De olhos bem fechados (3ª parte)

 

Confia em Deus, mas tranca o teu carro

Obviamente, você tem toda a liberdade do mundo para continuar fingindo que Deus ouve as suas preces. Foi isso que nós combinamos. Só que ele não ouve. E acho que você já desconfiava disso, mas, claro, não quis nem vai querer aceitar.

Se fôssemos mesmo tirar isso a limpo, bastaria que a gente contratasse uma auditoria externa imparcial (e cética) para avaliar as nossas vidas. Você iria ficar muito, muito decepcionado ao descobrir que os X% das coisas que você queria, pediu a Deus e foi “atendido”, não deveria ser muito discrepante dos N% das coisas que eu queria, que não pedi a deus nenhum, e consegui assim mesmo. Digo decepcionado porque, pelo menos em teoria, um crente deveria ter um X muito, mas muito maior mesmo do que um N de um ateu, pois deveria haver um Deus que atendesse às suas preces. Se X está mais ou menos no mesmo patamar de N, o crente poderia achar que estaria vivendo num universo em que não faria muito sentido acreditar que há alguém ouvindo suas orações.

Você  poderia, também, iniciar uma campanha para que religiosos de todos os cantos do país, crentes no Deus de Israel (que não é o Deus do Brasil), no Deus do “povo escolhido” (que não é o povo brasileiro), orassem fervorosa e copiosamente até que todos os meus dedos colassem uns nos outros, de forma que eu não pudesse mais digitar essas heresias, como sinal para o autor deste blog de que Deus existe e que atende, sim, às orações que lhe são feitas. Se você conseguisse isso, que, digamos, pelo menos uns 150 milhões de cristãos orassem a Deus por esse sinal, você conseguiria fechar meu blog e, ao mesmo tempo, salvaria a minha alma, porque eu passaria todo o dia seguinte na igreja confessando meus pecados ao primeiro padre que encontrasse, pedófilo ou não.

Se bem que, até onde eu sei, você não precisaria de 150 milhões de pessoas para conseguir isso. Não estou certo? E olha que não estamos falando de nenhuma montanha aqui, só uma dezena de dedos colados. E aí? Topa o desafio sozinho? Claro que não. E por que não? Porque isso jamais aconteceria. Daí você vem com a desculpa de que Deus talvez esteja me usando para, de uma forma totalmente maluca, aumentar a fé das pessoas nele através dos meus argumentos, que pretendem mostrar, justamente, que ele não existe; ou que ninguém entende os desígnios de Deus, ou que um monte de outras coisas…

A oração em si não ajuda em nada, porque não há nenhum velhinho de barba e cabelos brancos e longos, vestindo um camisolão, e sentado num trono olhando para baixo ouvindo os seus sussurros à noite antes de dormir. O que há de bom na oração é o efeito colateral causado pela “crença” de que há, sim, um Deus lá em cima, num Céu ou numa outra dimensão, com o qual você se comunica telepaticamente e que está sempre pronto a não só receber os seus pensamentos como a atender aos pedidos que vão nele. Esse efeito colateral é muito poderoso e pode dar uma agradável sensação de conforto e esperança que, por si só, já serviriam para motivar alguém a não querer se desfazer daquela crença.

Mas nós sabemos que ele não atende às suas preces, nem nunca atendeu. A menos que o seu Deus seja o “Deus das Desculpas”. Porque você precisa enxergar um monte de desculpas, quando não consegue enxergar deus algum.

 

 

<< Início

Anúncios

14 Respostas

  1. […] This post was mentioned on Twitter by blog deusilusao. blog deusilusao said: De olhos bem fechados (3ª parte): http://t.co/aeVZNiG […]

  2. Talvez você não acredite, mas Deus ouve sempre às minhas orações e preces. Então, acho que todo essa sua argumentação filosófica vai pro bejo aqui mesmo. Se Deus não ouve suas preces, então, o problema está em você e na sua relação com Ele, não nEle…..

  3. Creio que a Agnes não leu o 2° parágrafo. Bom texto, Barros.

  4. Argumento curioso. Será que as centenas que morreram na tragédia do Rio, as dezenas de mineiros mortos na Nova Zelândia e outros tantos mineiros que morreram na China também tinham problemas de relação com deus? Será os milhares que morrem de fome e AIDS na África também estão com o mesmo problema? Não vou nem falar nos milhares do Haiti.

    Curioso também é que pastores estelionatários e padres pedófilos (sem falar no Bentão) parece que gozam de ótima relação com o deus cristão.

    Eita, exemplo de moral. Isso é que é uma divindade safada! Isso na hipótese de ele existir…

  5. E mais uma vez aparece a vil estratégia de incutir um sentimento de culpa nas pessoas. As religiões, para se manterem, contam mais com o poder do medo e da culpa do que nos pontos que ganham ao fazer boas ações. Ações que, aliás, poderiam ser realizadas por pessoas que também não tem crença e o efeito seria exatamente o mesmo.

  6. Agnes pede uma evidência dele é simples assim hahaha.

  7. Da para ver que a Agnes nao leu o artigo em questao.

    É melhor ela se mexer para ler o artigo em vez de orar. Ela tem problemas de compreensao textual, nao soube argumentar, nao refutou uma unica linha do texto e prefere reclamar do autor.

  8. Agnes, dizer que Deus sempre ouve as suas orações é uma atitude de egoismo. Já parou pra pensar? Se vc tem dor de cabeça ir incomodar o Deus Todo Poderoso? Essa é uma atitude mesquinha pq um simples remédio poderia solucionar o problema, entende? Não me entenda mal, só estou apenas discutindo o assunto. Abraços!

  9. […] parte – 3ª – 4ª – 5ª – 6ª – 7ª – 8ª – 9ª – 10ª – 11ª […]

  10. Mais uma prova de que sua concepção de Deus é totalmente infantil:

    “A oração em si não ajuda em nada, porque não há nenhum velhinho de barba e cabelos brancos e longos, vestindo um camisolão, e sentado num trono olhando para baixo ouvindo os seus sussurros à noite antes de dormir. ”

    Leia os autores que indiquei e me diga se algum deles entende Deus como um velhinho de barba branca e camisolão.

    Isso é uma humanização de Deus, um símbolo, criado apenas para iniciar a humanidade na compreensão de um ser que está muito acima da humanidade, e para cuja compreensão é necessário uma certa dose de abstração.

    É como explicar a uma criança de onde vêm os bebês. Ela não está pronta para entender a verdade. Então você apresenta a ela uma resposta que simboliza a verdade: “você veio de uma sementinha que o papai colocou na barriga da mamãe.”

    Semente, aí, está no sentido figurado; não se trata de uma semente de uma planta qualquer, mas de uma metáfora que substitui, na frase, a função do esperma.

    Agora, imagina que imbecil seria o adolescente que, em vez de buscar entender o sentido real da metáfora, declarasse que os bebês não vêm de lugar nenhum, porque é impossível alguém sair de uma semente de planta!

    Assim é você em relação a Deus.

  11. Mais uma prova de que sua concepção de Deus é totalmente infantil:

    “A oração em si não ajuda em nada, porque não há nenhum velhinho de barba e cabelos brancos e longos, vestindo um camisolão, e sentado num trono olhando para baixo ouvindo os seus sussurros à noite antes de dormir.”

    Leia os autores que indiquei e me diga se algum deles entende Deus como um velhinho de barba branca e camisolão.

    Meu caro.

    Essa série de textos tem 22 partes e, na última, eu listo todos os argumentos que selecionei para provar que Deus é uma ilusão, como — você há de concordar comigo nessa parte: — todos os outros deuses são. Nessa última parte, intitulada Noves fora: Nada, não entram na conta o fato de Deus ter ou não ter barba branca, nem se o universo depende do nosso cérebro para existir. Espero que você volte aqui e desbanque esses argumentos, pois, até aqui, você se apegou ao que não entra no meu cálculo.

    Entretanto, veja você, quando o livro sagrado que você com certeza não segue — e muito provavelmente nem leu — diz que:

    – nós somos feitos à imagem e semelhança de Deus;
    – que Deus é a origem de tudo o que existe, e tudo o que existe passou a existir há muito tempo;
    – que Deus é macho, homem, do sexo masculino (e tem até bastante aversão pela fêmea da nossa espécie),

    a inteligência que esse suposto Deus nos deu começa a ligar esses dados e imaginar um velhinhO, sim, de barba e cabelos brancos. Inevitavelmente. Não é por acaso que essa imagem é a que os pintores pintaram ao longo dos tempos, e a que os pais descrevem para os seus filhos.

    Espero você nos próximos posts… Mas atenha-se ao essencial. Por exemplo: na sua frase que transcrevi acima, você comentou sobre os cabelos brancos e o camisolão do Criador, mas parece que “esqueceu” de comentar sobre o principal argumento:

    A ORAÇÃO EM SI NÃO AJUDA EM NADA“.

  12. kkkk, sempre vejo isso, Ateus desafiando Deus a lhes entortarem “um dedo” pelo menos,!!! Amigo Deus sabe pq deve se ocultar, mas seus feitos estão sempre admiravelmente acontecendo por ai,… Um Ex: se derrepente vc descobre que é filho do Bilionário “Bill Gates”, vc não evoluiria mais por não querer fazer mais nada!!!, não trabalharia mais, ficaria arrogante e prepotente!!! e só ia querer “Zona de Conforto”!!! To Certo??? … agora imagina, se o “Trilhardário Deus$$$” com sua sabedoria, vai deixar muito claro que é seu Pai,… se só saber ser filho de Bilionário já te estragou!!!!! DEUS NÃO QUER NINGUÉM NA ZONA DE CONFORTO A NÃO SER APÓS EVOLUIR EM TODAS AS ÁREAS, DA FRATERNIDADE, HUMILDADE DO AMOR ETC…. mas ele pode colar seus dedos sim, mas no momento que ele achar conveniente,… e não na hora que vc quer…. pois se ele colar seus dedos, vc Ficara arrogante nem ia querer trabalhar mais,… Por descobrir filho de quem você é,..ia ficar cobrando de seu divino pai sua ZONA DE CONFORTO!!!. Entendeu pq ele parcialmente se oculta de seus filhos?????????????????????? mas chegara a hora da revelação do amigo oculto… kkk fique com Deus!!!!

  13. KKKKKKKK:vá, faça o que tu queres,pois, é tudo da lei

  14. Vejo muita coerência nos comentários ateístas mas ao mesmo tempo não há como negar o bem estar provocado por um coral religioso num templo. Mas sou muito simpático às idéias ateístas. Apenas ainda não tive a coragem suficiente para sair do “armário”.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: