que existia a mulher que andava à noite, expiatória dos pecados humanos e quem a tocasse  assumiria seus pecados. A Mãe-D’água nos encantava à beira dos rios e nos levava à morte por afogamento. A Rasga-Mortalha, uma coruja que, se acaso pousasse e cantasse no “oitão” da casa, alguém morreria. O Curupira, dos pés virados, pedia fumo à noite e quem não desse, ele  faria-nos perder nas matas. Sem contar o medo provocado pelos espíritos dos mortos a atormentar os vivos! Tive contato com as “entidades” do candomblé, que provocava arrepios. Então, foi-me repassado que existiam ET’s que abduziam pessoas. O mais amedrontador que existiu foi o tal do “aparelho”, uma espécie de disco-voador que “sugava” meninos para o planeta deles. À luz do dia, eu tinha medo. Não saía pelos sítios  sozinho, com medo de ser transportado pelo raio luminoso e nunca voltar. E o povo contava que crianças haviam desaparecido. O mais interessante era que pais incentivavam este mito, para deixar os filhos trancados em casa!

          Com o tempo, fui entendendo que esses contos  não passavam de mitos. O temor e consternação era parecido com o que eu sentia, quando ia à missa e perguntava sobre uma estátua de São Sebastião à minha mãe: -O que ele fez? –minha mãe: – Serviu a Deus!!!. Era simplesmente macabro, o cara que serviu seu deus, todo flechado! Pelo jeito, ele morreu disso, claro! Para esclarecer, o Santo estava amarrado e cheio de flechadas no corpo e com ar de dor.

          Mas que são esses demônios que tanto nos assombram, conforme a cultura, região, época, educação, coletividade religiosa? Apenas fruto da nossa ignorância, falta de perscrutar evidências, precariedade do ensino, falta de conhecimento científico.

          Com alívio, percebemos que estes demônios, superstições, não são vividos apenas por povoados dos confins do fim do mundo, como aquele de minha referência, mas é uma tônica em países desenvolvidos, como por exemplo: EUA. Por quê? Porque gastar energia, aprendendo, pensando, evoluindo é bem mais difícil. As divulgações escassas e mal-feitas da ciência deixam um vácuo preenchido facilmente pelos mitos e pseudociências.  A ciência é admirada, mas não é exercida. O sentimento de admiração pela pseudociência também concorre para obscurecer a verdade. Segue-se o caminho mais fácil das explicações que são fornecidas pela cultura popular, cujas fontes são mais acessíveis em programas de TV, em conversa com ignorantes, pastores, gurus e por aí vai.

          Se nos EUA, 95% dos americanos são cientificamente analfabetos e há uma preocupação com o declínio dos padrões educacionais, onde iremos chegar? Imaginem que eles ainda acreditam em “Atlântida”, ”Cristais”, “profecias de Nostradamus”, Astrologia, “Sudário de Turim”, “extraterrestres congelados, guardados pela Força Aérea, “Canalização”, modo de escutar a mente dos mortos, “leitura de Auras”, “Espíritos errantes”, “Videntes”, “Poder telepático”.”UFOS engolidores de aviões, nas bermudas.

          No Brasil isto não é diferente. O que torna um ambiente favorável ao crescimento dos mitos das religiões, desconstruindo a ciência, sob o falacioso manto do universo midiático, onde atrizes aderem a pseudociências e são logo seguidas por moda.

          Há 2500 anos o pai da medicina, Hipócrates dizia: “Os homens acham epilepsia divina, simplesmente porque não a compreendem. Se chamassem de divino tudo o que não compreendem, ora,  as coisas divinas não teriam fim…” , e claro, não teriam explicações e soluções!

          Onde não há conhecimento, os demônios, deuses, mitos, folclore, superstições tomam conta. A estes são atribuídas as responsabilidades pelo que ainda não compreendemos. E algumas pessoas, quando falam dos seus mitos se dizem felizes e que, portanto, quer torná-los verdadeiros pelo prazer.

          Nós ateus temos um pacto com nossa consciência, falamos do que sentimos e do que nos parece, diante das provas, mais verdadeiro. Somos honestos. Apesar de sermos criticados como pessoas diferentes, loucos por pensar assim, no meio de tantos bobos, que não percebem as inconsistências dos seus mitos e “demônios”.

Thomas Gray: “…where ignorance is bliss, ‘Tis  folly to be wise…” 

“…onde a ignorância é felicidade, é loucura ser sábio…”

           Quero ser otimista de que a humanidade caminhe para um nível de tratamento melhor com seus cidadãos, com respeito à introdução em suas vidas da procura da verdade, ( ela o libertará! he!he!) para desmistificarmos os demônios implantados pela falta de conhecimento, ou realidade coletiva, do transe hipnótico da religiões, do marasmo na busca das respostas, porque querendo ou não,  a ciência está implantada no nosso âmago. As conquistas da medicina, o prolongamento da sobrevivência humana na Terra, do alívio do sofrimento, das facilidades de comunicação e mobilidade, do entendimento da realidade humana.

          Vamos abandonar os mitos, colocar os demônios no universo folclórico para apenas contar histórias. Entender que a Terra tem alguns bilhões de anos, em vez de 6000 anos. Verificar que nós somos um aglomerado complexo de átomos, em vez de sopro divino, porque não representamos nada diante do universo de bilhões de galáxias, onde a nossa tem bilhões de outros mundos. Entender que nossos ancestrais eram ancestrais comuns do macaco e não vindos dele. Compreender que somos frutos da evolução de milhões de anos e que mesmo sendo o único animal a entender a inevitável morte, não precisamos criar outras vidas para não morrer.

          Isto tudo porque os “demônios” são mais fáceis de serem criados pela preguiçosa mente. Tanto que além de oferecer explicações esdrúxulas, as vezes, divertidas, ao mesmo tempo, oferece a “caixa” hermética para impossibilitar sua frágil comprovação, sua inexistência é clara, mas da mesma forma que se cria o impossível se impõe a condição de não ser provada! 

          Assim surgem demônios de toda espécie. Basta dizer que existe, colocar malabarismos improváveis e contraditórios e ainda dizer que não se pode provar. Pronto, está criada mais uma nova religião, que são também “demônios” que nos atormentam na mentira. Depois passa-se a incrementar com dogmas, rituais, ônus, castigos…..vira uma verdade! 

Vamos assassinar os “demônios” das explicações não plausíveis! 

Saracura, Abração a todos!

 

 

Anúncios

68 Respostas

  1. Bem pessoal, apesar de longo, é importante a leitura até o final. Vamos matar os “demônios” criados sem necessidade, mentiras implantadas..

  2. Parabéns, Saracura! Um conciso e bem fundamentado texto. Quando vejo argumentações como a sua, sinto que nem todo mundo está louco, como às vezes eu penso.

    Obs: Só uma pequena correção de tradução que não altera o sentido do que você quis dizer. Thomas Gray: “…where ignorance is bliss, ‘Tis folly to be wise…” >>> ONDE ignorância é felicidade, é tolice ser sábio.

    Fica com deus! rs

  3. Iori,

    Obrigado pela correção e pelas boas palavras…vou corrigir é porque usei a citação do Carl Sagan….obrigado

  4. Belo texto. E fico muito feliz por meu cérebro não ter encontrado nenhuma felicidade na ignorância.

  5. Pois é Barros. Há pessoas que alegam esta felicidade com ignorância como desculpa por terem “deuses”. Esta felicidade é virtual e apenas uma falsa premissa, porque eu posso ser feliz sem deuses a me controlar..E sou!

    Os demônios atormentam o livre pensar!

  6. “… e tinha medo, do mito imaginário regional de um tal de “aparelho”, que consistia em nada mais que um disco voador que “sugava” crianças desacompanhadas. ”

    Dei uma risada quando li essa parte!
    No meu tempo, na minha cidadezinha, nunca teve essa de disco voador não! Mas é claro, tinha a história de um povo muito MAL que usava um carro PRETO (o mal é sempre dessa cor) que pegava crianças desacompanhadas. O destino das infelizes era servir pra ritos de “catimbó” (provavelmente como alternativa ao bode, à galinha preta) ou o mercado negro de tráfico de órgãos.
    Destinos bem menos romantizados que esses daí que você citou, Saracura!

    Eu era louca pra ver a ‘Cumadi Fulozinha’, fazia os ritos que o pessoal dizia que a chamava e a danada nunca veio me dar o ar da graça! Acho que ela não ia com a minha cara… É uma pena!

  7. Tive o prazer de conhecer os Alpes Cearenses e todas as peculiaridades desta região que você tanto fala meu querido, portanto posso afirmar que o cheiro da região é sem duvida inconfundível e agradável…o calor do sertão então ,que você tanto adora…acordar cedinho com o barulho dos animais.
    Quando era criança existi muitos mitos…morria de medo da coruja quando passava rasgando a mortalha, falavam que ela anunciava a morte de alguém…existia também a cumadi fulozinha já essa entrançava a crina dos cavalos. Depois descobri que tudo não passava de invenções dos adultos, com intuito de”proteger as crianças”.

    Abraços ao Barros.

  8. “Espertos como a Serpente” … Uma história arrepiante.
    — Olhinhos de pombo, olhinhos de serpente —
    Histórias dos dias em que os garotos e garotas foram proibidos de andar pelas ruas, pelas cidades, e pelos campos sozinhos.
    Três abençoados chamam diante duma casa bonita.
    Um pedestre chega a eles.
    — Olá! Tudo bem?
    Um deles responde: “Já tem jesuis no coração?”
    — Não.
    — “Não?! Mais intão chegô u seu dia!”
    — Estão vendo aquele mendigo jogado ali do outro lado da calçada?
    — “Sim, qué qui téin?”
    — A alma dele não serve?
    — “É, é ..”
    — Sabiam que ele fez uma denúncia contra um bando mafioso de pastores que roubaram sucessivamente suas casas, e que até o número da ocorrência policial foi trocado e depois sumiu?
    — “Ih,iih, ii .. alguma eli aprontô”.
    — Mas a alma dele não serve, e a alma de quem mora nessa casa bonita serve?
    — “Num tamus arqui pá julgá”.
    … …
    Num outro lugar … Certo dia … Outra história.
    Numa escola tinha uma professora de Geografia, e ela passava pela História quando ensinava sobre como invasões modificaram certas regiões.
    Importunadas pelas aulas que realçaram o vandalismo cristão, umas oito fiéis cismaram em “trabalhar” uma “lição” na professora.
    E começaram a “agir com sabedoria”.
    Deixaram secar um cocô e colocaram-no como recheio de cajuzinho, e puseram bastante açúcar pra disfarçar qualquer estranhamento no paladar.
    Na sala, com olhinhos de pombos e um arrulhar manso elogiaram a professora pelas aulas e deram sua doce amizade.
    A professora comia alguns cajuzinhos, enquanto as fiéis se prendiam de tanta vontade de rir.
    Passou mês, e elas voltaram com outra oferenda “santificada” e convenceram, abraçando a professora, que ela devia dar uns pontinhos a elas se errassem muito nas provas.
    A professora consternada com a “bondade” das fiéis topou, de brincadeira.
    Então as fiéis foram na diretora que era amiga do lado delas, e contaram que não queriam fazer mal à professora, mas que ela havia pedido caixas de cajuzinho pra que elas ganhassem pontos nas provas. A diretora se agradou muito com aquilo, pois queria um jeito de afastar a professora definitivamente das salas de aulas; mas como era muito bondosa, e por “compreender” as fiéis, chamou o conselho e pediu o afastamento da professora em regime de sigilo.
    Diante do conselho da escola a professora foi instada a responder se tinha aceitado cajuzinhos por nota na prova. A professora engasgou, e não sabia se o que sentia era revolta, espanto, e desolação; sentia-se ingênua, estúpida, sentindo o gosto da covardia e tamanha trairagem com que foi espremida, esmagada.
    Nunca mais deu aula em escola alguma, e não se sabe direito o que aconteceu com ela uns meses depois.
    Mas, talvez tenha deixado uma filha, que sentiu a amargura imensa que acabara com sua mãe.
    E essa garota, pode teria se formado em bio-química, depois entrara de propósito em tudo que é tipo de contrabando, e dizem os que sabem dessa história, que ela tem um engasgo de um fel tão grande, que faz qualquer um pensar antes de cometer a mínima covardia contra pessoas em suas civis ingenuidades.

    http://universityprimer.blogspot.com

  9. È assim que gosto. Todo mundo contando suas experiências com demônios!

    Aí pessoal! Vamos fazer um concurso de “demônio” mais assustador!

    Vou reunir estes trechos para estudar mais..

    Continuem pessoal!

  10. Shere W,

    Histórias meio macabras! he!he! Mas é assim mesmo. Os crentes querem puxar o lado bom pra eles…mas sua ignorância despreparo os deixa “descalços”..

  11. Beleza de texto Saracura…
    Engraçado como esses mitos são tão fáceis de serem refutados, pelo simples fato de não existir provas de sua existência.
    Conheço divindades que se encaixariam perfeitamente nessa linha de raciocínio…rs

  12. Muito bom o texto!

    Também tive contato com diversas dessas histórias, e até a poucos anos atrás nem pensava em descartar a absurda existência de seres sobrenaturais do tipo “fantasmas”…

    Chamadas como “baseado em fatos reais” para filmes clássicos de terror como, por exemplo, Amityville (os quais ainda me agradam) eram levadas por mim como a mais absoluta verdade. Tsc, tsc, tsc…

    Felizmente saí do poço da ignorância e deixo essas lembranças no domínio aos quais pertencem: mitos, fantasias, fábulas…

  13. Stranger,

    Pois é amigo! São demônios chiclete, pregam e não querem sair. Um grande mal que impregna as atitudes dos desavisados ou alienados…

    O mais legal são suas mágicas! Coisa de criança…rs

    Alexnbr

    Pois foi assim mesmo. Já acreditei nesses mitos…Depois vi que um mundo mais abrangente desses não tem ingerência nenhuma na nossa vida, a não ser acreditemos e fiquemos escravos da ignorância…abraço

  14. Atenção amigos!

    Os comentários dos crentes além de dispensáveis até agora, por serem repetitivos, fora da questão, sem nexo, infantis, tanto que na maioria dos casos nem quero responder dianta de tant burrice…

    Vou começar a agir como o Barros…nao responder crentes xiita, talebãs…que não acrescentam nada, só nos deixa com raiva de perder tempo…

  15. Ainda bem que não apareceu mais nehum crente querendo dizer o indizível!

    Fecho esta questao sobre não atender os crentes xiitas..

  16. @Saracura,

    brother ótimo texto! por mim configuraria na aba dos melhores.

    >>> será que alguém lembra da loira do banheiro?

    :-p

  17. Doug,

    Existem mais mitos, tantos que não mencionei todos..
    Tem sim a loura do banheiro, ouvi falar, a cumadre fulôzinha…a “perna cabeluda” , neguinho do pastoreio, Bumba-meu-Boi, Boto tarado,ET de varginha, Os duendes da Xuxa, o ET louro que transou com a Elba Ramalho – ela falou., Dr Fritz e existem muitos…

  18. Esse site “desmonta” várias lendas urbanas:
    http://www.quatrocantos.com/lendas/index.htm

  19. VAleu guria! Tu sabes das coisas! he!he!he!
    Comentáiro sempre “espirituoso”, o teu! Gosto quando comenta.
    Abração!

  20. A religião torna o homem egoísta, porque os separa e não dá o devido valor ao ser humano, em detrimento de deuses..

    Quando na verdade o homem é o sentido de tudo, de nossas ações…não devemos ser egoístas, sectários, corporativistas…afinal somos iguais..

  21. oi gente ! Realmente pessoas afins realmente se procuram, é a lei natural do instinto, todos nós gostamos de ser compreendidos, isso faz bem para o nosso ego, bem diferentes das contrariedades, isto não é verdade ?
    Poderíamos criar então um paraíso terrestre! Mas como seria isso ? Simplesmente não poderíamos transformar todas as pessoas em Ateus, apesar disso ser o ideal, não é mesmo ?

    Então que tal transformaremos este mundo tão imperfeito, no paraíso ateu, sim isso mesmo!
    Vamos transforma-lo num gigantesco cofre capaz de abrigar todos os ateus, e logicamente os incômodos, burros, sem criatividade,sem argumentos plausíveis, os iludidos, os manipulados, os sem noção dos crente e teistas estes ficaram de fora do nosso “mundinho ateu perfeito” e dentro desse pequeno mundinho criado por nos os conhecedores da verdade, ali seremos felizes até que chegue o grande dia de voltarmos para onde viemos “do nada viemos e para o nada voltaremos” assim “Era uma vez um Ateu no meio do nada”

    Obs.: não precisam agradecer pela participação que eu sou modesto ! Felicidades no seu pequeno mundinho dos Ateus!
    Tudo de bom para todos voces!

  22. Ué o ideal cristão é a morte e o fim do mundo muito melhor né ?

  23. Meditando sabiamente a lagarta conseguiu ver a borboleta voando alegremente …
    E pensou como é linda esta borboleta ! Que belas cores.! Que maravilhosas são suas asas, que aumentam muita sua visão do mundo, sim é verdade quem olha la de cima consegue ter uma visão muito superior a nossa simples animais terrenos . Sim suas asas são divinos passaportes , que a faz conhecer outros mundos maravilhosos e seres por nós desconhecidos e imagináveis.
    Mas graças a sabedoria e bondade do criador, eu sou um ser terreno me arrastando limitadamente sobre a Terra,mas tenho fé e confiança que pelo meu trabalho serei reconhecido e quando estiver madura e pronta ,na hora exata que estiver preparada, tambem ganharei do meu Criador, as lindas asas e deixarei de ser este pobre inseto que se arrasta

    Obs: esta obra foi baseada em fatos da vida real, portanto o nome dos personagens foram preservados e qualquer semelhaça não é mera coincidencia !

    Pessoal não sejam timidos , se gostarem tem muita mais de onde saiu estas !

    tudo de bom ! e até a proxima . …tchauuu!

  24. leo seu maluco ta na hora das crianças irem dormir…boa noite !

  25. Mas é verdade para o cristão a vida só será boa depois da morte.
    Mas ninguém quer morrer hahaha.

  26. a vida e eterna para todos é maravilhosa, DEUS sabiamente colocou um instinto do medo da morte para evitar que os maluco desistam antes da hora, isto é da hora, né ?

  27. Hahaha então todos os animais vão para o céu, já que isso foi programado pela seleção natural em 3,5 bilhões de anos de Evolução hehehe.
    Somos apenas primatas Vanderlei está no nosso DNA não existe nada de divino nisso.
    Então Jesus não tinha isso pois se suicidou todo feliz.

  28. a seleção natural foi inteligentemente programada.
    pior do que ser assassinado,humilhado e crucificado ,deve ser estes seus comentarios infelizes.
    sds

  29. bom dia!
    demonio vivo: mata,estrupa,rouba,mente causa dor e sofrimento.
    demonio morto,continua participando na mesmas coisas, a vida é eterna para o bem e para o mal.

  30. Ué ele se matou não estou errado ?

  31. não se matou foi assassinado por pessoas que pensam iguais a voces.
    voces ateus são os antigos fariseus reencarnados, não sastisfeitos em matalo fisicamente depois de 2010 anos querem matar a sua memoria denegrindo e disvirtuando sua elevada moralidade.
    sim em nome de um falso e hipocrita argumento de legado: soldados defensores do seu próprio ideal de “bondade” difamam e tentam manchar a imagem de pessoas muito acima das suas mesquinharias humanas, depois hipocritamente se dizem humanistas, denigrindo e difamando pessoas que nem sequer conhecem.
    lamentavel.
    vai estudar a parabola da “estratégia de satanas” que com voces que jesus esta falando, se não estiverem totalmente cegos pelo orgulho conseguirão ver alguma coisa.
    sds

  32. Hahaha assim não soa tão bonito o sacrifício né ?
    Soa como burrice hehehe.
    Imagine um deus tão “incompetente” a ponto de ser assassinado é ridículo não ?
    hahaha.

  33. se voce realmente conhecesse o evangelho cristão ja teria percebido que Jesus não é Deus e sim uma das suas criaturas, assim como voce mesmo só que bem mais evoluido, não fique com inveja, instrua-se na verdade que voce sera igual a ele, mas IRMÃO LEO pare de falar como se fosse um crente evangelico.
    mas icompetente mesmo é voce que le a biblia superficialmente depois fica distorcendo tudo.
    Jesus viveu 30 anos ensinou por mais tres e foi assassinado por hipócritas, que agora dizem: “ele se auto-suicidou”, ele se ofereceu em sacrificio, ele quis ser holocausto” matem a imagem de Jesus” o charlatão” no entanto o fato de voces continuarem o denegrindo, comprova que Deus existe e ama suas crianças espirituais, ah! menino levado!

  34. Não entendo. Uma hora Jesus é Deus e espírito santo ao mesmo tempo…outra hora morre jesus, que não era deus…..tá virando um samba-do-crioulo-doido!

    Mas deus,o pai, sabia que iria morrer o filho então a morte foi premeditada pelo deus pai e não pelas pessoas!

    Realmente é difícil crer deste jeito!

    Algo não cheira bem no mundo dos deuses..estou quase mudando de lado..sou teísta…mas…

  35. Ué ele não é uma Trindade ?
    Hahaha só para lembrar o judaísmo e o islamismo negam isso, pois isso é um dogma cristão hahaha.

    Pai – Não foi criado nem gerado. É o “princípio e o fim, princípio sem princípio” da vida e está em absoluta comunhão com o Filho e com o Espírito Santo. Foi o Pai que enviou o seu Filho, Jesus Cristo, para salvar-nos da morte espiritual, pelo sacrifício vicário. Isto revela o amor infinito de Deus sobre os homens e o não-abandono aos seus filhos adoptivos. O Pai, a primeira pessoa da Trindade, é considerado como o pai eterno e perfeito. É atribuído a esta pessoa divina a criação do mundo.
    Filho –Gerado pelo Pai e consubstancial (pertencente à mesma natureza e substância) a Ele. Não foi criado pelo Pai, mas gerado na eternidadade da substância do Pai. Encarnou-se em Jesus de Nazaré, assumindo assim a natureza humana. O Filho, a segunda pessoa da Trindade, é considerado como o Filho Eterno (Filho sob a ótica humana no sentido de que se tornando homem, deixou sua divindade, tornando-se totalmente dependente de Deus), com todas as perfeições divinas: a Ele é atribuída a redenção (salvação) do mundo.
    Espírito Santo – Não foi criado nem gerado. Esta pessoa divina personaliza o Amor íntimo e infinito de Deus sobre os homens, segundo a reflexão de Agostinho. Manifestou-se primeiramente no Batismo e na Transfiguração de Jesus e plenamente revelado no dia de Pentecostes. Habita nos corações dos fiéis e estabelece entre estes e Jesus uma comunhão íntima, tornando-os unidos num só Corpo. O Espírito Santo, a terceira pessoa da Trindade, é considerado como o puro nexo de amor. Atribui-se a esta pessoa divina a santificação da Igreja e do mundo com os seus dons.

    fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Trindade_(cristianismo)#Opera.C3.A7.C3.B5es_e_fun.C3.A7.C3.B5es_das_Pessoas_da_Trindade

  36. A quase esqueci não use 2010 anos depois, pois essa data está errada 80ª JUSTIFICATIVA: JESUS DIVIDIU O CALENDÁRIO

    Uma das desculpas mais estúpidas.

    Pra princípio de conversa, Jesus não fez nada porque não existiu. E mesmo que tivesse existido, não faria diferença. O calendário gregoriano (que é utilizado na maior parte do mundo e em todos os países ocidentais) foi promulgado pelo Papa Gregório XIII a 24 de Fevereiro do ano 1582 para substituir o calendário juliano.

    A determinação do ano corrente se dá teoricamente quando Jesus Jóquei de Jegue teria nascido. Este ano foi calculado por um camarada chamado Dionísio Pequeno em 525 E.C. (Era Comum) e instituído pelo Papa João I. O mais curioso é que se for tomar as narrativas bíblicas como base, Jesus teria nascido 6 anos antes do ano I da E.C. hehehe

    Ou seja, Jesus (caso tivesse existido) não seria provado pelo calendário, já que erraram brutalmente quando ele nasceu (será que ele nasceu antes dele aparecer no mundo?) e, de qualquer forma, pouco importa. Foi uma determinação papal em 1582 e usado até hoje em países cristãos.

    Ora, e o Calendário Chinês? E o Muçulmano? E o Hebraico? Calendário é o que não falta. Cada um com sua forma de contagem. Calendários não provam nada. Se provam, então TODOS os cristãos terão que aceitar os santos da Igreja Católica, ora bolas.

  37. prezada Emanuelle
    voce começou muito bem dizendo a verdade:Não entendo.

    Uma hora Jesus é Deus e espírito santo ao mesmo tempo…outra hora morre jesus, que não era deus…..tá virando um samba-do-crioulo-doido
    Se Jesus era Deus ele ficaria orando para si mesmo, ficaria agradecendo para ele mesmo, teria dito eu e Pai somos um em imagem tudo que o Pai faz o filho faz igual mais o “PaI” ainda é maior do que eu.
    Manuca não sinta inveja de Jesus se instrua e pratique as leis de Deus que voce tambem sera igual a eles. Viu isso é a justiça de Deus, o samba do criolo doido deve ser composição dos Ateus tentando disvituar as perfeitas obras divinas . Estude muito o evangelho de Jesus mas como ele mesmo ensinou não com os olhos da carne(do preconceitos e mesquinharias humanas),mas sim com os do espirito , pense grande como uma criatura divina que voce realmente é, então conseguira entender que Jesus falou como é o mundo espiritual com autoridade de quem veio de la´e sabia que iria voltar para la´: O meu reino não é desse mundo, voces ateus tolos são como o vento não sabem de onde vieram nem para onde estão indo. Manuca, imagine se voce depois de 2010 anos ainda não consegue entender o basico dos ensinamento cristão, como conseguirá entender os maravilhosos ensinamentos do mundo espiritual das parabolas, por isso ele sempre dizia “quem tiver ouvidos para ouvir que ouçam” “Muitas coisas ainda tenho para revelar mas vós não estai preparados para aceitarem”
    tudo de bom

  38. Ué ele não é uma Trindade bla´…bla…bla…
    A trindade é: DEUS-ESPIRITO-E A MATERIA(espirito santo pode ser voce se APRENDER a praticar as leis de Deus)
    ah! fariseus hipócritas que se preocupam com detalhes que não levaram a nada. (viu ! ta explicado por que voces acreditam no nada !) voces mesmo passam as suas vidas procurando pelo nada, cada um tem o que merece.
    Leo voce é um produto da nossa vã filosofia, muita teoria dos outros, muita superficialidade sera que dentro de voce só realmente existe “o nada”. xii!….maldita convivencia ja´ to começando a pensar como um ateu!
    Voce sabe porque Jesus escolheu o Jegue para guiar ? é logico que sabe né! Mas como eu sou bonzinho vou te dar umas dicas gratis:
    O Jegue é um animal util, obdiente,trabalhador, não guarda magoas das injustiças, não reclama o seu justo salario, não levanta falsos testemunhos, não denigre e nem suja imagem dos ateus.
    como o hagnus comentou”é fariseus hipócritas , em verdade prostitutas e politicos entrarão no ceus primero que voces”
    Mas sera que isso vale para os jegues tambem ?
    em caso afirmativo “os primeiros seram os ultimos e os jegues serão os primeiros” mais que burrice em leo?
    abraço

  39. Nossa Jesus era divino pois andava de jegue, quanto argumento hahaha.
    Vanderlei não defenda uma religião que você não entende ok ?
    Pois já ficou claro que você não é cristão.
    Faz assim faz um resumo de tudo que você “diz” acreditar e manda fica mais fácil hahaha.

  40. ok resumo
    nada acontece pelo seu deus “o acaso”
    impérfeição da criação tem um sabio proposito.
    existe uma grande e sabia causa.
    tudo esta em evolução e as trasformações são necessarias.
    parabens voce faz parte desse maravilhoso processo logico divino

  41. Oh belo plano divino vamos deixar a evolução aperfeiçoar a vida por 3,5 bilhões de anos, e depois mandamos um homem para morrer em um livro incompleto e acertar tudo hahaha.

  42. o que são 3.5 milhoes de anos para eternidade,o tempo so existe para os limitados pelo nada, que peninha naõ?
    para voce é até breve , para mim e até sempre.

  43. Até que você mostre fatos Vanderlei estamos no mesmo barco hehehe.

  44. Saracura olha só que doideira, nesse artigo falando sobre lendas http://pessoas.hsw.uol.com.br/10-personagens-folclore-brasileiro.htm olha que me aprece na parte do boto.

    A desculpa

    No Pará, a crença no boto serve de desculpa não apenas para a paternidade de filhos desconhecidos, mas para qualquer coisa. Em 1967, o senador Álvaro Maia, do Amazonas, atribuiu ao Boto o desaparecimento de uma urna que era transportada por uma canoa no município de Benjamin Constant. A urna caiu na água, os votos não puderam ser contados e o candidato da oposição acabou ganhando as eleições. O vitorioso não titubeou: “Foi o boto que levou a urna pro fundo para proteger o caboclo da lei!”.
    ========
    Hahaha.

  45. Ops “olha o que me aparece”.

  46. A teoria do “Existe uma grande causa inteligente por trás disso tudo”, é mais ou menos igual a “Ele me chifra, mas deve ter um bom motivo para isso”.

    É a mais pura negação humana, em vendo que o mundo não se ajusta às suas vontades, a de dizer que há um plano por trás de tudo, e no final, seremos recompensados com felicidade eterna e blá blá blá.

  47. Sim voce tem razão : “Existe uma grande causa inteligente por trás disso tudo” eu não sei se existe uma grande inteligencia por de tras de voce se houver deve estar muito bem escondida.
    E cada um colhera aquilo que plantar e quem sai plantando deusilusão só pode colher o “nada” mesmo. parabens !

  48. Hahaha coitado do Vanderlei nem sabe o que um ateu ainda tsc tsc tsc.
    E não sabe o prazer de realmente descobrir as coisas reais, prefere uma resposta pronta para tudo que não explica nada.

  49. existe coisas que voce realiza pela ciencia outras somente pela fé pena que voce se limita apenas a uma opção.

  50. Vanderlei

    existe coisas que voce realiza pela ciencia outras somente pela fé

    Como por exemplo o que…?!

  51. viu não falei que voce era limitado

  52. Então não se limite também, apenas responda!

  53. quando a dor for insuportavel e a sua ciencia não puder aliviar voce vai mudar de desiludido para crente convicto. mas se insistir procurando alivio no “nada”,e perceber que a dor não passou, ih! agora ferrou.
    Se voce age como um fariseu incredulo pedindo por um sinal do ceu, se ainda não recebeu foi por que não mereceu e ainda esta fazendo por merecer a ignorancia que se encontra.
    Mesmo te mostrasse exemplos pessoais, voce diria que sou louco então cada um tem o que merece. a minha fé me faz muito feliz se a sua descrença tambem, parabens! Pois isso é o que realmente importa. Mas se esta infeliz ou mais ou menos então ta na hora de descer do pedestal e rever os seus conceitos.
    abraço

  54. tá rapido em heim ?

  55. Placebo o Vanderlei usa e recomenda hahaha.

  56. Vanderlei, o fato de pessoas em dor buscarem alívio na crença de seres mágicos não justifica sua existência. Se o fato de pessoas gritarem por socorro para uma divindade qualquer prova a existencia dessas, então voltemos ao politeísmo, pois cada um invoca sua divindade particular.

    Ah, e se a dor for insurpotável, vá a um médico. É sua melhor chance de cura, ao invés de ficar chorando e pedindo para Jesus, Zeus, Thor, a fada dos dentes etc.

  57. Vanderlei, e quando a sua dor for insuportável, e sua fé não a conseguir curar, e a ciência sim; você vai mudar de crente convicto para um desiludido?!

  58. Deus age através das sua criaturas,em caso de dor :
    1o tenha fé que voce vai melhorar,depois procure o médico se não resolver , não espere pelo seu deus “acaso” nem procure solução através do “nada”.
    porque ele tabem não existe.
    Parem de ter fé em coisas que não existem, fada do dentes,unicorno.o..”acaso” e o “nada”.
    Tenha fé no todo e se fizer por merecer ele mostrará o que voce precisa e não o que voce deseja.

  59. Vanderlei..

    deus é a mesma coisa que nada..nós apenas igualamos, nenhum dos dois cura ninguém, nem obra milagres..

  60. Vanderlei

    tenha fé que voce vai melhorar,depois procure o médico se não resolver

    Hum, assim fica fácil né?!

    Oras, duvido até que você faça isso. Qualquer pessoa em sã consciência procura orientação médica ao menor sintoma de alguma enfermidade. Depois sim, algumas pessoas ficam rezando iguais a uns tontos para que deus as “cure”; e no final quem leva o crédito é “Ele”.

  61. Se o meu sistema imunológico falhar eu vou ao médico oras não há nada a mais a ser feito.
    É simples assim funciona com todos.
    Mas se você perder um braço Vanderlei você reza para ele crescer ou vai ao hospital reimplantar ?

  62. foi comprovado cientificamente que sistema imunológico é influenciado pelo estado emocional “estado madre teresa de calcuta”
    Deus age atraves dos homens de boa vontade todo conhecimento vem dele, eu não sou orgulhoso aceito ajuda e conhecimento de todas as suas criaturas são muito bem vindas.
    Deus é , o homem sem Deus não é.

  63. Vanderlei me faça um favor me mande a fonte desse “estado”.
    Eu sei disso aqui http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/ver_pessoa_doente_aumenta_defesas_do_organismo.html mas é algo totalmente orgânico, já que são apenas reações bioquímica hehehe .

  64. faça o seguinte pegue um crente com saude inicial fisica, mental emocional e estado de espirito feliz comprovadamente positivos,meça o nivel de imunidade.
    depois faça o mesmo teste quando esta pessoa estiver em estado emocional depresivo, por ter perdido um parente por exemplo.
    isto ja foi comprovado cientificamente, mas se voce duvida consulte os cientistas ateus e comprove voce mesmo.
    obs. para que o experimento funcione o doente devera ser comprovadamente um crente pois ateus não ficam depressivos com a morte. ….he…he…he

  65. Faz assim como eu já disse mostre fontes hehehe.
    E se for um crente em Thor funciona igual ?
    Caso funcione não tem nada haver com divindades, mas só estado emocional hehehe.

  66. “foi comprovado cientificamente que sistema imunológico é influenciado pelo estado emocional “.

    Legal, sistema imunologico de seres humanos sofre influências de seu estado emocional. O quê isso tem a ver com um ser cósmico exterior à estas?

  67. notei que o povo leu isto aqui… Vamos matar os demônios? Abração

  68. Barros, quando criança, eu acreditava em cada coisa que até Zeus duvida. Me lembro de uma época em que acreditava piamente que poderia tocar o SOL.

    Sempre que eu olhava para o horizonte as tardinhas, costumava pensar: ”Poxa, o Sol sempre se esconde atrás daquela casa amarela. Tudo o que eu preciso fazer é comprar uma bicicleta, uma luva térmica, e pedalar até aquela casa antes que o sol se ponha e esperar ele chegar”.

    Ainda bem que nunca pus esse plano em prática. Certamente eu notaria que o sol mudou de esconderijo e me distanciaria cada vez mais da minha casa na tentativa instigante de tocar aquela bola gigante de fogo. :)

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: