Pai-nosso ateu

Faz o possível para que, no futuro, nunca te culpes
por teres negligenciado a tua vida;
por teres esnobado as tuas manhãs
desperdiçando aquelas horas que pareciam infindáveis,
mas que já estavam contadas.

Faz o possível para que o teu medo de errar não te roube
os teus maiores acertos;
para que a tua mania de sempre fazer
o que os outros querem ou esperam que tu faças
não te prive dos teus melhores momentos.

Faz o possível para que daqui a muitos, muitos anos,
ao olhar para trás e contemplar toda a tua vida,
tu possas vê-la repleta de tentativas e de caminhos trilhados.

E para que quando os anos começarem a pesar…
tu possas ter orgulho deles.
Faz agora tudo o que estiver ao teu alcance
para que os teus olhos possam chorar de saudade dos dias de hoje.
E não de tristeza por tê-los vivido tão pouco.

Valoriza e aproveita bem cada um dos teus dias,
pois tu jamais terás nenhum deles de volta.
                                                                 …

2 Respostas

  1. Amém!

  2. Amém!

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: