O rei dos reis

 rei dos reis

.

As pessoas frequentemente puxam minhas orelhas por eu manter um blog aparentemente com a única finalidade de ridicularizar a religião. Eu sempre respondo que essa não é a “finalidade” do blog (pelo menos não seria a única), e que a religião é ridícula por si só: eu só aponto o livro, capítulo e versículo.

Entretanto, como os crentes, por pura conveniência, já que não leem mesmo a Bíblia, cada vez mais tentam propagandear a ideia de que Deus está para além dela, eu me peguei pensando o que sobraria para eu ridicularizar se os cristãos abandonassem de vez seu livro sagrado.

Não foi difícil achar um substituto: as idiotices que os crentes falam uns para os outros.

“Jesus está voltando”. Que ótimo! Mas diz também de onde ele está voltando, e o que ficou fazendo lá esse tempo todo… Aqui eles engasgam, porque a resposta envolveria a noção de um Big Brother em escala cósmica.   

Os crentes também compartilham tais tolices com ateus, mas com menos frequência e empolgação. Eu, por exemplo, quando sou lembrado de que “Jesus me ama”, costumo responder da forma mais educada que a situação exige, no tom de voz menos beligerante possível: “Foda-se”. Mas não é um “foda-se” agressivo, nem desrespeitoso. É mais um “foda-se” retórico, porque não há mais nada que se possa dizer em resposta a uma afirmação tão imbecil como essa.

Há inúmeros epítetos com os quais o cristão se refere ao seu deus Jesus, todos eles totalmente sem sentido, questionáveis e ridículos por excelência. Jesus é o “rei dos reis”, o “médico dos médicos”, o “príncipe da paz”, o “senhor dos exércitos”, a “luz do mundo”, “o caminho, a verdade e a vida”, e por aí afora. Por que diabos um “príncipe da paz” estaria comandando exércitos? 

Você não me aceita como seu senhor, salvador e deus pessoal? Então é porque tá querendo criar tumulto. Meu exército já sabe o que fazer com você.

Jesus é o caminho, a verdade e a vida. Caminho para…?, alguém quer saber. Para a eternidade no Paraíso; um lugar mágico muito legal para onde você vai depois de morrer. Ok. E como ele tomou conhecimento disso? Está na Bíblia! O mesmo livro que relata diálogos de uma cobra e uma jumenta com seres humanos? Pois é: é esse aí.

Jesus é a verdade. Ora, mas até hoje ninguém sabe que verdade seria essa, porque nem o próprio emissário soube explicar nada direito. De fato, Jesus mais complicou as coisas do que explicou. Por exemplo: os judeus tinham lá seus mandamentos que, bem ou mal, dava para seguir ou saber com certeza quando não se estava seguindo. Daí que veio Jesus dizer que, para se livrar de uma punição eterna e entrar no Paraíso, era preciso amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Duas coisas impossíveis de se fazer.

Jesus é a vida. Talvez uma alusão ao fato de que você seria apedrejado até a morte se não desse a senha certa, quando alguém perguntasse em que deus você acreditava.  

 

 

 

 

Anúncios

32 Respostas

  1. Parabens. Tem que haver reação a quantidade de religião que nos estão bonbardiando diariamente, por todos os canais de comunicação. Os que não acreditam nessas bobazeiras religiosas temos que ser mais agressivos.

    Att,

    Acioly

  2. Interessante é que se um ateu falar para um religioso “Deus não existe”, a reação não será “foda-se”. Por aí, dá para comparar os frutos do ateísmo e do teísmo.

  3. Andre, um pouco menos de generalizaçao por favor! quando algum religioso diz pra mim que “jesus me ama” eu so digo que nao acredito em deuses (no plural, pra que fique bem claro que Jeova nao e o unico deus)… num tom de voz como quem fala sobre o tempo… se a pessoa vier a peerguntar porque… ai eu digo as minhas razoes, da maneira mais simpatica que eu puder… sem neura e sem crise.

  4. É…pensando bem, um “foda-se” fica muito bem como resposta filosófica, metafísica, científica, até existencial. Principalmente quando uma dupla de crentes da área de merchandising vem nos amolar aos domingos de manhã e a gente diz com toda educação “não, obrigada, sou ateia” e mesmo assim a dupla insiste e insiste e insiste até a gente sentir vontade de dizer…foda-se!

  5. bem, no caso de um cara desses continuar insistindo a falar sobre “a palavra de deus” mesmo depois de eu dizer que nao estou afim… e um dever moral da pessoa importunada manda-los tomar nos seus respectivos orificios anais! e nem adianta negar que eu sei muito bem que teistas e ateistas detestam visitas de testemunhas de jeova igualmente!

  6. Interessante é que se um ateu falar para um religioso “Deus não existe”, a reação não será “foda-se”.

    Tem razão.
    A resposta típica está mais para “Queimem o herege”.

  7. Se um ateu disser que Deus não existe, o crente vai dizer: “Prove”. Como é impossível provar a inexistência de uma coisa que não existe, o crente sai vencedor da discussão, porque ele admite que, se o ateu não pode provar o seu ponto, o dele vence por padrão, conforme discorreu muito bem R. DAWKINS em inúmeras entrevistas.

  8. Quando dizem que Jesus está voltando, eu digo que ele foi pregado numa cruz e não num bumerangue.
    E “Jesus te ama” – “obrigado mas eu só curto mulheres…”

  9. Alyson,

    Ok, entendo que há ateus que respondem com educação. Mas você concorda com os “novos ateus”, tem um jeitinho “foda-se, crente burro”, não tem? Eles não se limitam a defender suas idéias, eles querem escrachar o outro lado, basta ver as tópicos desse blog.

  10. R. Dawkings…. aquele que se recusou a debater com William Lane Craig… na sua própria casa em Oxford… Eu tenho o video, quem quiser, a cadeira do Dawkings ficou vazia o tempo todo.

  11. Marcos:

    Tem razão.
    A resposta típica está mais para “Queimem o herege”.

    Vocês querem viver de idade média para poder ter o que criticar. Vocês sabem muito bem que a mensagem da igreja e de todas as religiões hoje é de amor, harmonia, mesmo que você seja ateu, eles podem no máximo querem te convencer, mas num ambiente de cordialidade. Você não vai ouvir um “foda-se” dentro de uma igreja.

    Talvez os ateus estejam vivendo o seu ‘momento idade média’ com essa agressividade.

  12. André Lopes

    É mesmo uma graça esses tipos de crente cuja hipocrisia se olha no espelho e vê a virtude.
    Crentes só não falam “fodam-se” para os ateus. Falam coisas muito piores, como em muitos sites cristãos por aí, os mesmos aliás que você diz que nunca viu e cujo esgoto mental não vou repetir aqui.
    Você mesmo não perdeu ocasião de dizer que ateus não tem senso de moralidade e que são capazes de matar crianças apenas por serem ateus.

    Puxa o Dawkins se recusou a debater com Craig, o profeta do vazio? Nunca fui fã de Dawkins, mas meu respeito por ele acaba de subir muito.

  13. ssrodrigues:

    Rainha da cocada, se algúm crente foi mal educado com você, sem você ter sido com ele, por favor aceite as minhas desculpas em nome deles. Mas se você provocou, bem feito.

    Puxa o Dawkins se recusou a debater com Craig, o profeta do vazio? Nunca fui fã de Dawkins, mas meu respeito por ele acaba de subir muito.

    Sim, se cagou de medo, inventou todo tipo de desculpa, não foi, o gremio estudantil da Univ. de Oxford morreu de convidar. Sabe qual a frase predileta da pessoa que está se cagando de medo? “Você nem merece uma resposta” ou “não é possível debater com uma pessoa como você” ou “não vou me rebaixar” ou coisa do gênero.

  14. Não se desculpe pelos outros e não seja tão hipócrita, não pega bem para sua superioridade moral derivada da crença num criador, ainda que no seu caso o criador possa ser Javé, ou Jesus, ou sabe-se lá qual.
    Quanto a Dawkins, ele está certíssimo, Craig não merece resposta, já que não fala nada que possa merecer resposta.
    Se Craig é a última esperança dos crentes para dar alguma consistência à mixórdia da crença, os crentes, amiguinho, e desculpe aí pelo francês, estão fodidos.

  15. ssrodrigues:

    Quanto a Dawkins, ele está certíssimo, Craig não merece resposta, já que não fala nada que possa merecer resposta.

    Não disse? Você falou as palavras chaves dos que estão cagando nas calças de medo.

  16. Eu acho que o Craig ia querer me provar que Deus existe usando aquele argumento ginecológico.

  17. Amiguinho André Lopes
    Já tinha lido algumas baboseiras do profeta do vazio, do tipo desta:

    A mera possibilidade de que Deus exista significa que ele existe

    Confesso, amiguinho, que entre sufocar de dar risadas por ver um homem adulto falando em público como uma criancinha que diz: “meu papai falou que Papai Noel existe, então ele existe” e ficar vermelha de vergonha alheia, a parada foi dura!
    Resolvi olhar de mais perto esse pombo por excelência e descobri a razão de sua ardente admiração por ele.
    Craig não se avexa de num primeiro momento defender o extermínio de criancinhas pelo Deus da bíblia para num momento seguinte reinterpretar a si mesmo na maior cara de pau, sem perceber que a emenda ficou muito pior que o soneto.

    É um exímio professor de desonestidade intelectual. O Malafaia é capaz de soar menos ridículo e absurdo que ele, dormindo.

  18. ssrodrigues:

    A mera possibilidade de que Deus exista significa que ele existe

    Que tal dar o contexto e provar que ele disse tal frase? Caso o faça poderei comentar.

    Quando a você desmerece-lo, eles tem somente 2 PhDs, uma na Alemanha e outro na Bélgica e inúmeros livros escritos. Só falta você se achar melhor que ele também.

  19. Contexto aí no link:

    Prova aos exatos 6:24. E retiro minha admiração por Dawkins, ele enfim aceitou debater com o profeta do vazio e você não deveria contar as coisas pela metade quando é conveniente, amiguinho, não pega bem para sua superioridade moral inspirada por um criador.

    E daí que ele tem PhD na Bélgica e na Alemanha? Serviram para quê? Para ele se esfalfar com o argumento de Chicó?

  20. O propósito da vida seria “entrar em uma relação pessoal com um Deus amoroso”???

    Minha frase-padrão: se você relaciona Deus com amor, das duas uma: ou você não entende porra nenhuma de Deus, ou não entende porra nenhuma de amor.

  21. ssrodrigues:

    Querida, isso que você mostrou não foi um debate. Foi um forum no México com 6 palestrantes e NÃO HOUVE SEQUER UMA PERGUNTA direta entre Dawkings e Craig. Debate é embate direto, pergunta, resposta, réplica e tréplica. O máximo que deve ter servido foi para o Dawkings ver que ia apanhar e a partir de então foge do Craig que nem o diabo da cruz. Claro que a desculpa é a de sempre: “não posso debater com uma pessoa como você”. Logo o Dawkings, o bully dos ateus, adoraria massacrar o Craig e por no Youtube para todo mundo ver, mas não, prefere ser chamado de covarde… puxa, por que será…

    Quanto ao argumento ontológico a que ele se refere, eu não entendi também, teria que me aprofundar, mas o cara falou por 5 minutos MUITA COISA interessante, no fim ele resume 5 pontos, os quais ele diz que é só um resumo por falta de tempo, e o ponto 5 é o ponto que você citou, ou seja, você quer desqualificar a fala toda dele por causa daquela UMA frase. Se eu que sou teísta e me interesso por W.L. Craig não entendi o argumento, eu DUVIDO que você tenha entendido. Mas na Roma dos selvagens é assim, não entendeu? Zombe, tire sarro, fica melhor do que admitir que não entendeu.

    E daí que ele tem PhD na Bélgica e na Alemanha? Serviram para quê? Para ele se esfalfar com o argumento de Chicó?

    Sei, você é do time do Lula que acha que estudar é supérfulo.

  22. “Que as tuas palavras sejam sempre doces, porque você pode precisar engolir todas de volta”.

  23. Deixa eu explicar o argumento ginecológico:

    Eu tenho um amigo invisível que pode ser percebido através da sua interação com o mundo ao nosso redor. Se você não consegue percebê-lo o problema está em você, porque tem meio mundo de gente que consegue.

  24. Minha frase-padrão: se você relaciona Deus com amor, das duas uma: ou você não entende porra nenhuma de Deus, ou não entende porra nenhuma de amor.

    2

  25. Amiguinho

    não interessa o que foi, Dawkins desceu no meu conceito. Um pombo como Craig só merece o ostracismo. Aliás, quanto ele ganha por cada apresentação de papo furado, será?
    O cara falou por cinco minutos do medinho dos crentes em morrer e virar comida de bactérias, sem a perspectiva de um porvir glorioso junto de um matador de criancinhas.
    Não entendeu o argumento ou não suporta pensar que seu ídolo pensa como um garotinho de quatro anos e não tem vergonha de tornar isso público?
    Não desmereci os PhD em si, quem fez isso foi ele. Estudou tanto para no fim deixar tudo de lado e ficar fazendo palestras mundo afora dizendo:
    “Não sei, só sei que foi assim”.

  26. E o que é o amor para os ateus alem de uma cadeia de reações quimicas sem proposito?

  27. André Lopes,

    Que tal dar o contexto e provar que ele disse tal frase? Caso o faça poderei comentar.

    Toda vez que você truca desse jeito alguém sempre prega um zap na sua testa.

    Logo o Dawkings, o bully dos ateus, adoraria massacrar o Craig e por no Youtube para todo mundo ver, mas não, prefere ser chamado de covarde… puxa, por que será…

    Porque o Craig se massacra sozinho com sua argumentação tola e insana. Se Dawkins for debater com qualquer zé ruela que aparece ele perde credibilidade.
    Só o Craig se beneficiaria deste debate independente do resultado.

    Se eu que sou teísta e me interesso por W.L. Craig não entendi o argumento, eu DUVIDO que você tenha entendido.

    Você se interessa tanto pelo W.C. (trocadilho despretencioso) que sequer conhece sua argumentação padrão que, diga-se de passagem, é repetida por ele em todos os seus debates e palestras. Foi preciso que um ateu lhe apresentasse.
    No momento em que um ateu lhe apresenta a argumentação de seu ídolo você sequer entende o que ele diz e por isso presume que ninguém também entendeu. Muito honesto.
    Pelo seu “mudus operandi”, este é o momento em que você inventa a sua própria interpretação da fala do W.C.
    A propósito, será preciso também inspiração divina para interpretar o que o W.C. diz?

    Mas na Roma dos selvagens é assim, não entendeu? Zombe, tire sarro, fica melhor do que admitir que não entendeu.

    Parece que só quem não entendeu foi você.

  28. Marcos:

    Toda vez que você truca desse jeito alguém sempre prega um zap na sua testa.

    Mais uma vez, 90% de agressão, 10% de argumentação. Mas não vou revidar, pois entendo que você está ressentido pelas surras que tem levado. E também por que se eu lhe der o troco no mesmo nível, a patrulha da Shirley vai aparecer aqui para defender o coitadinho.

    Mas vamos lá, ao pouco do que é argumento, vou responder:

    Porque o Craig se massacra sozinho com sua argumentação tola e insana.

    Tem como extrair algo dessa frase vazia? E você ainda acha que argumenta algo?

    Dawkins for debater com qualquer zé ruela que aparece ele perde credibilidade.
    Só o Craig se beneficiaria deste debate independente do resultado.

    Primeiro que copiou esse argumento da carta do Dawkings e não citou a fonte, que feio…WLC não é pequeno por nenhum dos critérios: venda de livros, PhDs, e pessoas que ele já debateu, alias, os outros 2 ícones dos ‘novos-ateus-rot-weillers’ Christopher Hitchens e Lawrence Krauss já debateram com William Lane Craig. Só o Dawkings que saiu com essa de que “ele é muito pequeno para mim”. Qualquer um sabe que é desculpa de cagão.

    Parece que só quem não entendeu foi você.

    Não bonitão, eu só tenho a honestidade e a confiança no meu taco de admitir quando eu preciso estudar mais sobre um assunto. Já outros preferem ficar fingindo que ‘sabem tudo’, preferem zombar dos outros a realmente discutir assuntos objetivamente, que é quando, normalmente levam uma surra.

  29. Anômico:

    Eu conheço essa carta do Dawkings publicada no “The Guardian”. O WLC é tão ‘insignificante’ que fez o Dawkings publicar uma carta num dos maiores jornais da Inglaterra. Essa história de “não me sento com pessoas que disseram isso ou aquilo” é de uma covardia sem tamanho.

  30. André Lopes,

    Tem como extrair algo dessa frase vazia? E você ainda acha que argumenta algo?

    Não estou argumentando. Basta ver a argumentação do W.C. para constatar. Isso se você conseguir entender.

    Primeiro que copiou esse argumento da carta do Dawkings e não citou a fonte, que feio

    Você perguntou e eu respondi o mesmo que o próprio Dawkins disse.
    Pra quê citar como fonte de uma resposta dada pelo próprio Dawkins que é de domínio e conhecimento públicos?
    Mas tem razão, se você desconhece a própria argumentação do W.C. Acho que é pedir demais que tenha conhecimento de qualquer coisa dita pelo Dawkins ou qualquer outra pessoa que não apoie sua visão individual.
    Ao contrário de você, eu tenho interesse sincero pelos argumentos do lado oposto.

    A propósito, o argumento ontológico que você “não entendeu” faz parte dos seus 20 preciosos argumentos. Mais um indício de que você não lê sequer suas próprias postagens.

    venda de livros

    Se isso agregasse algum valor Paulo Coelho seria o mais célebre escritor brasileiro. Que piada.

    PhDs, e pessoas que ele já debateu

    Claro. Essa é a profissão dele. Debatedor profissional.
    Ninguém nega que ele tem o dom da oratória, apesar de seu discurso ser vazio de conteúdo.

    alias, os outros 2 ícones dos ‘novos-ateus-rot-weillers’ Christopher Hitchens e Lawrence Krauss já debateram com William Lane Craig.

    Sorte do W.C. e uma mancha no currículo dos outros.

  31. Marcos:

    Dou por encerrada a discussão, deixemos as pessoas decidirem o que acham dessa atitude do Dawkings e apoiada por vicê de achar que debater com alguem mancha curriculo. Na minha escola, nao existe isso.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: