A freira de Juazeiro [Republicação]

Estou, temporariamente, afastado da minha base de operações e do meu querido MacBook Pro. Consegui emprestado um “samartphone com acesso à internet só pra publicar esse post, sofrivelmente digitado nessas teclinhas minúsculas do celular, e dizer aos poucos leitores que sobraram que eu ainda não fui acertar as contas com o Papai do Céu, não: ainda estou vivo.

Vivo, e feliz, vale dizer, com essa minha condição de ser superior. Sim, porque um ateu é mesmo intelectualmente superior aos religiosos de todas as religiões no quesito “compreensão do mundo”.

É por isso que eu mantenho esse blog. Para mostrar para os crentes, não só como o Deus deles é inútil, como as crenças deles são prejudiciais a todos nós, como suas ilusões são ridículas. Eu mantenho esse blog para apregoar, a quem se der ao trabalho de ler meus textos, essa minha condição de superioridade intelectual. Tanto é que os poucos crentes que aparecem por aqui não fazem nada além de me xingar. O que é, além de perda de tempo, uma prova de como eu estou certo.

E por falar em felicidade, ontem eu quase morri engasgado com farofa… Ups! Peraí… É o seguinte… Eu estava jantando num restaurante nas margens de uma BR, na entrada de uma cidadezinha aqui do Estado. Serviram farofa junto, e tava mesmo uma delícia.

Era hora do JN, e uma reportagem informava que a cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, foi fundada pelo padre Cícero, depois que o lugar se tornou famoso pelo milagre de uma hóstia ter se transformado em sangue na boca de uma freira.

Eu quis rir alto, mas tava com a boca cheia de farofa e, tanto por causa disso, como pelo fato de estar rodeado de gente simples do interior, que não iria achar a menor graça de eu rir de um milagre, tive que prender a gargalhada com a farofa junto e quase me lasco!

Tossi até ficar vermelho e, depois, gargalhei aliviado porque todo mundo tava mesmo já rindo da situação. Mas eu ri de felicidade por ser ateu, por ter a mente livre dessa doença mental que faz as pessoas enxergarem uma intervenção de um Deus ridículo num sinal mais ridículo ainda de sua suposta existência, como o de uma hóstia se transformar em sangue na boca de uma freira do sertão.

E ri também, claro, por saber que Juazeiro do Norte, a terra do “padim Ciço”, foi fundada porque uma D. Maria lá mordeu a língua dentro da igreja!


Anúncios

6 Respostas

  1. Voltei. Mas ainda estou me recuperando da viagem. Muito calor, muito sol na cabeça, muita claridade, muita moça bonita me dando fora.

  2. É exatamente assim que eu me sinto, feliz por estar livre dessas crendices e bobagens que só cabem em mentes débeis. São milagres chinfrins, sem nenhum efeito prático, que só convencem pessoas de pouco intelecto. Milagre que me convença teria que ser porreta, por exemplo, fazer crescer um braço ou perna num deficiente, simples assim.
    Se estivesse comendo farofa, também teria engasgado quando conheci a pastora Elisete. Barros, ela é tão cara de pau que dá vontade de bater na mentora de Baby Consuelo. Seu mais recente sucesso é uma cirurgia espiritual, em que retira o coração (enorme, provavelmente de boi) dos pacientes incautos, que saem felizes e curados do problema cardíaco e sem o coração. Acho que ela deveria retirar também o cérebro, já que nenhuma falta faria.

  3. Barros,

    Não se sinta superior por ser ateu, afinal, não é mérito seu pois segundo o seu ateísmo, tudo não passa de um acaso cósmico e o universo simplesmente segue o seu curso segundo leis físicas e químicas, sem qualquer valor ou moral objetivos. O seu pensamento não passa de uma sinapse cerebral igual a um raio no céu, que surgiu na sua mente por razões simplesmente químicas. Não foi você que gerou o seu pensamento, foi o universo. Portanto, tudo que você é, não é merito seu, nenhuma idéia é sua, incluse seus defeitos também não são seus, bem-vindo ao mundo ateu.

  4. Por acaso, o suposto milagre eucarístico de Juazeiro do Norte foi aprovado pela Igreja Católica? Sequer tal freira foi beatificada ou canonizada ou mesmo o Pe. Cícero?

    Muito pelo contrário, já naquela época (por volta de 1890) foram feitas investigações médicas e, no fim, ele foi excomungado e proibido de rezar missa e a freira Maria de Araújo enclausurada:

    “…

    SUPOSTO MILAGRE

    No ano de 1889, durante uma missa celebrada pelo padre Cícero, a hóstia ministrada pelo sacerdote à religiosa Maria de Araújo se transformou em sangue na boca da religiosa. Segundo relatos, tal fenômeno se repetiu diversas vezes durante cerca de dois anos. Rapidamente espalhou-se a notícia de que acontecera um milagre em Juazeiro.

    A pedido de padre Cícero a diocese formou uma comissão de padres e profissionais da área da saúde para investigar o suposto milagre. A comissão tinha como presidente o padre Clycério da Costa e como secretário o padre Francisco Ferreira Antero, contava, ainda, com a participação dos médicos Marcos Rodrigues Madeira e Ildefonso Correia Lima, além do farmacêutico Joaquim Secundo Chaves. Em 13 de outubro de 1891, a comissão encerrou as pesquisas e chegou à conclusão de que não havia explicação natural para os fatos ocorridos, sendo portanto um milagre.

    Insatisfeito com o parecer da comissão, o bispo Dom Joaquim José Vieira nomeou uma nova comissão para investigar o caso, tendo como presidente o padre Alexandrino de Alencar e como secretário o padre Manoel Cândido. A segunda comissão concluiu que não houve milagre, mas sim um embuste.

    Dom Joaquim se posicionou favorável ao segundo parecer e, com base nele, suspendeu as ordens sacerdotais de padre Cícero e determinou que Maria de Araújo, que viria a morrer em 1914, fosse enclausurada.

    Em 1898, padre Cícero foi a Roma, onde se reuniu com o Papa Leão XIII e com membros da Congregação do Santo Ofício, conseguindo sua absolvição. No entanto, ao retornar a Juazeiro, a decisão do Vaticano foi revista e padre Cícero teria sido excomungado, porém, estudos realizados décadas depois pelo bispo Dom Fernando Panico sugerem que a excomunhão não chegou a ser aplicada de fato. Atualmente, Dom Fernando conduz o processo de reabilitação do padre Cícero junto ao Vaticano.

    Em 1973, foi canonizado pela Igreja Católica Apostólica Brasileira (diferente da Igreja Católica Apostólica Romana).

    …”.
    FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Padre_C%C3%ADcero

    Há até um movimento de católicos brasileiros tentando reabilitar a imagem do Pe. Cícero diante do Vaticano.

    Tempos atrás, assisti um documentário mostrando o culto profano em vários países da América Latina (inclusive no Brasil) feito a personagens populares (como Che Guevara) e até mesmo a bandidos e traficantes famosos já mortos; inclusive, com direito a santinhos, imagens, promessas, capelas, missas e procissões. Infelizmente, não consegui achar no YouTube.

    Tais casos servem para separarmos a religiosidade popular e a ingenuidade do povo diante de supostas aparições e milagres (como santas que choram, santa da vidraça, etc.) do que realmente é aprovado e ensinado oficialmente pela Igreja e a seriedade da Igreja Católica; que, a bem da verdade, costuma ser extremamente rígida nesses casos!

  5. Realmente, parece ingenuidade acreditar que pão e vinho, após consagrados, se tornam corpo e sangue de Cristo. Porém, quando Deus institui um sacramento, Ele “mata a cobra e mostra o pau”! A Igreja Católica tem mais de 100 MILAGRES EUCARÍSTICOS que comprovam que o sacramento da eucaristia não é ‘conto do vigário’; sendo que o mais famoso é o MILAGRE EUCARÍSTICO DE LANCIANO que ocorreu logo após a consagração feita por um padre católico que não conseguia acreditar no milagre da transubstanciação.

    Sendo que já foram realizados nada menos do que 500 EXAMES sobre esta relíquia de mais de 1.300 anos, e esses foram os principais resultados científicos:

    “…

    A partir de 1574, aos reconhecimentos eclesiásticos do milagre, acrescentaram-se pronunciamentos científicos. Em novembro de 1970 os Frades Menores Conventuais, sob cuja responsabilidade se encontravam as substâncias, submeteram-nas a análise científica7 que foi confiada aos Dr. Odoardo Linoli,8 Chefe de Serviço dos Hospitais Reunidos de Arezzo e Livre Docente de Anatomia e de Histologia Patológica e de Química e Microscopia Clínica e ao professor Ruggero Bertelli, emérito de Economia na Universidade de Siena.

    Após uma série de análises e constatações, o parecer foi publicado em “Quaderni Sclavo di diagnostica clinica e di laboratório”, 1971, fasc. 3, Grafiche Meini, Siena, afirmando tratar-se de um milagre comprovado e inexplicável10 11 , o documento diz ainda:

    – A carne é carne verdadeira.

    – O sangue é sangue verdadeiro.

    – A carne seria do tecido muscular do coração (contém, em seção, o miocárdio, endocárdio, o nervo vago e, no considerável espessor do miocárdio, o ventrículo cardíaco esquerdo).

    – A carne e o sangue seriam do mesmo tipo sangüíneo (AB) e pertencem à espécie humana.

    – No sangue teriam sido encontrados, além das proteínas normais, os minerais cloreto, fósforo, magnésio, potássio, sódio e cálcio. As proteínas observadas no sangue teriam sido encontradas normalmente fracionadas em percentagem a respeito da situação seroproteínica do sangue vivo normal. Ou, seja, É SANGUE DE UMA PESSOA VIVA.

    – A conservação da carne e do sangue, deixados em estado natural por doze séculos e expostos à ação de agentes físicos, atmosféricos e biológicos constituiria um FENÔMENO EXTRAORDINÁRIO.

    – Outro fato interessante é que os cinco fragmentos, ao serem pesados têm exatamente o MESMO PESO, não importa a combinação com que se pese. Por exemplo, tanto faz pesar um, dois ou todos fragmentos juntos, eles têm o mesmo peso.

    – Supõe-se que o sangue “AB” é o tipo de sangue encontrado no Santo Sudário. Este tipo de sangue é muito comum no povo Judeu, em Israel.
    …”.

    FONTE:

    http://cienciaconfirmaigreja.blogspot.com.br/2012/08/o-milagre-eucaristico-de-lanciano.html#more

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Milagre_Eucar%C3%ADstico_de_Lanciano

    http://www.catequisar.com.br/texto/catequese/crisma/apostila/01/imaculada/sacramento/12.htm

    Vejam a aula do ilustre Prof. Felipe Aquino sobre alguns milagres eucarísticos aprovados pela Igreja Católica:

    Vejam, também, o excelente documentário da Canção Nova sobre Milagres Eucarísticos (dividido em quatro partes):

    Esses e outros extraordinários milagres da Igreja Católica, provam que ela não é uma mera instituição humana, mas que sua origem é realmente divina; ela está no mundo, mas não pertence ao mundo; ela é corpo místico de Cristo que continua sua missão salvífica na estrada da história. Pois, os milagres são como que a assinatura de Deus para comprovar sua existência, sua Igreja e sua verdadeira doutrina.

    Por isso, não devemos tentar colocar CRISTO no mesmo panteão dos falsos deuses e nem tentar jogar sua IGREJA CATÓLICA no mesmo “saco de lixo” das falsas religiões!

    Não foi à toa que o grande RUI BARBOSA, ao final da vida, concluiu: “Estudei todas as religiões do mundo e cheguei a seguinte conclusão: religião, ou a católica ou nenhuma!”.

    Eis a RAZÃO da minha FÉ!

  6. Em tempo, sobre a origem sobrenatural da relíquia de Lanciano, além do fato de ter ficada exposta por mais de 1.300 anos sem se deteriorar e do sangue ser de uma pessoa viva (vivendo atualmente), segundo li, há um fato supranormal que viola as próprias leis da física: quando se pesa os coágulos de sangue, em qualquer combinação deles, misteriosamente, se obtêm o mesmo peso.

    Lembrando que o Milagre Eucarístico de Lanciano é o mais famoso, mas existem mais de uma centena de milagres eucarísticos na Igreja Católica. Inclusive, um bem recente (ainda sob investigação da Igreja) ocorrido na Argentina, em Buenos Aires, no ano de 1996 (portanto, há apenas dezoito anos atrás) e que foi investigado pelo próprio atual Papa Francisco:

    http://padrepauloricardo.org/blog/papa-francisco-e-o-milagre-eucaristico-de-buenos-aires

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: