Religião influencia decisões médicas, diz pesquisa

Veja Saúde – 26/08/2010

Médicos ateus e religiosos agem de forma diferente em relação a pacientes em fase terminal

BBC
médicos

Mais de 12% dos médicos pesquisados se descreveram como “muito ou extremamente religiosos”

A fé religiosa de um médico tem “forte influência” nas decisões que toma em relação a pacientes terminais. Os médicos ateus ou agnósticos – afirma estudo publicado no Journal of Medical Ethics – têm mais probabilidade de tomar decisões que acelerem o fim da vida de um paciente terminal que médicos profundamente religiosos. E é menos provável que os últimos discutam com seus pacientes muito graves as opções de tratamentos paliativos, revelou a pesquisa, conduzida pela Universidade de Londres.

Os especialistas afirmam que os resultados são “preocupantes” e revelam que é necessário dar mais atenção em como as crenças religiosas influem no cuidado médico. Os investigadores levaram a cabo uma pesquisa com mais de 8.500 médicos do Reino Unido, respondida por menos da metade.

Ainda que os entrevistados praticassem uma ampla gama de especialidades, a pesquisa foi centrada em particular nos que estavam envolvidos em tomadas de decisão de fim de vida, por exemplo, e em cuidados paliativos e com idosos. Foi perguntado aos médicos sobre o tratamento aplicado a seu último paciente falecido, se haviam oferecido uma sedação profunda contínua – ou sedação terminal – até a morte e se haviam discutido com seu paciente decisões que, em seu juízo, poderiam encurtar a vida. Também foram perguntados sobre suas crenças religiosas, origem étnica e opinião sobre a eutanásia e morte assistida.

No Reino Unido, é ilegal ministrar medicamentos com a intenção deliberada de por fim à vida de uma pessoa, mas os médicos podem oferecer morfina e outros fármacos para aliviar a dor ou o sofrimento. Esse procedimento – chamado sedação profunda terminal – pode ter o efeito de encurtar a vida.

Ateus x religiosos — O Conselho Médico Geral (GMC, na sigla em inglês), que regula a profissão no país, recomenda que as discussões com o paciente terminal sobre seu cuidado paliativo, que inclui a alimentação por sonda, hidratação e ressuscitação (os quais podem causar sofrimento desnecessário), devem começar o mais cedo possível. O GMC estabelece que ainda que os médicos partam da premissa que a vida deve ser prolongada, não deve perseguir o objetivo a qualquer preço.

Os resultados mostraram que os médicos que se qualificam como muito ou extremamente não religiosos mostraram 40% mais probabilidades de praticar a sedação que os médicos religiosos. Por outro lado, os que se descreveram como muito ou extremamente religiosos mostraram menos probabilidade de discutir com seus pacientes sobre decisões sobre seu tratamento paliativo.

Mais de 12% dos médicos pesquisados se descreveram como “muito ou extremamente religiosos”. Os médicos dedicados ao cuidado de idosos tinham mais probabilidade de serem hindus ou muçulmanos, e os médicos dedicados aos cuidados paliativos mostraram mais probabilidade de serem cristãos, brancos e de descreverem-se como “religiosos”. Um em cada cinco se revelou “muito ou extremamente não religioso”. Em geral, os médicos brancos, que representam o maior grupo étnico da pesquisa, mostraram menos probabilidade de identificar-se com fortes crenças religiosas.

Anúncios

12 Respostas

  1. Muito interessante isso !!!

    Creio que independente de ter religião ou não, todos os médicos tem o dever de dar atenção ao paciente e aliviar a sua dor, ainda mais em fase terminal.

    Pelo menos se eu tivessem em fase eu terminal eu ia falar para o cara me encher de morfina até o talo…..rs….

    Uma pesquisa dessas no Brasil seria interessante, seria que acharíamos médicos umbandistas ? rs….

  2. ja deixei avisado aqui em casa faz tempo: alguma merda aconteceu e eu to em coma/sofrendo/sem minhas capacidades cognitivas (que ja são bem ruinzinhas), pode me tirar da tomada e doar todos os meus livros.

  3. ja deixei avisado aqui em casa faz tempo: alguma merda aconteceu e eu to em coma/sofrendo/sem minhas capacidades cognitivas (que ja são bem ruinzinhas), pode me tirar da tomada e doar todos os meus livros.

  4. Se possível é necessário ouvir o paciente e ou família. Não adianta prolongar seu sofrimento, ou rezar, afinal a última palavra é a da ciência com sua tecnologia. Caso isso não funcione é trazer ao paciente um “boa morte”.

    A morte não é ruim, porque ninguém sente depois de morto. Ruim é o sofrimento é o prolongamento da dor, transição entre a vida e morte..

    Vem arraigada geneticamente o medo de morrer..ms no passado nós estávamos mortos, nscemos e vamos voltar a morrer…afinal o que você fazia há milhões de anos, sentia dor? nada…a morte é a paz mesmo…

    Nós só projetamos a dor na morte porque estamos vivos….mas se morrermos nada sentiremos..

    Viva nossa Senhora da Boa morte! he!he
    Viva nosso Senhor do Bonfim!..

    abração

  5. Já deixei avisado que procure alguém para meus órgãos doados…..se estiverem sãos..

    vai prolongar a vida de outros…porque os deuses nao fazem órgãos novos…

  6. “Já deixei avisado que procure alguém para meus órgãos doados…..se estiverem sãos..

    vai prolongar a vida de outros…porque os deuses nao fazem órgãos novos…”

    heheh, idem…..
    Já avisei tambem, doar todos os meus orgãos, mas é melhor tomar cuidado com o fígado! heheheh

  7. Por favor não doem seus cerebros ! isto é muita sacanagem com o próximo! he…he…he…
    Perco a amizade mais a piadinha, nem pensar.
    Pessoal não deem milho para bode comer….

  8. Mas fazer o que demos que doar, deus não doa orgãos nem sangue em hospitais é fato hahaha.

  9. não é a vida mais importante do que alguns pedaços do corpo ? e o corpo mais importante do que as roupas?
    por isso voce virou ateu não entedeu os ensinamentos cristãos.

  10. Faz assim Vanderlei quando você precisar de uma vacina ou um transplante os recuse você não tem a eternidade ?

  11. porque esperar pela eternidade isto é coisa de preguissoso querendo que seu pai faça suas obrigações, limpe suas sujeiras passe a mão na sua cabeça. eu não vou ficar esperando sentado não Deus me deu saude inteligencia e fé e boa vontade para trabalhar e fazer meu próprio mundo perfeito.

  12. Já disse Vanderlei quem espera que algo aconteça por milagre são os teístas hahaha.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: