E o Papa Pariu!!!

Quebrando a sequência de textos da série “demônios”, algo para distração. Espero!

 Baseado em comentário do médico  Kléber Matias, Editorial do Diário de Pernambuco, 10/08/2010. Documentário Discovery sobre os papas.

 A Igreja Católica, enquanto detentora do poder, do conhecimento e até dos desígnios dos cidadãos, em certa época remota, sempre foi de esconder os crimes, sujeiras, conspirações e toda uma ordem de proceder absolutamente indecorosos e inescrupulosos para um mínimo de teor moral. Os papas podiam ter filhos, amantes, usavam o poder para  satisfazer seus torpes desejos e neuroses e ainda perpetuar suas famílias e amigos nos cargos de importância, tais quais certos parlamentares brasileiros. Simplesmente chafurdavam na lama nojenta, crentes da blindagem hermética do Vaticano às mais sórdidas atitudes.

Vendo um documentário na Discovery, deu-me fomento para este texto, fornecendo-me mais um subsídio para a prova dos procedimentos e desmandos papais ao longo da história. Não estou falando da perpetuação de famílias no poder, acobertamento de crimes, que foi uma constante no proceder clerical, mas algo que a igreja sempre negou, queimando documentos referentes a esta questão, um tanto estranha, porém bem mais hilária! Entretanto, ficaram alguns registros históricos em desenhos e relatos.

A igreja sempre viveu de mentiras. A maior delas, inventar deuses para nos impor condições e sacrifícios e nos ter como subjugados, prostrados, a mercê de suas vontades! Vejamos o que a igreja tentou abafar, segundo historiadores:

 

Uma autora norte-americana, Donna Woolfolk Cross, conta-nos que existiu uma extraordinária mulher chamada Joana, cujo maior sonho era ser papisa. Baseado em registro antigos documentados, o livro traça um romance desta personagem. Confirma como versão verídica, o historiador Francês Maurice Lacharte, em “Os Crimes dos Papas”.

Joana nasceu na aldeia de Ingelheim em 28 de janeiro de 814, no dia da morte de Carlos , o grande, Imperador do Sacro Império Romano. Filha caçuça de uma saxã que adorava deuses nórdicos e de um sacerdote cristão autoritário e ortodoxo. De notável inteligência, soava à sociedade machista, uma aberração e um perigo, considerando que nesta época,  não era permitido à mulher, conhecimento nem propriedades, nem direitos, nem saber ler. Joana “desvirtuou” todo o costume, tornando-se extremamente culta, fugindo de casa para estudar na Catedral de Dorstadt. Usou de artimanha, ao assumir a identidade do seu irmão, quando este veio a morrer, ingressando no mosteiro beneditino de Fulda, com o nome de Johanes Anglicus. Perseguida por sua interpretação mais aberta dos textos canônicos, foge para Roma para brilhar como intelectual e médica. Sua sorte veio, por contar com a confiança do papa Sérgio II, passando a tratá-lo, dada sua debilitada saúde.

Quando o papa morre e assume o papa Leão IV, segundo relato teria sido envenenado, Johanes Anglicus, padre então, é eleito/a para suceder Leão IV. E de fato assume com o nome de João VIII, conhecido posteriormente como  “papa populi”, papa do povo. Joana, embora papa,  teve uma grande paixão, seu amante Conde de Gerold, amor desde a adolescência, que era justamente reponsável pela segurança papal.O conde chegou ao cargo por meios obtusos! E o grande imblóglio: ela engravidou!

Então, durante uma procissão, no Dia do Santo da Rogação, o “papa”, papisa, passa mal e  entra em trabalho de parto, dando à luz,  um natimorto, diante da perplexidade da população, treinada para considerar a mulher um ser incompleto, sujo, sem valor! Imaginem a consternação de todos, vendo seu papa dando a luz na rua! Uma bruxaria! Coisa do demônio! Castigo Divino!

A igreja então procurou apagar dos anais, qualquer alusão ao papa Joahnes, alegando também que não houve tempo para a assunção do referido cargo por este papa, pondo a culpa nos protestantes reformistas, a invenção da história.

O mais engraçado é que justamente depois da suposta existência da papisa (853/855 d.C.), foi instituído o “exame da cadeira”, um utensílio vazado como um vaso sanitário, inventado para que examinasse manualmente seus órgãos genitais. Todos os sucessores de Joana até século 16, passaram por este constrangimento de apalpação dos órgãos, para comprovar não se era roxo, mas se pelo menos existia um órgão masculino! Ha!Ha!Ha!

A estátua de João VIII permaneceu ao lado de outros pontífices na Catedral de Siena até 1601, quando Clemente VIII ordenou sua “transformação” em papa Zacarias, só no nome! O busto permaneceu com seus traços femininos! A igreja sumiu com todos os registros.

Pelo apurado, foi mais uma forma de enganar o povo, escondendo e queimando indícios e forjando histórias. Fica muito difícil dar total veracidade aos fatos, defender-se ou saber exatamente o que houve nesta época, mas por tudo que sabemos hoje, não se deve duvidar da possibilidade de causar males e esconder a verdade, salvando a pele dos seus, numa cumplicidade que nos remete aos padres e bispos, religiosos pedófilos. Quantas mentiras! Quantos livros queimados! Quantos segredos! Tudo para esconder a verdade dos fiéis.

Dá vontade de mandar esses nojentos e a igreja “PRO PAPA-QUE-PARIU”!

Abração,

Saracura

Anúncios

19 Respostas

  1. Tudo o quanto envolve o nome de “deuses” é fruto da enganção! Parece uma praga! Leiam e me digam!
    abração a todos

  2. A intenção da Discovery é “salvar” a prostituição católica de um lado e elevar a decaída “moral” protestante/evangélica. Ela forjou provas contra os pais americanos que processaram os EUA contra a doidice de aulas de religião nas escolas (processo que rolou em 1987 lá); e agora bem recente aparece aquele suposto “ateu” que foi morto porque invadiu o prédio da Discovery protestando. A podridão quando quer ser bem vista sempre estende um tapete com sujeira embaixo.
    Outra coisa: Tá todo mundo reclamando do novo Orkut com aquela “cruzinha” de facebook. Quem é, quem são os “cheiros” de ‘respeito’, cheios de ‘moral’ que olham nossa privacidade?
    Esses caras ai é que vêm metendo essa de “proteger” famílias?
    Andaram nos bairros pedófilos (não é gente namorando garota de 14 anos não; são canalhas que vão em cima de crianças de 03 a 07 anos de idade), pederastas, batendo na porta de garotas com bíblias na mão e revólver na mão de amancomunados da máfia, assustando, atirando, matando, espancando. e os que sabiam e tentavam dizer, foram arrebentados, e os “conselhos”, as associaçõeszinhas estavam lá coniventes; e balaços comendo solto, nas portas dos shows, nas portas das universidades, correrias, gritos e silêncio; e covardes se juntando e louvando. Esgôto pútrido.

  3. É bem verdade que a Discovery também passa lixo. Tem aqueles programas de paranormais, casas mal assombradas que dá nojo só ouvir a chamada..

    Aqui também relato o livro da americana que fala sobre isso…

    É preciso realmente ficar antenado. para não nos enganarmos com tanta informação jogada…

    Não sabia deste favorecimento evangélico e deste assassinato..
    abraço

  4. “Se organizam um “diálogo aberto” só com fantoches, «para criar uma rede de pessoas agnósticas ou ateístas que aceitem o diálogo e entrar como membros na fundação e, portanto, no nosso dicastério», vão ser é gozados.” Trata-se dum post em que se ressalta a manha da religião em aliciar “ateus” (como alguns de alguns sites e que ‘aparecem’ nos comentários de blogs e fóruns cheios de firulas). Precisamos lembrar que esse espectro convocou editores de livro para um encontro e depois disso as livrarias se entupiram de fantasmagoria, e livros muito bons sumiram das estantes pra escolha do consumidor.

  5. É apenas uma prova de que não conhecem sua própria doutrina, nem sua Bíblia, nem seu Deus, o fato de haver mulheres cristãs.

    Para Deus, a mulher é apenas um brinquedinho sexual do homem, um passa-tempo, uma escrava, uma empregada, um ser humano imperfeito e impuro.

  6. Eu — também — vou precisar dar uma “sumida”… Caso alguém pergunte por mim, o que é bem pouco provável… digam que eu fui pra Pasárgada. Lá sou amigo do rei.

  7. “digam que eu fui pra Pasárgada. Lá sou amigo do rei.”
    Lá terei a mulher que eu quero, na cama que escolherei…

    Nossa, voce tirou essa do fundo do baú. hehehe

  8. Com uma mentalidade pequena igual a essa deu a logica, virou ateu!

  9. A mente do crente acredita que o motivo do mundo estar assim é uma cobra falante e nós que não temos lógica ?
    Bem isso é comum, outro dia um aqui me chamou de esquizofrênico ele que escuta vozes e o doido sou eu hahaha.

  10. as cobras falantes são ateias o nome dela é ski

  11. Não se esqueça da jumenta falante hehehe.

  12. “Com uma mentalidade pequena igual a essa deu a logica, virou ateu!”
    Mentiroso,
    Prove, se puder! Mentiré pecado na religião primitiva sua. Se existisse um inferno, uma pessoa arrogante, desonesta e mentirosa como voce teria um lugar garantido lá.

    Pois aqui já se provou sua desonestidade intelectual e sua covardia…

  13. continue usando argumentos como inferno, depois passe a falar sobre paraiso e finalmente sobre o Deus verdadeiro, viu a evolução existe é soberana. parabens!

  14. Vanderlei, pode me explicar por que sua visão de Deus é mais “evoluída” do que a do cristão médio? Por que o monoteísmo é superior ao politeísmo?

  15. Né Vanderlei por que o seu Jesus é melhor que o dos Mórmons que eles dizem que ele até deu uma volta pela América hahaha ?

  16. “continue usando argumentos como inferno, depois passe a falar sobre paraiso e finalmente sobre o Deus verdadeiro, viu a evolução existe é soberana. parabens!”
    heheheh, crente é engraçado! Confirmam seu engano tentando defender sua crença… Refutar alguns é que nem chutar cachorro morto!

    -Inferno inventado pelo homem, para enganar outros homens, haja visto que ele não é citado nas versões mais antigas em copta e grego.
    -Paraiso, outra invenção para enganar com promessas falsas, afinal um crente é um mercenário que prefere fazer um acordo com um ser imaginário em busca de uma recompensa imaginária ao invés de ser altruista.
    -Deus verdadeiro, qual? vishna, ganesh, alah, yave, bumba? Bom, todos igualmente inventados…

  17. prezados Srs 3 mosqueteiros!
    boa noite!

    Muito obrigado pelos gentis elogios, mas eu não me considero nada disso que os senhores pensam de mim.

    inferno=dor é invenção humana ?

    Paraiso = sensação de bem estar é invenção humana ?

    Deus verdadeiro é unico ou então não seria Deus seria um conjunto tocando o samba do criolo doido como voces sempre citam…he…he

  18. Hahaha o deus que o seu ‘Jesus” seguia era o mesmo dos judeus só em 1857 que o seu surgiu hahaha.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: