Você conhece Deus?

Mais uma indicação imperdível do leitor Cristiano:

Anúncios

83 Respostas

  1. Interessante o vídeo, mas é claro que não é 100% neutro, tem “meta-mensagens” para o lado ateísta, obviamente. O ateu é “human” oh que lindo! tem um jeitinho de rapazinho inteligente classe média enquanto a “crentarada” é um mais esquisito que o outrol.

    O que o vídeo também não diz é que essa pluralidade de crenças simplesmente significa que todos não podem estar certos ao mesmo tempo e ou ainda que ninguém esteja certo.

    Mas que fique claro que o video NÃO propôs argumentos CONTRA a existência de Deus.

  2. Verdade. Um ser perfeito faria tudo perfeito com um sentido único e universal, preciso e claro. A prova de que Deus não existe senão na imaginação das pessoas é clara e visível por suas variadas religiões e cada uma com sua filosofia, portanto cada uma com seu deus.

    Religião é um veneno.

    Vi este vídeo na página Ateista|revista do Facebook.

    Deus está morto: mas, considerando o estado em que se encontra a espécie humana, talvez ainda por um milênio existirão grutas em que se mostrará a sua sombra.
    Friedrich Nietzsche

  3. Ana Júdice:

    A prova de que Deus não existe senão na imaginação das pessoas é clara e visível por suas variadas religiões e cada uma com sua filosofia, portanto cada uma com seu deus.

    Por que que a existência de várias religiões é “prova” da não existência de Deus? Que prova é essa?

  4. Andre

    A existência de várias religiões não prova que deus não existe… mas prova que as pessoas religiosas não sabem o que estão falando e não podem afirmar que detém o conhecimento sobre o assunto… resumindo…. todas as religiões existentes até hoje e todo conhecimento que você tem sobre o assunto é bobagem…

    Abraço
    Cristiano

  5. ola tudo bem cri-cristiamo ?

  6. Cristiano,

    Concordamos que a existência de várias religiões não prova a inexistência de Deus. Sobre a segunda parte do seu comentário, como você pode dizer que eles não sabem o que estão falando? Não é possível que ao menos uma seja a certa?

  7. Fala Criaturo, tudo bem… trabalhando muito, porque rezar não enche barriga… e ai?

    André, deixa eu adivinhar, se tiver uma certa você acha que é a sua??? rsrsrs…

    No caso disso ser verdade, fico imaginando o tipo de fanfarrão tem a mensagem mais importante do mundo mas não se esforçasse muito para de forma inequívoca mostrar a correta quando observa que haviam se perdido nas interpretações… Sorte sua e nossa que esse “ser” não existe…

    Abraço
    Cristiano

  8. Não é possível que ao menos uma seja a certa?

    Não, não é possível que ao menos uma seja certa, porque, se fosse, deveria haver um meio de ela poder provar isso.

  9. A afirmação de que Só o meu Deus é o verdadeiro é usada por toda e qualquer religião, o que torna, obrigatoriamente, todos os deuses falsos.

  10. Barros:

    Não, não é possível que ao menos uma seja certa, porque, se fosse, deveria haver um meio de ela poder provar isso.

    Por que deveria haver um meio de ela provar isso? Por que Deus não poderia escolher uma forma menos ‘irrefutável’? Que valor tem alguém dizer que crê em você se for com um revolver na cabeça? E além do mais, para vocês ateus a prova é somente se ele aparecer ao meio dia, transmissão pela CNN, fazer o sol desaparecer… e TENHO CERTEZA que no día seguinte os blogs vao estar falando da ‘armação do governo americano e truques da CNN’.

    Não se esqueça que aparições e milagres já houve muitos, mas com o tempo as pessoas passam a duvidar pois não estiveram in loco.

  11. Cristiano

    Fala Criaturo, tudo bem… trabalhando muito, porque rezar não enche barriga… e ai?

    homem de pouca fé , por que andais preocupado com o que havereis de comer a amanhã, quando não pode afirmar se existira um amanhã ?
    vejam os pássaros que vivem sem ter esta preocupações, Deus lhes da abrigo e comida.

  12. Barros:

    A afirmação de que Só o meu Deus é o verdadeiro é usada por toda e qualquer religião, o que torna, obrigatoriamente, todos os deuses falsos.

    Não meu querido, se todos dizem que só o seu Deus é verdadeiro há duas possibilidades: todos estão errados ou pelo menos 1 deles está certo. Claro que todos estarem certos é impossível.

  13. Cristiano

    como ja havia comentado em outro topico, o video tem la suas verdades cômicas, mas povos em épocas, culturas e civilizações distantes apresentam crenças semelhantes principalmente sobre a gênesis, fato considerado por ateus como plágios

  14. Por que deveria haver um meio de ela provar isso? Por que Deus não poderia escolher uma forma menos ‘irrefutável’? Que valor tem alguém dizer que crê em você se for com um revolver na cabeça?

    Bom, então vamos combinar que esse Deus pode ser tudo, menos onipotente e onipresente. Coitado do Deus, a cada dia que passa fica mais fraquinho…Ô dó.

    Não meu querido, se todos dizem que só o seu Deus é verdadeiro há duas possibilidades: todos estão errados ou pelo menos 1 deles está certo

    Há uma terceira possibilidade, que precede as outras duas em importância: para que se pudesse considerar qual lado está certo seria necessário provar primeiro que Deus existe.

  15. Não meu querido, se todos dizem que só o seu Deus é verdadeiro há duas possibilidades: todos estão errados ou pelo menos 1 deles está certo

    A sua desonestidade “pulou” a conclusão mais óbvia: todos estão errados.

  16. Que valor tem alguém dizer que crê em você se for com um revolver na cabeça?

    Você nunca apontou um revólver pra minha cabeça e, no entanto, eu sei que você, André, existe (ou, pelo menos, alguém que assim se denomina).

    Não se esqueça que aparições e milagres já houve muitos

    Tá. Ouve só Deus pensando:

    “Puta que pariu… O povo ali embaixo, na Terra, não acredita que eu, o criador de tudo o que existe, o ser mais perfeito, eterno, imutável etc, porra, eles não acreditam em mim. O que eu poderia fazer pra que eles passassem a acreditar em mim, antes que eu me aborreça e afogue todo mundo de novo… Hummm….. Já sei!!!!! Caralho como eu sou super-mega-hiper-oni-inteligente!!!! Vou fazer uma imagem de gesso de uma santa chorar sangue! Nossa, vai ser demais!”

    Ô Glória, Senhor!!!

  17. ss rodrigues:

    Bom, então vamos combinar que esse Deus pode ser tudo, menos onipotente e onipresente. Coitado do Deus, a cada dia que passa fica mais fraquinho…Ô dó.

    Fiquei tentado a te chamar de burrildes de novo, mas me segurei. Sua frase acima nao tem nada a ver, pois eu nao disse que Deus não é capaz de se revelar da forma mais clara possivel. Eu disse que ele pode ter ESCOLHIDO ser assim, escolha é opção, não impotência.

    Há uma terceira possibilidade, que precede as outras duas em importância: para que se pudesse considerar qual lado está certo seria necessário provar primeiro que Deus existe.

    Se Deus existe ou não está implícito em uma ou nenhuma das religiões estarem certas. A minha colocação foi em resposta a colocação que dizia que se há muitas religiões, ENTAO, Deus não existe. Eu provei, de forma lógica, que é possível uma estar certa.

  18. Barros:

    A sua desonestidade “pulou” a conclusão mais óbvia: todos estão errados.

    Não seja jaguara. A conclusão é tão ‘óbvia’ que você é incapaz de provar através de argumentos lógicos. Se limita ao já conhecido ‘bate e sai correndo’. Meu argumento foi muito claro, se quiser refutar, fique a vontade.

  19. Andre

    Que prova é essa?

    A prova que tenho não é a mesma vinda de suas buscas, porque elas diferem por interesses e as suas são mais complexas pela subjetividade, principalmente pelo fato de estarem apoiadas em experiências no campo abstrato, ou melhor, na fé espiritual o que para mim nada significa, visto que as crenças místicas só podem ser compreendidas por quem carrega dentro de si além de problemas psicossomáticos refletidos na sua saúde física, uma grande e imperativa necessidade de fé num protetor maior e as religiões são entidades que promovem a permanência dessa fé.
    Se as desordens são de origem psicológica há uma grande chance de que sejam sanadas pela influência da fé por orações. Só aquela entonação dramática das rezas já é um grande estímulo para a cura dessas doenças, porém, se for por uma causa maior, ou melhor, físico como num acidente sério de fratura na bacia ou craniana, por exemplo, certamente que Deus não vai colar estes membros sem a ajuda de especialistas. Você já viu Deus colar uma fratura craniana?

    O mais importante das provas que me faz descrer é que elas satisfazem meus questionamentos. Não entro aqui para convencer ninguém a pensar com eu por respeito a questões de seus pontos de vista, tanto é verdade que não vou rodear religiosos no seu ambiente para insultar suas crenças, pelo fato de reconhecer seu direito de liberdade.
    Só sei que frequento este site porque sinto que suas portas estão abertas para mim, pelo fato de encontrar afinidade com as ideias que o dono da casa expõe, se não partilhasse de sua filosofia jamais colocaria estas páginas na tela do meu computador.

    O homem é místico por natureza e sente necessidade de um ser divino a quem ele possa colocar todas suas expectativas sejam de vida ou de morte. O vídeo mostra vários tipos de religiões espalhadas pelo mundo e cada uma com seu Deus conforme a região e conceitos da época. A crença em um Deus vem da tendência biológica de crer num ser superior, pois o cérebro humano já nasce predisposto a isto. Para tanto, é que ele endeusava seres fictícios ou até um animal que eles imaginavam ser forte e invencível.
    Estudos indicam que os índios brasileiros encontrados na época do descobrimento já habitavam aproximadamente há 11 mil anos na Amazônia brasileira. Nunca tiveram contato com outra civilização e cultuavam vários deuses tais como Tupã, Guaraci, Anhangá, Curupira e alguns animais. Quem os introduziu em sua cultura?

    A necessidade primitiva do homem por seres divinos o fez criar seus próprios deuses.

    Dando milhões de passos atrás e acompanhando as descobertas arqueológicas, temos na idade da pedra lascada – no período Paleolítico a presença de deuses primitivos como a Vênus de Willendorf , “uma pequena estatueta de seios volumosos, ventre saltado e grandes nádegas atribuído um sentido mágico, propiciatório da fertilidade feminina que era transportada pelas tribos ou colocada num altar”. Os pagãos acreditavam estar honrando a memória e crença de seus ancestrais, hoje vista como um símbolo universal do poder feminino de fertilidade e abundância proveniente da “Deusa Mãe” associada a Mãe Terra esculpida há 22000 ou 24000 anos, bem anterior a criação do Deus de Israel.

    E a nossa história não começa apenas há 5000 ou 6.000 anos, nem tampouco termina com os escritos bíblicos sobre um deus chamado Javeh e sua trajetória daqueles tempos. Tem muito mais a ser contado, é algo ilimitado e para saber, é só tirar a venda da fé que cega que os tornam ignorantes da sua própria história, levantar um pouco os olhos desse livro com folhas de seda e bordas de ouro, que foi produzido e manuseado num percurso aproximado de 1600 anos por uma entidade que se autodenominava donos da narração de todos os acontecimentos da humanidade, movidos por crenças em seres místicos, hoje, um livro traduzido para mais de 2.400 línguas e adulterada pelos tradutores com cerca de 52.000 erros.

    Obs: Ninguém é mais burro que eu por não concordar com minha forma de pensar, essa pessoa só pode estar mais desinformada.

  20. Meu argumento foi muito claro, se quiser refutar, fique a vontade.

    Seu argumento de que se um monte de gente crê em deuses diferentes algum deus deve ser verdadeiro é bem claro, mesmo, em mostrar que você é tão desonesto a ponto de não considerar a possibilidade mais óbvia: todos os deuses são falsos.

  21. André

    Fiquei tentado a te chamar de burrildes de novo, mas me segurei. Sua frase acima nao tem nada a ver, pois eu nao disse que Deus não é capaz de se revelar da forma mais clara possivel. Eu disse que ele pode ter ESCOLHIDO ser assim, escolha é opção, não impotência.

    Já disse antes que você não precisa se tolher de me chamar burrildes; apelidos depreciativos parecem atender a uma função muito importante da sua psique, então não se reprima.

    Um deus onipotente e onipresente não deveria ter que “escolher” uma forma qualquer de revelar-se porque, a rigor, ele não precisaria fazê-lo. Um deus que precisa escolher uma forma qualquer para se fazer percebido não é onipotente nem onipresente.

  22. Burros:

    Seu argumento de que se um monte de gente crê em deuses diferentes algum deus deve ser verdadeiro é bem claro, mesmo, em mostrar que você é tão desonesto a ponto de não considerar a possibilidade mais óbvia: todos os deuses são falsos.

    Agora só há duas possibilidades: vocês está se fazendo de desintendido pois está cercado, ou é um burros mesmo.

    Vamos lá, não consigo desenhar, mas vou tentar: se dez pessoas dizem que um carro tem uma cor específica, cada um diz uma cor diferente, há duas possibilidades: ou o carro não é de nenhuma cor citada ou é de UMA das cores citada. A sua conclusão de “logo nao é nenhuma das cores citadas” não é correta.

    Isso é lógica pura… lembre-se eu sou ‘crente burro’, você tem que me dar um argumento melhor do que o seu “possibilidade mais óbvia de que todos estão errados”. Mostre por que a sua possibilidade é a mais óbvia.

  23. Ana Júdice:

    A pergunta foi simples: “por que que a existência de várias religiões é “prova” da não existência de Deus? Que prova é essa?”

    Você escreveu sobre a pé de abacate do seu quintal, sobre as estrelas e concluiu falando do império romano. Simplesmente evitou a pergunta por completo.

  24. ss rodrigues:

    Um deus que precisa escolher uma forma qualquer para se fazer percebido não é onipotente nem onipresente.

    Onipotente quer dizer com poder para tudo fazer, acho que não há contradição se ele ‘escolheu’ agir de um determinado modo.

    Onipresente significa está em todos os lugares ao mesmo tempo, como ser espiritual, tempo e espaço não se aplicam a ele. Também não vejo contradição a decisão de escolher não se revelar de maneira inequívoca.

    VOcê poderia dizer que se é onisciente ele sabe desde o início quem vai acreditar, quem não vai, portanto, qual o valor de todo esse esforço. É verdade, mas mesmo assim, saber o resultado do fim do jogo não significa que os jogadores não jogaram por vontade própria.

  25. se dez pessoas dizem que um carro tem uma cor específica, cada um diz uma cor diferente, há duas possibilidades: ou o carro não é de nenhuma cor citada ou é de UMA das cores citada. A sua conclusão de “logo nao é nenhuma das cores citadas” não é correta.

    Isso é lógica pura…

    Vocês, crentes, se embananam fácil quando têm que usar “lógica pura”.

    Sua desgraça é que, diferentemente de Deus, um carro é uma coisa real. Sendo assim, por que diabos 9 de 10 pessoas iriam errar a cor do carro??? Foi uma pegadinha armada pela produção???

    Você escolhe 10 pessoas na rua e diz para 9 delas: “Olha, eu vou mostrar um carro a vocês, mas, quando eu perguntar de que cor ele é, vocês vão dizer uma cor diferente da do carro, e diferente da que um dos outros 8 já tenham dito”. Aí, quando alguém perguntar por que essa idiotice, você vai responder: “Ah, é porque eu quero ganhar um argumento usando lógica pura”.

    Você me mata de rir, quando me dá uma ideia do que considera “lógica”: uma pegadinha!!!

    O problema dos crentes é que, usando lógica pura, Deus só pode ser visto como ele é: um personagem literário.

    Se você mostrar um carro para 10 parentes meus e lhes perguntar que cor ele tem, eles vão dizer uma cor apenas: a cor do carro.

    E meus parentes são todos religiosos.

    Mas valeu pela piada. Use mais lógica pura, daqui pra frente. Combina muito bem com o seu discurso.

  26. Andre

    Se você teve visão de pé de abacate, estrelas e império romano no meu texto, a única coisa que posso dizer é que você tem mesmo a tendência a crer em coisas inexistentes.
    A prova de que deus não existe está dentro da mente do próprio homem como narrei no meu texto resumido nesta frase: ”A necessidade primitiva do homem por seres divinos o fez criar seus próprios deuses”.

    Não entendeu? Pois não tenho outra resposta mais lógica do que esta e, já me dei por satisfeita mesmo que você tenha “feito de conta” que não entendeu quando eu disse que Deus é pura invenção do homem em várias situações e épocas, retrocedendo até as cavernas do período Paleolítico ou [período da selvageria] sobre as crenças do homem primitivo que você não teve paciência de ler porque não está acostumado a outra leitura que não seja seu livro de folhas de seda.

  27. Barros:

    Mas valeu pela piada. Use mais lógica pura, daqui pra frente. Combina muito bem com o seu discurso.

    Você distorceu, chamou de lógica de piadinha para ver se os desavisados engolem sem pensar muito.

    Já que você não entende com um ex. dou outro para ver se ‘cai a ficha’: pergunta a 10 pessoas o que há dentro de uma caixa. As respostas sao as mais variadas e diferentes entre si. POr que na SUA lógica é impossível que um deles esteja certo?

    É tão elementar, estou achando que você está fazendo-se de desentendido.

  28. Ana Judice:

    A prova de que deus não existe está dentro da mente do próprio homem como narrei no meu texto resumido nesta frase: ”A necessidade primitiva do homem por seres divinos o fez criar seus próprios deuses”.

    Obrigado pela esclarecimento, mas você há de convir que o que disse acima está bem longe de ser “prova”, nem um forte indício é, é uma opinião sua que eu respeito.

    Eu poderia usar o mesmo argumento no sentido inverso: o fato de qualquer grupo humano em qualquer lugar em qualquer momento da história todos terem seus Deuses e religiões, indicam que o homem está programado para ter esse elo de ligação com o criador, é como se nascessemos com essa necessidade de re-encontrar o pai. E isso não é enfermidade psicologócia, é algo da natureza humana. De onde veio isso? Não seria muito mais lógico que o ser humano não ficasse pintando imagens de Deus em cavernas? No ententanto, algo dentro de nós chama para a ligação com o criador.

  29. Você distorceu, chamou de lógica de piadinha para ver se os desavisados engolem sem pensar muito.

    Já que você não entende com um ex. dou outro para ver se ‘cai a ficha’: pergunta a 10 pessoas o que há dentro de uma caixa. As respostas sao as mais variadas e diferentes entre si.

    KKkkkkkkkk Continua. Continua, que tá muito legal!!!

  30. Andre

    Sinto muito, mas, não posso satisfazer as dúvidas que você tem em torno do seu deus. Você vai ter de conviver com seus questionamentos e buscas por provas deste delírio que só existe na sua cabeça.

    Ademais, não sou muito dada a estar filosofando em torno da inexistência. Prefiro falar sobre a existência de um bloco de pedra que posso pegar, sentir sua textura, ver sua cor e tomar cuidado para que ele não despenca e venha a me esmagar. Tenho medo disso, porque sei que esse bloco de pedra existe.

  31. KKkkkkkkkk Continua. Continua, que tá muito legal!!!

    Como dizia aquele desenho “saída pela direita”

  32. Ana Júdice:

    Sinto muito, mas, não posso satisfazer as dúvidas que você tem em torno do seu deus. Você vai ter de conviver com seus questionamentos e buscas por provas deste delírio que só existe na sua cabeça.

    Alguém lhe pediu para satisfazer as minhas dúvidas sobre o meu Deus? Eu simplesmente lhe pedi para você apresentar as provas que você dizia ter sobre a a inexistência de Deus. Mas tudo bem, paremos por aqui. Um abraço.

  33. Barros,

    conte aí pra nós, você recebeu aquele email que você estava esperando? A gente é crente, mas a gente gosta de uma historinha de amor. Eu estou convencido que você será convertido por uma perereca.

  34. André

    Onipotente quer dizer com poder para tudo fazer.

    Então é bom Deus parar de brincar de achou! com os ateus e ir dar umas voltas lá pelo Oriente Médio. Por lá está tendo de tudo: crucificação, decapitação, execução sumária, mulheres e crianças enterradas vivas, o diabo.

  35. Shirley

    No Oriente Médio o diabo está aprontando outro genocídio em Gaza. Ali mesmo, onde os escribas da bíblia narram a ação de Deus através do seu jagunço Josué, pelas mesmas razões: disputa de territórios, e onde está aquele Deus onipotente para fazer justiça, cadê este tão poderoso personagem que parece ter se acovardado que nem age com um sinal de mão, não aparece para ninguém nem que seja através de uma jumenta falante, uma cobra falante ou por um voz detrás de uma moita de sarça ardente?

    Será que por acaso ele “escolheu” agir de um determinado modo, isto é ignorando todos esses conflitos mundiais da atualidade?

    Que determinado modo é o deste Deus?

  36. Ana

    Cai na risada com o “jagunço” Josué. O pau comendo na Terra Santa e adjacências, em nome dele, lado A e lado B, e ele não se manifesta nem que seja por um grilo falante. Quem sabe ele não está muito ocupado bolando algum milagrinho, pra provar aos incréus que ele existe.

  37. Ana Judice e SS Rodrigues:

    As falas de vocês no máximo indicam que Deus não ébenevolente ao permitir as guerras. Ainda estão devendo provar que Deus não existe. Essa vocês sempre saem pela tangente.

  38. André

    Para que vou me dar o trabalho de provar que Deus não existe?
    Eu cheguei à conclusão de que ele não existe e no que me diz respeito, é mais do que suficiente.

  39. Andre

    Ah, pois sim, continue com suas ilusões se lhe faz bem.

  40. SS

    Cai na risada com o “jagunço” Josué. O pau comendo na Terra Santa e adjacências,

    seria cômico se não fosse uma realidade tragica

  41. Ainda estão devendo provar que Deus não existe.

    Eu provo!

    Junte lenha no chão e ore a Deus para acender o fogo. Se não acender, ele não existe. É uma prova bem simples.

  42. O que eu poderia fazer pra que eles passassem a acreditar em mim,

    bom ele fez voce, mas só porque voce saiu com alguns defeitinhos, não significa que Deus tambem seja burro.

  43. Junte lenha no chão e ore a Deus para acender o fogo. Se não acender, ele não existe. É uma prova bem simples.

    ta achando a gente com cara de Elias, ele pediu veio um raio do céu e derreteu até as pedras da fogueira

  44. ta achando a gente com cara de Elias, ele pediu veio um raio do céu e derreteu até as pedras da fogueira

    Exato.

    Aí veio dos céus a voz trovejante de Deus dizendo:

    Agora, Elias, que provei a minha existência para esses ateus filhos da puta, senta o dedo nessa porra!!!!!!! Fode com eles.

    Que pena é que isso tá escrito no mesmo livro em que animais falam, o que deixa esse relato no nível das fábulas…

    Há alguns anos, meu irmão mais novo passou num concorrido concurso público e agradeceu a Deus por ter passado. Aí eu disse: “Se inscreve em outro e não estuda pra ver se Deus te ajuda de novo”.

  45. Criaturo

    Cai na risada com o “jagunço” Josué. O pau comendo na Terra Santa e adjacências,
    seria cômico se não fosse uma realidade tragica

    Mas é trágico. Qualquer ser humano, afora os psicopatas que estão por lá barbarizando vê isso. E para você também, toda aquela tragédia faz parte, não é? Não é você quem diz que o sofrimento faz parte da evolução do ser em direção à integração com o ser original?

  46. Aí veio dos céus a voz trovejante de Deus dizendo:
    Agora, Elias, que provei a minha existência para esses ateus filhos da puta, senta o dedo nessa porra!!!!!!! Fode com eles.

    coisa nenhuma! Elias mandou cortar 450 cabeças dos profetas de ball por vingança propria, mais tarde reencarnado como João batista teve sua cabeça tambem cortada a espada.

    Que pena é que isso tá escrito no mesmo livro em que animais falam, o que deixa esse relato no nível das fábulas…

    papagaio é o que um ateu ?

    Há alguns anos, meu irmão mais novo passou num concorrido concurso público e agradeceu a Deus por ter passado. Aí eu disse: “Se inscreve em outro e não estuda pra ver se Deus te ajuda de novo”.

    invejoso, seu irmão é menos arrogante que voce

  47. SS

    E para você também, toda aquela tragédia faz parte, não é? Não é você quem diz que o sofrimento faz parte da evolução do ser em direção à integração com o ser original?

    sim, o sofrimento é inevitável, porem pode ser amenizado combatendo sua natureza ignorante.

  48. Barros:

    Eu provo!
    Junte lenha no chão e ore a Deus para acender o fogo. Se não acender, ele não existe. É uma prova bem simples.

    Esse argumento não passa nem na Faculdade de Trico e Crochet de Carapicuiba. Para o seu argumento ter alguma validade, teria que provar que Deus, existindo, ia querer atender o seu pedido.

  49. Ana Júdice:

    Andre
    Ah, pois sim, continue com suas ilusões se lhe faz bem..

    Sobre o argumento ou prova pedidos, nem uma palavra. É sempre assim, na hora do aperto, “saída pela direita”.

  50. SS Rodrigues:

    Para que vou me dar o trabalho de provar que Deus não existe?
    Eu cheguei à conclusão de que ele não existe e no que me diz respeito, é mais do que suficiente.

    Ah sei… imagine se você tivesse as provas se você não ia colocar aqui em letras maiúsculas…

  51. André

    Ah sei… imagine se você tivesse as provas se você não ia colocar aqui em letras maiúscula

    É, não é? Assim como você, se tivesse provas da existência dele. O único senão é que os fatos estão do meu lado. Há milênios tem essa conversa de que Deus existe, e nesse tempo todo ninguém conseguiu apresentar uma mísera lasquinha de prova disso…

  52. 1. A alegação “se houvesse evidências, eu acreditaria”, baseia-se em evidência anedota e não é verificável, a princípio;

    2.*Se existir alguma possibilidade de fatores emocionais ou sociais refletirem no ateísmo da pessoa, então não devemos acreditar na sua declaração original;
    [ *Starting with Freud’s “projection theory” of religion-that belief in God is merely a product of man’s desire for security-Professor Vitz argued that psychoanalysis actually provides a more satisfying explanation for atheism. Disappointment in one’s earthly father, whether through death, absence, or mistreatment, frequently leads to a rejection of God. A biographical survey of influential atheists of the past four centuries shows that this “defective father hypothesis”(Paul Vitz) ]

    3.Mesmo sendo verdadeira, a posição pessoal não importa nada em um debate; dizer “eu faria aquilo, eu faria isso” não é um argumento e não tem que ser discutido, a não ser para desmascarar quem diz isso.

    Dizer “se houvesse evidências, eu acreditaria”, no fim das contas, não é nada mais que uma forma de self-selling, evidência anedota e fraude intelectual. Simples assim.

    “Em toda discussão, ou argumentação em geral, é necessário que os contendores estejam de acordo em alguma coisa que se toma como ponto de partida para resolver a questão que se trata: contra negantem principia non est disputandum (não se deve discutir com quem negue os princípios)”. (Dialética Erística, pág. 123)

    Então:
    1. O convencimento só pode ser feito com alguém que aceite os princípios e que possuam uma base comum de conhecimentos que permita um diálogo “harmônico”, baseado na confiança mútua;

    2.Não há como julgarmos se pessoas na internet tem ou não honestidade intelectual suficiente para que (1) ocorra.

  53. André

    Esse argumento não passa nem na Faculdade de Trico e Crochet de Carapicuiba.

    ué! e Carapicuíba ja esta assim , tão desenvolvida?

  54. o Barros

    se fosse um papagaio que tivesse falado com Eva isto faria alguma diferença? voce acreditaria?

    currupaco……..loro é mais safado do que a serpente…currupaco !

    cobras e burras falantes são tão possíveis quanto pássaros falantes ou não ?

  55. Ô, Criaturo, sinto muito ter que ser eu a dizer isso a você, mas, a vida é dura mesmo. É o seguinte: papagaios não falam. Isso mesmo, meu querido. Veja aí se sua mamãe está por perto. Ela pode te consolar.

  56. Ó o outro:

    “se houvesse evidências, eu acreditaria”.

    Mas crente é crente: quer mesmo é acreditar, mesmo havendo evidências.

  57. Dureza é um ser dito onipotente, mas que depende da crença de que exista. Claro que para esse ser dito onipotente e onipresente,o mínimo a se esperar era que todos, sem exceção, simplesmente soubessem que o ser existe.
    E acaba que o pobrezinho precisa depender de malabarismos verbais dos crentes dele.

  58. Existem muitas crenças religiosas, e provavelmente uma delas é a verdadeira. Quem examinar com honestidade as profecias do cristianismo verá q coincidem ca realidade. Concluído q o cristianismo é verdadeiro basta ler a bíblia e pesquisar qual vertente está mais de acordo com ela. Fazendo assim vcs encontram uma igreja realmente de Deus.

  59. Ô, Criaturo, sinto muito ter que ser eu a dizer isso a você, mas, a vida é dura mesmo. É o seguinte: papagaios não falam. Isso mesmo, meu querido. Veja aí se sua mamãe está por perto. Ela pode te consolar.

    conheci um que era evangélico , sabia cantar o hino dos crentes inteirinho, daria um bom presente para ateus.

  60. Concluído q o cristianismo é verdadeiro basta ler a bíblia e pesquisar qual vertente está mais de acordo com ela. Fazendo assim vcs encontram uma igreja realmente de Deus.
    ]
    o seu Josmar se quiser ver o video do tópico e reconsiderar fique a vontade.

  61. SS Rodrigues,

    “Dureza é um ser dito onipotente, mas que depende da crença de que exista. ”

    Uma criança de 7 anos consegue enxergar o obvio, sem precisar de nenhum adulto lhe falando sobre uma realidade com um designer não humano…

    Deus existir independente da crença, crer ou não; passa a ser relevante para os mesmos que creem ou não… Pra Deus existem duas possibilidades,a positiva ou a negativa…

    Enfim, pela lógica fria

    1)Deus existe e um número contigente pode não crer nisso, e outro numero cre.

    2)Deus não existe e um número contigente não cre nisso, e outro número crê

    Enfim, Deus não depende de crença para existir ou não, e na sua existência a sua criação não é uma necessidade, e sim uma livre vontade.

    “Claro que para esse ser dito onipotente e onipresente,o mínimo a se esperar era que todos, sem exceção, simplesmente soubessem que o ser existe.”

    Eu não sei para que serve este argumento o.O

    1) (supostamente) Nem todos sabem da existência de Deus logo
    2) Deus não existe.

    Non sequitur. No máximo que se discutiria era sobre justiça, e não sobre existência.

    “E acaba que o pobrezinho precisa depender de malabarismos verbais dos crentes dele.”

    Esses comentários afetivos dirigidos a Deus tem alguma relevancia?

    Aquilo que vc chama de malabarismo verbal, chama-se lógica, o que tu podes fazer é mostrar que são falsos, mas parece que vc gosta de sentimentalizar, estereotipar o oponente, mas não lida com o argumento em si, e nem demonstra nada, apenas faz alegações vazias.

    Enfim, a sua existência é tão obvia para crianças do prézinho, basta que alguns adultos use um pouquinho da massa encefálica para chegar a esse óbvio que as criancinhas já tem intuitivamente…

    Aos ateus cabe a “arte” da negação. E o buraco objetivo é do ateísmo é o niilismo,

    Huumm … Aqui um pouquinho do mundo ateu, Um mundo bem afetivo.

    Pesquisadores mostram que as atitudes dos ateus em relação à Deus são ambivalentes, pois suas crenças explícitas entram em conflito com suas respostas afetivas

    http://www.tandfonline.com/doi/pdf/10.1080/10508619.2013.771991

  62. Conhecia Samuel do meu bairro há um tempo. Era religioso e bastante crente. Ouvi-o a pedir aos amigos que rezassem pelo filho. Samuel sofria pelo seu filho e não sabia mais como ajuda-lo a sair da dependência do álcool, recorreu ao melhor reduto para a sua felicidade: Deus! Pedia aos amigos que rezassem, ao mesmo tempo em que solicitava ao seu Deus que acabasse com o sofrimento de ambos, que durava alguns anos. Não desejava mais nada na sua vida que não fosse a cura do seu filho.

    Algum tempo depois, Samuel morreu.

    Ai esta, uma prova de que Deus existe!!!

  63. jephsimple

    Uma criança de 7 anos consegue enxergar o obvio, sem precisar de nenhum adulto lhe falando sobre uma realidade com um designer não humano

    Crianças de 7 anos? É sério isso? Essa é a última tendência no mundinho crente? Usar como argumento o “discernimento” de crianças de sete anos? É, tem tudo a ver. Crianças dessa idade acreditam em papai noel, coelhinho da páscoa, fada do dente…

    Enfim, pela lógica fria

    Aham. Você falar em lógica fria e em seguida dizer que a existência de Deus é óbvia para crianças do prezinho é mesmo muito friamente lógico.

    Você não sabe para que serve o argumento de que um ser onipresente e onipotente deveria, no mínimo, ser matéria de conhecimento?
    Serve para demonstrar que tais atributos são exatamente o demonstrativo de que ele não passa de fruto da imaginação das pessoas.

    Sobre o seu estudo aí, o problema com esse tipo de pesquisa é sempre a fidelidade. No caso, cabe questionar até que ponto esses ateus o eram mesmo. Considerando que há uns malucos por aí fundando “igreja” ateísta, fica a pergunta se essas pessoas são ateias mesmo ou desiludidas carentes de alguma divindade. Além do mais, as conclusões ficaram meio na base do achismo; o universo pesquisado foi exíguo, não dá para extrapolar com um mínimo de confiabilidade. Tenta de novo.

    De resto, como já disse para o André, eu não preciso me preocupar em provar que Deus não existe. Por mais que vocês esperneiem, o fato é que há milênios tem essa conversa de que Deus existe, e nesse tempo todo ninguém conseguiu apresentar uma mísera lasquinha de prova disso.

    E vocês deviam eliminar uns penduricalhos aí dos atributos do coitado do Deus, para ver se há chance dele ficar um pouquinho menos inverossímil.

  64. Nada prova tão claramente a existência de Deus do que sites como esse! A inquietação é tanta que existem indivíduos, ditos “ateus” (graças a Deus…), gastam horas e mais horas escrevendo contra o que eles, no íntimo, sabem que existe…

    O ateu é a maior prova da existência de Deus….

  65. Criaturo:

    ué! e Carapicuíba ja esta assim , tão desenvolvida?

    Carapicuiba só perde para Piracicaba!

  66. SS Rodrigues:

    De resto, como já disse para o André, eu não preciso me preocupar em provar que Deus não existe. Por mais que vocês esperneiem, o fato é que há milênios tem essa conversa de que Deus existe, e nesse tempo todo ninguém conseguiu apresentar uma mísera lasquinha de prova disso.

    Eu acho que ateu que tem juízo tem uma pulga atrás da orelha “e se eu estiver errado?”, imaginem se um dia chegarem ‘do lado de lá’ e perceberem os erros dessa vida, quanto arrependimento… já nós, os ‘crentes burros’, se estivermos errados, nem vamos saber pois morreu, morreu. Se estivermos certos, ótimo.

  67. Quando falamos de ciências humanas “clareza” é algo bem relativo, afinal o emissor pode ser claro o quanto for, se o receptor estiver disposto a não entender, então nada no mundo fará ele entender.

    Quer mensagem mais clara, que por exemplo, a Lei Magna, que manda tratarmos os demais como gostaríamos de os outros nos tratassem (ou na versão negativa, não trate os outros como não quer ser tratado)?

    Esta lei está escrita na Bíblia, no Torá, no Alcorão, no Tao te Ching, no Bagavad-Gita, nos Vedas, no Bayan, no Iktab-i-Akdas… e é tão axiomática que até filósofos ateus como Sartre e Nietzsche reconhecem sua verdade, afinal não permite argumentos de duas medidas.

    Portanto a burrice dos religiosos não prova que as religiões estão erradas, afinal burrice é característica humana e vale para todos, afinal podemos cometer burrices diferentes, mas os ateus não são imunes à elas.

  68. [quote]Não desejava mais nada na sua vida que não fosse a cura do seu filho.
    Algum tempo depois, Samuel morreu.
    Ai esta, uma prova de que Deus existe!!![/quote]

    Qual seria esta prova? O fato de Deus não intervir no livre arbítrio do filho que não queria ser curado ou a morte em si?

    No primeiro caso, seria o mesmo que dizer que Deus só pode existir se ele for super-protetor. A psicologia já derruba isto.

    No segundo, por que a morte seria uma prova? O que é a morte senão uma fase do ciclo da vida? Neste caso até a adolescência pode ser pior que a morte (e isto não é figura de linguagem, basta observarmos os adolescentes que temos).

    Haveria sentido no argumento se o único deus possível fosse o que mandasse as almas de seus filhos para um inferno ETERNO (no sentido absoluto da palavra), aí neste caso Samuel estaria condenado junto com o filho a uma existência de sofrimento causada por um deus que nem os piores adjetivos poderiam descrever.

  69. Achei este interessante vídeo na internet e gostaria que os ateus de plantão comentassem a respeito:

  70. “Aninha!
    faça isso não fia! voce possui uma maior capacidade de argumentação, que isso:

    Algum tempo depois, Samuel morreu.
    Ai esta, uma prova de que Deus existe!!!

    A morte do corpo fisico é uma necessidade fisica para Deus poder manter a vida na terra.
    A lógica é simples sem mortes não pode haver nascimentos.

    chegou a hora, não adianta chorar vá com Deus……….. sempre !

    mas pense bem se Samuel era uma pessoa boa, talvez ja tenha cumprido sua missão na terra e passado para uma melhor, enquanto que o filho alcoólatra ainda precise ficar mais alguns anos nesta escola.

  71. André

    Carapicuiba só perde para Piracicaba!

    na questão de pamonhas ?………he….he…he…he…he
    zanga não que é brincadeirinha, não sabia que ela ja estava no nivel universitario.

  72. Criaturo

    Hehehe, a narrativa é pobre mesmo, pobre, e escrita de forma comum e vulgar, concordo com você, pois gosto de textos bem feitos.

    Mas imagina.

    Imagina todos os amigos orando, fazendo jejum, implorando e Deus de repente cura o moço, ele passa pra crente, deixa completamente a bebida aliviando o sofrimento do seu tão sofrido pai, entra para igreja mais próxima, começa a dar o dízimo e se sente salvo. Perfeito.
    Se a história terminasse assim, a crentelha toda ia falar que foi um milagre, que Deus atende as orações de todos, que ele é misericordioso, glória, que bença, Deus foi bom mesmo dando livre arbítrio mesmo sabendo que eles iriam errar nas suas escolhas, ohhh, mas, Deus atuou naquela criatura, salvou sua alma, aleluia, Glória a Deus nas altura.

    Mas, como o coitado do velho morreu de desgosto, ai vem as duas palavras mágicas que justificam os insucessos de todos crentes na área religiosa, é claro: “Livre arbítrio”.

    Pronto meu fií. Resolvido, salvou-se a crença e justificou-e os erros.

  73. O livre arbítrio está presente nas duas situações, Deus demonstra misericórdia providenciando as oportunidades que cada um precisa para seu progresso, ele nos chama o tempo todo, se não atendemos, estamos apenas ADIANDO nosso próprio progresso.

    A alma do filho do Samuel será salva, MAIS CEDO OU MAIS TARDE. Seria bom se fosse mais cedo, mas se ele se recusa, Deus demonstra paciência.

    O “velho” pode até ter morrido desgostoso, mas para ele também a morte é só uma fase, ainda terá muitos motivos de júbilo no futuro.

    Quanto a crença, ela é o que menos precisa ser salva. Três coisas permanecem: a fé, a esperança e o amor, das três, a mais importante é o amor (1 Cor 13:13)

    Ou, como é que se faz negrito e citação aqui?

  74. Anônimo

    Eu tentei ver o vídeo. Juro pela alma da minha mãe.

    De fato eu fui até a metade, alcançado a parte das “evidências cosmológicas”, segundo as quais, se o universo não fosse do jeito que é ele não seria o universo. Parece uma fala do livro da Alice no País das Maravilhas.

    Esse, por exemplo, é um dos “argumentos” (entre aspas mesmo) mais famosos e mais ridículos. É aquele ao qual se vinculou o já famoso argumento do ganhador da loteria. Ele pensa: “Se os números sorteados fossem um pouquinho diferentes dos que eu joguei, eu não teria ganho”.

    O resto (do que eu vi) não passa do velho argumento da ignorância e propaganda religiosa, com o W. Craig de brinde.

    A Teoria da Evolução tem muitos erros, sim, até porque, quando foi elaborada, nem se conhecia a Genética! Mas, mesmo que ela estivesse completamente errada (e nada mais longe disso), o fato de a gente não saber como a vida surgiu não torna reais os mitos de deuses (hehehehehe acha que tornaria apenas o mito do seu Deus real???). O fato de você não saber uma resposta não te dá o direito de inventar uma.

    Outra coisa. O cara acha lindo comparar o Big Bang com o Gênesis… Mas é claro… Se o universo não existia e passou a existir, nada mais óbvio do que ter sido criado pelo Deus específico do qual a minha sociedade é devota e que escreveu o Gênesis, o texto com o qual começa a Bíblia, por acaso o livro que informou à minha sociedade sobre a existência daquele Deus…

    Por que será que ele não achou o Big Bang parecido com a criação do mundo relatada nos textos hindus? Muito suspeito…

    E ora!, se o universo teve um começo, só pode ter sido fruto da vontade daquele ser onipotente a que chamamos agora de Deus, e que depois pediu pra gente assar carne pra ele sentir o cheiro do churrasco…

  75. SS ROdrigues,

    ” É, tem tudo a ver. Crianças dessa idade acreditam em papai noel, coelhinho da páscoa, fada do dente…”

    Você tem algum estudo que mostra, que indica que a intuição teista de uma criança se enquadra na mesma maneira que a crença em fadinhas, papi noel, homem-aranha?

    Ou será que alguem tem que sugerir isso pra elas?Bem diferente da intuição teísta?

    “Você falar em lógica fria e em seguida dizer que a existência de Deus é óbvia para crianças do prezinho é mesmo muito friamente lógico.”

    Eu não estou usando a intuição teista infantil como PROVA PRA VOCÊ de que Deus existe.

    Aquilo que vc define como PROVA é irrelevante pra mim, eu não tenho garantias da tua honestidade mediante EVIDÊNCIAS apresentadas,nada me garante que vc realmente se convenceria, não conheço você,

    O fato de vc dizer que se fossem dadas PROVAS ai tu passarias a crer é uma evidência anedotica, nem preciso me preocupar em PROVAR PRA VOCÊ que Deus existe.

    O que acontece na intuição teista infantil é que as crianças olham para o mundo, e veem design inteligente, e não qualquer designer, mas um designer bem próximo ao Deus cristão, e também elas resistem em antropoformiza-lo.

    As criancinhas do prezinho se enquadram nisso:

    Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis;

    Romanos 1:20

    O exercício mental, psicológico do ateu é negar sua intuição infantil, ou então sofrer aguma influência externa ao longo de seu desenvolvimento como ser humano.

    “No caso, cabe questionar até que ponto esses ateus o eram mesmo.”

    Enfim a ciência é relevante pro meu umbigo.

    E para os ateus fortes como você. Concerteza os mesmos são fraquinhos…

    Mas tem mais estudo científico sobre o tema … Divirta-se:

    http://www.plosone.org/article/info:doi/10.1371/journal.pone.0007272

    Uma entradinha :) “A variety of experiments suggest that children are predisposed to assume both design and intention behind natural events—leaving many psychologists and anthropologists to believe that children, left entirely to their own devices, would invent some conception of God.The psychologist Margaret Evans has found that children between the ages of eight and ten, whatever their upbringing, are consistently more inclined to give a Creationist account of the natural world than their parents are”

    “e nesse tempo todo ninguém conseguiu apresentar uma mísera lasquinha de prova disso.”

    “E vocês deviam eliminar uns penduricalhos aí dos atributos do coitado do Deus, para ver se há chance dele ficar um pouquinho menos inverossímil.”

    Esse comentário seu caiu como uma bomba contra o cristianismo, contra toda a história do cristianismo, Os cristãos que se envolveram profundamente com a ciencia [Newton por exemplo] estão se contorcendo no tumulo diante de uma alegação tão relevante como a sua para todos os cristão deste mundo e de todas as épocas.

    Devemos agora, todos os cristão PROVAR para a SS Rodrigues que Deus existe.

    Ao invés de :

    E tantos quantos vos não receberem, nem vos ouvirem, saindo dali, sacudi o pó que estiver debaixo dos vossos pés, em testemunho contra eles. Em verdade vos digo que haverá mais tolerância no dia de juízo para Sodoma e Gomorra, do que para os daquela cidade.

    Marcos 6:11

  76. Leomar Bernardes

    Eu sou ateia, o significado de alma para mim é “vida”. Tudo morre quando morre o corpo, a palavra alma “ânima” é mesmo que “mente e seu significado geral, serve para denotar o que anima. Morreu, acabou e pronto, infelizmente.

    Não ameaço ninguém com as chamas do inferno quando morrer, não lhe desejo nenhum mal e vou ser boazinha com você, aliás, como sempre sou.

    Para fazer uma palavra ou frase em negrito você coloca entre as chaves com a tag b que transforma o texto em negrito e para fazer citações usa-se a tag blockquote.

    Se minha explicação não foi boa, veja as imagens nos links:

    NEGRITO

    e

    CITAÇÃO

    Certo?

    O ‘puro espírito’ é uma pura estupidez: retire o sistema nervoso e os sentidos, o chamado ‘envoltório mortal’, e o resto é um erro de cálculo – isso é tudo!…Friedrich Nietszche

    By

  77. jephsimple

    claro, claro, intuição teísta nível prézinho, nem se discute.

    O fato de vc dizer que se fossem dadas PROVAS ai tu passarias a crer

    Pronto! Descambou para a versão profeta bíblico. Só corrigindo, profeta: havendo provas, ninguém precisaria crer, todos apenas saberiam

    Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente

    De novo isso? Atributos invisíveis que são vistos? Então tá, né?

    O exercício mental, psicológico do ateu é negar sua intuição infantil

    Opa, a minha intuição infantil veio com defeito, lá pelos dez anos a coisa toda de Deus já me parecia ainda mais inverossímil que as histórias de super-heróis da Marvel, só que muito mais chata. E para esculhambar de uma vez com aquela minha intuição infantil, veio o catecismo.

    Esse comentário seu caiu como uma bomba contra o cristianismo, contra toda a história do cristianismo, Os cristãos que se envolveram profundamente com a ciencia [Newton por exemplo] estão se contorcendo no tumulo diante de uma alegação tão relevante como a sua para todos os cristão deste mundo e de todas as épocas.

    Hmmm… grandiloquência com apelo à autoridade. Não vai adiantar nada para tornar visíveis os atributos invisíveis do Deus. Tenta de novo.

    Devemos agora, todos os cristão PROVAR para a SS Rodrigues que Deus existe.

    Quem disse que vocês cristãos têm que me provar que o Deus existe?
    Nada disso. Ele tem que me provar que existe. Vocês cristãos estão nisso há dois mil anos e não saíram do lugar.

    E tantos quantos vos não receberem, nem vos ouvirem, saindo dali, sacudi o pó que estiver debaixo dos vossos pés, em testemunho contra eles. Em verdade vos digo que haverá mais tolerância no dia de juízo para Sodoma e Gomorra, do que para os daquela cidade.

    É isso. Quando acabam os argumentos, começa a coisa de rogar pragas. Vou te falar: eu tenho medo é de camundongos, não das pragas do seu Deus.

  78. André

    Eu acho que ateu que tem juízo tem uma pulga atrás da orelha “e se eu estiver errado?”, imaginem se um dia chegarem ‘do lado de lá’ e perceberem os erros dessa vida, quanto arrependimento… já nós, os ‘crentes burros’, se estivermos errados, nem vamos saber pois morreu, morreu. Se estivermos certos, ótimo.

    Releia com muita atenção isso que você escreveu, para ver se percebe como você faz os crentes parecerem. Uma pista:
    Se eu algum dia passasse a aceitar essa sua…filosofia, eu sentiria um desprezo imenso por mim mesma.

  79. Eu sou ateia, o significado de alma para mim é “vida”. Tudo morre quando morre o corpo, a palavra alma “ânima” é mesmo que “mente e seu significado geral, serve para denotar o que anima. Morreu, acabou e pronto, infelizmente.

    Eu sei, mas se você usa a morte como prova de que Deus é injusto ou ineficiente e portanto não não existe, seu argumento não faz sentido a menos que admitamos pelo menos hipoteticamente que, se Deus existisse, a vida após a morte também deveria ser real.

    Também não desejo as chamas do inferno para ninguém, a não ser a Dilma, Sarney e outros políticos.

  80. Nossa, mas essa de Sodoma e Gomorra é demais, quase da era dos dinossauros hahaha é o fim da picada.

    Há uma linda de pensamento de que o Evento Geofísico de Sodoma e Gomorra aconteceu em 3.123 a.C , ou seja a mais de 5.000 anos, na época do deus sumério “Enki (EA), o Senhor da Tempestade” e não na época do recente Deus Jeová.
    A destruição de Sodoma foi um Evento Geofísico e não um “Castigo divino”. No passado as catástrofes e acidentes eram imputados aos deuses.

    Em verdade vos digo que haverá mais tolerância no dia de juízo para Sodoma e Gomorra, do que para os daquela cidade.

    Vish! mamma mia!!!!

  81. ss rodrigues:

    Se eu algum dia passasse a aceitar essa sua…filosofia, eu sentiria um desprezo imenso por mim mesma.

    Pare de mistérios e fale de uma vez, por que você sentiria desprezo?

  82. André

    Pare de mistérios e fale de uma vez, por que você sentiria desprezo?

    É como eu disse, releia o que você escreveu.

  83. Ana

    a quem Deus deveria atender palmeirenses ou corintianos ? israel ou palestina ?
    seus anjos podem tomar partido ele mesmo só observa.

    um homem deixou de ser alcoólatra após ter tomado o chá do santo daime, diz ter visto caído na rua em estado deplorável de embriaguez e todos zombavam dele.
    alguém que perde um ente querido após ter pedido com toda sua fé pela salvação divina, deve perder a sua fé ?
    Alguem que finalmente consegue dar a luz, após muitos anos pedindo a Deus que isto tornasse uma realidade, deve aumentar a sua fé ?

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: