Sim: eu sou Ridículo! [fim de papo]

Quando você carrega uma Bíblia, Satanás sente dor de cabeça.”

A pessoa que me mandou o tal do e-mail, com declarações como essa, acredita piamente que Satanás existe; que tem, assim, uma cabeça; que essa cabeça é propensa a sentir dor; e que essa dor pode ser motivada pelo fato de alguém carregar uma Bíblia. Essa pessoa considerou a informação acima tão verdadeira, ou tão importante, ou tão útil, que se deu ao trabalho de difundi-la, por e-mail, a todos os seus contatos (sem usar o Cco para esconder os endereços deles), dos quais eu fazia parte.

O fato de eu ter clicado no botão <Responder a todos> e enviado uma mensagem bem sincera sobre o quanto eu achava estúpidas declarações desse tipo [respire] não torna essa minha ação mais ridícula do que a ação da pessoa que me enviou tal mensagem em primeiro lugar, porque, no fim das contas, eu fiz a mesma coisa que ela já havia feito: externei minha opinião sobre um determinado assunto. Foi essa mesma pessoa que me chamou de “ridículo”, talvez não só porque eu enviei uma mensagem sabidamente indesejada para os endereços de e-mail dos seus contatos, mas porque essa mensagem expressava uma visão de mundo totalmente avessa à dela.

E por que ela acha que pode distribuir mensagens falando de seres que habitam outra dimensão sem que ninguém diga uma única frase dissonante? Tá, ela pode ter ficado brava porque eu mandei, indevidamente, uma mensagem “minha” aos contatos “dela”, mas, acredite, ela não teria ficado zangada se eu tivesse lhes despachado uma outra mensagem repleta de versículos bíblicos escolhidos a dedo, falando de um Deus fofinho que fez um monte de mágica bem legais e que ama tanto todo mundo “aqui em baixo” que — literalmente — se matou para dar uma chance a gente de ir morar com ele no seu mundinho encantado. E, além disso, as definições que o dicionário dá à palavra “ridículo”, que ela usou para repreender a minha atitude, não se prestam muito bem ao que ela, de fato, quis dizer ao meu respeito. E falando em ser sincero, eu devo parabenizar a um de seus contatos, por ter me remetido de volta um e-mail bem curtinho — de 4 palavras só — , que me aconselhava a fazer uma coisa altamente prejudicial à minha masculinidade.

Eu, entretanto, do alto da minha condição de ser não drogado (hoje escrevo completamente sóbrio) posso revelar, sem o mínimo de esforço, a estupidez de todas aquelas declarações, apenas chamando a atenção para o fato de que, independentemente de haver ou não um Satanás, de ele sentir ou não dor de cabeça, alguém precisaria se perguntar, antes de enviar aquelas idiotices para os e-mails dos outros, como a pessoa que escreveu essas afirmações, pela primeira vez, teve acesso, por exemplo, à informação de que o Diabo sente dor de cabeça quando alguém segura uma Bíblia.

Pessoas cujo intelecto está tão danificado que não consegue assimilar a profundidade desse questionamento me acharem ridículo é, na verdade, um alívio: significa que me veem como alguém que não pensa igual a elas. Ou seja, eu tenho mesmo uma mente sã.


Anúncios

11 Respostas

  1. O diabo existe, sim. Ele se apresenta na forma de pessoas que carregam bíblias embaixo do braço; têm nó nas genitálias e são burras! O diabo é exatamente essas pessoas que não são ridículas, são pessoas abençoadas. O que elas não sabem é que o capeta usa a santidade delas para infernizar o sossego alheio. A vaidade delas é o meio. Quando elas morrerem terão a maior surpresa em acordar no inferno achando que o deus estaria com elas. Ele é o chefe dos demônios, (afinal ele os criou) sem contato com simples mortais.

  2. É incrível o nível a que chegam as convicções dos crentes sobre o que um deus ou um ser mitológico qualquer pensa, sente e faz. Parece que eles lêem as mentes desses seres. Não sei como alguém pode crer numa sandice dessas sem parar um segunde sequer para propor a si mesmo a possibilidade disto ser um desvario.

    Meu blog: http://historiaereligionis.wordpress.com/

  3. eu na condição de teista penso nisto ,mas e voce na condição de ateu ja pensou alguma vez assim que tambem pode ser um equivocado convictuo ?

  4. Vanderlei você muda de crença com quem muda de roupa e se amanhã você achar Allah a verdade ?
    Já que diz que ninguém conhece a verdade mas defende muito a sua hehehe.

  5. Barros,

    não rola de reproduzir sua resposta, pra eventualidade de esse mesmo email chegar, por exemplo, na minha caixa?
    :-)

    (claro que eu daria o crédito ao autor original)

    Abs

  6. Alex, meu nobre, sinta-se à vontade!! rsrs E o propósito principal desse blog, pra mim, foi justamente deixar uma “resposta pronta” para quando recebesse esse tipo de coisa poder enviar de volta, e sem demora, o que eu penso sobre o assunto. Geralmente o povo deixa de me mandar mais do mesmo! Abraço

  7. A mensagem queria dizer q Satanás sabe que terá muito trabalho para desandar as pessoas q lêem a bíblia direto, sabe q em mts casos seu diabólico esforço é em vão, por isso q ele teria “dor de cabeça” . Entendeu agora, Barros? Dê uma pesquisada na net sobre interpretação de textos, q tu tá precisando, as respostas descabidas q vc dá pros e-mails demonstra isso kkkkkk

  8. Criaturo de Deus

    pense bem e voce vera que mais descabida é a criação divina de um ser voltado a pratica do mal eterno, a crença diabólica não passa de mais um tiro dado nos pé dos crentes, pois a crença do diabo depõe contra a sabedoria divina.

  9. Pois é, a vida é difíci de entender… mas é do jeito q é. As evidencias q a capetaiada existe e tá a solta pode ser vista ás sextas feiras em cultos de libertação. Já vi parentes meus e conhecidos possessos. Infelizmente seres malignos existem sim. Mas Deus nos guarda…

  10. Dois Criaturos num mesmo site, cada um com opiniões opostas ao outro, só nesse blog doido do Barros memo kkkkk

  11. Vejo que o Criaturo 2, não trata-se de um evangélico fanático caso contrario não teria adotado tal pseudônimo.
    vivos e mortos espíritos do mal existem de fato, porem não significa serem anjos ou demônios, acreditar que os maus permaneceram neste estado para sempre, é depor contra a inteligência divina em criando um projeto que não deu certo.
    Neste ponto os ateus prestam um bom serviço evidenciando a falta de racionalidade imputando alguns equívocos aos crentes.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: