Deus, um acessório

 

Image

(Parte 2)

 

Embora suas palavras digam o contrário, por seus atos vemos que todo sabedor ou crente de Deus ama a si mesmo acima de todas as coisas; Deus incluso. De modo algum Deus está efetivamente presente, na qualidade de ser essencial, na vida de seus crentes e sabedores.

Se Deus, como demonstrado, jamais passou perto de ser essencial, o que é ele então?

Para os sabedores e crentes de Deus, ele nada mais é do que um acessório. E acessório amorfo, a ser utilizado conforme a ocasião. Para grande parte das pessoas, é um talismã a ser usado em momentos de aflições várias, e depois relegado a um canto.

A deferência que se presta a ele não é levada a cabo como expressão de amor; é resultado de um medo supersticioso, da mesma natureza daqueles que levam alguém a não passar por baixo de uma escada, ou evitar cruzar o caminho de um gato preto.

Na sua qualidade de acessório amorfo, Deus também se presta a ser adaptado, interpretado e até substituído, sempre de acordo com a necessidade. Não obstante, os pugnadores da existência de Deus trazem sempre à baila a questão da permanência da ideia de Deus. Dizem: “Se Deus não existe, por que há tantas pessoas, em tantos lugares no mundo, cuja crença nele perdura através dos tempos?”. Que é outra forma de dizer: “A maior prova da existência de Deus é que muitas pessoas, em muitos lugares e através dos tempos, têm acreditado nele”. É um tolo e falacioso argumento que se pretende revestido de argúcia e integridade.

A natureza humana é a mesma através dos tempos e em todos os lugares. Sempre essa natureza buscou explicações para o que desconhece, mas também, na maioria dos indivíduos, sempre se contentou não com verdades duras, difíceis, mas com interpretações confortáveis e confortantes. Sempre, na maioria dos indivíduos, essa natureza buscou alguém que se responsabilizasse, que tomasse as decisões, que liderasse.

Nas coisas práticas da existência, para o bem e para o mal, isso tem se resolvido com a instituição de governos, de Estados. Algumas coisas, no entanto, permanecem à deriva. Não há instância de poder que livre o ser humano de sofrimentos e da morte. Não o livra também de outro aspecto de sua natureza, a arrogância de saber-se um ser pensante.

A arrogância do ser pensante é até compreensível quando vista sob o entendimento do medo da morte. Viver é imperativo genético. Nossos genes podem ter nos favorecido como espécie, dotando-nos da capacidade de pensar, para que melhor servíssemos ao seu imperativo, mas essa capacidade tornou o viver fonte de sofrimento, pois passamos a ter consciência do nosso fim.

Outro “efeito colateral” da capacidade de pensar é que acabamos por construir valores que resultaram na demanda da satisfação de prazeres, tornando a experiência do viver mais ‘saborosa’ do que ela poderia ter sido. Conjugadas a consciência do nosso fim inevitável com a perda dos prazeres de viver, não achamos “justo” simplesmente termos um fim como qualquer outro ser orgânico. Entendemos que é nosso direito continuar, de alguma forma, essa experiência depois do inconveniente da morte, pois diferentemente dos outros seres orgânicos, sabemos que somos, que existimos.

Image

Anúncios

15 Respostas

  1. Vou escrever um texto sobre isso ainda. Essa história de que Jesus venceu a morte. Mesmo se não se tratasse de uma lenda, isso seria uma grande lorota, pois, sendo Deus, ele mesmo inventou a morte. Qual é a grande sacada de um ser que inventa a morte e, depois, quer ser visto como o fodão por não ter sucumbido a ela? Melhor seria se ele quisesse ser reconhecido pela invenção.

  2. E aí a gente pergunta como esse tipo de coisa pode fazer sentido pra alguém e tem que ouvir que está faltando com o respeito com Deus, com a crença, com o crente…

  3. Otimo Texto – Shirley
    E preparem-se gente que a religiao vai atacar e assolar ainda mais este país, estamos no meio de uma crise economica, que tende a piorar, aí as crendices populares vao encontrar mais forças, como o Brasil é um país que falta tudo, a religiao está ai para preencher essa falta. Quanto mais caotico uma sociedade mais religiao no rabo dela

  4. Greg, você está certíssimo. Sobra fé quando falta dinheiro.

  5. Santas palavras Greg. é só esperar para ver acontecer.

  6. Aí, Shirley! Boa reflexão. Só não concordo com algo que nem está no seu texto. Dizer que a religião, a ‘fé cega’ vai tomar conta, é falta de informação; a própria religião está se ‘convertendo’ à política. O povo, crente ou não, começa a obter consciência de seus direitos. Depois trarei exemplos de que não corremos o risco de um atraso no Brasil por conta da religião.

    Essa segunda parte está mais madura e menos tendenciosa.

    Como sou justa, independente de qualquer coisa, dou-lhe parabéns.

  7. Ei Fernando
    Vc perguntou qual a diferença entre Ateu & NeoAteu, certo?
    R – NEnhuma – os dois continuam negando a existencia de deuses e seres sobrenaturais. A nomenclatura Neo apareceu simplesmente pelo fato de outros ateus terem surgido na midia e fizeram sucesso, so isso, nao mudou nada, isso é mais uma forma de rotular as pessoas, pra tentar inferiorizar. E novos argumentos surgem contra Deus, desde que o mundo é mundo.,

    E Fernando , vc mesmo sabe que perguntando a Day nada de sincero é util vai surgir, so um monte de blá, bla, bla
    Se ela continuar escrevendo essa quantidade de coisas, em pouco tempo vai ultrapassar o Barros em numero de palavras escritas e ideias. Como todo bom crente ela foge pela tangente e tenta PREGAR o tempo todo. Sinceramente eu nao sei como voce e a Shirley estao tendo saco de ler inumeras linhas de coisas que tentam primeiramente auto-convence-la.
    Eu quase nao leio, nao dá, prefiro ler um novo post ou um outro que nao li ainda!!
    Agora existe diferença entre Neocrente & Crente, essa sim tem diferenças, respondi sobre isso em outra oportunidade, nao lembro onde está agora!! Se vc quiser depois ate respondo de novo.
    Parece que a Day vive em prol disso agora tentar converter as pessoas aqui, acho que ocupa mais tempo aqui do que o proprio Barros, como ela gosta de dizer!! UI Ai ; como é facil refutar, AI – HUM – Acabei com a Shirley refutei , sou foda, olha, olha, como sou foda, a rainha da refutação: Sò que entre refutar e provar há anos luz de distancia! E com certeza nao esclareceu e convenceu ninguem aqui com o minimo de massa cefalica!!

  8. Amém Shirley!!
    Ontem a Grecia se tornou o 1o pais da historia a deixar o posto de desenvolvido e ser rebaixado a emergente
    O brasil se bobear pode ser o 1o a deixar o posto de Emergente e voltar para sei lá o que!—————– ILUDIDO talvez?
    Cadê o Hagnus agora e seu Deus Cristão-CApetalista????
    To achando que Deus foi tirar ferias na Argentina ! ou em outra galaxia!

  9. oi Greg

    rapaz, estava lendo o discurso da DilmAnta no lançamento de mais uma propaganda política antecipada disfarçada de financiamento a pobres. Aliás a coisa vai chegando ao absurdo. Agora DilmAnta quer que os pobres que não recebem bolsa-alguma-coisa paguem pelas geladeiras e máquinas de lavar dos pobres que recebem bolsa-alguma-coisa, negócio aí pra mais de dezoito bilhões.
    Vai daí que ela fez uma releitura de um personagem famoso, o Velho do Restelo, de Camões. Que espanto! Ler as imbecilidades que ela fala devia ser a definição de vergonha alheia.
    Ela é tão tapada, tão limitada, tão estúpida, tão burra, que o Brasil não vai voltar a ser iludido, isso já é faz mais de dez anos. Desculpa aí o francês, mas vai ficar é fudido mesmo.

  10. Oi Shirley, blz?
    Aqui – as fotos das suas publicaçoes foi vc mesmo que colocou ou foi o Barros que postou???
    Outra coisa: todas as pessoas de classe media que conheço e um pouco mais sabidas, exclarecidas sao contra a Dilma e seu governo, aí é que a gente vê como tem pobre neste pais e o governo quer que continue assim. Esse governno é tao filho da puta que deixa claro pra quem tem o minimo de massa cefalica, que o negocio é reeleiçao a qualquer custo. fODA_SE o país, o mundo, DEUs, a populaçao em geral, “Os fins justificam os meios”.
    Eles preferem governar um Brasil fudido e quebrado do que correr o risco de sair do poder e acabar a mamata pra eles. A intençao é clara, se esta porra quebrar pelo menos eu mando e desmando e fico na boa, nao querem largar o osso de jeito nemhum. Eles vao fazer todos os projetos populistas possiveis o resto foda-se. NAo foi saude, segurança e educaçao o motivo da vitoria deles na urna, eles sabem disso, investir nestes 3 pilares leva tempo para dar resultado.
    O Brasil precisando muito de outras coisas e continuam insistindo nestes presentinhos , nestas prendas de festinha para conquistar o pobre e burro eleitor. Pena que esse eleitor é maioria entre a gente!!!

  11. Greg, bom dia

    Então, fui eu mesmo que coloquei. Mas por que tantas interrogações? rsrsr

    Sobre os votantes do PT, eu discordo um tantinho de você, já que conheço um bocado de gente supostamente “esclarecida” que vem votando neles. O mais espantoso é que é gente da minha geração, que passou por toda aquela fase desde o fim da ditadura militar e a crise econômica, a hiperinflação com o Sarney, o Collor passando a mão na poupança do povo, de tão feia que estava a situação e finalmente o Itamar e depois o FHC com o Plano Real e tudo que foi feito para começar a por o país nos trilhos.
    Essa gente que está aí agora foi contra tudo que o FHC fez e com muito barulho.
    O Lula por exemplo disse que os programas de transferência de renda (que ele depois juntou todos num só e chamou de bolsa-família) era para ganhar votos e deixar o pobre preguiçoso, que o pobre não ia mais querer “plantar macaxeira” e por aí.
    Eles parasitaram todo o trabalho do FHC, nunca fizeram nada além de roubar e ainda deram uma sorte dos diabos, com a economia mundial aquecida, ao contrário do governo anterior que além de ter que lutar contra o PT para poder aprovar medidas, teve que enfrentar as crises externas.
    E o povo aqui não tem memória, porque tem uma preguiça tremenda de ler, de se informar, se contenta com as notícias meia boca do Jornal Nacional, e com revistas de “celebridades”, tirando um ou outro.
    O resultado é isso, onze anos de destruição. Só que daqui para frente o bicho vai pegar, né? Como a cambada só parasitou o que interessava e destruiu o resto e o mundo está praticamente quebrado, aqui no Brasil a coisa vai ficar, nem feia, mas horrorosa.
    Então é nisso que discordo de você, a responsabilidade não é só de pobre não, é generalizada. Agora o povo está começando a acordar, mas é tarde demais.
    Vamos todos pagar muito caro por isso.

  12. Voce pode discordar quando quiser Shirley – So nao pode me excomungar ta bom? È porque realmente nao vejo os empresarios e pessoas com condiçoes melhores falarem que aprovam ou que votaram neste governo.
    So vejo os mais pobres e menos intelectualizados se declararem votantes do PT, fazer o que? Entre estes incluo uma avó minha, mas também pra quem acredita e venera a biblia, pode-se acreditar em qualquer coisa!!

  13. Pelo visto nenhum de vcs ai sabem de onde vieram, porque nasceram, e pra onde vao..

  14. e você, gilberto, conhece as respostas?

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: