Mente aberta (Pt. 1)

 não aceito

.

A língua inglesa tem um adjetivo sem correspondente em português: open-minded. Mente aberta. Eu me considero uma pessoa “mente aberta”. E penso que você, independente de suas crenças religiosas, também deveria procurar ser. Digo isso porque a religiosidade implica obrigatoriamente na abdicação forçada da percepção da realidade, fazendo o crente enxergar o mundo não como ele é, mas como ele precisa ser visto. Acontece que, como a fé não acompanha o crente o tempo todo, nem interfere em todas as suas interações com a realidade à sua volta, aquele adjetivo também pode ser aplicado a ele, não importa a quem dirija suas preces inúteis.

Agora, considere essa frase atribuída a Adolf Hitler: 

Quanto maior for a mentira, mais pessoas acreditarão nela.

Essa afirmação me parece ser bem coerente com os nossos dias. O que você me diz de pôr à prova sua mente aberta para avaliar dois fatos muito importantes da nossa História: a ida à Lua e os ataques de 11 de setembro? Você acha que estaria em condições de aceitar que esses eventos, tal como você os conhece, são mentiras nas quais acreditou?

Eu sei que “teorias da conspiração” parecem ser o passatempo de psicóticos desocupados, mas uma coisa é alguém te dizer que um bule está muito quente, e outra é você mesmo tocar nele e avaliar por si. O que mais depõe contra a credibilidade dessas teorias é que você pode muito bem argumentar que, “se fosse mesmo verdade, todo mundo estaria falando nisso”. Mas existe um motivo para não ser assim: autoproteção. Imagine o caos social resultante, se toda a população americana aceitasse as evidências de que os ataques de 11 de setembro foram em parte manipulados pelo seu próprio Governo! E a desconfiança generalizada se descobrissem que a ida de astronautas à Lua seria praticamente impossível, mesmo nos dias de hoje, sendo todas aquelas cenas televisionadas do homem na Lua apenas fruto de uma grande armação!

Mesmo que pessoas gabaritadas sempre tenham afirmado isso desde a ocorrência desses eventos, o animal humano, social e dependente de lideranças, preferiu não dar ouvidos, nem credibilidade. Como disse uma psicóloga numa das inúmeras entrevistas que vi sobre o assunto, “cada um de nós tem uma visão de mundo, e essa visão de mundo é usualmente formada, em grande parte, pela cultura na qual fomos criados. Quando tomamos conhecimento de uma informação que contradiz nossa visão de mundo, nós automaticamente acionamos um mecanismo de defesa chamado de dissonância cognitiva.  

“Por exemplo, com relação ao 11 de setembro, nós temos uma cognição geral e genérica, que é a história oficial, que é o que o Governo nos contou e a mídia repetiu insistentemente. Por outro lado, nós temos o que os cientistas, arquitetos, engenheiros, projetistas de aviões e de arranha-céus, matemáticos, etc., estão começando a nos contar, e que inevitavelmente mostra que a história oficial não pode ser verdadeira. O que as pessoas tendem a fazer, em casos como esse, é negar as evidências que estão sendo postas diante dos seus olhos e se agarrar à história oficial (bem como defendê-la), tentando manter a estabilidade do sistema no qual estão inseridas, pois, se o sistema desmoronar, elas vão junto.

“É uma tendência natural do ser humano rejeitar algo que teme ser a verdade; algo que vai confrontar demais a sua visão de mundo, e que vai fazê-lo se sentir vulnerável e desamparado, ou, pior ainda, fazê-lo correr o risco de abandonar sua zona de conforto. 

“Nesses casos, temos que nos defender desse tipo de confronto. E a maneira com que frequentemente fazemos isso é com a raiva. Então nós ficamos furiosos, e quando ficamos assim, nós ficamos indignados e ofendidos, e queremos ridicularizar o mensageiro daquela informação. Nós atribuímos doenças a ele, e queremos censurá-lo”.

Outro entrevistado arrematou: “Nos disseram que 19 muçulmanos fanáticos driblaram um sistema de defesa de 40 bilhões de dólares, sequestraram 4 aeronaves comerciais quase que simultaneamente, desligando seus transponders quase que ao mesmo tempo, ficaram invisíveis ao sistema de radar do controle aéreo, isso sem mencionar o sistema de defesa militar, voaram direto para NY e se jogaram em dois dos mais proeminentes cartões-postais do país, sendo que um outro caiu na Pennsylvania, e tudo isso sob o comando de um líder religioso escondido numa caverna no Afeganistão, com um computador ligado à internet. Essa foi a teoria da conspiração mais louca que já ouvi e, no entanto, é a versão oficial”

Anúncios

19 Respostas

  1. Talvez as pessoas pensem ser um absurdo supor que o Governo iria “armar” os atentados de 11 de setembro. Talvez achem mesmo que isso fosse impossível. Um dos motivos seria porque elas “viram” na tv os aviões se chocando contra as Torres Gêmeas. Mas será que viram mesmo?

    Um dos vídeos mais famosos do “impacto” contra a torre sul foi exibido pela CNN, em close up. Mas será isso a imagem de um avião real? Não. Pelo menos “esse” vídeo da CNN nos mostra um avião produzido digitalmente.

    Abaixo, seguem o vídeo exibido pela tv e a revelação do “truque” malfeito de computador, que mostra a asa do avião passando por trás de um prédio que está em segundo plano, muito mais longe, portanto, da cena do impacto. É o que os técnicos chamam de pane de rendering.

    O truque:

  2. Barros,

    seguem o vídeo exibido pela tv e a revelação do “truque” malfeito de computador, que mostra a asa do avião passando por trás de um prédio que está em segundo plano, muito mais longe, portanto, da cena do impacto.

    Nunca pensei que chegaria o dia em que eu discutiria em oposição a você, mas para mostrar aos visitantes que nem todos os ateus concordam em tudo, aí vai.

    Assisti ao vídeo 4 vezes e me parece que o prédio em questão está claramente à frente da torre atingida, portanto me parece normal e natural que a asa seja encoberta pelo mesmo.

    Não estou aceitando a versão oficial como 100% verdadeira, pode ser que uma ou outra informação tenha sido omitida pelas autoridades, mas a existência de uma conspiração interna ainda não foi nem de longe evidenciada, pelo menos para mim.

  3. Amigo Barros,sinceramente não sei qual a sua desilusão no tocante a prática de fé de que pessoas acreditam em DEUS.
    É pena q pessoas como vc que pelo visto possui uma mente brilhante,ou aberta(ATÉ DE MAIS) mas continuando,, não pode enxergar tudo a sua volta, tamanha beleza criada por um ser SUPREMO que chamamos de DEUS.
    Pessoas como vc nunca enxergará isso até que quebre a cara.
    Quer ver uma prova da soberania do CRIADOR,a ciência provou que o ser humano quando nasce ,a área frontal do cérebro já está programado para conectar com DEUS.
    Confira Título da pesquisa:Cérebro está programado para crer em Deus, afirma psicólogo: http://www.paulopes.com.br/2012/03/psicologo-afirma-que-cerebro-esta.html#.Uz6O6PldWBQ

    Veja mais!! Cientistas “comprovam” a existência de Deus com matemática e um simples notebook : http://noticias.seuhistory.com/cientistas-comprovam-existencia-de-deus-com-matematica-e-um-simples-notebook

    Continue!! Cientista encontra prova definitiva de que Deus existe
    http://jornalvdd.com/cientista-encontra-prova-definitiva-de-que-deus-existe/
    Então, acha que DEUS ta preocupado se acredita nele ou não, ainda que o desejo dele é que se arrependa .visto que ele está a
    cima,creia vc ou não em quanto que aqui somos meros mortais.

    Quer um conselho, ainda que muitos dizem q se foce bom não dava e sim vendia, Arrependa se vire as costas pro seu orgulho ateu e busque aquele que tem poder para tirar o oxigênio que respira pois até isso não lhe pertence,pois é dele.

  4. Marcos, de fato, você está correto, e no próprio vídeo tem um link lá para mostrar isso. O prédio que encobre a asa do avião está à frente do WTC, mais próximo do campo de visão de quem filmou a cena. Foi um erro de interpretação. O problema, como é apontado na página que o link aponta, é que aquela cena não poderia ter sido feita por uma pessoa ao nível do solo, como é alegado.

    Agora dê uma olhada nos primeiros 15 segundos desse vídeo abaixo (esqueça todo o lixo sobre os iluminati), que mostra a explosão da torre sul sem avião algum. Na imagem que serve de “thumb” para o vídeo, aparece o mesmo tipo de “defeito” de CGI que você descobriu ser falso no anterior. É uma cena que começa aos 26’25”.

    A questão é que há muitas inconsistências na versão oficial. Espero mencioná-las nos próximos textos, e espero seus comentários, visto que você, como já mostrou, tem um olho apurado.

    Abraço

  5. eurípedes escreveu:

    Então, acha que DEUS ta preocupado se acredita nele ou não

    Não, eu não acho que Deus esteja preocupado (porque Deus não existe), mas de uma coisa eu sei: você está.

    A pergunta é: por quê?

  6. Oi Barros! Mas a questão que ficou na minha mente: e as pessoas que estavam nos arredores dos prédios no dia do ocorrido? Elas viram os aviões não é?

  7. Barros,

    O atentado de 11 de Setembro foi testemunhado por muitas pessoas nas ruas e foram divulgadas imagens feitas por cinegrafistas amadores no momento dos impactos.

    Diversos especialistas civis e militares estudaram detalhadamente durante mais de quatro anos a queda do World Trade Center e divulgaram um relatório público bem extenso que pode ser lido via internet e contestado por qualquer profissional da área.

    Acredito que a existência de uma conspiração do governo dos EUA exigiria, pelo menos, a participação não apenas dos militares, mas também dos profissionais que analisaram as caixas pretas e os destroços dos aviões, bem como das companhias telefônicas (devido às ligações telefônicas de algumas vítimas a parentes que foram registradas durante a queda), dos peritos que analisaram as gravações e até das próprias famílias e amigos das vítimas.

    Acho bem mais plausível a explicação de que a segurança do espaço aéreo americano, apesar de muito boa, simplesmente não era essa Coca-Cola toda.

    Contudo, aguardo as outras partes desta série para ver que outros argumentos você tem.

  8. Eu nunca consegui entender pq a maioria das pessoas simplesmente engole qualquer porcaria que é jogada nas suas caras. Essa história de atentado me parece uma história pra boi dormir, v6 sabiam que prédios como as torres gêmeas são projetados para aquentar até mesmo três ou mais choques com aviões e ainda ficar de pé? Como as caixas pretas dos aviões (feitas com os materiais mais resistentes conhecidos pelo homem) simplesmente derreteram com o calor enquanto que um passaporte (de papel) foi convenientemente achado pela polícia e incriminou um arábe qualquer pelo “atentado”? O que realmente aconteceu com Osama ou vocês realmente acreditam naquele papo dele ter morrido e seu corpo ter sido jogado no mar?
    O mais ridículo mesmo foi ver a população americana pulando e dançando pelas ruas comemorando a morte do maior terrorista do mundo. Os EUA sairam como as vítimas, mais todo mundo simplesmente esquece que o maior atentado TERRORISTA de todos os tempos foram deles, afinal o que são dois prédios comparado a duas cidades (Hiroshima e Nagasaki)?

  9. Eu nunca consegui entender pq a maioria das pessoas simplesmente engole qualquer porcaria que é jogada nas suas caras. Essa história de atentado me parece papo pra boi dormir, v6 sabiam que prédios como as torres gêmeas são projetados para aquentar até mesmo três ou mais choques com aviões e ainda ficar de pé? Como as caixas pretas dos aviões (feitas com os materiais mais resistentes conhecidos pelo homem) simplesmente derreteram com o calor enquanto que um passaporte (de papel) foi convenientemente achado pela polícia e incriminou um arábe qualquer pelo “atentado”? O que realmente aconteceu com Osama ou vocês realmente acreditam naquele papo dele ter morrido e seu corpo ter sido jogado no mar?
    O mais ridículo mesmo foi ver a população americana pulando e dançando pelas ruas comemorando a morte do maior terrorista do mundo. Os EUA sairam como as vítimas, mais todo mundo simplesmente esquece que o maior atentado TERRORISTA de todos os tempos foram deles, afinal o que são dois prédios comparado a duas cidades (Hiroshima e Nagasaki)?

  10. Eu nunca consegui entender pq a maioria das pessoas simplesmente engole qualquer porcaria que é jogada nas suas caras. Essa história de atentado me parece papo pra boi dormir, v6 sabiam que prédios como as torres gêmeas são projetados para aquentar até mesmo três choques com aviões e ainda ficarem de pé? Como as caixas pretas dos aviões (feitas com os materiais mais resistentes conhecidos pelo homem) simplesmente derreteram com o calor enquanto que um passaporte (de papel) foi convenientemente achado pela polícia e incriminou um arábe qualquer pelo “atentado”? O que realmente aconteceu com Osama ou vocês realmente acreditam naquele papo dele ter morrido e seu corpo ter sido jogado no mar?
    O mais ridículo mesmo foi ver a população americana pulando e dançando pelas ruas comemorando a morte do maior terrorista do mundo. Os EUA sairam como as vítimas, mais todo mundo simplesmente esquece que o maior atentado TERRORISTA de todos os tempos foram deles, afinal o que são dois prédios comparado a duas cidades (Hiroshima e Nagasaki)?

  11. Marcos & Adrielle

    divulgaram um relatório público bem extenso que pode ser lido via internet e contestado por qualquer profissional da área.

    Mas a questão é justamente essa. O relatório final É contestado por profissionais de várias áreas. Por muita gente, há muito tempo. Ninguém aceita aquilo.

    Não estou argumentando que eu sei o que aconteceu, porque eu não sei. Daí o nome que dei ao texto: mente aberta.

    O grande problema com o 11 de setembro é que as coisas não batem. Se você pega duas cenas de duas emissoras diferentes que filmaram o segundo ataque, você vai perceber discrepâncias: seja de tempo, de trajetória de ataque, de perspectiva, de coloração, de som, de um monte de coisa.

    Tem uma cena da queda da torre sul (que foi atingida por último, mas que caiu primeiro) que mostra um helicóptero se afastando do prédio em queda. Numa outra cena de outro ângulo no qual o helicóptero teria que estar ainda mais visível, ele não aparece, embora o momento seja o mesmo: o início da queda da torre sul.

    Duas cenas de emissoras diferentes mostram o avião atingindo a torre sul vindo de trajetórias diferentes. Ou seja, ou uma das imagens foi forjada, ou as duas foram. Mas não há como as duas serem verdadeiras.

    Os aviões desapareceram por completo. Sublimaram: passaram do estado sólido para o gasoso. Foi a primeira vez na história da aviação que aconteceu isso. Quatro vezes num único dia. Não sobrou nada das aeronaves. Caixa-preta muito menos. O pouco que se alegou ter sobrado não pertecem às aeronaves. Mas encontraram alguns passaportes dos árabes sequestradores. Imagina um calor capaz de derreter e evaporar aço e titânio, mas que não queimou por completo um pedaço de papel…

    Mas a questão que ficou na minha mente: e as pessoas que estavam nos arredores dos prédios no dia do ocorrido? Elas viram os aviões não é?

    Dri, tem um documentário (dentre inúmeros outros) chamado September Clues que aborda inúmeros aspectos dos atentados.

    Por exemplo, sabe aqueles vídeos que todas as TVs divulgaram dos atentados? Praticamente todos eles foram filmados por pessoas que são ligadas, de algum modo, à indústria de manipulação de imagem. Praticamente todas as testemunhas que ligaram (minutos depois) pra as principais TVs que estavam documentando ao vivo os ataques eram funcionários das próprias TVs.

    As pessoas nas ruas, pessoas comuns, dão relato de que viram um “avião pequeno” atingir a segunda torre, que pode ter sido um míssil — o Jassm agm 158, muito parecido com um avião.

    Outra coisa, 3 dos 4 aviões tinham como destino Los Angeles, mas, 3 horas depois dos atentados, ninguém havia aparecido no aeroporto de Los Angeles em busca de parentes e amigos desaparecidos.

    O documentário Loosing Change destaca a gravação de um telefonema de um homem dentro de um dos aviões sequestrados para a mãe dele. Digamos que o homem se chamasse Antônio de Araújo Coutinho. O telefonema começava assim:

    — Alô?

    — Alô, mãe? Aqui é o Antônio de Araújo Coutinho.

    Quantas vezes você se identificou para sua mãe usando seu nome completo?

    No Pentágono, não pode ter caído avião algum. Aquilo foi um míssil, indiscutivelmente. Do suposto avião que caiu na Pennsylvania só sobrou o buraco. O avião também sumiu.

    Das imagens do avião segundos antes do impacto com a segunda torre, pode-se calcular uma velocidade de voo horizontal que nenhuma aeronave comercial poderia atingir naquela altitude. Por falar em imagens, inúmeros profissionais apontam que todas as imagens divulgadas pelas TVs, e pelas quais o mundo todo tomou conhecimento do ocorrido, TODAS sofreram tratamento digital. E as falhas dessa interferência são inequívocas.

    O que mais me intriga não é saber se isso foi uma armação ou não, porque tudo aponta pra ter sido mesmo. O que me intriga é como diabos eles arquitetaram isso tudo.

  12. E tem também um vídeo que mostra um avião, provavelmente um 767, que aparentemente fez uma trajetória similar à do suposto avião que atingiu a torre sul, quase que simultaneamente com a colisão, mas com atraso de segundos. Só que esse 767 não atingiu a torre. No vídeo ele aparece ao fundo, já em subida em bem longe, no momento em que ocorre a explosão. Certamente é daí que as pessoas ouviram o som de avião a baixa altura.

  13. Alguns documentários interessantes:

  14. Essa não tem nada a ver com o assunto acima, mas queria compartilhar essa palhaçada, vocês viram que o CEO do Mozilla (Firefox) perdeu emprego por que em 2008 doou dinheiro para campanha se posicionando CONTRA o casamento gay? Não é interessante, que o cara não pode ter opinião própria para trabalhar para a Mozilla? Eu claro já desinstalei o meu Firefox.

    Depois eu falo da ditadura das minorias, vocês não acreditam.

    http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/acusado-de-homofobia-ceo-da-mozilla-renuncia

  15. Barros

    Vou esperar o fim dessa série para comentar.

    André Lopes

    Como você, desinstalei o Firefox tão logo soube desse absurdo. Pensar que esse é o criador do javascript, que tem uma longa e produtiva carreira, sendo acuado pela patrulha imbecilizada do politicamente correto, das minorias histéricas gays militantes, que são minoria, não representam todos os homossexuais, aliás, prejudica-os, dá nojo de tudo isso. Essa gente nojenta e histérica brucutu autoritária está tornando o mundo um lugar insuportável.

  16. Shirley, sem problema. Mas, como eu disse, não estou me posicionando como um fanático. Estou com a “mente aberta”. Acontece que tudo aponta para fraudes no 11 de setembro e pouso na Lua. Tudo. É disso que pretendo falar e traçar um paralelo com a religiosidade, quando os crentes se apegam à “versão oficial”, sem sequer considerar a hipótese de estarem sendo enganados.

    Eu já vi inúmeros documentários sobre o 11 de setembro e sobre as missões Apolo. É muita coisa pra ser explicada e, muito provavelmente, a única explicação que “explicaria” tudo é essa: fraude.

  17. Barros,

    Sobre o pouso na lua você já leu este artigo?

    http://ceticismo.net/ceticismo/a-viagem-a-lua-e-um-mito/

    Abraço.

  18. Quanta contradição! Barros escreve sobre “acreditar na versão oficial”, mas utiliza a “mente aberta” para crer em TUDO que é divulgado pela internet… como se postar na net conferisse ao que foi divulgado um “título” de verdade absoluta…

  19. Ô, Ateu graças a Deus, você nasceu de 7 meses? Quem disse que eu acredito “em tudo” que é divulgado na internet? Aguarde e confie.

    A propósito, eu sou ateu graças a Deus mesmo. Se Deus existisse, eu não seria ateu. E, claro, também não seria “crente”, pois eu não precisaria mais “acreditar”.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: