Fé. Essa palavra pequenininha é, na sua essência, pura desonestidade intelectual em ação, potencializada, compartilhada e aplicada a certos temas, sob certas circunstâncias e durante um certo tempo, com um determinado fim individual ou coletivo.

Exemplificando:

Um evangélico, digamos, recebe o diagnóstico de que tem um tumor no cérebro que irá matá-lo em poucos meses. As chances são de que ele use sua “fé” mais ou menos nos seguintes termos e na seguinte ordem:

O diagnóstico deve estar errado: Deus não permitiria que tal coisa ocorresse comigo.

Quando vários outros médicos confirmam o mesmo diagnóstico:

Uma operação para a extirpação do tumor vai resolver o problema. Deus vai ouvir meus pedidos de cura e vai interceder.

Quando a operação não ajuda em nada e só debilita a condição física geral:

A medicina não pode me curar, mas minha fé no meu Deus pode. Vou melhorar e me recuperar mesmo que os prognósticos sejam todos contra; não vou morrer por conta desse tumor e os médicos vão ficar boquiabertos com minha cura milagrosa. Deus vai me usar para mostrar seu poder ao mundo.

Quando isso não se confirma e o fim se aproxima:

Não há por que me rebelar contra a vontade de Deus. Se minha hora chegou, eu vou partir e vou morar no Paraíso ao lado desse Deus que me ama. Se vou morrer tão jovem, de uma forma tão sofrida e lenta, é apenas porque assim Deus quer, e mesmo que eu não entenda o motivo, “existe um motivo”.

É inegável que, entre um estágio e outro, a fé em que algo de bom vá (ou possa) acontecer para mudar uma situação assim tão nefasta seja, de fato, de grande conforto para o crente em questão, bem como é inegável que umas doses a mais de qualquer bebida alcoólica nos deixe bem alegres, desinibidos, autoconfiantes, esperançosos, etc., mesmo sem nenhum motivo aparente para tais sentimentos, ou, o que é mais comum, mesmo com motivos para estarmos tristes, tímidos, com baixa autoestima, etc.

Mas ter fé é uma condição de desonestidade intelectual que não pode ser atingida por qualquer um. É preciso uma doutrinação eficaz, suficientemente longa, que permita que essa desonestidade seja subconsciente, inacessível à razão e protegida dela pela vontade consciente de não afrontá-la.

Não se pode negar que a fé pode ser útil em muitos casos, assim como, pra mim, dois copos de caipiroska podem ser úteis se eu não encontro coragem para abordar uma fadinha loira que sentou bem do meu lado num bar. Mas o Barros desinibido, articulado, galanteador, divertido, autoconfiante que ela vai conhecer não é o mesmo Barros que eu conheço. Eu estou, no fim das contas, vendendo gato por lebre. Estou sendo desonesto com uma outra pessoa.

Ter fé em Deus é ser desonesto consigo mesmo.


Anúncios

39 Respostas

  1. Barros,

    Foi um grande prazer ter participado de discussões com vocês, mas os teus posts estão perdendo em qualidade. Esse último foi o último mesmo que li. Sinceramente, Barros, tu pode fazer melhor que isso. Mas percebi que a tua idéia é desabafar mesmo. Percebo que tu sente um prazer em argumentar de diversas formas possíveis, mesmo que falaciosas, mesmo que forçadas, mesmo de qualquer forma, apenas para “aliviar” alguma coisa que lhe incomoda… sim, a fé.

    Talvez um dia eu volte.

    D. M.

    Quando tem post novo lá? E quero algo bom! A do calendário laico foi bem interessante.

  2. Olha aqui Israel algo interessante para você http://ceticismo.net/ciencia-tecnologia/determinando-a-idade-dos-fosseis/ hehehe.

  3. Olha Barros http://vidaeestilo.terra.com.br/homem/interna/0,,OI4288201-EI12827,00-Corpo+violao+age+como+droga+em+cerebro+masculino.html eu prefiro muito mais isso do que fé em um deus que não existe para me confortar, não estou sendo machista hein meninas. Eu tenho certeza que o mesmo acontece com as mulheres http://mentedesperta.com/2009/10/esmiucando-o-amor-e-as-leis-da-atraccao/ hehehe.

  4. Adeus, Israel.

    Obviamente respeito sua atitude, mas você perdeu uma excelente oportunidade de explicar pra todo mundo como e o quanto eu estou errado em descrever o processo de fingimento da fé no cérebro do crente.

    Eu não tenho ambições em me tornar um intelectual renomado e respeitado, portanto, meus textos podem mesmo ser inferiores. Mas o argumento está lá, feio ou bonito. E continua lá mesmo depois de você ir embora.

    Como eu disse, você perdeu uma ótima oportunidade de provar pra todo mundo que meus argumentos são fruto de uma frustração, que não correspondem à realidade das coisas.

    Como você está picando a mula, só deixa a impressão contrária e a certeza de que os crentes só se sentem à vontade com quem diz amém pra tudo.

    O Barros não diz amém!

    Vá com Deus!
    Ou Odin!
    Ou Shiva!
    Ou Krishna!
    Ou Lord Brähma!
    Ou Alá!
    Ou Ogum!

    Santa variedade de deuses, Batman!

  5. Na minha cabecinha, em formato de caixa d’água, se eu acreditasse que existe um paraíso, que existe algo muito melhor depois da morte, algo pelo que tanto esperei, e que seja fruto de uma vontade maior, de uma figura que eu amo mais que tudo, que vou ter toda a eternidade, enfim, tudo que implica em ir para o céu, ficaria feliz de deus ter me escolhido para ter um cancer e morrer agora e estar ao lado dele já. Não pensaria nem um pouco contra, podemos fazer uma analogia com uma mulher grávida, ela fica os 9 meses grávida aguardando o bebê e sabe que vai passar por uma dor fdp, e não vejo uma grávida que acredite que a gravidez (substitua a palavra gravidez por morte) será algo que lhe trará felicidade plena reclamar do fato que vai ter um bebê… Somente as grávidas que não querem estar assim e que não creêm que isso trará benefícios ou felicidade que reclama ou abandona seu bebê. Acho que achei uma analogia legal, se alguém quiser mostrar algum equívoco nela, agradeço.

    Fabenrik
    ateu e atoa
    atheist college

  6. Olha pessoas,o que vcs acham desse texto:

    http://medob.blogspot.com/2010/03/terceiro-segredo-de-fatima.html

    Fala sobre um segredo revelado pela igreja de que o mundo vai ser tomado pelo caos(riso malefico)que muitas pessoas vão morrer e só as boas(as que acreditam no super-man)vão viver.Excelente texto para assustar criançinhas.Boa leitura.

  7. Sensacional texto! Muito bem Barros! Conseguiu até fazer o Israel voltar a ler!

    A fé é a causadora da ignorância coletiva dos crentes! Seria uma doença para evitar “pensar”, “raciocinar”. Quanto mais conhecimento menos fé é necessário!

    Estou saturado com respostas pela “fé”…é apenas subterfúgio para quem nada sabe e quer que fique assim!

    abração a todos..

    estou ausente, de férias..encontrei um tempo pra lembrar dos amigos daqui! valeu pessoal!

  8. Saracura,

    Eu lia os outros texto, apenas não comentava pois via que eram carregados de paixões… além de muitíssimas falácias.

    E como meu olhos não são pinico, “larguei fora” mesmo.

    Barros,

    Não, caro amigo, inclusive eu assino mais de 10 sites ateus, e participo de alguns. O teu é que está com uma péssima qualidade.

    Não é uma crítica de um crente, mas de um leitor.

  9. Observação: eu apenas discuto em grupos com ateus. Não entro na internet para discutir com outros cristãos.

  10. Terremoto no Chile pode ter encurtado duração dos dias, diz Nasa
    Cientista calculou que tremor mudou o eixo da Terra em 8 centímetros.
    Abalo na região de Sumatra, em 2004, deslocou o eixo em 7 centímetros.

    http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1511873-5603,00-TERREMOTO+NO+CHILE+PODE+TER+ENCURTADO+DURACAO+DOS+DIAS+DIZ+NASA.html
    ______________________________

    Mateus
    24:22 E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
    ______________________________

    kkkkk

  11. Anônimo
    Isso é natural e sempre aconteceu http://www.todooceu.com/detalhamento/generalidades_terra.html .

  12. E lembre-se a Biblia fala de uma serpente falante já disse aqui antes que as cobras são surdas, imagino como ela aprendeu a falar hahaha.

  13. Leonardo,
    A Bíblia fala tambem da jumenta de Balaão que falou.
    Por acaso vc ver jumenta falando por ai?

    Já disse!
    Com a otica natural ce nao vai mesmo entender a biblia. NUNCA.

  14. Barros disse:

    Vá com Deus!
    Ou Odin!
    Ou Shiva!
    Ou Krishna!
    Ou Lord Brähma!
    Ou Ogum!
    ______________
    Destes apenas o 1º Deus corresponde! O resto é fichinha.
    Falo FICHINHA NA PRÁTICA.

  15. Hehehe tá vendo mentiras na Biblia Hagnus ? Caso não seja isso explique para mim.

  16. Israel Gonçalves de Oliveira escreveu:

    O teu é que está com uma péssima qualidade.
    Não é uma crítica de um crente, mas de um leitor.

    Israel, você esqueceu de fundamentar seu argumento. Está péssimo por quê? Por que não é o que você quer ler? Minha descrição do pensamento ilusório do crente está equivocada? Não é dessa forma? Por que você não me desbanca? Por que não esmaga meu argumento de que é desse jeito que o crente vive seu sonho de Deus? Por que não dá a sua versão? Por que não mostra o quanto eu estou errado?

    Dizer que está ruim é fácil. Fugir da raia é mais fácil ainda.

    Deus é uma ilusão humana. Eu encho meus textos com argumentos que fundamentam essa afirmação. Você vir aqui e dizer que o texto está péssimo e dar tchau não é o bastante.

    Fé não é o bastante.

    Inté.

    PS — O Barros não diz amém!

    SARACURA!!!

    Obrigado, meu nobre. Espero voltar a vê-lo por aqui. Aproveite bem suas férias!

  17. Conheci o site através do Saracura. Não sou ateia, mas também não sou nenhuma crente (em Deus, nunca evangélica) xiita. Minhas crenças me permitem ter visões críticas sobre os mais variados assuntos acerca de religião, Deus. Sou de família católica, mas hoje posso dizer que não faço parte de nenhuma religião.
    Não leio todos os posts, mas o que li primam por expor pontos de vista sem rodeios e muitos deixam os crentes (principalmente evangélicos) de cabelo em pé. E claro, a recíproca é verdadeira com fatos que volta e meia presenciamos diariamente.
    Sobre o pesente post, Fé, gostaria de relatar dois exemplos que levaram meu queixo ao chão e a sentir pena das pessoas que compram essas ideias.

    1- Num dos programas evangélicos da Record, pela manhã, um grupo de pastores foi à Terra Santa para “refazer os caminhos de Jesus”, do nascimento à crucificação. De volta ao Brasil, troxeram duas relíquias para vender. Pasmem, não sei como, mas eles conseguiram:

    – Raspas de madeira da cruz que jesus foi crucificado.
    – Alguns espinhos da coroa que Jesus usou.

    2 – Na Rede TV, um pastor conclamou os fiéis que passavam por problemas amorosos para que pusessem uma garrafa d’água ao lado da TV, porque no próximo bloco ele iria “consagrar” essa água para que o casal bebesse e através dela o Espírito Santo agisse em prol do relacionamento.

    Em suma, só a fé explica esses “fenômenos”!

  18. Poi é Suellen é triste mas é verdade a fé sem razão é pura cocaina mesmo.

  19. Pois é Suellen,a religião é o ópio do povo.

  20. Fé ?
    Fé demais ou Fé demenos? ou fede muito?

  21. Movimento pela paz mundial.
    Vamos acordar amanhã e rezar 2000 pai e nosso,se até as 17:00 nada mudar,todo mundo se converte ao Ateismo.

  22. viu sua definição de fé esta errada se o crente tivesse fé ele não teria saído da primeira hipótese porque a definição de fé é
    A fé se relaciona de maneira unilateral com os verbos acreditar, confiar ou apostar, isto é, se alguem tem fé em algo, então acredita ,confia e aposta nisso, mas se uma pessoa acredita ,confia e aposta em algo, não significa, necessariamente, que tenha fé. A diferença entre eles, é que ter fé é nutrir um sentimento de afeição, ou até mesmo amor, pelo que acredita,confia e aposta. então no caso a pessoa mudou de situação não porque ela teria fé mais porque ela teria acreditado que seria salva isso não foi muito convincente :)

  23. Barros
    Você vai direto ao ponto; fé é mesmo uma questão de desonestidade intelectual. Lendo esse texto me lembrei de um caso acontecido a alguns anos com uma família de católicos praticantes. Uma das moças da família engravidou numa dessas ocasiões de momento; na época ela era universitária, morava com os pais, de boa condição financeira, inclusive tinha o próprio carro. A moça decidiu ter a criança e esconder dos pais a gravidez o quanto fosse possível. Lá pelo 5º mês, quando ela já sabia até que era um menino, a mãe descobriu. Resumindo, na sexta-feira a moça estava grávida, na segunda-feira não estava mais. A forma pela qual encerraram a gravidez eu considerei bárbara: foi uma cesárea e nem gosto de pensar em como o bebê faleceu. A moça esteve por uns tempos muito perturbada e anos depois casou-se e teve uma menina. A forma como ela se relaciona com a filhinha parece só fazer sentido para mim; a mãe dela age como se não pudesse sequer começar a compreender. A rotina dessa mulher é um espanto: acorda cedinho, vai à 1ª missa, volta para casa, acompanha novenas pela televisão, participa e promove novenas em ao que parece, todos os dias do ano, tem não um, mas dois mini-altares em casa, repletos de santos para os quais reza e acende velas;faz uma coisa esquisita que consiste em a cada ano se abster de determinado alimento. Ao mesmo tempo, é uma pessoa mesquinha, rancorosa e preconceituosa no trato com as pessoas. Adivinha? Ela está convicta de que por ser tão devota, tem um lugar garantido no céu. Muitas vezes a ouvi dizer: minha fé em Deus é quem me guia.
    A filha precisa urgentemente de atendimento psicológico, no mínimo; a neta aliás também precisa mesmo sendo pouco mais que um bebê. Essa mulher, junto com o marido, que é uma espécie de figurão aqui na cidade, é responsável pela situação triste dessa moça, mas eles nunca vão assumir o absurdo de tudo isso, muito menos a tremenda hipocrisia de ter levado a própria filha a esse ponto, apenas pelas aparências, enquanto participam de todos os rituais estúpidos de sua religião e se consideram por isso eximidos do que fizeram não só à fiilha como à neta, que muito antes de nascer já estava destinada a ter uma vida complicada. A propósito, já mandaram até benzer a menina, por ela ser tão “difícil”.

  24. Shirley, é por essas e outras hipocrisias que a religião tem que ser vista pelo que é: uma coisa perniciosa, prejudicial e completamente desnecessária. Em uma palavra: nojenta.

    Anônimo, pelo que entendi, a fé como você a enxerga só existe na teoria, porque, na prática, ela é pura desonestidade e hipocrisia, exatamente como eu descrevi. Ou então, você deve viver em outro planeta.

    Fé religiosa é uma conveniência adaptada a cada situação, de forma a parecer que faz algum sentido, ou que tem algum efeito.

  25. “Obviamente respeito sua atitude, mas você perdeu uma excelente oportunidade de explicar pra todo mundo como e o quanto eu estou errado em descrever o processo de fingimento da fé no cérebro do crente.”

    Tenho certeza de que você jamais poderia conversar com pessoas inteligentes. Como assim, a fé é fingimento, e ainda mais no cérebro? Seus súditos são muito mais obtusos que você. Provavelmente terei que desmascará-lo, pois sua tosca mentalidade agride até aos confins da humanidade. Vou traduzir alguns textos-pérolas seus para o inglês, e em breve terás relâmpagos de refutação pelo mundo a fora. E, também em breve, saberão quem sou eu. No Brazil você pode ser uma “celebridade”, mas veremos em que seus argumentos vazios darão diante de pessoas dispostas a fazerem guerra de verdade.

  26. Tenham “fé” na mídia do twitaço e propagandeia que o lularápio-Nazi-muda-fuças tá com índices de aprovação estupendo, batendo lá nas alturas. Se a justiça do barbozinha deixar esse elemento vagando por aí, sabemos que é tão CONDENADO quanto a sua gang; qualquer um pode em legítima defesa não esperar que esse indivíduo faça mais nada de ruim conosco.

  27. Estamos lidando com um Nazi no Brasil. Esse lula desgraçado andou pelo mundo forjando a “crise”. Se não desfizermos essa “teia” os assassinatos nas escolas e nas cidades como está acontecendo agora nos EUA e em São Paulo, o povo no Brasil, os países, tão fritos.

  28. LIVRE

    Vou traduzir alguns textos-pérolas seus para o inglês, e em breve terás relâmpagos de refutação pelo mundo a fora. E, também em breve, saberão quem sou eu. No Brazil você pode ser uma “celebridade”, mas veremos em que seus argumentos vazios darão diante de pessoas dispostas a fazerem guerra de verdade.

    Barros modo exportação…rsrs
    Agora fiquei curioso, quem realmente você é LIVRE?!

  29. “Um grupo de cientistas do Center for Spirituality and the Neurosciences, da University of Pennsylvania, EUA, está a investigar como a fé e a espiritualidade afectam a saúde e o comportamento humano”. Segundo cientistas, até ATEUS têm fé. Felizmente a falsa e enganosa inteligência ateísta não passa de uma desesperada tentativa de convencer as pessoas de suas absurdas e incoerentes ideias. Espero que a ciência desvende logo esse fenômeno chamado “ateísmo”, e que seja rapidamente erradicado da sociedade humana.

    http://www.drashirleydecampos.com.br/noticias/27024

  30. LIVRE, LIVRE…
    Eu realmente tenho fé que um dia a humanidade evolua a tal ponto que criaturas teleguiadas como você não existam mais, porque terão passado a raciocinar com o cérebro, ao invés dos intestinos.

  31. É impressão minha ou o Livre não sabe redigir sua própria contra-argumentação?Por que ele não lê seus mentores e, a partir deles, formula suas próprias ideias?Estranha liberdade,não?

    P.S.:só espero que um de seus mentores não seja o ridículo do Craig.

  32. O mais interessante nos ateus, nem seria a aberração em si de sua ignorância, mas a nauseabunda postura supostamente irônica, e a desesperada tentativa de sentirem-se inteligentes, agregando-se como vermes para formar colônias. Tal postura é tão asquerosa que em nenhum grupo são aceitos. Ninguém quer ficar perto de ateus. Mas por quê? Se fossem realmente um grupo interessante, com ideias inovadoras, e simpáticas sugestões para a convivência social, certamente encontrar-se-ia ateus em todas as alas da sociedade, no entanto, o que se constata é que ateus só servem para ateus. Eles mesmos se erradicam e segregam-se, por serem insuportáveis em seu egoísmo, arrogância, maldade; e porque ninguém mais suporta o estranho odor que sai de sua boca, o hálito podre da mentira.
    A frase da pequena Shirley. S. Rodrigues serveria como exemplo em uma dissertação sobre a escória ateísta. Quem, estando bem moralmente, diria (escreveria) que alguém “raciocine com os intestinos”? Obviamente se há alguém “teleguiado” aqui é essa moça de boca mal cheirosa, e de hálito cruelmente satânico.

    Não esperem diálogo, pois o que ateus fazem jamais será considerado diálogo ou debate. O dialeto do ódio e solidão pertence apenas a vocês, minoria das minorias.

  33. Eu só digo uma coisa “Sr. Livre”

    UAAAAAAAAAALLAAAAAAAAAAAAAAAA

    todo mundo loco obaaaaaaaa; todo mundo loco obaaaaaaaaaa

  34. Livre
    o mais provável é que você seja um troll; mesmo já tendo topado variados graus de ódio e alienação crentes, você exagera um bocado e de forma muito espalhafatosa para ser verdadeiro.

  35. “Há infurnado no Brasil um PULHA que de vagabundo-arruaceiro encostado no Sistema de Saúde, depredou o País, e “milagrosamente” em oito aninhos se tornou BILIONÁRIO. Nos desgraçados dias desse facínora alastrou-se a laia dos pastutos-donos-de-bairros e apareceu as “milícias-do-facão”.

    Essas milícias agem para que através do desespêro as pessoas encurraladas e sem dinheiro só tenham um único lugar pra se afunilarem para abate: igrejas protestantes-evangélicas (que vão comendo a Sociedade como uma traça infecto-perniciosa).

    Os assassinatos dentro de escolas e de civis em ruas e casas são tão somente a covardia daninha de apavoramento armada por governos espúrios que se escondem por trás de máscaras de “bonzinhos” e “protetores”.

    O criminoso com seus comparsas jogou e joga os escuros contra os claros, e formata escolas como posses-prisionais; chega à desfaçatez de “escolher” uma figura-nula de “oposição” para, numa mídia comprada, fazer sua interminável “campanha”.

    Quanto mais corrupto é um governo mais “polícia” (e quadrilhas milicianas) há, e menos educação e informação honesta há.

    Os pastutos perdendo fregueses que vão deixando de ser bestóides enganados, agrupelham jovens nas favelas aumentadas pelo lula-safado-ladrão e os espalha em praças, sentados, com toletes de bibras à mostra. Esses infelizes berram, e se curvam, e ficam à espreita do andar das pessoas; numa sistemática arruela em formato parecido com o ajuntamento de islâmicos.

    É a “fé”, a religião, posta como ARMA de afronta, de mêdo, de aliciamento, por propaganda de doutrinamento de covardia e violência.

    Isso é a teo-pulhítica que assola os países pela intimidação de facínoras cravados no poder governamental.

    Urge sanarmos isso.

    Disse um parlamentar sobre a situação crítica em que está o Brasil hoje:

    ” Ainda nem acabou um escândalo e o PT começa outro? Não se trata mais só do mensalão, virou uma sem-vergonhice geral”…

    E o muda-fuças lularápio, corrupto, mentiroso, com os BILHÕES ROUBADOS do bolso do povo, compra mídias pra vender sua imagenzinha de calhorda. E ainda tem “governadores” no saco desse pulha, que adora o serrinha-nulo-estúpido para “oposição”. É uma farsa, uma lavagem já comida e estragada. Esse pústula tá MORTO, em todos os sentidos.

    Se continuar “solto” perambulando pelo País, cabe aos brasileiros impetrar uma legítima defesa se topar com esse nocivo na rua ou num palanque.

    Esse bicho pode encapar até juízes, mas um ser humano tem o dever de extinguir um tumor corrosivo desse no viver da Sociedade.”

  36. […] Fé […]

  37. Realmente TER FÉ é um MALABARISMO MENTAL COMPLEXO, mas comparar essa percepção incentivada pela bíblia com bebidas é muito mau gosto, sr Barros :( saiba que é útil e em muitos casos dá resultados, se for essa a vontade de DEUS.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: