Deus, um acessório

comprem todos

(conclusão)

Por Shirley S. Rodrigues

É nesse contexto que o acessório Deus se encaixa à perfeição.

A ideia Deus anula a “injustiça” de termos de morrer. Provê o advento do recomeço da existência, desde que algumas regras sejam seguidas. É como um seguro pós-morte. Seguir as instruções (regras) contidas no manual – Torá, Bíblia, etc. – durante o decurso de nossas vidas é como pagar as prestações do seguro. O problema todo é que não há como saber se o prêmio será pago…

Essas regras, que são parte constituinte de todos os seus atributos, dos quais resultam todas as suas provisões, demonstram de forma inequívoca ser ele um constructo humano. Toda a sua estrutura segue a forma da organização das relações humanas de poder, que são, de modo geral, acessórias. Embora facilitem nossas vidas, elas não são essenciais à manutenção da vida, e ainda assim são levadas muito mais a sério do que Deus, que não passa de um acessório contingente. Deus serve para os momentos em que parece não haver qualquer outra resposta mais substancial; serve para acalentar diante do medo do fim da existência; serve para servir à arrogância do ser pensante.

Para além disso, como acessório Deus deve vir em vários modelos. Seus usuários exigem exclusividade; gostariam de um modelo único para chamar de seu, mas como também querem consumir o produto em grupo, unem-se de acordo com o modelo que melhor atenda aos interesses daquele grupo, o qual passa a se identificar por um nome-fantasia que melhor represente as funções do acessório Deus. Alguns deles têm o hábito de vendê-lo de porta em porta, outros o anunciam em emissoras de televisão e rádio.

Como se estivessem disputando a posse de uma Bugatti Veyron idealizada sob especificações, não admitem que outros grupos se denominem usuários legítimos do acessório Deus.

Assim, católicos chamam apóstatas aos protestantes; protestantes afirmam que católicos são idólatras; juntos negam a outros grupos menores autenticidade como consumidores, os quais por sua vez dizem que são eles a usar o acessório Deus da forma correta.

Incoerentes, todos são unânimes ao afirmar que só há um único acessório Deus.

Surge assim, de forma natural, uma questão.

Se todos os que se dizem sabedores ou crentes de Deus, atribuindo-lhe a condição de essencial à existência, não vivem de modo a fazer jus a essa afirmação — vale dizer, não o levam a sério jamais —, por que esperam deferência daqueles que rejeitam por completo a possibilidade da existência desse ser?

Por que esperam que os ateus façam o que nem eles mesmos fazem, que é levar seu Deus a sério?

.

Anúncios

97 Respostas

  1. Brilhante.

  2. Thank you, Mr.

  3. Well…

    Eu diria que não existe aí uma conclusão, porque faltou a explicação elementar, depois de você ficar perdendo seu tempo para falar de Deus:

    Se o neoateu pode se dar ao luxo de perder tanto tempo (que é dinheiro) falando da vida dos outros, significa que existe espaço em sua mente para ‘fofocar’. E se uma pessoa ou grupo disponibiliza seu precioso tempo para falar de NADA, por definição, restam-lhe carências e vazios mesmo.

    Minha humilde conclusão: Todo esse conluio foi um desperdício. A ‘saga’ se prestou à mesmice – “Deus não existe, mas preciso falar dele”.

    De fato, não acredito em bruxas, pero…

    There is nothing new under the sky of Ecuador.

    Congratulations on your effort…

  4. E por falar em criatividade, ficaria muito mais interessante se você pusesse o crente como acessório de Deus; além de mais criativo, sairia da inverossimilhança em adjetivar um ser supostamente sobrenatural. ;)

  5. Mesmo quando escrevemos sobre ficção, a regra literária nos aconselha a respeitarmos os personagens principais. Só uma dica.

  6. Em tempo – Não é o começo de uma saga de bate-boca. Apenas opinião de leitor. Não precisa responder.

  7. “Deus não existe, mas preciso falar dele”.

    Essa é uma ideia errônea incrustada na cabeça do neocrente. Talvez seja uma forma de defesa. Não lembro se Richens ou Dawkins, mas já desconfiaram por aí que o neocrente precisa idealizar erradamente o que é o ateísmo para assim ter como refutá-lo.

    Imagine que um grupo de pessoas resolva comer cocô de pombo no café da manhã porque um livro antigo afirma que isso lhes garantirá uma sobrevida mágica numa dimensão mágica. Daí que esse grupo de pessoas começa a aumentar e a arrebanhar mais gente para compartilhar desse costume nojento e sem sentido. E tão convencidos estão eles que obrigam seus filhos mais novos a comer cocô de pombo também, mesmo sem lhes perguntar se eles querem ir morar na tal dimensão mágica.

    Aí eu apareço pra dizer que essa gente já tem merda suficiente no cérebro, e que a merda que vão despejar no estômago é a que lhes faz menos mal. Então surge o neocrente pra ralhar comigo e dizer que, já que eu não quero comer merda com eles, que fique calado.

    Aí eu digo: não, eu não consigo. E por quê? Eu, sinceramente, não sei.

    Talvez por compaixão.

  8. Compaixão é a palavra que vem de Deus.

    Barreto, por mais que você queira construir uma ilusão, cê sabe que nem juntando todos os pensadores e cientistas do mundo de todos os tempos, nem assim teríamos a resposta esperada.

    Eu, mesmo assumindo a minha fé ‘vazia’, sinto-me melhor e mais tranquila que vocês. Mas por quê?

    Antes de fazerem um amontoado de tijolos de areia, melhor seria cagarem e analisarem o cocô. Ou você nunca soube que a merda sempre foi um artigo digno de análise? Usar o cocô como refutação contra Deus, é, no mínimo, faixa etária não responsável pelo que pensa.

    Meninos bobos não podem se garantir nessa idade meio física, meio espiritual.

    Por mim, eu já estaria longe de tanto nojo humano. Entretanto, como respiro o mesmo ar que vocês, só me resta lutar contra, não vocês, mas contra a energia maldita que ilude gente assim.

    Amigo, nem se ficássemos aqui, nestre blog, assuntando a respeito de Deus, nem assim vocês sairiam vitoriosos. E nem eu.

    Uma maravilha que Deus dá, é essa certeza de que o temos como o rei de nossas almas.

    Talvez os ateus sejam aquela batata podre que não conseguiu ser mais do que uma simples batata podre.

    Contudo, as batatas boas, depois de plantadas, foram colhidas pelo agricultor, que nem sempre foi bom t

    ambém.

    Você, Barros, me parece aquela batata excluída da colheita.

    E, como batata, como poderia você questionar o agricultor mor?

    Eu sou, infelizmente, uma pessoa além do materialismo humano.

    Não tenho pretensão de questionar ‘vossa soberba’, porque gente assim não é necessária ao mundo.

    Será?

    O grande ‘mal’ aqui é que, com excessão do Greg, nenhum filho da puta fala de política!

    Oh! Como sempre digo, sou autêntica! Eu vivo com respaldo do que tenho. Isso é humildade.

    A grande fantasia (acessório) do homem é, tão-somente, a alegria de viver.

    Quando vejo pessoas ‘brigando’ com pessoas, sinto,. no fundo do meu ser, que existe algo de muito pernicioso em nossas vidas, ou seja, a religião, a paixão pela religião, a vontade da religião, e os falsos benefícios da religião. Das religiões.

    Se há algo de bom nesses últimos tempos de hipocrisias e destemperamentos políticos, eu diria que o ateu moderno – dito e aclamado por “neoateu”, começa a reclamar uma pauta na legislação da sociedade humana.

    Eu prefiro, mil vezes, manter contato com pessoas como a Shirley, o Barros, eu, Luciano, e mazelas cáusticas, e todas as possibilidades disponíveis que temos para, tanto negarmos, quanto aceitarmos a Deus.

    E em tempo – Uau!

    O mais importante é sabermos que somos iguais. E, se algum dia, eu descobrir que Deus estava nos sacaneando, certamente, serei eu a primeira a condená-lo.

    Que seja meu depoimento a minha verdadeira palavra. Sou tão humana quando Jesus foi. E sou tão amiga. E sou, segundo as Escrituras. filha de Deus.

    E, assim sendo, preferiria estar sempre com os pecadores, e até morrer por eles.

    Porque, em sendo a Palavra desta forma; sendo eu primata abobalhada no ecossistema, apenas me resta dormir sobre alguns anos, esperando, tanto quanto os ateus e cientistas ateus, uma mostra de Deus,

    Falam de Inferno!

    Inferno, para mim, neste momento, é ficar em dúvidas a respeito de Paulo, o sisudo. Paulo, o radical. Paulo, o perfeito guerreiro que, ao falar com os romanos, autenticou que homossexual iria para o inferno.

    Pela lógica; por minha conduta humana, e por todas as pessoas homoafetivas do mundo, caio de quatro diante do Senhor. Quero respostas!

    E, pela primeira vez, em toda a minha vida, relembro do meu irmão gêmeo morto, o Ricardo que, apesar de mim, esteve sempre ateu.

    E por fim…

    Caso eu não me arrependa, esclareço, de uma vez por todas, que, ao me ‘infiltrar’ aqui, nada mais desejo do que ajuda.

    Ai daquele homem que se julga sábio sem, antes, mostrar sua verdadeira ignorância, ou seja, aquele pobre andarilho que jamas viu a Deus.

    Se Deus existe assim, clamo por uma prova sobrenatural. É certo uma coisa: Ser humano é amar a todos, aqueles próximos, e aos distantes também.

    Ser humano é ficar, para sempre, esperando uma resposta.

    Ou não.
    .
    Beijo, Barreto…

  9. “O grande ‘mal’ aqui é que, com excessão do Greg,”

    Juro que errei mesmo. “Exceção” seria mais viável, Minha fabilidade me mantém lúcida.

  10. Inferno, para mim, neste momento, é ficar em dúvidas a respeito de Paulo, o sisudo. Paulo, o radical. Paulo, o perfeito guerreiro que, ao falar com os romanos, autenticou que homossexual iria para o inferno.

    Ser neocrente é isso: cada um ESCOLHE o seu Deus, ESCOLHE como ele é, ESCOLHE o que ele quer de nós, ESCOLHE como ele age. Resumindo, o neocrente ESCOLHE o que poderia lhe levar ao Inferno, como ESCOLHE o que o levará ao Paraíso.

    Entenderam agora por que há tantas denominações religiosas? Porque o neocrente gosta de escolher.

  11. Na verdade, Barros, essa é a principal característica do homem. Ele escolhe, faz opções a todo momento. Onde morar, o que comer, o que vestir, o que falar, em que acreditar, desacreditar, enfim. Não é ‘privilégio’ de crente, rapaz. Ou você também não optou criar um blog em seis dias? Você já foi melhor.

  12. Ainda sobre o cocô. Ele é a maior prova da perfeita funcionalidade do homem orgânico. É a prova de que alguém pensou em tudo mesmo. Leia sobre a alimentação, a digestão e a fome e então você verá o cocô com outros olhos. E tente se lembrar que, em épocas de guerra, homens já comeram cocô. Então não brinque e nem use o cocô para argumentar contra uma ideia. Não entender o cocô não lhe dá liberdade para escarnecer dele ou desprezá-lo. Quando me lembro dos soldados americanos e judeus, juntos, naquele campo de concentração comendo piolhos e cocô, eu reforço minha certeza de que jamais serei uma neoateia. A fé é tanta que vocês precisam até suprimir o mais bonito que há no ser humano: amor e respeito ao próximo, em nome de sua causa.

    E, só para constar – No princípio, muitos questionaram Paulo e sua carta aos romanos. Mas como Deus sabe tudo mesmo, Paulo não estava tão radical assim. Veja o que está acontecendo no mundo: gays querem tomar as rédeas da sociedade que tem seu pilar na família. Querem casar como qualquer outro casal. Ok. Direitos civis ninguém quer negar. Mas, certamente, se a sociedade não frear isso, eles quererão casar nas igrejas, de vestido de noiva e tudo, o que resultaria em guerra. Por mim, dane-se eles, mas a questão é sociológica e política. Que poderes eles têm para mudar o perfil da sociedade constituída? Por isso são articulados, os chamados ‘gayzistas’. Esses que não existiam nos tempos de Paulo, mas que Deus já sabia que seriam ameaça ao que Ele mais preza, a família.

    Mas é claro que a hipocrisia neoateísta negará essa obviedade.

    Estou voltando ao trabalho, e ao blog do Luciano. Acho que já abusei demais de sua democracia.

  13. Como alguém consegue conciliar a ideia de um ser onipotente, justo e amoroso com seres humanos sendo obrigados a comer fezes?

  14. Esses que não existiam nos tempos de Paulo

    Ups! Os neocrentes deveriam ler a própria Bíblia. Se lessem, iriam descobrir que o homossexualismo já existia, sim, muito antes “dos tempos de Paulo”. Mui provavelmente, existiu desde sempre, mas, atendo-nos apenas ao livro que o neocrente jura que lê, existe uma ordem divina proibindo o sexo entre homens. Não fala de mulheres fazendo sexo porque Deus não tava nem aí pra elas.

    Pois bem, por que os velhotes supersticiosos e ignorantes que escreveram as falas de Deus iriam se importar em pôr no papel uma proibição contra uma prática, se ela não fosse conhecida entre eles?

    O que você acharia de uma lei que proibisse comer cocô de pombo?

  15. São ensinamentos além da sua capacidade de entender, minha cara. E, mesmo eu dando pistas, falando de guerra, você não entendeu. Não é questão de burrice não, porque você não é burra. Mas é que o neoateísmo causa esse dano ao cérebro; este passa a detectar apenas sensações dos sentidos corpóreos. Se você lesse Tao Te King então, morreria de tanto vazio dentro de si.

  16. Barros, você é mesmo doente! Sua dubiedade superou a minha!

    Eu disse, amigo, que ‘gayzistas’ não existiam. Sabe, essa gente que quer impor novo padrão na sociedade humana? Pois é, maluco, não existia na primitividade não. No máximo praticava-se o homossexo hereticamente, mas sempre reconhecendo seu lugar minoritário na sociedade hetero.

    Começo a gostar de “neocrente”. Vocês se enrolam todos, porque não existe UM argumento sequer que saia da boca do neoateu manipulado pelo esquerdismo, que eu não possa refutar. E por que será? Ah, muito fácil dar descarga no vaso…

    (Não acredito que você realmente quis usar esse truque de atribuir a mim a ignorância que é de vocês… Conheço toda a Bíblia, já li várias vezes em 6 anos, e ainda assim, eu e milhões de pessoas muito mais eruditas e sábias e inteligentes querem ler mais e mais.)

    Se continuar a escrever essas baboseiras sem fundamento, tendo como colaboradora a Shirley, a probabilidade de deixarem de ser úteis ao Esquedismo é grande. O neoateu é e sempre será descartável – nada pessoal.

    E se quiser, depois dou uma aula de antropologia e genética a respeito da homossexualidade nas espécies.

  17. Às vezes questiono, intimamente, essa tal “liberdade de expressão”. É um privilégio que nem todos deveriam usufruir.

  18. Sem querer parecer racista nem nada, mas nem minorias como o ‘negro’ e a ‘mulher’ simpatizam com o Esqerdismo militante, então sobrou, eu disse “sobrou”, o neoateu. E isso é um estudo político, não é ‘kaô’ de blog. O Neoateísmo é um movimento descartável, por isso que os ATEUS o repudiam no mundo inteiro. Ser ateu é uma coisa, ser militante anti-igreja é outra bem diferente, Sua genialidade só serve para ele mesmo. É um grupelho solitário, e só não é mais porque loucos como eu ainda perdem tempo com isso. Talvez, esse seja um verdadeiro exemplo de COMPAIXÃO.

    Entiendes? Por supuesto que no!

    Buena vida! Buen domingo!

    (Como não vivo só pensando em Deus e neoateu, voltei a praticar línguas para a Copa, pois receberei uns hóspedes gringos em minha casa – só para constar).

  19. Então Deus considera os “gayzistas” mais perigosos para os seus planos divinos do que os próprios gays… Que estranho Deus não ter aparentado preocupação com os “gayzistas” e mando apedrejar apenas os gays… Mas vai entender, né? O cara é Deus.

    E, a propósito, ainda estamos esperando suas refutações sobre as contradições bíblicas. Aquelas sobre Deus não poder ser visto e poder ser visto no mesmo livro sagrado… Ou você vai usar o velho truque neocrente de mudar de assunto?

  20. Day, Day…

    Eu fiz uma pergunta assim, retórica, sabe? Porque não tem mesmo explicação racional. É um dos artifícios que o crente precisa usar para conviver com a coisa toda e o cérebro não entrar em curto-circuito.
    Agora, você poderia ter tentado explanar a respeito, serviria até para uma avaliação pessoal, mal não faz, ao invés de tentar me atingir com ofensas.
    Há pessoas que entre bater e debater, escolhem a primeira opção, fazer o quê? É o jeito da madeira, como se diz por cá.

  21. E se quiser, depois dou uma aula de antropologia e genética a respeito da homossexualidade nas espécies. (Com a biblia na mao?)
    O homem veio do Barro (não Barros, nao confunde, rsrrsrs) – a mulher de uma costela deste pedaço de Barro, já esta explicado, entendemos

    Realmente liberdade de expressao numa CRistocracia náo é bom! – Devemos queimar aqueles que são contra nossas ideias, Amém
    & aqueles que não querem comer cocô de pombo também
    Gloria a Deus!!!
    Essse sempre foi o melhor argumento crente de todos os tempos, dividir, segregar, impor, excluir, matar aqueles que não comem cocô de pombo. Obrigado Day por manter esse Amor Divino em dia e mostrar-nos que estamos certos em não querer comer o cocô de pombo.

  22. O Brasil vai ter muita morte e guerra nestes próximos anos
    Não só a Day come cocô e pombo nesta merda, muita gente vai lutar com todas as forças para que outras comam deste cocô tambem

  23. Day: É um grupelho solitário, e só não é mais porque loucos como eu ainda perdem tempo com isso.
    1 – Ainda bem que você mesma admite que é louca, não precisamos de advertir, (O dia em que um Evanjegue, tipo Marcus Feliciano comandar o país, como presidente, 1o secretario de Cristo ou qualquer outra porra de nomenclatura que derem, eu saio deste país de merda) – afinal isso aqui vai estar pior que Cuba!!! Não quero ser obrigado a comer cocô de pombo.
    2 – Se vc estivesse lá nos campos de concentração comendo piolho e cocô não estaria tao grudadinha assim com seu Deusinho não! Cocô no cú ds outros é refresco! O engraçado é que entre os comedores de cocô estavam o povo escolhido pelo NEO (Judeus) e os americanos cristãos que estavam lá esta bela hospedaria submissos a um outro grupo de cristãos que achavam que só os loiros e branquinhos como o Cristo Europeu deviam mandar nesta porra. Estes se juntaram a uns malucos do oriente cristofóbicos mas que serviam a seus interesses no momento (Deus não viu nada de errado com isso) para guerrear e fuder famílias a vontade, coisa que dizem que:: esse Deus – Neo Cristao mais adora, a famílias.
    Se esse paizão do céu deixou tantas familias se fuderem e ainda pelas mãos de tantos ateus japoneses, e neste caso só estes ultimos podemos chamar de ateus, porque os russos podem até ter sido comandados por um ateu, mas eles eram cristãos como nação, Quase todas a famílias russas pertencem a igreja ortotoxa. Não sei o que pensar sobre essa preferencia de Deus sobre as famílias, coisa alias que ele sempre tentou destruir desde o começo do tempos, com diluvio, assassinatos, holocaustos e tudo o mais. A única coisa que dá pra ter certeza é que Deus mais odeia e persegue justamente aquilo que o Crente e NeoCrente juram que o seu Deus defende: A FAMILIA!!

  24. Menino Barros,

    “Então Deus considera os “gayzistas” mais perigosos para os seus planos divinos do que os próprios gays…”

    É inimaginável uma sociedade baseada em relação homossexual. Se a natureza assim o quisesse, seríamos, no mínimo, hermafroditas na totalidade. Você não precisa se preocupar com a teologia da questão em si. Qualquer pessoa em seu juízo perfeito, sabe que a reprodução, na maioria das espécies se dá atravéz da relação heterossexual.

    A Carta de Paulo aos romanos escandalizou muita gente na época e até hoje escandaliza. Na época as pessoas ficaram chocadas porque ainda traziam vivas as tradições gregas dos sábios que andavam com seus jovens, não somente para ensinar política e filosofia, como também para manter relações íntimas. Muitos acreditam que esse foi também o caso de Sócrates com Platão. E também, alguns soldados romanos mantinham relações com jovens que queriam ingressar no exército; aparentemente era essa a prova de virilidade.

    E, séculos antes, ao redor Ur, existiram cidades com Sodoma e Gomorra, que eram habitadas por pagãos – homens de várias partes. Sem nenhum conceito de moral e ética, esses homens ignoravam a especificidade sexual, mantendo relações de toda sorte entre si; não só homossexuais como sexo em grupo, etc.

    Atualmente, aprendemos que a homossexualidade não deve ser combatida e nem discriminada pelo homem moderno. Devemos aceitar as diferenças; em outras palavras, aprendemos a ser tolerantes, depois de tantos conflitos raciais e de cunho ideológico.

    Acontece que, surgindo essa militância chamada “gayzista”, vemos claramente a perigosa manobra esquerdista, a fim de derrubar a igreja, o que não pode ser salutar à raça humana dita religiosa. Todo movimento que incita violência não pode ser bem vindo aos olhos do homem (pós)moderno.

    Eu já disse aqui, várias vezes, que não é minha intenção defender a Bíblia, pois ela não carece de defesa, por ser um livro canonizado, e que foi escrito num espantoso período de 1.600 anos.

    Se você, Barros, espera de mim, proselitismo, asteamento de bandeiras “neocrentes”, ou uma atitude política, perde seu tempo. Como sempre digo, o que me excita é contradizer o radicalismo, a militância fraca de uma causa sem objetivo de paz e felicidade para a comunidade humana.

    Entretanto, voltando ao assunto “Deus” em relação aos homossexuais. Eu vejo a coisa muito simplesmente. Se um Criador idealizou o homem ao lado da mulher para constituírem família, qualquer atitude militante contra essa ideia, é inimizade para com tal Criador.

    Entenda, por favor, que ser gay, lésbica, bissexual, ou assexuado, é posição íntima de cada um, é orientação própria de cada indivíduo, e é-lhe dado, na maioria do mundo, o direito de exercer sua sexualidade, a menos que ele faça desse direito uma militância anti-igreja. Aí já é política e não direitos humanos.

    Por isso Paulo, segundo a Biblia, inspirado pelo Espírito, escreveu a Carta aos Romanos. E hoje, vejo claramente quão perigoso é, as pessoas confundirem liberdade com libertinagem e políticagem.

    E isso, a meu ver, prova a onisciência e sabedoria de um “cérebro perfeito”.

    ps – Não fujo jamais de um desafio. A proposta d’eu comentar as supostas contradições bíblicas é, para mim, um baita exercício mental e espiritual. Vou pensar no caso porque a última coisa que quero é ‘escutar’ risinhos e deboches. Não crer tudo bem, mas melhor é que falemos mais sério senão o nível baixa e isso não é saudável. Depois passa o link, mas antes falarei daqueles versículos. Não hoje no domingão do Faustão. ;)

  25. Shirley,

    Desculpa aí meu jeito, nem sempre tenho paciência com esse modo estranho de ‘neoateizar’ a vida e os costumes. Na boa, não quero saber de ofensas, embora seja mais uma mentirinha sua dizer que eu não gosto de debater. Aff. Mas falar de coisas profundas aqui fica difícil para mim. Mas vou pensar no seu caso sim.

    Lembrando que a amiga pratica ofensa ideológica o tempo todo, anunciando saber da ‘verdadeira verdade’, como uma profetiza às avessas.

    Boa tarde, bom domingo..

  26. Day voce ta me lembrando aqueles ditadores como Hitler, que por falta de argumento começou a atribuir aos Judeus tudo que era de ruim.
    Bem semelhante a voce pra cima dos neoateus por não concordarem com voce.

  27. Muito bom texto Shirley!!

    Gostei disto aqui: Por que esperam que os ateus façam o que nem eles mesmos fazem, que é levar seu Deus a sério?

  28. Greg,

    Depois comento – um pouco de História não faz mal a ninguém, nem a mim. Enquanto isso vá meditando que somos nós que fazemos as guerras; e, certamente, se não fosse por Deus, não existiríamos mais, ainda bem que a última palavra é dele.

  29. Adam,

    Essa é a ‘sua’ impressão. Como digo, é difícil passarmos o que somos via internet. Você fala que não concordam comigo em QUÊ? Por acaso vivo pregando que sou evangélica? Mas se for com relação à não existência de um Criador, certamente não concordo, eu, com eles.

    E, só para constar, amigo. Cuidado com a falta de informação: acusar uma pessoa de nazista é crime no mundo todo – vocês brincam demais com coisa séria, típico de brasileiro que depois reclama da situação do país. quando a carteira fica vazia e as contas atrasadas.

    Bem, não posso me conter: afinal de contas qual é a sua posição? Acho muito digno botar a cara, sabe.. Porque se você se assumir neoateu, teremos base para discussão, mas enquanto ficar assim, em cima do muro, não é justo pois não sei se sou afagada por um gatinho ou se um animal feroz me ataca por trás. Não tenha medo de assumir nada na vida. Seja o que for, é melhor assumir, sempre.

    Abraço..

  30. Bem lembrado,

    “Gostei disto aqui: Por que esperam que os ateus façam o que nem eles mesmos fazem, que é levar seu Deus a sério?”

    Em toda a ‘trilogia’ a autora não se preocupou e nem focou o mais importante: conceituar, definir o verbete ‘levar a sério’. Piada.

  31. Day

    Se você acha que estou aqui anunciando a ”verdade verdadeira” você está totalmente equivocada. Além de ateia sou extremamente cética. Se eu saísse por aí pensando em ensinar “verdades verdadeiras” para alguém, significaria que sou crente de alguma coisa. O que escrevo aqui é minha forma de ver as coisas. Se alguém entende como ofensa ideológica, sinto muito, mas nem por isso volto atrás. Parto do princípio de que se há quem se sinta no direito de falar contra os ateus, há reciprocidade implícita. Tento não ofender a pessoa crente; mas me reservo o direito de falar sobre a forma como vejo a crença e afins.
    Eu realmente não aceito que ateus devam ser deferentes e respeitosos com algo que os coloca como membros “deficientes” da humanidade.

  32. Adam

    Obrigada. Essa é uma questão que sempre me intriga. Os crentes ou seguidores de religiões agem, de maneira geral, pondo suas vaidades e interesses em primeiro lugar, como qualquer não-crente.
    Se eles não colocam seu Deus em primeiro lugar, não vejo porque esperar dos ateus algo parecido.

  33. Anônimo não tão anônimo assim

    Você tem certeza que leu todos os textos? E se leu, não parece ter capacidade de entender o que lê.
    É como eu disse antes. Não há sequer a tentativa de debater a proposição, a ideia. O negócio é usar a desqualificação, o ad hominem.

  34. Shirley,

    Você realmente tem um modo bastante peculiar de ver a vida. Você se deixa ‘encher’ tanto dessa coisa neoateísta pós- moderna, que sua vida parece se restringir a isso. Parece bem limitado. Não são os ateus que parecem ‘deficientes’, mas a dissidência neoateísta é que não se dá ao respeito. O blog do Barros até que é light (quando ele não surta), porque há salas que nem dá para entrar; é algo inumano se analisarmos pela ótica da decência e da moralidade.

    Estava, hoje, lembrando dos tempos em que eu era cética (antes de viver experiências incríveis com o sobrenatural), e quando eu frequentava um blog neoateu de uns amigos (inclusive meus comentários ateístas estão lá até hoje hehe – serve como prova de como uma pessoa pode mudar).

    Então, dei uma olhada por lá outro dia. Não fica difícil concluir que quem começou com essa ‘guerrinha’ foram os neoateus. Tanto que nessa época não se via crentes articulados. Os primeiros que apareciam eram apenas ‘soldados’, escreviam mal, refletiam mal, argumentavam de forma deficitária, e acabavam falando besteiras, e foi isso que fortaleceu o neoateísmo virtual.

    Não se iluda, há resquícios religiosos sim, no neoateísmo. Quando o assunto é Deus, religião, e Cristandade, é mexer com fé, mesmo que seja a anti-fé. Há quem explique o neoateísmo como uma desleal atitude do ex-crente, ao descobrir que Deus não o castigava; então poderia ‘zoá-lo’ à vontade. A desonestidade cresce em proporções gigantescas. Ou não seriam os neoateus, em sua maioria, ex-crentes? E, em assim sendo, essa tese é, no mínimo, interessante. Sem falar que a própria Bíblia já advertia da atual apostasia.

    Quando seus líderes começaram a aparecer, eles sabiam que arrebanhariam um número significativo de gente que estaria em crise com a fé, os apostatados. Não existe visão pessoal no neoateísmo, mas sim no ateísmo onde encontramos céticos, agnósticos, estudiosos, livres pensadores, filósofos, etc. Mas esses ateus são homens sérios que quando expõem suas ideias, o fazem com dignidade e honra.

    Negar que Darwkins & Cia., aliados ao movimento esquerdista (totalmente anti-igreja) começou essa corrente nova, é o mesmo que dizer que o sol não é uma estrela.

    Sinto muito se você quer uma deferência em relação ao seu modo de pensar, mas, ainda não podemos levar o neoateísmo a sério, pois é um movimento sem bases sustentáveis aos olhos das sociedades, civil e religiosa.

    Enfim, se você quisesse ser considerada uma mulher pensadora e séria, estaria em blogs mais voltados ao ceticismo. É cruel, mas os homens se dividem por grupos. E você faz parte de um grupo chamado “neoateu/esquerdista”, que não são bem vistos, pelo simples fato de serem os esquerdistas anti-igrejas, medíocres e arrogantes, que usam seu gênio em benefício da causa própria, pouco se lixando para a humanidade, ainda que sejam também conhecidos por ‘humanistas’.

    Conheço um pouco da literatura neoateísta; seus autores não têm o menor constrangimento em chamar o crente de ‘imbecil’, adjetivo este que é a marca registrada nos discursos dese novo grupo.

    Eu não entro nos blogs para falar de Deus ou de sua existência; o que ocorre é que não há como a sociedade ficar calada diante de tão bizarras mudanças nas mentalidades. Mudanças são sempre bem vindas quando não ferem o direito do outro de ser feliz e livre.

    Não sei se você sabe, mas o fato é que, nas faculdades, cristãos estão sendo perseguidos por grupos neoateístas, o que configura o movimento um cerceador da liberdade de pensar do outro, e essa é a arma do Esquerdismo Militante. E a maioria dos neoateus caem como patinhos nessa manobra anti-igreja humanista.

    Por outro lado, os ateus tradicionais são muito bem respeitados em qualquer bloco social.

    Nós, Shirley, somos os únicos responsáveis pelas escolhas que fazemos.

  35. Entrou como Anônimo, Shirley. Estou falando sério, o texto poderia ter sido mais aprofundado. Tudo que é parcial eu torço o nariz, pois não confio em doutrinas, ideais, e filosofias radicais. Jamais. Lendo as 3 partes, sinceramente, senti falta de referências (costume de leitor); se você se aprofundasse mais nas ideias ao invés de forçar a barra para o peculiar “Deus é um acessório”, teria se saído melhor. Espero que não subestime minha experiência literária em analisar livros e textos de internet. Sei que não interessa, mas comecei na internet fazendo resenhas da literatura universal, e até hoje o blog “Lendo.org” é um dos blogs de literatura mais visitados do Brasil. Cerca de milhares de visitantes/dia. Meu ex-sócio, André Gazzola, hoje, é filósofo e professor de Letras, fazendo pós-graduação.

    Enfim, quando se quer escrever algo que preste e que seja lido e respeitado pelo leitor, melhor ter bases e respaldos em outros autores, pelo simples fato de que nossos pensamentos não são exatamente nossos. Deve conhecer essa proposta, não? As ideias permeiam os cérebros mundo a fora, por isso é, não só elegante, como formal, escrevermos pensando no leitor; presenteando-o com informações e ilustrações; desta forma mergulhamos mais na obra e todos saímos felizes.

    Até nas ilustrações você se restringiu ao radical. A foto da mala com acessórios, por exemplo, destoa do texto, onde você não apresenta deuses (acessórios), mas Deus, ou seja, o bíblico, portanto esse paradoxo, aparentemente insignificante, denotou sua visão pessoal e radical da coisa e o texto foi perdendo qualidade, tanto literária quando ideológica. Só dica mesmo. O importante é não desistir, pois já tem algo a seu favor: escreve muito bem.

  36. A gritaria dos neocrentes, na qual se inclui a criação do termo neoateu se dá em razão de duas coisas.
    Uma é a confusão, ou até determinação em misturar no mesmo saco ateus sem inclinação esquerdista ou qualquer inclinação política específica com os militontos do esquerdismo; talvez por preguiça de se dar ao trabalho de pensar, talvez por falta de condições em separar o joio do trigo. E talvez porque, na falta de argumentos defensáveis, prefiram se esconder atrás da justificativa de que ateus são esses monstrinhos voltados para o mal da humanidade.
    Até espanta que não sejam capazes de ver o óbvio. Quem está na militância esquerdista não acredita no Deus cristão ou outro qualquer, mas tem sua própria religião que é o…esquerdismo.

    A outra razão é que estavam mal acostumados com ateus medrosos, que se sentiam/sentem (tem desses ainda) acuados pela agressividade dos crentes, com sua arrogância hipócrita de se pretenderem ser melhores seres humanos porque dizem seguir a biblía e Deus.

    Oras, se um crente pode dizer que o ateu se tornou ateu para poder levar uma vida de devassidão, o ateu pode chamar o crente de imbecil. E de hipócrita. O crente não está interessado em respeitar as coisas do seu Deus, está interessado em negociar com ele. No fundo o crente sabe muito bem que não existe tal ser, ou não estaria se incomodando com o que fala “meia dúzia” de pessoas.
    Não estaria afirmando que uns tipos de crentes são legítimos e outros são falsos.
    Neocrentes se incomodam com Dawkins e afins porque são postos a nu.
    Não estou interessada em parecer uma “pensadora séria”. Estou interessada em falar o que penso. Não gosto da maioria dos sites de ateus por aí; fora um ou outro, entremeiam o tema do ateísmo com blablabla de militância. Há outros que são cheios de dedos, quase como se estivessem se desculpando por falar de religião e o resto.
    Sabe porque gosto daqui? Pela irreverência do Barros, pela forma como ele deu o tom de não se preocupar em se por de joelhos e pedir permisssão para falar de crenças e de Deus.
    É isso que o neocrente não suporta. Ver que há gente que não está nem aí para a “sacralidade” divina.

    É claro que “ateus tradicionais” são “muito bem respeitados” em “qualquer bloco social”.
    Os que não se escondem se encolhem, evitam falar abertamente sobre tudo ligado a religião, andam nas pontas dos pés.
    Não há respeito por parte dos crentes nesse caso. Há condenscendência.
    E eu sou responsavel por minhas escolhas, sem dúvida. Só não vou admitir que gente hipócrita venha me medir com a régua da arrogância.

  37. Day

    Não estou preocupada em escrever literatura. Eu escrevi o que eu penso, baseada na forma como vejo essa coisa de crente e religião. Minha referência sou eu mesma.
    Escrevi tendo em mente o comportamento do crente cristão e seu deus específico.
    Não tinha outros deuses em mente, nem crentes como acessórios de Deus.
    O objetivo não era outro que mostrar Deus como um acessório.

  38. Shirley,

    E esqueci: quem escreve tem que estar preparado para as críticas. E elas sempre vêm, até para renomados escritores. Na rede social de literatura “Skoob” eu tenho lá uma estante virtual com livros que já li e muitas informações sobre o tema livro. Lá, dentre algumas resenhas, eu fiz uma sobre o livro “A mulher que escreveu a Bíblia”, de Moacyr Scliar. É uma obra de ficção, onde ele cria uma personagem – a mulher mais feia do mundo, feia mesmo, mas que sabia ler. Então ela é aproveitada pelo rei Salomão que a desposa, mas não a possui, por sua imensa feiúra. Ela fica com a incumbência de escrever a Bíblia, sendo que, se desvencilhando dos anciãos (um baixinho tarado, inclusive), ela questiona tudo, desde Adão e Eva. É uma literatura anti-Deus, mas não se nota o peso da tendenciosidade. Se não leu ainda, recomendo.

    O livro é considerado herético pelos mais puritanos, mas me rendeu sonoras gargalhadas. O autor é um monstro.

    Se quiser conferir minha page, seria uma honra. Espero vê-la brilhando na literatura. Não é bom ver talento desperdiçado.

    http://www.skoob.com.br/estante/resenhas/672974

  39. Day disse: ainda bem que a última palavra é dele. (deus)
    Melhor dizer – ainda bem que a última bomba é dele
    A ultima palavra é sempre do lado que vence e Deus sempre está deste lado, do lado dos vencedores – Ele é igual ao Sarney, se mantem sempre no Poder do lado dos que vencem!!
    Day disse:
    Tanto que nessa época não se via crentes articulados. Os primeiros que apareciam eram apenas ‘soldados’, escreviam mal, refletiam mal, argumentavam de forma deficitária, e acabavam falando besteiras, e foi isso que fortaleceu o neoateísmo virtual.
    Day sinto te dizer mais você é exatamente deste jeito, com todas essas qualidades acima, sem tirar nem por.
    Nós, Shirley, somos os únicos responsáveis pelas escolhas que fazemos.
    R- Ué, nao será deus??
    Negar que Darwkins & Cia., aliados ao movimento esquerdista (totalmente anti-igreja) começou essa corrente nova, é o mesmo que dizer que o sol não é uma estrela.
    Mas na Biblia não diz que o Sol não é uma estrela e que a terra, não é redonda? Você deve manter sua convicção de que a terra é o centro do universo.
    Ta do lado dos ateus agora?, não acredita na própria bíblia feita com “carinho” pelo Senhor pai?
    Sobre o movimento anti-igreja = qualquer pessoa que não está bêbada com esse negocio de Jesus e religião ve que seus líderes não valem porra nemhuma. Valdomiro, Edir, Feliciano, Malacheia, quem pode levr isso a serio? So os iludidos com Deus mesmo!!
    Não é a toa que isso está tao escrachado que a Forbes e outros da imprensa estrangeira estão dando destaque a isso, e nos rebaixando como “povinho” dos mais ignorantes. Eles estao tentando nos alertar e também aproveitando pra debochar!! O mundo está dando em geral mais espaço aos Dawkins do que as mentiradas dos religiosos!!
    PIB do Brasil 2013 – 4,04 trilhões! A media do dinheiro desses famosos pastores que foram incluídos pela Forbes como um dos mais ricos do pais é de 0,1% do PIB, muito alto pra quem se diz não apegado a bens materiais!!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrssrrsrsrs

  40. Day, day dayyyyyyyyyyyy rrsss
    Não consegue falar duas palavras sem ameaçar?! eu não te acusei de nazista (e não estou me justificando por medo!! apenas porque gosto de voce lindona)Eu falei qeu voce parece ou me lembra ele.

    Ja disse uma vez pra voce e vou dizer denovo: Não tenho pressa pra descer do muro vou aprendendo devagar e descendo no mesmo ritimo.

  41. Shirley

    Por mim você pode ficar à vontade. O que eu tinha para falar já falei. Preciso respeitar seus pontos de vista. Isso me faz mais civilizada.

    Com relação à Literatura, você interpretou mal a semântica. uma vez que ‘literatura’ é tudo aquilo que temos disponível para ler. E quando se escreve para o público (leitores), seus textos deixam de ser seus. E, nesse caso, aparecem responsabilidades, como aceitar críticas construtivas para melhorar o ‘paladar’ dos leitores. Não entender isso, além de estúpido, é antissocial, antidemocrático, e, acima de tudo, um golpe hostil e feroz na arte e na cultura.

    Tenho uma tia bahiana (Interior de Bahia) que casou com meu tio. Pensando nela eu revi meus conceitos. Exceto pela sua superioridade intelectual, vocês duas têm muita coisa em comum. Lidar com pessoas, principalmente brasileiras, exige cautela, porque somos oriundos de diversas culturas. Sua aspereza, por exemplo, pode ser pela sua essência de agreste, dessa gente que luta pela vida e, naturalmente, torna-se endurecida. É cultural, eu preciso compreender isso, e aceitar de boa.

    Por outro lado, também tenho minhas marcas culturais de carioca da gema, como se diz. A alegria e cuca fresca são nossa marca registrada, embora o carioca seja alegrinho demais para meu gosto (Maracanã, praia, samba…).

    Enquanto você é ressecada como um cactus, eu rio à toa. Quando escrevo “hehehehehe”, estou rindo mesmo; quando escrevo “kkkkkkkkkk”, estou dando gargalhadas.

    E só me lembro de vocês quando entro no computador. Sem ofensas.

  42. Day disse: Estou falando sério, o texto poderia ter sido mais aprofundado. Tudo que é parcial eu torço o nariz, pois não confio em doutrinas, ideais, e filosofias radicais. Jamais. Lendo as 3 partes, sinceramente, senti falta de referências (costume de leitor); se você se aprofundasse mais nas ideias ao invés de forçar a barra para o peculiar “Deus é um acessório”, teria se saído melhor
    Ai Me Deus me ajuda to me cagando de rir!!!
    Tudo que é parcial eu torço o nariz,
    R- A Biblia não é parcial não, né!!!?/ Todo livro religioso é parcial, e deve ser porque é a vontade do autor.
    Quer ideia filosofica mais radical do que a religião? não existe!!! é claro. A ideia é essa Day: provar que Deus é um acessório!! – O texto se compromete a isso e faz muito bem o seu papel!! Voce não gosta porque ataca a sua crença e a sua ilusão, se o texto dissesse como Deus é lindo, bacana e realizador de milagres você estaria de pé aplaudindo dizendo Gloria a Deus, Amém, Deus seja louvado, você estaria por convencimento do seu guia (pastor ou do gênero) comprando o livro da Shirley,o cd, dvd, ou qualquer outra bobagem para te manter viciada nesta droga.
    Day, sinceramente a Shirley não é muito boa em Hermeneutica por isso ela não te agradou muito. Nós sabemos que sua especialidade Day é transfigurar as palavras para um outro significado que só a pessoa que lê sabe o que é. Parece Expressao Idiomatica do Ingles:
    look = olhar
    for = para / look+for = procurar
    Na Biblia: Deus = homicida / Jesus = cara sacrificado pelo homicida
    Deus+Jesus = Homem de bem que veio salvar o mundo de um assassino que na verdade era ele mesmo!!
    E ainda pode melhorar Deus+Jesus+Espirito Santo = Ser Onicoisente que esfola os seres inferiores que vivem nele e não o veneram com o devido respeito e carinho, mesmo se estiverem sofrendo para caralho.
    Espero que tenha ficado bem explicada as Expressoes Idioticas dos Crentes!!!

  43. Greg,

    Você consegue me pôr contra a parede. Tipo ‘saia justa’ mesmo.

    Aqui em casa tivemos educação militar (Forças Armadas) e de nível intelectual altíssimo (sou a exceção da regra hehe). Quando você se reporta a mim, fico triste porque, ao mesmo tempo que sei ser mal educado não respondê-lo, todo o meu ser reluta em fazê-lo. Não me leve a mal, mas deve ser incompatibilidade, talvez até pela diferença de idade, ou outra coisa qualquer (não parei para pensar nisso).

    Não é com provocações de nível duvidoso que você obterá minha atenção. Disso eu sei.

    Tudo bem que estamos protegidos pela virtualidade, mas nós dois sabemos que a internet pode causar sérios danos ao cerebro, e eu preso muito minha sanidade. Ao contrário do que você pensa de mim, não sou louca. Mas também não sou normal, já que porto uma coisa chamada “hiperatividade adulta”. Tenho problemas para me concentrar em algo específico, Faço mil coisas ao mesmo tempo. por exemplo, minha casa é enorme, um triplex com quintais (com cães), caragem, terraço e escadarias. Com essa crise mundial não estou podendo pagar empregada, então, mesmo escrevendo aqui e alí, eu cuido sozinha da casa e de tudo. E quando chega à noite, estou cheia de ‘gás’ e chamo meu marido para passear, tomar vinho, etc.

    Em minha família já tivemos experiência com necessidades médicas psiquiátricas (nossa filha a dolescente). Vai por mim, se você visitar um lugar de tratamento psiquiátrico, acho que não brincará mais com assunto tão sério, como a nossa saúde mental.

    Sei que você é um jovem ainda, mas aqui em casa jamais tivemos moleza. Meus irmãos viraram homens precocemente, como todos da família. Na família não existe um homem sequer que trate mal uma mulher. Eles nem xingam!!!

    Espero que tenha entendido o porquê de minha relutância em travar diálogo contigo. Mas nada é definitivo, ainda mais que nada tenho de pessoal contra nenhum de vocês, e nem poderia, pois não nos conhecemos.

    Boa noite.

  44. Day disse: Sua aspereza, por exemplo, pode ser pela sua essência de agreste, dessa gente que luta pela vida e, naturalmente, torna-se endurecida. É cultural, eu preciso compreender isso, e aceitar de boa.

    Eu não li isso. kkkkkkkkkkkkk – agora a Shirley foi posta no Agreste!!!!
    Pra mim as pessoas do interior e mais sofridas costumam ser as mais amáveis e carentes, sendo que todas as pessoas são carentes.
    rrsrssrrsrsrrsrsrs
    Enquanto você é ressecada como um cactus, eu rio à toa.
    è só a Shirley passar um óleo no corpinho, vai estar tudo resolvido, ta bem Day? Ai vc já pode ficar pensando nas delicias que a Shirley pode fazer com você. (nos sonhos, é claro)!!!! srrsrssrrsrsrrsrsrsrsrsrrsrsrs
    NeoCrente Lesbica Tarada é Foda !!! srrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr
    SO…………………. JESUS………………………NA…………………….CAUSA

  45. Adam, lindão! Também gosto de ti. É que falar de Hitler comigo me enfurece e embrulha o estômago.

    Tava lembrando daquela sua foto hehehe. És mesmo um gatão. Deus abençoe.

  46. DAy
    1- Vc não sabe minha idade
    2- Se vc está com dificuldade de cuidar do seu tríplex: ORA PRA Jesus!
    Pede para o pai eterno te dar um bom emprego publico, de preferencia cargo eletivo, tipo prefeito, vereador etc. Tenho certeza que em 3 meses vc estará não so com empregada, mas com um tríplex novo!
    ESSA DICA eu dou de graça ok? Te desejo em dobro tudo o que vc deseja para mim, e pra todos aqui!! Sorte!!

    Você consegue me pôr contra a parede. Tipo ‘saia justa’ mesmo.
    R – UI……………………………………….

  47. Pois é Day, essa minha “agrestice” recheada de espinhos de cactus é que é a culpada por eu não ser capaz de entender que ao escrever um texto falando da minha visão da crendice cristã eu deveria ter tido o cuidado em apresentá-lo como um tratado filosófico e uma obra literária.
    É esse meu jeito botocudo de ser que me impede de reconhecer as coisas mais assim, como direi…das altas esferas da intelectualidade.

  48. Greg

    Em que pese a minha aspereza “cactal” tive que rir das suas “expressões idiomáticas” aí dos crentes.

  49. Viu Shirley aqui no blog temos muito a ensinar e a aprender
    E outra: como isso é hermeneutica e exegese crental, tudo é possivel – você pode fazer o seu próprio joguinho de palavras e combinações.
    As expressões idioticas podem mudar de acordo com a sua vontade, depende só do seu humor, clima ambiente, e oleosidade da pele, viu?
    Não sei o porque deste ultimo fator!
    Você só tem que buscar inspiração divina e voialá , botar em pratica as suas expressões!
    Divirta-se, jogo recomendado para todas as idades!
    Ex: Cobra – espécie de animal que fala muito e iludi suas vitimas, visto muito em jardins celestiais e encontrado próximo a criaturas divinas e magicas, usa de conhecimento e sabedoria para enrolar e abocanhar suas presas, tem muito carisma para alguns mas amedronta a maioria dos seres viventes.
    OBS: Bem como a Biblia essa definição pode variar de pessoa para pessoa e não seguir regra nemhuma de entendimento. Outras pessoas em menor numero dizem que esses seres são mudos, peçonhentos e venenosos, habitam somente florestas e selvas e não tem conhecimento profundo do mundo e suas leis universais, não podendo iludir suas presas com historinhas da carochinha. Mas há controvérsias, como bem sabemos, a maioria normalmente tem razão.
    Apenas Jogue – é viciante, bilhoes de pessoas no mundo estão curtindo, elas não podem estar erradas!!!

  50. E quando chega à noite, estou cheia de ‘gás’ e chamo meu marido para passear, tomar vinho, etc.

    Pois eu pulava o passeio e o vinho e ia direto pros etecétera… Kkkkkk

    Quer dizer que uma característica do neoateu é que ele é um ex-crente… Por inferência, o ateu de verdade sempre foi ateu. Conclui-se, assim, que o ídolo da Day, o Luciano “multicaras” Ayan, é um neoateu também.

  51. Barros,

    O Luciano não levanta bandeira de ateísmos, não adota comportamentos que o denunciem a rótulos; o que ele faz são análises políticas e de comportamento, baseado em vasta literatura. observação e pesquisas. Se ele desmascara as manobras neoateístas é porque o neoateísmo, como ele mesmo diz…

    “No caso do ateísmo militante, é novamente outra fachada para atacar a religião tradicional. Pegam os ateus mais radicais e colocam num grupo, fingindo que estes representam todos os ateus, para iniciar a campanha contra a religião tradicional. O neo-ateísmo é basicamente isso.

    Eu diria que o neo-ateísmo é um movimento intrinsecamente humanista,”

    Como refutar fatos, se contra fatos não há argumentos? Meu grande problema, Barros, é que amo o mundo inteligente, e deste mundo inteligente jamais vi o radicalismo fazer parte.

    Lembrando que não tenho ídolos, apenas admiração e respeito por gente que pensa e com quem posso aprender mais e mais.

    Você tem tudo para ser alguém respeitável também, mas insiste em manter essa quadrilha inumana que o cerca, sugando seu talento, suas inspirações, e sua dignidade.

    Com relação ao vinho e tal, pensei que estivese implícito. ;)

  52. Pérolas do dia:

    “Oras, se um crente pode dizer que o ateu se tornou ateu para poder levar uma vida de devassidão, o ateu pode chamar o crente de imbecil. E de hipócrita. O crente não está interessado em respeitar as coisas do seu Deus,”

    ONDE foi, que eu não vi, um crente inteligente definindo o neoateísmo assim? Devassidão?! Isso deve ser subjetivo, deve estar velado no seu subconsciente – Freud explica!

    De fato, seria uma imbecilidade afirmar tal coisa. A pessoa quando tem que ser devassa, ela simplesmente é. Isso nada tem a ver com ideologia, mas com a natureza humana, ou o meio em que a pessoa foi educada,

    Você deveria se resguardar mais, pois, ao outorgar uma pessoa devassa, você tembém passa a ser vista como tal. Fato. Já disse isso aqui, não é possível a pessoa pactuar com baixezas e não se tornar baixa também. Como digo, é questão de escolha; e não assumir é que é hipocrisia. Por isso ando sozinha, não preciso de bengalas psicológicas para sustentar minhas posições. Daí, podem ir todos para o mesmo saco sim!

    A última frase do texto selecionado é um achado da hipocrisia ideológica de uma mente limitada.

    ” O crente não está interessado em respeitar as coisas do seu Deus,”

    O céu é o limite mesmo! hehehe!

    A fim de captar ‘acessórios’ intelectuais, chega-se ao cúmulo de defender o próprio Deus que não se crê.

    (Tá ficando muito mole e fácil refutá-la. Assim fica sem graça, e monotonia não combina comigo)

  53. Day

    “Eu diria que o neo-ateísmo é um movimento intrinsecamente humanista,”

    Ufa! ainda bem. Se fosse um movimento ‘marcianista’, ou ‘jupiterianista’, significaria que they are here e se fossem hostis, já pensou?
    (momento ad hominem on)
    Luciano Ayan é um chato empolado verborrágico e pretensioso; pensa que ficar citando os trezentos mil livros que diz que leu o torna um erudito. Aliás, se ele fica lendo 30 livros por dia, ele não trabalha não? Não seria de espantar se essa ojeriza dele com os que ele chama humanistasneoateusesquerdistas não for resultado de um bom chega-pra-lá de alguém, que não deu conta de aguentar a chatice dele.
    (momento ad hominem off)

    Agora, sobre todo o resto escrito, é resto.

  54. (Tá ficando muito mole e fácil refutá-la. Assim fica sem graça, e monotonia não combina comigo)

    Pra acabar com a monotonia, por que não cumpre aquela promessa de refutar que a Bíblia se contradiz quanto a Deus poder ser visto ou não pelo ser humano?

    Se ficar muito difícil, pergunta pro Luciano Ayan, que ele tem conexão direta com o Criador.

  55. Segundo Dawkins, o neocrente escolhe na Bíblia o que mais lhe convém. O que reforça a minha tese de que cada neocrente tem criado para si o próprio Deus particular, de acordo com uma Bíblia que ele editou pra si mesmo.

    Deus, enfim, é uma ilusão pessoal e intransferível, como um cartão de crédito.

  56. Shirley,

    Não sei como não tem vergonha de falar essas besteiras. Essa sua saída pela tangente, misturando ufologia com humanismo, não dá mesmo. Você é mascarada, tem várias caras. Uma hora parece pensar, num outro momento cai na baixaria, e em outro parece ríspida demais para um simples debate de internet. KD o Dr. Freud?!

    Quanto ao Luciano Ayan, você pode julgá-lo à vontade, certamente o que vem debaixo não o atinge. Seu ódio por ele é justificável, uma vez que ele não deixa nem você respirar para refutar o que ele coloca.

    Sinto muito, mas uma pessoa que despreza a outra por ela ler muito mais que ela, não é digna de ter respeito intelectual. Você se trai em suas falácias tão facilmente que chega a dar pena. O Lu não tem ojeriza por ninguém e nem por grupo nenhum; ele apenas aponta os equívocos do neoateísmo e do esquerdismo por serem inviáveis a uma convivência decente no planeta, afinal, vocês não estão sozinhos por aqui e serão sempre a minoria.

    Quanto ao resto ser resto, concordo: Ser devasso é o resto que sobra em um ser humano, é o último degrau usado para afrontar o interlocutor. É o resto mesmo. O vômito no fim da noite. E você é conivente, não seja mentirosa, isso é feio.

  57. Barros,

    Se você continuar regredindo assim, vai virar feto!

    “Pra acabar com a monotonia, por que não cumpre aquela promessa de refutar que a Bíblia se contradiz quanto a Deus poder ser visto ou não pelo ser humano?

    Se ficar muito difícil, pergunta pro Luciano Ayan, que ele tem conexão direta com o Criador.”

    Cobrando desse jeito, eu me inclino a pensar que o que você quer mesmo é uma aula de teologia; quer saber o que ‘meu’ Deus responderia hehe! Obrigada pela deferência.

    Só para constar, há muito tempo eu tinha a resposta, desde que você postou, mas fico pensando se você relamente pensa assim (sobre as supostas contradições) ou é apenas uma papagaiada pragmática da agendinha neoatéia

    De qualquer forma – e você merece saber – vou fazer uma análise e publicarei aqui e no Lu. Só aguardar, pois o mundo não gira ao redor de ti, bebê.

  58. Informando, para os devidos fins, que não analisarei apenas aqueles versículos. Seria muito fácil. Vou vasculhar seu blog e escolher umas propostas a mais. ;)

  59. Day

    ” Você é mascarada, tem várias caras. Uma hora parece pensar, num outro momento cai na baixaria, e em outro parece ríspida demais para um simples debate de internet. KD o Dr. Freud?!”

    Então uma dose do próprio remédio não lhe cai bem? puxa.

    Não é o caso de eu desprezar o Lu por ele ler demais. Nem o desprezo, acho ele é muito chato mesmo.

    Sua diatribe final é a sua mais representativa característica.

  60. Suprassumo das pérolas do dia!!

    “Segundo Dawkins, o neocrente escolhe na Bíblia o que mais lhe convém. O que reforça a minha tese de que cada neocrente tem criado para si o próprio Deus particular, de acordo com uma Bíblia que ele editou pra si mesmo.

    Deus, enfim, é uma ilusão pessoal e intransferível, como um cartão de crédito.”

    Uma sentença que começa com “segundo Dawkins” não deveria ser levada a sério, ainda mais se, em seguida, a pessoa diz “reforçou minha tese”! Se nem Dawkins sustenta suas teorias, passando, regularmente, vergonha em debates mundo a fora, como acreditar em um líder sem base alguma, seja teológica, científica ou idealista?

    Só pode ter uma razão (olha a leitura aê Shirley): Antes de chegar aqui, na pós-modernidade, bom seria ler sobre o Ilunismo e o Humanismo, para aprender de homens sérios, livre pensadores, doutores e filósofos fidedignos e confiáveis. O séc. XXI não se fez sozinho, bom seria beber da fonte do séc. XIX para criar ‘casca’ intelectual honesta.

    Algumas dicas: Rousseau (tenho uma amiga descendente direta dele), Montesquieu, Voltaire, Locke, Diderot e D’Alembert, David Hume, Kant, Benjamin Constant, só para citar alguns.

    O que esses homens tinham em comum? Olhavam com honestidade e seriedade a condição humana, tendo como objetivo último, não perseguir a Igreja enquanto instituição, mas criar ferramentas para um pensamento mais livre sobre nós mesmos. Homens assim, de fato, ajudaram a humanidade. Agora, chegarem Dawkins &Cia., um bando de visionários que caíram de páraquedas (oportunismo) no meio de uma crise religiosa e econômica mundial, não dá nem para começar uma conversa de fim de tarde num bar.

    E, cuidao com a fraude filosófica: Quando Dawkins alcunha o religioso atual de “neocrente”? Dessa forma, você rebaixou seu líder a uma certa pessoa que reivindica para si a autoria dessa misteriosa nomenclatura. Acho que você se enforcou na própria corda, e isso aí é um exemplo clássico de interpretação pessoal e edição arbitrária de seu ‘livro santo’, cujo autor não chega a ser um criador, mas manja de biologia, o que o faz delirar que tem controle sobre todas as questões da vida. “Designer quadrúpedes”, o deus dos neoateus.

  61. Shirley,

    Não quero levar para o pessoal, mas acho impossível você me provar que quem legetima a perversão e a safadeza, não é também safada e pervertida. É uma simples questão. Nem precisa de Freud, mas se quiser eu o chamo,

  62. E Shirley,

    “Não é o caso de eu desprezar o Lu por ele ler demais. Nem o desprezo, acho ele é muito chato mesmo.”

    Já que ficou provada sua incapacidade em definir “levar Deus a sério”, ao menos definiria “chato”?

  63. Day

    Ok, vá lá chamar o Freud. Se conseguir essa proeza passo a acreditar em qualquer deus que você quiser.

    Chato: chato é aquele(a) que nos faz sentir uma vontade quase irresistível de dormir; que nos faz ficar divagando enquanto tenta se obrigar a prestar atenção. Chato é aquele(a) que nos faz pensar que uma topada no dedão é mais interessante que ele(a).

    Você tem mesmo dificuldade em interpretar o que lê. Não legitimei safadezas e perversões.
    Oh, talvez seja de propósito essa sua “interpretação”. Desculpe a ingenuidade.

    Escuta, não seria melhor você se ocupar com aquela refutação sobre se os carinhas da biblia viram ou não Deus?
    Vai que de repente alguém começa a pensar que você está fugindo da raia?

  64. Essa Shirley…

    Mas é muita infantilidade mesmo. Vou responder de olhos fechados, enquanto dou banho no cão e vejo a roupa suja na máquina.

    “Ok, vá lá chamar o Freud. Se conseguir essa proeza passo a acreditar em qualquer deus que você quiser.”

    – Nem para tom de gozação serve. Usar uma metáfora inteligente para levar ao sobrenatural é caduquice mental.

    “Chato: chato é aquele(a) que nos faz sentir uma vontade quase irresistível de dormir; que nos faz ficar divagando enquanto tenta se obrigar a prestar atenção. Chato é aquele(a) que nos faz pensar que uma topada no dedão é mais interessante que ele(a).”

    – A própria definição é chatérrima. Como você é monótona.

    “Você tem mesmo dificuldade em interpretar o que lê. Não legitimei safadezas e perversões.”

    – Será mesmo?

    “Greg

    Em que pese a minha aspereza “cactal” tive que rir das suas “expressões idiomáticas” aí dos crentes.”

    Chamo a atenção para o fato de que no mesmo comentário no qual você se regozijou estvavam lá, todas as safadezas e imoralidades que um ser humano possa praticar. Fato. Nesse caso não há como separar o joio do trigo, a menos que fossem em comentários distintos.

    “Escuta, não seria melhor você se ocupar com aquela refutação sobre se os carinhas da biblia viram ou não Deus?”

    – Em primeiro lugar, me desculpe, mas não é da sua conta, é algo entre o Barros e eu. Se viesse de você tal ‘desafio’, certamente não responderia, você carrega a idiossincrasia da total ignorância das Escrituras. Não poderia confiar em alguém que jamais estudou liturgia e nem jamais creu. É como chover no molhado, não me acrescentaria nada. E ainda quero saber baseado em quê, Sr. Barros me cobra algo que jamais me dispus a fazer: interpretar a Bíblia com meus conhecimentos em um lugar onde – clichê – seria jogar pérolas aos porcos. Se o fizer será no Luciano, quem quiser que vá lá ler, pronto!

    “Vai que de repente alguém começa a pensar que você está fugindo da raia.”

    – Nem passa pela minha cabeça essa possibilidade, pois a última coisa que me incomodaria seria você pensar assim. Sou mulher de fibra, bem mais forte que você.; Aguento a porrada até o fim, a menos que reconhecesse estar eu errada, o que não é o caso. Parecer-me com você, Shirley neoateia, seria a pior opção de minha vida. Aprenda a manipular a mentira com mais classe e sapiência, como tantos neoateus por aí. Já disse, você é muito fraca para mim, na boa.

    E, antes de passar por mal educada, quero informar que se continuar tendo um devasso como parceiro contra meus argumentos, serei obrigada a não responder mais seus comentários. Só para constar.

    Abç.

  65. Day

    “E, antes de passar por mal educada, quero informar que se continuar tendo um devasso como parceiro contra meus argumentos, serei obrigada a não responder mais seus comentários. Só para constar.”

    Faça-me essa gentileza, sim?

  66. Ok. Você é uma boa perdedora, não posso negá-lo.

  67. Como costumava dizer o papa Pio XII: “In frontispício indigestus argumentum indefensabilis, contradictum contraditorium perfactum interlocutorus ignobilis”. Ou seja, se você não tem argumentos que sustentem suas crenças imbecis, faça tudo para a sua contraparte ficar zonzo.

    Primeiro ela diz:

    Mas é muita infantilidade mesmo. Vou responder de olhos fechados, enquanto dou banho no cão e vejo a roupa suja na máquina.

    Depois:

    E ainda quero saber baseado em quê, Sr. Barros me cobra algo que jamais me dispus a fazer: interpretar a Bíblia com meus conhecimentos em um lugar onde – clichê – seria jogar pérolas aos porcos. Se o fizer será no Luciano, quem quiser que vá lá ler, pronto!

    E isso tudo foi porque eu citei uns versículos em que se apresenta claramente uma contradição bíblica, e a Day disse que seria fácil fácil mostrar pra nós, pobres mortais, como ali não havia contradição nenhuma. Aí eu disse: explica!

  68. Típico comportamento neocrente bate e corre.

  69. Convido a Shirley e ao Barros e outros que passam pelo blog a somente dar palavra a Day e continuar conversa se ELA RESPONDER A PERGUNTA QUE O bARROS FEZ SOBRE OS HOMENS que ViRaM DEUS e esta relatado NA BIBLIA! Ela disse que o blog e as pessoas daqui não sao merecedores da resposta, apenas o blog do ayan que nem tive o desprazer de frequentar depois de ficar sabendo aqui mesmo como é!!
    SAbemos é claro que ela não tem como responder a não ser que ela publique novos evangelhos e substitua por esses que existem e também que ela nao tem capacidade de dar uma resposta no minimo como tentativa!
    Acho que esse joguinho com uma pessoa que diz saber tudo e parece ter lido todos os livros do mundo e que além de tomar Gardenal com frequência nos faz perder tempo!
    Na minha opinião prefiro ver a Shirley criar seus textos e o Barros idem do que eles perderem energia refutando e pedindo respostas sérias que não vao ter. A Day esta aqui de palhaçada como sempre esteve escrevendo novos Evangelhos de bobagens, a verdade é que não dá pra acreditar em quase nada do que ela diz, ela parece o Ayan, se não forem a mesma pessoa ou conhecidos & com certeza ela deve ser algum tipo de funcionario publico “parasita” ou tem algum esquema com politico do Rio, porque ela certamente não trabalha. Escreve mais aqui no blog do que o próprio Barros. E pior escreve merda com fezes o tempo todo!!!!
    Obrigado pela atençaõ!!

  70. Eu acho justo! Uma vez que ela se mostrou excessivamente superiora ao apontar, pela primeira vez, que eu era por demais obtuso por não perceber que não havia contradição nos versículos citados, a ponto de dizer que era extremamente fácil mostrar como eu estava equivocado, nada mais coerente do que esperar pela tal resposta fácil.

    Até agora eu só vi muita promessa e nenhum milagre.

  71. Day

    Com certeza, sou muito boa perdedora, e obtusa também.
    Não entendo, juro. Você disse que tinha que respeitar minha diversidade cultural, minha aspereza de cacto do agreste e tal.
    Uai? E uai de novo. Você esqueceu a face do seu pai? Você não segue os ensinamentos do seu mestre, o Jesus? Sabe, seja o seu sim, sim e o seu não, não. Além da coisa de setenta vezes sete?
    Então é assim que são as coisas nos mundos sofisticados e intelectuais, a pessoa quer um mestre para desobedecer a ele?
    Menina, acho que é muita intelectualidade para mim. Vou seguir a orientação desse devasso pervertido do Greg, tá? Só vou perder para você de novo quando você refutar o negócio dos carinhas da bíblia.

  72. Barros,

    Primeiro que lá, nos versículos que você postou, fica bem claro que, com exceção de Abraão com Melquisedeque. que a Bíblia diz ser um rei sem árvore genealógica, e assim como o anjo que lutou com Jacó, todos os outros exemplos dados por você são aparições sobrenaturais – o que tem de tão complicado nisso? Não é necessário crer no sobrenatural para entender exatamente o que está escrito e descrito. Mas se você provoca, achando que sou como esses seus crentinhos de estimação que você manipula como quer, ok. Amanhã lhe entrego o relatório mais importante do ano, aff.

  73. Shirley,

    Não se faça de boba, garotinha. Sabe que nada tenho contra você, mas dei as condições para voltarmos a conversar. Deixa rolar.

  74. Lá vem fezes ai!!! – Meu note vai começar a feder!!! – O Barros vai ter que jogar pinho e desinfetante para tirar a catinga que vai ficar isso aqui!! Vai ter muito monitor sujo de merda!!

  75. Barros, para mim chega. Tenho mais o que fazer do que frequentar o mesmo lugar com gente assim. Você criou seus Mini-Frankensteins, agora aguente. Qualquer coisa passo o link.

    Fui.

  76. Nao fuja da raia, Nao fuja da raia, , Nao fuja da raia, , Nao fuja da raia,

    Posta a resposta sabichona!!!
    Nao adianta passar email intimo pro Barros dizendo que vai dar pra ele nao, Só responder as coisas com um “sim” ou “nao” sem postar Evangelhos aqui (os seus é claro), só isso, ah…e tambem tentar desqualificar as pessoas aqui, senhorita catedrática!!

  77. Barros,

    “Eu acho justo! Uma vez que ela se mostrou excessivamente superiora ao apontar, pela primeira vez, que eu era por demais obtuso,”

    Não me lembro de chamá-lo de ‘obtuso’. Se isso ocorreu, retiro imediatamente, porque você não é mesmo, por isso permaneci no blog por tanto tempo.

    Bom dia, meu querido.

  78. Ah!

    A ignorância insinuou que a maioria das coisas que digo que faço e que sou, é mentira.

    Só para constar, uma ilustração de HIPERATIVOS muito, mas muito, mas muito mais notórios que essa pobre Day.

    Alexander Graham Bell
    Albert Einstein
    Beethoven
    Bill Cosby
    Cher
    Tom Cruise
    Salvador Dali
    Jim Carrey
    Leonardo da Vinci
    Walt Disney
    Kirk Douglas
    Thomas Edison
    Galileo Galilei
    Danny Glover
    Whoopi Goldberg
    Ernest Hemingway
    Dustin Hoffman
    Magic Johnson
    John Lennon
    Abraham Lincoln
    Wolfgang Amadeus Mozart
    Napoleon Bonaparte
    Isaac Newton
    Nostradamus
    Pablo Picasso
    August Rodin
    Muhammad Anwar al-Sadat
    Socrates
    Steven Spielberg
    Leo Tolstoy
    Van Gogh

  79. O que é TDA ou TDAH? – A HIPERATIVIDADE

    Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) ou TDA, trata-se de um transtorno caracterizado pela clássica tríade de sintomas que inclui: falta de concentração, impulsividade e hiperatividade ou excesso de energia.

    Nos Estados Unidos cerca de 17 milhões de pessoas sofrem do problema. No Brasil, apesar das estatísticas precárias, calcula-se que 3 milhões de brasileiros tenham esta patologia, no entanto, a maior parte deles não sabe que a tem.

    Qual a população atingida?

    O TDA ocorre em crianças e adultos, homens e mulheres, rapazes e moças, abrangendo todos os grupos étnicos, camadas socioeconômicas, níveis de escolaridade e graus de inteligência.

    Até pouco tempo atrás, achava-se que este transtorno era exclusivo da infância e que no decorrer da adolescência tenderia a desaparecer espontaneamente. Hoje, no entanto, sabemos que apenas 1/3 da população com o TDA a supera na adolescência e 2/3 conviverão com o transtorno por toda a vida.

    A condição básica para o diagnóstico do problema em adultos é a história de TDA na infância (antes dos 7 anos). Por este motivo os relatos do paciente, como também o de seus parentes e amigos são tão importantes.

  80. A Dr. Ana Beatriz está usando o computador da Day…

  81. É, era pra pôr abaixo do texto o nome dela e não nesse espaço do name.

  82. ops! desculpe de novo kkkkk

  83. Antes que pensem que a Dra. é uma personagem,

    http://www.medicinadocomportamento.com.br/textos_transtornos1.php

  84. Barros,

    Vê se larga um pouco essa ‘deusilusão’, e experimenta uma aventura nova. Depois você volta para ‘casa’, quem sabe até premiado.

    Nesse concurso literário, o tema é livre e só não pode participar com obras já impressas em livros, jornais, revistas… Pensei naquele “Sofia”, ao menos você tem chances por ser tema pouco abordado. Faz uma revisão, cortando excessos, coisas radicais demais e palavras pesadas (se tiver, não lembro). Não custa praticar. Só estou dando a dica porque mostra interesse em entrar para a Literatura. As inscrições irão até final de setembro, dá tempo!

    http://concursos-literarios.blogspot.com.br/2013/06/30092013-24-concurso-de-contos-paulo.html

  85. Uêpa!!!

    Gostei da dica. Vou inscrever um conto erótico!

    Thanks, my dear.

  86. Toma aqui seu remedinho Day

    Essa ai é tao , mais tao cara de pau que muda de assunto, posta texto se fazendo passar de medica, para convencer do suposto problema dela. depois posta sobre “concurso de contos literarios” e por ai vai……
    so pra nao responder o que nao tem resposta!!!
    So pra constar , ninguem perguntou nada de hiperatividade aqui!!!!
    so das tais apariçoes biblicas!!!

  87. È gente tem hora que este negocio de Face em que as pessoas postam qualquer coisa dá raiva. Normalmente o Face parece um grande BBB , nada de util se aproveita, mas nestes dias ele foi e está sendo usado para esta comoção nacional.
    Pessoas marcaram e combinaram esses protestos, estao fazendo divulgaçao e exercendo direitos politicos! – reclamando, protestando, opinando e hoje estou vendo até pedidos de greve geral. So que……….
    tem gente que nem nestes momentos naonpara de fazer propaganda religiosa desnecessaria e imbecil. A cada 10 minutos aparece uma, com trechos do Evangelho e tal e um monte de gloria a Deus ali em baixo curtindo. Nem nestes momentos a pessoa entra de cabeça no mundo real e dialoga com os outros sinceramente. Deixe a porra do culto pra hora do culto, nao amola. O triste é que tem gente pedindo a Deus para que tudo termine bem e as pessoas nao lutem e deixe com Deus que ele resolve!!
    mAS SE ELE NAO RESOLVEU ate agora e teve que chegar o confronto, onde esta Jesus, em outro planeta??? Pessoas com esta doença chamada religiao sao cagonas e esperam um milagre que nunca acontece: OS POLITICOS SEREM HONESTOS E BOA GENTE!
    pORRA! se Jesus nao fez nada ate agora com os politicos, nao consigo imaginar que tem gente que diz que é dotado de uma coisinha chamada cérebro e espera a atuação do divino em prol deste pais!!
    As pessoas misturam religiao com politica com tanta facilidade que se perdem e deixa pessoas que tem massa cefálica pra pensar revoltado e puto da vida.
    Tem um cara aqui na minha cidade dono de farmacia que esta igual a viciado em crack com a religiao dele, poluindo o face de hora em hora com salmos, Capetículos e Testiculos. Nem nestes momentos dao folga para o brasileiro de politizar e se organizar. Nao querem o povo inflamado, so querem aquele ALELUIA, AMEN, GLORIA A DEUS no fim dos comentarios! —————– Vai TOMAR do CÙ —————————-
    Reza na sua casa e na sua igreja, deixa as pessoas lutarem e clamarem os seus direitos e usar essa merda de Face pra algo Util
    Pra finalizar esse cara postou uma foto com a fala de um outro viciado no seu DeusCrack! assim: um velhote tipo Malafaia cheio de si dizendo algo que me enojou: Preparen-se::::::::
    A BIBLIA É TAO, MAS TAO ATUAL QUE ELA É MAIS ATUAL DO QUE O JORNAL DE AMANHÃ!!!
    dEPOIS DESSA, TENHO MEDO DE QUE ESTA PORRA NAO DE EM NADA E DE QUE ESTE PAÍS VÁ A MERDA MESMO!!
    É MUITA HIPOCRISIA , FALTA DE DISCERNIMENTO E INTELIGENCIA PARA UM POVO SÓ!!! —- nOS TEMOS UM ABISMO DE DIFERENÇA PARA OS POVOS DESENVOLVIDOS!!! ——dESABAFEI______———
    vIVA AO Brasil ; Foda-se & Morra essa JesusCracia!!!!!!

  88. Greg

    Falou e ‘dizeu’!!!

  89. Thanks Shirley – é dificil ver tanta estupidez e idiotice em todos os lugares, nao é possivel que só a gente , essa minoria ve que a religiao e o Estado enganam as pessoas

  90. IIsso é veneno

  91. Ainda bem que a Dilma safada como vcs está saindo do governo. A net passou a ficar insupotável depois que vcs entraam. Corja safada! Chega de estudar essa loucura. Vocês não são nada!!!!! Merecem pena de moprte, nada acrescentam ao Brasil e ao mundo! Cambada de promíscuos, grupelho usado pela esquerda, um amontoado de cocô. Anote: Dilma/PT vai sair! E eu duvido que com um govcerno inteligente essa lais terá aceso a net. São tão burros que não sabem que, mudando o governo, as leis interiores de busca virtual pode se dar. Gostaria de ver todos vcs no lixo, ou em casa com seus lixos, mas na internet não!!!! Eu mesmo, com amigos, começarei uma campanha. Derrubar vcs será o meu maior prazer, cambada de imorais, devassos, ratos de esgoto!!!!!! Aguardem! Um dia lembrarão desse meu “surto”, e outra coisa Fernando babaca e corno! Vc é um merda, não uso remédio, mas espero que sua família venha a ter grandes desgostos, principalmente sua ‘esposa’ que até hoje ninguém soube se é homem ou mulher. Cansdei de wser boa com gente-lixo.

    Quero ver tanta coragem quando o jogo virar…..

  92. Day, você é uma pessoa doente. Talvez nem saiba, ou nem admita, e eu não saberia dizer qual dessas duas possibilidades seria a mais danosa pra você: não saber que é doente, ou não admitir isso.

    De todo modo, seja a origem da sua doença física ou psicológica, procure ajuda médica. Deus não vai ficar bravo, eu garanto.

    No mais é isso. Não vou mais “botar lenha na fogueira” discutindo com você porque isso seria desumano de minha parte.

    END OF TRANSMITION ——————————————–

  93. Ontem eu estava acima da média no vinho, mas não é motivo para seu diagnóstico; pareço doida porque pratico algo que neoateu não faz: pensar. Sou doente porque usei a mesma ferramenta do Greg? Quando sou eu a avacalhada e xingada é ‘normal’, né? Hipócritas! As coisas que esse infame falou para mim é saudável, decerto. Uma mulher velha legitimar pornografia na net é normal. Fernando e Cia. fazerem alusão ao sexo anal em público é normal; e, finalmente, VOCÊ, como dono desse festim é o mais normal, eu suponho. Geralmente quando uma pessoa diagnostica outra, é ela quem está precisando de ajuda. Ainda que virtual, fiz o que deveria fazer, ou seja, a outra tomou do próprio veneno. E não é loucura quando digo que se fosse pessoalmente muita gente iria se dar mal. Mas, como é virtual, continuo meditando sobre aquele pensamento: “O maior covarde é aquele que fala no escuro!”
    Realmente meu marido notou diferença em mim e disse que alguma ‘coisa’ estava me fazendo mal. A loucura de vocês, estúpidos! Sinceramente, gostaria que a liberdade de expressão revisse seus conceitos. Esse movimento de vocês, como já disse inúmeras vezes, não ajuda em nada a humanidade, portanto eu gostaria que alguém desse um fim nisso; nesse lodo, nessa facção perniciosa ao mundo.

  94. Eu estava pensando se você apagaria o que escrevi. Sim, claro que sim. Mas me pergunto por que não apagou os xingamentos do peão de obra e do Fernando. Não adianta, é certo que as palavras que definem o neoateísmo são HIPOCRISIA E ÓDIO. Agora já sei como lidar com gente assim. Basta usar a mesma tática, ou seja, ofender e xingar à vontade. Ao contrário desse patético grupo, eu não penso em inferno e nem em Deus tanto assim. Mas, juro, gostaria que o inferno existisse exatamente como é descrito por aí.

    E sou EU quem digo ADEUS, presunçoso. Se você catar coisas que escrevi, pode até dar um livro. Antes de mim nunguém aqui, nesse pardieiro falou de Sócrates, filosofia, psicologia, religiões comparadas, e tantos assuntos que abordei. No fundo a inveja, como é do diabo também, permeia a mente de vocês. EU que digo a hora de parar. Você me barrou uma vez e eu voltei quantas vezes eu quis. Sou EU quem decide. O blog é seu, mas a net não. Mas pode ficar tranquilo com seu secto, porque EU decidi me afastar, como já havia dito há uns dias.

    ps – Se eu for doente, engraçado, todos serão, principalmente os que usam a net para pornografia. Tudo tem um preço; esse movimento não é auto-sustentável. Assim como eu maldisse Lula, há anos, e está provado que PT não vale nada, assim eu digo que essa baixaria irá acabar. Só esperar a Petralha sair do governo.

    Passar bem.

  95. O que é moral?

    E a última é para a coroa pornográfica: Por que ficou quietinha no canto? A verdade doeu – mulher quedada à pornografia cheira longe, mesmo disfarçada de inteligente, culta e “ateia”.

  96. Sigam o Mestre; sigam o Mentor. São filhotes com DNA desconhecido. Pupilos, amem o Mestre. Ouçam KISS, apropriem-se das palavras mais sujas. Ouçam o Mestre. Todo profeta anuncia novidades. Sigam Dawkins, sigam sempre um Mestre. Barros segue um líder; e gentinhas seguem o Barros.
    Chegai-vos, irmãos neoateus, chegai-vos em vossa má conduta; vinde e bebeis o sangue dos bifes na geladeira, pois, vos digo que este é o sangue salvador. Bebamos todos, ao erotismo, às fezes, aos pombos imbecis.
    Bebamos um brinde porque já sabemos tudo, inclusive que Deus não existe! Deus não existe! Eu sou o Dono da Verdade; eu sei tudo!
    Sabeis que minha presença aqui tem todo um fundamento. Quem sabe, seja eu, o Anticristo?

  97. Outro dia, eu pedi desculpas por tê-lo chamado de obtuso. Que tal, amigo, pedir também desculpas por seu aleatório, leviano e fortuito diagnóstico a respeito de alguém que nem sequer conhece? E, mesmo que fosse médico psiquiatra, ainda assim seria considerado um profissional antiético ao expor sua opinião a respeito de minha sanidade. Eia! Já dizia Caetano
    que “de perto ninguém é normal.”
    Só desejo que tua mente alcance esses horizontes. Não quero ficar com má impressão de ti.
    Ok. Cada um de nós carregamos experiências únicas. E com você e Cia. não pode ser diferente.
    Tudo que fiz aqui, tudo que escrevi, tudo que aguentei… E tudo que ‘deixei passar’, nada tinha a ver com fé ou religião…

    Esperei encontrar mais uma filosofia; mais uma luz; mais um motivo para pensar. Esperei muito, aguentei tantas coisas, contudo, minha conclusão é que, por mais que eu admire a convicção neoateísta, reconhecendo uma certa atitude severa por manter uma opinião, eu me decepcionei quando descobri que a corrente não ensina o mais básico dos conceitos humanos: Respeito!
    Mas não o respeito vulgar e superficial que praticamos na sociedade; mas um tal sentimento que não conheci aqui, e desiti quando recebi uma quantidade insuportável de ofensas.
    Daí, envolta em um delírio pragmático, resolvi agir da mesma forma, ou seja, lançando flexas envenenadas de antiamor, crendo que estaria a me vingar. Mas, me vingar de quem?
    A vingança é uma doutrina que apenas bons homens podem usar, forjando espadas indestrutíveis ao seus olhos, mas que, invariavelmente, são lascadas diante da lâmina da honra.
    Por favor, amigo. Muitas vezes disse eu que você tinha talento. E ainda penso assim. Entretanto, Barros, não consigo entender você ter tanto talento para usar em uma causa perdida. Porém é direito seu.
    Não gosto da virtualidade. Não gosto quando me sinto impotente em meio a tantas pessoas. Sou tímida porque o que você faz é desagradável, como reiterar as abominações que eu sofri aqui. Ainda que Deus não exista para você, onde, puxa, estará escondida a sua consciência?
    O fato de Shirley, Fernando e Greg pensarem mais ou menos como você – “Deus não existe” – , não o obriga a aceitar atitudes que, talvez!!, você, no fundo não goste.
    Faça como eu. Não filie-se a nenhum grupo, pois, no final das contas, pessoas ‘filiadas’ a ti, hoje, poderão contestá-lo amanhã.
    Sempre vim aqui sozinha. Recebi toda forma de crítica, e toda forma mentirosa de alguém lidar comigo; e com o mundo.
    Em suma, não gostei de sua reação, defendendo a covardia e a mentira. Não é porque seus leitores pensam parecido contigo, que você deve assinar a baixo de tudo que eles fazem. Principalmente quando eles demonstram ser, apesar de você, simples animais simbióticos.
    Agora posso ir. Afinal, ao contrário de você, eu ando sozinha, virtualmente ou não. Geralmente grupelhos necessitam de um líder. Mas a grande dificuldade é quando o grupo espera do líder o que ele não tem. Daí as guerras.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: