A Cobiçada Vagina de Nossa Senhora (parte final)

 

A virgindade da mãe de Jesus não constava dos textos originais do livro sagrado dos católicos, tanto que há outras denominações religiosas cristãs que nunca aceitaram a Imaculada Conceição de Maria. E essa discordância, vale dizer, é um tremendo de um contrassenso. Por que esses outros crentes acham que uma mulher conceber, dar à luz e permanecer virgem deveria ser algo assim tão absurdo, num mundo onde eles acreditam, como os católicos, que é possível conversar com jumentas e cobras, caminhar sobre as águas, transformar água em vinho e ressuscitar os mortos? Isso não faz sentido.

Mas o cuidado da Igreja Católica em manter-se fiel ao seu dogma, mesmo tendo ciência de que os originais bíblicos não o sustentam, faz sentido, sim. E é muito mais do que uma simples questão de princípios, pelo que, talvez, um papa não devesse contradizer um outro papa. É uma questão de marketing.

Depois de dois milênios de publicidade e de consolidação da marca, o Vaticano não cometeria a estupidez de admitir que a Igreja estava errada quanto às condições do nascimento de Cristo, obrigando-se a jogar no lixo dois dogmas de uma vez só: o da Imaculada Conceição, e o da Assunção de Maria, que é uma consequência do primeiro, visto que, como Maria nunca pecou, e como a punição para o pecado é a morte, ela não poderia ter morrido.

Isso teria um impacto de consequências imprevisíveis nas cabecinhas dos seus clientes ao redor do mundo, ensinados a aceitar como verdade absoluta e imutável tudo o que a Igreja lhes apresentasse como sendo revelação divina. Um dogma é uma revelação divina.

O que, então, os católicos poderiam começar a pensar se, de repente, uma dessas verdades fosse desbancada por um mísero erro de tradução? Se a Igreja podia se enganar acerca da integridade de uma pelezinha translúcida no interior de uma vagina, como confiar nela para tudo o mais? E se, talvez, o surgimento da vida na Terra não se deu como está descrito no Gênesis? E se, talvez, Jesus não ressuscitou, ou se não era o filho de Deus, como, aliás, é o que pensa até hoje o “povo escolhido Dele“? E se… talvez…  nem exista um Deus?

Mas sequer vale a pena perder tempo com essas especulações, porque a Igreja Católica nunca vai mudar nada do que já foi absorvido pelas massas de fiéis, e que sempre foi tão eficazmente ensinado e aprendido, geração após geração. O Vaticano não vai correr o risco de ter que admitir um erro, por mais evidente que seja, como o do dogma da mãe virgem, e se ver, eventualmente, pressionado a admitir outro, e outro e mais outro, num efeito dominó que, seguramente, acabaria por estremecer as paredes das suas catedrais ao redor do mundo. Um papa não ousaria deixar seu pontificado para a História como o marco do declínio de uma instituição milenar. Portanto, se não em nome de Deus, em nome da credibilidade da empresa: não se mudará um jota ou um til sobre o que já foi dito e escrito sobre o nascimento de Cristo.

E que a vagina de Nossa Senhora permaneça assim inviolada, pelos séculos dos séculos, amém.

 

 

 

<< Parte 1

 

Consultei:

* Centro de Pesquisas da Antiguidade – Centro Cultural Jerusalém

* Os Dogmas Católicos

* Bíblia Católica

Anúncios

18 Respostas

  1. […] Parte 2 –  Parte 3 –  Parte final […]

  2. Olá, sou católico e senti falta logo que entrei no formspring de um católico responde: Podemos ver o Cristão responde(que é Evangélico) e o AteuResponde(que fechou, mas apareceu o OutroAteuResp).

    Pensando nisso, criei o catolicoresp, para responder às dúvidas acerca do catolicismo, religião, ciência, etc. [sim, podem perguntar qualquer coisa por lá, como: “Poque ser católico?” “Porque acreditar em Deus?” ou perguntas mais complexas para refutar argumentos, etc.]

    O link está aqui:
    http://formspring.me/catolicoresp

    Espero perguntas, e sou grato pela atenção de vocês.

    Agora, ao texto:
    1. “E se, talvez, o surgimento da vida na Terra não se deu como está descrito no Gênesis?”

    Eu acho interessante que os ateus, que se dizem os seres mais inteligentes do planeta, não consigam identificar uma mera metáfora.

    Não sei onde você encontrou no Livro do Gênesis escrito: “Eis aqui um livro de ciência”. o Gênesis não é um livro para ser científico. Na verdade, crê-se na Igreja Católica, hoje, que Adão e Eva não existiram(devido a diversos fatores que não vem ao caso tratar aqui).

    Se vocês acham que tudo que está escrito na Bíblia(tal como burros e serpentes falantes) é para ser lido no sentido literal, parte-se daí logo o primeiro engano. Os livros da Bíblia não possuem(embora algumas partes sejam literais) necessariamente as leituras como literais, algumas são apenas histórias de aplicação para fundo moral.

    2. “Mas sequer vale a pena perder tempo com essas especulações, porque a Igreja Católica nunca vai mudar nada do que já foi absorvido pelas massas de fiéis, e que sempre foi tão eficazmente ensinado e aprendido, geração após geração.”

    Essa foi, realmente, quase algo que enganou várias pessoas. A Igreja realmente nunca muda ensinamentos amplamente absorvidos, não é?

    Afinal, ainda hoje há mulheres adúlteras sendo apedrejadas dentro das Igrejas e há uma ala especial de fogueiras para as bruxas.

    Esses são exemplos de fundamentos que a Igreja reconheceu como incorretos e, mesmo com ampla aceitação pública da época, foram modificados.

    Esse trecho foi mais um exemplo de má interpretação e argumentos fraquíssimos, tal como as outras partes referentes à Maria.

    Espero contato no meu formspring:
    http://formspring.me/catolicoresp

  3. «Eu acho interessante que os ateus, que se dizem os seres mais inteligentes do planeta, não consigam identificar uma mera metáfora.»
    É mesmo, tem gente assim, que lê a Bíblia e não percebe que Deus ou Jesus não passam de metáforas.

  4. Caro Católico,
    Dê uma olhada nesse site, aqui voce encontrará todas as justificativas cristãs (católicas e evangélicas) que na verdade não explicam nada.
    http://ceticismo.net/religiao/tipicas-justificativas-religiosas/
    Voce identificará lá muitas das “respostas” católicas possiveis, se não todas.

    Espero que lhe seja util.

    Na verdade não ha muitas diferenças entre a vertente, pois a mitologia é a mesma.

  5. «Eu acho interessante que os ateus, que se dizem os seres mais inteligentes do planeta, não consigam identificar uma mera metáfora.»

    Ateus não se dizem os mais inteligentes, tem ateus até bem dogmáticos e obtusos, como muitos crentes!
    Agora o cético ateu (ou agnostico), esse não se considera mais inteligente que o crente, apenas conhece mais de história e interpretação de textos…

  6. Eu acho interessante que os ateus, que se dizem os seres mais inteligentes do planeta[…]

    Não me venha com esse espantalho, de onde você tirou essa idéia?

    “[…]não consigam identificar uma mera metáfora.””

    Isso é por que não dispomos do espírito revelador mencionado por Paulo e nem uma autoridade máxima para fins de picuinhas teológicas, assim como os protestantes.

    Agora a bíblia virou metáfora porque se tornou insustentável a teologia moderna acreditar nessas bobagens. Menos mal.


    “Eis aqui um livro de ciência”. o Gênesis não é um livro para ser científico. Na verdade, crê-se na Igreja Católica, hoje, que Adão e Eva não existiram(devido a diversos fatores que não vem ao caso tratar aqui).”

    Bastante conveniente. Uma revelação “adaptativa” graças a eisege, digo Exegese.


    Esses são exemplos de fundamentos que a Igreja reconheceu como incorretos e, mesmo com ampla aceitação pública da época, foram modificados.

    Como se tais fundamentos fossem mudados do dia para noite.

    Como disse anteriormente, uma tremenda conveniência. Tanto é verdade que o Papa evita ao máximo pronunciamentos ex cathedra, munindo antes de conselhos de teólogos que avaliam o impacto do dogma.


    Esse trecho foi mais um exemplo de má interpretação e argumentos fraquíssimos, tal como as outras partes referentes à Maria.

    E o restante do texto, não vai contra-argumentar os argumentos “fraquíssimos”? Até agora não vi você falar com propriedade da polêmica tradução do termo “almah” do hebraico.

  7. Estúpido, idiota, falacioso e sem nenhum fundamento. eu ja sabia q isso ia acabar nisso assim, mas me dei ao trabalho só de confirmar. Um texto ridículo escrito por um ridículo q quer tão somente aparecer. Hoje em dia qualquer criança q freqüente suas aulas de catequese poderia derrotar vc num debate sobre a Virgindade Sagrada de Maria. E o q é melhor, fundamentando tudo o q vc não fundamentou pra lançar suas acusações sem sentido. Lamentável

  8. Você vai ou não embora, Cristiano? Decida-se.

    Que tal refutar alguma coisa do texto? Pra que tanto Ad hominem?

    Hoje em dia qualquer criança q freqüente suas aulas de catequese poderia derrotar vc num debate sobre a Virgindade Sagrada de Maria.

    O que demonstra que você é mais ignorante que uma.

  9. Cristiano eu acho que vc ta com a mente muito bitolada no catolicismo.
    José e Maria eram judeus ; e a nova aliança só começou a valer depois da morte e ressureição de cristo.

    Sendo eles judeus ele obedeciam com fidelidade as escrituras sagradas da época(o velho testamento)

    E de onde vc tirou que fazer sexo com o parceiro qeu ama denigre alguem?

    Ja viu la biblia qdo fala que José não a conheceu até que deu luz a seu filho.

    Se ele nunca mais tivesse feito nada com ela provaveolmente estaria escrito : E nunca mais a conheceu.

  10. “Hoje em dia qualquer criança q freqüente suas aulas de catequese poderia derrotar vc num debate sobre a Virgindade Sagrada de Maria.”

    Por que o nobre amigo não nos apresenta os argumentos que qualquer criança faria? Será que não sabe? Ou não existem?

  11. O argumento é o início da catequese prega: fé demais.

  12. O que é lamentável, Cristiano, é que você não tem como defender um argumento sequer e vem aqui só pra esculhambar. E talvez ainda ache que está fazendo uma grande participação.

    Seria bom ver o que você tem pra mostrar, embora eu acredite que seja muito, muito pouco.

  13. Eu acho que tenho alguns bons argumentos ou questões que os ateus poderiam esclarecer:

    o que foi que Jesus quis dizer quando ensinou isso:

    Ame ao seu proximo como se fosse voce mesmo, só faça a ele o que gostaria que ele te fizesse pois essa é toda a lei de Deus que os verdadeiros profetas divinos deveriam ensinar .

    não levante falso testemunhos.

    hipócritas cego guiando outros cegos

    Quando o espirto do mau homem deixar o seu corpo vagara por lugares aridos, então se lembrara da sua antiga morada de carne, e voltando encontrara uma nova morada novinha e limpa então o acompanharão na sua nova casa outros espiritos piores do que ele , então sua nova morada se tornara muito pior que a primeira.

    Disse ao paralitico olha que ja esta curado va e não volte a pecar para que coisa pior que esta não te aconteça mais.
    porque voces ficam peneirando mosquitinhos e deixam os monstros da ignorancia passarem diante dos seus olhos sem perceberem ?
    porque discutem coisas que não te acrescentaram nada de bom nem faram de voce um ser melhor?

  14. Nosso amigo vanderlei parece não saber que quem escreveu o que jesus disse não foi testemunha de nada que ele possa ter dito…
    Que tal alguns argumentos reais, e menos do que disseram que jesus disse?

  15. prezado Eduardo

    Da mesma forma que voce não acredita nas palavras de jesus eu me sinto no direito de não acreditar nas suas tambem.
    Feliz ano novo ! hip…hjip…hurra!

  16. Não se trata de querer acreditar ou não. O Eduardo está certo, as pessoas que escreveram os evangelhos não conheceram jesus.

  17. Pelo menos eu existo…

  18. Vanderlei Jesus foi tão real até inventaram a data de nascimento dele hahaha.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: