Deusilusão no Twitter

A Danieli Moraes foi minha linda seguidora de número 666. Dê um clique na imagem abaixo e siga também:

twitter

Anúncios

57 Respostas

  1. Barros

    A Danieli Moraes foi minha linda seguidora (..)

    Aee Barros, já está se achando profeta para possuir seguidores?
    Quantas pessoas caminham contigo para o buraco?

    pergunto pois o resultado óbvio de um cego guiando outro cego, só pode ser o abismo. rsrsrsrs

    :-)

  2. Parabéns Barros pelos seus 666 seguidores do “CAPIROTO” rsrs Ateísmo na veia irmão,porque aqui o papo e reto e a conversa não faz curva e céu e inferno é uma piada.SUCESSO!

  3. Hitch-22

    Ateísmo na veia irmão

    O.O

    E ainda não querem que eu chame ateísmo de religião
    rsrsrsrsrsrs
    :-)

  4. “E ainda não querem que eu chame ateísmo de religião”.

    R:Ateísmo é uma religião da mesma forma que abstinência é uma posição sexual.SHUAHSUAHSUAHS

    Ainda estou esperando a sua prova empírica do D.I,mas é mesmo uma pena você insistir no Design Estúpido, pois Neil deGrasse Tyson o refutou faz tempo.

    “E alguns dos macacos realmente acreditam que o universo inteiro foi feito para seu próprio benefício” rs Aprecie o vídeo!

  5. Obrigado, Hitch-22. E o meu seguidor de número 1.000 vai receber, como prêmio, o perdão incondicional de todos os seus pecados. Legal né? Participe você também!!

    Azetech, eu vivo no mundo real; eu estou desperto; eu sou ateu. Quando menciono “seguidor” é porque é assim mesmo que são chamadas as pessoas que acompanham meu perfil no Twitter. Mas como vocês, crentes do deus cristão, veem tudo com os olhos da religião na qual estão drogados, aí fica pagando mico.

    Por falar em pagar mico, você é o Wanderlei???? E o que significa Azetech? É o nome do remédio controlado que você toma? Kkkkkk

    E responda rápido: por que crente toma remédio?

  6. Hitch-22, acho que ele não falou prova empírica, mas conhecimento empírico, ou seja o velho e surrado “testemunho”, pelo qual o crente percebe a existência de Deus até pelo peido de uma formiga.

    Abraço!

  7. Por que será que tiraram do ar o video qeu o Hitch postou aqui?! bem que aquele pastor que o Barros postou aqui o video dele falou que os evangélicos vivem denunciando videos ateus e negativando( se borrando com medo da verdade)

  8. Evanjegues !! bando de covardes!!

  9. Hitch-22

    Ainda estou esperando a sua prova empírica do D.I (…)

    Xiii.. vai esperar sentado. Por uma questão de lógica racional, em impossível comprova-lo em laboratório. (visto que se fosse possível, não seria Deus)
    Mas fique tranquilo, teu desejo pela prova empírica será saciada.

    Pena que se continuar pensando de maneira ilógica em vida, só terá a confirmação momentos antes de sua destruição.

    pois Neil deGrasse Tyson o refutou faz tempo.

    Refutou mesmo? Então me explica:

    º Como surgiu a informação por processos naturais?
    º Como surgiu a complexidade irredutível por processos lentos e naturais?
    º Como vocês comprovam a onipotência do “deus” natureza, pelo qual vocês creem ser capaz de dar origem ao Universo e gerar a vida da lama?

    Estou curioso, será que consegue?
    :-)

  10. Barros

    Azetech, eu vivo no mundo real; eu estou desperto; eu sou ateu.

    Percebo um erro crasso nesta tua frase.
    Ou se é ateu ou vive-se no mundo real. Nunca ambos.

    As duas palavras são antagônicas, logo são contraditórias se inserido juntas a uma mesma frase.

    :-)

    Quando menciono “seguidor” é porque é assim mesmo que são chamadas as pessoas que acompanham meu perfil no Twitter.

    Ora, mas referindo-se a ti fica difícil descrever se está a utilizar palavras corriqueiras ou termos religiosos.

    Está a falar mais de Deus do que qualquer teísta e utilizar os termos religiosos mais que Cristãos. (com frases do tipo: “Não sou onipotente, nem onipresente, nem onisciente, mas, pelo menos, EU existo!” , “Criei esse blog em 6 minutos. No sétimo, eu descansei.” inclusive” etc.)

    Sendo assim, fica difícil identificar se não está fazendo alusão a religião ou se está utilizando palavras coloquiais.

    Mas como vocês, crentes do deus cristão, veem tudo com os olhos da religião na qual estão drogados, aí fica pagando mico.

    Nós vemos tudo com os olhos da religião??? somos nós que vemos??
    Creio que não possui espelho em sua casa Barros, afinal tu fala mais em Deus e religião do que muitos cristãos pelo qual conheço.

    Por falar em pagar mico, você é o Wanderlei????

    Claro que não. O Wanderley é o “Criaturo”.
    Eu sou Diogo e comentava aqui a algum tempo atrás com o nick “D&C” (lembra-se de mim agora?)

    E o que significa Azetech? É o nome do remédio controlado que você toma? Kkkkkk

    Porque quer saber? Ficou interessado em tomar? O seu remédio não está dando conta? :-)
    Desculpe desaponta-lo mas azetech não é remédio.

    E apenas um nick hibrido, utilizado por mim em games, resultado da junção de aztec (asteca) e technologic (tecnológico)

    E responda rápido: por que crente toma remédio?

    E porque não tomaria?

  11. Adamantdog

    ( se borrando com medo da verdade)

    Que verdade?

  12. Barros, crente toma remédio assim como os não crentes… a diferença básica entre crentes e não crentes nesse ponto é simples:

    Quanto ateu fica doente, ele tenta imaginar porque ficou doente.. pode ser porque se alimentou mal a vida toda, pode ser porque viveu sedentário, pode ser por que seu pai também tinha essa doença e a hereditariedade (sim ela existe) agiu ou simplesmente ele deu azar… se ele melhora, ele também geralmente identifica as razões, que por um “milagre da coinscidência” são o contrário do que causa doenças: melhora na alimentação, exercicios frequentes etc…. ou ele toma um medicamento feito pela advinha: “ciência” (a naturalista, não a criacionista)…

    Já o crente quando fica doente e precisa tomar remédio foi obra do capeta e quando fica bom é obra de deus…

    entendeu Barros?

    Abraço
    Cristiano

  13. Cristiano, a fé move montanhas e não cura a porra de uma gripe?!

    Me explica isso!

    Kkkkkkkk

  14. Diogo!! Agora lembrei, rapaz!! Rsrsss

    O Criaturo é o Wanderlei? Rapaz, eu acho que o Wanderley é o leitor mais antigo do Deusilusão…

  15. Desculpe-me a intromissão, mas…
    Sobre o alegado D.I. e a prova empírica da sua existência.

    Xiii.. vai esperar sentado. Por uma questão de lógica racional, em impossível comprova-lo em laboratório. (visto que se fosse possível, não seria Deus)

    Assim é mais fácil que empurrar bêbado ladeira abaixo.

    Coisas abstratas não podem ser provadas com experimentos concretos. Coisas abstratas pertencem apenas ao âmbito mental imaginativo do ser pensante.

    Veja que muito se alega que um tal ser, que muitos denominam de deus, construiu nosso universo concreto. Ainda dizem que ele atua de forma concreta nesse mundo físico. Afirmam então que isso é a prova de sua existência.
    Ora, atuação num mundo físico implica numa fenomenologia física, portanto, concreta, que pode ser aferida por métodos científicos.

    Não se pode acreditar numa hipótese abstrata e ao mesmo tempo afirmar que ela atua num mundo concreto e depois, ardilosamente, se eximir de fornecer provas empíricas.

    O que se vê é alguns religiosos que varreram seu deus particular e abstrato, improvável, pra debaixo do tapete e depois sacaram um outro com o nome de D.I. entremeado de supostas ligações evidenciais com o mundo concreto.
    E pior, tenta-se descaracterizar uma teoria científica apenas para certificar uma hipótese criacionista em particular.

    Nem se trata de tentar viabilizar uma ideia criacionista abrangente, parece-me, outrossim, que trata-se de certificar uma em particular descrita por um conjunto de mitos de um povo em particular.

    Mas fique tranquilo, teu desejo pela prova empírica será saciada.
    Pena que se continuar pensando de maneira ilógica em vida, só terá a confirmação momentos antes de sua destruição.

    Isso não é muito científico.
    Se ameaças tivessem o poder de transformar bobagens em verdades, não precisaríamos de ciência, Bastava os tiranos.

    Abraços!

  16. Barros:

    O Criaturo é o Wanderlei? Rapaz, eu acho que o Wanderley é o leitor mais antigo do Deusilusão…

    Você deveria dar um belo brinde à ele! Rsrsrs!!!!

  17. Azetech:

    º Como surgiu a informação por processos naturais?
    º Como surgiu a complexidade irredutível por processos lentos e naturais?
    º Como vocês comprovam a onipotência do “deus” natureza, pelo qual vocês creem ser capaz de dar origem ao Universo e gerar a vida da lama?

    R:Ora mais que pergunta tola…Nunca ouviu falar nas matérias cruciais para o entendimento da modelagem explicativa do funcionamento das leis naturais para o entendimento do mundo em nossa volta, biologia, genética, química, física, matemática etc…Elas respondem a maioria das suas dúvidas meu caro!Deixe de ler ciência de criacionistas.Percebo que você não procura essas informações por si só por pura preguiça,ou porque algumas teorias da ciência contradizem o seu livro sagrado.Vocês crentes pulam de galho em galho iguais a macacos,procurando nesses galhos lacunas na ciência para enfim desacreditá-la.Você não coloca seu Deus em uma listas de coisas que são totalmente compreendidas pela ciência.Porque sera?! Será porque são explicadas!” Você coloca suas emoções e seu desejos acima do que você sabe.Você não sabe nem menos e nem mais quanto eu a respeito de algo desconhecido,para ser capaz de nos dizer o que não entendemos ainda.Agora,se quiser usar isto,como evidência para Deus,então nós teríamos que voltar e dizer:Bom,não quer dizer que,se você não compreende algo,e a comunidade de físicos e biólogos não compreendem,que dizer que Deus fez.É assim que você quer jogar este jogo?Porque se for assim,aqui está uma lista de coisas no passado,que os físicos e biólogos,naquelas épocas, não compreendiam. UmTalk show que você poderia ter conduzido há duzentos anos atrás.Você diria:”Os planetas movem-se para trás?”Não consigo entender isto.”Deve ser Deus rs E você diria: “Sabe,você está certo.”Então dez anos depois você compreende.Então o que você faz?Se é assim que você invoca a sua evidência para Deus,então Deus é um bolso cada vez mais vazio da ignorância científica,que está ficando menor e menor e menor,enquanto o tempo passa.Então esteja preparado para isto quando acontecer,se for assim que você virá com o problema.Então,isto é simplesmente o argumento do “Deus das lacunas” Que está aí por desde sempre.Cientistas nem mesmo se preocupam e nem mesmo se importam,de alguém querer dizer: “Você não compreende aquilo,Deus fez.”Isto nem mesmo me incomoda.Mas para os cientistas sérios o que mais incomoda,é se,você está tão satisfeito com está resposta,que você não tem mais a curiosidade de aprender como acontece.O dia que você parar de procurar,porque você está satisfeito:”Deus fez”.Não precisarão de você no laboratório! Você é inútil! Na fronteira de compreender a Natureza do mundo.Cientistas ficam felizes quem quer que sejam estas pessoas.E não há muitas delas.Porque se elas dominassem o mundo,nós ainda estaríamos nas cavernas!Nunca deixaríamos as cavernas!Porque há coisas misteriosas lá fora.Então Deus está fazendo aquilo,e você não precisa saber daquilo.Nem mesmo pensar sobre isto.Onde estaríamos?!Se o entendimento dessas pessoas do mundo,dominasse o mundo.Enfim,não me importo,mas apenas não impeçam os outros de conduzirem estas investigações por elas mesmas.

    Azetech: Xiii.. vai esperar sentado. Por uma questão de lógica racional, em impossível comprova-lo em laboratório. (visto que se fosse possível, não seria Deus)

    R:Ué! Esquecer-te dos milagres que afirmas acontecer nos tais cultos religiosos.Esquecer-te também que além de afirmar que os tais milagres acontecem,nenhum bendito crentelho não tem um celular ou uma câmera pra gravar o fato acontecido, para que cientistas possam ver e analisar as manifestações desse seu Deus de mentirinha.Enfim,nos fazer chegar a conclusão que esses fenômenos estão além das leis da física?Ou as evidências de milagres só ocorrem dentro de igrejas?Muito esperto esse seu Deus BUNDÃO!

    Azetech:Mas fique tranquilo, teu desejo pela prova empírica será saciada.
    Pena que se continuar pensando de maneira ilógica em vida, só terá a confirmação momentos antes de sua destruição.

    R:HAHAHA Não vai me convencer com ameaças Azetech,me fazer ter medo por blasfemar contra esse ser ilusório.Deixe-me lhe contar uma coisa sobre sua afirmativa:” Minha destruição”.
    Quando Sócrates foi condenado a morte por suas investigações filosóficas e por blasfêmia, por desafiar os deuses da cidade, quando ouviu o veredito…Ele disse: Bem, se eu tiver sorte, talvez eu consiga ter uma conversa com outros grandes pensadores, filósofos e céticos.Ou seja: Participar de uma discussão sobre o que é bom, sobre o que é belo, o que é nobre, o que é puro e o que é verdade, sempre merece continuar. Porque isso é importante? Porque eu iria querer fazer isso? Porque é essa é a única conversa que vale a pena ter. Se isso vai acontecer depois que eu morrer, eu não sei. O que sei é que é a conversa que eu quero ter ainda vivo. E qual significado tem pra mim; a promessa de certeza, a total segurança, a oferta de uma fé impermeável que não pode ceder; tão só uma oferta de algo que não vale a pena ter. Quero viver a minha vida correndo o risco, o tempo todo, a não ver e aprender o bastante, de não entender o suficiente; de não poder saber o suficiente ou então de me manter sempre faminto, a margem de uma safra potencialmente grande de conhecimento futuro e de sabedoria que nunca poderei alcançar. Eu os exorto a desconfiar das intenções daqueles que doutrinam crianças e lhes dizem que elas estão mortas, mesmo sendo tão jovens, até que aceite à crença deles. Que coisa horrível para se dizer a uma criança! Que apenas poderão viver na eternidade, só se caso curvarem-se a uma autoridade absoluta, um ditador celestial. A religião diz às crianças que elas podem ir para o inferno e que elas tem que acreditar enquanto a ciência diz que elas vieram das estrelas e apresenta motivos nos quais elas podem acreditar. Eu já contei à diversas crianças sobre estrelas, átomos, galáxias e o big bang, eu nunca vi o medo em seus olhos ,apenas o encanto e a curiosidade ,elas querem mais. Porquê as crianças nadam enquanto os adultos se afogam, o que aconteceu com a realidade entre a infância e a idade adulta. Só porque alguém prometeu uma ilusão incerta, algo que é tão lindo, mas mentiroso que o nosso universo parece ser estúpido e vazio. Não pense nisso como um presente, pense nisso como uma taça de veneno. Afaste-a, não importa o quão tentadora possa parecer. CORRA O RISCO DE PENSAR POR SI MESMO. Muito mais felicidade, verdade, beleza e sabedoria virão até você dessa maneira.

  18. Marcio

    Coisas abstratas não podem ser provadas com experimentos concretos.

    E??
    A consciência, moral, noção do belo e feio, também não pode ser provados por experimentos concretos.
    Porém isso não significa que não existem, mas sim que os métodos hoje são LIMITADOS.

    Veja que muito se alega que um tal ser, que muitos denominam de deus, construiu nosso universo concreto.

    Se alegam que tal “SER” construiu o nosso universo, logo de início este argumento é refutado.
    Um SER necessita ter uma origem (primeira causa) pelo qual o criou.
    Se ele necessitaria uma primeira causa, então este “SER” não é Deus, mas sim no MAXIMO um “semi-deus”

    Deus não é um “Ser” mas sim A entidade necessária para a origem do universo e da vida.
    relação entre Sujeito e objeto com Trancedente e Imanente São duas coisas distintas.

    Ainda dizem que ele atua de forma concreta nesse mundo físico.

    Sim isso é verdade. Muito embora alguns, sem a noção de probabilidade, preferem crer por fé que sua ação nada mais é do de “Sorte” (Sim, isso foi uma referencia ao Cristiano :-P )

    Afirmam então que isso é a prova de sua existência.

    De fato é. É uma prova empírica (para quem vivencia), porém de âmbito testemunhal , ou seja, não reproduzido em laboratório (sendo no máximo, reconstituído).

    Ora, atuação num mundo físico implica numa fenomenologia física, portanto, concreta, que pode ser aferida por métodos científicos.

    Sim é verdade. Isso é bem claro na natureza e na vida.

    Não se pode acreditar numa hipótese abstrata e ao mesmo tempo afirmar que ela atua num mundo concreto e depois, ardilosamente, se eximir de fornecer provas empíricas.

    Creio que fizeste uma confusão aqui.

    Em primeiro lugar, o abstrato, consciência, moral, noção do belo e feio, EXISTEM independentemente de ser ou não detectados pelos métodos empíricos.
    Acho que concordamos com isso né?

    Em segundo lugar QUEM DISSE que não há provas concretas empiricamente comprovadas?
    Estas provas podem não ser REPRODUZÍVEIS, porém elas existem para quem vivenciou.

    Isso é comum para qualquer TESTEMUNHO. Por exemplo, imagine que uma pessoa VEJA (experiência empírica) George Bush em um mercado no Brasil comprando refrigerante.
    Como se comprovará no laboratório este testemunho?

    Veja bem, o Que Deus faz, somente ELE faz. Se alguém fizesse, NÃO SERIA DEUS. (isso é uma questão de lógica)

    O que se vê é alguns religiosos que varreram seu deus particular e abstrato, improvável, pra debaixo do tapete e depois sacaram um outro com o nome de D.I.

    Não tem nada a haver uma coisa com outra. A natureza e a vida não revela a IDENTIDADE do criador, mas sim que AMBOS foram criados.

    E pior, tenta-se descaracterizar uma teoria científica apenas para certificar uma hipótese criacionista em particular.

    Nada a haver. A Teoria da evolução, assim como outras teorias naturalistas, estão perdendo credibilidade por justamente seus preceitos não estar de acordo com as descobertas.

    Já a ascensão do design inteligente é justamente porque as novas descobertas corroboram este posicionamento.

    Nem se trata de tentar viabilizar uma ideia criacionista abrangente, parece-me, outrossim, que trata-se de certificar uma em particular descrita por um conjunto de mitos de um povo em particular.

    Bom.. “parecer” não significa ser.
    Muitos fatores podem levar uma coisa parecer o que não é. Pré-conceitos e desconhecimento a respeito do assunto, pode ser alguns destes fatores.

    Isso não é muito científico.
    Se ameaças tivessem o poder de transformar bobagens em verdades, não precisaríamos de ciência, Bastava os tiranos.

    Concordo.
    Porém quando as ameaças são VERDADEIRAS, não há bobagens inventadas que as invalidem.

  19. Barros

    Cristiano, a fé move montanhas e não cura a porra de uma gripe?!

    Quem disse esta besteira? A Fé (sentido de crença) não move nada. O que move montanha é a COMUNHÃO com Deus (expresso em grego pela palavra Pistis e em Hebraico Emunah)

    Fé vem do latim FIDES, ou seja é uma tradução não muito fiel (meia boca por sinal) das palavras em hebraico e grego (linguagem original pelo qual foi escrito a bíblia)

    Estudaaa Garotooooo!!!!

    :-)

  20. e ai Diogo, vai fingir que não viu minha pergunta não lá no outro post? Você como conhecedor da palavra com certeza vai esclarecer esse menino que não estuda o livro…

    Abraço
    Cristiano

  21. Pois é, Azetech, que pena que Deus não previu esse problema com as futuras traduções da sua palavra, não é mesmo?

  22. Se a gente for pensar no tanto de coisa que Deus não deu conta de prever, pode até acabar desconfiando que ele não existe…

  23. Diogo:

    E??
    A consciência, moral, noção do belo e feio, também não pode ser provados por experimentos concretos.
    Porém isso não significa que não existem, mas sim que os métodos hoje são LIMITADOS.

    Eu disse antes que tais coisas abstratas só existem no âmbito mental.
    Não afirmei que não existem.

    Se alegam que tal “SER” construiu o nosso universo, logo de início este argumento é refutado.

    Nem vem! SER é todo aquele que é um elemento. Tanto no campo das idéias quanto no campo concreto da realidade.
    Onde mesmo na bíblia deus diz : ” eu SOU!” ????
    Se eu SOU, logo sou um SER.
    Não confunda SER com CRIATURA! Ainda que uma criatura SEJA.

    Um SER necessita ter uma origem (primeira causa) pelo qual o criou.
    Se ele necessitaria uma primeira causa, então este “SER” não é Deus, mas sim no MAXIMO um “semi-deus”

    E la vamos nós perder tempo com semântica.
    Talvez não seja perda de tempo.
    Um SER é todo elemento que pode ser definido como supostamente existente numa determinada conjectura filosófica.
    Se você mesmo define deus como SENDO ” A entidade necessária para a origem do universo e da vida.”, ele é um SER.
    Ainda que você o considere o primeiro SER de uma cadeia de eventos.
    ENTIDADE vem de ENTE.

    Significado de Entidade

    s.f. Filosofia. O que constitui a essência de um ser.
    Coisa considerada como individualidade: entidade supranacional.

    Significado de Ente

    s.m. Ser.
    Coisa.
    Tudo o que existe.
    Bras. Pessoa.
    Ente supremo, Deus.

    Sinônimo de ente: indivíduo e ser

    Em segundo lugar QUEM DISSE que não há provas concretas empiricamente comprovadas?
    Estas provas podem não ser REPRODUZÍVEIS, porém elas existem para quem vivenciou.

    Eu disse justamente que coisas concretas podem ser provadas.
    Se alguém vivenciou eventos concretos, físicos, eles podem ser reproduzidos.
    Se esses eventos forem abstratos, eles só existiram na mente do elemento. Então não podem ser reproduzidos por ninguém.

    Isso é comum para qualquer TESTEMUNHO. Por exemplo, imagine que uma pessoa VEJA (experiência empírica) George Bush em um mercado no Brasil comprando refrigerante.
    Como se comprovará no laboratório este testemunho?

    Rsrsrs! Se o George fez tudo isso que você disse, deixou rastros que podem ser evidenciados em laboratório.
    Chamemos os C.S.I.s. Hehehe!
    Agora, se isso foi fruto de um delírio psicótico da pessoa. Não haverá pistas.

    Veja bem, o Que Deus faz, somente ELE faz. Se alguém fizesse, NÃO SERIA DEUS. (isso é uma questão de lógica)

    Aham! Mas se ele faz coisas que alteram o mundo físico, tais efeitos podem ser estudados.
    Agora, se ele só faz essas coisas na cabeça de uns e outros.
    O que podemos concluir?
    Veja que a gravidade nunca foi vista em parte alguma, só a conhecemos e inferimos leis sobre ela por seus efeitos.

    Se deus atua no mundo, ainda que invisivelmente, seus efeitos poderiam ser estudados.

    Não tem nada a haver uma coisa com outra. A natureza e a vida não revela a IDENTIDADE do criador, mas sim que AMBOS foram criados.

    Então porque afirmam tantas coisas sobre um suposto criador se, segundo você, a única coisa que se pode inferir é que a natureza e a vida são criações?
    Afirmar que somos criações não diz nada sobre quem nos criou.
    É o mesmo que quase nada!
    Ou um tantico a mais que nada.

    Nada a haver. A Teoria da evolução, assim como outras teorias naturalistas, estão perdendo credibilidade por justamente seus preceitos não estar de acordo com as descobertas.

    Mas elas nunca tiveram credibilidade entre os criacionistas bíblicos.
    Cite as tais descobertas que não estão de acordo com o cerne da Teoria da Evolução.

    Bom.. “parecer” não significa ser.
    Muitos fatores podem levar uma coisa parecer o que não é. Pré-conceitos e desconhecimento a respeito do assunto, pode ser alguns destes fatores.

    Eu evito afirmações taxativas quando não tenho certeza absoluta.

    Mas, criacionistas bíblicos só parecem mesmo querer tentar provar que o seu deus é o suposto criador, travestido de D.I.!
    Você também não tem essa impressão?

    Concordo.
    Porém quando as ameaças são VERDADEIRAS, não há bobagens inventadas que as invalidem.

    Isso é uma afirmação bíblica, então você terá que concordar com aquilo que eu disse logo imediatamente acima.

    E eu tenho mais medinho das ameaças de Alá por meio de seu profeta Muḥammad.
    É que seus inúmeros seguidores são mais bombásticos!

    Abraços Diogo!

  24. E responda rápido: por que crente toma remédio?
    Para se desintoxicar da droga chamada deus! ou cristo, ou espirito santo, ou javé, ou………ou……………..ou…………….ou……………. infinitos ou;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;…………………………………………………………..
    Falando quase serio: porque falar de deus nao tem como ser totalmente serio! né??? rsrsrsrsrsrsr
    Metade dos crentes que eu conheço tomam remedio para causas psicologicas a outra metade nega os problemas psicossomáticos!
    As 2 ultimas pessoas que se mataram na cidade aqui que eu moro que eu tomei conhecimento eram evanjegues! headshot nas duas pessoas que frequentavam bocas-de-culto, uma na metodista outra nao sei aonde. A maioria de posts carentes no face sao de evangelicos inconformados com a vida, mais mesmo assim se drogando e anestesiando para todo o sempre.

    resumindo: problemas de origem psicossomáticos! vem atacando implacavelmente aqueles que tiveram a bela experiencia empirica com Deus. O Azdeustech vai dizer que isso nao prova a nao existencia de deus, mas prova a sua inutilidade com certeza!
    os que ouvem o momento de fé do padre Marcelo tambem tomam tarja preta, inclusive minha avo que ficou mal depois da perda do meu avô a uns 5 anos atras e das pessoas que entram no programa dia apos dia relatando seus sofrimentos ao padre. os espiritas e adoradores desta doutrina tambem tomam seus remedinhos, ate eles mesmos recomendam, quando alguns nao fabricam em doses homeopaticas.

    Na minha experiencia empirica de vida ja tomei remedios para esses problemas algumas poucas vezes e por pouco tempo ate (problemas pontuais), na epoca em que eu acreditava em deus ou em algo sobrenatural e transcendente, até que numa reuniao espirita kardecista caiu a ficha e percebi que poderia controlar esses problemas e que eram puramente psicologicos. percebi que eu criei/criava a emoçao e o sentimento que me faziam sentir mal, era algo condicionado do proprio pensamento, a partir dai fui ficando mais esperto e nao tomei nada mais de medicamento nenhum ate agora , nem para dormir!
    O ceticismo e o encontro com o ateismo me curou! A partir do momento que aceitei o ateismo nao mais me senti com problemas psicossomaticos, de panico, ou insonia, ou qualquer coisa do tipo.

    Apenas me vem as preocupaçoes da vida e problemas comuns a todos. descobri que tudo nao passa da mente condicionada, predisposição as coisas. é uma questao de inteligencia e controle intrapessoais, de certa forma uma experiencia empirica no moldes do AZetech mas sem o carater sobrenatural. Nao vi, nao vejo, nao senti e nao sinto nada fora (exterior) a minha mente. tudo vem e veio de dentro
    O deus acaso/natureza me curou, obrigado senhor do universo. Amém!
    Mas descobri que esse Senhor é minha propria mente, que pode ser reprogramada ao mesmo tempo que vivo e sinto coisas. Acho que minha mente é Deus!! pelo menos o MEU DEus! pessoal; e meu – Sò MEU! de mais ninguem!

  25. Marcio
    Parabens pelas refutaçoes ao Az
    pena que ele fingi nao entender!
    Na parte de Ser e Ente vc foi bem feliz em buscar as semanticas delas, porque ele adora fazer isso. voce devolveu na mesma moeda!
    como ele nao tinha argumento tentou desvirtuar a coisa, separando Ente de Ser, que sao a mesma coisa! como eles transformaram deus numa coisa tao absurda nao encontram nem palavras para definir.

  26. Muito legal seu comentário Greg, realmente quando procuramos entender nossos pensamentos e mais importante, aceitamos o que não podemos mudar e aprendemos a viver com o que está ao nosso redor a vida melhora…

    Abraço
    Cristiano

  27. Marcio,

    “Mas, criacionistas bíblicos só parecem mesmo querer tentar provar que o seu deus é o suposto criador, travestido de D.I.!
    Você também não tem essa impressão?”

    Quando tu falas em DI e criacionismo, DI é a parte que me toca .

    Esse argumento é homem de palha!

    Criacionismo Bíblico afirma que o Designer do Universo e da vida é Deus.

    Sugiro que procures a definição certa sobre o criacionismo.

    Ainda que as implicações, as conclusões lógicas de DI apontem para um Designer … A TDI não tem qqr proposta em identificar o designer, a TDI estuda “o Avião e não Santos Dumont”. A TDI simplesmente quer entender como a vida funciona, e se pelo seu funcionamento ela nos fornece evidências de DI.

    A TDI em nenhum momento diz que o Designer é Deus, uma vaca, um ET, um gnomo, o Super Man , Zeus.

    A TDI não trata desses assuntos , ela trata de objetos, e se esses “objetos” possuem um DI verdadeiro ou falso.

    Estudando o “objeto” podemos confirmar ou refutar DI.

    Com DI refutado um Designer não é a melhor explicação, identificar Designer é irrelevante , uma vez que um cientista sem pressupostos,ou ao menos disposto a ver as coisas como realmente elas são, tem acesso direto a “objetos”.

    Incrível que vcs alegam que TE não trata de origem da vida e não conseguem entender que TDI não trata de identificação exata, conclusiva do Designer, por limitações metodológicas, limitações da ciência operacional.

    Parece que quando lhes é conveniente vcs entendem que a ciência operacional possui limitações, mas qndo conveniente entendem que ela explica tudo…

    Com TDI não é diferente, estamos dentro dos limites operacionais.

    Por isso os proponentes do DI admitem que suas posições sobre quem é o Designer são posições filosóficas, pessoais , nada tendo haver com a ciência operacional.

  28. Jephsimple, eu mencionei taxativamente CRIACIONISTAS BÍBLICOS.
    Você não concorda que eles querem exclusivamente correlacionar seu deus pessoal ao D.I.?

    Criacionismo por si só é tão genérico e abrangente quanto o ateísmo, que cabe até aqueles que acreditam que a vida na terra foi projetada por E.T.s.
    Nesse caso, o curioso é que se trata de um criacionismo ateu. Rsrsrs!

  29. Marcio,

    “Jephsimple, eu mencionei taxativamente CRIACIONISTAS BÍBLICOS.
    Você não concorda que eles querem exclusivamente correlacionar seu deus pessoal ao D.I.?”

    Ok ‘-‘

    É óbvio que Deus é um candidato a designer … a não ser que vc não sabia que o Deus bíblico diz que criou os céus a terra e a vida(ainda que tu não creias nisso, mas é um relato).

    Entendendo que designer é a causa e DI é o efeito não entendi sua objeção quanto o criacionismo afirmar que o designer é Deus … design inteligente não é Deus… Deus é Designer. Mas eu entendo que essa é uma posição filosófica … repito TDI não afirma que designer é Deus. Criacionismo sim.

    Eu não estudo criacionismo profundamente, então sou um tanto ignorante… mas estudo D.I. e há muitos equívocos cometido por muitos críticos.

    Eu não me baseio em ciência operacional para entender que Deus existe, me baseio em experiencias que tive ao longo de minha vida.

    A ciência operacional simplesmente fornece indícios, fortes evidências de design inteligente … A inferência lógica para design inteligente é Designer.

  30. Barros

    Pois é, Azetech, que pena que Deus não previu esse problema com as futuras traduções da sua palavra, não é mesmo?

    E porque acha que não previu? Porque TU se consideras deus e não teve a capacidade de prever?

    Como disse o Hulk para Loki no filme os vingadores:

    “você é um deus fraco”

    :-)

  31. E porque acha que não previu?

    Elementar, meu caro Azetech.

    Porque não há Deus algum. Esse no qual você acha que acredita foi concebido por um bando de gente ignorante e supersticiosa, que nunca produziu nada mais do que fábulas grotescas.

  32. Marcio

    Nem vem! SER é todo aquele que é um elemento. Tanto no campo das idéias quanto no campo concreto da realidade.
    Onde mesmo na bíblia deus diz : ” eu SOU!” ????
    Se eu SOU, logo sou um SER.
    Não confunda SER com CRIATURA! Ainda que uma criatura SEJA.

    A Palavra “eu sou quem sou” (não é apenas “eu sou” isoladamente como afirmas) conota ETERNIDADE. Não tem NADA a haver com característica.

    Isso é confirmado em Apocalipse quando Cristo fala:
    Eu SOU o Alpha e o Ômega, o Princípio e o Fim o Primeiro e o último, aquele que era, que é e que há de vir”

    Portanto aquele pelo qual Chama Deus de SER, erra desde o princípio, pois a tua essência é ÚNICA, logo ele NÃO É um SER.

    Um SER é todo elemento que pode ser definido como supostamente existente numa determinada conjectura filosófica.

    Mas só pode ser “SER” se esta determinada conjectura filosófica TIVER um início.
    No caso de Deus ele NÃO TEVE um início, logo ele NÃO É um ser.

    Se você mesmo define deus como SENDO ” A entidade necessária para a origem do universo e da vida.”, ele é um SER.
    Ainda que você o considere o primeiro SER de uma cadeia de eventos.
    ENTIDADE vem de ENTE.

    Isso é verdade. obrigado por alertar de meu erro. Nem mesmo como ENTIDADE Deus pode ser definido, visto que uma entidade é um SER, sendo portando CRIADO e diversificado em espécies.

    Então Deus se classifica como ÚNICO, pois de fato ele é ÚNICO.
    (não sendo nem “ser” e nem “entidade”)

    Não é atoa que os judeus o chamam de O ETERNO, que em outras palavras seria “Eu sou quem sou”

    Eu disse justamente que coisas concretas podem ser provadas.

    Na verdade NÃO. Nem todas coisas concretas podem ser provadas no laboratório.

    Por exemplo o Amor, a Consiência, a noção do belo, o senso de justiça, não podem ser provados no laboratório.

    Se alguém vivenciou eventos concretos, físicos, eles podem ser reproduzidos.

    Nem todos podem ser. Por exemplo, os soldados que testemunharam Bin Laden sendo morto por um fuzil, como poderão reproduzir no laboratório? Vão ressucita-lo e mata-lo denovo por um fuzil? O.o ??

    Se esses eventos forem abstratos, eles só existiram na mente do elemento

    O amor é abstrato, ódio, senso de justiça são abstratos. Isso significa que estes atributos só existem na mente de UMA pessoa?

    Rsrsrs! Se o George fez tudo isso que você disse, deixou rastros que podem ser evidenciados em laboratório.

    Nem sempre. As vezes ele pode ter entrado de luva, botas e pago sua compra em dinheiro.
    Então ficaria APENAS o testemunho do dono do estabelecimento.
    Neste caso, COMO se comprovaria no laboratório o testemunho desta pessoa?

    Mas se ele faz coisas que alteram o mundo físico, tais efeitos podem ser estudados.

    E se ele afeta o mundo físico de maneira ÚNICA e temporariamente? Como será estudado? Como será reproduzido em laboratório algo que SOMENTE Deus pode fazer?

    Agora, se ele só faz essas coisas na cabeça de uns e outros.

    Ora, mas o testemunho pelo qual dei não fez parte APENAS de minha cabeça. Ele foi presenciado por várias pessoas a minha volta.

    O que podemos concluir?

    Depende. Se APENAS esta pessoa presenciou um evento, podemos desconfiar de ser falso.
    Porém se VARIAS pessoas presenciaram o mesmo evento, o que podemos concluir?

    Veja que a gravidade nunca foi vista em parte alguma, só a conhecemos e inferimos leis sobre ela por seus efeitos.

    Ora, eu digo a mesma coisa de Deus. Ele não pode ser visto, porém o conhecemos pelos teus efeitos.
    Se, segundo ti, Deus não existe pois não pode ser provado empiricamente sua existência “física” no laboratório, a “Gravidade” por sua vez também não existe, pois o mesmo não pode ser provado empiricamente sua existência “física” no laboratório.

    Gostei desta tua analogia. Me será muito útil futuramente
    ;-)

    Se deus atua no mundo, ainda que invisivelmente, seus efeitos poderiam ser estudados.

    Sim. Eu concordo. Deus pode não ser vísível e muit menos físico, porém os efeitos de seu agir não só conhecidos como são estudados. (E para alguns, são testemunhados)

    Então porque afirmam tantas coisas sobre um suposto criador se, segundo você, a única coisa que se pode inferir é que a natureza e a vida são criações?
    Afirmar que somos criações não diz nada sobre quem nos criou.

    Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.
    Uma coisa é a revelação GERAL de Deus. Outra coisa é a tua revelação ESPECIAL.

    A revelação GERAL é dado pela análise da Natureza e da vida.
    A revelação ESPECIAL é dado EMPIRICAMENTE a pessoas pelo qual o obedece de coração.

    Mas elas nunca tiveram credibilidade entre os criacionistas bíblicos.

    E elas tiveram credibilidade APENAS entre evolucionistas.

    Cite as tais descobertas que não estão de acordo com o cerne da Teoria da Evolução.

    DNA, Complexidade irredutível, Lei da Biogênesis, Efeito MALÉFICO da mutação, LIMITAÇÃO Informacional dos pais para os filhos.

    Mas, criacionistas bíblicos só parecem mesmo querer tentar provar que o seu deus é o suposto criador, travestido de D.I.!
    Você também não tem essa impressão?

    Para ser sincero ao meu ver, me parece que os evolucionistas querer tentar provar sua doutrina filosófica, travestido de Ciência operacional. Não concorda?

    Isso é uma afirmação bíblica

    Sim, ela é uma afirmação Bíblica que se concretizará (assim como todas outras afirmações que se concretizaram).

    então você terá que concordar com aquilo que eu disse logo imediatamente acima.

    Mas quando concretizar, tu terás de concordar também com o que eu disse.

    E eu tenho mais medinho das ameaças de Alá por meio de seu profeta Muḥammad.
    É que seus inúmeros seguidores são mais bombásticos!

    Mateus 10: 28 “””E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.”””

  33. Barros

    Elementar, meu caro Azetech.
    Porque não há Deus algum.

    Então dizes que ele não previu pois acha ele não existe?
    Hum……… é uma opção.

    Pois bem, e quanto a OUTRA opção pelo qual afirma que ele existe e PERMITIU com que isso acontecesse?

    E como sabes que a primeira opção, e não a segunda, é a correta?

  34. a Bíblia e a crença em Deus são lendas resultantes de incapacidade humana: “A palavra de Deus é para mim nada além do que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda primitivas, que são não obstante bastante infantis. Nenhuma interpretação, não importa quão sutil, pode (para mim) mudar isso”
    (Albert Einstein)

  35. A Palavra “eu sou quem sou” (não é apenas “eu sou” isoladamente como afirmas) conota ETERNIDADE. Não tem NADA a haver com característica.
    Isso é confirmado em Apocalipse quando Cristo fala:
    Eu SOU o Alpha e o Ômega, o Princípio e o Fim o Primeiro e o último, aquele que era, que é e que há de vir”
    Portanto aquele pelo qual Chama Deus de SER, erra desde o princípio, pois a tua essência é ÚNICA, logo ele NÃO É um SER.

    Se ele é o principio e o fim, ele não é eterno.
    Nada à ver de novo. Existe o conceito de SER ÚNICO.

    Mas só pode ser “SER” se esta determinada conjectura filosófica TIVER um início.
    No caso de Deus ele NÃO TEVE um início, logo ele NÃO É um ser.

    Acima você disse:”Eu SOU o Alpha e o Ômega, o Princípio e o Fim o Primeiro e o último, ”
    Decida-se, deus é um ser eterno ou não?

    Isso é verdade. obrigado por alertar de meu erro. Nem mesmo como ENTIDADE Deus pode ser definido, visto que uma entidade é um SER, sendo portando CRIADO e diversificado em espécies.
    Então Deus se classifica como ÚNICO, pois de fato ele é ÚNICO.
    (não sendo nem “ser” e nem “entidade”)

    Não é atoa que os judeus o chamam de O ETERNO, que em outras palavras seria “Eu sou quem sou”

    Pode ser um SER único.
    Para de ser chato. Como sempre ficamos discutindo semântica. Rsrsrs!
    E depois você disse que a bíblia diz que ele é o princípio e o fim.
    Logo, não é um SER ETERNO.

    Na verdade NÃO. Nem todas coisas concretas podem ser provadas no laboratório.
    Por exemplo o Amor, a Consiência, a noção do belo, o senso de justiça, não podem ser provados no laboratório.

    Esses exemplos que você deu não são coisas concretas.
    São ABSTRATAS. Só existem no meio mental.

    Nem todos podem ser. Por exemplo, os soldados que testemunharam Bin Laden sendo morto por um fuzil, como poderão reproduzir no laboratório? Vão ressucita-lo e mata-lo denovo por um fuzil? O.o ??

    Não se trata disso Diogo. Você sabe disso! Gozador!!!!! Rsrsrs!

    O amor é abstrato, ódio, senso de justiça são abstratos. Isso significa que estes atributos só existem na mente de UMA pessoa?

    Acima você havia dito que essas coisas eram concretas. Se distraiu pelo visto.
    Eu nunca disse que coisas abstratas só podem existir numa única mente.
    Outrossim, afirmei que coisas abstratas só existem no âmbito mental, de qualquer pessoa.

    Nem sempre. As vezes ele pode ter entrado de luva, botas e pago sua compra em dinheiro.
    Então ficaria APENAS o testemunho do dono do estabelecimento.
    Neste caso, COMO se comprovaria no laboratório o testemunho desta pessoa?

    Tá certo, deve ter-se materializado por lá também, via teletransporte.

    Ah! Você entendeu o ponto em questão. Eu sei disso.

    E se ele afeta o mundo físico de maneira ÚNICA e temporariamente? Como será estudado? Como será reproduzido em laboratório algo que SOMENTE Deus pode fazer?

    Os efeitos devem produzir resultados por longo tempo, ou serão irrelevantes.
    Nem sempre se reproduz um evento impar em labo, faz-se um estudo dos efeitos encontrados, dos rastros, e por aí se deduz a causa do efeito.

    Ora, mas o testemunho pelo qual dei não fez parte APENAS de minha cabeça. Ele foi presenciado por várias pessoas a minha volta.

    Ta certo. O objeto de estudo seriam os efeitos concretos daquilo que você e outros presenciaram.
    Se não houveram efeitos concretos, então só existiram no abstratismo de suas mentes.

    Depende. Se APENAS esta pessoa presenciou um evento, podemos desconfiar de ser falso.
    Porém se VARIAS pessoas presenciaram o mesmo evento, o que podemos concluir?

    Muita coisa. E dentre elas, um montão que provavelmente você não concordaria.

    Ora, eu digo a mesma coisa de Deus. Ele não pode ser visto, porém o conhecemos pelos teus efeitos.
    Se, segundo ti, Deus não existe pois não pode ser provado empiricamente sua existência “física” no laboratório, a “Gravidade” por sua vez também não existe, pois o mesmo não pode ser provado empiricamente sua existência “física” no laboratório.
    Gostei desta tua analogia. Me será muito útil futuramente
    ;-)

    A gravidade é constante, é universal, os efeitos dela são constantes, e a existência dela se confirma por isso.
    Já o deus bíblico parece ser seletivo demais, e “age” somente em certos nichos religiosos.
    Para um SER universal é um tanto quanto estranho.

    Sim. Eu concordo. Deus pode não ser vísível e muit menos físico, porém os efeitos de seu agir não só conhecidos como são estudados. (E para alguns, são testemunhados)

    Há estudos e ESTUDOS.

    Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.
    Uma coisa é a revelação GERAL de Deus. Outra coisa é a tua revelação ESPECIAL.
    A revelação GERAL é dado pela análise da Natureza e da vida.
    A revelação ESPECIAL é dado EMPIRICAMENTE a pessoas pelo qual o obedece de coração.

    Certamente!!!!

    DNA, Complexidade irredutível, Lei da Biogênesis, Efeito MALÉFICO da mutação, LIMITAÇÃO Informacional dos pais para os filhos.

    Isso aí por sí só daria quilômetros de posts de refutações.
    Acho até que discutimos isso antes, aqui mesmo.

    Para ser sincero ao meu ver, me parece que os evolucionistas querer tentar provar sua doutrina filosófica, travestido de Ciência operacional. Não concorda?

    Claro e evidente, em ciência querer provar hipóteses é a mola mestra do paradigma científico.

    Sim, ela é uma afirmação Bíblica que se concretizará (assim como todas outras afirmações que se concretizaram).

    Aham!

    Mas quando concretizar, tu terás de concordar também com o que eu disse.

    Certamente. Mas só se tais hipóteses se concretizarem.
    Por hora em me reservo o direito de duvidar.

    Mateus 10: 28 “””E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.”””

    Para!!!!

    Abraços!

  36. Azetech, não há apenas essas duas opções a considerar. Se for pra fazer cálculo de probabilidade, eu vou precisar meter na conta todos os outros deuses em que as pessoas acreditam e em que já acreditaram. Você, por pura desonestidade, está considerando só o seu: “…e a OUTRA opção”?

    Hahahaha. Na sua cabecinha de crente em dúvida paira esse dilema: ou Deus existe, ou Deus não existe. Isso porque sua desonestidade intelectual não quer ter trabalho e ganhar a discussão pelo fingimento de que apenas UMA das opções tem que ser válida. Mas a lista é longa, meu caro. Seu Deus maníaco-depressivo tripartido é apenas um/três dos inúmeros — INÚMEROS — candidatos a Criador do Universo.

    Seja honesto: diga pra si mesmo — “Eu só considero o meu Deus como possível de existir ou não. Todos os outros deuses são invenções ridículas de povos atrasados. Menos o meu, claro.”

  37. Marcio

    Se ele é o principio e o fim, ele não é eterno.

    ??????????????? O.o?!

    Rsrssr Essa doeu até meu Pâncreas. :-P

    Nada à ver de novo. Existe o conceito de SER ÚNICO.

    Nada a haver. O conceito de SER conota algo criado. se ele é um SER mesmo que ÚNICO, ele não é eterno.

    Decida-se, deus é um ser eterno ou não?

    “deus” (com “D” minúsculo) e um SER MATERIAL criado por imaginações Humanas.

    E depois você disse que a bíblia diz que ele é o princípio e o fim.
    Logo, não é um SER ETERNO.

    “Ser” por definição não é eterno, pois um SER deverá primeiramente ser criado.

    Agora quanto a sua interpretação pessoal sobre o termo “princípio e o fim” não conotar eternidade….. Acho que nem preciso dizer nada :-)

    Esses exemplos que você deu não são coisas concretas. São ABSTRATAS. Só existem no meio mental.

    Sim, mas mesmo sendo abstratas elas EXISTEM, este e o ponto.

    Tá certo, deve ter-se materializado por lá também, via teletransporte.
    Ah! Você entendeu o ponto em questão. Eu sei disso.

    Não respondeu a minha questão e ainda fugiu dela. Como se comprova empiricamente em um laboratório um testemunho ocular?

    Quando afirmou dos vestígios deixados por ele (impressão digital, imagem em vídeo, etc..), referiu-se que os mesmos eram “TESTEMUNHAS” de sua presença. Porém se ele entra em uma loja sem deixar vestígios, ficando mas apenas com o testemunho do dono pelo qual o viu entrar? Como fica a situação? O testemunho do dono é invalidado por causa disso?
    Bom… se para ti sim, para o dono NÃO.

    O Dono teve uma experiência empiricamente comprovada, pelo qual o dá certeza absoluta que o Bush entrou em sua loja.
    Muito embora outros não acredite no testemunho dele, ele não tem dúvida nenhuma.

    Os efeitos devem produzir resultados por longo tempo, ou serão irrelevantes.

    Não necessariamente. Se for um efeito PONTUAL, ele não terá resultados a longo prazo.
    Por exemplo Deus criou o homem e todos seres vivos do inorgânico, ele fez uma vez.
    Logo não vemos homens e animais surgindo de rochas.

    Nem sempre se reproduz um evento impar em labo, faz-se um estudo dos efeitos encontrados, dos rastros, e por aí se deduz a causa do efeito.

    Ora, mas causa e efeito faz parte do que conhecemos como LEIS NATURAIS. Se Deus INTERVEIO sobre elas, as suspendendo, este conceito ficaria obsoleto, visto que fugiria a regra. Se milagres fossem naturais, eles não seriam milagres.

    Ta certo. O objeto de estudo seriam os efeitos concretos daquilo que você e outros presenciaram.

    Certo, então os estude, oras bolas. Já disse meu testemunho duas vezes neste blog. pegue seus elementos e estude.

    Muita coisa. E dentre elas, um montão que provavelmente você não concordaria.

    levanto duas questões:
    1º O que a multidão ACHA sobre o relato destas testemunhas, iriam mudar o que a testemunha presenciou?
    2º Desta “muita coisa”, o fato delas terem falado a VERDADE faria parte, não estou certo?

    A gravidade é constante, é universal, os efeitos dela são constantes, e a existência dela se confirma por isso.

    Na verdade o AGIR DA MATÉRIA é constante e universal. O que se confirma é o AGIR DA MATÉRIA neste determinado comportamento, confirmado In Loco.

    A existência de uma “entidade” chamada gravidade NUNCA foi comprovado empiricamente in loco.

    Já o deus bíblico parece ser seletivo demais, e “age” somente em certos nichos religiosos.

    Isso é tu quem diz.
    Eu já ví o Deus bíblico (que é universal) agindo entre budistas, muçulmanos, índios, espíritas, etc.. com todo tipo de gente, independente de sua crença.
    O Único fator que o levaria a não agir, é se a pessoa O REJEITA. (ainda com ressalvas)

    Isso aí por sí só daria quilômetros de posts de refutações.

    Cite um centímetro. :-)

    em ciência querer provar hipóteses é a mola mestra do paradigma científico.

    E quando estas hipóteses NÃO COMPROVADAS, são ensinadas a força, como se fossem verdades absolutas? É papel da ciência isso também? Disseminar uma crença como verdadeira, mesmo quando ela não foi comprovada?
    A meu ver isso é papel dos EXTREMISTAS FANÁTICOS e não dos cientistas.

    Certamente. Mas só se tais hipóteses se concretizarem. Por hora em me reservo o direito de duvidar.

    Sim claro. Por isso existe o livre arbítrio.

    Para!!!!

    Porque? Citar a bíblia o incomoda?
    Porque haver incômodo se tens a total certeza que ela é um mito?
    A não se que a tua “certeza” não seja tão certa assim.

    :-)

  38. Barros

    Azetech, não há apenas essas duas opções a considerar. Se for pra fazer cálculo de probabilidade, eu vou precisar meter na conta todos os outros deuses em que as pessoas acreditam e em que já acreditaram. Você, por pura desonestidade, está considerando só o seu: “…e a OUTRA opção”?

    Deixe entender a tua “lógica”:
    Então, uma nota VERDADEIRA de 100 Reais, se tornaria falso SOMENTE porque existem milhares de notas falsas em circulação?

    Se o Deus universal VERDADEIRO, se manifestou por meio de Cristo, e os milhares de “deuses” foram invenções de humanos, pelo qual em específico adoraram aos demônios (achando-os que são deuses), isso significa que Deus não existe?
    Que raios de lógica é esta que até hoje não consigo entender?

    Tu realmente acreditas que os deuses falsos tornará falso o Deus verdadeiro?

    Hahahaha. Na sua cabecinha de crente em dúvida paira esse dilema: ou Deus existe, ou Deus não existe.

    Errado Barros, eu não tenho dúvida nenhuma quanto a existência de Deus Bíblico.
    A existência dele para mim é tão certo quanto minha própria existência.
    A dúvida paira sobre VOCÊS.

    Mas a lista é longa, meu caro.

    Ué, mesmo que a lista fosse INFINITA, o falso NUNCA INVALIDARÁ o verdadeiro.

    Seu Deus maníaco-depressivo tripartido é apenas um/três dos inúmeros — INÚMEROS — candidatos a Criador do Universo.

    Na verdade o Deus pelo qual busco obedecer, não possui estas características difamatórias pelo qual proferiste.
    Isso é apenas mais uma calúnia e difamação que fazem, pelo qual não reflete nem de perto a realidade.

    Seja honesto: diga pra si mesmo — “Eu só considero o meu Deus como possível de existir ou não. Todos os outros deuses são invenções ridículas de povos atrasados. Menos o meu, claro.”

    Seja honesto para ti mesmo, assuma querer apenas negar o Deus bíblico, (até fazendo um site específico contra ele), simplesmente porque é exclusivamente DELE que não consegue ter certeza de sua inexistência.

    A tua consciência luta contra ti e tu luta para cala-la.

  39. Deixe entender a tua “lógica”:
    Então, uma nota VERDADEIRA de 100 Reais, se tornaria falso SOMENTE porque existem milhares de notas falsas em circulação?

    Azetech, você é muito ruim de interpretação de texto (e como crente interpreta a palavra de Deus pra tudo… aí eu não quero nem te perguntar que interpretações tu faz da Bíblia)

    E como todo crente, também, você usa e abusa da desonestidade intelectual, quando o assunto é a sua fé. Veja só:

    Uma nota de 100 verdadeira não se tornaria falsa por conta de várias notas falsas em circulação. Só que querer pôr, na sua analogia, o seus Deus particular no lugar da nota verdadeira já é uma desonestidade gritante.

    Foi a isso que eu me referi. Você precisaria considerar todos os outros deuses. Qualquer um deles poderia ser a nota verdadeira. Não há nada que aponte que só o seu Deus pode ocupar esse posto. Qualquer deusinho de meia pataca pode.

  40. Na verdade o Deus pelo qual busco obedecer, não possui estas características difamatórias pelo qual proferiste.
    Isso é apenas mais uma calúnia e difamação que fazem, pelo qual não reflete nem de perto a realidade.

    O seu Deus não pode ser encontrado em lugar algum. Nem na Bíblia. Ele só existe dentro da sua cabeça, porque você o inventou a partir do que achou aproveitável do livro sagrado dos cristãos.

  41. Barros

    Azetech, você é muito ruim de interpretação de texto

    Um Ad Hominem logo de cara??? Começou bem eim?
    :-)

    E como todo crente, também, você usa e abusa da desonestidade intelectual

    Começa com um Ad hominem e ainda por cima me chama de desonesto????
    hum… estranho…. estou vendo uma inversão de valores aí….

    Mas tudo bem… vou deixar de lado estas incoerências “chulas” e prosseguir para o argumento para ver se são realmente válidos:

    Foi a isso que eu me referi. Você precisaria considerar todos os outros deuses.

    Espere um pouco, veja esta tua afirmação pelo qual desencadeou este debate:

    “”” Pois é, Azetech, que pena que Deus não previu esse problema com as futuras traduções da sua palavra, não é mesmo? “””

    Perceba que tu referiu-se ao Deus bíblico em específico. neste momento não citou nenhum outro “deus” no meio do debate.

    Então diante disso eu disse:

    “””E porque acha que não previu? Porque TU se consideras deus e não teve a capacidade de prever?

    Então citaste:

    “””Elementar, meu caro Azetech. Porque não há Deus algum.

    Perceba que mesmo com tantos “deuses”, tu afirmas categoricamente que APENAS O SEU ‘deus” impessoal (Mãe Natureza, sorte, acaso) existe.

    Então, diante da dicotomia entre o Deus bíblico e o seu “deus” impessoal, levantado por TI, eu disse:

    “””Então dizes que ele não previu pois acha ele não existe?
    Hum……… é uma opção.
    Pois bem, e quanto a OUTRA opção pelo qual afirma que ele existe e PERMITIU com que isso acontecesse?
    E como sabes que a primeira opção, e não a segunda, é a correta?”””

    E tu como resposta disse:

    “””Azetech, não há apenas essas duas opções a considerar. Se for pra fazer cálculo de probabilidade, eu vou precisar meter na conta todos os outros deuses em que as pessoas acreditam e em que já acreditaram. “””

    Que raios foi isso??? Onde está a coerência nesta tua afirmação?
    O Nosso debate estava entre a dicotomia Deus Bíblico Vs “deus” Naturalista porque o assunto abordado tratava-se desta dicotomia.

    Então para fechar este comentário com chave de ouro, tu disse:

    “””Você, por pura desonestidade, está considerando só o seu: “…e a OUTRA opção”?”””

    HAHAHAHAHA é apenas para rir de uma coisa destas.

    É óbvio que estou considerando a dicotomia entre meu Deus e seu “deus” porque o foco do debate era entre a existência do Deus bíblico ou a existência do “deus” Naturalista (que na verdade pende para deuses)

    Barros, fala sério vai…. és muito dislexo ao interpretar textos. Uma hora aborda um assunto e em pouco tempo mistura os temas.
    Não é por menos que “entenda” a Bíblia tão porcamente. Com uma dislexia deste jeito, até mesmo eu ficaria perdido em uma leitura simples.
    rsrsrsrs

  42. Parafraseando DAWKINS, nós dois somos ateus, Azetech; eu apenas não acredito em 1 deus a mais do que você.

    Quando eu falo de um especificamente, estou me referindo a todos. Você que crê nesse 1 é que tem que segurar a onde de mostrar por que raios ele seria diferente de todos os outros.

    O que você não aceita é a sua desonestidade de começar partindo do princípio de que o seu Deus é a nota de 100 verdadeira. Você usa um raciocínio para concluir que Deus é real se servindo da premissa de que ele é real…

    Aí é desonestidade de mais. Não perceber essa desonestidade é ser mais desonesto ainda.

  43. Diogo:

    Ser” por definição não é eterno, pois um SER deverá primeiramente ser criado.
    Agora quanto a sua interpretação pessoal sobre o termo “princípio e o fim” não conotar eternidade….. Acho que nem preciso dizer nada :-)

    Por definição, podemos inferir por SERES ETERNOS ou SERES EFÊMEROS.
    Não sei porque você tem birra com isso. (na verdade eu sei. Rsrsrs. É a mesma birra com a questão de D maiúsculo e d minúsculo)

    Veja bem Diogo: Princípio e fim delimitam o elemento em discussão.
    Se algo tem principio e fim, ele é finito.
    Ou você acha que elementos eternos tem princípio e depois fim?
    Ah! Seu pâncreas doeu à toa. Rsrsrs!

    Abraços!

  44. Barros

    Parafraseando DAWKINS, nós dois somos ateus, Azetech; eu apenas não acredito em 1 deus a mais do que você.

    Teu profeta fala muitas besteiras e esta é uma delas.
    Não somos ateus, pois ateu é aquele pelo qual “endeusa” a Natureza.
    Logo, um ateu não deixa de crer em Deus, ele só crê em um “deus” IMPESSOAL.

    Você que crê nesse 1 é que tem que segurar a onde de mostrar por que raios ele seria diferente de todos os outros.

    Mas é teimoso não? Quantas vezes eu tenho de dizer que não preciso crer na existência de Deus?
    Crença é para aqueles pelo qual não possui confirmação empírica.

    O que você não aceita é a sua desonestidade de começar partindo do princípio de que o seu Deus é a nota de 100 verdadeira.

    Mas é claro que eu parto deste princípio, afinal a comprovação empírica pelo qual tive foi dele, do Deus Bíblico por meio de Cristo.

    Porém tu parte do princípio que o “deus” naturalista pelo qual crê é a nota de 100 Reais, sem ao menos comparar a sua existência empiricamente.

    Aí é desonestidade de mais. Não perceber essa desonestidade é ser mais desonesto ainda.

    rsrsrs Até agora não consegui identificar esta suposta “desonestidade”.
    Desonestidade em que e para quem?

  45. Marcio

    blockquote> Por definição, podemos inferir por SERES ETERNOS ou SERES EFÊMEROS.

    Sim Marcio, porém SERES eternos significa que tiveram princípio porém nunca terão fim.

    Por exemplo, os anjos não caídos são eternos, assim como os homens que creem em Cristo, após a ressurreição, também serão.
    Porém isso não significa que os anjos assim como os homens não tiveram princípio.

    É aí que está meu ponto. Deus é único não por ser eterno, mas por não ter início e nem fim.

    Se algo tem principio e fim, ele é finito.

    Sim Marcio, isso eu sei. Porém se “algo” É o princípio e o fim, significa que é infinito, ou seja, eterno desde a essência, sem começo e sem fim.

  46. Teu profeta fala muitas besteiras e esta é uma delas.
    Não somos ateus, pois ateu é aquele pelo qual “endeusa” a Natureza.

    E é o DAWKINS que fala besteira?

  47. Logo, um ateu não deixa de crer em Deus, ele só crê em um “deus” IMPESSOAL.

    E é o DAWKINS que fala besteira? [2]

  48. Sim Marcio, isso eu sei. Porém se “algo” É o princípio e o fim, significa que é infinito, ou seja, eterno desde a essência, sem começo e sem fim.

    Mas ora se não é com essa ginástica verbal que os príncipes da igreja vêm arrebanhando os ignorantes há milênios… Eu, sendo ateu, olho para esses malabarismos linguísticos e penso : “Mas que besteira”. Já o crente, sedento por uma vida pós-morte cheia dos gozos que ele não pôde desfrutar em vida, ou doido por umas ninfetinhas pra comer durante toda a eternidade, vai e pensa: “Porra, não entendi nada, mas isso é porque sou burro. Deus deve existir mesmo.”

  49. Diogo:

    Sim Marcio, porém SERES eternos significa que tiveram princípio porém nunca terão fim.

    A definição formal de ETERNO diz que é algo que não tem princípio e nem fim.
    Veja que algo que teve princípio, em algum momento ele não existia. Logo não é eterno.
    Complicado não?

    Sim Marcio, isso eu sei. Porém se “algo” É o princípio e o fim, significa que é infinito, ou seja, eterno desde a essência, sem começo e sem fim.

    Como algo pode ser o princípio e o fim?
    É uma frase sem sentido.

  50. Barros

    E é o DAWKINS que fala besteira?

    Isso. É ele mesmo.

    E é o DAWKINS que fala besteira? [2]

    Isso. É ele mesmo. (E também os que repetem seu discurso.)

    Mas ora se não é com essa ginástica verbal que os príncipes da igreja vêm arrebanhando os ignorantes há milênios

    Qual igreja? A Ateísta fundada por Sanderson Jones e Pippa Evans?
    Só se for, afinal o número de adolescentes revoltados pelo qual aderem esta religião, cresceu significativamente nestes 6 anos.
    Principalmente com o “Pop Star” Richard Dawkins, profeta do Ateísmo e dos “deuses” Naturalistas (Natureza, Acaso e Sorte)

    Eu, sendo ateu, olho para esses malabarismos linguísticos e penso : “Mas que besteira”.

    Mas é claro. Para um fundamentalista fanático, qualquer coisa que sai fora do escopo de fé, é considerado besteira.
    Então não é de se espantar a sua atitude.

    Já o crente, sedento por uma vida pós-morte cheia dos gozos que ele não pôde desfrutar em vida,

    “Desfrutar a vida” não é somente utilizar drogas, embriagar, prostituir, roubar, adulterar, mentir e outras coisas do gênero.

    Para vocês, crentes ateus, viver é apenas praticar estas coisas. Não é atoa que precisam crer em deuses pelo qual não condenam a atitude promíscua que vocês possuem.

    O Deus bíblico não apenas condenam o estilo deturpado de vida que vocês crentes ateus possuem, como também varrerá do universo estes comportamentos.

    Diante deste fato, nada mais natural vocês, que adoram viver na “imundice” buscar desesperadamente nega-lo.

    Se eu vivesse assim, também buscaria desesperadamente nega-lo, afinal seria um conforto e tanto para meu psicológico.

    :-)

    P.S: Em toda regra há exceções. Existem alguns ateus, mesmo que a grande minoria, pelo qual não se enquadra na descrição acima.

  51. Marcio

    A definição formal de ETERNO diz que é algo que não tem princípio e nem fim.
    Veja que algo que teve princípio, em algum momento ele não existia. Logo não é eterno.
    Complicado não?

    Nem sempre. Eterno também significa “aquilo pelo que não tem fim” e seus sinônimos são: duradouro, infindável, perdurável, perenal, perene, perpétuo e sempiterno.

    A Eternidade pode ser condicional ou incondicional. No caso de Deus, por ser único (não tendo princípio e fim), é incondicional. No caso dos anjos e dos homens, por NÃO serem únicos (possuindo início porém sem um final) são condicionais.

  52. Azetech

    Outro dia, lendo um dos seus chiliques sobre a punição divina, me veio à mente a expressão “pornografia religiosa”. Não no sentido sexual, mas no sentido da perversão e da total ausência de filtros para expor essa perversão.
    Você precisa ou mais provavelmente quer achar que ateus vivem segundo isso que você escreveu logo aí em cima,e esse é só um dos aspectos da sua perversão. O principal é que você adoraria poder presenciar todo tipo de suplício aplicado aos ateus.

    imundície é o que vai pela sua mente, sério.

  53. SSrodrigues

    Você precisa ou mais provavelmente quer achar que ateus vivem segundo isso que você escreveu logo aí em cima,e esse é só um dos aspectos da sua perversão.

    Ao contrário de vocês, não costumo generalizar.
    Por isso coloquei no final de minha argumentação a observação:

    “”P.S: Em toda regra há exceções. Existem alguns ateus, mesmo que a grande minoria, pelo qual não se enquadra na descrição acima.””

    Não leste este trecho?

  54. KKKkk o Diogo/Azetech é um pervertido intelectual!!!

    Eu gosto muito de saber que meu blog irrita tanto pessoas dessa estirpe.

    Mas eu não vou devolver os xingamentos. Eu sou ateu: não preciso forçar ninguém a acreditar nas minhas ilusões.

  55. Azetech porque voce acredita de fato que os ateus sejam essa monstruosidade toda? Se isso fosse verdade.. Coisas amorais so seriam praticadas por descrentes… Coisa que eu tenho certeza que voce sabe não ser verdade… Alias… Se uma pessoa so deixa de fazer coisas amorais por medo de ir para a danação eterna.. Então ela não e boa pessoa mesmo.. E eu posso falar por MIM como agnostico que voce esta generalizando quando diz que os descrentes encaram dawkings como profeta (eu não o encaro nem da maneira como voces veem os pastores) e eu definitivamente não acho que a natureza e o acaso sejam divindades para mim

  56. Diogo/Azetech: “Para vocês, crentes ateus, viver é apenas praticar estas coisas. Não é atoa que precisam crer em deuses pelo qual não condenam a atitude promíscua que vocês possuem.O Deus bíblico não apenas condenam o estilo deturpado de vida que vocês crentes ateus possuem, como também varrerá do universo estes comportamentos.Diante deste fato, nada mais natural vocês, que adoram viver na “imundice” buscar desesperadamente nega-lo”.

    Barros,não sei como você e outros ateus aqui do blog aguentam debater com esse fundamentalista fanático e doente.Esse Boçal se acha no direito de julgar nós ateus sem nem mesmo conhecer quem somos e como vivemos nossas vidas.Que moral você tem para afirmar que nós ateus levamos uma vida promíscua e deturpada?uma moral baseada no seu deus? um machista, homofóbico, infanticida, genocida, falicida, pestilento, megalomaníaco, sadomasoquista, caprichoso e malevolente fanfarão.Mal sabe ele,que as maiores perversidades foram cometidas e justificadas em nome desse deus e por ele próprio, como está evidenciado nas páginas dessa merda de bíblia.É notável o desejo insano dele de ver nós ateus se ferrando,isso sim é amor ao próximo,amor cristão!Depois reclamam de serem ridicularizados por parte de alguns ateus.

  57. Azetech

    Fiquei desfalecida de tanta emoção por ver sua magnanimidade em conceder que “Existem alguns ateus, mesmo que a grande minoria”
    que não vivem para “utilizar drogas, embriagar, prostituir, roubar, adulterar, mentir e outras coisas do gênero.”

    Se você precisa usar uma coleira para não sair por aí dando vazão aos seus baixos instintos, Azetech, é problema seu e do infeliz que tiver a desgraça de cruzar seu caminho quando a coleira do seu deus afrouxar.
    Em todo caso, grata por confirmar na prática e definitivamente a minha tese, lembra dela?
    A religião torna certa classe de gente pior do que já é naturalmente.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: