Considerações sobre o Inferno [2]

lake of fire

.

Assim como Jesus Cristo, o Inferno também é uma invenção do cristianismo.

Os hebreus, o único povo que interessava ao Criador do universo, temiam apenas o Sheol /shiioul/, um mundo subterrâneo habitado pelas almas dos mortos. Em hebraico, a palavra Sheol significava “sepultura, cova, buraco”, ou “morada dos mortos”. Na sua essência, o Sheol era como o Hades dos gregos, mas, apesar de ser bem provável que os hebreus tivessem apenas importado essa ideia diretamente da cultura grega, nada impede que eles tenham concebido localmente o seu próprio “mundo inferior”. Em todo caso, assim como o Hades, o Sheol era, inicialmente, apenas o lugar para onde iam os mortos. Todos eles, sem distinção.

Quando um hebreu se referia ao Sheol, era tão somente para expressar o medo que todo ser humano tem da morte:

As cordas do Sheol me envolveram; os laços da morte me alcançaram. (Salmos, 18:5)

O Deus bíblico original era a versão hebraica  de  Ares  (o deus  grego  da  guerra).  Chamava-se Javé — ou Jeová — , e precisava disputar seus fiéis com os outros deuses locais. Do mesmo salmo 18, acima, é possível perceber com que finalidade os antigos adoravam Jeová, o deus hebreu da guerra:

Com o teu auxílio posso atacar uma tropa; com o meu Deus [confrontando-o com os outros deuses cultuados pelos hebreus e que seriam inúteis numa guerra] posso transpor muralhas (28, 29).

Ele treina as minhas mãos para a batalha e os meus braços para vergar um arco de bronze (34).

Persegui os meus inimigos e os alcancei; e não voltei enquanto não foram destruídos. Deste-me força para o combate; subjugaste os que se rebelaram contra mim. Puseste os meus inimigos em fuga e exterminei os que me odiavam. Gritaram por socorro, mas não houve quem os salvasse; clamaram ao Senhor; mas ele não respondeu. (37-41).

No trecho destacado acima, a “salvação” é o livramento da morte no campo de batalha:

Que a morte apanhe os meus inimigos de surpresa! Desçam eles vivos para a sepultura [Sheol], pois entre eles o mal acha guarida. Eu, porém, clamo a Deus [Javé], e o Senhor me salvará.

(Salmo 55, 15-16)

Na Bíblia, o texto mais antigo que menciona o Sheol está no livro de Deuteronômio, quando Moisés descreve aos israelitas como Deus ficou possesso (!) por muitos deles estarem ainda adorando outros deuses:

Pois um fogo foi aceso pela minha ira, fogo que queimará até as profundezas do Sheol. Ele devorará a terra e as suas colheitas, e consumirá os alicerces dos montes. Amontoarei desgraças sobre eles e contra eles gastarei as minhas flechas. Enviarei dentes de feras, uma fome devastadora, uma peste avassaladora e uma praga mortal; enviarei contra eles dentes de animais selvagens, e veneno de víboras que se arrastam no pó. Nas ruas a espada os deixará sem filhos; em seus lares reinará o terror. Morrerão moços e moças, crianças e homens já grisalhos.

(Deuteronômio, 32: 22-25)

Se sua Bíblia menciona o Inferno, nesse trecho, em vez da palavra original, Sheol, é apenas por influência do cristianismo, pois é para os cristãos que as Bíblias são impressas, e seria conveniente que eles vissem ali confirmado o ensinamento de Jesus de que o Inferno sempre esteve presente nos planos de Deus.

O que é, segundo a própria Bíblia, mais uma grande mentira.

 

 

Anúncios

45 Respostas

  1. Tanto o inferno quanto o purgatório são duas ideias que ficaram “populares” durante a idade média. O inferno servia como se fosse uma ameaça para espalhar o medo na população e controlá-la (igual nos dias de hoje), enquanto o purgatório era uma espécie de chantagem: “pague a igreja e vá direto para o céu, se não vai ficar de molho lá no purgatório”.
    A divina comédia de Dante foi uma das primeiras obras a popularizar essa mentalidade de tortura e castigo (no caso do inferno) e tortura e purificação (purgatório).

  2. Foi Dante quem popularizou o Inferno! rrsrss

    A propósito, eu li “Inferno”, do Dan Brown, e até que gostei bastante. Mas tentei ler A Divina Comédia e, assim como a Bíblia, achei um porre.

  3. É um espanto! Lendo os trechos bíblicos destacados neste texto e tendo em mente várias outras passagens da bíblia, e cotejando com as Carlas, Lucas etc., e os ex-ateus Franciscos da vida, fica difícil entender como é que cérebros que têm tudo para funcionar razoavelmente não enxergam o primitivismo bestial das pessoas cujos costumes inspiraram e escreveram a bíblia.
    Ou por outra, fica muito difícil pensar em dialogar de forma respeitosa com essa espécie de gente.

  4. Quem não aceita o Deus bíblico escreve livros como «Conversas com Deus» porque não consegue aceitar a ideia de não existir nenhum ser supremo.

  5. Não se pode ser cristão e não acreditar nas palavras de Cristo e do Novo Testamento. Se ainda não havida tal doutrina de forma clara no Antigo Testamento; é porque a revelação divina não estava completa; pois, a plenitude da revelação divina se deu com a vinda do Filho de Deus ao mundo. Por exemplo, no Velho Testamento, embora haja pistas, também não está clara a doutrina da Trindade; tanto que judeus e muçulmanos ainda não acreditam na Santíssima Trindade; ou seja, que há um só Deus em três pessoas divinas: Pai, Filho e Espírito Santo. E na Bíblia está claro a existência do Céu, do Inferno e do Purgatório.

    O OUTRO LADO DA MOEDA:

    “…

    SIM, EXISTE UM INFERNO

    A Escritura sagrada claramente atesta a um lugar de condenação eterna chamado inferno ou às vezes referido a como Gehenna. Os exemplos são os seguintes: Jesus disse que o homem que desprezar seu irmão “incorrerá os fogos da Gehenna” (Mt 5,22).

    Nosso Senhor advertiu, “não temais os que matam o corpo mas não podem matar a alma. Antes, temei quem pode destruir tanto corpo como alma na Gehenna” (Mt 10,28). Jesus disse, “Se tua mão te faz cair, corta-a. Melhor você entrar na vida com uma só mãos que manter ambas as mãos e ir para a Gehenna com seu fogo inextinguível” (Mc 9,43). Usando a parábola do joio e do trigo para descrever o julgamento final, Jesus disse, “os anjos lançarão [os malfeitores] na fornalha inflamável onde prantearão e moerão os seus dentes (Mt 13,42). Semelhantemente, quando Jesus falou do julgamento final onde a ovelha será separada dos lobos, Ele dirá ao mau, “afastai-vos de mim, malditos, para o fogo perpétuo preparado para o demônio e seus anjos (Mt 25,41). Finalmente, no Livro da Revelação, cada pessoa é julgada individualmente e os malfeitores são lançados em uma “fosso de fogo, a segunda morte” (20,13-14).

    Apenas para clarificação, Gehenna era um vale ao sul de Jerusalém que era utilizado para sacrifícios pagãos de crianças pelo fogo. O profeta Jeremias amaldiçoou o lugar e predisse que seriam um lugar de morte e corrupção. Na literatura rabínica tardia, o termo identificava o lugar de castigo eterno com torturas e fogo inextinguível para os maus.

    Dessa forma, a Igreja consistentemente ensinou que de fato o inferno existe. Que as almas que morrem num estado de pecado mortal imediatamente vão para o castigo eterno no inferno. O castigo do inferno é principalmente a separação eterna de Deus. Lá se sofre o sentido de perda?a perda do amor de Deus, a perda da vida com Deus, e a perda da felicidade. Amor verdadeiro, vida, e felicidade são relacionadas a Deus, e cada pessoa as deseja. Entretanto, só Nele o homem achará sua realização (cf. CCE 1035).

    A pessoa condenada também sofre dor. As descrições dadas sobre esse “fogo” pela Constituição Apostólica Benedictus Deus (1336) do Papa Benedito XII disseram que as almas “sofreriam a dor do inferno,” e o Concílio de Florença (1439) decretou que as almas “seriam punidas com castigos diferentes”.

    Alguns santos tiveram visões de inferno. Irmã Faustina descreveu o inferno como segue: “Hoje fui dirigida por um Anjo aos abismos do inferno. É um lugar de grande tortura; como terrivelmente grande e extenso é! As espécies de torturas eu vi: A primeira tortura que constitui o inferno é a perda de Deus; a segunda é o remorso perpétuo da consciência; a terceira é que aquela condição nunca mudará; a quarta é o fogo que penetrará na alma sem destruí-la?um sofrimento terrível, como é um fogo puramente espiritual, aceso pela ira de Deus; a quinta tortura é a escuridão ininterrupta e um terrível e sufocante odor. Apesar da escuridão, os demônios e as almas dos condenados vêem todos os males, os próprios e dos outros; a sexta tortura é a companhia constante de Satanás; a tortura sétima é o desespero horrível, aversão de Deus, palavras vis, maldições e blasfêmias. Estas são as torturas sofridas por todos os condenados, mas isto não é o fim dos sofrimentos. Há torturas especiais dos sentidos. Cada alma sofre sofrimentos indescritíveis, terríveis, relacionados à maneira com que se pecou. Há cavernas e fossas de tortura onde uma forma de agonia difere da outra. Teria morrido na mesma visão destas torturas se a onipotência de Deus não tivesse me apoiado. Escrevo isto no comando de Deus, de modo que nenhuma alma pode achar uma desculpa por dizer não há inferno, nem que ninguém jamais esteve lá e por isso não se pode dizer como ele é”.

    Devemos lembrar que Deus não predestina ninguém ao inferno nem deseja que alguém seja condenado. Deus nos confere a graça atual que ilumina o intelecto e fortalece a vontade de modo que podemos fazer o bem e desviar do mal. Entretanto, uma pessoa, com o consentimento do seu intelecto, pode escolher praticar o mal e com essa escolha, cometer pecado mortal, e assim rejeitar Deus. Se uma pessoa não se arrepende do pecado mortal, não tem qualquer remorso e persiste neste estado, então esta rejeição de Deus continuará para a eternidade. Em resumo: as pessoas se condenam ao inferno.

    O papa João Paulo II, em Cruzando o Limiar da Esperança (pp. 185-6) endereçou a pergunta, “Pode Deus, que amou tanto o homem, permitir que o homem que O rejeita seja condenado a tormento eterno?” Citando a Escritura Sagrada, o Santo Padre na sua resposta repete o ensino inequívoco de nosso Senhor. Ele também nos lembra que a Igreja nunca condenou uma pessoa particular ao inferno, nem mesmo Judas; antes, a Igreja deixa todo julgamento nas mãos de Deus. Entretanto, o Papa, por uma série de perguntas, afirma que o Deus de Amor é também o Deus de Justiça, que nos faz responsáveis por nossos pecados e assim nos pune.

    Devemos orar pela graça de resistir à tentação e seguir o caminho do Senhor e ao mesmo tempo procurando o perdão para qualquer queda que venhamos a cometer. Falando sobre a jornada da Igreja Peregrina, o Vaticano II na Constituição Dogmática sobre a Igreja (n. 48) escreve, “desde que não se sabe nem o dia nem a hora, devemos seguir o conselho do Senhor e vigiar constantemente de modo que, quando o único curso de nossa vida terrena for completada, possamos merecer entrar com Ele na festa das bodas e sermos numerados entre os abençoados e não como os serventes maus e preguiçosos, sermos enviados ao fogo eterno, na escuridão exterior onde ‘haverá prantos e ranger de dentes.'”

    Por esta mesma razão, nós oramos na primeira Oração Eucarística da Missa, “Pai aceita esta oferenda de toda sua família. Conceda-nos sua paz nesta vida, poupa-nos da condenação final, e conta-nos entre os escolhidos”.

    “.

    FONTE: http://www.veritatis.com.br/doutrina/demonios/1459-sim-existe-um-inferno

  6. Ótimo texto sobre as aberrações que a leitura da “bíblia sagrada” repassa, o que para mim representa uma grande e sórdida chantagem a fim de induzir ao medo e terror a quem acredita em Sheol.
    As pragas rogadas pelo Deus de misericórdia e infinita bondade que teve o capricho de construir para seus filhos desobedientes um lugar especial de acordo com o merecimento onde serão jogados para serem fritos eternamente numa fornalha.
    Pois então meus irmãos e minhas irmõas, tudo isso é um plano vindo de um Ser vingativo e cruel, possesso pela ira (um dos mais baixos sentimentos humanos) chamado de Deus, Javé ou Pai Celestial.

    Aiaiai Deuteronmy 32.

    Eu que não acredito nesse tal de Sheol, me divirto e ao mesmo tempo sinto pena de quem se vê envolvido na crença de que esse Deus tem um plano para cada ser vivente neste planeta, inclusive para todos os mortos adormecidos e inertes em suas catacumbas, pois, pelo que está escrito, no dia do juízo final serão julgados um por um.
    Incoerências e asneiras para os otários ou quem gosta e acredita em filmes de terror.
    Observo a vida dentro de uma lógica possivelmente humana porque não consinto ser enganada por mais duras que sejam minhas verdades e sei que devo dar conta delas aqui nesse mesmo mundo, somente eu que tenho o livre arbítrio, porém visto sob proposta filosófica.

    Schopenhauer resume muito nessa frase:
    “Se, numa discussão, um dos muitos que gostariam de saber tudo, mas se recusam a aprender qualquer coisa, nos perguntar a respeito da continuação da vida após a morte, a resposta mais adequada e mais correta é: “Após a morte você será o que era antes de nascer.”

  7. ssrodrigues

    Espécie de gente?

    Quem sabe ssrodrigues a seleção natural não elimine os cristãos?

    Assim como Darwin cria que ela eliminaria os negros, os aborígenes etc… :D

    Tu e teus amigos ateus devem compartilhar aos risos e satisfação essa frase de Hitler : O Cristianismo é uma invenção de cérebros doentes. :D

    Tu não vai discordar do saudoso Hitler vai? Oras no fundo ele sabia que não havia mal algum em matar alguns milhões de judeus, assim como Mao Tse, Pol Pot, Stalin e a turma do estado ateu sabiam bem disso, matar milhões de pessoas não é mal.

    Todos, tanto os milhões de judeus, Hitler e os camaradas ateus jazem em paz em seus túmulos e pouco importa o que nós pensamos.

    Afinal nós não esperamos por eles … mas eles esperam por nós.

  8. Nem precisamos nos dar ao trabalho de justificar o plano de Deus para os ateus fervorosos, a saber [ateus são] o ápice da evolução humana, quiçá uma nova raça mais evoluída.

    O ateísmo não tem qqr fundamento ou base objetiva para julgar moral e atos, sejam ele de animais ou dos próprios humanos. Aliás o ateísmo vai contra os direitos humanos.

    Será que os amigos ateus deste blog discordam que o ateísmo vai contra os direitos humanos … salvo se tu não acredita que teu “irmão” distante é um macaco.

    Mas para o lado de cá não é só gritar: – Os ateísmo é contra os direitos humanos!

    Um argumento moral contra o darwinismo

    1. Se o darwinismo for uma descrição adequada da bioesfera, então os seres humanos não têm nenhuma natureza essencial, uma vez que eles evoluíram sem design intencional até às suas formas atuais.

    2. Se (1), então as várias raças de humanos podem ser mais evoluídas (isto é, adaptavelmente mais bem sucedidas) do que as outras raças. Darwin mesmo afirmou isso no seu livro The Descent of Man.

    3. Se (2), não existe nada intrinsecamente valioso sobre a raça humana como um todo. Isto é, algumas raças podem prevalecer sobre outras raças devido às suas vantagens seletivas devido à sua trajetória evolucionária exclusiva.

    4. Se (3), então não existe nenhuma base filosófica para a afirmação de que os seres humanos qua seres humanos têm direitos humanos objetivos e universais.

    5. Mas (4) é falso. As nossas intuições morais e a história da lei ocidental tratam a cada ser humano, sem distinção de raça, como possuindo dignidade humana intrínseca e deve ser tratado como tal. A Declaração dos Direitos Humanos das Nações Unidas afirmam isso, por exemplo, como faz a Declaração de Independência dos Estados Unidos – “Todos os homens são criados iguais”.

    6. Além disso, se (4) for verdadeiro, então nós não temos nenhuma base objetiva para condenar moralmente a escravidão ou até mesmo a eliminação das “raças menos favorecidas” (termo usado por Darwin).

    7. Mas (4) é falso, por causa de (5).

    8. Portanto (6) é falso por causa de (5).

    9. Portanto, (1)— o darwinismo — é falso. Isso por meio do modus tollens que, neste caso, é um reductio ad absurdum (reduzir a afirmação ao absurdo).

    Nota: modus tollens (ou negar o consequente):
    a. Se P, então Q.
    b. Não Q.
    c. Portanto, não P.

    [Douglas Groothuis]

    Quem se habilita? ;)

  9. Cara, se o teu Deus não fosse o que é, uma ilusão idiota, você não precisaria gastar seus neurônios tentando encontrar um raciocínio complicado que pudesse fazer supor o contrário: que ele não é uma ilusão idiota.

    Ou, então, você me diz em alto e bom som: “acontece, Barros, que ele tá se escondendo…”.

  10. jephsimple disse:

    Será que os amigos ateus deste blog discordam que o ateísmo vai contra os direitos humanos …

    Tá.

    Um adorador do Deus que manda matar quem trabalha no sábado, que ensina como comprar e punir escravos, que praticou atrocidades sem fim por motivos dos mais torpes ao longo de todo o Antigo Testamento é a pessoa adequada para falar de direitos humanos.

    Ah!!!! Putz! É que as vezes eu esqueço: o deus dos Cristãos é Jesus Cristo, que não tem nada a ver com o Deus do Antigo Testamento.

  11. Eh vida hein jeph? Dei uma passadinha para dar tchau ao pessoal e encontro você pegando no meu pé.
    Seguinte, não tenho tempo pra você agora docinho, depois vejo se vale a pena destrinchar essa maçaroca pilantra e rasteira (de rasa mesmo) de coisas que não devem ser assim tratadas.
    E vem cá docinho, mas se para você coisas como essas do post são aceitáveis, tenho que perguntar, quem é você para querer dar lição de moral nos outros?
    Ah ia esquecendo: seu Deus Designer te levou num passeio a outros mundos que ele colonizou com designers inteligentes e neles você conheceu raças humanas? Ou foi só ato falho mesmo?
    see you soon, sweetie

  12. Greg

    Lá me voy! Estive lendo que a onda de furtos está uma coisa, dentro da Cidade do Rock. Segundo nossos amiguinhos crentes, a conclusão lógica é que é tudo um bando de ateus imorais. Daí me ocorreu; será que se alguém tentar me furtar e eu me apresentar como ateia, livro a cara?

  13. Ateus se fossem só ateus,não haveria problema algum.Problema e serem debochados,ofensivos e desrespeitosos as crenças alheias!

    7 motivos para os ateus agradecerem a Jesus!!!

    1-Se você casou ou se seus pais são/foram casados deve isso ao cristianismo. O casamento heterossexual, monogâmico e vitalício é uma instituição cristã. Seja mais agradecido por ter um lar!

    2-Antes do cristianismo surgir, a educação formal era elitista, poucos tinham acesso a ela. O conceito de educação para todos como um direito é um pensamento revolucionário cristão desde a reforma. As melhores universidades do mundo foram fundadas pelo cristianismo como: Oxford, Cambridge, Yale, Harvard, Princeton, etc. Seja agradecido a Jesus por poder ter estudado!

    3-A valorização da vida e os direitos humanos são vitórias do cristianismo e seus valores. Milhões de crianças foram salvas da morte por restrições contra o aborto, luta constante dos cristãos. Talvez você só esteja vivo por que um dia Jesus nasceu! Seja grato.

    4-Antes de Jesus as mulheres eram desvalorizadas, e compreendidas como propriedade de seus maridos. Aristóteles colocou as mulheres em algum lugar entre o homem e um escravo. Se hoje sua esposa e/ou mãe tem direitos iguais aos homens você deve isso a Jesus de Nazaré, a seus ensinamentos e exemplo da valorização às mulheres.

    5-Sem Jesus não haveria pessoas que mudaram o mundo como: Madre Tereza de Calcutá, Martin Luter King, Abraham Lincoln, Hudson Taylor, Isaac Newton, Willian Carey, etc. Nunca soube de um ateu que mudou a história do mundo. Agradeça e respeite a fé desses gigantes da humanidade.

    6-Se você recebeu em qualquer ano da sua vida algum presente de aniversário, agradeça a Jesus por isso. Foi o cristianismo que popularizou a entrega de presentes para celebrar o aniversário de alguém! Parabéns, Jesus é seu melhor presente.

    7-Você pode se revestir de rebeldia e abominar o cristianismo, mas Jesus continua te amando e acreditando que você pode ser uma pessoa melhor! Saiba que, se algum dia, você clamar Ele te ouvirá e jamais lhe lançará fora! Neste momento Ele está te esperando! Agradeça!

    E que Deus os abençoe…

  14. SS rodrigues – Shirley = cante e grite por mim
    o que acontece na cidade do rock , nao é diferente do que acontece na cidade do rio!! – quando vou nesses lugares, uso calça jeans mais fudida que tenho, quabdo chego em casa, ela vai pro lixo, nem se lava! – camisa velha – documento (RG) no bolso apertado da calça, com dinheiro apertado embolado e amassagado, igual de bebado! – nao tem nem como eu ser roubado, a menos que levem minha roupa! — Sem carteira – Sem relogio _ Sem camera, sem nada de caro e moderno. Se puder ate sem celular. Ou um baratinho meia bomba ou se for com colega, combino com ele de se levar so um cel com creditos e que possa ser usado em necessidade!
    Tem que se andar como um mulambo, nao tem jeito – isso é quase a prova de furtos!
    Nunca tive preju!!! nunca me dei mal – ja outros conhecidos e colegas ,ja se deram mal. Tenho um amigo que ja perdeu uns 5 celulares, camera disso daquilo, oculos e dai vai,,…….
    a unica coisa de valor que voce tem que levar é a sua vida mesmo!
    Infelizmente o rio é lindo mas é lugar fudido como toda cidade grande do pais! – afinal é Brasil, fazer o q né???? so reza mesmo@@ rsrsrss

  15. Mariana
    Crentes se fossem só crentes,não haveria problema algum.Problema e serem chatos,enganados e desrespeitosos as crenças alheias!

    1 – Mariana!!!/// – voce esta querendo dizer que so os cristaos casam?
    casamentos existiam antes do cristianismo existir!!! —-

    EU TE DOU 7.000 MOTIVOS PARA OS CRENTES AGRADECEREM A CIENCIA E AOS CETICOS!!!

    2 – A EDUCAÇAO AINDA É ELITISTA – PRINCIPALMENTE POR CAUSA DO CRISTIANISMO E DAS RELIGIOES. TODAS@! SE FALTA EDUCAÇAO AQUI NO BRASIL QUE É de maioria cristao – sobra na Dinamarca que é de maioria ateísta!!

    3 – Muitas crianças foram e estao sendo mortas por causa das guerras religiosas, entra elas o cristianismo! –

    4- Nao acuse os outros em VãO – Foi Deus quem colocou as mulheres em situação humilhante, nao Aristoteles!! Leia a biblia, aposto que voce nao lê, porq se ler e tiver cerebro pra pensar, voce vai largar a religiao!

    Se hoje sua esposa e/ou mãe tem direitos iguais aos homens você deve AGRADECER A UM ESTADO LAICO E SEM INTERFERENCIA DIRETA DOS DOGMAS RELIGIOSOS, SE NAO MARIANA voce teria que ser mulher segundo as leis de Deus! uma submissa sem diretos
    vou ter que fazer uma observaçao aqui: espero que voce leia sem fé e se quiser estude a respeito!
    No Iêmen estado religioso fundamentalista islamico é normal um homem casar com uma criança (esta na própria constituiçao) para literalmente comer uma bucetinha nova e virgem, como Deus nao interfere em nada mesmo, porq ele nao existe! acontece coisas tragicas lá, como esses dias uma menina de 8 anos morreu com lesoes no utero apos relaçao sexual forçada do seu marido que a comprou de seu pai ! Um estupro consentido por um estado religioso de uma menor. so uma sociedade religiosa poderia aceitar isso. Na Suecia, Finlandia, Noroega que sao paises ateus (maioria) isso nao acontece ! porq será??? apenas use seu neuronio!!!

    5 – Todas as pessoas que voce citou eram ateus em relaçao aos deuses dos outros! Ja ouviu falar de Gandhi, cara legal né?? ele nao era cistao sabia??/ Para ser uma pessoa considerada boa nao precisa ser cristao beleza, isso se levado a serio seria preconceito! – conheço uma familia de judeus, gente muita boa e legal , mas eles nao acreditam que Jesus era quem dizia que era, o natal deles e o ano novo sao em outra data! bem diferente dos seus dogmas!!!

    6 – Se eu recebi algum presente é porque alguem trabalhou e ganhou dinheiro para comprar, sem a ajuda de ser sobrenatural imaginario!

    7 – Realmente nao se deve abominar a ideia de cristianismo ou islaminsmo ou qualquer outro ismo! deve-se abominar é a ideia de deuses imaginarios! Nao havendo deuses nao havera religioes! e o mundo sera menos idiota! E Perigoso!
    segundo todas as pesquisas, os paises religiosos inclusive os cristaos sao os mais violentos e perigosos! O Brasil tem hoje 3 cidades entre as mais violentas do mundo! e entre as 10+ 8 sao paises cristaos!!!
    e advinha só! os paises de maioria ateista sao os menos violentos do mundo, sendo que alguns nem se pode dizer que sao violentos, porq quase nao ha crimes!! Faça uma visita a qualquer pais nórdico e comprove voce mesmo, se nao acredita! Afinal é melhor ver pra crer nao é???

  16. jephsimple:

    O ateísmo não tem qqr fundamento ou base objetiva para julgar moral e atos, sejam ele de animais ou dos próprios humanos. Aliás o ateísmo vai contra os direitos humanos.

    Mas o ateísmo por si só não tem a pretensão de ter fundamento objetivo algum, se ele é apenas um rótulo para designar uma gama tão heterogênea de pessoas.
    Querer, no ateísmo, destacar apenas os grupos belicosos escondendo os altruístas para imputar-lhe alguma malignidade é tão desonesto quanto destacar somente os malandros dentro do teísmo para desmerece-lo.
    Humanismo e altruísmo são valores maiores que meros embates filosóficos à respeito de algum suposto deus.

    1. Se o darwinismo for uma descrição adequada da bioesfera, então os seres humanos não têm nenhuma natureza essencial, uma vez que eles evoluíram sem design intencional até às suas formas atuais.
    2. Se (1), então as várias raças de humanos podem ser mais evoluídas (isto é, adaptavelmente mais bem sucedidas) do que as outras raças. Darwin mesmo afirmou isso no seu livro The Descent of Man.
    3. Se (2), não existe nada intrinsecamente valioso sobre a raça humana como um todo. Isto é, algumas raças podem prevalecer sobre outras raças devido às suas vantagens seletivas devido à sua trajetória evolucionária exclusiva.

    Só que 3 é falso. O homem não ficou mais exclusivamente dependente e sujeito à evolução natural.
    À partir de um certo ponto da evolução humana, onde a capacidade intelectual ultrapassou a de qualquer outro animal, os humanos não mais ficaram totalmente atrelados à seleção natural.
    Os humanos aprenderam a manipular o ambiente de tal forma que não foi mais preciso esperar por quaisquer evoluções selecionadas naturalmente. O homem se tornou designer da, e na, natureza.
    O homem se tornou protetor da sua própria espécie e diante das interações com o meio ele criou mecanismos artificiais que o tornou a melhor espécie adaptada do planeta.
    O homem é a única espécie viva do planeta que não precisou ficar esperando pela evolução natural, ele criou a evolução artificial dirigida.
    As espécies não humanas são amorais, seguem diretrizes que visam a preservação de si mesmas.
    O ser humano com sua capacidade intelectual aumentada criou as regras de convivência, criou as diretrizes morais que foram evoluindo ao longo do tempo.
    A moral humana foi criada e disseminada por humanos.
    As regras morais ideais devem abranger e nortear a vida de todo ser humano e não privilegiar uns grupos mais que outros. Ainda que grupos distintos tentem promover a sua própria noção de moral, travestida de mandamentos divinos.
    A evolução humana se dá mais no campo intelectual e suas abrangências. Muito mais, muito mesmo, do que a lenta evolução natural selecionada.

  17. Mariana, me catequisa, me evangeliza, me leva pro Paraíso…

  18. Barros,

    “Um adorador do Deus que manda matar quem trabalha no sábado, que ensina como comprar e punir escravos, que praticou atrocidades sem fim por motivos dos mais torpes ao longo de todo o Antigo Testamento é a pessoa adequada para falar de direitos humanos.”

    Estás se baseando no cristianismo para falar isso ou no ateísmo? Se falas baseado no ateísmo , sendo o teu “irmão” distante um macaco não há problemas em escravizar e matar pessoas … ou agora os humanos são especiais nesta galaxia, neste universo ? Muito conveniente? Oras tu sabes que o ser humano não tem nada de especial o.O

  19. “Ah!!!! Putz! É que as vezes eu esqueço: o deus dos Cristãos é Jesus Cristo, que não tem nada a ver com o Deus do Antigo Testamento.”

    Tanto velho e novo testamento pedem para seus fiéis amarem ao próximo como a eles mesmo é a segunda lei, a primeira é amar a Deus sobre todas as coisas , mas quem viola a segunda automaticamente viola a primeira. Quem viola a lei deve ser punido? Se não… qual o significado da lei? O.o

  20. “Só que 3 é falso. O homem não ficou mais exclusivamente dependente e sujeito à evolução natural.”

    Biologicamente o homem não passa de um animal… sujeito as mutações aleatórias … não é nossa inteligencia , nosso livre arbítrio quem vai mudar isso … afinal não somos especiais, somos?

    O que impede dos outros animais se tornarem racionais [embora eles não são tão burros assim], o que impede de surgir uma nova raçã de humanos evoluídos???? Nossa inteligencia??????

    Oras o que impediu “lobos” de se transformarem em cetáceos? Ausência de barbatanas? Cérebro adaptado? Ausência de sonar?

    Oras não existe nenhuma lei da TE que impeça humanos de evoluírem e outros não o.O … É conveniente ignorar a TE?

    Aliás nossa própria inteligencia seria produto de processos não direcionados, um acidente. A Natureza não optou por nos tornar racionais, essa é a magia do naturalismo.

  21. “O homem se tornou protetor da sua própria espécie e diante das interações com o meio ele criou mecanismos artificiais que o tornou a melhor espécie adaptada do planeta.”

    Não parece ser o que a biologia diz o.O

    Das espécies de animais o ser humano é que mais produz descendentes doentes,

    É a mais destrutiva do planeta… e do jeito que vem se multiplicando desenfreadamente [uns 7 bilhões] a fome pode reduzir drasticamente a população humana isso pq estamos consumindo todos os bens naturais, assim podemos tbm colocar centenas de espécies em risco. Sem contar violência, corrupção e etc [coisas dos humanos].

    Eu acho que vc está sendo um pouco otimista.

    “O ser humano com sua capacidade intelectual aumentada criou as regras de convivência, criou as diretrizes morais que foram evoluindo ao longo do tempo.”

    Essas regras “criadas” pelos humanos primeiro não teriam sido criadas pelos humanos , dentro do naturalismo isso é falso pq não temos livre arbítrio, não existem escolhas reais, é mera ilusão criada pelos neurônios… e mesmo que tivéssemos criado, elas não são objetivas dentro do naturalismo.

  22. “As regras morais ideais devem abranger e nortear a vida de todo ser humano e não privilegiar uns grupos mais que outros.”

    É pensamento teu , ou teus neurônios que estão criando a necessidade de ter regras ou essa noção vem … não de ti o.O

  23. Você, meu caro, é um crente fanático que não tem a menor ideia do que trata a Evolução. Essa sua postura de mencionar que meu irmão distante é um macaco prova isso.

    De mais a mais, eu não escravizaria macacos, nem os apedrejaria até a morte só porque eles fizeram algo que não me agrada.

    E, pelo seu próprio comentário, eu deduzo que você concordaria em escravizar, matar e torturar pessoas, caso elas não fossem “especiais”. Há nisso a essência do seu pensamento cristão: se consideramos o ser humano especial, filho de Deus, então não devemos aceitar crimes, escravidão e tortura.

    O problema é que esse pensamento é totalmente avesso às diretrizes do próprio Deus.

    Mas vocês, crentes fanáticos, usam o “melhor” de Deus e Jesus, de acordo com a conveniência, desonestamente fechando os olhos para os inúmeros pontos de conflito entre Pai e Filho.

    Mas é isso.

    Continue formulando raciocínios intricados para tentar se convencer de que seu Deus não é uma ilusão idiota. É só isso que você pode fazer.

  24. Márcio,

    Trecho do artigo “MORALITY AND NATURALISM’S COUNTERINTUITIVE CLAIMS: RESPONSE TO DAWKINS, PART V” escrito pelo filósofo Paul Copan :

    …muitos naturalistas enxergam o resultado lógico de sua própria metafísica.

    O naturalismo, argumentam eles, simplesmente não tem o “equipamento” metafísico para explicar valores morais objetivos.
    Muitos naturalistas admitem que processos materiais naturais, sem Deus não podem nos trazer à responsabilidade moral e à dignidade e valor humano.

    Essas características da realidade, as quais nós rotineiramente assumimos, não combinam muito bem com o naturalismo.
    Aqui está uma amostra de [afirmações de] naturalistas importantes sobre este tema:

    Friedrich Nietzsche: “…Não há de modo geral fatos morais. De fato, a moralidade “tem a verdade só se Deus é a verdade, ela está em pé ou cai com Deus.”

    Jean-Paul Sartre: “É muito angustiante que Deus não existe, porque toda possibilidade de encontrar valores num céu de idéias desaparece junto com Ele”.

    Bertrand Russell acreditava que “toda a questão da ética surge a partir da pressão da comunidade sobre o indivíduo”.

    E.O. Wilson localiza o sentimento moral “no hipotálamo e o sistema límbico”; é um “dispositivo de sobrevivência em organismos sociais”.
    Jonathan Glover considera a moralidade uma “criação humana” e convida os seres humanos a “recriar a ética”.

    Poderíamos acrescentar muito mais líderes naturalistas. J.L. Mackie, James Rachels, Peter Singer, e assim por diante, reconheceram que a natureza não pode nos levar a valores morais objetivos e dignidade humana.

  25. “Você, meu caro, é um crente fanático que não tem a menor ideia do que trata a Evolução.”

    Parece que qm não sabe aqui não sou eu … desculpe mas quanto a evolução eu não sou ignorante …sei muito sobre evolução sim :)

    Tu não sabes que teu “irmão” [quando usamos parenteses isso tem um significado o.O] DISTANTE é um macaco? Oras tu não compartilhas mais de 90% do DNA dos chimpanzés??? O.o O irmão aqui é uma referência a ancestralidade comum universal.

    “E, pelo seu próprio comentário, eu deduzo que você concordaria em escravizar, matar e torturar pessoas, caso elas não fossem “especiais”.”

    Se eu concordar com escravizar matar e torturar tu achas o que ?Que isso é mal segundo teu ateísmo ou segundo meu teísmo? o.O

    Quem diz que nós nos declaramos seres humanos especiais são alguns de vcs , pode ser que alguns teístas se achem especiais, mas eu não o.O … Pra mim toda a criação é especial … por isso existe o direito dos humanos e o direito dos animais e a luta pela preservação ambiental … A bíblia diz que os que destroem a terra serão destruídos
    … somos racionais e temos livre arbítrio, e somos responsáveis por cada escolha, boa ou má, independente de credo, raça ou condição social .

  26. Barros,

    “O problema é que esse pensamento é totalmente avesso às diretrizes do próprio Deus.”

    Por que eu perderia meu tempo debatendo as diretrizes de Deus com um ateu fervoroso que não tem base objetiva para fundamentar moral e dignidade humana?

    Eu posso debater isso com outros teístas … mas com um ateu???

    É nonsense isso …

  27. Barros,

    “Continue formulando raciocínios intricados para tentar se convencer de que seu Deus não é uma ilusão idiota.”

    A lógica é objetiva meu filho, entenda modus tollens antes de dizer que eu formulei um raciocínio intricado, ela simplesmente é refutada ou confirmada … e por enquanto o darwinismo,neo darwinismo é um reductio ad absurdum … Contra os direitos humanos… Mas os direitos humanos não é algo falso. Sabes disso ‘-‘

    Isso não é pra me convencer que minha crença é justificável, é pra demonstrar a inconsistência da sua ‘-‘ …não percebeu?

  28. SSRodrigues,

    “Dei uma passadinha para dar tchau ao pessoal e encontro você pegando no meu pé.”

    Se referir a pessoas como espécie de gente me fez lembrar o livro de Darwin The Descent of Man, e me fez lembrar o que Hitler pensava dos cristãos, e alguns comentários se assemelham ao pensamento dele.

    Mas nada de objetivamente mal entende?

  29. Por que eu perderia meu tempo debatendo as diretrizes de Deus com um ateu fervoroso que não tem base objetiva para fundamentar moral e dignidade humana?
    Eu posso debater isso com outros teístas … mas com um ateu???

    Mas é óbvio que você prefere debater com outro crente. Ele jamais iria te apontar as idiotices da tua crença.

    E quanto mais você escreve sobre Evolução, mais você atesta a sua ignorância. Continue!

  30. “Mas é óbvio que você prefere debater com outro crente. Ele jamais iria te apontar as idiotices da tua crença.”

    Não.. eu seria idiota ao debater com uma pessoa que não possui uma base objetiva para a moral e dignidade humana duh ‘-‘

    Só vc mesmo acha que os muitos cristão não debatem teologia o.O

    “E quanto mais você escreve sobre Evolução, mais você atesta a sua ignorância. Continue!”

    Imagino que vc pode provar minha ignorância sobre evolução …

    Vamos lá barros não custa nada tentar :D

  31. Greg
    Sem Deus não existiria esses 7.000 motivos pelos quais você pode dar aos crentes,não existiria ciência e nem céticos…Não existiria nada!

    3 – Muitas crianças foram e estao sendo mortas por causa das guerras religiosas, entra elas o cristianismo!

    Realmente eu concordo que muitas crianças foram mortas por motivos religiosos absurdos,mas em todo seguimento da sociedade tem gente que não presta.Normalmente escutamos desde o período escolar que os cristãos mataram muitas pessoas, principalmente no período da Inquisição e fica em nossa cabeça que os cristãos mataram uma enormidade de pessoas. A verdade é que alguns cristãos mataram sim milhares de pessoas, infelizmente. Mas o que não é falado é que alguns ateus mataram não milhares de pessoas, mas milhões.A revolução que aconteceu na Rússia matou mais de 70 milhões de pessoas,a revolução da China matou mais de 50 milhões.Pregavam a exclusão total da religião,anulação total de Deus da sociedade.

    5 – Todas as pessoas que você citou eram ateus em relação aos deuses dos outros! Já ouviu falar de Gandhi, cara legal né?? ele nao era cristão sabia??/ Para ser uma pessoa considerada boa não precisa ser cristão beleza, isso se levado a serio seria preconceito!

    A maioria destes “deuses” são simplesmente uma interpretação do Deus único e verdadeiro conforme tradições, culturas… etc, outros são pagãos mesmo, outros são assumidamente mitos (partem da mitologia mesmo, ex: os gregos) o mesmo para as religiões, nenhum destes se equipara ao Deus Judaico Cristãos revelado por Jesus, nenhum desses é reconhecido universalmente como o Deus Cristão (verdadeiro), nenhum desses tem mais seguidores e até mais inimigos também, ninguém morre tanto por professar amor a Deus como acontece no Cristianismo até hoje (nossos mártires) e isso é testemunho de Deus, nenhum desses tem profecias cumpridas, nenhum desses é o verdadeiro Deus, nenhum desses tem mais de 2 bilhões fiéis no mundo que o testemunham (e isso contando só os Cristãos, porque existe muito mais gente temente ao Deus revelado por Jesus, porém não se define religioso ou Cristão) e isso não é questão de opinião, isso é Fato !

    –Já ouviu falar de Gandhi, cara legal né?? ele nao era cristão sabia??/ Para ser uma pessoa considerada boa não precisa ser cristão beleza, isso se levado a serio seria preconceito!conheço uma família de judeus, gente muita boa e legal , mas eles não acreditam que Jesus era quem dizia que era, o natal deles e o ano novo são em outra data! bem diferente dos seus dogmas!!!

    Conheço ateus com muitíssimo caráter e muita moral,até já tive um relacionamento com um S2.Um ímpio pode ter um caráter muito melhor que de um religioso ou o contrário… O caráter que a pessoa tem só depende dela mesma… religião alguma vai mudar isso…Agora Ateu fanático igual ao fanático religioso,ofensivo e desrespeitoso,estilo Dawkins. EU NEM LHES DOU CONFIANÇA… OS IGNORO!!!…E SO ISTO TERAO DE MIM rs……E QUE DEUS…OS ABENÇOE!!! =P

  32. Barros
    Mariana, me catequisa, me evangeliza, me leva pro Paraíso…

    Kkkkkk Barros,só Jesus,só Jesus pode ti levar pro Paraíso.Eu não tenho poder algum para ti levar….Aceite Jesus,aí nos vemos lá um dia! =D

  33. Daniel Dennett, autor de A Perigosa Ideia de Darwin (1995), escreveu que “a sabedoria predominante, diferentemente expressa e defendida, é o materialismo: existe apenas um tipo de material, ou seja, a matéria – o material físico da física, química e fisiologia – e a mente é algo nada além de um fenômeno físico “. Dennett tem ridicularizado qualquer alternativa a essa filosofia como uma dependência do “sky hooks.”

    Além disso a crença dos materialistas é que todo o resto, incluindo a nossa vida espiritual, mental e consciente, é ilusória e pode ser reduzida a eventos físicos, em particular para o disparo de neurônios em nossos cérebros. A toda a disciplina chamada neurociência tenta vincular ou associar a atividade dessas células nervosas com a nossa consciência.

    Aqueles que aceitam esta filosofia são obrigados a ser ateus – por sua própria premissa. Moléculas em movimento exclui Deus por definição.

    Talvez possamos ver, como materialismo relevante é a evolução darwiniana. Porque, se o materialismo é verdadeiro, então, algo muito parecido com o darwinismo deve ser verdade. Existem organismos complexos, e por isso essas moléculas em movimento de alguma forma tornaram-se estruturas muito mais complexas, que vemos ao nosso redor – quer as bactérias, morcegos ou babuínos. E que por sua vez exige uma série finamente graduada de estruturas que se transformaram gradualmente a partir de pedaços de matéria – férmions e bósons – na vida que nos rodeia.

    Armado com o seu credo, o materialista, verdadeiro crente, não tem que estudar os detalhes da evolução: Filogenia, fósseis, estrutura celular? Quem precisa deles? “Nós temos o ponto de partida (moléculas em movimento)”, ele pode dizer. “Nós temos o ponto final (nós). Então, como poderia ter acontecido o desenvolvimento, a não ser por uma longa série de pequenos passos?”

    Ao que o darwinismo em seus detalhes torna-se redundante – pouco mais de uma dedução de uma filosofia. Não há nenhuma necessidade de invocar Malthus, nem fazer alarido sobre mutações para nos lembrar que os mais fortes sobrevivem. A progressão não guiada tinha que ter acontecido.

    Além disso, outros aspectos da vida, normalmente não pensados em termos materiais, também devem ser reduzidos a moléculas girando, sejam eles morais, livre arbítrio ou consciência. Todos são ilusões criadas em nossa “massa cinzenta”, ou cérebros.

    Os melhores darwinistas conhecidos, entre eles Richard Dawkins, Dennett e Will Provine, não só aceitam o materialismo, mas fazem o seu melhor para aplicá-la de forma consistente em todo sentido .

    Provine, da Universidade de Cornell, por exemplo, disse que “nenhum último fundamento para a ética existe.”

  34. Mariana,

    Quero dizer a você que os “ATEUS” russo, chineses, não mataram em nome do ateísmo, ou seja, obrigando o povo a ser ateu, era ateus que mataram em nome da sua ideologia, então não é o ateísmo que mata e sim as ambições políticas bem parecidas com o que as religiões tentam implantar.

    As religiões, sim, matam para estabelecer-se como hegemônicas, matam e escravizam pobres diabos para se manterem enquadrados.

    O ateísmo é tão somente não crer em deuses, alguns ateus são humanistas, outros menos, mas nunca se viu imposição de ateísmo para implantar um programa que escravizem pessoas.

    Enquanto as religiões já mataram em seu próprio nome e dogma e transformam em escravos seus crédulos e tentam mandar no próprio corpo e mente desses coitados

  35. Mariana,

    Uma linda moça, você é!Incrivelmente bela!. Apenas discordo do seu ponto de vista, que tantas vezes foi alardeado como sendo uma “descoberta”, mas não passa de mais uma falácia.

  36. saracura2,

    “Quero dizer a você que os “ATEUS” russo, chineses, não mataram em nome do ateísmo”…..

    Concordo mais ou menos com seu argumento.rs Nem todo comunismo é ateísta porque nem todo comunismo é marxista, mas o comunismo marxista é essencialmente ateu.Na medida em que o marxismo pretende traduzir em realidade social o materialismo dialético, a irreligiosidade passa a ser o ideal da nova civilização, e o combate à divindade, uma condição preliminar de seu triunfo.

    saracura2,

    “As religiões, sim, matam para estabelecer-se como hegemônicas, matam e escravizam pobres diabos para se manterem enquadrados”.
    “Enquanto as religiões já mataram em seu próprio nome e dogma e transformam em escravos seus crédulos e tentam mandar no próprio corpo e mente desses coitados”

    Fanáticos religiosos podem matar, mas quem ama a Jesus não. O objetivo da bíblia é mostrar o grande amor de Deus através da morte e ressurreição de Seu Filho, Jesus, que deu a Sua vida para nos salvar.É evidente que o cristianismo tem uma base ditatorial muito forte. Se essa base não resulta mais em ditaduras sanguinárias, é porque o cristianismo perdeu o poder político que teve por tanto tempo, sempre com consequências funestas. O Ocidente é hoje mais ou menos democrático não por causa do cristianismo, mas apesar dele.Jesus falou em amor, em perdão, em dar a outra face, em amar o próximo como a si mesmo, em amar até mesmo os inimigos. Como pode ter alguma culpa pela sangrenta história do cristianismo, a religião que mais matou em toda a história? É que a mensagem de Cristo, tal como exposta nos Evangelhos, tem contradições que podem levar a caminhos diversos, alguns deles sangrentos. Quando Cristo diz, por exemplo, “se tua mão direita te ofende, corta-a; se teu olho esquerdo te ofende, arranca-o”, ele abre caminho para uma atitude depuratória que é extremamente perniciosa, fonte potencial de depurações violentas. Outra parte problemática dos Evangelhos é Mateus 12:30, em que Jesus proclama: “Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha”. Ou seja, quem não é cristão é contra o Cristo, é contra o Deus que se fez homem para salvar a humanidade com seu sofrimento atroz, sofrimento de caráter expiatório. “Como se pode ser contra isso?” Pensam os cristãos: “Como se pode permitir que alguém espalhe, ao invés de ajuntar?” Se Cristo morreu de modo cruel para salvar almas, como se pode permitir que algumas pessoas ajudem o Diabo na tarefa de condenar almas?

    Abraço, cheio de Paz e Luz. bjs

    E obrigada pelo elogio!!! rs

  37. Que pena para os crentes que no mundo real deus só cura dor de coluna… e também ajuda se você usar “vick vaporube”

    http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2013/09/18/ex-vocalista-do-sampa-crew-morre-em-salvador.htm

    Mas pensando bem, a vida seria menos engraçada se eles parassem de escrever as coisas que eles escrevem por aqui… aparentemente eles tem um certo tipo de fetiche em parecer debiloides…

    E antes que alguém se sinta ofendido por um ateu sem moral, eu me explico, você provavelmente deve ser uma pessoa inteligente ou capaz no seu trabalho, mas quando você fala da sua crença sim, você age como um debiloide…

    Abraço
    Cristiano

  38. Maria disse: ninguém morre tanto por professar amor a Deus como acontece no Cristianismo até hoje (nossos mártires) e isso é testemunho de Deus,
    Eu digo: Ele é sádico mesmooo rrsss

  39. jephsimple:

    Biologicamente o homem não passa de um animal… sujeito as mutações aleatórias … não é nossa inteligencia , nosso livre arbítrio quem vai mudar isso … afinal não somos especiais, somos?

    Estamos sim sujeitos ainda às mutações. Mas nossa capacidade mental maior, nos permite criar mecanismos artificiais que nos dão vantagens sobre todas as outras espécies. Nega isso?
    Nos burlamos a ação da seleção natural, quando criamos meios de sanar ou melhorar variados problemas físicos causados por diversos fatores intrínsecos e/ou extrínsecos à nós.
    Se não fosse essa nossa capacidade mental aumentada, estaríamos totalmente à merce dos mecanismos seletivos do meio.
    Foi isso que eu quis dizer. Não somos mais uma espécie inteiramente entregue aos mecanismos evolutivos naturais. Nega isso também?
    Não somos especiais, somos mais adaptados. Fazer o que, né?

    O que impede dos outros animais se tornarem racionais [embora eles não são tão burros assim], o que impede de surgir uma nova raçã de humanos evoluídos???? Nossa inteligencia??????

    O que impede? Vários fatores podem impedir. E daí?
    Veja que a própria espécie humana com sua ciência operacional pode alterar e melhorar outras espécies. E isso acontece atualmente.
    Nega isso?
    Talvez, no futuro seja possível forçar o surgimento de uma nova raça de humanos, com melhorias em diversos aspectos.
    Evolução artificial assistida é o nome da coisa.

    Oras o que impediu “lobos” de se transformarem em cetáceos? Ausência de barbatanas? Cérebro adaptado? Ausência de sonar?

    Reducionismo! Não foi qualquer espécie que originou outra. Houve uma cadeia de eventos que deve ser percebida ao se questionar o que evoluiu do que.

    Oras não existe nenhuma lei da TE que impeça humanos de evoluírem e outros não o.O … É conveniente ignorar a TE?

    Quem está ignorando a TE na espécie humana?
    Eu só afirmei que atualmente o homem não está mais TOTALMENTE sujeito à ela.
    No ser humano ela se tornou quase irrelevante diante da evolução artificial produzida pelo maior grau de capacidade mental atingido.

    Aliás nossa própria inteligencia seria produto de processos não direcionados, um acidente. A Natureza não optou por nos tornar racionais, essa é a magia do naturalismo.

    Parabéns pra você por compreender isso!

    Não parece ser o que a biologia diz o.O
    Das espécies de animais o ser humano é que mais produz descendentes doentes,

    Adivinha porque esses doentes não são mais defenestrados pela seleção natural.
    Pelos motivos acima expostos por mim.
    Capacidade mental maior. Racionalidade humana. Tecnologia.

    É a mais destrutiva do planeta… e do jeito que vem se multiplicando desenfreadamente [uns 7 bilhões] a fome pode reduzir drasticamente a população humana isso pq estamos consumindo todos os bens naturais, assim podemos tbm colocar centenas de espécies em risco. Sem contar violência, corrupção e etc [coisas dos humanos].

    Certamente! Adivinha o porque também?
    Já expliquei acima, espero que tenha entendido minha explanação.
    Mas veja que na mesma medida que uns causam problemas, outros tentam consertar. Nesse jogo, na média a espécie sai ganhando.

    Eu acho que vc está sendo um pouco otimista.

    Na verdade meu viés é pessimista. Deve ser a idade! Rsrsrs!

    Essas regras “criadas” pelos humanos primeiro não teriam sido criadas pelos humanos , dentro do naturalismo isso é falso pq não temos livre arbítrio, não existem escolhas reais, é mera ilusão criada pelos neurônios… e mesmo que tivéssemos criado, elas não são objetivas dentro do naturalismo.

    Como não? Regras de convivência servem para manter todos sadios e aptos à manter a espécie funcionando, somos seres coletivos, lembra?
    A maioria quer comer, reproduzir-se, plantar uma árvore, escrever um livro ou em blogs da internet. Etc.
    Claro, há os rebeldes que devem ser contidos.
    Tais regras e códigos foram criados e aprimorados coletivamente e pasmem, evoluíram também com a civilização humana.
    Onde que o naturalismo cienticista excluí as relações humanas de suas diciplinas?
    Você nunca ouviu falar em ciências humanas?

    “As regras morais ideais devem abranger e nortear a vida de todo ser humano e não privilegiar uns grupos mais que outros.”

    É pensamento teu , ou teus neurônios que estão criando a necessidade de ter regras ou essa noção vem … não de ti o.O

    Rsrsrsrs!
    Vem da convivência social, da minha genética, e da necessidade de manter uma sociedade sadia e operante para os meus descendentes.
    Graças a evolução tenho uma rede neural capaz de perceber e otimizar minhas ações no sentido de seguir um melhor caminho, dentre aqueles possíveis, para tentar alcançar um objetivo comum à todos, que se resume em viver o melhor possível por meio de um mecanismo altruísta natural que regula a competitividade.
    Na verdade é aquele negócio de se eu não plantar, eu não me alimento.

    O naturalismo, argumentam eles, simplesmente não tem o “equipamento” metafísico para explicar valores morais objetivos.
    Muitos naturalistas admitem que processos materiais naturais, sem Deus não podem nos trazer à responsabilidade moral e à dignidade e valor humano.

    Discordo! A responsabilidade moral, os valores morais, regras de conduta, nasceram da convivência em grupo e evoluíram desde os primórdios.
    O ser coletivo formado de consensos se protege da autodestruição naturalmente promovendo mecanismos próprios para isso.
    Nos humanos a noção moral é uma extrapolação dos mecanismos selecionados que propiciaram a conservação da espécie.
    observe a natureza dos animais não humanos e perceberá que nem o maior predador é absolutamente destruidor do seu nicho.
    Se em algum momento existiu tal espécie por algum acidente, ela se auto destruiu por devastar demais seu habitat.
    Seleção em ação!

    Pode dizer que o ser humano está fazendo isso agora, destruindo tudo.
    Está em termos. Pois se há os destruidores, há também os conservadores e reparadores.

    Friedrich Nietzsche: “…Não há de modo geral fatos morais. De fato, a moralidade “tem a verdade só se Deus é a verdade, ela está em pé ou cai com Deus.”

    Fatos morais são consensos morais, o ser coletivo criou esses mecanismo para poder sobreviver.
    Esses mecanismos sociais humanos são bem mais complexos do que os das sociedades não humanas mais simples.
    Esses mecanismos seguiram evoluindo com a espécie humana.

    Jean-Paul Sartre: “É muito angustiante que Deus não existe, porque toda possibilidade de encontrar valores num céu de idéias desaparece junto com Ele”.

    O céu de idéias pertence á quem as tem.
    A espécie humana teve e tem muitas idéias, muitas delas foram selecionadas pela urgência social, viraram consenso e dirigem a manutenção da espécie enquanto ser social.
    Nunca foi preciso um ser externo ditando regras. Elas emergiram no coletivo automaticamente.

    Bertrand Russell acreditava que “toda a questão da ética surge a partir da pressão da comunidade sobre o indivíduo”.

    Sim! Qual o problema disso?
    Por isso temos tantas sociedades por vezes diferentes quanto às regras de convivência. Mesmo hoje em dia.
    Isso só prova que não houve, ou não há, um legislador externo universal. Já que cada sociedade tem suas próprias características. Ainda que hajam pontos em comum.
    Evidentemente as sociedades não evoluíram igualmente.

    E.O. Wilson localiza o sentimento moral “no hipotálamo e o sistema límbico”; é um “dispositivo de sobrevivência em organismos sociais”.

    Sei lá! Deve mesmo haver algum sistema que regule o sentimento moral. A falha dele deve gerar aberrações socialmente danosas.
    Tem sujeito que toma uma vodka (álcool, substância química) e acaba desregulado, agindo de modo muito esquisito, fora do normal.
    Isso só prova que somos compostos de meros mecanismos físico-químicos que sofrem e se alteram pela simples ingestão de certas substâncias moduladoras.
    Onde a noção de alma se sustenta com essas ações de substâncias sobre a mente?
    Assustador não?

    Jonathan Glover considera a moralidade uma “criação humana” e convida os seres humanos a “recriar a ética”.

    Aham! Grosso modo, sim.
    Os códigos penais são sistematizações de conceitos morais e éticos. E são recriados e aperfeiçoados de tempos em tempos por sociedades dinâmicas.

    Poderíamos acrescentar muito mais líderes naturalistas. J.L. Mackie, James Rachels, Peter Singer, e assim por diante, reconheceram que a natureza não pode nos levar a valores morais objetivos e dignidade humana.

    Bobagens! Acontece que há agora uma natureza humana inserida dentro daquilo que chamam de natureza geral.
    A grande natureza humana acaba sendo como um subsistema que criou diversos mecanismos (nisso se inclui toda a tecnologia) de sobrevivência como nenhuma outra espécie foi capaz, e gerou seus valores próprios, valores coletivos que tentam preservar isso que você chama de dignidade humana.

    Como todo grande sistema, há falhas que vão sendo sanadas paulatinamente.
    Afinal, perfeição não existe.

    Abraços!

  40. Marcio,

    “Mas nossa capacidade mental maior, nos permite criar mecanismos artificiais que nos dão vantagens sobre todas as outras espécies. Nega isso?”

    Sinceramente? Não sei se temos vantagem dentro de um sistema onde somos dependentes de toda a natureza? A multiplicação desenfreada de humanos somada ao desrespeito pelo planeta, ao consumismo, ao amor pelo dinheiro, o egoísmo, o materialismo [não me refiro a filosofia] tem destruido este planeta, e não colocando apenas nossa espécie em extinção, como outras tbm.

    Quando tu diz :

    “Nos burlamos a ação da seleção natural, quando criamos meios de sanar ou melhorar variados problemas físicos causados por diversos fatores intrínsecos e/ou extrínsecos à nós.”

    Nós quem Marcio???? , desculpe mas é sim um discurso otimista e elitista.

    Isso não seria a seleção natural em ação? Oras as outras espécies de primatas, ancestrais dos humanos não se extinguíram? o.O

    Não te referes ao continente africano te referes? Achas mesmo que o mundo tem a sua maioria de abastados ? E achas que o controle de doenças caminha ao sossego em países pobres o.O … queres referir aos seres humanos como mais adaptados que cria meios de solucionar problemas se referindo a um punhado de abastados …achas que certas doenças por serem graves, mortais, que só adiam a existência por um tempo muito breve são uma pechincha? E quem não tem um real …fica em paz pq é “na faixa”?

  41. “Se não fosse essa nossa capacidade mental aumentada, estaríamos totalmente à merce dos mecanismos seletivos do meio.”

    Não sei o que é capacidade mental aumentada, isso é uma referencia aos demais seres vivos?

    Afinal a natureza tornou nos aptos deu-nos inteligencia correto?

    Isso ocorreu por acaso sim meu caro , matéria e energia não possui mente, assim não existe qualquer intenção em tornar-nos inteligentes, com mente . Isso se chama metafísica … parece que naturalismo odeia metafísica … Talves vc seja deísta, panteísta …mas ateu? Hummm … estou desconfiado … nada haver com sua pessoa, honestidade, respeito …rsrsrsrsr

    Como sempre caímos numa crença naturalista onde matéria e energia são capazes de nos tornar organismos com mente. Enfim , no fundo estás dizendo que matéria e energia podem criar mente.

    Mas isso não é testável nem falseável.

    Mas Marcio, lê meu comentário sobre o Dennet.

  42. “A grande natureza humana acaba sendo como um subsistema que criou diversos mecanismos (nisso se inclui toda a tecnologia) de sobrevivência como nenhuma outra espécie foi capaz, e gerou seus valores próprios, valores coletivos que tentam preservar isso que você chama de dignidade humana.”

    Isso para quem pode :) … quem não pode …seria parecido com o que Darwin imaginava … é um discurso muito bonito … mas parece que os problemas vem a cavalo … e nossa natureza única [estou apenas dentro da cosmovisão naturalista, não me refiro ao meu teísmo] não nos impedira de produzir descendentes cada vez mais doentes… afinal aquilo que combatemos …são sim meu caro …inteligentes e estão na luta pela sobrevivência, fora os problemas genéticos …. assim, pode surgir uma raça que se adapte mais que qqr outra raça de humanos … oras … isso é evolução e seleção natural.Isso é naturalismo cru e nu.

    —————————————————————————————-

    O fato de criarmos isso ou aquilo não torna o que criamos algo objetivo, e nem muito menos que nossa massa cinzenta esteja nos iludindo com regras, apenas para nos dar um sentido em nossa medíocre existência …

    Não importa se as regras nos tornem utopicamente felizes, ou infelizes.

    Essas regras não passam de um amuleto, e muitos ateus se valem dessa mediocridade, quando teístas dizem que somos especiais,… “não somos nada nesse universo, o universo é eterno existirmos ou não , sermos bons ou maus, Hitlers, Mao Tses, Terezas de Calcutá, generosos , assassinos, amigos, inimigos, fiéis, adúlteros isso é tudo besteira de seres iludidos pelo seus neurônios”.

    Afinal cada individuo caminha para a inexistência, concorda?

    Querer preservar a especie não tem qqr relação com nossa inteligencia ou mente … afinal TODO SER VIVO ESTÁ NA LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA e a TE nos diz que a natureza é ESTUPIDAMENTE INTELIGENTE … há vontade , mas não há mente… há querer , mas não há mente …mesmo sem mente a natureza é MESTRE EM SOBREVIVER, aconteça o que acontecer … ela cria MESMO SEM QUERER, SEM VONTADE, TÃO PARADOXALMENTE SEM INTENÇÃO a sede por existir, os indivíduos não existem eternamente em si mesmos , mas a mamãe natureza tem sede em que a vida exista …mesmo que não exista mente,vontade do cosmos;mesmoque não exista um proposito objetivo em existir, …se não morrer.

  43. Saracura 2

    “Quero dizer a você que os “ATEUS” russo, chineses, não mataram em nome do ateísmo, ou seja, obrigando o povo a ser ateu, era ateus que mataram em nome da sua ideologia, então não é o ateísmo que mata e sim as ambições políticas bem parecidas com o que as religiões tentam implantar.”

    Isso se chama dissonância cognitiva … e ainda o Barros vem me dizer que eu sou crente fanático [tenho que rir]

    Um Estado ateu ou Estado ateísta é a rejeição de todas as formas de religião por um Estado em favor do ateísmo, habitualmente através da supressão da liberdade de expressão e religiosa. Normalmente apenas os governos comunistas procuraram promover o ateísmo como uma lei pública, de acordo com a doutrina do materialismo dialético marxista. Estados ateus foram implementados nos países comunistas da antiga União Soviética, China comunista, Albânia comunista, Afeganistão comunista, Coréia do Norte e Mongólia comunista. O ateísmo nestes países inclui uma oposição ativa contra a religião, e perseguição de instituições religiosas, líderes e fiéis. A União Soviética teve êxito social em proclamar o ateísmo e discriminar igrejas, essa atitude foi especialmente observada sob Stalin. A União Soviética tentou impor o ateísmo em vastas áreas da sua influência, incluindo locais como a Ásia Central. A Albânia comunista sob Enver Hoxha chegou a proibir oficialmente a prática de qualquer religião.

    (…)… A religião é o ópio do povo: este ditado de Marx é a pedra angular de toda a ideologia do marxismo sobre religião.
    [wikipédia]

    Quanta inocência Saracura, quanta ilusão, isso seria provocado por rejeição a idéia de Deus , ou é provocado pelo ateísmo??? o.O

  44. “As religiões, sim, matam para estabelecer-se como hegemônicas, matam e escravizam pobres diabos para se manterem enquadrados.”

    Ah tá … as religiões mataram, matam em nome da religião, os comunistas não mataram,matam em nome do ateísmo … espertinho.

    As religiões não matam pq Deus existe correto? Oras como o ateísmo é verdadeiro, indubitável … As religiões mataram e matam por outros interesses … Deus é uma figura inexistente … e como Deus não existe … qual o problema objetivo em matar no nome dele… ou matar no nome do ateísmo? … pq vcs ateus não se decidem ? Niilismo ou não!

    Como diz este artigo aqui : http://ateus.net/artigos/miscelanea/a-morte-e-o-sentido-da-vida/

    Pq vc querem dar um sentido a vida dos humanos? Quando mostramos pra vcs que vcs não possuem base objetiva para a moral e dignidade humana?… e que o ateísmo não tem nada a ver com a criação dos direitos humanos, apenas é beneficiado por ele, pq ateu tbm é humano? Mas o ateísmo em si vai contra os D.H. quando se vale de naturalismo e materialismo filosófico para justificar sua crença.

  45. correção:O fato de criarmos isso ou aquilo não torna o que criamos algo objetivo, MAS SIM que nossa massa cinzenta esteja nos iludindo com regras, apenas para nos dar um sentido em nossa medíocre existência …

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: