A ciência salvou minha alma

Foi santo Agostinho quem disse que “a razão destrói a fé”? É incrível como só um pouco de conhecimento é suficiente para tornar qualquer ideia de Deus insignificante, quando não completamente desnecessária.

O primeiro vídeo é uma indicação imperdível do leitor Fábio Paiva:  “A ciência salvou minha alma”.

O segundo vídeo é uma comédia: “Midinho e o Dízimo”. Entenda por que você deve dar 10% do seus ganhos para Deus. Aliás, dar, não — devolver! KKKkkkkkkk Eu disse: é uma comédia. Imperdível também.


Anúncios

54 Respostas

  1. Esse vídeo se transformou num dos meus favoritos de todos os tempos. Assistam em tela cheia. Fica mais bonito ainda.

  2. É Fábio Paiva; eu só tenho é que agradecer pela excelente dica! Nunca li (nem ouvi) um texto tão bem escrito e uma apresentação tão bem montada. Dá inveja!

    Quanto ao outro vídeo, só digo que Deus tá é fudido se for esperar por 10% do meu salário!! KKkkkk

  3. “SANTO AGOSTINHO”

    Nesse quadro não é de estranhar que o principal filósofo medieval tenha sido um religioso do Baixo Império Romano, preocupado principalmente com assuntos ligados à doutrina cristã.
    Santo Agostinho, estudou em Cartago e em Roma e foi um dos doutores da igreja responsável pela síntese entre a filosofia clássica e o cristianismo.
    Entre as suas obras encontram-se Confissões de Deus, inspirado no grego Platão. Dedicou-se a conhecer a essência humana e preocupou-se com o modo de alcançar a salvação da alma. Definia o homem como um ser corrompido, por ser herdeiro do pecado original. Em oposição a Deus, espiritual, perfeito, existia o homem imperfeito, feito de carne, impuro, mortal. Dessa forma a salvação, jamais seria obtida pelo homem, pecador, mas somente graças à intervenção divina, na medida em que Deus incluía o perdão entre os seus infinitos atributos. Ao homem restava apenas a fé silenciosa em Deus, e, conseqüentemente a obediência ao clero.
    Nas palavras de Agostinho, “a fé precede a razão”, ou seja , o conhecimento total de que Deus do presente, passado e futuro, faria do homem um ser predestinado, seja à salvação ou à condenação. Sustentou que os deuses pagãos existiam mas apenas como demônios e que a Terra tinha menos de seis mil anos.
    Criou a idéia louca e cruel de que almas de crianças não batizadas eram mandadas para o “limbo”. É possível imaginar a infelicidade que essa “teoria” doentia e mórbida representou para milhares de pais católicos ao longo dos anos , até a revisão parcial pela igreja, apenas em nossa época.
    O relativo pessimismo de Agostinho era, em grande parte, reflexo das próprias condições materiais que presenciou, precárias em toda a Europa Medieval. Ele conviveu com guerras, invasões , testemunhando a decadência do Império Romano. Sua filosofia foi aceita por muitos dos que viveram tempos tão conturbados.

    O filósofo, teólogo, bispo Agostinho, também afirmou que fazer sexo (esportivo e recreativo) era um pecado. A ser pago no inferno. Assim deu a humanidade e ao sexo um delicioso, maravilhoso atrativo extra para se tornar o esporte favorito da humanidade. Ficou célebre a sua frase, dita entre lençóis:
    “Deus, dá-me a castidade – mas não agora!.”

    …O pensamento filosófico foi substituído pela Filosofia Escolástica (a fé e a razão), ensinada pela Igreja, considerada a guardiã dos valores espirituais e morais de toda a Cristandade, por assim dizer responsável pela unidade de toda a Europa, que comungava da mesma fé, um conjunto de idéias que tem suas origens no pensamento de santo Tomás de Aquino, professor em Paris e autor de Suma Teológica. Inspirou-se em Aristóteles , desenvolvendo a tese de que o progresso humano não dependia apenas da vontade divina, mas também do esforço do homem. Assim o homem surgiria como um ser privilegiado, uma vez que, dotado de razão, estava preparado para assumir o seu destino. Aquino, buscava dessa forma, conciliar fé e razão, refutando a idéia agostiniana de predestinação. Como ser racional, o homem teria plenas condições de encontrar o caminho da salvação, evitando o pecado por meio da livre escolha, do livre-arbítrio. Escreveu um documento sobre a Trindade e, modestamente considerou o esforço como o mais bem sucedido, sem antes, porém, deixa-lo no altar da catedral, de maneira que o próprio Deus avaliasse a sua obra divina e a favorecesse com uma opinião.

    Os seguidores de Aquino foram induzidos a uma terrível infelicidade, que disse:
    ” Sou um homem de um só livro”,
    e “santo” Agostinho de Hipona, foram obrigados a desperdiçar as suas vidas, preocupando se, se seriam “eleitos” ou “escolhidos” no momento certo.
    Sem falar na perseguição aos judeus e o terror imposto a ciência. Tudo com um sadismo e crueldade incomparável, fé cega, coisa de doutrina pré-histórica.

  4. Agostinho foi um grande debatedor e filósofo do século 14, pena que já foi refutado no século 18…

    E toda a palhaçada da agumentação dele depende que se algo foi criado, houve um criador…

    Pois é, se o universo foi criado, deus teria sido o criador, e quem criou deus?!…

  5. Putz…. correção! Viajei na maionese agora! Isso que eu falei é referente ao Thomas de Aquino…

  6. Sim sou eu no vídeo…

  7. O midinho esqueceu de dizer tb que os dizimos servem para jatinhos e mansões

  8. Reconheci o logo da igreja do R.R Soares. Esse neo-pentecostalismo ensina que se você não está bem na vida a culpa é sua falta de fé.

    Vejam só o que ele fala do dizimo:

    Certamente essa prática vinha dos primórdios, quiçá desde Enoque, o primeiro grande justo mencionado nas Escrituras. Portanto, o cumprimento da Lei, feito pelo Senhor Jesus no NT não revogou o dízimo, ao contrário dos preceitos transitórios da Lei. Ao contrário, Ele mesmo ordenou que Seus seguidores continuassem a devolver o dízimo, mas que não esquecessem da misericórdia, da justiça e da fé (Mt 23.23).

    Aquela parte do Velho testamento (Levitico 21) em que os deficientes, cegos, de nariz chato (sério) não podem chegar no altar divino, não vale mais. Muito Conveniente.

    Os vídeos são verdadeiros contrastes.
    ————————————————————

    Muito engraçado o panfleto, Leonardo.

  9. Infelizmente só consigo pensar que a mente das pessoas que elogiaram desse vídeo é mais restrita ainda do que a de quem fez o vídeo. As pessoas que aplaudem o autor simplesmente porque ele fez uma bonita edição e colocou uma emocionante música de fundo são totalmente iguais aos fiéis das igrejas que eles mesmos criticam. Basta um bom produtor e editor, e ambos estão lá, acreditando e aplaudindo de pé, sem sequer questionar o conteúdo. É assim que os produtores de Hollywood enchem seus bolsos: fazendo filmes sem conteúdo algum, mas cheios de efeitos pirotécnicos de última geração que arrebatam o espectador. Puro marketing.
    Percebe-se que o autor do vídeo baseia seu conceito de religião unicamente em uma vertente do Cristianismo, provavelmente a igreja da esquina da casa onde ele mora. Existem muito mais religiões no mundo e se ele simplifica o conceito de religião, colocando-o como sinônimo de Cristianismo, tenho pena dele e de quem aplaudiu fervorosamente o vídeo. Esse não deve conhecer nada do mundo ou de filosofia. Certamente é um completo inepto no que diz respeito a religiões orientais, por exemplo. Estas não pregam nada daquilo que o vídeo disse e são imensamente mais sábias, antigas e universais do que aquilo que o autor do vídeo chama de religião. Tolos aqueles que aplaudem alguém com pouco conhecimento, porque devem ter menos conhecimento ainda.
    No final das contas, qualquer extremismo é negativo, tanto o dos religiosos fanáticos, quanto o dos céticos ateus de plantão. Sou bióloga evolucionista e, ao contrário da maioria dos meus colegas de profissão, consigo conciliar muito bem a espiritualidade, a filosofia e a ciência. Tristes os que, por não perceberem que religião e ciência andam juntas, têm uma visão limitada do universo e vivem uma vida menos plena. Já disse Albert Einstein (que certamente não ficou conhecido por ser um religioso de plantão): “A ciência sem a religião é manca, a religião sem a ciência é cega.”

  10. Sinto muito Mirella pode me chamar de extremista mas eu não concordo religião e ciência não combinam.
    Espiritualidade para mim soa tão real quanto gnomos brincando em gangorras, religião para mim é uma invenção das pessoas em tempos de ignorância nada mais.

  11. As biografias de Einstein são bastante divergentes. Esse documento, de um ano antes de sua morte, revela que achava Deus um produto da fraqueza humana:

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/05/080513_einsteinreligiao_ba.shtml

    Para mim “deus” e “espiritualidade” nunca deram nenhuma resposta satisfatória. A ciência não é onipotente e nem a única forma de conhecimento de verdade (admitindo que ela exista), mas não vejo como a religião pode preencher essas lacunas – só com ilusões de verdade. Acho que a teologia caminha no sentido contrário do pensamento crítico.

  12. Mirella
    concordo o extremismo radial ente crente e ateus é um fator limitante.

  13. Bom, Mirella, se você “só consegue pensar que a mente das pessoas que elogiaram o vídeo é mais restrita ainda do que a de quem fez o vídeo”, como você escreveu, então você está avaliando tudo com uma mente restrita também, visto que não consegue pensar nada mais além disso.

    Claro que existem algumas outras religiões mais antigas, sim, do que o cristianismo. A serem mais sábias e universais é algo a se questionar. Todas as religiões são fruto justamente da ignorância dos seres humanos que as criaram e as difundiram. Não há religião sábia. Não há sabedoria nenhuma em inventar respostas para suas dúvidas. Não há sabedoria nenhuma em achar que algumas pessoas estavam certas sobre como o mundo funciona, só porque você “acha” que elas foram inspiradas por um ser superior que você acha que existe. Não há sabedoria nenhuma em acreditar que contos mitológicos, escritos por pessoas com uma fração infinitesimal de conhecimento sobre o mundo que temos hoje, são a expressão pura da verdade, só porque você e uns tantos outros acham que é isso mesmo… Houve um tempo em que todo mundo achava que a Terra era plana.

    Se algumas religiões têm “mandamentos” que nos dizem pra fazer coisas que você considera corretas, como não matar o seu semelhante, ora, isso não tem nada a ver com Deus ou deuses, é apenas uma lei moral, moldada pelas sociedades ao longo dos milênios e que, obviamente, as religiões tiveram que incorporar. A pirotecnia é feita pelas religiões. Por todas elas, com seus deuses vingativos, seus demônios malvados, seu anjos augorentos, suas promessas de paraísos e suas ameaças de maldição.

    Se você viu algo de muito belo nesse vídeo; se você se emocionou com a trilha sonora; se você se sentiu tocada pela mensagem; não foi nenhum efeito especial. A realidade das coisas é assim mesmo. E quando você tira Deus/deuses do roteiro, aí, sim, é que tudo fica mais lindo!

    Seu Deus não existe. Seja ele o Deus cristão, ou qualquer outro em que você acredite. Ele não te protege, nem ouve as tuas orações; não mais do que o meu liquidificador ouve as minhas. E eu sei que você sabe disso. Você deve ter um plano de saúde; deve ter um alarme no seu carro; deve trancar as portas da sua casa à noite.

    Exatamente como eu faço. Um ateu, que não confia em Deus nenhum!

  14. teoria do achismo eu tu ele nós vós achamos mas não provamos, só acreditamos.

  15. Mirella disse :

    As pessoas que aplaudem o autor simplesmente porque ele fez uma bonita edição e colocou uma emocionante música de fundo são totalmente iguais aos fiéis das igrejas que eles mesmos criticam. Basta um bom produtor e editor, e ambos estão lá, acreditando e aplaudindo de pé, sem sequer questionar o conteúdo

    Eu respondo : Nossa não é a mesma coisa que os pastores e as religiões fazem nos cultos e na internet tb?!

    Mirella disse:

    Existem muito mais religiões no mundo e se ele simplifica o conceito de religião, colocando-o como sinônimo de Cristianismo, tenho pena dele e de quem aplaudiu fervorosamente o vídeo. Esse não deve conhecer nada do mundo ou de filosofia.

    Eu respondo:

    A maravilhosa arrogância do cristão achando- se serem eles os detentores da verdadeira religião.

    Agora eu pergunto pra Sra Mirella:

    Tem pena do autor do video e de quem gostou porque?

    Seu deus vai mandar raios e trovoadas ; vai nos mandar pragas ou o que?

    Obs. Pros ateus teu deus é um inutil imprestavel bundão

  16. prezado adamantog
    voce conhece alguma crença que não se considera a mais correta?
    inclusive a do ateismo radical?
    todas crenças são disvirtuadas pelo orgulho.
    é por isso que eu não sou um religioso…imagine se fosse. heim?..he..he;…..he!

  17. Concordo Vanderlei !! que bom que ta mudando um pouco teu modo de pensar.

  18. Caro Barros, responderei respeitosamente, da forma como vc também me respondeu, obrigada por isso. :) Afinal de contas, aqui é espaço para discussão saudável sobre (des)crença, e pelo que pude notar lendo o blog, não é um espaço para pregar somente o ateísmo (pelo menos é o que vc dá a entender no post “O 7o dia”) apesar de alguns leitores agirem como se fosse a casa deles, onde todos têm que pensar como eles.
    Não sei porque todos vocêm ficaram tão ávidos em tentar me convencer de que Deus não existe se eu não disse uma palavra apenas sobre ele existir! Será que não percebem que estão tão cegos quanto os religiosos? Esse positivismo ateísta é tão perigoso quanto o fanatismo religioso e foi só sobre isso que eu falei. Em momento algum eu tentei convencê-los de nada, só argumentei que o vídeo era (e é) fraco. Mas vcs têm tanto medo de serem convencidos do contrário que partem pra argumentação agrrssiva (e diga-se de passagem, desrespeitosa, né Adamantdog?). Mais uma vez, igualzinho aos ditos fiéis. eles têm tanto medo de que Deus não exista, que ficam tentando convencer os outros de que existe. E vcs agem igualzinho, mas do lado contrário. Vejam bem que eu não me incluo em nenhum dos dois lados, longe disso!
    Agora a resposta ao Barros: apesar de eu achar que não tem nada a ver com a existência de Deus, devo dizer que eu não tenho seguro no meu carro e a adesão ao plano de saúde (que eu nunca utilizo) é exigência da empresa no momento da contratação, sendo que a própria empresa que paga, eu não desembolso um tostão. Agora eu não entendi o que isso tem a ver com a existência de Deus! Se as pessoas trancam as portas de suas casas, se têm alarmes em seus carros é porque o ser humano consegue ser tão desrespeitoso com os seus semelhantes a ponto de invadir o espaço do outro e levar coisas que não são suas, com o intuito de “se dar bem”, de ganhar uns trocados. Isso não tem absolutamente nada a ver com Deus, mas sim com educação e moral, coisas que infelizmente a sociedade brasileira não tem. Seu argumento então é de que Deus não existe porque roubaram seu carro? E se ele existisse ele teria te protegido? Que ingênuo. Percebe-se mesmo que a maioria aqui não entende nada de religião, só acham bonito “ser do contra”, enaltecendo seu ateísmo como se fosse uma virtude.
    Virtude têm os que, ateus ou religiosos, ajudam os que precisam (e não estou falando de esmola ou -muito pior- dízimo, estou falando de qq auxílio, pode ser ajudar alguém que não entendeu a explicação da aeromoça no avião, ajudar um senhor a exercer seu direito de ser atendido prioritariamente, qq coisa), são honrados, educados e prezam pelos bens de todos, não sujam as ruas, respeitam os vizinhos não fazendo barulho nas altas horas da noite, enfim… não tem nada a ver com acreditar ou não em Deus e sim com bons modos, no mínimo.
    Vocês são tão fanaticamente iguais aos crentes de quem vocês mesmo falam mal que sequer conseguiram entender meus argumentos, de tão cegos que ficam para fazer os outros pensarem como vocês. Infelizmente, Barros, quando você escreve: “Seu Deus não existe. Seja ele o Deus cristão, ou qualquer outro em que você acredite. Ele não te protege, nem ouve as tuas orações; não mais do que o meu liquidificador ouve as minhas. E eu sei que você sabe disso.”, você soa EXATAMENTE igual aos crentes que já quiseram me convencer de que a igreja deles é melhor que a dos outros e que Jesus voltará ou sei lá o quê! Leia o seu trecho novamente trocando as negativas por positivas e… voilá, você acaba de soar exatamente como um crente, tentando CONVERTER os outros para o seu modo de pensar. Quem é bem resolvido, não fica tentando convencer os outros de nada, mas o ego de vocês (ateus e religiosos fervorosos) é exatamente o mesmo. É EGO. E num mundo cheio de ego, nada caminha bem.
    E há, sim, religiões sábias. Se vcs perdessem menos tempo vendo um vídeo de um zé ninguém que postou no YouTube com efeitos especiais e fossem ler mais sobre o assunto que querem discutir, veriam que tem vários conhecimentos advindos da espiritualidade oriental milenar, por exemplo, que estão sendo pouco a pouco provados pela sua tão amada e adorada ciência, mais especificamente a física. (lembrem-se que sou bióloga e portanto, cientista, então esse “sua” ciência é porque vcs a veem como a salvação, exatamente como os religiosos encaram Deus, Jesus, Alá ou o que seja. Inclusive, que patético o cara no vídeo, pregando o ateísmo usando um conceito puramente espiritual: ALMA. E vcs acharam lindo!)
    Agora uma reposta ao Amantdog:
    Meu caro, tenho pena de você. Leia mais um pouco, frequente aulas de interpretação de texto e quem sabe um dia você conseguirá ler um texto e entender sobre o que ele diz. Sua resposta à minha primeira argumentação não poderia ser mais descabida! Será que vc não entendeu que foi EXATAMENTE isso o que eu quis dizer, ó tolo? Vc falou algo que soou completamente contra vc, coitado, e foi exatamente o que eu disse: que o vídeo de que vc tanto gostou é exatamente igual ao que os pastores fazem nos cultos. Ou seja (vou explicar direitinho pra vc não se perder): você é igual aos fiéis de quem vc tanto fala mal: basta um vídeo bonitinho falando o que vc quer ouvir e vc está aplaudindo. Veja bem que em momento algum eu coloquei aqui minha posição sobre a minha religiosidade ou falta dela, porque eu não preciso convencer ninguém a pensar igual a mim e porque eu estou longe dos dois lados. Eu sei muito bem a minha opinião e ela diz respeito a mim, ao contrário de vcs eu não estou tentando convencer ninguém aqui de que Deus existe ou não existe. Os de cérebro mais avantajado perceberam isso, quando viram que minha argumentação era sobre o extremismo cego, que não lê o texto todo e já vai contra argumentando. Vc não entendeu foi que vc, aplaudindo o autor do vídeo, agiu igualzinho aos fiéis de quem vc fala mal. E sobre o final da sua mensagem, bem, eu tenho mais o que fazer do que discutir com alguém que acha que “bundão” é argumento a ser utilizado em conversa de adultos. Haha! Mais uma vez, a leitura te ajudará a enriquecer seu vocabulário. E vc, assim como o autor do vídeo, se mostrou completamente ignorante em relação a religiões, ao afirmar que Deus irá mandar raios e trovoadas… hahahaha! Parecia uma criança na catequese! No meu texto eu achei que tinha deixado bem claro (neste estou tentando mastigar o máximo possível pra vc) que nem todas as religiões falam desse Deus ridículo que fica castigando os homens. Esse Deus foram os próprios homens que inventaram, pra ter poder uns sobre os outros. Isso que fala são algumas religiões e se vc acha que as poucas que vc conhece são todas as do mundo, então vc precisa estudar mais. Vc também, assim como o autor do vídeo, acha que religião=cristianismo. Coitado. Eu fico irritada em ter que discutir com gente que não tem cultura. Se vc quer discutir, primeiro vai aprender mais sobre o assunto, só sabe defender um lado da moeda quem conhece os dois. Me poupe de seus argumentos infantis.
    Vocês dois (Barros e Adamantdog) falaram sobre o “meu Deus” nos seus argumentos. Não são vocês aqui que dizem que a religião é achismo e nada provado e que a ciência tem valor porque prova as coisas? Então como vcs podem usar um argumento que se baseia no achismo? Porque me perdoem se eu perdi a parte em que eu disse quem é o meu Deus, a minha religião ou sequer se eu acredito nisso, mas até onde eu lembro, essa informação não foi passada. Para todos os efeitos, isso é algo que vocês estão SUPONDO. Ah, espera! Quem supõe as coisas sem ter certeza são os religiosos! Ops! Pois é… vcs são todos iguais. Fanatismo é tudo igual, tudo cego. Foi interessante conhecer, mas já vi que aqui não tem nada pra me acrescentar. O único que disse algo interessante foi o Vanderlei, que acho que não está tão fanático e conseguiu visualizar que todo extremismo é negativo.
    Muito obrigada pela discussão, garotos! Até mais!

  19. Mirella, você é uma mocinha bem inteligente e argumentativa e escreve muito e escreve bem! Será sempre muito bem-vinda aqui. Sério. Pelo menos por mim… rsrs

    Eu não sou um ateu fanático. Eu só não consigo entender como as pessoas não usam seus próprios cérebros para destroçarem as alegações que se fazem para se tentar ver Deus nesse universo. Aliás, eu consigo entender sim: o negócio se chama fé. Fé é apenas acreditar por acreditar.

    veriam que tem vários conhecimentos advindos da espiritualidade oriental milenar, por exemplo, que estão sendo pouco a pouco provados pela sua tão amada e adorada ciência, mais especificamente a física.

    Você poderia citar um conhecimento advindo da espiritualidade. Só um. Fiquei curioso… rrssr

    Volte sempre, querida.

  20. Ah, e faltou explicar o lance lá do plano de saúde e do alarme do carro. O que eu quis dizer, e parece que não disse, é que o crente em Deus (que faz questão de espalhar aos quatro ventos que seu Deus lhe protege, que ouve suas orações, que faz milagres, etc.), pois bem, o crente em Deus age do mesmo modo que eu, um ateu, que não espera por favores de Deus nenhum.

    Faça uma oração ao seu Deus. Ela poderá ser atendida ou não. Eu faço uma oração para o meu liquidificador. Ela poderá ser atendida ou não. Foi isso que eu disse. Como Deus não existe, as pessoas tentam se convencer do contrário. Até aí, tudo bem. O pró começa quando elas tentam convencer um cara como eu…

    É isso por hoje… xau.

  21. O Barros ama se inspirar nas historia do Midinho.
    Gostei daquela que fala de balaão.
    ________________________________
    Ideal para crianças, fala a linguagem Deles.

    Agnvs AB+

  22. Mirela,
    Não entendo este entendimento de sermos radicais. Apenas por sermos incisivos ou eloquentes não significa que sejamos cruéis. Pois vou-me confidenciar. Eu, aceito perfeitamente e até frequentos cultos, candomblé, ubanda, catolicismo…e até budismo….

    Entendo todas como questão cultural……no entanto, querida amiga, acredito que seus cultos devam ficar restritos aos seu respectivos templos…

    O que questionamos é que religião deve ter seu lugar. Não se deve confundir com ciência, nem com Estado, nem com educação…ou seja, pode-se ter aulas de religiões e não de uma só, por exemplo a judaico-cristã….

    E quanto ao budismo uma doutrina sem deus, e o seu intento encontrar o “nirvana”, onde ninguém sofre…é lindo com o resopeito aos animais…

    Mas todas essas doutrinas, ou religiões com deuses ou não…não encontram guarida no mundo da ciência ou tecnologia, nem deve ser considerada por sua fé como verdade das coisas….todos tem o direito de culto, acreditamos nisso…mas religião é apenas uma diversão e não algo importante a ponto de decidir os caminhos da humanidade.

    Tudo que entra espiritualidade, sobrenatural, não passa de falácia. enganação…invencionice para desviar da relidade nua e crua….mas é válida..porém não serve pra nós ateus….ter fé, siginifica acreditar sem provas..só com um sentimento pessoal….

    Até hoje não nos serviu, a chamada espiritualidade, porque realmente somos materialistas, mas humanos….mas estamos abertos às considerações e argumentação dos que creem..

    É verdade quando falamos que não sentimos deuses, nem espíritos, nem espiritualidade, nem milagres, nem forças, nem nirvanas, nem macumbas, nem pseudo-ciencias, nem horóscopos..que sçao farinha do mesmo saco, com objetivos diferentes…

    Agradeço sua educação….

  23. Mirella vou ser bem sincero ; da pra voce ser bem suscinta?
    afinal tua capacidade de pensar é tão gigantesca (nossaaaaaaa)
    Que mulherzinha arrogante; prepotente e soberba tudo que vc falou serve pra vc tb.
    O cara qeu postou o video aqui foi o Fabio se vc ta se referindo a ele tb neste teu textinho de gente que quer ser o qeu não é!! coloque ai pra nós então um texto tb.
    acredito que vai ser bem vindo como o Barros bem disse.

  24. Eu não perderia meu tempo tentando explicar as coisas pra ela não Saracura afinal ela nem leu os posts aqui do site e ja chega julgando e achando a dona da verdade.

  25. Ah Mirella outra coisa antes qeu eu me esqueça ja qeu vc disse qeu o pessoal aqui é igual aos crentes etc e tal.
    Leia os comentarios dos outros posts e contexte (por favor aguardo)

  26. Errei ali no contexte = Conteste

  27. Mais outra coisa : Eu não vejo radicalismo em ninguem que comenta aqui!! pode até ser um ou outro qeu aparece ai.
    O que eu vejo são argumentos incontestavéis que ninguem ainda conseguiu derrubar.

  28. Adam,
    Fico preocupado se ela não leu e já fez esse juízo…porque gosto da paz e de dar a oportunidade de uma discussão coerente e respeitosa…

    REalmente não sei….mas fiz questão de dizer que não sou radical assim..como ela fala…

    valeu, amigo

  29. Nós todos aqui gostamos do video e oolha o que amis a Mirella disse:

    Tolos aqueles que aplaudem alguém com pouco conhecimento, porque devem ter menos conhecimento ainda

  30. E pra finalizar gostaria de parabenizar o Fabio pelo video ; porque eu como teísta me senti mais liberto ainda de religião e mais perto de Deus (eu sei qeu Deus para os ateus é um delirio)
    Mas eu fiquei pensando como Deus é gigantesco que maravilha os religiosos não tem nem a noção do tamanho disto qeu vimos no video.
    Quero ser mais tolo ainda amigo Fabio se tiver mais videos destes por favor não se intimide com uma qualquer qeu fez uma faculdadezinha e se acha.

  31. Qual será a parte do vídeo que a Mirella não gostou? Não concordo com a afirmação de que o autor só fez uma boa edição com música de fundo emocionante e esqueceu do conteúdo. Existe conhecimento sobre Astronomia e Física ali. A Mirella fala em “essa sua ciência” como se não fizesse parte do grupo de pessoas que trabalha para divulgá-la ou acrescentar-lhe mais conhecimento. Sendo ela uma bióloga evolucionista, imagino que faça parte de desse grupo.

    Imagino que a Mirella tenha notado que o vídeo tem som original em inglês e que, portanto, o autor se refere ao cristianismo por ser a religião dominante em seu país. É também dominante no nosso, portanto estaria mais longe de nossa realidade se o autor estivesse falando sobre outra religião. Existem outras iniciativas criticando outras religiões também, como por exemplo, blogs ateus em países islâmicos. São pessoas bem corajosas.

    Quanto à questão do conhecimento, ele está aí fora, pronto pra ser absorvido por quem quiser. Não imagino que o pessoal aqui (incluindo a mim) tenha o nível de estupidez que você menciona. Por que estupidez? Seria por não considerar a existência de divindades ou rejeitar explicações fantásticas devido ao fato de que não há evidências?

  32. Fábio Paiva,

    Penso que, se ela tocou-se, foi direto ao cerne da ignorância teísta. Ela se diz Bióloga, mas parece que não defende o evolucionismo. Não seria contraditório?

    Uma bióloga que acha que os animais podem ter vindo de Adão e Eva. Parece uma crente com raiva da apresentação sensacional do contraditório e nada mais.

    Em algum ponto ela quer defender a espiritualidade oriental. “espiritualidade” é vendida como algo mágico, que remete ao sobrenatural. Parece ser a tônica dela.

    Não nos afeta esse tipo de colocação. Na maior parte somos materialistas e do lado da ciência. Se ela apenas quis registrar seu descontentamento com a posição firme, tudo bem. Mas nos chamar de radicais é querer apelar pra falácia “Ad hominem”, onde se ataca a pessoa por falta de argumento pra idéia central.

  33. prezada Dra. Mirella

    gostei muito das suas colocações e concordo plenamente pois ja disse: varias vezes que Ateismo é uma crença baseada no achismo.
    E o que eles condenam nas crenças alheias fazem igual o muito pior.
    Até escrevi um texto no meu blog:” Os ateus são crentes” em http://WWW.religiaodeuslivre.wordpress.com
    Voce é minha convidada a ler e fazer o seu comentario.
    Concordo com voce que religião e ciencia devem caminhar juntas.
    Pois sem ciencia pouco conseguimos fazer.
    Sem Deus e sem fé nada faremos, nem seremos.
    Eles são como plantas a espera da chuva para poderem crescer até o ceus.
    Exigem de Deus o mundo perfeito,onde Deus deu todas as condições para que eles mesmo aprendam a construir dignamente e com meritos próprios.
    Fico contente que finalmente uma pessoa esclarecida da ciencia humana venha comentar com bom senso, espero que não se sinta intimidada quando os ataques apelativos dos ateus começarem, pois provocados eles costumam atacar em bando um puxará o seu pé e outro morderá a sua cabeça, se se voce persevera eles acostumaram com a sua presença e aprenderam a te respeitar devido a sua autoridade moral.

    tudo de bom.

  34. Vanderlei afirma:

    (…) Ateismo é uma crença baseada no achismo.

    Errado. Ateísmo é apenas a falta de crença em um deus. Achismo seria acreditar que existe um ser superior que criou tudo e instituiu “leis divinas”, sem conseguir apresentar uma prova sequer de que ele existe. Aliás, o próprio fosita Ateismo reconhece que não pode provar, logo, não são palavras minhas.

    Vanderlei afirma:

    Concordo com voce que religião e ciencia devem caminhar juntas.

    Por que motivo? O que o forista Vanderlei vê de tão semelhante entre as duas?

    Pois sem ciencia pouco conseguimos fazer.

    Concordo.

    Sem Deus e sem fé nada faremos, nem seremos.

    Não concordo. A ciência não necessita da hipótese de deus. O cientista pode acreditar em um deus, isso é com ele, mas ele não entra na ciência. Quando muito, é mencionado na Cosmologia, já que esta agora trata de questões que antes só as religiões tratavam. Mas ninguém usa deus nas equações.

  35. Mirella Prado diz:

    tem vários conhecimentos advindos da espiritualidade oriental milenar, por exemplo, que estão sendo pouco a pouco provados pela sua tão amada e adorada ciência, mais especificamente a física.

    Poderia citar um ou dous desses conhecimentos? Fiquei curioso. Poderia citar as fontes em que se baseia? Há artigos publicados que passaram por “peer review”?

    Agradeceria pelas respostas.

    Att.

  36. Ratificando: onde se lê Aliás, o próprio fosita Ateismo reconhece que não pode provar, logo, não são palavras minhas., leia-se

    Aliás, o próprio forista Vanderlei reconhece que não pode provar, logo, não são palavras minhas.

    Desculpem a nossa falha.

  37. Hahaha Vanderlei essa foi boa, você acredita em um deus que não deixa evidências e nós que “achamos” que ele não existe hahaha.

  38. Errado. Ateísmo é apenas a falta de crença em um deus

    bom aqui houve um consenso, eu tambem concordo que isto é errado mesmo! hehehhe!

    Ateismo é a falta de crença em um Deus, mas é tambem a fé convictua em uma crença sem provas da inexistencia divina.
    Sua razão é por não verem razão nenhuma na criação, assim um diz ao outro voce concorda comigo? Sim! então voce tambem tem razão!
    Sua maior evidencia é a sua falta de evidencia.
    Sua inteligencia diz que não pode existir inteligencias superiores a dos homens.
    Por isso dizem que toda criação inteligente é fruto do aleatório acaso o deus deles é a sorte burra sem nenhum objetivo pré estabelecido.
    O dia que um burro der a luz a um sabio, eles terão encontrado uma evidencia cientifica que estavam certos, por isso ateus continuem tendo muita fé neste teu deus “o acaso”.

    Mas na sua limitação, não podendo provar essa inexistencia divina,se deram o direito em apelar para isenção do “onus da prova”.

  39. E Vanderlei já que falou tanto em evidências quais tem do seu deus que não exijam e fé e quais evidências tem contra os outros deuses já que eles também não deixam evidências ?
    Hahaha.

  40. “Mas na sua limitação, não podendo provar essa inexistencia divina,se deram o direito em apelar para isenção do “onus da prova”.”

    Caro covarde vanderlei. Voce está errado de novo.
    Voce é limitado, como provam as “surras” que voce leva aqui, e voce não está livre do onus da prova, só porque é arrogante demais para reconhecer o quão infantis são eus “argumentos” e que como eles estão sendo facilmente detonados aqui.

    Mas continue postando, voce nos diverte e presta um grande serviço ao pensamento cético mostrando a covardia, desonestidade e arrogancia de sua posição aqui.

  41. Vanderlei diz:

    Ateismo é a falta de crença em um Deus, mas é tambem a fé convictua em uma crença sem provas da inexistencia divina.

    Isso é invenção sua. Você não consegue compreender nada sem recorrer ao conceito de fé. Agora, é curioso que não haja provas de existência, não é? Mais curioso ainda é que você ora afirma possuí-las, ora afirma não ter nenhuma.

    Sua razão é por não verem razão nenhuma na criação, assim um diz ao outro voce concorda comigo? Sim! então voce tambem tem razão!

    Por que se deveria abraçar a idéia de um criador, se não há provas dele?

    Sua maior evidencia é a sua falta de evidencia.

    Não tenho nenhuma evidência de que você não assaltou um banco. Devo, por isso, denunciá-lo à polícia dizendo: “Sr. Delegado, não posso provar que o Sr. Vanderlei não assaltou um banco; não tenho um vídeo de segurança, não possui fotos e nem sequer uma confissão. Mas, só por precaução, não é melhor deixar nossa arrogância de lado e presumir que ele o fez? É certo que também não há evidência de que ele o fez, mas isso deve pesar menos, coisa com a qual o próprio Sr. Vanderlei concorda.

    O dia que um burro der a luz a um sabio, eles terão encontrado uma evidencia cientifica que estavam certos, por isso ateus continuem tendo muita fé neste teu deus “o acaso”.

    O deus do acaso não existe. Você o postula por sua dificuldade em aceitar que o acaso é um das forças poderosas em ação no mundo. O acaso amedronta e não gostamos de pensar que as coisas não tem um guia por trás, uma espécie de Big Brother Divino que fez tudo, ordenou tudo e estabeleceu as regras que regem o mundo. O acaso não é um deus, não tente personificá-lo.

    Agora, se puder, gostaria que esclarecesse essa estória de burro parindo sábio. Isso seria prova de quê, afinal?

  42. ´volta dra. Mirella !

  43. Hehehe o Vanderlei anda por aqui tentando “recrutar” pessoas para o deus que ele inventou, tanto que para certos crentes(ou não) ele faz uma graça e manda para o site dele hehehe.

  44. A apresentação é realmente muito bonita e adoro coisas assim que monstram um pouco do que ja conhecemos…
    Sabe, estive pensando…se eu estiver errada me batam ^^

    Sou bióloga, e tenho uma pequena queda pelo estudo do universo.

    Voces vão rir de mim, mas o fato é que todo o conhecimento que adquiri, sobre a grande maioria de organismos terrestres e os corpos celestes ( é um conhecimento pequeno confesso) me faz acreditar e muito na existencia de um Deus superior.
    Como dizia Carl Sagan: o Cosmo vive em nós, porque somos parte dele…a visão desse universo me deixa estupefada.
    Por isso eu… Katinha aqui não consigo desmembrar essa grandiosidade de um ser maior por trás disso
    o video é lindissimo mesmo… mas existe uma linha basica que acho bom separar.
    Deus e religião não são a mesma coisa.
    Deus é perfeito assim como a sincronia de morte e renascimento do universo também é perfeita.
    Mas nós humanos somos intelectualmente limitados, emocionalmente primitivos, e facilmente amedrontaveis.
    Logo, tudo que fazemos para entender a Deus da em porcaria… as grandes religioes são um exemplo
    é natural da nossa especie ter duas reações quando não entende algo:
    ou ignoramos e fugimos
    ou atacamos e destruimos.
    a maior parte das religioes mostra isso… por serem dirigidas através de conceitos humanos.

  45. Kats, Deus não tem nada de perfeito. Isso me referindo ao personagem mitológico bíblico. Nada. Nada de perfeito. Na verdade, na verdade, o Deus cristão é uma divindade com sérios problemas mentais.

    Está na Bíblia. Basta ler.

    Os crentes leem. E continuam a dizer que Deus é perfeito. E por que eles fazem isso? Talvez pelo mesmo motivo que um leitor meu diria que eu sou o melhor escritor que ele já leu, comigo à sua frente empunhando uma metralhadora ponto cinquenta apontada para o seu tórax.

    — Você gosta mesmo dos meus textos? Fala!! Gosta???!!! FALA, PORRA!!!

    — Gosto, Barros! São… são… são PERFEITOS!!

  46. Continuando, Kats [eu interrompi porque tinha entrado um “Jesus” no blog, aí eu fui lá ver se era “o” Jesus… Ufa! Continuo sendo ateu: não era.]

    Ficaria honrado se você lesse esse texto aqui: De olhos bem fechados

    Está em 22 partes, todas linkadas nesse primeiro post da série. Lá eu acho que esclareço — sob o meu ponto de vista — esse ponto que você abordou.

  47. Deus é perfeito assim como a sincronia de morte e renascimento do universo também é perfeita.

    Pelo que sabemos, não é necessário recorrer a um ser superior para explicar os fenômenos da natureza, da mesma forma que não parece ser necessário recorrer a uma tal figura para saber qual vai ser o futuro do universo. Nesse caso, por que seria necessário recorrer a essa figura superior para explicar como o universo surgiu?

    Existem eventos no mundo quântico que não tem causa, do modo como estamos acostumados a pensar. Um exemplo é o decaimento radioativo de um átomo em uma amostra. Pode haver condições para o decaimento radioativo, mas nada garante que ele vá ocorrer. É provável que o universo não tenha tido uma causa, apesar de essa ser uma idéia muito difícil de aceitar. Não quer dizer que tenha surgido do nada (já que o nada é um sinônimo de ausência de tudo, e não é uma entidade que tenha potencial para gerar algo), mas que pode não ter tido necessariamente uma causa, ou seja, não houve um gatilho disparado por uma consciência superior que algumas pessoas gostam de enxergar na natureza.

    A grandiosidade do universo, que você cita, não necessariamente pode levar alguém a pensar num criador nem é evidência de que há uma inteligência superior por trás disso tudo. Caso contrário, seria evidente a todos, mas sabemos que há pessoas que não sentem a presença de uma entidade superior. Considerar a existência de uma entidade assim, a meu ver, seria mais uma questão de escolha pessoal.

    Agora, o que é exatamente essa sincronia de morte e renascimento do universo e porque ela é perfeita?

    é natural da nossa especie ter duas reações quando não entende algo:
    ou ignoramos e fugimos
    ou atacamos e destruimos.

    Será que é sempre assim mesmo? E em todas as circunstâncias? Em ciência a postura é diferente. Lá, quando não se entende algo, busca-se respostas.

  48. Todo Verme é Ateu!

    Um ser que vive de baixo da terra, não tem conhecimento do sol nem da sua existencia então voce tambem não existe!
    Se um verme tivesse uma consciencia superior a do outro diria acredito que existam seres superiores a nós vivendo em outro mundo o qual ainda desconhecemos, então o verme ateu diria :
    Voce é um esquizofrenico vivendo de ilusões e fantasias, eu ja te falei : Ser Superior e homens não existem pois na nossa ciência não ha nenhuma evidencia que eles possam existir.
    Voce ja viu ou falou com um deles?
    O fato do verme ser ateu e ainda não possuir consciencia ou ciencia suficiente para conhecer o homem, ele não existe ?

  49. bióloga Deus vida e sensibilidade, tudo haver!

  50. “é natural da nossa especie ter duas reações quando não entende algo:
    ou ignoramos e fugimos
    ou atacamos e destruimos.”

    Há outras reações. Alguns, por exemplo, inventam uma “explicação” e se contentam com isso, outros querem entender e se debrussam em cima do assunto.

  51. “Todo Verme é Ateu!”

    Seu deus cristão tambem é ateu! Ou ele acredita em deuses?

  52. Se conhecesse ou entendesse melhor a biblia saberia que Jesus disse: “Sois deuses”

  53. “Todo verme é ateu”

    Esta é uma suposição indemonstrável, talvez haja entre os vermes um verme picareta que diz se comunicar com o Grande Ser Vermicular Criador Do Universo com a intenção de ganhar posição de poder entre os vermes e dominar e manipular as sociedades vermiculares.

  54. voce tem razão religião e politicas sempre andam de mãos juntas .

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: