Ridículo, com 4 letras

.

Eu sou um empresário. Tenho uma loja de departamentos que ocupa um quarteirão inteiro do meu bairro. De tão grande, a loja parece um labirinto, com suas linhas intermináveis de prateleiras, gôndolas e eletrodomésticos enfileirados, formando corredores longos e perpendiculares entre si.

Eu mandei instalar um sistema de câmeras que cobre toda a área dessa minha loja, e que pode ser acessado pela internet. São 26 câmeras ao todo, mais uma de lente panorâmica, instalada no teto, que me permite ver toda a área como se fosse num mapa. Quando quero tirar um dia de folga, eu posso monitorar tudo de casa mesmo. Se percebo alguma coisa errada, como um cliente sendo deixado sem atendimento, eu ligo para o chefe dos gerentes de departamentos e mando dar uma dura nos vendedores da seção. E, se for preciso, de casa mesmo eu posso acessar o sistema de comunicação e falar o que quiser, que todos lá poderão me ouvir pelos autofalantes. Nunca precisei usar esse recurso. Até ontem.

Veja você: minha filhinha de 7 anos ficou trancada nessa loja imensa, sozinha, e justamente quando começou um grande incêndio lá dentro.

Por sorte, eu estava monitorando as câmeras e vi tudo online. Com os recursos disponíveis, inclusive o de abrir as portas de acesso à rua remotamente pela internet, eu mantive a calma e percebi que poderia guiar minha filha até à saída mais próxima, evitando aquele fogo infernal.

O que eu omiti, até aqui, foi que minha filha é paraplégica, e que a cadeira de rodas que ela estava usando tinha um sistema de motores que poderiam ser acionados remotamente por mim, também via internet, enquanto ela estivesse na loja. Foi um sistema que eu inventei, e que fazia a cadeira de rodas dela virar um brinquedo nas minhas mãos. Sim, eu sou muito inteligente e adoro criar coisas!

Eu poderia, de fato, ter assumido o controle da cadeira de rodas da minha filha em perigo, e tê-la feito deslizar rápida e seguramente para a saída. De onde ela estava, só precisaria seguir em frente, até o fim do corredor, onde havia um extintor de incêndio, dobrar à esquerda e seguir uns dez metros mais, que lá haveria um outro corredor que a levaria a uma porta dando para a rua.

Eu visualizei tão facilmente essa rota porque tinha, pelo menos, três vantagens que a minha filha não tinha: a onisciência bancada pelas minhas câmeras de vigilância; a clarividência de um adulto experiente; e não estar em pânico dentro de uma loja pegando fogo.

O que eu omiti, até aqui, foi que eu comecei a sentir uma enorme curiosidade em ver como a minha filhinha de 7 anos se safaria de uma situação daquelas, sem a ajuda direta de seu papai todo-poderoso. Foi quando me veio essa ideia… Em vez de assumir o comando da cadeira de rodas, eu decidi acionar os autofalantes para transmitir instruções à minha amada filhinha, de modo que ela chegasse até à saída daquela loja em chamas por seu próprio esforço.

O que eu omiti até aqui, também, foi que eu, do nada, bolei um tipo de jogo de vida ou morte pra ela. Eu disse:

“Minha amada filha. Papai está aqui, cuidando de você, como sempre esteve. Papai tudo vê e tudo sabe. Vou te guiar até à salvação. O que você precisa fazer é ouvir minhas instruções e segui-las à risca. Desvie-se delas e você estará condenada. Mas, se você tiver fé em mim, se tiver fé na minha palavra e trilhar o caminho que lhe ditarei, você será salva. E aqui vai a primeira orientação. De onde você está, você vai ter que se deslocar até um determinado ponto; um lugar especial, marcado por um objeto de muito fácil identificação, que tem um uso bem peculiar. Mas eu não vou dar tudo de mão beijada pra você, né, fofa? Vamos combinar uma coisa: eu lanço uma charada e a resposta certa indicará a direção na qual você deve seguir para escapar do fogo. Amém? Então, vamos lá. A primeira dica é: equipamento de proteção coletiva: 8 letras!

Pois foi. Ela conseguiu acertar essa e as outras respostas até chegar à saída. Não se queimou nem um tiquinho, embora tenha inalado muita fumaça. Eu me senti muito orgulhoso da minha filhota.

Espero que você não faça mau juízo de mim, só porque eu não tomei a atitude mais sensata e eficiente, que seria guiar eu mesmo a cadeira de rodas, e salvar sem demora minha filha indefesa em perigo. Acho que isso meio que interferiria no livre-arbítrio da criança, entende? Espero mesmo que você não me considere um canalha por não ter dado a ela as instruções de fuga de uma forma mais direta, sem esse joguinho de adivinhação. E espero, também, que você não me deteste por isso que eu fiz, porque eu não suporto rejeição. Na verdade, eu quero que você se convença e convença a todos a quem contar essa história de que eu sou um pai maravilhoso e bom, digno de honra e adoração.

Ah! E o mais importante que eu omiti, até aqui, foi que eu mesmo tranquei a minha filha lá dentro da loja. E fui eu que provoquei o incêndio… Estranho isso, né? Eu sei… É que eu tava meio sem ter o que fazer, sabe?… Então isso me veio à cabeça. Esse jogo mortal, essa gincana macabra, essa brincadeira imbecil. Mas acredite em mim quando digo que amo minha filha. Muito. Morreria por ela, se fosse preciso. 

Crucificado, de preferência. 

  

Anúncios

122 Respostas

  1. Super legal o texto Barros; esta é uma das minhas angustias; estas charadas, estas confusões de interpretações, voce retratou certinho o que é a religião.

  2. Palavras cruzadas é o “Ò”, só o joguinho dos indolentes (o baralho) é pior. Mas esse ridículo é deus. E o texto, sem dúvidas, é muito bem escrito.

  3. Barros, alguns dizem aqui que “seguimos” as suas idéias como a de um deus… talvez seja inveja… já que o deus deles não passa as idéias “dele” de forma clara como você…

    Parabéns pelo texto ó deus barros, nós seu suditos sempre entendemos sua mensagem… obrigado…

    Abraço
    Cristiano

  4. Gostei do site, é saudável saber das ideias – e convicções – contrárias às minhas. Creio – com todo respeito – ser uma bobagem tal “embate”, cristãos e ateus.

    Existe algo cujo significado NÃO sabemos, SUPOMOS apenas. Por isso, alguém criou a religião e esta se desbobrou em várias, todas convergindo para o ponto central.

    Esse “algo” além, nem mesmo os ateus sabem explicar, SUPÕEM apenas.

    E aí, sem saber como digerir tal (DES)conhecimento, fazem o caminho inverso, embora paradoxalmente TAMBÉM “só sabem que NADA sabem”.

    Então, sabemos TODOS, cristãos ou ateus, que NADA SABEMOS. O ateu TEM CERTEZA da ilusão chamada Deus. E o cristão TEM CERTEZA da entidade chamada Deus.

    Questão de autodefesa, em ambos os lados (ateus e cristãos). E alguns cristãos exageram, por delegar APENAS a Deus a responsabilidade de suas vidas, excluindo o livre-arbítrio.

    E os ateus, PERDIDOS diante dessa grandeza absoluta ( a Terra, o Universo etc), TAMBÉM elabroram suas “certezas” (que eles NÃO têm) de que Deus é ilusão.

    Nós, seres humanos, somos complexos mesmo. Por isso, procuramos todos uma zona de conforto: ateus e cristãos

    Eu tenho uma convicção num Deus acima de TODOS nós e, também (principalmente) na NOSSA responsabilidade, para o bem ou para o mal, aqui nesse orbe.

    Vejo coerência, por mais estranho que pareça, em TODAS as situações do mundo, pois CREIO, sim, que NÃO EXISTE acaso e busco AMPLIAR para ALÉM do meu entendimento as explicações para TUDO!

    Em outras palavras: TUDO, absolutamente TUDO, tem um alcance MAIOR do que nosso olhos. E o sofrimento é o REMÉDIO para o APERFEIÇOAMENTO moral.

    Obviamente, serei contestado. Educadamnte pelo Barros e, talvez, grosseiramente por outros frequentadores desse blog.

    Mas, como não sou adepto do proselitismo, isso não vai me atingir em nada…

    Um abraço ao Barros pela iniciativa de expor ideias, abrindo espaço para comentários.

  5. Raimundo Godinho: “Mas, como não sou adepto do proselitismo, isso não vai me atingir em nada…”

    Não vejo como alvo do Barros as pessoas sensatas que não apostam tudo em expectativas religiosas.

    O problema são os religiosos fanáticos, que realmente levam a sério idéias sem fundamento, e causam com isso diversos danos sociais:
    http://www.paulopes.com.br/2011/12/mulher-israelense-reage-imposicao-de.html
    http://www.paulopes.com.br/2011/12/malafaia-cita-castigo-biblico-vara.html

  6. Raimundo Godinho

    Uma pergunta para você, já que você me parece uma pessoa sensata e não fanática… quanto tempo você despende para questões complexas como essa? deuses, sentido para a vida, contradições nas religiões, etc?

    E como funciona quando você encontra algo que aparentemente não se encaixa? o que esse tipo de conclusão: “a de alguma coisa não parecer fazer sentido lógico” desencadeia?

    Abraço
    Cristiano

  7. Texto excelente, só gostaria de apontar um pequeno erro de digitação (“descolar”), que acredito deveria ser deslocar. Aponto-o porque, na minha humildade intelectual, levei um tempinho para atinar seu real significado.

    Abraços,

    QL

  8. Um abraço para você também, Cristiano.

    Eu não marco um tempo determinado, tento analisar os fatos sob um ponto de vista que julgo coerente, conforme eles se apresentam na minha vida. Mas costumo, à noite, antes de dormir, me transportar para além do puramente material.

    A falta de lógica é apenas um estado passageiro da minha vida (e da vida de TODOS nós).

    NÃO sabermos as respostas NÃO significa que elas não existam…

    O tempo e as experiências explicarão a mim ( e a TODOS nós ) aquilo que eu desconheço, que NÓS desconhecemos.

    Todos temos CONCEITOS, e estes VARIAM de acordo com os estágios de nossa existência, aliás, de nossas múltiplas existências.

    A vida é uma transformação sem fim, biologicamente falando (sem ser especialista na área) posso afirmar. Basta uma simples observação para vermos as transformações que sofremos.

    Outrora, materialmente falando, éramos um sêmen e um óvulo. Adiante, estes se uniram e as transformações continuaram. E assim seguirão até o apagar do princípio vital DESSE corpo em questão. .

    Seria simples tudo terminar num túmulo…

    Nascimento e morte são ESTÁGIOS de uma trajetória INDEFINIDA. Em outras palavras: nossos corpos físicos são como roupas…

    Vamos trocando, trocando, trocando… moldadas de acordo com nossas necessidades de REFORMA MORAL.

    Deus nos compreende como seres fadados ao APRENDIZADO, e nos dá TODAS as ferramentas e quantas roupas necessitarmos para CRESCERMOS.

    Deus nos deixa “quebrar a cara”. Porém, SEMPRE com um sentido pedagógico, de nos ENSINAR utilizando, para isso, nossas próprias imperfeições.

    Por isso, estou convicto de que o sofrimento é resultado de NOSSA fraqueza moral. Fraqueza MOMENTÂNEA pois nos serão dadas as oportunidades para nossa ascensão…

    O sofrimento é o REMÉDIO (amargo) que nos levará ao alívio.

    Por isso ( e PARA isso) eu busco OLHAR ALÉM DE MIM MESMO…

    Nossa invigilância determina, digamos, a “qualidade” de nossa vestimenta ao longo das jornadas, daí os aleijões, os retardos etc…

    Não pretendo ser prosélito. E NÃO tenho a explicação para tudo.

    Minha convicção NÃO é fruto da fé CEGA e sim, de uma fé RACIOCINADA, embora fé e raciocínio pareçam, para ateus, um paradoxo…

    Um abraço.

  9. Caro

    Entendi…

    Mas você concorda que “me transportar para além do puramente material” é um tanto quanto pessoal? Esse tipo de informação não é util em nenhuma discussão onde pessoas tentam chegar em um denominador comum… você pode perguntar, mas para que chegar em um denominador comum? Simples, assim ninguém engana ninguém e ninguém comete loucuras por algo pessoal…

    Outra coisa que você mencionou, que não sabermos a resposta não siginifica que ela não existe… eu até concordo com você… mas isso só é motivo de discussão por que existem pessoas que agem como ela se soubessem a resposta, se não podemos afirmar que ela não existe vocês não poderiam afirmar que ela existe certo?

    E porque a vida não pode ser simples? QUal indício da vida terrena que indica que ela não é simples? Fora as pessoas que alegam ter conhecimentos além da ciência vindos de fontes que não podem ser medidas em uma ambiente controlado?

    É óbivo que uma vida simples que acaba no túmulo é frustante, mas isso significa que ela não poderia refletir a realidade?

    E você acabou não respondendo minha segunda pergunta, que era de longe a mais importante, mas beleza, foi legal conversar com você…

    Abraço
    Cristiano

  10. Raimundo Godinho

    Gostei do site, é saudável saber das ideias – e convicções – contrárias às minhas. Creio – com todo respeito – ser uma bobagem tal “embate”, cristãos e ateus.

    Eu concordo com você, exceto que eu acho que discutir é saudável, ao menos quando há respeito.

  11. Raimundo

    Uma coisa que veio a minha cabeça

    Um erro que é cometido, é tratar o processo da vida na terra “Nascer -> Viver -> Morrer” como algo simples, ainda mais quando tratamos do ser humano, de simples ele não tem nada, não é a toa que levou milhões de anos para acontecer…

    Tai uma coisa que os religiosos poderiam tentar me explicar… o corpo humano “falhar” e o indivíduo morrer está muito mais para um produto da evolução do que para a criação de um designer inteligente certo? A menos que esse designer além de inteligente seja um pouco sádico…

    Abraço
    Cristiano

  12. “Nascer->Viver-> reproduzir-> Morrer.”
    A natureza privilegia a espécie e não o individuo.
    Esse modo de perpetuação da vida foi o que mais se adequou ao sistema do nosso planeta. Biologicamente somos replicadores de DNA, toda a maquinaria corporal existe para manter e passar adiante o DNA da espécie. Tendo ou não consciência disso, acreditando ou não em deuses.

  13. Fiquem ligados:
    Para abafar a notícia das Dezenas de milhares de crianças desgraçadas dentro de igrejas, meteram no ar um vídeo de uma mulher “matando” um cachorrinho. O treco teve ainda dois intentos agradabilíssimo para os feitores-das-crenças: a) solapou completamente qualquer atenção à notícia das crianças desgraçadas dentro de igrejas; e
    b)serviu para dar noção aos pulhas-mandantes-de-crenças que é fácil fazer com que o populacho adorador de cachorrinho mate facilmente uma pessoa, é só insuflarem um pouquinho. já que ninguém raciocina, veja por que:
    c) Não há espancamento no vídeo (ainda está sendo mais analisado); a mulher apenas brinca jogando o cachorrinho molhado fujão;
    d) para dar “veracidade” o vídeo mostra ainda uma menininha próximo, a garotinha nem sequer liga, ou seja: é uma cena de violência?
    e) o vídeo foi divulgado com estardalhaço como se a mulher tivesse “matado” o cãozinho, mas depois já aparece como apenas tendo batido nele.
    f) se tudo ainda fosse verdade, e não uma montagem fajuta , de propósito, ainda fica a questão, bastava a um vizinho (estória toda esquisita dele, nem sabemos ao certo se são personagens autênticos mesmo), armar uma fajutice dessa e tava qualquer um prontinho pra ser morto.
    g) Se tudo isso ainda é verídico, essa pessoa deve é ter negado ela ou a filha a um pastor ou padre ou chefe de centro espírita. nesse caso, só se mostrou a ela o quanto é fácil desgraçar pessoas.

  14. Frater QL, já corrigi: era “deslocar” mesmo. Como “descolar” é uma palavra muito parecida, eu não consegui perceber o engano, mesmo tendo feito várias leituras do texto antes de publicá-lo. Obrigado pelo elogio e por apontar o engano. É uma ajuda e tanto isso. Obrigado mesmo!

  15. Raimundo Godinho, discordo de você quando você fala das “certezas”.

    O crente não tem certeza de nada. Tudo o que ele tem é fé, e “fé” não é o mesmo que “certeza”. “Fé”, na verdade, é justamente “acreditar sem ter certeza”.

    Eu, sendo ateu, não tenho fé em Deus nem em deus algum, e tenho, sim, certeza de que deuses são ilusões, porque, para não serem, todos os deuses teriam que existir simultaneamente.

    Você pode me achar arrogante por declarar que a minha certeza é válida, enquanto a certeza do crente é ilusória, mas é o mesmo tipo de arrogância que um crente como você se vale para dizer que

    Eu tenho uma convicção num Deus acima de TODOS nós

    desprezando todos os outros milhares de deuses que não são esse UM aí da sua convicção. Entende? Você considera apenas UM deus, e ignora todos os outros deuses de outras culturas e de outros tempos, sendo que você não tem nada nas mãos que lhe dê autoridade para fazer isso além da sua própria fé num deus específico.

    E fé é só a vontade que as pessoas têm de que as coisas sejam como elas gostariam que fossem.

  16. Barros,

    Entendo sua convicção, e não acho você arrogante. Mas, como eu expliquei, não sou prosélito, gosto de confrontar ideias opostas, é saudável a discirdância.

    Eis o que escrevi hoje cedo, sobre Deus, que NADA tem de tirano.

    Deus nos compreende como seres fadados ao APRENDIZADO, e nos dá TODAS as ferramentas e quantas roupas necessitarmos para CRESCERMOS.

    Deus nos deixa “quebrar a cara”. Porém, SEMPRE com um sentido pedagógico, de nos ENSINAR utilizando, para isso, nossas próprias imperfeições.

    O “meu” Deus, na verdade, é o Deus de todos nós. Há, no entanto, visões distorcidas que situam Deus como uma cara vingativo..

    Obviamente é, sim, uma tomada de posição que assumo, e em nada desrespeita posições contrárias.

    Um abraço.

  17. Ah, vi seu outro comentário agora:

    Raimundo Godinho escreveu:

    NÃO sabermos as respostas NÃO significa que elas não existam…

    Não saber uma resposta também não dá a ninguém o direito de inventar uma.

    Seria simples tudo terminar num túmulo…

    Uma hiena ou um urubu talvez não sejam tão avessos à essa simplicidade. Eles não pensam, logo, não têm porque achar tão ruim tudo acabar “num túmulo”. Esse desconforto é gerado pela nossa consciência, pelo nosso repúdio à nossa própria extinção. Por isso a necessidade do ser humano em criar estórias fabulosas sobre o que nos acontecerá depois da morte. É um artifício infantil, que só funciona com mentes infantis.

    Nascimento e morte são ESTÁGIOS de uma trajetória INDEFINIDA. Em outras palavras: nossos corpos físicos são como roupas…

    Essa sua declaração é apenas uma frase escrita em português. Enquanto você não puder fornecer um embasamento no qual ela possa se sustentar — embasamento esse, entenda-se, que seja algo que sobreviva para além da sua própria fé — , isso é tudo o que ela vai ser: uma frase.

    Se eu digo a você que um lápis sem qualquer apoio irá cair no chão atraído pela força da gravidade da Terra, você pode até duvidar, até o momento em que eu demonstre que isso é verdade. Se você me diz que nossos corpos são como roupas, seria de se esperar que você me pudesse relatar o que te levou a pensar assim. Se foi por conta de alguma revelação sobrenatural que uma outra pessoa teve e pôs num livro, ou se foi por causa de alguma experiência própria que você teve com espíritos, isso pode servir para você, mas não serve para mim. Desde que me descobri ateu, eu parei de ver assombração.

    Deus nos compreende como seres fadados ao APRENDIZADO

    Touché. Para você, assim como para qualquer ateu, Shiva jamais nos compreenderia como seres fadados ao aprendizado. Nem Zeus… nem Odin, nem Amon-Rá… nem qualquer outro deus, que não o seu próprio, particular, pessoal e intransferível.

    Por isso ( e PARA isso) eu busco OLHAR ALÉM DE MIM MESMO…

    Engano seu. O seu “olhar” está confinado às suas convicções. Um crente sempre trabalha no projeto de um edifício que já foi construído, onde o desenho tem que se ajustar ao que ele tem diante dos olhos.

    Minha convicção NÃO é fruto da fé CEGA e sim, de uma fé RACIOCINADA, embora fé e raciocínio pareçam, para ateus, um paradoxo…

    E é mesmo. Se você tivesse nascido na Índia, por exemplo, essa sua fé raciocinada lhe convenceria de que foi Brähma que criou o universo.

  18. Um abraço a todos. Volto amanhã, se Deus quiser.

  19. Cristiano,

    Eu respondi, sim, e respondo novamente: algo aparente ilógico desencadeia, em mim, a certeza de que é APENAS aparente tal ilogicidade. Nada mais.

    O fato de eu NÃO saber o porquê das coisas NÃO significa que não haja respostas… Na verdade, nem é o porquê a palavra exata.

    Devemos perguntar PARA QUÊ… faz uma diferença incrível!

    Deus nos compreende como seres fadados ao APRENDIZADO, e nos dá TODAS as ferramentas e quantas roupas necessitarmos para CRESCERMOS.

    Deus nos deixa “quebrar a cara”. Porém, SEMPRE com um sentido pedagógico, de nos ENSINAR utilizando, para isso, nossas próprias imperfeições.

    Para isso, no entanto, é necessário olhar além do que está ao nosso alcance. Isso, somente cada uma de nós pode fazer, despidos de qualquer pudor, digamos assim…

    Um abraço

  20. Olá, Raimundo. Peço licença para comentar alguns pontos de seu comentário.

    Existe algo cujo significado NÃO sabemos, SUPOMOS apenas. Por isso, alguém criou a religião e esta se desbobrou em várias, todas convergindo para o ponto central.

    Essa afirmação me dá a entender que uma pessoa criou e ela se espalhou por vários lugares. Muitas comunidades de humanos em lugares diferentes, e muitas delas sem contato entre si, desenvolveram explicações sobrenaturais. Isso sugere (como sabemos) que seres humanos tem a necessidade de encontrar explicações para o mundo em que vivem e desenvolvem sistemas para tentar ordenar o mundo.

    E aí, sem saber como digerir tal (DES)conhecimento, fazem o caminho inverso, embora paradoxalmente TAMBÉM “só sabem que NADA sabem”.

    Não acho que seja bem assim. Pelo menos atualmente não acho que seja muito correto dizer que não sabemos de nada. Na verdade, eu fico meio desconfiado quando um ateu diz uma coisas dessas.

    O ateu TEM CERTEZA da ilusão chamada Deus. E o cristão TEM CERTEZA da entidade chamada Deus.

    Eu acho que aí vai depender do que se entende por deus. Eu, por exemplo, não acredito no deus cristão, que começou como uma divindade local, adorada pelos hebreus, mas estou aberto à possibilidade de existência algo que se possa chamar de “criador”. Não posso dizer que acredito, mas caso exista e seja encontrado, isso deixaria de ser uma questão de fé.

    E os ateus, PERDIDOS diante dessa grandeza absoluta ( a Terra, o Universo etc), TAMBÉM elabroram suas “certezas” (que eles NÃO têm) de que Deus é ilusão.

    Acho que alguns podem se sentir perdisos, outros não.

    Eu tenho uma convicção num Deus acima de TODOS nós e, também (principalmente) na NOSSA responsabilidade, para o bem ou para o mal, aqui nesse orbe.

    Você se referiu à certeza que os ateus não tem, mas fala em convicção. Também mencionou que todos – ateus e cristãos – sabem que nada sabem. Então, como você pode ter convicção, se nada sabe?

    Eu tenho uma convicção num Deus acima de TODOS nós e, também (principalmente) na NOSSA responsabilidade, para o bem ou para o mal, aqui nesse orbe.

    Concordo plenamente com você quanto à nossa responsabilidade para o bem ou para o mal. Somos responsáveis pelo que fazemos, e acho que devíamos ser mais zelosos para com nossos pares e nossa casa (o planeta).

    que NÃO EXISTE acaso e busco AMPLIAR para ALÉM do meu entendimento as explicações para TUDO!

    Mas, pergunto novamente, como você tem tanta certeza se afirmou que todos – ateus e cristãos – sabem que nada sabem?

    E o sofrimento é o REMÉDIO para o APERFEIÇOAMENTO moral.

    Esse é um ponto que acredito ser polêmico. Quero propor um cenário para explicar o modo como vejo. Suponhamos que eu queira ensinar a meu filho que não é vantajoso se tornar um usuário de drogas, que elas podem levá-lo ao fundo do poço da condição humana. Julgo que há apenas dois modos de fazer isso: pelo diálogo que educa e mostra o perigo, ou pelo sofrimento (que é sua tese). Então, me corrija se eu não entendi bem: se o sofrimento é o remédio para o aperfeiçoamento moral, eu deveria então permitir que ele experimentasse e passasse por todo o processo de destruição de sua vida para aprender que drogas não são vantajosas? Sua tese é a explicação dos crentes (não me restrinjo aos evangélicos) para o sofrimento que vêem no mundo e não encontram outro modo de explicar. Mas, no caso da tese ser verdadeira, como explicar que um deus que é tido como um deus de amor prefere não dialogar?

    Desculpe se me extendi muito.

    Um abraço.

  21. Deusilusão

    O embasamento NINGUÉM pode dar, não sei se você leu o meu primeiro texto.

    É necessário um olhar além de nosso alcance… seja do ateu ou seja do cristão. E isso (olhar além…) requer, por estranho que possa parecer, uma busca dentro de si… é algo que CADA UM vai encontrar, se assim o desejar. Mas tem de ser uma entrega total!

    Concluindo: respostas inequívocas, NINGUÉM as tem, seja ateu, seja cristão…Até agora não vi, nem cristão nem ateu, EMBASAR com argumentos IRREFUTÁVEIS, nada!

    Um abraço

  22. @Raimundo

    1. ninguem embasa com argumentos irrefutáveis, nem ateus nem cristãos;
    2. vc ou é ateu ou acredita em deus; portanto, vc tb nao embasa com argumentos irrefutaveis;

    entao, me esclareçe: como vc mantem sua convicção se vc não tem argumentos irrefutaveis pra embasar sua convicção?

  23. Pô Barros, dá uma analisada na situação desse vídeo que joga uma moça na fogueira a partir de um vídeo feito por um cara numa posição muito estranha pra olhar dentro da casa da mulher. O pior de tudo, os vídeos são diferentes. Tudo muito esquisito, tem um montão de gente se dando bem em cima de uma cena que não bate com o ódio todo insuflado pra matar a mulher. Que isso? Tão testando a burrice do povo?
    Tava conversando com algumas pessoas sobre, e aí uma deu um toque,desses que vc dá quando tá todo mundo com uma viseira de burro. Foi aí que notei que os vídeos são diferentes. Isso é uma puta armação. Já imaginaram se o cara queria comer a mulher, já tava olhando dentro da casa da mulher na boa, com o maior olhão, e deve ter tentado armar pra cima dela, se ela não quis dar pro tarado. Vejam aí.
    Pensem; tá ficando perigoso ter cachorro, eles tão tomando nosso lugar em tudo. Quantas vezes a gente não jóga o nosso cachorro levantando ele por baixo? E quantas vezes depois de dar banho, a gente não deixa ele debaixo do balde enquanto péga a toalha. Quem tá espancando não tá dando banho.
    Primeiro se faz estardalhaço que a mulher matou, depois só bateu, depois a estória do cara é toda torta … e o pessoal que nem crente já doido pra matar a mulher. Desse jeito a gente tá na mão de qualquer pastor,qualquer padre. Se começarem a mandar matar um e outro é só arranjar um datena, e pronto.
    “Gente, pára … quem não brinca assim com o cachorrinho, ainda mais se ele tá com mêdo de água. Galera, se liga, se fosse violência a garotinha se desesperava. Pô, isso tá parecendo uma puta sacanagem com a mulher, não sei porque. Tem muita coisa errada nessa estória. Não vejo de jeito nenhum a mulher espancando o bichinho. Tá um montão de gente detonando, mas e as DEZENAS DE MILHARES de crianças que foram arrebentadas por trás dentro de igrejas, noticiado bem no dia anterior a esse vídeo. NOTEM ISSO.

  24. Que vídeo é esse?

  25. Ridículo com quatro letras? resposta VOCE

  26. RIDÍCULO com 4 letras?? Deixeu pensar!

    R- ATEU

    Vc, ateu que escreveu esse texto

    Vc, ateu que nao tem argumentos

    vc, ateu que não saba nada do que tá falando

    vc, ateu que é preconceituoso e machista e racista

    VC, ateu que faz o mal para a humanidade porque não tem nada a perder nem ninguém pra prestar contas depois de morto

    vc, ateu egoista que só se preocupa e perde tempo em difamar a fé alheia

    Vc ateu que quer todo mundo se matando entre si

    Vc, ateu que não tem Cristo no coração e odeia a raça humana

    Vc, ateu que sofre e vive uma vida vazia e quer que todo mundo compartilhe dessa podridão moral

    Vc, A-T-E-U, com quatro letras.

    Acertei? qual meu premio?

  27. Vc, ateu que nao tem argumentos

    Não tem argumentos? Como não?

    Acho que você não entendeu o texto.

  28. hehehe, já estava com saudades do amor cristão…

    Agora essa foi a melhor do ano:

    “vc, ateu que é preconceituoso e machista e racista”

    Abraço
    Cristiano

  29. Faltou homofóbico também

  30. Hum?

  31. Dois?

  32. Querido, desde quando escrever uma parodia é um argumento? vc acha que os físicos que estudaram o big-beng escrevem contos de parodia pra provar o que eles acham que é correto?

  33. Se o mundo fosse feito de mais pessoas cristãs e religiosas no geral, menos ateus e pessoas de índole malévola como o autor dessa parodia imbecilóide as coisas seriam melhores e o mundo seria outro

  34. então, já foi assim durante um tempo, sabe o que eles faziam com quem não concordava com eles? churrasco…

    Abraço
    Cristiano

  35. E rosalys, comece a se acostumar, é só você olhar a tendência… oa ateus estão crescendo ou diminuindo? se bem que se eu fosse você não se preocupava com os ateus não… os seguidores de alá são um pouquinha menos complacentes com a fé alheia…

    Abraço
    Cristiano

  36. Isso mesmo Cristiano. Eu também sinto falta do amor cristão mas não se pode nem sonhar encontrar tais coisas por aqui num antro de zumbis cegos à verdade. É vergonhoso em pleno natal se divulgar nos nossos emails textos em e nossos facebooks textos como esse. De tamanha preconceituosidade contras os religiosos.

  37. Concordo com vc Cristiano, a tendencia é eles desaparecerem mesmo. De vergonha eu acho, pq só não tendo mesmo vergonha para sair poraí divulgando esse tipo de absurdo e preconceito com as pessoas de fé.

  38. Filha, eu disse que a tendência é o aumento dos ateus… eu sou ateu (graças a deus, já que ele não existe)…

    Mas já percebi que você não está entendendo muito o que se passa por aqui… sugiro outro tipo de leitura para você….

    http://www.cleycianne.com/

    E não fique irritada, lembre do espírito natalino…

    Abraço
    Cristiano

  39. SE os ateus tem tanta certeza que nao existe Deus pq eles não sai por aí tomando posse de tudo que é dos outros, angariando dinheiro ilicito e roubando? Se Deus não existisse tudo seria permitido. E não vi nada que aqui pudesse fazer alguem sequer duvidar da existencia de Deus. Tudo que ele escreveu é xacota pra ridicularizar os cristãos.

    boa noite e fika com Deus
    Rosaly S2

  40. Não estou irritada Cristiano e esse blog da Creyssiane é uma fraude igual a esse aqui mas acho que vc ja sabe disso. Feliz natal pra vc também

    Rosaly

  41. Amiga, tenho medo de pessoas que só são boas porque tem medo de deus, eu procuro ser correto por que tenho moral e procuro não fazer aos outros o que não gostaria que fizessem comigo, eu prefiro não seguir regras ditadas por uma deus, meu nome não é abrãao, mas vai saber né…

    Abraço
    Cristiano

  42. Esse é o ensinamento maior do nosso Deus amar ao próximo como a ti mesmo. só nós percebemos a importância desse pensamento para a humanidade. Os ateus só pensam em si mesmos e na difusao da religião atéia deles. São covardes que publicam livros e blogs como esse difamando o cristianismo. Vc não deveria se misturar, é dar perolas aos porcos

  43. E nao tenha medo Cristiano; o Senhor diz que mil cairão ao teu lado e 10 mil a tua direita mas o mal nao virá sobre ti. As palavras dele é a nossa arma contra esse tipo de fraude que os ateus tentam empurrar pra sociedade visando tornar a todos zumbis do materialismo e do preconceito

  44. Amiga, o senhor não disse nada…

    Mas beleza, não vamos iniciar uma discussão que não levar a lugar nenhum… de discussão esse blog tá cheio… só procure “pensar” um pouco nas coisas que você acredita… e não aceite tudo porque alguem diz que é assim que deve ser….

    Abraço
    Cristiano

  45. Agora preciso dormir. Espero que vc deixe uma resposta pro ator do texto com o embasamento Bíblico adequado pq eu nao li ainda a Bíblia toda e nao conheco os versiculos certos pra refutar de forma eficiente. Beijinho e boa noite

    Rosaly

  46. ???

  47. sei lá, preciso parar de beber…

    Abraço
    Cristiano

  48. rosaly S2: “SE os ateus tem tanta certeza que nao existe Deus pq eles não sai por aí tomando posse de tudo que é dos outros, angariando dinheiro ilicito e roubando?”

    hmmm… porque ateus geralmente não são imorais como os cristãos que se atrevem a pensar essas bobagens. Tais cristãos só não fazem mais besteiras e maldades porque acham que existe um fantasminha (o primata gasoso) vigiando e punindo.

    (Se bem que há piores: os que fazem maldades porque acham que existe um fantasminha mandando fazer maldades. Vide p.ex. a cambada evangélica no congresso fazendo de tudo para avacalhar com os direitos humanos.)

    Moral e ética independem de deuses.

    Feliz solstício de verão, e viva o Sol Invicto!

  49. Os ateus só pensam em si mesmos e na difusao da religião atéia deles. São covardes que publicam livros e blogs como esse difamando o cristianismo.

    Rosalys2, do meu ponto de vista, este texto não está difamando nada nem ninguém, é apenas uma crítica. A melhor coisa para um cristão entender uma crítica ao cristianismo é uma metáfora, porque já foi atestado por psicólogos que um indivíduo é incapaz de conceber uma crítica à sua própria religião.

    Quando alguém faz uma crítica, por exemplo, à noção de reencarnação, um cristão é perfeitamente capaz de entendê-la e perceber que não é uma ofensa. Agora, se você faz a mesma crítica a um espírita, ele vai considerar a crítica como uma ofensa pessoal. Olha, eu já vi muitas ofensas tanto de ateus quanto de cristãos, mas eu olho para este texto e não vejo absolutamente ofensa nenhuma. Este texto está meramente dizendo, de uma forma detalhada e criativa, que o sacrifício de Jesus não faz o menor sentido, mas você levou para o lado pessoal. Pode ser que eu não esteja vendo o que você vê, mas, na minha opinião, você se sentiu ofendida simplesmente porque a ideia do texto coloca a sua crença em xeque.

  50. Assistam o filme : As crônicas de Nárnia do ex-ateu CSLowis.
    Está passando na globo.
    É muito bom.

  51. oi, rosalys2, vi que vc escreveu que ainda nao leu a bíblia toda. posso dar umas dicas? tem muitas passagens “bacanas” e eu conheço algumas bem “interessantes”.

    por exemplo, no Êxodo deus faz uma aliança com o povo de israel que foi libertado da escravidão no egito (que nunca aconteceu de verdade) e nessa aliança deus dá umas regras pra eles.

    * tem uma em Êxodo 21:7 onde deus explica como vender sua filha (eu acho isso nojento). não tô mentindo, vai lá ver.

    * tem outra em Êxodo 21:10 onde deus dá as instruções pra seguir na hora de conseguir uma segunda esposa (se meu pai resolvesse seguir isso, minha mãe ia mostrar pra ele o caminho do êxodo!). não tô mentindo, vai lá ver.

    outra: em 1 Coríntions, o apóstolo Paulo (aquele do ataque) dá uns conselhos a uma congregação cristã.

    * em 1 Coríntios 11:7, ele diz que o homem é a imagem e glória de deus, mas a mulher não: ela é a glória do varão (quer dizer, do homem) (se eu fosse mulher, como vc, ia ficar puta da vida com isso!)

    são só algumas partes onde a mulher é escrachada (tem muito mais). se eu fosse mulher naquela época eu tava era ó… F******!!!

    olha só, não tô querendo sacanear com vc não, mas ainda tem as partes de violência, genocídio, crueldade, injustiça. tem muita coisa! não tô mentindo, tá tudo lá.

  52. Blá, blá, blá.

    Disco furado.

    Muitos ateus aqui no blog já provaram o quanto “respeitam” as mulheres.

    Disseram a outras mulheres cristãs palavras inonimáveis que não convém descrevê-las nesta postagem.

    E ainda se escondem atrás de um pseudônimo ou “anônimo”.

    Não me venha com falácias Sr. Anônimo, estás longe de ser o exemplo.

    Seu hipócrita.

  53. Aliás, Rosalys2, dizer que ateus só pensam em si mesmos, isso pode até ser visto como uma ofensa pessoal, além de se caracterizar como preconceito, mas eu não me ofendo porque eu sei que isso está longe de ser verdade.

    SE os ateus tem tanta certeza que nao existe Deus pq eles não sai por aí tomando posse de tudo que é dos outros, angariando dinheiro ilicito e roubando? Se Deus não existisse tudo seria permitido.

    Eu tenho uma pergunta para você. Eu imagino que você também não saia por aí roubando dinheiro dos outros ou matando aqueles que você considera inconvenientes para você. Por que você não faz isso? Você só age como uma boa pessoa porque isto são ordens divinas e porque tem medo de ir para o inferno caso seja má? Ou você é boa por algum outro motivo?

    Quanto a ler a bíblia, tome cuidado: muitos são ateus porque decidiram ler a bíblia :P

  54. Aproveitando sua presença Gustavo.

    Sinceramente não acredito que realmente concordas com o que o Barros diz neste texto. Seria limitar demais sua visão da vida e das pessoas.

    Existem pessoas que possuem o dom de serem cientistas, seja da razão ou da fé. Já outros, são meros escribas charlatões que manipulam as informações e usam a mobilidade das palavras para convencerem uma platéia frenética que acompanha tudo sem questionamentos, como se não tivessem inteligência própria, como se necessitassem agir como parasitas intelectuais ou como filhotes de tico-tico que abrem a boca sempre que alguém se aproxima e recebem de bom grado o que lhes enfiam guela abaixo, mesmo que sejam pedras ou vidros. A chance de morrer é enorme. Precisam ter mais de fé para continuarem vivos do que os cristãos ao crerem em Deus.

    Fiquem na paz.

  55. Blá, blá, blá.

    Disco furado.

    Muitos ateus aqui no blog já provaram o quanto “respeitam” as mulheres.

    Disseram a outras mulheres cristãs palavras inonimáveis que não convém descrevê-las nesta postagem.

    E ainda se escondem atrás de um pseudônimo ou “anônimo”.

    Não me venha com falácias Sr. Anônimo, estás longe de ser o exemplo.

    Seu hipócrita.

    calma aí, apressadinho! nem me conhece e já vai acusando e esculhambando? tá igual aos caras do Sinédrio?

    eu nunca disse nenhuma “palavra inominável pra nenhum outra mulher cristã” nesse blog. já no seu caso, é diferente, se bocó baba-ovo.

    vc é ridículo só com três letras!

  56. Aproveitando sua presença Gustavo. Sinceramente não acredito que realmente concordas com o que o Barros diz neste texto. Seria limitar demais sua visão da vida e das pessoas.

    Ah, olá, Ton, quanto tempo :D

    Sinceramente, sim, eu concordo com o texto. Eu inclusive cheguei a dizer pra você naquela outra postagem que, pra mim, a ideia de Jesus ter morrido para expiar os nossos pecados é absurda. Na verdade, agora eu não consigo pensar em nenhuma outra ideia religiosa que eu já tenha ouvido e que seja menos absurda do que essa.

  57. Acho que eu me confundi (é o sono :P), quando eu mencionei “sacrifício de Jesus”, eu deveria ter me referido à ideia do texto: que nós estamos condenados à uma tortura eterna a não ser que a gente aceite Jesus como nosso salvador (???), mesmo considerando que Deus fica às ocultas, (supostamente) deixando apenas um texto enorme e cheio de absurdos lógicos e morais que devem ser entendidos como dicas ou metáforas para que a gente saiba a verdade… E a isso acrescente que Deus é onipotente e onisciente, e ainda por cima que Jesus teve que morrer para nos salvar.

    Pra mim isso tudo é um absurdo em cima do outro.

  58. Ton escreveu:

    Existem pessoas que possuem o dom de serem cientistas, seja da razão ou da fé.

    Cientista da fé? Seria uma pessoa especializada a provar que a fé está certa baseado na própria fé? Ou que a Bíblia é verdadeira baseando-se na própria Bíblia?

    E, Ton, por que você não concorda com o meu texto? Você esqueceu de dizer… Deu a entender que não concorda, mas, até aqui, não foi capaz de escrever uma linha com os motivos que o levam a não concordar… Estranho.

  59. Hunig:

    Pô Barros, dá uma analisada na situação desse vídeo que joga uma moça na fogueira a partir de um vídeo feito por um cara numa posição muito estranha pra olhar dentro da casa da mulher. O pior de tudo, os vídeos são diferentes.

    Que vídeo?

  60. Agora já aparecem vídeos diferentes, antes dizia com furor que a mulher tinha “matado” um cão, depois só “espancado”, e depois aparecem outros que pode nem ser a mesma mulher. E todo mundo se esbaldando pra se dar bem em cima da “corrente” pra MATAR a mulher. As eleições vêm aí, imagine esse pessoal na mão de teo-pulhíticos? O mais escrto nisso é que os vídeos apareceram bem na horinha que foi denunciado todo tipo de violência, inclusive várias mortes, de crianças DENTRO DE IGREJAS (pasmem: de 1945 à 2010 – é mole!). Parece que além de abafarem essa notícia ainda lucraram instaurando um TALIBÃ VIRTUAL na cara de todo mundo na Internet.
    Digite; enfermeira mata espanca cãozinho ou algo assim, tá lotado nas buscas. Isso foi ridículo. Por favor, observe o que mostramos nos comentários anteriores. Parece que também tem por trás disso o intento de nos fazer ter raiva de nós mesmos, parece que isso vira um trunfo na mão da estratégia talibã ou medieva; a coisa é feia, mal forjada (parece feita às presas), cheio de rombo; mas como incita “matar” a mulher, aí todo mundo vai atrás.

  61. Gustavo.

    Como disse ao Cris, acredito que o ateísmo gnóstico seja mais nobre que o ateísmo tradicional, em especial porque ao menos cogita a possibilidade da existência de Deus e isso é um grande avanço.

    Acontece que, assim como o gnosticismo cristão da época de Jesus e dos dias atuais, ambos, gnósticos ateus e gnósticos cristãos, acabam por esbarrar em detalhes que acabam por impedir que seus potenciais sejam plenamente desenvolvidos: não duvidam mas não acreditam totalmente e essa posição é até prudente em alguns casos mas em outros deixa a desejar.

    Assim como os ciêntistas que nos antecederam arriscaram e investiram tempo e dedicação em algo que para alguns parecia impossível, eles provaram que valeu a pena. Os que não conseguiram abriram portas para outros que concluiram o trabalho de seus colegas.

    Ser cristão é isso: acreditar no impossível, no improvável. Isso é ser cientista da fé. Através de suas vidas, muitos cristãos provaram, até mesmo perdendo a própria vida, que Deus está presente na humanidade e que Ele está no controle de todas as coisas.

    Tomé só acreditava vendo. Muitos o discriminam por isso mas esquecem do que Tomé foi capaz de realizar depois que confirmou a sua fém em Cristo: morreu como mártir na defesa do evangelho.

    Eu aceito e respeito sua posição de prudência em questões relacionadas à fé, mesmo porque o próprio Deus não aceitaria robozinhos servindo-o sem questionar. Eu respeito sua posição assim como respeito a de muitos gnósticos cristãos, mas com uma ressalva: desde que não se utilizem dessa posição para ficarem em cima do muro porque Deus abomina pessoas que assumem posições a respeito da fé apenas por comodismo ou por medo de expor seus ideais.

    Quem fica em cima do muro não está isento de suas responsabilidades: o fato de estar em cima do muro já é uma escolha, uma decisão que o indivídou tomou e Deus já leva isso em conta.

    Devemos tomar cuidado quando assumimos posições de mornidão espiritual. O grande paradoxo de Deus é que Ele espera que sejamos pessoas decididas, concientes do que queremos ao ponto de em apocalipse repreender a igreja em Laodicéia porque a mesma era morna. Deus desejava que ela fosse quente ou fria, ao contrário, Ele a vomitaria.

    Pessoas assim, infelizmente não conseguem grandes mudanças. As pessoas decididas, mesmo que para a prática do mal, deixam marcas na história que servirão para o aprendizado dos que querem viver uma vida em comunhão com Deus. São exemplos que nos alertam e nos incentivam a tomar decisões acertadas, escolhermos o bem e não o mal.

    O Barros é uma delas. Observando os seus textos posso ter certeza do que não desejo me tornar, de qual exemplo não quero deixar para meus filhos e para as gerações futuras. Me restando a segunda opção: fazer o bem sem olhar a quem. Agradar à Deus, acima de todas as coisas e amar ao próximo como a mim mesmo.

    Continue nessa busca meu amigo e quando tiver razões para crer, faça-o sem reservas, assim como Tomé que dedicou sua vida inteira em defesa da fé cristã.

    Que Deus o abençoe e ilumine seus passos, guiando-o à sua presença.

    Fica com Deus amigão.

  62. Barros,

    Deus seria um deus muito tosco se pudesse ser resumido por algumas palvras escritas em um blog feito por uma pessoa frustrada.

    Infelizmente temos o hábito de, ao se decepcionar com alguém, sair espalhando poraí que essa pessoa não presta. Típico de novela da globo. Pessoas assim não entendem ou não querem entender que estão prejudicando a sí mesmas. Mas me parece que você não se importa com isso não é meu camarada?

    Afinal, tal procedimento traz a essas pessoas um sentimento de satisfação e de vanglória pois, como crianças birrentas, adoram chamar a atenção.

    Mas pelo que tenho observado, o blog está tomando outros rumos: deusificação da criatura em oposição ao criador, surgindo a possibilidade de criar uma espécie nova na mutação humana que estaria longe de ser catalogada como ateísmo. Seguidores é o que não falta para mais uma baboseira secular.
    ´
    Assim como as músicas sem conteúdo e de baixo calão fazem sucesso em nossa cultura, não é de se esperar que textos desse calibre não venham chamar a atenção das massas.
    Acredito que você já sabe disso e está agindo concientemente nessa empreitada não lhe tornando escuso.

  63. Ton:

    Ser cristão é isso: acreditar no impossível, no improvável. Isso é ser cientista da fé.

    Ah, agora entendi: você não faz mesmo ideia do significado da palavra “cientista”, ou “ciência”.

    Se eu dissesse pra você, com toda a convicção do mundo, que vou namorar e casar com a Ísis Valverde, você pensaria: “Coitado do Barros… Tão novo e completamente sem juízo…”.

    Mas se você diz pra mim que, depois da morte, ainda vamos viver num mundinho encantado, criado por um ser invisível que mora numa dimensão mágica, e que você ficou sabendo disso tudo através de um livro escrito há vários milênios por criadores de cabras do deserto… aí você é um cientista.

  64. Volto à noite pra ler se você aceitou o meu desafio e escreveu pelo menos uma linha explicando por que você não concorda com os meus argumentos.

    Até aqui, você só faz o que todo crente sabe fazer melhor: enrolar.

  65. Ridículo com 6 letras:
    Uma pista: acredita que é deus.

  66. Agora se lambuzar num sangue de um morto metaforicamente é sinônimo de bem ,eu quero distancia destes doentes mentais, pois tira a metáfora e traz para a realidade e vera a cena atormentadora de homens doentes se lambuzando num sangue coagulado gelado e frio amontoado por moscas dando gloria a deus. Eu hein quero distancia deste povo doente.

  67. Ironia do destino(se seu sobrenome for real), seu próprio sobrenome indica sua origem: barro.
    E continuarás sendo se não reconhecer que és apenas mais um e que o oleiro está acima de você e não igual a você. Do contrário, serás uma pessoa frustrada e a isso já se espressas com maestria em seus textos.

    Amigo. Não é vergonhoso querer ser alguém. Vergonhoso é não reconhecer de que usas as matérias primas que Deus criou para que fosse possível você ser esse alguém: matérias primas usadas para fazem papel, caneta, tecnologia, oxigênio, alimento, saúde, disposição e segue a lista.

    Quando não damos glória à Deus, só servimos para sermos comidos por bicho como aconteceu com Herodes.

  68. Agora estás usando o pseudônimo anônimo também Barros?

  69. Um doente mental escreveu que os ateu vão dominar o mundo e que isto vai durar 3 anos, e estes doentes ainda quer ter credibilidade e quer ainda que acreditemos que são pessoas saudaveis mentalmente, hoje os ateus não chega nem a 2% da população mundial.

  70. Ton, por que você não concorda com os argumentos da postagem ”Ridículo, com 4 letras.” do Barros?
    Eu gostaria de saber se fosse possível.

    Grato!

  71. Barros seu texto esta perfeito imbativel, que os crente vão ter que desviar de assunto porque não tem capacidade para refutar seu texto, talvez por isso ele criou elementos quimicos tão perigosos , enquanto tudo podia ser só terra e água e nutrientes não destrutivos , então é inegavel dizer que o criador para aqueles que acredita em lenda é um sacana pois a prova também é irrefutavel. Um ser bonzinho criou a polvora ,criou o uranio, mais isto ele criou só pra testar só pra ver os homens se explodindo com eles, ah e lembra ele é onipotente onisciente onibondoso mais não aguentou criar um mundo sem estes elementos, vai ver talvez ele não podia ou nem era tão onisciente que não sabia de antemão a periculosidade destes elementos quimicos.

  72. Rosalyz,

    Vc, ateu que nao tem argumentos
    vc, ateu que não saba nada do que tá falando
    vc, ateu que é preconceituoso e machista e racista
    VC, ateu que faz o mal para a humanidade porque não tem nada a perder nem ninguém pra prestar contas depois de morto
    vc, ateu egoista que só se preocupa e perde tempo em difamar a fé alheia
    Vc ateu que quer todo mundo se matando entre si
    Vc, ateu que não tem Cristo no coração e odeia a raça humana
    Vc, ateu que sofre e vive uma vida vazia e quer que todo mundo compartilhe dessa podridão moral

    Quantas tolices! Imaginas que as pessoas são assim só por não crerem em um deus?
    Isso quer dizer que tu serás assim se algum dia se provar que deus não existe, ou deixares de acreditar?
    Tu só se mantem na linha por medo da punição divina?
    Continue crendo em deus, é melhor pra todos.

    Abraços!

  73. Ton

    Talvez fosse mais fácil você nos explicar de uma maneira clara o que não se encaixa no texto do Barros e porque você não concorda com ela…

    Abraço
    Cristiano

  74. Rosalys2 ja que vai ler a biblia começa aqui:

    http://www.bibliadocetico.net/

  75. Feliz natal pra todos aqui do blog; e que um dia assim espero !! acabemos com esta estória de papai noel, que só tira o mérito de quem realmente ajuda as crianças (as pessoas reais ) e joga elas em um mundo de fantasias.

  76. Ficou muito bom o texto. Um resumo das atitudes do deus cristão, nada mais. Se alguém tiver outro argumento para o deus agir assim, explique.

    Shiva, Ganesh, Thor não fariam isso! E os comentários dos crentes sempre fugindo do tema e passando a atacar o argumentador ao invés da idéia.

  77. Realmente
    concordo com a Rosalys, este texto é mais uma ridícula e respetiva tentativa de argumentação do Ateu Barros.
    Quem ja leu outros sabe que eu tenho razão, vamos ver:
    Ironicamente no papel principal:
    1) sádico deus Barros como um vigilante do parque permitiu uma inocente criança ser estrupada.
    2) sádico deus Barros como o empresario da loja, novamente torturando crianças inocentes

    que argumento sólido e comovente, não ? Sempre a mesma apelação incoerente onde ironicamente voce expõe toda a sua falta de compressão e imaturidade espiritual, bancando o sádico deus ateu , incoerente e ilógico.
    Na ilusão de poder criar um falso deus, a sua incoerência julga aumentar assim sua razão ?
    Procure um bom profissional, coloque para fora todas as suas frustrações, de como gostaria que Deus fosse para voce, que por não ter te atendido resolveu denegrir suas obras, conte para ele essa sua obsessão de ficar querendo se por no lugar de deus.com estes seus textos “toscos”.

    Antes para facilitar um pouco para o psiquiatra, não deixe de ler esta história de atuo-ajuda, caso se identifique com um dos personagens principais, considere uma mera coincidência em:

    “Ateu, o homem que matou o papai-noel”

    http://religiaodeuslivre.wordpress.com/2010/08/29/ateu-o-homem-que-matou-o-papai-noel-inicio-i/

    Feliz natal!

  78. Criaturo escreveu:

    Sempre a mesma apelação incoerente onde ironicamente voce expõe toda a sua falta de compressão e imaturidade espiritual,

    O que eu acho interessante é que você, Criaturo, assim como outros crentes, estão perdendo uma ótima chance de mostrar ONDE eu estou sendo incoerente.

  79. Beleza, Saracura! Abraço.

  80. ADAMANTDOG, meu nobre: obrigado. O Saracura tá por aí, também, nos comentários.

    Grande abraço.

  81. Se o deus que o Barros apresentou no texto não é o “Deus verdadeiro”, por favor, explique, então, como a ideia aludida no texto pode fazer sentido. Explique como isso tudo pode fazer sentido:

    Que nós estamos condenados à uma tortura eterna a não ser que aceitemos Jesus como nosso salvador, mesmo considerando que Deus fica às ocultas, (supostamente) deixando apenas um texto enorme e simplesmente absurdo para que a gente, de alguma forma, conheça a verdade…

    Na sua explicação, por favor, explique o que quer dizer “aceitar Jesus como salvador” e como a gente pode descobrir qual a “maneira correta” de “interpretar” a bíblia.

    E não se esqueça do mais importante: a sua explicação deve, no mínimo, não ser absurda, mesmo frente à hipótese que Deus é onipotente e onisciente, e também explique por que a comparação feita pelo Barros não se aplica.

    Eu duvido que isso seja logicamente possível.

  82. A verdade é uma só: eu não vi NEHUM ateu PROVAR a ilusão chamada Deus… De onde posso concluir que a tese dos ateus daqui é uma só: eles TAMÉM têm fé na verdade deles… só que, por serem ateus, se recusam a chamar as próprias convicções de fé;..

    FELIZ NATAL para todos!

  83. Deve ser f… vir aqui, ler um texto desse e não ter como provar ponto a ponto porque essa história não tem nenhuma relação com o cristianismo… é engraçado na verdade… os religiosos vem aqui, dizem que tem certeza da existência de deus… o que até passa… agora provar sua bondade e amor pelos seu filhos… ai complica né… pregar é mais fácil…

    Outra coisa hilária, é a de que nós mesmo falando que ele não existe e que se existisse seria um sádico, mesmo assim eles vivem dizendo “que a nossa maneira acreditamos em deus”, vai entender…

    Na verdade se eu fosse cristão e lesse esses textos, ou viraria ateu ou nunca mais voltaria aqui…

    Abraço
    Cristiano

  84. Saracura, prezado, dê um toque por aí por suas comunidades sobre isso:
    DEZENAS DE MILHARES DE CRIANÇAS (arrombadas por trás, e “casos mais extremos”) num HOLOCAUSTO que durou de 1945 a 2010, DENTRO DE IGREJAS.
    Esse horrível acontecimento perpetuado por tantos anos e noticiado há 03 dias FOI ABAFADO PELA FARSA da Enfermeira que espancou o cachorrinho; uma encenação emporcalhada de tanta mentira, que ainda serviu para testar se a povaiada tá prontinha pra surtar pela insuflação de um TALIBÃ VIRTUAL.
    DEZENAS DE MILHARES DE CRIANÇAS ESTOPORADAS DENTRO DE IGREJAS, e os sacanas tudo zanzando por aí, ainda PROTEGIDOS por Polícias e governos.

  85. Raimundo Godinho, você está extremando demais a situação. Você está implicitamente dizendo que, ou você prova alguma afirmação sem deixar nenhuma sombra de dúvida, ou então a sua crença nesta afirmação se caracteriza como fé.

    Se for assim, então criminosos são condenados na base da fé, porque, por mais que você mostre evidências, sempre há uma possibilidade (ainda que remota) de que o réu seja inocente. Mesmo se ele confessar o crime e seu DNA estiver na cena do crime. É por isso que em Direito se fala de “dúvida razoável” – porque dúvida sempre existe.

    Desacreditar na existência de unicórnios é questão de fé?

    Você pode pensar que a ciência prova coisas, mas ela não prova nada de forma absoluta – o que, aliás, é tanto uma fraqueza quanto uma força. Ainda assim, dizer que acreditar na lei da gravidade é questão de fé é uma tremenda descaracterização da palavra.

    A maneira mais simples de definir fé é “acreditar em algo sem ter motivos (ou evidências) suficientes”. Ou, em outras palavras (e espero que você não entenda como uma ofensa), fé nada mais é do que credulidade, mas com nome disfarçado para soar como uma boa qualidade.

    Não pense que eu tenho aversão à fé ou a pessoas de fé. Às vezes faz sentido acreditar em algo para o qual não se tem evidências, mas na maioria das vezes não é, então eu reservo o meu direito de ser crédulo àquilo que eu acredito merecer a minha fé.

    Seria extremamente difícil (e desgastante) eu explicar para você, detalhe por detalhe, os inúmeros motivos que me levam a crer que não existe deus algum – ou que, no mínimo, se existir, ele é extremamente diferente de qualquer caracterização que eu já tenha ouvido a respeito dele.

    De forma resumida, eu diria simplesmente que os deuses vindos das religiões têm uma origem histórica muito duvidosa: a mania dos povos antigos de personificar eventos que eles não entendiam. As ideias racionais utilizadas em geral para defender sua existência têm um caráter tendencioso e insatisfatório com base no desejo de acreditar. A única exceção que eu consigo pensar é de Deus como hipótese de origem do universo, mas esta hipótese não requer que Deus seja pessoal ou possua qualquer atributo de um ser humano (sentimentos, consciência, etc).

    Além disso, teístas, na minha opinião, apresentam teorias divinas (como é Deus, o que ele quer, por que ele criou o universo, etc) que, do meu ponto de vista, são insatisfatórias, isso quando não são absurdas, incoerentes e imorais. Ainda que uma dessas teorias fizesse todo o sentido do mundo, haveria um longo caminho para sustentá-la com evidências de forma minimamente razoável – o que seria necessário para me convencer, já que o ônus da prova está na afirmação da existência, e não da inexistência.

    Veja que isso é semelhante à descrença na existência de unicórnios: ela está bem baseada na questão que eles não são encontrados em lugar algum a não ser em histórias que, por sua vez, são frequentemente histórias fantasiosas, cheias de fábulas e de lendas. Isso não quer dizer que seja impossível que amanhã mesmo um grupo de arqueólogos encontre um fóssil de um unicórnio.

    Enfim, eu entendo que a questão da crença em Deus é delicada. Se alguém faz questão de acreditar em uma anedota tão absurda quanto o texto do Barros, eu acho extremamente perturbador e que isso traz consequências ruins aos indivíduos e à sociedade, mas o que eu posso fazer senão apontar estas inconsistências na esperança que outros as vejam e as compreendam?

    Acredito que crença nenhuma seja ruim, desde que a pessoa não seja cabeça-dura. Felizmente, muitos teístas têm uma cabeça aberta (o rabido Shmuley Boteach e o pastor Rob Bell que o digam :D). Eu espero que as ideias deles acabem, com o tempo, substituindo as teorias absurdas tão comuns na sociedade. Não tenho pretensão alguma que todo mundo acabe aderindo a uma única crença, até porque acho que todo mundo concordando em tudo seria o completo fim do mundo. Ainda assim, espero que um dia as religiões no mínimo deixem de ser o absurdo que elas são hoje. E tenho fé nisso :)

  86. Hunig,

    Sobre a moça que espancou um cachorro é verdade que o povo adora assistir a estes espetáculos, chamam atençã, chocam. Agora não vi relação com possível encobrimento de outros crimes. Todos são abjetos, indesejáveis.

    Muitas outras atrocidades a humanidade comete em nome da ganância, do poder ,da religião, mas há uma predileção do povo em geral, por cenas “espetaculares”, isoladas onde todos sentem pena, mas nem sempre geram ações concretas.

    A fome, a miséria, a injustiça são abmonináveis, e sensibilizam muitas pessoas, no entanto, ´continuamos a assistir à distância, sem um mínimo de atitude, somos meros espectadores do palco de cena de “horrores” macabros.

    abração

  87. Barros

    O que eu acho interessante é que você, Criaturo, assim como outros crentes, estão perdendo uma ótima chance de mostrar ONDE eu estou sendo incoerente.
    _R: Deus não pode ser contido em livros nem dentro da sua cabecinha, portanto sua visão é semelhante a dos crentes biblicos, a diferença é que voce sabiamente não concorda com ela, mas imaturamente resolveu generaliza-la, assim o seu orgulho alem de não poder reconhecer as virtudes bíblicas , faz questão de denegrir e desvirtua las totalmente.
    A sua comparação do deus biblico foi fraca ja que o ” dono todo poderoso”, não faz segurança particulares dos seus filhos e sim delega esta função a “babás espirituais”.
    Na verdade é a criação mais velha tomando conta da mais nova este trabalho serve como um alimento eterno para vida, isto explica as imperfeições.
    Mas se voce critica a imperfeição, (ou seja nós mesmos), então voce ironicamente deseja a Perfeição Deus.
    Como não consegue reconhece-la tornou se ateu dela e passou a criticar sua inexistencia.

    feliz natal!

  88. Deus não pode ser contido em livros nem dentro da sua cabecinha.

    Hum… então não é possível entender?

    A sua comparação do deus biblico foi fraca ja que o ” dono todo poderoso”, não faz segurança particulares dos seus filhos e sim delega esta função a “babás espirituais”. Na verdade é a criação mais velha tomando conta da mais nova este trabalho serve como um alimento eterno para vida, isto explica as imperfeições.

    Agora você me confundiu. Se não é possível entender ou explicar, por que é que você está tentando explicar?

    ?

    Mas se voce critica a imperfeição, (ou seja nós mesmos), então voce ironicamente deseja a Perfeição Deus.

    Se não é possível entender Deus, como você pode saber que ele é a própria perfeição? Oras, se você diz “Deus é a perfeição”, então você descobriu quem é Deus, e portanto o compreende. Além do mais, como pode Deus ser a perfeição, se perfeição é uma qualidade, um substantivo abstrato, sem consciência, sem vontade e que não existe a não ser através de algum ser concreto? A não ser que você acredite por acreditar. Mas, se você acredita por acreditar, você não tem motivos para acreditar, então não pode esperar que outras pessoas também acreditem e nem pode culpá-las alguém por não acreditar.

    E mais, se o Barros não entende a perfeição divina, como ele pode estar desejando algo que desconhece?

  89. eu acho q o Criaturo é um cara meio contraditório. é meio difícil entender o q ele pensa, pq uma hora ele diz uma coisa e outra hora ele vai contra o q ele disse. eu fico confuso. a impressão q eu tenho é q ele ainda tá organizando as ideias dele.

    andaram reclamando q eu me escondia no pseudonimo de anomino, entao vbou assinar assim agora.

  90. Vander

    Vander, deixei um comentário no seu blog.

    Um Abraço,

    D&C

  91. ANONY-MOUSE escreveu:

    eu acho q o Criaturo é um cara meio contraditório. é meio difícil entender o q ele pensa, pq uma hora ele diz uma coisa e outra hora ele vai contra o q ele disse.

    Ah, isso deve ser porque o Deus dele ora diz que é pra matar todo mundo a pedrada, ou pelo fio da espada, ou queimado vivo, ou através de uma guerra, e ora o mesmo Deus diz que é pra gente amar uns aos outros e vivermos como irmãos…

    Se ele segue a um Deus bipolar como esse, não admira ele estar confuso…

  92. Gustavo Milaré, eu desconfio que o deus do Criaturo seja diferente do Deus cristão, com D maiúsculo. Ele deve ter um deus só dele, porque nada do que está escrito na Bíblia diz respeito ao deus-cartão-de-crédito-pessoal-e-intrasferível dele. Aliás, o deus dele:

    (…) não pode ser contido em livros nem dentro da sua cabecinha,

  93. gustavo

    Deus não pode ser contido em livros nem dentro da sua cabecinha.
    Hum… então não é possível entender?

    !00% não mas a maioria o sufuciente para saber que ele existe, mas voce deve fazer parte da minoria que não consegue perceber isso mas. isto te incomoda muito ?

    Na verdade é a criação mais velha tomando conta da mais nova este trabalho serve como um alimento eterno para vida, isto explica as imperfeições.
    Agora você me confundiu. Se não é possível entender ou explicar, por que é que você está tentando explicar?
    Não fui eu quem te confundiu, foi voce mesmo.
    Voces tentam justificar a inexistencia de um Deus bom , atribuindo a ele incoerencias humanas, ou seja aprenda a assumir as consequencia dos atos humanos.
    Se não é possível entender Deus, como você pode saber que ele é a própria perfeição? Oras, se você diz “Deus é a perfeição”, então você descobriu quem é Deus, e portanto o compreende
    Perfeição é algo com capacidade de atender todas necessidades é isso que eu confio em Deus, ele tem essa capacidade ou qualidade.
    Eu não conheço Deus totalmente , mas o bastante para gostar dele e voce ?
    Não confunda Deus com seus atributos da perfeição.
    Eu acredito na perfeição que vem de Deus por evidencias pessoais as quais não significam nada para voce e não por simples achismo.
    O Barros dedica boa parte do seu tempo para evidenciar as incoerencias biblicas conforme a visão biblica dele, mas deveria ser mais honesto reconhecendo e divulgando as virtudes biblicas que servem de exemplo a serrem seguidos por todos, mas pelo contrario para não diminuir sua razão tenta disvituar os bons ensinamentos biblicos, isto é uma falta de recursos e uma grande desonestidade intelectual ou moral.
    Mas voce é o que um advogado do diabo, ou advogado do Barros ?

    Feliz natal Gustavo!

  94. D@C
    JA respondi!
    sds

  95. valmidenio
    pelo fio da espada, ou queimado vivo, ou através de uma guerra, e ora o mesmo Deus diz que é pra gente amar uns aos outros e vivermos como irmãos…
    Se ele segue a um Deus bipolar como esse, não admira ele estar confuso…

    Voce citou dois exemplos tirados de um livro, mas Deus te deu discernimento para saber qual seguir, ateu ou crente um deles voce devera seguir.

    feliz natal

  96. Antes que eu me esqueça Barros, seja grato aos autores biblicos, pois sem eles o que seria da sua opinião filosófica ? Quanta a existencia ou inexistencia divina ?
    fraquinha ….fraquinha….fraquinha……seu ateismo limita-se a criticar o deus biblico e ainda acha que é um grande filósofo?
    Voce ta mais para um ex-crente frustrado por não conseguir entender Deus.

  97. Vander

    Valeu Vander, já lí sua resposta.

    Um feliz natal para você também, meu irmão.

    O Barros dedica boa parte do seu tempo para evidenciar as incoerencias biblicas conforme a visão biblica dele, mas deveria ser mais honesto reconhecendo e divulgando as virtudes biblicas que servem de exemplo a serrem seguidos por todos, mas pelo contrario para não diminuir sua razão tenta disvituar os bons ensinamentos biblicos, isto é uma falta de recursos e uma grande desonestidade intelectual ou moral.
    Mas voce é o que um advogado do diabo, ou advogado do Barros ?

    Exatamente isso Vander.
    Que o Barros faz interpretações errôneas conforme a visão errônea que ele tem da vida, isso não há dúvidas.

    Só não me divirto com as interpretações infantis dele pois seu resultado não é cômico. seu resultado é trágico.

    Mas como dizem as escrituras:
    A rocha é alicerce para quem crê e também pedra de tropeço para quem NÃO crê.

    Um Abraço

    D&C

  98. !00% não mas a maioria o sufuciente para saber que ele existe, mas voce deve fazer parte da minoria que não consegue perceber isso mas. isto te incomoda muito ?

    Ninguém falou em entender 100%, seria demais, porque a gente não sabe 100% nem de nós mesmos, quanto mais de alguém que a gente nunca viu. Mas quando alguém vêm com uma história que não faz nenhum sentido, tendo cara de uma história completamente inventada e ainda por cima sem nenhuma conexão com a realidade, nenhuma evidência…

    Na verdade é a criação mais velha tomando conta da mais nova este trabalho serve como um alimento eterno para vida, isto explica as imperfeições.

    Mas a crítica do texto não é sobre imperfeições, mas sobre inferno. A não ser que você não acredite em inferno, daí o texto não se aplica a sua concepção de Deus. Cada deus precisa de um argumento diferente.

    Voces tentam justificar a inexistencia de um Deus bom , atribuindo a ele incoerencias humanas, ou seja aprenda a assumir as consequencia dos atos humanos.

    Eu não vi ninguém atribuindo incoerências humanas a Deus, só vi o Barros apontando a incoerência em uma característica que muitos cristãos costumam dar ao deus cristão. Se isso é uma incoerência humana, não foi o Barros que atribuiu a Deus, mas os cristãos.

    O Barros dedica boa parte do seu tempo para evidenciar as incoerencias biblicas conforme a visão biblica dele, mas deveria ser mais honesto reconhecendo e divulgando as virtudes biblicas que servem de exemplo a serrem seguidos por todos

    Apontar as qualidades e esconder os defeitos?

    Isso é exatamente o que torna a bíblia tão prejudicial para as pessoas!

    Todo mundo diz que a bíblia é maravilhosa, linda, perfeita, que ela não contém erros, só tem coisa boa. Isto é um puro absurdo! O problema é que ela pode ser usada para defender qualquer ponto de vista. Daí um indivíduo usa uma passagem qualquer que serve para defender o ponto de vista dele (seja bom ou ruim), dizendo “Vejam, não sou eu que estou dizendo, é Deus quem diz, isto é palavra divina!” E assim, ele promove a palavra dele à palavra divina! Ou seja, ele vira um Deus!

    E ainda depois falam que somos nós, ateus, que nos consideramos deuses! Oras, eu não dou a minha opinião dizendo que é opinião divina!

  99. Tom

    Se você se enteressa em arqueologia bíblica, tem um documentário de um programa Cristão pelo Arqueólogo Dr. Rodrigo Silva.
    Dê uma olhada, lá explica as evidências arquológicas encontradas da bíblia. (caso algum pseud-ciêntista venha falar asneiras a respeito da historicidade bíblica)

    um Abraço e fique com Deus

  100. Gustavo
    Mas quando alguém vêm com uma história que não faz nenhum sentido, tendo cara de uma história completamente inventada e ainda por cima sem nenhuma conexão com a realidade, nenhuma evidência…
    Concordo com voce que a biblia, tem muita coisa que naõ da para engolir nem com todo “tempero” religioso, mas dai a querer genereralizar, é o orgulho fechando as portas da humildade bloqueando novos conhecimentos.
    Mas a crítica do texto não é sobre imperfeições, mas sobre inferno. A não ser que você não acredite em inferno
    Este “repetitivo” texto do Barros mais uma vez tenta humanizar Deus, com o sadismo humano, mais ou menos como um medico louco distribuindo remédios e venenos ao mesmo tempo.
    Se eu acredito em inferno, sofrimentos ? Sim! Eu acredito , este blog as vezes fica parecendo um verdadeiro “inferno”, contudo não creio que sofrimentos ou prazeres sejam eternos, nem lugares fisicos ou espirituais, antes são estados transitórios de consciência.
    Esse termo religioso se “salvar”, denigre a bondade divina, como se Deus fosse um sádico matando aos poucos sua própria criação.
    A religião tem a pretensão de nos “salvar” de quem , de Deus ? Não de nós mesmo, da nossas imaturidades espirituais que são as causas do nosso verdadeiro inferno, mas isto tambem não é eterno, pois a crianças crescem e aprendem a ser felizes fazendo os outros felizes.
    Eu não vi ninguém atribuindo incoerências humanas a Deus, só vi o Barros apontando a incoerência em uma característica que muitos cristãos costumam dar ao deus cristão. Se isso é uma incoerência humana, não foi o Barros que atribuiu a Deus, mas os cristãos.
    Por que apontarmos incoerência em algo que não acreditamos ?
    Porque não existe ateus de papai noel, fada madrinha , mula sem cabeça, saci pererê ?
    Seria por não existirem muitos crentes deles ? O fato de da grande maioria descordar e ter uma visão diferente dos ateus , deve incomodar bastante, assim denegrir a crença alheia em uma tentativa de fazer prosélitos das suas razões, tornou-se para alguns ateus uma “obsessão”, no caso do ateu Barros, por suas idéias pessoais serem fracas, sua falta de recurso adotou a biblias como um saco de pancadas.
    Criticar a biblia é facil, adotar teorias dos outros tambem, mas ter personalidade em idéias próprias, não é para qualquer um.
    Denegrir, desvirtuar as teorias dos outros ele se esforça para conseguir, mas apresentar idéias próprias quanto ao sentido da vida, como filósofo ele é um bom exemplo de ateu.


    Todo mundo diz que a bíblia é maravilhosa, linda, perfeita, que ela não contém erros, só tem coisa boa. Isto é um puro absurdo!

    Concordo!
    O problema é o radicalismo tanto crente como ateu, para um é a pura verdade, para o outro é a pura invenção humana, o meio termo deveria ser o consenso ideal.
    Tanto um como o outro deveriam assumir que ela foi escrita por seres humanos possuindo suas boas e más qualidades, mas o radicalismo e orgulho não permitem a ambos reconhecerem e divulgarem as virtudes dos seus divergentes.
    dizendo “Vejam, não sou eu que estou dizendo, é Deus quem diz, isto é palavra divina!” E assim, ele promove a palavra dele à palavra divina! Ou seja, ele vira um Deus! E ainda depois falam que somos nós, ateus, que nos consideramos deuses! Oras, eu não dou a minha opinião dizendo que é opinião divina!
    Concordo! Na antiguidade deus era o sol, totens, idolos , mas atualmente ele passou a ser um livro.
    De fato, querer reduzir Deus a um pequeno livro, faz com que cada um tenha o deus que merece construindo-o dentro do seu limitado entendimento.
    O interessante disso tudo que mesmo dentro dos erros são ditas algumas verdades que deveriam ser mais observadas pelos próprios crentes :
    “Se todos os ensinamentos de Jesus pudessem ser escrito em livros , os livros da terra não poderiam conte-los”
    Jesus percebendo que iria morrer, reuniu seu apostolos e disse: ” Muito ainda eu tenho para revelar, mas no momento vós ainda não estão preparados.(para entender e aceitar)…..”
    Assim própria biblia diz que esta incompleta, ou seja que não apresentou Deus na integra, devido a nossa imaturidade.
    primeiro venho Moises, depois Jesus quando estivermos mais maduros pode ser que venha outro apresentando um Deus mais coerente para pessoas mais coerentes.
    Se for em prol da evolução humana, quando estivermos preparados, que venha um novo “messias”, seja ele em forma humana ou em forma da ciência humana.

    E ainda depois falam que somos nós, ateus, que nos consideramos deuses! Oras, eu não dou a minha opinião dizendo que é opinião divina!

    Contudo Vejo alguns exemplos nos ensinamentos biblicos da moral cristã, que se seguidos na sua vida pratica, com certeza construirá um mundo muito melhor.

    Então feliz natal para todos!
    Que o amor ensinado por Jesus seja o nosso guia pratico para verdadeira felicidade conduzindo ao bem comum e universal!

  101. Porque não existe ateus de papai noel, fada madrinha , mula sem cabeça, saci pererê ?

    Porque uma grande parte da nossa sociedade não quer nos impor suas vontades, leis e costumes baseados no que lhes inspirou Papai Noel, ou fadas madrinhas, ou sacis.

    Você escreve demais, Criaturo, e não responde nada simplesmente porque ignora — de caso pensado, eu acho — o que estão lhe perguntando.

    E eu já entendo você agora: você crê num deus diferente do Deus que está na Bíblia. Isso acontece o tempo todo: as pessoas inventam o deus que melhor se ajusta aos seus conceitos e pré-conceitos…

    O mito de Deus sobreviveu a tantos milênios porque ele é como o vírus da gripe, que muda o tempo todo. Você desenvolve a vacina para um tipo de gripe e já aparece outro vírus imune a ela. Você contesta um Deus descrito numa GiBíblia e logo aparece uma religião que crê num deus que não está descrito nela.

    Aí fica a pergunta: ele está “descrito” onde?

  102. O problema é o radicalismo tanto crente como ateu, para um é a pura verdade, para o outro é a pura invenção humana, o meio termo deveria ser o consenso ideal.

    KKKKkkkkkkkkkk MEIO TERMO é óóóóóóótimo!!!!!

    Olha um crente aí dizendo que só METADE da palavra sagrada do Deus dele serve pra alguma coisa… rsrsrsrssrss

    A outra metade pode jogar fora…

    Ai, Deus, agora eu entendo por que você quis afogar todo mundo…

  103. Ô, Criaturo, aproveita e dá uma lida no meu texto sobre o Natal.

  104. O Criaturo é meio crente, ou seria meio ateu?!
    Rsrsrs!

  105. Barros

    O mito de Deus sobreviveu a tantos milênios porque ele é como o vírus da gripe, que muda o tempo todo. Você desenvolve a vacina para um tipo de gripe e já aparece outro vírus imune a ela. Você contesta um Deus descrito numa GiBíblia e logo aparece uma religião que crê num deus que não está descrito nela.

    Caramba Barros, mas este argumento é “sensacional”.
    Puxa vida, você mudou minha vida, como não pensei nisso antes. kkkk
    Vou rasgar a bíblia, virar ateu e sair para a gandaia, afinal Deus é semelhante o vírus da gripe.
    HAHAHAHAHA

    Você me surpreende cada vez mais sabia?
    Como você consegue uma proeza dessa, kkkkkk

  106. Vander

    O Criaturo é meio crente, ou seria meio ateu?!
    Rsrsrs!

    Infelizmente neste caso eu concordo com o Marcio. Na minha visão a bíblia não permite espaço para meio termo. Ou acredita-se que ela é verdadeira e historicamente confiável, ou não acredita-se nela.

    Todos os livros estão interligados de forma sobrenatural, como se fosse um Único Livro. Se você acredita que alguma parte não é verdadeira e outra é verdadeira, você chama os relatos de Cristo, juntamente com os relatos dos apóstolos de falsos, visto que eles afirmam que a bíblia é a palavra de Deus em sua TOTALIDADE.

    Vander, a bíblia É A PALAVRA DE DEUS, historicamente confiável e IRREFUTÁVEL.
    Ela NÃO é um livro comum, isso você pode ter certeza.

    Dê uma analisada neste vídeo e diga o que achou dele:

    Um Abraço, e fique com Deus.

  107. D&C: “a bíblia É A PALAVRA DE DEUS, historicamente confiável e IRREFUTÁVEL.”

    Um livro que receita macumba com sangue de pombo pra curar lepra é a palavra de deus confiável e irrefutável?

    KKKKKKKKKKKKKKKKK

  108. Eu acredito , este blog as vezes fica parecendo um verdadeiro “inferno”, contudo não creio que sofrimentos ou prazeres sejam eternos, nem lugares fisicos ou espirituais, antes são estados transitórios de consciência. Esse termo religioso se “salvar”, denigre a bondade divina, como se Deus fosse um sádico matando aos poucos sua própria criação.

    Aaahhh, tá, então nisso você concorda com o Valdêmio.

    No meu ponto de vista, quando ele cria um título insinuando que Deus é ridículo e faz um texto aludindo a um deus que criou um Inferno do qual precisamos ser salvos e etc, dando a entender que esta versão de Deus é ridícula, ele não está generalizando de nenhuma forma, ele apenas mostrou como esta versão em particular é ridícula.

    Bem, eu não posso falar por ele, mas eu vejo isso da seguinte forma: não existe um único deus na cabeça das pessoas. Cada pessoa vê seu deus de forma diferente, e as formas de pensar a respeito do suposto criador do universo são tão diferentes que não podem ser tomadas como sendo um único indivíduo.

    Às vezes, por simplicidade, no intuito de criticar uma característica particular que seja amplamente aceita, a gente fala de Deus como tendo essa característica. Eu concordo com você que não se pode dizer que Deus tem que necessariamente ter essa característica, é por isso que, sempre que eu costumo dizer algo do tipo “Supondo que Deus seja assim e assim, então…” quando é conveniente.

    Por que apontarmos incoerência em algo que não acreditamos ? Porque não existe ateus de papai noel, fada madrinha , mula sem cabeça, saci pererê ?

    Incoerências no Papai Noel, eu aponto, sim. Aliás, inclui isso no meu último texto, simplesmente porque eu acho ridículo os pais incentivarem as crianças a acreditar em papai noel e ainda achar isso bonito. Tipo, como um pai pode ensinar uma criança a acreditar em algo que o próprio pai não acredita? Isso sem falar nas consequências de se criar uma criança que acredita em qualquer coisa.

    Criaturo, crenças têm consequências. A minha experiência prática é que a crença num deus que condena pessoas ao inferno é frequentemente fonte de extrema intolerância, especialmente contra quem não acredita no mesmo que eles. Dizer para as pessoas que “ah, mas Jesus falava para não julgar, para amar os inimigos…” ou explicar para elas que elas não devem discriminar os ateus, em teoria, deveria funcionar, mas na prática, não funciona. É bizarro, eles dizem que concordam que não se deve discriminar, mas continuam a discriminar porque não percebem que estão discriminando, não enxergam isso. Não há como combater essa intolerância sem combater a sua fonte.

    A melhor forma que eu vejo de combater a intolerância dos crentes contra os descrentes é mostrar àqueles que o ponto de vista destes não é tão absurdo quanto eles pensam que é. O indivíduo que percebe isso se torna bem menos preconceituoso, mas isso é só meio caminho, porque a crença no Inferno continua sendo espalhada e com ela a intolerância. Eu não vejo outra forma senão de fazer as pessoas entenderem que Inferno é pura baboseira.

  109. Porque uma grande parte da nossa sociedade não quer nos impor suas vontades, leis e costumes baseados no que lhes inspirou Papai Noel, ou fadas madrinhas, ou sacis.
    Concordo , para crente e descrente o que realmente importa é o orgulho mantendo suas razões, neste quesito ha um empate.
    Você escreve demais, Criaturo, e não responde nada simplesmente porque ignora — de caso pensado, eu acho
    E voce “repete ” de mais por falta de recursos filosóficos limita-se a se colocar no lugar de um deus sadico com essas suas historinhas de tão ridiculas chegam a ser engraçadas.
    O mito de Deus sobreviveu a tantos milênios porque ele é como o vírus da gripe, que muda o tempo todo. Você desenvolve a vacina para um tipo de gripe e já aparece outro vírus imune a ela.
    Deus é o nosso representante legitimo da vida eterna, e voce se ilude se pensa poder acabar com a existencia da vida.
    Aí fica a pergunta: ele está “descrito” onde?
    considero a minha consciência mais importante do que qualquer livro, pois sem ter uma consciência própria a dos outros tornam se inexistente.

    Feliz natal !

  110. D&C
    Infelizmente neste caso eu concordo com o Marcio. Na minha visão a bíblia não permite espaço para meio termo. Ou acredita-se que ela é verdadeira e historicamente confiável, ou não acredita-se nela.
    Fico feliz por estar colaborando com o consenso entre ateus e crentes.
    Não é a biblia que permite ou impõe coisas e sim o entendimento dela conforme a visão de cada um.
    Quanto ao fato de ser confiavel, basta dizer que foi escrita por seres humanos e isto resume tudo.
    quanto as veracidades estóricas existem provas a favor e contra, não me apego a detalhes e sim a conteudos praticos, dizer que ela é totalmente aproveitavel , só se for no sentido de que : “nada pode ser taõ ruim , que não possa ser aproveitado nem como um mal exemplo.”

    Feliz natal !

  111. Incoerências no Papai Noel, eu aponto, sim. Aliás, inclui isso no meu último texto, simplesmente porque eu acho ridículo os pais incentivarem as crianças a acreditar em papai noel e ainda achar isso bonito.
    Quis dizer que não existem blogs ateus divulgando que papai noel não existe, ja que não existem “crentes de papai noel”, mas crentes em um Deus é a grande maioria e isto incomoda muito o orgulho ateu, então blogs ateus não passam de uma tentativa frustrada de inverter esta situação angariando prosélitos, e eu que pensava que só crentes pudessem ter fé acreditando em milagres….ha…ha…ha…ha!
    por falar em papai noel quando dispuser de um tempinho, não deixe de ler de onde vem a origem dos ateus em:
    http://religiaodeuslivre.wordpress.com/2010/08/29/ateu-o-homem-que-matou-o-papai-noel-inicio-i/
    É bizarro, eles dizem que concordam que não se deve discriminar, mas continuam a discriminar porque não percebem que estão discriminando,
    infelizmente faz parte do ser humano descriminar seus divergentes, a sociedade, não tolera divergentes da sua maioria, portanto uma minoria que reluta em manter uma postura de opinião diferente do padrão social pre estabelecido pela maioria, serão considerados ante sociais.
    Os crente entendem Deus como o represetante do criador da vida e mantenedor dels, ou seja Deus representa para os crente tudo de bom, quando voces insinuam sua inexistencia denigrindo sua imagem, estão ofendendo os crentes que por esta razão passam a descrimina-los por isso.
    a minoria ateia hoje discriminada, na possibilidade de se tornar uma maioria futura, agiria igualmente , passando tambem a discriminar crentes, mas por enquanto contentem-se apenas com a existencia de umas poucas pieguices de blogs ateus.

    Feliz natal!

  112. por falar em papai noel quando dispuser de um tempinho, não deixe de ler de onde vem a origem dos ateus em: http://religiaodeuslivre.wordpress.com/2010/08/29/ateu-o-homem-que-matou-o-papai-noel-inicio-i/

    Nada a ver este texto. Só precisa ler um pedaço para ver que se trata de um texto com base na falácia do espantalho. Em outras palavras, preconceito de quem nem sequer conhece um ateu.

    Tenho raiva contra esses textos que se disfarçam como textos “bonzinhos” mas que, na verdade, são lobos em pele de cordeiro, semeando esse tipo de preconceito.

    a minoria ateia hoje discriminada, na possibilidade de se tornar uma maioria futura, agiria igualmente , passando tambem a discriminar crentes, mas por enquanto contentem-se apenas com a existencia de umas poucas pieguices de blogs ateus.

    Isso é uma possibilidade, mas, por enquanto, é pura especulação, e não concordo totalmente. Na minha opinião, a chave para acabar com a discriminação (ou combatê-la) está na existência de diferenças e na aceitação destas.

    Por exemplo, há muitas diferenças entre os cristãos, mas há pouca compreensão entre eles. Cristãos frequentemente acham que sua própria crença é auto-suficiente, que eles não precisam de pessoas de outras crenças e que qualquer crítica vinda de fora é maligna. Esta é a fonte do problema.

    Eu escrevi sobre isso num texto antigo, aliás, o meu melhor texto, na minha opinião. Caso queira dar uma olhada:

    http://opinioesdobandeirinha.blogspot.com/2011/08/importancia-das-diferencas.html

    Eu concordo que ateus não devem almejar uma hegemonia ateia ou lutar para acabar com toda e qualquer crença religiosa. Fazer isso seria cometer o mesmo erro que já foi cometido por tantas religiões, seria um tiro no próprio pé. Pela minha experiência, entre os que não tem religião está a maior parcela de pessoas que compreendem isso.

    Entretanto, se o ateísmo fazer proselitismo apenas pela razão, isto é, sem usar falácias, sem realizar acampamentos que apelam para a emoção, o cansaço físico e a culpa, sem intimidar as pessoas a serem ou continuarem ateias por meio de ameaças, e, principalmente, sem pregar para as crianças (que não têm idade o bastante para se defender do seu proselitismo oportunista e, com certeza, imoral), então o ateísmo tem a chance de ser uma ideologia que não discrimina na mesma medida que se vê nas outras, seja maioria ou não.

    Eu não chamaria isso de milagre, não tem nada de sobrenatural envolvido, nenhuma mágica. Aliás, estranho a sua afirmação, achei que você considerava milagre uma coisa boa.

  113. Ah, me esqueci do principal:

    Feliz natal (atrasado) e um próspero ano novo para todo mundo!

  114. Gustavo
    Nada a ver este texto. Só precisa ler um pedaço para ver que se trata de um texto com base na falácia do espantalho. Em outras palavras, preconceito de quem nem sequer conhece um ateu
    Vejo que deve ter se identificado como personagem principal logo no começo da história, e não aguentou ir até o final , perdeu a parte mais engraçada.
    Esta metáfora não é baseada em preconceitos e sim em generalização uma forma de retribuir aos ateus por gostarem de generalizar crentes , teistas e religiões.

    a chave para acabar com a discriminação (ou combatê-la) está na existência de diferenças e na aceitação destas.
    suas palavras são divinas, se é que me compreende, pois o criador se apresenta pelas diferenças e não pela igualdade.
    Entretanto, se o ateísmo fazer proselitismo apenas pela razão,
    Por qual razão ? A que voce julga que esta correta ou seja a sua própria razão.
    Eu não chamaria isso de milagre, não tem nada de sobrenatural envolvido, nenhuma mágica. Aliás, estranho a sua afirmação, achei que você considerava milagre uma coisa boa.
    considero essa sua experança do ateismo um dia vir a ser a maioria , um “verdadeiro milagre”, se um dia isto acontecer os ateus serão obrigados a acreditar na evidencia deste milagre, então todos “voltarão ” para suas origens crentes……ha..ha..ha..ha..ha
    Considere que não são as religiões que criam crentes, são as evidencias pessoais que acabam criando fé e religiões, sendo assim enquanto houver um Deus, sempre teremos evidencias da sua existencia.

    obs: dei uma uma, lida no seu texto e deixei um comentario.
    sds

  115. Vejo que deve ter se identificado como personagem principal logo no começo da história, perdeu a parte mais engraçada.

    Você também dando uma de vidente! Isso é ridículo! Oras, você, como teísta, não sente raiva quando generalizam os teístas? Por que eu não tenho direito de sentir raiva quando espalham mentiras acerca dos ateus?

    Esta metáfora não é baseada em preconceitos e sim em generalização uma forma de retribuir aos ateus por gostarem de generalizar crentes , teistas e religiões.

    Não tem nada de generalizar. Para generalizar, você precisaria ao menos estudar e descobrir que este é o caso de um ateu ou grupo de ateus. Acontece que ninguém deixa de acreditar em Deus por egoísmo. Isto é pura invenção dos teístas, tiraram isso das próprias cabeças, não do mundo real – e, portanto, por definição, isto se classifica como preconceito, não generalização.

    Por qual razão ? A que voce julga que esta correta ou seja a sua própria razão.

    Você perdeu totalmente o ponto. Não tem nada a ver “qual razão”. Quando eu disse “pela razão”, quis dizer “usando argumentos racionais, lógicos” em vez de usar aquelas outras coisas que eu já citei que as religiões usam para convencer.

    considero essa sua experança do ateismo um dia vir a ser a maioria , um “verdadeiro milagre”, se um dia isto acontecer os ateus serão obrigados a acreditar na evidencia deste milagre, então todos “voltarão ” para suas origens crentes……ha..ha..ha..ha..ha

    Você define milagre de uma maneira bem estranha. Milagre não se define como a ocorrência de algo improvável. Você pode ganhar na Mega Sena e, por força de expressão, gritar “Milagre!”, mas não é um milagre. Um milagre é a (suposta) ocorrência de algo que contradiz as leis naturais. Ateísmo virar maioria não contradiz nenhuma lei natural. Oras, cristianismo, quando surgiu, era uma religião minúscula, odiada e perseguida assim como o ateísmo é hoje, e, séculos depois, eles se tornaram a maioria. Não há nenhum milagre nisso. O ateísmo está crescendo em vários países, especialmente nos mais desenvolvidos. E eu lhe garanto que não é por algum milagre que o ateísmo está crescendo, mas pela ausência de milagres.

  116. Um cristão acredita que após a morte da carne, haverá a vida eterna ou condenação eterna da alma. Por isso entendo perfeitamente que todo cristão queira levar adiante a mensagem de salvação.
    Agora se uma pessoa não acredita em Deus, em céu e nem em inferno, pra que ela perde um tempo precioso de sua vida, que poderia estar aproveitando de mil maneiras, para falar de uma coisa em que ela não acredita???
    E ir além, tentar fazer com que outros deixem de acreditar???
    Oras, vamos refletir, se não haverá um juízo final, então nada vai acontecer aqueles que acreditaram nele. Total perda de tempo e recursos.

  117. A ESSENCIA DE DEUS.
    A “ESSENCIA DE DEUS” é composta de: “ESPAÇO Físico DO UNIVERSO” ocupado por uma “INTELIGENCIA” do mais alto grau de perfeição, para dar a origem no tempo e no espaço de todas as formas de “ENERGIAS”, que movimentam, desde o átomo, com suas estruturas infinitesimais dimensões, até todos os corpos celestes, que compõe o Cosmo em perfeita harmonia e equilíbrio em seus movimentos, e a pureza de seus sentimentos de “AMOR” constituído de “PIEDADE”, “JUSTIÇA” e “AMOR”, nos dá a existência da vida

  118. […] Ridículo: com 4 letras […]

  119. […] Ridículo, com 4 letras […]

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: