Aos crentes com carinho: inconsistências! (Republicação)

I
Se sou líder de uma “igreja”
Que adota um deus “bufão”
Não me cabe admoestação
Por roubar, com tal destreza
Biltre, detentor da “realeza”
Engano o pobre e o tolo
Assalto-os sem pena, com dolo
Tiro do “bobo”, que merece
E as graças que pede, por prece
Digo que deus vai repô-lo
 
II
O chefe de uma denominação
Como queiram, os “bitolados”
Coitados, enganados, enjaulados
Na ditadura da punição
São líderes que têm a unção
De serem “os Iluminados”
Mas são apenas inclinados
A cometer pilantragem
Usam de tal malandragem
Pra sugar os desavisados
  
III
Pastores assim, se comportam
Imaginem os seguidores!
Do bem, são uns impostores
Com vida ética, não se importam
Mas um deus reto, exortam
Desejando a nós, a “leseira”
Só que no fundo a “tonteira”
Não se mostra, ter lisura
Nem ética a propositura
São hipócritas a vida inteira!
 
 
IV
Pra bobagem ter conseqüência
Sem ter que provar um fato
Só basear o relato
Na bíblia de incoerência
Há quem veja pertinência
No livro santo dos crentes
Que só ateus tem suas mentes
Sem crer nos versos ilusórios
E seus atos e fatos inglórios
Não vêm torná-los tementes
 
 
V
Basta querer questionar
Suas idéias improváveis
Absurdas e inimagináveis
Que o crédulo não faz provar
Só faz deus carente, amar
E ter medo do inexistente
Mesmo que soe incoerente
Apenas pra sermos domados
De pensar sermos privados
Nunca sermos independente
 
VI
Há uma hipnose coletiva
Reeditada em cultos
É só usar os atributos
Com sua prerrogativa
De mandar de forma ativa
Ordenando sua manada
A agir condicionada
Doando e preso a seu mestre
E assim fica inconteste
Pra sempre a “droga” implantada!
 
 
 
 
 
 VII
Só basta este espaço ler
Respostas dos bem “cristãos”
A nós ateus “seus irmãos”
Desejando-nos,  o  perecer
E pragas pra nos deter
De ser livre e um “ser pensante”
E não ser um “hesitante”
Crer no seu deus ditador
Que faz mal e traz a dor
E um inferno horrorizante!
 
VIII
Se existisse o tal do deus
O crente assim, não agiria
Pragas, não prometeria
Aos incrédulos ou aos ateus
Só seríamos filhos seus
Não teríamos sofrimento
Nem males do juramento
Viriam ao nosso viver
Só benesses e prazer
Vida, paz,  divertimento
  
IX
Mas que tem-se observado
Que o crente diz, mas não crê
Quando há de recorrer
Aos deus puro iluminado
Opta pela ciência, o legado
Compêndio conhecimento
Da descoberta e invento
por séculos de rigor científicos
que só se tornaram prolíficos
deixando o “divino” “ao relento”
 
 
X
Ninguém queira entender
A mente dos que acreditam
Nem leis inúteis que ditam
Pra manada obedecer
Num momento vão saber
Que seu pai celestial
Tido supremo e maioral
Não tem razão de existir
Nem força que o faça agir
Mostrando o potencial
 
  
XI
Quando o crente é levado
A agir como um ateu
Então, ato ímpio cometeu
Ou em deus tem desacreditado
Não serve a eles o “ditado”
Dos versos de tal “infância”
Nem tem tanta relevância
Viver em tal repressão
Mas não têm força de “ação”
Livrar-se da ignorância
 
XII
Se quer um sonho, um desejo
Bastaria um breve “pensar”
E deus iria materializar
Já que é matéria, o ensejo
Pelo menos, assim vejo
Que o sonho de realização
Nunca é “ iluminação”
É poder,grana e riqueza
Do deus não querem a pobreza
É melhor a “ostentação”
 
XIII
Pra quê pastor, com jatinho
De luxo, aos céus cruzar
Não bastaria, deus criar
Duas asas de “anjinho”
Pro cara voar sozinho
Livrando o meio ambiente
Mostrando o poder inerente
Ao deus super-poderoso
Regozijando em bondoso
À sua causa e à do crente.
 
Anúncios

22 Respostas

  1. Em tempo de copa, mas tentando colocar algo! Crentes venham a mim! Não tive muita inspiração, mas saiu isso aí! abraço a todos

  2. Já que ninguém comenta, rsrs….acho que este ficou bom!

    VI
    Há uma hipnose coletiva
    Reeditada em cultos
    É só usar os atributos
    Com sua prerrogativa
    De mandar de forma ativa
    Ordenando sua manada
    A agir condicionada
    Doando e preso a seu mestre
    E assim fica inconteste
    Pra sempre a “droga” implantada!

  3. Saracura,

    Cara, eu tenho um livro com as 100 melhores poesias brasileiras e essa não está lá!

    Eu posso divulgar essa por aqui, com todos os créditos?

    Já arquivei beleza?

    Um abraço!

  4. Amorim,

    rs..Pode sim, amigo! è com você, fique à vontade. Mas não me enquadro em melhores, não..sou amador! abração

  5. gostei desta tb:

    XII
    Se quer um sonho, um desejo
    Bastaria um breve “pensar”
    E deus iria materializar
    Já que é matéria, o ensejo
    Pelo menos, assim vejo
    Que o sonho de realização
    Nunca é “ iluminação”
    É poder,grana e riqueza
    Do deus não querem a pobreza
    É melhor a “ostentação”

  6. Está parecendo uma promessa, a partir do 5º verso:

    X
    Ninguém queira entender
    A mente dos que acreditam
    Nem leis inúteis que ditam
    Pra manada obedecer
    Num momento vão saber
    Que seu pai celestial
    Tido supremo e maioral
    Não tem razão de existir
    Nem força que o faça agir
    Mostrando o potencial

  7. Pois é susu! rsrsr….tu leu!
    valeu querida!

  8. Menino, eu li sim. Todos!

    Mas só pra te mostrar que é verdade (afinal, ateus precisam mesmo de provas para poder acreditar nas coisas….rsrs), eu vim nesse, onde achei uma estrofe muito legal:

    “Pra quê pastor, com jatinho
    De luxo, aos céus cruzar
    Não bastaria, deus criar
    Duas asas de “anjinho”
    Pro cara voar sozinho”

    Achei essa demais!!! Pura verdade!

    Beijos!

    Ps: Você é um ótimo cordelista!

    Parabéns!

  9. obrigado pelas delicadas palavras!

    obrigado por ler!

    abração querida!

  10. REpubliquei meus cordéis para quem não os leu! Amanhã sai outro texto! Abração

  11. Sinceramente, faz pena ver que tantas pessoas no mundo inteiro deixam de viver como gostariam pensando em recompensa após a morte. Ninguém voltou pra dizer como são as coisas do lado de lá, se é que existe algo. Para mim, o lógico seria aproveitar, com responsabilidade, tudo o que se tem direito enquanto estamos vivos, buscar o caminho que julgamos melhor, ir em busca da felicidade terrena ao invés de castrar vontades e desejos em nome de quem se importa tanto conosco e ao mesmo tempo não parece estar nem aí.
    Pra começar, é só olhar os atuais líderes do Senhor aqui na Terra. Se somos todos filhos, se somos todos iguais perante os olhos do Pai, por que ele escolhe tão poucos para representá-lo e destitui de riquezas o resto do rebanho? Se todos gozam do mesmo direito, por que um vai e vem de jatinho e os demais amontoados de qualquer maneira por terra? E cadê o cartório que emitiu a declaração de que esses pastores foram autorizados a falar em nome Dele e, portanto, que se deve obediência a esses “servos” escolhidos, tal como Silas Malafaia (vide texto Autoridade Espiritual), por exemplo? Está localizado no céu? Num cantinho terreno onde judas perdeu as botas e que só Deus e os pastores sabem onde fica?
    Sei não… O pessoal da Igreja Renascer, por exemplo, aquele casal de bispos enviados por Deus e que pregam retidão de caráter, honestidade, entrando nos EUA sonegando dinheiro, escondendo-o dentro da Bíblia, o livro Sagrado… Não precisava nem saber do resto dos podres deles, só bastava esse fato para que eu (se fosse dessa Igreja) abandonasse esta Igreja, pois em matéria de salvação essa Igreja está mais pra perdição. Num tem aquele ditado, “Diga-me com quem andas que te direi quem és”? Eu já teria me afastado urgente, ia pegar muito mal eu “andando”, seguindo esse tipo de gente perante o Pai.
    Mas é assim mesmo, tem gente que gosta de ser tapeado.

  12. O problema é que muitas pessoas estão bitoladas ao que o pastor fala e assim ficam a mercê das pilantragens, tem medo de não seguir e depois ir pro inferno…então são bonzinho só para ir pro céu!
    Para fazer caridade, ser honesto e ter dignidade não precisamos de ir pra igreja…aprendemos isso na infância. Agora como alguns crentes tem um passado podre e pensam que entrando na igreja as portas do mundo vão se abrir pra eles e são ignorantes então é outra história.

  13. Saracura, são seus versos?

    Ficou 10!! heheheh Muito bom!

  14. Samurai,
    São sim amigo! Fiz uns quatro cordéis, publicados há certo tempo….resolvi colocar enquanto ficava pronto o texto de amanhã…abração..obrigado

  15. Muito bom os versos. Saracura será que tem como paginar os comentários? É que sempre rola as discussões (hahahaha) e a gente tem que carregar todas para ver a última.

  16. olha anOnimo….à esquerda ficam os comentários mais recentes…normalmente clicando neles vemos o último….se é que é isso que deseja…

    Penso que já chegamos ao último….não sei….de qualquer forma, estou sendo apenas o mantenedor dos textos, nada mexo nisso aqui..
    abração..obrigado

  17. Saracura o anônimo aí em cima fui eu. É que me esqueci de logar.

    Eu falo em criar páginas para os comentários semelhante ao posts, semelhante a um fórum. E que o Vanderlei dá flood direto nos comentários.

  18. tá certo…não tenho ingerência aqui, mas vou propor…valeu..

  19. Boa Suellen muito boa manda outra rrss

  20. Aos ateus como prova de reconhecimento.

    Nossa pobreza de espírito consiste em não ter mos um espírito assim somos desalmados por natureza.
    Nosso profeta Richard Dawkins nos ensinou a darmos a Cezar o que é de Cezar pois tudo pertence a Cezar e nada é superior a Cezar, amamos a Cezar sobre todas as coisas, pois só Cezar provem todas as nossas necessidade.
    O nosso orgulho não nos permite acreditarmos em nenhum ser superior a nós mesmos.
    A nossa lógica não vê nenhuma lógica, a nossa inteligência não vê nenhuma inteligência superior a ela.
    O nosso projeto para o futuro não nos importa porque acreditamos que o nosso futuro será breve e limitado por um fim muito próximo.
    Na certeza que o nosso final chegara amanhã então porque nos preocuparmos o importante é construirmos nossa felicidade hoje, ai cada um é livre para construir a sua como bem entender.
    Somos livres e pregamos a liberdade, pois a desigualdade social prova que a justiça humana não existe, então vivam e aproveitem suas curtas existências, sem a menor preocupação pois não existe seres superiores impondo ordem, leis, justiça e amor ao próximo, não existe nenhum justo Juiz.
    A nossa razão não vê nenhuma razão na criação é assim que nós temos razão.
    A falta de evidencias é para nós uma grande evidencia, que justifica a nossa fé convicta na inexistência divina sem provas, baseada no achismo pessoal ou fabricada por outros.
    Queremos ser deuses uns dos outros, se rir ria comigo, se chorar chore comigo, se enricar…. vá trabalhar…he…he..he! Mas se opinar concorde comigo, então eu concordarei com você, assim estaremos sempre certos e todos felizes no nosso perfeito paraíso ateu.
    Nele habitaremos em bandos se alguém ousar invadir nosso território discordando da nossa verdade, um mordera sua cabeça e outro puxara seu pé, se ele for persistente ficara se não, nunca mais voltara, os mais intolerantes pediram que ele seja expulso, os orgulhosos, que o saco de pancadas permaneça, mas os arrogantes vem no crente uma ótima oportunidade de expor todo seus pseudo-s conhecimentos bíblicos e científicos.
    A ciência humana sustenta nossa crença materialista só ela pode definir e limitar a nossa verdade, pois só os fenômenos que conseguimos reproduzir é o que nos faz acreditar que somos deuses , pois são estes os que estão sob o nosso controle e autoridade.
    Todo fenômeno irreprodutível pela nossa ciência humana foge a nossa razão em sermos superiores, por isso não podemos admiti-los como sendo criações de uma força lógica inteligente, que humilharia em muito a nossa prepotente superioridade, assim se não for obra da nossa inteligência só pode ser obra de um ilógico acaso, sem nenhuma inteligência ou qualquer objetivo pré determinado.
    Não admitimos que a vida seja eterna , simplesmente porque não desejamos viver por muito tempo, assim passamos a pregar o nosso próprio fim e talvez o medo de um possível trabalho eterno justifique isso.
    Nascemos todos ignorantes e sem preconceitos, assim como os animais irracionais éramos agnósticos nem acreditávamos nem duvidávamos, mas nossas mentes maleáveis foram facilmente corrompidas por pseudo-s sábios, filósofos e historiadores, assim usando o nosso preconceito enraizado mais uma dose de má vontade própria com muita malicia, desvirtuamos totalmente os bons ensinamentos bíblicos para assim poderem ser adaptados à nossa lista dos maus ensinamentos bíblicos , mas se algum caso não for possível desvirtuá-lo totalmente, então simplesmente o ignoramos, assim baseados no nosso limitado entendimento bíblico criamos o nosso próprio deus bíblico.
    Humanizado, imperfeito, cruel, vingativo, preguiçoso e mercenário enfim um deusinho ateu safado e com todas nossas características próprias, o deus bíblico ateu é a cara e semelhança dos ateus, após criarem seu deus bíblico com suas imagens e semelhanças dizem: Viram como o deus bíblico é feio, vamos matá-lo ele é a prova dos nossos defeitos e mesquinharias, vamos espalhar que ele não existe.
    Realmente! Vocês têm bons motivos para não acreditarem no seu deus bíblico, realmente ele não existe é apenas um reflexo das suas ignorâncias e nisto chegamos a um consenso, eu também não acredito no seu deus bíblico.

  21. https://deusilusao.wordpress.com/2010/07/15/midinho-aliciando-as-criancas/#comment-15350 bem usou o mesmo argumento derrubado aqui antes hehehe.
    E volto a perguntar:
    Tem fé que Hórus não existe e todas as outras divindades ?

  22. Vanderlei como pode não acreditar no deus bíblico e acreditar em Jesus ?
    Olha a contradição hahaha.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: