A Teoria do Barro (quinta parte)

<< 1ª Parte


Pesquisas científicas indicam que os hominídeos que deram origem à espécie humana divergiram de um ancestral comum com os chimpanzés há cerca de 5 ou 7 milhões de anos. Nesse tempo, nós evoluímos de um animal irracional primitivo, feio e peludo, para nos tornarmos a coisa mais fofa que existe sobre a Terra.

Alguém poderia desejar saber por que um tubarão, por exemplo, que teve entre 420 e 450 milhões de anos para evoluir, não está por aí lançando satélites e desenvolvendo aplicativos para tabletsEsse raciocínio — o de que quanto mais tempo uma espécie tivesse dentro do processo evolutivo, mais inteligente ela seria — é um raciocínio completamente equivocado. Se um tubarão, nos últimos 450 milhões de anos, não teve nenhum problema para se alimentar nem para se reproduzir, não teve, também, qualquer pressão evolutiva atuando sobre ele. Caso contrário, ou nós estaríamos convivendo com tubarões bem diferentes do que os que estamos acostumados, ou não estaríamos convivendo com tubarão nenhum. 

Adquirir inteligência não está diretamente vinculado ao que realmente importa, do ponto de vista de um gene: estar presente na geração seguinte. E também não é um fator condicionante para a sobrevivência de uma espécie. Ser imune aos efeitos nocivos da radiação solar num ambiente em que isso é uma questão de vida ou morte, sim, é um fator condicionante. E, nesses casos, a seleção natural sempre fez o seu trabalho divinamente bem, desde os primórdios da vida.  

O livro A Mente Seletiva explica o desenvolvimento da nossa inteligência como um atrativo sexual. Assim como a cauda dos pavões e o canto dos pássaros, a inteligência humana foi usada pelos nossos ancestrais para conseguir uma garota para transar. Uma não; várias. E é disso que trata esse texto de seis partes que escrevi baseado no livro: Nada a ver com Deus

Mas só o pavão exibe cauda intrincadamente elaborada, e só os pássaros machos cantam para atrair as fêmeas. Sendo o princípio o mesmo, não seria o caso de se esperar que só o macho da nossa espécie tivesse desenvolvido inteligência? Acontece que, para a fêmea poder julgar a “performance” dos seus pretendentes, teria que ela mesma ter uma inteligência desenvolvida à altura. Isso permitiu que a capacidade intelectual do homem e da mulher se desenvolvesse por espelhamento, o que imprimiu uma velocidade avassaladora ao processo.

E é justamente essa capacidade única e exclusiva da espécie humana que aprisiona os crentes detratores do processo evolutivo num paradoxo desconcertante. Se, por um lado, eles consideram a nossa inteligência complexa demais para ter surgido sozinha; por outro, eles abdicam do uso dessa mesma inteligência para poder continuar vivendo sua fantasia antiga de ser a razão de tudo o mais existir. A coisa mais fofa do Universo.


Anúncios

11 Respostas

  1. […] A Teoria do Barro (q… em Nada a ver com Deus (parte…A Teoria do Barro (q… em A Teoria do Barro (primeira…Anonymous em Eu não respeito a religião de…Anonymous […]

  2. Coloca no google criança morre engasgada , agora vai um criacionista saber cientificamente porque pessoas morrem engasgadas, e não só crianças adultos também.. ahhh mais vai ver foi o design que quis fazer assim hahaha, e os elementos químicos que ele criou buuummmmm hahaha, mais claro ele não sabia que os homens iriam descobrir esses elementos , mais matou afogado toda uma humanidade que sequer sabia que tais coisas existiam com a promessa de um mundo melhor, bem se o negócio criador quisesse uma humanidade melhor ele pelo menos podia ter evaporado com coisas como pólvora e urânio.

  3. Concordo com o texto. Bem explicado, bem justificado. Abç.

  4. Tai uma coisa que não discordo em relação às possibilidades que motivaram desenvolvimento da inteligência no ser humano: O sexo. O sexo enquanto fator motivador , afinal somos, se não estou enganado, a única espécie que não vincula o sexo, exclusivamente, à reprodução. Somos a única espécie que vê o sexo como fonte de prazer…

    A busca do prazer é um elemento motivador muito forte, em especial e principalmente, em tempos remotos, nos machos. Esse detalhe pode ter desencadeado o que estão chamando de espelhamento entre homens e mulheres. O que pode ter evoluído a tal ponto que atitudes conscientes e premeditadas levaram ao acúmulo de experiências e conhecimentos de forma aspiralada, o que acabou dando na inteligência…

    Fica a grande pergunta, quem colocou o TESÂO nos homens? Quem disse que o trem é gostoso; que deve e pode ser feito para outros motivos que não a reprodução?

    Eita evoluçãozinha que gosta de um primata em especial, em detrimento dos demais seres vivos desse planeta, submetidos às mesmas condições é bom lembrar sempre…

    Que tal admitirmos uma mãozinha, e até uma certa gratidão, pela preferência?…

    Antonio Ferreira Rosa.

  5. Fica a grande pergunta, quem colocou o TESÂO nos homens?

    Antônio… deixa eu te falar… Mulher… por incrível que pareça… também sente tesão!! Vê só que coisa, menino!!!

  6. Obrigado, Alfredo. Espero que tenha (que tenham todos) lido os textos anteriores que fazem parte desse mesmo argumento. E espero que gostem do final. E espero que eu comece a escrevê-lo o quanto antes, porque, até agora, ainda nem comecei…

    Abraço.

  7. Sim Barros, é óbvio que a mulher também sente tesão, por isso eu disse: “remotamente, nos machos”. As fêmeas, possivelmente por se “espelhar” nos machos, e a tal ponto que, até a ejaculação feminina, desenvolveram…

  8. Afirmar que a religião é a desgraça do mundo é o mesmo que dizer que uma cadeira, lançada na cabeça de alguém, é uma arma…
    Religião, qualquer uma, tem o VERDADEIRO obejtivo de entender Deus, de AGREGAR.
    Se alguém usa religião com OUTRO propósito, a culpa NÃO é da religião.
    Uma cadeira foi feita para alguém SENTAR nela. Se alguém utiliza a cadeira para FERIR alguém, a culpa NÃO é da cadeira.

    O indivíduo NÃO CONSEGUE desvincular-se da PRÓPRIA essência divina, que é como uma impressão digital: única, pessoal e intransferível. Isso atormenta, isso traz medo.

    QUALQUER coisa PODE VIRAR uma arma.

    O contrário também: um veneno, na dose certa, VIRA o remédio, a cura…

    Por isso Deus PERMITE certas atrocidades, muitas delas realizadas

    em nome dele…

  9. Será que você tem tanta certeza assim do seu materialismo, Barros?
    Sei não, hein: você, fazendo uma analogia, mais parece aquele ex-marido que, julgando erroneamente uma postura da ex, dela se separou.
    No entanto, ainda AMA demais essa ex, mas, por MEDO desse amor, tenta DEPRECIÁ-LA, mesmo sabendo das QUALIDADES dela.

    Brigou com Deus por que, meu caro? alguem revés na sua vida?

    Você SABE que Deus existe, mas LUTA contra essa certeza. Por quê?

  10. BArros
    Brilhante sua explanação sobre a Origem das Especies pela seleção natural, encheria os olhos do Darwin de lagrimas.
    A parte da explicaçao usando o tubarao foi otima e bem didatica e é isso mesmo que a teoria tenta mostrar, mas que vi varias pessoas nos posts te questionando sobre este ponto,
    por que nós seres humanos somos mais inteligentes e tal?
    R – A pressao do mundo que nos foi imposta; ate hoje é assim, na maioria das vezes só nos aprimoramos e buscamos algo por causa da pressao que a natureza nos impoe e pelas nossas limitaçoes.

    Como animais nao somos muito hábeis para conseguir alimento suficiente, nao voamos como passaros, nao nadamos como peixe, nao corremos como os felinos, nao temos pescoço alto como das girafas para pegar alimentos, tivemos que desenvolver outras maneiras e outros recursos (ferramentas) para sobreviver. TANTO para comer quanto para se proteger, imagine com tantas deficiencias que eu citei acima e mais algumas outras, FICOU CLARO E EVIDENTE QUE FOMOS FORÇADOS PELA CRUEL NATUREZA a inventar e criar maneiras de sobreviver e se DEFENDER. Por isso somos o que somos hoje.

    Mas o crente que nao é analfabeto e sabe interpretar textos minimamente vai fingir que nao entendeu ou vai nem querer entender que isso é a coisa mais sensata e coerente do mundo, vao continuar a somar 2+ 2 = 5 ou 3, ou 3,5, MAS nao vão querer a resposta certa.
    Ate hoje o pensamento é esse: em 99% dos casos só saimos pra trabalhar e fazer coisas que nao gostamos pela simples razao da necessidade. Se tivermos tudo o que precisamos facilmente, com certeza nao teriamos desenvolvido toda essa “inteligencia” e criatividade.
    Ninguem sairia pelas ruas em cima de um caminhao de lixo recolhendo as porcarias dos outros se nao fosse para levar comida pra casa.
    Se o sujeito tivesse o basico para sobreviver bem, iríamos todos nós ate o aterro sanitario levar nossas coisas, e pior; sendo assim consumiriamos bem menos, porque nao ficariamos muito animados de limpar nossa propria sujeira tendo comida, parceiros sexuais e um pouquinho de diversao na vida.
    SE TEM UMA COISA MELHOR DO QUE PASSAR OS GENES PARA OS DESCENDENTES é TRANSMITI-LOS DA MANEIRA E ESFORÇOS MENOR POSSIVEL.
    Parabens – Esses seus textos deveriam estar nas escolas, se bem que em algumas eles entrarao no INDEX.

  11. […] Parte  –  3ª Parte  –  4ª Parte  –  5 ª Parte  –  Parte […]

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: