O que Jesus “não” faria

Indicação do Cristiano:

 

Anúncios

20 Respostas

  1. Não, eu não ridicularizo Deus. Ele é que é ridículo mesmo…

  2. Bem humorado. Só fazendo piada dessas coisas, mas, incrivelmente, “eles” já estão com a mente lavada… Não vai adiantar…

  3. Alfredo, meu nobre, eu acho que só “não adianta” mesmo com os crentes fanáticos. Com todo o resto, vale a pena, sim, pôr essas discussões na mesa, na cara deles, pra eles perceberem o quanto aquilo que eles chamam de “Sagrado” é apenas idiotice pura e simples que só serve como piada mesmo.

    Um abraço

  4. hehehe, me senti importante agora…. valeu Barros

    Na verdade nós também precisamos fechar os olhos para algumas coisas… pensar sobre o assunto e chegar a conclusão que quase todas as pessoas que conhecemos e amamos acreditam nisso da uma tristeza só…

    As vezes acho que esse sentimento é o pior de tudo essa história…

    Abraço
    Cristiano

  5. Por gentileza, peço que SOMENTE OS EDUCADOS comentem meu

    texto, que é dirigido a um cara EDUCADO, o Barros.

    ______________________________________________________

    Barros, meu nobre. Eu sinceramente tento entender a razão de você, quase diariamente, firmar posição sobre sua incredulidade.

    Não gosto de rótulos, mas posso me caracterizar como um simpatizante do espiritismo.Isso não vem ao caso, só expus para explicar que, pelo simples fato de pautar (ou tentar) minha vida nessa doutrina NÃO me motivou a fazer um blog defendendo minha posição. Não saio por aí ridicularizando ninguém, nem ateus, nem evangélicos, nem católicos etc… Simplesmente TENHO minha posição, revejo, ao final do dia, os prós e contras de MINHA postura e nada mais.

    Desculpe a invasão ao seu blog, mas eu gostaria de entender esse empenho seu em FIRMAR seu ponto de vista.

    Um abraço,

    Raimundo Luís

    PS:

    Certamente você já explicou em algum artigo, caso não queira mais tocar nesse assunto, fique à vontade.

  6. Ora, muito bem.

    A primeira coisa que gostaria de destacar, é que o fato de você ou qualquer outra pessoa não tomar certas atitudes, como a de montar um blog para defender/divulgar/promover/etc. seu ponto de vista, não torna esse comportamento um modelo a ser seguido. Ou seja, só porque você não está disposto a empenhar seu tempo em escrever sobre aquilo que você acredita — ou desacredita — não me obriga a imitá-lo.

    E eu támbém não saio por aí ridicularizando ninguém. São as pessoas que acessam o meu blog por livre vontade. Eu não obrigo ninguém a ler meus textos. Mais uma coisa a esse respeito: eu não ridicularizo seu Deus. Ele é que é ridículo mesmo. Um ser infinitamente poderoso e inteligente resolve “fabricar” seres com inteligência própria, sentimentos, discernimento, etc., com o único propósito de ser adorado por eles. Eternamente! Se existisse tal criatura, não haveria como qualificá-la com outro adjetivo que não ridículo.

    Outra coisa. Você está pautando a sua vida numa doutrina contraditória. Ou muito me engano, ou o seu próprio Deus amaldiçoou aqueles que pretendessem contactar os mortos. Um espirita cristão é como um negro nazista: não faz sentido.

  7. Para os espiritas, sugiro a leitura do meu texto ESPIRITISMO: SUA ALMA É RECICLÁVEL.

  8. Barros, aceito sua sugestão e faço a minha também. Leia O evangelho segundo o espiritismo, de Alan Kardec.
    Depois eu lhe dou minha opinião sobre o livro que você sugeriu, e peço que, se puder, faça o mesmo com minha sugestão.
    Um abraço.

    PS: cada um age segundo seus princípios, isso é óbvio. Nada entendo de psicologia mas essa ciência deve explicar explicar essa necessidade de afirmar, dia após dia, uma posição…

  9. Você pulou o fato do seu Deus condenar quem dá ouvidos a vozes vindas de túmulos, mas, tudo bem. Eu já estou acostumado com essa técnica do “vou fingir que nem vi”.

  10. hahahahahaha!!!!!!!!!!!!!!!!
    isso é para mostra que esse deus é a imagem e semelhança dos
    ignorantes!!!!!!

  11. Raimundo Luís,

    na essência temos aqui, e em diversos lugares, o simples exercício da liberdade de expressão. Nada de incitação ao crime; somente ao pecado do questionamento. Não sei se você lê ou leu os muitos textos do Barros mas uma coisa que noto e aprecio neles é a tal qualidade argumentativa. Imagino que ele escreveria igualmente bem se colocasse em palavras outros assuntos que eventualmente ele defenda ou goste. Fico pensando se ele fosse ( ainda ) um cristão como seriam seus textos. Não necessariamente haveria nesse caso uma situação contrária com ele massacrando o ateísmo… Nem sempre as coisas funcionam com essas aparentes simetrias. Não existem só os do “bem” e endemoniados. Com isso gostaria de lembrar que os ateus que gostam de se manifestar são pessoas normais e livres que expressam seus pontos de vista de maneiras diversas. Você vê uma insistência ou até mesmo uma pregação. São só palavras e idéias com as quais você não está acostumado mas que fazem sentido para muitos ao mesmo tempo que ferem outros. O apego exagerado às idéias é que inflamam os sentimentos. Fale mal o quanto quiser por exemplo do darwinismo, ateismo, secularismo ou qualquer ‘ismo’ que muito pouco vai te acontecer. Agora ouse criticar o cristianismo com argumentos razoáveis e racionais. Na melhor das hipóteses você vai ser taxado de ignorante, no sentido de ser estúpido. Se você for capaz, refute usando sua plena liberdade e as habilidades que tem. Lembre-se que haverá assim sua exposição e também as consequências… Mas nada de ir pro inferno muito menos para a fogueira. No máximo você ficará é “queimado” .

  12. Barros, eu não pulei nenhuma etapa, só apresento uma outra face, diferente daquele Deus temerário e cruel criado por outras vertentes.
    Deus condenar algo? como assim? Somos “herdeiros de nós mesmos”, meu nobre. O que sustento, aqui, para ser mais claro, é que não é necessário fazer sentido, não são necessárias provas irrefutáveis: isso, a meu ver, é uma forma de quem tem medo do desconhecido, daquilo que não se prova.
    Por que eu visito seu blog? para ver o “outro lado”. Respeito demais sua posição, e todos que não concordam com aquilo em que eu creio. Católicos e evangélicos, por exemplo, abominam a reencarnação. Esse não é o ponto crucial.

    A verdade é que TODOS, cristãos e ateus, não têm como provaar nada! O que o leva, por exemplo, a afirmar que só o materialismo é a verdade?
    O que leva um evangélico a se eximir de qualquer responsabilidade sobre seus próprios atos? (aqui caio na generalização que tanto condeno…)

    O que leva um espírita a jogar a resonsabilidade sobre tudos nos “espíritos inferiores”?

    Para mim, meu nobre, NÃO É PRECISO fazer sentido, Deus NÃO PRECISA provar que existe.

    No dia em que o ser humano for capaz de, primeiramente, olhar DENTRO DE SI e reconhecer-se em eterna busca de autoaperfeiçoamento, muitas questãoes estarão sanadas.

    Só acho que é IMPORTANTE, sim, ter um olhar além, paradoxalmente à necessidade de olhar para dentro…

    Ficam as perguntas, não que eu necessite de uma resposta, mas para provocar mesmo:

    Cadê a PROVA IRREFUTÁVEL de que Deus é uma ilusão?

    Como o materialismo explica o mundo? Sei que EXPLICA, mas vários segmentos explicam… mas NIGUÉM, de fato, PODE AFIRMAR nada! nem vocês, meu nobre.

    Quaisquer que sejam as respostas, SEMPRE vai ficar uma outra questão. Que será respondida, suscitando outra, e outra e outra… Concorda comigo?

    Crer em Deus, ME FAZ bem, mas SABER-ME condutor da meu proprio caminho, RESPONSÁVEL pela minha PRÓPRIA evolução, pelos meus próprios erros, é que VÃO me dar a verdadeira paz.

    Um abraço, e obrigado por me dar esse espaço para debater SEM PROSELITISMO, e sim com RESPEITO que sempre pontuou seus textos, como suas ideias.

  13. CRÍTICA RELIGIOSA e a minha opinião

    Para a maioria dos teístas religiosos, a sua religião e sua crença em Deus são muito importantes para elas – mesmo que constitui o centro e o foco de suas vidas .

    Dado o quão importante é a religião e teísmo são para as pessoas, não é surpreendente que as pessoas vão reagir à crítica negativa e ficar na defensiva. Isso, no entanto, não justifica a rotulagem discordância e crítica como “intolerante”.

    As razões que as pessoas têm para os ateus que são podem ser tão numerosas como os ateus em si, mas no Ocidente, pelo menos, os ateus irreligiosos que são críticos da religião tendem a compartilhar uma série de perspectivas e atitudes – inclusive no que diz respeito à religião.
    Seria justo dizer que uma religião relação significativa maioria e teísmo como erradas, vezes irracional, sem fundamento, e tolas ou até mesmo perigosas (embora em diferentes graus).
    Eles acreditam que a religião e o teísmo têm sido as forças de violência, intolerância, e muitos outros danos na sociedade ao longo da história humana.

    As CRÍTICAS da religião são projetados PARA EXPLICAR QUAIS SÃO OS PROBLEMAS, porque são problemas, e convencer as pessoas a mudar, em troca de pensamentos humanistas seculares livres, filosofias ateístas.
    Desacordo ateu com a religião e teísmo pode variar de leve a vociferante – o ateu mesmo pode discordar de algumas religiões muito mais fortemente do que outros . Nenhuma desta, no entanto, é o mesmo como “intolerância.”

    Dizer que alguém está errado não é a intolerância. Dizer a uma pessoa que eles adotaram uma crença que é irracional, mal fundamentadas, ou até mesmo perigosa não é intolerância!.

    Mesmo zombar, ridicularizar, e tirando sarro de crenças não é intolerância. Algumas crenças, dogmas e doutrinas, ideias e opiniões são realmente muito bobas e pertencem a infância da ignorancia e merecem zombaria.

    Às vezes, o absurdo da ideia e é melhor demonstrada através de zombaria como no deusIlusão. Às vezes, as crenças e “má fé” não devem ser tratados seriedade, porque isso dá-lhes uma respeitabilidade que não merecem.

  14. (O que Jesus “não” faria) Muito Bom mesmo!!
    . Expressa realmente quem é o deus dos cristãos e o deus da biblia. É incrivel como tanta gente pode reverenciar um deus com tantos atributos negativos como esse. Como conseguem ler a bíblia e inverter tudo dizendo que é um deus de amor, um deus bonzinho etc. Aí os Ateus nadam de braçadas, isso sim, é um paraíso ateu não é mesmo BARROS!! KKKK

  15. Antonio disse:

    “Os ateus precisam entender que a estupidez e a ingenuidade das teologias criadas e praticadas pela humanidade e, as religiões e as caricaturas de deuses, por elas produzidas, nunca foram e, menos hoje é, argumento convincente, para negar e existência de um Planejador Inteligente para a odisséia humana na terra”

    Será que ele consegue dar uma definição para o “Planejador Inteligente” sem relacionar o mesmo ao deus bíblico? Ou ele vai ser honesto o suficiente para admitir que acerca dessa possibilidade ele tem a mesma quantidade de informações que nós:ZERO…

    Abraço
    Cristiano

  16. Em primeiro lugar gostaria de dizer que o deus bíblico ou o deus dos cristãos é realmente um deus cômico e trágico ao mesmo tempo, portanto digno das críticas dos ateus, das crônicas do Barros etc. Ainda bem, para todo ser vivo, que esse deus bíblico não existe se não estariamos todos F…, Com sérios risco de irmos, após a morte, para um lugar que só existe no imaginário das mentes primitivas dos crentes, chamado inferno.
    Em segundo lugar precisamos entender que tanto as cogitações dos Ateus quanto as cogitações teístas ocorrem no mundo das possibilidades Filosóficas. Assim o que falamos, escrevemos ou pensamos, precisa ser confirmado pelo tempo, pela história, pelo futuro. Mas, no momento, é possível visualisar mais coerência nesta ou naquela tendência. Por isso, certas afirmações que faço como esta que se segue, não foge a regra: http://antonioferreirarosa.blogspot.com.br/2012/04/salvacao-para-humanidade.html É pouco provável que a tese dos ateus possa ser verdadeira. É mais coerente pensar que algo que não tem explicação, no momento,( a morte por exemplo) está por ser explicado, e portanto constitui um sério desafio à inteligência à evolução humana em sua odisséia na Terra. Já é hora de percebermos que o nosso destino é o conhecimento absoluto, o domínio da morte é coisa ainda para este milênio. http://antonioferreirarosa.blogspot.com.br/2012/04/tragetoria-da-humanidade.html

  17. Que legal, Antônio! Você tem um deus que se revelou só pra você!! Parabéns!

  18. Grande Barros!! Você sabe que eu sou seu Fã. mas, é bom você ir pensando no Deus que se revelou só para mim, como você diz, porque esse deus que os Ateus critícam hoje,
    daqui a pouco, com a evolução da humanidade a passos largos, não mererá nem mesmo críticas, muito menos, de pessoas inteligentes como você, o Oiced, o Alfredo e muito outros!! rsrsrsrsr

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: