STIGMATA

..

Toda igreja é uma empresa. E como toda empresa, uma igreja visa lucro. Só que, diferentemente de uma empresa comum, as igrejas têm a prerrogativa de serem isentas de pagar imposto sobre seus ganhos. Algum legislador imparcial e honesto deve ter pensado: “Como querer que o Estado cobre imposto de renda dessas casas de oração que sobrevivem de esmolas?”.

Acontece que essas casas de oração sobrevivem, e bem, não de esmolas, mas da venda de ilusões, mantidas à custa de muita fraude e burrice generalizada.   

Se eu passasse a usar a minha residência para, descaradamente, vender terrenos no Céu, e se, por acaso, começasse a ganhar muito dinheiro com isso, o Poder Público certamente iria tomar uma atitude, antes mesmo de eu juntar dinheiro suficiente para comprar o meu primeiro jatinho executivo. Eu seria processado e, muito provavelmente, preso por estelionato. Mas se eu for um pouco mais esperto e pagar uns quinhentos e poucos reais para legalizar uma igreja que, segundo sua própria doutrina de fé registrada em cartório, teve a permissão de Deus para lotear o Paraíso, o Estado não vai poder se meter no meu negócio, e sequer vai ter acesso ao montante que estou arrecadando com minhas vendas.

Eu ainda vou perguntar a algum evangélico se ele saberia dizer por que a igreja-empresa que ele frequenta precisa abrir duas, três filiais em cada bairro da cidade. Acho que a resposta obrigatoriamente fará menção a essa fala do filho de Deus: “Ide por todo mundo e pregai o Evangelho”. Entretanto, os cristãos, que receberam esse nome porque querem dar a entender que guardam os ensinamentos de Cristo, deveriam ter seguido o exemplo do seu mestre e espalhado sua palavra não de cima de um palco imponente dentro de um prédio suntuoso, mas falando do meio do povo, ou do alto de uma montanha. 

Se Deus existisse mesmo e fosse o que o cristão acha que ele é, acredite: não haveria necessidade de templos, nem de carnês abençoados que precisariam ser pagos para construí-los. Esse foi o tema do filme Stigmata, mostrando o desespero da Igreja Católica para impedir a divulgação de um suposto evangelho onde o próprio Deus ensinava que não precisava de intermediários:

 O reino de Deus está dentro de você e à sua volta; não em prédios de madeira ou de pedras. Rache uma lasca de madeira e Eu estarei lá; levante uma pedra e Me encontrará.”

.

Anúncios

22 Respostas

  1. Muito boa a comparacao entre fazer uma venda de terrenos no ceu e abrir uma Igreja, Eh exatamente a mesma coisa.

  2. Vou abrir minha igreja e já volto !!! –

    Eu, Claudio Angelo, editor de Ciência da Folha, e Rafael Garcia, repórter do jornal, decidimos abrir uma igreja.
    Com o auxílio técnico do departamento Jurídico da Folha e do escritório Rodrigues Barbosa, Mac Dowell de Figueiredo Gasparian Advogados, fizemo-lo. Precisamos apenas de R$ 418,42 em taxas e emolumentos e de cinco dias úteis (não consecutivos) . É tudo muito simples!”

    Não existem requisitos teológicos ou doutrinários para criar um culto religioso. Tampouco se exige número mínimo de fiéis.
    Com o registro da Igreja Heliocêntrica do Sagrado Evangélio e seu CNPJ, pudemos abrir uma conta bancária na qual realizamos aplicações financeiras isentas de IR e IOF. Mas esses não são os únicos benefícios fiscais da empreitada. Nos termos do artigo 150 da Constituição, templos de qualquer culto são imunes a todos os impostos que incidam sobre o patrimônio, a renda ou os serviços relacionados com suas finalidades essenciais, as quais são definidas pelos próprios criadores. Ou seja, se levássemos a coisa adiante, poderíamos nos livrar de IPVA, IPTU, ISS, ITR e vários outros “Is” de bens colocados em nome da igreja.
    Há também vantagens extra-tributárias. Os templos são livres para se organizarem como bem entenderem, o que inclui escolher seus sacerdotes. Uma vez ungidos, eles adquirem privilégios como a isenção do serviço militar obrigatório (já sagrei meus filhos Ian e David ministros religiosos) e direito a prisão especial.

    Livrar-se de tributos é a principal vantagem material da abertura de uma igreja. Nos termos do artigo 150, VI, b da Constituição, templos de qualquer culto são imunes a impostos que incidam sobre o patrimônio, a renda e os serviços, relacionados com suas finalidades essenciais. Isso significa que, além de IR e IOF, igrejas estão dispensadas de IPTU (imóveis urbanos), ITR (imóveis rurais), IPVA (veículos), ISS (serviços), para citar só alguns dos vários “Is” que assombram a vida dos contribuintes brasileiros.

    A única condição é que todos os bens estejam em nome do templo e que se relacionem às suas finalidades essenciais, as quais são definidas pela própria igreja.

    O caso do ICMS é um pouco mais polêmico. A doutrina e a jurisprudência não são uniformes. Em alguns Estados, como São Paulo, o imposto é cobrado, mas em outros, como Rio de Janeiro e Paraná, por força de legislação estadual, igrejas não recolhem o ICMS sobre as contas de água, luz, gás e telefone que pagam.

    Certos autores entendem que associações religiosas, por analogia com o disposto para outras associações civis, estão legalmente proibidas de distribuir patrimônio ou renda a seus controladores.

    Mas nada impede – aliás é quase uma praxe – que seus diretores sejam também sacerdotes, hipótese em que podem perfeitamente receber proventos.

    A questão fiscal não é o único benefício da empreitada.

    Cada culto determina livremente quem são seus ministros religiosos e, uma vez escolhidos, eles gozam de privilégios, como a isenção do serviço militar obrigatório (Constituição Federal, art. 143) e o direito a prisão especial (Código de Processo Penal, art. 295). Na dúvida, os filhos varões dos sócios-fundadores da Igreja Heliocêntrica foram sagrados minissacerdotes. Neste caso, o modelo inspirador foi o budismo tibetano, cujos Dalai Lamas (a reencarnação do Lama anterior) são escolhidos ainda na infância.

    Voltando ao Brasil, há até o caso de cultos religiosos que obtiveram licença especial do poder público para consumir ritualisticamente drogas alucinógenas. Desde os anos 80, integrantes de igrejas como Santo Daime, União do Vegetal, A Barquinha estão autorizados pelo Ministério da Justiça a cultivar, transportar e ingerir os vegetais utilizados na preparação do chá ayahuasca – proibido para quem não é membro de uma dessas igrejas.

    Se a Lei Geral das Religiões, já aprovada pela Câmara e aguardando votação no Senado, se materializar, mais vantagens serão incorporadas.

    Templos de qualquer culto poderão, por exemplo, reivindicar apoio do Estado na preservação de seus bens, que gozarão de proteção especial contra desapropriação e penhora.

    O diploma também reforça disposições relativas ao ensino religioso. Em princípio, a Igreja Heliocêntrica poderá exigir igualdade de representação, ou seja, que o Estado contrate professores de heliocentrismo.

    Agora entende-se porque o Bispo Rodrigues da Universal e tantos outros bispos que exploram o povo conseguem ficar milionários em pouco tempo… Que lei é essa?

    Segue…

  3. Vivemos numa época em que a bíblia é distribuida com boleto bancário,
    com marcação apropriada nas páginas ….

    LISTA DE IGREJAS ABERTAS NO BRASIL:

    – Igreja da Água Abençoada
    – Igreja Adventista da Sétima Reforma Divina
    – Igreja da Bênção Mundial Fogo de Poder
    – Congregação Anti-Blasfêmias
    – Igreja Chave do Éden
    – Igreja Evangélica de Abominação à Vida Torta
    – Igreja Batista Incêndio de Bênçãos
    – Igreja Batista Ô Glória!
    – Congregação Passo para o Futuro
    – Igreja Explosão da Fé
    – Igreja Pedra Viva
    – Comunidade do Coração Reciclado
    – Igreja Evangélica Missão Celestial Pentecostal
    – Cruzada de Emoções
    – Igreja C.R.B. (Cortina Repleta de Bênçãos)
    – Congregação Plena Paz Amando a Todos
    – Igreja A Fé de Gideão
    – Igreja Aceita a Jesus
    – Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém (Ops?)
    – Igreja Evangélica Pentecostal Labareda de Fogo
    – Congregação J. A. T. (Jesus Ama a Todos)
    – Igreja Evangélica Pentecostal a Última Embarcação Para Cristo (quem perder vai ficar!!!)
    – Igreja Pentecostal Uma Porta para a Salvação
    – Comunidade Arqueiros de Cristo
    – Igreja Automotiva do Fogo Sagrado (ESSE DEVIA TER ABERTO UMA CONCESSIONÁRIA)
    – Igreja Batista A Paz do Senhor e Anti-Globo
    – Assembléia de Deus do Pai, do Filho e do Espírito Santo
    – Igreja Palma da Mão de Cristo
    – Igreja Menina dos Olhos de Deus
    – Igreja Pentecostal Vale de Bênçãos
    – Associação Evangélica Fiel Até Debaixo DÁgua
    – Igreja Batista Ponte para o Céu
    – Igreja Pentecostal do Fogo Azul
    – Comunidade Evangélica Shalom Adonai, Cristo!
    – Igreja da Cruz Erguida para o Bem das Almas
    – Cruzada Evangélica do Pastor Waldevino Coelho, a Sumidade
    – Igreja Filho do Varão (Opa!!! Se puxar o pai vai se dar bem!!!!)
    – Igreja da Oração Eficiente
    – Igreja da Pomba Branca
    – Igreja Socorista Evangélica
    – Igreja A de Amor (NESSA SÓ DEVE TER ADORADORES DA XUXA)
    – Cruzada do Poder Pleno e Misteri oso
    – Igreja do Amor Maior que Outra Força
    – Igreja Dekanthalabassi (HEIN??!!!)
    – Igreja dos Bons Artifícios
    – Igreja Cristo é Show
    – Igreja dos Habitantes de Dabir
    – Igreja Eu Sou a Porta
    – Cruzada Evangélica do Ministério de Jeová, Deus do Fogo
    – Igreja da Bênção Mundial
    – Igreja das Sete Trombetas do Apocalipse
    – Igreja Barco da Salvação
    – Igreja Pentecostal do Pastor Sassá
    – Igreja Sinais e Prodígios
    – Igreja de Deus da Profecia no Brasil e América do Sul
    – Igreja do Manto Branco
    – Igreja Caverna de Adulão
    – Igreja Este Brasil é Adventista
    – Igreja E..T.Q.B (Eu Também Quero a Bênção) (? Esqueça Tudo Que Bebeu???????)
    – Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
    – Igreja Cenáculo de Oração Jesus Está Voltando
    – Ministério Eis-me Aqui
    – Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia
    – Igreja Evangélica A Última Trombeta Soará
    – Igreja de Deus Assembléia dos Anciãos
    – Igreja Evangélica Facho de Luz
    – Igreja Batista Renovada Lugar Forte
    – Igreja Atual dos Últimos Dias
    – Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-te
    – Ministério Apascenta as Minhas Ovelhas
    – Igreja Evangélica Bola de Neve
    – Igreja Evangélica Adão é o Homem (ALGUÉM TINHA ALGUMA DÚVIDA QUANTO A ISSO?????)
    – Igreja Evangélica Batista Barranco Sagrado
    – Ministério Maravilhas de Deus
    – Igreja Evangélica Fonte de Milagres
    – Comunidade Porta das Ovelhas
    – Igreja Pentecostal Jesus Vem, Você Fica (QUE EGOÍSTA)
    – Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo (AH NEM !!!!)
    – Igreja Evangélica Luz no Escuro
    – Igreja Evangélica O Senhor Vem no Fim (NÃO DÁ PRA CHEGAR UM POUCO MAIS CEDO)
    – Igreja Pentecostal Planeta Cristo
    – Igreja Evangélica dos Hinos Maravilhosos (???)
    – Igreja Evangélica Pentecostal da Bênção Ininterrupta
    – Assembléia de Deus Batista A Cobrinha de Moisés
    – Assembléia de Deus Fonte Santa em Biscoitão (SENHOR ISSO É HERESIA)
    – Igreja Evangélica Muçulmana Javé é Pai (PÔ, ESSE AQUI NÃO TEM NEM NOÇÃO DE RELIGIÃO rsrsrsrs.
    – Igreja Abre-te-Sésamo
    (AHHHH, ESSA SIM, TA NO ESQUEMA DE ALI BABA SÓ NÃO INFORMARAM COM QUANTOS LADRÕES.)
    – Igreja Assembléia de Deus Adventista Romaria do Povo de Deus
    – Igreja Bailarinas da Valsa Divina (HOMENS TB PODEM PARTICIPAR?)
    – Igreja Batista Floresta Encantada
    – Igreja da Bênção Mundial Pegando Fogo do Poder
    – Igreja do Louvre
    – Igreja Evangélica Batalha dos Deuses (PENSEI QUE EVANGÉLICOS FOSSEM MONOTEÍSTAS)
    – Igreja Evangélica do Pastor Paulo Andrade, O Homem que Vive sem Pecados
    – Igreja Evangélica Idolatria ao Deus Maior
    – Igreja MTV, Manto da Ternura em Vida
    – Igreja Pentecostal Marilyn Monroe (???????) (ESSE DEVE TER PREMONIÇÕES HOLLYWOODIANAS)
    – Igreja Quadrangular O Mundo É Redondo (ISSO É SACANAGEM)
    – Igreja Pentecostal Trombeta de Deus (Samambaia -DF)
    – Igreja Pentecostal Alarido de Deus (Anápolis -GO)
    – Igreja pentecostal Esconderijo do Altíssimo (Anápolis -GO) COITADO DO ALTÍSSIMO,VIROU FUGITIVO
    – Igreja Batista Coluna de Fogo (Belo Horizonte -MG)
    – Igreja de Deus que se Reúne nas Casas (Itaúna -MG)
    – Igreja Evangélica Pentecostal a Volta do Grande Rei (Poços de Caldas-MG)
    – Ministério Favos de Mel (Rio de Janeiro -RJ)
    – Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia (Uberlândia -MG)
    – Igreja Evangélica a Última Trombeta Soará (Contagem -MG)
    – Igreja Evangélica Pentecostal Sinal da Volta de Cristo (Três Lagoas -MS)
    – Igreja Evangélica Assembléia dos Primogênitos (João Pessoa -PB)
    – Assembléia de Deus com Doutrinas e sem Costumes (Rio de Janeiro -RJ)

    É mais fácil abrir uma igreja (“empresa pessoal”) altamente lucrativa para vender o paraíso (que nunca será entregue, do que um boteco….

    Rsrsrsrrsrrrs!!!!!
    Colaborou, Oiced Mocam

  4. Tá de lascar. Mas só uma observação: Numa lasca de madeira supostamente pode ter um bicho, e debaixo de uma pedra geralmente uma cobra. Também pombos sobre estátuas inermes escorre excrementos no ouvido delas, e se, sem vida já não andavam, ainda ficam enfeiadas pela podridão que acumula. Se em todas essas estórias de fé não tivesse tanto sarcasmo com a nossa cara teríamos demorado muito mais para sacar os engôdos,

  5. Obrigado, Carlos Mello. Um abraço.

  6. O MAÇON “esqueceu” betesdas batistas, assembléias, centros espíritas, as paróquias, e esqueceu em seu intento dessa lista, de dizer que a maçonaria tutela as igrejas. Também esqueceu de dizer que em lugares horríveis e deprimentes ficam empesteados em ruas nojentas símbolos maçõnicos exatamente como fazem as igrejas. Mas nada disso o fiel-crente leva em conta; pois a corrente da escravidão está aferrolhada em sua cabeça e não mais como uma bola de ferro nos pés. Os sem-crenças podem sentir mesmo pezar pelos fiéis-crentes, mas os ateus por moda e ‘zoação’ não estão livres dos embusteiros; é só passar uma vista nos comentários dos blogs dos sem religião.

  7. O Rio de Janeiro está ano a ano empesteado com o mosquito da Dengue. As tropas de prevenção se descaracterizaram e “fiéis” passaram a arranjar “vguinha’ em um serviço público que ficou nas mãos de chefetas de igrejas, e o ‘ponto’ da mamata chegava ao cúmulo de ser das 10:30 da manhã às 14:00. Os ‘fiéis-servidores’ passaram a desfilar com cabelinho ‘vem-cá-meu-puto’, roupinha engomadinha à moda testemunhas de jéórvá, colherzinha chá na mão, bibrinha na mochilinha (algumas camizinhas ::: a pregação pode ser fértil, é preciso ter prevenção), muita tagarelice, bisbilhotice; E VIGIA E ESPREITA de vidas alheias a mando dos pastutos. E o mosquito? As estatísticas mostram. O Rio foi rio abaixo, na enxurrada das mazelas, totalmente desgraçado pela ura das crenças em aumentar seus pastos.

  8. Quando asneira é escrita nesse blog …

    Leiam até o final que quem sabe assim vocês não adquirem um pouco mais de conhecimento sobre as coisas de Deus:

    “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós bênção sem medida.” Ml 3.10, 11 e 12

    O Dízimo foi instituído por Deus, as primeiras citações referem-se ao período patriarcal, a Palavra mostra-nos Abrão (“E de tudo lhe deu Abrão o dízimo.” Gn 14.20) e Jacó (“e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo.” Gn 28.22) como observadores desta prática. Posteriormente, com a Eleição de Israel como povo de Deus, tornou-se um mandamento. O dízimo era uma prática comum antes da Lei, durante a Lei e um modelo que pode ser observado por nós, os que vivemos nós.

    O Novo Testamento deixa claro que o Senhor Jesus reconhecia o dízimo como um mandamento válido aos Israelitas, inclusive, era judeu e nascido sob a Lei (“Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,” Gl 4.4), com a missão de cumpri-la (“Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra.” Mt 5.17,18).

    Jesus não determinou de forma direta a obrigatoriedade em dar-se “os dízimos” aos participantes da Nova Aliança, no entanto, este costume é citado algumas vezes no Novo Testamento. A igreja de Cristo precisa entender que os dízimos são uma forma de “oferta” agradável a Deus e necessário para suprir as necessidades da Obra, tanto na evangelização como na manutenção de templos.

    O DÍZIMO NOS DIAS DO ANTIGO TESTAMENTO

    a) Abraão dizimou:
    “E de tudo lhe deu Abrão o dízimo.” Gn 14.20
    Abraão ao regressar da vitória sobre os reis inimigos, deu a Melquisedeque, sacerdote de Deus e rei de Salém, o dízimo de tudo que possuía e despojos da vitória.

    b) Jacó movido a dar o dízimo:
    “…de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo.” Gn 28.22

    c) Na Lei Mosaica.
    “A décima parte das colheitas, tanto dos cereais como das frutas, pertence a Deus, o SENHOR, e será dada a ele.” Lv 27.30 e
    “Certamente, darás os dízimos de todo o fruto das tuas sementes, que ano após ano se recolher do campo.” Dt 14.22

    O OBJETIVO DO DÍZIMO

    O dízimo era usado para o sustento dos Levitas, (“Aos filhos de Levi dei todos os dízimos em Israel por herança, pelo serviço que prestam, serviço da tenda da congregação. E nunca mais os filhos de Israel se chegarão à tenda da congregação, para que não levem sobre si o pecado e morram. Mas os levitas farão o serviço da tenda da congregação e responderão por suas faltas; estatuto perpétuo é este para todas as vossas gerações. E não terão eles nenhuma herança no meio dos filhos de Israel. Porque os dízimos dos filhos de Israel, que apresentam ao SENHOR em oferta, dei-os por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel, nenhuma herança tereis.” Nm 18.21-24) e dos estrangeiros, dos órfãos e das viúvas (“Ao fim de cada três anos, tirarás todos os dízimos do fruto do terceiro ano e os recolherás na tua cidade. Então, virão o levita (pois não tem parte nem herança contigo), o estrangeiro, o órfão e a viúva que estão dentro da tua cidade, e comerão, e se fartarão, para que o SENHOR, teu Deus, te abençoe em todas as obras que as tuas mãos fizerem.” Dt 14.28-29).

    Em nosso dias, observamos o modelo deixado no Antigo Testamento, para ofertarmos a Deus, suprindo assim as necessidades da igreja na obra de evangelização e manutenção de templos e despesas com o sacerdócio. Deve-se entregá-lo no local definido por Deus, geralmente, a Igreja na qual congregamos e ou Ministérios envolvidos com a Obra do Pai.

    É lamentável a constatação que o “dinheiro do Senhor” é usado por alguns líderes para a sua satisfação pessoal, bem como, aplicado em “situações” que não beneficiam a Obra do Senhor. Estes prestarão contas a Deus por suas ações pecaminosas.

    O DÍZIMO NOS DIAS DO NOVO TESTAMENTO

    O Novo Testamento não faz profundas referências a respeito do tema, mas, movidos pelo Espírito Santo, compreendemos que é bom e agradável dizimarmos a Deus.

    Paulo, dirigindo-se às igrejas ensina que deveriam fazer coletas, nas quais os servos dariam segundo a sua prosperidade (“Quanto à coleta para os santos, fazei vós também como ordenei às igrejas da Galácia. No primeiro dia da semana, cada um de vós ponha de parte, em casa, conforme a sua prosperidade, e vá juntando, para que se não façam coletas quando eu for.” 1Co 16.1-2).

    É uma ação de amor, generosidade e alegria (“E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia com fartura com abundância também ceifará. Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria. Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra, como está escrito: Distribuiu, deu aos pobres, a sua justiça permanece para sempre.” 2Co 9.6-9).

    As ofertas eram segundo as posses da cada um. Este é o mesmo entendimento para o dízimo hoje, uma doação à igreja de ofertas agradáveis, que devem ser usadas na manutenção do templo, missões e no auxilio aos irmãos mais carentes, ligados ou não à denominação, afinal, no Reino não há denominações.

    É inaceitável que as igrejas (instituições) guardem o dinheiro do Senhor (poupança e aplicações financeiras diversas) enquanto há tantos irmãos, frentes missionárias, ministérios, etc. necessitados de recursos financeiro para a pregação do evangelho.

    Usa-se como parâmetro para as ofertas atuais décima parte dos rendimentos (salário, retiradas, etc), no entanto, não é uma obrigação usar a calculadora, oferte com liberalidade.

    Em nossos dias o ato de dizimar e ou ofertar estão desgastados; é visto pela sociedade como um meio de explorar a fé dos mais simples. Esta visão deturpada nasceu em decorrência dos exageros praticados por pregadores que não observam os princípios de Deus em suas vidas, e literalmente roubam os servos ao fazerem promessas mirabolantes de riquezas e prosperidades advindas da entrega do dízimo.

    O Apostolo Paulo, escreveu uma carta à igreja de Corinto, na qual diz:
    “O homem natural não aceita as cousas do Espírito… pois lhe é loucura; e jamais pode entendê-las.” 1Co 2.14

    O dízimo é uma bênção àqueles que nasceram de novo e são movidos pelo Espírito de Deus em todas as situações. O homem natural (em pecado) não entende estas coisas e são tomados por questionamentos diversos, usando-os como base, não aceitam a nosso ato de alegria que leva-nos a reservar partes dos rendimentos para o Senhor e disponibilizá-los na forma de dízimos e ofertas.

    Inclusive é comum ao “homem natural” questionamentos tais como:
    . Deus não precisa de dinheiro!
    . Deus é dono de tudo!
    . Não vou encher a barriga de pastor!
    . Ganho pouco, e sou pobre!
    . Não sobra para o dízimo!
    . Tenho escola das crianças, e muitas despesas!
    . Isto é para os ricos!
    . etc.

    São homens que ainda não entregaram verdadeiramente suas vidas nas mãos do Senhor, são “naturais” e não conseguem enxergar com os olhos do Espírito a vontade de Deus para a vida de seus escolhidos, ao eleger-nos como provedores de Sua Obra.

    Jesus literalmente afirma: “ Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.” Lc 14.33

    Esta é a principal condição exigida aos servos, a renúncia. Quando renunciamos a princípios, pensamentos, finanças, conhecimento, sabedoria e até a razão; nos tornamos “barro na mão do Oleiro” e somos reconstruídos com as qualidades comuns a Cristo. Estas “novas criaturas” são tomadas pelo Espírito Santo e as “coisas espirituais” afloram em atos e ações.

    O DÍZIMO NOS DIAS ATUAIS

    É sábio devolvermos a Deus os dízimos e ou ofertas, observando os preceitos bíblicos, décima parte, fazendo-o de forma voluntária e com satisfação no coração. Jamais com o sentimento de coação.

    Dar Voluntariamente
    “…vossas dádivas, e de todos os vossos votos, e de todas as vossas ofertas voluntárias que dareis ao SENHOR.” Lv 23.38

    O dizimar era uma obrigação de cada israelita, mas, o desejo de ofertar deveria nascer no interior do coração, marcado por gratidão e alegria, uma ação voluntária, através da qual o Eterno era adorado. Assim devemos agir, não constrangidos por uma obrigação, mas, com prazer e alegria, pois é do Senhor e é para o Senhor.

    Vida Santa, uma condição
    “Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta, ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta, vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; e, então, voltando, faze a tua oferta.” Mt 5.23,24

    A Santidade é uma condição especial, ela gera comunhão e intimidade com o Pai. Antes de trazermos as nossas ofertas ao Senhor, é necessário fazermos um “balanço” e confessarmos pecados e acertarmos todas situações que destoam da vontade de Deus.

    Uma Gratidão.
    “Oferece a Deus sacrifício de ações de graças e cumpre os teus votos para com o Altíssimo; invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.” Sl 50.14,15

    As ações, dizimar e ofertar é uma demonstração que reconhecemos a soberania de Deus e o cuidado que Ele tem para conosco, abençoando-nos no cotidiano em todos os aspectos de nossa existência.

    OS FIÉIS SÃO ABENÇOADOS

    Quando os servos movidos pelo amor a Deus entregam os dízimos com alegria, tornam-se detentores da promessa de Deus. Ele afirma: “…e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós bênção sem medida.” Ml 3.10

    a) Derramarei Bênçãos sem Medidas.
    É preciso que a nossa visão, inicialmente seja espiritual, esta é a visão que verdadeiramente nos interessa. Não devemos dizimar interessados em recompensas materiais. O sentimento que deve nos mover a entregar os dízimos é o amor a Deus. E o Eterno em sua misericórdia recompensará, não necessariamente com prosperidade, mas, possivelmente com a melhor das bênçãos a espiritual e a possibilidade de fazer a Sua Obra.
    Lembre-se:
    “Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo.” Lc 14.33

    b) Vossa vide não será estéril.
    Existe a benção de prosperidade prometida aos fieis. Deve-se esperá-la, jamais buscá-la. Pois há tempo para todas as coisas, e o Senhor conhece as necessidades de cada um. A preocupação deve estar em conservar uma vida santa, reta e justa diante de Deus.

    c) As Nações vos chamarão de felizes.
    Como é bom encontrar um servo fiel, sempre feliz, um rosto formoso que resplandece a paz de Cristo, mesmo em meio às muitas lutas e dificuldades. São estes os fieis do Senhor, que triunfam e voam como águias (Is 40.31) acima de todas as dificuldades. São agraciados com o derramar de bênçãos sem medidas.

    d) Para que haja mantimento.
    Quando há fidelidade nos dízimos, a Casa do Senhor é agraciada com recursos que serão usados na pregação do Evangelho, abençoando missões, ministérios e também, o social, vestindo aos irmãos necessitados.

    Deus é fiel, honra a Suas promessas; nossa obrigação é sermos fieis, honrarmos ao Eterno em todas as áreas da vida, quando O honramos com os dízimos e ou ofertas tornamo-nos mais próximos do Pai e somos habilitados a recebermos as bênçãos divinas.

    Elias R. de Oliveira

  9. A igreja de Cristo precisa entender que os dízimos são uma forma de “oferta” agradável a Deus e necessário para suprir as necessidades da Obra, tanto na evangelização como na manutenção de templos.

    Porra, FILHO DEUS!

    Se Deus tá ainda fazendo uma obra, o dinheiro deve vir dele, cara! Que porra é essa de mentir pra todo mundo dizendo que fez tudo em seis dias, e ainda ficar pedindo dinheiro pra gente concluir o que começou? A obra é dele, ele que se vire pra pagar. Se Deus estiver dependendo dos meus 10% ele tá fudido!

    Avisa a ele.

  10. Já vi que está difícil vocês aceitarem e entenderem a Palavra de Deus … A obra ainda não está conclusa não amigo … Estará no dia que Jesus voltar para buscar os escolhidos … Você não quer ir com agente não ? Garanto que vai ser bem melhor que a segunda opção …
    Vou preparar um lugar, voltarei e os levarei comigo, para que onde eu estiver estejais vós também.
    (João 14:3)

  11. Bem que o filho de deus podia estar certo, e todos os “escolhidos” deveriam sumir… Seria um favor à humanidade…

  12. Barros quer ficar rico ? Fecha este blog diz que converteu que conheceu a luz(???) e passe a vender bugingangas celestiais , água do rio jordão(da torneira) , azeite bento de israel(aqueles de 3.99 que acha em qualquer supermercado) e inventa mais , da pra vender até uns 30 produtos e pode crer que vende tudo , se eu soubesse lidar com sites eu mesmo faria um pra vender quinquilharias ungidas pra evangélicos , é claro iria me apresentar como um irmão ungido na fé e deixar até telefone de contato pra orações. Eu já até aprendi falar em línguas eu iria enganar os irmão direitinho e ficar rico, e iria fazer propósitos financeiros também igualzinho as igrejas(ops comércio da fé)

  13. Entendam uma coisa
    Deus é dono de tudo, do ouro e da prata e pede apenas que agente devolva 10% de tudo o que é dele para ele mesmo
    Deus não pede nada demais
    Se ele pedisse tudo
    Mas ele quer apenas 10% de tudo que pertence a ele para ele mesmo

  14. E aí FILHO DE DEUS! Quantos por cento do seu rabo pertence à deus? Você vai dar tudo pra ele ou só os 10%?
    Você não vê a hora de sentar no colo dele no paraíso eterno, heim?!

    É cada maluco!!!!

  15. Imagina mais de 2.000 mil anos pagando dizimos israel era pra ser a nação mais rica da terra.

  16. Filho de deus,

    Será que não percebe que os seus líderes inventam que é tudo de deus, inventam que é uma pechincha só dar 10% e ainda o pior: não enviam pora deus, embolsam, compram aviões, comem bem, gastam tudo como querem, passam bem com a invenção do dízimo!

    E os coitados dos irmãos satisfeitos em doar o suor do seu trabalho pra vagabundo falar bobagem e manter cesa a chama da ignorÂncia

  17. Quanta falta de respeito nesse blog. Perguntar quantos por cento do meu rabo pertence a Deus e que sentarei no seu colo no paraíso como se Deus fosse gay ou homossexual é passar de todos os limites da blasfêmia. Que vocês possam se arrepender a tempo para que Deus os perdoe por tudo que vocês escrevem nesse blog. É muito absurdo escrito sobre o Todo Poderoso em um lugar só. Vocês sabiam que Ele acaba com vocês e com esse blog se Ele quiser ? Não o faz pela misericórdia que tem da alma de vocês. Não o desafiem que quem vai sair perdendo é vocês. Ouça o conselho desse irmão que quer somente o bem de vocês apesar de vocês serem ateus. Que Deus desperte em vocês o interesse de conhecê-lo melhor …
    É o que desejo do fundo de todo meu ser e de todo meu coração !

  18. FILHO DE DEUS =>

    “”Quanta falta de respeito nesse blog. Perguntar quantos por cento do meu rabo pertence a Deus e que sentarei no seu colo no paraíso como se Deus fosse gay ou homossexual é passar de todos os limites da blasfêmia. “”

    A pergunta é pertinente, você mesmo disse que tudo pertence à Deus. Então seu rabo é dele. Quanto à sentar no colo dele, bom, a opção é sua. Conta aí, você não vê a hora de ir ao paraíso pra ficar juntinho dele. Né?

    “” Vocês sabiam que Ele acaba com vocês e com esse blog se Ele quiser ? Não o faz pela misericórdia que tem da alma de vocês. Não o desafiem que quem vai sair perdendo é vocês. “”

    Ui! Que medo! Prefiro o fim de tudo do que sentar no colo dele eternamente.

    “” Ouça o conselho desse irmão que quer somente o bem de vocês apesar de vocês serem ateus. Que Deus desperte em vocês o interesse de conhecê-lo melhor …
    É o que desejo do fundo de todo meu ser e de todo meu coração !””

    Cínico…

  19. Filho de deus,

    o que você pensa que está fazendo um bem desejando essa bobagens a nós ateus, é contrapoducente, faz mal, porque já nos llivramos dessas perversas maneiras de enganar o povo, inclusive você que vive alienado na palavra idiota, inventada de um dogma religioso..

    Não queira fazer o bem, segundo sua percepção, tente encontrar a verdade na realidade humana, aí se tornará livre de tudo. O bem pra você e ignorância pra nós…

  20. Eu fico me perguntando:Será que esses pastores vagabundos(Edir,valdemiro e cia) que roubam o dinheiro dos fiéis são ateus?

  21. sillenne,

    Pode ser que eles entendam que estão a serviço do seu deus, como sendo iluminados por uma força na qual creem….assim como há pessoas que creem que são deuses…

    Uma parte bem considerável compreende que são líderes donos da vontade de uma massa manobrável de gente pobre e coitada que não discernimento para sair da alienação. Eles acham que podem dominar que tem o direito de ter uma vida de luxo enquanto os outros os sustentam.

  22. Rio muito cos comentários e tiradas . Aquela q o cara pergunta quantos porcento do rabo do outro pertence a Deus foi de estrebuchar de rir kkkk :D

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: