O INDEX

index

Lector, suscipit vitae, quia ultra precipitas inferos, quo tu non somnium vivit. 

*

PALAMARIUS 

De olhos bem fechados  

 

*

Solum Textus

O post inominável

A divina tragédia

Jesus Cristo se masturbava?

Quando Deus cagava no mato

Teste seus amigos crentes

Teste seus amigos crentes 2

Teste seus amigos crentes 3

Teste seus amigos crentes 4

Que amor mais vagabundo!

Mentes pré-históricas

Cruz: o símbolo macabro do cristianismo

Seus problemas acabaram!

Barros vs. Diabo

Aleluia, Sócrates!!!

A moral de Deus

A moral flutuante de Deus

Barros, a mulher e o jumento

O sacrifício

Cara ou Coroa?

Pai-Nosso Ateu

Efeito borboleta

Eu, prolixo

Obrigado, Senhor!

Deus é negro, cego e toca piano

A chantagem suprema

Deus apareceu pra mim

O Problema do tempo

O universo veio do nada?

No primeiro dia, o Homem criou Deus

Deus… esse sujeito!

Eu escrevo Deus com “D”

Pequeno ensaio sobre o Vazio

Ridículo, com 4 letras

Pra não dizer que não falei das flores

Foi-se o tempo dos milagres!

Deus, ninguém me ama também

*

Divisum Textibus:

Eternidade

Sê bem-vindo ao Inferno!

Deus, Alice e a Matrix

Quando os deuses se cansam

O Deus que não estava lá

Nada a ver com Deus

Tratado das ilusões 

As flores do mal

A cobiçada vagina de Nossa Senhora

Fé & Autoengano

Três deuses, um funeral

Deus está nu

O livre-arbítrio

Deus: aprecie com moderação

As Fadas de Barro

A insuportável arrogância do ser

A sociedade torturadora de bebês

Por que não acreditar

DEUS: Manual do Usuário  

O Sexo de Deus

Blasfêmia

Interpretareis conforme a vossa conveniência

Uma história sem final feliz

Espiritismo: sua alma é reciclável

Voo e Queda

O Evangelho segundo o Criador

Aborto: a batalha entre fé, moral e razão

Minha linda coroa de brilhantes 

O imbecilionismo

A Teoria do Barro(s)

As evidências de Deus

As sacolas de Sofia

Brincando de Deus

Deuses de mármore

Qual o sentido da vida?

Anúncios

2 Respostas

  1. Nunca via palavra Deus ser tão mencionada como nesse blog. Risível a tentativa desesperada do Barros em provar, primeiro para si próprio, o que ele sabe, mais do que qualquer cristão. Não consegue, então extravasa nesse blog tão tão ingênuo que chega a ser engraçado…

    A existência de ateus, cada uma mais atormentado do que o outro, é a maior prova da existência de Deus, por mais paradoxal que seja tal assertiva. Um ateu gasta tanto tempo tentando “provar” que ele não existe (cria até um blog para isso)…
    Barros, o seu blog é muito mais engraçado do que qualquer blog especializado em humor, tamanha a sua ingenuidade…(ou medo) Busque ajuda psicológica, você e seus fiéis seguidores… (opa, falei a palavra fiel, será que pode?

  2. Graças a Deus existem ateus…só assim, lendo esse blog, eu me divirto mais do que quando vejo alguma comédia no cinema…

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: