As evidências de Deus (parte 4)

Quando os profetas de Baal desafiaram o profeta Elias a provar, em público, que Deus era real, Elias fez uma oração pedindo que Deus se manifestasse e acendesse uma fogueira bem ali, à vista de todos. Mal tinha acabado de fazer o pedido, caiu do céu o fogo do Senhor e a fogueira foi acesa [1Reis, 18:36]. 

Mas já faz muito, muito tempo que Deus anda com o fogo baixo. Experimente agora fazer uma oração pedindo alguma coisa, e espere pra ver o que acontece. Claro, não vale trapacear, tipo, você pedir proteção pra sua casa antes de dormir, já tendo trancado todas as portas e janelas. Ou pedir pra ele fazer você passar naquele concurso para o qual vem se matando de estudar nos últimos cinco anos.

Orações podem ser úteis em alguns casos. Talvez orar te acalme numa crise de estresse; faça você não se sentir tão sozinho durante uma noite de insônia e preocupação; nem tão desamparado em situações de desespero; talvez te conforte em momentos de angústia. Há quem consiga resultados mais eficientes recorrendo a coisas como exercícios físicos, um telefonema para um amigo, o apoio de parentes próximos, um comprimido. Mas a questão é que nem todo mundo gosta de se exercitar; nem todo mundo tem bons amigos, ou parentes próximos disponíveis, ou a droga certa à mão. Aí Deus acaba sendo mesmo o último recurso.

Nesses casos, quando Deus é o último recurso, a necessidade premente de que ele “faça efeito” é tanta que você passa a se sentir mais calmo, menos sozinho, e menos desamparado. Talvez seja um sistema de autodefesa do organismo, um subproduto do instinto de sobrevivência, que faz você reagir de uma forma real diante de situações reais, valendo-se de algo irreal. A ilusão de que orar para Deus traz resultados concretos em sua vida é que te faz acreditar que ele existe, quando, de fato, só existem você e a sua vontade de satisfazer as suas necessidades de conforto, proteção, amparo e companhia.

O problema é que a vida está cheia de fogueiras que, para ser acesas, precisaria que Deus existisse mesmo. Inconscientemente, você sabe que não vai poder contar com Deus nesses casos e, então, tranca suas portas e janelas à noite, e se mata de estudar para passar naquele concurso.

É você que acende as suas fogueiras. Porque você sabe que, do contrário, teria que encarar o seu próprio, doloroso, inevitável, revelador e solitário momento de deusilusão!

Uma decepção semelhante à de comprar leite no supermercado e, ao chegar em casa, perceber que a data de validade expirou há uma semana.

Anúncios

8 Respostas

  1. Barros é seguidor do diabo e seus anjos …

  2. Filho de deus,

    Somos seguidores da liberdade de pensar, agir e não ficar presos a dogmas infantis, obrigações financeiras ou ser prostrados diante de um pastor que deseja ter vida boa às custas dos pobres diabos!

  3. Apenas outro excelente texto … Parabéns, Barros . Sua mamãe deve ser muito orgulhosa desse filhinho dela . Ou não .

  4. O criaturo esta no ânus de deus, o marcio e o rudi também estão no ânus de deus, agora basta saber se entraram todos de uma vez só..filho de deus esta com um esparadrapo na boca ,sinal que é pra ficar de boca calada, saracura2 não usa corilio usa oculos escuro..

  5. Colírio

  6. http://rebeldiametafisica.wordpress.com/ Barros leia este blog talvez ainda não conheça, mais talvez possa você dele tirar inspirações para enterrar ainda mais este deus “metafisíco”

  7. As mágicas divinas (escritas, mas não provadas) existiam na época que os homens eram totalmente imbecis e achavam que sapos e mulas se transformavam em gente.
    Hoje, os homens , mesmo os mais idiotas, evoluíram e não acreditam mais nessas abobrinhas. E aí??? As mágicas acabaram…

  8. […] alfredobernacchi70an… em As evidências de Deus (parte… […]

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: