O post inominável

 

Eu sou.

Eu sou Deus.

Só eu sou.

Eu sou só.

Sozinho. Solitário. Nada mais há. Nada além de mim. Eu sou tudo o que existe e sempre foi assim. Sempre eu fui. E sempre eu fui só. Sempre fui só eu e sempre foi só eu.

Mas me cansei. Se sempre tiver que ser assim, como sempre foi, eu ser tudo e nada dá no mesmo. E seria um paradoxo imbecil um Deus, que é tudo, não poder ser nada. Seria. Futuro do pretérito. Não mais será. Futuro do presente. Por quê?

Porque eu também sou o Verbo: eu faço e aconteço. Basta querer. E, aqui, vai um no infinitivo mesmo, pois eu também sou infinito. Adoro brincar com as palavras! Juro por mim! Ha-ha-ha. Um dia ainda quero escrever um livro. Ou vários. Uma Bíblia, talvez… Nossa! quantos planos! Como é bom ter o que fazer!!! Bom, chega de conversa fiada.

Vou criar o Paraíso — o Céu — onde habitarei com seres perfeitos: os anjos. Seres imortais, puros, divinos, que irão dividir o Céu comigo, que vão me amar, glorificar, adorar, obedecer. Eternamente. Não serei mais só. E terei quem me venere, quem reconheça meu poder, quem me exalte, quem me ame, quem não tenha nenhuma outra aspiração, nem deseje outro fim, que não seja se prostrar diante de mim e me contemplar embevecido com minha glória e fascinado pelo meu poder. E meu poder é pleno. Parece que a única necessidade que eu tenho é a de ser amado. Incondicionalmente. Que coisa mais estranha essa! Nunca havia reparado… Mas… enfim. Vamos lá. Que assim seja:

Pluft!

Mas não entendo. Mesmo tendo criado o Paraíso e os anjos, não estou contente. Parece que criei um monte de enfeites. Sinto-me como um artesão que fabrica vasos, que tomam a forma que ele quer e cumprem o destino que ele dá. Se fabrica um ou um milhão, dá no mesmo.

Continuo entediado. Mesmo com o amor incondicional dos meus anjos. Um amor perfeito, completo, extremo. Eu sou o Deus deles e eles não hão de querer outra coisa além de passar toda a eternidade ajoelhados olhando para mim e me amando… Arre!, que coisa mais monótona!

Talvez eu tenha uma outra necessidade ainda mais estranha: preciso me exibir. Só que meus anjos me adoram e me veneram sem que seja preciso que lhes faça absolutamente nada! Posso passar toda a eternidade sem fazer uma única mágica e, ainda assim, eles continuarão me amando e me obedecendo. É… parece que criei um monte de vasos mesmo!

Ei! por que não criar uma nova raça, então?! É isso mesmo!!! Eu sou muito sabido!! Hehehehehehe. Uma raça de seres quase iguais a mim! Com inteligência, com discernimento, com livre-arbítrio, com a capacidade de pensar, de escolher por si… Uma raça tão independente e livre que terá até o poder de não me amar, e mesmo o de me rejeitar, se assim acharem que devem!! Isso me dará muitas oportunidades para me exibir, para mostrar como eu sou poderoso! Como eu sou perfeito!! Como eu sou completo!!! E, então, fazer jus ao amor deles… Nossa!, que desafio! que parque de diversões!!

Mas já estou divisando alguns problemas… Como pretendo fazê-los inteligentes, eles vão acabar percebendo que eu não sou completo. Ora, se precisei tê-los criado! Se eu fosse completo não precisaria de nada e teria deixado tudo como sempre foi. E o diabo é que logo, logo vai aparecer um engraçadinho na internet, se valendo de qualquer bloguezinho gratuito fajuta, e vai dizer que eu não sou completo justamente por isso! E que não sou perfeito por causa dessas necessidades estranhas que tenho de ser amado e de me exibir… Ai, ai, ai… isso não vai pegar bem…

Epa! Já sei! Vou providenciar para que exista um tipo de deus maligno de baixa potência e botar a culpa nele sempre que alguém falar mal de mim! Seja verdade ou não. Huummm… Peraí… Como eles vão ter discernimento… e livre-arbítrio… já pensou se, de repente, eles acharem muita mesquinhez da minha parte ter criado todo um universo e eles próprios só para ter para quem me exibir? E por conta disso resolverem adorar o outro deus e não euzinho? Gente, que tiro no pé!!!

Arre!, eu sinto que minha ideia é boa, só que esse negócio de discernimento e livre-arbítrio não está encaixando! Poxa, isso seria essencial para dar certo a minha nova obra, para que eles não sejam mais outra fornada de vasos, de enfeites divinos; mas, também, ao que parece, é um problema muito complicado de se resolver… até para mim. E se eu tirasse o discernimento? Ou só o livre-arbítrio? Arrrrh!, esse troço de ter que decidir tudo sozinho me dá nos nervos!!!

– Ô, anjo, vem cá!

– Sim, Altíssimo!

– O que você acha de eu criar uma nova raça, inteligente, que tenha livre-arbítrio e até mesmo a opção de não me amar?

– Ah!, Onipotência, tu és Santo, Santo, Santo.

– Sim, mas o que você acha? Daria certo?

– Ó, Majestade, só tu és Deus!!!

– Meu filho, eu tô perguntando a sua opinião! Você se incomoda!? Hein?!!!

– Mas, Santidade, tu podes tudo, porque tu és o Alfa e o Ômega!!!!

– O Alfa e o Ômega o raio que o parta! Vaza daqui! VAZA!!!

– Sim, Meritíssimo!!!! A ti, toda a honra e toda a glória!!

– Vai-te embora, infeliz, antes que eu perca a compostura!!!!!  Que inferno!!!

Uia!  Tive outra ideia…


Anúncios

49 Respostas

  1. HAHAHAHA
    Eu sempre fiquei imaginando o que se passava na cabeça de Deus antes de ele criar tudo.
    Se Ele estava no nada, sem causa alguma, só existia ele, por que não se matou?

  2. HAHAHAHAHAHAHAHA

    MUITO BOM!!!!! :D

    Se importaria se eu publicasse no Livres Pensadores.org? Coloco o crédito, referência pra essa página, o que mais for necessário. ;)

    Abraço!

  3. Jonas logo voce que passou 3 dias dentro de uma baleia e depois foi cuspido ainda assim mesmo continua duvidando…é tem gente que não aprende nunca….he…he…he…he!

  4. Mário César, pode publicar sim. Depois só vem aqui e posta o link pra gente ver lá e já aproveita pra conhecer o teu site.

    Abraço.

    PS – E não dá trela pro Vanderlei não, que isso é uma metralhadora giratória…

  5. “O deus Barros”

    Eu sou Deus.
    Só eu sou. eu faço e aconteço. Basta querer.
    Um dia ainda quero escrever um livro. Ou vários. Uma Bíblia, talvez… Nossa! quantos planos! Vou criar o Paraíso — o Céu

    R: é Barros continua querendo ser um deus ? Isto te serve de consolo para amenizar a sua “inquietude”? E o desejo desesperado de encontrar um Deus que te satisfaça essa “inquietude” no conhecimento da verdade, que seja um consolo para o teu medo da morte, que te prove que morrendo o seu corpo a sua vida continuará com uma alma imortal?
    E que tudo aquilo que voce faz, sente ou pensa não tera sido em vão ou uma grande “desilusão” terminada no nada que voce prega no final das existencias.
    Isto justifica a vontade de querer se passar por um deus do ridiculo criando esses contos incoerentes.
    Mas com a sua licença gostaria de entrar no seu : “Mundo Fantastico de Barros” e seguindo o seu brilhante raciocínio vou brincar de ser o Barros:

    Tudo começou na minha infância fui coagido pelos meus pais a me tornar um religioso, ao invés de brincar fui obrigado a freqüentar um caticismo, onde minha principal preocupação era que horas ira acabar aquela tortura, pois eu não entendia nem me interessava por nada a não ser olhar as meninhas bonitas.
    Ao perceber que nada na religião iria satisfazer a minha “inquietude” em querer descobrir a verdade entre a vida e morte, me revoltei contra aquela enganação e dei o grito de alforria, em fim sai correndo para a liberdade assim a verdadeira moral que me importaria seria a minha própria moral.
    Essa liberdade me custou a descriminação, isto sim me revoltou mais ainda e só veio a confirmar que estava cada vez mais certo na minha razão.
    Mas cansado da opressão decidi ser eu o verdadeiro criador, lógico se a grande maioria estava errada, logo eu estava certo.
    Assim dei inicio a criação do : deusilusão no “FANTÁSTICO MUNDO DE BARROS”
    Em seis minutos criei esse blog e no sétimo desembestei a escrever besterias.
    Aqui me sinto realizado, já que Deus não me ouviu , não se apresentou a mim muito menos quiz atender as minhas fantasias, por vingança ensinarei que ele também é só uma fantasia.
    Assim como deus eu também criei esse meu mundinho imperfeito, onde buscarei por novos súditos iguais ou piores do que eu, pois tenho certeza que Deus não atendeu a todos mesmo, então deve existirem mais ex-religiosos frustrados e revoltados contra Deus.
    Juntos ensinaremos :
    A não existência de Deus.
    Nossa maior evidencia para isso será a nossa total falta de evidencia .
    Nossa maior lógica será a nossa falta de lógica.
    Pregaremos que a nossa jornada nos conduzirá ao grande e infinito nada.
    Finalizaremos com o nosso inteligentíssimo argumento ensinando que embora tudo que você possa Pensar, sentir ou construir não fará importância nenhuma pois o final será eterno para todos.
    Pois: “Do nada viemos para o nada voltaremos”
    Abraço!

  6. Pelo menos mundo do Barros é real, e é ele mesmo que escreve suas passagens, e não um bando de ignorantes da idade do bronze… Não adianta nosso amigo querer ser engraçado, pois seu mundo de faz-de-conta não resiste a um pouco de bom senso.

  7. O fantástico mundo do Barros é real, e é ele mesmo que escreve suas passagens, e não um bando de ignorantes da idade do bronze… Não adianta nosso amigo querer ser engraçado, pois seu mundo de faz-de-conta não resiste a um pouco de bom senso.

  8. R: é Barros continua querendo ser um deus ?

    Vanderlei, você não entendeu o texto, em primeiro lugar. Eu não quero ser um deus, muito menos o sádico assassino esquizofrênico Deus cristão. O texto está escrito em primeira pessoa, sendo que o narrador é Deus, não o Barros, muito menos o Barros querendo ser Deus. Me manda teu e-mail que eu faço um desenho no Paint e te explico melhor…

  9. Vanderbronze ..HAHAHAHA..Essa eu que inventei..

  10. O narrador é Deus ?…ha…ha…ha…ha…ha!
    É só o que tava faltando para ficar mais engraçado e sem nexo.
    quanto mais explica menos justifica!
    Saiba que os seus textos são bastante repetitivos e colocam sempre voce falando como se fosse um deus dizendo coisas ridiculas com idéias bastante distorcidas, desvirtuadas com a unica intenção de denegrir crenças diferente da sua.
    Quer criar um deus humanizado tão ridiculo só para justificar a sua falta de visão espiritual, depois como um dicipulo de lucifer diz aos seus simpatizantes:
    “vejam como ese deus é ridiculo, não acreditem nele.”

    Carlos E.

    O fantástico mundo do Barros é real
    pois seu mundo de faz-de-conta não resiste a um pouco de bom senso.

    R: sim o seu senso parece estar em concenso com dele, pois voce tambem parece fazer parte do mundo fantastico de barros deve ter se identificado no meu texto, então parabens pelo seu bom senso.

  11. Não subestime nossa inteligência! Copiar e colar partes de textos para mudar o sentido da afirmação não é honesto. Viva no seu faz-de-conta, mas com suas próprias palavras.

  12. Realmente, eu gostei da criatividade…
    Huehuehue!
    Olha, eu poderia dizer que voce e bem inteligente… Eita, cabecinha!!! rsrs…
    Esses detalhes, que voce criou, todos eles, perdem o proposito quando se ve Deus como o Proprio Tempo…
    Eh normal, quando acreditamos em algo, vermos somente aquilo que queremos… Eu sou um exemplo disso, pois ate pouco tempo era ateu e buscava a razao para responder tudo… Se quiserem a minha dica, to aqui…

  13. coloquei as dus frases separadas para dar a entender que eram separadas, mas se voce não percebeu sinto muito.
    as duas frases são suas, falta de recurso em desvirtuar faz parte da filosofia ateia não minha.

  14. Gente, calma ai…
    Sera que toda vez que o assunto eh religiao, politica ou futebol sempre da porrada?
    Vamos realmente mostrar que se pode discutir religiao…
    Eu sou de uma religiao diferente e estou aqui para mostrar, de forma logica e espiritual, meus conhecimentos adquiridos em busca da verdade…
    Vamos as questoes…

  15. Vamos lá:

    Renan, dá pra conhecer teu Deus sem o uso de alguma droga psicotrópica?

  16. Queria ver só a loucura que seria um debate da Anne (https://deusilusao.wordpress.com/2009/06/22/jesus-o-charlatao/#comment-18985), do Vanderlei e do Renan.

  17. Conhecem o personagem Murano do blogue “Um Sábado Qualquer…” ?

  18. Bom, nao importa qual seja sua crenca, todos acreditamos em um Deus ( quando eu era ateu achava q eu era meu proprio deus). Entao, devemos respeitar o Deus de cada um. Quando eu era ateu, jamais desrespeitei a crenca alheia. Eu sempre achava isso certo, a nao ser que isso faca parte da doutrina pregada pelo ateismo, o que pode configurar uma total revolta interna por nao encontrar o que se procura. No estilo infantiloide, que pula, chora e se joga no chao…

  19. Sim, parei de usar dorgas quando o conheci… Vicios de 4 anos acabram em uma semana.

  20. Sim, parei de usar dorgas quando o conheci… Vicios de 4 anos acabaram em uma semana.

  21. Ok, amigo, mas lembre-se que a diferença entre você e os ateus, é igual a um, pois nos outros deuses, você também não acredita, exceto no seu. Lembre-se que para os outros crentes de outras culturas, você também está enganado. Tudo depende de onde se nasce.

  22. Nossa, esse outro eh formidavel…
    Mas cada coisa de cada vez…
    Eu to quase criando um grupo no msn pra gente poder conversar sobre tudo isso de forma muito mais rapida.
    Acho que o farei… O que acham?

  23. Esse seu papo já é manjado, Renan. Se você achava ser Deus não quer dizer que todos os ateus o façam.

    E se você se viu livre de vícios por sua crença, bom para você. Isso não significa que seu Deus seja real.

  24. Eu sigo a doutrina do respeito, da Uniao.
    A gente vai continuar falando de criacao?
    Se tiverem alguma pergunta ou quiserem discutir algo sobre isso, me add no msn: tokio18@hotmail.com.

  25. Dhiogo, por favor, leia astentamente, seguindo as normas gramaticais… nao esqueca das virgulas… se o fizer, entendera o que eu falei sobre tudo…. aproveite pra add ao meu msn, para eu te provar q eu tenho a resposta que tu procuras.

  26. Saiba que os seus textos são bastante repetitivos

    KKKKkkkk Vanderlei, dá uma olhadinha no fim do texto: tá escrito lá “Republicação”. Deve ser por isso que você tá achando repetitivo… Agora eu vou ter que sair… vou comprar o meu “O FIM DA FÉ”, de Sam Harris.

    Resolvi me tornar um filósofo…

  27. Antes de partir, definitivamente deste blog, gostaria de dizer que vi mentes brilhantes aqui, com certo grau de memoria… Muito boas…
    Isso demonstra que tudo aquilo que eu acredito eh verdade.
    Alem disso, venho a todos, fazer um convite.
    Que procurem sobre Luz, Paz e Amor…

    Eu tenho uma revelacao a lhes fazer:

    Religiao e todo o caminho que responde as duvidas que nos temos, (de onde viemos, para onde vamos), que nos auxilia a fazer o bem, a nos unir, viver em paz. Se voce nao tem resposta para o que procura, ou vive a criar desavenca e desarmonia, desuniao, eh porque nao tem uma religiao. E como eu Aprendi em minha caminhada, precisamos de tres coisas para sermos completos e felizes:
    1. Um trabalho digno, que nos sustente e auxilie ao nosso proximo, que nao prejudique outros, que nos sintamos bem ao faze-lo…
    2. Uma religiao, que nos mostre exemplos para seguirmos no caminho do bem, que eh retissimo e super dificil de trilhar…
    3. Uma Familia, que nos mostra o significado real de Uniao…

    E depois que tivermos uma religiao, que possamos entender que cada uma atende a um grau de compreencao das pessoas que aqui habitam… e que, por isso devemos respeitar cada uma…
    Uniao, a todos…

  28. Muito bom… Eu acho que a maioria das pessoas levam esse lance de dogma muito a sério…
    Eu sou agnóstico, meu pai um católico cheio de convicções. Isso não o impede de ser para mim a pessoa mais importante nesse mundo… Quando dou as minhas opiniões ele as respeita e admira minha maneira de pensar, e quando ele dá as dele, ele quase sempre consegue se expressar, e eu entendo, mesmo achando tudo isso uma idiotice, eu entendo que é um lance de criação, e que infelismente, ele precisa disso…
    Onde quero chegar? Bom, já que somos assim, eu pude ter a liberdade de imprimir esse texto muito engraçado, e de convidá-lo para lermos juntos e assim poder dar muitas risadas…
    Acho que o importante seria haver respeito sempre, mandar dogmas a merda, para assim, começar a basear nossas decisões com base em nossas vivências, e principalmente em nossas identidades…
    Só queria saber porque dói tanto em um religioso fervoroso o fato de algumas pessoas não pensarem como ele…
    Bom, parabéns pelo texto, como disse, ótimo e estou sempre aqui… Abraços!

  29. kkkk Vanderlei, dá uma olhadinha no fim do texto: tá escrito lá “Republicação”. Deve ser por isso que você tá achando repetitivo

    R: negativo repetitivo é o argumento das suas idéias furadas.
    Salvo o texto da matrix que eu
    achei sensato, sincero e digno de ser estudado e comentado,. um em hum milhão, isto sim é quase um milagre …ha…ha…ha!

    Dhiogo
    se voce procura concordancia limite-se aos comentarios simpaticos e os elogios falsos e entendiantes dos seus amigos ateus, mas se procura sinceridades encontre nas divergencias.

    Voce esqueceu de acrescentar alem de:
    Renan oaska
    vanderlei crente livre
    anne das estrelas
    mais tres figuras importantissimas:
    Irmã Serva do Senhor
    Irmã Aurea
    mais um toque de refinamento o Saudoso crente Carlos
    nãopodemos deixar de chamar para este preciosos encontro o seu enigmatico e soberbo amigo de nome singular que teve uma rapida passagem por aqui o figurinha diferente, falava por parabolas e enigmas dele para ele mesmo.
    comunicação não era o forte dele.
    estas palavras foram feitas com total respeito in memorium.

    e para da um toque requintado

    Seria :
    serva do sr.
    irmã aurea

  30. prezado stenio
    é o que eu sempre digo em primeiro lugar o ser humano e voce ja aprendeu a praticar isso ao dizer que considera as crenças do seu pai uma idotice, mas ja aprendeu a respeita-las assim como ele tambem ja aprendeu a respeitar as suas.
    mas só queria lembra-lo que a dor ou melhor dizendo o orgulho de não ter nossas crenças aceitas pelos outros é unilateral, mas no caso dos ateus deve ser bem mais doida pelo fato de serem rejeitados pela maioria crente.
    tudo de bom.

  31. Vanderlei…

    Com certeza… Por isso estou sempre nesse site, respeito-o, e divulgo-o em meu canal… As pessoas precisam ter acesso a todo tipo de informação.
    Toda e qualquer forma de imposição é crime… O ateísmo é uma corrente filosófica tanto quanto qualquer outra escola literária, que por razões que me são mais claras eu tendo a respeitar mais que a um cristão que não consegue defender três linhas de uma opinião sem botar um escrito da bíblia…
    Um super abraço Vanderlei, e continue com o bom trabalho!!!

  32. Vanderlei, você consegue repetir o que disse sem ser tão hermético? Não entendi nada do que você disse.

  33. Queria ver só a loucura que seria um debate da Anne (https://deusilusao.wordpress.com/2009/06/22/jesus-o-charlatao/#comment-18985), do Vanderlei e do Renan

  34. Sinceramente, Vanderlei…
    Nao vejo sentido em existires…
    Nao vejo uma reflexao elevada sobre voce mesmo em suas palavras…
    So repetes o que os outros falam, amigo…
    Como um papagaio de pirata… E acaba por envergonhar teus irmaos que compartilham desta total falta de visao e discernimento que lhe sucede…
    Reflestes profunda falta de senso critico ao expor as ideias dessa forma.
    Voce so confirma o que eu acho: “A unica diversao dos que se consideram ateus e tentar negar, sob fatos hipocritas a existencia de Deus.. rs”
    Luz, Paz e Amor

  35. Venderlei, eu peco desculpas a voce pelas pavras abaixo. Eu quero saber sobre seus credo e conceitos, assim como todos os que estao nesse post. So assim poderemos tirar quaisquer confusoes que venham ocorrer.

  36. Venderlei, eu peco desculpas a voce pelas palavras abaixo. Eu quero saber sobre seus credo e conceitos, assim como todos os que estao nesse post. So assim poderemos tirar quaisquer confusoes que venham ocorrer.

  37. O Vanderlei é rechaçado até pelos religiosos.

  38. Por favor, nao me chame de religioso… Acaba por parecer fanatico…
    Mas diga vc, Dhiogo, no que acreditas?

  39. Renan,

    Acredito até onde meu conhecimento pode ir. Se você puder fundamentar seu Deus com mais do que afirmações secas, eu agradeceria.

  40. Eu quero saber no que acreditas…
    Posso?

  41. Eu sou um ateu agnóstico e não vejo motivos para acreditar em deus.

  42. Perae…
    Ateu Agnostico???
    Pelo o que eu saiba, Ateu eh ateu e agnostico eh agnostico???
    Posso te explicar o porque?
    Quer saber?

  43. A diferença entre ateu e agnóstico é mínima. Até porque não tem muito sentido ser 100% ateu, porque isso também exigiria fé. Afinal, não dá pra provar que algo não existe.

    Ainda assim, numa escala de 0 (totalmente crente) a 10 (totalmente ateu), me coloco entre 9 e 9,5. Isso apenas para dar a abertura para o caso de algum dia alguém conseguir provar cientificamente que deus existe (coisa que eu DUVIDO que vá acontecer, mas…).

    Ainda assim, caso isso aconteça e as evidências forem fortes o bastante, me convencerei, mas continuarei não louvando-o.

  44. Bom, voce achar que uma coisa eh uma coisa, bem diferente de ser. Isso vale para tentar explicar Deus com uma forma. No entanto, nao prossigo nessa tecla, ja que a luz da logica isso e apenas andar em circulos…
    So digo que se voce pratica o bem, ja esta evoluindo e em breve conhecera o que é Deus, assim como eu o estou conhecendo.

  45. Há diversas definições, nem sempre consensuais. E há o uso prático.

    Uma das definições é que “ateu” se refere a não ter CRENÇA em deus(es). E “agnóstico” se refere a não afirmar SABER com certeza se existe ou não algum deus. Daí, é válida a composição “ateu agnóstico”.

    http://www.youtube.comwatch?v=G1zxolRqRqI

  46. Ligação corrigida:

  47. A meu ver, Ateu diz ter certeza da nao existencia de Deus, mas realmente seja isso mesmo… Todos os ateus, na verdade sao agnosticos…
    No fundo do seu amago, ainda acreditam que suas preces serao ouvidas e que a prova quer querem, da existencia de Deus serao ouvidas, exatamente como procuram. Mas e ai que esta o problema… as coisas vem pela parabola… Poucos entendem, realmente…

  48. […] meus textos “Racionalizando a eternidade” e “O post inominável” abordam essa questão de duas formas diferentes e ninguém parece ter notado. Será que o fato […]

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: