Idiotas são os outros

 

 

 

 

As forças da natureza parecem muitas vezes gigantescas, malévolas e alheias às preocupações humanas. Dispersos pelo planeta, os vulcões exibem todo o poder da natureza em seu aspecto mais assustador. Na Big Island, a maior das ilhas do arquipélago do Havaí, os vulcões cuspiram, ao longo de centenas de milhares de anos, sua lava escaldante por toda a paisagem e o oceano ao redor. O Kilauea, nas encostas sudeste do vulcão Mauna Loa, é uma das maiores e mais ativas crateras do mundo.

De acordo com as crenças dos ilhéus, é lá que vive Pele, uma deusa violenta e punitiva. Irmã de uma deusa do mar e de um deus-tubarão, Pele foi obrigada pelo pai, que não suportava sua cólera, a abandonar a terra natal, o Taiti. Ela atravessou o Pacífico numa canoa, perseguida pela irmã vingativa, Namaki.

As lutas infindáveis entre as duas formaram as ilhas havaianas, segundo essa tradição. Pele mergulhava um pedaço de pau no mar, libertava a lava e fazia um buraco escaldante para nele viver. A invejosa Namaki criava ondas gigantescas, apagava o fogo e transformava a lava em rocha. Pele andou de lugar em lugar, acabando por fixar residência na Big Island. Sua enorme montanha, Mauna Loa, era tão alta que ela podia viver sem ser incomodada pelas ondas de Namaki. Dentro do Kilauea Pele continua uma deusa desconfiada, sempre pronta a ter explosões de cólera. Ela circula entre os habitantes da ilha, dançando e paquerando os humanos, muitas vezes acompanhada por seu cão branco, e fica furiosa quando um amante a repele. Briga principalmente com Poliahu, deusa da neve, que habita os picos de Mauna Kea e Mauna Loa, com quase 4.270 metros de altitude. Pele acabou por personificar a consciência social da cultura humana da ilha. Assim, suas explosões seriam uma reação à crueldade dos homens, sua ganância e seu orgulho, e sobretudo à ideia errada de que os seres humanos podem igualar ou superar os deuses em entendimento ou poder. A tal arrogância, dizem os mitos da ilha, ela responde com uma erupção de lava ardente, fumaça densa e cinzas fumegantes. Os havaianos colocam colares de flores tropicais (conhecidos como leis) nas proximidades das cortinas de fumaça para expressar seu humilde respeito pela deusa e esperar que Pele tenha compaixão e os poupe.

Essa mesma ligação entre o mundo natural, a ordem moral e o poder divino está expressa na história de Tor, o deus do trovão das sagas da Escandinávia e da Islândia. O ribombar dos trovões indicava que ele estava no céu, brandindo seu martelo. Lançado a grande distância para abater um inimigo, o martelo mágico fazia um círculo e regressava à mão de seu proprietário — que também o usava para santificar coisas e pessoas com seu toque.

Tor luta incessantemente com Jörmungand, a serpente cósmica que rodeia o mundo e simboliza o mal. As sagas vaticinam que ambos se matarão no Ragnarök, termo nórdico primitivo que significa o Destino dos Deuses, um tempo futuro de trevas, inverno e caos, em que o Sol perderá o brilho, as estrelas desaparecerão e a terra se afundará em chamas no mar.

Só os justos sobreviverão, num grande salão de ouro. Por enquanto, porém, o Universo caracteriza-se pela luta constante entre Tor e o mal. E o trovão provocado pelo martelo de Tor continua a ecoar pelos céus.

 

(Do livro História das Religiões)


Eu transcrevi o resumo desses mitos acima porque sei que você não acredita em nenhum deles, seja ateu ou cristão. Entretanto, seres humanos iguais a você já consideraram, sim, essas histórias como sendo parte da realidade do mundo em que eles viviam, assim como, ainda hoje, pessoas acreditam nas coisas mais idiotas possíveis — do nosso ponto de vista, claro, porque, do deles próprios, nós é que somos os idiotas da história, por não conseguirmos enxergar a verdade.

A verdade sendo o que nos chega por herança.

A verdade sendo repleta de mágica.

Enquanto caminhava por uma floresta, a esposa grávida de um rei viu surgir por entre as nuvens duas figuras celestiais que derramaram água e flores de lótus sobre sua cabeça. Foi então que ela começou a sentir as dores do parto e encostou-se a uma figueira. Do lado do seu corpo brotou uma criança resplandecente, que já sabia andar e falar: “Este é meu último nascimento”, disse o recém-nascido que, mais tarde, seria chamado o Buda.

Todos esses mitos bobinhos acima em nada são diferentes daquele que conta que um ser todo-poderoso criou tudo o que existe para um certo macaquinho de estimação, feito à sua imagem e semelhança, que, depois, irritou seu criador e foi expulso de um jardim encantado por causa da macaquinha que foi feita de uma de suas costelas ter sido ludibriada por uma cobra falante e tê-lo convencido a comer uma fruta mágica.

Mas, se você é cristão, não vai achar esse mito idiota; muito provavelmente nem mesmo ache que isso é um mito.

Idiotas são os outros.


Anúncios

10 Respostas

  1. Ai Barros vai se preparando ai que o Cristiano falou qeu vai chamar o fodão da igreja pra vir aqui derrubar os ateus nos argumentos. ( tomara qeu seja verdade vai ser muito legal vou me divertir e aprender bastante)

    Outra coisa eu tenho um texto em ingles que expõe o que eu penso atualmente sobre religiões.
    Vou tentar traduzir e quero saber se posso postar ele?!

  2. Se é mesmo verdade que um pastor vai aparecer por aqui, sugiro a todos que escondam suas carteiras e bens imediatamente, qualquer movimento suspeito não hesitem em chamar a polícia!! rs!!!
    Pra variar, muito bom post!!!

  3. Mas esse pastor vem para debater ou nos exorcisar?

  4. Digo isso porque o Criastiano saiu assim meio como aquele moleque que levou surra na escola e saiu dizendo: “Vou contar pro meu pai e voces vão ver!”

  5. ADAMANTDOG, fica valendo o “acordo” (rsrs): sempre que vc tiver algum texto que queira publicar, basta me mandar por e-mail, que eu publico no dia seguinte, exceto às segundas, que é o dia do Saracura. Já tô curioso pra ver esse aí…

    Muito obrigado aí pelos elogios — sempre muito bem-vindos rsrsrsrsr, e fico contente que tenham gostado do texto de hoje.

    Quanto a esse pastor aí, duvido que dê as caras. Por quê? Porque ele não vai ter nenhum lucro com uma suposta conversão nossa; então, pra que vir aqui gastar saliva “De Graça”??? Isso seria inconcebível. Esse povo não faz nada por “tesão”. Eles fazem por grana. São como garotas de programa.

  6. hehehehe….

    Pô, Barros, assim voce ofende as integrantes da profissão mais antiga do mundo! Um pouco de respeito aí!

    Agora, crentes como o Cristiano são do tipo “gerrilheiros”, vem, fazem um ataque e saem correndo pra não serem pêgos.

    Já o Hagnus e o Vanderlei usam uma extratégia muito parecida com a dos criacionistas. É como já foi dito, discutir com eles é como jogar xadrez com um pombo, ele derruba as peças, caga no tabuleiro e volta voando pra casa cantando que ganhou o jogo…

  7. Samurai, vou roubar essa sua frase sobre jogar xadrez com pombo e postar no meu twitter!! Descaradamente!!! KKKkkkkkk Perfeita a comparação!!!!

    E você está certo! Me perdoem, garotas de programa, por tê-las comparado com essa escória de pastores evangélicos!!! Não foi minha intenção ofendê-las. Mesmo porque pagar por sexo é muito mais útil e prazeroso do que pagar pra ouvir um médium que diz ouvir e interpretar as vontades de um ET todo-poderoso, mas muito burro.

  8. Barros, pode usar a frase, mas ela não é minha.
    Não me lembro agora de quem é…

    Aqui tem umas interessantes:http://ateusdobrasil.com.br/frases/ateus-famosos/

    Mais umas:
    “Afirmo que ambos somos ateus. Apenas acredito num deus a menos que você. Quando você entender por que rejeita todos os outros deuses possíveis, entenderá por que rejeito o seu.” Stephen Henry Roberts

    “Eu rezei por vinte anos mas não recebi nenhuma resposta até que rezei com as minhas pernas.” Frederick Douglass, escravo fugitivo

  9. Como um crente não consegue entender que sua historinha fantasiosa é só mais uma?

    Sumurai,
    Ri muito do jogo de xadrez! he!he!

  10. Uma notícia para o Vanderlei e para o Hagnus:

    Os executivos do Panamericano roubaram uma grana, agora o grupo Silvio Santos vai precisar de $ para cobrir o rombo.

    Quem vai pagar a conta? :-)

    http://noticias.uol.com.br/ooops/ultimas-noticias/2010/11/12/sbt-confirma-que-negocia-venda-de-horario-para-evangelicos.jhtm

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: