Três deuses, um funeral (parte 9)

.

 

Do mesmo modo que qualquer crente em astrologia poderia chegar sozinho à conclusão de que seu horóscopo é apenas um amontoado de frases tolas — escritas por alguém que está “ganhando a vida” graças à crença de muitos de que essas frases tolas são “previsões do futuro lidas nas estrelas…” — , o crente em Deus, ou qualquer outro deus, também poderia chegar à conclusão de que sua religião é apenas um clube, cujos membros conhecem e veneram uma coletânea de crendices que mantêm todo um sistema “rodando” graças ao jogo de faz de conta chamado fé.

Exatamente como no caso da astrologia, a ideia de Deus também sucumbiria na mente do religioso que se dispusesse a fazer algumas poucas perguntas a si mesmo.

1. Por que eu acredito em Deus e não em Lord Brähma, por exemplo?

2. Por que eu insisto em dizer que é Deus que me protege de todo mal, se, na verdade, sou eu que tomo todas as precauções possíveis para evitar situações de risco, claramente não confiando na exclusiva proteção divina?

3. Por que Deus atende a certos pedidos que faço em oração (às vezes até bem tolinhos), mas não a outros essenciais à minha felicidade e bem-estar?

4. Por que ninguém que eu conheço foi curado de paralisia, cegueira, ou de uma outra deficiência física, ou de uma doença grave, enquanto o pastor da minha igreja cura 4 paralíticos, 6 cegos e 16 tipos diferentes de câncer a cada culto?

5. Por que eu nunca li a Bíblia, se acredito que ela é a palavra escrita do meu Deus? [Faça a seguinte pergunta aos religiosos que você conhece: “Você já leu toda a Bíblia?”. As respostas são as mais diversas e engraçadas, mas querem dizer sempre a mesma coisa: “não”.]

6. Por que eu agradeço a Deus quando coisas boas acontecem e não agradeço a Deus quando coisas ruins acontecem? Deus pode interferir no mundo de modo que eu consiga um emprego, mas não pode interferir no mundo de modo a evitar que minha filha de 5 anos seja estuprada e morta por espancamento?

7. Por que eu faço tantos pedidos a Deus que, se atendidos, irão interferir drasticamente na minha vida, se eu acredito que Deus já tem um plano traçado para minha existência?

8. Por que eu não sigo exatamente, fielmente, e constantemente os mandamentos divinos e todos os ensinamentos de Jesus Cristo, dentre eles, largar tudo o que eu tenho e sair por aí pregando o Evangelho?

9. Por que todos os crentes em Deus não estão aí pelo mundo bem vestidos, alimentados e com uma vida relativamente decente, visto que eles certamente teriam pedido isso ao Pai Celeste, que alimenta os pássaros, que não semeiam nem armazenam em celeiros, e veste os lírios, que não tecem e nem fiam?

10. Por que um religioso que é acometido de uma doença grave não se conforma com “os desígnios do Deus que escreve certo por linhas tortas”, e, em vez disso, procura na medicina um modo de adiar a morte, que o levaria para perto do seu Criador, contrariando certamente a vontade “Dele”, que, ao que parece, queria vê-lo o mais breve possível?

Para um ateu, que já está de fora desse sistema pernicioso chamado religião, é relativamente fácil achar que qualquer crente poderia chegar sozinho à conclusão de que está sendo enganado e, então, abandonar sua crença, mas isso seria um equívoco. Como todo viciado, o religioso não tem condições de dominar o vício, e é dominado por ele.

Enquanto ele não se fizer esse tipo de questionamento, ou, pelo menos, enquanto ele não abandonar a hipocrisia que não o deixa dar respostas honestas a essas perguntas, os prazeres que o seu vício lhe propicia estarão garantidos; e é exatamente isso o que ele quer.

O crente em Deus é, antes de tudo, um hipócrita.



<< parte 1


Anúncios

17 Respostas

  1. Esse texto saiu “fervendo”, muito bom.

  2. Valeu, Leo!

    E ó: amanhã tem livro de graça aqui no blog.

  3. Barros, vc é o “aço”; não elogio, só constato. A sua postura faz as pessoas que procuram um livre viver se sentirem bem. Só cabe agradecer o tempo e competência que vc dispõe neste espaço.

  4. Sensacional. Todas as perguntas que gostaria de lembrar na hora de questionar o irmão…Síntese da prova da santa ignorância dos crentes…
    muito bom BArros

  5. Brilhante o post. Fechou com chave de ouro: “todos os crentes são hipócritas”. Perfeita a colocação.

  6. ehehehe…..

  7. ha!ha!ha!ha!ha!ha!ha!

  8. Obrigado pelos elogios… rsrsrs

    E eu estou pensando seriamente em lançar a “Segunda Semana do Leitor”, agora voltada para o público religioso, já que a Primeira foi para os leitores ateus: “Minha Deusilusão”. O tema agora seria “O que sustenta a minha Fé”…

    Acho que vai ser legal.

  9. Seria sim algo bom, pelo menos eles poderiam discutir de modo mais ‘lógico’ xD

    assuntos aleatórios: http://www.youtube.com/watch?v=LOmZy24OmuQ&feature=related

    pelo menos curioso.

  10. […]  Parte 4, –  Parte 5, –  Parte 6, –  Parte 7, –  Parte 8, –  Parte 9, –  Parte 10, –  Parte […]

  11. Tivessem os crentes de hoje nascido séculos atrás, estariam prestando cultos à qualquer divindade a qual tivessem sido doutrinados a fazê-lo. Talvez defendessem com a vida a legitimidade de Osiris ou Isis enquanto os manipuladores do mito se matavam de rir nos bastidores da tragicomédia religiosa. Hoje Osiris existe apenas nos livros de história, assim como o cristianismo será considerado uma mitologia ingênua de civilizações grotescas e rudimentares por gerações futuras. Em outras palavras amigos crentes, seus deuses tem prazo de validade, estão todos condenados a morte.

  12. Crença x Religiões
    prezado vik

    Faltar a fé cristã é muito improvável, sabe por que? Crentes não são feitos só de ilusões e sim de realidades construídas por meio da fé.
    Não adianta você espernear dizendo que a fé cristã acabará, pois existem crentes pela fé tendo muitos bons resultados nas suas vidas praticas, por isso mesmo acreditam que estão sendo ouvidos entendidos e amados por uma força inteligente , amorosa e muito superior a todas as mesquinharias egocêntricas dos seres humanos.
    Mas a verdadeira realidade que vemos é uma minoria ateia correndo atrás do vento, pregando a o final da existência humana e ainda dizem que são os sábios.
    Ao contrario do que pensam os ateus a crença em um Deus não é invenção humana nem somos órfãos de uma inteligência superior e filhos legítimos de um acaso burro, nem temos por mãe uma seleção natural inteligente embora sem nenhum objetivo individual só um coletivo sem personalidade própria.
    Existem sim evidências que levaram aos primeiros humanos a acreditarem em algo a mais que a simples ciência materialista indica, são as evidências das experiências próprias dos sonhos proféticos, das aparições de antepassados mortos, de previsões do futuro tudo isso são as realidades apontando para uma inteligência superior a nossa razão humana.
    E contra fatos não se tem argumentos validos.
    sds

  13. […] deuses, um funeral (parte…ADAMANTDOG on A Cobiçada Vagina de Nossa Sen…Vanderlei on Três deuses, um funeral (parte…Vanderlei on A Cobiçada Vagina de Nossa Sen…vikernes on Três deuses, um funeral […]

  14. Vanderlei,

    1) Os crentes sao feitos de ilusoes. E fe nao prova nada e nao faz existir nenhuma realidade concreta.

    2) Os crentes sempre esperneiam qdo se deparam com argumentos.

    3) Nao ha nenhuma “força inteligente”, ate por falta de evidencias concretas e solidas.

    4) Nao ha minoria ateia. Na verdade, o numero total de ateus e agnosticos no mundo supera o numero de 1 bilhao de pessoas.

    5) Os crentes sempre correm atras do vento, pregando um Apocalipse e ainda se dizem sabios.

    6) Uma crença no deus cristao/judeu/islamico é e sempre sera uma invenca humana

    7) Nao ha burrice ou inteligencia no acaso. Nem na Selecao Natural. Vc mal sabe a definicao desses termos.

    8) Nao ha evidencias, tudo o que vc tem sao alegacoes sem fundamento, achando que ter “sonhos profeticos” ou visoes de antepassados provam alguma coisa, mas nao provam absolutamente nada. So aquilo que vc quer que seja.

    9) Nao ha “inteligencia superior” à razao humana, ate porque nao ha provas concretas de tal coisa.

    10) Vc nao apresentou nenhum argumento valido. Nem fatos. Desejo-lhe melhor sorte da proxima vez.

  15. John Constantine
    Apesar de ficar mais bonito João continua sendo um nome de apostolo cristão e Constantine de um anjo caído para alguém que se apresenta como ateu, seu pseudônimo fica um tanto que incoerente.
    1 primeiro a fé, depois a criatividade se encarregará de transformar pensamentos em realidades.
    2 Eu sou um crente mande os seus argumentos para ver se eu vou espernear.
    3 E você é o que ? só um monte de carne pensante ?
    4 Um bilhão de pessoas continuam sendo a minoria, mas por que este seu desejo de querer apresentar-se como “grande”?
    5 Nem todo crente é fanático e um bitolado bíblico, nem todo crente é necessariamente um seguidor de religiões.
    6 Se você não se considera uma criatura então foi criado por um acaso qualquer, então por um acaso qual seria o seu valor ? Por acaso eu acho que você não saberia me dizer com a precisão e conhecimento de causa nem de onde veio, nem para onde vai.
    7 Sim as minhas evidencias só fazem sentido para mim é Por isso que eu sou um crente e você um ateu, tudo ao seu tempo.
    8 Não há inteligência superior a razão humana ? Você é o que um “advogado do diabo” ?Um ateu egocêntrico? Prefere acreditar que o universo sem uma razão inteligente deu um peido E por acaso você apareceu ? Isto é impossível, pois seria a maior cagada executada por um universo burro.
    10 Se você possuir algum argumento não seja tímido estou aguardando

  16. Vanderlei a maior prova que você tem é a fé é tão válida quanto a fé que Inri Cristo tem que ele é Jesus hahaha.

  17. E isso me faz ateu saber que a mesma força que faz Inri Cristo se achar Jesus é o que te move hehehe.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: