Hermenêutica & Exegese: A Maior das Trapaças

Por Shirley S. Rodrigues

Uma das coisas que mais aborrecem o crente cristão é ser confrontado com as práticas brutais e/ou insensatas constantes em muitas passagens do Antigo Testamento, principalmente.

Perguntados, por exemplo, se consideram certo que Deus tenha ordenado o apedrejamento de adúlteros (Levítico, 20:10); ou se é procedente a orientação de não tocar em mulheres no período menstrual (Levítico 15:19); ou se Deus estava sendo pelo menos justo ao instruir o profeta sobre a forma de se tratar os escravos (Êxodo 21:21), visto que a prática da escravidão deveria, por sua própria natureza, ser terminantemente proibida por Deus, o crente minimamente instruído irá se irritar e responder que para tais questões é necessário levar em conta a exegese e a hermenêutica. E o fará com aquela expressão que diz: pensa que sabe de tudo, é? Com isso entenderá que respondeu magistralmente a questão e esperará que o interlocutor sinta-se encurralado.

Interessante notar que não serão poucos os que se deixarão intimidar, ao menos momentaneamente, por esse argumento enganador. Por que é enganador? Porque Deus é perfeito. A perfeição divina é a pedra angular da fé. Ou é o que alegam as religiões cristãs.

Nem mesmo o argumento do amor divino tem o status do argumento da perfeição divina. Quando se propõe que um crente considere o amor divino como real, tendo em vista o sofrimento de seus ‘filhos’, ele, crente, não se incomoda com a contradição. Afinal, o amor de um pai, por incondicional que seja, está sujeito ao comportamento do filho, isto é, um pai não poderá proteger seu filho de tudo e de todos, não raro de si mesmo, todo o tempo. De modo que esse é um argumento que encontra eco na experiência do crente enquanto ser humano, podendo então ser racionalizado.

Já a perfeição divina, esta, por paradoxal que seja diante dos fatos constantes na existência humana, é argumentação definitiva; é definitiva, novamente de forma paradoxal, porque o ser humano está sempre agudamente cônscio de sua própria falibilidade. Necessita desse porto seguro, de contar com alguém que é perfeito e em algum tempo e lugar resolverá de forma ideal todas as questões inerentes à condição humana.

É amparada na concepção da perfeição divina que a religião cristã em suas variadas confissões se sente autorizada a cooptar fiéis, pois é portadora da palavra divina; é amparada nessa concepção que a religião se permite determinar comportamentos e condutas como certos ou errados, interferindo também no comportamento e conduta de quem não professa a religião; é também a proverbial cenoura na frente do burro.

Dessa forma, no momento em que alguém alega a necessidade de interpretação e contextualização dos textos bíblicos, está agindo de forma enganadora. Ou Deus é perfeito ou não é. A hermenêutica e a exegese podem ser aplicadas a tudo, menos a Deus e sua palavra, a Bíblia. Se ele é perfeito, não pode haver dúvidas sobre o que quis dizer; nem mesmo se poderia argumentar, in extremis, que o veículo usado para expressar essa palavra ou entendeu mal ou exorbitou.

Sendo Deus perfeito, numa questão fundamental como seria transmitir suas orientações aos seus ‘filhos’, ele não poderia permitir engano de espécie alguma. De maneira que, se era válido apedrejar adúlteros milênios atrás, tem que continuar sendo válido hoje. Se ofendia o todo-poderoso, há dois, três mil anos, que seus ‘filhos’ trabalhassem no dia a ele dedicado, continua a ser ofensivo hoje. Ou é assim, ou Deus não sabe o que faz, ou não tem certeza do que faz; se assim é, ele não é perfeito.

Qualquer pessoa disposta a realizar esse exercício de pensamento com um mínimo de honestidade chega a essa conclusão, tão simples. Qualquer pessoa disposta a passar por cima da coerência e da honestidade em nome da fé, usando o argumento da necessidade da interpretação e contextualização, é um trapaceiro intelectual e nem mesmo a fé justifica tal coisa.

deus-e-o-genoma-crop

Anúncios

102 Respostas

  1. Ótimo texto. Parabéns. Que o Barros continue a encontrar grandes colaboradores como você. Eu ainda sonho em começar a colocar no papel minhas heresias, lapidá-las para que possam ser dignas de publicação. Não consigo passar de um punhado de textos curtos. Uma hora vai me baixar inspiração para me expressar bem e compartilhar com vocês toda a ‘fé’ que tenho.

  2. Excelente texto! Bem fundamentado, direto, preciso, e num estilo quase jornalístico. Eu gosto muito das construções frasais da Shirley. Ela emprega as palavras com precisão cirúrgica!

    Parabéns!!

  3. Ah! Lembrei desse argumento disseminado por várias denominações evangélicas:

    Amado, esses mandamentos de Deus de apedrejar e matar pessoas só era válido para o povo escolhido. Todo o AT é direcionado para os hebreus, e Deus “respeitava” a conduta que eles tinham na época, que era meio de olho por olho e dente por dente. Com Jesus, tudo mudou. E vale o Novo Testamento apenas…

  4. Gosto muito do seu estilo. Seu texto é um deleite em forma, graça, correção e nas idéias. Perfeito. Sempre fui seu fã nos comentários! Abração

  5. Adorei o texto, Shirley. Queria ser tão bom como você, mas me falta a argucia que você sempre teve, vide seus comentários. Espero que venham outros. Parabéns!

  6. Fernando, Barros, Saracura, K’

    Eu agradeço muito mesmo os elogios. Sou ainda mais grata pela oportunidade de expressar um pouco das coisas que penso.
    Fernando, seus comentários são sempre ótimos e bem escritos, além de ter um humor bem refinado.Gostaria muito de ler suas ‘heresias’ e que você compartilhasse sua ‘fé’…rsrsr
    K’ eu penso que se a gente tiver a disposição para se expressar de forma honesta, sem pretender, como se diz, torturar os fatos para que eles confessem o que quisermos ouvir, tudo flui mais facilmente.

  7. Barros

    Esse “amados” sempre me faz dar risada, acho que é por causa de uma série que você escreveu, se bem me lembro é sobre um manual de instruções.
    Quanto mais a gente tenta entender a lógica de Deus, mais enrolada fica.
    Não teria que ser o contrário, os hebreus respeitarem as leis divinas, ou as inclinações divinas, ou preferências, sei lá?
    Mas uma coisa é fato, com Jesus tudo mudou, até o deus de plantão. Fui procurar no Google uma imagem sobre Deus, só dá Jesus.
    Deus mesmo só em charges. Anda cada dia mais desmoralizado, esse todo-poderoso…rsrsrsrs

  8. ss
    Uma das coisas que mais aborrecem o crente cristão é ser confrontado com as práticas brutais e/ou insensatas constantes em muitas passagens do Antigo Testamento, principalmente.

    R: o que mais me aborrece é ser padronizado por ateus limitados a apontar contradições bíblicas, não só falta fé como também os argumentos .

    ou se Deus estava sendo pelo menos justo ao instruir o profeta sobre a forma de se tratar os escravos (Êxodo 21:21), visto que a prática da escravidão deveria, por sua própria natureza, ser terminantemente proibida por Deus,

    R: em uma época onde predominava uma cultura politica escravagista, isso seria o mesmo que a presidente do Brasil institui-se o fim do comercio de carnes alegando que isso representa algo injusto e desumano contra os animais .
    Moisés era um legislador com uma moral acima da media da sua época, instituindo leis humanitárias que mandava libertar escravos, proteger viúvas , órfãos e estrangeiros.
    Mas querer exigir dele a libertação total dos escravos, seria o mesmo que pedir para ele cometer um suicídio.
    Alem do mais não confunda homens com Deus.

    Porque Deus é perfeito. A perfeição divina é a pedra angular da fé. Ou é o que alegam as religiões cristãs.

    R: se a Perfeição não existe então as imperfeições também não existem? esses são conceitos humanos tentando encontrar uma razão sem poderem altera-la.

    Necessita desse porto seguro, de contar com alguém que é perfeito e em algum tempo e lugar resolverá de forma ideal todas as questões inerentes à condição humana.

    R: sua fé, tenta limitar a nossa apenas a uma carência humana,mas talvez se vocês tivessem encontrado o deus ateu gênio da lampada magica seriam crentes dele.

    Nem mesmo o argumento do amor divino tem o status do argumento da perfeição divina. Quando se propõe que um crente considere o amor divino como real, tendo em vista o sofrimento de seus ‘filhos’, ele, crente, não se incomoda com a contradição.

    R: Não existe nenhuma contradição, se Deus criou a ignorância, a dor e o sofrimento é porque eles são necessários a percepção da vida, voce ateus pensam que podem evidenciar a inexistência divina apenas apontando a vida que não lhes agradam, tentar usar a dor como evidencia que Deus não existe é tão sensato quanto tentar usar os prazeres como evidências que Deus existe, infelizmente voces são partidários parciais desta causa..

    Necessita desse porto seguro, de contar com alguém que é perfeito e em algum tempo e lugar resolverá de forma ideal todas as questões inerentes à condição humana.

    R: alguns acreditam que ja possuem um porto seguro, enquanto outros caminham na esperança de encontrarem um porto seguro, você ateus caminham acreditando que encontrarão o abismo capaz de separar a razão da existência, o sentido do ateísmo finaliza na crença da total perda da razão.
    Veem na morte a fuga da existência que não podem dominar, nem imporem seus caprichos , essa sensação de impotência de submissão a um poder maior te incomodam , levando a crença que são filhos do acaso casado com leis físicas cegas e burras.

    Qualquer pessoa disposta a realizar esse exercício de pensamento com um mínimo de honestidade chega a essa conclusão,

    R: de que Deus contem e não pode ser contido, ateus tentam conte-lo dentro de um livro para se sentirem os grandes donos da razão, ateus bíblicos são limitados em termos de argumentos racionais capazes de defenderem suas descrenças.

  9. obs. não precisa agradecer pelo comentário ! he…he…he…he…he
    apenas tente refutar .

  10. de que Deus contem e não pode ser contido, ateus tentam conte-lo dentro de um livro para se sentirem os grandes donos da razão

    E os crentes, para continuar com sua brincadeira de casinha cósmica, dizem que conhecem bem o seu Deus ao mesmo tempo em que dizem que Deus é um mistério inalcansável pela mente humana….

    Muito prático…

  11. Criaturo

    Se você procurar aqui no blog vai encontrar respostas do Barros sobre porque ateus falam tanto da bíblia; é na verdade uma coisa óbvia, mas vá lá, procure.
    “…não só falta fé…” Sério Criaturo? Você fala como se fosse obrigatório ter fé, como se fosse condição essencial do ser humano. É em afirmações como essa que se revela a intolerância do crente.

    “em uma época onde predominava uma cultura politica escravagista, isso seria o mesmo que a presidente do Brasil institui-se o fim do comercio de carnes alegando que isso representa algo injusto e desumano contra os animais .”

    Burra e inepta como ela é não seria de se duvidar. E aí está você interpretando e contextualizando a sagrada palavra, hein? Afinal, quem mandava lá na terra dos hebreus, o povo escolhido por Deus? Ele com certeza é que não era.
    E não tem como não confundir homens com Deus, o segundo é cuspido e escarrado a cara dos primeiros.

    ” Não existe nenhuma contradição, se Deus criou a ignorância, a dor e o sofrimento é porque eles são necessários a percepção da vida, voce ateus pensam que podem evidenciar a inexistência divina …” e daí em diante.

    Não existe nenhuma contradição num ser que é amor mas que entende ser necessário submeter seus amados filhos a provações que muitas vezes lhes retiram tudo, até mesmo a consciência da própria humanidade, vide os campos de concentração. É ,não existe mesmo, já que esse ser não existe. A contradição é a da pessoa que acredita nisso tudo e diz que só depois que morrer é que vai começar a viver. Faz todo o sentido.

    “essa sensação de impotência de submissão a um poder maior te incomodam ,…”

    Me incomoda nada. Eu começaria a ficar muito preocupada que meu senso do ridículo estivesse falhando a tal ponto que começasse a considerar ‘um poder maior’ a quem eu devesse ser submissa.

    “…, levando a crença que são filhos do acaso casado com leis físicas cegas e burras.”

    Se você for pensar bem, os crentes é que são filhos do acaso, esse Deus que nunca está onde deveria estar, que é todo-poderoso mas não deu conta de controlar alguns milhares de hebreus, que perdeu o posto para alguém que apareceu dizendo que era filho dele e que por fim, foi tão inapto que criou uma série de leis burras e cegas que ninguém jamais levou a sério, só usam quando convém.
    E sim, vou agradecer a você também, refutado já está…he…he…he…he

  12. VAL DISSE:
    conhecem bem o seu Deus ao mesmo tempo em que dizem que Deus é um mistério inalcansável pela mente humana….
    Muito prático…

    R: Santa contradição! menino prodígio!.

  13. Criaturo

    Olha que coisa. Outro dia você reclamou que citei apenas uma parte de um comentário seu. Disse que isso não era certo, pois eu estava intencionalmente descontextualizando e fazendo parecer uma coisa que não era.
    Mas só nesse post você já fez isso duas vezes e com o Barros pegou pesado, hein?
    Colocou um trecho de forma a fazer parecer que ele está sendo incoerente e depois ironizou. Onde a caridade cristã, Criaturo, onde?

  14. Tudo o que o cristão “sabe” a respeito de Deus está na Bíblia. Toda a sua doutrinação religiosa é baseada na Bíblia. Aí, depois, ele vem com essa de que “Deus não pode estar contido na Bíblia”.

    Mas é claro que ele vai dizer isso, afinal, é a única maneira que ele tem de deixar Deus a salvo das nossas críticas. Admitir que a Bíblia é a palavra de Deus, só mesmo quando convém…

  15. SS

    IRÔNIA ! sim mestra das palavras ocultas ou seriam cultas ?

    Mas só nesse post você já fez isso duas vezes e com o Barros pegou pesado, hein?

    R: tem dó não, que esse menino levado carece disso.

    Colocou um trecho de forma a fazer parecer que ele está sendo incoerente e depois ironizou. Onde a caridade cristã, Criaturo, onde?

    R: ja te falei que o sofrimento neste mundo ainda é necessário
    pense nisto:

    “Deus na sua essência é o equilíbrio absoluto.
    Então o desequilíbrio tornou-se necessário a existência da criação.”

  16. val

    Mas é claro que ele vai dizer isso, afinal, é a única maneira que ele tem de deixar Deus a salvo das nossas críticas. Admitir que a Bíblia é a palavra de Deus, só mesmo quando convém…

    R: então a bíblia convêm a vocês sempre, ja que limitam-se a refuta-la na ilusão que refutam a Deus.

  17. Criaturo

    Deixa ver se entendi. Você age com grosseria na “casa” do Barros, pretendendo ofender a ele por meio de uma manobra desonesta. Eu chamo sua atenção para a contradição de alguém que se diz crente no deus-amor praticar atos nada amáveis. Você me responde que o sofrimento no mundo ainda é necessário.
    Nesse caso, eu devo definir ‘sofrimento’ como o eventual constrangimento a que você tentou submeter o Barros (na hipótese de ele ter se sentido atingido, o que duvido muito)?
    E se for assim, esse seu deus maluquinho encarregou você de sair distribuindo o tal sofrimento? Ou por outra, ele te designou como o agente do tal desequilíbrio necessário?

  18. ss
    Se você procurar aqui no blog vai encontrar respostas do Barros sobre porque ateus falam tanto da bíblia; é na verdade uma coisa óbvia, mas vá lá, procure.

    R: sim é obvio que os argumentos ateus são limitados as contradições bíblicas, oh dó!

    Você fala como se fosse obrigatório ter fé, como se fosse condição essencial do ser humano. É em afirmações como essa que se revela a intolerância do crente.

    R: comentários como esse revelam a falta de argumentos ateus, faz isso não fia, que seu potencial pode ir bem mais alem de um mimimimi.

    Onde a caridade cristã, Criaturo, onde?

    R: aqui com certeza é que não esta :
    ” Burra e inepta como ela é não seria de se duvidar”

    E não tem como não confundir homens com Deus, o segundo é cuspido e escarrado a cara dos primeiros.
    R: de fato somos pequenas parte de Deus, embora voce tenha uma visão pessimista quanto a isso.
    voce faz bem em ser ateia de deuses humanizados, porem não deveria ser radical quanto a possibilidade de um principio inteligente.

    Não existe nenhuma contradição num ser que é amor mas que entende ser necessário submeter seus amados filhos a provações que muitas vezes lhes retiram tudo, até mesmo a consciência da própria humanidade

    R: voce fala como se fosse o pastor Davi Miranda,mas a vida prova que o amor fere, que a dor existe e que a morte não discrimina crenças nem seres, então Deus é bem mais do que conhecemos como amor, Deus é tudo, todos e o Todo.
    Deus não tira a consciência humana, mas humanos se esforçam muito para perde-la, praticando atos irracionais, anestesiando-se com drogas e por fim ateus pregando que podem perder a razão a qualquer instante suas vidas perderão todo o sentido.

    A contradição é a da pessoa que acredita nisso tudo e diz que só depois que morrer é que vai começar a viver. Faz todo o sentido.

    R: viver esperando por um breve final da existência, faz algum sentido para voce ? A diferença é que eu acredito que após minha morte eu continuarei tão vivo quanto agora, mas pessoas que acreditam na morte eterna após a morte poderão apenas pensar que estão tendo sonhos lúcidos,mas um dia perceberão que estes sonhos não acabam e que elas não conseguem despertar, então despertarão surpresas ao entenderem que morte e vida se confundem no estado passageiro que as consciências se encontram.

    Eu começaria a ficar muito preocupada que meu senso do ridículo estivesse falhando a tal ponto que começasse a considerar ‘um poder maior’ a quem eu devesse ser submissa.

    R: então esta sua crença em uma suposta liberdade faz bem ao seu ego ? Interessante se voce se considera filha de um acaso burro então por que se deixa limitar por ele? não consegue se libertar, então onde é que esta a sua autonomia própria ?
    Prove que voce não esta submissa ao criador, controle as batidas do seu coração, experimente a sensação dele não poder bater mais por leis fisicas independentes da sua vontade ou inteligencia.

    Se você for pensar bem, os crentes é que são filhos do acaso, esse Deus que nunca está onde deveria estar

    R: como ja disse ateísmo é a crença do orgulho de querer ser livre, vejo que você ja se acha acima de Deus, ensine então onde Deus deveria estar ?

    foi tão inapto que criou uma série de leis burras e cegas que ninguém jamais levou a sério, só usam quando convém.

    R: burros e cegos são os que ainda ignoram essas leis, como Jesus resumiu o bla…bla…bla…biblico “ame ao teu irmão,perdoe e deseje o bem aos seus inimigos, não volte as costas aos que te pedem emprestado”esta é a verdadeira lei de Deus, que todos devem ensinar e praticar.

    E sim, vou agradecer a você também, refutado já está…he…he…he…he

    R: fico feliz que as minhas palavras a tenham deixado feliz

  19. Shirley, querida, eu não me senti constrangido, não. Na verdade, a única coisa que eu sinto é vergonha alheia, ao ver que pessoas às vezes tão inteligentes acreditam mesmo nessas bobagens.

    Outro dia, um cara quis me constranger, me intimidar, sei lá, dizendo que minha alma iria sofrer no Inferno (isso porque ele achou que eu estava dizendo blasfêmias contra o Deus dele). Aí eu respondi: “Eu quero que a minha alma se foda!!!”. Aí outro cara falou: “É, como ele é ateu, a gente não pode nem ameaçá-lo com o Inferno, que não adianta nada”. Kkkkkkkkkkkk

    Agora chega, que eu estou sozinho no meio do mundo, num hotelzinho bem vagabundo. Longe do meu amor…

    Como sempre acontece quando estou triste, eu fui fazer compras. Comprei dez moleskines de todos os tamanhos. Gastei uma fortuna, mas agora estou feliz. Sem Deus, mas feliz…. Kkkkkkkkkk

    Boa-noite, crianças. Agora vou pro quarto, que tenho que escrever uma dissertação sobre o pior acidente aéreo de todos os tempos, em inglês! Vê que chique!

    A Paz do Senhor, irmãos. Que Deus ilumine e proteja vocês, seus parentes, seus cachorros, suas finanças, e tudo o mais que vocês têm. Se ele não proteger, é porque — como eu sempre digo — é uma divindade bem filha da puta! Kkkkkkkk

    Dá um desconto aí, que eu tomei umas caipiroskas ali na feira!! Kkkk

  20. ss
    Deixa ver se entendi. Você age com grosseria na “casa” do Barros, pretendendo ofender a ele por meio de uma manobra desonesta.

    R: voce não poupa elogios heim ? burro , iludido e agora tambem desonesto e hipócrita.
    Saiba que dizer algo que algumas pessoas precisam ouvir, sempre sera uma caridade, caso contrario não existe 100% de aproveitamento.
    Não pretendi ofender ninguém, se tem alguem que tenta ofender crentes usando um vocabulário chulo e totalmente desnecessário é ele com seu textos e imagens agressivos,mas fique tranquila que ja nos conhecemos algum tempo e ele ja ta acostumado a falar e a ouvir sem se emocionar muito.

    Nesse caso, eu devo definir ‘sofrimento’ como o eventual constrangimento a que você tentou submeter o Barros (na hipótese de ele ter se sentido atingido, o que duvido muito)?

    R: não! voce pode ampliar sua visão entendendo que todos os tipos de sentimentos são necessários a percepção e a manutenção da vida.

    E se for assim, esse seu deus maluquinho encarregou você de sair distribuindo o tal sofrimento? Ou por outra, ele te designou como o agente do tal desequilíbrio necessário?

    R: Não esse deus maluquinho tipo homem bomba a caminho do paraíso é a crença do Antonio que publicou no blog dele que são mártires que serão homenageados pelas suas vitimas no paraíso, ele deve ter confundido perdoar com incentivar o mal.
    Na sua essência Deus é o 100% equilíbrio, para criar ele teve que causar um desequilíbrio.
    a volta ao equilíbrio significa voltar ao estado da não criação.

  21. Valdisse:
    “Eu quero que a minha alma se foda!!!”. Aí outro cara falou: “É, como ele é ateu, a gente não pode nem ameaçá-lo com o Inferno, que não adianta nada”. Kkkkkkkkkkkk

    R: se tivesse consciência que a alma possui o sentido da vida,não seria espiritualmente tão infantil .

    A Paz do Senhor, irmãos. Que Deus ilumine e proteja vocês, seus parentes, seus cachorros, suas finanças, e tudo o mais que vocês têm. Se ele não proteger, é porque — como eu sempre digo — é uma divindade bem filha da puta! Kkkkkkkk

    R: voce confunde Deus com o genio da lampada depois diz que ele não exiate, então esta certo!

    Dá um desconto aí, que eu tomei umas caipiroskas ali na feira!! Kkkk

    R: falou pé de cana! se foi de pinga, ah coitado!

  22. Criaturo

    Primeiro, você precisa aceitar que o Barros não obriga nenhum crente vir cá ler os escritos dele. Se vêm e ficam ofendidos, é por conta e risco.
    Minha teoria é que esse sentimento de ultraje dos crentes deve-se a ter sua crença examinada sem mimimi pelos olhos alheios. Ninguém gosta de ser julgado, ainda mais quando lá no fundo existe a consciência de que a pessoa baseia sua vida numa quimera.
    Por falar em mimimi, fio, eu não estava fazendo isso, estava expondo o fato de que você, encalacrado nas suas crenças, sequer consegue entender o que é ser livre disso. Entende que viver isolado da vida real por uma quimera é que seja o estado natural da pessoa, mas não só. Não concebe que outras pessoas sintam-se livres disso.
    Não faço a menor ideia de quem seja esse pastor e nem quero.
    Não, não poupo ‘elogios’. Já tem bastante tempo, percebi um comportamento das pessoas em geral que consiste em falar ou escrever coisas ofensivas e depois quando são confrontadas ou tomam uma dose do próprio remédio, começam com mimimi’s.
    Prefiro ser direta. Você prefere os caminhos enviesados, como quando tenta não assumir um comportamento desagradável comparando-o com o que falei da boneca de ventríloquo, também conhecida como presidanta.
    Não retiro uma letra sequer. Ela é burra, é inepta, não sabe nem mesmo se expressar e é arrogante.
    Há mulheres, Brasil afora, que consideram que tê-la como presidente é motivo de orgulho, justamente por ser mulher.
    Eu considero motivo de vergonha, de demérito, ter como presidente do meu país uma mulher que se prestou ao papel lamentável de ser títere daquele outro.
    E se você se sentiu ofendido com o que escrevi, saiba que dizer algo que as pessoas precisam ouvir sempre será uma caridade, caso contrário não existe 100% de aproveitamento.

  23. AH Criaturo!!! ———-
    em uma época onde predominava uma cultura politica escravagista, isso seria o mesmo que a presidente do Brasil institui-se o fim do comercio de carnes alegando que isso representa algo injusto e desumano contra os animais .
    Moisés era um legislador com uma moral acima da media da sua época, instituindo leis humanitárias que mandava libertar escravos, proteger viúvas , órfãos e estrangeiros.
    Mas querer exigir dele a libertação total dos escravos, seria o mesmo que pedir para ele cometer um suicídio.

    Sinceramente rapaz, admita que voce esta sem argumento!! – ta todo duíduuuu e vendo o seu Deus particular se esvair e escorregar pelos dedos! A essa hora esta todo cagado de medo!!! (DA VERDADE) é claro! ———– mas como eu ja te disse, vai passar, todos aqui ja fomos crentes e enganados por alguma denominaçao religiosa!
    voce esta proximo do ateismo e nem percebeu ainda ou nao quer admitir! —- pelo que voce andou escrevendo acima, voce é PANTEISTA.
    DEUS È TUDO, o TODO e nós somos parte dele e do todo e coisa e tal
    isso é argumento de Panteista! nao de cristao! —— entao voce ja perdeu a fé no Deus Biblico, tanto que voce nao quer usar a biblia para defendde-lo! CABÔ a coragem do Criaturo!
    sobre o trecho do seu texto: vamos as bobagens ditas por voce>
    1 – Deus nao tinha: força, vontade ou culhoes, para impedir ou adorava Senzala e gente tomando chicotada no lombo?
    2 – Voce compara Deus ao presidente do Brazil? hehehehehe se fosse ao Obama, ate que eu aceitaria. é algo comparável um ser humano ao todo poderoso criador do universo inteiro e de galaxias, estrelas, etc.?
    Deus é incalculavel e incomparavel nao é? mas quando convém………..
    Daqui a pouco vamos compara-lo ao presidente da Coreia do Norte?

    3 – ser humano comer animais é algo desumano sim, mas como Deus adorava um sacriifcio de cordeiros e pessoas, isso é ate normal né?
    4 – Moises era o cara, nao é mesmo? voce so esqueceu dos podres dele. Um grande legislador que nao mudou uma virgula ou um til das ordens do desprezível ser do AT. qUERER LIBERTAR escravos dos outros é mole, mas os dele ele nao abria mao! O cara é tao bom que ninguem da bola para ele hoje em dia, nada restou nas igrejas e templos para louvar 1% a seu favor do que pra JESUIS! –
    4 – Mas querer exigir dele a libertação total dos escravos, seria o mesmo que pedir para ele cometer um suicídio.
    voce ta falando de quem aqui? DEus ou MOises? fica dificil SABER !

  24. Greg

    Já estava rindo com seu apelo sobre o cachorro que está morto até agora, depois da comparação de Deus com o ditador da Coréia do Norte eu, como vi por aí dia desses, ri litros.
    Não tinha reparado nesse aspecto da crença do Criaturo, mas acho que você acertou na mosca, o rapaz é panteísta.
    Se um deus já dá trabalho, imagina vários deles.

  25. Criaturo
    tenho que ser sincero, ate que os crentes tem coragem, Deus nao deixa muitos motivos para que o defenda, mas voces ainda insistem nisso, tudo o que ele fez e mandou fazer é motivo de discordancias e desprezo ate por parte dos que fingem acreditar.
    Os podres deste ser infinito estao explícitos e escancarados mas as coisas boas são um MISTERIO que so ele sabe, mas que ninguem sabe onde vai dar realmente.

    Todos chutam uma hipotese mas nao sabem se vao fazer o gol. Realmente O Designer Inteligente esta sendo bem pouco inteligente em ajudá-los a convencer a humanidade da boa vontade para conosco. Voces estao tendo que ser mais inteligentes do que o MEstre dos Magos da Inteligencia em inventar pretextos e argumentos falsos como o EXEGESE e Hermeneutica.
    Tenho certeza que nem Deus teria pensado num absurdos destes, ele é simples, ele é um cara objetivo. Ele nao enrola!
    quando manda matar e mata ele faz!!!!
    ele é o Alfa ——— O macho alfa da especie! nao dá mole nao! — afinal como esta no livro sagrado. Mulher nem pensar; coisa do diabo!
    diluvio, sodoma e gomorra, filisteus, sacrificio de seres humanos !
    Se Deus nao usou de Hermeneutica em milhares de anos; agora vem uns fieis metidos e atrapalham toda a mensagem dele? que esta lá clara como a luz do sol ; malvada como a mente humana pode ser capaz.
    voce diz acima que somos parte de deus, que somos um só! – bom saber que Hitler tambem foi parte do todo poderoso, assim ficou mais claro as leis do AT – pena que eu tambem sou parte disto entao!
    ah! é!
    e VOCE TAMBEM!

  26. Desculpa Shirley! nem tive tempo de te agradecer pelo belo texto!
    quando a gente começa ler as respostas , voce sabe, né?
    O cara esta desafiando o Barros e a gente de modo geral a nao usar a blblia para tentar entender e estudar Deus e as religioes, sera que vamos ter que ler o alcorao?
    acredito que tambem será bem divertido e nao mudara muito em relaçao ao livro do cristao!
    + mortes , + sacrifícios, + fé + ilusoes ou (desilusões) + falsas promessas, + uns profetas, + 72 virgens me esperando! caramba! TO DENTRO! porque perder tempo com a biblia! esse cara me abriu os olhos! de agora em diante, só alcorao!
    Acho que O barros deve estar cansado mesmo da biblia, agora é atacar o deus pagao! dos povos morenos! que nós como !”cristaos” odiamos! ——— mal posso esperar pelos novos textos do Barros!
    Voce viu Shirley!? La na Venezuela , “país de altissimo nivel” social e intelectual , estao comparando Chavez a Deus , a uma figura divina!

    foi um festival de palhaçadas e cagadas que respingou ate na gente, brasileiros; afinal somos vizinhos desses doidos e o querido LULa adorava amizade de copo com aquele ditador divino!
    Eles acusaram os EUA de lançar uma praga! (feitiço, macumba, ou encosto, como os brazucas preferem) e com isso ter produzido o cancer do entao “divino” ditador daquele infeliz pais!
    A essa hora teve gente americana da imprensa com certeza cagada, vomitada, estasiada de rir da ignorancia que só um pais religioso pode produzir! ——– Fazer humanos comuns virarem deuses! Raciocina:
    EUA = a satã (demoin) = a filisteus
    Venezuuuuuuuela = hebreus (povo escolhido) —- que acredita em qualquer coisa
    Chavez = MOises – pimenta no ASS dos outros é refresco.
    Cancer = encosto
    e o LULA? sera que era a cobra? ou seria o Fidel?

    e na teoria do Criaturo somos o tudo e todo desta porra toda!
    esta la , eu li = Profeta Criaturo cap. 6 versic. 1 ao 12.
    em verdade vos digo: Sois a porra toda e parte dela que habitas neste mundo, aqueles que creem terá o seu galardão!
    obs: – (menos) NA coreia do Norte! e em Cuba! onde o galardao estarás no seu traseiro.
    ah esqueci de uma coisa:
    Amém

  27. Shirley
    na minha opiniao a Dilma nao é burra!
    nao.
    ela é apenas um “politico”. Esse ser nasceu pra isso; pra fazer merda. entao fazer e falar as cagadas que ela faz e diz é normal. ESta mal assessorada, e tem como mentor um bebum!

    ela, infelizmente pra gente, brasileiros; esta anos- luz de uma Angela Markel, esta mais para,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, nao vou nem falar@
    nao sei se vc acompanha finanças e economia, mas voce deve ter ouvido falar do caso das eletricas e da cagada que ela fez no mercado financeiro brasileiro com a intuito de reduzir a conta de luz:
    manobra eleitoreira, sem relevância para nos! nao sei se voce concorda mas isto esta longe de ser um dos maiores de nossos problemas! 15% a mais ou a menos da conta de luz nao vai mudar a vida de ninguem! deixa problemas serios de lado para enganar o povo com esse tipo de manobra politica.

    postarei aqui especialmente pra você um trecho do que escrevi num blog sobre finanças, esses dias: só pra voce entender
    a discussão começou por causa de uma declaração de Jim Rogers, grande investidor americano que criticava a Dilma, e a chamava de “Aquela Senhora”. ele meteu o pau nela, uns criticaram ele e outros como eu o elogiei e entendi seus argumentos.
    Palavras minhas:

    1 – nao defendo partido nenhum , sao todos sangue- sugas – a verdade é que ninguem esta la de graça, se fosse assim , nao teria ninguem lá!
    gostaria de limpar a bunda com o meu titulo de eleitor, mas nem isso posso, porque estou obrigado a votar.
    nos paises do norte da europa, ex: suecia. a populaçao vota o salario dos politicos e quanto eles podem gastar e nao ligam muito para eleições e coisas para enganar realmente os cordeirinhos como nos somos mesmo. um bando de ovelhinhas guiadas por pastores corruptos. La prefeito e outros do genero fica em hotel barato, nao tem ajuda de custo porra nenhuma e falta ate candidatos para ocupar os cargos.
    isso sim é um povo esperto. temos que admitir e rever nossos erros e nao reclamar de investidores ou especuladores; como voces quiserem.

    Brasileiro tambem é especulador – com juros (a mais alta do mundo) e com imoveis que de longe nao valem o preço que esta hoje em dia. Terrenos, casas e apartamentos que dobram de valor a cada ano. ai voces vem se fazer de vitima e reclamar do cara que é especulador. TAMBEM. Qual é o pobre que tem condiçao de pagar por casas de 70m2 mal feitas e mal acabadas por 90 mil pagos em 30 anos ganhando salario minimo??? pra mim isso continua sendo um aluguel para sustentar as construturas e os impostos de 40% do imovel que o governo vai receber do dinheiro suado das mais humildes das ovelhinas deste pais. Esse é o PLano MInha Casa Minha Vida.

    Quero dizer que o preço de (quase) tudo no brasil é mais caro por causa de politicos que so querem arrecadar e sustentar a boa vida.
    Carro: os mais caros e mais mal fabricados do mundo. Podem pesquisar que é verdade. isso e varios outros produtos. e so voces pesquisarem.

    JIM ROGERS TEM TODA A RAZAO – em TUDO o que ele disse; e disse pouco muito pouco! O MERCADO de CApitais é algo que diferencia o Brasil dos outros paises desenvolvidos, todo o pais desenvolvido precisa de um mercado forte, para as empresas se capitalizarem e o pais progredir. ai o que a DILMA faz , esculhamba com tudo, interfere no mercado e fecha o pais pra investimento estrangeiro e seu capital.

    O pais rasgou o contrato com as companhias de luz, alguem gostaria disso? assinar um contrato e depois ver ele mudar no decorrer do processo???? voces tem noçao do que voces estao defendendo??????
    se coloca voces no lugar das empresas: voce aluga um imovel – fecha um contrato com um prazo —– ai vem o proprietario e muda tudo e dobra o seu aluguel! voces gostariam disso???? FOI O Q ACONTECEU!!!!!!!!!! e tem gente achando super normal
    que é para o bem do povo!!! A CONTA DE LUZ é de longe o pior dos nossos problemas e das empresas!!! NUm estudo feito com empresarios de todo o pais essa questao nao entrava nem entre as 10 mais importantes !!!!
    1 – BUROCRACIA
    2- IMPOSTOS
    3 – InFRAESTRUTURA E INVESTIMENTOS (BEM FEITOS) é claro
    e por ai vai!! ———— esse negocio de conta de luz é pra ganhar voto na proxima eleiçao – porque o PT sabe que precisa do voto do pobre (DO POVAO) – os mais esclarecidos nao devem votar nele!

    o ABSURDO é que usaram o MERCADo para atingir um objetivo sordido, com isso a ELEtrobras que é “NOSSA” teve um prejuizo COLOSSAL, vcs podem ver aqui mesmo no infomoney! o governo usa tudo quanto é artimanha para fazer politica e se eleger!
    Quem vai investir aqui??? NESSA ZONA???
    respondendo aos que perguntaram o que os estrangeiros fizeram por nos,,, se nao fosse os dolares deles nao teriamos muitas coisas para desfrutar neste pais que era de coroneis e de capitanias (ainda é), puro matagal de plantaçoes de cafe!!!
    infelizmente nunca inventamos e tivemos recursos para criar e construir muita coisa para o mundo. A INTERNET que estamos usando agora é tecnologia estrangeira e capital estrangeiro. Que bom que pelo menos isso o PSDB fez porque sabendo eles mesmos que politico é incompetente, privatizaram a telefonia e hoje temos concorrencia e internet; se nao estariamos na internet discada ainda e com racionamento, como era de energia antes das privatizaçoes. So falta tirar a CRUZ PETr4 & 3 das nossas costas.

    nao aquento sustentar uma empresa de petroleo que da prejuizo!!
    Lembrando FORD< VOLKS – FIAT – GM sao todas estrangeiras : por isso temos carros aqui! A MArca de quase tudo o que usamos em produtos de tecnologia e eletro é estrangeira. entao façam o seguinte: nao comprem mais esses produtos, façam um boicote, nao usem celular, computador, ate energia eletrica que tem muito capital estrangeiro!! O DIA que tivermos um MERCADO forte )SEM (intervençao) e sem burocracia no pais! teremos inventores, como: BILL GATES & STEVE JOBS – depois disso poderemos nos dar ao luxo de comprar os nossos produtos "NACIONAIS". VAmos poder encher o peito e sermos nacionalistas; por enquanto dependemos dos estrangeiros para viver e para ter COMPETIÇÃO nesse pais – uma lei basica do CAPITALISMO!!!
    Se quisermos mudar isso nao é recusando dólares e investimentos estrangeiros! é deixando -os entrar e aprender com eles—- como fizeram JAPONESES E CHINESES que eram paises agrários e se tornaram o que sao. De outro modo seremos uma VENEZUELA com o PT se elegendo de maneira infinita fazendo tudo o que for legal ou nao para isso, justificando os fins pelos meios! Se alguem quer isso deveria nem estar aqui neste site, mas sim lendo sobre comunismo, ditaduras , CHE Guevara e afins.
    `Para quem gosta do assunto sobre economia dou a dica de uma reportagem com o presidente da federação das industrias(acho que de SP) e de um ex ministro da economia em outra reportagem aqui mesmo NO INFOMONEY!

    Shirley imagina essa cena na sua cabeça:
    a Presidente dilma chega numa reuniao da oNU com todos os representantes do mundo, na hora que ela vai discursar, na frente de todos e das cameras ela sobe na mesa abaixa as calças, caga na mesa. uma bela de uma defecada, barro pra tudo o que é lado, ai ele levanta as calças, se veste e vai embora como se nada tivesse acontecido. Ficam as pessoas olhando aquilo sem palavras nem conseguindo esboçar uma reação. Paralisadas com certeza pelo horror de ver o traseiro da dilma, ainda por cima sujo de merda.

    Essa foi a reação de quem trabalha no mercado financeiro como eu aqui e no mundo todo depois das trapalhadas da Dilma e sua gangue no mercado (na bolsa). Os investidores estao com uma aversao e decepçao terrivel com o Brasil e muito preocupados com o rumo das coisas, de um jogo em que as regras mudam com a bola rolando.
    A bolsa de valores do Brasil tem ate agora o 3o pior desempenho no mundo, isso mesmo!
    a crise é la fora , mas os efeitos sao aqui! Abolsa nos EUA da America mesmo com todos os problemas esta em alta e muito bem obrigado![
    Investidores nao gostam de incertezas , mas é o que mais o Brasil tem dado ao mundo! ultimamente! ano passado o governo desta "senhora" manchou feio o nosso pais!
    PIB ano passado = 0,9% !!! abaixo do PIb do endividado e problematico EUA! e de todas asoutras naçoes emergentes!
    A coisa nao vai bem! eles estao perdidos, sem objetivos claros , nem metas! e pior né Shirley rezar nao adianta!!! pena que é o recurso que mais o brasileiro usa e vai continuar usando por um bom tempo!
    Obrigado!

  28. SS
    Primeiro, você precisa aceitar que o Barros não obriga nenhum crente vir cá ler os escritos dele. Se vêm e ficam ofendidos, é por conta e risco.

    A questão é como fazemos a divergência, alguns ateus como voce sabem expressar opinião usando palavra requintadas “valei me São Google”sem apelar para baixarias e vocabulários chulos, mas existem os que acham isso bonito como crianças levadas querendo chamar atenção.
    mas falando em ficar estarrecidos, quando eu vi pela primeira vez na web um cara soltando o verbo contra Jesus pensei “meu Deus existe maluco para tudo”,mas agora ja aprendi respeitar a ignorância alheia neste sentido de crenças e descrenças.

    encalacrado nas suas crenças, sequer consegue entender o que é ser livre disso.

    um ser livre é um ser iludido, como um átomo de água dentro de um universo oceânico

    Entende que viver isolado da vida real por uma quimera é que seja o estado natural da pessoa, mas não só. Não concebe que outras pessoas sintam-se livres disso.

    Realidade é relativa ao nível de consciência

    Não retiro uma letra sequer. Ela é burra, é inepta, não sabe nem mesmo se expressar e é arrogante.

    para não ser injusto só formo opinião a respeito de pessoas depois de alguns anos de convivência

    E se você se sentiu ofendido com o que escrevi, saiba que dizer algo que as pessoas precisam ouvir sempre será uma caridade, caso contrário não existe 100% de aproveitamento.

    divegencia não me ofendem de certa forma instruem

  29. gregs

    – mas como eu ja te disse, vai passar, todos aqui ja fomos crentes e enganados por alguma denominaçao religiosa!

    quando recobrar a Razão reencontrará Deus.

    voce esta proximo do ateismo e nem percebeu ainda ou nao quer admitir! —- pelo que voce andou escrevendo acima, voce é PANTEISTA.

    de certa forma sim!

    entao voce ja perdeu a fé no Deus Biblico, tanto que voce nao quer usar a biblia para defendde-lo! CABÔ a coragem do Criaturo!

    os radicais extremistas são vocês, quando eu percebo que uma parte da fruta ta podre eu apenas descarto a parte podre, mas seria burrice também descartar a parte saudável que me serve de alimento.

    1 – Deus nao tinha: força, vontade ou culhoes, para impedir ou adorava Senzala e gente tomando chicotada no lombo?

    Voce não entendeu quando eu disse “Deus é tudo , todos e o Todo”
    isso inclui todos os sentimentos, porque razão ele criaria a dor se fossemos pedras, qual seria a Razão Deus se ninguém o sentisse, ele não criou a dor nem o prazer para depois coibi los arbitrariamente.
    A liberdade de acões serve para individualização dos seres, cada um busca livremente por suas afinidades pessoais, no entanto prazer de um custará o sofrimento sacrificando o outro.

    2 – Voce compara Deus ao presidente do Brazil? hehehehehe se fosse ao Obama, ate que eu aceitaria. é algo comparável um ser humano ao todo poderoso criador do universo inteiro e de galaxias, estrelas, etc.?
    Deus é incalculavel e incomparavel nao é? mas quando convém………..
    Daqui a pouco vamos compara-lo ao presidente da Coreia do Norte?

    ???????????????????????

    3 – ser humano comer animais é algo desumano sim, mas como Deus adorava um sacriifcio de cordeiros e pessoas, isso é ate normal né?

    Não ! é vingança por eles terem devorados muitos dos nossos antepassados…..he….he…he..he…. fala sério! para mim isto não passa de ignorância.

    4 – Moises era o cara, nao é mesmo? voce so esqueceu dos podres dele. Um grande legislador que nao mudou uma virgula ou um til das ordens do desprezível ser do AT. qUERER LIBERTAR escravos dos outros é mole, mas os dele ele nao abria mao! O cara é tao bom que ninguem da bola para ele hoje em dia, nada restou nas igrejas e templos para louvar 1% a seu favor do que pra JESUIS! –

    Disse que ele era um líder acima da media moral da sua época, foi inspirado a ensinar algumas leis morais evolucionistas, porem ele mesmo ainda era limitado a segui-las, dai as contradições biblicas do matar não matar, alias ele usou desonestamente o nome de Deus em vão para fazer sua politica sangrenta, saqueando e roubando terras alheias.

    4 – Mas querer exigir dele a libertação total dos escravos, seria o mesmo que pedir para ele cometer um suicídio.
    voce ta falando de quem aqui? DEus ou MOises? fica dificil SABER !
    Da mesma forma pedirão a cabeça da Dilma se ela atrever-se proibir a criação de animais para o consumo de carne, alegando ser isto desumano impor sofrimento aos animais.
    um deus capaz de cometer um suicídio não é um deus e sim um mortal.

    Deus é incalculavel e incomparavel nao é? mas quando convém………..
    Daqui a pouco vamos compara-lo ao presidente da Coreia do Norte?

    Deus só é comparável a ele mesmo

  30. ss
    Criaturo
    tenho que ser sincero, ate que os crentes tem coragem, Deus nao deixa muitos motivos para que o defenda, mas voces ainda insistem nisso, tudo o que ele fez e mandou fazer é motivo de discordancias e desprezo ate por parte dos que fingem acreditar.

    voce daria um bom crente biblico! Pois confunde Deus com um livro liberte-se de uma vez por todas dos seus limitados contra argumentos biblicos.
    Falando em cachorros e cachorradas, voces gostam de chutar cachorro morto.

    Os podres deste ser infinito estao explícitos e escancarados mas as coisas boas são um MISTERIO que so ele sabe, mas que ninguem sabe onde vai dar realmente.

    Justifique!

    Todos chutam uma hipotese mas nao sabem se vao fazer o gol. Realmente O Designer Inteligente esta sendo bem pouco inteligente em ajudá-los a convencer a humanidade da boa vontade para conosco.

    R: se o DI se preocupasse em fazer prosélitos ele não seria inteligente.

    quando manda matar e mata ele faz!!!!

    Sai fora irmão gregs para com este fanatismo religioso!

    ele é o Alfa ——— O macho alfa da especie! nao dá mole nao! — afinal como esta no livro sagrado.

    Irmão gregs,se acredita que o livro é sagrado por que tenta denigri-lo?

    voce diz acima que somos parte de deus, que somos um só! – bom saber que Hitler tambem foi parte do todo poderoso, assim ficou mais claro as leis do AT – pena que eu tambem sou parte disto entao!
    ah! é!
    e VOCE TAMBEM!

    somos partes do todo, este desequilibro no Todo que voce tenta argumentar existe, somos nós ! sua maldade (ignorância)
    Junte as partes ao Todo ele voltará ao estado inicial da não criação onde existia 100% do equilíbrio Deus.
    onde não existe a criação,nem a maldade, nem a ignorância humana.

  31. opss! este comentário foi para o gregs

  32. gregs

    O cara esta desafiando o Barros e a gente de modo geral a nao usar a blblia para tentar entender e estudar Deus e as religioes, sera que vamos ter que ler o alcorao?
    acredito que tambem será bem divertido e nao mudara muito em relaçao ao livro do cristao!

    estou desafiando voces a procurarem por Deus dentro de voces e para de procurarem cachorros mortos para poderem ficar chutando

    com a biblia! esse cara me abriu os olhos! de agora em diante, só alcorao!

    Quando tiver um tempo vou postar um resumo da teoria da criação do ser “eu”, vamos ver se voces conseguirão refutar?

    e na teoria do Criaturo somos o tudo e todo desta porra toda!
    esta la , eu li = Profeta Criaturo cap. 6 versic. 1 ao 12.
    em verdade vos digo: Sois a porra toda e parte dela que habitas neste mundo, aqueles que creem terá o seu galardão!

    leu não entendeu e endoidou! he…he…he…he….he.. relaxa irmão gregs que fanatismo religioso pode ser prejudicial a sanidade mental.

  33. um ser livre é um ser iludido, como um átomo de água dentro de um universo oceânico

    “Átomos de água” são fruto da ignorância, assim como Deus…

  34. Criaturo

    Essa sua definição, sobre o ser iludido, é ainda mais insustentável que a leveza do ser…rsrsr
    Como você, ou qualquer pessoa,poderia saber que “o ser livre é um ser iludido”?
    Seria necessário que você tivesse, na falta de expressão melhor, superado a experiência da vivência humana, que tivesse alcançado um estado tal que te permitiria nos observar de fora, além de nós, e ainda ter adquirido o conhecimento sobre o que seria a liberdade real ou mesmo se ela existiria.
    Acho que você confunde o conceito ‘liberdade’, com o sentimento de ser livre. Sob o conceito, ninguém é realmente livre. Sob esse aspecto, eu não sou livre, você não é, o Barros não é, o Greg também não…
    Cada um e todos tem elos que os prendem a alguma coisa.
    Sentir-se livre é, como o verbo define, ter um sentimento. No caso, eu me sinto livre das amarras das religiões, da noção de que há por aí algum ser de quem nunca tive conhecimento e ainda assim me sentir obrigada a levá-lo em consideração na forma como conduzo minha vida; sinto-me livre também de ter de prestar satisfações de mim mesma a pessoas tão falhas quanto eu, mas que têm a pretensão de estarem um nível acima, apenas por dizerem-se representantes do tal ser.
    Você, Greg, não tem como saber do que estou falando, pois além dos elos das circunstâncias da sua própria vida arrasta por ela afora os grilhões de tudo isso.

  35. Greg

    Gosto de política e economia desde que tinha uns 17 anos, então tenho acompanhado tudo que aconteceu nesse período. Tudo que você escreveu está totalmente correto. Correto e desolador a mais não poder.
    Nesse exato momento não temos mais um país. Temos destroços de um país e a conta a pagar – gigantesca – ainda vai chegar.
    Essa gente que está no poder a onze anos destruiu tudo que não lhes interessava ou servia, usou o que foi útil e está empenhada numa pilhagem que nem os piratas dos séculos 16 e 17 sonhou conseguir.
    Ninguém quer ver que estamos apenas vivendo dos restos do que foi feito antes, se iludem achando que está tudo bem. Numa conversa dias atrás com gente bem informada, o máximo em termos de atitude que ouvi foram rogos para que Deus iluminasse a mente da boneca de ventríloquo ou a mente dos brasileiros.
    Aliás, Deus se mete demais na vida dos brasileiros. Veja essa situação com o Marco Feliciano; o homem é horrível ao ponto de ser obsceno na prática religiosa. Mas é também um deputado eleito e escolhido, por um acordo partidário, para presidir a CDHM, como pagamento por ter ajudado a presidanta quando ela precisou dos votos dos evangélicos. Ele é contra o casamento gay e falou um monte de m… sobre esse assunto e outros. Não deveria ter sido escolhido mas foi, dentro da lei. Agora, a gente vê um monte de gente, contra e a favor, fazendo uma barulheira danada. Enquanto isso, o Genoíno e o João Paulo Cunha, bandidos condenados, são membros da Comissão de Constituição e Justiça, que é só a mais importante da Câmara dos Deputados e não se vê nenhum artista dando selinho nem fazendo discurso contra isso. Nem manchete nos jornais sobre a barbaridade.
    Eu me pergunto se Deus não estivesse metido na história, as coisas poderiam ser diferentes? Toda essa celeuma é porque Feliciano é contra o casamento gay, entre outras questões que dizem respeito a eles. Eu penso que, uma vez que já estão estabelecidos os direitos da união civil, que equipara o casamento homossexual com o hétero, em termos legais, toda essa zona é não só desnecessária como prejudicial. Cerimônia religiosa de casamento faz parte dos ritos das religiões e não vejo porque o Estado teria o direito de obrigá-las a aceitar algo que vai contra seus dogmas ou convicções, assim como não vejo que religiões tenham o direito de interferir em assuntos do Estado. O engraçado (ou trágico) é que não há manifestações de mesmo vulto contra a conduta medonha do Feliciano como pastor e a razão é que no fundo as gentes de religião entendem que apesar de se portar como canalha, ele é um religioso, o portador da palavra sagrada ou qualquer coisa do gênero.
    Praticamente ao mesmo tempo em que todos estão ocupados em montar esse circo, a presidanta foi render homenagens ao argentino nomeado papa, gastou muito, gastou o nosso dinheiro e cadê protesto? Cadê beijo na boca? Cadê artistas realizando ‘movimentos’?
    Sem contar que enquanto a cambada se hospedava em hotel de alto luxo com nosso dinheiro, casas estavam sendo soterradas e gente morrendo por isso, porque o dinheiro que nós pagamos para que o governo tome providências é gasto para que a presumida chefe de governo vá fazer salamaleques para o papa.
    E há quem sustente que as religiões e sua razão de ser, Deus, são benéficas para as pessoas…

  36. ss
    Essa sua definição, sobre o ser iludido, é ainda mais insustentável
    que a leveza do ser…rsrsr
    “Átomos de água” são fruto da ignorância, assim como Deus…

    ok quis dizer molécula! da próxima vez eu desenho.

    Como você, ou qualquer pessoa,poderia saber que “o ser livre é um ser iludido”?

    do tipo matrix.

    que tivesse alcançado um estado tal que te permitiria nos observar de fora, além de nós, e ainda ter adquirido o conhecimento sobre o que seria a liberdade real ou mesmo se ela existiria.

    ainda não cheguei a este nivel de consciência dentro da matrix ,mas ja deu para perceber que a nossa realidade é bem relativa para não dizer ilusória.

    Cada um e todos tem elos que os prendem a alguma coisa.

    exato

    Sentir-se livre é,……….

    ……..ser atéia

    algumas pessoas se abstêm de responsabilidades apenas para se isentarem de culpas pelos resultados negativos, assim pretendem manter uma posição superior para poderem julgar e condenar os que tentam fazer algo.
    posição confortável é o que todos procuram.

  37. Criaturo

    “algumas pessoas se abstêm de responsabilidades apenas para se isentarem de culpas pelos resultados negativos, assim pretendem manter uma posição superior para poderem julgar e condenar os que tentam fazer algo.
    posição confortável é o que todos procuram.”

    E assim cai a sua máscara; você é igual a qualquer crente de qualquer coisa.
    O último argumento do crente é esse aí.
    Então o quê, Criaturo? Porque você é um crente de qualquer amontoado de ideias delirantes você é mais responsavel do que eu ou qualquer ateu?
    Só você e seus congêneres assumem as consequências daquilo que fazem? Nunca os ateus?
    Só os ateus julgam os outros? Crentes nunca? E exatamente o que você está fazendo com essa sua afirmação? Demonstrando sua total isenção?
    E tão abnegado você é como crente, não? O que seria esse ‘algo’ que você está tentando fazer?
    O que quer que eu faça de errado eu assumo as consequências, não coloco na conta de algum “anjo caído”,capeta, demônio ou sei lá qual seja o seu bode espiatório particular. O que quer que eu faça de certo, de bom, eu faço por que quero, não por temer punições de seres imaginários, não por temer a morte, não pelo espírito de fazer negociatas com seres imaginários.
    Vocês crentes militantes são tão, mas tão desonestos, que trapaceiam a si próprios.
    Posição confortável é a que a crentaiada procura. Nunca ter de assumir as rédeas da própria vida, delegar tudo a algum ser mítico.

  38. Greg

    Ia comentar sobre sua citação da Venezuela mas esqueci.
    Não é só no Brasil que Deus fica metendo o bedelho em tudo. Na Venezuela a coisa está pior, até o Espírito Santo já está tirando sua lasquinha. Só que lá ele tem dupla identidade: é ele mesmo, numa versão qualquer de pássaro (nada de pomba branca para a Venezuela) e é também Hugo Chávez.
    Ou, vai ver, o Chávez pegou carona, ou o contrário.
    Não é interessante essa predileção de Deus & associados por gente que tem poder?
    É interessante notar também que onde Deus se mete, alguém se ferra. Ou muitos alguéns.

  39. Shirley
    entre muitas coisas que estao ruins no brasil, (quase tudo) 2 me preocupam mais:
    1 – o baixo crescimento populacional – (isso vai dar uma merda bem grande quando o INSS nao tiver condiçoes de pagar o povo), O brasil vai passar pelos mesmos problemas e dificuldades dos paises que estao altamente endividados e com populaçao velha e baixa natalidade
    Planos de austeridade tambem vao ser feitos aqui, quer o povo queira ou nao.
    De vez em quando eu comento para alguns que dificilmente o meu filho ira receber aposentadoria na sua geraçao; e que esta mesma tera uma idade minima de uns 90 anos para se aposentar. ——A MENOS que ele seja politico, ai ele ira se aposentar bem rapido e sem trabalhar é claro!
    Acredito que Plano de Aposentadoria Privada e outros meios (que eu gosto e invisto açoes) seja o mais correto e ate mesmo menos arriscado no futuro. Se voce acreditar na bondade do “ESTADO” para assegurar o futuro das proximas geraçoes, vc esta lascada.
    No brasil a coisa so funciona ate agora (INSS) a trancos e barrancos, porque voce tinha trabalhadores para sustentar os que estao parados!
    em 1970 era media de 10 trabalhadores para 1 aposentado
    em 1990 media de 5 para 1
    2000 media de 2 para 1
    2010 1 por 1
    já deu pra ver que a conta nao fecha, né??? Por isso o governo criou o FAtor Previdenciario, para obrigar as pessoas a continuar trabalahndo.
    O Brasil esta caminhando segundo dados do IBGE – a ter a 3a maior populaçao idosa do mundo já em 2020, já daqui a sete anos, a conta fica impossivel de fechar!
    JApao em primeiro, como já é de praxe, mas lá é pais desenvolvido e com muito menos problemas sociais do que aqui. e mais dinheiro tambem. Já a gente nao temos o minimo de condiçoes de ter uma população extremamente velha para sustentar.
    2 – A violencia urbana que nao para de crescer, juntamente com o aumento do uso e vicio de drogas dos jovens. O engraçado é que por mais que cresce o numero de igrejas, tambem esta crescendo o de viciados e delinguentes. A violencia já esta chegando tambem nas cidades pequenas, eu mesmo moro em uma agora de 25000 habitantes e esta acontecendo coisas que nao ocorriam.
    Na rua proxima da minha casa, meu filho acordou com disparo de 5 tiros de uns caras de moto que queriam acertar um outro rival de gangue, mas que acabou acertando um vizinho que nao tinha nada a ver.
    Nem vou prolongar esse assunto, sei que voce esta tao antenada e preocupada quando eu, afinal temos filhos e a violencia esta cada vez mais perto da gente do que só na TV.

  40. Shirley
    sobre os soterramentos e calamidades publicas do genero, sei bem o que é! Nasci em Petropolis, conheço a regiao serrana e muito.
    Ja vi de tudo, locais que realmente pareciam cenario de guerra, tudo destruido e muitas mortes, ja ajudei e vi tirar muitos corpos da lama;
    quase todo ano é assim!
    ja vi familias e casas inteiras desaparecerem numa noite. Numa hora estao lá depois sumiram levados pela barreira e chuva.
    Posso te dizer; Nao fizeram nada antes, nao estao fazendo agora e nem vou fazer nada.! EsTAMOS FUDIDOS!
    Afinal os governantes nao moram em area de risco.
    Nao vá na regiao serrana do rio no periodo de dezembro a fevereiro
    é o que posso te dizer!
    e o problema do dinheiro é que ele tambem some, quando chega! algo!
    voce ainda vai ver muita noticia de soterramento na regiao serrana, ano que vem tem mais!!!

  41. Gregs

    nao sei se vc acompanha finanças e economia, mas voce deve ter ouvido falar do caso das eletricas e da cagada que ela fez no mercado financeiro brasileiro com a intuito de reduzir a conta de luz:

    A MP 579 para mim ainda é uma incógnita, não sei se é uma armação dos empresários através da Fiesp por exemplo, redução das tarifas eletricas, baixa lucro da estatais como a Eletrobras, investidores recuam desvalorizando ações, estatais é um ótimo argumento para se conseguir privatizar a troco de bananas e´tudo que os empresários querem monopólio privado.
    Ou se seria apenas uma forma de reduzir custos de fabricação , ou ainda como voce argumenta apenas uma manobra eleitoral ?

    entre muitas coisas que estao ruins no brasil, (quase tudo) 2 me preocupam mais:
    1 – o baixo crescimento populacional – (isso vai dar uma merda bem grande quando o INSS nao tiver condiçoes de pagar o povo),

    Falido o INSS ja esta faz tempo seu deficit são cobertos através de tributos destinados a outras áreas, provavelmente chegará o dia que imporão um salario minimo a todos aposentados, isso ainda sendo otimista.
    quanto sua preocupação da contenção populacional eu tenho no sentido contrario, pois o que a pratica nos mostra que o transito insuportável , filas para tudo, competitividade, falta de moradia, empregos , assistência médica,poluição, exploração excessiva do recursos naturais principalmente de aguá potável, tudo isso indica um excesso de população.

    2 – A violencia urbana que nao para de crescer, juntamente com o aumento do uso e vicio de drogas dos jovens. O engraçado é que por mais que cresce o numero de igrejas, tambem esta crescendo o de viciados e delinguentes. A violencia já esta chegando tambem nas cidades pequenas, eu mesmo moro em uma agora de 25000 habitantes e esta acontecendo coisas que nao ocorriam.

    R: penso que as leis trabalham a favor do crime, a imprensa é a primeira a querer difamar a policia, policiais foram chamados por moradores de uma grande favela para acabar com uma festa funk ao ar livre pela madrugada, para conter drogados e bandidos tiveram que disparar alguma bals de borrachas que acabaram acertando uma jovem, os jornalistas acusaram a policia de arbitraria….ha..ha..ha quanta hipocrisia tentando inverter valores, policiais que ganham uma miséria arriscando suas vidas e comprometem a dos seus familiares a troco de um salario que mais parece um auxilio miséria, alem de serem reprimidos pelo governo ainda são constrangidos pela imprensa.
    Aumento de criminalidade na maior parte significa aumento da impunidade só não vê quem não quer,neste pais a cada dez criminoso apenas um vai preso para cumprir apenas 10% da pena, bandido solto representa mais dinheiro no bolso de políticos e governantes

  42. ss
    E tão abnegado você é como crente, não? O que seria esse ‘algo’ que você está tentando fazer?

    torrando o figado de alguns ateus na web…he..he.he

    não leve para o lado pessoal eu disse “algumas” pessoas se colocam na posição de omissas apenas para não se comprometerem com os possíveis resultados ruins, e quando isto acontece são os primeiros apontarem erros e cobrarem providencias.

    Vocês crentes militantes são tão, mas tão desonestos, que trapaceiam a si próprios.
    Posição confortável é a que a crentaiada procura. Nunca ter de assumir as rédeas da própria vida, delegar tudo a algum ser mítico..

    E voces ateus são tão covardes que procuram ver na morte uma fuga para realidade da vida.
    na verdade matemos a humildade e a fé de acreditarmos que nada acontece por acaso que recebemos sim ajuda de todas as formas possíveis, para realizar nossas obras sejam elas boas ou má, contudo seja benfeitor ou beneficiado todos terão que responder pelas suas decisões .
    Quando voce diz sou responsável pelas minha ações voce esta correta, quando diz não acreditar receber ajudas espiritual apenas demonstra uma ignorância espiritual neste sentido.
    E também uma arrogância por querer dar todo crédito a si mesma, então voce tambem pode estar sendo uma dos iludidos.

    a)voce se considera livre de crenças em seres responsáveis pela criação e manutenção da sua existência , considera-se um fruto do acaso, que sua condição de nascimento , pais , família, saudê , inteligência, aptidões e oportunidades , é tudo obra de um acaso, do tipo dei sorte, por isso não devo nada a ninguém ?

    b) considerando verdadeira a possibilidade de poder continuar de onde voce parou , vivendo eternamente, assim mesmo voce continuaria insistindo na crença da perda do sentido da sua vida,
    que a qualquer momento voce poderá perder definitivamente sua razão, por fim continuará pensando que embora o que voce ja tenha feito, faça ou ainda terá algum tempo para tentar fazer,

    voce ainda continuará vendo na morte a perda do sentido da vida ?

    Tanto crentes como descrentes procuram ver na morte uma fuga para realidades das suas vidas:
    Crentes são mais otimistas quanto ao futuro, descrentes parecem ver na morte uma oportunidade para se livrarem das suas vidas para sempre.
    Penso eu que:

    vida e morte andam de braços dados pela eternidade do ser, rindo e chorando sera sempre assim.

  43. Para Shirley e Criaturo
    Fonte: Infomoney

    Bancos brasileiros são 50% mais rentáveis que norte-americanos; Bradesco lidera
    Bradesco viu sua rentabilidade cair de 19,8% para 17,2%, mas mesmo assim banco ultrapassou o BB, que viu o ROE recuar de 21,6% para 16,9%, segundo dados da Economatica
    Por Felipe Moreno
    |15h45 | 08-04-2013

    A rentabilidade do setor financeiro brasileiro está muito acima do norte-americano, sobretudo pela diferença da taxa de juro de cada uma dessas economias – enquanto no Brasil o juro básico está em 7,25% ao ano, nos EUA o patamar encontra-se entre 0% e 0,25% ao ano. A última vez que os bancos norte-americanos foram mais rentáveis que os nacionais foi em 1999, informa a Economatica.

    Veja aqui uma opiniao que estava no site:

    bem mais que isso, com essas taxas de juros pornográficas cobradas pelos bancos e o povo inculto demandando cada vez mais empréstimos, não tem como dar errado um banco no Brasil, digo um banco privado, os bancos públicos são café com leite , eles não contam , são comandados pelo PT ( e todo munda sabe que o PT não tem a menor ideia do questa fazendo !!!!)e caso a tática não funcione , o contribuinte estará sempre presente para pagar o pato…….

    Enquanto uns rezam outros lucram muito

  44. Fui eu o Greg que enviou a mensagem anterior!

  45. Shirley, o texto está muito fraco, embora bem escrito. Ele é repetitivo, atacando uma suposta “imperfeição” no Universo, no Criador. Fiz algumas observações.

    “ma das coisas que mais aborrecem o crente cristão é ser confrontado com as práticas brutais e/ou insensatas constantes em muitas passagens do Antigo Testamento, principalmente.”

    R – Nem precisa ser um exegeta para saber que na época as leis eram essas no mundo. E essas eram as leis dos homens. Países tinham leis parecidas, como hoje. E no N.T. há brutalidade, mas contra Cristo e os cristãos.

    “erguntados, por exemplo, se consideram certo que Deus tenha ordenado o apedrejamento de adúlteros (Levítico, 20:10); ”

    R – É por acaso que ex-maridos, ex-esposas, casais em crise traem seus companheiros e praticam assassinatos no mundo todo?

    “ou é procedente a orientação de não tocar em mulheres no período menstrual (Levítico 15:19); ou se Deus estava sendo pelo menos justo ao instruir o profeta sobre a forma de se tratar os escravos (Êxodo 21:21), visto que a prática da escravidão deveria, por sua própria natureza, ser terminantemente proibida por Deus, o crente minimamente instruído irá se irritar e responder que para tais questões é necessário levar em conta a exegese e a hermenêutica. E o fará com aquela expressão que diz: pensa que sabe de tudo, é? Com isso entenderá que respondeu magistralmente a questão e esperará que o interlocutor sinta-se encurralado.

    R – Veja como você se repete: DEUS não ditou tais leis de escravidão. Esse ego humano de subjugar o outro é do homem. Há poucos dias um chinês foi preso por comprar um outro chinês que ficava mantido em cárcere privadfo. Em pleno século XXI. Portanto faz parte do caráter nosso escravizar. Esse é o problema de ler textos religiosos com olhos cegos, olhos ateus e inaptidão para exegese, hermenêutica.Por exemplo, duvido que ateus conheçam passagens maravilhosas do Corão, dos Vedas (Índia), Tao Te King…

    “Interessante notar que não serão poucos os que se deixarão intimidar, ao menos momentaneamente, por esse argumento enganador. Por que é enganador? Porque Deus é perfeito. A perfeição divina é a pedra angular da fé. Ou é o que alegam as religiões cristãs.

    R – Aconselho a ler Desdcartes e sua teoria sobre o “Perfeito”Como você e eu sabemos que há o imperfeito? Porque, de alguma forma, existe o conceito de PERFEIÇÃO em nosso inconsciente.

    “Nem mesmo o argumento do amor divino tem o status do argumento da perfeição divina. Quando se propõe que um crente considere o amor divino como real, tendo em vista o sofrimento de seus ‘filhos’, ele, crente, não se incomoda com a contradição. Afinal, o amor de um pai, por incondicional que seja, está sujeito ao comportamento do filho, isto é, um pai não poderá proteger seu filho de tudo e de todos, não raro de si mesmo, todo o tempo. De modo que esse é um argumento que encontra eco na experiência do crente enquanto ser humano, podendo então ser racionalizado.”

    R – O problema do ateísmo é acreditar, fervorosamente, apenas nessa vida, daí a mente fica impedida de expansão. DEUS não promete o não sofrimento, Ele garante uma vida pacífica espiritualmente e vida eterna. (João 14,12)

    “Já a perfeição divina, esta, por paradoxal que seja diante dos fatos constantes na existência humana, é argumentação definitiva; é definitiva, novamente de forma paradoxal, porque o ser humano está sempre agudamente cônscio de sua própria falibilidade. Necessita desse porto seguro, de contar com alguém que é perfeito e em algum tempo e lugar resolverá de forma ideal todas as questões inerentes à condição humana.

    R – Engraçado, Abrão era rico e vivia com sua família. Ele precisava de bengala? Ele não chamou e nem inventou deus algum, foi ao contrário. (Você foi muito corajosa em publicar esse texto, é quase uma piada essa análise sobre “perfeição”.)

    “É amparada na concepção da perfeição divina que a religião cristã em suas variadas confissões se sente autorizada a cooptar fiéis, pois é portadora da palavra divina; é amparada nessa concepção que a religião se permite determinar comportamentos e condutas como certos ou errados, interferindo também no comportamento e conduta de quem não professa a religião; é também a proverbial cenoura na frente do burro.”

    R – Concordo com você Shirley. Na atual conjuntura, o comportamento religioso cristão está abrasado pelo amor ao dinheiro. Mas isso não invalida DEUS, de jeito nenhum. A meu ver, esse new ateísmo parece mais uma isca de tripas para atrair peixinhos para para o laguinho sem Deus.

    “Dessa forma, no momento em que alguém alega a necessidade de interpretação e contextualização dos textos bíblicos, está agindo de forma enganadora. Ou Deus é perfeito ou não é.

    R – De novo?! A perfeição de DEUS é irrefutável porque o homem é incapaz de prová-lo. Por que sabemos que somos impefeitos? Daí cada qual procure sua resposta, vocês, eu, e todo mundo. Aceitar simplesmente é pouco para o intelecto humano. Precisamos saber por que somos imperfeitos, é o mínimo. E se somos imperfeitos, algo perfeito existe pois somente o perfeito se cria hehehe. (Descartes)

    “A hermenêutica e a exegese podem ser aplicadas a tudo, menos a Deus e sua palavra, a Bíblia. Se ele é perfeito, não pode haver dúvidas sobre o que quis dizer; nem mesmo se poderia argumentar, in extremis, que o veículo usado para expressar essa palavra ou entendeu mal ou exorbitou.”

    R – Espero que você perceba que está falando nada, apenas berrando como uma criança, para papai aparecer porque há dúvidas em todo ser humano, isso a psicanálise já provou séculos passados.

    “Sendo Deus perfeito, numa questão fundamental como seria transmitir suas orientações aos seus ‘filhos’, ele não poderia permitir engano de espécie alguma. De maneira que, se era válido apedrejar adúlteros milênios atrás, tem que continuar sendo válido hoje. Se ofendia o todo-poderoso, há dois, três mil anos, que seus ‘filhos’ trabalhassem no dia a ele dedicado, continua a ser ofensivo hoje. Ou é assim, ou Deus não sabe o que faz, ou não tem certeza do que faz; se assim é, ele não é perfeito.”

    R – Já provei que essas não eram leis de Deus. LEVÍTICO fala dos rituais: alimentação, higiene, convívio, incesto, sexo entre parentes (irmãos e primos de primeiro grau). Muitos países adotavam a mesma lei. Se não fosse assim, Israel que estava se organizando como nação, seria, no ,considerrado louco ou ET. O mundo evoluiu,certo? Não, você JAMAIS conseguirá provar que DEUS é imperfeito. Nem ninguém. Essa pretensão é, de fato, um sonho humano.

    “Uma das coisas que mais aborrecem o crente cristão é ser confrontado com as práticas brutais e/ou insensatas constantes em muitas passagens do Antigo Testamento, principalmente.”

    R – As práticas eram, como já disse, da sociedade em geral. A Síria, por exemplo, tinha leis iguais a Israel. Babilônia, a terra do Medo, etc.

    “Perguntados, por exemplo, se consideram certo que Deus tenha ordenado o apedrejamento de adúlteros (Levítico, 20:10); ou se é procedente a orientação de não tocar em mulheres no período menstrual (Levítico 15:19); ou se Deus estava sendo pelo menos justo ao instruir o profeta sobre a forma de se tratar os escravos (Êxodo 21:21), visto que a prática da escravidão deveria, por sua própria natureza, ser terminantemente proibida por Deus, o crente minimamente instruído irá se irritar e responder que para tais questões é necessário levar em conta a exegese e a hermenêutica. E o fará com aquela expressão que diz: pensa que sabe de tudo, é? Com isso entenderá que respondeu magistralmente a questão e esperará que o interlocutor sinta-se encurralado.”

    R – Não irrita porque há entendimento. Não generalize. Como o texto é repetitivo, as respostas também. E quanto à erscravidão, há alguns dias um chinês foi denunciado por ter compradfo um outro chinês para trabalho escravo no Brasil. Em pleno séc. XXI!

    “Interessante notar que não serão poucos os que se deixarão intimidar, ao menos momentaneamente, por esse argumento enganador. Por que é enganador? Porque Deus é perfeito. A perfeição divina é a pedra angular da fé. Ou é o que alegam as religiões cristãs.”

    R – Na verdade o Cristianismo não se assenta na perfeição de Deus (que é óbvia), mesmo Ele sendo invisível para muitos.. O cristão vive de experiências. Reais!

    “Nem mesmo o argumento do amor divino tem o status do argumento da perfeição divina. Quando se propõe que um crente considere o amor divino como real, tendo em vista o sofrimento de seus ‘filhos’, ele, crente, não se incomoda com a contradição. Afinal, o amor de um pai, por incondicional que seja, está sujeito ao comportamento do filho, isto é, um pai não poderá proteger seu filho de tudo e de todos, não raro de si mesmo, todo o tempo. De modo que esse é um argumento que encontra eco na experiência do crente enquanto ser humano, podendo então ser racionalizado.”

    R – Deus não promete o “não sofrimento”, mas uma vida equilibrada espiritualmente e, claro, uma vida eterna. Crer nisso cabe a cada um, pois acreditar que o homem inteligente nasceu serm propósito na vida ofende o intelecto humano.
    “Já a perfeição divina, esta, por paradoxal que seja diante dos fatos constantes na existência humana, é argumentação definitiva; é definitiva, novamente de forma paradoxal, porque o ser humano está sempre agudamente cônscio de sua própria falibilidade. Necessita desse porto seguro, de contar com alguém que é perfeito e em algum tempo e lugar resolverá de forma ideal todas as questões inerentes à condição humana.”

    R – Não admitimos a perfeição de Deus por sermos imperfeitos, Sabemos de algo grandioso – “a perfeição” como diz voce porque, pela lógica, para termos noção de perfeição, indica que existe o PERFEITO. Questão de razão, minha cara.

    É amparada na concepção da perfeição divina que a religião cristã em suas variadas confissões se sente autorizada a cooptar fiéis, pois é portadora da palavra divina; é amparada nessa concepção que a religião se permite determinar comportamentos e condutas como certos ou errados, interferindo também no comportamento e conduta de quem não professa a religião; é também a proverbial cenoura na frente do burro.”

    R – Uma falha no ateísmo é não conhecer ou conhecer pouco sobre cristianismo contemporâneo e a Bíblia de um modo geral.. Há, pelo menos uma meia dúzia de religiões que se disfarçam de crstãs, com doutrinas loucas e desonestas.

    Dessa forma, no momento em que alguém alega a necessidade de interpretação e contextualização dos textos bíblicos, está agindo de forma enganadora. Ou Deus é perfeito ou não é. A hermenêutica e a exegese podem ser aplicadas a tudo, menos a Deus e sua palavra, a Bíblia. Se ele é perfeito, não pode haver dúvidas sobre o que quis dizer; nem mesmo se poderia argumentar, in extremis, que o veículo usado para expressar essa palavra ou entendeu mal ou exorbitou.”

    R – Isso não existe! Tanto pessoas que pensam como você, como cristãos desonestos em suas interpretações agem dessa forma. Na verdade qualquer um pode interpretar a Bíblia, desde que não o faça com escárnio ou más intenções.

    Sendo Deus perfeito, numa questão fundamental como seria transmitir suas orientações aos seus ‘filhos’, ele não poderia permitir engano de espécie alguma. De maneira que, se era válido apedrejar adúlteros milênios atrás, tem que continuar sendo válido hoje. Se ofendia o todo-poderoso, há dois, três mil anos, que seus ‘filhos’ trabalhassem no dia a ele dedicado, continua a ser ofensivo hoje. Ou é assim, ou Deus não sabe o que faz, ou não tem certeza do que faz; se assim é, ele não é perfeito.”

    R – Como você se repete. É algum truque de lavagem cerebral? Experimenta entrar numa cadeia de delegtacia com um cara que acabou de ser pego, principalmente se for um pedófilo ou espancador! A porrada come, logo, a violência pertence a nós, admitamos. Quanto ao sábado (mais uma vez você folheia, mas não lê). Existe uma denominação que guarda o sábado, mas o Filho de Deus o liberou: “O sábado foi feito pro homem e não o homem pro sábado”.

    “Qualquer pessoa disposta a realizar esse exercício de pensamento com um mínimo de honestidade chega a essa conclusão, tão simples. Qualquer pessoa disposta a passar por cima da coerência e da honestidade em nome da fé, usando o argumento da necessidade da interpretação e contextualização, é um trapaceiro intelectual e nem mesmo a fé justifica tal coisa.”

    R – Não poderia ser “qualquer pessoa”, mas pessoas realmente qualificadas para a exegese e a hermenêutica. Um dos critérios, é não ser partidário; é necessário ser indiferente. Desculpe, mas não tem como aproveitar nada nesse texto. Não há exegese nem hermenêutica, principalmente por ter sido escrito justamente por alguém que não leu Levítico (a Bíblia), Folheá-la é mais fácil. Diz a lógica que se não acredito que meu vizinho deixará minha vaga vazia, claro que não vou levá-lo a sério e ainda vou contestar sua moral.

    PS – A fé não acaba na espécie humana.

    Abraço, Shirley.

  46. Day/Criatura

    O erro básico que todo crente comete é pensar que quando um ateu está usando a denominação “Deus”, esteja assumindo que trata-se de um ente real.
    O máximo de realidade dada a essa denominação é aquela que reconhece “Deus” como invenção da mente humana.
    Quando falo da perfeição ou imperfeição de “Deus”, não estou dizendo algo como:
    Vejam, Deus não é tão perfeito assim, pois ele fica mudando de ideia a toda hora; ou: Deus está sendo malvado por permitir que nós, seus filhos, tenhamos que sofrer tanto, já que ele pode impedir. Ou qualquer coisa nessa linha.
    O que eu pretendi apontar nesse texto é a desonestidade intelectual e moral de quem pretende legitimar as sucessivas interpretações da bíblia de acordo com cada época.
    Que Deus não existe é ponto pacífico, então não estou – e nem poderia, óbvio – criticar o comportamento, ou apontar falhas do que não existe.
    Não. Estou falando é de gente mesmo. Gente oportunista que diante da impossibilidade de sustentar a validade de uma coisa, no caso a existência de “Deus”, diante dos fatos, passa a recriar aquilo que primeiro anunciavam como verdade definitiva porque calcada no que diziam ser a perfeição desse “Deus”.
    Nem mais, nem menos.
    Que “Deus” não existe é ponto pacífico. Também para os que se dizem crentes dele. Não fora assim, ainda que um ateu se pusesse a bradar em praça pública sua descrença, adjetivando “Deus” com todo tipo de colocações negativas, o máximo que receberia seria um olhar de piedade, pois, sabedores da existência real de “Deus” , seus seguidores não teriam porque se preocupar em defendê-lo.
    Sabe por que o suposto crente em “Deus” se dá ao trabalho de tentar contradizer o ateu e estou sendo suave usando o termo ‘contradizer’?
    Porque o crente não está defendendo “Deus”. Está defendendo a si mesmo. A ideia do quanto parece absurdo aos olhos do ateu, por inventar coisas como “Deus”, ou obedecer e seguir a quem o inventou, e afirmar que essa coisa tem existência própria anterior e autônoma de seu criador; afirmar que essa criação da mente humana é na verdade o criador do ser humano e de todo o resto do que conhecemos; que essa coisa criada pela mente humana está em algum lugar, ou plano além de nós; que essa coisa criada nos recompensará ou nos punirá numa existência pós-morte etc etc, é insuportável para o crente.
    No mínimo por confrontar o crente com seus medos, que o levam a se pendurar na invenção “Deus”.

  47. Day/Criatura

    “Quanto ao sábado (mais uma vez você folheia, mas não lê). Existe uma denominação que guarda o sábado, mas o Filho de Deus o liberou: “O sábado foi feito pro homem e não o homem pro sábado”.

    Vê? É disso que estou falando. Mudam-se os costumes, muda-se o mandamento ou orientação de “Deus”.
    E olha só que coisa. O pai manda:
    “O sétimo dia é o sábado do senhor teu Deus”.
    Vem o “filho” e já não só anula, mas inverte a coisa toda. Agora o sábado é do homem, não mais de “Deus”.
    Mas é isso aí, vai fazendo sua exegese básica, essencial para seu “Deus” soar mais convincente.

  48. Eu parei de ler no primeiro contra-argumento. Será que o crente acha mesmo que a gente é tão idiota a ponto de não perceber a idiotice que ele está dizendo?

    Ora veja. Deus, por algum caralho de motivo, resolveu mandar botar no papel a mensagem dele para a humanidade… Ora pois… No meio de um monte de imbecilidade como mandar o povo fazer churrasco pra ele sentir o cheiro da porra da carne assando, ele não deixou nada para dizer que escravizar o outro é errado.

    E por quê? Porque era o costume da época.

    É como se Deus pensasse Porra, eu sou contra a escravidão, mas não vou deixar nada sobre isso na mensagem que quero deixar para eles… Em vez disso, vou deixar recomendações expressas de como eu quero que eles façam churrasco, de forma que o cheiro agradável chegue até aqui em cima…

  49. Já imaginou a cena?

    Porra, Deus, o que você acha mais importante escrever na sua palavra sagrada para os seres humanos, que tenderão a cumpri-la ao pé da letra:

    1. uma explanação clara explicando que você é contra a escravidão e por que isso é errado; ou

    2. instruções claras de como eles devem fazer churrasco, de modo que você possa se agradar com o cheiro da carne assando?

    E Deus:

    “Hummm… O número dois…”

    Ou seja: Deus só faz merda mesmo!

  50. Greg

    Sobre a rentabilidade dos bancos brasileiros, seria de rolar de rir não fosse o tamanho da desgraceira,pensar que o Partido dos Trabalhadores, e seu dono, o bebum conhecido como Lula vivam de dizer que governam para os pobres.
    Essa cambada cuidou mas foi de enriquecer ainda mais os donos de bancos e seus acionistas, ao mesmo tempo que usa o BNDS para financiar os Cavendish e Eikes da vida, com o nosso dinheiro.
    Sobre as tragédias da região serrana, quando a presidanta compareceu na tal missa, deveria ter sido escorraçada de lá.
    Mas não, fora meia dúzia de gente com brio, o povo fica é lisonjeado.
    Aliás, ao invés de irem à missa, deveriam é ter ido ás ruas, fazer barulho e exigir o cumprimento do que é devido.
    “Deus” serve também de entorpecente contra a afronta de ver essa gente usando a miséria das pessoas contra elas próprias.

  51. Barros

    O que mais me confunde nisso tudo é o aspecto prático da coisa.
    Será que “Deus”, por aquela época estava de regime e só podia se contentar com o cheiro da carne assada?
    Só pode ser isso, razão pela qual ele mesmo não fazia o próprio churrasco, para não cair em tentação.
    Considerando que daquela época para cá o povo foi liberado da tarefa, “Deus” deve ter se tornado vegetariano.
    Ou abandonou o regime.
    Ou quem sabe virou frequentador assíduo do Barbecue Lúcifer’s Inferno?

  52. Shirley,

    Claro que seu texto baseia-se em algo hipotético. A questão do sábado eu também ficava zoando os crentes. Por isso digo: dá para entender sem precisar ter receio de ser chamado de crente. Aqui onde moro nem de longe sou considerada crente. Nem entro em igreja.

    GREG, BARROS E SHIRLEY:

    Outros povos tinham costume TAMBÉM de oferecer sacrifício, queimando bichos, inclusive os caldeus e seus vizinhos. Os hebreus eram orientados politicamente por JUÍZES. Então o povo foi aos sacerdotes e pediram para ter rei. Isso é História. O homem se organiza e o GREG sabe bem disso ao comentar política.

    Outra coisa, Barros: a TORÁ era apenas para o povo hebreu. Cristo foi que veio para todos os ímpios, meu camarada, por ter sido rejeitado pelo povo hebreu. Mas sei que é difícil seguir seus passos e seus conselhos.

    Shirley, de fato eu estudei, fiz seminário e tudo, mas não dá para irmos mais fundo, no entanto entendo e respeito seus pontos de vista.

    Abraços!

  53. Desculpem os erros, é o teclado.
    Barros:
    “CHEIRO SUAVE” é sinônimo de AGRADÁVEL. Hoje em dia, por exemplo, se o cristão é honesto, sincero e canta uma música para Deus, esta é recebida como “cheiro suave”.

    Você deveria se perguntar: por que, diabos, a Bíblia trata de sangue do começo ao fim ??

    É f. de entender mesmo!

  54. “Tudo o que o cristão “sabe” a respeito de Deus está na Bíblia. Toda a sua doutrinação religiosa é baseada na Bíblia. Aí, depois, ele vem com essa de que “Deus não pode estar contido na Bíblia”.

    R – Quem nos dera!… Os cientistas e nós adoraríamos saber de tudo!… pelo viés da Física, de preferência!!! Mas do jeito que somos doidos e ególatras, até cientistas reconhecem que estavam errados, não dá pra gente saber muito. A Bíblia é um pequeno manual apenas.
    (Deuteronômio 29.29)

    “Eu parei de ler no primeiro contra-argumento. Será que o crente acha mesmo que a gente é tão idiota a ponto de não perceber a idiotice que ele está dizendo?”

    R – Essa é a maior prova de que ateu não lê a Bíblia! hehehe

  55. Gregs

    Bancos brasileiros são 50% mais rentáveis que norte-americanos; Bradesco lidera
    Bradesco viu sua rentabilidade cair de 19,8% para 17,2%, mas mesmo assim banco ultrapassou o BB, que viu o ROE recuar de 21,6% para 16,9%, segundo dados da

    Natural meu caro colega, quanto maior o lucro dos bancos maior é arrecadação de impostos o CSLL, 15% vai para o bolso do governo

    Em 2008, especificamente, quando a Contribuição sobre Lucro Líquido (CSLL) dos bancos subiu de 9% para 15%, os tributos apresentaram o maior crescimento proporcional e já representam quase um quarto dessa margem.
    “O peso dos impostos cresceu por decisões do próprio governo. Portanto, se o governo deseja reduzir os spreads bancários para diminuir o juro ao consumidor, é preciso que corte na própria carne”, diz o analista da Austin Rating Luis Miguel Santacreu, que também apoia a maior concorrência.

    Para o governo parar de aumentar impostos só rezando para que suas consciências despertem

  56. Meu nome é Rodrigo Teixeira
    Sou ateu, engenheiro mecânico tenho 25 anos e me esbarrei por acaso com esse blog.

    Dei uma breve lida e algumas postagens nos comentários, e queria deixar uma breve crítica ao autor e aos entusiastas (pois confesso já fui um deles). E posso ver que aqui há uma grande movimentação;

    Inicialmente pensei em endereçar essa crítica de maneira privada apenas para o Barros, mas acredito que ela se aplica em muitos.

    Uma vez que você tenha se compreendido ateu, o primeiro impulso é claro, se inundar do assunto e se tornar até meio chato ( como um adolescente que acabou de descobrir um novo jogo, ou uma banda nova). É normal ! Na postagem da “biblioteca ateísta” vi inclusive excelentes obras (embora se descobrisse que aquilo é um ranking, minha postura seria um pouco mais preocupada).

    Porém após um determinado momento precisamos “seguir adiante” por que não há nada demais (nem de especial) em ser ateu. É simplesmente uma opinião acerca da natureza do universo.

    Não sei o quão claro isso já ficou para alguns de vocês, mas pelo nível de alguns comentários vejo que o alerta é pertinente ! Não há nada de novo aqui, a roda não está sendo inventada ! Todo e qualquer argumento atacando a teologia cristã, ou islâmica apresentado aqui e em outros blogs do gênero são apenas uma repetição de um argumento provavelmente formulado a mais de 100 anos atrás. Do ponto de vista filosófico, o assunto Deus está absolutamente esgotado ! Todas as contradições da bíblia e ilogismos da teologia judaico-cristã já foram prontamente refutados e dissecados. E apesar disto, o mundo é em sua esmagadora maioria, religiosa. O que isso nos deveria dizer ? Que a maioria das pessoas é ignóbil demais para perceber a verdade ?

    Essa é a armadilha em que a maioria de nós caímos ! A juvenil petulância. Não se iluda, todos nós, eventualmente cairemos nas mesmas falácias lógicas em outros campos do conhecimento. Todos nós em algum momento, absorvemos informações inverificadas em respeito a uma figura de autoridade. Somos um animal feito para ser enganado pelos sentidos, na busca pela sobrevivência, e a religiosidade é um fenômeno natural. Se apoiar sempre nas evidências e na lógica é um exercício constante ! (Muitas vezes exaustivo !)

    A religião triunfa porquê há muito já entendeu, o que alguns de nós não : A fragilidade da psique humana. As pessoas não defendem e confiam seu dinheiro e suas vidas a religião, porque estão a procura de uma resposta para natureza da existência humana que seja lógica. Toda vez que um ser humano parte nesta aventura, o destino é o mesmo : o ateísmo. Religiões provém, um censo de comunhão, de acolhimento e bem estar. Não se iluda, essa é uma demanda de todos nós, os religiosos provavelmente não acharam essa experiência em outro lugar. Talvez muitos ateus “recém convertidos”, aparentemente encontrem essa experiência em fóruns onde eles repetem para si mesmos, os mesmos argumentos que Nietzsche, Kant, Feuerbach, Hume e Freud formularam e recentemente os 4 cavaleiros do apocalipse popularizaram. Todo ser humano encontra mães substitutas para amar. E não só irão “ama-la” como irão defende-la da mesma maneira que você defenderia sua mãe se alguém a chamasse de feia, mesmo que no fundo você saiba que ela de fato não é bonita.

    Se para você o assunto ainda não acabou, ótimo continue circundando “grande verdade”, mas mantenha em mente que em algum momento temos que seguir em frente, e entender que simplesmente forçar embates teóricos, não irá iniciar um diálogo. Com meros ataques e escárnios, você não motivará nenhum debate honesto contra um religioso. Ele assumirá sempre a mesma postura e mesmo que com toda habilidade você seja capaz de fazer qualquer apologista cair num rodamoinho de ilogismo e no fundo da sua consciência ele perceba que suas crenças contradizem a lógica, ele abandonará sua lógica e defenderá sua “mãe”.

    E se você escolher uma vida de militância. Encontre algo para fazer ! Há muito trabalho a ser feito em prol do secularismo, humanismo e divulgação da ciência.

    Um abraço.

  57. Criatura Day

    Precisamos saber por que somos imperfeitos, é o mínimo. E se somos imperfeitos, algo perfeito existe pois somente o perfeito se cria hehehe. (Descartes)

    R: Penso que a perfeição é apenas um conceito humano, Deus é o Todo, antes da criação é o único potencial existente , a unica consciência, não existia nele diferenças de potenciais, nenhuma ação física só o pensamento consciente.
    A criação humana nasceu da auto divisão da sua consciência inicialmente em micro consciências ao nível da ignorância absoluta do ser”eu”, porem capacitadas a interagirem aumentando o potencial, formando assim entre criador e criaturas diferentes níveis do potencial de consciências, determinando assim um “proposital ” desequilíbrio ao qual entendemos por imperfeições humanas .

  58. he…he…he…he…he

    Essa é a única frase do Criaturo que tem algum significado.

  59. E muito pouca vida pra tao grande esperiencia a nossa passaagem por aqui ( capela )

  60. Rodrigo Teixeira, você foi filosófico, não?

  61. Criaturo, meu bem,

    Eu me baseio em Descartes, e muito, mas vc tem todo direito de discordar, embora todos saibamos que o filósofo só pensava com a razão. Na verdade a imperfeição nada tem a ver com consciência, penso eu. O que nos faz imperfeitos é, primeiramente a morte, e em seguida olharmos muito pouco para a natureza ao redor. Não olharmos para o céu com um simples telescópio e exclamar: “Que loucura!” Nossa imperfeição é substituir Deus por “acaso”, “destinino”, essas coisas.

    Leia um pouquinho de Descartes ;)

    http://oleniski.blogspot.com.br/2013/01/descartes-perfeicao-divina-e.html

    Abraço!

  62. Rodrigo Teixeira

    Excelente o seu comentário. Sincero, sóbrio, bem escrito e bem fundamentado. Concordo com você em praticamente tudo, e realmente entendo quando você sugere que meus textos e minha posição militante não irão motivar nenhum diálogo honesto com um religioso. Na verdade, eu não estou interessado em dialogar com religiosos. Não mesmo.

    Não tenho nenhuma vontade de dialogar com uma pessoa que me diz que acredita mesmo que um réptil conversou com uma mulher e conseguiu convencê-la a comer uma fruta mágica.

    E como não posso dar nenhuma contribuição no campo das ciências, nem do humanismo, nem do secularismo, eu continuo escrevendo meus textos, que não são destinados ao religioso, mas ao crente de manada, na verdade.

    Quando eu me denomino militante, não significa que ando por aí tentando tornar as pessoas ateias, ou menos religiosas. Eu apenas quero dizer que eu não fico calado quando alguém vem me falar da porra de um cara que se fudeu pra salvar a minha alma de um inferno que, por acaso, ele preparou pra mim.

    Aí, meu caro, os temas sobre os quais já escrevi aqui me ajudam a soltar os cachorros em cima do camarada. Porque eu não quero mesmo dialogar com uma pessoa dessas. Se for pra falar essas merdas, eu quero ela bem longe de mim.

    E eu tenho muito o que fazer. Mas eu ainda encontro tempo para escrever algumas blasfêmias aqui. E por quê?

    Porque eu quero. Porque eu posso. Porque não existe nenhum Deus que possa me impedir de fazer isso, nem me castigar por eu fazer isso.

    Lembra do Neo, da Matrix? Pois bem: essa é a minha escolha.

  63. Strodrigo,

    Muito esclarecedor seu comentário. Claro que não estamos descobrindo as verdades “escondidas”, mas podemos dizer que por nossa própria experiencia, mesmo diante do poderoso aparato da religião, gostamos de mostrar nossa vivências. Para você que é ateu isso não é nada, mas para uma maioria da sociedade é ainda tabu e precisa ser divulgado, mesmo que não “converta” os entes, afinal, não é nosso objetivo. Agora mostrar-se é dar apoio aos que se sentem mal, discriminados por serem ateus.

    E aí que configura a libertação! Pelo simples ato de existir os comentários, existir a livre explanação, o exercício de poder ser ateu, dadas as condições controladas pelas “religiões” que impedem o livre pensar, já se faz libertadora. Relatar as experiências da libertação das amarras e educação repressora pelas quais passamos, nos faz melhor.

    Ser ateu é tão somente não crer em deuses, mas ainda somos confundidos, pela vil doutrinação cristã, como bandidos, malvados, criminosos. Falar dos absurdos das religiões e seus deuses bufões é importante até para chamar a atenção dos pobres incautos – sem a obrigação de convencê-los, porque não somos religiões.

    Por incrível que possa parecer, em pleno século XXI, eu que sou ateu, fui discriminado diversas ocasiões no trabalho e até na família apenas por ser ateu. Como se ateu fosse algo inadmissível, errático, cruel! Fui prejudicado apenas por não crer no sobrenatural.

    Então quanto mais exercemos nossa liberdade, contarmos nossas “óbvias” idéias melhor, para apresentar com naturalidade, que somos assim e somos normais, não tememos deuses, nem sacis, nem pragas e vivemos, na maioria das vezes mais humanistas que os cristãos, sem peso de sermos pecadores, sem afetações, sem repressão sexual e livres para trilhar fronteiras mais altivas da realidade humana!

  64. Strodrigo

    Se hoje podemos nos permitir falar contra as crenças, “forçar embates” e o mais que seja, certamente não foi porque os que nos precederam eram todos da turma do deixa-disso.
    Você escreve como se as religiões e os crentes delas apenas praticassem o bem, como se religiões apenas provessem “…um censo de comunhão, de acolhimento e bem estar.”
    Ainda ontem vi um vídeo de um certo pastor muito famoso por esses dias, e é das coisas mais doentias que já vi na vida. Pois ele está incitando o rancor, disseminando ignorância, satisfazendo o lado bestial das pessoas. No vídeo, fala da vingança de “Deus” contra John Lennon e a banda Mamonas Assassinas. Realmente, não sei de que forma isso pode ser entendido como acolhimento e bem estar.
    Tenho certeza absoluta que os homossexuais enforcados em guindastes no Irã também não tiveram qualquer sensação de bem estar e de acolhimento. Ou mulheres e homens que foram apedrejados até a morte nos países do Islã. Tampouco a moça cuja família a recolheu a uma clínica psiquiátrica por ter ela exposto os seios em público num protesto.
    Em 2010 uma pesquisa nos EUA revelou que ateus são a maioria mais detestada naquele país. Aqui no Brasil somos senão a mais, uma das minorias mais discriminadas.Nosso caráter, nosso senso de ética, nossa conduta enfim, tudo é julgado por esse viés e ele é negativo.
    Assim, faço minhas as palavras do Saracura:

    “Então quanto mais exercemos nossa liberdade, contarmos nossas “óbvias” idéias melhor, para apresentar com naturalidade, que somos assim e somos normais, não tememos deuses, nem sacis, nem pragas e vivemos, na maioria das vezes mais humanistas que os cristãos, sem peso de sermos pecadores, sem afetações, sem repressão sexual e livres para trilhar fronteiras mais altivas da realidade humana!”

  65. ss
    Que Deus não existe é ponto pacífico, então não estou – e nem poderia, óbvio – criticar o comportamento, ou apontar falhas do que não existe.

    ja que não pode provar pelo menos tente justificar sua afirmação.

    Que “Deus” não existe é ponto pacífico. Também para os que se dizem crentes dele. Não fora assim, ainda que um ateu se pusesse a bradar em praça pública sua descrença, adjetivando “Deus” com todo tipo de colocações negativas, o máximo que receberia seria um olhar de piedade, pois, sabedores da existência real de “Deus” , seus seguidores não teriam porque se preocupar em defendê-lo.

    R: esta tentativa de argumento é valida para os dois lados, se vocês tem tanta certeza de que Deus não existe porque necessitam criar sites ateus e ficarem falando dele a toda hora ?
    eu acho que a “esquizofrenia” da crença deve ser contagiante.
    Algumas pessoas acreditam em diabo, gnomos, fada madrinha e papai noel e até em políticos honestos, porque vocês não desapegam um pouco de Deus e vão tentar convencer estas pessoas que elas estão iludidas.
    Eu sou ateu do diabo,mas não sinto essa necessidade proselitista de sair pregando que ele não existe para milhões de pessoas que são crentes dele e ao contrario de voce ateus em relação a Deus eu raramente pronuncio o nome diabo.
    eu acho que ódio e amor separam-se por uma camada de orgulho que poderá ser rompida a qualquer momento, voce estão quase chegando lá, alimentam o motor do barquinho de voces com orgulho, seguindo um sentido contrario ao natural, quando esgotar a suas fontes do ego , deixaram-se levar pela irresistível correnteza do amor que retorna a origem da sua fonte principal Deus.

    que essa coisa criada nos recompensará ou nos punirá numa existência pós-morte etc etc, é insuportável para o crente.

    R: não quis dizer para o ateu ?

    Porque o crente não está defendendo “Deus”. Está defendendo a si mesmo.

    R: concordo! Deus para mim representa todo o meu ser e o sentido da minha vida, apesar de não ser o maior consciência da sua verdade eu sou um divino representante da sua realidade.

    Quando um ateu nega a Deus ele rejeita a sua própria existência, espera encontrar na morte um fuga para realidade que é a sua vida.

  66. ss

    , e seu dono, o bebum conhecido como Lula vivam de dizer que governam para os pobres.

    No caso do lula ele disse que acabaria com a pobreza e cumpriu sua palavra começando pela sua família, logo no primeiro ano do seu mandado seu filho conseguiu emprestar do banco do brasil algum dinheirinho, abriu um empresa de telecomunicações e foi agraciado com um contrato milionário com a Embratel,mas a cabeça do ministro da comunicação rolou só porque era um dos seus sócios neste negócio de pai para filho.
    “Brasil um pais de tolos”, sou brasileiro e não desisto nunca ,vou tentar sobreviver em outro pais.”

  67. Criaturo

    Ambos somos ateus do diabo e você não me vê falando nada contra ele.
    Sabe por que? Por que os crentes do diabo não ficam tentando me convencer da realidade dele e dos benefícios de nele crer.
    Deveria ser ponto pacífico válido para ambos os lados apenas se, e somente se, os supostos crentes de “Deus” não dessem lastro a tanta coisa absurda e prejudicial.
    Mas vejo que você tem muito bom senso nas coisas práticas e reais,vide seu comentário sobre o bom papai Lula.

  68. “Tudo o que o cristão “sabe” a respeito de Deus está na Bíblia. Toda a sua doutrinação religiosa é baseada na Bíblia. Aí, depois, ele vem com essa de que “Deus não pode estar contido na Bíblia”.

    R: Tudo o que o “ATEU” sabe a respeito de Deus esta biblia, por isso tornarão-se limitados a esse respeito

    Day

    os maluco(a)s são sempre os mais inteligentes

    vc tem todo direito de discordar, embora todos saibamos que o filósofo só pensava com a razão.

    R: sendo assim eu acho que ele tem razão, pois sem razão ninguém consegue pensar nada.
    por exemplo: uma pedra não possui nenhuma razão própria, logo ela não consegue pensar.

    sds

  69. Anônimo, em 09/04/2013 às 15:26 disse:
    he…he…he…he…he
    Essa é a única frase do Criaturo que tem algum significado.

    R: talvez para isto seja a unica coisa que voce conseguiu entender, pois é comum crianças rirem com adultos mesmo sem entenderem direito a moral da história.

    Mas eu também tenho minhas duvidas:

    Anonimo significa um ser querendo ser todos ao mesmo tempo, ou um ser querendo ser ninguém ?

  70. Rodrigo

    Do ponto de vista filosófico, o assunto Deus está absolutamente esgotado ! Todas as contradições da bíblia e ilogismos da teologia judaico-cristã já foram prontamente refutados e dissecados.

    R:apesar de concordar com voce que alguns crentes e a maioria dos ateus são limitado biblicos, ha suas exceções não da para generalizar, tudo bem eu não me considero um crente tradicional e limitado a argumentos emocionais biblicos,mas cara voce ta cutucando a ferida da limitação biblica da maioria dos ateus. Parabéns pela imparcialidade! Eu mesmo ja repeti isto a exaustão,mas como voces mesmo costumam dizer a crença ou descrença pode servir como droga deixando ateus e crentes viciados nela.
    O Barros ta nesta, faz muito tempo coitadinho, diz que a biblia não presta mas vive por ela, do tipo ela não vale nada ,mas dedicarei minha vida toda a falar mal dela……ha..ha..ha..ha …mais uma ironia pregada pela descrença.

    Aih! Barros uma sugestão para seu próximo post:

    Bíblia, uma droga que não consigo lagar, me perdoem sou mais um ateu!

    Apesar de ser um teista, gostei do seu comentário que me pareceu bem lucidos, quando tiver um tempo vou refletir melhor, Valeu e seja bem vindo!

    sds

  71. Shirley,

    obrigado pela menção!

    Até quando seremos discriminados como sujeitos perversos? isso implantado na mente das pessoas desde a infância. O crente deve aceitar que existam entes avessos ao seu credo particular. Têm que parar com a mania de absorver toda a humanidade como “manada” em torno de absurdos, querendo com isso apenas se eximir de serem crentes em idiotices bizarras. Seria como se descobrissem que é preciso “diluir” a responsabilidade entre todos para que não sejam considerados os “idiotas” que creem em absurdidades infantis.

    Não querem ser “irracionais” sozinhos! Se todos seguem, o bizarro fica incólume do julgo racional!

    Sejam felizes com suas crenças, mas não nos indigitem crimes que nunca cometemos.
    abração

  72. Shirley

    Só para esclarecer alguns pontos.

    “Se hoje podemos nos permitir falar contra as crenças, “forçar embates” e o mais que seja, certamente não foi porque os que nos precederam eram todos da turma do deixa-disso.”

    -Se lembra o que eu disse sobre absorver ideias/verdades, que não foram verificadas ? Praticamente todos os ateus publicamente conhecidos, que tinham uma postura “combativa” e agressiva contra qualquer tipo de religião, viveram numa época que já era possível fazer isso sem retaliação. Se houveram ateus aqui no ocidente que “combateram” a igreja de frente enquanto ela tinha poder, esses não viveram pra deixar registros.

    A ciência desarticulou o papel da igreja na Europa, sendo mais útil que ela, e não se ocupando de “bater boca”.
    Se esse é o tipo de atividade que lhe entretém, fique a vontade. Apenas quis compartilhar uma informação pois penso que é comum a todo ateu, a indignação diante do obscurantismo e dos charlatões televangelistas, mas simplesmente “bater de frente” não é o caminho para lutar contra esse obscurantismo. Nietzsche (que por sinal é meu filósofo de preferência) viveu numa Alemanha onde o papel político da igreja já era inócuo, e ele tinha liberdade para fazer o que fazia, e tudo o que ele conquistou com sua agressividade foi o desprezo e o anonimato –

    “Você escreve como se as religiões e os crentes delas apenas praticassem o bem, como se religiões apenas provessem “…um censo de comunhão, de acolhimento e bem estar.”

    – Olha, eu não fiz qualquer juízo de valor sobre religião. Que fique claro : Ao dizer que as religiões oferecem um senso de comunhão.e acolhimento, não estava dizendo que religião é boa. Estava simplesmente elucidando o fato de que é isso que as pessoas estão buscando ali. E se ali permanecem, é um sinal de que sua demanda é satisfeita.

    Não tenha dúvida que me arrepia os pelos da nuca, ver figuras como Malafaia, ocupando horas da tv aberta, destilando todo tipo de bobagem. Eu apenas acredito num outro tipo de abordagem, pra desarticular essas pessoas –

    “Em 2010 uma pesquisa nos EUA revelou que ateus são a maioria mais detestada naquele país. Aqui no Brasil somos senão a mais, uma das minorias mais discriminadas.”

    – Esse é o ponto alto do argumento que tentei expressar. Somos de fato, uma minoria descriminada. É sem dúvida, importantíssimo “sair do armário”, e pagar o preço por isso. Porém, agressividade e escárnio contra os objetos de fé do outro, apenas ajudam a corroborar o preconceito, e a ideia que ateus são arrogantes, se consideram mais inteligentes que todos e que querem destruir a religião. Ou seja quando nos comportamos como adolescentes histéricos, apenas damos mais força a pessoas como o Malafaia (que prega em suas congregações que se seus fiéis deixarem seus filhos sequer, se afastar um pouco da religião, terão filhos rebeldes e distantes e talvez os perca definitivamente, pois ateus odeiam Deus e os seus servos).

    Como eu já havia expressado antes, o contexto em que viviam os cientistas e pensadores durante a “Renaissance” era muito diferente da nossa. Aquela era uma sociedade onde entre 80 e 90% da população não sabia nem ler, nem escrever. O obscurantismo estava totalmente entranhado naquela sociedade até aquele momento.

    Supor que alguém “acredita” em Deus ( a muitas pesquisas sendo desenvolvidas que indicam que a crenças místicas não funcionam como a nossa crença na lei da gravidade ) é burro, é um erro ! Talvez por ter vivido a religião de maneira intensa por algum tempo isso seja mais claro, mas no mundo de amplo acesso a informação que temos hoje, até o mais tacanho dos evangélicos é diariamente “flechado” por evidências que perturbam e fazem suas “crenças” parecem inadequadas e ilógicas. O motivo pelo qual alguns são capazes de ignorar todas elas, é emocional, não intelectual. Teologia é uma tentativa intelectual de proteger essas “crenças” emocionais.

    Não vejo nenhum problema em “corrigir” alguém que esteja dizendo uma inverdade em nome da religião. É inclusive ótimo, desmascarar esses apologistas que vendem ter alcançado Deus pelo intelecto. Mas palavras ofensivas são desnecessárias. Muito mais do que desnecessárias, são prejudiciais ao combate contra o obscurantismo e ao anacronismo ao qual nossa sociedade é submetida ainda nos dias de hoje.

  73. Strodrigo

    “Se lembra o que eu disse sobre absorver ideias/verdades, que não foram verificadas ? Praticamente todos os ateus publicamente conhecidos, que tinham uma postura “combativa” e agressiva contra qualquer tipo de religião, viveram numa época que já era possível fazer isso sem retaliação. Se houveram ateus aqui no ocidente que “combateram” a igreja de frente enquanto ela tinha poder, esses não viveram pra deixar registros.”

    Depende do contexto em que você usa a palavra “retaliação’. Se você fala de condenações, de mortes, etc, você está coberto de razão.
    O que não quer dizer que as pessoas que postularam pelo ateísmo foram recebidas de braços abertos.
    Reconheço também que usei impropriamente uma racionalização mais geral aplicando-a a um ponto específico – ateísmo – sem embasamento para tal.
    Quanto ao que você pejorativamente descreve como bater boca. Eu não sou cientista; nada tenho a contribuir nesse campo. Me ocupo do microcosmo da minha existência. Esta sempre foi pautada por minha condição ateia.
    As pessoas minha família incluída, têm a tendência de ver não o que sou, mas aquilo que elas acham que um ateu necessariamente deve ser. Ainda recentemente estive no aniversário de 3 anos de um sobrinho; ao final do ‘parabéns pra você’, meu irmão liderou um pai-nosso seguido de um hino qualquer. Nada mais fiz que me manter em silêncio e foi o que bastou.
    Quaisquer reveses que tenha na vida, é certo como dois mais dois igual quatro que aparecerá alguém para dizer que a causa do problema é que sou uma pessoa sem “Deus”. De nada adianta argumentar que ter problemas e sofrimentos é inerente à condição humana, mesmo lembrando que tais pessoas, crentes de seu “Deus”, estão igualmente sujeitas a problemas e sofrimentos.
    Se algo acontece de positivo, não foi porque corri atrás, dei a cara para bater, lutei. Foi porque “Deus” quer me mostrar que apesar do que sou, ele está me guiando.
    Algumas pessoas já tiveram a imensa indelicadeza de demonstrar espanto pelo comportamento de meus filhos, quando souberam que são criados por uma ateia; implícita a noção de que por ser ateia, não tenho como transmitir coisas como retidão, bons modos, cortesia, enfim.
    Ao que parece, o uso de expressões chulas, palavrões, ofende o seu senso de pudor e isso é perfeitamente normal. Eu evito ao máximo fazer uso dessas expressões, mas não me incomodo com elas, até porque de há muito perdi a conta das vezes em que desejei sinceramente usá-las.
    Você nos diz que deveríamos estar empenhados em fazer algo de útil, ao invés de estar aqui a bater boca.
    É, incontestavelmente, seu direito expressar sua opinião.
    Mas é nosso direito também expressarmos a nossa; eu particularmente sou muito grata ao autor do blog por disponibilizar esse espaço.
    Para uma ateia tão sem relevância nos destinos do mundo, ter um lugar para bater boca é excelente meio de desafogar muita coisa que engasga no dia a dia.
    Ademais, nunca me canso de salientar que nenhum de nós ateus sai por aí fazendo proselitismo (nós, ateus comuns) e também não obrigamos ninguém a vir cá ler o que escrevemos.

  74. Saracura

    ” Seria como se descobrissem que é preciso “diluir” a responsabilidade entre todos para que não sejam considerados os “idiotas” que creem em absurdidades infantis.”

    Exatamente. Se estivessem convictos da existência desse “Deus” ou de qualquer deus que inventam, não se incomodariam em nada com aqueles que desacreditam. Como sabemos,quando tentam desqualificar o ateu, quando tentam retirar deste atributos inatos à maioria dos seres humanos, estão na verdade procurando uma maneira de demonstrar que a não-crença é perniciosa. Mas o que realmente deixam à mostra é o quanto temem o julgamento dos que são alheios a crenças. Na base disso está o conhecimento, em algum nível, de que seus deuses não existem, pela razão de que não podem existir. Entre aceitar esse conhecimento e viver com ele há um abismo de medos, das coisas que não conhecemos, das agruras da vida, da morte.
    É mais fácil, e ainda gera sensação de justificação, voltar-se contra os que discordam.

    Abração

  75. Rodrigo,

    Partindo do princípio de que nada sabemos (ainda), considero seu comentário uma renovação que celebra o diamante que todos temos. Mesmo sendo infantilidade negar algo acima de nós, penso que, dada a loucura de Deus, pessoas como você, provocam uma renovação, no caso Jesus..Digo caso porque Ele está sendo julgado por todos os seres humanos. Judeus, ateus, islâmicos, budistas, adventistas, umbandistas, candomblecistas,,e todo grupo que se sente auto-suficiente, dispensando a realidade de uma alma que somos nós. O EU. Eu já imagine que tipo tudo foi aparecendo, se desenvolvendo, selecionando-se, vencendo o melhor:EU. Se me contassem uma estrória assim, eu criança, certamente eu perguntariia:”Por que a lagartixa não é mais importante que eu?

    Gostei do seu “esporro”. Se eu me tornasse ateia, certamente, me recolheria, Todavia, tal movimento bazafiador de ateísmo, é pura religião. E xiita, porque quando estamos bem não precisamos alardear a nossa fé, ainda que seja fé quue Deus não existe.

    Não posso provar que existe um Deus inimaginável. E isso me dá o direto de ser ateia. Mas nosso coração não foi criado por acaso. É apenas um músculo. (?). .

    Receba um beijo. :

  76. Saracura,

    Quem ou o quê criou tudo, de forma incompreensível e maravilhoso?

    beijo

  77. Day. só fique claro uma coisa :

    Se você quer de fato engajar num debate usando a razão, você precisa seguir uma “receita básica”. Caso contrário fica impossível levar o que você diz a sério e ai só resta ignorar.

    A receita é a seguinte, sempre nessa ordem :
    1- Sua premissa, uma ideia ou conceito que você pretende defender
    2- Inferências, argumentos baseados em “fatos” ou evidências acessíveis as pessoas com quem você está dialogando.
    3- Conclusão, que é o resultado da análise entre a relação (verdadeira ou falsa) entre a premissa que você está defendendo e os argumentos que você apresentou.

    Eu posso até não concordar com o que você diz, e até tentar desbaratar o que você disse. Mas sem essa estrutura básica de raciocínio, fica impossível manter um diálogo, entende ?

    Vou (na tentativa de ser imparcial), mostrar uma argumentação de verdade feita do ponto de vista teológico. Essa especificamente foi feita pelo Aurélio Agostinho (“Santo” Agostinho) no séc I

    1 – Deus existe
    2 – Todo evento observável e experimentável tem uma causa ( lei da causa e efeito),
    3 – Logo o universo e tudo que existe nele deve ter um causador, esse causador é Deus

    Essa argumentação específica, já foi destilada logicamente ( Se assumiu que tudo tem uma causa, logo deus também teria que ser causado por algo. Se defendermos que a lei de causa e efeito não se aplica a deus, logo a inferência “tudo tem uma causa” é falsa e não teríamos como saber se outras coisas além de deus também não precisam de uma causa.)

    Mas “pelo menos” é uma argumentação de verdade, entende ?

    ——————————–//———-//———–//—————————

    Usando essa mesma receita, vou lhe mostrar que não é necessário fé para não acreditar em deus ( não só acreditar em deus, como não acreditar em qualquer coisa)

    1- Fé é apenas necessária para acreditar, pois não acreditar não é o exato oposto de acreditar.

    2- Fé é a firme opinião de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta ideia ou fonte de transmissão.

    Concordarei plenamente com você que afirmar categoricamente que o Universo com toda e absoluta certeza surgiu espontaneamente, requer a fé que eu comecei definindo.

    Porém, há uma distância enorme entre ter a impressão que o universo foi criado por uma força intencional e acreditar que essa tal força ou entidade se chama Javé, é composto de uma estrutura chamada trindade, criou o homem do pó e a mulher da sua costela, criou todos os animais do jeito que eles são hoje, ajudou esse ou aquele povo a vencer guerras e se preocupa com coisas como : qual percentagem do seu salário você deve dar a igreja, como, quando e com quem você faz sexo, ser adorado e venerado, poupar ou deixar pessoas morrerem em acidentes. É uma entidade onisciente, onipresente e onipotente, que um dia encarnou em forma de homem, nascido do ventre de uma virgem e um dia acabará com tudo o que ele criou, levando todos que obedeceram as regras para uma eternidade de felicidade e o resto para uma eternidade de sofrimento.

    Se o universo foi criado por algo ou não, eu sinceramente não sei. (Como ex-estudante de física e engenheiro, tenho a impressão que dado certos fenômenos que já podemos observar em escalas muito pequenas é possível sim que o universo tenha surgido espontaneamente. Tudo depende da definição de universo que você utilizar.) Agora caso eu esteja enganado e o universo de fato foi criado, eu tenho incontáveis provas e evidências para firmemente acreditar que ele não se chama Javé, ou Alá, ou Brahma ou Zeus e que diversos eventos e preceitos defendidos por todas as religiões conhecidas (como aqueles que citei) são falsos.

    No sentido prático da palavra, Ateu é uma pessoa que nega essas alegações feitas pelas religiões conhecidas ( no mundo ocidental a enfase acaba sendo no cristianismo). O que é bem diferente de ter uma opinião definitiva e absoluta sob a origem do universo.

    3 – Logo não é necessário fé para ser Ateu

    ——————————–//———-//———–//—————————

    Aliás se pararmos para analisar a própria palavra é de certa forma enganosa. Ela dá a impressão de que todos que carregam esse “rótulo” pensam de forma parecida em vários campos da vida, o que não é verdade. Não temos uma palavra pra quem não acredita por exemplo em reencarnação. Não acreditar em reencarnação não implica necessariamente que você não acredita em algum Deus. Mas essa é uma outra discussão….

  78. ss

    Ambos somos ateus do diabo e você não me vê falando nada contra ele.
    Sabe por que? Por que os crentes do diabo não ficam tentando me convencer da realidade dele e dos benefícios de nele crer.

    R: da mesma forma eles usam o diabo para tentar te forçar aceitar a crença deles, nesta questão o Diabo se torna uma arma dos crentes radicais para intimidar os ateus.
    Então essa sua preferencia em querer evidenciar apenas uma suposta inexistência divina continua injustificável.

    seria ser ponto pacífico válido para ambos os lados apenas se, e somente se, os supostos crentes de “Deus” não dessem lastro a tanta coisa absurda e prejudicial.

    R: voce quer insinuar que a crença no diabo é menos prejudicial em relação acreditar em Deus?

    Mas vejo que você tem muito bom senso nas coisas práticas e reais,vide seu comentário sobre o bom papai Lula.

    por enquanto obrigado , até a nossa próxima divergência também nestas questões.

  79. Ô Criaturo

    Você está falando sério nesse negócio de diabo?
    Primeiro você afirma que é ateu em relação ao diabo, agora diz que ele faz coisas?
    A sua filosofia segue o “no creo en brujas, pero que las hay, las hay”?

  80. Rodrigo

    tenho a impressão que dado certos fenômenos que já podemos observar em escalas muito pequenas é possível sim que o universo tenha surgido espontaneamente.

    R: como ex-estudante de física você conhece alguma ação provocada sem um desequilíbrio de forças ?
    A questão é se este desequilíbrio foi causado ou expontaneo?
    como um desequilíbrio pode ter sido expontaneo sem ter tido uma causa inicial ?

  81. ss
    Ô Criaturo
    Você está falando sério nesse negócio de diabo?
    Primeiro você afirma que é ateu em relação ao diabo, agora diz que ele faz coisas?
    A sua filosofia segue o “no creo en brujas, pero que las hay, las hay”?

    R: não creio em diabos nem anjos pois todos os seres são humanos na suas origens, mas não tente desconversar, argumentei que ha tanto crentes de Deus quanto do diabo, então por que ateus dão preferencia em tentar desacreditar apenas Deus.
    Vai ter coragem de falar que a crença no diabo é menos prejudicial ?
    Você afirma que é ateia porque Deus não existe por isso dedica-se a revelar esta sua verdade, mas ja que afirmam que o diabo tambem não existe deveriam criar os ateus do diabo, mas é lógico que isto não iria dar muito ibope nem faria muito sentido.
    Pois não poderiam falar nem bem , nem mal ja que afirmam que o diabo não existe.
    Ateísmo é sinônimo de orgulho, é querer criticar a realidade existente quando não se tem capacidade para fazer melhor.
    São políticos criticando as obras de quem realmente esta no poder ,mas se tivessem esse poder saberiam que tudo foi feito da melhor forma possível ,mas se não foi obra humana então só resta criticar suas origens, ou então radicalizar uma causa sem razão inteligente.
    Ja que acreditam na inexistência divina, se sentem reprimidos pela maioria divergente então dedicam-se a provar a crença própria e a desaprovar a crença alheia.

  82. Criaturo

    Como diz minha mãe: “põe a mão na consciência, criatura!”
    Você está falando como se existissem pessoas ‘diabistas’, ‘satanistas’, ‘luciferistas’, ou coisa que o valha, que assumindo-se como tal, fossem formadores de opinião, influentes no comportamento das pessoas e coisa e tal; que andassem por aí batendo nas portas das pessoas e enfiando-lhes goela abaixo o evangelho correspondente; que discriminassem e difamassem os discordantes etc.
    Além disso, você está colocando o diabo numa condição independente de “Deus”. Não é o caso.
    Se ateus não creem em “Deus”, segue-se automaticamente que não creem no diabo, ou mais precisamente, em Lúcifer, criação de “Deus”.
    Convenha que até para discutir há que se ter um mínimo de razoabilidade.

  83. Criaturo

    Respondendo as suas dúvidas.
    1 – “como ex-estudante de física você conhece alguma ação provocada sem um desequilíbrio de forças ?”

    – Para resposta que tenho para lhe oferecer, a palavra “ação” é inadequada, pois ação infere causa. Se substituirmos a palavra “ação” por “manifestação”, a resposta é sim.

    Não sei até onde se estende seu conhecimento em física, mas infelizmente quando se trata de conhecimento de fronteira, fica mais difícil falar dos conceitos de maneira “mastigada”.

    Uma das consequências da teoria-M (se você não sabe do que se trata, “google it”), é a existência de anti-matéria. No modelo da teoria-M tudo no universo é composto por pequenas membranas de energia (as supercordas) que conseguem vibrar em 11 dimensões diferentes. Elas vibram indefinidamente (Não faz sentido falar em “pra sempre” ou “desde sempre”, pois tempo não existe nessa escala, tempo não se experimenta em velocidades próximas a luz ou espaços infinitesimais. A matemática dessa afirmação é muito confiável mas o nosso cérebro é muito limitado para não emular as coisas em termos de tempo). Quando as cordas vibram elas se manifestam de formas diferentes, mas equilibradas. Assim na escala quântica, a todo momento há matéria surgindo e sumindo “do nada” o tempo todo. Essa matéria são as cordas vibrando nas dimensões a que nós temos acesso ( altura, largura, comprimento e tempo). Sempre que a corda se manifesta como matéria em uma dimensão, se manifesta ao mesmo tempo como anti-matéria em outra e a tendência natural é que as duas se aniquilem voltando ao “equilíbrio” (por que elas se atraem), até que a manifestação se repita, como uma mola vibrando indefinidamente. Sob certas condições específicas essas cordas entram em “consonância” e a anti-matéria não consegue anular a matéria. Uma consequência desse modelo é que como podemos observar matéria manifestada no nosso universo (prótons, elétrons, quarks), deveria haver também anti-matéria (anti-prótons, anti-elétrons, anti-quarks) e nós já detectamos !

    http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/925847-cientistas-confinam-antimateria-durante-16-minutos.shtml

    É verdade, que a teoria-M ainda está na fase inicial e não há nem de perto provas conclusivas, mas ela é um modelo onde os tais “desequilíbrios” que você esperava surgem sem uma “ação” ou causa. É um modelo de extrema lógica e coerência interna, tanto do ponto de vista matemática quanto física (o que já é muito difícil de alcançar) e cujas implicações, já são sustentadas por algumas evidências. Ou seja é possível de maneira lógica e estruturada que a matéria surja espontaneamente. o que responde a sua pergunta 2. A 3 está mais ou menos explicada na descrição da 1.

    Mas é importantíssimo ressaltar o que eu já disse antes. Mesmo que a ciência acabe chegando a conclusão de que o universo foi “causado”
    e que você queira chamar essa causa de Deus ao invés de peido alienígena, nada muda em relação a incoerência lógica e histórica da teologia cristã, Provando que o universo foi causado apenas empurraríamos o problema pra frente e a nova pergunta fundamental seria “O que causou tudo ?”.

    Um abraço.

  84. Peido alienigena?! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Strodrigo é perigosoooooo o homem; não da idéia não !! do jeito que crente (Na sua maioria) é abestado e burro; ja ja tem a religião do peido alienigena.

    O fodão la o manda chuva da igreja vai ser o maior bufador de todos;
    Agora meus irmãos virem os traseiros uns para os outros e bufem a vontade para reverenciar o “peido primordial”

    Depois do Urandir eu não duvido de mais nada rrsss

  85. ss
    Como diz minha mãe: “põe a mão na consciência, criatura!”

    R: voe me confundiu com a criatura Dayse

    Você está falando como se existissem pessoas ‘diabistas’, ‘satanistas’, ‘luciferistas’, ou coisa que o valha,

    R: existe pessoas para tudo, conheço um que se apresenta pelo pseudônimo de Lucifer e se diz satanista, o cara me parece gente boa mas é um orgulhoso afirmando que não necessita de Deus, pois é um ser livre.
    Existe ai alguma afinidade com ateus ?

    que assumindo-se como tal, fossem formadores de opinião, influentes no comportamento das pessoas e coisa e tal; que andassem por aí batendo nas portas das pessoas e enfiando-lhes goela abaixo o evangelho correspondente; que discriminassem e difamassem os discordantes etc.

    R: voce continua limitando-se ao ateísmo bíblico,cade os argumentos contra existência de um principio inteligente ?

  86. Criaturo

    Na expressão usada por minha mãe, ‘criatura’ significa a pessoa a quem ela está se dirigindo.
    A todo momento fico me perguntando se você não entende mesmo o que está escrito ou se você está me zoando.
    Esse negócio do seu conhecido Lúcifer, essa interpretação do que falei como ateísmo bíblico; talvez tenha sido o uso da palavra ‘evangelho’? Ela tem um outro significado além de representar os escritos de Mateus, Marcos, Lucas e João, suponho que você saiba?

    “…cade os argumentos contra existência de um principio inteligente ?”

    Que princípio inteligente? Sinceramente, não entendo onde você enxerga esse princípio inteligente. Eu não o percebo em lugar algum.
    Onde estaria ele?
    Não dá para apresentar argumentos tratando de algo imperceptível.

  87. Rodrigo

    Respondendo as suas dúvidas.
    1 – “como ex-estudante de física você conhece alguma ação provocada sem um desequilíbrio de forças ?”

    R: levantei esta questão pois defendo uma teoria:

    Digamos que no principio Deus era o equilíbrio de uma consciência sem ações físicas.
    Deus único potencial existente, “sem diferença de potencial, sem ações.”
    No momento da criação passou a dividir uma parte do seu potencial consciênte em infinitas consciências de menor potencial,causando um desiquilíbrio de forças que geram interruptas ações físicas, porem com uma tendencia a voltarem ao equilíbrio natural, inicialmente todas elas foram divididas ao nível da ignorância absoluta com capacidade para conquistarem níveis mais altos do potencial da consciência Deus.

    muito interessante a teoria-M

    No modelo da teoria-M tudo no universo é composto por pequenas membranas de energia (as supercordas) que conseguem vibrar em 11 dimensões diferentes. Elas vibram indefinidamente (Não faz sentido falar em “pra sempre” ou “desde sempre”, pois tempo não existe nessa escala

    R: algumas linhas defendem que os mundos vibram em diferentes frequências, e que alguns seres limitam-se apenas captar a frequências capaz de de excitarem a realidade especifica ao mundo que foi destinado a impressionar o atual nível das suas consciências.
    no caso das eternas vibrações, o desequilíbrio proposital do potencial da maior consciência Deus causa uma eterna ação física .

    Quando as cordas vibram elas se manifestam de formas diferentes, mas equilibradas.

    R: Do tipo dois pesos iguais de formas diferentes ?

    . Assim na escala quântica, a todo momento há matéria surgindo e sumindo “do nada” o tempo todo.

    R: a própria existência da palavra nada, ja evidencia a contradição do seu sentido, entendo melhor substituindo a palavra surgindo por manifestando-se ou não a nossa consciência, ou ainda alternado sua vibração entre a faixa do visível e não visível

    Essa matéria são as cordas vibrando nas dimensões a que nós temos acesso ( altura, largura, comprimento e tempo).

    R: ok !

    Sempre que a corda se manifesta como matéria em uma dimensão, se manifesta ao mesmo tempo como anti-matéria em outra e a tendência natural é que as duas se aniquilem voltando ao “equilíbrio” (por que elas se atraem), até que a manifestação se repita, como uma mola vibrando indefinidamente.

    R: Na minha teoria da criação divina “nada saiu do nada” …he…he…he…he.. mas o “tudo” saiu do “Todo Deus” em um desequilíbrio proposital do seu maior potencial consciênte manifestando assim menores potenciais da sua consciência sendo nós as humanas, apesar de haver uma tendencia natural a volta do equilíbrio, isto se torna impossível por ir contra a causa inicial Deus.
    Assim o desequilíbrio intencional entre o maior potencial da consciência Deus em relação as suas consciência humanas sempre existira não importando o tempo, nem o grau da evolução delas.
    mas no caso da cordas vibrando em mundos paralelos de polaridades contrarias , seriam analogamente a Consciência Deus manifestando suas divisões em mundos diferentes.
    mas no caso se elas tendem voltar ao equilíbrio qual a razão, ou a vontade que as impedem de seguir a esta tendencia natural ?
    Como afirmei no inicio para haver uma ação ou manifestação é necessário haver um desequilíbrio de forças, então te pergunto:
    Qual seria a causa inicial ou desequilíbrio forçando as cordas vibrarem pela primeira vez ?
    Se voce afirma que elas vibram , agem , manifestam-se e existem eternamente a “teoria-M” é tão provável quanto Deus.
    Apesar da ciência ainda não ter conseguido criar um gerador de energia eterno, podemos pegar como exemplo uma cachoeira sempre fluindo do maior potencial para o menor, aparentando ser possível a existência de um eterno desequilíbrio de forças.
    como na ação constante da sua mola.

    É verdade, que a teoria-M ainda está na fase inicial e não há nem de perto provas conclusivas, mas ela é um modelo onde os tais “desequilíbrios” que você esperava surgem sem uma “ação” ou causa.

    R: Mas isso não explica a causa que deu inicio a vibração das cordas, só afirma que elas vibram desde sempre, como na visão do filósofo Chicó: “Isso eu não sei, só dizer que foi assim”

    Sob certas condições específicas essas cordas entram em “consonância” e a anti-matéria não consegue anular a matéria. Uma consequência desse modelo é que como podemos observar matéria manifestada no nosso universo (prótons, elétrons, quarks), deveria haver também anti-matéria (anti-prótons, anti-elétrons, anti-quarks) e nós já detectamos !
    http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/925847-cientistas-confinam-antimateria-durante-16-minutos.shtml

    R: A natureza é uma beleza! o mudo invisível criando o nosso mundo visível

    É um modelo de extrema lógica e coerência interna, tanto do ponto de vista matemática quanto física (o que já é muito difícil de alcançar) e cujas implicações, já são sustentadas por algumas evidências. Ou seja é possível de maneira lógica e estruturada que a matéria surja espontaneamente. o que responde a sua pergunta 2. A 3 está mais ou menos explicada na descrição da 1.

    R: houve controvérsias!

    Mas é importantíssimo ressaltar o que eu já disse antes. Mesmo que a ciência acabe chegando a conclusão de que o universo foi “causado”
    e que você queira chamar essa causa de Deus ao invés de peido alienígena, nada muda em relação a incoerência lógica e histórica da teologia cristã, Provando que o universo foi causado apenas empurraríamos o problema pra frente e a nova pergunta fundamental seria “O que causou tudo ?”.

    R: a questão é a origem é: a burra do deus acaso, ou existe o principio inteligente Deus ?

    sds

  88. ss

    A todo momento fico me perguntando se você não entende mesmo o que está escrito ou se você está me zoando.

    R: he…he…he…he…calma não leve tudo a sério se não acaba ficando sem graça.

    Esse negócio do seu conhecido Lúcifer, essa interpretação do que falei como ateísmo bíblico; talvez tenha sido o uso da palavra ‘evangelho’? Ela tem um outro significado além de representar os escritos de Mateus, Marcos, Lucas e João, suponho que você saiba?

    R: justifique.

    Que princípio inteligente? Sinceramente, não entendo onde você enxerga esse princípio inteligente. Eu não o percebo em lugar algum.
    Onde estaria ele?

    R: espiritualmente os semelhantes se atraem, mas vou te dar uma dica tente enxerga-lo dentro de voce, se não conseguir “põe a mão na consciência, criatura!”, e tente enxergar lo dentro da sua mãe.

    Eu tambem não consigo perceber frequências muito elevadas mais elas existem.

  89. ADAMANTDOG, em 11/04/2013 às 18:20 disse:
    Peido alienigena?! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Strodrigo é perigosoooooo o homem; não da idéia não !! do jeito que crente (Na sua maioria) é abestado e burro; ja ja tem a religião do peido alienigena.

    Mas na sua visão e o peido inicial do deus acaso é possivel ?

  90. Criaturo

    Tinha certeza absoluta que o Strodrigo estava perdendo o tempo que usou para tentar te dar uma explicação. Eu já sabia até qual seria sua resposta: o seu deus é quem deu o pontapé inicial.
    Quer dizer, tem um monte de gente, que estudou durante anos e tem passado mais outros tantos anos fazendo pesquisas e experimentos com todo tipo de equipamento altamente especializado.
    Mas a resposta quem tem é o Criaturo,que elaborou uma “teoria” baseada no deus “todo” e “tudo”, sem princípio, sem causa, mesmo sendo um “princípio inteligente”.
    Tá bom. Entendi qual é a tua.
    E não, não preciso providenciar uma tomografia minha ou da minha mãe, já tenho uma boa noção do interior do nosso organismo.

  91. Criaturo,

    Vou responder a sua réplica em 2 camadas.

    A primeira é para re-afirmar aquilo que você visivelmente não entendeu.

    1ª Camada

    “R: a questão é a origem é: a burra do deus acaso, ou existe o principio inteligente Deus ?”

    Deixado de lado o uso equivocado da palavra “burra”, pois inteligência (ou falta dela) só pode ser atribuído a um agente que tenha intenção logo, acaso burro é um contra-senso, vamos ao que interessa :

    Deus acaso ou princípio inteligente ( estou usando a suas definições por pura cortesia) ambos são postulados SEUS, e o princípio inteligente tal como você o escreveu não tem uma semelhança sequer com El, o deus do Moisés que literalmente morava na montanha.Ou Alá que enviou a sua revelação ao profeta Maomé através do Arcanjo Gabriel. O que você não percebeu é que essa descrição que você construiu ( que criticarei nas camadas seguintes), é tão genérica, que poderiam igualmente ser atribuídas a Alá, ou Brahma, ou uma raça alienígena superior.

    2ª Camada

    “R: Mas isso não explica a causa que deu inicio a vibração das cordas, só afirma que elas vibram desde sempre, como na visão do filósofo Chicó: “Isso eu não sei, só dizer que foi assim”

    Você quotou vários trechos da minha resposta mas esqueceu dessa parte

    “Elas vibram indefinidamente (Não faz sentido falar em “pra sempre” ou “desde sempre”, pois tempo não existe nessa escala, tempo não se experimenta em velocidades próximas a luz ou espaços infinitesimais. A matemática dessa afirmação é muito confiável mas o nosso cérebro é muito limitado para não emular as coisas em termos de tempo)”

    Você está preso a lei da causa e efeito, pois está usando uma concepção de tempo que é do ponto de vista físico retrógrado. Tempo não é insolúvel, inflexível e imutável como Newton concebeu. O tempo é uma dimensão que pode ou não ser experimentada. No universo quântico, ou na velocidade da luz, falar de antes e depois, não faz sentido ! Estamos presos a usar esses termos por limitações de linguagem. Mas as consequências dessa afirmação ( o tempo não existe em certas condições) já foram verificadas sistematicamente. Procure na internet e você acha ( dica pesquise o termo “horizonte de eventos” e “universo observável” ). E mesmo que eu ceda a interpelação de me submeter a lei de causa e efeito. Você não resolveu seu próprio problema. Você exige uma causa para um início da vibração, mas não deu uma causa para Deus, simplesmente enunciá-lo como causa inicial é tão ” só sei que foi assim” quanto cordas que vibram desde sempre ( repare nos termos “desde”, altamente preso ao conceito de tempo imutável).

  92. Adicionarei mais uma camada …

    3ª Camada

    “R: levantei esta questão pois defendo uma teoria:
    Digamos que no principio Deus era o equilíbrio de uma consciência sem ações físicas.
    Deus único potencial existente, “sem diferença de potencial, sem ações.”
    No momento da criação passou a dividir uma parte do seu potencial consciênte em infinitas consciências de menor potencial,causando um desiquilíbrio de forças que geram interruptas ações físicas, porem com uma tendencia a voltarem ao equilíbrio natural, inicialmente todas elas foram divididas ao nível da ignorância absoluta com capacidade para conquistarem níveis mais altos do potencial da consciência Deus.”

    Ok, vamos analisar cuidadosamente sua suposição.

    – Digamos que no principio Deus era o equilíbrio de uma consciência sem ações físicas.-

    Se você usa “consciência” num sentido metafísico, você precisa elucidar claramente o que é isso que você chamou de consciência, porquê toda forma possível de definição que eu já ouvi ser usada, envolvem um meio de manifestação e uma construção organizada de informação. Aliás o próprio conceito metafísico de consciência pode ser apenas uma ilusão fruto do ego humano. Eu pessoalmente acredito que consciência está intrinsecamente atrelada ao cérebro.

    Let´s move on

    Caso não tenha ficado claro, essa explicação que eu forneci da teoria-M ( que é uma unificação das teorias das supercordas e super gravidade e super simetria) são ridiculamente simplificadas e talvez alguns físicos me censurariam, por ter “deturpado” algumas palavras para torna mais compreensível para leigos, seria pretensioso demais da minha parte querer explicar a teoria mais importante da física teórica atual em um comentário. É uma teoria atrelada de maneira insolúvel da sua matemática. É como tentar explicar o que são equações do segundo grau para quem ainda não entendeu o que é uma equação. O que eu fiz ali tentando explicar a teoria-M foi equivalente a contar a história da Branca de Neve assim :

    – É a história de uma menina que era muito branca que morava com anões, foi enfeitiçada por uma maça e no fim foi salva por um príncipe-

    Meu objetivo ali, não era explicar satisfatoriamente o que é a teoria-M e como ela funciona, e sim que hoje a ciência já produziu respostas que não envolvem uma causa. Essa teoria está pautada na matemática e embora seja totalmente contra-intuitiva, produz previsões exatas sobre certos fenômenos, e é assim que teorias científicas ganham força.

    Teoria supõe A,

    Teoria prevê que se A é verdade ipso facto é possível observar o fenômeno B, sendo o B descrito de maneira mais minuciosa possível.

    Se B acontece, a confiança em A aumenta.

    e o processo se repete, até que A seja refutada ou cada vez mais atestada..

    Você usou uma série de termos científicos como potencial, força mas usou elas com um significado diferente do original. Se você não defini esses termos no seu novo significado, tudo vira apenas um emaranhado confuso de palavras.

    A Busca por significado e propósito nas coisas é fruto da nossa própria busca por significado e propósito.

  93. Rodrigo
    Vou responder a sua réplica em 2 camadas.
    A primeira é para re-afirmar aquilo que você visivelmente não entendeu.
    1ª Camada
    “R: a questão é a origem é: a burra do deus acaso, ou existe o principio inteligente Deus ?”
    Deixado de lado o uso equivocado da palavra “burra”, pois inteligência (ou falta dela) só pode ser atribuído a um agente que tenha intenção logo, acaso burro é um contra-senso, vamos ao que interessa :
    R:Voce tem razão.
    Deus acaso ou princípio inteligente ( estou usando a suas definições por pura cortesia) ambos são postulados SEUS, e o princípio inteligente tal como você o escreveu não tem uma semelhança sequer com El, o deus do Moisés que literalmente morava na montanha.
    R: porque deveria ter ?
    Ou Alá que enviou a sua revelação ao profeta Maomé através do Arcanjo Gabriel. O que você não percebeu é que essa descrição que você construiu ( que criticarei nas camadas seguintes), é tão genérica, que poderiam igualmente ser atribuídas a Alá, ou Brahma, ou uma raça alienígena superior.
    R: Dar nomes as coisas é uma necessidade humana
    2ª Camada
    “R: Mas isso não explica a causa que deu inicio a vibração das cordas, só afirma que elas vibram desde sempre, como na visão do filósofo Chicó: “Isso eu não sei, só dizer que foi assim”
    Você quotou vários trechos da minha resposta mas esqueceu dessa parte
    “Elas vibram indefinidamente (Não faz sentido falar em “pra sempre” ou “desde sempre”, pois tempo não existe nessa escala, tempo não se experimenta em velocidades próximas a luz ou espaços infinitesimais. A matemática dessa afirmação é muito confiável mas o nosso cérebro é muito limitado para não emular as coisas em termos de tempo)”
    R: não esqueci! Quotei logo abaixo de :“interessante essa teoria-M”
    Mas admito que quis dar o mesmo sentido a “vibram indefinitivamente” e “desde de sempre vibram”, em outro forum eu argumentei que o tempo era uma ilusão e não fui bem compreendido.

    Você está preso a lei da causa e efeito, pois está usando uma concepção de tempo que é do ponto de vista físico retrógrado. Tempo não é insolúvel, inflexível e imutável como Newton concebeu. O tempo é uma dimensão que pode ou não ser experimentada. No universo quântico, ou na velocidade da luz, falar de antes e depois, não faz sentido !
    R: só nos resta o agora ?
    Estamos presos a usar esses termos por limitações de linguagem. Mas as consequências dessa afirmação ( o tempo não existe em certas condições) já foram verificadas sistematicamente. Procure na internet e você acha ( dica pesquise o termo “horizonte de eventos” e “universo observável” ). E mesmo que eu ceda a interpelação de me submeter a lei de causa e efeito. Você não resolveu seu próprio problema. Você exige uma causa para um início da vibração, mas não deu uma causa para Deus, simplesmente enunciá-lo como causa inicial é tão ” só sei que foi assim” quanto cordas que vibram desde sempre ( repare nos termos “desde”, altamente preso ao conceito de tempo imutável).
    R: exatamente o que eu conclui quando disse isso:
    Qual seria a causa inicial ou desequilíbrio forçando as cordas vibrarem pela primeira vez ?
    “Se voce afirma que elas vibram , agem , manifestam-se existem eternamente ou “vibram indefinidamente”, neste caso a “teoria-M” é tão provável quanto a existência Deus.”
    Adicionarei mais uma camada …
    3ª Camada
    “R: levantei esta questão pois defendo uma teoria:
    Digamos que no principio Deus era o equilíbrio de uma consciência sem ações físicas.
    Deus único potencial existente, “sem diferença de potencial, sem ações.”
    No momento da criação passou a dividir uma parte do seu potencial consciente em infinitas consciências de menor potencial, causando um desiquilíbrio de forças que geram interruptas ações físicas, porem com uma tendência a voltarem ao equilíbrio natural, inicialmente todas elas foram divididas ao nível da ignorância absoluta com capacidade para conquistarem níveis mais altos do potencial da consciência Deus.”
    Ok, vamos analisar cuidadosamente sua suposição.
    – Digamos que no principio Deus era o equilíbrio de uma consciência sem ações físicas.-
    Se você usa “consciência” num sentido metafísico, você precisa elucidar claramente o que é isso que você chamou de consciência, porquê toda forma possível de definição que eu já ouvi ser usada, envolvem um meio de manifestação e uma construção organizada de informação. Aliás o próprio conceito metafísico de consciência pode ser apenas uma ilusão fruto do ego humano. Eu pessoalmente acredito que consciência está intrinsecamente atrelada ao cérebro.
    R: ok! do ponto de vista materialista o cérebro não passa de organização física e casual de energias chamadas de átomos, capaz de reconhecer a si mesmo ou então achar que sabe?
    Consciência é a capacidade de sentir e saber, sendo seu precursor o raciocínio humano, antes da divisão da consciência Deus nele só havia o sentimento e o saber, após surgiu o menor potencial humano da consciência Deus na forma do raciocínio humano.
    Deus saber e sentimento ———> Homem sentimento e razão —-> planta sentimento –> minerais inicio da organização física
    Let´s move on
    Caso não tenha ficado claro, essa explicação que eu forneci da teoria-M ( que é uma unificação das teorias das supercordas e super gravidade e super simetria) são ridiculamente simplificadas e talvez alguns físicos me censurariam, por ter “deturpado” algumas palavras para torna mais compreensível para leigos, seria pretensioso demais da minha parte querer explicar a teoria mais importante da física teórica atual em um comentário.
    R: para mim ficou claro que as tais cordas vibram simetricamente como se fossem uma onda senoidal com oscilações positivas e negativas, mas ela não justificou como, por qual causa, razão ou circunstância elas “vibram indefinitivamente” caindo na razão simplista de Chicó: “como isso pode ser eu não sei, só sei dizer que foi assim”, voce pode até alegar que na velocidade da luz o tempo torna–se inexistente mas isso não explica a origem da força resultante causando este eterno movimento.
    É uma teoria atrelada de maneira insolúvel da sua matemática. É como tentar explicar o que são equações do segundo grau para quem ainda não entendeu o que é uma equação. O que eu fiz ali tentando explicar a teoria-M foi equivalente a contar a história da Branca de Neve assim :
    R: apesar de entender seu ponto de vista ele parece semelhante a um argumento crente que diz que a sabedoria biblica de deus é loucura para os homens.
    – É a história de uma menina que era muito branca que morava com anões, foi enfeitiçada por uma maça e no fim foi salva por um príncipe-
    Meu objetivo ali, não era explicar satisfatoriamente o que é a teoria-M e como ela funciona, e sim que hoje a ciência já produziu respostas que não envolvem uma causa.
    R: a questão que permanece é como um fenômeno reproduz-se indefinidamente sem nenhuma causa , que poderia ser também um inexplicável desequilíbrio de forças permanente.
    Essa teoria está pautada na matemática e embora seja totalmente contra-intuitiva, produz previsões exatas sobre certos fenômenos, e é assim que teorias científicas ganham força.
    Teoria supõe A,
    Teoria prevê que se A é verdade ipso facto é possível observar o fenômeno B, sendo o B descrito de maneira mais minuciosa possível.
    Se B acontece, a confiança em A aumenta.
    e o processo se repete, até que A seja refutada ou cada vez mais atestada..
    R: eu considero que nesta teoria “A” representa Deus
    Você usou uma série de termos científicos como potencial, força mas usou elas com um significado diferente do original. Se você não defini esses termos no seu novo significado, tudo vira apenas um emaranhado confuso de palavras.
    R: quando digo que um ponto A possui um maior potencial de energia que B, que entre eles ha uma diferença de potencial causando um desequilíbrio de forças capaz de resultar em transferência de energia, ação, trabalho e movimento, não muda nada se eu considerar que o ponto A seja Deus e o ponto B seja a humanidade.
    A Busca por significado e propósito nas coisas é fruto da nossa própria busca por significado e propósito.
    R: isso significa dizer que o cérebro consegue reconhecer a si mesmo ,mas não sabe dizer como.
    Se o cérebro não pode ser produto dele mesmo então é lógico ele pensar ser um produto de uma inteligência externa a ele.

    SS

    Tinha certeza absoluta que o Strodrigo estava perdendo o tempo que usou para tentar te dar uma explicação. Eu já sabia até qual seria sua resposta: o seu deus é quem deu o pontapé inicial.

    R: se continuar sendo intuitiva assim vai acabar sendo uma vidente.

    Quer dizer, tem um monte de gente, que estudou durante anos e tem passado mais outros tantos anos fazendo pesquisas e experimentos com todo tipo de equipamento altamente especializado.
    Mas a resposta quem tem é o Criaturo,que elaborou uma “teoria” baseada no deus “todo” e “tudo”, sem princípio, sem causa, mesmo sendo um “princípio inteligente”.

    R: Deus não é o principio inteligente ele é a sua causa, da mesma forma afirma o Rodrigo que existem vibrações indefinidamente sem uma causa ou principio inteligente, pois o tempo na velocidade da luz torna-se inexistente.

    Tá bom. Entendi qual é a tua.

    R então me diga qual é por eu ainda não sei.

    E não, não preciso providenciar uma tomografia minha ou da minha mãe, já tenho uma boa noção do interior do nosso organismo.

    R: um átomo conheceu outro átomo ambos juntaram-se e disseram agora poderemos formar todo o universo , pura pretensão da parte querendo ser o Todo!

    sds

  94. Criaturo

    Deus acaso ou princípio inteligente ( estou usando a suas definições por pura cortesia) ambos são postulados SEUS, e o princípio inteligente tal como você o escreveu não tem uma semelhança sequer com El, o deus do Moisés que literalmente morava na montanha.

    R: porque deveria ter ?

    Por que esse deus que você enunciou é vazio de significado prático. E não se aplica a nenhuma das religiões institucionalizadas. Deixa de ser teologia passa a ser Deísmo. É uma concepção sua, isolada do mundo real. Uma hipótese A que não é capaz de fazer qualquer previsão B ( ao contrário da teoria-M) o que prova que ambas não são igualmente improváveis. Uma é capaz de realizar previsões concretas, outra não.

    A única utilidade prática de chamar essa hipótese confusa que você elaborou de deus é fornecer um amparo intelectual para que acredita que deus criou o homem do barro e a mulher da sua costela.

    R: apesar de entender seu ponto de vista ele parece semelhante a um argumento crente que diz que a sabedoria biblica de deus é loucura para os homens.

    Não, até porque o argumento crente é ” a sabedoria dos homens é loucura para deus”.

    O que é a mais pura verdade ! A mecânica quântica é altamente contra-intuitiva. Ela distorce os nossos sensos do que é lógico e ainda sim ela é capaz de produzir medições precisas sobre o mundo. Se as premissas estabelecidas pela mecânica quântica estivessem erradas, não haveriam transistores, e por consequência, computadores.
    Tente explicar mecânica quântica a um evangélico comum, sem ouvir esse trecho bíblico e você vai comprovar !!!

    “R: isso significa dizer que o cérebro consegue reconhecer a si mesmo ,mas não sabe dizer como. Se o cérebro não pode ser produto dele mesmo então é lógico ele pensar ser um produto de uma inteligência externa a ele.”

    Exato, significa isso mesmo, o que está equivocado é o uso da palavra “lógico” , a palavra adequada de fato é “intuitivo”.

    E foi ai que você mais uma vez, sem perceber entregou a faca e o queijo na minha mão !

    É intuitivo pensar que nossa inteligência é fruto de algo externo a nós. Assim como é intuitivo pensar que a terra é plana, é intuitivo pensar num tempo como algo inflexível e imutável e é intuitivo imaginar que tudo tem que ter uma causa.

    Nossa intuição estava errada sobre a terra, sobre o tempo, sobre a causa, sobre a consciência e muito provavelmente, sobre Deus.

    Provavelemente você tentará continuar tricotando com as palavras.
    Encerro meu caso

    Um abraço.

  95. Vocês todos estão carentes de uma vídeo aula do grande mestre Sacóia,isto sim!Se não,vejamos:

    Abraço a todos.

  96. Strodrigo

    “E foi ai que você mais uma vez, sem perceber entregou a faca e o queijo na minha mão !

    “Provavelemente você tentará continuar tricotando com as palavras.”

    “Encerro meu caso”

    Jactância e sarcasmo ficam melhor num debate com um crente do que o mero bater boca, o escárnio, deboche, palavras baixas e discurso raso?
    Embora você possa entender esta pergunta como pertencente ao espírito daquilo que você critica, ela parte do pressuposto que você mesmo estabeleceu.
    Na sua resposta ao Criaturo fica claro que você desistiu de usar a razão livre de sentimentos.
    Aliás eu diria que você jamais esteve fazendo isso. Quando se faz juízo de valor é quase inevitável envolver sentimentos. Você fez isso quando nos qualificou de vulgares. A expressão “bater boca” pertence ao âmbito daquilo que se considera vulgar e considerar algo ou alguém vulgar é um juízo de valor.
    Tendo dito isso, digo logo tudo. Você me parece ser bem jovem ainda e por isso talvez não internalizou a noção de que o ato de ostentar qualidades que não se pratica pode ser visto como hipocrisia.
    Você poderá entender isso como ofensa ou como crítica construtiva, dependerá do seu grau de maturidade.

  97. ssrodrigues

    No que diz respeito ao seu matiz político-ideológico eu discordo de quase tudo que você diz mas, quanto ao aspecto cético-ateísta ,ouso dizer que somos “almas gêmeas”(baixou a Zibia Gaspareto).Parabéns pelo ótimo texto e parabéns também ao Barros por publicá-lo.

    Inté.

  98. Washington da Cruz

    O exercício da discordância é mais do que salutar numa democracia.
    E fico feliz por saber que se tivéssemos alma seríamos gêmeos sob o aspecto cético-ateísta.
    Obrigada.

    P.S.: Cuidado com esses downloads hein? Vai que o Lucius vem como vírus, fica nativo do seu sistema e te faz começar a escrever livros compulsivamente? rrsrsrs

  99. ssrodrigues

    Entendi o que você quis dizer sim, e não eu não teria o menor motivo para me sentir ofendido. Eu tenho 25 anos como disse na primeira postagem.

    Essa inclusive será minha última aqui.

    Eu não me considero imune a cometer aquilo que eu mesmo critiquei. Se cometer os mesmos erros que você condena ( o que não foi o caso) fosse hipocrisia, não haveria possível crítica sem hipocrisia. Existe uma clara diferença entre criticar o ato de mentir e eventualmente acabar contando uma mentira, e criticar o ato de mentir mantendo a mentira como hábito.

    Mesmo que eu eventualmente perca a paciência e seja grosseiro, apenas significa que eu não estou imune a minha própria crítica.

    “E foi ai que você mais uma vez, sem perceber entregou a faca e o queijo na minha mão !”

    – Eu não ataquei a pessoa dele, nem fiz juízos de valor ao que ele é. Estávamos em debate. Isso é figura de linguagem e não escárnio. Criaturo pode me corrigir se estiver errado, mas acho que ficou claro (pelo menos para ele) que eu não estava debochando dele, ou das idéias dele. Isso foi uma maneira diferente de dizer “touché” .

    “Provavelemente você tentará continuar tricotando com as palavras.”

    Ok, concedo esse ponto, porque se você não entendeu o que eu quis dizer com tricotar com as palavras, isso pode de fato soar ofensivo. Deveria ter sido mais cuidadoso.

    Apenas quis dizer que a partir daquele ponto, eu não haveria outra solução para ele além de de repetir o que ele já havia dito, de uma maneira diferente ou mais elaborada, mas o argumento em si já estava refutado.

    “Encerro meu caso”
    Apenas estava avisando que eu não tinha mais nada a acrescentar a partir deste ponto.

    Existe uma abismo entre “provocar” o adversário de debate a contradição. E chama-lo de “crente idiota” , “cristólotra” , ou seja usar linguagem baixa para atacar a dignidade de quem se identifique como cristão. Algo que eu jamais faria, virtual ou pessoalmente e que aqui vejo ser feito o tempo todo.

    Digo com toda honestidade possível, que eu não desisti de dialogar com a razão. Apenas concluí que aquele debate havia atingido o fim.

    Encontre algum trecho onde, eu sugeri algo a respeito dele por acreditar no que acredita, e eu pedirei desculpas e retirarei tudo o que disse. Aliás, para mim ele deu a entender não ser religioso e sim deísta, o que já muda o tom da sua crítica.

    Um abraço !

  100. Rodrigo

    Por que esse deus que você enunciou é vazio de significado prático. E não se aplica a nenhuma das religiões institucionalizadas. Deixa de ser teologia passa a ser Deísmo. É uma concepção sua, isolada do mundo real.

    R: Algumas pessoas tendem a ter uma personalidade original outras não .

    Uma hipótese A que não é capaz de fazer qualquer previsão B ( ao contrário da teoria-M) o que prova que ambas não são igualmente improváveis. Uma é capaz de realizar previsões concretas, outra não.

    R: E qual é a verdade de tudo isso? Tudo o que dissemos a partir da Teoria das Cordas nesse artigo provavelmente não irá passar de teoria por um bom tempo, até que se descubra uma outra ou que encontrem um jeito de provar, algo visto como praticamente impossível hoje em dia. A Teoria-M soa como ficção e por enquanto é, mas e daí? O que importa mesmo é esse persistente interesse em resolver os mistérios por trás do universo (ou fora dele), principalmente quando a resposta desses mistérios estão bem longe de nós.

    Leia mais em http://misteriosdomundo.com/dimensoes-extras-a-teoria-m#ixzz2QMAtwBqs
    Follow us: @misteriomundo on Twitter | mmh.misteriosdomundo on Facebook

    O que é a mais pura verdade ! A mecânica quântica é altamente contra-intuitiva. Ela distorce os nossos sensos do que é lógico e ainda sim ela é capaz de produzir medições precisas sobre o mundo. Se as premissas estabelecidas pela mecânica quântica estivessem erradas, não haveriam transistores, e por consequência, computadores.

    R: o que tem a ver mecânica quântica com a tecnologia usando o silício ?

    “R: isso significa dizer que o cérebro consegue reconhecer a si mesmo ,mas não sabe dizer como. Se o cérebro não pode ser produto dele mesmo então é lógico ele pensar ser um produto de uma inteligência externa a ele.”

    Exato, significa isso mesmo, o que está equivocado é o uso da palavra “lógico” , a palavra adequada de fato é “intuitivo”.
    E foi ai que você mais uma vez, sem perceber entregou a faca e o queijo na minha mão !
    É intuitivo pensar que nossa inteligência é fruto de algo externo a nós. Assim como é intuitivo pensar que a terra é plana, é intuitivo pensar num tempo como algo inflexível e imutável e é intuitivo imaginar que tudo tem que ter uma causa.
    Nossa intuição estava errada sobre a terra, sobre o tempo, sobre a causa, sobre a consciência e muito provavelmente, sobre Deus.
    Provavelmente você tentará continuar tricotando com as palavras.
    Encerro meu caso

    R: temos uma concepção contraria da palavra intuição, você a classifica como um erro de raciocínio, eu a entendendo como um percepção da realidade sem a necessidade do raciocínio, quanta mais desenvolvida esta percepção intuitiva menor o índices de erros.
    Muito da ciência humana teve sua origem na intuição.
    pessoas céticas tendem a desenvolver mais o raciocínio do que confiar no saber apenas intuitivo, assim o que você cientistas começam conjecturar apenas hoje, sobre vários níveis de existências em varias dimensões, do tempo ser uma espécie de ilusão apenas da nossa realidade, que não ha um inicio, fim nem começo, que o Todo desconhecido Deus, manifesta-se “indefinidamente” eternamente na formas físicas ou de anti-matérias, todo esse raciocínio cientifico que começa a ser descoberto somente hoje através da teoria-M a milênios atras ja eram conhecidas e ensinadas “intuitivamente” pelos mestres avatares da humanidade.

    Meu objetivo ali, não era explicar satisfatoriamente o que é a teoria-M e como ela funciona, e sim que hoje a ciência já produziu respostas que não envolvem uma causa.

    R: acredito que o seu objetivo era tentar provar que a existência física ou da anti matéria e ainda de ações coordenadas indefinidamente não dependem de uma causa inicial inteligente Deus.
    Mas ficou bem claro que sua tentativa de argumentação acabou sendo mais um belo tiro no pé dos céticos, pois a teoria-M só reforçou mais a possibilidade da existência Divina .
    Ser capaz de se manifestar através de ações “indefinidamente” apresentando a matéria física e em outas dimensões a anti matéria.
    Deus uma ação incriada manifestando-se indefinidamente por infinitas dimensões ainda desconhecidas.

    Obrigado e volte sempre!

    Um abraço.

  101. Para Criaturo & Rodrigo
    Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.
    Voltaire
    Devemos julgar um homem mais pelas suas perguntas que pelas respostas.
    Voltaire

    Quem dera as religioes seguissem essas premissas de Voltaire?
    E ai Shirley tem mais textos??

  102. strodrigo,

    Só agora vi seu comentário porque não chega, estou sem email.
    Discordo de você: ateu precisa ter fé sim, pois não é ela o firme pensamento de algo que existe ou que não existe?
    Quanto a me ensinar silogismos, fique tranks, quando quero eu capricho mais. É que faço tantas coisas que ficar nessa de desmascarar a esquerda e seus truquinhos não rola. Ao menos você assume a dúvida sobre a origem do universo.

    Só achei um pouco repetitivo falar em deuses. Estamos entrando em uma nova era, é preciso mudar os discursos.

    Abraço e obrigada pelos toques ;)

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: