O paradoxo do ânus de Cristo (fim)

Para Deus, o ânus era inviolável. Ele estabeleceu isso em forma de lei na Bíblia, estipulando punições diferentes dependendo se a violação era de um ânus masculino ou feminino. E isso é só outra evidência de como Deus desprezava a mulher, pois até o ânus dela era menos importante do que o do homem. Sexo entre varões era punido com a morte. Já se um marido fizesse sexo anal com a esposa, ele seria apenas meio que “deixado à própria sorte”, abandonado por Deus. Entretanto, para Jesus, o ânus nunca teve tanta importância assim, e ele não achou motivo para legislar sobre o tema.

Acontece que, de acordo com a doutrina cristã, Jesus trouxe a “Nova Aliança” que, falando para leigos, significava novas regras no jogo da vida, com as leis do Antigo Testamento revogadas. Ok. Até aqui eu entendi, mas… quais seriam as “novas regras”?

As novas regras estipuladas pelo filho de Deus para a salvação da alma seriam essas:

1) acreditar que ele, Jesus, era mesmo quem dizia ser (João, 3:36);

2) amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo (Lucas, 10:25-28); 

3) guardar os mandamentos (Mateus, 19:16-17).

O primeiro problema que o cristão enfrenta aqui é ter que supor que essas leis são cumulativas, porque, caso contrário, seria preciso admitir que nem o Cristo sabia exatamente quais eram os requisitos para a salvação, ora dizendo uma coisa, ora outra. O segundo é: a que mandamentos ele estaria se referindo? O texto bíblico dá a entender que são apenas os dez que todo cristão conhece.

Mas ora! Se o ânus de Deus era inviolável, quase que sagrado, o ânus de Cristo é irrelevante para a Salvação. De onde então os cristãos tiraram tamanha aversão pelos gays? Isso mesmo: do Antigo Testamento, onde Deus estipulou leis contra comer carne de porco, bem como contra comer o seu colega do escritório.

Agora adivinha: segundo os próprios crentes, graças a Jesus Cristo e à Nova Aliança, essas leis não se aplicam mais a nós.   

 

 

 

 

Anúncios

194 Respostas

  1. Barros:
    É uma tese revolucionária…. Da forma como você colocou, parece ser algo lógico e fácil de entender. O problema é que vejo tantas pessoas inteligentíssimas, dedicadas ao estudo das escrituras e em 2 mil anos de teologia cristã, com revolução protestante no meio, etc, e ninguém chegou a conclusão que você chegou. Bem, só vejo duas possibilidades: ou é uma tese genial e revolucionária ou tem falhas e não se sustenta. Eu não sou profundo conhecedor da bíblia para te responder. Você já tentou apresentar essa tese para a igreja católica e as protestantes?

  2. Eu acredito que quando as igrejas descobrirem que esta pequena quantidade de gays existente no mundo em relação aos hetwros também tem grana para repassar a ela, imagino que elas vão olhar com muito mais brilho nos olhos a todos os gay.

  3. Barros
    Uma das coisas que mais aprecio nos seus textos é que eles sempre levam a alguma nova forma de pensar essas questões.
    Por exemplo, se a ideia do Deus tivesse sido calcada na mente feminina ao invés da mente masculina, quais seriam os absurdos, contradições, preconceitos, etc., que formariam a “lei sagrada”?

    Também, é interessante notar o pragmatismo desse Deus dos hebreus em sua qualidade, como diz o Greg, de “onicoisente”, em não se pronunciar sobre o comportamento dos animas ditos irracionais, já que entre eles há comportamento semelhante ao dos homossexuais humanos.
    Não se justifica sob o argumento de que os demais animais são irracionais, inferiores sob os olhos divinos aos humanos, já que a argumentação dos crentes é que o Deus fez o sexo com fins de reprodução apenas.
    Daí o pragmatismo: não dá para incutir o temor de Deus nas outras espécies, não é?

  4. André Lopes

    Ou a tese do Barros põe a nu o absurdo de tantas pessoas “inteligentíssimas dedicadas ao estudo das escrituras” estarem há mais de dois mil anos levando a sério a mitologia criada por um grupo de nômades semi-civilizados. Põe a nu o fato de quão absurdo é haver tantos pretendendo que devemos viver sob os ditames dessa mitologia.

  5. Shirley, quando levantaram essa questão para o Silas Malafaia, ele veio com essa: “A lei de Deus, como a própria Bíblia diz, é eterna”.

    Mas segundo a doutrina cristã, Jesus estabeleceu aquela Nova Aliança, em detrimento da Aliança anterior: é o velho “não vivemos mais sob a LEI, mas sob a Graça”, em que o cristão se exime de cumprir as leis absurdas de Deus, como não comer carne de porco, nem matar quem trabalha no sábado.

    Ora, segundo a própria Bíblia cristã, a lei Eterna de Deus… sofreu uma mudança. É ou não é um paradoxo?

  6. ssrodrigues:
    Você é fruto da cultura judia-cristã, por mais que tente refutar. Há muitos livros profundos e inteligentes sobre o cristianismo. Você acha agora que tese de blog vai ser levada mais a sério os livros escritors nos ultimos 2 mil anos?
    A que mitologia você se refere? Você acha que Jesus nunca existiu?

  7. ssrodrigues:

    já que a argumentação dos crentes é que o Deus fez o sexo com fins de reprodução apenas.

    De onde você tirou esse pérola?

  8. Andre Lopes, em 19/01/2014 às 02:38 disse:
    Barros:
    É uma tese revolucionária. […] O problema é que vejo tantas pessoas inteligentíssimas, dedicadas ao estudo das escrituras e em 2 mil anos de teologia cristã, com revolução protestante no meio, etc, e ninguém chegou a conclusão que você chegou.

    André Lopes, que tal lembrar que você também tem um cérebro e não precisa apenas confiar no que as outras pessoas escreveram nos últimos dois mil anos?

    Tente encontrar as respostas para algumas perguntas simples como, por exemplo:

    1. Por que um Deus superpoderoso que criou todo o universo, que é eterno e perfeito, por que ele iria proibir as pessoas de comer carne de porco?

    2. Por que um Deus superpoderoso, eterno e perfeito, que é infinitamente bom e que ama a humanidade estaria tão mais preocupado com o ânus das pessoas do que com a felicidade delas??

  9. André Lopes

    Você é fruto da cultura judia-cristã, por mais que tente refutar. Há muitos livros profundos e inteligentes sobre o cristianismo. Você acha agora que tese de blog vai ser levada mais a sério os livros escritors nos ultimos 2 mil anos?
    A que mitologia você se refere? Você acha que Jesus nunca existiu?

    Sobre a primeira afirmação, eu, como todo mundo, sou fruto de um amálgama cultural cuja origem remonta a um período anterior ao surgimento dos hebreus, dos quais se originou a cultura judaico-cristã.
    Nem por isso significa que estamos sujeitos a um determinismo absoluto.
    Para ficar apenas num exemplo dentre muitos: o costume de velar e enterrar nossos mortos. No meu caso, entre ser enterrada e cremada, prefiro a segunda opção mas é fato que não dou a mínima para o que farão com meu corpo morto.

    Sobre a “tese de blog” vs os “livros profundos e inteligentes sobre o cristianismo”.

    Do meu ponto de vista,há uma objeção considerável quando uma pessoa inteligente e com razoável bagagem cultural escreve com a intenção de demonstrar que o deus hebraico é real.
    Em tempo: não há que se fazer distinção entre o cristianismo e o deus hebreu, já que o primeiro deriva do personagem que se intitulava filho desse deus.

    A objeção é que quando alguém, por mais inteligente e culto que seja, defende a existência concreta desse deus está falando ás próprias necessidades apenas e sua produção não tem, para mim, qualquer condição de ser considerada. Só tem importância para aqueles que comungam da crença, para quem importa mais obter uma resposta confortante do que se arriscar considerando outras possibilidades.
    Então sim, eu penso que para pessoas compromissadas com um mínimo de coerência, a “tese de blog” poderá ser mais consistente do que um ser cuja existência não é factível.

    A respeito do seu Jesus, acho que é perfeitamente possível que um homem tenha andado pela Judeia se dizendo filho do deus hebreu. Qual é o seu ponto aqui?

    A “pérola” a que você se refere tem origem nas próprias palavras, entre outros tantos crentes.
    Numa das postagens dessa série você afirma que o homossexualismo é biologicamente errado.
    Biologicamente, nossa necessidade por sexo e o prazer que se obtém com ele destina-se a fins de reprodução para perpetuação da espécie.
    Quem diz que fomos criados pelo Deus é você, não eu.
    Ocorre que há casos de atividades sexuais entre os animais de um mesmo gênero, além de nós, humanos.
    Você, como todo crente, quando não pode responder diretamente uma questão simples como essa, sai pela tangente ou muda de assunto.

  10. Barros:

    Concordo, temos que usar o nosso raciocínio de maneira independente e não aceitar/rejeitar algo somente baseado em quem escreveu. Sobre as suas colocações, aqui minha contribuição:

    Por que um Deus superpoderoso que criou todo o universo, que é eterno e perfeito, por que ele iria proibir as pessoas de comer carne de porco?

    Também não tem sentido para mim. O que posso dizer é que não conheço nenhuma igreja cristã que proíba tal prática. O velho testamento é muito difícil de entender e tem outros exemplos que são aparentemente errados. O que posso dizer é que minha aproximação ao cristianismo deu-se por Jesus, sua humildade e mensagem de amor e ao novo testamento. O problema é que o cristianismo não nega o velho testamento, e esse é um problema para mim também, mas não um problema que justifique eu negar a existência de Deus ou de Jesus.

    Por que um Deus superpoderoso, eterno e perfeito, que é infinitamente bom e que ama a humanidade estaria tão mais preocupado com o ânus das pessoas do que com a felicidade delas??

    Por que a mensagem é exatamente que a felicidade verdadeira é alcançada respeitando o ‘Manual de Uso” do ser humano. Em outras palavras, o tesão anal é algo muito passageiro que não leva à felicidade verdadeira, muito pelo contrário, como a pornografia, o materialismo, etc, são prazeres efêmeros que desviam o ser humano da felicidade verdadeira . A mensagem de Deus fala em plenitude do ser humano, em amor verdadeiro, esse é o caminho da felicidade.
    O cristianismo acredita que o corpo humano foi criado a perfeição por Deus e nesse corpo cada órgão tem sua função, sendo a função do ânus outra. Outro complicador é que quem se dedica ao prazer anal, provavelmente está negligenciando outros aspectos que levam a felicidade plena que é a busca de uma pessoa do sexo oposto para amar, casar, ter relações sexuais prazeirosas e eventualmente filhos.

  11. André Lopes, se você não consegue perceber as contradições presentes nessas linhas que escreveu acima, então não há como manter uma discussão minimamente proveitosa.

  12. ssrodrigues:

    A respeito do seu Jesus, acho que é perfeitamente possível que um homem tenha andado pela Judeia se dizendo filho do deus hebreu. Qual é o seu ponto aqui?

    Você se referiu a mitologia, achei que estivesse inferindo que Jesus era um mito. Pelo que entendi você aceita a existência do Jesus histórico, mas não acredita que ele era filho de Deus. Ok, é uma questão de crença mesmo.

    Numa das postagens dessa série você afirma que o homossexualismo é biologicamente errado.

    Sim, mas essa afirmação não leva a concluir que o sexo heterosexual para os cristãos é somente para reprodução. Os católicos aceitam por exemplo o planejamento familiar por meios naturais ex. a ‘tabelinha’, ou seja, pode haver relações sexuais dentro de um casamento por prazer do casal.

    Ocorre que há casos de atividades sexuais entre os animais de um mesmo gênero, além de nós, humanos. Você, como todo crente, quando não pode responder diretamente uma questão simples como essa, sai pela tangente ou muda de assunto.

    Aqui vai a resposta sem sair pela tangente. Há casos de animais que comem os próprios filhos, que a fêmea mata o macho após copular, etc. O fato de existir na natureza por sí só não faz correto, pois o que nos diferencia dos animais é que o homem é um ser moral, os animais agem por simples instinto. Eu creio sinceramente que há pessoas boas, honestas, bem intencionadas com atração por pessoas do mesmo sexo. Mas há também pessoas boas e honestas com uma líbido sexual muito forte, e mesmo assim a igreja diz que a traição é pecado e o sexo deve ser após o casamento. Ou seja, nós temos que lidar com nossos impulsos, não é perseguição aos homosexuais.

  13. SS

    Ocorre que há casos de atividades sexuais entre os animais de um mesmo gênero, além de nós, humanos.

    muita “boa” referência a ser seguida, próxima da irracionalidade animal isso só confirma o que eu ja falei, sexo homossexual é mesmo irracional.
    A um passo de começarmos seguir os incestos animais.
    Ou de comermos outros animais…he…he…he..he

  14. Andre / Barros

    Moisés teve uma educação na egípcia, que sabiam que defecar e manter excrementos ao ar livre, comer carne de porco e enfiar o pau na merda era causa de muitas doenças, talvez isso justifique tais leis feitas por ele, proibindo tais praticas.
    Eu acho isso tudo uma grande porquice….ha..ha…ha…ha.

  15. Então não eram leis vindas de Deus? Saiu tudo da cabeça de Moisés? Parabéns, Criaturo, você acabou de provar que Deus não existe.

  16. André Lopes

    Você e muitos outros crentes dizem que sexo homossexual é biologicamente errado. Também dizem que o Deus foi quem criou tudo. Se fosse assim, o Deus deveria ter deixado disposições a respeito das outras espécies , já que biologicamente sexo e cópula são para reprodução. Como os seres humanos encontraram formas de driblar o imperativo biológico, vocês crentes precisam ficar arrumando desculpas e justificativas para o Deus, já que as contas não fecham, por assim dizer. Um ser perfeito, que não dá conta de fazer sua criação de acordo com suas próprias especificações, é uma impossibilidade.
    O tal do “ser moral” come os filhos sim. Em situações de exceção, mas come. O tal do ‘ser moral” se mata entre si o tempo todo, movido pelas razões mais mesquinhas, sem a desculpa de ser irracional ou de agir movido pelo instinto.

    Quanto á orientação da igreja católica relativa à contracepção, ela é hipócrita e irresponsável.
    Há muitas mulheres cujo ciclo menstrual é irregular e não permite a tabelinha.Recentemente soube de um casal, que já tem seis filhos, todos nascidos por cesárea; a esposa tem apenas 29 anos e as crianças nascem com intervalos entre um ano e um ano e meio. Não é provável que o útero dela continue resistindo a essa violência, mas ambos pretendem continuar seguindo a orientação da igreja.Se ela morrer por um rompimento da parede uterina, a igreja vai ressuscitá-la para criar os filhos? Ou o casal deverá renunciar ao sexo?
    Resumo da ópera: ou o casal católico tem uma quantidade de filhos aos quais não pode criar em condições dignas ou usa métodos contraceptivos artificiais e fica na condição de pecador, ou a mulher se sujeita a correr risco de morte.

  17. Barros

    Então não eram leis vindas de Deus? Saiu tudo da cabeça de Moisés? Parabéns, Criaturo, você acabou de provar que Deus não existe.

    sendo assim, acabou a discussão , pode encerrar esse blog,mas acredito que algumas foram inspiradas por espíritos superiores.

  18. SS

    controle de natalidade é função do governo, pois no final todos pagam as contas desse notório excesso populacional.

  19. Criaturo,

    Ué! Você sempre parece tão preocupado com a procriação, perpetuação da espécie e a extinção da raça humana pelos homossexuais.
    Se acha que estamos com excesso populacional talvez devesse agradecer aos homossexuais por “diminuírem” a procriação.

  20. Marcos

    Agradeço pelo maior numero de mulheres que ficarão disponíveis no mercado

  21. Criaturo,

    Infelizmente para você, também existem mulheres homossexuais.
    Algumas lindíssimas.

  22. sendo assim, acabou a discussão , pode encerrar esse blog,mas acredito que algumas foram inspiradas por espíritos superiores.

    Mas é exatamente isso do que trata o texto: o crente precisa selecionar, de dentro de um pacote só que é a Bíblia, o que vem de Deus e o que não vem. E como a história da humanidade nos tem mostrado, cada um escolhe o que bem entende, de acordo com suas próprias conveniências.

    Você escolhe ser contra o sexo entre homens, mas rejeita apedrejar trabalhadores de fim de semana, por exemplo. A Bíblia é um cardápio, e cada crente pode encontrar lá o Deus de sua preferência. Tem para todos os gostos. Uma vez que Deus é uma criatura inventada, cada um que monte o seu!

  23. Barros:

    A Bíblia é um cardápio, e cada crente pode encontrar lá o Deus de sua preferência. Tem para todos os gostos. Uma vez que Deus é uma criatura inventada, cada um que monte o seu!

    Sua crítica se refere a Bíblia e portanto, ao Cristianismo. Você pode não acreditar na bíblia ou no Cristianismo, mas o debate sobre a existência de Deus é outro, concorda?

  24. Aguenta essa Barros.
    A única razão de ser da bíblia e do cristianismo é a “existência” do Deus, Só que não, ao que parece.
    Primeira vez que vejo um crente admitindo abertamente que substituíram o Deus Javé pelo Deus Jesus.

  25. Não, eu não concordo.

    A menos que você me conte como tomou conhecimento desse Deus, sua criação, seus poderes, suas “qualidades”, suas regras e suas intenções para com essa espécie específica de sua obra divina. Se não fosse a Bíblia, você poderia estar adorando a qualquer outro deus de qualquer outra religião, existente ou ainda por ser inventada.

    Você, como todo crente em Deus, está tão preso à Bíblia como um gênio à sua lâmpada. Como todo crente, você também não percebe que seu Deus só existe dentro desses textos ditos sagrados, porque ele é apenas um personagem de um conto de fadas grotesco. Eu sinto muito dizer isso, mas, de certa forma, você já sabe. Inconscientemente. Esse é o motivo de você frequentar esse blog, desesperadamente procurando uma maneira de se convencer de que eu estou errado. Mas eu não estou. Por isso seus argumentos não se sustentam. Por isso você precisa recorrer à sua fé. Porque a fé permite que você continue se enganando.

    Aceite um conselho de um ateu: leia mais a Bíblia. Talvez assim você desperte para a realidade, como eu despertei há muito tempo atrás. Seu Deus é uma ilusão.

  26. Shirley, ele parece não saber que várias religiões como a dos mórmons, o judaísmo, o islamismo, as testemunhas de Jeová, se valem da Bíblia ou de partes dela. Não só o cristianismo, como ele escreveu.

    Abraço!

  27. BARROS

    a biblia é só um livro com bons e maus exemplos
    E sim ,desaprovo relações homos e apedrejamento, pois ambas atitudes são irracionais.
    o universo não é uma invenção humana, Deus existe e nós somos a prova viva disso.

  28. Andre

    Sua crítica se refere a Bíblia e portanto, ao Cristianismo. Você pode não acreditar na bíblia ou no Cristianismo, mas o debate sobre a existência de Deus é outro, concorda?

    o Barros é um ateu limitado a biblia, ou seja não possui outros argumentos capaz de justificar o seu ateísmo., observe que a maioria dos seus titulos tentam ofender a Jesus gratuitamente ,apenas para dar ibope.

  29. No inferno os demônios autorizados por Satanás podem fazer o q quizerem com o seu corpo inclusive com o seu próprio ânus. Vc vai se lembrar dessa sua blasfêmia quando estiver lá e desse aviso. Ainda tem tempo de se salvar e aceitar Jesus pois Ele Te ama e Te quer com junto dEle.

  30. Cicero nao diga isso! Jesus nao e o verdadeiro deus vivo! o verdadeiro deus vivo e Goku! Goku se sacrificou para salvar a humanidade! Enviou seu filho para acabar com o malefico Cell! arrependa-se de seus falsos idolos ou va para o inferno por toda a eternidade com Freeza e Majin Buu! so Goku salva! ele e amor mas tambem e justiça! Kamen!

  31. Barros,

    Olha a fala do Cícero.

    Ainda tem tempo de se salvar e aceitar Jesus pois Ele Te ama e Te quer com junto dEle.

    Os “T” em maiúsculo significam que ele te venera tanto quanto venera a deus.
    Foi promovido hein?

  32. ssrodrigues:
    É bonitinho ver os ateus jogando de tabelinha, um fala e outro aplaude, um critica e o outro apóia.

    Aguenta essa Barros.
    A única razão de ser da bíblia e do cristianismo é a “existência” do Deus, Só que não, ao que parece.
    Primeira vez que vejo um crente admitindo abertamente que substituíram o Deus Javé pelo Deus Jesus.

    Querida, a Bíblia e o Cristianismo tem como fundamento Jesus sendo o filho de Deus. Uma pessoa pode crer num criador inteligente, com vontade própria fora de nosso espaço e tempo e não crer em Jesus, portanto, é teísta mas não é cristão. Essa noção é tão elementar, se precisar de mais explicação me avisa.

  33. Barros:

    Eu sinceramente esperava mais QI num ambiente dominado por ateus. As noções de Teismo e Cristianismo não são as mesmas. Teísmo é a crença num criador, ser superior fora de nosso espaço e tempo. Cristianismo é a crença em Jesus como filho de Deus e salvador. Eu posso ser teísta e nem acreditar que Jesus existiu.

    Como todo crente, você também não percebe que seu Deus só existe dentro desses textos ditos sagrados, porque ele é apenas um personagem de um conto de fadas grotesco

    Novamente confundindo bíblia com teismo. Até agora não vi um único texto do seu blog atacando racionalmente a existência de DEUS, somente vejo críticas ao cristianimo e a bíblia.

    Esse é o motivo de você frequentar esse blog, desesperadamente procurando uma maneira de se convencer de que eu estou errado.

    O motivo é muito simples: como ser racional, busco a verdade, dou aos ateus a oportunidade de me mostrar que o ateísmo tem sentido. Sinto-lhe dizer que até agora tudo que li sobre ateísmo no seu blog ou nos Dawkings e Hitchens da vida, só fortaleceu meu teísmo. Sou mais teísta do que nunca.

    Por isso seus argumentos não se sustentam. Por isso você precisa recorrer à sua fé. Porque a fé permite que você continue se enganando.

    Agradeço se puder me apontar no seu blog para os seus ‘argumentos’ sobre o ateísmo. Até agora só vi crítica a bíblia, principalmente ao velho testamento. Estou sinceramente interessado em seus argumentos baseados em premissas e conclusões de por que Deus não existe. Dispenso a retórica.

  34. No inferno os demônios autorizados por Satanás podem fazer o q quizerem com o seu corpo inclusive com o seu próprio ânus. Vc vai se lembrar dessa sua blasfêmia quando estiver lá e desse aviso. Ainda tem tempo de se salvar e aceitar Jesus pois Ele Te ama e Te quer com junto dEle.

    se ele estiver certo, o diabo irá por o espeto no lugar errado, Valei-me meu padim padi ciço!

  35. Andre Lopess
    pelo visto vc NAo leu os textos do blog, mais do que sobram argumentos contra Deus!! ja q vc nao quer mais criticas sobre Jesus e a biblia porq vc passou a ser teista nao CRistao de uma hora para a outra, vai a dica:

    digita DEUS no blog e vc vai achar inumeros textos com argumentos mostrando que esse ser é uma ilusao da sua cabeça que foi desde pequena alimentada pelos seus pais , familia e sociedade, e agora vc NAo quer aceitar que foi enganado!!!
    a diferença é que os ateus aceitam que estavam equivocados em acreditar em Deus por conveniencia e por pressao da sociedade! falta so coragem a outras pessoas como voce!!
    ta ai, se tiver coragem é so ler!

  36. Enviou seu filho para acabar com o malefico Cell! arrependa-se de seus falsos idolos ou va para o inferno por toda a eternidade com Freeza e Majin Buu! so Goku salva! ele e amor mas tambem e justiça! Kamen!

    agora sim entendi! o diabo é o Majin Buu e tem poder sobre os anus humanos, é por isso que ele vivia alertando: “vou ti comer…vou ti comer…” Barros é melhor voce evitar ir parar no colo do capeta, que o espeto pode vir a machucar o seu intimo, ai quero ver voce não olhar para traz e se arrepender do que faz….la…la…la…la…..la.

  37. Andre

    se Jesus é o filho unigênito de Deus , nos seriamos o que exatamente ?

  38. Andre

    Cristianismo é a crença em Jesus como filho de Deus e salvador. Eu posso ser teísta e nem acreditar que Jesus existiu.

    Salvador de quem ou de que ?

    Novamente confundindo bíblia com teismo. Até agora não vi um único texto do seu blog atacando racionalmente a existência de DEUS, somente vejo críticas ao cristianimo e a bíblia.

    concordo, um ateu biblico limitado.

  39. Greg:
    Eu fiz a pesquisa que você recomendou, claro vieram muitos textos pois a palavra chave aparece em praticamente todos os textos. Mas sinceramente, nos textos que lí, é tudo muito retórico, um monte de assertivas e pouco argumento. Acho que o problema é que nem se sabe o que é um argumento, todo argumento tem uma premissa e uma conclusão. Deve-se explicar a premissa, mostrar que é verdadeira e que tal premissa leva a determinada conclusão. Ficar falando “Deus é uma invenção”, “você não tem coragem de não acreditar”, etc, é simples retórica. Agradeço se alguém no forum puder me apontar para um texto do blog que tenha ARGUMENTOS contra o teísmo.

  40. André Lopes

    Gostei do “querida” fez lembrar as saudosas vilãs da época em que valia a pena ver novelas.
    Então você é teísta?! Quem diria… Lendo seus comentários até aqui, o próprio papa seria capaz de jurar pelo Deus que você era cristão, quiçá católico.
    Acho que as pessoas poderão aceitar que se trata apenas de uma falha de comunicação de sua parte, embora haja algumas, pouco dispostas a crer na inata retidão e pureza do ser humano, as quais poderão pensar coisas como “olha só, o André Lopes percebeu que era impossível conciliar a pose de aluninho mais sabido da classe com a crença no Deus Jesus, um ser que com um mínimo de raciocínio percebe-se tratar-se de um personagem totalmente inverossímil, então do nada ele diz que é teísta e passa a repetir isso em toda oportunidade…”.

  41. ssrodrigues:

    Estou começando a gostar de você, por isso vou ser o mais delicado possível: querida, mais uma vez, teísmo é crença em Deus (oposto de ateísmo). Cristianismo é crença em Jesus Cristo como o filho de Deus. Eu sou cristão católico e por consequência, teísta. Absolutamente 100% dos cristãos são teístas, pois não tem sentido ser cristão e não ser teísta. Exemplo não perfeito pois tem exceções (antes que o meu querido Marcos já veja me corrigir): é como dizer que uma pessoa para ser paulista tem que ser também brasileira, não dá para dissociar. Lembra das aulas de matemática, um conjunto contido dentro do outro? É isso, me avise se tiver mais perguntas!

  42. André Lopes

    Sabe, enquanto era só o Criaturo com essa insistência sobre o “ateu de bíblia”, dava para deixar passar, já estamos acostumados ás suas… excentricidades intelectuais, mas aí você também juntou-se ao coro e eu pensei: será?

    Será que a turma crente passou a acreditar em deuses alternativos, será que agora a bíblia deles é, sei lá, Eram os Deuses Astronautas? E seu profeta é o Erich Von Däniken? Alguma coisa assim.
    Dei uma atualizada nos meus conhecimentos sobre isso e nada, os pastores e padres continuam usando a bíblia como fonte de suas homilias e pregações.
    Por aí se vê que sua preocupação quanto ao nosso QI não procede, pode descansar sossegado, nem é o caso de reclamar de discriminação por ainda não estarmos dedicando algum tempo ao seu deus customizado. É que fazemos mais o tipo tradicional, entende? E democráticos, também, somos pela maioria. No momento em que vocês deixarem de ser minoria, em que todos ou quase todos estiverem cultuando esse novo deus, que ao que parece será um híbrido do Deus Javé, Deus Jesus e um alien, a gente deixa a bíblia de lado e volta nossa atenção para o tal.
    Leremos toda a, como posso dizer, bibliografia a respeito com muito mais afinco que os neocrentes (no que não se verá nenhuma novidade, diga-se de passagem), analisaremos a personalidade do novo deus e demonstraremos por ‘a’ mais ‘b’ porque esse também será um absurdo. Tudo certinho?
    Agora senta lá, Cláudia.

  43. André Lopes

    André Lopes

    Conjuntos matemáticos é? Isso me lembra raciocínio lógico.
    Sendo que a bíblia é a manifestação das vontades do Deus e sua palavra sagrada;
    Sendo que o Jesus é o autodeclarado filho do Deus;
    Sendo que a palavra sagrada do Deus (a bíblia) afirma que o Jesus é o próprio Deus que se fez carne;
    Sendo que a crença nisso tudo constitui as religiões dominantes no Brasil, os ateus deveriam especular sobre a existência de qual deus exatamente?
    A respeito de qual livro deveriam basear suas objeções e apontar os absurdos nele contidos?
    Caso não consiga atinar com a resposta, me avise que eu desenho

  44. O André Lopes escreveu tanto que acabou se esquecendo de me informar algo muito importante:

    A menos que você me conte como tomou conhecimento desse Deus, sua criação, seus poderes, suas “qualidades”, suas regras e suas intenções para com essa espécie específica de sua obra divina.

    E aí, na boa: seria bom esse povo parar de dizer que Jesus me ama e que Jesus me quer. Nada contra os homossexuais, obviamente, mas eu sou hétero. Assim, acho melhor Jesus ficar “cantando” só o João mesmo. Quem sabe um dia ele baixa a guarda…

    Esses crentes “bate e corre” só enchem o saco.

  45. Ah, só mais uma coisa: o “ateísmo” faz sentido porque Deus não existe.

    Se ele realmente existisse, a gente, como todo mundo, iria saber. Não haveria necessidade de fingimento, e todos nós iríamos compartilhar essa desgraçada sorte de ter nascido num universo governado por um psicopata.

  46. Querida ssrodrigues:

    Não sei mais como me explicar, vamos tentar de outro modo, aqui vai a definição do Wikipédia, não sou eu que estou dizendo:

    Teísmo (do grego Théos, “Deus”) é uma crença na existência de deuses, seja um ou mais de um, no caso de mais de um, pode existir um supremo1 . Teísmo não é religião, pois não se trata de um sistema de costumes, rituais e não possui sacerdotes ou uma instituição.
    * A propósito eu acredito em somente um ser criador do universo. Não sou politeísta.

    Cristianismo (do grego Xριστός, “Christós”, messias) é uma religião abraâmica monoteísta 1 centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré, tais como são apresentados no Novo Testamento.2 A fé cristã acredita essencialmente em Jesus como o Cristo, Filho de Deus, Salvador e Senhor.

    Sobre a questão da lógica e como os ‘crentes’ são bobinhos e acreditam em papai noel, eu aceito o desafio, vamos debater a existência ou não de Deus com base na razão e não na fé. Eu aceito, se o Barros deixar eu topo que ele escreva as suas razões e eu escrevo as minhas e concordo em me manter fora da bíblia, só vou usar argumentos de lógica, física e filosofia. Poderíamos colocar na página principal do blog para ser mais fácil para as pessoas lerem.

    Acho que temos que entender que tem crente de todos os tipos, dos inteligentes aos burros e fanáticos, assim como ateus. Quando eu era jovem, tinha até uma piadinha: “saiu com a fulana? Mas ela é crente.” e outro “Crente do cú quente”. Desculpe, deveria ter falado ânus, como o título do texto do Barros.

    Portanto, não pense que não há cristãos muito lógicos e racionais que mesmo assim decidem por livre vontade acreditar na existência de Deus.

  47. Barros,

    Vamos lá, se não respondi algo é por que achei irrelevante ou me esqueci, não hesite em me lembrar, como fez agora:

    A menos que você me conte como tomou conhecimento desse Deus, sua criação, seus poderes, suas “qualidades”, suas regras e suas intenções para com essa espécie específica de sua obra divina.

    No meu caso, como cresci num lugar de grande maioria cristã, eu tive o primeiro contato com a noção de Deus pela bíblia, mas o que isso tem a ver com a definição de teísmo e cristianismo? Se o seu ponto é que o Brasil é esmagadoramente cristão, concordo, é fato. Mas isso não muda a definição de algo. Se eu cultuasse a lua, o vulcão, o sol ou quem fosse, sim, seria um outro “deus”, mas o meu ponto é que sou teísta no sentido de acreditar que um ser fora de nosso espaço e tempo criou o universo.

    Eu sei que a questão da Bíblia envolve mais fé, quando eu vejo a instituição igreja católica, de 2 mil anos, suas obras, seus filósofos e vejo que tudo começou com uma pessoa descalça e 12 pescadores, que negaram a Jesus mas após sua morte e aparição acabaram por ser executados por se recusar a negar a Jesus, eu acho uma história muito forte. Mas eu até entendo que uma outra pessoa pode não achar. No fim, é mesmo uma questão de fé. Ninguém é obrigado a acreditar na bíblia. Já com relação ao ateísmo, eu tenho fortes reservas por que para mim ateísmo é negar a existência de Deus e eu nao vejo argumentos fortes muito menos provas para isso. E antes que diga que ateu não tem que provar nada, discordo. Se você afirma algo, tem que provar. Se você for agnóstico, ou seja, diz que não sabe se Deus existe ou não, neste caso nao precisa provar.

  48. Barros:

    Ah, só mais uma coisa: o “ateísmo” faz sentido porque Deus não existe.
    Se ele realmente existisse, a gente, como todo mundo, iria saber. Não haveria necessidade de fingimento, e todos nós iríamos compartilhar essa desgraçada sorte de ter nascido num universo governado por um psicopata.

    Há uma falha na sua conclusão. Eu posso dizer”Barros é hetero, por que se fosse homo todos iríamos saber”? Nao posso, o fato de eu não saber a razão de algo, não quer dizer que não haja uma razão.

    A sua pergunta é boa e nao sabemos a resposta com certeza, alguns teólogos entendem que Deus nos deu o livre arbítrio pois seu plano é que voltemos a ele por nossa própria vontade. Se ele aparecesse em horário nobre na TV, sería muito fácil, bandidos, estupradores, todos iriam virar “santos” pois não há dúvidas sobre Deus. Mas essa é uma simples tese, acredita quem quer.

  49. André Lopes:

    Você pode não acreditar na bíblia ou no Cristianismo, mas o debate sobre a existência de Deus é outro, concorda?

    Primeiro, tentando invalidar meu raciocínio, você quis dar a entender que a noção de Deus estaria para além da Bíblia. Quando solicitei que você me informasse de como tomou conhecimento desse Deus, de suas regras, intenções, etc., você esclareceu que foi através da Bíblia, comprovando aquele raciocínio ao qual inicialmente se contrapôs.

    Acreditar na existência de um (UM = artigo indefinido e não o numeral) ser superpoderoso que criou todo o universo e a nós mesmos é uma coisa. Crer em Deus é outra. Se você se enquadra na primeira opção, você é um deísta, e nós não temos o que discutir porque um ser assim está além de qualquer debate, visto que não temos ideia do que diabos ele é, do que ele quer, suas intenções, expectativas, etc.

    Quanto a Deus… Ah, meu querido! Aí a coisa complica pro seu lado, porque supostamente ele teria se revelado através da “Bíblia Sagrada”. Daí você me dizer que a questão da existência de Deus é uma questão à parte da Bíblia é puro desespero intelectual, comprovado pela sua resposta acima.

    Segundo:

    Já com relação ao ateísmo, eu tenho fortes reservas por que para mim ateísmo é negar a existência de Deus e eu nao vejo argumentos fortes muito menos provas para isso.

    Lamento informá-lo de que você, além de não saber exatamente que tipo de crença tem, também não sabe o que é ser ateu. Pesquise no blog mesmo que eu já tratei sobre esse assunto inúmeras vezes. Eu poderia recomendar que você apenas consultasse um dicionário, mas dicionários são feitos por pessoas, e as pessoas, geralmente, têm uma religião, e nós vivemos num país cuja imensa maioria das pessoas é católica, então, seria fácil concluir que num dicionário alguém definiu ateu como o descrente em “Deus”. É a definição tendenciosa.

    Terceiro:

    Há uma falha na sua conclusão. Eu posso dizer ”Barros é hetero, por que se fosse homo todos iríamos saber”?

    Sua analogia é tão desastrosamente incoerente que chega a dar dó. Eu gostar ou não de uma pessoa do mesmo sexo que eu é uma característica apenas dentre as inúmeras características da minha personalidade: eu, um indivíduo finito, limitado, mortal, comum. Agora você quer comparar aquela característica à existência de um ser supremo, onisciente e onipresente que me ama muito e que supostamente quer que eu o conheça?

    Se o seu Deus existisse e quisesse “se revelar” à humanidade, sim, meu caro, todos nós tomaríamos conhecimento de sua existência, pois ele certamente saberia como fazer isso. E não há nada sob o céu e embaixo da terra que me faça engolir a sua tese de que ele se revelou a você e aos seus colegas de boca de culto.

  50. Se ele aparecesse em horário nobre na TV, sería muito fácil, bandidos, estupradores, todos iriam virar “santos”

    Qual é o problema? Por que Deus não iria querer que todo mundo virasse santo? Por que o Inferno ia ficar vazio e seria um desperdício de investimento?

  51. Andre Lopes

    Se você afirma algo, tem que provar.
    r – pode começar entao a provar a existencia de Deus!
    eu chego pra vc e digo: tenho 1 bilhao de reais na conta bancaria, vc diz; prove1! afinal eu estou afirmando algo! — ai eu apresento um extrato e vc pode acreditar nesta prova ou nao! ——– mas ja é algo concreto, nao acha? —- talvez precise mais provas., Ate convencer
    quanto a Deus estamos esperando uma prova ainda, porq NAo veio nemhuma em todo este tempo. a partir da 1a podemos investigar e exijir mais provas e dar por satisfeito!

    a unica coisa que se escuta sao crentes (catolicos ou nao) dizendo que tiveram uma inspiraçao , um encontro, uma experiencia com Deus!
    que nunca pode ser reproduzida novamente e para que outros vejam e sintam e aconteça algo concreto e real em suas vidas.
    sao sempre suposiçoes e vontades! santas chorando, fulano que arruma emprego depois de orar, mas que antes disso nao saía para procurar.
    gente que se cura de gripe, dor de cabeça, tontura etc. nunca de coisas graves e dificeis, para isso vao ao medico, hospital e etc. padres e pastores tem otimos planos de saude e medicos , porq Nao confiar em Deus? pedir mais um tempinho!!

    Deus nao fala, nao ouve, nao escuta, nao responde, nao se envolve, nao aparece, nao da sinais claros de nada, NAo cura, nao evita tragedia, guerras, etc, todos estao pela propria sorte. aonde ele esta??? ou se pode confirmar que so os religiosos sabem?????????/ pra que ele serve??? qual sua utilidade??? qual sua vontade , se nada que esta nos livros sagrados, (nao so biblia, mas alcorao e outros) valem?? ou estao errados!!
    estamos esperando o 1o argumento em favor de algum Deus, infelizmente a espera é longa!!
    vc andre Lopes é mais um Neocrente (que pelo visto esta na moda) acredita num Deus que NAo esta na biblia e em nemhum outro conto sagrado, mas existe e todo o religioso sabe disso! —- mesmo esses religiosos divergindo entre si e existindo milhares de religioes e seitas, e cultos e fe diferentes. O Neocrente, carente como todo o ser humano e querendo ser especial , criou um mito que satisfafaz seus desejos e o mntenha inserido dentro da sociedade como mais um dos: “que estao certos em acreditar” mesmo Nao sabendo no que realmente acreditam.

    mas o medo e a carencia sao tao grandes que o sujeito acha a coisa mais normal do mundo crer naquilo que lhe preenche o vazio, apenas o “seu” vazio e nao ver nada de errado nisso! afinal tem um vizinho que acredita num deus a sua maneira e preenche o vazio dele tambem!
    qual o mal nisso???? ser enganado por si mesmo é pecado??????
    o Neocrente na maioria das vezes Nao precisa de pastor, padre ou guia para enganá-lo — ele se ENGANA sozinho!! de maneira = RACIONAL!!

  52. andre Lopes
    Se ele aparecesse em horário nobre na TV, sería muito fácil, bandidos, estupradores, todos iriam virar “santos”

    vou fazer o seguinte: amanha vou estuprar uma moça “de DEus” ai depois vou me converter, aceitar Jesus e virar santo!!
    veja que beleza: nem preciso mais ter fe e me redimir , é so Deus aparecer em horario na tv que vou virar santo!! simples!!
    ahhhhhhhhhhh, agora que sei que ele existe mesmo, afinal “apareceu na tv”” lugar sincero e verdadeiro aonde nao ha maracutaaias e ilusoes criadas para enganar e divertir! (vide BBB) , novelas etc. todos vamoos ficar bonzinhos e ir pro ceu!
    andre lopes = Portanto, não pense que não há cristãos muito lógicos e racionais que mesmo assim decidem por livre vontade acreditar na existência de Deus.
    r – pura carencia emocional!! — fora do espaço/ tempo, pode existir tudo ! menos o seu Deus, que é algo pessoal e intransferivel , quando o seu cerebro se apagar e a carga eletrica dos seus neuronios acabar, o Seu Deus vai junto com voce! nao sera nem mesmo um atomo, uma lembrança! voce e seu Deus serao poeira cosmica nesse universo que so existia porq voce existia!

  53. Barros
    vc se esqueceu do adjetivo – “ONICOISENTE” porq isso é algo tao esplendido e maravilhoso que nao pode ser colocado e entendido ! é algo que vem de dentro sabe!! ??? uma força, uma emoçao, uma vontade tao grande de que a ONIcoisencia exista , que é impossivel definir a grandeza astronomica desta sintese cosmica universal paradoxal que é eterna, sempre existiu e existirá e que melhor ainda:
    TE ama e te quer junto dela! A Onicoisencia tambem é carente e quer amigos , aceita ela? ela salva e liberta! como um tal Jesus, mas agora, como os Neocrentes sao maioria nesse mundo “Onicoisado” a Onicoisencia é sim a verdade e a vida e aquele que a segue estara……….
    bla, bla, bla………………….. bla……….. ble……………. blu…………….. pra todo o sempre!!

    engraçado!! me senti o Criaturo agora!! ———-

  54. Barros:

    Daí você me dizer que a questão da existência de Deus é uma questão à parte da Bíblia é puro desespero intelectual, comprovado pela sua resposta acima.

    É tão elementar a discussão que me impressiono ainda estarmos nela. Hindus, Budistas, Muçulmanos todos acreditam em Deus e não precisam de Bíblia para isso. Você igualar Bíblia a Deus é um erro muito básico, pega mal.

    Acreditar na existência de um (UM = artigo indefinido e não o numeral) ser superpoderoso que criou todo o universo e a nós mesmos é uma coisa. Crer em Deus é outra. Se você se enquadra na primeira opção, você é um deísta, e nós não temos o que discutir porque um ser assim está além de qualquer debate, visto que não temos ideia do que diabos ele é, do que ele quer, suas intenções, expectativas

    Sim, sou deísta, a primeira opção. Por que você diz que não temos o que discutir? Pensei que esse blog existisse para isso. Você não é ateu? Você não afirma que Deus não existe? Ou você só é ateu de bíblia somente, o que equivaleria a negar o cristianismo, assim como eu nego o islamismo?
    Você deve ter alguma base racional (espero) para a sua conclusão ateísta. Encerrar a discussão antes de começa-la pega mal.

    Lamento informá-lo de que você, além de não saber exatamente que tipo de crença tem, também não sabe o que é ser ateu

    Depois dessa afirmação você escreveu 6 linhas e não disse qual a sua definição de ateu.

    Sua analogia é tão desastrosamente incoerente que chega a dar dó.

    Sinto que você não gostou da analogia. Vou usar outras palavras para ver se você entende: a falta de evidência não é evidência da falta, ou não é por que você não sabe por que Deus não se revela que isso é evidência que ele não existe. Não posso ser mais claro que isso.

  55. Greg:

    Se você afirma algo, tem que provar.
    r – pode começar entao a provar a existencia de Deus!

    Greg, meu ponto é exatamente que os ateus tem o mesmo ônus da prova que os deístas. Os único que não tem que provar são os agnósticos, que afirmam não saberem se Deus existe ou não.

    Provas cabais também sabemos que não há, de nenhum dos lados, senão não estaríamos aqui debatendo. A conclusão é baseado na maior quantidade de evidências de um lado ou de outro. Meu ponto foi que ateu que AFIRMA que Deus não existe, depois senta a bunda na cadeira e diz “eu não tenho que provar nada, você que prove que Deus existe” está equivocado.

    aqui está um bom artigo sobre o assunto: http://grandeprojeto.blogspot.com/2014/01/o-ateismo-e-uma-crenca-ou-uma-falta-de.html

    a unica coisa que se escuta sao crentes (catolicos ou nao) dizendo que tiveram uma inspiraçao , um encontro, uma experiencia com Deus!

    Ok, eu entendo que esses depoimentos são subjetivos, a mim também não surtem efeito. Mas eu estou aqui pronto para o debate racional, lógico. Esqueça dos crentes da igrejinha da esquina, como eu já disse tem crente e ateu para todos os gostos. Melhor restringirmos ao grupo aqui do blog.

    estamos esperando o 1o argumento em favor de algum Deus, infelizmente a espera é longa!!

    Até agora não vi nenhum argumento decente a favor do ateísmo. É importante saber diferenciar um argumento de uma simples afirmação. O que vejo por aí são simples afirmações (muitas até agressivas). Argumento tem estrutura, premissas que levam necessariamente a uma conclusão. Abaixo um argumento sobre Deus, no sentido de que o nosso universo foi criado:

    1. Tudo que começa a existir tem uma causa para existir.
    2. O universo começou a existir.
    3. Portanto, o universo tem uma causa para existir.

    vc andre Lopes é mais um Neocrente (que pelo visto esta na moda) acredita num Deus que NAo esta na biblia e em nemhum outro conto sagrado, mas existe e todo o religioso sabe disso!

    Rotulação barata, prefiro discutir objetivamente o assunto em debate.

  56. Greg

    Deus nao fala, nao ouve, nao escuta, nao responde, nao se envolve, nao aparece, nao da sinais claros de nada,
    e dai? seu cachorro sente que você existe,mas não consegue definir o que voce é , então voce não existe ?
    Existem alguns cachorros mais espertos,mas nenhum deles consegue entender o que é um ser humano.
    nós crentes [ estamos nessas mesmas condições de entendimento em relação a Deus.
    Mas existem outros animais tipo vermes menos desenvolvidos que ainda nem ao menos conseguem perceber a existência do homem, esta realidade é cruel.

    NAo cura, nao evita tragedia, guerras, etc, todos estao pela propria sorte. aonde ele esta???

    de espirita o materialismo passou ate limitar acreditar no final da sua própria existência, considerando a continuação da vida, tudo isso torna-se secundário.
    por que Deus iria evitar o fim ou melhor dizendo a transformação de um corpos que ele mesmo criou, voce parece uma lagarta insensata com medo de entrar no casulo.
    Se Deus impor a sua vida qual seria a razão dela ?
    Voce nasceu de um pai e de uma mãe ou veio do nada ?

    ou se pode confirmar que so os religiosos sabem?????????/ pra que ele serve??? qual sua utilidade??? qual sua vontade , se nada que esta nos livros sagrados, (nao so biblia, mas alcorao e outros) valem?? ou estao errados!!
    estamos esperando o 1o argumento em favor de algum Deus, infelizmente a espera é longa!!

    voce esta vivo isto basta, seu resmungão ingrato,

    mas o medo e a carencia sao tao grandes que o sujeito acha a coisa mais normal do mundo crer naquilo que lhe preenche o vazio, apenas o “seu” vazio e nao ver nada de errado nisso! afinal tem um vizinho que acredita num deus a sua maneira e preenche o vazio dele tambem!

    todos nós precisamos de alguem, somos todos carentes, voces ex crentes, decidiram se iludir com uma falsa sensação de independência divina, puro orgulho.
    Mas a nossa fé não é fruto só de carências e culturas impostas ,mas tambem de fatos observados em nossas vidas.

    o Neocrente na maioria das vezes Nao precisa de pastor, padre ou guia para enganá-lo — ele se ENGANA sozinho!! de maneira = RACIONAL!!

    o Neodescrente precisa agregar o pessimismo dos outros ao seu próprio pessimismo, é tudo uma questão de orgulho.

  57. Greg

    r – pura carencia emocional!! — fora do espaço/ tempo, pode existir tudo ! menos o seu Deus, que é algo pessoal e intransferivel , quando o seu cerebro se apagar e a carga eletrica dos seus neuronios acabar, o Seu Deus vai junto com voce! nao sera nem mesmo um atomo, uma lembrança! voce e seu Deus serao poeira cosmica nesse universo que so existia porq voce existia!

    Como hoje somos átomos e a manhã seremos o nada, seu ateísmo é possível mesmo ?
    Caso o seu pessimismo ateu venha se concretizar a não existência será algo bom ou ruim ?

  58. Andre

    1. Tudo que começa a existir tem uma causa para existir.
    2. O universo começou a existir.
    3. Portanto, o universo tem uma causa para existir.

    Neste caso afirma que Deus é incriado ?
    Não necessita de uma causa anterior para existir ?
    o universo esta dentro de Deus ou é algo a parte?

  59. Hindus, Budistas, Muçulmanos todos acreditam em Deus e não precisam de Bíblia para isso.

    Sua ignorância só consegue ser menor do que sua arrogância em teimar em discutir um assunto que, percebe-se, está fora de seu domínio.

    Sim, sou deísta, a primeira opção.

    Não, não é. Você não está no País das Maravilhas onde poderia dar a definição que quisesse às palavras.

  60. André Lopes,

    Abaixo um argumento sobre Deus, no sentido de que o nosso universo foi criado:

    1. Tudo que começa a existir tem uma causa para existir.
    2. O universo começou a existir.
    3. Portanto, o universo tem uma causa para existir.

    Em primeiro lugar, as premissas e a conclusão são questionáveis em nível conceitual. É preciso definir os conceitos e limites de “existir”, de “começar” e de “causa”.

    1. Tudo que começa a existir tem uma causa para existir.

    Com esta premissa posso até concordar.

    2. O universo começou a existir.

    Agora começamos a ter problema.
    É preciso validar sua premissa provando que o universo “começou” a existir. Afinal, o conhecimento científico humano só retorna até o Big Bang. Daí pra trás, existem diversas hipóteses em estudo mas ainda nada conclusivo.
    Alegações como “Se a ciência não descobriu o que havia antes do Big Bang, então o universo só pode ter começado a existir ali” são apenas falácias do tipo Argumentos da Ignorância.
    Você precisa invalidar de forma certa, objetiva e definitiva a afirmação de que “o universo sempre existiu”.

    3. Portanto, o universo tem uma causa para existir.

    Mesmo considerando que suas premissas anteriores estivessem certas, você só chegou à conclusão de que o universo teve uma causa. Não se conclui que foi criado por algum ser supremo.

    Perceba que “ter uma causa” não significa “ser criado por alguém”. Portanto, não é evidência de criação.

  61. observamos que o principio e o fim são apenas estados provisórios em transformação e que se não em essência , na forma tudo é mutável.

    Antes de iniciarmos um debate, se existe ou não um proposito para existência, é necessário padronizar o conceito ” criador / criação” que no meu entendimento não existem, pelo menos não da foma que nos foi convencionado..

  62. Barros:

    Sua ignorância só consegue ser menor do que sua arrogância em teimar em discutir um assunto que, percebe-se, está fora de seu domínio.

    Gostei da sua não-resposta. Não entendi por que preferiu sair agredindo ao invés de responder, aliás, acho que entendi, mas como não tenho certeza não vou dizer.

    Agora, na boa, você é ateu só de bíblia mesmo? Estou tentando te decifrar. Se for assim, eu sou “ateu” do alcorão. Porém, a palavra ateu não pode se aplicar somente a um livro ou religião:

    http://www.significados.com.br
    Ateu é quem não crê em Deus ou em qualquer ser superior. A palavra tem origem no Grego “atheos” que significa “sem Deus, que nega e abandona os deuses”

    Quando eu disse que sou deísta, acredito NUM ser superpoderoso que criou todo o universo você disse:

    Não, não é. Você não está no País das Maravilhas onde poderia dar a definição que quisesse às palavras.

    Se você quer associar deísmo a ausência de religião, ok, então eu não sou deísta. Eu creio num ser superior criador do universo e creio que ele se revelou em Jesus Cristo, mas admito que ele pode ter se revelado em outras religiões também.

  63. Marcos:

    Em primeiro lugar, as premissas e a conclusão são questionáveis em nível conceitual. É preciso definir os conceitos e limites de “existir”, de “começar” e de “causa”.

    Essa técnica de dispensar o argumento dizendo que tem que definir isso ou aquilo antes de qualquer coisa é muito usada. Para mim é rota de fuga. Mas ok, na minha opinião essas palavras estão definidos, mas se discorda, então defina-as e mostre como a premissa é errada.

    É preciso validar sua premissa provando que o universo “começou” a existir. Afinal, o conhecimento científico humano só retorna até o Big Bang. Daí pra trás, existem diversas hipóteses em estudo mas ainda nada conclusivo.

    O Big Bang é quase um consenso na física hoje, é um argumento 100% racional e científico. Sobre o que ocorreu antes do Big Bang, com certeza não será a ciência que vai explicar, pois a ciência necessita de meios FISICOS para provar sua teorias, como ela vai provar algo FORA de nosso espaço e tempo? Todas as hipóteses que se levantam FORA do nosso atual universo é PURA especulação, NADA científico.

    Sobre a conclusão “portanto o universo tem uma causa para existir”, você disse:

    Mesmo considerando que suas premissas anteriores estivessem certas, você só chegou à conclusão de que o universo teve uma causa. Não se conclui que foi criado por algum ser supremo.

    Aqui entram as outras evidências da sintonia do universo, etc. Neste site (em inglês), há 20 argumentos para a existência de Deus:

    http://www.strangenotions.com/god-exists/

  64. Andre Lopes

    esses 20 argumentos que vc colocou afirmndo Deus ja foram rebatidos, agora se vc aceit ou NAo é outra historia!
    e com certeza os ateus te darao 200 motivos para a NAo existncia de Deus!
    e nao tem como voce ser deista e acreditar na religiao crista e em Jesus, isso é fato , vc Nao pode negar!

  65. Greg,
    Pode me enviar ou dizer o site onde estão os 20 argumentos refutados? Tem algo mais de concreto a dizer? Só dizer que foram refutado não basta, estou muito interessado, quem sabe eu mude de opinião.
    Qto a ser deísta ou cristão, é só uma questao de nomenclatura que não estou interessado em polemizar. O que eu acredito eu já expliquei, se não me encaixo em nenhuma definição, ok.

  66. André Lopes,

    dizendo que tem que definir isso ou aquilo antes de qualquer coisa é muito usada. Para mim é rota de fuga.

    Estou apenas antecipando que talvez você use esta rota de fuga. Afinal, o Criaturo faz tanto isso que já me cansei de argumentar por semanas afora para no final ele me dizer que tem um conceito diferente de alguma coisa.

    o que ocorreu antes do Big Bang, com certeza não será a ciência que vai explicar, pois a ciência necessita de meios FISICOS para provar sua teorias, como ela vai provar algo FORA de nosso espaço e tempo?

    Não sei. Concordo que a ciência não dispõe de recursos hoje, mas eu não chegaria a dizer que ela nunca explicará.
    O importante é que você admite, considerando os dados científicos atuais, que não tem como afirmar categoricamente que o universo “começou” a existir ao invés de sempre ter existido.

    Quanto à diferença entre “causa” e “criação” vamos aos seus preciosos 20 argumentos. Se prepare, vai ser longo.

    1 – Argumento do motor imóvel:
    Primeira das 5 vias de Aquino, este argumento falha por ser circular e infinito. O autor do argumento tenta resolver este problema criando uma exceção à sua regra alegando que o tal “motor imóvel” (deus) seria a única coisa que não precisaria ser impulsionada por nada.
    Deslealdade intelectual flagrante.

    2 – Argumento da causa primeira:
    A segunda das 5 vias de Aquino, é uma repaginação do argumento anterior, mudando apenas a idéia de movimento por causalidade. Peca pela mesma deficiência.

    3 – Argumento da Contingência:
    A terceira das 5 vias de Aquino, trata do argumento que tudo que existe não pode ter vindo do nada.
    O problema é que o argumento sustenta que alguma vez o nada existiu, contudo o conhecimento humano de nada se restringe ao nosso universo, o universo conhecido. Ou seja, não dá pra afirmar se era realmente “nada” ou se este algo já existia em outro universo ou dimensão.

    4 – O Argumento do ser perfeito.
    A quarta das 5 vias de Aquino, alega que a graduação de perfeição observada nos seres é evidência de que deve haver um ser que representa a perfeição absoluta e que este seria deus.
    O problema com este argumento é que o ser “melhor” ou “pior” é uma idéia tão relativa, subjetiva e mesmo variável de situação para situação que torna impossível definir a perfeição absoluta, de modo que o reducionismo aplicado no argumento não é válido.

    5 – O Argumento do Design.
    A última das 5 vias de Aquino. Ele apela para a noção de ajuste e ordem verificada na natureza alegando que tal ajuste só poderia ser obra de uma inteligência ordenadora.
    O principal problema deste argumento é a infinidade de evidências científicas que demonstram que o ajuste da natureza foi obtido por milhões de anos de evolução. Este argumento é mais utilizado por criacionistas apreciadores de teorias da conspiração para alegar que a evolução é uma farsa científica.
    Outro problema do argumento é que ele assume uma dicotomia de “acaso” x “design inteligente” que simplesmente não existe.

    6 – Argumento cosmológico de Kalam.
    É exatamente o mesmo argumento que você apresentou originalmente e que eu demonstrei inválido.

    7 – Argumento da Contingência
    Alega que o que é necessário para dar existência ao universo deve estar fora dele do espaço e do tempo.
    O problema com este argumento é o mesmo dos outros. Nosso conhecimento científico sobre qualquer coisa fora do espaço e tempo e fora do universo é inconclusivo.
    O argumento faz premissas e conclusões que não são passiveis de serem testadas. Especulação.

    8 – Argumento da interdependencia no mundo
    É um argumento filosófico que afirma que as “partes” do mundo interagem entre si e com o “todo” formando um sistema eficiente. Desta forma, tal eficiência só poderia ter uma causa “inteligente”.
    É uma variação filosófica do argumento do design inteligente com nuances de “argumento do ajuste fino” e tem exatamente a mesma falha. Trata-se de uma tentativa de fugir das implicações científicas se escondendo atrás das subjetividades da filosofia.
    A falha está em ignorar que o ajuste fino do universo só é observado porque é o que existe hoje e é considerado perfeito pelos que foram contemplados (nós).
    Se as constantes cosmológicas fossem diferentes, o universo seria totalmente diferente, como uma densa nuvem de gases por exemplo, e talvez oferecesse condições de surgimento de outras formas de vida que não a nossa (que consideraria este universo alternativo como sendo perfeito “para eles”).
    Mesmo que não houvesse vida, o universo não seria menos perfeito do que este.
    Conclusão: O universo não é ajustado “para nós” como um objetivo final. Ao contrário, nós “fomos moldados” pelo universo.

    9 – Argumento dos milagres.
    É o argumento defendido pelo insano do D.R. aqui no blog.
    Alega que o milagre é um evento que somente é explicado como uma intervenção de deus e como existem inúmeros milagres confirmados na história, então deus existe.
    O problema é bem evidente. Trata-se do argumento da ignorância aplicado em sua forma mais pura.
    Não é porque algum evento não foi explicado pela ciência que ele, obrigatoriamente ocorreu por intervenção divina.

    10 – Argumento da consciência.
    É uma variação do argumento do design inteligente e apresenta a mesma falha de admitir uma dicotomia que não existe (acaso x inteligência), bem como não apresenta que tipo de “inteligência” é considerada.
    É o argumento defendido pelo Criaturo.

    11 – Argumento da Verdade.
    Alega que nossa mente limitada pode descobrir verdades eternas sobre os seres. Como as verdades residem na mente e as verdades são eternas e nossa mente não, então deve haver uma mente eterna onde estas verdades residem.
    O autor é bem confuso neste argumento, mas parece se referir aos lógicos absolutos. O problema com este argumento é que as tais “verdades eternas” (como os lógicos absolutos) não se limitam ou dependem da mente.
    O próprio autor admite no texto que ainda não é um argumento completo.

    12 – Argumento da ideia de deus.
    Mais um argumento filosófico que falha principalmente nas premissas 4 e 6.
    Da premissa de que o homem elabora idéias apenas à partir de coisas conhecidas (origem externa) e de que o homem elaborou a ideia de deus, não se conclui que deus exista de fato.
    Mesmo porque, a ideia de deus na mente do homem tem características típicas também do homem tais como raiva, justiça, amor, bondade. Este fato aponta na maior probabilidade de que o homem tenha inventado deus à partir de coisas conhecidas (sua imagem e semelhança).

    13 – Argumento ontológico
    Este argumento peca por considerar a “existência na realidade” como um pré-requisito para a perfeição de uma idéia, podendo servir para “provar” a existência de absolutamente qualquer coisa que imaginarmos.
    Outra falha está na premissa 2, onde uma definição tendenciosa é inserida.
    É uma variação mais simples do argumento 12.

    14 – Argumento moral.
    Apresenta falhas logo na premissa 1, pois as interpretações de “moral”, “bem” e “mal” são relativas e variam entre os povos, entre as culturas, varia com o tempo e com a região. Não há moral absoluta.
    O próprio autor desbanca este argumento ao explicar o próximo.

    15 – Argumento da auto-consciencia
    É uma variação do argumento 14 tentando fugir do fato de que a moral é relativa.
    Contudo a falha neste argumento é que ele se baseia simplesmente na opinião particular do autor de que nossa própria autoridade sobre nossa própria consciência é algo adquirido de deus e não da sociedade, da natureza ou do autoquestionamento.
    Quem adota este argumento está automaticamente admitindo a própria estupidez e falta de discernimento moral.

    16 – Argumento do desejo.
    Afirma que temos desejos que podem ser satisfeitos por coisas que existem, mas temos também um desejo que não pode ser satisfeito por nada no tempo e no espaço e portanto deve haver algo além para nos satisfazer. Este algo seria deus.
    A falha está, obviamente, na premissa 3. Nada indica que “exista” algo que nos deixe plenamente satisfeitos, o que quer que seja isso.

    17 – Argumento da estética.
    É de longe o mais ridículo. Afirma que “Existe a música de Bach, então deus existe”.
    Nem chega a ser um argumento, pois as premissas não têm a menor relação entre si, mas apenas expressam admiração.

    18 – Argumento da experiência religiosa.
    Alega que ao redor do mundo e do tempo, muitas pessoas tiveram experiências com o divino e é inconcebível que todas elas estejam enganadas à respeito de sua experiência, portanto o divino existe.
    O evidente problema é que a experiência pessoal só serve de prova para quem teve a experiência. Outro problema é que ignora completamente as características peculiares e sugestionáveis do cérebro humano, bem como patologias psíquicas como esquizofrenia.

    19 – Argumento do senso comum.
    É uma mistura entre o argumento da experiência religiosa e do desejo. Afirma simplesmente que muitos povos tiveram crença em deus e não é plausível que tantas pessoas estejam erradas.
    O problema com o argumento é exatamente o mesmo do argumento anterior, bem como o fato de que a “opinião da maioria” não interfere na veracidade de um fato.

    20 – Aposta de pascal.
    A aposta de pascal é inválida por assumir uma dicotomia que não é verdadeira, pois mesmo se você fosse crente em algum deus, você não escaparia da punição de outro que se revelasse verdadeiro. Não basta crer em um deus. Tem que ser especificamente o deus certo.

    Aí está, volte sempre!

  67. Marcos,

    Agradeço pelo tempo dispendido em comentar as 20 razoes. Vou ler com mais atenção um a um para poder formar uma opinião. Percebi que em muitos deles a crítica foi na base do “mas isso não prova necessariamente que há um Criador”. Façamos agora o contrário, você me dá um argumento que PROVAM que Deus não existe e deixe eu comentar. Abraço!

  68. Marcos

    Estou apenas antecipando que talvez você use esta rota de fuga. Afinal, o Criaturo faz tanto isso que já me cansei de argumentar por semanas afora para no final ele me dizer que tem um conceito diferente de alguma coisa.

    e tenho mesmo, afinal de contas a pobreza da língua nos induz a interpretações de vários sentidos, algum bem opostos, controversos , contraditórios em fim nem sempre nos permite a comunicação real dos nossos pensamentos.
    Alem do mais costumo mesmo ter opinião própria que necessariamente não precisa ser interpretada da mesma forma por todos ,quando as visões estão em diferentes níveis.

  69. Andre Lopes,

    Façamos agora o contrário, você me dá um argumento que PROVAM que Deus não existe e deixe eu comentar.

    Não vou fazer isso principalmente por 3 motivos.
    1 – A alegação “deus existe” não tem caráter científico, ou seja, não é uma afirmação falseável, testável. Portanto, não há que se falar em “prova”;
    2 – Prova, no sentido de certeza absoluta, é uma perda de tempo. Eu aceitaria, da parte de teístas, uma simples evidência sólida. Esse tipo de evidência não se consegue na filosofia;
    3 – O importante não é a crença em si, qualquer que seja ela, mas as peculiaridades de comportamento e moralidade que ela determina ao indivíduo e aos outros. Como o ateísmo não implica em mudança de comportamento, não tem base filosófica e nem comandos morais, ou seja, é totalmente insípido, então não tem ônus de provar nada. Meu unico interesse é tão somente demonstrar que não há evidência suficiente para embasar a crença religiosa.
    Isto, por si só, já é o bastante para justificar minha posição, pois afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias.

  70. André Lopes

    Oops! Lendo ali a explicação do Barros vi que fiz confusão entre as sutilezas das definições. Ficamos assim: tão logo você decida qual é exatamente o modelo de deus que você prestigia, eu peço desculpas.

    Debater sobre o Deus usando argumentos de lógica, física, filosofia? Meio difícil compreender a sua lógica, não respondeu a pergunta (lógica) e ainda enfiou papai noel no meio além de estar a todo momento mudando sua auto definição de crente.

    Física? Tipo o que, a física tradicional, a quântica, o tal do ajuste fino, e por aí afora? Para que? O máximo a que se consegue chegar com isso é o Argumento do Chicó.

    Filosofia… Na Filosofia, Deus está morto, Deus está vivo, pode ser que Deus exista, pode ser que não, pode ser os modelos anunciados, pode ser outro que ninguém nunca imaginou, está aqui, acolá, nenhures…

    No que me diz respeito não existem deuses quaisquer e me sinto muito á vontade em afirmar isso amparada pela vida real.
    Você diz que acredita em um deus e esse é seu problema. Por que você faz afirmações sobre esse deus, você deveria saber que ele existe. Como você não sabe você só acredita. Eu não sou responsável por suas crenças, não tenho que provar que elas não são reais.
    Há muitas pessoas por aí que também dizem acreditar num deus, mas em geral só o usam como muleta para ajudá-las a capengar vida afora e isso é lá com elas.

    Há certa classe de pessoas, contudo, que querem se meter na vida dos outros, decidir quais comportamentos são aceitáveis ou não, mesmo quando tais comportamentos não causam mal a terceiros; que querem interferir nas decisões e na vida sexual dos casais, dos solteiros, que querem fazer leis que interferem na vida de todos, e por aí afora, tudo em nome do deus em que dizem acreditar.
    Essa classe de pessoas, elas têm a obrigação de provar que esse deus existe e isso só para começar.

    Ou eu, por exemplo, posso perfeitamente chama-las de covardes e arrogantes ao quadrado.
    Covardes por não serem capazes de se apresentar em público e expor de moto próprio seus preconceitos e mesquinharias, sua gana de se imiscuir na vida alheia, preferindo se unir em bando e esconder o bando atrás da tal vontade divina, pondo na boca do deus suas próprias palavras.
    E arrogantes ao quadrado por que, além de acharem que tem direito a decidir como todos devem viver suas vidas, querem ter também o direito de nuca sequer se arriscarem ao contraditório apelando para a tal da vontade divina.

    E o que eu penso é que há pessoas que são lúcidas e racionais até o momento em que começam a defender sua crença num deus. Nesse momento elas deixam de ser lúcidas e racionais. Felizmente as melhores costumam voltar ao estado anterior.

  71. Eh Marcos…

    Não me surpreende, desenvoltura ao criticar os meus argumentos e de mão vazia para apresentar os seus. Se fosse poker, você estava blefando e te peguei de mãos vazias.

  72. Andre Lopes,

    Não me surpreende, desenvoltura ao criticar os meus argumentos e de mão vazia para apresentar os seus. Se fosse poker, você estava blefando e te peguei de mãos vazias.

    Não considero mãos vazias.
    Não preciso de provas cabais da inexistência, mas as evidências apontam todas nesta direção.
    Ou seja, se fosse pôker eu teria digamos um par de ases (que não garante a vitória de ninguém), mas você sim estaria de mãos vazias (argumentos).
    Não é preciso ter um Royal strait flush para vencer uma mão de pôker.

  73. Marcos:

    Não preciso de provas cabais da inexistência, mas as evidências apontam todas nesta direção.

    Se você não precisa de provas cabais, nem eu. Mas se as evidências apontam nesta direção, é exatamente isso que eu te perguntava e você se esquivou. Me mostre as suas evidências de que Deus não existe e me deixe comentar.

  74. Marcos:

    Não vou fazer isso principalmente por 3 motivos.
    1 – A alegação “deus existe” não tem caráter científico, ou seja, não é uma afirmação falseável, testável. Portanto, não há que se falar em “prova”

    Conversa fiada. Se os ateus tivessem alguma prova que Deus não existe já teriam mostrado, nem que fosse só por gentileza ou para calar a boca dos “crentes” como vocês dizem. Porém, se esquivam de todo jeito para escapar.

    3 – O importante não é a crença em si, qualquer que seja ela, mas as peculiaridades de comportamento e moralidade que ela determina ao indivíduo e aos outros. Como o ateísmo não implica em mudança de comportamento, não tem base filosófica e nem comandos morais, ou seja, é totalmente insípido, então não tem ônus de provar nada.

    Ah bom, mas ainda não entendi o que tem a ver isso com a verdade de algo e a necessidade de se prová-la. Achei que você, como diria antigamente, ‘encheu linguíca’ para tentar justificar que os ateus são os únicos que podem afirmar sem provar.

  75. ssrodrigues:

    Saudações! Prazer em lê-la novamente! Olha, eu confesso que não entendi nada do que você falou, mas vou tomar um engov para ver se ajuda.

    …querem ter também o direito de nuca sequer se arriscarem ao contraditório apelando para a tal da vontade divina.

    Desde que comecei a participar aqui peço pelo contraditório. Você viu o Marcos hoje, na hora H de apresentar os argumentos, invoca todo tipo de razão para dizer que não precisa dar argumentos. Ateu é especialista em mostrar por que “o outro está errado”. Na hora de mostrar por que ateu está certo, só ouço os grilos…

    E o que eu penso é que há pessoas que são lúcidas e racionais até o momento em que começam a defender sua crença num deus. Nesse momento elas deixam de ser lúcidas e racionais.

    Ou em outras palavras, acho lúcidas e racionais aqueles que concordam comigo até o momento em que discordam. Neste momento elas deixam de ser lúcidas e racionais.

  76. André Lopes

    O seu problema é de cognição ou de estômago?

    É engraçado você reclamar que não há contraditório…
    Logo você, que foge das coisas que não dá conta de responder, como o proverbial diabo foge da cruz, e que fica mudando a cada 5 segundos que tipo de crente é e em que tipo de deus acredita.
    Eu diria que conversa fiada é enrolar com papais noéis para não responder uma simples pergunta.
    Ou ignorar a maior parte de um comentário e pinçar só aquilo que você acha que pode responder.

    Eu acho lúcidas e racionais várias pessoas com as quais muitas vezes não concordo.
    Já aconteceu até mesmo de uma dessas pessoas,de quem sou grande admiradora, apesar de discordar dela em algumas coisas e que aliás é católica praticante, me fazer rever uma convicção que tinha a respeito de determinado assunto. E isso aconteceu devido ao fato da pessoa usar argumentos racionais, honestos e lógicos, desafiando os que eram a favor do tal assunto a encarar o que defendiam pelo que era, sem manipulação de conceitos e palavras.

    Você se faz de desentendido quando te convêm, o Marcos, educadamente explicou de uma forma que até crianças de dois anos entenderiam as razões dele.
    Eu já não sou tão educada, ou nada educada. Eu não acho que ateus tenham que provar que suas crendices voláteis não são reais.

    Quem acha que há um ser mega-ultra-todo-poderoso zanzando em algum lugar do universo e como é mesmo? Sei lá, o Jesus descende dele, ou o que seja, e que este ser e o tal Jesus estão interessados no que nós fazemos e que nós devemos deferência a essa dupla disparatada por que os dois ou um dos dois nos teria criado, é você.
    Por que alguém deveria ser responsabilizado por essa maçaroca mental a ponto de ter que provar que isso não é real?

    Como você bem diz, ateu é especialista em demonstrar por que o crente está errado; eu acrescento que nem é preciso muito esforço pra isso.
    O crente é que nunca dá conta de demonstrar onde o ateu está errado.

  77. Andre Lopes,

    Mas se as evidências apontam nesta direção, é exatamente isso que eu te perguntava e você se esquivou.

    Por favor, deixe de mentir. Não foi isso que você perguntou. Você pediu “provas” e eu expliquei porque elas não existem.
    Você é que está deslealmente mudando o nome dos termos para te favorecer. Lembra da “rota de fuga”?

    Se os ateus tivessem alguma prova que Deus não existe já teriam mostrado

    O mesmo se aplica aos teístas. E olha que eu nem pedi provas, mas apenas evidencias, indicios. Nem isso você apresenta.
    No mais, você precisa urgentemente de aulas de interpretação de textos. O que eu disse foi exatamente isso, não há provas nem contra nem a favor de deus, pois é uma afirmação não falseável, não científica.

    ainda não entendi o que tem a ver isso com a verdade de algo e a necessidade de se prová-la

    Então leia de novo. O texto está claro ao explicar porque teístas têm o ônus da prova e ateus não.

  78. Marcos

    Não preciso de provas cabais da inexistência, mas as evidências apontam todas nesta direção.

    o peixe morre pela boca:
    primeiro tenta justificar seu ateísmo afirmando falta de evidências que comprovem a existência divina, agora diz que possui evidências da inexistência divina ?
    Se de fato possui essas evidências, não seja um ateu tímido , não nos prive da sua sabedoria acabe com essa discussão milenar, somos todos olhos .
    Caso contrario de fato só esta blefando.

    Quais seriam suas evidências que dão sentindo a inexistência divina ? as idéias furadas do Aquino, navalha de occam , contradições biblicas, achismo próprio ?

  79. Até o momento nada de debate, muito bla….bla….bla….bla…. sem argumentos racionais de ambas as partes sobram ironias, que embora sejam divertidas não acrescentam novos valores.

  80. Talvez para um cachorro também não existam evidências da existência do homem,mas isso não altera realidade de ambos.

  81. Criaturo,

    Quais seriam suas evidências que dão sentindo a inexistência divina ? as idéias furadas do Aquino, navalha de occam , contradições biblicas, achismo próprio ?

    Estes são alguns exemplos, mas não os únicos.

  82. Continuo sendo todo “olhos”, mas por enquanto só me resta aguardar por um nível melhor de debate.

  83. Criaturo,

    Continuo sendo todo “olhos”, mas por enquanto só me resta aguardar por um nível melhor de debate.

    Você sequer invalidou seus próprios exemplos, como navalha de occam e contradições bíblicas (não apenas bíblicas mas dos demais livros supostamente inspirados divinamente).
    Por que não começa por aí?

    Para mantê-lo entretido posso te adiantar outros como o argumento do “deus das lacunas”, o argumento da “não revelação divina”, o argumento da pessoalidade de deus, do paradoxo da onipotência, do dilema de eutifron, das contradição das características divinas, da incompatibilidade entre as diversas religiões, do ateísmo prático.

    Reitero que não se trata de “prova”, pois deus não é um assunto da ciencia e tenho dito isto desde meus primeiros debates com o Cícero e com você. Sempre preferi o termo “evidencia suficiente”.
    Trata-se de evidências no sentido de indícios fortes e racionais a favor da inexistência (ou mesmo irrelevância) de deus, frente à falta de evidências em contrário.

    Tem mais alguns. Vai brincando com esses aí, depois me chama.

  84. Marcos

    Você sequer invalidou seus próprios exemplos, como navalha de occam e contradições bíblicas (não apenas bíblicas mas dos demais livros supostamente inspirados divinamente).
    Por que não começa por aí?

    você alegou possuir evidências da inexistência, pedi que as mostrasse e voce começa me falando da opinião dos outros ?

    Sendo assim eu vou ficar com a opinião do meu filho : “Deus existe porque esta escrito na biblia” fim da discussão…ha.ha.ha

    Guilherme Occam: era teísta
    Dizia que para duas teorias defendendo a mesma ideia, a mais simples era a correta.
    Nem sempre isto é verdade, caso contrario o conhecimento seriam absorvidos mais facilmente o que não ocorre, na pratica a complexidade da explicação é proporcional a complexidade do engenho.

    contradições biblicas

    só ateu limitados biblicos perdem seus tempo, chutando cachorro morto iludem-se achando que isto aumentará suas razões.
    porcos passam suas vidas sapateando por cima da lama e não conseguem percebem as perolas em meio a elas.

    Para mantê-lo entretido posso te adiantar outros como o argumento do “deus das lacunas”, o argumento da “não revelação divina”, o argumento da pessoalidade de deus, do paradoxo da onipotência, do dilema de eutifron, das contradição das características divinas, da incompatibilidade entre as diversas religiões, do ateísmo prático.

    Ta levando na brincadeira, esse ateísmo é seu mesmo ou voce adotou as idéias dos outros ?

    Não existe deus das lacunas nem vácuo divino, existe é lacunas no seu entendimento.
    Cada novo conhecimento é uma revelação divina
    incompatibilidade é da natureza humana
    o ateismo pratico é perda de tempo, pois nenhuma das partes são 100%

    <blockquote" Voce acredita que Deus não existe? Possui essa fé? evidências disso ?"

  85. Criaturo,

    na pratica a complexidade da explicação é proporcional a complexidade do engenho.

    Em termos, concordo.
    É por isso que uma alegação como “deus existe” (junto com todas as suas implicações) é menos crível que “deus não existe” (que é uma afirmação isenta de conteúdo).

    só ateu limitados biblicos perdem seus tempo, chutando cachorro morto iludem-se achando que isto aumentará suas razões.

    Como você mesmo diz, a bíblia (principal fonte de informações sobre deus) é cachorro morto.

    esse ateísmo é seu mesmo ou voce adotou as idéias dos outros ?

    Não. Apenas constatei que a incredulidade que trago desde a infância é corroborada por argumentos até bem antigos.
    Afinal os argumentos de ateus costumam fazer total sentido e são completos dentro do mundo natural, sem necessidade de apelar para conhecimento inacessível (divindades).

    Não existe deus das lacunas nem vácuo divino, existe é lacunas no seu entendimento.

    As lacunas no conhecimento humano, historicamente, sempre foram preenchidas por deus. À medida que o conhecimento avança, descobre-se que aquilo que antes era atribuído aos superpoderes x-men de deus era na verdade apenas um fenômeno puramente natural.
    Ver isso acontecer por incontáveis vezes durante a história da humanidade, vendo deus se tornar um bolso cada vez mais vazio, nos aponta que muito possivelmente não existe nenhum deus.

    Cada novo conhecimento é uma revelação divina

    Agora a afirmação é sua. Vai assumir o ônus de sustenta-la com argumentos?
    Certamente vai se esconder na filosofia. Vai pegar a “rota de fuga” de conceituar deus como sendo “tudo que existe”.
    Já conversamos sobre isso. Se a sua definição de deus é essa, então eu também acredito no seu “deus”. Eu só o chamo de “universo”.

    incompatibilidade é da natureza humana

    As diversas religiões fazem afirmações à respeito de seus deuses que são mutuamente excludentes, de modo que não podem todas estarem certas ao mesmo tempo.
    Os resultados obtidos (preces atendidas, milagres, graças recebidas) pelos seguidores de cada vertente religiosa são bem parecidos, deixando cada um satisfeito com sua religião.
    Como todas as milhares religiões e deuses não podem estar certas ao mesmo tempo e como o resultado de todas parece ser o mesmo (a satisfação), então a maior probabilidade é a de que todas estejam erradas e que não haja nenhum deus.

    o ateismo pratico é perda de tempo, pois nenhuma das partes são 100%

    Não sei se entendi direito seu comentário.
    Com ateísmo prático eu me refiro a pessoas que agem de uma forma na igreja (entregam sua vida nas mãos de deus) e agem de outra forma em todos os demais aspectos da vida (tomam remédio, acumulam riqueza, não dão esmolas, recorrem à justiça dos homens).
    Aliás, estas parecem ser a maioria, considerando que é praticamente impossível identificar a denominação religiosa de uma pessoa sem conversar com ele antes.
    Elas escolhem no cardápio (a bíblia) as normas que pessoalmente acham corretas e descartam aquelas das quais discordam, sendo indiferentes até mesmo à denominação que vão seguir.
    Ora, ambos devemos concordar que a “existência de deus” é a afirmação mais importante já feita em toda a história da humanidade. A moderação na religião não faz sentido algum. A religião implica logica e racionalmente em fundamentalismo.
    Se nem as pessoas que supostamente receberam a revelação parecem se preocupar com castigo divino, então muito possivelmente ele não existe mesmo.

  86. ssrodrigues:

    Querida, desculpe pelo comentário do engov. Eu realmente não estava conseguindo te entender, mas falar do engov foi deselegante.

    Quanto ao resto, sinto muito, vejo ateu pipocando pra lá e prá cá para achar uma justificativa do porquê não precisam demonstrar as provas que tanto pedem dos teístas.

    Se você se declarar agnóstica, ou seja, não sabe se Deus existe, não há provas que exista nem que não exista, tudo bem, eu aceito. Só preciso desse seu passo em direção a coerência e dai serei seu amigo para sempre.

  87. Marcos:

    Por favor, deixe de mentir. Não foi isso que você perguntou. Você pediu “provas” e eu expliquei porque elas não existem.
    Você é que está deslealmente mudando o nome dos termos para te favorecer. Lembra da “rota de fuga”?

    Esqueceu do principal, quero ver as suas evidências.

    O mesmo se aplica aos teístas. E olha que eu nem pedi provas, mas apenas evidencias, indicios. Nem isso você apresenta.

    Concordo, provas não há. As minhas evidências eu já mostrei e você já analisou. Agora aguardo as suas para que eu possa analisar.

    O que eu disse foi exatamente isso, não há provas nem contra nem a favor de deus

    Concordamos. Admitamos que nossas crenças são baseadas em evidências de um lado ou de outro, provas não há. Portanto, os ateus deveríam parar de acusar teístas, já que vocês não tem provas também.

  88. André Lopes,

    Concordo, provas não há. As minhas evidências eu já mostrei e você já analisou. Agora aguardo as suas para que eu possa analisar.

    Meu comentário para o Criaturo tem um passatempo. Pode pegar lá alguns argumentos.

    Portanto, os ateus deveríam parar de acusar teístas, já que vocês não tem provas também.

    Conforme falei ao Criaturo, “uma alegação como “deus existe” (junto com todas as suas implicações) é menos crível que “deus não existe” (que é uma afirmação isenta de conteúdo)”.
    Perceba a diferença de “conteúdo espetacular” que existe entre as duas afirmações. Assim, perceberá o “porquê” da necessidade de evidencias mais sólidas para corroborar a existência do que para corroborar a inexistência.

  89. Marcos

    se você esta sendo sincero confessando que acha espetacular a possibilidade da existência ser divina, tem toda razão pena que não posso dizer a mesma coisa do seu ateísmo, que vai de encontro ao final da própria existência, não há crença mais deprimente do que essa.

  90. Marcos

    Conforme falei ao Criaturo, “uma alegação como “deus existe” (junto com todas as suas implicações) é menos crível que “deus não existe” (que é uma afirmação isenta de conteúdo)”.

    você tem razão de fato o ateísmo resume-se ao simplismo do negativismo fácil e irracional.
    pois acreditar em uma razão não intencional, é o mesmo que acreditar na irracionalidade criando a razão.
    Voce se considera um fruto da irracionalidade ?
    Tipo: ” Da irracionalidade vim para irracionalidade voltarei” este é todo o sentido da minha vida.

  91. Criaturo,

    se você esta sendo sincero confessando que acha espetacular a possibilidade da existência ser divina, tem toda razão

    Acho uma afirmação espetacular, mas se fosse verdade não seria nada boa, pelo menos para mim.

    pena que não posso dizer a mesma coisa do seu ateísmo, que vai de encontro ao final da própria existência, não há crença mais deprimente do que essa.

    Não compartilho as sua opinião filosófica sobre a finalidade da existência.
    Além disso, o ateísmo me traz um alívio, um sentimento de liberdade inimaginável num cenário onde exista um ser supremo nos manipulando, nos tornando nada mais que escravos.

    o ateísmo resume-se ao simplismo do negativismo fácil e irracional.

    Concordo que o ateísmo seja um raciocínio fácil e é justamente por isso que fico tão impressionado com a crença em deus.
    Só não acho que ateísmo seja irracional. É a descrença em afirmações que não estão suficientemente fundamentadas.

    Voce se considera um fruto da irracionalidade ?

    Em termos evolutivos, sim.
    Se bem que eu nunca sei ao certo o que você quer dizer com termos como “irracionalidade”, inteligência”, “ignorância”.

    Tipo: ” Da irracionalidade vim para irracionalidade voltarei” este é todo o sentido da minha vida.

    Temos uma certa ideia de onde viemos (abiogenese, evolução) e temos uma certa ideia de pra onde vamos (inconsciência permanente, fim da vida).
    Se quer chamar isso de “irracionalidade” fique à vontade.

    Quanto ao sentido da vida, trata-se de outro assunto completamente diferente. O sentido de nossas vidas cada um determina o seu. Cada um escolhe a melhor maneira de aproveitar seu tempo (finito e único) na existência.
    Pela lógica, acredito até que, por não acreditar na vida eterna, ateus tendem a ter maior consciência da brevidade da vida e se preocupam mais em aproveitar cada minuto, ao mesmo tempo que não ficam cheios de preocupação com eventuais “castigos eternos” para si ou seus entes queridos.

  92. Marcos

    Em termos, concordo.
    É por isso que uma alegação como “deus existe” (junto com todas as suas implicações) é menos crível que “deus não existe” (que é uma afirmação isenta de conteúdo).

    Concordo ateísmo é falta de conteúdo

    Como você mesmo diz, a bíblia (principal fonte de informações sobre deus) é cachorro morto.

    me referi apenas as notórias contradições e não a generalização feita pela falta de visão ateia.

    esse ateísmo é seu mesmo ou voce adotou as idéias dos outros ?

    Afinal os argumentos de ateus costumam fazer total sentido e são completos dentro do mundo natural, sem necessidade de apelar para conhecimento inacessível (divindades).

    e qual o sentido sair pregando que brevemente todos perderão o sentido de suas vidas ?
    Agora entendi, ateus consideram natural apenas os seus próprios limites que definem até onde vai a existência.
    Se ha o conhecimento ele não pode ser inacessível.

    As lacunas no conhecimento humano, historicamente, sempre foram preenchidas por deus. À medida que o conhecimento avança, descobre-se que aquilo que antes era atribuído aos superpoderes x-men de deus era na verdade apenas um fenômeno puramente natural.
    Ver isso acontecer por incontáveis vezes durante a história da humanidade, vendo deus se tornar um bolso cada vez mais vazio, nos aponta que muito possivelmente não existe nenhum deus.

    Isso acontece por que Deus é natural assim como a ignorância humana tambem o é, isto acontece porque descobrir Deus é natural , instintivo o ateísmo é forçado,mais abaixo voce mesmo diz o porque.

    Cada novo conhecimento é uma revelação divina

    Agora a afirmação é sua. Vai assumir o ônus de sustenta-la com argumentos?
    Sim
    Certamente vai se esconder na filosofia. Vai pegar a “rota de fuga” de conceituar deus como sendo “tudo que existe”.
    Já conversamos sobre isso. Se a sua definição de deus é essa, então eu também acredito no seu “deus”. Eu só o chamo de “universo”.

    somos obrigados a filosofar argumentando a esse respeito por falta de provas, o seu universo é irracional o meu não.

    incompatibilidade é da natureza humana

    As diversas religiões fazem afirmações à respeito de seus deuses que são mutuamente excludentes, de modo que não podem todas estarem certas ao mesmo tempo.
    Os resultados obtidos (preces atendidas, milagres, graças recebidas) pelos seguidores de cada vertente religiosa são bem parecidos, deixando cada um satisfeito com sua religião.
    Como todas as milhares religiões e deuses não podem estar certas ao mesmo tempo e como o resultado de todas parece ser o mesmo (a satisfação), então a maior probabilidade é a de que todas estejam erradas e que não haja nenhum deus.

    sim , embora haja algumas controvérsias entre religiões apresentando deuses diferentes, o fato deles alcançarem as mesmas graças, significa que estão falando com um unico Deus e que estão sendo ouvidas.

    o ateismo pratico é perda de tempo, pois nenhuma das partes são 100%

    Não sei se entendi direito seu comentário.
    Com ateísmo prático eu me refiro a pessoas que agem de uma forma na igreja (entregam sua vida nas mãos de deus) e agem de outra forma em todos os demais aspectos da vida (tomam remédio, acumulam riqueza, não dão esmolas, recorrem à justiça dos homens).
    Aliás, estas parecem ser a maioria, considerando que é praticamente impossível identificar a denominação religiosa de uma pessoa sem conversar com ele antes.
    Elas escolhem no cardápio (a bíblia) as normas que pessoalmente acham corretas e descartam aquelas das quais discordam, sendo indiferentes até mesmo à denominação que vão seguir.
    Ora, ambos devemos concordar que a “existência de deus” é a afirmação mais importante já feita em toda a história da humanidade. A moderação na religião não faz sentido algum. A religião implica logica e racionalmente em fundamentalismo.
    Se nem as pessoas que supostamente receberam a revelação parecem se preocupar com castigo divino, então muito possivelmente ele não existe mesmo.

    entendeu sim ,. tanto quanto eu ja havia entendido o seu “ateu pratico”
    ja ficou claro que voce adotou o ateísmo dos outros, pois todos esses seus argumentos são bem tradicionais, agora só me resta esperar mais do mesmo, alias ja passou da hora para eu fazer uma lista dos argumentos furados dos ateus.
    Disse que o ateismo pratico de fato existe, porem o religioso pratico também, assim como voce também eles desejam acreditar mais do que tudo,possuem essa esperança,mas covardemente ficam em cima do muro negando, com medo de errarem, se decepcionarem, ou ainda de terem passado pelo ridículo, ateísmo é medo de continuar vivendo.
    Pedem provas, caso sejam enganados poderão culpar as falsas provas, ateismo é o puro orgulho.
    Nada mais justo do que aprendermos separar o joio do trigo, burrice é querer queimar toda a plantação de trigo, por ter percebido alguns joio misturados nela.
    Descarte a parte podre da fruta, mas aprenda aproveitar bem a parte boa.
    Voce confunde fé em Deus com fé em um escravo, com que sentido Deus deveria viver por nós?
    Temos tudo o que precisamos para vivermos, onde os maiores guiam o menores.
    Todos nós recebemos o dom da consciência de si mesmo, que evolui a cada revelação naturalmente observada, antes é natural querer ignorar a maior consciência dos outros, porque somos livres e únicos.
    Castigo “ensinamentos” existem, mas não esqueça que somos seres sociáveis.

  93. Marcos

    Acho uma afirmação espetacular, mas se fosse verdade não seria nada boa, pelo menos para mim.
    Não compartilho as sua opinião filosófica sobre a finalidade da existência.
    Além disso, o ateísmo me traz um alívio, um sentimento de liberdade inimaginável num cenário onde exista um ser supremo nos manipulando, nos tornando nada mais que escravos.

    Sim o que eu sempre digo, ateismo para muitos significa medo de continuar vivendo! Oh dó! Veem a vida eterna como um castigo.
    o sentimento de liberdade não passa de uma natural ignorância do “ser” eu” e não Ser Deus”, quando o cordão umbilical é cortado só muda a forma de respirar ,mas a fonte do ar continua sendo a mesma.

    o ateísmo resume-se ao simplismo do negativismo fácil e irracional.

    Concordo que o ateísmo seja um raciocínio fácil e é justamente por isso que fico tão impressionado com a crença em deus.
    Só não acho que ateísmo seja irracional. É a descrença em afirmações que não estão suficientemente fundamentadas.

    apesar de ter adotado essa idéia de Guilherme Occam, ele era teista.
    é irracional não por não conseguir enxergar evidências e sim por acreditar-se um ser fruto da irracionalidade.

    Voce se considera um fruto da irracionalidade ?

    Em termos evolutivos, sim.
    Se bem que eu nunca sei ao certo o que você quer dizer com termos como “irracionalidade”, inteligência”, “ignorância”.

    irracional= desprovido de raciocínio e vontade própria
    ignorância falta de conhecimento, consciência e raciocínio.

    Tipo: ” Da irracionalidade vim, para irracionalidade voltarei” este é todo o sentido da minha vida.

    Temos uma certa ideia de onde viemos (abiogenese, evolução) e temos uma certa ideia de pra onde vamos (inconsciência permanente, fim da vida).
    Se quer chamar isso de “irracionalidade” fique à vontade.

    acredita que veio da irracionalidade não proposital, mas me diga para onde voce pensa que esta indo ?

    Quanto ao sentido da vida, trata-se de outro assunto completamente diferente. O sentido de nossas vidas cada um determina o seu. Cada um escolhe a melhor maneira de aproveitar seu tempo (finito e único) na existência.
    Pela lógica, acredito até que, por não acreditar na vida eterna, ateus tendem a ter maior consciência da brevidade da vida e se preocupam mais em aproveitar cada minuto, ao mesmo tempo que não ficam cheios de preocupação com eventuais “castigos eternos” para si ou seus entes queridos.

    como ja disse ainda bem que voces ateus “religiosos práticos” não acreditam nisto 100%, caso contrario abririam as portas para libertinagens inconsequentes, nem pense em me vir falar dos paises de maioria cética, este argumento é valido para o fim do mundo.

  94. Marcos Kiyoji

    Essa impermeabilidade do Criaturo a qualquer linha de raciocínio deve-se ao fato de que ele encontrou o verdadeiro deus.
    Pelo que pude decifrar, esse deus é assim uma espécie de organismo que contém tudo que existe. Lá pelas tantas esse deus decidiu expelir de si suas partes menos evoluídas, que seríamos nós, e nos largar por aqui, por nossa conta e risco, à maneira das tartarugas que põem seus ovos na praia. Não por acaso batizei-o de Deus Tartaruga. Nossa missão é evoluir até o nível do Deus Tartaruga, mas o Criaturo não esclareceu se seremos reabsorvidos pelo deus ou se seremos novos deuses.
    É possível que o fato do Criaturo ser obcecado com a morte e se afligir com a indiferença dos ateus sobre o pós-morte deva-se a que o Deus Tartaruga tenha aparecido para ele e dito que a evolução dele, Criaturo, só será completa se ele convencer o máximo possível de pessoas aqui na Terra, caso contrário ele morre e se transforma em adubo.

  95. Criaturo:

    Parabéns pelas suas colocações racionais e coerentes. Continue firme sem deixar se abalar por qualquer tipo de bullying.

  96. Criaturo,

    me referi apenas as notórias contradições e não a generalização feita pela falta de visão ateia.

    Então vai ter que explicar agora como você é “o cara” que tem o conhecimento das vontades de deus e sabe diferenciar o que é verdade e o que é falso no texto biblico, considerando que seus companheiros teístas não são unanimes sobre o assunto.

    qual o sentido sair pregando que brevemente todos perderão o sentido de suas vidas ?

    Eu fiz exatamente o oposto. Afirmei que cada um tem a liberdade de determinar que sentido quer dar a sua própria vida sem ter que recorrer a um “menu” (biblia).

    Agora entendi, ateus consideram natural apenas os seus próprios limites que definem até onde vai a existência.
    Se ha o conhecimento ele não pode ser inacessível.

    Entendeu errado de novo. Ateus afirmam que não faz sentido fazer afirmações sobre um conhecimento que ainda está inacessível e não pode ser testado, principalmente afirmações que tragam as implicações da religião.

    Alguns conhecimento “ainda” são inacessiveis à humanidade.
    Menos pra você, é claro, que conhece tão profundamente as vontades de deus que sabe o que é verdade divina e o que foi inserido pelo homem na biblia.

    isto acontece porque descobrir Deus é natural , instintivo o ateísmo é forçado

    Então o ateísmo é o resultado obtido quando deixamos de agir por instinto e passamos a raciocinar? Que legal.
    Eu me lembro de você argumentar nesse sentido em textos anteriores.

    seu universo é irracional o meu não.

    Curioso. Você acabou de sugerir o contrário. Que deus era instintivo.
    Decida-se.

    o fato deles alcançarem as mesmas graças, significa que estão falando com um unico Deus e que estão sendo ouvidas.

    Então eles clamam por nomes diferentes, seguindo rituais diferentes, rezando ora para um único deus ora para vários deuses, adotando regras morais diferentes e brigando uns com os outros cada um em nome de seu deus, mas estão todos falando com um único deus?
    Racionalidade, por favor. Tenho certeza de que pode fazer melhor do que isso.

    todos esses seus argumentos são bem tradicionais

    Você não acha que já está passando da hora de demonstrar porque eles são inválidos? Que tal?
    Não está indo muito bem até agora.

    Disse que o ateismo pratico de fato existe

    Esclareço isso em outro comentário, pois deve ser meio longo.

    ateismo para muitos significa medo de continuar vivendo!

    Não vejo relação da sua resposta com o que eu escrevi.
    Não tenho medo de viver. Eu só acho que se deus existisse eu seria mandado ao inferno por toda a eternidade e isso seria meio desagradável. O que isso tem a ver com medo de viver é você quem tem que explicar.

    Veem a vida eterna como um castigo.

    A vida eterna não. O castigo eterno prometido por jesus.

    o sentimento de liberdade não passa de uma natural ignorância do “ser” eu” e não Ser Deus”, quando o cordão umbilical é cortado só muda a forma de respirar ,mas a fonte do ar continua sendo a mesma.

    Dá pra ser mais claro? Sem usar suas famosas abstrações?

    é irracional não por não conseguir enxergar evidências e sim por acreditar-se um ser fruto da irracionalidade.

    Sou fruto da mesma irracionalidade que você.
    Você é que vê evidencias onde elas não existem.

    irracional= desprovido de raciocínio e vontade própria
    ignorância falta de conhecimento, consciência e raciocínio.

    Neste caso, sou um ser racional e fruto, em última instancia, de um processo irracional, natural.

    mas me diga para onde voce pensa que esta indo ?

    Já disse. Para a morte, o fim da vida, a inconsciencia permanente.

    ainda bem que voces ateus “religiosos práticos” não acreditam nisto 100%, caso contrario abririam as portas para libertinagens inconsequentes, nem pense em me vir falar dos paises de maioria cética, este argumento é valido para o fim do mundo.

    Ledo engano achar que ateus por não acreditarem em deus não teriam limites morais.
    Ateus têm seus limites morais, eles só não são os limites ordenados por um deus. Nós temos este tipo de liberdade que os teístas não têm.

  97. Marcos:

    Ateus têm seus limites morais, eles só não são os limites ordenados

    Qual é o embasamente da moral dos ateus? Em outras palavras: há algum tipo de limite e se há, baseado em que?

  98. SS
    Essa impermeabilidade do Criaturo a qualquer linha de raciocínio deve-se ao fato de que ele encontrou o verdadeiro deus.
    Quase isso, vagava eu pela cegueira das crenças em falsos deuses, quando fui iluminado a passar por esse blog e conhecer a verdade através de ti minha deusa, agora é só aguardar pelo breve final da minha existência.
    Sinceramente se eu acreditasse nestas tolices ateias eu seria um pessimista deprimido.

    Pelo que pude decifrar, esse deus é assim uma espécie de organismo que contém tudo que existe. Lá pelas tantas esse deus decidiu expelir de si suas partes menos evoluídas, que seríamos nós, e nos largar por aqui, por nossa conta e risco, à maneira das tartarugas que põem seus ovos na praia. Não por acaso batizei-o de Deus Tartaruga. Nossa missão é evoluir até o nível do Deus Tartaruga, mas o Criaturo não esclareceu se seremos reabsorvidos pelo deus ou se seremos novos deuses.
    impossível seria Deus expelir algo de si , ja que não ha um vácuo divino.
    os filhos da tartaruga não entraram em extinção.
    Nem voce, então não passa de uma chorona ingrata e pessimista.
    nunca alcançaremos o mesmo nivel Deus, a não ser seres iluminados como voce que: afirmam: ” serem muito melhor do que deus.”

    É possível que o fato do Criaturo ser obcecado com a morte e se afligir com a indiferença dos ateus sobre o pós-morte deva-se a que o Deus Tartaruga tenha aparecido para ele e dito que a evolução dele, Criaturo, só será completa se ele convencer o máximo possível de pessoas aqui na Terra, caso contrário ele morre e se transforma em adubo.

    Eu sou obcecado é pela vida, voces que resolveram se livrar dela através desse pessimismo ateu, ateísmo é isso ai, medo de continuar vivendo, deprimente.
    Todos devolveram energias a terra,mas na verdade não deixamos de existir porque sempre existimos em formas diferentes..

  99. André Lopes,

    Qual é o embasamente da moral dos ateus? Em outras palavras: há algum tipo de limite e se há, baseado em que?

    A moral dos ateus é a moral humana, desenvolvida pelos homens e apurada pelas experiências da história.
    Frequentemente, a moral dos teístas também é esta mas não reconhecem isto.
    Eles determinam (baseados em sua própria moral humana) o que acham certo e errado na bíblia e depois atribuem isso a deus alegando ser essa a origem de sua moralidade.
    É o ateísmo prático de que vou falar daqui a pouco.

  100. Valeu, Andre!

    a suas idéias filosóficas também são importantes e certamente acrescentaram algo.

  101. Criaturo
    Já está renegando o Deus Tartaruga? Como assim? E aquela parábola sobre sermos parte do divino e sermos deixados aqui para nos conscientizar disso, mesmo que seja pelo sofrimento?
    E logo agora que encontrou um discípulo…
    É por causa do bulliyng?
    Mas Criaturo, o que seria da verdadeira fé sem os mártires?

  102. Vander

    Fala Vander, meu irmão, tudo bem?
    Enviei um comentário no seu blog. Se puder, dê uma lida e me dê o retorno.

    Abraços,

    Diogo.

  103. Criaturo,

    Disse que o ateismo pratico de fato existe, porem o religioso pratico também

    Primeiramente, vou descrever o meu entendimento sobre os dois termos em questão:

    Ateísmo prático: Quando a pessoa de grande fé, muitas vezes um fiel ou um pastor ou até mesmo papa, adota um discurso de fé frente aos seus irmãos de crença, mas em todos os outros aspectos da vida age de modo puramente secular, não seguem os preceitos de sua religião como se deus não existisse ou não se aplicasse àquilo.

    Religioso prático: Imagino que seja a pessoa que se diz ateu, participa de blogs defendendo o ateísmo, mas quando passa por algum drama na vida recorre ao pai de santo, horóscopo, benzedeiras, igrejas, simpatias e todos os tipos de superstição.

    As duas diferença primordiais entre eles é são conjunto de implicações que cada um sofre ao agir em discordância com seu discurso e o “porquê” de agirem desta forma.

    O religioso de grande fé embasa sua crença nos textos sagrados, nas palavras do líder religioso, na admiração da natureza e principalmente na experiência pessoal. Ou seja, eles partilham uma experiência, uma notória intimidade com deus que lhes fortalece esta convicção e até a capacidade de discernimento entre certo e errado.
    Portanto, a implicação para o religioso ao adotar o comportamento de ateu na vida prática, é que ele deve ignorar a insatisfação de deus para com ele, a fúria e a justiça divinas que, para ele, são reais.

    O ateísmo não implica em recompensa definitiva ou castigo eterno após a morte. Não implica em um relação especial com entidades supremas superpoderosas que possam se zangar com alguma “quebra de contrato”. De modo que a implicação para o ateu que adota uma postura supersticiosa de religioso, qualquer que seja ela, é zero.
    Não há implicação. É uma aposta perfeita onde, se você não ganhar nada, pelo menos não vai perder nada.
    É uma postura do tipo “Vai que dá certo?”. Na hora do desespero, mal não vai fazer mesmo.

    Daí vamos à segunda diferença. O Barros até postou um texto sobre o argumento “Dentro de um avião caindo, ninguém é ateu”.
    Tem um fundo de verdade, pois trata-se de uma atitude irracional e desesperada comum àquelas pessoas que não estão no total controle de suas faculdades mentais.

    Conclusão, para o ateu agir como um religioso, ele não sofre nenhum custo ou implicação com nada “divino” e mesmo assim é necessário algo forte, como um desespero ou um desejo ou uma insanidade momentânea ou qualquer outro fator que faça com que perca a capacidade de raciocinar.
    Por outro lado, para um religioso agir como ateu, ele está consciente de sofrer as consequências extremas de provavelmente desagradar uma divindade e mesmo assim ele o faz de plena posse de suas faculdades mentais e sem o menor receio.

    É uma evidência forte de que a convicção dos religiosos não é tão grande assim. E se nem eles acreditam, por que eu deveria.

    assim como voce também eles desejam acreditar mais do que tudo

    Vê-se que você não sabe distinguir um “religioso prático”, pois disse que sou um deles quando na verdade sou um ateu do tipo que muitos classificariam como militante (apesar de eu mesmo não me ver assim). Lhe asseguro que não tenho o menor desejo de acreditar. Isso é apenas suposição sua.
    O seu maior problema é que você “acha” muitas coisas. Você faz muitas suposições à respeito de particularidades e mesmo sobre pensamentos de pessoas que você sequer conhece, como se você tivesse algum poder de telepatia que outros humanos não têm.
    Isto tira a credibilidade do seu discurso.

  104. Marcos

    Então vai ter que explicar agora como você é “o cara” que tem o conhecimento das vontades de deus e sabe diferenciar o que é verdade e o que é falso no texto biblico, considerando que seus companheiros teístas não são unanimes sobre o assunto.

    O reino dos céus é como um tesouro, onde os maus tiram coisas ruins e os bons coisas boas, a alma é a lampada do corpo, se elea for má todo seu ficará em trevas.
    Agora a resposta mais direta:

    “fazei aos outros apenas o bem que espera receber deles, porque essa é Toda lei de Deus, que que todos os profetas deveriam ensinar”.

    qual o sentido sair pregando que brevemente todos perderão o sentido de suas vidas ?
    Eu fiz exatamente o oposto. Afirmei que cada um tem a liberdade de determinar que sentido quer dar a sua própria vida sem ter que recorrer a um “menu” (biblia).
    Qual o sentido dos ateus acreditarem que em breve deixarão de existir, quando ignoram como passaram a existir.

    Entendeu errado de novo. Ateus afirmam que não faz sentido fazer afirmações sobre um conhecimento que ainda está inacessível e não pode ser testado, principalmente afirmações que tragam as implicações da religião.

    Então ateus são incoerentes afirmando que Deus não existe.

    Este blog é sem sentido? incoerente ? Leviano? Ele afirma que Deus é ilusão.

    Alguns conhecimento “ainda” são inacessiveis à humanidade.
    Menos pra você, é claro, que conhece tão profundamente as vontades de deus que sabe o que é verdade divina e o que foi inserido pelo homem na biblia.

    Errado! menos para ateus que afirmam que Deus não existe!

    Penso que a biblia toda foi escrita por homens inspirados por: Espíritos superiores, inferiores, outros homens e por si mesmos.
    Jesus ja ensinou como reconhecermos as leis de Deus.

    Então o ateísmo é o resultado obtido quando deixamos de agir por instinto e passamos a raciocinar? Que legal.
    Eu me lembro de você argumentar nesse sentido em textos anteriores.

    Enquanto Adão era passivo, não conhecia o sofrimento logo esse é o preço pela liberdade do ser “eu” e não ser “Deus”
    Mas neste caso o ateísmo não passa de um orgulho falseando uma impossível liberdade absoluta.
    Assim o ateísmo é forçado ao antinatural do ser sociável nato.

    seu universo é irracional o meu não.
    Curioso. Você acabou de sugerir o contrário. Que deus era instintivo.
    Decida-se.

    começou apelar para tática do “olha o avião”!
    Disse que descobrir Deus é instintivo e que a causa da nossa existência é inteligente, proposital e racional, enquanto voce se declara um ser originado pela irracionalidade absoluta.
    Mas de certa forma, quando digo que fomos criados ignorantes natos, tambem, compartilho da sua irracionalidade,porem não vejo a origem humana a partir da irracionalidade, como uma afirmação da inexistência da Racionalidade Deus e sim apenas uma divina e providencial ausência dela, unica forma de nos fazer enxergar “livres” e independentes da razão Deus.

    Então eles clamam por nomes diferentes, seguindo rituais diferentes, rezando ora para um único deus ora para vários deuses, adotando regras morais diferentes e brigando uns com os outros cada um em nome de seu deus, mas estão todos falando com um único deus?
    Racionalidade, por favor. Tenho certeza de que pode fazer melhor do que isso.

    Deus , God,..Alá.. tupã, Rá ….todos instintivamente direcionam seus pensamentos a um mesmo ser embora possuam níveis de racionalidades diferentes.
    E quanto menor a consciência menor também será a razão Deus.

    Você não acha que já está passando da hora de demonstrar porque eles são inválidos? Que tal?
    Não está indo muito bem até agora.

    Não possuem evidências provando a inexistência divina

    “a maioria dos presidiários são de crentes”
    Ateus sempre serão a minoria em toda as partes.
    “Deus não devolve membros a amputados”
    Regenera peles, dentes, unhas e cabelos, mas como poderá haver vida sem transformações ?
    “a descrença em Deus não torna as pessoas inconsequentes”
    Algumas pessoas deixaram de praticar o mal após passarem acreditar em Deus.
    A maioria dos ateus são de ex crentes equivocados que se deram mal tentando barganhar com Deus, confundiram Deus como sendo um escravo genio da lampada, fizeram pedidos ,não foram atendidos e se revoltaram contra a razão Deus e passaram adorar seu próprio deus ateu nascido e mantido pela total irracionalidade.
    nos final dos tempos a descrença em Deus trará muita crueldade.

    Não vejo relação da sua resposta com o que eu escrevi.
    Não tenho medo de viver. Eu só acho que se deus existisse eu seria mandado ao inferno por toda a eternidade e isso seria meio desagradável. O que isso tem a ver com medo de viver é você quem tem que explicar.

    irmão Marcos voce parece ser mais crente do que eu ,nestas coisa de castigo eterno, esta sua imaturidade espiritual é que te conduziu a porta de fuga do ateísmo, fala sério!
    Sem falar do tradicional orgulho ateu de não suportar a possibilidade de existir um ser superior controlando e dando sentido a sua vida.
    Penso que milagres instantâneos não existem, que toda transformação é naturalmente necessária a criação e a manutenção da vida, assim provavelmente a eternidade continuará sustentando lagrimas e sorrisos, mesmo assim voce é favor da continuação da vida eterna ?

    Crentes e ateus fantasiam , “acreditam, possuem fé” em uma suposta extinção do sofrimento criando uma porta de fuga para crença, outros para descrença, por isso eu Disse que ha “religiosos e descrentes práticos”.
    Que por desejarem , passaram a ver na morte uma fuga para conseguirem driblar o sofrimento imposto por essa vida, para manter a vida.
    Mas como ja disse o sofrimento é o preço pago por sermos nós mesmo e não sermos todos um único Deus.

    Veem a vida eterna como um castigo.
    A vida eterna não. O castigo eterno prometido por jesus.

    Irmão Marcos atacou de novo, é o medo do sofrimento que te conduz a falsa porta do ateismo.
    a vida é o que ja é,não esta ai para ser agradável ao ser “eu”, não como fugir disso apenas pela crença do paraíso ou do inferno sr eterno.
    “porque o reino dos céus ja esta dentro de vós” assim como o do inferno que nasce e é mantido provisoriamente pela nossas consciências.

    o sentimento de liberdade não passa de uma natural ignorância do “ser” eu” e não Ser Deus”, quando o cordão umbilical é cortado só muda a forma de respirar ,mas a fonte do ar continua sendo a mesma.
    Dá pra ser mais claro? Sem usar suas famosas abstrações?

    Tô tentando estimular sua perspicácia.
    para existirmos individualmente a ignorância torna-se natural para criar as diferenças entre Entre Deus e a sua criação.
    Crer que o ateísmo conduz a liberdade total, não altera a realidade de que todos dependem do ar vindo da mesma fonte Deus.
    Dentro do ventre respiramos através do sangue materno, cortado o umbigo passamos a respirar o mesmo ar por intermédio do nosso próprio nariz, porem continuamos ainda ser dependentes do mesmo ar.
    Como ja disse transformações são necessárias, porque sempre manterão a vida, porem transições magicas não existem, são fantasias de preguiçosos.

    é irracional não por não conseguir enxergar evidências e sim por acreditar-se um ser fruto da irracionalidade.
    Sou fruto da mesma irracionalidade que você.
    Você é que vê evidencias onde elas não existem.

    Como posso ver algo inexistente ?
    De certa forma concordo que somos todos frutos de uma irracionalidade ou ignorância total da existência Deus,
    unica opção que nos permite sermos algo “diferentes de Deus”, consciências individualizadas.
    Veja a ironia da criação humana:

    Para nos criar Deus foi obrigado pela lógica a se fazer ateu de si mesmo!

    é por isso que digo que nós somos a prova que Deus existe e que duvidar de Deus é duvidar de si mesmos.

    Neste caso, sou um ser racional e fruto, em última instancia, de um processo irracional, natural.

    isto faz tanto sentido quanto um : “burro parindo um sábio”
    pois quando afirma sermos o fruto resultado de um “processo” implica a necessidade de haver um raciocínio.
    processar não seria o mesmo que raciocinar para se conseguir produzir frutos racionais ?
    Como uma inteligência pode reconhecer inteligência onde não ha inteligência alguma, apenas irracionalidade casual ?

    bJá disse. Para a morte, o fim da vida, a inconsciencia permanente.

    o grau de dificuldade na probabilidade de uma consciência passar a existir é proporcionalmente o mesmo para ela continuar existindo.
    ou seja, somos incapazes de afirma que houve um inicio da razão e que haverá um término dela..
    Se Independente do caminho a ser seguido o final nos levará ao mesmo fatal destino, não existe sentido para escolhermos caminhos.

    Ledo engano achar que ateus por não acreditarem em deus não teriam limites morais.
    Ateus têm seus limites morais, eles só não são os limites ordenados por um deus. Nós temos este tipo de liberdade que os teístas não têm.

    Seus limites morais consistem na crença de que ainda haverá mais um dia de vida, e quando não não houver mais para voces assim mesmo ainda haverá para seus entes queridos,mas na iminência do final de toda existência humana, suas crenças darão margens a falta da razão e do sentido Deus.

  105. ssrodrigues:

    Em seu comentario ao Criaturo:

    E logo agora que encontrou um discípulo…

    Você estava referendi-se a mim? Gostei dessa racionalidade e imparcialidade científica dos ateus: dois ateus concordam = império da razão. Dois teístas concordam = um é discípulo do outro.

    Parece aquele ditado do ‘faça o que eu digo, não faça o que eu faço’.

  106. Criaturo,

    “fazei aos outros apenas o bem que espera receber deles, porque essa é Toda lei de Deus, que que todos os profetas deveriam ensinar”.

    O discurso que você costuma adotar no blog não parece seguir este princípio.

    Qual o sentido dos ateus acreditarem que em breve deixarão de existir, quando ignoram como passaram a existir.

    Uma coisa não tem relação com a outra.
    Não importa como passamos a existir. O que importa é que existimos e devemos aproveitar a existência, pois ele é efêmera.

    Então ateus são incoerentes afirmando que Deus não existe.
    Este blog é sem sentido? incoerente ? Leviano? Ele afirma que Deus é ilusão.
    Não há incoerência. Dentro dos limites do conhecimento humano atual, os indícios apontam para a inexistência.
    O sentido do blog é aquele que o Barros quiser dar. Se ele ficar satisfeito em transformá-lo em um blog de culinária, ele é livre para escolher.
    Suas perguntas é que não fazem sentido.

    Errado! menos para ateus que afirmam que Deus não existe!

    Reitero que os ateus que defendem a inexistência de deus o fazem baseados no conhecimento “acessível”.
    Quem defende o contrário está se baseando em conhecimento “inacessível”.

    Penso que a biblia toda foi escrita por homens inspirados por: Espíritos superiores, inferiores, outros homens e por si mesmos.
    Jesus ja ensinou como reconhecermos as leis de Deus.

    Está vendo?
    Inspiração por espíritos, interpretação de jesus. Tudo conhecimento inacessível.

    Enquanto Adão era passivo, não … … ao antinatural do ser sociável nato.

    Já que estamos apenas juntando palavras desconexas: pombo, abacate, vassoura, vergalhão.

    começou apelar para tática do “olha o avião”!
    Disse que descobrir Deus é instintivo e que a … … pela irracionalidade absoluta.

    Hã?

    compartilho da sua irracionalidade,porem não vejo a origem humana a partir da irracionalidade, como uma afirmação da inexistência da Racionalidade Deus e sim apenas uma divina e providencial ausência dela, unica forma de nos fazer enxergar “livres” e independentes da razão Deus.

    Você já foi teísta, já foi ateu, já foi panteísta e agora você parece deísta.
    Você diz que se trata de ausência e não de inexistência.
    Sua posição é que esta “razão deus” deu origem ao universo e desde então está “ausente”?
    Esta é a visão do deísta.

    Deus , God,..Alá.. tupã, Rá ….todos instintivamente direcionam seus pensamentos a um mesmo ser embora possuam níveis de racionalidades diferentes.

    Como já disse, as diferenças não se limitam aos nomes atribuídos aos deuses.
    Um deus único não admitiria uma divergência tão grande nos rituais, adoração a deuses concorrentes, moralidade e nem fomentaria a guerra entre seus próprios adoradores.

    Não possuem evidências provando a inexistência divina

    Vamos ser práticos. Quem é que está falando em provas aqui?

    irmão Marcos voce parece ser mais crente do que eu ,nestas coisa de castigo eterno

    Não acredito em castigo eterno. Só menciono isso por ser a crença da maioria dos cristãos no brasil.
    Se não está entre eles me ignore, pois não estou falando do “seu” deus particular.

    orgulho ateu de não suportar a possibilidade de existir um ser superior controlando e dando sentido a sua vida.

    Alguém controlando sua vida e dando um sentido a ela que não foi o sentido escolhido por você. Qual a diferença disso para a escravidão?

    Crentes e ateus fantasiam , “acreditam, possuem fé” em uma suposta extinção do sofrimento criando uma porta de fuga para crença, outros para descrença, por isso eu Disse que ha “religiosos e descrentes práticos”.

    Ateus acreditam no fim da vida com a morte por observar o conhecimento “acessível”
    Crentes acreditam na vida eterna baseados em um conhecimento “inacessível”.

    Irmão Marcos atacou de novo

    Ataquei quem? Ou o quê?
    A idéia de inferno e tortura eterna no cristianismo não surgiram mesmo com jesus?

    Crer que o ateísmo conduz a liberdade total, não altera a realidade de que todos dependem do ar vindo da mesma fonte Deus.

    Eu alego que não há provas para ambos os lados, pois deus não é um assunto da ciência. Contudo, os indícios apontam para a inexistência ou irrelevância de deus.
    Eu digo que deus, quase que com certeza, não existe.
    Você já começa a argumentação assumindo por antecipação que esta “fonte deus” existe. Você parte da conclusão para tentar provar as premissas. Isto não tem validade lógica.

    Como posso ver algo inexistente ?

    Você vê provas de deus, não apenas evidencias.

    pois quando afirma sermos o fruto resultado de um “processo” implica a necessidade de haver um raciocínio.
    processar não seria o mesmo que raciocinar para se conseguir produzir frutos racionais ?

    Não.
    Um processo natural não implica em raciocínio.
    A não ser que você tenha uma definição toda sua de “raciocínio”.
    Às vezes acho que falamos idiomas diferentes.

    Como uma inteligência pode reconhecer inteligência onde não ha inteligência alguma, apenas irracionalidade casual ?

    Quem vê design inteligente no processo evolutivo está fazendo isso. Enxergando inteligência na irracionalidade.

    Se Independente do caminho a ser seguido o final nos levará ao mesmo fatal destino, não existe sentido para escolhermos caminhos.

    Existe sim.
    O que dá sentido à vida não é o destino alcançado, mas a jornada trilhada.

    na iminência do final de toda existência humana, suas crenças darão margens a falta da razão e do sentido Deus.

    Não me fazem falta.

  107. Marcos:

    A moral dos ateus é a moral humana, desenvolvida pelos homens e apurada pelas experiências da história.

    Ok, agora imaginemos a seguinte situação. Numa sociedade atéia, um governante adota a seguinte medida: em virtude dos altos gastos que todos os tipos de aleijados custam à sociedade, decreta-se que todos os fetos ou recém nascidos que tiverem algúm tipo de defeito físico ou anomalidade genética devem ser mortos ou abortados para o bem da sociedade que em breve se verá livre desses indivíduos que mais sugam do que contribuem a sociedade. A medida tem forte apoio popular.

    Qual a sua análise desse medida perante a moral atéia?

  108. beleza Diogo!

    Ja respondi seu comentário e sou todo ouvidos para novos.

    abraço

  109. SS

    Da onde você tirou essa ideia de discípulo, bulliyng ?
    Se refere-se ao Comentário do Andre isso não significa que venhamos seguir o tradicional cooperativismo ateu que tanto deseja aumentar a razão de voces.
    Quando concordamos significa que ja compartilhamos igualdades de pensamentos, aprendemos mais quando divergimos.

  110. Marcos

    Alem do “religioso pratico” e do “ateu pratico”, existe também outra versão ateu zé do muro: é aquele que vê na possibilidade da eternidade uma maravilha,mas o medo de estar se iludindo cria nele uma necessidade de provas, caso estas provas sejam falsas poderá usa-las como desculpa por ter desejado acreditar na opção da vida.

    Existe uma peculiaridade entre ateu e crente equivocados, ambos compartilham do desejo de fugirem de todo sofrimento, assim passaram a ver o final dessa vida , como uma magica salvadora.
    Um passando a inconsciência absoluta, ou outro ao eterno paraíso sem sofrimentos.
    Mas a evidência da vida real nos diz que magicas milagrosas não existem e sim que prazer e o sofrimento é um único sentimento andando em sentido opostos e que coisas não desaparecem para o nada.

    O ateísmo não implica em recompensa definitiva ou castigo eterno após a morte. Não implica em um relação especial com entidades supremas superpoderosas que possam se zangar com alguma “quebra de contrato”. De modo que a implicação para o ateu que adota uma postura supersticiosa de religioso, qualquer que seja ela, é zero.

    O ateísmo implica numa porta de fuga para o sofrimento, ou melhor dizendo para vida que ele reprova com a existência de um possível criador o controlando.
    Atitudes deploráveis são comuns a ateus e crentes, a estes porem a culpabilidade imputada sera maior por agirem com conhecimento de causa.

    É uma evidência forte de que a convicção dos religiosos não é tão grande assim. E se nem eles acreditam, por que eu deveria.

    Voce me lembrou os reliosos fariseus gritando para libertarem o assassino Barrabás e crucificarem um inocente.
    você acha inteligente se rebaixar aos piores exemplos ?
    E por que um ateu acusa seus semelhantes?
    Crentes esperam encontrar na morte do corpo o final dos sofrimentos humanos, ateus igualmente, porem nesta os crentes são mais espertos, pois como em um conto de fadas, continuam desejando viver felizes para sempre no paraíso .

    “acha” muitas coisas. Você faz muitas suposições à respeito de particularidades e mesmo sobre pensamentos de pessoas que você sequer conhece, como se você tivesse algum poder de telepatia que outros humanos não têm.
    Isto tira a credibilidade do seu discurso.

    o que tira a credibilidade é quando a pessoa passa a negar o seu próprio discurso, voce que concordou achar “espetacular” a possibilidade da existência ser divina, mesmo confessando sofrer o inferno eterno.
    Mas tudo bem, se não for bem assim então vamos desfazer claramente esse mal entendido:

    Vamos supor que a continuação da vida eterna seja exatamente parecida com a atual , ou seja com toda lagrimas e sorrisos voce :

    a) considera essa vida algo bom ou ruim ?
    b) Gostaria de continuar vivendo ou morrer para sempre ?
    c) Qual crença te agrada mais: ter sido gerado pela irracionalidade livre e burra, ou ter sido gerado por uma racionalidade inteligente proposital e controladora ?

  111. Andre Lopes,

    Numa sociedade atéia, um governante adota a seguinte medida: … decreta-se que todos os fetos ou recém nascidos que tiverem algúm tipo de defeito físico ou anomalidade genética devem ser mortos ou abortados para o bem da sociedade que em breve se verá livre desses indivíduos que mais sugam do que contribuem a sociedade. …
    Qual a sua análise desse medida perante a moral atéia?

    Não posso responder pela moral atéia, pois se existe tal coisa eu não conheço. Posso responder pela “minha” moral, que eu considero como sendo secular.

    Na situação hipotética sugerida por você eu acharia a medida autoritária e imoral por violar os direitos individuais das pessoas.

  112. Criaturo,

    existe também outra versão ateu zé do muro: é aquele que vê na possibilidade da eternidade uma maravilha,mas o medo de estar se iludindo cria nele uma necessidade de provas, caso estas provas sejam falsas poderá usa-las como desculpa por ter desejado acreditar na opção da vida.

    Não conheço ninguém nesta classificação. Desculpas para quem? Para si mesmo?

    O ateísmo implica numa porta de fuga para o sofrimento, ou melhor dizendo para vida que ele reprova com a existência de um possível criador o controlando.

    Se o criador existisse não haveria porta de fuga, pois dizem que ele é onipotente.

    você acha inteligente se rebaixar aos piores exemplos ?

    Que exemplos? Do que está falando?

    E por que um ateu acusa seus semelhantes?

    Quem eu acusei? E de quê?

    Crentes esperam encontrar na morte do corpo o final dos sofrimentos humanos, ateus igualmente, porem nesta os crentes são mais espertos, pois como em um conto de fadas, continuam desejando viver felizes para sempre no paraíso .

    É mesmo. Como num conto de fadas.

    voce que concordou achar “espetacular” a possibilidade da existência ser divina, mesmo confessando sofrer o inferno eterno.

    Acho espetacular, extraordinário, incrível, fantástico no sentido de não ser uma afirmação comum.
    Nunca disse que achava “bom”. Muito pelo contrário.

    Vamos supor que a continuação da vida eterna seja exatamente parecida com a atual , ou seja com toda lagrimas e sorrisos voce :
    a) considera essa vida algo bom ou ruim ?

    Nessa suposição, acharia bom.

    b) Gostaria de continuar vivendo ou morrer para sempre ?

    Nessa suposição, gostaria de continuar vivendo.

    c) Qual crença te agrada mais: ter sido gerado pela irracionalidade livre e burra, ou ter sido gerado por uma racionalidade inteligente proposital e controladora ?

    A idéia de ter sido gerado por um processo irracional e livre me agrada mais.
    Quanto à irracionalidade ser burra, não acho que esta descrição tenha validade lógica, pois burrice normalmente implica em um raciocínio, ainda que errado.
    A não ser que o adjetivo burra se refira a instinto. Se for isso está correto.

  113. Marcos:

    Não posso responder pela moral atéia, pois se existe tal coisa eu não conheço. Posso responder pela “minha” moral, que eu considero como sendo secular.

    Sua resposta confirma minha suspeita, não se pode falar em moral atéia, não há limites, tudo é permitido. Na hipótese que te apresentei, a morte de fetos e bebes com algum defeito seria perfeitamente aceito numa sociedade atéia. Bastaria a concordância da maioria.

    Na situação hipotética sugerida por você eu acharia a medida autoritária e imoral por violar os direitos individuais das pessoas.

    Que bom que você tem esses valores morais. Mas o meu ponto é que sua moral vem dos valores que você recebeu em casa e fora dela. Num contexto ateu, estaríamos expostos a uma ausência de valores morais ou a valores sem qualquer limite, a não ser que você me mostre qual é o limite.

  114. André Lopes

    Dois ateus concordando sobre alguma coisa são apenas duas pessoas avaliando o motivo da concordância sob um mínimo de racionalidade e coerência.
    Você secundando as barbaridades do Criaturo é um discípulo.


  115. muito bom

  116. André Lopes

    Sobre essa sua resposta ao Marcos, vou arriscar e dizer que para você a fonte dessa moral é o cristianismo e sob essa suposição vou te fazer uma pergunta.
    A Índia é majoritariamente ateia do deus em que você acredita. Lá têm acontecido casos escabrosos de estupro coletivo. A população tem feito protestos indignados, clamando pela punição dos estupradores e por medidas mais severas que visem coibir esses estupros.
    A minha pergunta, condicionada a que você confirme entender que a fonte da moral é o cristianismo, é: como você explicaria que milhões e milhões de ateus tenham suficiente senso moral para se indignar contra a mesma coisa que deixa as sociedades de moral cristã indignadas?

  117. Sr. André Lopes, gostaira que pensasse em algo:

    La na antiguidade estes valores que o Sr. acha virem de um deus, pode muito bem ter sido inventados (até mesmo por ateus da época) e atribuidos a um deus para ter maior peso.

  118. A Índia é majoritariamente ateia do deus em que você acredita.

    Shirley, ele acha que os hindus cultuam Deus. Mas, também, o que mais se poderia esperar de um “deísta cristão”?

  119. Ainda bem que deus não existe:

  120. Vejam quem é o padre que tá chegando: http://www.youtube.com/watch?v=UXV2iHasy2k&feature=share&hd=1

  121. Ver um padre deste quilate se apresentando é o mesmo que ver um judeu usando uma suástica.

  122. ssrodrigues:

    Dois ateus concordando sobre alguma coisa são apenas duas pessoas avaliando o motivo da concordância sob um mínimo de racionalidade e coerência.
    Você secundando as barbaridades do Criaturo é um discípulo.

    Que feio, acabou de confirmar que ateus podem concordar, mas teístas não, já vira discípulo. Depois é crente que é preconceituoso.

  123. Sr. ADAMANTDOG:

    La na antiguidade estes valores que o Sr. acha virem de um deus, pode muito bem ter sido inventados (até mesmo por ateus da época) e atribuidos a um deus para ter maior peso.

    Obrigado pela pergunta. Sim, tudo é possível, ainda que seja improvável.. Independente disso, sociedades que tem como base moral um criador (não precisa ser o cristianismo) têm um limite moral, algo de fora que sociedade que atua como freio aos seres humanos.

    Os ateus não. Hoje matar criancinha é errado, mas amanhã pode surgir alguém que convença a sociedade que é melhor assim e não haverá nada e ninguém para impedir. É o vale tudo, desde que esteja ‘de acordo com minha consciência’.

  124. André Lopes

    Quando você apoia as coisas absurdas que o Criaturo escreve, você demonstra não fazer uso de discernimento, abre mão da coerência e da racionalidade. Concordamos então que vocês podem concordar em se apoiar nas barbaridades e absurdos que ambos escrevem.

    A sua resposta ao Adam significa que você será capaz de matar criancinhas e de se livrar daqueles que, segundo seu entendimento, ” mais sugam do que contribuem a sociedade” se não for mantido sob o controle dessa coleira mental deísta-cristã-teísta.

    O tragicômico de pessoas como você é isso: adoram ficar esfregando na cara dos ateus uma moral que não têm, já que admitem abertamente que não são capazes de conter seus piores instintos por si mesmos.

  125. andre Lopes
    Os ateus não. Hoje matar criancinha é errado, mas amanhã pode surgir alguém que convença a sociedade que é melhor assim e não haverá nada e ninguém para impedir.

    triste essa sua retorica!
    espero que vc consiga se convencer disso
    o engraçado deste seu exemplo é que no livro de contos do seu Deus existe varias partes de assassinato de crianças e sacrificios
    depois vc vem falar que isso é coisa de ateu???/
    como vc quer ser levado a serio??

  126. ssrodrigues:

    Percebeu que você não atacou o mérito e foi tentar atacar o mensageiro? Sabe o que é isso? É falta de argumentos.

    A sua resposta ao Adam significa que você será capaz de matar criancinhas e de se livrar daqueles que, segundo seu entendimento, ” mais sugam do que contribuem a sociedade” se não for mantido sob o controle dessa coleira mental deísta-cristã-teísta.

    Então você acha que eu defendi matar criancinha? Acho que nem uma criancinha de 4 anos seria asno a ponto de chegar a uma conclusão tão ridícula como essa. É dificil manter algum nível de discussão com pessoas que não sabem compreender textos elementares.

    Continuo esperando as suas explicações do porquê numa sociedade ateísta matar criancinhas seria errado. Querida, atenção, não estou dizendo que eu concordo com isso entende? É uma hipótese e quero saber suas razões, ok?

  127. Barros

    Agora o André não poderá reclamar sobre nenhuma “tabelinha”, quem concordou com você foi ele mesmo, na resposta ao Adam.

    Será que está próximo um outro grande cisma na igreja católica, com os dissidentes pregando seu direito de crer num deus aleatório e conciliar isso com o cristianismo?

  128. Andre Lopes
    é nojento esse argumento da moral que o crente em algum Deus ja fabricado ou em um Deus concebido pelo proprio crente TEM!!!
    se fosse assim , o mundo que tem 98% da populaçao de crentes em um ser mitico, x men do cassete iria ser um mar de rosas! — sem guerras, fome, atrocidades , e muitas com crianças!
    cade a moral entao???O Neocrente se acha cheio de virtudes e moral!

    Shirley
    ja escutou
    Dio – Evil or DIVINE???
    MUITO BOM
    NA BOA O BLACK SABBATH COM O DIO É MELHOR DO QUE COM O ozzzY!
    dEUS É FODA MESMO! LEVA OS CARAS BONS E DEIXA AQUI O JUSTIN BIEBER! e outras porcarias! um fanfarrao mesmo!!! kkkkkk

  129. André Lopes

    Por que numa sociedade ateísta seria errado matar crianças? Por que ateus abominam a ideia de um deus que manda matá-las, ao contrário dos crentes, que acham natural arrumar desculpas para a bestialidade desse deus. Por que há certas coisas que são inerentes ao ser humano. Por que o instinto de proteger crianças é inerente à maioria dos seres humanos, crentes não têm a patente sobre isso.

    Quem disse que as pessoas só são impedidas de cometer atrocidades se acreditarem que há um ente exterior a elas pondo-lhe freios, foi você.

    Eu não acredito que haja ente nenhum me pondo freios. Você é quem acredita.

  130. Andre lopes

    Continuo esperando as suas explicações do porquê numa sociedade cristã matar criancinhas seria errado??

    responde ai!!!

  131. Greg

    Esse ainda não ouvi. Concordo 100% com você sobre as duas coisas: Black Sabbath com o Dio é sem dúvida melhor que com o Ozzi, a voz e a dicção dele são esquisitas.
    E Justin Bieber…que decadência! Do criador eu digo. Passar de um Dio a um Bieber é fim de linha. rsrssrs
    Falando em Dio, uma das músicas em que acho a voz dele mais divina que o habitual é Catch the Rainbow, já ouviu?

  132. ssrodrigues:

    A Índia é majoritariamente ateia do deus em que você acredita.

    India não é ateia, querida. Agora você se superou. India é um dos países mais religiosos do mundo. Digite “hinduísmo” no google e depois me conta.

    Aqui se vê toda a confusão de conceitos. Se você é ateia de verdade, deve criticar a India também. Mas parece que nesse blog surgiu a figura do ateu tupiniquim, é o ateu de bíblia. Se for assim eu sou ateu de alcorão. O problema é que o ateísmo é, por definição, a não crença em nenhum deus, seja cristão, muçulmano, hindu, etc. E isso O MUNDO está cansado de saber, mas aqui parece ser novidade.

  133. Greg:

    Continuo esperando as suas explicações do porquê numa sociedade cristã matar criancinhas seria errado??
    responde ai!!!

    Pois não, há vários motivos mas posso citar um dos principais que é a de que Deus nos deu a vida e somente ele pode tirar. Você há de convir que as igrejas cristãs, e a católica principalmente, são as principais defensoras da vida, seja sendo contra o aborto em qualquer situação, a pena de morte em geral, etc. No cristianismo, a humanidade é criação divina, a vida é um presente de Deus.

    Qto ao ateísmo, eu inicialmente perguntei ao Marcos qual a base da moral, ele me respondeu que não há que se falar em moral ateia. Portanto, conclui que a consciência de cada pessoa é que manda, ou seja, não há limites, faço o que eu quiser, desde que minha consciência esteja tranquila. Stalin achou que estava fazendo o bem para a sociedade russa, matando milhões de pessoas para ‘limpar’ a sociedade dos maus elementos e poder implementar o seu comunismo ateu.

    Ao falar isso, recebo as rotineiras pedradas dos ateus desse blog, mas curiosamente, ninguém respondeu minha colocação, ficou só nas pedradas.

    É sempre a mesma experiência: os ateus são rápidos ao criticar os outros, mas quando eu peço para me falar sobre suas razões, eu só ouço grilos. Ficam só na agressão ao mensageiro. Parece aquele cachorro bravo que vem latindo, basta dar um susto que ele sai correndo.

  134. ssrodrigues:

    Quem disse que as pessoas só são impedidas de cometer atrocidades se acreditarem que há um ente exterior a elas pondo-lhe freios, foi você.

    Eu afirmei que no ateísmo é a sua consciência que manda, rezo para que a sua consciência seja sempre boa, pois se um dia não for, e você tiver o poder, sabe-se lá o que você pode vir a fazer.

  135. Carlos Eduardo:

    Esse padre é uma vergonha, eu, como cristão e católico, estou de acordo que esse sujeito não está levando a batina a sério. Duvido que siga a castidade.

  136. Andre Lopes

    Pois não, há vários motivos mas posso citar um dos principais que é a de que Deus nos deu a vida e somente ele pode tirar.

    r – entao se NAo houver Deus voce vai matar criancinhas entao?

    afinal Nao existe DEus e sua “moral” para impedir, nao é?
    esssa sua resposta é tipica de crente , que diz que so faz e segue as coisas vindas de seu Deus, mas essa moral vem da biblia, a qual voce diz as vezes quando convem que rejeita e NEGa”
    se voce seguiir toda a “moral” vinda de la , acho que voce estaria fora do senso comum da sociedade e ate seria preso.
    voce só NAo mata criança por causa do medo de Deus e de sua possivel puniçao no inferno???
    se voce responder que nAo , que é uma coisa natural, que vem de dentro , como um instinto que diz que é errado matar crianças, essa resposta é a mesma que um ateu diria!

    Stalin achou que estava fazendo o bem para a sociedade russa, matando milhões de pessoas para ‘limpar’ a sociedade dos maus elementos e poder implementar o seu comunismo ateu.
    R – A igreja catolica durante uns mil anos tambem matou, de tudo quanto é jeito pessoas, na idade media, com inquisiçao e quando alguem disordava de seus dogmas.
    ela tambem achava que estava fazendo o bem para a sociedade!
    basta alguem ou uma sociedade ter poder alem dos limites para que se faça o mal e ocorra tragedias. como Deus NAo existe isso aconteceu varias vezes e continuará acontecendo! Sempre e sempre!

    o engraçado é que a igreja catolica mesmo tendo forte poder e influencia nunca moveu uma palha para impedir guerras e assassinatos. todos sabemos que ela apoiou mussoline e o nazismo! depois fica demonstrando uma “falsa” tristeza pelo ocorrido” ela podia ter tentando impdir a guerra ou minimiza-la fazendo coisas extremas, como: o papa ou outro representante fazendo greve de fome, ja seria um começo , ate mesmo para mostrar sua indignaçao! com a quantidade de devotos dessa igreja, ela podia ter feito muita coisa, mas……… se omitiu ! a verdade é que ela tinha o interesse nesta guerra, porq quem tava tomando fumo era a religiao rival, judaismo! —
    que se foda esses caras que NAo aceitam Jesus como ele dizia ser e ainda espera o messias! deles!!! essa é a verdade, é rivalidade pura!
    a igreja e algumas pessoas sao assim: nao é da miha religiao e da minha fe!! entao foda-se, pode morrer! sem sentimentalismo!
    é tao verdade isso! que so mostra como a religiao acaba por separar mais as pessoas do que unir!
    matar ou deixar morrer infieis é pratica comum nas religioes, ainda bem que hoje as pessoas , pelo menos no Ocidente esta levando isso menos a serio! elas em geral dizem acreditar em Deus mas vivem como se este e suas leis NAo existissem!
    o pior desta historia é a omissao de quem poderia resolver facilmente isso tudo: DEUS!
    ate zeus de vez em quando aparecia, se intrometia nos assuntos, engravidava virgens, mostrava que estava ali, quieto, mas de olho!!!
    esse Deus NAo,pode acontecer o que for! que ele nao da a minima!
    se Deus nao impediu Stalin de fazer o que fez, talvez ele estivesse de acordo, eu se tivesse metade do poder que os crentes dizem que se Deus tem, jogava um raio no Stalin!! e talvez um meteoro no Hitler!
    mas quanto ao Hitler eu ate entendo porq ele nao fez nada, ao contrario do Stalin que dizem que era ateu! e ele poderia punir sem sombra de duvida, o cara era infiel de todos os Deus!!! Hitler era catolico , entao devoto e inspirado pelo divino!
    Deus nao iria impedir o cara que estava fazendo a obra dele , matando judeus infieis , nao é mesmo?? ainda mais se for o Deus Jesus e Nao o Deus de Abraao e JAco!
    Deus Jesus devia estar com sangue na boca e cheio de vontades de esfolar os judeus! —- esperou quase 2 mil anos para punir os caras que o rejeitaram!

  137. Andre Lopes
    vc entende a frase? ou esta se fazendo de bobo?
    se voce estiver aqui para sacanear, nem perco mais meu tempo de responder!

    A Índia é majoritariamente ateia do deus em que você acredita.
    r – o unico jeito de voce nao concordar com o escrito acima é voce sendo HInduista!! —–
    nao esta escrito que a India é ateista!!!
    ou voce acha que hinduismo é acreditar em todos os deuses existentes? inclusive o cristao, javé, ALA?
    Na India existe outros dogmas diferentes do seu! olha no Google !

    Andre Lopes disse:
    Esse padre é uma vergonha, eu, como cristão e católico, estou de acordo que esse sujeito não está levando a batina a sério. Duvido que siga a castidade.

    agora voce é catolico de novo! CAtolico que NAo aceita a biblia como ela é! rsrsrsrsrssrrss – piada isso, né!!!! rsrsrsrsrs
    e tomara que este padre NAo siga a castidade e goste de buceta porq assim as criançinhas correm menos perigos!
    eu se fosse ele teria vergonha da apresentaçao dele naquela formatura, eu pediria indenizaçao se um cara assim estragasse a minha formatura!
    o sujeito estuda 4, 5 anos e paga por uma merda dessas! — lugar de padre é na igreja e de pastor no culto! é palhaçada misturar religiao com formatura! ainda mais porq nem todos os formando devem ser catolicos!
    tem gente de outras crenças em tudo quanto é lugar e sem crença tambem!
    se existisse Deus ai sim ele iria embora de vez desse mundo, é muita vergonha , nem Deus suportaria!!!!!!!!
    da pra ver no video as pessoas incomodadas e estupefadas com o que seus olhos viam! que porra é essa devia estar naquelas cabeças ali pensando!

  138. Andre Lopes,

    Sua resposta confirma minha suspeita, não se pode falar em moral atéia, não há limites, tudo é permitido.

    Não, não confirma. Eu respondi uma coisa e você entendeu o que quis entender.
    Não dá pra ser tudo permitido na moral atéia se você mesmo concorda que não existe moral atéia. É como dizer que na moral “azul” tudo é permitido.
    Os termos “moral” e “ateu” não têm qualquer relação. Entendeu agora?

  139. Andre Lopes
    Se for assim eu sou ateu de alcorão.

    voce é ateu de alcorao, a menos que voce seja devoto de ALA!
    ateismo é a NAo crença em nenhum Deus!
    ser crente ou NEocrente é acreditar em todos os DEUS????/

    Andre Lopes
    comunismo ateu.

    o cristianismo é entao capitalista???? voces seguem uma corrente economica-religiosa?? nao sabia! nao vi essa definiçao em dicionario!
    liga para o AURELIio para ele refazer!

    me mostra no dicionario , (o qual voce mesmo ja usou aqui!) – onde ateismo tem ligação ou qualquer vinculo com o comunismo!! te dou o tempo que voce quiser! tempo ate para voce inventar e publicar um novo dicionario!
    Nossa “senhora” estou errado entao, sou ateu capitalista! Neo Liberal – estou contrario ao dogma que diz que o ateu deve ser comunista!
    puta q pariu! minha casa caiu, meu mundo desmoronou com essa noticia

  140. Toda vez que o BARROS coloca a palavra anus ou algo que o indica o texto gera muitos comentarios!!
    ooooooooooo povo barraqueiro!!!!!! srrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrs

  141. Andre Lopes,

    Mas o meu ponto é que sua moral vem dos valores que você recebeu em casa e fora dela.

    Exatamente. A moral que impera em um ambiente ateu é a moral secular e não a “atéia”, pois não existe isso de moral atéia.

    Num contexto ateu, estaríamos expostos a uma ausência de valores morais ou a valores sem qualquer limite, a não ser que você me mostre qual é o limite.

    O limite é a moral secular.

  142. Marcus K

    Não, não confirma. Eu respondi uma coisa e você entendeu o que quis entender.
    O crente é sempre assim MArcus, so entende o que ele quer entender!
    se fosse assim nao existiria inumeras seitas, igrejas, credos, religioes………………………………………………………………………………………….. e verdades e dogmas…………………………………………………………..
    e………………………………………………………….. Neocrentes……………………….

  143. Criaturo
    Crentes esperam encontrar na morte do corpo o final dos sofrimentos humanos, ateus igualmente, porem nesta os crentes são mais espertos, pois como em um conto de fadas, continuam desejando viver felizes para sempre no paraíso .
    r – melhor definiçao sua sobre alguma coisa já escrita neste blog!
    parabens! continue assim!
    acho que todos aqui concordamos!
    enfim ateus e “crentes” ou sei lá o Q concordam em algo! Aleluiaááááá

  144. Andre Lopes,

    Dizer que na moral atéia tudo é permitido é o mesmo que dizer que o gosto do “lilás” é muito azedo, ou que a velocidade de um carro é 46 kg.
    É uma frase sem coerência, sem validade lógica ou racional. Está relacionando coisas que não têm vínculo algum entre si.
    Agora não tem desculpa. Essa minha explicação ficou clara até pra uma criança.

  145. Greg:

    voce só NAo mata criança por causa do medo de Deus e de sua possivel puniçao no inferno???

    Meu ponto reiterado várias vezes é sobre a possibilidade de, numa sociedade onde tudo é permitido, que a sociedade venha a achar que realmente aleijado só atrapalham e que devemos ‘cortar o mal pela raíz’ matando-os já na barriga da mãe. Veja que o que escrevi é MUITO diferente do que você concluiu acima.

    A igreja catolica durante uns mil anos tambem matou, de tudo quanto é jeito pessoas, na idade media, com inquisiçao e quando alguem disordava de seus dogmas

    Eu obviamente discordo do que a igreja fez, mas quantitativamente nem se compara. O número de mortes na Inquisião foi infinatamente menor que um ateu como Stalin ou outro ateu como Mao Tse-tung fizeram.

    todos sabemos que ela apoiou mussoline e o nazismo! depois fica demonstrando uma “falsa” tristeza pelo ocorrido”

    Não foi bem assim, há livros escritos mostrando que o Papa não apoiou o nazismo. E mesmo que tivesse apoiado, eu criticaria o Papa, acharia um pecado gravíssimo, mas não iria deixar de ser cristão por causa disso. A igreja é de Cristo, não do Papa ou qualquer ser humano.

    se Deus nao impediu Stalin de fazer o que fez, talvez ele estivesse de acordo, eu se tivesse metade do poder que os crentes dizem que se Deus tem, jogava um raio no Stalin!! e talvez um meteoro no Hitler!

    É uma conclusão apressada, pois não prova se Deus tinha ou não razões para intervir. Há a questão do livre arbítrio e os cristão acreditam na vida eterna. Olhando por essa perspectiva, ainda que haja morte e sofrimento na terra, não quer dizer que Deus não seja bom, pois a vida na terra é curta e passageira.

    vc entende a frase? ou esta se fazendo de bobo?
    se voce estiver aqui para sacanear, nem perco mais meu tempo de responder!
    A Índia é majoritariamente ateia do deus em que você acredita.
    r – o unico jeito de voce nao concordar com o escrito acima é voce sendo HInduista!!

    Bom, para mim é mau português falar ‘ateu de seu Deus’. Pois ateu significa negação a qualquer deus. Mas vou fazer um esforço e tomar a frase pelo que acho que a ssrodrigues quis dizer: A Indía não é cristã e mesmo assim demonstrou compaixão sobre os estupros.

    Grande conclusão… eu sou teísta, acho que a India não é cristã mas não é atéia, tem sim sua religião e seu valor, ainda que eu discorde em alguns pontos. São vocês que pensam que eu só defendo cristão. Aqui nessse blog impera o “ateu de bíblia”, eu gostaria de discutir o que realmente importa, nosso universo aponta para um criador ou não? Se eu chamo de Ala ou de Deus, basta estarmos falando do criador do universo que estamos falando da mesma pessoa.

    agora voce é catolico de novo! CAtolico que NAo aceita a biblia como ela é! rsrsrsrsrssrrss – piada isso, né!!!! rsrsrsrsrs

    Pode rir a vontade, rir é bom. Eu explico: sou católico mas tenho opinião própria, sigo os principais pilares da religião. A maioria dos católicos usam algum método anticoncepcional, por ex. Isso só mostra como pensamos por nós mesmos. O problema é que vocês estão afixionados pela figura do crente cego. Há pessoas assim, claro, mas é a minoria. Se libertem disso.

    eu se fosse ele teria vergonha da apresentaçao dele naquela formatura, eu pediria indenizaçao se um cara assim estragasse a minha formatura!

    Eu tb acho que lugar de padre é de batina, rezando dentro da igreja. Nada de Zé Bonitinho cantando para as fãs. Porém, ele foi convidado por alguém para cantar lá, vaias para quem teve a infeliz idéia.

  146. Greg:

    O crente é sempre assim MArcus, so entende o que ele quer entender!

    Primeiro que o nome dele é MARCOS. Segundo que eu acho lindo quando vejo ateu jogando de tabelinha, um conta a piada e o outro ri, da cara dos “crentes” claro.

  147. Marcos:

    Não dá pra ser tudo permitido na moral atéia se você mesmo concorda que não existe moral atéia. É como dizer que na moral “azul” tudo é permitido.
    Os termos “moral” e “ateu” não têm qualquer relação. Entendeu agora?

    e depois

    Dizer que na moral atéia tudo é permitido é o mesmo que dizer que o gosto do “lilás” é muito azedo, ou que a velocidade de um carro é 46 kg.

    Apesar do seu joguinho de cores continuo sem resposta para o meu argumento, o de que numa sociedade atéia seria plenamente justificável matar criancinhas, bastando a maioria concordar.

    Se você disser que não existe moral atéia, e supondo uma sociedade sem nenhuma religião, bingo, a minha conclusão se impõe novamente: o limite é o que as pessoas quiserem.

  148. SS

    Você secundando as barbaridades do Criaturo é um discípulo.
    Barbaridade é uma pessoa afirmar “ser melhor do que Deus”

  149. André Lopes

    Isto:

    India não é ateia, querida. Agora você se superou. India é um dos países mais religiosos do mundo. Digite “hinduísmo” no google e depois me conta.blockquote>

    Quando relacionado a isto:

    A Índia é majoritariamente ateia do deus em que você acredita.

    demonstra duas coisas:
    1- o seu analfabetismo funcional;
    2- sua cultura de almanaque.

    Esta afirmação sua:

    (…)sociedades que tem como base moral um criador (não precisa ser o cristianismo) têm um limite moral, algo de fora que sociedade que atua como freio aos seres humanos.

    Quando confrontada com esta outra afirmação sua:

    Eu afirmei que no ateísmo é a sua consciência que manda(…)

    Como sua resposta a isto:

    Quem disse que as pessoas só são impedidas de cometer atrocidades se acreditarem que há um ente exterior a elas pondo-lhe freios, foi você.

    Deixa claro que a sua desonestidade intelectual só não é maior que sua ingenuidade em achar que pode escrever uma coisa e desdizê-la em seguida sem que a outra pessoa dê pela coisa.

    Sua menção a Stalin é recurso mofado, inevitavelmente aparece por aqui sempre que um crente não consegue sustentar seu discurso de superioridade moral.
    Você dizer que Stalin “achou que estava fazendo o bem” só confirma sua cultura de almanaque.

    E sabe onde está a falha incontornável na sua afirmação de que sociedades crentes num criador são melhores que uma presumível sociedade ateia?
    No fato de que você não tem argumentos que embasem essa afirmação, nem de um lado, nem de outro.
    Você não tem como demonstrar que sociedades crentes são melhores por que você não tem como saber se as coisas seriam diferentes se nunca tivessem existido sociedades crentes.
    Igualmente para o caso contrário. Não há base de comparação ou possibilidade de estimativa.

    Na maioria das sociedades os ateus são minoria. Seguindo sua afirmação, nós deveríamos constatar que os índices de criminalidade estão restritos à minoria ateia. O que acontece é o contrário.
    Eu poderia então afirmar, com base nesse fato, que numa sociedade ateia teríamos muito poucos crimes.
    Não o faço por duas razões: é mais importante para mim ser honesta do que tentar manipular fatos isolados apenas para “provar” meu ponto de vista.
    A outra razão é que não vejo o ser humano nessa base maniqueísta e rasa dos crentes.

  150. Marcos
    O que isso tem a ver com medo de viver é você quem tem que explicar.

    ATEUS argumentam que se Deus existisse não haveria sofrimentos, esse descontentamento criou no ateísmo, uma porta de fuga dessa realidade que lhes parece “indesejável”, ligando ao inexistente “descanso eterno” livre dos sofrimentos e do trabalho humano, nesta fantasia os crentes são mais espertos, pois não dispensaram os prazeres desta vida, na outra vida.

  151. André Lopes

    Meu ponto reiterado várias vezes é sobre a possibilidade de, numa sociedade onde tudo é permitido, que a sociedade venha a achar que realmente aleijado só atrapalham e que devemos ‘cortar o mal pela raíz’ matando-os já na barriga da mãe.

    Você está caracterizando uma sociedade ateia como sendo “uma sociedade em que tudo é permitido”.

    Como foi que você chegou a essa conclusão? Onde estão os estudos, os fatos demonstrando que em sociedades ateias tudo é permitido?
    Em que época e região do mundo está localizado o grupo social que dá embasamento a essa sua proposição?

  152. Shirley, SE ele tivesse lido a Bíblia dele, iria notar que quem gosta de matar crianças é o Deus que ele diz ser quem inspira os cristãos a não matarem crianças.

    Eu, hein?

  153. Marcos

    Se o criador existisse não haveria porta de fuga, pois dizem que ele é onipotente.
    Exato! não ha esta inexistência ateísta, isto não passa de uma ilusão para os que rejeitam a vida do jeito que ela foi criada.
    Quanto a onipotência não creio.

    você acha inteligente se rebaixar aos piores exemplos ?

    Que exemplos? Do que está falando?
    não sei voce não posta o contexto, provavelmente tem alguma referencia com os animais.

    Quem eu acusei? E de quê?
    uma ofensa muito grave chamou crentes de “ateu práticos” porem ambos possuem visões semelhantes de uma porta para fugirem desta vida, ateus para o nada de nada, e os espertinhos crentes para as delicias do paraíso eterno.

    voce que concordou achar “espetacular” a possibilidade da existência ser divina, mesmo confessando sofrer o inferno eterno.

    Acho espetacular, extraordinário, incrível, fantástico no sentido de não ser uma afirmação comum.
    Nunca disse que achava “bom”. Muito pelo contrário.

    ja sei sua consciência teme o castigo eterno, então tenta se esconder atrás da ilusão do ateísmo.

    Vamos supor que a continuação da vida eterna seja exatamente parecida com a atual , ou seja com toda lagrimas e sorrisos voce :
    a) considera essa vida algo bom ou ruim ?

    Nessa suposição, acharia bom.

    Eu tambem ! é nisto que eu acredito e nada de milagres instantâneos conduzindo a natural existência para uma ilógica inexistência.

    A idéia de ter sido gerado por um processo irracional e livre me agrada mais.

    orgulho do discípulo querendo superar o mestre

    Quanto à irracionalidade ser burra, não acho que esta descrição tenha validade lógica, pois burrice normalmente implica em um raciocínio, ainda que errado.

    Burrice representa a falta de capacidade em raciocinar, sendo que a irracionalidade absoluta, representaria a maior burrice e acreditar-se filho dessa burrice seria o mesmo que acreditar que ” um burro pode dar a luz a um sábio”.

  154. Barros:

    Shirley, SE ele tivesse lido a Bíblia dele, iria notar que quem gosta de matar crianças é o Deus que ele diz ser quem inspira os cristãos a não matarem crianças.

    Você deve ter lido a bíblia mais que o Papa pois suas conclusões tão claras e evidentes são totalmente contrárias ao que ensina a igreja. A outra hipótese é que você sentou, abriu uma página e tirou conclusões. Nesse caso você seria o ignorante pensando que sabe algo.

    De qualquer forma, não queria desviar do assunto, por que os ateus desse blog não respondem a pergunta: qual o limite moral de uma sociedade ateia? Vocês preferem atacar o meu exemplo, a mim, o que ou quem for, mas não respondem a pergunta.

  155. Marcos

    O discurso que você costuma adotar no blog não parece seguir este princípio.
    esta discussão ja foi encerrada

    Qual o sentido dos ateus acreditarem que em breve deixarão de existir, quando ignoram como passaram a existir.

    Uma coisa não tem relação com a outra.
    Não importa como passamos a existir. O que importa é que existimos e devemos aproveitar a existência, pois ele é efêmera.

    se não sabe de onde veio não possui autoridade para poder afirmar para onde estamos indo.

    Então ateus são incoerentes afirmando que Deus não existe.
    Este blog é sem sentido? incoerente ? Leviano? Ele afirma que Deus é ilusão.
    Não há incoerência. Dentro dos limites do conhecimento humano atual, os indícios apontam para a inexistência.
    O sentido do blog é aquele que o Barros quiser dar. Se ele ficar satisfeito em transformá-lo em um blog de culinária, ele é livre para escolher.
    Suas perguntas é que não fazem sentido.

    seus limites só provam a existência das suas incoerências, o que aponta para a inexistência são crendices a procura de um mundo sem sofrimento, o orgulho da liberdade ,pessimismo e negação da vida.

    Errado! menos para ateus que afirmam que Deus não existe!

    Reitero que os ateus que defendem a inexistência de deus o fazem baseados no conhecimento “acessível”.
    Quem defende o contrário está se baseando em conhecimento “inacessível”.

    Seu conhecimento é falso nascido do orgulho a procura pela liberdade, pois não podemos perceber o inacessível nem o inexistente, a não ser ateus iluminados pela sabedoria própria.
    Voces descontentes com a vida, se fazem deuses a si mesmo , pois tentam criar o anti Deus, o mundo inexistente.

    “Religiosos Práticos” baseados na mais pura fé, afirmam que irão para o inexistente……ha….ha….ha….ha…ha
    Nós teistas argumentamos a existência de Deus, baseado nas coisas existentes, pois não temos o poder de criar esse mundo “inexistente dos ateus”, teoria do nada de nada,muito além da simplicidade de Occam, saindo da irracionalidade ,passando pela incoerências e finalmente chegando as portas do ridículo,mas até aqui o caminho é muito longo e são muitos os patolam pelo caminho .

    Penso que a biblia toda foi escrita por homens inspirados por: Espíritos superiores, inferiores, outros homens e por si mesmos.
    Jesus ja ensinou como reconhecermos as leis de Deus.

    Está vendo?
    Inspiração por espíritos, interpretação de jesus. Tudo conhecimento inacessível.

    “tudo o que esta em oculto será revelado” por isso bata na porta que um dia ela se abrirá.

    Enquanto Adão era passivo, não … … ao antinatural do ser sociável nato.

    Já que estamos apenas juntando palavras desconexas: pombo, abacate, vassoura, vergalhão.

    começou apelar para tática do “olha o avião”!
    Disse que descobrir Deus é instintivo e que a … … pela irracionalidade absoluta.

    Hã?

    Se voce continuar postando o comentário incompletos, nem eu conseguirei entender o argumento proposto, faz sentido sim.

    compartilho da sua irracionalidade,porem não vejo a origem humana a partir da irracionalidade, como uma afirmação da inexistência da Racionalidade Deus e sim apenas uma divina e providencial ausência dela, unica forma de nos fazer enxergar “livres” e independentes da razão Deus.

    Você já foi teísta, já foi ateu, já foi panteísta e agora você parece deísta.
    Você diz que se trata de ausência e não de inexistência.
    Sua posição é que esta “razão deus” deu origem ao universo e desde então está “ausente”?

    Nem ausência pois não existe um vácuo divino, nem o mundo inexistente Ateu, pois até mesmo da consciência atéia ele ja esta embutido naturalmente, embora que rejeitado por questões do orgulho de querer ser , seres a parte no mundo criado por eles mesmo ou seja: “O mundo inexistente Ateu”….. que comédia..
    Esta é a visão do deísta.
    é minha mesmo, não existe ausência ou inexistência divina e sim o todo Deus manifestando-se em maior ou menor potencial em formas diferentes como os seres vivos por exemplo.

    Deus , God,..Alá.. tupã, Rá ….todos instintivamente direcionam seus pensamentos a um mesmo ser embora possuam níveis de racionalidades diferentes.

    Como já disse, as diferenças não se limitam aos nomes atribuídos aos deuses.
    Um deus único não admitiria uma divergência tão grande nos rituais, adoração a deuses concorrentes, moralidade e nem fomentaria a guerra entre seus próprios adoradores.

    Deus é unico e a ilusão de acreditar-se diferente disso é que causa essas diferenças, eis o mal necessário para poder criar-se as individualidades humanas.

    Não possuem evidências provando a inexistência divina

    Vamos ser práticos. Quem é que está falando em provas aqui?

    Voce começou o debate afirmando ao André que possuía evidências do “Mundo Ateu inexistente”

    irmão Marcos voce parece ser mais crente do que eu ,nestas coisa de castigo eterno

    Não acredito em castigo eterno. Só menciono isso por ser a crença da maioria dos cristãos no brasil.
    ufa, ja tava começando a te considerar mais um “Religioso Pratico”
    Se não está entre eles me ignore, pois não estou falando do “seu” deus particular.

    para crentes a vida eterna pode ser um paraiso, para ateus a fuga desta vida.

    orgulho ateu de não suportar a possibilidade de existir um ser superior controlando e dando sentido a sua vida.

    Alguém controlando sua vida e dando um sentido a ela que não foi o sentido escolhido por você. Qual a diferença disso para a escravidão?
    neste caso a ignorância é a bênção que concede a sensação de individualidade e liberdade.

    Crentes e ateus fantasiam , “acreditam, possuem fé” em uma suposta extinção do sofrimento criando uma porta de fuga para crença, outros para descrença, por isso eu Disse que ha “religiosos e descrentes práticos”.

    Ateus acreditam no fim da vida com a morte por observar o conhecimento “acessível”
    Crentes acreditam na vida eterna baseados em um conhecimento “inacessível”.

    ambos possuem fé e crenças no desconhecidos, pois ninguém pode ter acesso a consciência do outro para definir o que ela sentindo ou não.

    Irmão Marcos atacou de novo

    Ataquei quem? Ou o quê?
    A idéia de inferno e tortura eterna no cristianismo não surgiram mesmo com jesus?

    Vingança, e castigo é coisa de homens

    Crer que o ateísmo conduz a liberdade total, não altera a realidade de que todos dependem do ar vindo da mesma fonte Deus.

    Eu alego que não há provas para ambos os lados, pois deus não é um assunto da ciência. Contudo, os indícios apontam para a inexistência ou irrelevância de deus.
    Eu digo que deus, quase que com certeza, não existe.

    Ainda estamos esperando pela suas supostas evidências, indícios que o seu “Mundo Ateu inexistente” existe….ha….ha…ha…ha…ha.. ateísmo é uma grande piada

    Você já começa a argumentação assumindo por antecipação que esta “fonte deus” existe. Você parte da conclusão para tentar provar as premissas. Isto não tem validade lógica.

    reveja o comentário anterior, depois conversaremos sobre lógica.

    Como posso ver algo inexistente ?

    Você vê provas de deus, não apenas evidencias.

    Neste caso a sua vidência ja superou a minha, até ja esta conseguindo ver com os meus olhos.

    pois quando afirma sermos o fruto resultado de um “processo” implica a necessidade de haver um raciocínio.
    processar não seria o mesmo que raciocinar para se conseguir produzir frutos racionais ?

    Não.
    Um processo natural não implica em raciocínio.
    A não ser que você tenha uma definição toda sua de “raciocínio”.
    Às vezes acho que falamos idiomas diferentes.

    Tavez processos naturais não implique no seu raciocínio e sim nos alheios a sua vontade

    Como uma inteligência pode reconhecer inteligência onde não ha inteligência alguma, apenas irracionalidade casual ?

    Quem vê design inteligente no processo evolutivo está fazendo isso. Enxergando inteligência na irracionalidade.

    neste caso um “burro pode dar a luz a sábios”

    Se Independente do caminho a ser seguido o final nos levará ao mesmo fatal destino, não existe sentido para escolhermos caminhos.

    Existe sim.
    O que dá sentido à vida não é o destino alcançado, mas a jornada trilhada.

    então por que voce acha que continuar a jornada não fará sentido algum? Antes passou a ver sentindo na inexistência ?

    na iminência do final de toda existência humana, suas crenças darão margens a falta da razão e do sentido Deus.

    Não me fazem falta
    ateu de barriga cheia e sem dor é um leão rugindo contra Deus, nas adversidades não passará de um chorão .

  156. Barros

    Shirley, ele acha que os hindus cultuam Deus. Mas, também, o que mais se poderia esperar de um “deísta cristão”?

    como um ex cristão responda voce mesmo.

  157. SS
    Quando você apoia as coisas absurdas que o Criaturo escreve, você demonstra não fazer uso de discernimento, abre mão da coerência e da racionalidade. Concordamos então que vocês podem concordar em se apoiar nas barbaridades e absurdos que ambos escrevem.

    Ta pegando pesado heim! minha deusa ?
    corações regados com as magoas da contrariedades só produzem espinhos.

  158. Greg

    dEUS É FODA MESMO! LEVA OS CARAS BONS E DEIXA AQUI O JUSTIN BIEBER! e outras porcarias! um fanfarrao mesmo!!! kkkkkk

    você também ainda continua por aqui

  159. Andre Lopes
    Eu obviamente discordo do que a igreja fez, mas quantitativamente nem se compara. O número de mortes na Inquisião foi infinatamente menor que um ateu como Stalin ou outro ateu como Mao Tse-tung fizeram.

    sabe fazer conta matemtica? entao vamos lá!
    1000 anos no minimo de dominio da igreja catolica e sua inquisiçao , sem falar nas Cruzadas e guerras Santas
    agora voce vem dizer que uns 30 anos de Stalin matou mais do que a igreja em seculos de perseguiçoes!??????/
    fanfarrao voce hein??????/
    Biografia de Mao
    “Eu idolatrava minha mãe […] Onde quer que ela fosse, eu a seguia […] indo a feiras de templos, queimando incenso e dinheiro de papel, fazendo reverências a Buda […] Porque minha mãe acreditava em Buda, eu também acreditava”. Mas ele abandonou o budismo na adolescência.

    A tríade espiritual passaria por maus bocados a partir de 1949, quando o país foi dominado pela ditadura comunista de Mao Tsé-tung. Por sua ênfase na reflexão individual, o confucionismo virou ideologia “burguesa”. Enquanto isso, as práticas budistas e taoístas eram descartadas como “superstições abomináveis”.
    pelo que parece Mao nao professava religiao , ate porq ele conseguiu impor um novo pensamento e estilo de vida. Com influencia clara do marxismo por causa URSS seu aliado , como os lideres russos nao comungavam religiosidade, por causa dos ideais socialistas inspirados em Marx que por sua vez era ateu, ficou facil essa ligaçao entre comunismo , socialismo russo e ateismo!
    simplesmente porq o idealizador da doutrina socialista era ateu, e se ele fosse religioso, um cristao??
    seria entao os lideres russos e posteriormente Mao religiosos???
    o que acontece é essa confusao e ligaçao perniciosa entre religiao – fé – e sistemas sociais como o Socialismo!
    A maioria dos ateus no mundo Nao sao socialistas e muitos outros nem se importam com o sistema social vigente ! o critico religioso é que condiciona socialismo / comunismo com ateismo! —- puro comodismo e má fé em pensar assim!
    Na biografia de Mao fica claro que ele teve influencia religiosa (budismo) ate a adolescencia, mas a partir dai pode ter tomado o caminho do ateismo ou NAO!!!
    se ele negava deuses e nao acreditava em qualquer criador ou divindade sao outros 500. o cara podia ser deista sem ao menos conhecer o que siginificava isso ao certo.
    Mao tem aspectos religiosos em sua doutrina Maoista! — principalmente apos a sua morte. ele quis impor seus ideias e pensamentos a qualquer custo, por isso perseguiu religioes na China!
    Socialismo/comunismo/Maoismo e outros ismos sao ideologias sociais por isso seus lideres forçavam o povo a viver daquela forma.

    agora ateismo é a negaçao a deuses e divindades , nada tem de ideologia social nisso, as pessoas podem viver de diferentes maneiras sendo ateias, nao precisam ou possuem um padrao pre-definido, uma receita de valores morais e leis!
    resumindo: o ateismo nunca matou ninguem pela causa ateista, mas sim pela causa propria de lideres ateus (ou nao) que tinham uma ideologia social. A perseguiçao foi para manter o Estado totalitario nao para impedir a crença em algo divino, mas se esse algo divino atrapalhasse o Estado a conseguir seu objetivo os religiosos acavam sendo punidos! a bem da verdade nao foram so os religiosos os perseguidos pelo comunismo, mas quem se opunha a ele.

    se voce fosse um outro ateu mas quisesse democracia, sofreria do mesmo jeito ou ate pior, nao havia era espaço para dissidencia no estado, ele nao era democratico. O Brasil teve ditadura, o que é mais parecido com EStado totalitario socialista do que com capitalismo de mercado.
    A China hoje é uma economia de mercado muito mais dinamica e forte do que o Brasil , é comunista so no sentido politico .
    O Brasil era no regime militar “comunista” (colocaçao minha, pra entendimento da diferença que quero mostrar) no sentido politico, sem eleiçoes e democracia e perseguiçoes a dissidentes do Estado! nada a ver com religiao, era tambem economia de mercado capitalista como é a China hoje, mas Nao como a China URSS de ontem!
    isso mostra que regime economico NAo anda junto com regime ou sistema social/politico.
    é bom o crente parar de fazer essas comparaçoes nada inteligentes
    uma coisa é uma coisa!! outra coisa é outra coisa!! rsrsrsrsrsrsr
    Estado e religiao estao mais juntos na terra do Deus Ala, onde a perseguiçao religiosa misturada com politica e economica corre solta.
    isso é outra historia!

  160. Andre Lopes
    De qualquer forma, não queria desviar do assunto, por que os ateus desse blog não respondem a pergunta: qual o limite moral de uma sociedade ateia?
    é o limite de qualquer sociedade secular! pelo que vejo e ouvimos as sociedades fundamentalistas religiosas é que nao tem limites! Ira, Iraque ,………… e por ai vai…….. os paises mais tranquilos sao os menos religiosos, e isso é inegavel é so pesquisar! Suecia, finlandia, Noroega, Canada, Auastrallia e por ai………….
    o dia que o Brasil perder essa “falsa” religiosidade os niveis de criminalidade vao diminuir e muito e economica certamente vai melhorar,no sentido de mais igualdade e justiça social, onde há religiao, ha muitas desigualdades e problemas!!

  161. Criaturo

    dEUS É FODA MESMO! LEVA OS CARAS BONS E DEIXA AQUI O JUSTIN BIEBER! e outras porcarias! um fanfarrao mesmo!!! kkkkkk

    você também ainda continua por aqui

    r – realmente, porque Deus nao leva embora os promiscuos ateus que NAo o veneram??? acho que essa é a maior prova da Nao existencia de Deus! ele deixa os incredulos por ai, contaminando a vida e a mente das pessoas de fé e de bem!!
    Gloria!

  162. Greg:

    Faça uma pesquisa e verá que os 1000 anos de inquisição (se é que durou tudo isso) não mataram o que matou somente Stalin e Mao Tse Tung em poucos anos, por que estes ultimos foram matança em massa.

    Você vai ver que o ‘fanfarrão’ aqui está certo, nesse site abaixo fala-se em dezenas de milhares de mortes na inquisição. Quando se fala em Stalin e Mao, é na casa dos milhoes. É meu amigo, os dois ateus foram capazes de matar em poucos anos 10 x mais do que a igreja levou mil anos para matar. Entao vamos parar com essa historinha de esquerda de que a igreja é a matadora.

    http://www.huffingtonpost.com/cullen-murphy/10-questions-about-the-inquisition_b_1224406.html

    é bom o crente parar de fazer essas comparaçoes nada inteligentes
    uma coisa é uma coisa!! outra coisa é outra coisa!! rsrsrsrsrsrsr

    Sim, religião e política são coisas diferentes, mas os líderes políticos tem um código moral e farão uso dele no poder. Nos casos de Stalin e Mao, o fim justificou os meios. Algo totalmente justificável numa ‘ausência de moral’ ou ‘moral secular’ como vocês dizem. A não ser que me mostrem qual o limite da moral secular ou ausência de moral.

    Em resposta a minha pergunta de qual o limite da moral atéia, você disse:

    é o limite de qualquer sociedade secular!

    Continuo na mesma, você só trocou ‘ateia’ por ‘secular’. Necessito que você me responda qual o limite da sociedade secular então. Mas tem que responder mesmo, não pode tascar outro substantivo que também precisa definição.

    os paises mais tranquilos sao os menos religiosos, e isso é inegavel é so pesquisar! Suecia, finlandia, Noroega, Canada, Auastrallia e por ai……

    Mesmo nestes países há mais teístas que ateus, o que sugere que a causa da tranquilidade não deve ser o ateísmo.

    o dia que o Brasil perder essa “falsa” religiosidade os niveis de criminalidade vao diminuir e muito e economica certamente vai melhorar,no sentido de mais igualdade e justiça social, onde há religiao, ha muitas desigualdades e problemas!!

    Agora forçou a amizade, então a solução é pregar o ateísmo nas prisões e pronto. Os bandidos eram todos religiosos e só mataram e roubaram por que tinha um Deus que os mandava fazer exatamente o contrário.

    Só a ssrogrigues para comprar essa…

  163. ssrodrigues:

    Eu e o Criaturo gostamos de você. Eu sinto que de você vem aquela maldade inocente, entende? Não não entende…mas não precisa entender.

    Conte para mim o que é ‘cultura de almanaque’.

    Você dizer que Stalin “achou que estava fazendo o bem” só confirma sua cultura de almanaque.

    Só aumentou minha curiosidade para saber o que é a tal de cultura de almanaque. Mas infelizmente os milhões de executados por Stalin em nome da revolução não vão poder saber.

    você não tem como demonstrar que sociedades crentes são melhores por que você não tem como saber se as coisas seriam diferentes se nunca tivessem existido sociedades crentes.
    Igualmente para o caso contrário. Não há base de comparação ou possibilidade de estimativa.

    Você como ateia deveria saber que já houve países ateus, era uma beleza! Você nunca teve vontade de passar umas férias na Albânia? Vai lá com o Barros, lá o blog dele vai ser um sucesso maior do que já é aqui.

    ATENÇÃO ATEUS DO BRASIL Olha que maravilha que foi o “ateísmo de Estado”, vamos implementar no Brasil!!!

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ateismo_de_Estado

  164. Shirley
    presente pra vc – nao sei se vc ja viu!!

  165. Andre Lopes,

    numa sociedade atéia seria plenamente justificável matar criancinhas, bastando a maioria concordar.

    Da mesma forma que numa sociedade teista.
    Tanto em sociedades atéias quanto em teístas os limites são os do próprio homem. A diferença é que em uma sociedade teísta as pessoas se livram da responsabilidade jogando-a nas costas de deus.

  166. Andre Lopes,

    Eu obviamente discordo do que a igreja fez (inquisição), mas quantitativamente nem se compara

    sociedades que tem como base moral um criador (não precisa ser o cristianismo) têm um limite moral, algo de fora que sociedade que atua como freio aos seres humanos.

    Então onde estava o freio religioso durante a inquisição?
    Onde está o freio em sociedades onde meninas têm o clitóris decepado?
    Acho que o freio não é ABS, né?

  167. Criaturo,

    ATEUS argumentam que se Deus existisse não haveria sofrimentos

    Eu argumento o oposto.
    Se deus existisse a vida seria um inferno.

  168. Lopes
    Faça uma pesquisa e verá que os 1000 anos de inquisição (se é que durou tudo isso) não mataram o que matou somente Stalin e Mao Tse Tung em poucos anos, por que estes ultimos foram matança em massa.
    A pesquisa ja foi feita, historia é minha area predileta de estudos, desde e epoca de escola, ensino fundamental e medio, sempre gostei e fui bem nessa area!
    vamos aos fatos:
    1 – em mais de 1000 anos de poder da igreja e guerras religiosas foram mortas geraçoes apos geraçoes. agora, naquela epoca nao havia tanta gante como no seculo passado para morrerem sob o olhar de Deus!
    a populaçao e as maneiras de matar aumentaram exponencialmente!
    na epoca o sujeito morria pela espada, ou na quilhotna , ou na forca, ou queimado! – so mulhers queimadas tidas como bruxas foram milhares!
    em Portugal e Espanha onde a icAr tem forte presença a inquisiçao durou ate o seculo xix! — issso mesmo, nao é muito comentado, mas mesmo apos a idade media e o iluminismo! continuou a matança e o que eu reparo é que em paises atrasados como Portugal e Espanha as praticas crueis da religiao antiga ainda persistia.

    Na inglaterra e outros mais ao norte , onde a industrializaçao chegava e crescia o poder da religiao e sua crueldade diminuiam – ate mesmo porq houve reform protestante e outros pensamentos!! — mas na regiao do mediterraneo e na peninsula iberica a coisa tava preta ainda.
    podemos fazer analogia com a escrvidao tambem! aqui no Brasil foi um dos ultimos paises da America a acabar! tudo interesse financeiro!
    A ICAR nao tinha interesse em acabr com isso e nem os Estados Nacionais! que queriam o trabalho escravo, assim os poderosos se davam bem sem ter que se preocupar com tecnologia e industrializaçao.
    e TRABALHO é claro!! Os paises que mais dependiam de ouro e riquezas naturais explorados de outros sao justamente Portugal e Espanha.
    se vc quer comparar MAo e Stalin e suas epocas de matança, eu tenho uma otima analogia a fazer = Hitler que era catolico, tem varias declaraçoes dele em discursos falando em Deus e sua missao nazista/divina! — Hitler foi muito acima de Stalin E MAo em tudo, ate pelo fato de ter uma ideologia religiosa por tras. uma certa fe de que estava tambem fazendo o melhor para o mundo!

    Nao é a toa que perseguiu Judeus, ciganos e minorias que nao eram cristas, campos de concentraçao para aniquilar pessoas pelo fato exclusivo de diferenças religiosas e culturais, NESTE PONTO, muito diferente de Stalin e MAo que matavam para defender seu Estado totalitario! que tomaram a força atraves de revoluçao!!
    HItler nao fez revoluçao alguma, fez com a conivencia do proprio povo, com exceçao é claro de algumas pessoas boas! veja o filme a lista de Shidler!!!
    o povo alemao apoiou o governo nazista ate porq queria vingança em relaçao a 1a guerra, uma velha rincha com ingleses e outros! A Alemanha um EStado fortemente catolico, nao é a toa que a Italia tambem estava do mesmo lado!!! —- o mais interessante disso é que os RUSSOS — tidos como ateus estavam vamos dizer assim do lado bom!
    a URSS foi a 1 a a entrar dentro da Alemanha!
    Hitler deu a entender que estava aniquilando os infieis do mundo, sua ideologia misturada com conceitos miticos e traços que vinham la do imperio romano! ainda mais porq a Inglaterra era de maioria protestante e sua ex colonia Eua tambem, os russos Ortodoxos, ou sem religiao!
    logico que a 2a guerra no ocorreu po motivos purmente religiosos e filosoficos, nao estou dizendo isso! como eu sempre considero os motivos economicos e militares d poder vem primeiro.
    As atrocidades de Hitler foram as mais fortes ja registradas pela humanidade! a ICAR como sempre bateu palma! NAo Ha registro ou prova alguma da tentiva da igreja em solucionar o problema, ainda mais porq Hitler prometeu a seus dirigentes muito poder e fortuna.

    com certeza se seus planos tivessem dado certo, os proximos seriam o povo de ALA!! A igreja podia ter esperniado e oferecido muito coisa tambem em troca pela paz!! ate mesmo dinheiro! que NAo falta!!!

    Nos casos de Stalin e Mao, o fim justificou os meios.
    R- no catolico Hitler tambem, ainda mais que ele lia o principe de Maquiavel com observaçoes e opinioes do proprio Napoleao! – era seu livro de cabeiceira e inspirou Hitler escrever Main Kampf – “minha LUTA”
    É meu amigo, os dois ateus foram capazes de matar em poucos anos 10 x mais do que a igreja levou mil anos para matar. Entao vamos parar com essa historinha de esquerda de que a igreja é a matadora.
    —————————————————————
    HAHHAHa = uma bomba que os americanos jogaram no Japao ja matou milhares tambem!! na inquisiçao nao tinha bomba!!! ainda bem!
    fanatico religioso e bomba é algo perigoso ao extremo, vejamos os asseclas do Deus ALA!
    lembrando os bondosos cristaos americanos jogaram aquela bomba sem necessidade , a guerra ja estava acabada, A Alemanha ja invadida e dominada e Hitler desapaecido!!
    segundo os historiadores e tambem minha opiniao, os EUA so fizeram isso para demonstrar poder frente aos russos que nitidamente tinham um forte exercito e poder belico, os 2 paises ja tinham armas atomicas, foi exagero do povo de “DEUS” — isso so pra demonstrar força!

    outra coisa NAo sou de esquerda! – NAo sou comunista! do ponto de vista politico / economico eu ja te disse aqui, ms voce faz questao de esquecer, sou CApitalista mesmo Neoliberal, nao vejo como viver fora de uma economia de mercado, de um Estado proximo da laicidade e do minimo de democracia! Nao acredito que o SOCIALISMO POSSA SER BOM, PARA A SOCIEDADE, ATE MESMO PORQ O SER HUMANO É FALHO! viu????????
    ateu nao é de esquerda!!!
    Lopes disse:
    é o limite de qualquer sociedade secular!
    Continuo na mesma, você só trocou ‘ateia’ por ‘secular’.
    ou ,,,,, vc vive em qual tipo de sociedade??? mesmo aqui sendo predominantemente crista , vc nao vive numa sociedade fundamentalista religiosa! ou vc vive no IRA??? afinal estamos na net e vc pode estar escrevendo de qualquer lugar!!
    ninguem é condenado de acordo com livros sagrados aqui, a pedradas!
    no Brasil vive-se num Estado laico e com leis seculares que dao direito a culto, a fe diferentes e tambem deve-se aqueles que nao tem FE e nem credo! os quais nao sao so ateus!!!
    a sua pegunta ja foi espondida pelo MArcos do jeio dele, e por mim, mas se vc nao entende ou Nao quer aceitar , nao tem jeito!!
    Sociedade secular nao é ateia!! NAo sao a mesma coisa! Nao inventa!

  169. Lopes
    Mesmo nestes países há mais teístas que ateus, o que sugere que a causa da tranquilidade não deve ser o ateísmo.
    Mentira – nestes paises a relaçao de maioria estao com os que se dizem sem fe ou crença, tipo: tanto faz, so nao perco meu tempo de ir a igreja e cultuar sei la o q!! pode se que algum deus exista, ou NAo!
    no caso da Australia — os teistas sao maioria ainda!! mas eles vao chegar la, se DEus quiser!!!
    mas … os paises mais desenvolvidos estao com uma quantidade muito grande de ateus e incredulos e cresendo! os de melhor qualidade de vida cada vez menos religiosos! outro dia mesmo o padre marcelo estava comentando preocupado com essa “falta de ” deus nests lugares! igrejas estao fechando, ate na França, ou contrario daqui , que nao para de abrir bocas de culto empresas da fé!!
    Os maiores problemas sociais e de desemprego na Europa advinha aonde esta: em Portugal e Espanha!!! de grande maioria teista!!
    olha aonde nao tem problemas graves economicos e sociais, tem paises que mal sentiram a crise a Europa: Holanda,, Noroega, Dinamarca etc,…..tem outras!! o engraçado é que neste 3 paises que citei varias igrejas estao virando outros pontos comerciais, na Dinamarca 2 viraram bares!!!
    no Brasil é o contrario, um comercio quebra, ali brota uma igreja!
    varios dos melhores pontos comerciais sao igrejas, otimos imoveis!
    advinha aonde o edir MAcedo vem investindo pesado: na Europa, Na suecia? NAOOooooooooooo
    na Africa1!!!!1!! Nao para de construir universal lá !!! o cara tem ou nao tem tino pra negocio??????
    o mercado aqui ta muito concorrido, vamos pra onde tem mercado novo, onde se pode vender Deus, facil , facil!!!
    vamos la pra Africa vender – quereo dizer mostrar a palavra do Senhor!!

  170. Criaturo,

    Se voce continuar postando o comentário incompletos, nem eu conseguirei entender o argumento proposto, faz sentido sim.

    Postei incompleto só pra você poder localizar e explicar melhor. Estou tentando deixar o comentário o mais enxuto possível, pois você escreve textos quilométricos, cheios de afirmações sem embasamento e sem nenhum argumento.
    Aliás, o que é esse tal mundo inexistente dos ateus que eu só vi sair da SUA boca?
    Não vi nenhum ateu defender isso.

    Voces descontentes com a vida, se fazem deuses a si mesmo , pois tentam criar o anti Deus, o mundo inexistente.

    Que anti deus? Que mundo inexistente? Do que diabos você está falando?

    Voce começou o debate afirmando ao André que possuía evidências do “Mundo Ateu inexistente”

    Eu comecei? Eu nem sei que “mundo ateu inexistente” é esse de que você tanto fala?

    Ainda estamos esperando pela suas supostas evidências

    Sua memória anda curta. Apresentei apenas alguns dos argumentos para te dar “tarefa de casa”, ao que você apenas disse serem argumentos tradicionais mas curiosamente não refutou nenhum.
    O que aconteceu? Seu cachorro comeu o seu dever de casa?

    neste caso um “burro pode dar a luz a sábios”

    Aparentemente sim.

    então por que voce acha que continuar a jornada não fará sentido algum? Antes passou a ver sentindo na inexistência ?

    Eu não disse isso. Disse que o sentido da vida é atribuído por cada um. Se de fato houver continuação da vida após a morte, o mesmo pode ser aplicado.

  171. Greg:

    Sua correlação ateísmo com progresso econômico é muito fraquinha. Só te digo uma: os EUA são os país MUITO religioso e em poderío econômico engolem todos os países que você mencionou. Então, em nome da inteligência, vamos simplesmente dizer que essa correlação não existe. A riqueza ou pobreza se refere a outros fatores.

  172. André Lopes

    Não, não gosta não. Sem hipocrisia está bem? E existe isso de maldade inocente?

    Cultura de almanaque pode ser entendida como conhecimento superficial sobre o assunto de que a pessoa está falando.
    Como você, falando sobre comunismo ateu nos países em que o comunismo foi implantado.
    Nem todo comunista é ateu em termos de religiões tradicionais. E o comunista que é ateu delas ainda assim é um crente. Você pode aprofundar um pouco o conhecimento sobre isto lendo Schumpeter, Capitalismo, Socialismo e Democracia
    O Greg já te explicou alguns aspectos da doutrinação comunista a respeito do assunto.
    Nunca existiram “países ateus”, aff! Que canseira!
    A extinta URSS é um caso típico. Os bolcheviques declararam o Estado ateu e proibiram qualquer manifestação de religiosidade, além de destruir igrejas e mandar muitos sacerdotes para os Gulags.
    Houve um intenso esforço no sentido de doutrinar a população contra a religião e volta-las ao ateísmo. Ocorre que as pessoas conservaram sua religiosidade em segredo, tanto que atualmente cerca de 80% dos russos se declaram ortodoxos.
    Uma coisa é o ateísmo instituído pelo Estado, outra coisa é a adesão da sociedade.
    Entende agora como é totalmente descabido você tentar caracterizar esses países que tiveram um sistema comunista como forma de governo com sociedades ateias?

    E não seja mentiroso. Eu te dei várias razões porque uma hipotética sociedade ateia veria como errado matar crianças e eliminar aqueles que você denomina sanguessugas. Apenas para que você não possa fingir que não leu, aqui vão elas novamente.

    Por que numa sociedade ateísta seria errado matar crianças? Por que ateus abominam a ideia de um deus que manda matá-las, ao contrário dos crentes, que acham natural arrumar desculpas para a bestialidade desse deus. Por que há certas coisas que são inerentes ao ser humano. Por que o instinto de proteger crianças é inerente à maioria dos seres humanos, crentes não têm a patente sobre isso

  173. Marcos

    Postei incompleto só pra você poder localizar e explicar melhor. Estou tentando deixar o comentário o mais enxuto possível, pois você escreve textos quilométricos, cheios de afirmações sem embasamento e sem nenhum argumento.

    argumento apenas no âmbito racional,mais didático impossível,mas em respeito a sua educação estou aberto a novos esclarecimentos e torço para surgirem perguntas inteligentes em relação as minhas afirmações sem embasamentos, sutilmente inicio uma idéias na esperança de ser questionado com inteligencia,mas ta difícil, para voces ateus! heim?
    incrível que a divergências mais inteligentes quanto a minhas ideias pouco tradicionais, vieram de dois teístas.
    Quanto aos comentários quilométricos, que parece começar fazer escola, o meu deve-se ao meu exagero didático,mas parece que não estou conseguindo sucesso nas minhas explanações , isto justifica a escassez de divergência mais coerentes.

    Aliás, o que é esse tal mundo inexistente dos ateus que eu só vi sair da SUA boca?
    Não vi nenhum ateu defender isso.

    Voce ta de sacanagem, né ?
    hellou, toc…toc….tem alguém ai ?
    o tema da discussão aqui é Deus, vida eterna existem evidências e argumentos pró e contras ta lembrado agora ?

    pois quando questionado disse que não acredita em Deus ,nem que a vida continue,nem que ha consciência após a morte do corpo, ou seja sua crença argumenta a “inexistência ” de tudo isso .

    Que anti deus? Que mundo inexistente? Do que diabos você está falando?

    o ateísmo não é a negação de Deus ?

    Deus = o todo existente = a razão = consciência do ser

    Ateísmo = o inexistente Deus = vácuo divino = a irracionalidade = a inconsciência do ser

    Sua memória anda curta. Apresentei apenas alguns dos argumentos para te dar “tarefa de casa”, ao que você apenas disse serem argumentos tradicionais mas curiosamente não refutou nenhum.
    O que aconteceu? Seu cachorro comeu o seu dever de casa?

    lembro que voce teve a cara de pau de pedir para que eu refutasse meus próprios exemplos , navalha de occam, e contradições bíblicas, que falta de personalidade, heim ?

  174. Greg

    Ontem quando fui ver o outro vídeo assisti parte deste que você postou por último. Dio é Dio, né?
    Você já ouviu Accept? Se não, veja esse vídeo e me diz o que acha.

  175. disse que não acredita em Deus ,nem que a vida continue,nem que ha consciência após a morte do corpo, ou seja sua crença argumenta a “inexistência ” de tudo isso .

    Novamente suposições.
    Não acreditar nessas coisas que você disse não significa acreditar num mundo inexistente.

    Deus = o todo existente = a razão = consciência do ser

    Ateísmo = o inexistente Deus = vácuo divino = a irracionalidade = a inconsciência do ser

    Você e as definições que são só suas.
    Lembro do Andre Lopes falar algo sobre “rota de fuga”.
    É por isso que eu não entendo 1/3 do que você diz.

    lembro que voce teve a cara de pau de pedir para que eu refutasse meus próprios exemplos

    Cara de pau por quê? Não acha que no mínimo você deveria refutar os exemplos de “maus argumentos” dos ateus que você mesmo citou? Nem isso você foi capaz. E olha que alguns eram furados mesmo. Só nunca vi nenhum ateu usá-los.
    E quanto aos exemplos que eu te dei?

  176. Lopes
    os EUA são os país MUITO religioso e em poderío econômico engolem todos os países que você mencionou.
    eu sei os EUA é a unica exceçao a regra, tudo na area humana tem exceçao, é dificil em ciencias humanas nao haver exceçao a regra.
    é logico que nao existe so o fator religioso como causa de sucesso ou insucesso economico! é mais uma questao de direcionamento e probabilidaes! que apontam para uma tendencia! que é inegavel! no quesito segurança social é ainda mais forte essa tendencia! esses paises tem indice quase zero de violencia. outro dia passou uma reportagem na Suecia mostrando que foram fechadas 3 prisoes por falta de presos.
    é so pesquisar, ate no you tube tem video sobre Suecia , dinamarca e esses outros!
    Nos Eua tem lugares perigosos e outros traquilos mais sempre teve indice de criminalidade alto! pra vc ver como a moral da religiao Nao consegue frear os criminosos!

    tem uma pesquisa feita nos EUA que constatou que 90% dos presos eram cristaos ou acreditavam em deus! [e fato onde a religiao nao predomina há mais segurança e qualidade de vida!
    se incluirmos na lista os paises fanaticos religiosos! nao tem nem graça! IRa, libia, egito, siria!! ihhhhhhhhhhhhh melhor nem seguiir né??????
    Riqueza e pobreza se refere a varios fatores, sem duvida,mas a religiosidade afeta e muito uma sociedade. ela atrasou e atrasa muitos povos! ate hoje tem gente tomando pedrada ate a morte , tendo vagina mutilada! membros cortados, prisoes e condenaçoes injusta, crime de apostasia! No Brasil a moda é ocidental mesmo: roubo, corrupçao, enganaçao, enriquecimeto, trafico e varios outras condutas erradas.
    mas da onde vem esta moral mesmo?????????

  177. Shirley
    thanks pelo video,
    com relaçao a Estados socialistas com URSS e ateismo, no ponto de vista de alguns estudiosos e no meu! a razao pela qual os Estados perseguem muitas vezes a igreja e a religiao e pelo fato de querer centralizar o poder, dominar e adestrar melhor o povo! nao consigo ver historicamente uma perseguiçao de cunho religioso! Ateu caçando crentes! ———– vejo que os comunistas NAo querem outr forma de poder dentro do Estado! essa é uma ideologia . o Estado socialista nao é laico, democratico, portanto nao esta nem ai para direito civis! como o direito do cara exercer sua fé!
    o Estado totalitario nao quer concorrencia e dividir poder, se na economia de mercado a concorrencia é fundamental no Estado comunista isso nao deve ocorrer! em Cuba o Edir Macedo nao entra para ganhar uns trocados, tadinho!!
    eu entendo que no estado em que nao ha empresas , compahias e nada privado , tudo passa pela mao do Estado, ate controle da informaçao, – igreja e religiao nao seriam bem vindas, na China é assim ate hoje! o tirano sabe que nao pode haver poder com outra instituiçao, se nao corre o risco de perder o Estado . é uma guerra de poder pelo poder!!!!!

  178. Greg:

    Por favor, não dá para aceitar essa de que a corrupção e a violência vem de religião, quando a mesma prega exatamente o contrário. Se você citou alguns exemplos, você está cometendo o erro de não considerar um milhão de outras razões que podem gerar prosperidade ou não. Comparar Suécia com Brasil e dizer que é a religião a culpada? Não tem cabimento, ainda que não seja o unico fator como você diz. A religião ensina esforço, perseverança, honestidade, todos fatores que ajudam na prosperidade. É verdade que ela não ensina o materialismo, e muitas vezes a ganancia leva a prosperidade, mas se for assim prefiro a pobreza ao materialismo desenfreado.

    A propósito, Suécia, Dinamarca, Australia, sao países de populaçao baixa, sem tensão racial. Isso naturalmente leva a uma maior harmonia. Nos EUA o problema é racial.

  179. ssrodrigues:

    Entao sua explicação é que ateu não mata criançinha por que é inerente ao ser humano. Mas se para alguém não for, ou se alguma sociedade decidir que é permitido, tudo bem.

    O aborto por exemplo é aceito por muitos. A igreja é contra. A igreja defende a vida sempre. Outros sistemas morais (ou ausência de) não, deixam acontecer, de acordo a consciência de cada um. É inegável que o risco de exageros é maior num sistema ateu.

  180. Greg:

    Partilhamos do mesmo desprezo ao Edir Macedo. Para mim esse cara é o capeta vestido de santo. Um líder religioso que defende aborto, só no Brasil mesmo. Mas ele vai receber a justiça divina.

    a populaçao e as maneiras de matar aumentaram exponencialmente!
    na epoca o sujeito morria pela espada, ou na quilhotna , ou na forca, ou queimado!

    Você há de convir que os fatos são: Inquisição = milhares de mortos ; Stalin e Mao = milhões de mortos. Estes são os fatos, dizer que é somente por que as técnicas de matar eram outras é uma especulação. Aliás, na inquisição havia julgamento, processo, etc. Era um a um mesmo.

    Portugal e Espanha onde a icAr tem forte presença a inquisiçao durou ate o seculo xix! — issso mesmo, nao é muito comentado, mas mesmo apos a idade media e o iluminismo! continuou a matança e o que eu reparo é que em paises atrasados como Portugal e Espanha as praticas crueis da religiao antiga ainda persistia.

    A inquisição espanhola foi uma das mais agressivas não por que espanhol é atrasado e inglês é avançado. O motivo foi a expulsão dos muçulmanos da península Ibérica. Todos foram expulsos, porém havia suspeita de pessoas que se declaravam cristãos somente para poder ficar, mas eram na verdade traidores. Enfim, foi uma questão complicada, esses países sofreram por 400 anos a invasão árabe e quando finalmente puderam expulsá-los, queriam garantir que haviam expulsados a todos.

    Quanto a Hitler
    , não caia nessa que ele era católico de ir na missa todos os domingos e matou milhões de judeus para se vingar. No site abaixo, mostra-se que sua mãe era católica e que ele fez comunhão mas abandonou a igreja na vida adulta. Simplesmente chamam o cara de católico porque ele nunca oficialmente renunciou essa condição.

    Diz o texto também que acredita-se que seu plano de longo prazo era erradicar a igreja católica na Alemanha.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Religious_views_of_Adolf_Hitler

  181. Marcos:

    Tanto em sociedades atéias quanto em teístas os limites são os do próprio homem. A diferença é que em uma sociedade teísta as pessoas se livram da responsabilidade jogando-a nas costas de deus.

    Claro que aí se vem de Deus ou dos homens é uma questão de fé, aceita quem quer.

    Então onde estava o freio religioso durante a inquisição?

    Já citei aqui os “erros” de líderes ateus que mataram em massa e sem piedade. Acho que exceções a regra se encontrará em ambos os lados. É necessário examinar as probabilidades, e eu prefiro viver na sociedade judaica-cristã que foi base da sociedade que temos hoje.

  182. A igreja defende a vida sempre.

    É disso que trata a minha nova série de textos: das coisas que o crente diz que não têm o menor vínculo com a realidade. São apenas palavras vãs.

  183. Marcos

    Deus = o todo existente = a razão = consciência do ser

    Ateísmo = o inexistente Deus = vácuo divino = a irracionalidade = a inconsciência do ser

    Você e as definições que são só suas.
    Lembro do Andre Lopes falar algo sobre “rota de fuga”.
    É por isso que eu não entendo 1/3 do que você diz.

    Desde o principio concordamos que este tipo de discussão ficaria no âmbito da filosofia, pois onde a ciência dos outros termina, a intuição o entendimento filosófico conseguem ir mais longe.
    mas, criatividade e sensibilidade filosófica não é mesmo o forte dos ateus, eles possuem dificuldades em poder ver a vida com seus próprios olhos, sem o “julgo da ciência dos outros”, pois assim como existe os crente tradicionais biblicos, que acreditam que a biblia pode explicar tudo , existem também os ateus crentes da ciência, ou seja eles se acham espertos por terem conhecido e adotado a ciência dos outros.
    Apesar de esperar mais de voce, não se pode forçar a natureza do ser, vou entender este seu inicio de mimimimi como uma desistência.

  184. Andre Lopes,

    Já citei aqui os “erros” de líderes ateus que mataram em massa e sem piedade. Acho que exceções a regra se encontrará em ambos os lados.

    Parece que no teismo as “exceções” acabam se tornando regras. A violencia e a crueldade estão no livro de regras morais de deus (biblia).
    Não conheço o livro de normas do ateismo que regulamenta ou ordena estupros em massa, chacinas, sacrifício humano, apedrejamentos, mutilações genitais, escravidão e submissão das mulheres.

  185. Greg

    tem uma pesquisa feita nos EUA que constatou que 90% dos presos eram cristaos ou acreditavam em deus! de fato onde a religiao nao predomina há mais segurança e qualidade de vida!

    Ta querendo redescobrir a roda observando o formato da lua ?
    Eu aposto que nos países africanos a maioria dos presos são de negros e que nos paises céticos a maioria dos presos são de ateus.

  186. Criaturo,

    onde a ciência dos outros termina, a intuição o entendimento filosófico conseguem ir mais longe.

    Buscar a verdade através da intuição? Não vejo como.
    Entendimento filosófico? Acho que filosofia não se resume a inventar seus próprios conceitos e usá-los para provar a si mesmos.
    Filosofia apenas instiga as perguntas. É apenas a ignição da busca pelo conhecimento.
    A verdade natural só é alcançada pelo método cientifico.

    criatividade e sensibilidade filosófica não é mesmo o forte dos ateus, eles possuem dificuldades em poder ver a vida com seus próprios olhos

    Criatividade e sensibilidade não são caminhos para a verdade.

    Apesar de esperar mais de voce, não se pode forçar a natureza do ser, vou entender este seu inicio de mimimimi como uma desistência.

    Entenda como quiser.
    Mas entendimento nunca foi seu forte mesmo. Sua onda sempre foi mais a “criatividade” e a “intuição” propícios ao invencionismo. Até um novo significado para as palavras você criou.

  187. André Lopes

    Vejamos sua linha de raciocínio. O ateu é alguém que não tem os “freios” morais dados por um ente externo aos seres humanos.
    Por outro lado, os crentes nesse ente são obrigatoriamente mantidos sob controle por esses “freios”.
    Decisões sobre matar ou não fetos e aqueles que segundo você são parasitas depende da consciência de cada um. Sociedades crentes não o fazem devido aos tais “freios”.
    Uma sociedade formada por ateus não terá “freios” morais externos e, portanto estará mais suscetível a decidir coletivamente que matar fetos e parasitas da sociedade é válido.
    A falha no seu raciocínio é que você está assumindo que o todo forma as partes quando sabemos que é o contrário. Você está dizendo que ateísmo é uma massa homogênea, quando não há nada mais distante disso. E finalmente, você está dizendo que o ateu é um ser diferente dos demais humanos, sem capacidade de tomar decisões por conta própria. Mesmo que viesse a existir a tal sociedade ateia nos moldes que você prevê, haveria dissidentes.

    Por outro lado, os “freios” impostos pelo ente exterior não funcionam.
    Diversos povos crentes num criador matavam crianças, alguns ainda o fazem.
    Os Ajore, os Dene, os Jukun, os Masai, os Uitotos, nossos Yanomamis…
    Extrapolando para outras situações, continuamos observando que tais “freios” não funcionam. A colonização das Américas, feita por pessoas que estavam sob o domínio dos tais “freios” levou ao genocídio dos habitantes nativos.
    Os boêres foram trucidados por pessoas sob o domínio dos tais “freios”.
    Os armênios igualmente. O Massacre da Noite de São Bartolomeu foi conduzido por pessoas sob o domínio dos tais “freios” contra outras que também estavam sob esse controle.
    Os Hererós e Namaquas foram exterminados por pessoas que viviam sob os tais “freios”…
    Conclusão: os tais “freios” impostos pelo ente criador são sempre adaptados aos interesses e necessidades dos crentes dele.

  188. André Lopes

    Nessa sua resposta ao Greg você comete mais erros e simplificações além de mostrar um viés preconceituoso.
    Dizer que os índices de criminalidade dos EUA (por que é disso que o Greg está falando) são um problema racial é o mesmo que dizer que se lá há altos índices de criminalidade é por que uma das “raças” tem maior propensão a cometer crimes. Resta saber a qual delas você atribui essa propensão.
    Você está redondamente enganado quando diz que na Austrália não há tensão racial. Estude mais antes de se pronunciar sobre um assunto.
    A prosperidade dos países citados tem a significativa identidade de serem países cristãos não católicos. Não vou me alongar aqui sobre isso, mas você poderá ter uma noção do que falo lendo Max Weber, A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo.
    Essa é mais uma demonstração de como os crentes num criador vão adaptando as ordens desse criador aos próprios interesses e necessidades.

  189. Marcos

    Buscar a verdade através da intuição? Não vejo como.
    Nota-se que se continuar limitado filosoficamente falando, jamais terá um gênio criador.
    Pois como ja disse a intuição abre a portas para novas ciência principalmente de Deus.
    Ateus não devem ser muito intuitivos, por isso que disse que não podemos forçar a natureza do ser, isto é pessoal.

    Entendimento filosófico? Acho que filosofia não se resume a inventar seus próprios conceitos e usá-los para provar a si mesmos.
    também não podemos nos limitarmos a ciência dos outros, ou quando quiser conhecer a sua opinião devo consultar a ciência adotada dos outros, da mesma forma quando quiser conhecer a opinião de um evangélico, basta ver qual opinião ele adotou da biblia sobre a questão ?

    Filosofia apenas instiga as perguntas. É apenas a ignição da busca pelo conhecimento.
    e voce acha isso pouco

    A verdade natural só é alcançada pelo método científico.

    ao pescar um peixe troquei de vara com minha filha pequena, ao chegar ela acreditando que havia pescado um peixe sozinha, ficou muito feliz e até um pouco vaidosa visto que “ninguem” ainda havia conseguido pegar um peixe.
    A nossa intuição muita vezes não passa da ciência dos outros transmitidas anonimamente, é o opostos entre humildade e vaidade.
    A ciência humana com ajudas anônimas limita-se a descobrir o Todo Deus ja Existente,mas isto é motivo para vaidade humanas .

    criatividade e sensibilidade filosófica não é mesmo o forte dos ateus, eles possuem dificuldades em poder ver a vida com seus próprios olhos

    Criatividade e sensibilidade não são caminhos para a verdade.

    conforme o exposto podem ser , sim!

  190. Shiley
    bem lembrado:
    Os Ajore, os Dene, os Jukun, os Masai, os Uitotos, nossos Yanomamis…
    Extrapolando para outras situações, continuamos observando que tais “freios” não funcionam.
    vc saberia dizer a localizaçao desses povos que vc citou? vai melhorar o entendimento das ideias!
    ————-A colonização das Américas, feita por pessoas que estavam sob o domínio dos tais “freios” levou ao genocídio dos habitantes nativos.
    Chegaram com a cruz e com a espada (pior, armas de fogo) – bem desleal esta guerra! — so de matança de indios e nativos americanos foi tao grande quanto aos tais regimes ateus de mao e Stalin!
    inquisiçao parte II – os infieis nativos americanos! – Deus esqueceu de pisar no freio novamente! foram tantos mortos que civilizaçoes inteiras foram dizimadas! cade os maias, astecas , e incas pra contar sua versao? ——– que eu saiba ainda existem russos e chineses pra contar historia!
    eu nao vou dizer aqui que foi a religiao a causa principal, na verdade ela foi usada para justificar o ato em si, tirar a culpa do cristao! tipo: se Deus deixa acontecer é porq pode; e afinal SAO INFIEIS e nao tem em Jesus seu salvador!
    motivo: OURO, poder – riqueza! As pessoas esquecem que a igreja tinha exercito dela e acordos com o Estado! porq deixar matar entao???
    os caras chegaram aqui com a cruz e com a morte! – pareciam o imperio romano! mas da onde nasceu a igreja mesmo?
    opçao 1 – Roma
    opçao 2 – constelaçao de andromeda
    ?????????????????????????????????
    depois o Lopes quer dizer que a tecnologia belica nao influencia na guerra e nos mortos! se nas Cruzadas houvesse bomba atomica por parte dos cristaos, acho que nao haveria mulçumano para contar historia
    e o contrario tambem ´e valido!!!
    quando um grupo cristao estava de posse de arma de destruiçao em massa, o que eles fizeram????/ aháaaaaaaa! – usaram!! – Deus dormiu no ponto mais uma vez e nao “freioou” os caras e pior que tava facil, o aviao estava no ceu, pertinho de Deus com a bomba! era so ele esticar a mao e pronto! parece que ele so dorme la em cima! nas nuvenzinhas!!
    e sobre os julgamentos da Inquisiçao nao mereciam comentarios, mas…
    vc viu algum advogado de defesa??/ nos relatos da idade media so víamos juizes e acusadores. e existiam enforcamentos e puniçoes coletivas sim! pesquisa ai!!
    antes que eu me esqueça, : sobre a peninsula Iberica, vc esta equivocado! os otomanos ja tinham sido expulsos faz tempo! de lá ! no seculo xix Portugal e Espanha ja eram Estados Nacionais! e escravistas!
    CLAro!!! o problema nestas epocas ja eram com negros africanos Nao mais com turcos otomanos!! ou arabes!!!
    leia:
    A Reconquista (também referenciada como Conquista cristã) é a designação historiográfica para o movimento ibérico cristão com início no século VIII que visava à recuperação dos ibéricos cristãos das terras perdidas para os invasores árabes durante a invasão muçulmana da península Ibérica.
    Os reinos ibéricos eram monarquias feudais, era eficiente para combater incursões muçulmanas e razias mas dificultava o processo de Reconquista devido a desunião e as guerras feudais
    A reconquista de todo o território peninsular durou cerca de sete séculos, só ficando concluída em 1492 com a tomada do reino muçulmano de Granada pelos Reis Católicos.
    Em Portugal, a reconquista terminou antes com a conquista definitiva da cidade de Faro pelas forças de D. Afonso III, em 1249,
    quanto tempo hein??/ ate o seculo xviii ? mais de 500 anos de inquisiçao? será que ainda tinha arabes apos esse tempo???/

    fonte = diversas buscas do Google
    na verdade muita gente so escapou da perseguiçao da igreja se convertendo forçadamente ao cristianismo, especilmente catolico!
    os chamados” cristaos novos” salvaram a sua pele, (muitos deles judeus) e ganharam ate um sobrenome novo – afinal a humilhaçao e a conversao tinham que ser completas! ate apagando a geraçao ancestral do sujeito, Jesus so aceitava com o CPF limpo!!

    se vc tiver na sua familia nomes como: Coelho, Oliveira, Pereira, macieira, carneiro, ferreira, certamente é de cristao-novo e talvez vc seja de decendencia judia e nem saiba! —- mas a lista é grande e as vezes o judeu usava sobrenome de cristao-velho, ai a coisa complica, para se saber exatemante!
    –Estima-se que cerca de um décimo (1/10), da população brasileira seja de descendentes de judeus cristãos-novos – alguns historiadores afirmam que na verdade essa proporção é de 35%. Isso equivale, na menor das estimativas, a 17 milhões de pessoas.
    Há vários casos em que muitos dos membros de uma mesma família foram condenados e torturados para delatar a sua própria gente.

    A Inquisição foi extinta gradualmente ao longo do século XVIII, embora só em 1821 se dê a extinção formal em Portugal numa sessão das Cortes Gerais. Porém, para alguns estudiosos, a essência da Inquisição original, permaneceu na Igreja Católica através de uma nova congregação: A Congregação para a Doutrina da Fé.

  191. a mensagem anterior é para a Shirley e para o Lopes
    e pra quem interessar!

  192. Greg

    Os ajore são da América do Sul, Denes do Canadá, Jukun e Masai da África, Uitoto são do alto Amazonas, Ianomâmis se distribuem entre Brasil e Venezuela.
    Por falar em armas de destruição em massa, quem foi mesmo que usou não uma, mas duas bombas atômicas contra os japoneses? Seria um certo povo muito cristão, logo, dotado dos “freios” morais do criador?
    Mas enfim, Greg, vamos todos fazer de conta que só ateus fazem aborto, que os 36 estados dos EUA em que tem pena de morte são constituídos só de ateus, que os padres pedófilos são ateus também, que a igreja nunca se envolveu em morticínios e que nos enclaves crentes, rodeados por todos os lados de ateus cruentos a vida é um paraíso em que todos passam o tempo sorrindo beatíficos uns para os outros e fazendo lacinhos nas jubas dos leões.

    Mudando para assunto mais agradável (bem mais agradável!) você conhece essa banda?

  193. ssrodrigues:

    Dizer que os índices de criminalidade dos EUA (por que é disso que o Greg está falando) são um problema racial é o mesmo que dizer que se lá há altos índices de criminalidade é por que uma das “raças” tem maior propensão a cometer crimes. Resta saber a qual delas você atribui essa propensão.

    Querida (me perdoe, mas não consigo dizer uma frase para você sem começar com querida): você sabe de que raça estou falando mas eu tenho coragem de dizer e você não. Qual é o problema racial nos EUA? Com a raça sueca?? É óbvio que a tensão é entre a raça negra e a branca. E quer saber qual raça comete mais crimes violentos? Pergunte a estatística e ela vai te dizer: a negra. Viu como eu não ficou dançando para falar as coisas? Essa minha objetividade… não parece que sou ateu??? Uma outra discussão completamente separada é o porquê desses índices, pode ser pobreza, influência do meio, falta de educação, etc, etc, a lista é longa. Mas é fato inquestionável que negros cometem mais crimes violentos do que brancos nos EUA. E brancos cometem mais crimes do colarinho branco.

  194. ssrodrigues:

    Por outro lado, os “freios” impostos pelo ente exterior não funcionam.
    Diversos povos crentes num criador matavam crianças, alguns ainda o fazem.
    Os Ajore, os Dene, os Jukun, os Masai, os Uitotos, nossos Yanomamis…

    Sua colocação é boa. O problema é que na minha concepção todos os povos citados acima seguem uma religião falsa, e claro, a falsa religião pode ser tão sanguinária quanto o pior regime ateu. A religião que sigo prega o amor, o respeito ao próxima, o perdão, a compaixão, a defesa da vida, etc. Eu concordo que os limites podem não funcionar em ambos os sistemas (teísta ou ateísta), porém no teísta cristão, há uma ‘norma maior’ por assim dizer, está escrito que somos irmãos, filhos do mesmo Deus, etc, portanto, se alguém algum dia deturpar essa mensagem, será muito mais fácil contestar que num sistema em que o que vale é a consciência. Como vou dizer que algo está errado numa sociedade atéia se a maioria concorda? No máximo haverá verdades temporárias, do tipo “cometemos erros, mas na época não achavamos que era errado, portanto, erro não houve. Mudemos a partir de agora”.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: