Jesus está voltando

 jesus está voltando

.

Se tem uma coisa que me irrita bastante é ouvir pessoas inteligentes dizerem coisas sem sentido, baseadas em sua fé religiosa. Um colega de trabalho ia me fazer um discurso catequizador, mas começou com a frase errada:

— Barros, Jesus está voltando.

É óbvio que ele certamente tinha uma pilha de argumentos para me convencer de que meu ateísmo iria me levar para o Inferno, mas, pelo menos para mim, também era óbvio que tudo que ele tinha pra me dizer não fazia o menor sentido, a começar por aquele dito anedótico.

— Jesus está voltando? — eu repeti. — Voltando de onde?

Ele meio que se engasgou com a minha interrupção assim logo no início, mas era uma pergunta bastante evidente: se alguém está voltando, está voltando de algum lugar. A resposta foi que Jesus estava voltando “de junto do pai”.

Eu reconheço que sou uma pessoa insuportável, mas, vamos combinar:

— Tá. E o pai dele tava onde?

Ele meio que enrolou, mas acabou desembuchando: “no céu”. Ó, que ótimo! Estávamos progredindo! Só mais um pouquinho e eu já ia deixar ele passar pra segunda frase do discurso.

— O céu fica onde?

Surpreendentemente, meu colega se irritou com essa pergunta e quis continuar sua exposição passando por cima dela. Claro que eu não poderia permitir isso: a salvação da minha alma exigia que eu me inteirasse completamente do assunto. Mas, como ele de fato não sabia de onde Jesus estava voltando, achou que poderia compensar a ausência desse dado repetindo aquela afirmação mais algumas vezes:

— Jesus está voltando, Barros. Ele está voltando, entende? Logo todo joelho se dobrará e todo…

— Há dois milênios que ele está voltando, meu querido!

— Sim, mas a hora chegou! A Bíblia diz que haveriam guerras e rumores de guerras! Observe os sinais do fim dos tempos, Barros. Todo dia você vê a televisão mostrando furacão, tsunami,  guerra, terremoto, surto de…

— Mas isso sempre existiu!! O que nem sempre existiu foi a tevê. 

— …doenças contagiosas, nação se levantando contra nação, pai matando o filho! Esses sinais estão descritos na Bíblia!

É claro que ele não estava me ouvindo e, então, eu tive que dar uma alfinetada:

— Jesus não vai voltar de lugar algum, porque ele não foi pra lugar algum. Se a gente se congelasse e fosse reanimado daqui a mais dois mil anos, as pessoas nas ruas ainda estariam dizendo a mesma coisa. “Jesus está voltando” é uma frase sem sentido; não significa nada. Serve só pra sustentar sua fé em algo que não existe. Se não existe, o fato de ele não estar aqui pode ser explicado pela afirmação de que ele “está voltando”. Mas ele vai “estar voltando” sempre: nunca vai chegar. Nem hoje, nem amanhã.

Ele ficou pasmo com a minha petulância:

— Como que você pode dizer isso, rapaz?! Que argumentos você tem pra embasar o que você tá falando? Como você quer sustentar a afirmação de que ele não virá mesmo amanhã, se você não tem como saber o que vai acontecer amanhã?

— Eu aposto cinquenta reais com você que ele não virá amanhã.

— Que imbecilidade, rapaz…

— Cinquentinha só! Topa? Se ele não vier amanhã, você me paga.

— Você vai ser castigado por isso, Barros.

Ele encerrou a conversa e voltou pra seção dele. E eu deixei de ganhar cinquenta reais mole, mole, porque essa conversa foi ontem e, agora vocês também já estão sabendo, Jesus ainda não chegou.

O céu deve ficar a milhões de anos-luz daqui e, talvez, ele esteja vindo de jumento.

  

 

Anúncios

256 Respostas

  1. Muito bom!

    Na verdade a volta de Jesus pode constar no que a gente chama de “Paulinismo”. Quem inventou essa história toda de volta e tal foi o apóstolo Paulo. Ele, juntamente com Pedro e Maria Madalena foram os únicos que tiveram visões de Jesus depois de sua morte.

    O curioso é que Jesus nunca disse que ia subir aos céus e depois iria voltar.

    Era Paulo que advogava que Jesus voltaria ainda enquanto o próprio Paulo estivesse vivo. Ele achava que Jesus voltaria “como um ladrão na noite” (1 Tess. 2:2).

    Esperou, esperou… e morreu.

    Grande abraço!

  2. – “não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam” (Mateus 24:34);

    – “alguns dos que aqui estão não provarão a morte até que vejam vir o filho do homem” (Mateus 16:28);

    – “não acabareis de percorrer as cidades de Israel antes que venha o Filho do homem” (Mateus 10:23), e

    – “se eu quiser que ele fique até que eu venha, que tens tu com isso?” (João 21:,22,23).

    Para os que conhecem o novo testamento, como claramente visto nos textos acima, o suposto retorno de Jesus seria um acontecimento que deveria ocorrer naquela época, no tempo daquela geração.

    A farsa do “arrebatamento” e da “segunda vinda” compõe o rol de outras tantas estórias fantasiosas da bíblia, como serpentes e jumentas falantes, árvore da vida, árvore do conhecimento do bem e do mal, homem feito do barro, mulher feita de uma costela, paraíso perdido, pecado original, etc, evidentes mitologias.

    Também não houve, não há, nem nunca haverá uma “reencarnação” de Jesus, ou um “Jesus Cristo Homem”, ou o que for nesse sentido, como alguns crêm e seguem.

    Trata-se de pessoas insanas, iludidas, alienadas e perturbadas, tais quais seus seguidores.

    E por incrível que possa nos parecer hoje, um acontecimento que, como visto, claramente deveria ocorrer naquela época, no tempo daquela geração, resiste ao tempo nas mentes entorpecidas e delirantes daqueles que não querem enxergar a dura realidade e nem dar o braço a torcer, cujo ímpeto de acreditar é inversamente proporcional à vontade de investigar, avaliar, ponderar e tirar conclusões.

    É característica desse povo rejeitar todas as evidências contrárias, por mais lógicas, plausíveis, sensatas, relevantes e irrefutáveis que sejam, como já bem disse Sir. Francis Bacon: “Uma vez adotada uma opinião, o entendimento humano faz com que todas as demais coisas apóiem e concordem com ela. E ainda que exista um maior número de exemplos contrários e que sejam de maior peso, são esquecidos ou desprezados, ou também, estabelecendo alguma distinção, são eliminados e negados com o propósito de que, por esta grande e perniciosa predeterminação, a autoridade de suas antigas conclusões possa permanecer inviolada.”

    Os fins justificariam os meios, fossem quais fossem eles, ainda que falsos.

    E sobre este tema, cheio das maiores contradições – se comparados os diversos textos a ele relativos no novo testamento (Mateus, 1 Tessalonicensses e Apocalipse) -, futilmente desperdiçam seus tempos com estudos bíblicos, desonestas tentativas de harmonização e estabelecimento de épocas e datas através dos “sinais dos tempos”, invariavelmente pregando que tais “acontecimentos iminentes” certamente ocorrerão em suas próprias épocas, durante as suas existências, o que, de fato, nunca ocorre.

    E, incrivelmente, ainda assim, após as gafes, insistem no engano, continuando a crer!

  3. Olá, Wagner.

    É baseando-se nessa passagem do evangelho de Marcos que os crentes atribuem esse retorno de Jesus:

    Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

    Mateus 24:30

    Jesus, coitado, um pobre-diabo com complexos de grandeza, achava que era o Messias de que falavam as profecias. Naquele tempo, isso não era lá muito raro, e certamente deveria haver uns outros tantos se candidatando ao cargo, como hoje temos o nosso Inri Cristo.

    Mas noutro versículo, Jesus metia medo nos seus ouvintes dizendo isso:

    Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.

    Mateus 24:34

    Ora. Como não aconteceu, os crentes de hoje quebram a cabeça para entender o que Jesus estava querendo dizer com “geração”…

    Hein?

    Por acaso, assim, só por acaso, ele não estaria se referindo ao tempo de vida de uma pessoa, em que ela nasce, tem filhos e morre? Não, claro que não. Isso seria muito óbvio. E, claro, iria fuder com a previsão de Cristo.

  4. É. O Irineu se já citou aí tudo sobre o “caso”.

  5. me convencer de que meu ateísmo iria me levar para o Inferno

    Não é o ateísmo que leva pro inferno, e sim a estupidez. Se você é estúpido, pode ser ateu, cristão, judeu, islamita ou o que for, já está no inferno.

    Eu reconheço que sou uma pessoa insuportável

    Então já tem passagem de ida.

    Ele achava que Jesus voltaria “como um ladrão na noite” (1 Tess. 2:2).

    http://www.editorabahaibrasil.com.br/vitrine/busca.asp?produto=ladr%E3o&categoria=%25&id=882&button=OK

  6. Olha só o Leomar Bernardes aí falando sobre os mundos mágicos que contaram pra ele na infância…

    Você vai pedir o que pro Papai Noel esse ano, querido?

  7. KKKKKKKKKK,muito bom o texto Barros,agora tem mais um que deféca pela boca no seu site,o camarada ai de cima.Seu blog é muito bom mais aparece cada imbecil.Chegam falando um monte de baboseira e saem com o peito estufado,seria engraçado se não fosse triste.

  8. Mas eu até acho divertido. rsrsrsrsssss

    E é isso que me inspira a escrever.
    Abraço

  9. Boa, Barros

    “Jesus está voltando” é uma frase sem sentido; não significa nada. Serve só pra sustentar sua fé em algo que não existe.

    Por incrível que pareça eu já estava com uma postagem pronta para meu site sobre esta frase e o título é no sentido interrogativo: “Jesus está voltando?”.
    Eu até já havia feito um gif animado para enfeitar mais a postagem que pode ser conferidoAQUI

    Se me permite vou transcrever meu texto porque tem tudo a ver.

    Você que está esperando a volta de Jesus, não pense ver um homem como ele é representado em fotos, filmes, altares de igrejas sejam em esculturas ou pinturas. Você poderá levar um grande susto ao ver como ele realmente poderá ser de acordo com estudos dos cientistas sobre as etnias do Oriente Médio em tempos passados, isto é: há mais de 2.000 anos. Você que é crente, fique atento e no mais, alguns teólogos baseiam-se em algumas passagens do antigo testamento para fazer descrição da pessoa de Cristo como, por exemplo, Is 53:2 para afirmar que Cristo não era um homem de boa aparência, o que quer dizer que ele era feio.
    Jesus deve ter sido um homem baixo, de pele morena e cabelos escuros e encaracolados. Tinha mais o biótipo dos “turcos”, e por ser um trabalhador braçal, tinha uma estrutura física bem desenvolvida, como palestino, deveria ter as características daquele povo. Fique atento então.

    Sempre achei que Jesus deveria ter marcado uma data específica para voltar à Terra. Promessa séria é promessa cumprida dentro do prazo combinado, senão fica parecendo conversa de mau pagador aquele que diz: Ok fique esperando que “qualquer dia” eu volto para lhe pagar ou cumprir minha promessa. Esse é o típico negócio mal feito com conversa de malandro que não quer pagar ou não confia no comprador.
    E com essa promessa sem prazo de validade Jesus já deixou toda sua geração de apóstolos que já se foram e seus seguidores esperando sua volta há 2.000 anos, se comportando direitinho com o olhar vago aos céus, que é de onde eles julgam vê-lo descer.

    Crentes, cuidado para não assustar se ele se aproximar de você montado num burrico como você ilustrou não é mesmo, Barros?

  10. Ana, se Jesus fosse “de pele escura” e aparecesse montado num burrico, você ia ver a cara de decepção desse povo!!!! kkkkkkkkkk

    A lenda de Jesus só fez sucesso porque pintaram ele com pele rosada, nariz fino, alto, magro, olhos azuis e cabelos sedosos de propaganda de shampoo. Tu acha que ia fazer sucesso na Europa um Jesus “moreninho”???

  11. “Sempre achei que Jesus deveria ter marcado uma data específica para voltar à Terra.”

    E marcou, 1844:
    http://www.aben.org.br/virtual/hoeck1.htm

  12. Leomar Bernardes

    Marcou?
    Você quer dizer, o “O Dia do Grande Desapontamento”?

    Foi o ano do nascimento do Padim padre Ciço e do grande pintor Gustave Goubert.

    Poisé…ainda bem que não foi dessa vez, eu iria ficar muito chateada por não ter nascido ainda e perdido a chance.

  13. Paulo(não o louco, o burro):

    KKKKKKKKKK,muito bom o texto Barros,agora tem mais um que deféca pela boca no seu site,o camarada ai de cima.Seu blog é muito bom mais aparece cada imbecil.Chegam falando um monte de baboseira e saem com o peito estufado,seria engraçado se não fosse triste.

    Com essas falas prontas até eu vou num blog de física quantica, a qual não entendo nada, e chego com ar professoral e digo “fulano caga pela boca, quanto imbecil, ah ah” e saiu pela tangente achando que vão pensar que sei o que estou falando.

    Portanto, enquanto você não sair do armário e fizer algum inteligente nesse blog, enquanto ficar com esse papo furado de ‘fulano defeca pela boca’, para mim você não passa de um cagão.

  14. Wagner Menke:

    Ele, juntamente com Pedro e Maria Madalena foram os únicos que tiveram visões de Jesus depois de sua morte.

    O que me diz sobre Corintios 15:5 e 6

    “…e apareceu a Pedro e depois aos Doze. 6Depois disso, apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma vez, a maioria dos quais ainda vive, embora alguns já tenham adormecido. 7Mais tarde apareceu a Tiago, e a todos os apóstolos. …”

  15. André, se finge de morto não. Onde que a gente encontra aquele Deus de infinito amor e bondade?

  16. Olha o soldadinho de deus André vestiu a carapuça,já te disse meu senhor não tenho interesse em suas argumentações,o senhor só chove no molhado.Se estou elogiando o texto do Barros é por que concordo e quem tem que demonstrar bons argumentos é a sua pessoa.Mais não esquenta comigo,já sei que rumo isso vai tomar,o senhor é um estereótipo ambulante e ouviu um ouviu todos.

  17. Blockquote>Você quer dizer, o “O Dia do Grande Desapontamento”?

    Alguns estão desapontados pois ainda esperam a primeira vinda de Cristo. Fazer o que né? Quem não tem olhos de ver, nunca verá.

    Eu não tenho motivo nenhum para ficar desapontado.

  18. Eu não tenho motivo nenhum para ficar desapontado.

    Claro que tem. Tanto que está aqui, comentando num blog ateu, fingindo que a sua fada-madrinha cósmica existe.

  19. Paulo (não o louco),
    mais uma vez você conseguiu falar, falar e não dizer nada. Argumentação não é o seu forte. Deixe para lá.

  20. Eu acho que os crentes se reúnem em alguma data e local para participar de algum evento tipo media training, só pode. Não tem muito tempo um par de vasos esteve na minha porta com essa conversa de sinais de fim do mundo e da volta iminente do Jesus. No que eu perguntei que sinais, eles me saíram com essa conversa de guerras, eventos da natureza, crimes hediondos e o resto. Quando eu perguntei se eles achavam que essas coisas eram novidade na história humana, me responderam que “era evidente” que estavam aumentando. E como eles podiam demonstrar que era evidente que “as coisas” estavam aumentando?
    A resposta: todo dia a gente vê na televisão e nos jornais que “as coisas” estão piorando. Perguntei se eles estavam levando em conta que a transmissão “das coisas” agora é praticamente simultânea e em tempo real, o que não eram no passado e disse que devido a isso, eles não podiam falar em evidência de nada. Eles me perguntaram de volta se eu podia garantir que antes “as coisas” eram iguais. E como eu perguntei de volta se eles conheciam uma coisa chamada História e se já haviam ouvido falar de livros e relatos contando sobre “as coisas” da História, eles me entregaram uma revistinha, me disseram pra considerar os ensinamentos que estavam nela e se foram, sem me dar tempo de perguntar se eles acham que a história humana começou com o Jesus. Pois é o que parece que muito crente por aí acha.

  21. Barros, você é mesmo um sujeito de pouca fé. Kkkkkk! Adoro te insultar com coisas desse tipo.

    Eu percebo nas sociedades, grupos ou pessoas que se prontificam a assumir “datas próximas” para o retorno de Jesus, uma ansiedade e uma necessidade de reanimar a fé. Renovando-se as esperanças elas de alguma forma se tornam menos falsas. Em razão dessa mesma ansiedade criam mecanismos para dar mais realismo em algo que , para os mais ansiosos, tanto padece de ser substancial.
    Os menos ansiosos, por sua vez, resguardam a fé em interpretações mais contidas das escrituras. Dizer que ninguém além de Deus sabe soa até mesmo como algo virtuoso. Não pecam por uma suposta vaidade de entender A Palavra mais do que outros.
    De quem Deus gosta mais? Dos mais humildes ou dos mais ousados ? Deus me entende e gosta mais de mim, é claro.

  22. Ele gosta tanto mais de mim que vai me mandar pro Inferno por último. O Barros, coitado, é aguardado ansiosamente. Seu caldeirão já está pronto faz tempo. Nesse caso Deus vai dispensar seu cozinheiro favorito e vai Ele mesmo por a mão na massa. E que isso sirva de exemplo pois o Senhor é justo.
    E como é que sei todas essas coisas? Eu tenho fé!

    ps.: Barros,não me venha cagar na panela só de sacanagem , hein?!

  23. De quem Deus gosta mais? Dos mais humildes ou dos mais ousados ? Deus me entende e gosta mais de mim, é claro.

    Deus não faz acepção de pessoas, portanto não gosta mais e nem menos de ninguém, mas gosta de todos, assim como gosta de você, claro.

    A questão melhor seria quem gosta mais de Deus, pois, ainda que o “fim do mundo” fosse literal, quando o julgamento vier, pouco importa se você estava ou não esperando, a única coisa que importará é o bem que você fez.

    Se você alimentou os famintos, consolou os aflitos, foi “o amigo certo nas horas incertas”, ajudou a todos na medida de suas capacidades, com certeza ele te colocará bem mais no começo da fila.

    Caso contrário é bom levar alguns livros grossos para ir lendo na fila.

  24. Brasileiro gosta tanto de fila que já imagina uma bem grande para falar com Deus.
    Deus por sua vez, já pegou o jeitinho brasileiro (mau educado de ser),furando fila e passando na frente os cristãos bonzinhos que visam o paraíso.
    Como não tenho nenhum assunto a tratar com esse senhor e não pretendo um paraíso tedioso na companhia de cristãos, principalmente os bonzinhos, parece que felizmente estou fora dessa fila.

    Sempre considerei uma grande bobagem atribuir “milagre de Deus” em acidentes, quando há vítimas fatais e alguém se salva. Vamos combinar, que é muita indelicadeza desse Deus com os familiares das vítimas.
    Até você Marina Silva, cometeu esse deslize…

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/mariana-e-a-providencia-divina/

  25. Brasileiro gosta tanto de fila que já imagina uma bem grande para falar com Deus.
    Deus por sua vez, já pegou o jeitinho brasileiro (mau educado de ser),furando fila e passando na frente os cristãos bonzinhos que visam o paraíso.
    Como não tenho nenhum assunto a tratar com esse senhor e não pretendo um paraíso tedioso na companhia de cristãos, principalmente os bonzinhos, parece que felizmente estou fora dessa fila. Amém?
    Sempre considerei uma grande bobagem atribuir “milagre de Deus” em acidentes, quando há vítimas fatais e alguém se salva. Vamos combinar, que é muita indelicadeza desse Deus com os familiares das vítimas.
    Até você Marina Silva, cometeu esse deslize…

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/mariana-e-a-providencia-divina/

  26. Alguém viu o Wagner Menke por aí?

    Oh Wagner, responda aí minha pergunta já publicada há dias.

    Ele, juntamente com Pedro e Maria Madalena foram os únicos que tiveram visões de Jesus depois de sua morte.

    e eu perguntei..

    O que me diz sobre Corintios 15:5 e 6

    “…e apareceu a Pedro e depois aos Doze. Depois disso, apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma vez, a maioria dos quais ainda vive, embora alguns já tenham adormecido. Mais tarde apareceu a Tiago, e a todos os apóstolos. …”

  27. André,
    Seu argumento, assim como a maioria dos que são baseados na bíblia, é furado!
    Como Jesus pode ter aparecido “aos doze” se Judas havia se suicidado, e Matias – mera figura decorativa dentro do Novo Testamento – ainda não havia sido eleito?
    Trata-se de mais um escancarado erro de Paulo e da “infalível palavra de deus”, em verdade, “falível palavra de homens”!
    Aliás, se você honestamente examinar e comparar os relatos dos quatro evangelhos sobre os acontecimentos da morte e ressurreição de Jesus, verá inúmeras inconsistências: quantas mulheres foram ao sepulcro? Quantos anjos lá haviam? Sobre a pedra ou dentro do sepulcro? E onde estão os “três dias e três noites”?
    “Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.” (Carl Sagan).

  28. Como Jesus pode ter aparecido “aos doze” se Judas havia se suicidado?

    Onde será que ele vai buscar a resposta…?

    Ô, André. Tu tem o e-mail do papa? Se não, o Leomar Bernardes deve ter.

    kkkkkkk

  29. Valeu Irineu!

    O pior de tudo é que Paulo fala sobre as aparições e Marcos nada diz sobre elas. Bem como Paulo não diz nada sobre a tumba de Jesus e Marcos a destaca.

    O fato é que existiram duas tradições paralelas sobre a ressurreição: uma focada nas aparições e outra focada na tumba.

    No fim, tudo puro fruto da invenção. Vou fazer um vídeo sobre esse tema também.

  30. Leomar,

    imagino que você citou que Deus não faz acepção de pessoas porque está na Bíblia. Provavelmente isso te exime de alguma responsabilidade pois A Palavra é a palavra e ela vem de uma instância superior e supostamente inquestinável. Como bom cristão você deve seguí-la (na medida do possível) e usá-la para os eventuais desvios da fé. Mas alguns problemas começam quando você interpreta as Escrituras Sagradas de forma “errada”. Para tanto eu vou fazer agora uma simples pergunta digamos desconfortável e deixar que a partir daí você mesmo se faça as demais. A minha é : ” [ Como assim ] Deus não faz acepção de pessoas? “

  31. Fernando, cuidado com esse Leomar, que parece que ele conhece o papa…

    E você sabe: o papa é “assim” com Deus!!

  32. Leomar,

    foi isso mesmo que você escreveu ?
    ” quando o julgamento vier, pouco importa se você estava ou não esperando, a única coisa que importará é o bem que você fez ” .

    Sejamos honestos, pode-se concluir que você afirma que os ateus que foram bons serão salvos ? Tempos atrás o Papa Francisco disse isso e foi prontamente ‘corrigido’ pelo Vaticano…

    Parece que sua fé nesse momento foi um pouco mais humana e sensata… Bem vindo de volta ao mundo real.

  33. Irineu Costa Junior:

    “Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.” (Carl Sagan).

    Estou lhe dando a chance de me convencer. Do que você gostaria de me convencer?

    A propósito, eu poderia inverter o dizer do Carl Sagan e dizer que é impossível convencer um ateu, por que têm uma profunda necessidade de desacreditar. Como já demonstrado aqui, ateus só vão acreditar se Deus aparecer na casa deles, ao meio dia, individualmente para cada um e mesmo assim no dia seguinte vao dizer que foi alucinação.

  34. Meu caro André,

    Fui cristão devoto e fanático por quase 30 anos, e cria em tudo tal como você.
    Sem vanglórias, posso dizer que conheço bem a bíblia, muita coisa, até de cor.
    Por experiência própria, posso dizer que ninguém convence ninguém.
    Isso é interno e cabe à própria pessoa que, uma vez se dispondo a pesquisar e a buscar com honestidade e desprendimento dos dogmas que nos foram enfiados na cabeça, fazendo uso da razão, que, por um bom motivo, todos possuímos, abrindo sua mente, consegue chegar ao entendimento e enxergar o engodo.
    Pena que poucos se atrevem e têm coragem para fazer isso!
    “Quando a fé é exaltada acima de tudo, disso segue-se necessariamente o descrédito à razão, ao conhecimento e à investigação meticulosa: o caminho que leva à verdade torna-se proibido.” (Nietzsche).
    As contradições e incongruências, além das que aqui citei, são muitas. Veja: http://irineucostajunior.wordpress.com/2013/11/11/erros-da-infalivel-palavra-de-deus/.
    Se você quiser tentar “explicar o inexplicável”, fique à vontade.
    Mas seja honesto!

  35. Eu gostei dessa daqui:

    – Qual foi o verdadeiro título na cruz? Mateus 27:37 x Marcos 15:26 x Lucas 23:38 x João 19:19

  36. As diferenças nos relatos dos evangelhos são um apelo, em certa medida, à veracidade dos documentos. Significa que os autores utilizaram variadas fontes, contribuindo para a riqueza da sua exposição. Atenção, que eu tenho conhecimento de que houve adulterações. Mas o básico está lá! Como diria o Leomar, a sua essência permanece intacta.

  37. Caro Irineu Costa Jr.:

    Ok, você expôs contradições da bíblia, porém o máximo que o seu argumento pode levar… é a descrença no cristianismo? Se você é ateu por causa disso, você precisa rever, pois você só invalidou, na sua visão, o cristianismo. Falta invalidar as outras religiões, ou invalidar a possibilidar de um criador inteligente do universo.

    Aguardo suas considerações.

  38. Eu já sei que o Barros vai ficar só na bíblia, apontando o dedo aqui e alí. Ele não quer sair da sua zona de conforto e debater a existência de Deus, que é a questão principal.

  39. As diferenças nos relatos dos evangelhos são um apelo, em certa medida, à veracidade dos documentos. Significa que os autores utilizaram variadas fontes, contribuindo para a riqueza da sua exposição.

    Na verdade, isso está mais para a confirmação do ditado “Quem conta um conto aumenta um ponto”.

  40. André, escreva um texto (máx. 2 laudas) sobre a existência de Deus que eu publico no blog, e a gente debate nos comentários.

  41. As diferenças nos relatos dos evangelhos são um apelo, em certa medida, à veracidade dos documentos. Significa que os autores utilizaram variadas fontes, contribuindo para a riqueza da sua exposição.

    Por esse critério a mitologia grega não é mitologia, é relato verídico.

  42. Irineu

    de religioso fanático a ateu, sempre com razão.

  43. – Cinquentinha só! Topa? Se ele não vier amanhã, você me paga.

    eu aposto 1000000,00 que voce não ira morrer amanhã, caso me engane você poderá retirar o premio “pessoalmente”, se não aparecer a aposta será cancelada.
    E ai? topas ?

  44. Adorei. Adoremos todos. Você é muito bom no que escreve.  

  45. Os deuses:

    Sempre foram criados pelo homem, à sua própria imagem e semelhança, segundo seus anseios, desejos, necessidades, temores e ignorância, sendo que divindades, messias, diabo, demônios, céu, inferno, purgatório, anjos, pecado, paraíso perdido, arvore da vida e do conhecimento do bem e do mal, homem feito do barro e mulher feita de uma costela, livro da vida, vida eterna, cidade de ouro, trono de cristal, serpentes e mulas que falam, virgens que engravidam de divindades, bestas, anticristos, etc, não passam de pura mitologia e fantasia, lado a lado com fadas, duendes, ciclopes, centauros, semideuses e personagens como Minotauro, Cérbero, Caronte, Medusa, Hércules, Zeus, Hades, Poseidon, etc, cridos, igualmente, como reais por povos antigos.

    “O homem criou deus à sua imagem: intolerante, sexista, homofóbico e violento.” (Marie de France).

    “O homem é completamente maluco: ele não consegue criar um verme, mas cria deuses aos montes.” (Michel E. de Montaigne).

    “Mitologia é o nome que damos às religiões dos outros.” (Joseph Campbell).

    “A religião de hoje será a mitologia do futuro.” (Steven Crocker).

  46. Barros:

    André, escreva um texto (máx. 2 laudas) sobre a existência de Deus que eu publico no blog, e a gente debate nos comentários.

    Você deve estar com preguiça de escrever para usar a sua ‘ultima opção’ (eu) ou essa ‘oportunidade’ é uma isca. Já estou imaginando você, a Ana, a SOS, o Wagner Crente, todos alí babando para cair de pau no meu texto assim que for publicado.

    Eu agradeço a oportunidade, legal da sua parte dar espaço a divergência. Neste momento ando ocupado, mas se o convite continuar em pé, assim que a vida permitir, eu te mando o texto.

  47. O Leomar me desapontou e não me respondeu. Qualquer um pode responder então. Não tem mais cristão nesse blog ?

    Ô Barros! Você precisa jogar mais milho para atrair os pombos ! Mas a limpeza do tabuleiro fica por sua conta…

  48. Fernando:

    O Leomar me desapontou e não me respondeu. Qualquer um pode responder então. Não tem mais cristão nesse blog ?

    O Papa é a autoridade máxima da igreja e portanto não será ‘corrigido’ por ninguém, subordinado a ele, no Vaticano. Se houve alguma correção, deve ter sido nas manchetes sensacionalistas de jornalistas pouco informados sobre religião.

    Não é novidade para nenhum cristão que quem julga e salva é Deus, não cabe a ninguém aqui, nem ao Papa, dizer que será ou não salvo.

    A posição oficial da igreja é que podem sim se salvar pessoas que não sejam cristãs, Deus é soberano e aplicará a justiça para cada caso. Nos casos de pessoas que nunca puderam ter contato com o cristianismo por ex. Porém, a igreja acha que quem teve a oportunidade de conhecer a igreja de Jesus e voluntariamente a negou, cometeu pecado grave e corre serio risco de não se salvar.

    Minha opinião pessoal é que qualquer um, dentro ou fora da igreja, pode se salvar. Deus será justo com cada caso, cada um. O que o Cristianismo fornece é um ‘manual do usuario’ que guia as pessoas no melhor caminho a seguir de acordo a vontade do criador.

  49. Andre

    Nuss que coisa heim? Que poderoso!!! Quer dizer que ser autoridade máxima, sendo considerado santo, não se ousavam corrigi-lo apesar de ninguém esperar que os papas fossem absolutos santos, algumas histórias envolvendo amantes, crimes e festas no Vaticano parecem profanas demais para ser verdade. Será?

    Por exemplo:

    O Papa Leão X (1513-1521) por exemplo como autoridade máxima da Igreja, não só permitia, como incentivava os fiéis a pagarem por seus pecados – literalmente. O líder religioso colocava preços nos pecados dos outros e obrigava-os a dar-lhe dinheiro em troca de sua absolvição. E sim, ameaçava os fiéis de que suas almas não seriam capazes de entrar no céu, se eles não pagassem por pecados como crimes de assassinato, incesto e roubo.

    Já o Papa Bento IX (1032-1048) assim que assumiu o trono folhado a ouro, rapidamente desenvolveu uma imagem de “cruel e imoral”. O Papa Victor III escreveu que Bento IX cometia “estupros, assassinatos e outros atos indescritíveis. Sua vida como papa foi tão vil, tão má, tão execrável”. São Pedro Damião dizia também que Bento IX organizava orgias patrocinadas pela igreja e participava regularmente de bestialidades. Bestialidade é mais ou menos o que você escreveu ontem na postagem deste site “ Eu sou o fantoche do Diabo” sobre um suposto casamento com um gato sugerindo atos de zoofilia, porque entre quatro paredes vale tudo, né? Mas eu penso que esse santo papa deveria gostar de se “casar” era com cães, cavalos…

    O papa João XII (955-964) “transformou o palácio papal em um bordel”, cometendo adultério com muitas mulheres, além de duas viúvas, sua própria sobrinha e a namorada de seu pai. Seu reinado como papa terminou nos seus 20 e poucos anos, quando ele morreu de um derrame, enquanto estava supostamente na cama com uma mulher casada.
    E por ai vai.

    E você termina assim:

    . Porém, a igreja acha que quem teve a oportunidade de conhecer a igreja de Jesus e voluntariamente a negou, cometeu pecado grave e corre serio risco de não se salvar.

    E se você quiser provas é só procurar que certamente vai encontrar como encontrei, apesar de que você vai negar todos estes absurdos feitos pelos “papas santinhos de Deus”

    Beleza!!!

  50. Ana,

    Se eu disser que conheço alguém, de nome Ana Júdice, que é uma vadia e dá mais do que xuxu na cerca, é famosa na sua vizinhança…

    qual a diferença em termos de provas documentais entre o monte de merda que você falou sobre o papa e a minha afirmação acima? Fora o fato da minha estória ser muito mais recente e portanto, ter mais chances de ser verdadeira?

  51. A propósito é ‘chuchu’ :-)

  52. André

    Vai pesquisar vai.

    Você mesmo escreveu que, o que diz são “estórias”. #Fato, sim fazem bem o seu gênero.
    Afinal, o que são as estórias mesmo? Para mim é um gênero narrativo de ficção. Pode morrer de raiva e usar seu vocabulário pornô, tô nem ai ele saiu foi da sua boca de crente, e não se esqueça que você é a pessoa que mais fala merda aqui. Literalmente.

  53. Ana

    Se eu disser que conheço alguém, de nome Ana Júdice, que é uma vadia e dá mais do que xuxu na cerca, é famosa na sua vizinhança…

    Não é uma lindeza a superioridade da moral cristã?

    E não é muito interessante que o nosso mentecapto de estimação exponha toda sua verve pornográfica quando o assunto é a “santidade” dos papas dele, falando de prova documental, “esquecendo” que o pagamento de indulgências foi um dos motivos que levaram à Reforma Protestante, enquanto espera que alguém leve a sério relatos de terceira mão provindos de gente da Idade do Ferro?
    E você esqueceu o papa Bórgia.

  54. Ana,

    Quer dizer que você fala um monte de coisas ‘estarrecedoras’, não mostra prova nenhuma e simplesmente diz ‘vai pesquisar’. Que ridículo. Somente num meio muito intelectualmente fraco você poderia fazer carreira.

    Você ainda continua devendo uma provinha sequer do monte de porcaria que você fala. Ainda que eu te provoque, não adianta, o fato, a prova, não sai nem a forceps. Só posso crer que não existem.

  55. SS Burrildes,

    O pagamento de indulgências é o único fato na fala da Ana. Eu não nego, não concordo, e acho que foi um grande erro da igreja da época. Beleza? Que não fique dúvida que eu não quero esconder esse tipo de coisa. Nunca ninguém falou que os homens que lideram a igreja são perfeitos. Cometeram erros sim, ainda que muito menos erros em 2 mil anos do que os regimes ateus de Stalin e Mao cometerem em um par de anos.

    Não é uma lindeza a superioridade da moral cristã?

    Lindeza maior foi ela chamar Papa de praticante de orgias. Mas vocês estão acostumados a serem as vitimazinhas, ai ai ai, vocês pensam que podem falar qualquer merda mas se ouvirem na mesma moeda, saem choromingando. Se o papa pode ser chamado de tarado, eu posso chamar a Ana de puta e pronto. Agora, se ela um dia mostrar prova do que disse sobre o papa, ai eu terei que mostrar provas que ela é puta. Alguém discorda?

  56. Você é tão patético, André. Quando a gente desconhece um assunto, a gente pesquisa sobre ele. Como disse o Barros: ”seji homi!”
    Dizer “não mostra prova nenhuma” demonstra uma de duas coisas: ou a sua preguiça é tão grande que quer receber tudo mastigado, ou tem medo do que pode descobrir.Vá pesquisar a vida de Teofilato de Toscolum. Por exemplo. E você só “reconhece” a situação com as indulgências por ser apenas o fato de maior repercussão na história hipócrita, corrupta e imoral do catolicismo.
    Você estava num terreno menos pantanoso quando ficava fazendo de conta que queria apenas discutir científica, lógica e filosoficamente a existência de algum criador anônimo.
    E essa sua vulgaridade só te faz ficar ainda mais patético.

  57. Oi Shirley

    Essa superioridade da moral cristã é um comportamento normal por se acharem ser “Filhos do Rei.
    Vou ler mais sobre os Bórgias e seus escândalos.
    Quanto ao fato do André ser tão dado a pornografia ao ponto de me chamar de vadia, eu digo que vadia deve ser sua mãe, irmãs, ou melhor as mulheres da sua família tão crentelhas. Por certo ele deve ser assim de tanto ler as histórias dos seus santos papas.

    É que ele tem duas peculiaridades distintas: Quando esta falando do seu Deus, do seu Jesus, da sua Santa [e falida] Igreja Católica, tudo bem.
    Mudou de assunto sai da frente que lá vem ele com a carga da sua imoralidade cristã.

  58. Ò, a Enciclopédia Católica chama o Teofilato de “desgraça na cadeira de Pedro”. Vai contextualizar e interpretar a Enciclopédia Católica também?

  59. Ow Andre,

    Para de estar pedindo provas, vai à luta, vence seu medo e corre atrás desse lado sórdido da sua santa igreja. Vai se instruir para não levar tanto susto com as verdades, tira dos seus olhos esta venda que o faz tão ignorante e carola.

    Sua preguiça mental não o deixa saber de nada mais além de suas contas de terço, para de pedir provas e mãos a obra, não tenha medo da verdade sobre os papas que eram sexualmente ativo durante seu pontificado.

  60. Aqui uma “pequena lista dos “ Papas sexualmente ativos ”, inclusive alguns suspeitos de terem tido amantes do sexo masculino durante o pontificado. Qualquer dúvida processe a Wikipédia e suas referências.

    Vai Andre, vá também conhecer os 7 “ Papas nada santos”.

    Vê se baixa o facho, deixa de ser tão arrogante e estude a verdadeira face dessas suas autoridades máximas.

  61. SS Burrildes,

    Mas é uma demente…

    Você é tão patético, André. Quando a gente desconhece um assunto, a gente pesquisa sobre ele.

    Em qualquer julgamento, o advogado que traz o fato tem que provar. No seu mundo acefálico, o cara acusa e depois diz “nao acreditam? vao pesquisar”. Parece que estou debatendo com gente com 4o. ano primário.

    E essa sua vulgaridade só te faz ficar ainda mais patético.

    Outra tirada de demente. A Ana pode chamar Papa de tarado, de frequentador de orgias, etc e eu não a posso chamar de puta? Desde quanto falar puta é vulgar, mas falar orgia e tarado não é?

  62. Ana:

    Esse link dos “7 papas nada santos” é brincadeira, o site é uma paginazinha qualquer, tem links como “bizarro”, “bem-estar”, “super listas”, está cheio de “ad choices”, enfim, você não percebe que não é algo que pode ser considerado fonte séria de informação supostamente tão secreta quanto a vida sexual de um Papa em 1500???

    Quanto ao Wikipedia, esse tem mais fontes, mas para analisar de verdade, teria que ler aqueles livros citados e ver o nível. Você tem que perceber que qualquer escreve livro hoje, qualquer um fala o que quiser e no dia seguinte, tem gente ‘citando’ aquele livro e dali a pouco a coisa vira verdade.

    Olha as coisas que tirei da tal pagina Wikipedia:

    Houve trinta e nove papas desde 1585. Nenhum deles é conhecido por ter sido sexualmente ativo durante seu papado.

    o celibato não era absolutamente necessário para os ordenados

    – portanto, ter Papa sexualmente ativo NÃO ERA CONTRA a igreja, ele podia ser casado.

    Portanto, os tais papas sexualmente ativos, se eles fossem casados antes de se tornarem papa, era permitido para a época.

    Agora VEJAM A MALDADE na hora de falar dos acusados de homosexualismo, esses sim em tese pecadores:

    Papa Paulo II (1464-1471) foi acusado de ter morrido de um ataque cardíaco, durante um ato sexual com uma pajem.37
    Papa Sisto IV (1471-1484) foi acusado de dar dons e benefícios concedidos aos favoritos da corte em troca de favores sexuais.

    Percebeu como sutilmente apareceu a palavra “foi acusado”???? É como dizer “a Ana Judice foi acusada de ser puta”, e daí? Proval alguma coisa?

    Em resumo, em 2 mil anos de história, 266 papas, contra o grande sacrificio do celibato, que não é fácil para nenhum homem, e mesmo assim, depois de tudo isso aparecem 2 ou 3 ‘acusados’ lá em 1500???? POis está ÓTIMO! Mostra-me UMA instituição que chegue PERTO em termos de ética e justiça.

    Isso acaba por provar que vocês ficam em cima das pecuinhas e fecham os olhos para o óbvio.

    E a propósito, eu quero deixar aqui em público minha explicação que eu só lhe acusei para você entender o que é acusar sem provas. Não sei do seu corportamente sexual e nem quero saber.

  63. Vê-se que o nível baixou a patamares vis e a coisa descambou para o lado pessoal!

    Como já disse, citando Carl Sagan: “Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar”.

    Aliás, isso é comum quando pessoas “religiosas” (mas não muito seguidoras dos teóricos elevados princípios do cristianismo, pois logo perdem as estribeiras e partem para a baixaria e ataque) se intrometem em blogs deste tipo, aparentemente tentando, dessa forma “encantadora e respeitosa”, “evangelizar” ateus.

    De minha parte, acho que deveríamos encerrar este assunto por aqui, mesmo porquê, desviamo-nos do foco central do post: “Jesus está Voltando”.

    “Discutir a veracidade de uma crença com um religioso usando razão e lógica é como jogar xadrez com um pombo: não importa o quão bom você seja no xadrez, o pombo apenas vai espalhar as peças, cagar no tabuleiro e sair batendo as asas loucamente se achando vitorioso.” (thefriendlyatheist.tumblr.com).

  64. Deixo aqui a pergunta sincera e aguardo argumentos racionais para justificar sua resposta: qual a diferença entre chamar o Papa de puto e o “fulano do blog” de puto? Por que em um caso pode e no outro não pode.

  65. Irineu,

    aguardo sua resposta sobre a minha colocação em relação a sua decisão de virar ateu por que deixou de crer na bíblia, como se a bíblia fosse a unica forma de convencer-se da existência de um criador.

  66. André

    Se você está satisfeito em seus argumentos… Não me interessa suas avaliações, você é livre para continuar ignorante do seu próprio mundo mesmo com o descaramento de dizer que esses escândalos podem ter acontecidos em tempos remotos como se naquela época fosse suportado esses tipos de comportamentos dentro da Igreja de Jesus, fundada por Pedro e que os conceitos éticos e morais eram diferentes.

    Quanto ao 2º link, o site “ HypeScience”, colheu as informações na Wikipédia e as apresentou conforme sua linha editorial, mas, o conteúdo é o mesmo.

    Já observei há muito que você é um ser destemperado e católico fanático que entra aqui com o intuito de desequilibrar as conversas, procedimento típico de um troll. Acontece que você não tem conseguido seu intento e sugiro que mude o rumo de seus termos obscenos pelo menos para demonstrar que você veio de uma família estruturada sob conceitos éticos e morais, senão religiosos, é claro que baseados no Humanismo Secular
    Agora, como “se sente mais íntimo” das pessoas, inclusive com as mulheres que lhe dá corda aos seus argumentos neste site, você baixa o nível expondo claramente seu distúrbio, aquele denominado de “ Coprolalia”, associado a “síndrome de Tourette”, um transtorno neuropsiquiátrico, ou melhor: “uma síndrome rara e bizarra, na maior parte das vezes associada à vocalização de termos obscenos ou afirmações depreciativas e socialmente impróprias”. Imagino até que você tem algum tique vocal.

  67. Irineu Costa Junior

    Concordo com você, não tem cabimento as coisas se descambarem para o lado pessoal e esta é uma característica do André que sempre usou destes recursos com a finalidade de inibir opiniões contrárias as suas e provocar discussões agressivas aplicando termos obscenos e as vezes a gente sente a necessidade de devolvê-los à direção de onde veio.

    Abçs

  68. Ana Judice,

    falou, falou mas não respondeu o essencial (mais uma vez, já é tradição). Repito a pergunta: qual a diferença entre chamar o Papa de puto e o “fulano do blog” de puto? Por que em um caso pode e no outro não pode.

  69. Ana Judice:

    não tem cabimento as coisas se descambarem para o lado pessoal e esta é uma característica do André que sempre usou destes recursos com a finalidade de inibir opiniões contrárias as suas e provocar discussões agressivas aplicando termos obscenos e as vezes a gente sente a necessidade de devolvê-los à direção de onde veio.

    Ah ah ah, essa foi boa, eu sempre quis “inibiar opiniões contrárias”, realmente como dizia meu avô, “o papel aceita qualquer coisa”, você pode colocar o maior absurdo no papel e ele não reclama.

    Primeiro: eu nao sou de ataques pessoais, porém, já avisei que responderei na mesma moeda. E é isso que lhes incomoda, vocês são acostumados a serem a ‘minoria coitadinha’ que pode falar o que quiser e não querem ouvir.

    Segundo: insisto na minha pergunta: qual a diferença entre chamar o Papa de puto e o “fulano do blog” de puto? Por que em um caso pode e no outro não pode.

  70. Eu desafiei o André a escrever um texto, a ser publicado aqui no blog, falando sobre a existência de Deus. Ele desconversou dizendo que tava sem tempo…

    Pois não parece…

  71. Barros, meu caro, eu não desconversei, ainda vou escrever, agradeço o convite, porém esta semana está dificil, eu sou um trabalhador, com família para sustentar, não tenho tempo como a Wagner Menke de ficar fazendo vídeos no Youtube.

    Responder aos comentarios aqui é fácil, escrever um artigo leva mais temp.

    Mais uma vez agradeço o convite. E se você souber por que o Papa pode ser chamado de puto e um fulano do blog não pode, por favor me conte.

  72. André

    Em qualquer julgamento, o advogado que traz o fato tem que provar. No seu mundo acefálico, o cara acusa e depois diz “nao acreditam? vao pesquisar”. Parece que estou debatendo com gente com 4o. ano primário.

    Assim seria se assim fosse. Mas não estamos num tribunal, em primeiro lugar; em segundo, a Ana trouxe um relato de domínio público, o qual a igreja, quando não reconhece, se cala a respeito. Consta que quem cala consente. Não faça birrinha de pré-primário que não adianta.

    Outra tirada de demente. A Ana pode chamar Papa de tarado, de frequentador de orgias, etc e eu não a posso chamar de puta? Desde quanto falar puta é vulgar, mas falar orgia e tarado não é?
    Deixo aqui a pergunta sincera e aguardo argumentos racionais para justificar sua resposta: qual a diferença entre chamar o Papa de puto e o “fulano do blog” de puto? Por que em um caso pode e no outro não pode.
    Em resumo, em 2 mil anos de história, 266 papas, contra o grande sacrificio do celibato, que não é fácil para nenhum homem, e mesmo assim, depois de tudo isso aparecem 2 ou 3 ‘acusados’ lá em 1500????

    Essas perguntas são a demonstração daquilo que venho dizendo aqui, o estado de corrupção a que levam as mentiras do cristianismo.

    Vamos por partes. Quando alguém aponta contradições, inconsistências e crimes do cristianismo, você diz que é necessário considerar a condição humana. Você reivindica a igualdade da condição humana para os cristãos e para o papa. Mas, quando é apontada a devassidão de um papa ou como no caso, vários; quando se dá nome aos bois, aí você se indigna com o que você acha que é desrespeito. Aí você esquece a igualdade que reivindicava e passa a exigir que esses papas sejam vistos como algo acima do julgamento humano. É a versão religiosa do famoso “Sabe com quem está falando”.

    Ao mesmo tempo, você tenta estabelecer uma equivalência que não tem lugar, por ter plena consciência do ato vergonhoso que praticou. A Ana não inventou o que escreveu aqui. O caso que ao que você demonstra o deixou mais revoltado, é relatado por um outro papa e por um dos santos da igreja, Pedro Damião, como, aliás, a Ana colocou no comentário dela e que você fingiu ignorar. Os outros citados têm fontes da época. Já você, ao usar esses termos em relação a ela, está cometendo calúnia e difamação.
    Como é claro que a essas alturas você já fez o que deveria ter feito antes de caluniar e difamar, e já sabe que ela não inventou nada, o certo seria pedir desculpas. Note-se ainda que a Ana não fez uso de termos chulos para falar dos atos desses papas. Usou uma linguagem perfeitamente adequada. Ao contrário de você.

    Entendeu a diferença?

  73. Irineu

    Penso que comportamentos desse tipo não devem ser ignorados. O objetivo do André não foi argumentar, mas intimidar. É o equivalente virtual do “valentão”. De experiências passadas (quando o assunto nem mesmo era religião, mas política) aprendi que quando se tenta ignorar coisas assim, a pessoa que as comete, ao invés de se retirar da discussão ou se desculpar, passa a achar que seu método está sendo bem sucedido e aumenta o nível de baixaria. A pessoa que é alvo disso acaba, ela sim, por sair da discussão, pois a situação fica insustentável se se deixa intimidar.
    É claro que o ideal é ater-se ao tema da discussão, da forma mais educada possível. Mas calar-se diante desse comportamento, ao invés de restringi-lo, estimula. Acabaria que qualquer espaço virtual ficaria impraticável. Não me parece justo.

  74. Não sou eu quem fala, é a história que conta e vendi o peixe pelo preço que comprei.

    Hoje fui pesquisar sobre o tal Papa Bórgia, e descobri muito mais coisas do que poderia imaginar.
    A trajetória do Papa Bórgiaséculo XIV é repleta de argumentos para quem tem interesses em saber um pouco mais sobre a Igreja Católica e do submundo de alguns dos seus Pontífices, visto que certamente vai encontrar pela frente fartos relatos sobre a cobiça, corrupção, incesto, libertinagem, crimes, tudo dentro do Vaticano e que hoje são conhecidos mundialmente.

    http://goo.gl/HSGsIi

    Um Papa como qualquer figura pública, ainda mais por ser religiosa que assume compromisso com votos de santidade e fidelidade precisam ter sua vida observada mais de perto, com mais zelo.

    Nos dias de hoje o maior problema tem sido sobre o abuso sexual infantil [a pedofilia] dos sacerdotes e mesmo assim, a maioria dos papas faz vista grossa quando há a necessidade de agir com mais rigor. Sim, sua vida deve ser revirada, investigada, escrita e nem a própria Igreja pode impedir que seja revelado o lado sujo da sua história, os fatos reais não devem ser escondidos da humanidade a verdade deve ser desvendada sob todas circunstâncias, nesse caso é claro quer vai prevalecer a Moral Secular que inegavelmente é a mais segura de se manter.

    Não gosto de pornografia, mas, em caso de exceção por ter cunho histórico, penso em ler o livro Alexandre VI Bórgia – O Papa Sinistro que já baixei em arquivo pdf escrito pelo historiador alemão“ Volker Reinhardt ” Ph.D em História da Renascença e reconhecido internacionalmente como uma das maiores autoridades no assunto.

    Sobre o livro:

    Em quase 2.000 anos de cristianismo, nenhum papa foi tão polêmico quanto Alexandre VI, nascido Rodrigo Borja. Nos 11 anos do seu pontificado, o Vaticano foi quartel-general de guerras, palco de envenenamentos, assassinatos, subornos, chantagens, desvios de dinheiro da Igreja e nepotismo no mais alto grau. Inclusive, com a participação do sumo pontífice em orgias envolvendo até 50 mulheres. A partir de fontes recentemente disponíveis, Volker Reinhardt traz à luz fatos novos da trajetória deste papa sinistro, compartilhando com o leitor seu profundo trabalho de investigação. Sua reconstituição da vida do papa Alexandre VI resulta em um relato fiel e ainda mais surpreendente do que qualquer ficção.

    Obrigada Shirley

  75. Debatedor, contestador e crítico religioso que por muito tempo fui, atesto, por experiência própria, que a discussão e debate de pontos de vista, crenças e interpretações invariavelmente, na prática, nunca convence os opositores, ficando, ao final, tudo da mesma forma como já estava no início, apenas gerando conflitos, animosidades e mágoas entre as pessoas envolvidas, ainda que estivessem elas bem intencionadas a princípio, como presenciamos aqui.

    Como já disse, e isso também tenho como experiência própria, entendo que, no campo da religião e crenças, ninguém consegue mudar pessoas que já definiram suas posições simplesmente com argumentos ou ataques à sua fé.

    A fé é inimiga da lógica e da razão, exigindo crença incondicional no improvável, no impalpável e no abstrato, um ópio, uma fuga da dura realidade para um confortante viver num “país das maravilhas”, na Xangri-lá.

    E, citando Thomas Paine: “Argumentar com uma pessoa que renunciou ao uso da razão é como ministrar medicamentos ao morto”.

    O processo de concientização é sempre de inciativa interna e pessoal, e depende da vontade e do difícil desapego a dogmas que foram em algum momento em nós inculcados.

    Diante disso, embora já há tempos não mais considere a bíblia livro sagrado, inspirado ou palavra de deus, tenho aqui por válido e sábio o conselho de Provérbios 26:4: “Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia, para que também não te faças semelhante a ele”.

    Não é fugir da raia nem tolerar os apelos baixos do opositor, mas considero prudente evitar “dar murro em ponta de faca”!

  76. SS Burrildes,

    Mas, quando é apontada a devassidão de um papa ou como no caso, vários; quando se dá nome aos bois, aí você se indigna com o que você acha que é desrespeito. Aí você esquece a igualdade que reivindicava e passa a exigir que esses papas sejam vistos como algo acima do julgamento humano. É a versão religiosa do famoso “Sabe com quem está falando”.

    É duro escrever para quem não sabe ler. Vou repetir: pode chamar quem quiser do que quiser, desde que tenha provas.

    Como é claro que a essas alturas você já fez o que deveria ter feito antes de caluniar e difamar, e já sabe que ela não inventou nada

    E tu pensa que Wikipedia agora tem autoridade, wikipedia falou ta falado? Além do mais eu apontei o fato que dizia “acusado” o que não quer dizer comprovado. Se você pensa que alguém pode sair por ai ofendendo uma figura que é ícone para milhoes de pessoas com base na wikipedia e daí eu vou ter que pedir desculpas por que falei a mesma coisa? Vão sonhando.

  77. SS Rodrigues:

    Além do mais, te digo que quando a Ana falou todas as acusações, ela nao mostrou nenhuma prova, o que justificou minha reação. Foi depois da reação que ela foi cavar os Wikipedia da vida.

  78. Ana,

    Na boa, sem intimadação, ok? Olha o que você disse:

    nesse caso é claro quer vai prevalecer a Moral Secular que inegavelmente é a mais segura de se manter..

    Moral secular é ‘inegavalmente’segura de se manter é? Entao me explica, segurao como? Quem garante?

    Você que gosta tanto de pesquisar sobre Papas, te lanço um desafio publico: traga UMA PROVA SEQUER sobre qualquer orgia ou assassinato ou qualquer dessas coisas que você afirma.

    MAS ATENÇÃO: você sabe o que é fonte ORIGINARIA??? Eu quero fonte originaria, uma prova originaria seria um documento que DIRETAMENTE prova algo, não adianta vir dizer “o historiador fulano de tal disse isso ou aquilo”. Pois é óbvio que o fulano de tal pode estar errado, poder odiar a igreja, etc, etc.

    Repito: prova originaria que alguém nasceu é a certidão de nascimento ou foto. Secundaria é o fulano falar que o sicrano nasceu.

    POde ir buscar sua prova originaria, mesmo que esteja dentro de um desses livros que citou, eu aceito, e vou te pedir desculpas publicas e em letra maiúscula se você me apresentar tal prova.

    Acho interessante que você poderia usar o seu tempo com tantas coisas mas prefere ficar lendo historias de supostas orgias de Papas.

  79. Irineu,

    A fé é inimiga da lógica e da razão, exigindo crença incondicional no improvável, no impalpável e no abstrato, um ópio, uma fuga da dura realidade para um confortante viver num “país das maravilhas”, na Xangri-lá.

    Só se for a sua ex-fé, pois a minha é totalmente lógica e racional. E estou aberto ao debate contigo, lógica e racional, não precisamos usar a bíblia.

    A propósito aquele perguntinha sobre você ser ateu de Bíblia, segue aberta…

  80. André

    Wikipedia, André? Você só depende dela para assuntar as coisas?
    É por isso então que você sempre parece um petista tentando fazer revisionismo histórico na marra?
    Como diria o Criaturo:
    he…he..he..

  81. Irineu

    Como já disse aqui em outras ocasiões, não tenho qualquer intenção de convencer nenhum crente de nada, até porque penso que em algum nível de consciência os crentes sabem muito bem que não existe nada como essa história de deuses.Eles dizem que acreditam que exista um, mas pode-se tranquilamente substituir o acreditar pela necessidade de acreditar. Uma e outra coisa não são a mesma coisa, por assim dizer.
    Os crentes, em maior ou menor grau, têm a mente corrompida pela religião, de várias formas. Alguns deles extrapolam e querem dar lição de moral. Não vejo razão para deixá-los à vontade.

  82. SS Rodrigues,

    Wikipedia, André? Você só depende dela para assuntar as coisas?

    Senhor, dai-me paciência. O que eu disse foi exatamente que eu não posso aceitar algo como verdadeiro só para está no Wikipedia. Todos sabem que o Wikipedia é um site aberto, qualquer um pode ir lá e colocar coisas.

  83. SS Rodrigues,

    …Eles dizem que acreditam que exista um, mas pode-se tranquilamente substituir o acreditar pela necessidade de acreditar.

    Para mim, seria muito mais fácil não acreditar. Eu poderia me esbaldar nos prazeres da carne, poderia pensar só em mim mesmo, poderia viver ‘la vida loca’ antes que acabe, pois ela é curta, única e final. No entanto, eu sigo um caminho de restrições às minhas inclinações pecadoras, me ajoelho, me restrinjo…

  84. Ana Judice,

    Venho à público dizer-lhe que não tenho informação sobre a sua conduta sexual, portanto, não posso atribuir-lhe adjetivos neste campo. Minha acusação dos dias anteriores, foi, como você sabe, uma reação a sua acusação sobre instituições que estimo, como o Papado. Todos sabem aqui que em nenhum momento eu seriamente acreditava que você era o que eu disse que você era. Ficou evidente que a intenção foi provocar para você entender que acusar sem provas é algo muito sério.

    Portanto, não lhe peço desculpas, pois acho que você não deveria ter falado da vida dos Papas sem ter dados mais concretos. Você recebeu uma reação a uma ação própria. Mas venho a público dizer que não acho que você seja o que eu disse que era.

    No futuro, pediria que você pensasse mais antes de destilar adjetivos pesados em instituições tão importantes para tantas pessoas. Você tem todo direito que não crer no Cristianismo, mas chamar alguém de assassino, líder de orgias e coisas do tipo baseado em Wikipedia e sem provas originais, não é legal, é desrespeitoso e gera reações como a minha. Espero por um ponto final nesta polêmica.

  85. Esteve quase lá, André. Você não pede desculpas por uma questão de orgulho mas há muito tempo que vem ofendendo a Ana, não é só do último comentário. Sei que é difícil fazê-lo mas seria muito digno da sua parte e uma amostra de humildade pôr em prática esta máxima de Jesus:«E, como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também.» Como mulher, estou solidária com a Ana, não gostaria de ser maltratada como ela foi.

  86. Maria,

    Você não está solidária com os Papas acusados de assassinos e participantes de orgias dentro do Vaticano?

  87. Quanto ao pedido de desculpas, já avisei em comentário anterior: me mostra UMA SÓ prova primaria das acusações feitas e eu pedirei desculpas públicas em letras maiúsculas.

    Enquanto as provas não vierem, trata-se de uma acusação sem provas vs. outra acusação sem provas. As desculpas não são devidas, a menos que ELA peça desculpas primeiro pelas acusações sem provas, afinal, foi ela que acusou primeiro.

    Veja que não me recuso a pedir desculpas, mas quero que todos tenham o mesmo padrão de conduta. Não é questão de humildade, é questão de igualdade.

  88. Meus caros participantes do post,

    Por favor, considerem o baixo nível dessa pessoa, chamando-vos de “SS Burrildes” e “puta”, o que claramente não coaduna com o esperado de um seguidor de Cristo, que, numa completa inversão de valores e prioridades, advoga ferrenhamente em defesa dos papas, mas parece desconhecer (ou ter-se esquecido) completamente o evangelho no qual afirma crer, o qual ensina o “dar a outra face, amar os inimigos e bendizer os que vos perseguem”.

    A sua falta de respeito e baixaria neste blog, não só fere os princípios cristãos (os quais você devia prezar), mas, também, a ética, a moral e a cidadania.

    Afinal, você vai à igreja para quê? Adorar e cultuar papas? Não sei qual é o seu deus ou qual o seu messias, mas, pelos seus atos, não me parecem ser aqueles expressos nas páginas do Novo Testamento! Talvez alguma vingativa, odiosa e primitiva divindade indígena, ou maia, ou azteca.

    Parece evidente o seu interesse único em tumultuar e badernar!

    Volto a afirmar: é claramente a história do pombo no tabuleiro de xadrez que citei acima.

    Sugiro ao Barros que, de futuro, a fim de se manter o bom nível, penalize e restrinja a participação de participantes desse tipo, que em nada contribuem para o enriquecimento do blog.

    Que cada um avalie por si.

    De minha parte, manifesto não haver qualquer interesse em perder tempo debatendo ou mesmo me justificando com um oponente desse nível.

  89. Para que discutir com os homens que não se rendem às verdades mais evidentes? Não são homens, são pedras. Tenho um instinto para amar a verdade; mas é apenas um instinto… Voltaire

    André, você não precisa se justificar pelas palavras que revelam seu avesso, sua consciência pertence somente a você mesmo, assim como as consequências que são o seu prêmio. Não preciso da sua desculpa e nem vou estancar minhas verdades, se não quiser me ler passe a frente, não necessito de moderador.

    Por meu lado, não vejo nada ofensivo por transcrever aqui, excertos de uma obra literária da vida desregrada e imoral dos Papas, seres mortais e pecadores. Não fui eu quem escreveu, apenas repassei fatos históricos que estão em livros e arquivos de pesquisas na internet, hoje o mais seguro e moderno meio de escrita em tempo real, e que sinto na obrigação de repassá-la para esclarecer pessoas ingênuas, crédulas que andam atrás de milagres.

    Jamais em tempo algum a verdade pode ser abafada mesmo que doa, principalmente em nome de uma religião. A verdade é a única esperança para a humanidade, por isso não acredito em seres imaginários, deuses, gnomos, monstro do lago Ness etc. Essas crenças estagnam a mente de quem quer crescer e fazer uso concreto do seu cérebro para causas mais sólidas e altruístas.

    Instituições como a Igreja Católica, Vaticano com seus papado e outras evangélicas estão sujeitas a extinção no futuro. Sim, os deuses são espécies em extinção porque milhares deles já desapareceram do imaginário popular.
    Um estudo científico com dados escolhidos desde o século 19, indica que a religião pode ser extinta em 9 países ricos tais como Austrália, Áustria, Canadá, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nov a Zelândia, Suíça e República Tcheca.
    Usando um modelo de progressão matemática, o levantamento foi divulgado durante um encontro da American Physical Society fundada em 1899, é a segunda maior organização de físicos do mundo.

    O Barros já o desafiou em várias ocasiões para falar e provar a existência de Deus. Não vai provar nada???

    Então dê provas de que Deus existe. Eu também quero provas concretas e não aquela prova movida apenas pela fé, eu quero prova material desse Deus vindo da mente do homem, e ele deve se materializar sim, e como deve.

    O mundo hoje é bem maior do que naquela época onde se resumia em apenas uma região entre os rios Eufrates e Tigre. Hoje estamos espalhados por toda Terra e ainda existem outras não exploradas, vivemos na era cibernética, da tecnologia, da exploração espacial, sabemos bastante das nossas extensões territoriais e agora estamos aprendendo nos encantar com o cosmos, com o além do espaço visível. Não podemos estar revivendo lendas do “diz que me diz”.

    Provar atos dos mortais é fácil, até aqueles que já são endeusados por fé religiosa no caso dos papas, até mostrei foto do imoral Bórgia e que eu acredito ser verdade.
    Prove também que Deus existe. Tire uma foto ao lado dele e mostre aqui. Você já falou com ele, viu seu rosto, ouviu sua voz, a cor dos seus olhos, ele tem mesmo longos cabelos brancos, é de estatura alta ou baixa, gordo ou magro, qual é a expressão dele, prove, prove, por favor. Ele é mesmo um bom comedor de churrasco?

    Tire uma foto dele, faça um vídeo. Mas como, fotografar e filmar o nada?

    Mais uma pergunta: Por que será que ele só aparecia sempre para uma só pessoa e de preferência em cima de um morro? Você conhece alguma parte da bíblia em que ele aparece face e a face para alguma multidão? Por que será que ele aparecia em forma de anjo apenas para os lunáticos. Não é fácil conversar com pessoas alienadas, fora da realidade e movidas pela emoção da fé. É bom que a tenhamos, porém, que seja baseada no racional, no visível e não apenas no sentir.
    A Bíblia é um livro que as vezes fora os absurdos do mundo sobrenatural, possui algumas palavras sábias.
    Transcrevo aqui uma frase que isolada que faz sentido em algumas ocasiões que lhe ofereço:

    …Pois a boca fala do que o coração está cheio – livro de Mateus

    Observe com cuidado o vocabulário sujo da sua mente de crente lembre-se de que você deve honrar da moral cristã que recebeu. Se você, que diz amar seu Deus já demonstrou um lado profano, imagina então um simples mortal de papa com o poder nas mãos dando asas ao seu instinto alimentado pela testosterona.

    Aí o bicho pega.

  90. André

    Você quer provas em primeira mão das condutas nada recomendáveis dos papas citados? Mas isso vai ser uma revolução retroativa na pesquisa histórica. Doravante, só se poderá publicar estudos que tragam o testemunho direto dos envolvidos. Gêngis Khan, Átila o Huno, Ivan o Terrível, só para citar uns poucos, foram todos absolvidos pelo André da má fama que os tornou conhecidos, já que não temos o depoimento direto dos envolvidos.
    Mas espera. Se é assim, os cristãos estão num mato sem cachorro e sem deus. A situação do Jesus é pior ainda. No caso dos outros pelo menos sabemos que existiram de fato.

    Para mim, seria muito mais fácil não acreditar. Eu poderia me esbaldar nos prazeres da carne, poderia pensar só em mim mesmo, poderia viver ‘la vida loca’ antes que acabe, pois ela é curta, única e final. No entanto, eu sigo um caminho de restrições às minhas inclinações pecadoras, me ajoelho, me restrinjo

    Entendo. Está explicada sua insistência em dizer que os ateus são capazes de tudo. Você só consegue se manter sob controle se convencendo que existe uma espécie de olho que tudo vê e que poderá puni-lo se não andar na linha.
    O tempo todo era um caso de projeção.

  91. Maria

    O vocabulário deste senhor tem se tornado cada vez mais agressivo e carregado de obscenidade.

    Há um bom tempo detectei em seu comportamento a necessidade em usar palavras de baixo calão dirigidos principalmente as mulheres, apelidar as pessoas com termos depreciativos e abusivos que já foram usados também com o Wagner Menke, Barros, Shirley e eu. Justamente àqueles que dão mais trela para seu bla bla bla que carrega traços de alguma síndrome que não sei identificar.

    Certa vez nossa amiga Shirley perguntou a ele se por acaso sofria de Coprolalia, mas ele ignorou a pergunta. Parece que ele se sente excitado usando termos chulos ou insanos num site onde o tema é sobre Deus, religião, ateus, crentes etc…
    Já alertei os amigos daqui sobre a frequência do “Troll” um tipo de pessoa cujo comportamento tende sistematicamente a desestabilizar uma discussão, provocar e enfurecer as pessoas envolvidas nelas, outros testam a paciência dos interlocutores, induzem e persuadem a pessoa a perder o bom senso na discussão e apelar para baixaria e xingamentos. Com isso, o troll “queima o filme”, consegue que a pessoa se auto-difame na comunidade por ter descido a um nível tão baixo.

    Eis ai o Sr Andre Lopes que ultimamente tem usado o método de persuasão com ameaças do tipo: pare de falar sobre tal assunto que senão vou continuar com minhas palavras chulas e imorais.

    O melhor remédio é sua expulsão do site com um sugestivo e educado convite para se retirar ou então a exclusão dos seus comentários ofensivos com um filtro de moderação.

    Aqui, o link do que é um troll de internet

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Troll_(internet) Um abraço

  92. Quanta hipocrisia…. depois de chamarem Papas de assassinos e tarados, crentes de burro, fanaticos e desonestos, agora se vestem de virgens puras pedindo a cabeça do que lhes fala por que utilizei a palavra “burrildes” e chamei uma pessoa do blog do mesmo adjetivo que ela chamou os Papas da Igreja Católica. Que ridículo.

    Senhor Irineu, o senhor chegou recentemente ao blog e não tem a mínima idéia dos temas e nível das discussões que tive aqui. Eu sou pecador mesmo, não dou a outra face como disse Jesus, quem sabe um dia eu tenha a evolução espiritual que ele tinha. No momento, eu respondo na mesma moeda. E não lhe devo nada, pois o Sr. é ateu e não tem o menor direito de exigir que eu siga os preceitos de Jesus. Quanto àquela pergunta que eu te fiz várias vezes sobre o seu ateísmo de bíblia, essa você não quer responder, você prefer ficar nas fofocas, nas lições de moral.

    O Barros tem o direito de não permitir os meus comentários, não precisa nem de software não, basta dizer e eu nunca mais aparecerei. Tenho vida plena, muito o que fazer, não ganho nada para estar aqui. E sinceramente, acho que dou audiência para esse blog, pois sou polêmico e gero discussões verdadeiras, não somente as ofensas como esse senhor que acabou de chegar quer sugerir.

  93. SS

    Mas isso vai ser uma revolução retroativa na pesquisa histórica. Doravante, só se poderá publicar estudos que tragam o testemunho direto dos envolvidos. Gêngis Khan, Átila o Huno, Ivan o Terrível, só para citar uns poucos, foram todos absolvidos pelo André da má fama que os tornou conhecidos, já que não temos o depoimento direto dos envolvidos.

    Eu só quero saber de onde vem a informação. Se o auto X diz que o papa é assassino, ele tem que dizer no livro dele de onde veio a informação que levou a esta conclusão, ou nao??? Seus leitores tem o direito de saber de onde veio tal conclusão tão desabonadora. Portanto, eu só estou pedindo a prova que o autor X chegou a conclusão. Pois dizer que auto X diz isso ou aquilo, e daí? Tem outro autor Y que diz o contrário.

  94. Ana Júdice:

    Há um bom tempo detectei em seu comportamento a necessidade em usar palavras de baixo calão dirigidos principalmente as mulheres, apelidar as pessoas com termos depreciativos e abusivos

    Para quem ja me chamou de advogadozinho, de crente burro, cristão de fanáticos lunáticos, me surpreende essa sua dorzinha por eu ter te chamado de “Ana Judas”. Não vou entrar no assunto da ultima polêmica pois já escrevi sobre o assunto acima.

    Você quis se vitimizar dizendo que é principalmente contra mulheres. Você sabe que isso é bullshit, eu ja dei apelidos ao Barros e Wagner Menke tb.

  95. Irineu Costa Junior

    Acredito que este espaço esta aberto a todo leitor que queira debater em igualdade de respeito, apesar de algumas divergências em relação aos temas, mesmo porque aqui é um ambiente de troca de ideias entre ateus.
    É certo que colocamos nossos pontos de vista, usamos fontes de informações quando colocamos em parâmetros algumas figuras discutidas aqui. Tenho todo direito de expor minhas ideias a respeito da inexistência de Deus como também daqueles que se acham sucessores de um deus que não existe, no caso os Papas, seus cardeais, bispos, sacerdotes etc

    Quanto ao personagem citado, já há um bom tempo que ele vem frequentando aqui sempre com o intuito de divergir opiniões e aos poucos foi tomando liberdade de apelidar as pessoas de forma agressiva, deprecativa, zombeteira e levando algumas respostas a altura, é claro.
    Parece até que ele se acha o dono do pedaço porque apesar de estar sempre atacando e mesmo assim recebendo atenção das pessoas, ele continua com suas provocações de grande desrespeito. E o pior: não se aproveita nadica de nada do que ele diz porque é totalmente inculto e ignorante do resto do mundo.

    Há uns dois dias ele me cobrou uma resposta que nem me lembro, e alegou que não conseguiria arrancar essa resposta nem que fosse por fórceps.

    Tudo isso por causa do seu Deus.

    Abçs

  96. André

    Eu só quero saber de onde vem a informação. Se o auto X diz que o papa é assassino, ele tem que dizer no livro dele de onde veio a informação que levou a esta conclusão, ou nao?

    Se você quer saber de onde vem a informação, vá procurar, ora essa!

    Em tempo: você continua querendo estabelecer uma equivalência que não existe. A Ana referiu-se aos papas, você referiu-se a ela. Você, até onde sabemos, não é esses papas, ou estará o Criaturo certo, existe a reencarnação e você é um caso de reencarnação múltipla?

  97. a pendenga esta bem clara:

    postar textos sem provas , denegrindo o caráter dos representantes da fé alheia, é “quase” tão justo quanto ter que tomar do próprio veneno.
    Eu disse “quase” porque no segundo caso foi dado a parte ofendida o direito de defesa, ja na ofensa “inicial” foi negado aos mortos o direito de defesa.

    Irineu: Por favor, considerem o baixo nível dessa pessoa, chamando-vos de “SS Burrildes”
    André: Para quem ja me chamou de advogadozinho, de crente burro, cristão de fanáticos lunáticos (esqueceu de mencionar André Ruela), me surpreende essa sua dorzinha por eu ter te chamado de “Ana Judas”.

    O melhor remédio é sua expulsão do site com um sugestivo e educado convite para se retirar ou então a exclusão dos seus comentários ofensivos com um filtro de moderação.
    Sugiro ao Barros que, de futuro, a fim de se manter o bom nível, penalize e restrinja a participação de participantes desse tipo, que em nada contribuem para o enriquecimento do blog.

    Com todo respeito ao Barros : Srs. e Sras. isto aqui é um fórum de discussões e não um site de relacionamentos ateus, quando uma parte se sentir desrespeitada, deve ter “igual” direito de defesa.Quanto as provocações e ataques a moral dos opositores, vejo mais como um estimulo a apresentarem refutações mais elaboradas, os apelidos seriam mais como uma sátira bem humorada, do que uma intenção de ofender.

  98. Criaturo

    Me expressei mal e corrijo a parte em que me referi “ porque aqui é um ambiente de troca de ideias entre ateus.”, porque todos são bem-vindos é claro.

    Quanto aos ataques a moral, discordo plenamente.

    “Os estímulos a refutações mais elaborados” acho louvável, porém, em referência aos apelidos depreciativos e humilhantes estou fora e abomino porque não vejo nada altruísta no peso de alguns apelidos tendenciosos. A única vez que usei de apelidos foi com o Andre [ a contra gosto] e ainda falei para ele que era em retribuição para ver se ele se sentia bem com isso, mas, não gostei nada disso porque me coloquei no seu nível.

    O que é isso, chamar uma pessoa de burra, mentirosa e traíra é uma afronta. Isso pode ser construtivo?

    Até

  99. Criaturo,

    Até que enfim alguém com rasoabilidade. Até apelidar alguém virou ofensa no mundo politicamente correto de certos hipocritas aqui do blog, DESDE QUE seja politicamente correto para o lado dele. Eles, claro, podem chamar os outro de assassinos e tarados.

  100. postar textos sem provas , denegrindo o caráter dos representantes da fé alheia, é “quase” tão justo quanto ter que tomar do próprio veneno.
    Eu disse “quase” porque no segundo caso foi dado a parte ofendida o direito de defesa, ja na ofensa “inicial” foi negado aos mortos o direito de defesa.

    Ir conferir os dados a respeito da suposta ofensa (que ofensa não é) nem pensar. Preguiça ou medo? Os dois, com certeza.
    Por essas e tantas outras é que a religião fatura em cima dos otários.

    E por mim o André pode me chamar de Burrildes até gastar a tinta no teclado. Isso diz muito mais sobre ele que sobre mim.

  101. SS Rodrigues:

    Se você quer saber de onde vem a informação, vá procurar, ora essa!

    Deixa ver se entendi bem: você chama alguém de assassino, a pessoa pede provas e você diz “vá procurar ora essa!”. É isso?

    Em tempo: você continua querendo estabelecer uma equivalência que não existe. A Ana referiu-se aos papas, você referiu-se a ela. Você, até onde sabemos, não é esses papas

    Então quer dizer que a regra é que falar pelas costas pode? Se eu falar para você que a Ana Judice é uma assassina, aí pode? Ou o ofendido tem que estar morto? Ou ainda eu posso dizer que a mãe de alguém que você estima é isso e aquilo, pois nesse caso você não é a mãe e portanto não deve ofender-se?

  102. André, André…
    Vou te contar alguns fatos da vida. Tente não ficar muito surpreso, quem sabe você deva tomar um copo d’água com açúcar antes?

    Estamos no ano de 2014, não na Idade Média. Para o caso em questão, isso significa que livros não são mais aquelas raridades feitas à mão, com iluminuras e tudo, verdadeiras obras de arte que ficavam restritas a conventos, aquele tempo em que muito poucos sabiam ler. Você sabe ler, correto? É um homem de seu tempo. Há livrarias, bibliotecas, até na internet dá para achar alguma coisa.
    Mãos á obra, então! Veja, eu sei alguma coisa das…atividades dos seus papas. E sabe como sei? Lendo. Se eu li, é que foram publicadas e se foram publicadas, isso significa livros.

    Parece que você acha um desaforo as provas não virem até você. Usando aquela sua analogia de tribunal. Eu acuso você de alguma coisa, seu advogado me exige provas, eu as apresento e o seu advogado diz, “ok, obrigado, Meritíssimo, a defesa não tem mais perguntas”? Demita esse advogado. A obrigação dele é ao menos tentar invalidar minhas provas.

    Os seus papas foram homens públicos. Há registros sobre suas…atividades. Não é como se vivêssemos no Islã, em que uma caricatura de Maomé provoca uma fatwa. Nós podemos falar e escrever a respeito das…atividades dos seus papas. Ora, a Enciclopédia Católica, veja só, pode se referir às…atividades de seus pouco recomendáveis papas. Se estamos “falando pelas costas” de Teofilatos, por exemplo, ao dizer que ele praticava orgias, não estamos fazendo isso sozinhas, a Enciclopédia Católica está conosco.

    As…atividades dos seus papas são registros históricos.
    Se você disser que Ana é uma assassina, onde estão seus registros históricos, já que você insiste nessa equivalência?

  103. Sabe de uma coisa pessoal: humildemente venho dizer-lhe que se alguém é ateu “de carteirinha” e está decidido a permanecer assim. nós cristãos não devemos querer “convecê-lo” do contrário, pois eles já fizeram a sua escolha! E, para ser justa, do mesmo modo ocorre conosco, os cristãos: optamos por CRER sim no invisível, assim como se pode crer na eletricidade mas não se pode ENXERGÁ-LA! Quanto ao comportamento dos papas, ainda bem que são humanos, e sujeitos a pecados sim! É possível que tenham praticado coisas reprováveis, pois, a verdadeira visão a respeito é que não são deuses, mas HOMENS! Nós, que cremos em Deus, cremos mesmo que a Bíblia foi escrita por homens INSPIRADOS pelo Espírito de Deus! Deus é ESPÍRITO, e por isso nossos olhos humanos carnais não o podem ver face a face! Porém, se quisermos perscrutarmos o ser de Deus, precisamos nos EXERCITAR no uso dos nossos “olhos espirituais”! Observei que alguns dos nossos amigos ateus (por que não amigos? não estou ironizando não, pois TODOS tem o direito de crerem ou não, sem que precisem ser odiados por isso!); então como eu dizia: alguns amigos ateus já leram a Bíblia, outros até criam em suas palavras; porém já deixaram de crer, devido ao apelo à razão e à lógica! Muito bem, porém está escrito claramente na Bíblia Sagrada (desculpem mas pra mim ela é sagrada sim!) que o seu conteúdo tem o cunho ESPIRITUAL, e que o homem NATURAL (ou seja, aquele que usa APENAS sua mente e sua limitada lógica) não pode entendê-la nem interpretá-la! Em alguns trechos da Palavra de Deus esclarecem que “coisas espirituais SE CONFEREM com coisas espirituais”! Vejam, é como a frequência das ondas de rádio, por exemplo: se você não”SINTONIZAR”na mesma frequência, você não vai ouvir nada!!! Explicando melhor: para compreender a Bíblia, que é um livro ESPIRITUAL, se faz necessário que usemos a”frequência”adequada, ou seja, que usemos o nosso ESPÍRITO!!! Quem leu o livro de Jó deve ter visto um versículo que diz:”Na verdade há um espírito no homem, e o sopro do Todo-Poderoso o fez sábio”! Aí vocês, com RAZÃO, podem perguntar: então como eu uso o meu “espírito”(pra quem não acredita fica”entre aspas”)?? Acreditem ou não, é MUITO SIMPLES, desde que se esteja DISPOSTO a fazê-lo, “abrindo a sua mente”, e se “esvaziando”ou se desfazendo de qualquer tipo de preconceito ou pensamento préconcebido; sendo HUMILDE, demonstrando AO MENOS uma atitude SINCERA de RESPEITO à pessoa de DEUS (mesmo se apenas “supondo” que Ele exista)! Antes do Senhor Jesus (eu acredito sim!) vir aqui na terra, Deus estava por assim dizer, mais”distante” de nós, pois não havia EXPERIMENTADO a humanidade, pois Ele era apenas Deus, o CRIADOR! Porém, Ele veio em carne, como um ser humano (calma….pra quem não acredita, deixe eu terminar, por favor!); e simplesmente trouxe a DIVINDADE para a HUMANIDADE… e quando morreu e ressuscitou (ora, teoricamente Ele pode TUDO certo, pois é o Deus Filho!!!), Ele, Jesus, levou a HUMANIDADE para a DIVINDADE (para a pessoa do Pai, o Deus-Pai). Alguém se pergunta: por que estou falando tudo isso?? Só pra dizer que se você quer crer em Deus, e CONTATAR Deus, só poderá fazê-lo USANDO O SEU ESPÍRITO, pelo fato de que DEUS É ESPÍRITO! E a maneira mais siimples é (pode duvidar, não tem problema nenhum, porém, se vc tiver a humildade de EXPERIMENTAR”sem medo de ser feliz”, sentirá algo novo, quase inexplicável no seu interior!! É sério!): INVOCANDO O NOME DO SENHOR JESUS! Eu confesso que duvidava também, e isso é natural de nós seres humanos que vivemos nessa terra! Mas, quando experimentei, pude atestar o que diz a Palavra: ” Senti a verdadeira PAZ, que EXCEDE TODO ENTENDIMENTO …”! É algo TÃO MARAVILHOSO, que NADA NESSE MUNDO pode se equivaler a isso! Por favor acreditem que vivo uma vida NORMAL, às vezes realmente tenho alguns questionamentos, e também falho, pois isso é uma característica HUMANA! Mas o fato de poder ME ARREPENDER diante de Deus e dos homens dos meus erros, RECONHECÊ-LOS sem alimentar excesso de culpa, e RECOMEÇAR com sentimento de GRATIDÃO; convenhamos: são sentimentos elevados demais para compreendermos apenas com a nossa lógica e razão! Quem quiser pode rir, pode escarnecer…eu não vou me ofender, pois NÃO SOU FANÁTICA, vivo minha vida com simplicidade de coração e tentando acertar! Procuro não me julgar demais e NÃO TENHO DIREITO DE JULGAR NEM OS ATEUS! O julgamento pertence ao próprio Deus, seja da minha pessoa, seja de qualquer outro! TEnho sim o DEVER de simplesmente AMAR, sendo cristão, muçulmano, budista, e ATEU, pois não me compete odiar quem é diferente de mim! Para quem, ao menos. se propuser a deixar “só um pouquinho” as suas opiniões formadas de lado, a sua necessidade de acreditar SOMENTE na lógica, nas explicações científicas para tudo, sem exceção; peço uma espécie de”trégua”! Só isso: uma”trégua” nas mentes inquietas, e uma atitude de humildade, tentando “se esvaziar”de opiniões e sentimentos contra DEus, ou a sua existência! Dê uma CHANCE pra Ele se revelar a você! Não é pedir muito né gente?! Apenas INVOQUE o Seu nome, com sinceridade, assim: “SENHOR JESUS, OH SENHOR JESUS…”!! Simples assim…tenha um pouco de paciência pra ouvir a Deus…saiba esperar um lapso de tempo pra ouvir e sentir Sua presença! Nós, que somos mães soubemos esperar a chegada do nosso filho, o seu nascimento! É certo que em alguns momentos nos impacientamos, mas ao final, o filho nasceu não é?? A PAZ QUE EXCEDE TODO ENTENDIMENTO (descrita na Bíblia), como se auto-define, é aquela que sentimos mesmo em situações que “normalmente” não a sentiríamos, situações bem adversas da vida….por isso ela (a paz que sentimos) excede TODO ENTENDIMENTO,pois não dá mesmo pra entender como alguém pode estar EM PAZ, com ESPÍRITO SERENO, em meio a situações até “impossíveis”de solucionar; aquelas que comumente nos levariam ao desespero! Com humildade e amor, peço aos ateus: apenas EXPERIMENTEM com isenção e desapego de crença ou não crença; e INVOQUEM O NOME DE JESUS com sinceridade de alma! Olhem, quando você experimenta uma comida gostosa, muitas vezes não sabe os seus ingredientes, mas você pode PROVAR E ATESTAR com os sentidos que ela é realmente saborosa! Podemos comparar nossa experiência com Deus! E se ainda assim, você não sentir e não VER NADA…CONTINUE INVOCANDO E PEDINDO FÉ!!! Você pode até pensar (tudo bem, sem problemas!): Ah, mas isso é um absurdo!!! Mas APENAS EXPERIMENTE! Na Palavra da Bíblia está escrito assim: “JESUS É O AUTOR E CONSUMADOR DA FÉ”! Traduzindo: se você não tem fé, e GOSTARIA DE TER, ou não tem fé, mas GOSTARIA DE TESTAR se teria, PEÇA COM TODA A SINCERIDADE DE CORAÇÃO E DE MENTE A FÉ, PEÇA A FÉ PARA AQUELE QUE É O AUTOR E CONSUMADOR DE TODA A FÉ: JESUS CRISTO, O JUSTO!
    E, no último dos últimos casos, apesar de dias, ou (para os mais pacientes) meses; você decidir continuar ateu, não brigue ou discuta com quem NÃO QUER SER ATEU, pois o direito que você tem de optar por ser ateu é o mesmo direito que temos de optarmos por sermos cristãos, pois escolhemos crer não somente no que vemos! Pode ser, pra vocês, uma ilusão; porém pra nós, é uma realidade de vida, de amor, de paz, de desfrute pleno, de plenitude de vida, de ver a palavra de Deus como um alimento espiritual, assim como a comida é para o corpo! E JAMAIS SERÁ COMPREENDIDA SOMENTE COM A MENTE, SENÃO SOMENTE PELO ESPÍRITO ( A”CENTELHA”DIVINA EM NOSSO ÍNTIMO, QUE NOS POSSIBILITA COMUNHÃO COM DEUS).
    Boa noite a todos, e desculpe o texto longo…!!! Desejo a todos a verdadeira felicidade! Sinceramente, me sinto muito feliz, que significa BEM-AVENTURADA por ter Deus na minha vida!!! Obrigada, muito obrigada meu Deus maravilhoso!!!

  104. Pela primeira vez, discordo do Criaturo. Ofensas pessoais não dão direito a continuar no blog e, sendo o André, ao que parece, um troll disfarçado de católico pouco cristão, na minha opinião, deveria ser banido porque foi longe demais. Este tipo de troll não desiste facilmente dos blogs em que entra e continuará sempre a forçar uma discussão. E gosta de ter adeptos, pessoas cheias de boa vontade como o Criaturo, que se colocou ao lado dele. Basta o Criaturo mudar de opinião a seu respeito e veremos o que acontece. Neste, momento estou à espera da réplica do «André».

  105. Mais uma que muito provavelmente não leu o o Antigo testamento.
    Eu acho que os cristãos deveriam abolir da bíblia o A.T. e ficar apenas com a versão light do N.T.!
    Afinal são cristãos e não judeus!

  106. O comentário meu acima foi prá Cristina.

    Mas, mas, mas! As coisas andam quentes por aqui, não?!

  107. Maria

    É com o correr do tempo que a gente conhece o verdadeiro caráter das pessoas com as quais temos trocado ideias. Nada como o tempo regado com fatos para desmascarar nosso as vezes brilhante interlocutor.
    Você é uma mulher de índole voltada para o lado justo da vida, você é humanista e enxerga também com a lógica..
    Bj

  108. MAF

    É a vida pregressa dos papas distilando seus venenos e refletindo em pleno século XXI. da Era Comum.

  109. Maria,

    Será que é a Maria mesmo? Está bem mudada… mas vamos lá.

    Lembro-lhe que não respondeu minha pergunta, por isso repito aqui:

    Você não está solidária TAMBÉM com os Papas acusados de assassinos e participantes de orgias dentro do Vaticano?

    Agora resposta a sua ultima colocação:

    Ofensas pessoais não dão direito a continuar no blog e, sendo o André, ao que parece, um troll disfarçado de católico pouco cristão, na minha opinião, deveria ser banido porque foi longe demais.

    Qual é o critério? POde chamar de assassino mas não de puta? Ou a pessoa tem que ter morrido para poder ofender? OU ainda, tem que ser um terceiro não envolvido na conversa?

    Agora você tem 2 perguntas te esperando. Respeitosamente lhe peço uma resposta.

  110. Estou vendo um monte de comentários de pessoas com ar de virgem pura, escandalizados com a palavra “puta”, mas que aplaudiam de pé os artigos do “cú de Jesus”. Eu sei como chama isso, mas não vou dizer, para nao ofender os puritanos. Até agora ninguém me respondeu duas perguntas fundamentais:

    – Onde estão as provas originarias de que o Papa foi um assassino???
    – Se a prova não vem, quero que justifiquem por que chamar papa de assassino sem provas pode mas fulana do blog de puta nao pode.

  111. A Cristina usou, a meu ver, palavras sábias. Deus, aquele vislumbre, não está às nossas ordens. Queremos ser o imperador e Deus o nosso servo. Temos que ter uma atitude destituída de preconceitos acerca de Deus, como nos transmite a Cristina. Fazemos suposições acerca dele baseadas no A.T., que é apenas uma visão limitada Dele. Não há prazo para Ele nos atender. Podemos estar com pressa mas temos que confiar. E, se no entretanto nos acontecer uma desgraça, não devemos perder a fé que é o mesmo que a confiança. Não podemos fugir da condição que a nossa mortalidade nos impõe. Aceitamos com naturalidade a ideia da morte ao fim de um caminho de 60 ou 70 anos, porquê? Mas não encaramos com resignação uma doença grave a meio desse caminho, um acidente que corta a vida subitamente e o sofrimento. Por isso, impomos o nosso ponto de vista dizendo que somos ateus. Falo por mim, que penso assim nos meus momentos sombrios.

  112. André, eu sabia que você não ia desistir mas este é o meu último comentário (para si) para não alimentar mais a trollagem. Você já tinha estabelecido um relacionamento com a a Ana Júdice ao debater com ela um diferente ponto de vista. Por assim dizer, é como se se conhecessem. Mas você atraiçoou essa relação, pôs em causa uma certa confiança que a Ana Júdice já tinha depositado em si apesar do confronto de ideias. Depois, alvejou-a com obscenidades as quais eu não desejaria para mim. Sou mulher e, por isso, compreendo os sentimentos de outra mulher. Como eu e ela não somos isso de que você a apelidou, sinto que ela foi tratada com injustiça e, se por acaso, alguém que não tivesse lido tudo, passasse por aqui, pensaria que ela era uma devassa mais a mais vendo a sua fotografia. Portanto, isso não é atitude de alguém que professa uma crença e não se desculpe com o facto de que é pecador. Mentiu-me a mim e a todos quando se fez passar por católico. Eu, ao menos, nunca disse que o era.
    Quanto à primeira pergunta, há bastante documentação, livros inclusivé, que não atestam uma boa reputação aos papas dos séculos anteriores ao XX e XXI. Se é para acreditar ou não, cada um que decida.

  113. Fim de papo, mas, antes……

    Não compreendo tanta indignação com as verdades que colhi e transcrevi sobre a vida pregressa dos papas e seus crimes como se tudo isso fosse invenção minha e ainda me calunia alegando que eu os estava intitulando de assassinos, tarados e mais coisas sendo que simplesmente repassei o que o mundo está cansado de saber e somente ele coitadinho não sabe, mas ele é muito bom com seu linguajar chulo enquanto me acusa por má fé, é óbvio, por afirmar que estou inventado coisas destas ingênuas almas. Infelizmente ele não estava lá para provar o contrário.

    Qualquer pessoa já deve ter percebido toda sua desonestidade com requintes da maldade cristã inspirada nas Inquisições da Igreja quando eles queimavam vivos em fogueira milhares e milhares dos que eles julgavam hereges. Ainda bem que ele não é um dos papas da Idade Média e nem eu vivi naqueles tempos hediondos, senão seria torrada numa enorme fogueira ateada entre gritos dos fanáticos cristãos.

    Agora eu entendo o quanto o mundo do André é pequeno e limitado por ter total ignorância da vida no Vaticano dos tempos idos e presente com os escândalos financeiros, sexuais postados em jornais do mundo todo.
    Ei Andre, acorda, larga seu terço de contas de cristais, olhe para frente, mira os horizontes vai desvendar caminhos veja o que existe do lado de lá que nunca quis entrar talvez por medo das verdades, vá conhecer a veracidade da origem da Igreja Católica que a princípio era uma das Secretarias do Governo de Roma e foi meu professor de história que me contou.

    André Lopes, sempre achei que você incorpora um padre frustrado e mentiroso, mas pode ser também um adolescente como aqueles que saem pelas ruas do seu bairro em altas horas pichando palavrões nos muros e que ainda não conhece nada da vida que vive e nem da historia da sua Instituição religiosa, por isso, não conhece nada mais além de dois palmos do seu próprio umbigo. E você tem se referido a mim justamente desta parte que é abaixo — do seu umbigo —, ou melhor do seu baixo ventre. Sugiro urgentemente que vá se penitenciar.

    Se você tem mesmo essa necessidade imperativa de conversar com as pessoas com os apelidos que você próprio criou e que eu considero coisa de “gentinha periférica”, vai em frente, se você se sente vingado com isso com todo esse reboliço que criou.

    Te falar uma coisa: Estou muito bem comigo, e sabe mais? Não vou continuar alimentando essa conversa de troll que parece não ter fim e no mais, tenho a mente sã. Já disse tudo.

    Vou agora ver o vídeo do Wagner Menke e ler a nova postagem do Barros: “Eu ponho meu ateísmo à prova

    By by, au revoir, fuiii.

  114. cristãos: optamos por CRER sim no invisível, assim como se pode crer na eletricidade mas não se pode ENXERGÁ-LA!

    Só uma observação: há algum interruptor que podemos acionar para fazer Deus acender?

    é como a frequência das ondas de rádio, por exemplo: se você não”SINTONIZAR”na mesma frequência, você não vai ouvir nada!!!

    Outra observação: há algum dial disponível para sintonizar-se esse Espírito? Assim como antigamente girávamos botões e agora o processo é digital, esse Espírito também incorpora novas tecnologias?

    Muito bem, porém está escrito claramente na Bíblia Sagrada que o seu conteúdo tem o cunho ESPIRITUAL, e que o homem NATURAL (ou seja, aquele que usa APENAS sua mente e sua limitada lógica) não pode entendê-la nem interpretá-la!
    então como eu uso o meu “espírito”(pra quem não acredita fica”entre aspas”)?? Acreditem ou não, é MUITO SIMPLES, desde que se esteja DISPOSTO a fazê-lo, “abrindo a sua mente”, e se “esvaziando”ou se desfazendo de qualquer tipo de preconceito ou pensamento préconcebido.

    então funciona assim: esse Espirito não está na mente, mas para sintonizá-lo precisamos da mente? Se precisamos parar de pensar e esvaziar a mente, fazer espaço para esse Espírito, significa que nossa mente, nossa lógica e razão são mais fortes que esse Espírito.
    Quem precisa de um Espírito que é subjugado por nossa mente razão e lógica?

    E, no último dos últimos casos, apesar de dias, ou (para os mais pacientes) meses; você decidir continuar ateu, não brigue ou discuta com quem NÃO QUER SER ATEU, pois o direito que você tem de optar por ser ateu é o mesmo direito que temos de optarmos por sermos cristãos, pois escolhemos crer não somente no que vemos!

    Claro. Desde que o crente não venha caçar sarna para se coçar.

  115. Maria,

    Evitou mais uma vez a pergunta se estava solidária com o papa acusado de assassino. Ou seja, você não está, pode chamar o papa de assassino sem problemas, mas puta não. É melhor ser assassino a ser puta.

    Se realmente houvesse esse relacionamento de ‘confiança’ entre mim e a Ana Júdice ela não ia chamar o líder da minha igreja de assassino e membro de orgias.

    Depois, alvejou-a com obscenidades as quais eu não desejaria para mim

    E alvejei do nada? Ou houve um acusação de assassino antes?

    Mentiu-me a mim e a todos quando se fez passar por católico. Eu, ao menos, nunca disse que o era.

    Já ouviu falar no novo ateu? É aquele que não respeita os outros, chama o líder da igreja católica de assassinos, são agressivos e desbocados. Eu sou o equivalente cristão, sou da tropa de choque, respondo a altura. E vou continuar respondendo.

    Quanto à primeira pergunta, há bastante documentação, livros inclusivé, que não atestam uma boa reputação aos papas dos séculos anteriores ao XX e XXI. Se é para acreditar ou não, cada um que decida.

    É, você leu algum? Me diga se viu alguma prova originária. E se for para chamar de assassino e depois “cada um que decida”, deixa eu chamar de puta, oras, cada um que decida depois.

  116. Ana Júdice,

    Você desfilou mais uma vez um monte de ofensas a minha pessoa e a Igreja Católica. Quando leva o troco, faz cara de virgem pura e cai choromingar para os amiguinhos. Acho que está na hora de você crescer, Respeite se quiser ser respeitada.

    André Lopes, sempre achei que você incorpora um padre frustrado e mentiroso, mas pode ser também um adolescente como aqueles que saem pelas ruas do seu bairro em altas horas pichando palavrões nos muros e que ainda não conhece nada da vida que vive e nem da historia da sua Instituição religiosa

    Eu sei que é dificil de aceitar, mas infelizmente para você eu sou um homem bem sucedido familiar e profissionalmente. Tenho todo o conforto do mundo, um belo emprego, filhos, esposa, tenho educação, falo idiomas, conheço o mundo, e todos os dias me ajoelho e agradeço a Deus pela minha vida e por ter todas esses coisas que não são méritos meus, mas antes de tudo a vindo da permissão de Deus para que tudo isso acontecesse.

    Eu sou humilde e gentil com as pessoas. Mas sou duramente justo, ataque a mim, a minha familia e a minha igreja e eu vou devolver na mesma moeda, veja bem, não disse mais nem menos, disse na mesma moeda, pois justiça é isso, equilibrio.

    Vai lá assistir o seu video do Wagner Menke, eu vou a igreja ajoelhar-me a agradecer a Deus pela vida minha, da minha familia e de todos nós.

  117. Vou meter minha colher na questão de se bloquear o André.
    Claro que em primeira e última instância a decisão soberana é do Barros, mas não concordo que se bloqueie ninguém, por mais torpe que seja, ainda mais quando esse alguém se proclama um portador de alguma superioridade moral.
    É bom que esses tipos exponham-se a si mesmos, numa prova de que ser cristão não é garantia de se ser melhor pessoa. Fica claro que se as pessoas são decentes, o são apesar da religião e não por causa dela.
    Especialmente no caso do André, que tem uma desonestidade argumentativa tão flagrante que acaba sendo, além de educativa, muito engraçada, na maior parte das vezes.

  118. Tenho todo o conforto do mundo, um belo emprego, filhos, esposa, tenho educação, falo idiomas, conheço o mundo,

    Já li essa arenga de vanglória em algum lugar…Ah é, foi nesse blog mesmo, mas o nome era outro.
    Que estranho.

  119. E eu fico pensando…

    Quem não tem todo conforto do mundo, e passa o dia revirando latas de lixo procurando alguma coisa pra comer; quem dorme na rua, sob o sereno, exposto ao vento e ao frio; quem vive humilhado, ignorado, achincalhado, esquecido; esses agradecem a quem?

  120. SS, o André já se expôs o suficiente para mostrar o que ELE é, não o penalizar pelo que fez porque é engraçado é contrário aos princípios de quem foi ofendido. Ele adoraria continuar a festa e parece-me que teve muito tempo no blog para mudar a sua forma de se expressar, se quisesse. Ora, não vemos arrependimento no réu, pois não? Então, a pena a aplicar será mais dura, por uma questão de «equilíbrio». Acho que a SS deveria pôr-se na posição da Ana. É assim que eu me vejo.
    Claro que houve momentos eu que me ri das coisas que ele escreveu mas nunca em relação a palavrões. Assim como não gosto que o Barros o faça.
    Por mim, eu já não lhe respondo. A SS faça o que quiser.

  121. Eu nunca falo palavrões!!! Ai, ai, ai!! Nunca mesmo!

    Eu sou um príncipe. Nas minhas veias corre sangue azul turquesa imperial.

    Se alguma vez me viram escrever palavrão, foi por certo naqueles momentos em que Satanás se apoderou do meu ser e me fez fazer coisas que normalmente eu não faço. Aí não conta.

  122. Eu sou meio que traumatizado com esse negócio de bloquear comentários!

    Acho que isso vem da época em que eu frequentava o Orkut (que vai ser extinto de vez agora em setembro).

    Ainda lembro como se fosse hoje, uma das administradoras de uma comunidade religiosa, chamada Eu amo e acredito em Deus, me expulsou ou porque eu disse que o nome da comunidade tinha um erro grotesco de português, ou porque eu disse que Jesus Cristo mantinha uma relação homossexual secreta com o discípulo João.

  123. Azul turquesa não Barros azul real, para ornar com o imperial.
    E claro que a razão de você ter sido bloqueado no Orkut foi o erro de português, claro. Falando nele, tenho saudades do Orkut, não era essa futilidade total que é o Facebook.

    Quem não tem todo conforto do mundo, e passa o dia revirando latas de lixo procurando alguma coisa pra comer; quem dorme na rua, sob o sereno, exposto ao vento e ao frio; quem vive humilhado, ignorado, achincalhado, esquecido; esses agradecem a quem?

    Uma vez apresentei uma questão de teor semelhante ao Diogo vulgo Azetech e ele respondeu que pessoas que sofrem, provavelmente, é por merecimento. que Deus sabe o que eles fizeram para merecer o que estão passando. Caridosa explicação digna de certos crentes.

    Maria, acho que a Ana sabe que não tive. nem de longe, a intenção de me divertir às custas dela. Uma das razões do André me alcunhar “SOS” é justamente que eu costumo interferir por pessoas que ele ataca, a Ana inclusive e não pela primeira vez. O que eu acho divertido não é a ação dele, mas a forma como age para sustentar essa ação. É tão desabrida, tão escancarada a desonestidade argumentativa dele que eu acho engraçado que alguém não perceba até que ponto está se desnudando em público. É possível que isso mostre um lado malvado da minha pessoa, mas nunca disse que sou santa.

    E acho que essa história de bloquear não é legal, a internet é meio que um território livre (ainda) para troca de ideias, mesmo as ideias “estragadas”. Vai de cada pessoa, claro, se considera que o seu blog não é espaço para certas coisas. Só não gosto do ranço autoritária da ideia.
    E quem sabe algumas pessoas possam até aprender que há limites para tudo?

  124. As pessoas que nunca aprendem os seus limites são aquelas cujos comentários não são bloqueados. Mas se o administrador do blog prefere assim…

  125. Barros

    Você usa as palavras certas para configurar melhor seus títulos e os personagens dos seus textos, é diferente porque são aplicados como meio de expressão, você não chega para alguém diretamente como tem acontecido aqui e me chama por nomes chulos.

    É essa a diferença.

  126. Maria

    O Andre necessita que estejamos comentando em torno da sua pessoa, isto o faz se sentir importante e quando eu disse que estou muito bem comigo mesma, ou melhor, com meu Eu, o que é a mais pura verdade tanto é que quando disse que iria parar de alimentar sua postura de imoralidades, parece que se sentiu órfão, abandonado, sem mais estimulação para se sentir grande perante os outros, demonstrado quando ele começa xingar, desafiar, abusar, soltando palavrões, desacatando, e o diabo a quatro que até parece os personagens do livro do Saramago “Ensaio sobre a Cegueira” descrita é representada através de inúmeras metáforas livro do qual já falei aqui para você de quando as pessoas se sentem desarmadas e vulneráveis elas são capazes de mostrar toda sua sordidez e mesquinharia, seus princípios morais são abalados tendo como razão a cegueira do egoísmo.

    Alguns matam, outros roubam e a essência de suas índoles são afloradas e materializadas no momento do desespero quando todo tipo de desejos e são exteriorizados, ali não importa se existe Deus ou não, aliás, como as pessoas se sentem sem uma proteção superior seus instintos primários tomam forma e se redimensionam pelo sentimento de abandono e vira um caos.

    Assim imagino esta figura que bate no peito estufado se achando um superior, privilegiado e ousa se manifestar num site onde tem como ponto de partida posturas como a do Humanismo Secular e não a decadência de impérios como os Templos de Salomão espalhados pelo mundo.
    Então chega uma figura cômica, com ares de superioridade como demonstrado logo abaixo, que dá até pena tamanha pobreza espiritual agarrado a colhido apenas no seu conforto material [que ele alega] (?) transcrito em destaque como se esse fosse o padrão ideal para uma pessoa se sentir feliz enquanto milhões e milhões de pessoas morrem de fome e sede por mundos menos favorecidos.

    E ele fica como quem quanto mais amassa ao barro com os pés, mais afunda.

    Eu sou um homem bem sucedido familiar e profissionalmente. Tenho todo o conforto do mundo, um belo emprego, filhos, esposa, tenho educação, falo idiomas, conheço o mundo, e todos os dias me ajoelho e agradeço a Deus pela minha vida e por ter todas esses coisas que não são méritos meus, mas antes de tudo a vindo da permissão de Deus para que tudo isso acontecesse.

    É isso ai Maria de Portugal.

    Abçs

  127. Ana Júdice, minha avó tinha um ditado muito espirituoso:

    “Quando um cachorro latir pra você, lembre-se de nunca latir de volta.”

  128. Hehehe Barros é verdade, mesmo porque vou ter que aprender a latir como ele e não vou querer, eu só sei miar, mas arranho bastante.

  129. Maria

    As pessoas que nunca aprendem os seus limites são aquelas cujos comentários não são bloqueados. Mas se o administrador do blog prefere assim…

    Ou não. Teve um caso aqui mesmo, tempos atrás, em que o Barros chegou a bloquear, tal a virulência dos ataques, alguns deles contra mim (e não pedi block) e a pessoa simplesmente mudava de nick e ainda se vangloriava de driblar o block.

  130. Ora, não vemos arrependimento no réu, pois não? Então, a pena a aplicar será mais dura, por uma questão de «equilíbrio». Acho que a SS deveria pôr-se na posição da Ana. É assim que eu me vejo.

    ui ui ui, que medo… já estou fichado no tribunal dos ateus. Os auto-intitulados juizes já me declararam “réu”. Daqui a pouco vão dizer “fora, fora”, isso por que é virtual, se fosse pessoal ia ser “queima, queima”.

  131. Queridos, não precisa bloquear não, vamos fazer a coisa simples… é só o Barros me desconvidar e eu nunca mais apareço. Sem pelengas, sem dificuldades. Agora, eu vou exigir que seja decisão venha do Barros, o dono do blog, porque não vou deixar o clube da Luluzinha fazer isso né, tem até Lulu recém chegada querendo pedir a cabeça do crente burro.

  132. Barros:

    E eu fico pensando…
    Quem não tem todo conforto do mundo, e passa o dia revirando latas de lixo procurando alguma coisa pra comer; quem dorme na rua, sob o sereno, exposto ao vento e ao frio; quem vive humilhado, ignorado, achincalhado, esquecido; esses agradecem a quem?

    Pois é Barros, é dificil mesmo. Eu tenho questão de doença em minha família, não é tudo 100%, mas ainda assim eu tenho muito muito mais do que talvez merecesse. Eu acho que no fundo, todos temos algumas cruzes e também bençãos em nossas vidas. Mesmo aquele que tem que andar de ônibus, talvez ele não tenha o problema de saúde que tenho com um ente querido, e assim por diante. Poucos não tem nada a agradecer, apesar de existir situações trágicas mesmo, como as minorias do Iraque neste momento sendo friamente mortas simplesmente por ser de uma religião diferente.

  133. Poucos não tem nada a agradecer

    “Poucos”?? Você mora onde? Na Noruega??

    Quanto a bloquear participantes do blog, eu só recorri a esse extremo uma vez, como bem lembrou a Shirley.

    Primeiro porque, como já expliquei algumas vezes nesses quase 6 anos de Deusilusão, é muito fácil pra mim não permitir que A ou B faça um comentário criticando meus textos e minha visão de mundo. Mas sendo tão fácil, não seria uma tentação fazer isso sempre que aparecesse alguém com proposições realmente desafiadoras para a minha suposta “condição de ateu”? Seria. E meu ateísmo não precisa “silenciar” quem discorda de mim. Eu estou muito seguro da minha sanidade mental, e desafio qualquer um a me mostrar que estou vendo o mundo de uma forma equivocada. Sem censuras.

    Segundo. Tanto aqui no mundo virtual, quanto no nosso dia a dia, a gente sempre tem recursos para evitar confrontos diretos e desnecessários com aqueles que eventualmente venham a nos importunar. E quanto mais inteligente uma pessoa é, de mais recursos ela dispõe.

    Nesse aspecto, eu me considero bastante inteligente, porque na minha vida toda eu só briguei uma vez, na 4ª séria, com uma menina. Eu apanhei, mas foi porque ela era bem maior do que eu. Na verdade, ela era do meu tamanho mesmo, mas me pegou de surpresa, a cretina.

  134. SS

    E por mim o André pode me chamar de Burrildes até gastar a tinta no teclado.

    aprecio suas ironias inteligentes elas me divertem.

  135. Ana

    Quanto aos ataques a moral, discordo plenamente.
    O que é isso, chamar uma pessoa de burra, mentirosa e traíra é uma afronta. Isso pode ser construtivo?

    seus textos ofenderam a fé dele, mas concordo que ele pegou pesado pois poderia ter expressado indignação de uma forma mais sutil.
    aqui mesmo neste blog é comum colocarmos a inteligencia e honestidade intelectual dos oponentes em cheque, sendo o mais comum questionar a maturidade, tudo isso sem precisarmos de apelações.

  136. André,

    Já saquei a sua e vou agora lhe desmascarar!

    Você não é católico, nem cristão, nem defensor de papas e acredito que nem mesmo é religioso ou que tenha qualquer fé!

    Você mesmo se entregou: “Eu sou pecador mesmo, não dou a outra face como disse Jesus, quem sabe um dia eu tenha a evolução espiritual que ele tinha. No momento, eu respondo na mesma moeda”!

    Na verdade, você não está nem aí com a vida dos papas, ou com eu te convencer de coisa alguma, nem aguardando minhas considerações ou as da Maria.

    É tudo encenação e falsidade!

    Você é um mero “animador de auditório”, introduzido aqui, possivelmente por alguém – quem sabe, pelo próprio Barros – só para polemizar e, nas suas próprias palavras, “dar audiência”.

    Isso – assim como seu contumaz tom chulo – é outra tremenda baixeza com a qual não devemos compactuar!

    Procure achar coisa mais útil e proveitosa para fazer de sua vida, poupando, assim, o seu e o nosso tempo!

    O meu tempo, de fato, com você não perco mais!

    Os demais, que avaliem.

  137. Você é um mero “animador de auditório”, introduzido aqui, possivelmente por alguém – quem sabe, pelo próprio Barros

    Rapaz, não fala isso que me dá até arrepio, que eu vivo assombrado por um encosto… Vire e mexe eu fico me perguntando se tal e tal pessoa não seria o encosto disfarçado. Ai, Jesus, protege eu!

  138. é muito fácil pra mim não permitir que A ou B faça um comentário criticando meus textos e minha visão de mundo. Mas sendo tão fácil, não seria uma tentação fazer isso sempre que aparecesse alguém com proposições realmente desafiadoras para a minha suposta “condição de ateu”? Seria. E meu ateísmo não precisa “silenciar” quem discorda de mim

    É isso. Quem quer calar o outro é porque tem medo do que o outro possa ter a dizer. E se tem medo, não tem certeza sobre o que pensa.
    Eu poderia acrescentar que evitar certos embates pode nos poupar de dissabores, mas não nos ensina a testar nossos limites em lidar com adversidades.

    E acho que vou desagradar a gregos e troianos, mas o André não está errado quando diz que poucos não tem o que agradecer. Não estou falando, claro, de agradecer a algum deus nem nada parecido. Mas simplesmente agradecer por pequenas coisas, por estar vivo em certos momentos e poder apreciar alguma coisa, por insignificante que pareça aos outros.
    Já tive períodos muito tristes e muito difíceis por bom tempo na minha vida e mesmo assim houve momentos em que me senti grata por estar viva e encantada por poder apreciar alguma coisa, ou algum momento.

  139. Criaturo

    Obrigada…eu acho.

  140. Ateuzada,

    se a nossa leitora é chamada de puta porque chamou o babado de bobo, feio, e o pior, de nariz de pipoca, imaginem do que merece ser chamado um cara pelo simples fato de criar e manter sempre atualizado um blog com os maiores insultos, afrontas e provocações pra cima do trio Parada Dura, digo Santíssima Trindade…

    Andre! Ô Andre! Não vale chamar o camarada de “arrombado”, viu ?

    Galera,

    alguém conhece algum outro site/blog mais profano ? Tenho que colocar minhas heresias em dia. Afinal JC não pode ter morrido em vão.

  141. Criaturo,

    mas concordo que ele pegou pesado pois poderia ter expressado indignação de uma forma mais sutil.

    Foi pesado mesmo, mas foi proporcional, ela simplesmente chamou de assassino o líder máximo da minha igreja.

  142. Irineu:

    Você não é católico, nem cristão, nem defensor de papas e acredito que nem mesmo é religioso ou que tenha qualquer fé!
    ….
    É tudo encenação e falsidade!

    Puxa, sabe tudo hein? Algum palpite para a loteria?

    Procure achar coisa mais útil e proveitosa para fazer de sua vida, poupando, assim, o seu e o nosso tempo!

    Ué, está dizendo que ler e comentar esse blog é perda de tempo? Você acaba de fazer o que? Se não gostar do que escrevo, simplesmente não leia.

    O meu tempo, de fato, com você não perco mais!

    Nunca usou o seu tempo para falar de argumentos comigo. Só entrou na hora da fofoquinha, para fazer coro para o “bloqueia”. Na hora que te fiz uma pergunta de verdade, só silêncio. Já conheço essa saída pela tangente dos ateus.

    Eu, aqui nesse espaço, respondo TODAS, se não respondi alguma é por que esqueci, passou despercebido ou foi algo irrelevante, mas se a pessoa insistir numa resposta, eu não fujo da raia.

  143. Criaturo

    Uma pessoa que sempre diz repetidamente que ateus não tem moral, nem ética e sentimento, que mata só para ver o corpo cair, que, por ser ateu tem uma vida promíscua, rouba e tortura sem remorsos pode ou não se sentir ofendido, ou você acha que o ateu deve ouvir tudo isso caladinho como se concordasse com esse absurdo saído de pessoas com mentes curtas e limitadas?

    Criaturo, apresentar links sobre fatos dos Papas corruptos, insanos, adeptos a orgias sexuais é ofensivo a fé de alguém e por isso, ele leva para o lado pessoal?
    Por favor, se você tiver paciência volte a página e leia meus textos pessoais se ataquei com minhas próprias palavras as “autoridades papais” com meus próprio vocabulário que não sejam os escritos nas matérias dos links, certo?

    Ou será que nas matérias que li sobre o assunto em alguns jornais, revistas, livros e paginas da internet e que saíram no mundo todo relatando tamanhas monstruosidades tiveram um colapso com erros de digitação em suas gráficas ou nos seus softwares?

    Até

  144. Ana

    Você matou a charada. O André pode dizer que ateu mata só para ver o corpo cair (gostei dessa), pode dizer que os ateus seguirão alegremente qualquer psicopata que apareça por aí, apenas por que ele acha isso. Mas se a gente fala do líder máximo dele usando fontes históricas, aí não pode.
    Cada um, cada um, mas se fosse eu, não sairia alardeando por aí que o meu líder máximo,na improbabilidade de ter algum, já foi representado por assassino, corrupto, orgíaco. Muito menos defenderia esse líder com unhas, dentes e vulgaridade em estado bruto.

  145. Criaturo,

    O problema é que a acusação foi muito pesada, assassinato e orgias dentro do Vaticano? Para algo desse porte tem que ter provas, e não basta ficar citando pagina de internet, tipo ‘fulano disse que sicrano disse que beltrano disse’. Qualquer um cria uma pagina de internet. Eu nunca neguei Santa Inquisição. Mas falar em assassinato, aí não, vai ter que provar ou vai ter que provar do próprio veneno.

    Outra coisa, você acredita que tem gente que acha que eu chamei ateus de imoral? Tem gente que não sabe a diferença entre perguntar qual a base moral do ateísmo e chamar ateísmo de imoral. Quando eu digo que o ateísmo aprovaria o suicídio desde que a maioria aprovasse e virasse parte da “moral secular”, é fácil me responder, baste explicar como isso seria impossível de acontecer.

  146. O André pode dizer que ateu mata só para ver o corpo cair (gostei dessa), pode dizer que os ateus seguirão alegremente qualquer psicopata que apareça por aí, apenas por que ele acha isso. Mas se a gente fala do líder máximo dele usando fontes históricas, aí não pode.

    Já expliquei que o meu ponto é que a base moral do ateísmo é a vontade da maioria, ou seja, tomara que a maioria seja sabia, por que senão ferrou. Se discordar, é só responder.

    Quanto as “fontes históricas”, meu padrão de “fontes histórias” é outro, não é wikipedia ou “fulano disse que beltrano disse” e com base nisso, sem nunca ter analisado uma fonte primária eu saio por ai vendendo o peixe. Ainda mais se o peixe for chamar alguém de assassino.

    Cada um, cada um, mas se fosse eu, não sairia alardeando por aí que o meu líder máximo,na improbabilidade de ter algum, já foi representado por assassino, corrupto, orgíaco. Muito menos defenderia esse líder com unhas, dentes e vulgaridade em estado bruto.

    A minha ética é outra, eu não abandono o barco covardemente. Eu defendo o meu líder e exijo provas. Claro que se um dia houver provas, eu já disse aqui que admitiria em letras maiúsculas. Até agora nada, pelo menos nesse blog ninguém teve acesso a fontes primárias, está todo mundo vendendo o peixe cegamente. Estão difamando por fofoca e depois ainda não querem ser chamadas a responder pelos seus atos.

    Acho que vocês estão muito mimados, eu só peço provas, se fosse um muçulmano já tinham explodido vocês todos :-)

  147. André

    Esse seu blábláblá com “moral ateia” não é novo nem aqui nesse blog nem em nenhum outro espaço virtual. Aqui e alhures a questão já foi respondida n vezes. E eu já frisei que se houver uma maioria, ela será composta de crentes, pois ateus são minoria. E tem mais um detalhe: dado que a minoria ateia é em boa parte composta de gente que não fecha consenso só por ser consenso, o mais provável é que se suicídio coletivo virasse tendência, o ateu iria questionar.

    Os relatos históricos sobre papa assassino, papa corrupto e dado à devassidão não são, como você está forçando a barra em fazer parecer, fuxico de internet. Se você vai continuar nisso, vai ter que admitir que tudo a respeito do Jesus (o personagem histórico) também não passa de fuxico. E sabemos muito bem que você não vai fazer isso, então por que não para com essa palhaçada?

    Já tem outro post do Barros “faltando com o respeito” com o líder máximo do seu líder máximo, que tal?

    Que triste para você não ser um muçulmano, né? Mas você sempre pode se converter. Já pensou que maravilha? Você poderia se tornar um jihadista, explodindo ateus, crucificando, enterrando os ateus vivos. A sua filha não ia ficar uma graça, posando para uma foto segurando uma cabeça decepada?

  148. ss rodrigues:

    Os relatos históricos sobre papa assassino, papa corrupto e dado à devassidão não são, como você está forçando a barra em fazer parecer, fuxico de internet.

    É coisa séria? Ok, me conte as provas originarias, alguém nesse blog deve ter algum livro sério sobre o assunto, nao? Enquanto você ficar dizendo que ‘a coisa é séria’, mas não apresenta prova nenhuma, não passa de fofoca.

    E tem mais um detalhe: dado que a minoria ateia é em boa parte composta de gente que não fecha consenso só por ser consenso, o mais provável é que se suicídio coletivo virasse tendência, o ateu iria questionar.

    É esse resposta tipo “não-resposta” que eu questiono. Eu digo: “basta a maioria querer e a moral atéia aceita”. Resposta: ah mas se a maioria quiser vai ter um monte de crente no meio. E depois fala que “provavelmente” o ateu vai questionar… eu não queria ficar dependendo desse “provavelmente”, pois sei lá, se é um Stalin da vida, ele silencia o ‘provavel’ na bala.

  149. É esse resposta tipo “não-resposta” que eu questiono.

    Acontece que não é uma “não-resposta”. A resposta está lá. Mas parece que, para sua conveniência, você não consegue visualizá-la.

    Primeiro você está discutindo sobre uma coisa que você inventou e só você conhece, que é essa tal de moral ateia. Me mostre onde você encontrou provas da existência disso. Alguém deve ter um livro sério sobre o assunto.

    Mas, em prol do raciocínio, digamos que a moral ateia exista mesmo. Daí você diz que, “se a maioria aprovasse o suicídio” a “moral ateia” também aprovaria.

    O que a Shirley disse, e você não entendeu, é que se isso acontecesse assim como você esquematizou, a maioria seria composta por cristãos, visto que vivemos atolados numa sociedade cristã. Resumindo, até para você poder denegrir essa suposta “moral ateia”, você precisaria primeiro jogar lama na sua tão aclamada moral cristã, seguindo o seu próprio raciocínio.

    Felizmente para nós, ateus, os cristãos compartilham de uma moral comum secular, em que as vontades de Deus não contam, porque, se contassem, todos os ateus e os outros crentes em outros deuses estariam fudidos.

    Amém?

  150. Hoje é domingo, pé de cachimbo, dia de relaxar, recarregar baterias para mais uma semana. Tenho trabalhos para fazer e como sou meu próprio patrão, nada me impede de trabalhar também aos domingos com minhas tintas, formas e cores.

    Mas… ler também é uma maravilhosa opção. Podemos por exemplo estar entrando nos aposentos do Vaticano precisamente no século 15 e conhecer um pouco da “Moral cristã” entre muros com o consentimento do Papa Bórgia, e para tanto aviso que não tenho medo de cara feia.

    Trechos colhidos do livro Alexandre VI Bórgia – O Papa Sinistrohttp://goo.gl/YF7mxn

    Do escritor:

    Volker Reinhardt Ph.D em História da Renascença e reconhecido internacionalmente como uma das maiores autoridades no assunto, é autor de 13 grandes obras, entre as quais História da Suíça – país onde se radicou. Nascido em 1954 em Rendsburg, norte da Alemanha, o professor Reinhardt leciona História na Universidade de Friburgo, onde graduou-se em 1975. Escreveu também as biografias de Calvino, Maquiavel, Família Médici e esta do papa Alexandre VI.

    REPASSANDO…

    Do capítulo – Orgias no Vaticano?

    ¶ Naturalmente, o incesto de Alexandre VI [Papa Bórgia] com sua filha não poderia faltar nessa lista. A história das cinquenta cortesãs foi incorporada a todo esse horror de forma muito eficiente. Além disso, outro episódio veio justamente para enfatizar o prazer perverso do papa em observar atos sexuais.

    ENTUSIASMO POR SEXO ENTRE ANIMAIS

    Pouco depois da orgia, Alexandre VI teria dado a ordem de reunir os cavalos e as éguas diante do palácio do Vaticano para assistir ao acasalamento dos animais com o maior entusiasmo e fervor. O mesmo foi relatado por Burckard [mestre de cerimônias do Vaticano]. Aparentemente, havia um centro de coordenação, que abastecia o público com novidades relacionadas ao tema “sexo e crime” dos Bórgia.

    AS CINQUENTA BELAS PROSTITUTAS

    ¶ “A falta de vergonha passou a fazer parte também do dia a dia. Ocorrências e fatos cruéis tornaram-se cada vez menos velados. Na primavera de 1501, os agentes do papa carregaram dos palácios de Ascânio Sforza, que se encontrava preso na França, tudo o que viram pela frente.Também algum tempo antes, quando um cardeal entregou a alma ao Criador, Alexandre VI [Papa Bórgia] já tinha tomado as medidas necessárias. Ao contrário do que seus predecessores costumavam fazer, o papa recusou novamente conceder à pessoa que estava morrendo o privilégio de transferir suas propriedades à sua família por meio de testamento. Em vez disso, ele apropriava-se imediatamente dos bens do falecido. Afinal de contas, o mais importante continuava sendo o financiamento das expedições de César. Os fins justificavam os meios. A falta de vergonha dominava também o outro lado.
    Se tudo o que diziam era verdade, que limites poderiam ser ainda respeitados pelos Bórgia? Dessa forma, a fantasia da população começava a divagar. A opinião pública passou a acreditar em absolutamente tudo. Era chegada, dessa forma, a hora das “revelações”. Por meio de uma carta aberta, elas foram apresentadas ao lascivo público. O teor dessa carta, por sua vez, coincide com as anotações de Burckard.

    Datada de 31 de outubro de 1501, essa carta era uma mistura explosiva de apenas nove linhas. À noite, jantaram com o duque de Valence, em seus aposentos no palácio do Vaticano, cinquenta belas prostitutas, as chamadas cortesãs. Após o banquete, elas dançaram com os criados que estavam presentes, primeiramente vestidas e, em seguida, completamente nuas.

    Após o jantar, os habituais castiçais com velas acesas foram colocados no chão; foram lançadas então castanhas na direção dos castiçais, que as cortesãs nuas iam apanhando “de quatro”, rastejando por entre as luminárias.
    A cena era observada pelo papa, pelo duque e por sua irmã Lucrécia. Em seguida, foram premiados com sedas, botas, chapéus e outras coisas mais aqueles que tinham conseguido manter relações carnais o maior número de vezes com as cortesãs.
    E assim aconteceu publicamente e, de acordo com o julgamento dos presentes, as dádivas foram distribuídas aos que tinham tido relações com maior frequência.

    SEXO GRUPAL

    O choque que é provocado por essa cena até os dias de hoje explica-se menos pelo ato de libertinagem descrito do que pela maneira como se abate sobre o leitor, que estava familiarizado com as descrições enfadonhas das festas religiosas e teve de se deparar, dessa forma, com cenas de sexo grupal nas dependências do Vaticano.
    A impressão de irrealidade é reforçada pelo fato de que o mestre de cerimônias, em seguida, retoma o seu relatório sobre atividades litúrgicas sem dispensar uma palavra sequer sobre o comentário. Com essa escassez lacônica, sugere-se que tal acontecimento escandaloso fazia parte do cotidiano e da normalidade: como um atividade regular, uma espécie de liturgia dos Bórgia. Isso aconteceu mesmo ou foi inventado? Muito provavelmente, essa passagem não teria sido inserida posteriormente por falsificadores nos cadernos de anotações de Burckard.

    LER É CULTURA

    Por hoje é só, mas, tem muito mais do que possa imaginar sobre a Moral Cristã, sem falar da pedofilia e o homossexualismo dos tempos atuais .

    Amem!!!

  151. Só preciso dizer duas palavras para derrubar todas essas linhas acima: “é mentira”.

    Pronto, agora é a minha palavra contra a do outro. A unica coisa que vai desampatar é o fornecimento de provas primárias sobre o assunto. O que, obviamente, não foi fornecido. Tenho absoluta certeza que o tal historiador ia estampar de pagina inteira em seu livro qualquer documento PROVANDO as alegações, mas não, ficou só no bla bla bla, para mim não passa de ‘contador de histórias’. Se um dia tiver alguma prova, por favor, me mande, estou muito interessado em saber.

  152. Barros

    O André entendeu muito bem sim, mas é que ele precisa continuar se fazendo de sonso para poder manter a impostura intelectual dele.

    Assim como no caso dos papas. Ele percebeu que caiu na própria armadilha, pois a ser como ele exige, terá que admitir que tudo a respeito do Deus dele não passa de fuxico e mentira.
    Já diz o velho ditado, quem fala demais dá bom dia a cavalo
    Pobre André, se enfiou na maior saia justa, costurada por ele próprio e não tem como sair dela.

  153. Desculpe interferir, Ana, não é para a refutar que entro aqui mas tenho nas mãos um livro que li há muito tempo e que fui buscar à estante após ver a descrição dos excessos do Papa Bórgia. Este livro chama-se «Lucrécia Bórgia» de Geneviéve Chastenet. Esta senhora licenciou-se em História e escreveu várias biografias de mulheres.
    Esta obra que eu tenho aqui ao pé de mim fala muito bem de Lucrécia Bórgia e contradiz aquilo que para ela não passa de lenda, o incesto cometido com seu pai e seu irmão, César Bórgia. O livro, no fim, apresenta extensa bibliografia. Posso tirar algumas frases somente porque tenho que ser eu a copiar palavra por palavra. É claro que isto não iliba Alexandre VI de outros pecados. Mas este era o mais grave de todos.
    «A própria enormidade destas supostas depravações permite-nos duvidar da sua veracidade. Como conceber que uma mulher mergulhada na ignomínia, na infâmia e no crime, tenha podido de repente tornar-se para a elite intelectual do tempo um modelo de sensatez e de virtude? A História não fornece um único exemplo de uma mudança tão rápida. Por isso, ao analisarmos mais cuidadosamente as acusações que pesam sobre Lucrécia, constatamos que as primeiras foram lançadas por Giovanni Sforza, cujo casamento foi anulado em 1497 por não consumação. O esposo repelido acusou então o sogro de incesto, e esse grito de vingança, de que se arrependeu aliás mais tarde, vai ecoar durante séculos muito além da Itália».
    O livro é excelente. É um retrato perfeito dos costumes na época do Renascimento.
    Quando faleceu «A cidade inteira mergulhou no desespero. Se os homens de letras, os poetas e os artistas de Ferrara não se consolavam por terem perdido «a Única», «os pobres gritavam por todo o lado que já não tinham mãe». As pessoas não se cansavam de dizer e tornar a dizer maravilhas da «nossa dama tão saudosa».
    Se quiser comprar, é muito interessante e um bom trabalho de investigação histórica.

  154. Assim com a bíblia, falta ali uma causa primária da estória de Jesus, um homem que começou a ser mitificado quase um século depois de sua morte quando já não havia mais nenhuma prova da sua passagem pela Galileia e que hoje é denominado de “O homem invisível”, pois foi relatado apenas num livro: A bíblia, escrita pela Igreja Católica conforme sua conveniência, juntando retalhos de escritas em rotos couros de carneiro ou papiros sem nenhuma validade para comprovação.

    Pelo menos o devasso Papa Bórgia viveu numa época recente, sua história suja correu mundos e ele era retratado em afrescos por artesãos da época dentro do Vaticano o que revelava sua asquerosa fisionomia.

    Se suas duas palavras são apenas “é mentira”, eu pergunto: quem é você que não sabe nada além de um palmo do seu nariz para afirmar que esses relatos históricos são mentiras, só você mesmo.

    Usando sua pobre dialética: Você tem como provar que é mentira? Heim? Então prova.

  155. Shirley, eu estou imaginando o André lendo a Bíblia:

    Jesus mandou trazer vários cântaros de água e transformou seu conteúdo em vinho.

    — É mentira! Conversa fiada! Cadê as provas? Algum documento comprovando isso?? Não nada. Só blá blá blá.

  156. Maria

    Embora você esteja usando o caso de Lucrécia Bórgia, fica válido como ponto sobre que nem tudo das histórias envolvendo personalidades públicas seja verdadeiro. Inclusive no caso dos papas citados.

    Mas por outro lado, as reações populares quando da morte de pessoas famosas não são confiáveis. As pessoas têm a tendência de se deixar levar por histerismo de massa em situações assim. Aqui no Brasil é corriqueiro. Fazem um carnaval de lágrimas e comoção por pessoas com quem nunca trocaram nem bom dia, que no máximo viram pela televisão, que quando se olha de mais perto, nunca chegaram a fazer nada de tão relevante assim e há até casos de mortos mui pranteados que fizeram mais mal que bem para o país.

  157. Pronto, a Maria já tem um livro pondo em dúvida o livro da Ana. É o que eu disse, puro ‘disse-que-disse’, fofoca, nada de provas primárias. Enquanto vocês ficam tendando provar algo supostamente ocorrido em 1500, sem qualquer prova primaria, a Igreja Católica nesse tempo todo fez muita caridade, educou muita gente, construiu escolas, hospitais e universidades. Amém!

  158. Assim com a bíblia, falta ali uma causa primária da estória de Jesus, um homem que começou a ser mitificado quase um século depois de sua morte

    A parte que começou a ser mitificado somente 100 anos depois da morte já é fofoca, sem evidências, mas vou deixar passar, vou ater-me a outra parte do argumento, mais importante:

    Causa primária da Bíblia? O que você quer? A bíblia é uma coletânea de livros escritors por varios autores, como você quer uma causa primaria de um livro? O fulano escreveu um livro, dai eu digo: mentira, qual a prova primaria?

    Mas se você se refere do porquê da minha crença na veracidade do que está alí, eu digo o seguinte: não sou especialista, não quero dar uma de “Wagner Menke” aqui, portanto, eu RECORRO aos especialistas. É pacífico o entendimento, entre os historiadores, muitos deles ateus, de que Jesus foi uma figura histórica (existiu, ao menos como homem), e o fato de seus discípulos, que o negaram antes de sua morte, mudaram completamente depois de sua ressurreição e foram MORTOS por não negá-lo (a existencia e morte dos mesmos é historico), essa mudança de comportamento para mim é um forte indício de que Jesus realmente apareceu para eles. Se nao, seria muito fácil, Jesus morreu, ele se disse Deus porém nao consiguiu evitar a propria morte, vamos seguir nossas vidas, tudo nao passou de uma fraude. Porém, eles seguiram o caminho que os levaram a morte (todos os 11!) por insistir que estiveram com Jesus após a sua morte.

    Em resumo, na Bíblia acredita quem quer, eu nao estou dizendo aqui que há provas cabais de que é inspirada por Deus. Porém vejo fortes indícios que Jesus reamente ressucitou pelo que ocorreu com os discípulos após a sua morte, e isso é fato histórico.

  159. Shirley, eu estou imaginando o André lendo a Bíblia:
    Jesus mandou trazer vários cântaros de água e transformou seu conteúdo em vinho.
    — É mentira! Conversa fiada! Cadê as provas? Algum documento comprovando isso?? Não nada. Só blá blá blá.

    É por isso que a Bíblia não é um documento igual a um documento histórico. A pessoa acredita em virtude dos ensinamentos morais, a qualidade dos autores, etc, ela vê indicios de honestidade e seriedade. Porém, não é um livro histórico no sentido de 100% provado tudo o que alí está.

  160. Maria

    Obrigada pelas informações sobre Lucrécia Borges filha do Papa Bórgia uma das maiores personagens femininas da história, fala-se que ela era bela de expressão doce e ingênua, pele clara com um rosto bem delicado, cabelos loiros e se encaixava perfeitamente no padrão de beleza que era valorizado dentro do período renascentista.

    Sei muito pouco dela e pretendo aprofundar um pouco mais sobre sua história. Foi uma mulher que causava furor no meio em que vivia, e como filha de um homem rico e influente teve boa educação, tinhas conhecimento de arte, falava pelo menos 5 idiomas, teve vários casamento e pelo que me deu a entender superficialmente, essa mulher teve uma vida conturbada, teve 8 filhos e faleceu por complicações no parto aos 39 anos.

    Em todo caso ela foi e ainda é muito comentada e não sei se pela fama de ser bem “rodada” o que causava frisson no seu meio social.

    By

  161. É por isso que a Bíblia não é um documento igual a um documento histórico.

    O trecho “não é um documento igual a um documento histórico” é apenas um eufemismo para “é uma mitologia”. Aliás, como diz lá o outro: “Mitologia é como a gente chama a religião dos outros”.

    A pessoa acredita em virtude dos ensinamentos morais,

    Claro: matar dissidentes, estuprar virgens, oferecer sacrifícios, enxergar as mulheres como seres humanos inferiores…

    a qualidade dos autores,

    Partindo do princípio que você saiba quem são os autores, você poderia ficar rico divulgando essa informação para o mundo.

    Porém, não é um livro histórico no sentido de 100% provado tudo o que alí está.

    Lendo assim até parece que quase tudo do que a Bíblia contém pôde ser verificado e comprovado, quando, de fato, as poucas coisas que realmente podem ser verificadas hoje mostram o que a Bíblia realmente é: uma coleção de mitos escrita por gente ignorante.

  162. Como é que é? Será que li isso?

    A bíblia é uma coletânea de livros escritors por varios autores, como você quer uma causa primaria de um livro?

    Por acaso eu lhe pedi provas da causa primária da Bíblia? Tem certeza?
    eu escrevi isto:

    Assim com a bíblia, falta ali uma “causa primária da estória de Jesus”, um homem que começou a ser mitificado quase um século depois de sua morte quando já não havia mais nenhuma prova da sua passagem pela Galileia e que hoje é denominado de “O homem invisível”, pois foi relatado apenas num livro: A bíblia.

    E outra, se você acha que é difícil “provar algo supostamente ocorrido em 1500 sem qualquer prova primaria“, como é que pode ter certeza de que Jesus existiu há 2.000 anos, como é que fica então? Que provas você tem de que o “fulano” que escreveu o livro de Lucas possui uma prova primária, você tem provas também da existência de Lucas? Pois então, ele também esta contido num livro manipulado pela boa intenção da gloriosa Igreja Católica.

    Porém, eles seguiram o caminho que os levaram a morte (todos os 11!) por insistir que estiveram com Jesus após a sua morte.

    Não é verdade, todos eles morreram cada um no seu tempo de “morte morrida”, se é que esses personagens existiram mesmo, ainda mais com essa estória de que Jesus apareceu para eles.

    Não sei por que esses casos todos possuem um tom sobrenatural, só os 11 viram, ao invés de aparecer para sua multidão como ele fez no sermão das montanhas com um público de 5 mil pessoas. Não entendo porque Deus conversava só com as pessoas quando estavam a sós, sem nenhuma testemunha, isso a história pra boi dormir, era tudo histórias inventadas sem base no concreto, “só no espiritual”. Esta é a prova de que esses homens estavam em estado delirante por algum pós transe epilético.

    ai ai

  163. Ana, como é que o André, sendo «casado» e com «filhos» disponibiliza tempo para a família? E ainda pratica desporto! Se ao domingo não o faz, metido no blog, deve ser à 2ª feira, dia de trabalho, não? Eu tenho desculpa, estou em férias…

  164. E ainda pratico desporto, e ainda trabalho… temos que administrar bem o tempo. E você não é casada? Não tem filhos?

    A Ana Judice começou o dia dizendo que ia pintar, no fim, passou o dia no blog.

    Quanto as colocações de que os Apóstolos morreram de morte natural e que Jesus não apareceu para multidoes depois da sua morte, não estou a fim de discutir, cada um que acredite no que quiser.

    Como disse a Maria, preciso também cuidar da minha família. Tenho vida fora desse blog. Amém!

  165. André

    A parte que começou a ser mitificado somente 100 anos depois da morte já é fofoca, sem evidências, mas vou deixar passar, vou ater-me a outra parte do argumento, mais importante:

    Se é assim, vamos lá, apresente-nos a parte que não é mitificada.
    Apresente-nos aquela parte que compõe as provas de que existiu um Jesus não apenas histórico, mas divino.
    Porque, não se esqueça, assim como a Maria apresentou um livro que põe em dúvida as aventuras de Lucrécia Bórgia, há toneladas de livros pondo tudo a respeito do Jesus em dúvida, e aí, como fica?
    A propósito, você está sempre contando com a distração alheia, já percebi isso.
    O livro de que a Maria fala levanta dúvidas sobre a filha do papa, mas ela não disse que faz o mesmo a respeito do próprio papa. Espera, o que foi isso? FILHA DO PAPA?!?
    Xii. Como assim, André? O seu líder máximo, que deveria praticar o celibato por si mesmo mas acima de qualquer outra coisa, para dar o exemplo ao resto do sacerdócio, ostentava uma filha? Na verdade, ostentava dois filhos?

    E para constar, não é consenso entre todos os historiadores que tenha existido um Jesus histórico, e nem poderia ser diferente, já que não evidências suficientes.

    Se for pelo lado de que onze pessoas morreram por não negar Jesus, mais de novecentas morreram em Jonestown por não negar Jim Jones. E ele nem teve que ressuscitar.
    E aí, Jim Jones é Deus?

  166. Causa primária da Bíblia? O que você quer? A bíblia é uma coletânea de livros escritors por varios autores

    Desde quando o fato de ser uma coletânea impede alguma obra de ter fontes autênticas, ou isso que você chama de causa primária?

    como você quer uma causa primaria de um livro? O fulano escreveu um livro, dai eu digo: mentira, qual a prova primaria?

    Uai? E não é exatamente o que você vem fazendo esse tempo todo com os relatos das aventuras dos papas?
    E nem vem com o escapismo de “fuxico de internet” ou da Wikipedia.
    O que está na Wikipedia a respeito dos papas foi tirado, adivinha de onde? Dos livros.
    Está vendo Maria é por causa de coisas assim que o André me diverte.

  167. Maria

    Não sei nada do André, acho que essa pessoa que ele encarna nem existe, é fruto de suas fantasias porque tudo que ele fala ser dele me soa muito falso, tenho uma boa percepção como se fosse um alarme.

    Tenho um pc no meu atelier e gosto de dar uma paradinha, me afasto uns e dois ou quatro metros para para avistar certos efeitos como perspectiva, textura e harmonia das cores e ,neste entremeio me sento na banqueta para dar uma digitadinha. É relaxante.

    Mas, eu existo, apesar de que Ana Júdice seja um codinome. By

  168. Ana, a gente já sabe que ele de cristão não tem nada. Achou que se podia divertir aqui e, como obteve autorização do Barros, cá continua para satisfação da SS. O que não é nada justo pois ele não merece. Se ele fosse uma pessoa com valores, tinha falado de outra maneira consigo. Havia sempre maneira de haver uma reconciliação apesar de permanecer alguma mágoa mas depois ia-se esbatendo com o tempo. Há-de ser algum estudante universitário que chumbou nos exames, crivado de espinhas na cara e dentes de coelho.

  169. Maria,

    Não sei da Ana Júdice, que já começando pelo nome, cheira falsidade. Mas sobre mim, fico lisongeado de saber que acham a minha vida que ‘até parece falsa’, deve ser por que é boa e até parece irreal. Mais uma razão para agradecer a Deus hoje a noite. Mas tenho certeza que vocês também tem o que agradecer.

  170. E lingrinhas, os únicos músculos são os dos dedos porque bate muito no teclado.

  171. Não sei se você sabe, mas, há uma norma para uso em fóruns de discussão que aconselha que a pessoa não use seu nome verdadeiro, criando com isso um nickname geralmente informal, usado [a priori] para identificar uma determinada pessoa.

    Isso não falsidade, falso é você com toda sua crença.

  172. Maria

    Tá na cara que ele é um curioso da vida.

    Maria, eu agradeço sim, mas, a mim mesma por poder fazer-me paz antes de colocar a cabeça no meu macio, branco e cheiroso travesseiro e dormir uma noite tranquila e sem remorsos. É muito gratificante.

  173. Maria

    Vou preferir pensar que você não leu o que escrevi sobre o que penso de bloquear pessoas.

    Não sinto satisfação com as ofensas do André, me divirto por saber que ele sabe muito bem que está sendo desonesto na maior parte do tempo para tentar manter a ficção de superioridade moral cristã. Me divirto por ver que certos cristãos são a prova mais contundente de que não existe nada como isso de moral cristã, me divirto por ver o André provando isso aqui com as próprias atitudes. Entre me enfurecer com a hipocrisia de certos cristãos e me divertir com ela, prefiro a segunda opção.
    Eu, muito melhor que você, sei o que a Ana sentiu sendo alvo de ataques desse tipo.
    E mesmo assim, sou sim contra bloquear pessoas, a gente começa bloqueando a ofensa e termina cedendo á tentação de bloquear o dissenso.
    Especificamente em casos como o do André, no meu modo de ver, calá-lo na marra seria admitir que ele foi bem sucedido em intimidar, seria passar recibo de vítima. Eu não gosto de ser uma vítima.

  174. Não sei se você sabe, mas, há uma norma para uso em fóruns de discussão que aconselha que a pessoa não use seu nome verdadeiro

    Não vi essa norma de evitar que use o nome verdadeiro, alias a Constituição Federal diz que é assegurada a liberdade de expressão mas vedado o anonimato. Só se esconde atrás de um codinome quem tem medo de algo ou se acostumou com a falsidade.

  175. Não sinto satisfação com as ofensas do André, me divirto por saber que ele sabe muito bem que está sendo desonesto na maior parte do tempo para tentar manter a ficção de superioridade moral cristã

    Dor de cotovelo. Sou muito honesto. Essa de me chamar de desonesto nunca colou, é fuga do principal, que é o argumento.

  176. Boa noite pessoal! Ou melhor, boa madrugada! Gostaria de pedir se seria possível nos comunicarmos sem precisarmos apelar para ironias ou zombarias! Será que podemos fazer isso??? Vejam, sinceramente considero todos que estão opinando pessoas inteligentes e que estão externando suas opiniões e até suas dúvidas a respeito de Deus, de Jesus, enfim, da Fé! Não sei do íntimo de cada um, mas (estou falando de mim viu!) creio que Deus o sabe. Cada um de nós tem suas dificuldades interiores, seus temores, suas dúvidas, suas angústias, seus sofrimentos, e também suas alegrias, suas satisfações, seus bons sentimentos…Porém todas estas coisas estão relacionadas à nossa psiquê, que na Bíblia é tratada como a nossa alma! No livro do apóstolo Paulo aos Tessalonicenses (originários da Tessalônica), vemos versículos, citações definindo que o ser humano é um ser TRIPARTIDO (como Deus que o criou é Triúno; o homem que tem Sua imagem e semelhança é, portanto, tripartido); possui Espírito, alma e corpo. Cada parte do nosso ser contata (se a usarmos corretamente) com o mundo do qual faz parte: o corpo com o mundo material, a alma com o mundo psicológico (que inclui os sentimentos, as emoções, que mudam com as circunstâncias), e o nosso espírito com o mundo espiritual (lógico, PARA QUEM ACREDITA E JÁ O EXPERIMENTOU). Fiz este preâmbulo para responder (mais ou menos, não sei se satisfarei a pessoa que questionou!) os questionamentos ao meu comentário! A pessoa (acho que foi SS Rodrigues, salvo engano) pergunta sobre como podemos “acender” Deus, se teria uma espécie de”interruptor”! Pois a maravilha é que este”interruptor”existe! Cheguei a falar sobre ele: INVOCAR O NOME DO SENHOR JESUS COM SINCERIDADE DE CORAÇÃO, COM UM VERDADEIRO SENTIMENTO DE BUSCA INTERIOR, COM HUMILDADE, NÃO SE ACHANDO SÁBIO AOS SEUS PRÓPRIOS OLHOS, PROCURANDO SE”ESVAZIAR”DE CONCEITOS OU RADICALISMOS, SIMPLESMENTE SE”DESARMAR”!!! Vemos este chamado amoroso de Deus para que façamos isso em vários versículos: ” SE TE HUMILHARES (SER HUMILDE), E ME BUSCARES DE TODO O TEU CORAÇÃO, EU (DEUS) SEREI ACHADO DE VÓS!”… e “DEUS ESTÁ PERTO DAQUELES QUE O INVOCAM”…”DEUS DESEJA QUE TODOS OS HOMENS SEJAM SALVOS E CHEGUEM AO PLENO CONHECIMENTO DA VERDADE”…”NINGUÉM INVOCA (DE CORAÇÃO) O SENHOR JESUS, SENÃO FOR PELO ESPÍRITO DE DEUS”…”O ESPÍRITO DO HOMEM É A LÂMPADA DO SENHOR…E O SOPRO DO TODO-PODEROSO O FAZ SÁBIO (nesse caso, para entender as coisas, ou palavras, espirituais; coisas essas que somente serão compreendidas se usarmos o”órgão” ou a “parte” correta ou correspondente do nosso ser tripartido: O NOSSO ESPÍRITO!!! Um exemplo prático: se alguém desejasse “conversar com um pássaro”; para conseguir tal coisa e ser “compreendido” e “obter uma resposta lógica” do tal pássaro; esse alguém teria que ter a NATUREZA dessa pássaro! Do contrário, este tipo de comunicação e entendimento não seria possível! O mesmo se aplica a ter COMUNHÃO COM DEUS E CONHECÊ-LO: como Deus é Espírito, só poderemos conseguir contatá-lo, conhecer a Sua vontade, termos intimidade com Deus; se usarmos a parte do nosso ser que É DA MESMA NATUREZA DE DEUS, OU SEJA, O NOSSO ESPÍRITO HUMANO (que é a”centelha”, podem chamar também de”energia”DIVINA em nós, no mais profundo, no âmago do nosso ser! Ela existe e é verdadeira!). Peço que, com humildade, ao menos tentem com sinceridade ter uma EXPERIÊNCIA com singeleza e simplicidade de coração, de querer, desejar ardentemente CONTATAR DEUS, OUVI-LO COM OUVIDOS ESPIRITUAIS (é claro que é uma espécie de metáfora, por favor!). A outra questão é se haveria um tipo de “dial” para captar a frequência para se”comunicar” com Deus não é amigo? Sabe, o Espírito de Deus (que é compassivo, paciente, longânimo) quer se”mesclar”com o seu, com o nosso espírito humano! Esse “Dial” para sintonizar na frequência de Deus, é A ORAÇÃO! É bem verdade que (como dizem as próprias Escrituras) em geral, “não sabemos orar como convém”…mas como DEus não vê o exterior, Ele dá mais importância ao nosso”coração” (ou intenção, ou vontade sincera), Deus o Senhor, quando queremos orar sem escarnecer, sem xingar Deus, ou ofendê-Lo, mas no ÚNICO E SIMPLES desejo ardente de conhecê-lo, de EXPERIMENTÁ-LO; você vai INVOCAR O NOME DELE, e, de alguma maneira ou forma, VOCÊ VAI EXPERIMENTÁ-LO, SENTI-LO, E SE ELE QUISER ASSIM SE APRESENTAR, PODERÁ REALIZAR ATÉ ALGO MUITO GRANDIOSO OU QUE VOCÊ DUVIDARIA SER POSSÍVEL, NA SUA VIDA! A terceira colocação do amigo (se me recordo bem) foi se precisamos usar a nossa mente, que é lógica e racional, não precisaríamos do espírito! Já foi observado na natureza que o único ser (mesmo o mais primitivo) que sente necessidade (ou encontra sua plenitude interior fazendo isso) de adorar, de reverenciar, ou “oferecer culto, ou louvor” a Deus (ou O SER SUPERIOR), É O SER HUMANO!!! Convenhamos que teríamos de nos perguntar por quê??? Não poderíamos simplesmente DEIXAR ISSO PRA LÁ, E NÃO PENSAR NUNCA MAIS NISSO!!! Mas a verdade que temos de admitir é que nem nós que cremos em Deus e nem os ateus (que afirmam não crer em Sua existência) NÃO CONSEGUIMOS FICAR SEM PENSAR, OU MESMO QUESTIONAR (QUE É UMA FORMA DE PENSAR TAMBÉM) NISSO! Não poderia ser porque fomos”criados”com essa”ligação”inconsciente com quem nos criou (Deus)?? Ou porque, por sermos limitados, temos de reconhecer que para conseguir algo que precisamos, e esse algo está ALÉM DO NOSSO ALCANCE OU POSSIBILIDADE”LÓGICA”, dentro do nosso ser clamamos por Deus para que Ele o faça??? E, até os mais descrentes, em algum momento de suas vidas já ao menos SENTIRAM a nossa”pequenez”ou”impotência”diante de coisas ou circunstâncias da vida; percebendo que ao CLAMAR com reverência e algum respeito por DEus, o SEr supremo, vimos essas coisas mudarem ou se transformarem em algo bom, positivo, alentador, curativo, restaurando o que parecia perdido??? Solucionando o que para nós seria insolúvel??? Fica para REFLEXÃO! OUtro versículo do rico livro A BìBLIA: ” A MENTE COLOCADA (DIRECIONADA, POSTA) NA CARNE PENDE PARA A MORTE, MAS A MENTE COLOCADA NO ESPÍRITO PARA A VIDA E PAZ”…Então, não é uma questão de usar SÓ a nossa mente (que sabemos que, às vezes, a mente MENTE;ou PODE MENTIR, nos EQUIVOCAR!); MAS DE APLICAR A NOSSA MENTE, DIRECIONÁ-LA, PARA QUE ELA SEJA GOVERNADA, LIDERADA, PELO NOSSO ESPÍRITO NO NOSSO INTERIOR! Explicando melhor: NÃO PERMITIR A MENTE SE DISTRAIR, OU “NOS TRAIR” , AO EXIGIR que tudo seja de acordo com a NOSSA lógica (apenas com aquilo que NÓS conhecemos!), mas ao contrário, AQUIETAR A NOSSA MENTE, ORAR , PEDIR A PRESENÇA E O GOVERNO DE DEUS para o nosso pensar,,,,através e usando o nosso ESPÍRITO…Pois MAIS UMA VEZ: “DEUS É ESPÍRITO…E IMPORTA QUE OS SEUS ADORADORES O ADOREM EM ESPÍRITO E EM VERDADE…” Em outras palavras: se você quer CONHECER E CONTATAR DEUS VOCÊ PRECISA USAR O”ÓRGÃO” CERTO OU A “PARTE” DO SEU SER QUE TEM A MESMA NATUREZA DE DEUS!!!” .Que parte do nosso ser é essa: O NOSSO ESPÍRITO, que se encontra no ÂMAGO DO NOSSO SER, DO NOSSO INTERIOR…que muitas vezes negligenciamos e o deixamos “amortecido” seja pelo radical pensamento de que ele não existe, seja por não exercitá-lo (o que não se exercita se atrofia), seja por não sabermos e nos interessarmos saber em como usá-lo!!! Não sei se respondi o que o amigo SS Rodrigues queria , se satisfiz as suas colocações, mas creio que tentei! No mais, se apesar de meu longuíssimo comentário, ou narrativa, quiseres continuar com os teus pensamentos a respeito e desconsiderar tudo o que te disse; fique à vontade, pois, como diria os antigos:”TUA CABEÇA É TEU GUIA”…”OS PECADOS ATÉ PODEM SER PERDOADOS, MAS A CONSEQUÊNCIA DELES PERMANECEM, E SÃO RESPONSABILIDADE DE QUEM OS COMETEU”! No mundo material não é diferente: os adultos que possuem maturidade assumem as consequências do que pensam, falam e fazem! E acredito que TODOS NÓS aqui somos responsáveis pelas nossas opções! Tchau gente, agora vou dormir ok?! Abraços cordias a todos!
    Cristina.

  177. Pela primeira vez, discordo do Criaturo. Ofensas pessoais não dão direito a continuar no blog e, sendo o André, ao que parece, um troll disfarçado de católico pouco cristão, na minha opinião, deveria ser banido porque foi longe demais.
    Ave Maria, cheia de graça!
    é natural que a Ana se sinta ofendida injustamente, ja que considera comum criticar a moral da fé alheia.
    É função de ateus divulgar fofocas, desvirtuar , denegrir para atacarem a fé alheias, quando os fatos são reais , prestam um serviço a comunidade, quando não estão levantando falsos testemunhos contra os próximos e verdadeiros contra si mesmo.
    Mas nós os que acreditamos em cristo, devemos perdoar sempre aos ofensores, a exemplo dele mesmo veja os tópicos divulgados aqui:
    Jesus o charlatão
    Jesus se masturbava
    o anus de Deus.
    enquanto Deus cagava no mato

    ps. fique sempre a vontade para discordar e me criticar , estamos aqui para aprender a ouvir a opinião dos outros, expressar as nossas.
    e o mais importante questionar a tudo e a todos, sem partidarismo extremistas.

    sds

  178. SS

    Só uma observação: há algum interruptor que podemos acionar para fazer Deus acender?

    sacrifique sua vida pelos próximos e você conhecerá a Deus

    é como a frequência das ondas de rádio, por exemplo: se você não”SINTONIZAR”na mesma frequência, você não vai ouvir nada!!!

    Outra observação: há algum dial disponível para sintonizar-se esse Espírito? Assim como antigamente girávamos botões e agora o processo é digital, esse Espírito também incorpora novas tecnologias?

    Shirley , apesar de haverem uma inteiração entre os seres, voce sabia que a consciência que um verme possui da sua existência é a mesma que você possui referente a Deus ?
    Considero valida essa comparação feita pela irmã Cristina, de fato podemos entender Deus como um emissor de realidades e os seres como receptores ajustados conforme o nível de consciência ja desenvolvida.
    para um cego de nascença não existe imagens, para o surdo não existe sons e finalmente para um auto grau de autismo, este mundo também não existe, ja que sua frequência esta sintonizada em outro mundo.

  179. Criaturo

    É função de ateus divulgar fofocas, desvirtuar , denegrir para atacarem a fé alheias

    É normal que você se sinta ofendido num site de ateu, é claro que ninguém vai estar aqui adorando deuses sejam lá quais forem. Ao entrar numa página de ateu a pessoa já deve saber bem qual é o assunto que rola.
    Existem milhares de sites gospel, cada um para sua religião com seu Deus e os comentaristas são feitos entre irmãos.Eu não entro lá nem a pau.

    A propósito, você também já terminou de criar seu Deus pessoal?

  180. SS

    Vou meter minha colher na questão de se bloquear o André.
    Claro que em primeira e última instância a decisão soberana é do Barros, mas não concordo que se bloqueie ninguém, por mais torpe que seja, ainda mais quando esse alguém se proclama um portador de alguma superioridade moral.
    É bom que esses tipos exponham-se a si mesmos, numa prova de que ser cristão não é garantia de se ser melhor pessoa. Fica claro que se as pessoas são decentes, o são apesar da religião e não por causa dela.
    Especialmente no caso do André, que tem uma desonestidade argumentativa tão flagrante que acaba sendo, além de educativa, muito engraçada, na maior parte das vezes.

    apesar da picuinha acho que nem a Ana deseja de fato a expulsão do André , vejo voces unidos por suas divergências até que o Barros os separem estarão felizes discutindo.

  181. E eu fico pensando…
    Quem não tem todo conforto do mundo, e passa o dia revirando latas de lixo procurando alguma coisa pra comer; quem dorme na rua, sob o sereno, exposto ao vento e ao frio; quem vive humilhado, ignorado, achincalhado, esquecido; esses agradecem a quem?

    deveriam agradecer a sua bondade por ficar pensando neles ?
    Deus da ao seres humanos todos os meios para ajudarem a construir um mundo melhor, criticar a Deus por algo que voce mesmo poderia fazer , não passa de hipocrisia.

  182. criticar a Deus por algo que voce mesmo poderia fazer , não passa de hipocrisia.

    E “agradecer” a Deus por algo que você mesmo fez é o quê?

  183. eu disse que Jesus Cristo mantinha uma relação homossexual secreta com o discípulo João.

    tenho duvidas se voce acreditasse que Jesus tivesse existido, se assim mesmo voce manteria seus falsos testemunhos, ou se apenas denigre a imagem dele por não acreditar que seja uma pessoa real ?

  184. Você é um mero “animador de auditório”, introduzido aqui, possivelmente por alguém – quem sabe, pelo próprio Barros – só para polemizar e, nas suas próprias palavras, “dar audiência”.

    Ô Irineu! voce é novo por aqui e ja começou mal, levantando falsos testemunhos contra o dono do blog.
    O Barros não me parece um ser multipolar, se fosse quem garante que você também não seria apenas mais um dos seus personagens, representando o tempo que ele era crente ?

    ao invés de tornar-se um meio ateu, plantador de discórdia por que voce não começa expor suas ideias, para que possamos discuti-las se são validas ?
    Mas espero que seu ateísmo não resuma-se ao simplismo de Occam, ou o tradicional ateismo biblico, fala sério!

    sds

  185. André
    Foi pesado mesmo, mas foi proporcional, ela simplesmente chamou de assassino (estuprador) o líder máximo da minha igreja.
    não se deixe levar por emoções fortes que manterá sua razão

  186. Ana
    você acha que o ateu deve ouvir tudo isso caladinho como se concordasse com esse absurdo saído de pessoas com mentes curtas e limitadas?
    provocações fazem parte de discussões e incentiva uma maior reflexão

    Criaturo, apresentar links sobre fatos dos Papas corruptos, insanos, adeptos a orgias sexuais é ofensivo a fé de alguém e por isso, ele leva para o lado pessoal?
    eu mesmo penso que a castração religiosa é uma cruz pesada impostas aos homens, que ao invés de santificar os torna seres incompletos tentados a buscarem pelo natural complemento social.

    Por favor, se você tiver paciência volte a página e leia meus textos pessoais se ataquei com minhas próprias palavras as “autoridades papais” com meus próprio vocabulário que não sejam os escritos nas matérias dos links, certo?

    Pelo que eu pude entender O André de uma forma muito emocional e deselegante, quis demonstrar que divulgar fatos improváveis é tão justo quanto a tentar denegrir a imagem de alguém , também sem provas.
    ou seja ironicamente para exprimir indignação contra seus argumentos , usou do mesmo recurso de levantar falsos testemunhos, pois entre o achar e ter certeza pode haver um abismo erros.
    a de mais voces se envolveram nessa picuinha por ficarem comentando sobre a “vida alheia”, eu ja meti a mimha colher de mais, recomendo que se “Jesus esta voltando” , acho melhor acabarmos logo com o inferno desta “guerra santa”.

  187. Irmã Cristina

    Você fez proposições baseando-se na objetividade do mundo real e eu fiz perguntas dentro desse propósito.

    Ao invés de apresentar argumentos, você fez uma longa pregação.
    Talvez você não tenha percebido, mas aqui não é uma congregação repleta de ovelhas sedentas pela Palavra. Eu não sou ovelha cristã, sou ateia e lido com argumentos, se quisesse pregação ia na igreja.
    Por isso não vou considerar nada do que você escreveu para poder responder.

    Funde uma igreja. Amém?

  188. Criaturo

    Shirley , apesar de haverem uma inteiração entre os seres, voce sabia que a consciência que um verme possui da sua existência é a mesma que você possui referente a Deus ?

    Você se considera um verme aos olhos do seu Deus? Que triste isso.

  189. André

    Foi pesado mesmo, mas foi proporcional, ela simplesmente chamou de assassino o líder máximo da minha igreja.
    O problema é que a acusação foi muito pesada, assassinato e orgias dentro do Vaticano?

    André temos que ser imparciais , não podemos negar a incrível capacidade do homem em praticar o mal , nem querer isentar a responsabilidade de Deus por nos ter criado assim.
    não ficaria surpreso se ficasse provado que religiosos usam do seu poder para praticarem pedofilias, ou assédios sexuais, para mim este seria o preço pago pela cruz da castração religiosa que carregam, para mim isto não é uma coisa natural, muito menos divina.
    Tudo faz parte do ego humano, um sacrifico só é valido quando favorece ao outro, caso contrario não passa de um masoquismo do ego.

  190. Barros

    Jesus mandou trazer vários cântaros de água e transformou seu conteúdo em vinho.
    — É mentira! Conversa fiada! Cadê as provas? Algum documento comprovando isso?? Não nada. Só blá blá blá.

    Calma! não precisa se exaltar!
    aposto que o dia que voce ver algum religioso conseguindo transformar água em vinho voce se tornará uma fiel ovelha…glup…glup..glup…ic..ic…hurra!

  191. Shirley

    Impossível ler o comentário da irmã pastora Cristina pelo óbvio de que seu propósito é fazer uma pregação para os leitores que não estão nem aí para seu tão poderoso Deus, e como todo crente grita suas preces dentro da igreja a gente percebe que aqui também ela consegue entrar em transe principalmente quando começa a berrar usando das teclas Caps Lock para seus argumentos senão, ninguém escuta sua lereia.

    O DR encontrou uma parceira, mas ela ainda anão aprendeu a colocar links e vídeos a revelia como ele faz.

  192. André
    a Igreja Católica nesse tempo todo fez muita caridade, educou muita gente, construiu escolas, hospitais e universidades. Amém!
    cade a imparcialidade André?
    por outro lado mandou muita gente para fogueira, empacou a ciência e disseminou muita guerra santa, templários matavam em nome de Deus, que coisa feia usar o santo nome de Deus em vão!
    Moisés fez escolas.

  193. Criaturo:

    não ficaria surpreso se ficasse provado que religiosos usam do seu poder para praticarem pedofilias, ou assédios sexuais

    nem eu ficaria surpreso, por isso disse que “havendo provas” eu até pediria desculpas, ou seja, estou aberto a possibilidade.

    Poderia falar mais sobre o que penso, mas em nome da paz, para não dar corda a discussão, vou parar por aqui.

  194. Pois é Ana percebi a “gritaria”. Tem crente que pensa que o Deus é surdo…

    Criaturo cuidado hein? Se continuar contestando o André, já já ele volta a caridade cristã dele contra você.

  195. Criaturo:

    Eu disse “a Igreja Católica nesse tempo todo fez muita caridade, educou muita gente, construiu escolas, hospitais e universidades. Amém!” e vc respondeu:

    cade a imparcialidade André?
    por outro lado mandou muita gente para fogueira, empacou a ciência e disseminou muita guerra santa, templários matavam em nome de Deus, que coisa feia usar o santo nome de Deus em vão

    Isso não tem a ver com imparcialidade. Imparcialidade não quer dizer ficar sempre em cima do muro. Já expliquei aqui que a Santa Inquisição ocorreu num contexto de expulsão dos muçulmanos da Europa e significou alguns milhares de mortes num longo período. Compare com o comunismo e é fichinha. No entanto, não vejo a mesmo indignação no blog contra Stalin e Mao.

    E não se esqueça que matou-se mas também foram mortos pelos muçulmanos. Era uma guerra, você não pode acusar um país de assassino por que matou e foi morto no contexto de uma guerra.

    Empacou a ciência? Os Jesuítas foram os primeiros a construir universidades no Brasil, o próprio conceito de Universidade surgiu com o catolicismo. A teoria do Big Bang foi proposta por um padre belga. A liberdade de expressão que um professor tem nas PUCs é maior que em qualquer outra universidade religiosa. E somente tente imaginar o que seria uma universidade ATÉIA com um professor cristão lá dentro defendendo a bíblia e Jesus. O cara não ia ter amigos nem para tomar um cafezinho!!!

  196. A Igreja Católica oficialmente Estado da Cidade do Vaticano não fez nada mais que obrigação em ajudar os necessitados, afinal ela é um Estado, é milionária e capitalista à custa dos fiéis, possui castelos, banco.
    Tem que ajudar sim, e não é por bondade é uma obrigação.

    ,

  197. As Universidades Católicas do Brasil são particulares e bem caras, é preciso ter dinheiro para estudar nelas e os donos ganham muito com elas.

  198. irmã Cristina

    é um ser TRIPARTIDO (como Deus que o criou é Triúno; o homem que tem Sua imagem e semelhança é, portanto, tripartido); possui Espírito, alma e corpo.

    voce afirma isso por conhecimento próprio ou ouviu falar que é assim ?

    Qual seria a diferença entre espirito e alma ?

    Ana

    É normal que você se sinta ofendido num site de ateu, é claro que ninguém vai estar aqui adorando deuses sejam lá quais forem. Ao entrar numa página de ateu a pessoa já deve saber bem qual é o assunto que rola.
    A melhor forma de não sofrer provocações religiosas é não ser adepto de nenhuma religião.

    Existem milhares de sites gospel, cada um para sua religião com seu Deus e os comentaristas são feitos entre irmãos.Eu não entro lá nem a pau.

    preconceito ou cautela ?…..ha..ha..ha..ha..ha

    A propósito, você também já terminou de criar seu Deus pessoal?
    ele esta sempre evoluindo e aberto a novos questionamentos

  199. voce ta pensando que o ateu veio do Barros ?
    E “agradecer” a Deus por algo que você mesmo fez é o quê?
    continua sendo apenas orgulho de quem acha que pode algo sem Deus, sem ele voce seria de fato a inexistência a qual deposita sua fé!

  200. Já expliquei aqui que a Santa Inquisição ocorreu num contexto de expulsão dos muçulmanos da Europa

    Foi para expulsar muçulmanos que a igreja católica queimou Giordano Bruno vivo? A igreja católica aproveitou que estava expulsando muçulmanos para expulsar judeus, submetê-los à Inquisição, tomar seus bens, obrigá-los a abjurar em favor do cristianismo?

    significou alguns milhares de mortes num longo período. Compare com o comunismo e é fichinha. No entanto, não vejo a mesmo indignação no blog contra Stalin e Mao.

    Ah, entendo. Então para você o problema não é que se mate, mas a quantidade que se mata.

    E não se esqueça que matou-se mas também foram mortos pelos muçulmanos. Era uma guerra, você não pode acusar um país de assassino por que matou e foi morto no contexto de uma guerra.

    Os espanhóis retomaram completamente a Espanha do domínio otomano em 1500 e alguma coisa. A Inquisição continuou muito depois dessa data. Onde está a guerra aí?

    Se formos pelo seu argumento, os comunistas estavam numa guerra, combatiam primeiro o imperialismo cristão russo e depois o capitalismo burguês cristão.

    Vê como é perigoso usar argumentos sem domínio dos fatos?

    A liberdade de expressão que um professor tem nas PUCs é maior que em qualquer outra universidade religiosa

    Isso quer dizer que em outras universidades religiosas os professores não têm liberdade de expressão?

    E somente tente imaginar o que seria uma universidade ATÉIA com um professor cristão lá dentro defendendo a bíblia e Jesus.

    É, imaginar é só o que você pode fazer, já que não existem universidades ateias e se existissem, você não tem como provar que seria como você fala. Aliás, você pode, por favor, nos apresentar um caso de professor ateu em universidade religiosa defendendo o ateísmo?

  201. SS

    Shirley , apesar de haverem uma inteiração entre os seres, voce sabia que a consciência que um verme possui da sua existência é a mesma que você possui referente a Deus ?
    Você se considera um verme aos olhos do seu Deus? Que triste isso.

    considero todos seres viventes como níveis diferentes da consciência divina e para mim isso é motivo de alegria.
    a comparação seria assim: dentro de você ha seres microscópios interagindo com a sua vida positiva ou negativamente, eles também ainda não possuem um nível de consciência minima para poderem detectar que estão vivendo dentro de um ser mais complexo, no caso você.
    Talvez diante do universo Deus ,você também não passe de um ser microscópio sem a minima consciência de que pode estar vivendo dentro de um ser ainda mais complexo .

  202. SS

    Criaturo cuidado hein? Se continuar contestando o André, já já ele volta a caridade cristã dele contra você.
    ele tem total liberdade para divergir
    prezo pela razão e imparcialidade acima da fé

  203. Criaturo

    preconceito ou cautela ?…..ha..ha..ha..ha..ha
    Nem um e nem outro, por consideração, é um direito deles. Cada um na sua desde que não invadem meus limites e vamos viver em paz.

  204. André

    Isso não tem a ver com imparcialidade. Imparcialidade não quer dizer ficar sempre em cima do muro.

    não nego todos os benefícios e malefícios causados por religiões politicas

    E não se esqueça que matou-se mas também foram mortos pelos muçulmanos. Era uma guerra, você não pode acusar um país de assassino por que matou e foi morto no contexto de uma guerra.
    Empacou a ciência?

    Eu não não posso mas, Deus pode : “Não matarás usando meu santo nome em vão”
    “misericórdia quero e não holocaustos”

    Os Jesuítas foram os primeiros a construir universidades no Brasil, o próprio conceito de Universidade surgiu com o catolicismo. A teoria do Big Bang foi proposta por um padre belga. A liberdade de expressão que um professor tem nas PUCs é maior que em qualquer outra universidade religiosa. E somente tente imaginar o que seria uma universidade ATÉIA com um professor cristão lá dentro defendendo a bíblia e Jesus. O cara não ia ter amigos nem para tomar um cafezinho!!!
    Tambem foram uns dos primeiros a escravizarem índios
    coitadinho do Galileu! Joana Dar´c , alias não foram os religiosos fariseus que ironicamente assinaram Jesus em nome do deus de moisés ?

    uma universidade ATÉIA com um professor cristão lá dentro defendendo a bíblia e Jesus. O cara não ia ter amigos nem para tomar um cafezinho!!!

    é melhor não dar idéias, ja teve um ateu aqui querendo abrir uma “igreja ateísta dos últimos dias”
    A Bete Amorim uma ateia dizia se professora de religião, se não me engano no tópico: “uma ateia ensinando religião”.

  205. Ana

    preconceito ou cautela ?…..ha..ha..ha..ha..ha
    Nem um e nem outro, por consideração, é um direito deles. Cada um na sua desde que não invadem meus limites e vamos viver em paz.

    temos que globalizar as idéias, os evangélicos necessitam resgatar ovelhas perdidas, pensam que são missionários abnegados que arriscam sua própria fé, entrando no inferno ateu para tentarem salvar almas.
    A intenção é boa porem a missão é quase impossível! isso é que é ter fé!

  206. Quando começam ser ameaçados pela razão saem correndo de volta para seus cercadinhos da fé, de volta a proteção do pastor, algumas se sente felizes sendo tosquiadas.

  207. A Igreja Católica oficialmente Estado da Cidade do Vaticano não fez nada mais que obrigação em ajudar os necessitados

    Grande argumentação, fiquei estarrecido pela inteligência e profundidade.

    As Universidades Católicas do Brasil são particulares e bem caras, é preciso ter dinheiro para estudar nelas e os donos ganham muito com elas.

    As que eu conheço tem o preço normal, e oferecem credito educativo, etc. Eles tem os custos de uma universidade normal. Deixam até ateu estudar lá, não deveriam né?

  208. Eu disse:

    A liberdade de expressão que um professor tem nas PUCs é maior que em qualquer outra universidade religiosa

    a SS responde:

    Isso quer dizer que em outras universidades religiosas os professores não têm liberdade de expressão?

    Realmente você é mulher, não está nos enganando. Foi uma resposta do tipo o homem diz “você está bonita hoje”, a fulana responde “quer dizer que nos outros dias eu não estava???”

  209. Criaturo:

    Tambem foram uns dos primeiros a escravizarem índios

    Me explique melhor. Até onde eu sei, os Jesuítas não escravisaram ninguém. Aliás, a idéia de escravo vai contra a moral cristã. Se fosse moral atéia, bem, daí teríamos que fazer uma pesquisa no Ibope. Se a maioria concordasse, beleza.

  210. As que eu conheço tem o preço normal, e oferecem credito educativo, etc. Eles tem os custos de uma universidade normal. Deixam até ateu estudar lá, não deveriam né?

    Caramba Andre´ voce fala dos ateus como se eles não fossem gente.
    alias interesses não possui preconceitos….ha.ha..ha..ha

  211. Andre

    Me explique melhor. Até onde eu sei, os Jesuítas não escravisaram ninguém. Aliás, a idéia de escravo vai contra a moral cristã.

    começaram desrespeitando a fé índigina , a moral cristã de fato vai contra a escravização mas, a moral religiosa usa de politicas escravagistas para dominar massas seguindo a escola de Moisés .
    antigamente quem governava era a igreja .

  212. Quem é, pois,o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?

    Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.

    Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.
    Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá;

    E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios, virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe,

    Mateus 24:45-50

    É claro que, como os tempos são outros, a Igreja ardilosamente vem tentando tirar a conotação de escravo dessas passagens, substituindo por termos mais palatáveis como “servo” e “criado”.

  213. va estudar o AT que vera que alguns servos eram assalariados ou empregados voluntários.
    Aliás os Senhor em questão da parábola é Deus.

  214. Eu já li o AT. Especialmente naquelas instruções do seu Deus fofinho dizendo que você pode espancar à vontade seu escravo, pois, desde que ele não morra dentro de três dias… tá tudo numa boa!!!!

  215. Vocês acham que todo mundo é idiota. Só pode.

  216. André

    Realmente você é mulher, não está nos enganando.

    Oi? Isso é muito interessante. Por que razão você pensou que eu estivesse me fazendo passar por mulher? É algo familiar a você, se fazer passar por outra pessoa?

  217. É algo familiar a você, se fazer passar por outra pessoa?

    Ai, Jesus!, não deixe que ele seja a Day, por favor, por favor, por favor…

  218. Barros

    Vocês acham que todo mundo é idiota. Só pode.

    Ou torcem para que todo mundo seja idiota e deixe passar as imposturas intelectuais deles em branco.
    É o que resta, já que eles mesmos têm que obrigar a própria mente ao ponto da idiotia, muitas vezes, para poder justificar os incômodos inconvenientes da crença.
    Escravos não são escravos, a moral cristã é contra a escravidão mas quando a escravidão foi a tendência dominante os cristãos compraram e venderam escravos. Aliás, como maioria que é, os cristãos estão sempre dando uma banana para essa tal de moral cristã sempre que lhes convém. Dá até a impressão que essa tal de moral cristã tem menos utilidade que papel higiênico usado.
    A propósito, o termo servo designa quem não é livre, não tem direitos ou bens, que é sujeito a um poder ou a um senhor; escravo, enfim.

  219. Me cite um versículo do Novo Testamento em que Jesus diz um A que seja contra a escravatura.

  220. Acho que peguei o bonde andando. Quem é a Day?

  221. Acho que peguei o bonde andando. Quem é a Day?

    Por falar nisso: Quem é você?

  222. O comentário acima é meu. Cadê a Day?

  223. Ele deve ser mulher sim, senão não pegava tanto no pé das mulheres, pode ser uma frustrada ou uma sapata. Não tem freios na língua e joga toda sua sujeira por cima de nós.

  224. Barros fiz uma limpeza no meu arquivos, cockies,histórico com senhas e tudo etc pelo CCleaner e acabei desconectando meu avata, hahaha

    Ana

  225. Caramba Andre´ voce fala dos ateus como se eles não fossem gente.
    alias interesses não possui preconceitos….ha.ha..ha..ha

    Foi só uma provocadinha, mas pense bem: a coisa é construída e levantada com dinheiro Católico, os ateus chegam de paraqueda no final só para se matricular? E ainda por cima ficam falando que crente é burro, que Papa é tarado e assassino?

    a moral religiosa usa de politicas escravagistas para dominar massas seguindo a escola de Moisés

    Uhm? Vou ter que pedir que explique melhor que politicas escravagistas são essas. O que eu sei é que HOJE as igrejas abrem suas portas para os famintos. Nos EUA, com a invasão de crianças da America Central via fronteira com o México, quem foi lá oferecer abrigo? A igreja e suas ordens religiosas.

  226. Oi? Isso é muito interessante. Por que razão você pensou que eu estivesse me fazendo passar por mulher? É algo familiar a você, se fazer passar por outra pessoa?

    Quem falou isso foi sua amiga Ana Júdice (nome falso)

  227. Ele deve ser mulher sim, senão não pegava tanto no pé das mulheres, pode ser uma frustrada ou uma sapata. Não tem freios na língua e joga toda sua sujeira por cima de nós.

    Ele quem?

  228. Me cite um versículo do Novo Testamento em que Jesus diz um A que seja contra a escravatura.

    Barros, se ele não falou sobre a lei da gravidade não quer dizer que seja contra a mesma. Além do mais, fazendo uma leitura sistemica do NT, vê-se que ele sempre se posicionou a favor dos pobres, dos pequenos, dos indefesos e disse que destes será o reino dos céus. Também disse que todos, sem exceção, somos criados a imagem e semelhança de Deus. Precisa falar que é contra a escravidão?

    Veja que nós cremos que Deus te ama, mesmo que você não queira e viva fazendo capetices.

  229. SR Andre Fuxiqueiro

    Isso não é nome falso.

    Eu falei que uso um codinome para preservar minha identidade como nos fóruns de discussão , mas que, com o tempo a gente pode revelar para as pessoas com quem ficamos mais íntimas como com a Maria e a Shirley que se mostraram pessoas íntegras equilibradas.

    No meu site Ponderável no menu “sobre a autora” esclareço que Ana Júdice é um apelido e explico o porque.
    Muitas pessoas usam este meio e não significa nenhuma falsidade.

    Como você é mesquinho e maquiavélico, tenho pena de pessoas que rastejam como você.

    Aqui mesmo no site do Barros existem várias pessoas que usam nickname, tais como:

    Criaturo
    O saracura2,
    iced Mocam
    Naná,
    ton, on
    Stranger_Land,
    como Deus nasceu ?
    Analisador
    Cientista,
    Estudado,
    Simplicidade

  230. André

    Quem falou isso foi sua amiga Ana Júdice (nome falso)

    O “isso” a que você se refere é a sua frase:

    Realmente você é mulher, não está nos enganando.

    Que feio, André, mentindo tão descaradamente a céu aberto? Onde está sua superioridade moral cristã? No mesmo lugar em que você coleciona suas calúnias, como dizer que Ana usa nome falso?

    pense bem: a coisa é construída e levantada com dinheiro Católico, os ateus chegam de paraqueda no final só para se matricular? E ainda por cima ficam falando que crente é burro, que Papa é tarado e assassino?

    Que mundo encantador esse em que você gostaria de viver, não é? Segregação, discriminação…A PUC é uma universidade paga. Se ateus têm dinheiro para pagar, não deveriam estudar lá por quê? Lá não se ensina só teologia. Ou você acha que a PUC teria a relevância que tem se ensinasse só teologia, essa pseudo-ciência? Claro que não, né?

    fazendo uma leitura sistemica do NT, vê-se que ele sempre se posicionou a favor dos pobres, dos pequenos, dos indefesos e disse que destes será o reino dos céus. Também disse que todos, sem exceção, somos criados a imagem e semelhança de Deus. Precisa falar que é contra a escravidão?

    Olha que Jesus bonzinho. Falou em favor dos sofredores e pobres. Tão meigo, isso. Se ninguém prestar atenção no fato de que os crentes dele dizem que ele era filho do dono do universo, ou o próprio, fica bem mais fácil, claro, não achar esquisito que um deus de amor, ao invés de cuidar dos fracos e oprimidos, prefira arrumar um rolo com as autoridades para ser crucificado. Olha só Barros, agora além de interpretar e contextualizar, é necessário ver o que está implícito.
    E o Jesus não falou sobre a lei da gravidade por não ter a mínima ideia do que fosse isso.

  231. […] sessrodrigues em Jesus está voltando […]

  232. Aqui mesmo no site do Barros existem várias pessoas que usam nickname

    Mas tem uma diferença. Eu sei que o nome do Criaturo não pode ser Criaturo. O mesmo com Saracura, Cientista, etc. Já Ana Júdice é um nome, se você não tivesse dito que não era seu, eu não ia saber.

    No meu site Ponderável no menu “sobre a autora” esclareço que Ana Júdice é um apelido e explico o porque.

    Brincadeira, todos aqui tem o seu próprio site (Barros, Criaturo, ss Rodrigues, Wagner Menke (e talvez outros?) , menos eu. Vou dar um cabo de enxada para cada um de vocês.

  233. Que feio, André, mentindo tão descaradamente a céu aberto? Onde está sua superioridade moral cristã? No mesmo lugar em que você coleciona suas calúnias, como dizer que Ana usa nome falso?

    Ela que disse que usa codinome.

    A PUC é uma universidade paga. Se ateus têm dinheiro para pagar, não deveriam estudar lá por quê?

    Por que o critério tem que ser o dinheiro? Poderia dizer que a Universidade é Católica e portanto, feita para alunos católicos, condições para matrícula mostrar o atestado de batismo.

    É importante entender que o investimento é da igreja, foi ela que construiu e administra. Daí vem um urubu no final e diz “é meu DIREITO estudar aqui”. Não é bem assim. Essa mentalidade é de MST que gosta de afanar as coisas dos outros.

    Olha só Barros, agora além de interpretar e contextualizar, é necessário ver o que está implícito.

    Exatamente, por isso que padres estudam hermeneutica da bíblia durante anos. Essa coisa do peão por uma bíblia embaixo do sovaco, saber ler e achar que já pode fundar a sua própria igreja é efeito colateral da revolução protestante. Interpretar a bíblia não é para qualquer um. Eu mesmo não sou especialista.

    Se ninguém prestar atenção no fato de que os crentes dele dizem que ele era filho do dono do universo, ou o próprio, fica bem mais fácil, claro, não achar esquisito que um deus de amor, ao invés de cuidar dos fracos e oprimidos, prefira arrumar um rolo com as autoridades para ser crucificado

    Ele não queria arrumar rolo com ninguém, arrumaram rolo com ele. Nasceu numa família muito pobre, não poderia ter origem mais humilde. Nunca fez mal a ninguém e teve uma morte horrível. Só por isso já merece o meu maior respeito.

  234. Meninas Ana e Shirley,
    Eu respondi segundo o que sinto e penso, segundo minhas convicções e minha experiência pessoal com Deus (Deus que, querendo ou não, é o ÚNICO motivo da existência deste Blog- depois explico porque) e também de acordo com o que a própria Bíblia descreve, pois creio que realmente é a Palavra de Deus! Mas enfatizei que não tenho a intenção de convencer ninguém de nada! O que expus foi tentando responder às perguntas que me foram feitas! Inclusive comentei que poderia ser que não conseguisse satisfazer às indagações de acordo com o esperado por quem as propôs! E, na verdade, nenhum de nós tem a obrigação de fazê-lo: de satisfazer totalmente a expectativa dos outros participantes. Se não consegui, não posso fazer nada com relação a isso! Quanto a”fundar uma igreja”, é um uso de conceitos equivocados do que é A IGREJA (olha a Caps Lock aí gente!… SÓ PRA DESTACAR A IDÉIA HEIN! Não me interpretem mal por favor!). A palavra IGREJA vem do grego EKKLESIA, que significa ASSEMBLÉIA DOS CHAMADOS. Não é um prédio, nem tampouco uma organização ou coisa material (palavra mais querida pelos ateus)! Mas composta de “pedras vivas” que são as pessoas que a compõem (os membros da Igreja, essas pessoas, no coletivo, SÃO A IGREJA DE CRISTO!, segundo a Bíblia!). Parece que tem ateus aqui que lêem ou já leram a Bíblia (toda???), e seria bom procurar nos livros do apóstolo Paulo aos Efésios (da cidade de Éfeso), e aos Colossenses (de Colossos) para compreenderem o verdadeiro significado de IGREJA! Fiz esta observação pra explicar a vocês que esse termo é utilizado equivocadamente até por cristãos que não se aprofundaram no conhecimento ou revelação da palavra! Não condeno ninguém por isso, pois sempre é tempo de aprender, para quem realmente quer aprender! E também pra que entendam que nem eu nem pessoa nenhuma, segundo a verdade bíblica, poderia “fundar uma igreja”, simplesmente porque ela (a Igreja) foi revelada no livro de Mateus pelo próprio Senhor Jesus. Ele (Jesus) REVELOU a Igreja! Na realidade, desde o momento em que os primeiros seres humanos tiveram a consciência da existência de Deus (para nós que cremos!) e passaram a CRER Nele e a ADORÁ-LO e AMÁ-LO, a Igreja JÁ passou a existir! E a partir disso o número de pessoas que se tornaram os membros do Corpo místico de Cristo SÓ CRESCEU ao longo da história (para “desespero” dos ateus???).
    Criaturo, notei que você está sendo sincero em realmente querer saber porque falei em Deus TRIÚNO e homem TRIPARTIDO. Se você assim desejar, leia o livro do Apóstolo Paulo aos Tessalonicenses ( na Bíblia é claro), e você verá em um dos trechos a frase reveladora:”E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO PERMANEÇAM ÍNTEGROS……”Ou seja, nós somos TRIPARTIDOS porque temos Espírito, alma e corpo! E como Deus é TRIÚNO (Pai, Filho e Espírito), não é coincidência tal semelhança! É na verdade porque fomos feitos a imagem e semelhança de Deus!
    Quanto ao que disse a Ana: “ninguém está nem aí para o seu poderoso Deus…” SERÁ??? Se fosse assim como me explicas me perguntarem coisas sobre Ele??? E agora explico, conforme disse acima, porque Deus é a única razão de ser desse Blog: simplesmente pelo motivo de que a preocupação dos ateus é provar que Deus não existe e alardear isso para o mundo (e isso também não seria uma espécie de”pregação”??? Só que a pregação da”não crença em Deus”! E se não se falasse de Deus nesse Blog…será que ele (o Blog) continuaria existindo??? Lanço agora um desafio: Experimentem nem tocar mais no nome de Deus em seus comentários…aí JÁ ERA este democrático Blog!!! Ana e Shirley, me desculpem se “invadi” o território dos ateus….achei que todos poderiam expor suas opiniões e o que é a verdade para cada um! E só escrevi algumas palavras em Caps Lock para destacar os seus significados, jamais para ser ouvida ou lida ( mesmo porque vocês OUVEM alguma coisa quando lêem os comentários dos outros nesse Blog?? Então por favor me contem como!). E Ana, embora você não creia no impossível, mas ele aconteceu: você disse que era IMPOSSÍVEL ler o meu comentário, porém VOCÊ o leu; senão não teria falado nada a respeito! Mas, sinceramente, não falei isso pra te provocar, seria perda de tempo pra mim e ninguém ganharia nada com isso. O curioso é que se vocês não acreditam de maneira nenhuma que existe Deus, então não seria mais LÓGICO (outra palavra-chave para os ateus, como se a nossa”lógica”atual a qualquer momento da história não pudesse se tornar totalmente”ilógica”!), então, como eu ia dizendo: não seria mais lógico e sensato simplesmente IGNORÁ-LO??? Parar de falar Dele??? Sinceramente, se eu não acredito em algo, se não gosto de alguém (a não ser que eu adorasse fofocas!!!), se “não estou NEM AÍ pra Deus” (como afirmou a Ana), é simples: É só IGNORÁ-LO minha gente! E eu… vou saindo, pois me desculpem, mas acho que já disse o que eu queria dizer!

  235. Cada um na sua desde que não invadem meus limites e vamos viver em paz.
    A paz irmã Ana !

  236. Barros, on 25/08/2014 at 18:57 said:
    Eu já li o AT. Especialmente naquelas instruções do seu Deus fofinho dizendo que você pode espancar à vontade seu escravo, pois, desde que ele não morra dentro de três dias… tá tudo numa boa!!!!
    Vocês acham que todo mundo é idiota. Só pode.

    mais do mesmo:

    39 ¶ Quando também teu irmão empobrecer, estando ele contigo, e vender-se a ti, não o farás servir como escravo.
    40 Como diarista, como peregrino estará contigo; até ao ano do jubileu te servirá;
    41 Então sairá do teu serviço, ele e seus filhos com ele, e tornará à sua família e à possessão de seus pais.
    42 Porque são meus servos, que tirei da terra do Egito; não serão vendidos como se vendem os escravos.
    43 Não te assenhorearás dele com rigor, mas do teu Deus terás temor.
    Como diarista, de ano em ano, estará com ele; não se assenhoreará sobre ele com rigor diante dos teus olhos.
    E, se desta sorte não se resgatar, sairá no ano do jubileu, ele e seus filhos com ele.

    Levítico 25:53-54

  237. SS

    A propósito, o termo servo designa quem não é livre, não tem direitos ou bens, que é sujeito a um poder ou a um senhor; escravo, enfim.

    as passagens citadas acima servem para refutar o seu comentario

  238. Barros

    Vocês acham que todo mundo é idiota. Só pode.
    Me cite um versículo do Novo Testamento em que Jesus diz um A que seja contra a escravatura.

    Não acho que sejam idiota apenas não conseguiram entender o que significa isto :

    “amar ao próximo como a ti mesmo ”
    ” misericórdia quero e não holocaustos”

  239. Porque são meus servos, que tirei da terra do Egito; não serão vendidos como se vendem os escravos.

    Deus instruía os israelitas a tomarem como escravos pessoas de outros povos vizinhos. É claro que ele não admitiria que um israelita fizesse outro israelita de escravo, já que ele “tirou a ambos da terra do Egito”: um não seria inferior ao outro. Mas, como sempre, os outros povos (não escolhidos) que se fodam.

    Deus era a favor da escravidão. Deus instruía seu povo escolhido a tomarem outros seres humanos como escravos. Deus legislava como os senhores deveriam castigá-los, e fim de papo.

    Jesus, que sabia de tudo isso, nunca falou nada contra nem a favor da escravidão porque, para ele, como para qualquer outro judeu da época, aquilo fazia parte de sua cultura.

    Jesus nunca disse: “Em verdade vos digo que vocês devem desconsiderar o que eu disse, enquanto Deus, sobre tomar pessoas como escravas, porque isso é errado”.

    Ele disse: “Se um escravo é encarregado de guardar o dinheiro do seu senhor, ele deve botar o dinheiro numa conta poupança, em vez de escondê-lo na terra”.

  240. Anonimo
    Ele deve ser mulher sim, senão não pegava tanto no pé das mulheres, pode ser uma frustrada ou uma sapata. Não tem freios na língua e joga toda sua sujeira por cima de nós.

    seu comentário dever ter a mesma importância da sua identidade
    vê se cresce e aparece! que coisa feia heim ?

  241. Andre

    Uhm? Vou ter que pedir que explique melhor que politicas escravagistas são essas. O que eu sei é que HOJE as igrejas abrem suas portas para os famintos. Nos EUA, com a invasão de crianças da America Central via fronteira com o México, quem foi lá oferecer abrigo? A igreja e suas ordens religiosas.

    Desde o inicio o homem se servem politicamente do nome de Deus para dominar , manipular e enriquecer a custa fé de outros homens.
    por falar nisto voce sabia que a igreja católica é uma das que possui maior numero de terras e igrejas nas principais cidades do mundo ?
    Quanto as obras sociais de fato existem.

    Moisés usava o nome do seu deus dos exércitos para dominar seu povo , matar escravizar e roubar terras dos seu inimigos , ou seriam apenas vitimas dos sem tetos hebreus ?

  242. André

    Brincadeira, todos aqui tem o seu próprio site (Barros, Criaturo, ss Rodrigues, Wagner Menke (e talvez outros?) , menos eu. Vou dar um cabo de enxada para cada um de vocês.

    ainda bem que voce avisou que só esta brincando,,,he..he…he…he

  243. Cristina

    E eu… vou saindo, pois me desculpem, mas acho que já disse o que eu queria dizer!

    SS sua estraga prazeres , menina má voce é o que uma espécie de “espanta crente” ?
    fazer o que mais uma ovelha perdida despachada para o aconchego do cercadinho crente.

  244. Criaturo,

    Sim, é verdade, a igreja tem muitas propriedades imobiliárias, é normal, imagine o numero de igrejas e cada uma construída num terreno da Igreja.

    Mas veja que há uma diferença entre Igreja Católica e Edir Macedo. O Edir Macedo pode ter vida de luxo, andar de jatinho particular, casar, ter filhos… os padres não tem vida de luxo, é só olhar aí na sua cidade. Além do mais tem grandes restrições pois não podem casar e ter filhos. Ou seja, ser padre não é ‘bom negócio’, já ser Pastor parece mais atraente.

    Sobre Moisés, eu nao sei dizer, o VT é meio estranho mesmo, se pudesse, eu eliminaria-o e ficaria somente com o NT, mas… enfim, eu não vejo a igreja atual e da colonização como escravizadora. O que houve, foi por ex. que os Jesuítas montavam comunidades e quem quisesse viver alí e se beneficiar da comunidade tinha que seguir as regras do local. Isso é bem diferente de ir la floresta e caçar índio para escravizar.

  245. Cristina

    “E eu… vou saindo, pois me desculpem, mas acho que já disse o que eu queria dizer!”

    já! Tão cedo. Pregou, pregou e não contestou nada a respeito do tema proposto no texto!

  246. Barros

    Mas, como sempre, os outros povos (não escolhidos) que se fodam.
    calma ai amigão cuidado com os termos chulos, lembre-se do “código de conduta da sua Deusilusão”, se continuar assim teremos que reunir os membros crentes para decidir se expulsaremos o dono do blog.
    A arca de noé não cabe todo o mundo, logo alguns irão ter que perecer mesmo.
    sem saber nadar, eu acho que naquele tempo voce foi um dos que foram deixados para trás, reencarnação explica muita coisa da sua vida atual.

    Deus era a favor da escravidão. Deus instruía seu povo escolhido a tomarem outros seres humanos como escravos. Deus legislava como os senhores deveriam castigá-los, e fim de papo.
    eu ja não tenho toda essa sua fé, para mim isso ta mais é cheirando a coisa de homens.

    Jesus, que sabia de tudo isso, nunca falou nada contra nem a favor da escravidão porque, para ele, como para qualquer outro judeu da época, aquilo fazia parte de sua cultura.
    Ensinou a amar ,mas alguns entenderam que era para escravizar
    alem do mais no tempo de Jesus servos eram assalariados

    Jesus nunca disse: “Em verdade vos digo que vocês devem desconsiderar o que eu disse, enquanto Deus, sobre tomar pessoas como escravas, porque isso é errado”.
    Jesus nunca disse ser Deus

    Ele disse: “Se um escravo é encarregado de guardar o dinheiro do seu senhor, ele deve botar o dinheiro numa conta poupança, em vez de escondê-lo na terra”.

    Essa parábola refere-se que no nascimento o homem , recebe alguns talentos divinos, aptidões, inteligencia, saude, familia, oportunidades e que tem a obrigação de fazer multiplicar esses bens recebidos, caso contrario os perderá, pois quem tiver mais sera dado e aquele que não tem, até o que acredita ser dele, lhe será tirado e entregue alguem mais merecedor das dadivas divinas.

  247. Andre


    pois não podem casar e ter filhos. Ou seja, ser padre não é ‘bom negócio’, já ser Pastor parece mais atraente.

    sou contra a castração religiosa , que para mim é antinatural , pois se devemos tentar a Deus , porque Deus deveria nos tentar ?

    Sobre Moisés, eu nao sei dizer, o VT é meio estranho mesmo, se pudesse, eu eliminaria-o e ficaria somente com o NT, mas… enfim, eu não vejo a igreja atual e da colonização como escravizadora. O que houve, foi por ex. que os Jesuítas montavam comunidades e quem quisesse viver alí e se beneficiar da comunidade tinha que seguir as regras do local. Isso é bem diferente de ir la floresta e caçar índio para escravizar.

    ok! antigamente todo dia era dia de índio, agora só o 19 de abril

  248. eu ja não tenho toda essa sua fé, para mim isso ta mais é cheirando a coisa de homens.

    Ê-Zá-Tô!!

    Exato, meu caro. Cheira mesmo. Ou fede. E essa catinga impregna toda a Bíblia.

  249. Ô Santateu, você é um “santo ateu”, então compreenda: por que eu sou obrigada a “contestar” o que você ou alguém quer que eu conteste?? Então você sentiu minha falta? É que vc disse que eu fui embora “tão cedo”….só que esse “tão cedo” já eram 4 horas da manhã! Tenho que dormir né?! Afinal não sou zumbi poxa! E, quando eu disse que ia saindo, é isso aí…sinto muito se isso desagrada a vc SAntateu! O fato é que eu REALMENTE já disse tudo o que eu queria dizer mesmo! Se vc quiser saber ou compreender melhor, volte aos meus comentários anteriores…todos eles, e consulte na Bíblia as referências que fiz! Não me importa nem um pouco se acham que é ou não pregação! Se querem pensar assim, fiquem à vontade! Mas lembrem-se que nas suas “contestações” podem estar embutidas, de forma sutil, as suas “pregações” do ateísmo e suas”crenças” e “não crenças”!
    Agora podem falar o que quiserem, reclamar, me julgar…não tem problema! Se o que eu JÁ disse não lhes interessa, simplesmente ignorem (pelo menos assim que costumo agir)! Se alguém achou que acrescentei alguma coisa, beleza! Esse alguém pode pesquisar a Palavra de Deus com mais profundidade…procurar conhecer e encontrar o Deus verdadeiro, e , quem sabe, passar a crer Nele…pode desejar isso e passar a ter um coração sincero de BUSCA! Mas quem não quiser nada disso fique à vontade! Sei que muitos vão CONTINUAR xingando, escarnecendo de Deus, usando palavras ofensivas, e até de baixo calão ao se referir a Deus! E como todos nós temos o livre arbítrio que nos foi dado misericordiosamente pelo próprio Deus, quem sou eu pra”contestar”??? Só não sei exatamente o que ganham com isso, onde querem chegar com esse falatório sem fim…e se isso os deixará mais ou menos felizes e realizados! Como é questão de”foro íntimo”também não faço questão nenhuma de saber! Mas foi bom enquanto durou!
    Tchau gente! Pra quem não “deu a mínima” pros meus comentários, digo: é um direito seu! Pra quem aproveitou alguma coisa eu digo: busque mais, porque o que busca a Deus com sinceridade e pureza de coração, e não se radicaliza na descrença…tem a “bússola” para encontrá-Lo!
    Abraços cordiais a todos! E adios, hasta la vista! Boa sorte, e que Deus os abençoe a todos e tenha misericórdia de nós!

  250. Olá, Cristina. Muitos de nós, incluindo eu, ainda possuímos a mente primitiva dos adoradores do bezerro de ouro, os que não tiveram paciência para esperar o regresso de Moisés. Facilmente substituimos a crença num deus que «não nos obedece» pela razão. Não quer dizer que não deva ser assim na maioria das situações da vida pois há que resolvê-las. Mas existindo um campo da fé, onde a razão também procura dar uma explicação lógica quando a encontra,devíamos ter capacidade de nos abstrair dos preconceitos fornecidos pela parte racional do nosso cérebro e penetrar nele sem receio de sermos mal interpretados. Claro que não sabemos comunicar com o que é comum chamar-se de divindade e que extrapola os relatos bíblicos. É essa dificuldade que nos (me) impede de crer. Queremos muita coisa no curto espaço de tempo que é toda a nossa existência e nem reparamos que, segundo as palavras postas na boca de Jesus, ele só pede algo para si quando está a atingir o auge do sofrimento. Nota-se nos evangelhos que ele conseguiu ligar-se a esse Deus ao qual deu um nome amoroso. A prova, para mim, de que existe algo para lá do racional, é a cura de pessoas moribundas no santuário de Lourdes.
    Acho que a Cristina deveria continuar a participar no blog. Somos todos adultos e, em princípio, interessados nas experiências uns dos outros.

  251. Não é facil lutar contra a ignorância dos religiosos. a cura para a doença psíquica da fe cega vai demorar centenas de anos, pois ela esta enraizada na maioria dos humanos. É a vontade de servir a uma liderança. isso vem desde os tempos das cavernas. É tipo assim, malandro é malandro e manė ė manė.

  252. Adoro ler os comentários seus nesse blog kkkk tem trechos q a coisa pega fogo kkkkk

  253. Nossa Muito Bom… Wagner Menke só pra constar ( não que eu acredite que ele voltará )

    João 14:1-3

    1 “Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim.

    2 Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu teria dito a vocês. Vou preparar lugar para vocês.

    3 E, quando eu for e preparar lugar, VOLTAREI e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver.

  254. Eu acredito em Deus!
    Mas Algo ta me encomodando,pois bem… se vcs não acreditão porque falão de Deus e crião discuçoes…ao invez de provarem que ele nao exista…vcs fazem ao contrario
    DEUS existi. obs:sò minha ideologia de penssa obg.

  255. Peça ajuda pra deus te iluminar com seu português amigo por que eu sinceramente não entendi nada.
    Imagino que algo esteja mesmo lhe INCOMODANDO assim como seu português me INcomoda!
    Usamos – ÃO para verbos que estejam conjugados no futuro do presente em terceira pessoal do plural , indicando ações que ainda irão acontecer.
    Terminamos o verbo em – AM quando a ação indicada já foi finalizada, ou seja, ações passadas, verbos no pretérito(passado) na terceira pessoa do plural, por exemplo:

    Lucas e Joana LAVARAM a louça do jantar.

    Acreditam
    falam
    criam discuSSões
    ideologia de penssa ( Que porra é essa? )
    Primeiramente IDEOLOGIA significa aquilo que seria ou é ideal.
    “Penssa” melhor nem eu comentar né!?!?

    Quer um conselho amigo?!?! Larga um pouco a bíblia e compra uma gramática pra vocÊ. Desculpa dizer isso mas com esse português… Nem Zésus te salva. Abraços

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: