1º Encontro Nacional de Ateus

.

No dia 12 de fevereiro de 2012 será realizado o 1º Encontro Nacional de Ateus, através de organizadores locais. Vinte e dois Estados já confirmaram o evento. A data foi escolhida por marcar o Dia do Orgulho Ateu e em homenagem ao aniversário de um dos maiores cientistas e evolucionistas de todos os séculos: Charles Darwin.

Lembramos que 1º Encontro Nacional de Ateus não é um dia destinado apenas a ateus. Céticos, agnósticos, e qualquer um que preze pelo uso da razão serão mais do que bem-vindos.

Contamos com o apoio de importantes organizações e blogs do Brasil, como a Liga Humanista, ATEA, Ateus do Brasil, Ateísmo pelo Mundo, Paulopes, Troll Divinoe a organização da equipe Sou Ateu Brasil, na cidade de São Paulo, conosco. Contudo, não somos patrocinados, portanto, a Sociedade Racionalista é responsável por todo o orçamento da organização e realização do evento.

Além do Distrito Federal, os estados confirmados até agora são: Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Pará, Maranhão, Santa Catarina, Paraíba (capital e Campina Grande), Pernambuco, Sergipe, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro (capital e Volta Redonda).

Dizem que a única coisa em comum entre dois ateus é o fato de que ambos não acreditam em divindades. Isto não poderia ser mais coerente; porém, com este Encontro, tentaremos unir um grupo que parece estar isolado pelos mais diversos motivos, além de mostrar que os ateus são uma parcela significativa da sociedade, que tem voz e que quer ser ouvida. O Encontro é uma oportunidade de confraternização, troca de ideias e experiências, e será registrado através de vídeos, fotos e relatos escritos, que serão divulgados na página do Encontro.

Os objetivos principais e primários do Encontro são a união e a formação de grupos estaduais, tornar o ateísmo mais forte primeiramente dentro dos Estados, e mostrar que somos uma parcela significativa dentro da nação brasileira. Trata-se de um encontro informal para que, no futuro, possa se tornar um evento com maior organização e divulgação: sem disputas e com bastante união.

Stíphanie da Silva – Diretora de Editorial da Sociedade Racionalista

* Para saber onde será o Encontro na sua cidade, acesse a página do Evento e clique em “Locais“.


   Apenas é igual a outro quem prova sê-lo e apenas é digno da liberdade quem a sabe conquistar”— Charles Darwin

.

Anúncios

114 Respostas

  1. Se eu entendi direito, Barros, você vai para o encontro em São Paulo?

    Eu estarei lá! Mais alguém?

  2. Ah, Barros… nao foi vc que criticou esses movimentos de orgulho daqui e de lá? Vai me dizer que vc vai no “orgulho ateu”?? haha Estou ficando louca, nao entendo mais nada, espero que as associacoes de ateus (no futuro) nao exijam dízimo de seus nao fieis…. Já pensou? Mano, que palhacada…. Orgulho ateu? Orgulho de que? Eu tb sou Ateia, Apolítica, Amoral, mas nem por isso tenho orgulho dos meus “as” . Nao é uma crítica, cada um faz encontro, passeata, tem orgulho do que é e nao é, critíco o exagero… Esfregar a crenca (ou a falta dela) na cara dos outros, me parece um pouco exagerado e desnecessário…

    Beijo para vc!!!!

  3. Caraca, tantos estados envolvidos no 1º Encontro Nacional de Ateus e o logo o meu não está na lista, sou de Alagoas, mas infelizmente não ocorrerá o Encontro aqui.

  4. Gustavo, esse texto de divulgação foi escrito por outra pessoa. Só depois que percebi que não havia colocado o nome da autora. Mas já corrigi. Um abraço, meu nobre.

    Geyme, minha linda, já respondi lá no Boutique de Ideias! Beijo.

    Igor, entre em contato com a Sociedade Racionalista (tem um banner aí na coluna da direita, lá em cima — o do macaquinho) e procure entrar em contato com a Stíphanie da Silva. Talvez dê tempo organizar o de Alagoas.

  5. Oi Barros!!

    Ahhhh bao!!!! Agora, entendi, já me parecia um pouco suspeito, rsrs
    Divulgar sempre é válido, entrar na “causa” tb (desde que acreditemos nela)!

    O seu ultimo comentário entrou no Boutique sim, mas foi em outro texto (comeco de janeiro), vc está ficando loucaoo, hein!!! hahaha Sei que deixo o blog meio às moscas, mas nao tanto…

    E obrigada pelo elogio quanto ao vídeo, elogios sao sempre bem-vindos, kkkkk

    Beijoka, bonitao!!!!

  6. PS: Vc nunca fará uma página do Deusilusao no Facebook para zoarmos a cara dos imbecis que frequentam essa estimada rede? Seria muito interessante….

  7. Entendi, mas não entendi. Não faltam aí os endereços estaduais para os encontros físicos, ou será tudo virtual?
    Estarei presente e contribuindo com o que for possível a mim, no interesse desse evento.

  8. Parece que o grosso está vem sendo definido secretamente apenas por associados do Big Brother Facebook. Mas colocaram alguma informação pública neste endereço:
    http://ena.sociedaderacionalista.org/
    http://encontronacionalateu.wordpress.com/locais/

  9. Que tal, em vez de orgulho ateu for RESPEITO AO ATEU.

  10. Alguém por favor me diz como posso encontrar quem está organizando em Rondônia???

  11. Eu apóio o alfredobernacchi70anos.

  12. alfredobernacchi70anos: “RESPEITO AO ATEU”

    Boa idéia, especialmente porque a proposta é inclusiva, convida a participação de qualquer pessoa, ateísta ou não.

  13. Gente, vocês estão fazendo confusão. “Orgulho ateu” é o nome do dia, não do encontro. O encontro se chama “Encontro Nacional de Ateus”.

    Para quem está confuso, não sabe onde vai ser, entre na página do Encontro:

    http://www.ena.sociedaderacionalista.org/

    Procurem o link “Locais”.

  14. Caros,

    Perdoe-me por interferir em seus assuntos, mas gostaria de entender uma coisa.
    No anuncio deste evento, existe um comentário:

    Os objetivos principais e primários do Encontro são a união e a formação de grupos estaduais, tornar o ateísmo mais forte primeiramente dentro dos Estados, e mostrar que somos uma parcela significativa dentro da nação brasileira. Trata-se de um encontro informal para que, no futuro, possa se tornar um evento com maior organização e divulgação: sem disputas e com bastante união.

    Em suma, qual é o propósito desta reunião? Unificar ateus para atacar religiosos ou unificar ateus para conquistar respeito dos religiosos.

    sds

  15. Gustavo Milará, é isso mesmo. Fiz uma adição ao texto colocando exatamente isso aí. Obrigado.

    Stardust Revolution, solicitei à autora do texto para dar uma passadinha por aqui para prestar mais esclarecimentos.

  16. Alfredo, os endereços você encontra na página do encontro, este texto é somente para divulgação.

  17. Stardust, a única opinião que ateus têm em comum é o fato de não acreditarem em Deus. Nosso objetivo é conquistar respeito dos religiosos; é mais fácil sermos atacados do que atacarmos, certamente.

  18. Anônimo, em Rondônia a organização está por conta de “Lulu Silva”, e o endereço é o que segue:

    Avenida Sete de Setembro, 851 – Batkverna – Porto Velho

  19. PS: Vc nunca fará uma página do Deusilusao no Facebook para zoarmos a cara dos imbecis que frequentam essa estimada rede? Seria muito interessante….

    Geyme, eu ando com a vida muito agitada por aqui… rss Só tô dando conta mesmo do blog, e olhe lá… Não tenho Orkut, nem Facebook, e só uso o Twitter pra divulgar os textos do DeusILUSÃO, porque o site já faz isso automaticamente.

    Beijão, querida.

  20. Fevereiro é o mês do Carnaval; podia-se criar também o dia do Orgulho do Folião; ou também o dia do Orgulho do Tapado, etc. Os ateus estão “no saco”, ou “no papo”? Alguém poderia sugerir um slogan também muito original (já que a inteligência dos ateus está em estado de ‘graça’): “ser ateu é padecer nos anais do paraíso”. Gente, já amava isso de “a-teu”, “meteu”, “deu”; só falta levantar um pau pra paixão do orgulho ateu, seria a “glória”. Já pensaram os ateus tudo de joelhinho e carinha no chão encostando-se no pau? Ía ser de derramar lágrimas. Ai! (desculpem) Ui Poderiam criar como lembrancinha o anel do orgulho ateu. Quem ía ser contra alguém querer meter o dedo no anel de orgulho do ateu? Afinal o anel nasceu pra todos. Só um desalmado ía estragar o anel do ateu. Depois é só cada ateu segurar na cordinha em filinha na passeata e rosqueá-la em volta do pescoço, e passar a pontinha pra outro. Já elegeram o pavão-fancho ou a pavoa-fancha? O Dennet? Não esqueçam de fazer uma coroa de lantejoulas e dar um cetro-cepo para acomodá-lo com um glorioso suspiro.

  21. “Divino” seria desfilar em carro aberto lá na Inglaterra, com todo mundo babando uma drag-atéia eleita-rainha dos ateus, os ateus tudo de camiseta preta, ou semi-nus, com tiaras em tom “cheguei” … Os crentes íam morrer de inveja; até o papa-morte ía aplaudir, vendo ateus segurando num mastro lacrimejando de tanto orgulho.

  22. Eu não creio!!!!! este doido deste Bran veio aqui chamar todos ateus de viados? Eu entendi mal ou é isto mesmo?

  23. Sim. Eles vieram espalhar o amor cristão deles. Dizendo que a gente merece morrer. Lindo!

    Jesus, se estivesse vivo ainda, enterraria a cara na terra de vergonha e dizer “O que foi que eu fiz?”

  24. Este Bran e o tal do Hunig é da mesma turma do Haddamn se é que não são o mesmo; estes malucos ou cheiram muita farinha ou toman remédios controlados.
    Sempre com a mesma birutice daquelas imagens devem ser crentes disfarçados!! porque crentes que tem esta mania de girar disco ao contrário pra dizer que tem gravação subliminar gravada no disco.
    Estes doidos ai são a mesma coisa

  25. Olá…
    o Stardust perguntou e eu procurei a resposta e não achei, qual é o fundamento do encontro, o ideal, os crentes quando saem para um evangelismo isso é pq foi um ordem de Jesus, ide e pregai o evangelio, mas e vcs o que querem?

  26. como assim dia do orgulho ATEU?

  27. Ralph,

    Pode-se ter várias opções. Um grupo que deseja se conhecer pelas mesmas idéias de liberdade. Encontro social sem nenhuma obrigação, apenas pela curiosidade, desejo de interação com os amigos de pensamento. Conhecer pessoas libertadas das amarras das religiões e deuses, no minimo é interessante. Quem sabe daí não surge outras proposições legais.

    O mais importante é que não se precisa doutrinar ninguém. Basta a conversa, conhecer as pessoas, trocar algumas idéias e manter uma forma de encontro saudável. Pessoas que chegaram a conclusões parecidas sem ter tido contato nenhum antes, particularmente eu desejaria muito saber sobre suas desconversões….

  28. Saracura eu sou cristão… (não me veja com raiva por favor)
    em momento algum eu serei arrogante, mas não entendo muito bem essa idéia de liberdade, eu sei que existe algumas denominações que tem muitas “regras” dos tipos vestimento, corte de cabelo mas outras não, o que seria essas liberdades? o que eu não posso fazer? vcs tem o proposito de “converter” pessoas ao ateismo? o que seria esse orgulho? por que ter que falar para todos no que acredita ou não, eu acho que quanto mais se fala que não acredita mais vão vir pessoas falar para acreditar e vise versa, eu não vou sair por ai dizendo que nao acredito em ETs e nem quero um dia especial para isso, pelo que eu vi existem varias organizações, movimentos, etc…, cada um com um pensamento? não seria o de apenas não acredito em divindades? Eu não sou um cristão que tento a todo custo mudar o pensamento dos outros, nem provar que o que eu creio é o certo, acho quase impossivel provar para um padre de 50 anos de batina que Maria não é santa, o cara nasceu crendo nisso…da mesma forma que é dificil colocar na cabeça de um cristão de que Jesus não é o unico mediador com Deus, acredita e pronto, agora se for para opinar as coisas mudam pq ai os dois lados estão dispostos a receber os argumentos

  29. Depois de conferir várfias informações e dicas de pessoas de várias partes do Planeta, encontramos a tal badalada divindade do três em um.
    O “mistério da trindade” … símbolo da CNBB todinho no malabarismo do dilma fugindo das câmeras na Bahia, e também o parentesco da laia do putin, malafaia, etc. Vamos ter de encarar ISSO; Vamos ter pena dos crentes, mas os ateus que se cuidem estão debandando direto pra formatar um pasto de “superiores”, cheios de “filosofias espirituais” e doutores em “disciplinas desejáveis” .
    Temos de deter o putin lá da Rússia, e outras versões da gangue espalhadas pelos países roubando e parasitando impunemente nosso sistema social com seu delírio teo-pulhítico fingido e retrógrado. Na Letônia já até marchou sem cerimônia alguma uma fileira de SS botando “banca” de “oposição”.(nota: se não estamos enganados, foi lá que a população se recusou falar “russo” — e aí surge uma ‘tropa’ de SS — de onde?). Tá assim a coisa; mas o que essas pragas não esperava era serem desmascarados como estão sendo.
    http://www.atheistnexus.org/photo/os-escolhidos-anjos-da-farsa-forjadora-de-deus-e-do-formato-de

  30. Ralph,

    Saracura eu sou cristão… (não me veja com raiva por favor) em momento algum eu serei arrogante, mas não entendo muito bem essa idéia de liberdade, eu sei que existe algumas denominações que tem muitas “regras” dos tipos vestimento, corte de cabelo mas outras não, o que seria essas liberdades? o que eu não posso fazer?

    Religiões não têm apenas regras de comportamento, mas também de pensamento. Elas ensinam a você que questionar é ruim, que duvidar é péssimo e, para controlar as pessoas, usa o medo (do inferno, da rejeição, etc). Controlar no sentido de crença, não de comportamento. Eu escrevi um texto há um bom tempo atrás sobre isso:

    http://opinioesdobandeirinha.blogspot.com/2011/03/medo.html

    http://opinioesdobandeirinha.blogspot.com/2011/06/dependencia.html

    vcs tem o proposito de “converter” pessoas ao ateismo?

    Bom, eu pessoalmente não tenho esse propósito. Mas eu tenho o propósito de fazer as pessoas pararem com o preconceito que têm dos ateus.

    o que seria esse orgulho?

    A ideia de “dia do orgulho X” é tradicionalmente concebida a minorias que sofrem intolerância. É uma forma de bater de frente com aqueles que acham que ateísmo é uma vergonha. Quando as pessoas ficam sabendo que você se declara ateu sem medo, elas se escandalizam, elas reclamam, imploram, ameaçam, xingam você para que você desista dessa ideia. Acontece que, se você ceder, aqueles que te atacam vão reafirmar-se na ideia de que ser ateu é uma vergonha. E nada muda, a intolerância continua presente. Ao chamar a atenção dos ateus, dar apoio e mostrar que eles não estão sozinhos – o propósito do encontro – a esperança é que os ateus não cedam a essa pressão, ao status quo.

    Estamos aqui para lembrar a todos que não acreditar em divindades não é uma abominação.

  31. Ralph,

    Obrigado pela resposta educada. Creio que não queira apenas fazer apologia, talvez ter a curiosidade sobre ateus.

    Adquirimos a liberdade de pensar, de ficar longe das obrigações das religiões, dos milhares de deuses, que no nosso entendimento interfere mas não dá nenhum indício de que seja certo.

    Se você crê no deus importado do deserto, cópia de outros que antes existiam, poderia perguntar como foi que chegou até você. O próprio deus “baixou” dos céus ou foi apenas uma continuação do doutrinamento religiosa da regiao? Todos os deuses criados no mundo, e o seu judacio-cristão está inserido, são criações diante da fragilidade da vida, com sofrimentos e efemeridade.

    Eu mesmo não saberia responder qual o deus mais poderoso, se Thor ou se Tupã, Se Jesus-deus ou Mitra, porque nenhum todos existem num universo do sobrenatural, da própria criação humana. Se ler alguns versículos da bíblia ou da mitologia verá que alguns atibutos e defeitos humanos os deuses assumem.

    Eu não creio num deus particular porque este mito se torna desnecessário, sem indícios e sem nexo no meu ou nosso entendimento. Não podemos provar que unicórnios dourados não existem nem que deuses também não, eles existem para quem quer acreditar, mas reserva-se ao lugar da mente de quem crê, é algo imaginado, ilusório na mente do crente.

    Não sou ateu porque desejo mudar o pensamento dos outros, sou apenas pelas provas, argumentos indícios da inexistência serem muito mais fortes. Daí, surgem tantos pensamento e religiões, quando matamos os deuses em nossas mentes. Quando nada das doutrinhas religiosas funcionam, passamos a crer numa tal de “força superior” que nada mais é que a substituição do super-herói, deus, morto,por alguma outra teoria que tire nossa “orfandade”, o medo de nao ser nada, mas é isso que somos.Nada representamos no universo mostruoso. Nem pensamos em substituir essa força maior, por um universo, que não está nem aí pra gente, só depois de um nível racional melhor, percebemos que somos apenas humanos, um animal que pensa, sofre e vai morrer e nunca, nunca, mais esse ser viverá do mesmo jeito.. É trágico, mas é a realidade. Somos animais mortais, mesmo que tenhamos criado subterfúgios para não morrer: a religião e os deuses..

    Ser ateu é um estado de consciência que chegamos por nossas próprias mentes, sem interferência do sobrenatural, nem transes, nem orações, nem catimbó. A liberdade de poder pensar, sentir, e ver que a humanidade depende dela própria para o seu bem, já nos faz melhor. Daí surge um ser que pode ser mais humano. Lembrando que a ética, moral, bondade, não pertence às religiões, nem a verdade aos deuses. A religião, vemos com realismo, que tenta se apoderar da bondade humana, de forma desonesta, colocando elementos sobrenaturais para definir o bem, que muitas vezes é bem relativo. A regra máxima da moral é não fazer com os outros o que nao queria pra si, e isso não precisa de um deus, ou de um tradutor..

    abração

  32. Desculpe-me!

    mas quem tem telhado de vidro não deveria passar uma vida atirando pedras no telhados dos outros.

    Dizem que a única coisa em comum entre dois ateus é o fato de que ambos não acreditam em divindades. Isto não poderia ser mais coerente; porém, com este Encontro, tentaremos unir um grupo que parece estar isolado pelos mais diversos motivos,

    pela discriminação de serem a “minoria”

    além de mostrar que os ateus são uma parcela significativa da sociedade, que tem voz e que quer ser ouvida.

    Desejam ter a existência reconhecida pelos crentes, eu mesmo conheci este blog ao pesquisar para saber se ateus eram mesmo “reais”, ou apenas um termo usado pelos crentes, para tentar difamar alguém!
    Trata-se do mesmo orgulho religioso sair gritando que estão com a razão.
    Bom pelo menos, nesta confraternização rumo a “crença” da grandiosa inexistência, vocês terão alguns momentos “piegas” felizes.
    onde todos terão razão ao afirmarem que não existe nenhuma razão inteligente, apenas leis físicas burras, criando seres inteligentes e complexos…..he…he….he…he..he
    só falta o ateu Dawkins aparecer, para animar esta festa em comemoração a perda total da razão! ha…ha..ha…ha..ha.

    ps. Ja pedi desculpas!

  33. Criaturo,

    Trata-se do mesmo orgulho religioso sair gritando que estão com a razão.

    É lindo o reducionismo que você cometeu aqui.

    [/sarcasmo]

  34. Eu acho que vi um gatinho (ops!), eu acho que vi um compassinho. Ih! Acho que vi uma idéia “gloriosa”(ops!), mais maior de grande e com o rabinho dentro do orgulho. Oh! Era só a ganguinha da flauta jogando as cordinhas

  35. Gustavo,
    acreditar ou não é uma coisa complicada… pelo menos pra mim… quanto ha alguns tipos de ensinamentos eu até concordo com vc, tem religiões que não pregam a verdade (verdade que eu creio) eu creio que exista um Deus e um Diabo e sei que eu posso ser um cara honesto, bom, leal, etc sem a religião mas sei que fico mais vulneravel sem Deus, realmente a religião hj estraga e muito o cristianismo, tem muitas falhas sim, pois foi feita por homens, Jesus só pede uma coisa amar seu proximo com a si mesmo e a Deus sobre todas as coisas. Quem falou que não podemos questionar? podemos sim e eu questiono muito, mas sempre tenho respostas, me lembro de um fato cientifico que vi (se não me engando na VEJA) os cientistas estavam querendo fazer uma contagem do tempo e ficou faltando alguns dias e tinha no meio dos cienteistaum que era cristão e mostrou umas passagens que Deus parou a Terra e fez o Sol retroceder e refizeram a contagem e deu certo, fora as maravilhas que não tenho como descrever que foi minha mãe perder a visão e depois de quase um ano ela voltar a ver, as formas que as coisas acontecem na minha vida, não podem ser por acaso.

    Existe preconceito com ateus???

    contras gays eu sei que as pessoas batem repudiam xingam, mas com ateus?
    qual seria o preconceito, eu particularmente não saio por ai pregando o evangelio a todos os cantos acho que tem formas mais eficaz de fazer isso, com tanto, se uma pessoa fala pra mim que não cre e quer converssar eu converso numa boa, mas se diz que não eu respeito da mesma forma, eu não nasci no cristianismo, falava que a biblia era apena um livro que foi varias vezes traduzido essas coisas e hj vejo que não é bem assim, mas só com a mente aberta pra receber que se pode crer, Jesus disse crer somente…

  36. saracura acabei respondendo vc tb nas resposta do Augusto

  37. Ralph escreveu:

    (…) eu creio que exista um Deus e um Diabo (…) mas sei que fico mais vulneravel sem Deus,

    É exatamente sobre isso que trata o texto mais recente do Deusilusão: “O deus que há em mim“: esse “Deus” no qual você diz acreditar — e sem o qual vc fica vulnerável — não é o mesmo Deus bíblico. É um deus que você criou dentro da sua cabeça, que é exatamente como você gostaria que ele fosse. Nada mais longe, portanto, do Deus birrento e repleto de defeitos humanos que os hebreus criaram para si mesmos, numa época de desespero.

    Nem o Deus bíblico, nem o Jesus no Novo Testamento (que é o mesmo Deus do Antigo), são essas criaturas fofinhas que o crente cristão diz que gosta tanto. Essas criaturas fofinhas não fazem parte da Bíblia, que é de onde eles tiraram essa ideia de “Deus” e Jesus Cristo. Foi por ser o Deus bíblico tão insuportável que o cristianismo floresceu, visto que apresentavam um outro deus — Jesus — mais palatável e HUMANO.

    NOSSA! QUE LEGAL!! UM DEUS QUE É IGUAL A NÓS MESMOS!

    Jesus e Deus são um só? Sim e não. Depende de que versículos da Bíblia você catar, para argumentar uma ou outra coisa.

    os cientistas estavam querendo fazer uma contagem do tempo e ficou faltando alguns dias e tinha no meio dos cienteista um que era cristão e mostrou umas passagens que Deus parou a Terra e fez o Sol retroceder e refizeram a contagem e deu certo,

    Isso me lembra aquela “estória” dos adolescentes que iam viajar de carro e a mãe de um deles fala “Vão com Deus”, e um deles responde “Só se ele for no porta-malas, que o carro tá cheio”; aí o carro sofre um terrível acidente, todos os ocupantes morrem, e se acha no porta-malas uma bandeja de ovos, todos intactos…

    Essa sua observação é apenas uma invencionice idiota que você ouviu de alguém que ouviu de alguém que ouviu de alguém… O fato de ela ser idiota por si só não é tão preocupante como a minha convicção de que você ou qualquer outro que ouviu essa lenda imbecil poderia ter raciocinado assim:

    Ora… os cientistas estavam “contando” o tempo e estava “faltando” alguns dias?… Será que eles contaram a idade da Terra em 4.499.999.999 dias e aí — sabendo-se (sabe-se lá como) que a Terra tinha que ter 4,5 bilhões de anos — alguém disse: “Ei, tá faltando 1 dia pra completar a idade certa da Terra”. Aí o cientista cristão levanta e fala: “Tá vendo??!! Lembra daquele dia em que Deus parou o Sol? Conta como 1 e a conta bate!!”

    Se você entendesse esse raciocínio iria perceber como uma declaração assim é mais do que ridícula. E talvez essa lenda tenha surgido por conta do “ajuste” feito no nosso calendário ocidental gregoriano, implantado pelo papa Gregório XIII. Tem a ver, portanto, com astronomia, não com contos de fadas.

    E outra: minha avó, agricultora analfabeta, 92 anos, estava completamente cega de um olho devido à catarata. Fez uma cirurgia pelo SUS e voltou a enxergar perfeitamente. Ela agradece todo dia a Deus por esse “milagre”.

  38. Ralph,

    Você pode se sentir vulnerável sem o seus, ou o diabo, mas nós não sentimos nem um pouco. Eles são dispensáveis. Sao criações e subterfúgios para o que falamos antes: sofrimento, morte, impotência diante da vida!

    Desconfie dos fatos científicos, inclusive em revistas semanais, cujo editorial procura “ibope”, “polêmica” e por aí vai. Não existe nenhuma publicação cientifica que corrobore certos fatos sobrenaturais. Na verdade, historicamente nunca se encontrou, nunca, nunca uma única prova da existência de Jesus. De qualquer forma como você e nós fmos doutrinados a pensar dessa forma, que existe um Bem, um mal e que os deuses comandam tudo, fica difícil sair disso.

    Mais uma vez, qual seria o deus correto? Será que conhecemos todos os deuses, ou só falamos o da moda, porque fomos catequizados assim. essa é a verdade.

    O problema de Jesus mandar crer é que ele nems equer existiu, são palavras ditas por alguém que quis assim. Creia apenas e pronto, não discuta. Porque se chegar a discutir, verá que nada somos e não existem deuses poderosos nem sobrenatural. Todos morreremos e pronto. Nem por isso eu sou rui,. podemos cair no “niilismo” , indiferença aos anseios da humanidade.

    Mas digo a você, não fumo, nao bebo desregradamente, nunca me viciei em nada, contribui para asilos, hospital do câncer…mas que essa vontade não vem dos ceus. SEi que há injustiça e que isso pertence aos homens e mais ninguém.

    Nunca vi cair um prato de comida dos céus. Todas a boas ações vem do homem para o homem, deus não sabe fazer nada, do nada. A ciência ajuda no sofrimento, coisa de homem, o entendimento que somos uma mesma raça, não temos que ter diferenças, nem de sexo, cor, raça, nem credo. somos a humanidade apenas e vamos morrer..

    Se não quer ver os outros sofrerem por escolhas da sociedade ajude-os, porque não deseja estar nos seus lugares, porque a máxima é válida:

    NENHUM DEUS VAI AJUDAR NINGUÉM, PORQUE PERTENCE AO MUNDO DA ILUSÃO, FANTASIA, SENDO CONTANTEMENTE CORRIGIDA PARA TENTAR PERTENCER À HUMANIDADE, MAS QUE NO FIM AS AÇÕES SEMPRE SERÃO DOS HOMENS.

    Já percebeu que quando Bil GAtes, eu, qualquer ateu, oscar niemeyer faz algo de bom filantropia, na ausência de consistência, dizem que os deuses agiram no coração…..chega a ser engraçado a incapacidade dos deuse….rsrsr
    abração

  39. Valmidênio Barros desculpa mas não falo com pessoas arrogantes e que não respeita a crença alheia…

  40. Acho que da mesma forma que os cristãos tem que respeitar aqueles que não creem ou que creem em outra coisas que não seja seus ensinamentos, a recíproca deveria ser a mesma, ou não???

  41. Ralph,

    Não acho o BArros arrogante. Será que só porque argumentou com propriedade a incongruência divina?

    De qualque forma, comente. Escrevi acima.

  42. Saracura, será que ta todo mundo (digo maioria) errado, será que todos esses anos de existencia humana foi tudo ilusão, todos viveram engandos uns pelos outros? não existiria nem um pingo de verdade nessa historia toda?
    toda mentira um dia é desmascarada… como pode uma mentira assim ser sustentada assim tanto tempo?

  43. Eu não acho que seria correto eu dizer a alguem que segue o budismo que Buda foi isso ou aquilo se eu não conheço a historia de buda, ou Maomé, ou Entidades da Umbanda, se eu não conheço não posso falar nem bem nem mal, por isso estou aqui pra conversar com vcs (não pra converter ninguem, nem pregar nada), pra saber a forma de pensar que quem não cre em nada.

  44. Ralph, a igreja católica surgiu no meio de violência, mortes e torturas… e se manteve do mesmo modo.
    Procure um pouco sobre a história da igreja católica e vai ver que ela é manchada de sangue, foi sustentada com mortes, torturas, violência, manipulação de informação e de documentos antigos(incluindo a bíblia), guerras, preconceito e por ai vai uma grande lista.
    E dizer que todos esses anos de existência humana foi tudo uma ilusão… bem… se para você o teu deus é verdadeiro (Jeová), para todas as outras religiões você acredita que elas são apenas ilusões.
    Diga com sinceridade, você já cogitou a existência de Thor, Zeus, Mitra, Brama, Buda, ou que o sol é um deus, e milhares de outras divindades criadas… Se para você teu deus é realidade, para os outros que não creem nele, ele não passa de uma ilusão.

  45. Ralph, do mesmo jeito que você não crê em todas as outras divindades que você citou, nós também não acreditamos…. só que na contagem geral acreditamos em 1 a menos… o que você segue.

  46. Gustavo
    “A ideia de “dia do orgulho X” é tradicionalmente concebida a minorias que sofrem intolerância. É uma forma de bater de frente com aqueles que acham que ateísmo é uma vergonha. Quando as pessoas ficam sabendo que você se declara ateu sem medo, elas se escandalizam, elas reclamam, imploram, ameaçam, xingam você para que você desista dessa ideia. Acontece que, se você ceder, aqueles que te atacam vão reafirmar-se na ideia de que ser ateu é uma vergonha. E nada muda, a intolerância continua presente. Ao chamar a atenção dos ateus, dar apoio e mostrar que eles não estão sozinhos – o propósito do encontro – a esperança é que os ateus não cedam a essa pressão, ao status quo.

    Estamos aqui para lembrar a todos que não acreditar em divindades não é uma abominação.”

    me explica pra que provar que não acredita em algo que não vc tem certeza que não existe?

  47. Ralph,

    Você tem um quê de razão. A verdade está aparecendo aos poucos. Durante milhares de anos, a mesma maioria considerava trovoes deuses, e achava que o mundo restringia ao seu local de morada. Veja hoje!!

    Os livros sagrados, nunca previram dinossauros, DNA, Intenet rápida, a maioria sempre foi “dominada” pela ignorância, o conhecimento era resguardado da presença dos simples mortais.

    Aqui no Brasil ainda estamos engantinhando na questão da liberdade. Na Europa quase há 300 anos o Estado é livre dos anseios da religiões, só agora estamos pensando em não batizar nosso filhos, em não aparecer símbolos religiosos em repartições publicas. Como haveria insenção dessa forma?

    Lembra quando um cientista resolveu afirmar que a Terra era redonda? A maioria acreditava nos que diziam os padres, papas, religiosos e todos, todos estavam errados.

    olha, não tema! É que você não está fazendo uma abstração com relação a outras culturas. Imagine na Coreia do Sul, onde tem outras religiões e muita gente Ateia, por exemplo, será que eles teria a mesma resposta para sua pergunta? Não

    Entenda, você só crê num deus do jeito que está porque foi doutrinado assim, mas no fundo, você age como se esse deus nunca existisse, finge apenas. Quando adoece, procura um médico. Quando quer vaga num concurso, estuda. coisa que eu ateu faria normalmente!

    Volto a dizer, a unanimidade, só ocorre porque ainda somos bombardeados pela religião desde a tenra idade. Deuses são nossos super-heróis de adultos, que tememos porque assim alguém disse pra fazê-lo. Ensinam que temos que amar sobre todas as coisas (egoísmo) e temer (antagonismo, torturador) e se não fizermos isso vamos sofrer…

    Quando o sofrimento não vem, aí transportam pra depois da morte. risos…ora, depois da morte estamos mortos!!! Não adianta…

    lembre-se: Mentiras se sustentam sob condições especiais de medo, cerceamento de liberdade física e de pensamento. Nem podemos dicordar de nenhum dogma, porque o crente entende como um “suposto crime”. Eu nego o espirito santo, jesus, deuses, diabos…E o povo fica se benzendo…mas nada acontece. Terei as mesmas doenças de qualquer ser humano. Viverei com as mesmas condições.

    Quando um pastor só falar a parte boazinha ou propuser uma desgraça, não tema amigo! Pura balela de quem tem medo de perder o fiel…

    abração

  48. Zé,
    Eu conheço boa parte dessa historia da ICAR por isso que não concordo com muitas coisas a respeito dela e por isso que sou protestante, por saber de todas essas perseguições, e ourtas que não devem ter sido relatadas e documentadas, dai surgiu a revolucão de Lutero; ja me disseram que a quantidade de ouro do vaticano dava pra acabar com a fome do mundo, mas como disse anteriormente (nao lembro se foi aqui) as igrejas são diferentes, apesar de crerem no mesmo Deus elas agem de formas diferentes, agora a que é certa e errada acho que só Deus sabe rsrsrs, igrejas evangelicas existem varias com varias “doutrinas”, doutrinas essas que são humanas por isso falhas, não se pode comparar as igrejas evangelicas nem mesmo igreja evangelica com catolica, uma não tem nada haver com a outra

  49. Ralph, enquanto houver no mundo pessoas que aceitam sem reclamar um livro que incita escravidão, machismo, violência, incesto, tortura eterna, estupro e todo o tipo de barbaridades(bíblia é uma bom exemplo de livro assim), é preciso “abrir os olhos” de quem aceita esse tipo de atrocidade só por causa da religião.

    E uma coisa que tem que ficar bem clara ralph, é impossível provar que o nyan cat voe pelo universo soltando um rastro de arco-íris (não entenda isso como um desrespeito a crença, é um exemplo que me veio a mente), mas através dos conhecimentos que temos é possível acreditar que é impossível um gato voe entre as estrelas(afinal ele é um gato, uma criatura natural da terra que precisaria de oxigênio, temperatura ideal, pressão ideal e tudo mais que existe na face na terra para sobreviver, sendo assim impossível ele estar no espaço sideral) soltando um arco-íris sólido ( sendo que o arco-íris não passa de uma refração da luz) com uma musiquinha acompanhando-o ( já que não existe nada que criaria a música para que seu passeio fosse completo).

    O mesmo acontece com deus, é impossível provar que deus existe, mas através do estudo histórico, é possível ver que a bíblia sofreu alterações durante a sua existência, que é improvável que uma cobra ou uma mula tenha falado, que através de milhares de anos nunca houve uma testemunha ocular de um anjo que não esteja na bíblia, que fatos tidos como certezas na bíblia são extremamente duvidosos (como a inexistência de documentos ou pessoas que tenham visto jesus ou nunca ter existido um povo hebreu escravo no egito). Assim podemos tomar conclusões de que seus deus tem a existência impossível, mas que pode existir alguma criatura de inteligência superiora que criou o universo, mas que não foram alguns povos do deserto que descobriram e conversaram com ele.

  50. Na verdade tem totalmente a ver ralph, pois uma se apoiou no que a outra disse, existem muitos mitos que foram “herdados” pelo protestantismo da ICAR, como por exemplo a existência da trindade, onde em nenhum lugar da bíblia ela é citada, como a raiva com o aborto e a própria escolha de livros que compõe a bíblia.
    Existem muitos livros apócrifos, e quem escolheu qual livro ia para a bíblia foram padres católicos. E a cada “geração de padres”, eles tinham vontade de mudar tais livros.

    Apenas uma coisa meio solta… a própria bíblia diz que é impossível algo puro sair de algo puro… como então miraculosamente… o protestantismo esteja certo?

    Lutero, apesar de criar uma revolução história do cristianismo, ele com certeza não é uma pessoa moral e muito menos justa, não deveria ser tomado como exemplo para nenhuma história religiosa.
    Afinal de contas, depois de conseguir o apoio de burgueses, nobres e camponeses… e começar a ser perseguido pela ICAR, resolveu pedir ajudar e abrigo para os nobres e burgueses, deixando os camponeses que o seguiam sofrendo toda a ira que ELE criou, outro exemplo… é que ele também era machista e acreditava que lugar de mulher era na casa lavando as coisas e na cama tendo filho.

  51. E não é somente as “doutrinas” que são falhas e acabam cometendo atrocidades, a própria bíblia é um grande amontoado dela…

    É um site cético, mas a bíblia que está ai não foi adulterada:

    http://www.bibliadocetico.net/crueldade.html

    Gosto de citar coisas como a bíblia ensinando como é o jeito certo de bater em escravos e se caso ele morrer 2 dias depois do espancamento não foi pecado, ou quando a bíblia diz que se uma virgem for estuprada a culpa foi dela por não ter gritado o suficiente, por isso vai se casar com o estuprador.

  52. @Ateus

    Ora ora ora, os ateus estão a me ignorar?
    Estaria certo em minha teoria, onde ateus são semelhantes a testemunhas de Jeová?

    Nestes debates, pelo incrível que pareça, o comportamento de vocês são muito semelhantes.

    Iniciam com toda força, porém quando são questionados pela fragilidade da crença que possuem, ignoram rapidamente.

    @Criaturo

    És mais experiente do que eu neste tipo de blog. Este tipo de comportamento (fingir de surdo) é comum para pessoas que professam esta fé?

    Imaginava pelo fato de auto-declararem “livres Pensadores”, não estariam presos a comportamentos semelhantes a fanáticos religiosos.

    Pelo que percebo, agem feito o tal, “filtrando” as evidências e deturpando os sentidos das explicações.

    sds

  53. Valmidênio Barros desculpa mas não falo com pessoas arrogantes e que não respeita a crença alheia…

    E por que diabos um sistema de crenças ridículas e infundadas deveria merecer o meu respeito? Pois não respeito mesmo! Seu Deus, SE existisse, seria um monstro criminoso, mesquinho e cheio dos piores defeitos que nossa sociedade atual despreza.

  54. Stardust Revolution

    O dono do blog o Barros tem a virtude da democracia, mas respeito a fé dos outros não é muito o forte dele.
    parei de ler os textos dele devido a repetição de argumentos , todos baseados nas incoerência biblicas, sem falar na especialidade dos ateus em desvirtuar e denegrir os bons , ensinamentos.
    O mundo fantastico do “deus” Barros, onde ele cria seu próprio deus incoerente e imperfeito só para dar razão ao seu próprio ateismo, saõ varios os textos onde ele se coloca na posição de um deus cruel e ridiculo,, quanta irônia! um ateu querendo ser deus ?
    só se for o deus do ridiculo !

    os crentes novatos entram aqui tentam provar que Deus existe é bom e ama a todos os ateus, carne fresca é um otimo convite para ateus velhacos de divertirem…he..he..he
    para não espantarem a vitima, no começo do namoro são todos ouvidos e simpatias, mas quando uma das partes percebem que não esta sendo ouvida a começa a sinceridade…he..he…he
    querer usar argumento emocionais biblicos gera longas discussões que levam ao nada, naõ acrescenta nada mais que desgaste.
    Esse é um dos motivos que participo pouco deste forum.

    sds

  55. SR
    por aqui ja passaram alguns ateus de respeitáveis conhecimentos, agora este numero esta bem reduzido, mas continue tendo fé que ainda poderá ter um bom debate.

  56. querer usar argumento emocionais biblicos gera longas discussões que levam ao nada, naõ acrescenta nada mais que desgaste.
    Esse é um dos motivos que participo pouco deste forum.
    sds

    ERRADO, Sr. Criaturo. Vc não participa deste fórum justamente porque os ateus não aceitam que vc queira nos enfiar goela abaixo um Deus que só existe na sua cabeça como sendo o mesmo Deus bíblico. Que vc deteste também o Deus da Bíblia é claro que dá pra entender, e eu seria bem solidário se vc fosse sincero o suficiente para dizer “Gente, esse Deus da Bíblia é um filho da puta, mas o
    Deus que eu inventei pra mim mesmo vale a pena louvar”.

    Mas não. Vc quer fazer com que a gente aceite o Deus que tá na sua cabeça como sendo o mesmo que é descrito na Bíblia. Aí não dá!

    E olha só o teu subconsciente se revelando sem a sua autorização:

    parei de ler os textos dele devido a repetição de argumentos, todos baseados em incoerências Bíblica

    Você tem toda razão. Meus argumentos são mesmo baseados nas inúmeras incoerências do livro sagrado.

  57. Criaturo, em 27/02/2012 às 20:26 disse:

    “quanta irônia! um ateu querendo ser deus ?
    só se for o deus do ridiculo !”

    Perdeu, ateu! O deus do ridículo já foi inventado há muito tempo e tem milhões de seguidores, como o nosso amigo que escreveu esta pérola…

  58. Existe preconceito com ateus??? contras gays eu sei que as pessoas batem repudiam xingam, mas com ateus?

    Sim, é claro. Quantas vezes eu não vejo crentes mandando mensagens para ateus dizendo que eles merecem ir para o inferno, que eles deviam morrer para encontrar Deus…

    Veja esta notícia:

    “Página da Fox no Facebook recebe mais de 8.000 ameaças de morte contra ateus”
    http://vidaemorbita.blogspot.com/2011/08/pagina-da-fox-no-facebook-recebe-mais.html

    Quando os patrões descobrem que seus empregados são ateus, é muito comum eles serem demitidos e, quando isso não acontece, no mínimo, comecem a serem tratados com desconfiança e menosprezo. Mesmo que eles respeitem os religiosos, mesmo que eles nem sequer falem sobre religião no trabalho, é isso o que acontece.

    Teve casos onde um aluno enviou um e-mail ao diretor da escola pedindo que não houvesse oração. Conclusão: foi expulso da escola e da própria casa! (Não tenho fontes em português, apenas em inglês).

    Havia uma cidade pequena que descobriu que um casal que morava nela eram ateus. O assédio moral e a perseguição a eles naquela cidade foram tão intensos que eles foram obrigados a mudar de cidade.

    E no Brasil? Temos o Datena:


  59. Me respondam por favor:
    se eu não acredido que tal coisa exista como posso creitica-la? e como vcs enchergam as religiões afro-brasileiras que tem manifestações espirituais visiveis?

  60. posso criticar o barros sem conhece-lo? não posso só pq ele me passou uma imagem agora não posso dizer aqui que ele é má pessoa, que é sem educação, mau carater, injusto, etc… se eu não o conheço a tempos…

  61. Ralph,

    Você pode criticar o Saci-pererê mesmo sem conhecê-lo. Ele não existe! Da mesma forma podemos criticar o culto ao que não existe, até o momento, deuses!

    Manifestações espirituais?? James Randi pôs um prêmio que chega a U$ 1.000.000 (um mihão de dolares) a quem demonstrar essas manisfestações…Até agora nenhum dessas crendices funcionou, ou foi realizada. Você crê nos poderes do Homem-Aranha? Toda hora vemos nos filmes!!! Feitiçaria, macumba, espíritos, deuses fazem parte das supertições infantis…

    De qualquer voltamos à condição de que essas aberraçoes e delírios pertecem ao domínio das mentes religiosas. Todo o sobrenatural não passa de engodo, imaginações, aberrações, alterações psicológicas facilmente explicáveis por profissional honesto.

    Se realmente crê nisso, costurarei seu nome numa boca de um sapo para você virar Gay. Será que funciona?

  62. É exatamente isso que eu to falando, pra que eu vou criticar o saci perere se ele não existe, por que perder meu tempo estudando como surgiu a lenda do saci porque ele faz tranças nos rados dos cavalos etc… seria logico eu sair pelas escolas tirando livros de circulação pq não concordo com essa lenda?

    quanto as religiões afro… vc acha que é fingimento?

  63. Ralph… uma coisa que você não está entendendo, é que NÃO criticamos deus, para os ateus, deus não existe, ponto final.
    O que criticamos seria as atitudes de pessoas baseadas na religião.
    Vou dar um exemplo recente, a recente psicóloga Marisa Lobo que está fazendo uma psicologia cristã( Que vai contra a ética da profissão, onde a psicologia não pode endossar NENHUMA opinião pessoal, seja ela de cunho político, idealista ou religioso) usando-a principalmente praticando a homofobia “curando” a homossexualidade.
    Ela normalmente diz: Porque DEUS criou o homem e a mulher e os gays são do capeta, eles foram tentados pelo diabo e não teram uma vida feliz porque satanás os induz a praticar esses atos imorais e pecaminosos, destruindo assim a sua alma.

    Bem, para nós deuses e seus antagonistas (em qualquer nome e de qualquer religião) não existem, mas vamos nos basear nas recorrentes declarações que eu disse ali em cima.
    1º erro: Ela usou conceitos ainda não provados em sua “tese de cura”, como a alma, possessão demoníaca e a existência de deus
    2º erro: Ela praticou clara homofobia dizendo que homossexualidade é doença, sendo que isso foi abolido em 1980 em caráter mundial
    3º erro: Ela usou a psicologia para fazer fundamentalismo religioso, usando a psicologia para endossar sua ideia de ideologia cristã
    4º erro: Não usou nenhum artigo ou tese anterior de alguma outra pessoa para comprovar sua tese
    5º erro: Como psicóloga, ela deveria utilizar a evolução para basear suas idéias, já que no meio científico a teoria da evolução é a mais aceita. Caso ela não acredite ou não aceite, deveria se abster de usar o criacionismo para endossar idéias e/ou provar que seu ponto de vista está certo através da antropologia cristã (dizendo o que a fé ou religião traria de bom para o paciente, mas nunca fazer pregação)

    Após tudo isso, o problema não está em deus, afinal para nós ele não existe, está em como ela utiliza a religião. Então para tentar “informar” pessoas que não conheçam tais erros, é preciso dar informações e explicar tais erros. Para começar então é dito os problemas encontrados na religião e no modo que a religião aborda as pessoas, não deus, afinal de contas… ele não existe PARA NÓS.

    Religiões afros necessariamente não são fingimentos, a pessoa pode realmente acreditar que pode estar sendo encarnando uma entidade. Mas talvez todos esses efeitos sejam criados pela própria pessoa, ou talvez indução psicológica, ou hipnose e talvez em casos mais graves esquizofrenia.
    Deixe-me dar um exemplo… um esquizofrênico realmente acredita que existe um jacaré perseguindo ele, ou que existem alienígenas disfarçados de enfermeiras querendo drogá-los, não é fingimento, dentro da cabeça dele, todos os acontecimentos realmente acontecem, mesmo ninguém vendo tais acontecimentos.
    Ou talvez uma gravidez psicológica, ela não está fingindo que está grávida, o corpo realmente cria os “sintomas” da gravidez, até impedindo que a menstruação aconteça…. não são fingimentos, o corpo realmente sofre os efeitos de um estado que a própria mente da pessoa criou, o mesmo acontece em casos de “encarnação” nas religiões tribais e afro-brasileiras.

  64. A religião não seria criticada (Lembre-se deus não é criticado, ele apenas é um mito para nós e os teístas somente por crerem também não) se ela não oferecesse riscos. Mas a religião é uma causadora de intolerância, violência e atraso. Deixar bem claro que a religião não é o problema em si, não é o fato de crer que causa problema, afinal o estado é laico e todos tem o direito de ter o credo que quiser.

    Mas por exemplo, enquanto houver atrocidades cometidas em nome da religião, criticamos tais atrocidades, e tentamos mostrar aonde a religião erra, assim mostrando que caso a base do credo é infundado e a religião é sim passível de erro… talvez as atrocidades também sejam erradas. Pelo menos é isso que acredito que seja o objetivo do site.

    Por exemplo a religião cristã já foi usada como desculpa para várias guerras e atrocidades, já fez parte da inquisição,várias cruzadas, comércio de negros, kkk, revolução gloriosa, e por aí vai. Sem contar o preconceito que ela criou e dando a impressão que ela tem a “suprema verdade”, como é possível ver quase sempre casos de intolerância religiosa com religiões africanas por exemplo. E outro problema é a bancada evangélica, que por exemplo, hoje impões seu credo no país mesmo ele sendo laico.

    Caso isso não acontecesse, e quando não acontece, a liberdade a credo é um direito universal… mas a partir do momento que tal liberdade de credo atinge pessoas que não compartilham do mesmo credo e são obrigadas a obedecer preceitos que não lhe pertencem… é preciso combater tal ato. Não digo isso em relação aos cristãos, afinal de contas eles também deveriam defender o estado laico, que é exatamente o que evita uma bancada muçulmana por exemplo.


  65. eu to chegando a conclusão que o problema não esta nem em Deus nem na religião ou qualquer credo ou descredo, o problema esta em nós humanos, pois os problemas de preconceito esta em todas as partes, eu posso colocar tb varios problemas com pessoas cristãs em trabalhos, aqui mesmo meu gerente é judeu, nem se pode falar em Jesus (não que eu fique falando, mas quando souberam minha religião o tratamento mudou), vc ja leu a PNDH3? ela quer acabar com todas as religiões (no meu modo de ver) mas não no modo de acabar com as religiões e sim juntar todas numa só (ecumenismo) e a que não se juntar vai ser considerada “terrorista” ela diz que por qualquer motivo uma pessoa pode ser presa se destratar um homo… o que eu vejo é “macumbeiro” dizendo que cristão os perseguem, cristãos dizendo que são perseguidos por todos, agora estou vendo que os ateus da mesma forma, e estou vendo vcs tb criticando as crenças, acho que o ser humano não convive com as diferenças…

  66. Ralph,

    As indagações anteriores foram respondidas pelo Zé com propriedade!

    Não acho que as religiões vão acabar! O problema é que a religião deveria respeitar outras religiões e o espaço ´de todos.

    Religiosos deveriam cultuar seus deuses nos seus templos, sua tradições cultivadas, como os índios têm as suas. Seria bom que religião fosse exercida nos seus lugares e não desejar que todos se convertam numa religião particular. Neste ponto, digo: não queremos conversão, nem acho que se deve sair por aí querendo mais fiéis.

    Acho que a matéria ensinada nas escolas deveria ser “religiões”, todas. Deveria mostrar a religiões africanas, Egípcia, Grega, Nórdica, Árabe e por aí vai. Neste ponto se colocaria as religiões no lugar perfeito, uma simples escolha como um doce de banana ou goiaba.

    Religião com seus mágicos deuses e diversos deveriam nunca se misturar com coisas sérias, politica, costumes e por aí vai. Esse é o grande problema, não tenho o desejo que eleas acabem, mas que tomem o seu lugar devido na sociedade: um grupo social, que paga para ver pessoas, ouvir cultos e músicas e criar suas fantasias, nada mais.

    Acho que, fora dos cultos, as pessoas crentes nem precisariam cumprir as absurdidades requeridas pelos deuses, tratariam como apenas uma fantasia, como aquela mesma sexual: fingir-se na hora da fantasia, que assume um papel. Assim seria a religião ideal.

    O maior mal da humanidade é querer, à força, por opressão, coação, coerção, invadir o espaço íntimo e tentar obrigar os cidadãos a exercer um credo, causando mortes, intolerância, guerras, separações, cerceamento intelectual e físico. A religião, em vez de aproximar os homens, nem mesmo aproxima os crentes, afasta-os devido a grande quantidae de dissidências e correntes de uma mesma crença.

    Como e grave afastar pessoas apenas porque escolheu gostar de doce de goiaba(apenas uma escolha). Afastar pessoas que conseguiram descobrir falácias no seu credo. Afastar, segregar, subjulgar e sectarizar só causam transtornos quando a religião tent invadir o espaço humano individual, livre, íntimo, emancipado pelo conhecimento

  67. Ralph, agora você, de fato, disse uma coisa inteligente :)

    O problema não é a religião em si ou crença em Deus, o problema são determinadas crenças que são associadas a Deus ou à religião. Por exemplo, o cristianismo costuma pregar a seus fiéis que, se eles se afastarem de Deus, vão progressivamente se tornar (ou tendem a se tornar) pessoas cada vez mais ruins, egoístas, talvez até assassinos. Quando um cristão encontra um ateu, qual é a conclusão lógica que o cristão vai tirar a respeito do ateu? Que o ateu é bonzinho?

    Às vezes ateus têm, de fato, uma atitude agressiva contra religiosos. Para entender o porquê disso, é preciso analisar a história deles. Muitos ateus se tornam ateus porque tiveram uma experiência muito ruim com religião e com pessoas religiosas. Neste caso, eles têm a tendência de generalizar a experiência deles a todos ou pelo menos à maioria dos religiosos. E daí o motivo dessa agressividade.

    Quando macumbeiros falam que estão sendo perseguidos, eles têm razão. Existem notícias falando sobre crentes que destruíram centros de umbanda, candomblé e espíritas.

    Quando cristãos dizem que são perseguidos, em geral, eles estão apenas se vitimizando. Cristãos citam intolerância contra cristãos em outros países onde o cristianismo é minoria, como Índia, Coreia e Oriente Médio, não em países onde cristianismo é maioria como no Brasil. Outras vezes eles usam o mero fato de que ateus argumentam contra o cristianismo ou mostram pedaços horríveis da bíblia, mas, primeiro, isto é apenas liberdade de expressão e, segundo, a atitude dos cristãos mostra que eles estão tentando se proteger da verdade. A bíblia tem passagens horríveis, sanguinárias, isto é fato, mostrar estas passagens não é intolerância, é simplesmente mostrar um fato.

    Também houve casos onde cristãos foram religiosamente perseguidos por outros cristãos, mas, tirando o xingamento de cristãos vindo por parte de alguns ateus, ainda estou para ver um caso de perseguição religiosa a cristãos que tenha vindo de uma minoria religiosa no Brasil.

  68. Exatamente ralph… o problema não está na religião, nem nos deuses, e sim nos humanos. Nós não conseguimos conviver muito bem com as diferenças, mas nada que com um pouco de esforço e informação pode ser vencido.
    Mas sinceramente ralph… acho impossível o ecumenismo, pois as crenças são totalmente contra umas as outras… por exemplo o cristianismo, judaísmo e islamismo… elas pregam que qualquer um que adore falsas imagens e outros deuses sejam mortos e amaldiçoados… e isso é sério. É claro que isso pode ser mudado, mas o problema está justamente no fato de que a maioria das religiões pregam que possuem uma verdade irrefutável e imutável, por exemplo… a igreja católica que demorou 500 anos para fazer um pedido formal de desculpa pela inquisição, muçulmanos ensinarem em escolas públicas como é modo certo de decepar pés e mãos igual seu livro sagrado ensina e por aí vai com outros fatos da religião.
    Muitos ateus também são fundamentalistas e extremistas, acham que toda religião deve ser exterminada da face da terra… criando assim mais violência e exagero por um lado que se diz justamente combater essas características da religião.
    Em minha opinião o certo é sempre passar o conhecimento adiante, e sempre buscar a melhor qualidade de vida e “paz” para que uma sociedade possa conviver.

    Uma coisa que não sei se percebi direito, mas parece que você se sente incomodado com pessoas criticando uma as crenças das outras… bem… queria deixar clara minha opinião…
    Credo ou ideologia são passíveis de falha, e consequentemente de críticas, e não acho errado desde que isso seja feito de modo racional, com debates e argumentações É assim que as coisas melhoram, cada um dando sua opinião e os melhores pontos do que cada um diz formando um “todo” melhor.
    O problema é que a maioria das pessoas não entendem críticas… ao ter seu credo ou ideologia criticado, leva a crítica pro lado pessoal…
    Então… o problema não está na crítica(totalmente nela, apenas parcialmente por causa de uns ou outros apaixonados em defender suas teses) e sim em como as pessoas andam “entendendo e recebendo” tais críticas.

  69. Zé,

    Muito bem. Mesmo os ateus fundamentalistas não saem por aí matando, torturando nenhum crente. O máximo que fazem é criticar de forma mais veemente, no entanto isso faz parte do convívio social.

    REsumo tudo isso à questão da escolha. Comer doce de maçã, banana, goiaba, não existe certo ou errado existe escolha e se alguém escolheu jaca eu aceito muito bem. Religião é escolher e não deveria servir para “apartheid”. Vejo pessoas que se amammas não se dão bem por não aceitar a religião do outro.Isso é absurdo!

    Não gosto de novela, não assisto, mas quem desejar, assista. Isso não vai me fazer detestar, separar-me de quem gosto.

    abração

  70. Zé eu acho que o ecumenismo pode dar certo sim desde o fato que se “junte” todos os deuses num só, como inventaram GADU, as religiões tem sim muitos “ERROS” (entre “” pq o erro depente do ponto de vista de cada um) mas é fato que tb já mudou a vida de muita gente, muitos “EX”, independente de ter sido Deus ou não a religião muda a vida das pessoas, e eu acho (eu acho) que se a sociedade é como é hj tendo o que é “certo e errado” ex: não matar, não roubar, não adulterar, pedofilias, e outras, se dá por conta das escrituras, quem foi que determinou o que era certo e errado, pensando (sei lá) desde a época das cavernas… quanto as criticas, as pessoas tem que entender que existem criticas construtivas, não precisa vir aqui e vomitar um monte de besteiras chamar as “divindades” disso ou daquilo, realmente eu respeito muito o credo de cada um, pois eu gosto de questionar tudo, até mesmo minha religião, tem muitas coisas que eu mesmo não concordo com algumas igrejas fazem, mas ai são doutrinas humanas, eu acho que se fosse tudo feito como a biblia manda seria diferente, mas tem igrejas que distorcem para algum fim $$$, mas isso não quer dizer que são todas as demoninações.

    Gustavo… cristão no Brasil não sofre preconceito?, veja bem se não é a forma que a maioria vê um cristão, um cara de blusão de cor amarelada com uma calça surrada e chinelo de dedo e a biblia debaixio do braço… isso é pre conceito! ser chamado de bribia pra la e pra cá, eu conheço muito evangelicos que são muito bem sussedidos e intelectuais, a de convir que tem muita gente humilde, mas que não são todos analfabetos, assim como nem todos flamenguistas são bandidos, nem todos politicos são desonestos, nem todos policiais aceitam propina, eu ja vi um caso de um pastor que foi fazer uma compra parcelada e quando perguntaram a profissão dele atendimento mudou, sendo que esse pastor vivia do salario da igreja tinha renda fixa, mas foi só dizer que era pastor que mudou tudo, isso é preconceito, e nada mais nada menos o que vc faz que é pegar contextos da biblia e usar como pretexto para difamar o cristão, isso é preconceito

  71. Me desculpe ralph… mas ai eu tenho que discordar de você… é justamente nesse ponto que o barros vive criticando no site…
    O deus pregado nas igrejas não tem muito a ver com o deus bíblico…
    se tudo fosse feito exatamente como a bíblia manda, seria uma sociedade violenta, machista, vingativa, destrutiva e auto-destrutiva e por ai vai… e não digo isso por dizer… se quiser posso mostrar.

  72. De fato, Ralph, você tem razão, existe um certo pré-conceito com respeito às pessoas fortemente religiosas, que pode ser tanto um pré-conceito negativo (como o exemplo que você deu, ou como muitos ateus que veem religiosos como estúpidos) como um pré-conceito positivo (que é achar que pessoas fortemente religiosas necessariamente são santas), ambos são preconceitos ruins. Cristãos podem ser, às vezes, alvo de preconceito, mas dificilmente são alvo de intolerância por parte das minorias religiosas. Veja que preconceito, discriminação e intolerância são três conceitos distintos, não são a mesma coisa.

  73. É exatamente isso que eu to falando, pra que eu vou criticar o saci perere se ele não existe, por que perder meu tempo estudando como surgiu a lenda do saci

    Quantas guerras foram feitas em nome dos sacis? Quantos povos se odeiam mutuamente, ou se repelem mutuamente por causa dos sacis? Quanta gente morre ou contamina seus semelhante com vírus mortais porque está seguindo alguma regra imposta pelos sacis? Quantas crianças são doutrinadas no medo extremo de ser torturada por um saci? Quantas pessoas enriquecem à custa de dinheiro de gente pobre e ignorante por causa na crença em sacis?

    Deus e sacis são lendas. Mas só a lenda do saci é divertida e não prejudicial.

  74. Esqueceu de mencionar quantos ja foram salvos do fundo do abismo, apenas por ter acreditado em Deus!
    pare de ser hipócrita, voce não esta nem ai para para os efeitos da religião sejam eles bons ou ruins!
    O que voce deseja é que “todos” te deem a razão no seu ateismo, pelo simples fato de voce ter decidido que isso é o melhor.

  75. Criaturo… Religião foi desculpa e motivo para atrocidades no passado, e ainda é… sem contar a intolerância e violência que motiva ainda hoje.
    Me desculpe, mas pessoas se iludirem e serem “salvas do abismo” não chega nem perto de compensar todas as mortes e o sofrimento que a religião já trouxe, não importa qual seja.
    E me desculpe… mas não é somente a religião que cura as pessoas… as pessoas são “salvas do abismo” talvez porque um pastor deu conselhos para ela, teve amizades verdadeiras dentro da igreja, foi tratado como gente onde em nenhum lugar mais foi, ouviu histórias de superação parecidas com a dele, sejam reais, metáforas ou até mesmo inventadas. E tudo isso… só acontecer dentro da igreja, mas quando se trata de uma pessoa que não compartilha da mesma crença sofrer coerção social… isso sim é hipocrisia…
    Digo por mim, não sei pelo Barros, mas na boa… ninguém aqui quer que todos nos deem razão, nós simplesmente queremos que os efeitos ruins da religião parem, se não fossem por eles nem estaríamos criticando tais atos… mas o hipócrita na conversa… não parece agente… que tenta justificar violência, preconceito e uma história manchada de sangue… porque um ou outro foi “salvo do abismo”. Pra mim parece hipocrisia negar que bruxas foram jogadas no abismo (literalmente) e justificar tais atos pelos “salvos do abismo”.

    Se tais erros também te irritam criaturo ou qualquer outro teísta que esteja lendo isso, mude esses erros e parem de tentar justificar… porque se tais atos sórdidos não acontecessem nossas críticas seriam sem sentido e talvez nem existiriam. Não existe desculpa para o sofrimento alheio.

    Se existem pontos bons na sua religião, e na filosofia que seu “deus lhe deu”… mantenha-os e melhore, mude a sociedade com eles e faça o certo…. mas enquanto existirem os pontos ruins… haverá pessoas criticando-os e pedindo mudança… coisa que até os próprios integrantes da crença deveriam fazer se percebem que é algo ruim.

    Ninguém aqui quer ser o certo e que “todos” nos apoiem por uma decisão pessoal… só queremos que ninguém passe o mesmo sofrimento que um dia nossos antepassados já passaram por causa da intolerância de alguma religião e que os nossos descendentes vivam um mundo melhor sem os erros que as religiões tem… coisa que eu não entendo porque os teístas não apoiam…

  76. Esqueceu de mencionar quantos ja foram salvos do fundo do abismo, apenas por ter acreditado em Deus!

    Outro dia vi um “testemunho” de um cara na Igreja Mundial do Poder de Deus; ele disse:

    Deus me tirou das drogas, me livrou do crack e me deu uma empresa. Agora sou um empresário”

    Eu quase me mijei de rir. Como assim “Deus me livrou do crack e me deu uma empresa”??? KKKKKKkkkkkkkk

    Os crentes que são hipócritas por agir como se Deus não existisse e computar seus sucessos a ele, e todos os seus fracassos ao Diabo. Que mundinho mais besta esse, hein? Se alguém se livra do crack, foi porque Deus o livrou. Se alguém não se livra do crack, foi porque o Diabo não deixou… Ai, ai…

  77. É engraçado assistir testemunho de crente na tv… eles chegam falando que não tinham nem o que comer, mas participaram da “corrente de orações dos 417 pastores ungidos com água benta do monte sinai” e meses depois já tem uma empresa, carro do ano, e 10 funcionários…

    Mas o pior não é eles falarem isso, o pior é alguém acreditar…

    Abraço
    Cristiano

  78. eu queria saber se existe aqui algum profissional em historia, pois pelo que eu sei e já conversei com varias pessoas, essas “bruxas” não era nada mais nada menos que cristão que não concordavam com a ICAR e eram ditas como bruxos dai vieram varios massacres, ahh não justifica mesmo assim mataram em nome de Deus, será!!!! será que foi em nome de Deus ou tiveram um objetivo proprio?
    e digo e repito se fosse feito como a biblia exatamente manda seria melhor, o que aconteceu no antigo testamento passou acredito que tudo teve um proposito, havia sim incestos mas como se multiplicaria, depois Deus manda parar, ahh Deus muda de ideia, ELE É DEUS sabe de todas as coisas,
    não tem coisas melhores para se ver na TV do programa de coisas que eu não creio, cuidado vc pode se converter um dia assistindo e dar seu testemunho aqui… agora… que tem muito lobo na pele de ovelha isso tem sim, mas vc tem que saber discernir o que é certo e errado, realmente nem tudo é obra do diabo, muita coisa é o proprio homem que procura, mas quando ele cai e ja esta no pecado quem manipula é o diabo (assim EU creio), todo pecado é perdoado por Jesus mas todo pecado tem suas consequencias… se estudar um pouco vamos ver que os povos não se odeiam por religião e sim por territorios, “crianças doutrinadas” isso que vc pensa é coisa da ICAR que inventou um diabo feio e de chifre e rabo com um triangulo na ponta, não posso negar aqui que tem muitos se aproveitando dos dizimos e ofertas mas o Brasil que vc vive tem o maior numero de impostos e o que vc faz para isso mudar???
    não estou dizendo que roubar os dizimos é certo e que isso é uma justificativa… Deus não prejudica ninguem que prejudica e si prejudica é o Homem

  79. Ralph, eu não sou historiador, mas já pesquisei um pouco sobre este assunto. A caça às bruxas começou na Alemanha devido à existência da religião Wicca. Aliás, a figura de diabo com chifres veio justamente porque uma divindade da Wicca e outras divindades pagãs tinham chifres. Mas, de fato, uma boa parte das mulheres acusadas de serem bruxas eram queimadas simplesmente porque alguém não gostava delas. Não havia julgamento, o “julgamento” era jogar a bruxa na água amarrada a uma pedra. Se ela fosse inocente, ela boiaria, pois Deus não deixaria com que uma inocente fosse condenada injustamente.

    Quando se fala “A Igreja fazia tal e tal coisa”, não pense no Vaticano. Era uma atitude coletiva – tanto o Vaticano quanto os bispos, padres e até o povo condenando pessoas em nome da fé. Por exemplo, foi um inquisidor alemão (Heinrich Kramer) que escreveu o livro “O Martelo das Bruxas” (ou “Malleus Maleficarum”), que falava sobre as bruxas, dizia porque elas eram más, explicava como “julgá-las” e torturá-las, e assim por diante. Entenda também que nem todo mundo era a favor do livro, tinha uns a favor, outros contra, enfim, havia polêmica. Veja estes vídeos a respeito:

  80. só que a história vai muito alem de pesquisas na internet, alguns exemplos são da nossa propria historia brasileira… ou vc pensa que tudo que esta nos livros de ensino fundamental é verdade… que foi por livre e espontânea vontade que se assina uma lei.

  81. Você subestima a capacidade da Internet de transmitir informações. Se há controvérsia num assunto, na Internet, você encontra todas as posições na maioria das vezes. Historiadores também usam a Internet.

    É claro que, se tiver algum historiador aqui para falar sobre o que aconteceu, melhor ainda. Mas não conte com isso.

  82. Claro que se tem que contestar caro gustavo… como posso confiar em tudo que vejo na net, sem base sem fundamentos, sem uma bibliografia.

  83. Sr Barros ja viu o que esta acontecendo na Somalia??? veja… é que acontesseria com o mundo todo se não existisse a religião (não estou falando que a culpa de lá é de religião)

  84. Calma Zé!
    não leve tão a sério esse papo de religião, a fogueira da santa inquisição ja era, a moda agora é “a fogueira santa” da universal quem tiver dinheiro para torrar é só comparecer.
    Ninguém aqui quer ser o certo e que “todos” nos apoiem por uma decisão pessoal… só queremos que ninguém passe o mesmo sofrimento que um dia nossos antepassados já passaram por causa da intolerância de alguma religião e que os nossos descendentes vivam um mundo melhor sem os erros que as religiões tem… coisa que eu não entendo porque os teístas não apoiam…
    Um teista não é necessariamente um religioso, que apoia certas religiões politicas.
    Mas porque voce considera o ateismo uma filosofia ensinando a perda da total consciência rumo a inexistencia, como sendo uma coisa boa ?
    sds

  85. Claro, Ralph, certíssimo. Como eu disse, você pode encontrar essa contestação na Internet. Se achar pouco, vá a uma biblioteca. Pela Internet você pode verificar se o autor do livro é mesmo um historiador sério ou um amador qualquer.

    Por exemplo, se tiver interesse, leia o livro “Malleus Maleficarum” original, está aqui:

    http://psicoblogufpb.blogspot.com/2008/09/malleus-maleficarum-download-e-book.html

  86. Eu pesquiso bastante sobre história, e planejo seguir na área de antropologia teórica, religião comparada e psicologia comportamental… tentar integrá-las.
    Bem pelo que eu sei de wicca, ela é uma religião bem nova, que começou no século XIX ~ XX, ela é um amontoado de todas as religiões ocultistas e shamãnicas que é centrada na “adoração” a deusa mãe.
    A inquisição é uma história muito grande para se postar aqui, mas basicamente ela começou buscando pessoas que iam contra o desejo da igreja como o próprio ralph disse (os cátaros) mas depois disso acabou virando uma “farra” pois se espalhou por toda a Europa e suas colonias. Com o passar do tempo ela começou a perseguir judeus ( o sobrenome Oliveira é um sobrenome que judeus ricos e poderosos adotaram para fugir da perseguição católica), pessoas que praticavam bruxaria (enquadrando nisso todo tipo de pessoa como religiões pagãs, pessoas que usavam ervas ou outros métodos médicos não reconhecidos pela igreja, pessoas que praticavam orgias e tudo mais) ou qualquer um que não se enquadra-se nos conceitos católicos( muitos cientistas foram perseguidos, por praticar a alquimia e chegar a conclusões diferentes das impostas pela igreja… sem contar que qualquer um poderia ser acusado e iria passar por julgamento, entenda julgamento como tortura básica)
    Existem inquisições em vários lugares espalhados pelo mundo, inclusive no brasil. É válido lembrar um evento chamado “noite de salem” onde 24 mulheres (se me lembro bem) foram queimadas vivas sendo que não passava de um caso de histeria coletiva.

  87. É, acho que eu cometi um erro ao associar Malleus Maleficarum com a Wicca. Obrigado por corrigir.

  88. Ralph, novamente, a religião a meu ponto de vista não serve como controle social e/ou moral.
    E caro ralph… o problema da Somália tem muito a ver com a religião, já que a religião dominante é o islamismo sunita (98% da população) e o país hoje está sobre regime teocrático (onde a política tem que seguir os preceitos da religião majoritária), sem contar que la acontecem os ritos religiosos mais macabros do islamismo, como a mutilação genital, apedrejamentos a homossexuais e infiéis, e o corte de pés e mãos… tudo isso seguindo a charia… e a guerra civil que hoje existe la tem fundo religioso… isso não é a demonstração de falta de religião… e sim do fundamentalismo religioso.

    Bem você disse que que pegar exemplos do velho testamento não tem nada a ver com religião afinal de contas deu muda.
    Bem… isso vai totalmente contra a religião que você segue, sendo assim muito seletivo ao que é certo ou não… provando justamente que você tem sim poder de escolha do que é moral ou imoral.
    Vamos começar com os erros:
    1º A bíblia diz inúmeras vezes que as leis de deus (inscritas na bíblia) são eternas e imutáveis.
    2º A bíblia diz no novo testamento que a lei de moisés ainda estava válida. ( os 5 primeiros livros da bíblia, que são atribuídos a ele, justamente sendo os mais violentos)
    3º O novo testamento ainda apresenta homofobia, violência, intolerância a religiões diferentes ( ainda dizendo que os bruxos e infiéis merecem a morte)
    4º No novo testamento, em menor quantidade, mas ainda existe, versículos que dizem que deus julgará e matará todos aqueles que ele não gostar.

    Mas até ai tudo bem, você não precisa seguir todos os preceitos da igreja, eu até apoio você tomar essa decisão e buscar e pesquisar por você mesmo, mas acredite… a bíblia não possui um código imune a falhas. Vamos começar por exemplo… com a falta de declarações sobre pedofilia… não existe NENHUMA citação onde deus ou seu povo se mostre contra a pedofilia, pelo contrário… até incentiva. Pois em vários lugares é dito que todas as moças virgens deveriam ser poupadas, entre elas crianças… uma prática bem comum naquela época, onde o início da vida sexual se dava na 1ª menstruação, virando assim uma boa esposa. Sem contar Abisague, uma menina que tem uma história com salomão.

    E para terminar a falta de religião não iria criar uma sociedade cheia de caos, pelo contrário, veja gráficos de países com maioria ateia e veja que os níveis de violência são baixíssimos. Mas é possível também pegar o exemplo de sociedades antigas que nunca possuíram uma lei escrita de cunho religioso e mesmo assim existiam conceitos básicos de moralidade como não roubar e não matar.

  89. Complementando o que o Zé disse, a Uganda é um país africano com maioria cristã (84%), mais do que o Brasil. Lá, práticas homossexuais levam pena de prisão perpétua. Eles queriam inclusive aprovar um projeto de lei com objetivo de punis práticas homossexuais com pena de morte, mas veio a ONU e outras petições internacionais que impediram isso.

  90. Criaturo… você pelo visto não leu meu texto inteiro, não entendeu ele, ou entendeu errado. Em nenhum momento disse que religiosos são aqueles que compartilham de idéias políticas que a igreja prega.
    Em meus texto eu disse que existem erros e mais erros na religião, erros que até os próprios fiéis concordam, mas fingem que não existem na hora de solucioná-los.
    Por exemplo… se você um teísta não concorda com o preconceito que existe na religião porque não muda esse erro, ai todas as críticas ateias não teriam sentido, e talvez nem existiram, afinal religião para de ser algo danoso. Não sei se digo por todos, mas eu pelo menos, não tenho nenhum problema com a crença da pessoa, o problema é que essa crença traz muitos danos.
    Não critico deus porque acho que ele não existe.
    Não critico os ritos religiosos que sua religião prega pois acho eles sem sentido, mas fazem os teístas se sentirem melhor.
    Não critico os teístas porque seguem uma ceita ou religião, mas sim porque eles não aceitam críticas aos seus atos… sendo que em nenhum momento desferi nenhuma critica a pessoa das pessoas.
    Eu critico os problemas que a religião trazem, se eles não existissem, as pessoas que continuem crendo… jamais terão minha interferência.
    Acho total idiotice alguém crer que Atlântida existiu/existe… mas isso não me afeta em nada, não critico pessoas que creem em Atlântida, pois nunca vi preconceito, violência, intolerância ou qualquer outro dano derivado disso… mas se começar…também criticarei… meu problema não é com a crença… e sim com suas consequências.

    E me parece que você tem conceitos errados sobre ateísmo. Ateísmo não possui nenhuma definição concreta atualmente… mas hoje… é bom tomar ela de 2 modos.
    1- Falta de crença em deuses e desligamento total de qualquer rito ou filosofia religiosa.
    2- Falta de crença em deuses somente.( Sendo assim, religiões como budismo, taoismo, confucionismo seriam religiões ateístas.)

    Em nenhum desses 2 pontos de vista, existe uma filosofia que prega a perda total de consciência em busca do vazio existencial.

    Isso seria algo totalmente fora do ateísmo… isso seria uma filosofia ou uma visão social fora do que o ateísmo realmente é.

    O que você descreveu chama niilismo, coisa que um teísta, panteísta, agnóstico ou qualquer outra coisa poderia ser.
    Uma pessoa pode ser ateia de direita, esquerda, niilista, humanista, e qualquer outra coisa… mas a única coisa que vai ligá-las será a falta de crença em deuses(e as vezes o desligamento de ritos e filosofias religiosas)

  91. Existem algumas tribos de indios aqui no Brasil que costumam matar criaças que nascem com algum “defeito” ou gemeos enterrando-as vivas… o que vcs acham disso, contando que não é um ato religioso??

  92. Na verdade é um ato religioso sim, o infanticídio tem várias “justificativas” de cunho religioso.
    1º Crianças gêmeas são sinais de mal presságio, então ambas são mortas, para que os deuses tenham piedade.
    2º Crianças com deficiências físicas ou mentais são amaldiçoadas, por isso vieram ao mundo desse jeito. Talvez tal cultura nasceu porque todas as crianças que cresciam no meio de uma cultura onde um preparo físico para caçar e pescar seja necessário, tais crianças morriam cedo ou não conseguiam se adequar aos treinamentos… então os índios logo associaram a ideia de maldição… matando eles cedo para que a maldição da criança não contaminasse a aldeia.
    3º Crianças sempre foram “alvos” de sacrifícios humanos, por vários motivos: porque estiveram mais perto de deus (afinal acabaram de chegar), eram as que menos apresentavam doenças e tinham mais vitalidade ( entregando um sacrifício puro) e eram a que menos reagiriam ou se mostrariam contra tal ato.

    Embora algumas culturas que apresentem infanticídio não tenham fundo religioso para tais atos (exemplo os romanos de Esparta que matavam bebes que não nasciam “perfeitos”, e talvez algumas tribos indígenas, não só brasileiras) a maioria era motivada por motivos religiosos, sendo tais crianças interpretadas como mau presságio ou maldição dos deuses, ou eram “entregues” aos deuses como sacrifício puro.

  93. Mesmo assim é um ato bem cruel, tanto que existe uma ong brasileira que busca proteger tais crianças e parentes que impediram o sacrifício ( que são perseguidos como hereges).

  94. Correção: crianças gêmeas não são sinal de “mau presságio”. É que eles acreditam que os que nascem gêmeos só têm uma alma, então eles matam um deles para que a alma fique no outro.

    Eu tenho um amigo meu que é antropólogo, ele me disse isso.

  95. Só pra constar, eu não considero a religião como a causa dessas mortes e outras atitudes violentas e irracionais. O problema é a ignorância (seja falta de conhecimento, seja falta de contato ou experiência). Acontece que, na grande maioria das vezes, religião é fonte de ignorância. Não é culpa delas serem religiões em si, mas sim das características que são comuns a elas (por exemplo, elas costumam ser exclusivas, acreditar que elas estão certos e que as outras religiões estão erradas, manutenção da culpa, da dependência, do medo, a visão negativa do questionamento, o medo de abandonar conceitos e dogmas antigos…)

  96. Algumas pessoas sentem -se bem em seguir uma religião, sendo assim, quem sou para dizer que a religião delas são maléficas.
    Outros como voce preferem acreditar que são apenas um monte de carne pensante, agrupados por um acaso burro e que permanecerá assim por um espaço de tempo sempre menor do que acreditávamos que seria.
    Depois viramos adubos e refeição para outros seres vivos, mas se voce pensar bem isto é muito justo, pois passamos uma vida toda matando e se alimentando de outros seres, pelo menos o final da nossa existencia será util para outros seres..
    para mim ateus são os “crentes” da materia, ou se voce preferir materialistas.
    Sim! voces pregam o final da existência da razão e da consciência.
    Se isto te faz feliz , continue se estiver certo nem a satisfação de confirmar sua “crença” voce terá.
    Se eu estiver errado, tambem não ficarei sabendo, mas seu estiver correto se exister uma inteligencia alem dos atomos, ficarei feliz comprovando o que ja acreditava.
    E voce “finalmente” descobrira que estava equivocado se for muito orgulhosos dira: ” ok existe inteligencia fora da materia e eu (mesmo depois de morto) sou a prova “viva” disso.
    mas se ainda não posso ver Deus continuo duvidando que ele possa existir.
    como jesus disse: “Mesmo que ressucite um dos mortos, não acreditaram nele.”
    Eu te digo tem gente que nem “morrendo” deixará de ser ateu.
    sds

  97. De que serve uma razão eterna se não for usá-la?

    Você acha que eu tenho medo que Deus exista? Pelo contrário, seria muito bom, pois, ainda que exista, eu sei que ele não me condenaria por não acreditar nele. Aliás, acredito até que me daria a razão por não acreditar e por tentar defender a dignidade daqueles que, assim como eu, não acreditam em Deus. E não só deles, como também de qualquer um que eu acredito estar sofrendo uma injustiça.

    Não sou perfeito, é claro, mas, se Deus existe, nisso ele está do meu lado.

  98. Novamente criaturo, materialistas não são iguais ateus… elas podem se interligar, mas ambas são coisas totalmente diferentes. Ateísmo é uma crença ou conjunto de crenças que segue a ideia da inexistência de deus, Materialismo é um ponto de vista filosófico/científico que acredita que não exista nada de sobrenatural ou transcendental. E novamente misturou um pouquinho de niilismo, um ponto de vista filosófico que prega o final da existência da razão e da consciência (mas esse é só o primeiro passo, logo após viria a reconstrução em busca de um modelo melhor… Nietzsche é o niilista mais famoso), por favor não misture as coisas e nem as agrupe.

    Sentir-se bem em adorar algum deus tudo bem, isso é a parte da crença que não oferece risco e eu em nenhum momento me disse ser contra, coisa que parece que ignorou novamente em meu comentário.
    O problema está quando a religião oferece riscos para os seus seguidores e eles insistem em defender tais ritos religiosos mesmo sendo danosos a eles… mas em nenhum momento reagiria a isso também, afinal de contas é uma escolha pessoal de seguirem tais ritos, só diria minha opinião e questionaria tais atos e nada mais.
    Mas agora… quando pessoas que NÃO seguem tal religião são impostos a seguir tais ritos e filosofias que apenas os teístas de tal grupo concordam… eu não sou obrigado a obedece-los, aceita-los ou mantê-los. É aí que a revolta da maioria dos ateus se mostra evidente, pois vivemos em um país laico, mas muitas ações brasileiras são dignas de um estado teocrático.

    E valeu pela correção gustavo, a ultima vez que vi algo sobre infanticídio de gêmeos foi algo bem reduzido…

  99. Zé eu sou contra os impostos abusivos, imposto de renda, IPTU, contra o salario dos governante acredito que isso faz mau ao Brasil todo… e isso é OBRIGADO, agora que tipo de “rito” vc esta falando que faz mau? tendo em vista que quem vai para a igreja (estou falando da igreja evagelica) vai por livre e espontanea vontade

  100. Joguem seus tempos fora … todos estão sob “espontânea” coerção (psicológica, armada, e de desinformação criminosa) … Estão metendo na cara de todo mundo um tal de “Controle Mundial” através do “Controle Financeiro” … E NINGUÉM ESTÁ NEM AÍ … Só querem pastar, com um cachorrinho-bibelô e prostrar-se vendo big brother, farsas de traficantes nos times de futebol, e a farra dos déspotas chefetas de rebanhos.
    Estamos sob violenta submissão … as igrejas e as doutrinas de espíritos são um disfarce de dominação. Têm dúvidas? Sejam HOMENS e encarem o que está postado em Atheist Nexus Haddammann … Vejam: isso é o que nos afeta … (ampliem as imagens, verifiquem os detalhes). O que está ali é só um pedacinho do “céu”.
    Os arquivos das imagens disso no Recife e da posse do dilma não deixam restar dúvidas. Somos pasto de algo ruim que nos desgraça com o embuste das religiões, crenças, fés,igrejas, e o forjamento da farsa de ‘espíritos’. Se não encararmos nossa Civilização vai ser devorada; estamos à mercê de PARASITAS.
    Não tem essa de ‘religiões contra as outras’; tudo é um só complô, e apenas estamos como joguetes em dispustas de pastos. As 1seguranças’ e as violências sem-pé-nem-cabeça apenas servem para que sejamos recolhidos como prato feito no meio da confusão.
    Têm preferência (a iguaria fina dos mandantes teo-pulhíticos) é pelos gays e por bebês tenros (no máximo crianças até sete anos de idade; mais que isso jogam-nas para a prostituição social).
    Essa é a desgraça que a Civilização Inca descobriu de repente; e acabaram de uma vez com os sacerdotes todos; mas a praga alastrou confusão e dizimação do povo e se esgueirou se escondendo dentro de outras regiões até chegar ao ponto em que chegamos hoje.
    Observação: as imagens minúsculas que colocaram na mídia depois que começamos a mostrar o fato foram trazidas para foco de close por telemetria telescópico-microscópica.

  101. Ralph… os “ritos” que eu digo são muitos… mas vamos tomar o exemplo da igreja evangélica como você acabou de dizer.
    O problema da igreja evangélica, tem mais problemas “ideológicos” do que ritos pré-impostos.
    Vamos começar, vou tentar pegar exemplos atuais ou conhecidos:

    A lei do pai-nosso de ilhéus que obriga todos os alunos a orarem antes das aulas (esse é apenas o mais recente dos casos de alguma religião cristã, por causa de seu alto número de seguidores conseguir quebrar leis do estado laico)
    A nossa psicóloga que diz “curar gays” e praticamente todo o serviço dela é na premissa de que deus criou o homem e a mulher e satanás a homossexualidade (exemplos de homofobia é o que não falta, e na maioria deles são pessoas motivadas pela seguinte frase: deus criou o homem e a mulher),
    Aquele caso do norueguês que explodiu um carro bomba e depois atirou em vários jovens em uma ilha afastada, dizendo que ele queria limpar o país dele que estava sendo invadida por uma religião maligna, islamismo, e ele iria limpar com a permissão e ajuda de deus (casos de intolerância são bem comuns, esse é apenas o mais baladinho, mas ele não tinha nenhum problema mental grave… ele realmente se inspirou na bíblia para fazer tais atos)
    o Wellington do Realengo que entrou na escola atirando em todas as garotas pois elas não eram mais puras (algo assim, ele demonstrava sinais de demência mental, mas, ele se inspirou na bíblia para cometer tais atos, o verdadeiro problema está em nenhum lugar da mídia isso ser revelado, e apenas ele ter sido culpado, jamais a bílbia que é um livro intolerante e violento)
    Ver crianças em aulas de ensino religioso dentro de igrejas ( eu já fiz essas aulas quando era criança, e quando paro para refletir sobre eles me lembro de desenhar jesus crucificado, sansão segurando um leão morto, ouvir que deus mandou queimar 2 cidades inteiras, que big bang e evolução é uma grande mentira porque não combinava com a bíblia, que deus afogou todos os soldados egípcios porque perseguiam moisés e tal…. agora seja sincero… se uma criança desenhasse alguém empalado, uma pessoa matando um cachorro, dizendo que achou lindo os eua destruindo cidades bombardeando-as, e afogando insetos só para ver eles boaindo depois… você realmente acha esses atos bonitos sem a visão da religião??)
    Igrejas atualmente terem total isenção de impostos.
    O recente caso do Datena que fez um discurso apaixonado, violento, preconceituoso em rede aberta e horário nobre contra ateus, e todo mundo achar normal e alguns até darem apoio
    Evangélicos entrando em centro espíritas e locais de umbanda e quimbanda quebrando tudo la dentro porque dizem que eles adoram o diabo.
    Bíblias adulteradas, onde as escrituras eram “necromantes”, e foram traduzidas para centro espíritas(mostrando um bom e velho preconceito)
    Pesquisas com células troncos proibidas somente porque usariam a “vida humana” e os cientistas estariam “brincando de deus”.
    Cartazes ateus sendo queimados e destruídos mesmo que eles não apresentem nenhuma crítica aos religiosos ou a religião, destruição de esculturas e pinturas, interrupções de peças de teatro porque achavam tal modo de se expressar uma “blasfêmia”
    Bem… esses são apenas alguns casos onde a religião evangélica interferiu na sociedade, existem mais… sem contar que poderia começar a citar alguns problemas que a religião causa a seus seguidores, mas como eu disse, não posso interferir nesse direito deles de seguirem alguma religião.

  102. Zé, é como eu ja tinha te falado atras, existe varias denominações de igrejas evangelicas, que tem algumas que são meio “rigidas” ou até fora dos conceitos biblicos, e é porisso que vc pode escolher onde se sente melhor, eu acho que e aprendi assim que Deus é amor, que eu nunca vou mostrar pra alguem que Deus é bom dizendo que se não seguir Ele a pessoa vai pro inferno ou vai perder todos os seus bens, eu gosto de mostrar o amor DEle, o Wellington de Realengo como vc mesmo disse era um retardado… sofreu bulling na infancia e não era evangelico, nada haver com a biblia, “lei do pai-nosso” sinceramente eu não conheço, vcs que não creem pesquisão mais do que nós que cremos mas isso não vem ao caso, o que eu não entendo é o seguinte, eu vi um video de um rapaz que se diz ateu no youtube dizendo que é para ter mais igrejas pois se pode pregar a palavra nas praças e ruas, mas se proibe de pregar no trem (não que eu seja a favor de pregar no trem, coisa que eu não sou pois as vezes incomoda mesmo, pois tem gente acha que Deus tem problema de audição) mas e nas praças pode??? me incomodaria da mesma forma, imagina vc tomando seu sorvete com sua namorada e um cara gritando no seu ouvido, o tal rapaz disse que era para não se “cobrar” o dizimo para custos de aluguel luz e agua que na praça não tem custo e o proposito seria cumprido e olha que eu não estou entrando no mérito de que se tem ter um local organizado para qualquer reunião, evento. quanto aos ensinos nas EBDs que são beeeem diferentes das catequeses, te pergunto (não sei se vc tem filhos) se vc ve um cara tentando estuprar uma filha sua e vc tem o poder e unica solução de mata-lo ou ele estupraria e mataria sua filha o que vc faria??? (não ensinaria assim para as crianças, só respondendo pra vc), tem coisas muito “piores” que se faz com uma criança do que dizer que o povo escolhido por Deus era perseguido e Deus os salvou, como uma simples conção de ninar dos tipo “boi da cara preta” “atirei o pau no gato” ou mentiras como o “velho do saco” acho que traumatizam muito mais. a questão o big gang é uma discusão cumprida mas evolução… eu não sou macaco não… embora como muita banana rsrsrs…
    vc já ouviu falar muito sobre perseguição evangelica, mas evangelicos perseguido nunca né, não lhe convem, nunca ouviu em igrejas fechadas? E me diz vai cobrar imposto de que na igreja?

  103. gostaria que vcs vissem esses videos da Gabi, de como as pessoas não sabem como são as igrejas evangelicas, a Gabi acha que são todas extensão de uma grande

    http://www.sbt.com.br/defrentecomgabi/videos/?id=2c9f94b4351f68ca01352e4f0b0c07b4

    e vejam tb como Deus muda uma pessoa…

  104. Ralph,

    Você colocou um atalho prum tal de Pastor Jonas Silva. Eu comentei, mas o cabra não aceitou meu comentario. Então ele não aceita críticas? Só apologistas das idéias dele? Então não comento. Bom é qui que se deixa os crentes falarem um bocado de bobagem..

  105. desculpe saracura eu nem conheço o cara… só queria amplias as conversa

  106. eu falo bobagem???

  107. Ralph,

    olha pro nivel de crentes que estão aí, você parece educado! No entanto, discordo de algumas afirmações suas, sobre existências de deuses, sobre existir um ser controlando nossas vidas…

    Apologia a uma crença, também não acho grande coisa…
    abraço

  108. Cristovela sem NENHUMA QUALIFICAÇÃO senta na cabeça do povo e NINGUÉM fala mais nada, o Brasil tá no papo da desgraça enganadora e agora a Rússia vai virar pântano.
    John Kennedy … John Kennedy … (Google it: University Primer XXI ).. O jornal de Sta Catarina fala em “ramo de oliveira” de putin para traíras do povo russo que se amancomunarem com a “Família” teo-pulhítica. Em São Paulo, o zero-falso da oposição, vulgo “Serra” já está com o olho fixo no eleitorado para torná-lo “FIEL”. Um Nazismo esquisito está sendo implantado no mundo. Impérios parasitas cravados em crassa injustiça têm de desabar. E temos de tomar atitudes sobre isso.
    Os facínoras não vão recuar … um vídeo pop mostra um petroleiro, depois um porta-aviões,chieos de “almas” com roupinhas branquinhas em cima, e depois helicópteros de carga chegam aos navios, como para recolher “carga”. Os “fiéis-crentes” são capazes de ainda aplaudirem a cena por causa das “alminhas” sem terem a mínima noção de que isso significa “Cargueiros CHEIO DE GENTE ::: MORTA”.
    Depois da “graciosa” esquisita ser empossada na Petrobrás, agora o pústula charlatão senta exatamente no Ministério da Pesca. Só idiotas muito fiéis na desgraça da crença não vê tal desgraceiro sobre suas cabeças.
    Um lembrete: Antes desse pústula-esquiso sentar no Ministério da Pesca, passou também por lá um calhorda, um tal luís sérgio fincado nas costas do povo atraves do sindicato de metalúrgicos. Isso é a pulhítica no Brasil hoje. As ‘passeatas’ de “oposição” a verdadeiras pulhices esfregadas na cara da população passaram então a andar ‘bonitinhas’ em fila, exata e igualzinho PROCISSÃO.
    Os ateus com esse “orgulho” já estão praticamente no saco; não demora dão também pra eles “apitos”, e vão estar pensando que estão fazendo alguma “diferença”.

  109. Jose vacir cogo…..Aqui em nossa cidade temos muitos coroas e coroas de feiura extrema, inclusive a minha pessoa. Estamos para organizar a “parada feia”, ou melhor, a “parada do orgulho feio”. Vai ser feio pra burro, participem. Estou fundando também a “Ordem dos feios”, uma espécie de igreja só para pessoas feias. O Dízimo, ou melhor a vintena será de 20% das rendas brutas de cada feio. Espero em breve estar com esta nova ordem espalhada pelo Brasil e pelo mundo. É menos feio do que vendar a Cristo e obter bons lucros, isso sim tá ficando feio para nós brasileiros. A nossa reputação no exterior era feia por outros motivos, agora os estrangeiros já estão sabendo dessa feiura aqui no Basil. Que coisa feia !!!!

  110. Prezados internautas, cinceramente não gosto de postar comentários. Basta eu postar, pronto, acaba, ninguém mais escreve nada. Em todos os sítios são assim. Será que eu sou a mosca da sopa, muito chato ?

  111. Por favor deixe seu e-mail que voce pode vir a ser muito util he…he…he…he…he

  112. Prezado anônimo, fica difícil identifica-lo no meio de tantos anônimos, sugiro que adote um pseudônimo (nickname), que tal ”Mosca da sopa”?

    Abraços!

    P.S.: A mosca da sopa geralmente morre escaldada ou afogada.

  113. I am an Atheist to!
    I am an Nietzscheist, because for me is Friedrich Niewtzsche the biggest Atheist for all times! Second Atheist is Franc Buggle!!!

    Atheist!

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: