O imbecilionismo (fim)

>

<< Ler do início>

Como eu já esperava, ninguém escreveu nada para refutar as argumentações que fiz acerca das supostas “evidências” sobre a veracidade da Bíblia, aparentemente o fim a que se destina o programa do qual retirei o vídeo que abriu essa série de textos. Isso deveria me causar estranheza, mas não causou. Sendo ateu, sei que os argumentos imbecis usados pelo teólogo apresentador do programa são insustentáveis, do mesmo jeito que sei que nenhum cristão que se preze daria o braço a torcer para admitir isso.

A religião é a consumação de uma fraude aliada ao desejo de ser enganado por ela. A fé em Deus se sustenta na capacidade inconscientemente adquirida de uso do intelecto em prol da validação de uma fantasia, de forma que a vontade de manter vivo o sonho é tanta que o crente se vê obrigado a ignorar os fatos que deveriam despertá-lo.

Se alguém sempre tivesse usado um par de óculos com lentes vermelhas, sem mesmo nunca ter se dado conta dos óculos em si, certamente iria acreditar que tudo tinha a mesma cor vermelha. Mas se você pudesse tirar os óculos dessa pessoa, na primeira vez em que contemplasse o mundo sem eles, ela precisaria resolver o seguinte enigma: “Eu estava vendo as coisas distorcidas antes… ou agora?”.    

A resposta só se torna evidente quando você toma consciência dos óculos. E é justamente nisso em que atua a religião: desviando deles a atenção do crente. Ou ainda, embora seja menos comum, tentando convencer o crente de que a visão distorcida é a que eu tenho, por exemplo.

A ideia de um ser supremo, que pode fazer tudo e qualquer coisa, e que precisa do seu amor é, sim, uma ideia ridiculamente imbecil. E só mesmo argumentos imbecis para tentar sustentá-la. O mais chocante nisso tudo é que o crente é capaz não só de desculpar a imbecilidade da ideia em si, mas a imbecilidade por trás de todos os argumentos aos quais ele e os outros sonâmbulos, companheiros de sonho, recorrem para poder continuar se negando a viver no mundo real. Um mundo sem dimensões mágicas, sem livros sagrados e sem seres supremos que precisam desesperadamente do nosso amor.


.

Anúncios

43 Respostas

  1. Mas estava à espera de comentários de crentes ?

    Você é muito crente…..kkkkk

    Não há refutação só insultos ou ameaças.

    esperava o quê ?

  2. João Melo de Sousa, digamos que eu tinha “esperança”… KKkkkkk

  3. POR QUE imbecis INCOMODAM tanto você, que é o DONO DA VERDADE?

    Somos, todos os cristãos, uns iludidos… mas E DAÍ? Por que você

    fica TÃO INCOMODADO com a “ilusão” do mundo à sua volta? Acaso está com falta do que fazer?

    Olha, cara, isso já é obsessão: VAI SE TRATAR!

  4. Ô, Pirocudo, acho que quem precisa se tratar é você. O seu nick revela um complexo bastante comum entre os homens! kkkkkKKKKK

    Quem tá satisfeito com o tamanho da própria genitália não precisa sair por aí se intitulando PIROCUDO em maiúsculas! KKkkkkkk

    Freud explica!

  5. A propósito, notei que você não pôde refutar nenhum dos meus argumentos!

    Obrigado.

  6. Refutar por quê? isso vai fazer você se sentir melhor?

    Se for para isso, eu refuto sim. Só que você não respondeu à

    pergunta essencial: POR QUE o fgato de ser cristão INCOMODA

    TANTO VOCÊ?

  7. Bom, como eu sou muito educado, vou te responder: é porque a crença em Deus e em deuses é uma doença perniciosa; um peso que atrasa o nosso desenvolvimento como espécie; um estorvo a mais ao congraçamento entre os povos; e uma incomensurável perda de tempo em adoração ao vazio.

    Resumindo: seu Deus é um legado danoso que passamos às futuras gerações.

  8. Ola, sou consciente da existência de Deus e sei que ele não é fruto da minha imaginação, e também não estou aqui pra discutir sua existência. Somente gostaria que você tratasse com mais seriedade este assunto, e que nos dê provas concretas da “não” existência de Deus, estou cansado de falacias e de afirmações sem fundamentos. Obs: gostaria de te lembrar que nem mesmo a ciência desmentiu a existência de Deus, se você conseguir, acreditarei na sua teoria e me tornarei um ateu, mas duvido que isso aconteça. Aguardo suas provas concretas!

  9. Se você possuir uma pessoa de mente aberta, leia este artigo posso lhe afirmar que é de uma fonte científica… …Leia o que fundamentaliza a minha crença! odiario.com/blogs/inforgospel/2012/01/22/deus-existe-e-a-ciencia-pode-provar-pela-analise-de-dna-confira/

  10. Anderson Dias, em 17/07/2012 às 05:06 disse:
    “gostaria de te lembrar que nem mesmo a ciência desmentiu a existência de Deus, se você conseguir, acreditarei na sua teoria e me tornarei um ateu, mas duvido que isso aconteça. Aguardo suas provas concretas!”

    As provas da inexistência de deus são as mesmas da inexistência do papai noel. Prove que ele não existe….

  11. Anderson Dias, meu querido, só por curiosidade, como é que você sabe que Deus não é fruto da sua imaginação? Fiquei curioso com essa.

  12. Carlos Eduardo Você relacionar Deus e papai noel é total falta de argumentos, pois se você ler um pouquinho mais vai entender que essa idéia de um velhinho entregando presentinho, foi criada com um intuito consumista, e é totalmente pagã. Sei que você usa seus argumentos com base na religião, que deveria ser tratada com mais respeito para que este blog seja levado Carlos Eduardo Você relacionar Deus e papai noel é total falta de argumentos, pois se você ler um pouquinho mais vai entender que essa idéia de um velhinho entregando presentinho, foi criada com um intuito consumista, e é totalmente pagã. Sei que você usa seus argumentos com base na religião, que deveria ser tratada com mais respeito para que este blog seja levado Carlos Eduardo Você relacionar Deus e papai noel é total falta de argumentos, pois se você ler um pouquinho mais vai entender que essa idéia de um velhinho entregando presentinho, foi criada com um intuito consumista, e é totalmente pagã. Sei que você usa seus argumentos com base na religião, que deveria ser tratada com mais respeito para que este blog seja levado Carlos Eduardo Você relacionar Deus e papai noel é total falta de argumentos, pois se você ler um pouquinho mais vai entender que essa idéia de um velhinho entregando presentinho, foi criada com um intuito consumista, e é totalmente pagã. Sei que você usa seus argumentos com base na religião, que deveria ser tratada com mais respeito para que este blog seja levado a sério.

  13. Deus não é fruto da minha imaginação, Deus é física, ciência e religião! Sei que você se assusta com a idéia de um Ser superior, com inteligência incomparável criar todo o universo em que vivemos, os átomos, as células, cada grão de areia e cada gota de água. Estudei um pouquinho a origem do universo, e posso lhe afirmar, que ele não aconteceu por acidente, e foi necessário uma ação inicial para tudo isso a nossa volta pudesse acontecer. Mas quero te fazer umas perguntas: esta ação se iniciou do nada? O nosso dna se formou por obra do acaso? Vivemos hoje por viver? O nosso objetivo é apenas evoluir como espécie? Pense grande, abra sua mente para estas questões e vera que não somos obra do acaso!

  14. Mas quero te fazer umas perguntas: esta ação se iniciou do nada? O nosso dna se formou por obra do acaso? Vivemos hoje por viver? O nosso objetivo é apenas evoluir como espécie? Pense grande, abra sua mente para estas questões e vera que não somos obra do acaso!

    impressionante como eles pensam sempre da mesma forma…usam sempre os mesmos argumentos à favor da existencia de deus…Deus biblico claro…se esquecendo das outras crenças em outros deuses ao redor do mundo…
    o mesmo bla bla bla…
    e depois nos pedem pra abrir a mente….hahahahahaa…..

  15. ESTÁ CIÊNTÍFICAMÊNTE DEMONSTRADO QUE NÃO SOMOS FRUTO DO DEUS ACASO:

    Os Yanomami remetem sua origem à copulação do demiurgo Omama com a filha do monstro aquático Tëpërësiki, dono das plantas cultivadas. A Omama é atribuída a origem das regras da sociedade e da cultura yanomami atual, bem como a criação dos espíritos auxiliares dos pajés: os xapiripë (ou hekurapë). O filho de Omama foi o primeiro xamã. O irmão ciumento e malvado de Omama, Yoasi, é a origem da morte e dos males do mundo.

    Uma narrativa mítica ensina que os estrangeiros devem também sua existência aos poderes demiúrgicos de Omama. Conta-se que foram criados a partir da espuma do sangue de um grupo de ancestrais Yanomami levado por uma enchente após a quebra de um resguardo menstrual e devorado por jacarés e ariranhas. A língua “emaranhada” dos forasteiros lhes foi transmitida pelo zumbido de Remori, o antepassado mítico do marimbondo comum nas praias dos grandes rios.

    Para chegar a esta inclusão dos brancos numa humanidade comum, ainda que oriunda de uma criação “de segunda mão”, os antigos Yanomami tiveram que viver um longo tempo de encontros perigosos e tensos com esses estranhos, que passaram a chamar de napëpë (“estrangeiros, inimigos”). De fato, a primeira visão que tiveram dos brancos foi de um grupo de fantasmas vindo de suas moradias nas “costas do céu” com o escandaloso propósito de voltar a morar no mundo dos vivos (a volta dos mortos é um tema mítico e ritual particularmente importante para os Yanomami).

    http://pib.socioambiental.org/pt/povo/yanomami/print

  16. Anderson Dias, em 17/07/2012 às 19:36 disse:
    “Carlos Eduardo Você relacionar Deus e papai noel é total falta de argumentos, pois se você ler um pouquinho mais vai entender que essa idéia de um velhinho entregando presentinho, foi criada com um intuito consumista, e é totalmente pagã. ”

    Anderson Dias Você relacionar Papai Noel e deus é total falta de argumentos, pois se você ler um pouquinho mais vai entender que essa idéia de um velhinho todo-poderoso criador de universos, foi criada por nômades ignorantes da idade do bronze, onde as pessoas pensavam que a terra era plana, e é totalmente suméria.

  17. Carlos Eduardo

    Anderson Dias Você relacionar Papai Noel e deus é total falta de argumentos, pois se você ler um pouquinho mais vai entender que essa idéia de um velhinho todo-poderoso criador de universos, foi criada por nômades ignorantes da idade do bronze, onde as pessoas pensavam que a terra era plana, e é totalmente suméria.

    Carlos Eduardo relacionar Deus a um velhinho sentado em núvens ou em topo de uma montanha é uma tamanha ignorância intelectual sobre conhecimento do Bíblia. Se estudar mais um pouquinho, saberá que esta construção morfológica é baseado na mitologia GREGA e não na crença do Deus Judaico/Cristão.

  18. Acessei o blog e vi comentários do Diogo em quase todos os posts sobre o imbecilionismo e pensei: Nossa, o Diogo deve estar refutando todos os argumentos do Barros… mas não, ele ainda só está aprimorando suas técnicas de refutação… faz sentido, já que como ele mesmo diz, ele não dá a mínima para o que acreditamos…

    Abraço
    Cristiano

  19. Depois a crentaiada não sabe porque somos contra amigos imaginários…

    http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/noticia/2012/07/18/evangelicos-tentam-invadir-terreiro-em-olinda-49482.php

    Abraço
    Cristiano

  20. Barros, essa sua parnoia de querer que tudo seja refutado merece uma reflexaão… DE SUA PARTE.
    Sua obessão em PROVAR ao mundo algo do qual NEM VOCÊ tem certeza beira o patológico. Com tanta coisa para se fazer de útil, me aparece um sujeito que SE DEDICA a SACANEAR a fé alheia.

    POR QUE LHE DÓI TANTO A CRENÇA DE MILHÕES, Barros?

    Aacso sofreu algum revés na sua vida e, por isso, ficou brigado com Deus?

  21. PARANOIA, OBSESSÃO, PROVAS = Barros e seus fieis seguidores..

    Caramba, POR QUE ESSE CARA quer tanto PROVAR algo? Será que esse cara NÃO crê, mesmo, em Deus, ou todos esses toscos textos retóricos são mera defesa contra alguma coisa que, no íntimo, o incomoda? A psicanáliose explica: o cara ataca, ataca, ataca e NÃO TEM CORAGEM de autoencarar-se….

  22. Bem dito, Bucéfalo: os crentes, como por exemplo os católicos, têm que ficar repetindo para si mesmos “Creio em Deus Pai etc. etc.” porque é a única maneira de manter a crença em algo que não tem nenhum indício de existência. A psicanalióse expinica….

  23. Cristiano

    Depois a crentaiada não sabe porque somos contra amigos imaginários…
    http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/noticia/2012/07/18/evangelicos-tentam-invadir-terreiro-em-olinda-49482.php
    Abraço
    Cristiano

    Aham…. sei…. porque vocês não fazem um blog contra os políticos, ou contra o fanatismo comunista do estado ATEU na coreia?
    Outra coisa, não seja DESONESTO pois nem todos teistas são FANÁTICOS.
    A quem quer enganar Cristiano, Primeiramente você não consegue PROVAR que Deus não existe e segundo, você apenas se empenha em ACREDITAR naquilo que não está convencido.

    Abraços,
    Diogo.

  24. anônimo

    Bem dito, Bucéfalo: os crentes, como por exemplo os católicos, têm que ficar repetindo para si mesmos “Creio em Deus Pai etc. etc.” porque é a única maneira de manter a crença em algo que não tem nenhum indício de existência.

    HAHAHAHAHA esta foi a PIOR analogia que já ví em minha vida rsrsrsrs
    Está aprendendo com o CRISTIANO?

    O Rito do “Crê em Deus pai” é uma REZA, praticada pelos católicos com o intuito de conseguir COMUNHÃO com Deus. rsrsrsrs
    Não tem nada a haver em tentar afirmar a existência de algo.
    Muito embora não concorde que este é o melhor caminho para se ter comunhão com Deus, isso não invalida o motivo pelo qual os católicos efetuam suas rezas.

    Outra coisa… você é CEGO ou DESONESTO? se você crê no ACASO e na GERAÇÃO ESPONTÂNEA, qual é o INDÍCIO desta fé? Tem ALGUMA EVIDÊNCIA? Pelo contrário, os indícios e evidências refutam este MITO, abrindo caminho para o DESIGNER INTELIGENTE.
    Estou enganado? Ok… se REALMENTE estou me dê UMA ÚNICA EVIDÊNCIA que contribua para a tua FÉ na geração espontânea. Me dê UM ÚNICO exemplo que corrobore a sua existência.
    Sei lá, pode ser micro universos surgindo do nada, pedrinhas virando vida pela ação solar, ou alguma evidência randômica do ACASO construindo alguma INFORMAÇÃO CODIFICADA. Você tem alguma?

    Abraços,
    Diogo.

  25. Pois é amigo… Eu escrevendo bobagens e você dando uma aula de humildade em nome se algo que não existe…

  26. Deus não é fruto da minha imaginação, Deus é física, ciência e religião!

    “Deus é física, ciência e religião!”. Será que eu estaria sendo muito grosseiro se escrevesse, em resposta ao meu querido leitor: ISSO NÃO SIGNIFICA PORRA NENHUMA!!!!!!!. É, eu acho que isso seria grosseiro.

    Querido leitor, você se importaria em ser mais explícito? Por que você acha que Deus não é uma ilusão da sua cabecinha??

    Por favor, eu sou um ateu burro. Seja mais claro.

  27. Barros

    Deus é física, ciência e religião!”. Será que eu estaria sendo muito grosseiro se escrevesse, em resposta ao meu querido leitor: ISSO NÃO SIGNIFICA PORRA NENHUMA!!!!!!!. É, eu acho que isso seria grosseiro.
    Querido leitor, você se importaria em ser mais explícito? Por que você acha que Deus não é uma ilusão da sua cabecinha??
    Por favor, eu sou um ateu burro. Seja mais claro.

    Acho que o que ele quis dizer é que as evidências de Deus são verificáveis neste âmbitos, e falar que o Design Inteligente é uma ilusão seria ignorar DELIBERADAMENTE o que as evidências apontam.

    abraços,
    Diogo.

  28. Barros

    Deus é física, ciência e religião!”. Será que eu estaria sendo muito grosseiro se escrevesse, em resposta ao meu querido leitor: ISSO NÃO SIGNIFICA PORRA NENHUMA!!!!!!!. É, eu acho que isso seria grosseiro.
    Querido leitor, você se importaria em ser mais explícito? Por que você acha que Deus não é uma ilusão da sua cabecinha??
    Por favor, eu sou um ateu burro. Seja mais claro.

    Acho que o que ele quis dizer é que as evidências de Deus são verificáveis neste âmbitos, e falar que o Design Inteligente é uma ilusão seria ignorar DELIBERADAMENTE o que as evidências apontam.

    abraços,
    Diogo.

  29. ***O Rito do “Crê em Deus pai” é uma REZA, praticada pelos católicos com o intuito de conseguir COMUNHÃO com Deus. rsrsrsrs
    Não tem nada a haver em tentar afirmar a existência de algo.***

    Não é necessário CRER em coisas que existem.

    “Creio no Sol, creio no Vento, creio no Mar, creio no ungüento… Creio na maresia e na amusia, no relento e no remelento… Creio tanto que já não agüento, e preciso repetir aos avarentos, que a aleivosia da não-tão-virgem Maria é apenas sinal de avaria na mente vadia de alguma turminha que erra entre rios; basta-me o Sol, o Vento e o Mar; aos seres amar, que viver é preciso. A companhia amiga merece a fineza da boa alegria. Dispenso os seres imaginários e duvidosos, que em nada aprecio além da certeza que além da vã crença –em maus gatos pretos e escadas agourentas– vive a esperança de povos ingênuos a soar aos três ventos (e mais um ainda) seus sonhos e mitos pra enfrentar tormentos.”

  30. O Design Inteligente por si só, já é uma ilusão.

  31. Barros, cê num axa que lombriga foi feita de propósito nãum?
    http://internescio.blogspot.com.br/2010/10/os-cinco-vermes-mais-terriveis-do-mundo.html

  32. KKKKkkkkkk. Eu acho que Deus não tava nada inspirado no dia em que “desenhou” a lombriga…

  33. bahhhhhhh!!!!engano seu barros …logo o Sr diogo aparece aqui pra dizer que os parasitas foram criados por Deus pra punir os infieis que naum creem na estorinha dos hebreus….pois esta empiricamente comprovado que a maior infestação desses agentes divinos se da em paises da africa onde sabidamente existe a maior concentração de infieis,,adoradores de demonios, do planeta…

    espere pois ….

  34. “Creio no Sol, creio no Vento, creio no Mar, creio no ungüento… Creio na maresia e na amusia, no relento e no remelento… Creio tanto que já não agüento, e preciso repetir aos avarentos, que a aleivosia da não-tão-virgem Maria é apenas sinal de avaria na mente vadia de alguma turminha que erra entre rios; basta-me o Sol, o Vento e o Mar; aos seres amar, que viver é preciso. A companhia amiga merece a fineza da boa alegria. Dispenso os seres imaginários e duvidosos, que em nada aprecio além da certeza que além da vã crença –em maus gatos pretos e escadas agourentas– vive a esperança de povos ingênuos a soar aos três ventos (e mais um ainda) seus sonhos e mitos pra enfrentar tormentos.”

    Legal isso!!!!!!! quem é o autor?????????????

  35. O texto é de minha autoria mesmo. Dedicado ao domínio público. Pode copiar, alterar, recitar em voz alta, usar em música, sem precisar referência ao autor (ou autora, quem sabe?).

  36. Crentes não gostam de argumentos racionais razoáveis. Em defesa do Deus unipotente eles bravejam com argumentos ridículos os poderes da Natureza e as coincidências matemáticas. Falam tanta besteira sem sentido que precisam de ciências próprias ( teologias ) para tentar se livrar um pouco do ridículo ao apelar para as “autoridades no assunto”. Tudo [ de bom ] é Deus. As explicações sem o aval da fé que tanto os incomodam não servem e eventualmente os ofendem. Isso os estressa muito. Que necessidade é essa de dar desculpas para uma crença que é tão frágil ? Um punhado de palavras bem redigidas e fundamentadas ( e umas toneladas de evidências … )constrange e coloca em cheque o Criador do Universo e ele não faz nada ? Fraquinho esse deus. Pelo menos ele tem os crentes para não passar vergonha sozinho…

    Ótima sugestão de releitura sobre a blasfêmia deu o Barros :

    https://deusilusao.com/2011/07/14/blasfemia-parte-1/

  37. Anônimo (ou Anônima, quem sabe?)

    O texto é de minha autoria mesmo. Dedicado ao domínio público. Pode copiar, alterar, recitar em voz alta, usar em música, sem precisar referência ao autor (ou autora, quem sabe?).

    parabéns, achei muito criativo, deveras interessante!!!!!!!!!!!!!!

  38. Cara, é engraçado, será que um pingo de bom-senso não cai na cabeça dos crentes? Como eles diferenciam a crença deles da em outros deuses? Se a ciência não importa muito e não tem ferramentas suficientes ainda para provar a inexistência de deus ou deuses porque ainda se acreditar? Ou quem eles acham que está desvendando os mistérios do universo? Crença ou a ciência? Será que o “medinho” de sofrer no inferno seria o maior problema? Todos os ensinamentos bíblicos sobre o amor e caridade podem até ser válidos, mas para isto também temos uma infinidade de livros não-religiosos…em fim…pensemos: Se não temos certeza da inexistência de deus e inferno somente. Seria conveniente acreditar nesse deus que pode nos livrar de tal inferno. Oras, se ele existir e o inferno também ao menos estaríamos garantindo nosso lugarzinho no paraíso. Não é mesmo? Entretanto, e vcs amigos crentes do deus bíblicos ão de concordar. Existem muitos infernos de muitos outros deuses…pq eu iria acreditar somente no de vcs???

  39. Em alguns comentarios que li sobre a existencia ou não de DEus,nada trouxeram de novo ao conceito de Deus.,para além de alguns insultos mutuos.A crença em Deus è tão legítima como a não crença,.è Um sentimento intimo que só se encontra dentro de cada um..Podemos ser crentes e não religiosos, Deus é uma questão de fé, e como tal não é discutível,Todo o homen religioso ,deixa de ser livre ,porque fica com a sua liberdade coartada e ligada a conceitos religiosos, que são perigosos, intolerantes, agressivos e que tem causado inumeras guerras e matanças em nome do” seu deus”.Se existem ou não traços de evidencias de deus? é preciso primeiro definir qual o coinceito de deus que se discute,Um deus deista ,ou um teista , dentro do conceito de Espinosa, ou (Budista em que deus não existe).Com o avanço da Ciência sobretudo da Física Teórica, esta será a nova teologia do futuro.e deus poderá ser então objeto de estudo?.As religiões são para mim uma fraude e não passam de criações da mente humana para controlar e extorquir vantagens dos pobres crentes.!

  40. Deus é uma ilusão da mente humana. E eu não preciso “atualizar” esse conceito. Por isso o nome do meu blog: DeusILUSÃO.

    O que ocorre é que as sociedades, inspiradas por “novas congregações” sob “novas denominações”, acabam inventado um novo tipo de ilusão, com o mesmo nome: Deus.

    Tentar ficar fazendo o upload dessas atualizações seria muito mais chato — e demorado — do que atualizar os antivírus do Windows. O Deus dos católicos é — e ao mesmo tempo não é — o mesmo Deus dos evangélicos; o Deus dos crentes da “Assembleia de Deus” é — e ao mesmo tempo não é — o Deus dos crentes da Universal, e assim por diante. Deve ser daí que tiraram o conceito de Onipresença…

    Só pra você ter uma ideia, um leitor do blog, o Antônio Ferreira Rosa, criou um Deus só pra ele e fez um blog a respeito. Esse negócio de escrever bíblias não tá mais na moda, you know?

    Deus jamais poderia ser objeto de estudo. O que se pode estudar são os produtos, as causas e as consequências de se acreditar nesse Deus, em vez de aquele outro Deus, que são o mesmo Deus, mas são deuses diferentes…

    Eu prefiro manter a minha sanidade, obrigado.

  41. […] imbecilionismo (pa… em O imbecilionismo (parte 3…Barros em O imbecilionismo (fim)Arjuna em O imbecilionismo (fim)Márcio em A honestidade do ateísmo …Cristiano em A […]

  42. […] Parte 2  –  Parte 3  –  Parte 4  –  Parte 5  –  Parte final […]

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: