7 mitos sobre Deus (Pt 2) [Republicação]

Para a autora de The Case for God, traduzido na matéria por “Uma defesa para Deus”:

“Religiões nos ajudam a lidar com os aspectos da vida para os quais não existem respostas fáceis: a morte, a dor, o sofrimento, as injustiças da vida e as crueldades da natureza.”

Primeiro que a natureza não pratica nenhum tipo de “crueldade”. Para ser ainda mais preciso, a natureza nem mesmo “pratica” nada. Esse tipo de personificação anacrônica seguramente depõe contra a inteligência de quem a evoca.

Segundo: morte, dor, sofrimento e injustiças são inerentes à vida e é possível analisar e entender essas coisas de uma forma perfeitamente racional, sem recorrer a um sem-número de explicações infundadas elaboradas por pessoas que não tinham como saber mais sobre tais temas do que você mesmo sabe.

Na continuação da reportagem, são apresentados um católico, um muçulmano, um evangélico, um judeu e um budista, cada um respondendo a uma proposição. Na primeira, “Deus está morto”, o líder de uma comunidade islâmica afirma que “a crença em Deus é um acessório original de fábrica do ser humano”, o que me fez enviar um comentário sobre a matéria para o site de Época questionando se o representante da religião muçulmana não estaria se referindo a Alá, pois, até onde eu sei, Deus e Alá não são o mesmo deus. Enquanto a língua “oficial” de Alá é o árabe, a de Deus é o hebraico e o aramaico; Alá ditou o Corão de uma vez só para o seu único profeta Maomé, e Deus mandou um monte de gente, ao longo de uns dois mil anos, escrever sua Bíblia; Deus é Pai, Filho e Espírito Santo, enquanto Alá é único; o paraíso de Alá, com suas 72 virgens para mártires, é bem mais quente e sensual do que o do deus cristão, que parece que não vai permitir sexo por lá, tornando qualquer apelo envolvendo virgens completamente sem sentido. Essas são as diferenças que o meu limitado conhecimento conseguiu reunir; talvez haja outras.

Mas a frase do mulçumano não é um exemplo de desonestidade intelectual explícita tão grande quanto a do representante católico, secretário-geral da CNBB, citando uma passagem de uma encíclica de João Paulo II: “Fé e razão são duas asas pelas quais o entendimento alça voos em busca da verdade”. Poderia haver uma comprovação maior de que a mente religiosa é essencialmente desonesta? Quem tem fé não busca nenhuma verdade, pois ter fé é justamente sustentar que algo em que se acredita sem nenhuma evidência, ou até mesmo com evidências em contrário, já é a verdade.

O autor da reportagem fecha a matéria com o que ele considera uma das mais belas e claras passagens do livro, em que a autora delimita os campos de atuação da fé e da ciência:

“A razão pode até nos curar do câncer, mas não nos ensina a agir ao receber seu diagnóstico nem nos ajuda a morrer em paz.”

Ok. Por isso eu devo esperar que um cristão que seja diagnosticado como portador de um câncer incurável receba a notícia de uma forma diferenciada, e viva seus últimos dias na Terra com a paz serena proporcionada pela “certeza” de que irá, muito em breve, desfrutar de uma outra vida muito melhor no Paraíso.

No mundo em que eu vivo, as coisas não são assim não.



Anúncios

3 Respostas

  1. se na religiaõ,seita,doutrina , etc… NAÕ EXISTIR resposta para as nossas perguntas , logo NAÕ ajuda em NADA .

  2. olha filho o falas sobre meu Deus …Deus eeeee a verdade o caminho e a vida eterna Que possa tee perdoar por tantas blasfemias .

  3. aaaa esqueci Deus que te fez a semelhança dele ok e vc posta esse tipo de blasfemias sobre meu Deus amigo se pelo menos tiver corçaçao fale de outros assuntos pois Deus nao pode ficar em bocas de incredulos ingratttttto

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: