O Deus que não estava lá [edição completa]

Onde está Deus?

Você já brincou de “Onde está Wally?” ?

Pois bem, esse aqui é quase a mesma coisa. Você vê, aí  acima, a foto de uma paisagem copiada da internet. Nada de especial nela, exceto o fato de ser uma foto muito bonita. Mas o que quero dizer é que é uma foto comum, sem nenhum efeito especial, sem montagem, etc. Ou seja: não estou fazendo uma pegadinha. Estou fazendo uma pergunta: onde está Deus na foto?

Espero que algum religioso possa responder. Infelizmente, esse jogo é vedado aos ateus. Só o verdadeiro crente poderá ver o Wally, digo, Deus. E aí, uma vez avistado, gostaria que escrevessem umas duas ou três linhas nos comentários, para que todos possam saber quem o achou, onde e como.

Se ninguém aparecer com uma resposta, eu serei obrigado a concluir uma dessas três coisas:

1) ou os religiosos estão apreensivos com esse teste e não querem se arriscar a passar vergonha num blog de um ateu;

2) ou os religiosos que avistaram Deus na foto não estão dispostos a colaborar comigo no meu teste, mesmo que confiantes de que não vão  “passar nenhuma vergonha”, visto que estão seguros de sua fé e saberão defendê-la;

3) ou ninguém está lendo o meu blog, e as 600* visitas/dia que o blog recebe, em média, são apenas de gente que abre o site, olha, balança a cabeça e fecha a página.

Confesso que só ficarei um pouco decepcionado se confirmada a hipótese (3).

* ano: 2011


Deus é onipresente: está, o tempo todo, em toda parte. Ele deve, então, estar na foto acima. Obrigatoriamente. Olhe de novo. Com calma.

Você não me diz onde Deus está na foto? Mas, mesmo assim, eu sei que você o vê. Talvez você só tenha se ofendido com a minha brincadeira do “Onde está Wally?”. Talvez você não tenha achado conveniente o teste que propus; talvez não queira colaborar com um ateu que parece estar querendo caçoar da sua fé. Ou talvez você só não saiba expressar em palavras que o vê, nem consiga explicar como o vê, nem por quê. Eu entendo. Mas acho que poderia ser algo assim:

Eu vejo Deus em cada pixel dessa foto digital. Deus não só está em cada coisa, como Ele “é” cada coisa. Deus está na nuvem branca, na grama verde, na terra marrom-avermelhado, no céu azul… Veja essa beleza. Veja essa perfeição. Esse equilíbrio. Essas cores. O mundo parece uma pintura feita por mãos habilidosas. Sem Deus nada disso nem mesmo existiria. Você me pergunta onde Ele está? Eu te respondo: Ele está em tudo.

Você  concordaria comigo que, se viesse de um crente, essa seria uma resposta, pelo menos, aceitável? Provavelmente, não é? Mas dizer que Deus está em tudo é apenas retórica; não tem nada a ver com a realidade. O Deus onipresente não aparece na foto porque ele não está mesmo lá. Dizer o contrário não muda isso.

“Sim, mas os átomos de nitrogênio também não aparecem na foto e, ainda assim, estão lá.”

É mesmo. Só que os átomos de nitrogênio não escreveram um livro dizendo que se parecem comigo (ou, antes, que eu me pareço com eles), nem que fizeram todo o universo em 6 dias, nem que podem interferir na minha vida, ou me recompensando ou punindo. Eu não estou interessado nos átomos de nitrogênio. Eu estou interessado em ver um Deus que as pessoas dizem que está em todos os lugares, mas que é como se não estivesse.

E ele não está lá porque é uma ilusão, como as cores. Uma nuvem não é branca. A grama não é verde. O céu não é azul. Assim como as cores não existem, Deus não existe. É preciso um cérebro para interpretar diferentes comprimentos de ondas de luz como sendo cores diferentes; mas as cores mesmo não fazem parte das coisas. Mas se, ao longo da sua vida, para onde você olha, você vê cores, isso lhe “imprime” no cérebro a ilusão de que as cores existem, e você vai acabar se convencendo de que o céu “é” azul, quando não é. Até mesmo o próprio céu, que se nos apresenta como “algo”, na verdade, não é absolutamente nada. O nosso cérebro é facilmente iludido pelos nossos olhos e, muitas vezes, vê o que nós pensamos que vemos ou queremos ver.

É preciso um cérebro humano para “ver” Deus. É por isso que ele é onipresente: ele vai estar sempre onde você estiver; você vai vê-lo onde quer que olhe, mas não porque ele esteja lá, e sim porque você está.

Deus está por trás dos seus olhos, dentro da sua cabeça. Por isso ele não aparece na foto.


O vento também não pode ser visto, mas pode ser sentido, e suas manifestações são claramente percebidas. Isso é prova suficiente de que o vento existe. Dá-se o mesmo com Deus.

Eu concordo em parte com essa proposição. E é a parte sobre o vento. Este sim é fiel: produz sempre os mesmos efeitos e tem sempre a mesma explicação. Com Deus a história é bem outra.

Seu Josias era um vigoroso senhor, apesar dos 87 anos de idade: um crente fervoroso, um cristão praticante, temente a Deus, devoto desde a mais tenra idade, leitor e estudioso da Bíblia, enfim: você já entendeu. Ele teve a bisnetinha de 8 anos sequestrada, arrancada das mãos dos próprios pais. Ao saber disso, seu Josias imediatamente passou a orar a Deus para que protegesse sua bisneta e para que a devolvesse sã e salva ao seu lar. Ele clamou a Deus para que interviesse em seu favor e, fora o susto da ação dos bandidos, para que tudo voltasse a ser exatamente como antes.

Seu Josias (coitado do velhinho) chorou escondido, sofreu calado, mas ele tinha fé em Deus; tinha tanta confiança em que tudo iria acabar bem que se tornou até o mais apto para lidar com a situação. Toda a família estava desesperada, mas seu Josias se manteve forte e seguro de que nada de mal iria acontecer, e a sua certeza era contagiante e confortou a todos.

Felizmente, algumas horas depois do sequestro, a família recebeu um telefonema de uma outra família dizendo que a menina havia sido deixada à  sua porta e passava bem, e, então, eles todos foram buscá-la, em carreata, e se inteiraram, pelo próprio relato da criança, de que os sequestradores a haviam deixado ali, sem mais nem menos, e ido embora. Ela estava assustada, mas nada de mal lhe havia acontecido.

Enquanto seu Josias voltava para casa com seu clã e com sua bisnetinha bem apertada nos braços, ele não parava de agradecer a Deus por ter ouvido suas orações.

Ora, que outra explicação haveria para isso? Viu só como Deus existe e atende às preces dos seus filhos? Que pai vai dar pedra a um filho que lhe pede pão, não é?

É. Pois é.

Só que não foi isso o que aconteceu. Na verdade, um policial havia presenciado o sequestro e acionou, de imediato, uma patrulha motorizada que estava nas redondezas, que saiu na perseguição do carro descrito pelo policial informante. O carro foi interceptado, os bandidos reagiram à bala, houve troca de tiros, e eles foram mortos e a menina resgatada com vida, mas, tendo sido alvejada, acabou ficando tetraplégica.

Dias depois do ocorrido, seu Josias contemplava sua bisneta na cama da sua casa. Oito anos de idade, uma vida toda pela frente e ela iria ter que vivê-la assim: deitadinha numa cama ou sentada numa cadeira de rodas, mexendo só a cabecinha, dependendo dos outros para tudo e qualquer coisa. A sua princesinha.

“Por que, meu Deus?”

Seu Josias, eu sinceramente não sei, embora desconfie que Deus tenha ouvido suas preces pela metade. Mas alguém terá uma explicação sim. Não tenha dúvida. Talvez Deus esteja só “testando” a sua fé e tenha usado a criança para isso (que, diga-se de passagem, não teria nada a ver com o peixe). Talvez Deus esteja punindo o senhor por alguma coisa, ou punindo os pais da menina, ou punindo a menina, ou sei lá quem. Talvez isso faça parte dos planos de Deus, que, obviamente, ninguém sabe quais são, nem por que diabos teria que envolver, obrigatoriamente, o sofrimento de uma criancinha por toda sua vida. Talvez um monte de coisa que não vem ao caso agora, porque não foi isso o que ocorreu de verdade.

O que houve, de fato, foi que o seu Josias só soube de novo de sua bisneta quando a polícia encontrou o corpo dela, alguns dias depois, num terreno abandonado a dezenas de quilômetros de distância da sua casa. Os exames iniciais, ainda no local, indicavam que a criança havia sofrido várias formas de violência sexual e que fora morta por espancamento, como atestavam os vários hematomas, dedos e dentes quebrados.

Ao saber, enfim, do paradeiro da bisneta e das condições em que o corpo dela fora encontrado, um velhinho vigoroso, apesar dos seus 87 anos, não aguentou mais ficar de pé e sentou-se, silenciosamente, no chão. Dos seus olhos arregalados, fixos no nada à sua frente, escorriam filetes contínuos de lágrimas grossas. Ele estava como que anestesiado pela dor e pelo desespero, e não conseguia parar de imaginar sua bebezinha, sua bisnetinha de 8 anos sendo estuprada por vários homens, sendo sodomizada, pervertida, humilhada… Nem conseguia se livrar da visão da morte terrível que havia sido reservada à criança: apartada da família, desorientada, sozinha em meio a estranhos, indefesa, inutilmente encolhida enquanto era chutada repetidas vezes por animais em forma humana.

Mas o que mais o atormentava, o que mais lhe doía no peito e mais lhe apertava a garganta era imaginar em que a sua bonequinha deveria estar pensando enquanto recebia os golpes repetidos, enquanto chorava seu último choro, enquanto sangrava seu sangue inocente e experimentava, na agonia dos momentos finais, toda a brutalidade do mundo e toda a dor de uma vida de uma só vez.

A sua criança, seu Josias, que sempre corria pros seus braços antes que alguém a alcançasse para lhe dar umas palmadas…


Diz o tolo no seu coração: “Não há Deus”.

(Salmos 14:1)


O texto anterior foi baseado num caso real, ocorrido, há pouco tempo, numa cidade vizinha, embora envolvendo uma menina de 4 anos de idade, e não oito. Esse tipo de barbárie não é nada raro na sociedade brasileira, infelizmente.

Eu escrevi a história daquele jeito porque achei bem provável que o crente que a lesse — e enquanto a lesse — passaria pelos seguintes estágios:

1. Até o trecho em que tudo termina bem: “Deus-Pai atendeu às preces de um filho. É isso o que acontece quando se trilha o caminho do Senhor. Não estamos sozinhos: Deus é por nós”.

2. Quando a história diz que a menina ficou tetraplégica: “Deus escreve certo por linhas tortas. Houve uma intervenção divina que trouxe consigo uma lição que apenas não compreendemos, mas que faz parte do plano de Deus”.

3. Quando tudo acaba mal: “O ser humano, ao se desviar do caminho de Deus, é inspirado pelo Diabo e usa seu livre-arbítrio para fazer coisas das mais terríveis”.

O meu argumento aqui é o seguinte:

O crente sempre encontrará uma maneira de dar crédito a Deus pelo que acontece de bom, assim como encontrará meios de desculpá-lo pelo que acontece de ruim.

Agora veja a contradição desse artifício: se, na hipótese (3), supõe-se que Deus não fez nada para salvar uma criança inocente porque os homens, desviados do caminho e inspirados pelo Diabo, tinham livre-arbítrio e decidiram fazer o mal, por que ele se meteu na hipótese (1), quando os sequestradores, seguramente desviados do caminho e inspirados pelo Diabo, também deveriam estar usufruindo do seu livre-arbítrio?

Resposta: porque Deus é apenas um carimbo que se põe nas coisas boas, quando elas acontecem. Se não acontecem, então se põe outro carimbo em cima e não se pensa muito a respeito.

Outro dia, um senhor apareceu no Jornal Nacional sendo entrevistado logo após terem encontrado os corpos de sua mulher e de dois filhos que foram soterrados dentro de seu barraco após um deslizamento de terra provocado pelas chuvas. Ele disse algo como “Graças a Deus que consegui salvar meu filho mais novo, porque, do contrário, eu teria perdido toda a minha família. Não teria me sobrado ninguém”. Não espere que algum religioso, numa situação idêntica, vá dizer que foi graças a Deus que a mulher e dois filhos morreram no desespero da asfixia, sob o barro e a lama que lhes caiu em cima enquanto dormiam. Não mesmo. O carimbo “Deus” tem uso bem específico.

Noutra notícia, na mesma edição, mostrava-se os moradores de uma cidadezinha do interior do Rio Grande do Sul, castigada pela seca, orando a Deus e pedindo o fim da estiagem. Eu, talvez, pudesse perguntar a essas pessoas por que elas oravam a Deus por chuva se foi o próprio Deus que, supostamente, “mandou” a seca. Se ele “mandou” a seca e não a chuva, por que alguém deveria pedir o contrário? Lê aqui por quê:

E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.

(II Crônicas, 7:14)

Deus quer que as pessoas “se humilhem”? Que rastejem para ele pedindo o que ele poderia dar de boa vontade? Se Deus existisse realmente, seria um chantagista mesquinho com sérios problemas psicológicos, desde carência afetiva, passando por necessidade de autoafirmação, até à esquizofrenia pura e simples.

Os povos nórdicos antigos acreditavam que os trovões que anunciavam as chuvas eram provocados pelo martelo do deus Thor, que rasgava os céus montado numa carruagem puxada por cabritos. Quando vinha a seca e muitos morriam de fome por causa das colheitas perdidas, as pessoas culpavam os duendes por terem roubado o martelo de Thor, que ficava, assim, impossibilitado de produzir o trovão e as chuvas.

Ocorre hoje, como sempre ocorreu, a mesma coisa com relação a Deus. As pessoas oram, clamam, pedem, acreditam e, se acontece o que era esperado, o que foi pedido, ah!, então foi Deus. Se acontece em parte, foi porque Deus quis assim, não ia dar tudo de mão beijada, tinha outros planos, ad infinitum. Se acontece o pior, justamente aquilo que se pedia, em oração, para que não ocorresse, aaaahh…, não culpe Deus: foi o Diabo, foi o livre-arbítrio do ser humano, é um sinal do fim dos tempos, ad infinitum.

O tolo diz em seu coração que não há Deus? Não: o tolo diz que há. Se você, crente, for um pouquinho, só um pouquinho honesto consigo mesmo, vai acabar por concluir que as coisas acontecem como se não existisse Deus algum.

E se existir, estaremos todos em maus lençóis, porque ou Deus é um cientista e somos sua experiência, ou é uma criança e somos seus brinquedos.

_____________________________

O DEUS QUE NÃO ESTAVA LÁ (o filme)

Assistir pelo YouTube:

Parte 1 –  Parte 2 – Parte 3 – Parte 4 –  Parte 5 – Parte 6 –  Parte 7 –  Parte final

Download pelo 4shared:

Parte 1 – Parte 2 – Parte 3Parte 4



Anúncios

64 Respostas

  1. Ótimo texto!

    Comecei a acessar o Deusilusão após ler um texto escrito por você no Bule Voador(“Deus, Alice e a Matrix” – muito bom por sinal) e gostaria de parabenizar pelo ótimo trabalho.

    Estou acostumado a ouvir este pensamento dos meus pais(ambos evangélicos) que se contentam com o que “deus dá”.

    É triste, mas é a realidade.

  2. Excelente! Muito bom mesmo! Parabéns!

  3. eu acho preocupante e ridículo talvez o desespero que certas pessoas tem para provar que Deus não existe.

  4. Sr . Lúcio mais preocupante do que isto é o que as religiões fazem em nome de Deus.

  5. Lúcio coloque “deuses” assim no plural hahaha.

  6. […] This post was mentioned on Twitter by Ateus – Curitiba . Ateus – Curitiba said: RT @blog_DeusILUSAO: "O Deus que não estava lá": http://t.co/BvGN5As […]

  7. […] site ateísta DeusILUSÃO, encontrei um desafio feito pelo Barros dono do blog, com o titulo de O Deus que não estava lá. É um desafio muito simples proposto por ele, bastava encontrar Deus nesta […]

  8. Aqui está uma reposta que você tanto queria:

    http://crivologico.net/2011/01/18/por-qual-deus-ele-procura-resposta-ao-barros/

    Consefo que agora sou leitor assíduo do seu blog. Até mas. Fica com Deus, melhor dissendo – Saude !

  9. Sinto muito, Daniel, mas não há resposta à pergunta no seu texto.

  10. Respondi lá no blog dele:

    Deus está por detrás da minha cabeça ? “UOW!” – Fico me perguntando como ele consegui está informação ? Será que ele leu o pensamento de todos os teístas da terra ?

    Se eu estiver de pé, segurando um lápis, e soltá-lo, ele vai cair no chão. “UOW!”, como que eu sei disso? Será que e já soltei das mãos todos os lápis do mundo? Não. É por causa da gravidade. Toda a sua “lógica” do seu Crivo Lógico só começa depois que você — ilogicamente — admite a existência de Deus. Como a gravidade, isso se deve ao seu doutrinamento infantil. À religião.

    E é hilariante a “explicação” do William Craig sobre “QUEM CRIOU DEUS?”… rsrsrs

    Primeiro, porque essa explicação validaria a existência de qualquer — qualquer — Deus. Por que o Criador seria ao Deus cristão? Poderia ser o Lord Brähma dos hindus. Tu lembra se o Craig respondeu essa? KKKkkkkkkkkkkk

    E segundo, porque podemos considerar, sim, o universo eterno, pois temos evidências de que o universo existe.
    O mesmo não se aplica a Deus. O cristão — porque, deixa eu te contar, existem milhares de deuses.

    Portanto Deus é transcendente ao universo (imaterial, atemporal)
    Tem algum problema neste raciocino ?

    Tem sim. Tem um problema enorme de lógica aí. Você está tirando conclusões com premissas não demonstráveis. Deus pode, sim, ser considerado transcendente ao universo, imaterial, atemporal. O problema não é esse.

    O problema é que, antes de me convencer de que Deus tem essas características, você precisaria demonstrar que Deus existe.

    Percebeu a “falácia” que você tá usando? Isso se chama Sofisma.

  11. Já respondi seus comentários ;}

    Até mas.

  12. Você pressupõe que se eu admiti a existência de Deus é inlógico, daria pra me provar isto? Qual sua prova para inexistência de Deus?

  13. Ilógico*

  14. Qual sua prova para inexistência de Deus?

    Eu é que tenho que te “provar” que Deus não existe, é? Mas — visto que Deus é Deus, o Alfa e o Ômega, o Onipotente, o Onisciente, o Onipresente Criador do Universo que é seu amigo e que ouve suas preces — não seria mais fácil você me “provar” que ele existe?

    Se você duvidasse da gravidade, uma coisa infinitamente mais simples do que Deus, eu teria como te provar que a gravidade existe. E com Deus? Você não consegue?

  15. Daniel prove que Allah não existe, ou o Saci hahaha.

  16. O problema é que os homens insistem em ver Deus agindo como pessoa, corrrendo de um lado para o outro para consertar o bal feito de todos. Deus aparecerá quando TODOS cumprirem o seu Mandamento: “Amar a Deus sobre todoas as coisas ao rpóximo como a ti mesmo”… aí não haverá corrupção, sequestros, mentiras…. então você me dirá… isso nunca vai acontecer! Talvez, não com todos, mas muitos, uma multidão que não se podia contar… isso vai. Deus não é apenas uma historinha… transformar pedras em pão para mostrar que existe foi a proposta do Diabo para Ele, mas Ele a recusou…

  17. Deus aparecerá quando TODOS cumprirem o seu Mandamento: “Amar a Deus sobre todoas as coisas ao rpóximo como a ti mesmo”

    Deus aparecerá? Isso é uma profecia?

    Como se manda alguém amar a outro? Amor não é imposto, se conquista. Amar a deus sobre todas as coisas é um conselho totalmente inútil, já que a chance de haver um deus é bastante remota e nula no caso de uma divindade como a descrita na bíblia cristã, já que foi inventada por tribos da era do bronze. É muito local, muito provinciano.

    E além disso, é um conselho perigoso, pois pode levar ao desprezo de alguém por parte de seus familiares, como acontece quando uma testemunha de jeová resolve deixar sua religião.

    A moral humanista tem preceitos melhores que a moral religiosa.

  18. Mas Rita cuidado Jesus mandou amar mas com moderação, se amar demais ao próximo ele não gosta.

    Mateus 10

    37 – Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.

  19. Daniel prove que Allah não existe, ou o Saci hahaha.

    *****

    Allan >> Alá ou Deus são ambos o mesmo ser, é como disser Dios ou Deus. A questão é que só muda a visão teologica.

    Antes de tudo, gostaria de explicar ao Leonardo, que, para se provar inxistencia, deve-se saber exatamente que tipo de evidência existiria caso o ser/objeto existise.

    Saci >> […] fazendo pequenas travessuras que criam dificuldades domésticas, ou assustando viajantes noturnos com seus assobios – bastante agudos e impossíveis de serem localizados. Assim é que faz tranças nos cabelos dos animais, depois de deixá-los cansados com correrias; faz as cozinheiras queimarem as comidas; ou aos viajores se perderem nas estradas

    Bom, com em tudo isso, e falta dessa evidência, posso lógicamente concluir que o Saci não existe, pois não existe evidência para ele.

    Breve reponderei ao restante do texto do Barros.

    thauzinho.

  20. Alá ou Deus são ambos o mesmo ser, é como disser Dios ou Deus. A questão é que só muda a visão teologica.

    ahhaammm…

    os mulçumanos também acham isso, sei…

  21. E Odin também é o mesmo deus que Zeus ?
    Puro papo furado.
    Jesus disse que voltava em uma geração:

    Mateus 24

    30 – Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

    31 – E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.

    32 – Aprendei, pois, esta parábola da figueira: quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.

    33 – Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.

    34 – Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam.

    Marcos 13

    30 – Na verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam.

    Lucas 21

    32 – Em verdade vos digo que não passará esta geração até que tudo aconteça.

    e mais aqui http://ceticismo.net/religiao/jesus-nao-voltara/

    Ué se não voltou e como o Saci pregando peças hahaha.

    E Allah é um deus único não 3 em um só, e continuo prove que Allah não existe e aproveite e inclua todas as outras divindades.
    Ou vai dizer que Lord Brahma também é o mesmo deus ?

  22. Ops “é como o Saci”.

  23. E reafirmo se o personagem Jesus prometeu que breve voltaria, assim como os apóstolos pregavam e nada aconteceu a religião se estagnou há 2 mil anos atrás e vive de tentar sustentar um mito.

  24. http://www.islam.com.br/quoran/traducao/s05_al_maida.htm

    A MESA SERVIDA

    5ª SURATA

    17 São blasfemos aqueles que dizem: Deus é o Messias, filho de Maria. Dize-lhes: Quem possuiria o mínimo poder para impedir que Deus, assim querendo, aniquilasse o Messias, filho de Maria, sua mãe e todos os que estão na terra? Só a Deus pertence o reino dos céus e da terra, e tudo quanto há entre ambos. Ele cria(350) o que Lhe apraz, porque é Onipotente.

    18Os judeus e os cristãos dizem: Somos os filhos de Deus(351) e os Seus prediletos. Dize-lhes: Por que, então, Ele vos castiga por vossos pecados? Qual! Sois tão-somente seres humanos como os outros! Ele perdoa a quem Lhe apraz e castiga quem quer. Só a Deus pertence(352) o reino dos céus e da terra e tudo quanto há entre ambos, e para Ele será o retorno.

    =======
    Ué para os muçulmanos os cristãos e judeus estão totalmente errados.Ainda mais os cristãos por dizerem que Jesus era Allah na Terra.

  25. Allan >> Alá ou Deus são ambos o mesmo ser, é como disser Dios ou Deus. A questão é que só muda a visão teologica.

    Isso é um modernismo inventado por quem não conhece as duas religiões: cristianismo e islamismo. As duas figuras, o deus cristão e o deus muçulmanos são diferentes. Um teria mandado o filho pra morrer e o outro não teria mandado ninguém. Quem insiste em afirmar que os dois são a mesma figura (mitológica) é porque não quer ver a contradição.

  26. Chega a ser comico vocês sabia?

    Mas… Bom, Alá e Deus, sim são o mesmo ser. Deus por definição é um ser transcendete ao uiverso. Ou seja, (Imaterial, ateporal). Alá é descrito com esta caratreistica, logo estamos falando do mesmo ser. Como já havia dito, a questão é que muda somente a visão teologica.

    ********

    Fabio Paivo, não quero discutir teologia com você, mas só digo uma coia, não se ler uma biblía tendo ela toda como literal.

    “A moral humanista tem preceitos melhores que a moral religiosa.”

    Falso, alguém que não tem moral objetiva não pode fazer comparações de quem é melhor ou pior. Isso é umaParalaxe Cognitiva.

    ******

    Sobre a volta de Jesus nesta geração, acontence que não é geração de familia, ou seculos, etc. E sim depois da morte dele. Como já conhecemos, existe o a.c e d.c . A geração que Jesus fala é a Geração Depois de Cristo, não um tempo determinado de um sec ou milenio etc.

    *****
    Lord Brahma também não possui carateristicas transcendentais. Logo, não pode ser Deus, e mesmo que fosse, então estariamos falando do mesmo ser, mas com visão teologica diferente.

  27. sorry os erros. FUI!

  28. Agora deu RRSSS

    Por falta de argumentos estão tentando juntar os deuses.

    É o desespero ; 4 x 0 aos 45 minutos do segundo tempo.

  29. Mas… Bom, Alá e Deus, sim são o mesmo ser. Deus por definição é um ser transcendete ao uiverso. Ou seja, (Imaterial, ateporal). Alá é descrito com esta caratreistica, logo estamos falando do mesmo ser. Como já havia dito, a questão é que muda somente a visão teologica.

    Os deuses hindus também são transcendentes. Eu posso criar um personagem e dizer que ele é transcendente ao universo, é imaterial e atemporal. Mas não significa que ele deva ser visto como um deus de uma das religiões monoteístas devido a isso. Nem significa que ele exista.

    Os muçulmanos insistem que Alá não é um título, mas o nome pessoal de seu deus. De acordo com a bíblia cristã, o nome do deus de Abraão é Yahweh/Jehovah e em nenhuma passagem bíblica há o nome Allah, ou Alá.

    Dentre os 99 nomes de Alá, não são citados Yahweh ou Jehovah.

    Os dois deuses prometem paraísos diferentes a seus fiéis; o de Alá é “o paraíso do prazer carnal (aquele que concede ao fiel as 72 virgens)”, o de Yahweh/Jehovah “é preenchido com o infinito amor e infinita alegria de deus (Yahweh/Jehovah)”. Portanto, são duas mitologias diferentes.

    Há mais diferenças, Daan. Procure que você vai descobrir. E vai acabar vendo que a coisa não é tão superficial quanto dizer que “Alá = deus cristão” é a mesma coisa de dizer que “deus = dios”.

    Quer mais um exemplo? Aí vai: em Jeremias (22), lê-se que deus jura por si (aliás, se não me engano, em qualquer passagem em que o deus da bíblia jura, ele sempre jura por si, apenas, já que não haveria nada superior a ele). Alá jura por muitas coisas (pelo corão, pela noite, pela lua, etc).

    Não negligencie os detalhes, senão corre o risco de fazer afirmações imprecisas.

  30. Mas Dann ele diz :

    5. OS ROMANOS QUE MATARAM JESUS PRESENCIARIAM SUA VOLTA:

    Apocalipse 1:7 — Eis que vem com as nuvens, e TODO O OLHO O VERÁ, ATÉ OS MESMOS QUE O TRASPASSARAM;

    Isso do mesmo link caso não tenha o lido inteiro, está bem claro uma geração.

  31. Bom, com em tudo isso, e falta dessa evidência, posso lógicamente concluir que o Saci não existe, pois não existe evidência para ele.

    Adoro quando crente responde as próprias perguntas.
    Substitui “saci” por “deus”, meu caro, é a mesma coisa.

  32. Hahahaha… simples e direto, Daniel. A coisa é tão clara e tão evidente.

    Eu achava que todos os cérebros eram iguais, mas parece que não são. Por que será que é tão complicado ter um pensamento crítico?

  33. “existe o a.c e d.c”

    o crente é tão egocêntrico que acha que foi criado um calendário só para ele e o seu deus (coisa que crente já me falou ser prova do deus deles – facilmente retrucado com o calendário mulçumanos provando a existência de Alah rsrsrsr)

    já ouviu falar de calendário Gregoriano e do periodo definido por ele (Papa Gregório XIII) como:

    Antes da era Comum >>> AC
    Depois da era Comum >>> DC

    http://ceticismo.net/2008/02/26/historia-do-calendario/

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Calend%C3%A1rio_gregoriano

    :-p

  34. Para Deus não faltam desculpas. Se acontece algo de bom foi pela graça de Deus. Se ocorre algo ruim foi pelo poder do Diabo, que parece ser mais poderoso que Deus; ou em decorrência dos planos de Deus, cuja razão de serem tão cruéis ninguém explica.
    Sempre há um modo de justificar o suposto ser supremo que faz do Universo o seu playground. Como se diz no filme “O Todo-Poderoso”, parece que somos formigas e Deus é um garoto mau com uma lupa.
    Isso seria deveras psicótico, caso fosse real. Não passa, contudo, de um mito poderoso, que se justifica em todos as suas faces.
    Meu blog: http://historiaereligionis.wordpress.com/

  35. Para Deus não faltam desculpas. Se acontece algo de bom foi pela graça de Deus. Se ocorre algo ruim foi pelo poder do Diabo, que parece ser mais poderoso que Deus; ou em decorrência dos planos de Deus, cuja razão de serem tão cruéis ninguém explica.
    Sempre há um modo de justificar o suposto ser supremo que faz do Universo o seu playground. Como se diz no filme “O Todo-Poderoso”, parece que somos formigas e Deus é um garoto mau com uma lupa.
    Isso seria deveras psicótico, caso fosse real. Não passa, contudo, de um mito poderoso, que se justifica em todas as suas faces.
    Meu blog: http://historiaereligionis.wordpress.com/

  36. […] eu mencionei em O Deus que não estava lá, a barbárie que me inspirou a escrever aquela série de textos se repetiu. E me fez, também, ter […]

  37. […] O Deus que não estava lá […]

  38. faça o seguinte mande as ciencias expricar o que DEUS faz que agente começa a converçar.

  39. Meu vei eu acho q vc não e ateu e satanista se vc não acredita pra que se preocupar com DEUS ne vei.

  40. Ora… Muito simples isso… Cada um vê aquilo que acredita existir. Muitas vezes é sintoma de Esquizofrenia. No mínimo uma alucinação, que deve ser o seu caso: Capaz de ver deus num poste ou até num cocô de cachorro.
    Raciocine com a inteligência que a Natureza te deu. O que ali está na foto é uma linda fotografia da natureza criada TOTALMENTE POR ACASO. NÃO ESTAVA ALI ONTEM E NÃO ESTARÁ AMANHÃ.
    Agora… A visão de fanático religioso é diferente! Vê deus num poste e sai correndo para dar o dízimo que sustenta o seu pastor vigarista, sem trabalhar, e que enfiou essas mentiras na cabeça dele.

  41. faça o seguinte mande as ciencias expricar o que DEUS faz que agente começa a converçar.

    Alex, a ciência não precisa explicar nada porque Deus não faz nada. Simples assim. E outra, não ser corrupto, por exemplo, te impede de ser contra ou de se preocupar com a corrupção?

    Deus é uma ilusão. O problema todo é que a crença nele é real.

  42. todos os “crentes”tentam justificar tudo oque existe a esse deus,mesmo sem nunca telo visto! como auguem ,nos dias de hoje? pode acreditar,seriamente,so pelo fato de de esse deus so existir na biblia?como e que um simples livro ,pode definir;ou nao ,o passado ou ofuturo das pessoas?e tao simples assim?aceitar e ficar calado,negar e ser punido, porque sera que tenho a obrigaçao na marra,apulso,porque sera que tenho que aceitar na marra,a pulso,tudo isso e simplesmente ficar calado? nao sou obrigado a aceitar uma loucura,so porque voçe acha que e verdadeira..sou?nao.fique com suas ilusoes so para voçe e obrigue a todos seus”principios”to nem ai pro seu deus existindo ou nao!siga seu caminho e deixe cada um escolher o seu proprio.sou ateu ,e dai?poeque ele mesmo nao vem me “jugar”ao invez de voçes ;fanaticos duentes.cuide da sua vida,e eu cuido minha ,otario iludido.

  43. a grande doença do mundo e acreditar em algo que nao existe,e simplesmente dizer que existe mesmo sabendo que de fato nao existe ,ou seja?loucura!

  44. caramba ! continuo do mesmo jeito e com a mesma opiniao,mesmo depois de ter lido tanta besteira religiosa.escrita por fanaticos religiosos.que nao tem nada a ver com a realidade em que vivemos. quem esta errado? eu ?nao me jugue sem me conhecer.vivo num mundo real,nao ficticio.! para mim todos os “deus”sao iguais, ou seja !MITOLOGIA!

  45. […] EDIÇÃO COMPLETA AQUI:  O Deus que não estava lá (edição completa) […]

  46. se é certo afirmar que deus sempre existiu,porque não podemos afirmar que o universo sempre existiu,sempre esteve no mesmo lugar,passando por ciclos de milhões de anos e renovando-se,nosso universo conhecido pode ser um grão de areia em uma bela praia de um universo inconcebível para as mentes humanas,se deus está lá tomando uma bela de uma cerveja,só de sunga,e rindo dessa situação,ou não,nunca saberemos

  47. Baixar o Documentário – O Deus Que Não Estava Lá – http://migre.me/daqHn

  48. […] sem motivo, portanto, que meu texto Onde está Deus? é o mais acessado desde a criação do mundo, digo, do […]

  49. “deus” é grande , mas o mato é maior .
    Diziam as pessoas no tempo dos saqueadores antigos(farrapos) no rio grande do sul , quando se escondiam dentro de igrejas , achando que ali na casa de “deus” estariam protegidas. Até que alguem querendo ajudar dizia ” deus é grande mas o mato é maior” .

  50. Tenho pena e oro por você, ele (Deus) não tem porque te provar nada afinal de contas o criador não deve satisfação para a criatura
    e acho que isso é o que mais te chateia o fato de mesmo te amando
    não te responder.
    Então fica assim eu não preciso provar que Deus existe mas se es tão esperto prove o contrario.

  51. A grande verdade é que nós cristâos esforçamos para CRER EM JESUS apesar dos pesares para nos PROTEGER DA FÚRIA DELE. Seria ideal se Ele fosse mais compreensivo e tolerante conosco, mas não é. Por isso recomendo q procurem GOSTAR MUITÍSSIMO (AMAR) DE DEUS e DE OBEDECÊ-LO . É a única alternativa para termos uma eternidade digna.

  52. Josmar

    Você realmente acha que é possível gostar de alguém ou amar esse alguém movido pelo medo?

  53. Existem dois tipos de seres humanos: O que assume as responsabilidades dos seus atos, que correm atrás dos seus objetivos, que amam o próximo, que fazem o bem pelo simples fato de ser o bem. A esses dá-se o nome de Ateu…, e existem aqueles que são preguiçosos, que querem que tudo conspire a seu favor, que fazem o bem esperando algo em troca, que pregam o amor incondicional mas conseguem dormir tranquilamente cientes de que se Jesus voltar milhões de pessoas sofrerão o inferno, a esses dou o nome de crentes.

  54. A bíblia é uma máquina de fazer egocêntricos. Passagens que dizem que mil cairão ao teu lado, dez mil a tua direita, mas tu não serás atingido, blablabla…, são prova disso…,

  55. Todos dizem que o Espírito Santo é um só. Todos se dizem guiados por ele. A tal igreja de Jesus Cristo foi deixada sob os cuidados dele, e portanto, guiados por esse espirito…, mas o que vemos na realidade? Varias denominações com doutrinas completamente diferentes entre sí. Umas creem nos dons, outras não. Uns guardam o sábado, outros não. Uns batem palmas, outros não. Uns batizam uma única vez, outros não. Uns autorizam transfusão de sangue, outros não. Uns admitem pastoras, outros não. Conclusão: Esse tal Espírito Santo sofre de transtorno de identidade ou algo parecido.

  56. Você, crente, pode até fechar seus olhos para a realidade, mas nunca escapará dela, Jesus não voltou para os apóstolos, não voltou para seus pais, e você também não verá.

  57. Tenho certeza que você deve estar desejando o pior dos destinos pra mim, achando que sou satanista, mal caráter etc..~acredite você ou não, eu não sou. Tenho família, amo meu filho e minha esposa e também te amo, amo tanto que espero sinceramente que você se liberte desse mal o qual um dia eu me libertei.

  58. Dna. SS, bom poder rever sua inteligencia por aqui !
    sds

  59. éumgenio, disse:
    “deus” é grande , mas o mato é maior .
    Diziam as pessoas no tempo dos saqueadores antigos(farrapos) no rio grande do sul , quando se escondiam dentro de igrejas , achando que ali na casa de “deus” estariam protegidas. Até que alguem querendo ajudar dizia ” deus é grande mas o mato é maior”

  60. 1/2 verdade disse:

    Existem dois tipos de seres humanos: O que assume as responsabilidades dos seus atos, que correm atrás dos seus objetivos, que amam o próximo, que fazem o bem pelo simples fato de ser o bem. A esses dá-se o nome de Ateu…,
    errado! A esses dá-se o nome de INEXISTENTE!
    A intenção pode até ser menos comercial,tambem não é 100% isenta de ego , alem da natureza humana ser social nata.

    e existem aqueles que são preguiçosos, que querem que tudo conspire a seu favor
    querer não é poder, nem muito menos merecer,mas ter fé em coisas boas, ser positivista sempre é algo mais!

    , que fazem o bem esperando algo em troca, que pregam o amor incondicional mas conseguem dormir tranquilamente cientes de que se Jesus voltar milhões de pessoas sofrerão o inferno, a esses dou o nome de crentes.
    acho legal os analfabetos evangélicos ironicamente pedindo o “fogo do céu para ” para torrar demônios, diante disso fica muito difícil enxergar quem são os verdadeiros ‘demônios”.
    mas não generalize crentes.

  61. A bíblia é uma máquina de fazer egocêntricos. Passagens que dizem que mil cairão ao teu lado, dez mil a tua direita, mas tu não serás atingido, blablabla…, são prova disso…,
    não se meta com esses “iluminados”, exclua Jesus desses!

    Todos dizem que o Espírito Santo é um só. Todos se dizem guiados por ele. A tal igreja de Jesus Cristo foi deixada sob os cuidados dele, e portanto, guiados por esse espirito…, mas o que vemos na realidade? Varias denominações com doutrinas completamente diferentes entre sí. Umas creem nos dons, outras não. Uns guardam o sábado, outros não. Uns batem palmas, outros não. Uns batizam uma única vez, outros não. Uns autorizam transfusão de sangue, outros não. Uns admitem pastoras, outros não. Conclusão: Esse tal Espírito Santo sofre de transtorno de identidade ou algo parecido.

    “ferirão o pastor e suas ovelhas dispersarão”

    Você, crente, pode até fechar seus olhos para a realidade, mas nunca escapará dela, Jesus não voltou para os apóstolos, não voltou para seus pais, e você também não verá.

    talvez tenha aparecido para algum dos apóstolos, podemos manter sua memória viva através dos nossos atos

    Tenho certeza que você deve estar desejando o pior dos destinos pra mim, achando que sou satanista, mal caráter etc..~acredite você ou não, eu não sou. Tenho família, amo meu filho e minha esposa e também te amo, amo tanto que espero sinceramente que você se liberte desse mal o qual um dia eu me libertei.

    não crie espantalhos crentes tentando justificar suas descrenças, pior que um crente fanático é um ex crente também fanático…ha.ha.ha.ha

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: